Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa:"

Transcrição

1 Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa: Sabendo que o aluno tem pouco contato com a leitura em seu ambiente familiar, apresentando na escola dificuldades de aprendizagem, decorrentes dessa carência, fez-se necessário à realização de um trabalho bibliotecário que despertasse no aluno o gosto e o hábito da leitura, condição indispensável ao desenvolvimento social e à realização individual do educando. Neste projeto, a biblioteca escolar é considerada como um instrumento de estímulo ao hábito de leitura, pois neste colégio, ela é considerada o espaço indispensável à formação da cidadania, como agente de transformação e como necessidade de aprimorar novos elementos no aspecto da educação do cidadão. A biblioteca pública do Colégio Estadual Duque de Caxias, visa à leitura como meio de inclusão social e melhorias para a formação dos sujeitos, cabendo à mesma desenvolver relações entre leitura e indivíduo com práticas pedagógicas que possibilitam a intertextualidade para o trabalho com a leitura. Tais práticas estão sendo aplicadas com os alunos do Ensino Fundamental do 6º ao 9 ano do período matutino e vespertino, evidenciando a importância do papel da bibliotecária enquanto leitor e mediador na evolução da prática da leitura dos alunos em todas as disciplinas. Notadamente sabe-se que é função da escola ensinar a ler e ampliar o domínio dos níveis de leitura, orientando os alunos na escolha de livros e no trabalho com diversos gêneros textuais, partindo deste princípio a função cultural desta biblioteca é exercitar o aluno com atividades que vão desde o contar histórias até expressões artísticas, com um trabalho que vem sendo realizado de incentivo a leitura, envolvendo diretamente os alunos do Ensino Fundamental, que semanalmente em uma das aulas da disciplina de Língua Portuguesa vem à biblioteca e participam de um momento diferente de atividades diversificadas que incluem a música, a poesia, as artes plásticas, a contação de histórias com cartazes desenhados e ampliados, os filmes

2 educativos de curta duração, bingos; e muitas outras atividades que vem tornando a biblioteca escolar um espaço vivo, prazeroso e agradável no horário de leitura para o aluno. Objetivo Geral: Despertar, incentivar e promover a leitura no âmbito escolar, visando à formação da cidadania no educando, a melhor qualidade no ensinoaprendizagem e o desenvolvimento sociocultural. Objetivos Específicos: Melhorar a leitura no âmbito escolar e social; Acrescentar ao convívio do aluno a prática de leitura de livros; Enriquecer o conteúdo interdisciplinar por meio de atividade lúdicas, visando o aprendizado do educando; Trabalhar a leitura com diferentes objetivos na busca de informações, do prazer, da comunicação. Contribuir para a formação de leitores competentes e autônomos; Propor atividades em que os alunos perguntem, opinam, resumam, comparem, confrontem, analisem, argumentem, reflitam e critiquem. Metodologia: A biblioteca escolar é um elo entre professor, aluno e bibliotecária na elaboração das leituras e pesquisas, buscando sempre uma melhor metodologia de transmissão do conhecimento e influência ao hábito da leitura,

3 possibilitando tornar o aluno um sujeito mais crítico diante da realidade que se encontra. A biblioteca é um espaço em que os alunos encontram material para complementar sua aprendizagem e desenvolver sua criatividade, imaginação e senso crítico. É na biblioteca que os alunos podem reconhecer a complexidade do mundo que os rodeia descobrir seus próprios gostos, investigar o que os interessa, adquirir conhecimentos novos, escolher livremente suas leituras preferidas e sonhar com mundos imaginários. Uma biblioteca que visa à interação de alunos e professores facilitando o processo ensino-aprendizagem, priorizando as atividades construídas pelos alunos. A metodologia realizada neste trabalho é voltada para a realização de atividades mediante ações educativas, artísticas e lúdicas, sendo o foco principal a participação do aluno nas ações praticadas pelas bibliotecárias em relação à leitura, tais como: Roda da Leitura Os alunos sentados em círculos cada um lê uma pequena história, depois apresenta este livro para os outros colegas fazendo uma propaganda do mesmo, deixando os demais curiosos para saber o final da história. Apresentação de Paródias Alunos do 9º ano produziram paródias sobre o tema meio ambiente e apresentaram na aula de leitura para os alunos do 6º e 7º ano, com intuito de conscientizá-los para a preservação do meio ambiente. Declamação de Poesias Neste contato com a poesia o aluno conhece um pouco mais sobre o escritor e seus pensamentos. Quando declama uma poesia, desenvolve sua oralidade e perde a timidez ao se expor ao público.

4 Hora da Informação Os alunos procuram em jornais e revistas notícias que tragam informações importantes do cotidiano, após a leitura apresentam a notícia para os demais colegas no formato de jornalismo, ou seja, fazendo o papel de jornalista, desenvolvendo a oralidade, a expressão física e facial e amenizando a timidez ao falar em público. Contação de Histórias Exposição de cartazes em varal com histórias já ilustradas e ampliadas em cartolinas para que os alunos através das imagens façam uma produção de texto, após a leitura dos textos produzidos pelos alunos as atividades são expostas em mural para a leitura e apreciação das atividades de toda a comunidade escolar. Caça ao Tesouro Os alunos de uma determinada turma são divididos em equipes (duas, três ou mais equipes de acordo com o número de alunos da turma) e iniciando com um sorteio para ver a cor do envelope que cada equipe vai procurar o tesouro, ao encontrar o envelope a equipe precisa ler a questão e resolver a atividade proposta, seguindo para a próxima pista, até encontrar o tesouro. Filmes São selecionados filmes educativos de curta duração, (TV Escola e Youtube). Após assistir ao filme na biblioteca, os alunos fazem interpretação oral e realizam atividades escritas, caça palavras, cruzadas e produções artísticas. Empréstimo de Livros

5 Os alunos realizam a leitura de clássicos literários e infanto-juvenil, através de empréstimo realizado uma vez ao mês, ou de acordo com o término do livro lido Avaliação A biblioteca escolar é um espaço ativo de aprendizagem, onde o aluno aprende a gostar de ler e a se interessar pela obra escolhida. As atividades desenvolvidas neste ambiente vêm de encontro com as necessidades de desenvolvimento do aprendizado da leitura e melhoria na interdisciplinaridade. Nota-se que ao decorrer dos anos em que o projeto vem se desenvolvendo, os professores perceberam um grande avanço no desenvolvimento escolar e social do aluno, na fala, na escrita, na oralidade, na leitura e na compreensão e interpretação. Percebe-se também que com este projeto a leitura abre novos caminhos e leques, como também se torna uma ferramenta produtiva de trabalho em toda vida escolar e social do aluno, levando-o a novas oportunidades para o caminho do aprendizado efetivo, democrático e construtivo, pois o hábito da leitura significa uma conquista da autonomia, permitindo a ampliação de novos conhecimentos. Portanto, os momentos de leitura na biblioteca devem-ser prazerosos, cheios de descobertas e lições de vida, para que os educandos possam desenvolver a capacidade de pensar e crescer, proporcionando ao ser humano uma visão ampla de mundo.

6

PROJETO: SOU LETRANDO.

PROJETO: SOU LETRANDO. PROJETO: SOU LETRANDO. Acadêmicos: Thainara Lobo e Ailton Ourique Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Mário Vieira Marques (CIEP) São Luiz Gonzaga, 2016 1.TEMA Projeto de Leitura: Sou Letrando. 2.PROBLEMA

Leia mais

Sala 5 Língua Portuguesa EF I EMEFI PROFª ARACY LEAL BERNARDI

Sala 5 Língua Portuguesa EF I EMEFI PROFª ARACY LEAL BERNARDI O MARAVILHOSO MUNDO DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA E SEU PODER DE FORMAR LEITORES DESDE A ALFABETIZAÇÃO Sala 5 Língua Portuguesa EF I EMEFI PROFª ARACY LEAL BERNARDI Professora Apresentadora: MARA SILVIA PAES

Leia mais

Sala de Leitura Parceira Escola Estadual João XXIII

Sala de Leitura Parceira Escola Estadual João XXIII Sala de Leitura Parceira Escola Estadual João XXIII Professor(es) Apresentador(es): Arlete Ajudarte Realização: Foco do Projeto A Sala de Leitura do Programa Ensino Integral deve ter, como principal foco,

Leia mais

PROJETO CAFÉ LITERÁRIO: DESPERTANDO O GOSTO PELA LEITURA

PROJETO CAFÉ LITERÁRIO: DESPERTANDO O GOSTO PELA LEITURA PROJETO CAFÉ LITERÁRIO: DESPERTANDO O GOSTO PELA LEITURA Aline Nascimento 1. Introdução O projeto Café Literário tem por finalidade estimular a leitura e a escrita no Ensino Fundamental, apresentando aos

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva Professor(es) Apresentador(es): Sandra Mara De Jesus Miquelini Fernandes Realização: Foco do Projeto Utilização dos contos de fada e de brincadeiras

Leia mais

PROJETO CONSTRUINDO SABERES

PROJETO CONSTRUINDO SABERES PROJETO CONSTRUINDO SABERES Justificativa: O Projeto Construindo Saberes em Língua Portuguesa e Matemática, justifica-se pela importância de ser um instrumento de apoio pedagógico e didático para sanar

Leia mais

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI TRABALHANDO A PLURALIDADE CULTURAL ATRAVÉS DA LITERATURA INFANTIL; COM CORDEL E XILOGRAVURAS. EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI Sala 9 1ª sessão Professor(es) Apresentador(es): MARA SILVIA PAES CAVALCANTE

Leia mais

A REESCRITA DE CONTOS COMO GATILHO PARA A ALFABETIZAÇÃO INICIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Escola Estadual Conselheiro Antônio Prado

A REESCRITA DE CONTOS COMO GATILHO PARA A ALFABETIZAÇÃO INICIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Escola Estadual Conselheiro Antônio Prado A REESCRITA DE CONTOS COMO GATILHO PARA A ALFABETIZAÇÃO INICIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Escola Estadual Conselheiro Antônio Prado Professor(es) Apresentador(es): Maria Gildacy Araújo Lôbo Gomes Realização:

Leia mais

DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS

DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS ANA PAULA BERNE ÉRICA CONCEIÇÃO DOS ANJOS EVA APARECIDA R. PEREIRA GESSY DE ARRUDA BOTELHO MARIA DO CARMO MACHADO NIRES T. DA SILVA SUELENE

Leia mais

PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR:

PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR: PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR: NOS CAMINHOS DA ALFABETIZAÇÃO E DO LETRAMENTO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO: NOS CAMINHOS DA ALFABETIZAÇÃO E DO LETRAMENTO JUSTIFICATIVA: Produzir bons leitores é o grande desafio

Leia mais

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana).

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana). Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história. (Bill Gates). Os verdadeiros analfabetos

Leia mais

O Encantado Mundo das Histórias

O Encantado Mundo das Histórias O Encantado Mundo das Histórias E.E. Professor Luiz Cintra do Prado Sala 10 - Sessão 2 Professora Apresentadora: Cristina Rossetto Realização: Foco Projeto de Contação de Histórias para auxílio da aprendizagem

Leia mais

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE PROJETO BRINCANDO SE APRENDE COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR EDGARD SANTOS APRESENTAÇÃO A Matemática e a Língua Portuguesa são vistas como disciplinas de difícil aprendizagem, muitas vezes até rejeitada pelos

Leia mais

Contando e Recontando histórias na Educação Infantil...

Contando e Recontando histórias na Educação Infantil... ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DE JÚLIO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL PEQUENO PRINCIPE Contando e Recontando histórias na Educação Infantil... CAMPOS DE JÚLIO

Leia mais

Fábulas Desenvolvendo o gosto pela leitura E.E. Prof.ª Lurdes Penna Carmelo Sala 7 1ª Sessão

Fábulas Desenvolvendo o gosto pela leitura E.E. Prof.ª Lurdes Penna Carmelo Sala 7 1ª Sessão Fábulas Desenvolvendo o gosto pela leitura E.E. Prof.ª Lurdes Penna Carmelo Sala 7 1ª Sessão Professor(es) Apresentador(es): Daiane Cristina da Silva Rosana Aparecida Rodrigues da Silva Realização: Foco

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO EVANGE GUALBERTO

INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO EVANGE GUALBERTO Plano de Aula INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO EVANGE GUALBERTO PLANO DE AULA: ALFABETIZANDO E LETRANDO ATRAVÉS DE CONTOS

Leia mais

As capacidades lingüísticas da alfabetização

As capacidades lingüísticas da alfabetização As capacidades lingüísticas da alfabetização A seção apresenta, na forma de verbetes, conceitos e concepções que são fundamentos da abordagem proposta. A seção apresenta os objetivos e a estrutura do texto

Leia mais

LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA:

LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA: AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 ROTEIRO DE CIÊNCIAS, GEOGRAFIA, HISTÓRIA, ENSINO RELIGIOSO, LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA, ARTE E EDUCAÇÃO FÍSICA 2º ANO LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA: A Avaliação

Leia mais

E.E. TENENTE JOSÉ LUCIANO PROJETO:PASSAPORTE DA LEITURA 2015 REPÚBLICA FEDERATIVA DO LIVRO 2º ANO

E.E. TENENTE JOSÉ LUCIANO PROJETO:PASSAPORTE DA LEITURA 2015 REPÚBLICA FEDERATIVA DO LIVRO 2º ANO E.E. TENENTE JOSÉ LUCIANO PROJETO:PASSAPORTE DA LEITURA 2015 REPÚBLICA FEDERATIVA DO LIVRO 2º ANO ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO PROJETO:PASSAPORTE DA LEITURA-2015 Um livro tem asas longas e leves,

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES / 2015 PROJETO EDUCATIVO Lacunas ao nível da articulação entre ciclos,

Leia mais

PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA

PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA 2016-17 1.Apresentação do plano 2. Objetivos gerais 3. Orientações 4. Objetivos específicos 5. Atividades 6. Avaliação 7. Aneos A leitura um bem essencial Para viver com autonomia,

Leia mais

VALORIZAÇÃO DO HÁBITO DE LEITURA COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

VALORIZAÇÃO DO HÁBITO DE LEITURA COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO VALORIZAÇÃO DO HÁBITO DE LEITURA COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO Angela Cardoso Brollo 1 Liane Nair Much 2 Resumo: Este relato objetiva retratar experiências subjacentes ao Projeto de Leitura

Leia mais

PIZZA E POESIA. Em qualquer Esquina, Em qualquer Pizzaria.

PIZZA E POESIA. Em qualquer Esquina, Em qualquer Pizzaria. Introdução A poesia está bem próxima de nós, nas letras de música, nas brincadeiras infantis. A poesia está em toda parte. É só olhar em volta: no pulsar das estrelas, no sorriso de uma criança, no perfume

Leia mais

PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE

PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE Andrieli Petrouski Guardacheski Acadêmica do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro- Oeste/Irati bolsista do PIBID CAPES Rejane Klein,

Leia mais

O aprendizado é mais do que a aquisição da capacidade para pensar. É a aquisição de muitas capacidades para pensar sobre várias coisas.

O aprendizado é mais do que a aquisição da capacidade para pensar. É a aquisição de muitas capacidades para pensar sobre várias coisas. 5 o ano do Ensino Fundamental I Turma C Professora: Kelly Coordenadora: Débora Rocha/Jaciara Medrado Orientadora: Débora Rocha Vice-diretora: Virgínia Costa RELATÓRIO DE GRUPO I Trimestre/2017 O aprendizado

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

Prioriza as experiências de cada um em relação às noções de tempo e de espaço. Conheça também!

Prioriza as experiências de cada um em relação às noções de tempo e de espaço. Conheça também! porta aberta Nova edição História 2º ao 5º ano Prioriza as experiências de cada um em relação às noções de tempo e de espaço. 25384COL06 Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas

Leia mais

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos Projeto Jogos A importância de conhecer a história dos Jogos Introdução Este projeto consiste em um desenvolvimento de comunicação entre jogos e computadores voltado para entretenimento e aprendizagem.

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II LEITURA E EXPRESSÃO - UM PROJETO PARA SALA DE LEITURA -

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II LEITURA E EXPRESSÃO - UM PROJETO PARA SALA DE LEITURA - COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II LEITURA E EXPRESSÃO - UM PROJETO PARA SALA DE LEITURA - Rio de Janeiro / 2014 0 SUMÁRIO Público-alvo p. 2 Justificativa p.2 Objetivos Gerais p. 3 Objetivos Específicos

Leia mais

a sinfonia de ronronia

a sinfonia de ronronia projeto pedagógico a sinfonia de ronronia A SINFONIA DE RONRONIA UMA PARÁBOLA ESCRITA E ILUSTRADA POR DEBBY CARMAN Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br

Leia mais

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno)

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno) ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE PARÓDIAS COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.

UTILIZAÇÃO DE PARÓDIAS COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. UTILIZAÇÃO DE PARÓDIAS COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Jovanildo da Cruz Santana (1) ; Andrea Santos Mascarenhas (1) ; Rithelly Tavares da Silva (1); Daniel Silas Veras dos Santos (1)

Leia mais

O Maior Tesouro da Humanidade

O Maior Tesouro da Humanidade elaboração: Tatiana Pita Mestre em Educação pela PUC (SP) O Maior Tesouro da Humanidade escrito por ilustrado por Patrícia Engel Secco Fábio Sgroi 2 O prazer da leitura Ler é um exercício de voar sem sair

Leia mais

Concurso Público Osasco PEB I SLIDES Prof. Amarildo Vieira

Concurso Público Osasco PEB I SLIDES Prof. Amarildo Vieira Concurso Público Osasco PEB I - 2017 SLIDES Prof. Amarildo Vieira PEDAGOGO UNIb ESPECIALIZAÇÃO EM DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR PUC/SP BACHARELANDO EM DIREITO Uninove DIRETOR DE ESCOLA PMSP/SP PROFESSOR

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO

PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO A leitura um bem essencial Para viver com autonomia, com plena consciência de si próprio e dos outros, para poder tomar

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE ALAGOAS ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ARTHUR RAMOS PARLAMENTO JUVENIL DO MERCOSUL. João Victor Santos

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE ALAGOAS ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ARTHUR RAMOS PARLAMENTO JUVENIL DO MERCOSUL. João Victor Santos SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE ALAGOAS ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ARTHUR RAMOS PARLAMENTO JUVENIL DO MERCOSUL João Victor Santos Inclusão Educativa Trajetos para uma educação inclusiva Pilar 2016 RESUMO

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR JOÃO DE LIMA PAES PROJETO INTERDISCIPLINAR DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CONSTRUINDO GRÁFICOS DE SETORES E RECEITAS

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR JOÃO DE LIMA PAES PROJETO INTERDISCIPLINAR DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CONSTRUINDO GRÁFICOS DE SETORES E RECEITAS ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR JOÃO DE LIMA PAES PROJETO INTERDISCIPLINAR DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CONSTRUINDO GRÁFICOS DE SETORES E RECEITAS NOVA ANDRADINA- MS 2014 INTRODUÇÃO É preciso que a educação

Leia mais

Ler além da sala de aula. Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade

Ler além da sala de aula. Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade Ler além da sala de aula Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade Nossa conversa de hoje... Para que serve o Livro e a Leitura Ampliando e Aprendendo Organizando Ideias, superando

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

PLANEJAMENTO (Rótulos) Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação;

PLANEJAMENTO (Rótulos) Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação; PLANEJAMENTO (Rótulos) Professor (a): Rosa Ilene Martini Garavaglia Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação; Competências criatividade.

Leia mais

VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL

VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL Porto Alegre 2013 VITOR HUGO BITTENCOPURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA

Leia mais

ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA:

ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA: ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA: Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Base estruturante do PEA: ECOSSISTEMA SOCIAL E HUMANO Eixos: 1. Aprender a aprender; 2. Aprender a construir estilos de vida

Leia mais

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 ÁREAS COMPONENTES OBJETIVOS ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIA Construção da identidade e da auto estima

Leia mais

SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO

SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO 1 SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO Acadêmica: Raquel Luchese Orientadora: SilandraBadch Rosa Universidade Luterana do Brasil- ULBRA raquelluchese@hotmail.com RESUMO O presente trabalho refere-se ao Estágio

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ PROJETO VIDAS SECAS, SECAS VIDAS! : O LEITOR COMO FOCO, O PROFESSOR COMO MEDIADOR.

COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ PROJETO VIDAS SECAS, SECAS VIDAS! : O LEITOR COMO FOCO, O PROFESSOR COMO MEDIADOR. COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ PROJETO VIDAS SECAS, SECAS VIDAS! : O LEITOR COMO FOCO, O PROFESSOR COMO MEDIADOR. Natal RN 2016 EVA CÉSAR KALYNE VARELA SANDRO SARAIVA YAMA ELICE WILLEN LOBATO COLÉGIO SALESIANO

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia INTRODUÇÃO O projeto foi organizado por acreditarmos que o papel da escola e sua função

Leia mais

PROJETO: A FALTA REGULAR DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE ALEXANDRIA- RN.

PROJETO: A FALTA REGULAR DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE ALEXANDRIA- RN. PROJETO: A FALTA REGULAR DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE ALEXANDRIA- RN. CURSISTA: CIDÁLIA MARIANO DE LIMA SOARES. 1 Resumo Diante da falta de água decorrente da influência das ações humanas, a sociedade devem

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Série: Maternal 2 1º Período

Leia mais

Palavras-chave: Didática de ensino de leitura; Leitura; Interdisciplinaridade;

Palavras-chave: Didática de ensino de leitura; Leitura; Interdisciplinaridade; 00177 A DIDÁTICA E A PRÁTICA DE LEITURA DO CIRCUITO DO LIVRO : UMA EXPERIÊNCIA INTERDISCIPLINAR Autora: Maria Aparecida de Castro - Instituto Federal de Goiás; NEPEINTER. Coautora: Letícia Maria Damaceno

Leia mais

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios lição de casa F1 o que é? É um recurso didático que o professor propõe aos alunos para potencializar a relação dele com o objeto de conhecimento. A lição pode ter vários objetivos: Resgatar um conteúdo

Leia mais

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 02

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): FÁTIMA OLIVEIRA PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) NOME DO LIVRO: ALICE VIAJA NAS HISTÓRIAS AUTOR: Gianni Rodar Leitura; produção textual; oralidade; localização espacial. Competências Objetivo

Leia mais

OFICINA DAS CORES. Eduardo Dias Mattos. Artes Visuais. Professor. Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP. DER-Santos

OFICINA DAS CORES. Eduardo Dias Mattos. Artes Visuais. Professor. Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP. DER-Santos OFICINA DAS CORES Professor Eduardo Dias Mattos Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP DER-Santos 2016 Artes Visuais Introdução O Projeto foi criado em 2006 pelo Arte Educador, Professor Eduardo

Leia mais

MUSICALIZAÇÃO ATRAVÉS DA FLAUTA-DOCE, UMA IDÉIA QUE SEMPRE DEU CERTO

MUSICALIZAÇÃO ATRAVÉS DA FLAUTA-DOCE, UMA IDÉIA QUE SEMPRE DEU CERTO MUSICALIZAÇÃO ATRAVÉS DA FLAUTA-DOCE, UMA IDÉIA QUE SEMPRE DEU CERTO Fátima Beatriz de Castro Santos Email: fsan1@uol.com.br Resumo: O presente trabalho relata uma prática musical desenvolvida nos anos

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI. PROJETO Leitura para ser feita em casa

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI. PROJETO Leitura para ser feita em casa ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO Leitura para ser feita em casa... aprender não é um ato findo. Aprender é um exercício constante de renovação.... Paulo Freire ANGÉLICA MS ABRIL/MAIO

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO DE LEITURA E ESCRITA: UTILIZAÇÃO DE FANZINE E PARÓDIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS

PROJETO DIDÁTICO DE LEITURA E ESCRITA: UTILIZAÇÃO DE FANZINE E PARÓDIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS PROJETO DIDÁTICO DE LEITURA E ESCRITA: UTILIZAÇÃO DE FANZINE E PARÓDIA NO ENSINO DE CIÊNCIAS Luciana Rocha Paula (1); Laiane Cunha Ferreira (1); Auro Almeida de Araújo (1); Edvania da Conceição Sarmento

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille)

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille) Ação 1 Leio-te Promover a formação do utilizador. Integrar os novos alunos na dinâmica das BE. Criar uma dinâmica renovada no espaço das bibliotecas. Renovar o ambiente, tornando-o mais apelativo e sugestivo.

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO VIAJANDO PELO ENCANTAMENTO DAS FÁBULAS

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO VIAJANDO PELO ENCANTAMENTO DAS FÁBULAS ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO VIAJANDO PELO ENCANTAMENTO DAS FÁBULAS ANGÉLICA MS MARÇO/ABRIL 2012 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO VIAJANDO PELO

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS Ipezal/Angélica MS Maio/2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS GISLAYNE DE ARAUJO TEIXEIRA PROFESSORAS RESPONSÁVEIS:

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): NOME DO LIVRO: O MUNDINHO DE BOAS ATITUDES AUTOR:INGRID BIESEMEYER BELLINGHAUSEN Competências Perceber a importância do auto respeito. Desenvolver o senso critico.

Leia mais

Projecto aler

Projecto aler Área de incidência Estratégia para envolver toda a escola Actividades para envolver toda a comunidade educativa profissional contínuo Relações interdisciplinares Projecto aler+ 2010-2011 Lançamento Uma

Leia mais

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas.

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas. Projeto Poesia http://pixabay.com/pt/livros-certificado-cont%c3%aainer-pote-158066/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 4 anos. Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: 5 semanas Justificativa:

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

Atividades Língua e Ensino I

Atividades Língua e Ensino I Atividades Língua e Ensino I Sondagem Objetivo - verificar a oferta local de LE; Público Alvo Buscar um público não contemplado que pode ser alvo de uma futura proposta de ensino ELE; Temática Um tema

Leia mais

Serviço Social São Judas Tadeu¹

Serviço Social São Judas Tadeu¹ Serviço Social São Judas Tadeu¹ Gabrielly Bittenbinder LOPES² Luis Felipe Soldeira REGIS³ Ana Claudia da Silva BAHIA 4 Luciana Leme Souza e SILVA 5 Centro Universitário de Rio Preto, São José do Rio Preto,

Leia mais

Oscar Bopeva no vestibular 2016

Oscar Bopeva no vestibular 2016 Oscar Bopeva no vestibular 2016 Escola Estadual Jardim Bopeva Professor(es) Apresentador(es): Gerson Cordeiro Andréa Santos da Silva Realização: Foco do Projeto Prática motivadora da aprendizagem na Escola

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR MARTINHO MARQUES PROJETO SAUDOSA MALOCA

ESCOLA ESTADUAL DR MARTINHO MARQUES PROJETO SAUDOSA MALOCA ESCOLA ESTADUAL DR MARTINHO MARQUES PROJETO SAUDOSA MALOCA TAQUARUSSU/MS 2009 SALA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL Projeto elaborado pela professora regente Marilza Nunes do Nascimento e professora da Sala de

Leia mais

O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ

O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ EMEF: Carlos de Andrade Rizzini 2011 PROJETO O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ Ano de 2011. Professora responsável: Renilda Duraes Viana EMEF: Carlos de Andrade Rizzini Tempo de duração:

Leia mais

Objetivo: Apresentar o Caderno V de modo a compreender sua concepção metodológica a partir de oficinas.

Objetivo: Apresentar o Caderno V de modo a compreender sua concepção metodológica a partir de oficinas. Pacto Nacional Para o Fortalecimento do Ensino Médio Encontro de Planejamento Professor Formador de IES Duílio Tavares de Lima 03/2015 CADERNO 5 - Áreas de conhecimento e integração curricular Tema: Apresentação

Leia mais

LEITURA E ESCRITA COM ÊNFASE NA PRODUÇÃO DE CORDEL DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA ESTADUAL JOÃO TOMÁS NETO

LEITURA E ESCRITA COM ÊNFASE NA PRODUÇÃO DE CORDEL DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA ESTADUAL JOÃO TOMÁS NETO LEITURA E ESCRITA COM ÊNFASE NA PRODUÇÃO DE CORDEL DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA ESTADUAL JOÃO TOMÁS NETO Maria Solange de Lima Silva FCU/UNIFUTURO Sol_lyma@hotmail.com INTRODUÇÂO A característica básica

Leia mais

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros Plano de Actividades Ano 2008/2009 Tema: A aventura dos livros 1 ACTIVIDADES DE ORGANIZAÇÃO Actividades Objectivos Intervenientes Calendarização Proceder à gestão de colecções. Organização e gestão do

Leia mais

PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Vanessa Magnan

PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Vanessa Magnan Professor (a): Vanessa Magnan PLANEJAMENTO (Identidade) Competências: Objetivos: Leitura, Oralidade, Escrita Compreender a importância do nome; Descobrir o prazer e o interesse pela leitura e pela escrita;

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO VITA ET PAX A BOLSA AMARELA

COLÉGIO RESSURREIÇÃO VITA ET PAX A BOLSA AMARELA COLÉGIO RESSURREIÇÃO VITA ET PAX A BOLSA AMARELA PROFª. Karina Amaral Moreira Nacev. TURMA - 5º ANO B RIBEIRÃO PRETO 2011 COLÉGIO RESSURREIÇÃO VITA ET PAX A BOLSA AMARELA LYGIA BOJUNGA PROFª. Karina Amaral

Leia mais

Gilmara Teixeira Costa Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB )

Gilmara Teixeira Costa Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB ) GT 4 LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO. Gilmara Teixeira Costa (gilmara-teixeira-01@hotmail.com/ Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB ) Juliana Maria Soares dos Santos (PPGFP UEPB)¹

Leia mais

Palavras-chave: Crônicas. Escrita. Leitura. Olimpíada de Língua Portuguesa.

Palavras-chave: Crônicas. Escrita. Leitura. Olimpíada de Língua Portuguesa. A ESCRITA DE GÊNERO CRÔNICA NA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA* Francisca Cleidiana da Costa Barros Aluna Graduando do Curso de Letras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Bolsista

Leia mais

e educação de jovens e adultos

e educação de jovens e adultos Formação de neoleitores e educação de jovens e adultos Tancredo Maia Filho III Fórum do Plano Nacional do Livro e Leitura III Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias 20 de agosto

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º PLANO DE ENSINO 2016 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Fundamentos teórico-metodológicos

Leia mais

ESCOLA DATA: / / NOME:

ESCOLA DATA: / / NOME: ESCOLA DATA: / / PROF: TURMA: NOME: PROJETO INTERDISCIPLINAR DE LEITURA E PRODUÇÃO LIVRO: Cada um com seu jeito, cada jeito é de um! Autora: Lucimar Rosa Dias - EDITORA ALVORADA Responsáveis pelo projeto:

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 MUITO PRAZER, EU SOU CRIANÇA. *Conhecer e estabelecer relações entre a própria história e a de outras pessoas,refletindo sobre diferenças e semelhanças. *Respeitar e valorizar a diversidade étnico

Leia mais

Plano anual de atividades 2016 / 2017

Plano anual de atividades 2016 / 2017 Atividades Valências dinamizadoras Calendarização Objetivos Recursos humanos Recursos materiais Adaptação das crianças happy day setembro 2016 Fomentar o desenvolvimento da autonomia quer em relação ao

Leia mais

Parceria Técnica: Avante - Educação e Mobilização Social ORGANIZAÇÃO DE ESPAÇOS DE LEITURA E DE INTERAÇÃO COM OS LIVROS - PROJETO PARALAPRACÁ -

Parceria Técnica: Avante - Educação e Mobilização Social ORGANIZAÇÃO DE ESPAÇOS DE LEITURA E DE INTERAÇÃO COM OS LIVROS - PROJETO PARALAPRACÁ - ORGANIZAÇÃO DE ESPAÇOS DE LEITURA E DE INTERAÇÃO COM OS LIVROS - PROJETO PARALAPRACÁ - COMO LER PARA CRIANÇAS MUITO PEQUENAS? Não existem fórmulas prontas, cada educador vai desenvolver seus próprios métodos.

Leia mais

O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL

O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL Silvani Gomes Messias¹. Wânia Chagas Faria Cunha². 1 Graduanda do Curso de Geografia do Campus Anápolis de CCSEH/UEG. E-mail:

Leia mais

Projeto: O CANTO E O BATUQUE QUE VEM DE DENTRO DE MIM. OBJETIVO GERAL REFERENTE A INSTRUMENTAÇAO PEDAGÓGICA

Projeto: O CANTO E O BATUQUE QUE VEM DE DENTRO DE MIM. OBJETIVO GERAL REFERENTE A INSTRUMENTAÇAO PEDAGÓGICA Projeto: O CANTO E O BATUQUE QUE VEM DE DENTRO DE MIM. Profissional: Erick Luiz Vilela de Souza Atividade: Educação Musical Período de realização: fevereiro a dezembro de 2010 Setor: NAC Coordenadora:

Leia mais

GINCANA AMBIENTAL: método de ensino-aprendizagem para o Ensino Fundamental RESUMO

GINCANA AMBIENTAL: método de ensino-aprendizagem para o Ensino Fundamental RESUMO GINCANA AMBIENTAL: método de ensino-aprendizagem para o Ensino Fundamental 1 Bruna A. ARAÚJO; 2 Bruno L.R. MELO; 3 José N. NETO; 4 Elisa C. ROCHA; 5 Leda M.SILVA RESUMO Jogos educativos, como Gincanas,

Leia mais

PROJETO ESCOLA ZENÓBIA NA LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTY

PROJETO ESCOLA ZENÓBIA NA LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTY Professora Elayne Cristinne Martins da Silva Santos PROJETO ESCOLA ZENÓBIA NA LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTY Campo Alegre -Al TEMA: ESCOLA ZENÓBIA NA LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTI INTRODUÇÃO: Este projeto Pretende

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro

Estado do Rio de Janeiro Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE ANGRA DOS REIS Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia E. M. Regina Célia Monteiro Pereira Rua Aluisio Silva nº 418 Morro do Carmo CEP 23903-010

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA-MS SETEMBRO/2016 ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS E NOITE CULTURAL/2016 Projeto elaborado para se desenvolvido na E.E.

Leia mais

GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR

GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR. Missão Fomentar a Educação e Cultura

Leia mais

Um Olhar sobre a Cultura dos Povos Indígenas do Brasil: o cotidiano das crianças E.E. Dr Luis Arrôbas Martins

Um Olhar sobre a Cultura dos Povos Indígenas do Brasil: o cotidiano das crianças E.E. Dr Luis Arrôbas Martins Um Olhar sobre a Cultura dos Povos Indígenas do Brasil: o cotidiano das crianças E.E. Dr Luis Arrôbas Martins Professor(es) Apresentador(es): Tatiane Cecilia da Silva Nardi Realização: Foco do Projeto

Leia mais

Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo

Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo e Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo 2011-2012 Agrupamento de Escolas de Águeda Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo 2011-2012 PLANO DE AÇÃO DO PLANO NACIONAL DE LEITURA 2011/2012 O Plano Nacional de

Leia mais

TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval

TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval Autora Rosangela Silva Barros dos Santos 1 rosangelasilvabarros@hotmail.com Dr. Hamilton Afonso de Oliveira 2 hamiltonafonso@uol.com.br

Leia mais

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 1 PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 Alunos: João da Silva Parcerias: MEDIANEIRA KARATÊ CLUBE MEDIANEIRA - PR 2017 2 PROJETO DE KARATÊ JUSTIFICATIVA Este projeto justifica-se, pela vontade do Medianeira Karatê

Leia mais

APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais

APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais Apresentação e Justificativa A exclusão é parte do convencional na coletividade humana. A discriminação tem origem em preconceitos antigos gerados

Leia mais

MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: COMO TRABALHAR O JORNAL NO ESPAÇO ESCOLAR

MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: COMO TRABALHAR O JORNAL NO ESPAÇO ESCOLAR MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: COMO TRABALHAR O JORNAL NO ESPAÇO ESCOLAR Cyva Tathiane Miranda da Silva 1 Gracilene Prudência Rodrigues 2 Manoel Ferreira Lima ³ Manoel do Nascimento Araújo 4 Maria de Nazaré Oliveira

Leia mais

LER, INTERAGIR, MEDIAR: O PROGRAMA INCENTIVO À LEITURA NA COMUNIDADE DO IFC CAMPUS CONCÓRDIA E SUA RELAÇÃO COM A COMUNIDADE.

LER, INTERAGIR, MEDIAR: O PROGRAMA INCENTIVO À LEITURA NA COMUNIDADE DO IFC CAMPUS CONCÓRDIA E SUA RELAÇÃO COM A COMUNIDADE. LER, INTERAGIR, MEDIAR: O PROGRAMA INCENTIVO À LEITURA NA COMUNIDADE DO IFC CAMPUS CONCÓRDIA E SUA RELAÇÃO COM A COMUNIDADE. Patrícia CASAROTTO 1 ; Poliana Marieli PERI 2 ; Sílvia Fernanda Souza DALLA

Leia mais

Plano Anual de Atividades Biblioteca Escolar da Cruz da Areia

Plano Anual de Atividades Biblioteca Escolar da Cruz da Areia Plano de Atividades 2015-2016 Biblioteca Escolar da Cruz da Areia Nome da atividade Calendarização Dinamizadores Descrição da atividade Objetivos Público Alvo Dar a conhecer a BE Atividades de formação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA. Relato de Experiência do Projeto de Trabalho

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA. Relato de Experiência do Projeto de Trabalho UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA Relato de Experiência do Projeto de Trabalho Educação Ambiental com a reciclagem de sucatas na construção de

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 2 ANO ANDRÉA E LARISSA

REUNIÃO DE PAIS 2 ANO ANDRÉA E LARISSA REUNIÃO DE PAIS 2 ANO - 2013 ANDRÉA E LARISSA PROPÓSITOS DA REUNIÃO Apresentar o trabalho do ano letivo Tratar assuntos de interesse Notícias do grupo ROTINA AULAS LÍNGUA PORTUGUESA 4 AULAS DE 40 MINUTOS

Leia mais