Programação Aplicada à Engenharia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação Aplicada à Engenharia"

Transcrição

1 Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Programação Aplicada à Engenharia Aula 07: Aritmética e Tomada de decisão Silvio Fernandes

2 Operadores Aritméticos Operadores binários (2 operandos) Operação C++ Operador aritmético Expressão algébrica Expressão C++ Adição + f + 7 f + 7 Subtração - p -c p -c Multiplicação * bm b * m Divisão inteira (truncamento) Módulo (resto da divisão) / x/y ou x y x / y % r mods r % s 2

3 Expressões Aritméticas Os parênteses em C++ são usados quase como em expressões algébricas Aplicam os operadores aritméticos em uma seqüência precisa. a * (b + c) Expressões usam precedência dos operadores e parênteses possuem a mais alta precedência 3

4 Expressões Aritméticas Expressões contidas dentro dos parênteses são calculadas primeiro Parênteses aninhados são resolvidos de dentro pra fora Multiplicação, divisão e módulo são aplicados em seguida Adição e subtração são aplicadas por último 4

5 Expressões Aritméticas Operadores aplicados da direita para a esquerda, corresponde a associatividade a + b + c Primeiro é resolvido a+b e por fim é somado c Se houver várias expressões em parênteses NÃO ANINHADOS, eles são calculados da direita para a esquerda Multiplicação, divisão, módulo, adição e subtração também são resolvidos da esquerda para a direita. 5

6 Expressões Aritméticas Álgebra a + b + c + d + e m = y mx + b 5 = z = pr% q + w / x y C++ m = (a + b + c + d + e )/ 5; y = m * x + b; z = p * r % q + w / x y; Ordem que são resolvidos em C++ 6

7 Tomada de decisões Estrutura simples if Tomar decisões com base em uma condição Se a condição é satisfeita (verdadeira true) o comando do corpo da estrutura if é executado Se a condição não for satisfeita (falsa false) o comando do corpo não é executado As condições são definidas usando operadores de igualdade e operadores relacionais 7

8 Tomada de decisões Op. relacionais têm o mesmo nível de precedência e são associados da esquerda para direita Op. Igualdades têm o mesmo nível de precedência e são associados da esquerda para direita Op. Relacionais têm maior precedência sobre os de igualdade 8

9 Operadores Relacionais e de Igualdade Operadores binários (2 operandos) Op. Igualdade e relacionais Op. Igualdade Op. C++ deigualdade ou relacional Exemplo de condição C++ Significado de condição C++ = == x == y x é igual a y!= x!= y x não é igual a y Op. Relacionais > > x > y x é maior que y < < x < y x é menor que y >= x >= y x é maior ou igual a y <= x <= y x é menor ou igual a y 9

10 Operadores Os operadores são mostrados de cima para baixo obedecendo a precedência Operador(es) Associatividade Tipo () Esquerda para direita Parênteses * / % Esquerda para direita Multiplicativos + - Esquerda para direita Aditivos << >> Esquerda para direita Inserção em/extração de stream < <= > >= Esquerda para direita Relacional ==!= Esquerda para direita Igualdade = Direita para esquerda Atribuição 10

11 Algoritmos Qualquer problema de computação pode ser resolvido executando uma série de ações em uma seqüência específica Ações a serem executadas Seqüência que estas ações devem ser executadas Exemplo: Algoritmo de preparar-se para ir trabalhar de um executivo júnior 11

12 Algoritmos Exemplo (cont.): 1. Saia da cama 2. Tire o pijama 3. Tome banho 4. Vista-se 5. Tome o café da manhã 6. Dirija seu carro até o trabalho Se invertermos os passos 3 e 4? 12

13 Estruturas de controle Execução seqüencial Comandos são executados um após o outro Some nota a total total = total + nota; Some 1 a contador contador = contador + 1; 13

14 Estruturas de controle Estrutura de seleção If, if/else, switch Estrutura de repetição while, do/while, for 14

15 Palavras reservadas Também chamadas de palavras-chave São reservadas pela linguagem para implementar vários recursos Não podem ser usadas como identificadores, tais como nomes de variáveis 15

16 Palavras reservadas Palavras-chave comuns às linguagens de programação C e C++ auto break case char const continue default do double else enum extern float for goto if int long register return short signed sizeof static struct switch typedef union unsigned void volatile while 16

17 Palavras reservadas Palavras-chave somente C++ asm bool catch class const_cast delete dynamic_cast explicit false friend inline mutable namespace new operator private protected public reinterpret_cast static_cast template this throw true try typeid typename using virtual wchar_t 17

18 Tipos primitivos Tipo void int float double char bool Descrição associado com nenhum dado inteiro (32 bits) ponto flutuante (32 bits) ponto flutuante de dupla precisão (64 bits) caracter(8 bits) valor booleano false(ou zero); true (diferente de zero) 18

19 Estrutura de seleção if Usada para escolher cursos de ação alternativos Se a nota do estudante é maior ou igual a 60 Imprima Aprovado Nota >=60 verdadeiro Imprime Aprovado if( nota >= 60) cout<< Aprovador ; falso 19

20 Estrutura de seleção if/else Permite especificar que uma ação deve ser executada quando a condição é truee uma ação diferente quando a condição é false. Se a nota do estudante é maior ou igual a 60 Imprima Aprovado Senão Imprima Reprovado 20

21 Estrutura de seleção if/else Imprime Reprovado Nota >=60 falso verdadeiro Imprime Aprovado if( nota >= 60) cout<< Aprovador ; else cout<< Reprovado ; 21

22 Estrutura de seleção if/else Estruturas if/elseaninhadas testam múltiplos casos colocando estruturas de seleção if/else dentro de outras estruturas de seleção if/else. Como implementar um sistema de conceitos de notas, onde Asignifica notas maiores ou iguais a 90, Bpara notas no intervalo de 80 a 89, Cpara notas no intervalo 70 a 79, Dpara notas no intervalo 60 a 69 e Rpara as demais. 22

23 Estrutura de seleção if/else (Pseudocódigo) Se nota maior ou igual a 90 Imprima A Senão Se nota maior ou igual a 80 Imprima B Senão Se nota maior ou igual a 70 Imprima C Senão Se nota maior ou igual a 60 Imprima D Senão Imprima R 23

24 Estrutura de seleção if/else (C++) if ( nota >= 90 ) cout << A ; else if ( nota >= 80 ) cout << B ; else if ( nota >= 70 ) cout << C ; else if ( nota >= 60 ) cout << D ; else cout << R ; if( nota >= 90 ) cout<< A ; elseif( nota >= 80 ) cout<< B ; elseif( nota >= 70 ) cout<< C ; elseif( nota >= 60 ) cout<< D ; else cout<< R ; 24

25 Comando composto A estrutura ifespera somente um comando no seu corpo. Para incluir vários comandos no corpo de um if, inclua os comandos entre chaves ( { e} ). Um conjunto de comandos entre chaves é chamado de comando composto if ( nota >= 60 ) cout << Aprovado.\n ; else{ cout << Reprovado.\n ; cout << Você deve fazer este curso de novo.\n ; } 25

26 Estrutura de seleção múltipla iffaz seleção única switch If/else faz seleção dupla Para seleção múltipla C++ oferece a estrutura switch switchconsiste em uma série de rótulos case e um caso default opcional 26

27 Estrutura de seleção múltipla switch switch ( variável ){ casevalor1: comandos; break; casevalor2: comandos; break; default: comandos; } 27

28 Estrutura de seleção múltipla switch -Exemplo cout << "Forneça as notas por letras. " << endl; cin >> grade; } switch ( grade ) { // switch aninhado no while case 'a': ++acount; break; // necessario para sair do switch case 'b': ++bcount; break; case 'c': ++ccount; break; default: cout << "Letra incorreta para nota. << endl; break; // opticional 28

29 Estrutura de seleção múltipla switch O comando breakprovoca a saída de uma estrutura sem consultar as condições No caso do switchquando um breaké encontrado as demais condições não são verificadas Se NÃO for usado break, mesmo executando os comandos de uma condição, todas as outras condições serão verificadas 29

30 Estrutura de seleção múltipla switch O caso defaultnão é obrigatório mas é útil quando não se quer especificar todos os valores de uma variável O defaulté verdadeiro quando nenhuma das outras condições for atendida Podemos compará-lo com o último comando else de uma estrutura de if/else aninhados NÃO é necessário chaves antes e depois de ações múltiplas em um casede um switch 30

31 Estrutura de seleção múltipla switch case a verdadeiro ação(ões) do case a break falso case b verdadeiro ação(ões) do case b break... falso ação(ões) dafault 31

32 Estrutura de seleção múltipla switch Qual seria o código equivalente, usando a estrutura switch, para a estrutura if/else aninhada? if( nota == 100 ) cout<< A ; elseif( nota == 90 ) cout<< B ; elseif( nota == 80 ) cout<< C ; elseif( nota == 70 ) cout<< D ; else cout<< R ; 32

33 Referência DEITEL, H. M.; DEITEL, P. J. C++ como programar. 3 ed. Porto Alegre: Bookman,

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN Fundamentos de Programação Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Linguagem de Programação Constituída por símbolos e por regras para combinar esses símbolos

Leia mais

Linguagens de Programação I

Linguagens de Programação I Linguagens de Programação I Tema # 4 Operadores em C Susana M Iglesias FUNÇÕES ENTRADA-SAÍDA I/O printf(), utilizada para enviar dados ao dispositivo de saída padrão (stdout), scanf(), utilizada para ler

Leia mais

ITENS FUNDAMENTAIS. Profª Angélica da Silva Nunes

ITENS FUNDAMENTAIS. Profª Angélica da Silva Nunes ITENS FUNDAMENTAIS Profª Angélica da Silva Nunes CONCEITOS BÁSICOS Hardware - é a parte física do computador, tais como: teclado, monitor de vídeo, etc. Software - são os programas e aplicativos que permitem

Leia mais

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO Tópicos Estrutura Básica B de Programas C e C++ Tipos de Dados Variáveis Strings Entrada e Saída de Dados no C e C++ INTRODUÇÃO O C++ aceita

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Professor: Diego Oliveira Conteúdo 05: Linguagem Java Conteúdo da Aula Linguagem Java Tipos Primitivos Operadores Aritiméticos Operadores Lógicos Precedência de Operadores

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Programação Aplicada à Engenharia

Programação Aplicada à Engenharia Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Programação Aplicada à Engenharia Aula 08: Comandos de repetição Silvio Fernandes 2009.1 1 Estrutura de repetição while Uma

Leia mais

Programação em C++: Introdução

Programação em C++: Introdução Programação em C++: Introdução J. Barbosa J. Tavares Conceitos básicos de programação Algoritmo Conjunto finito de regras sobre as quais se pode dar execução a um dado processo (Knuth73v1) Ex: ordenação

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java Guia da Sintaxe do Java TIPOS PRIMITIVOS DE DADOS DO JAVA São os tipos nativos de dados do Java, que podem ser usados na declaração de atributos, variáveis, parâmetros. Tipo primitivo Tamanho Valor padrão

Leia mais

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Linguagem C: Variáveis e Operadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Linguagem C: Variáveis e Operadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Linguagem C: Variáveis e Operadores Prof. Leonardo Barreto Campos Sumário Variáveis: Tipos de variáveis; Nome da variável; Palavras reservadas; A função printf(); A função scanf(); Variáveis locais; Variáveis

Leia mais

Introdução à Linguagem C++

Introdução à Linguagem C++ Introdução à Linguagem C++ C++: Definição C++ C A Linguagem de Programação C++ pode ser definida como uma extensão da Linguagem C; Todo código de programação em Linguagem C pode a priori ser compilado

Leia mais

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I. Prof. Me. Hélio Esperidião

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I. Prof. Me. Hélio Esperidião PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I Prof. Me. Hélio Esperidião AVALIAÇÃO 2 avaliações + Lista de Exercícios 1 Prova + 1 Projeto Prova (0-8) + 2 pontos para lista de exercícios entregue no dia da prova. Projeto(0-10)

Leia mais

Programação em C++: Introdução

Programação em C++: Introdução Programação em C++: Introdução J. Barbosa J. Tavares Visualização Científica Conceitos básicos de programação Algoritmo Conjunto finito de regras sobre as quais se pode dar execução a um dado processo

Leia mais

Curso de C. Declaração de Variáveis 18/3/ :48 1

Curso de C. Declaração de Variáveis 18/3/ :48 1 Curso de C Declaração de Variáveis 18/3/2008 15:48 1 Declaração de Variáveis Objetivos: Aprender como: Criar variáveis Atribuir um valor inicial à variável Escolher um nome para a variável 18/3/2008 15:48

Leia mais

MsC. João Maria MsC. Liviane Melo

MsC. João Maria MsC. Liviane Melo Disciplina: Programação Orientada à Objetos AULA 02 Corpo docente: MsC. Alexandro Vladno Edmilson Campos MsC. Fábio Procópio Esp. Felipe Dantas MsC. João Maria MsC. Liviane Melo 2 Tipo Tamanho Alcance

Leia mais

PIC - PROGRAMAÇÃO LINGUAGEM C. AUTOR: ENG. ANTONIO CARLOS LEMOS JÚNIOR

PIC - PROGRAMAÇÃO LINGUAGEM C. AUTOR: ENG. ANTONIO CARLOS LEMOS JÚNIOR PIC - PROGRAMAÇÃO LINGUAGEM C AUTOR: ENG. ANTONIO CARLOS LEMOS JÚNIOR acjunior@facthus.edu.br UBERABA MG 1º SEMESTRE 2009 FLUXOGRAMAS FLUXOGRAMAS Fluxograma para somar dois números e guardar em uma terceira

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 Mestrado em Educação (em andamento) Pós-graduação em Negócios em Mídias Digitais (em andamento) MBA em Marketing e Vendas Especialista em games : Produção e Programação Bacharel em Sistema de Informação

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton nilton@comp.uems.br Introdução A linguagem C foi inventada por Dennis Ritchie e

Leia mais

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1)

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Objetivos O principal objetivo deste artigo é explicar alguns conceitos fundamentais de programação em C. No final será implementado um programa envolvendo todos

Leia mais

Introdução à linguagem C++

Introdução à linguagem C++ Estrutura de Dados e Algoritmos e Programação e Computadores II Aula 2: Introdução à linguagem C++ Introdução à linguagem C++ Conceitos básicos: variáveis, tipos de dados, constantes, I/O, etc. Estruturas

Leia mais

PHP: <?php echo("hello World");?> Printa Hello World na página do navegador, mais fácil do que no Java.

PHP: <?php echo(hello World);?> Printa Hello World na página do navegador, mais fácil do que no Java. Nome: Vinícius Meng 3º ano Escrever em tela: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out. println ("Hello World"); Printa Hello World na tela do terminal. echo("hello

Leia mais

Introdução a JAVA. Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos

Introdução a JAVA. Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos + Introdução a JAVA Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos +Roteiro 2 Variáveis e tipos Operadores aritméticos, lógicos, relacionais e bit-a-bit Atribuição Comandos básicos Ler, Escrever, Condicional,

Leia mais

Entender o problema Encontrar um algoritmo para resolvê-lo. Implementar o algoritmo numa linguagem de programação

Entender o problema Encontrar um algoritmo para resolvê-lo. Implementar o algoritmo numa linguagem de programação Entender o problema Encontrar um algoritmo para resolvê-lo Implementar o algoritmo numa linguagem de programação Permitem implementar um algoritmo Expressar o algoritmo numa forma que o computador entenda

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Programação C# + ASP.NET

Programação C# + ASP.NET Programação C# + ASP.NET Prof. MSc. Daniel Menin Tortelli e-mail: danielmenintortelli@gmail.com Site: http://sites.google.com/site/danielmenintortelli/home 05/03/2014 Programação C# ASP.NET - Prof. MSc.

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

Aula 4 Objetivos if/else while

Aula 4 Objetivos if/else while Objetivos Tomadas de decisão Algoritmos; Estruturas de controle; A estrutura de seleção if; A estrutura de seleção if/else; A estrutura de repetição while. Tomadas de decisão Operadores de igualdade e

Leia mais

Linguagem de Programação. Thiago Leite Francisco Barretto

Linguagem de Programação. Thiago Leite Francisco Barretto Linguagem de Programação Thiago Leite Francisco Barretto SCHILDT, H. C Completo e Total. 3ª Edição. São Paulo: Makron, 1997. Bibliografia Ementa

Leia mais

Revisão C++ - Parte 1

Revisão C++ - Parte 1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos

Leia mais

Linguagem C para Microcontroladores

Linguagem C para Microcontroladores RESUMO Linguagem C para Microcontroladores Prof. Glauber G. O. Brante UTFPR Universidade Tecnológica Federal do Paraná DAELT Departamento Acadêmico de Eletrotécnica Sumário 1 Introdução...................................

Leia mais

Slides trabalhados durante a quinta aula

Slides trabalhados durante a quinta aula Slides trabalhados durante a quinta aula prática Estruturas de Controle de Fluxo 3. Laços de repetição (continuação) Exercício: Construa um algoritmo, representando-o através de um pseudocódigo e de um

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012 Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Histórico A linguagem C é uma linguagem de programação inventada na década de 1970 por Dennis Ritchie Brian Kennigaham.

Leia mais

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Operadores e controle de fluxo da execução Este módulo explora as estruturas procedurais da

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Estruturas de Controle

Estruturas de Controle Estruturas de Controle Mário Meireles eixeira UMA DEIN ópicos Estruturas de Controle condicionais repetição Expressões Lógicas operadores relacionais operadores lógicos Estruturas de Controle 2 1 Introdução

Leia mais

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia Calculo da área de um triângulo Algoritmo Área Var base,

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação Módulo Lógica e Ética de Programação com aplicações em Java Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação e Ética Fundamentos da Programação Objetivos: Reconhecer as diferenças

Leia mais

7 Operadores e Expressões

7 Operadores e Expressões 7 Operadores e Expressões 7.1 Definição de operador, expressão e operando Um operador é um símbolo utilizado para identificar que uma determinada operação deve ser realizada sobre um ou mais parâmetros,

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Algoritmos e Programação Parte 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc.

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Operadores Tipo de operadores Aritméticos Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Relacionais Comparação entre entidades. Lógicos Bit a bit 1 Operadores Aritméticos Operadores

Leia mais

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário As Origens da Linguagem C++; Primeiro Programa em C++; Declaração e Leitura de Variáveis; Estruturas de Seleção; if; switch; Estruturas

Leia mais

C Operadores e Expressões

C Operadores e Expressões C Operadores e Expressões Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação UFRJ 15 de agosto de 2013 Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br (IM-DCC-UFRJ)C Operadores

Leia mais

K&R: Capitulo 2 IAED, 2012/2013

K&R: Capitulo 2 IAED, 2012/2013 Elementos da Linguagem C K&R: Capitulo 2 Elementos da Linguagem C Identificadores Tipos Constantes Declarações Operadores aritméticos, lógicos e relacionais Conversões de tipos Operadores de incremento

Leia mais

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM.

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM. Teoria da Computação e Algoritmos Introdução à Linguagem Pascal 1 Estrutura de um programa INÍCIO FIM. PROGRAM END.

Leia mais

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C Prof. Ramon Figueiredo Pessoa 1 Variáveis e tipos Variáveis são simplesmente posições de memória que o compilador aloca ao programa Mas quantas posições

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Para aprender uma linguagem de programação podemos começar por conhecer os vocábulos ou símbolos que formam o seu léxico e depois aprender como esses vocábulos integram as instruções (frases) que compõe

Leia mais

Noçõ linguagem Java. Profs. Marcel Hugo e Jomi Fred Hübner. Departamento de Sistemas e Computação Universidade Regional de Blumenau - FURB

Noçõ linguagem Java. Profs. Marcel Hugo e Jomi Fred Hübner. Departamento de Sistemas e Computação Universidade Regional de Blumenau - FURB Noçõ ções básicas b da linguagem Java Profs. Marcel Hugo e Jomi Fred Hübner Departamento de Sistemas e Computação Universidade Regional de Blumenau - FURB Introduçã ção Origem Funcionamento Vantagens Linguagem

Leia mais

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO - CMP 1060 AULA 3 ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ 1. Constantes São valores que são mantidos fixos pelo compilador. Tipo de Dado Exemplos de Constantes char b \n \0 int 2

Leia mais

Linguagem de Programação C

Linguagem de Programação C Linguagem de Programação C Aula 08 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais 13 de novembro de 2009 Introdução O que é uma linguagem

Leia mais

Características da Linguagem C

Características da Linguagem C Características da Linguagem C Na aula passada, foi implementado o exemplo utilizado do reajuste salarial O resultado impresso pode ser visualizado da seguinte forma: Características da Linguagem C Introdução

Leia mais

4 Variáveis. Unesp Campus de Guaratinguetá

4 Variáveis. Unesp Campus de Guaratinguetá 4 Variáveis Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante Composição do Hardware MEMÓRIA UNIDADES FUNCIONAIS

Leia mais

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis Variáveis Variáveis são locais onde armazenamos valores na memória. Toda variável é caracterizada por um nome, que a identifica em um programa,

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Constantes class Exemplo { static void Main() { float fahr, celsius; int lower, upper, step; lower = 0; /* limite inferior da tabela de temperaturas */ upper = 300; /* limite superior */ step = 20; /*

Leia mais

Programação Básica em Arduino Aula 2

Programação Básica em Arduino Aula 2 Programação Básica em Arduino Aula 2 Execução: Laboratório de Automação e Robótica Móvel Site: http://oficinaderobotica.ufsc.br/ Canal: Oficina de Robótica UFSC https://www.youtube.com/channel/uc4oojsp2fhfkdrnj0wd7iag

Leia mais

Linguagem de Programação C. Prof. Fabrício Olivetti de França

Linguagem de Programação C. Prof. Fabrício Olivetti de França Linguagem de Programação C Prof. Fabrício Olivetti de França Linguagem C 2 Linguagem C Imperativo e estruturado Pequeno conjunto de palavras-chaves, operadores, etc. Tipagem estática, porém fraca Permite

Leia mais

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C#

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# Universidade do Vale do Paraíba Colégio Técnico Antônio Teixeira Fernandes Disciplina POO -2017 Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# http://www1.univap.br/~wagner Prof.

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Créditos Introdução à Ciência da Computação Introdução à Linguagem C: Parte I Prof. Ricardo J. G. B. Campello Alguns slides a seguir foram adaptados dos originais gentilmente cedidos por: Prof. André C.

Leia mais

Orientação a Objetos e a Linguagem Java

Orientação a Objetos e a Linguagem Java Orientação a Objetos e a Linguagem Java Afrânio Assis afranio@gmail.com Novembro/2006 1 Tipos, Literais, Operadores e Controle de Fluxo Novembro/2006 2 Identificadores Identificadores são palavras utilizadas

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Amarrações Conceituação Amarração (ou binding) é uma associação entre entidades de programação, tais como entre uma variável e seu valor ou entre um identificador

Leia mais

LINGUAGEM C PARA O 8051

LINGUAGEM C PARA O 8051 LINGUAGEM C PARA O 8051 Disciplina de Microcontroladores Prof. Ronnier e Rubão VARIÁVEIS E TIPOS DE DADOS SIMPLES Char 8 bits Short e int 16 bits Long 32 bits Float 32 bits Unsigned int 16 bits Unsigned

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C Eduardo Simões de Albuquerque Instituto de Informática UFG 13/03/2006 1 História Inventada e desenvolvida por Dennis Ritchie em um DEC- PDP 11 Originária de: BCPL desenvolvida

Leia mais

A Linguagem C. A forma de um programa em C

A Linguagem C. A forma de um programa em C A Linguagem C Criada em 1972 por D. M. Ritchie e K. Thompson. Tornou-se uma das mais importantes e populares, principalmente pela portabilidade e flexibilidade. Foi projetada para o desenvolvimento de

Leia mais

Diagramas Sintáticos

Diagramas Sintáticos Diagramas Sintáticos Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Classe pública com método main Cada classe X pública é declarada num ficheiro

Leia mais

1/50. Conceitos Básicos. Programa Básico

1/50. Conceitos Básicos. Programa Básico 1/50 Conceitos Básicos Programa Básico 2/50 Operações básicas de entrada e saída #include main retorna um inteiro int main() { std::cout

Leia mais

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Objetivos da aula: Introduzir conceitos da linguagem Java Apresentar um histórico da linguagem Apresentar

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação scc-120

Introdução à Ciência da Computação scc-120 ICMC USP 1.semestre/2011 Introdução à Ciência da Computação scc-120 Aula : Variáveis em C Profa. Roseli Romero mailto: rafrance@icmc.sc.usp.br Slides cedidos pela profa. Renata Fortes Variáveis variáveis

Leia mais

abstract continue for new switch assert default goto package synchronized boolean do if private this break double implements protected throw

abstract continue for new switch assert default goto package synchronized boolean do if private this break double implements protected throw Programadores sabem que mudar o contexto entre linguagens de programação é algo difícil. Se você pretende programar em Java e JavaScript criando micro serviços, extraindo o melhor de cada linguagem, e

Leia mais

Programação Estruturada Prof. Rodrigo Hausen Condicionais e Laços

Programação Estruturada Prof. Rodrigo Hausen  Condicionais e Laços Programação Estruturada Prof. Rodrigo Hausen http://progest.compscinet.org Condicionais e Laços 1 RELEMBRANDO - AULA PASSADA Definindo Funções tipo de retorno (saída) tipo nomefuncao(tipo par1, tipo par2)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de condição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de condição Estrutura condicional simples: Utilização da

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Aula de hoje. Expressões. Expressões. Expressões. Exemplos. Programa em Python. SCC Introdução à Programação para Engenharias

Aula de hoje. Expressões. Expressões. Expressões. Exemplos. Programa em Python. SCC Introdução à Programação para Engenharias SCC 124 - Introdução à Programação para Engenharias Expressões Professor: André C. P. L. F. de Carvalho, ICMC-USP Pos-doutorando: Isvani Frias-Blanco Monitor: Henrique Bonini de Britto Menezes Aula de

Leia mais

Aula 4 Estruturas de Controle

Aula 4 Estruturas de Controle UNIP Universidade Paulista Ciência da Computação Aula 4 Estruturas de Controle Prof. Célio Ricardo Castelano 1 Tópicos Abordados 1) Instruções de seleção em Java: 2) Instruções de repetição em Java: 2

Leia mais

Estruturas de controle Parte 1

Estruturas de controle Parte 1 1. Objetivos Estruturas de controle Parte 1 Nas lições anteriores, foram mostrados programas seqüenciais, onde as instruções foram executadas uma após a outra de forma fixa. Nesta lição, discutiremos estruturas

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Também chamado de estrutura de seleção múltipla (caso). Assim como o if-else, o switch também é uma estrutura de seleção. O if-else realiza o teste

Leia mais

Informática. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 01: Introdução à Informática

Informática. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 01: Introdução à Informática Informática Professor: Diego Oliveira Conteúdo 01: Introdução à Informática Agenda da Aula Apresentação do Professor Apresentação dos Alunos Apresentação da Disciplina Bibliografia Recomendada Metodologia

Leia mais

A linguagem C (visão histórica)

A linguagem C (visão histórica) A linguagem C (visão histórica) A linguagem C é uma linguagem de programação desenvolvida no ínício dos anos 70 por Dennis Ritchie, que trabalhava nos laboratórios Bell e que também inciou em paralelo,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO A. Estrutura Sequencial

PROGRAMAÇÃO A. Estrutura Sequencial PROGRAMAÇÃO A Estrutura Sequencial INTRODUÇÃO A estrutura mais simples que um algoritmo pode ter é conhecida como sequencial. Nessa estrutura os passos do algoritmo são executados, um a um, na ordem em

Leia mais

Guia de Consulta Rápida C++ Joel Saade. Novatec Editora

Guia de Consulta Rápida C++ Joel Saade. Novatec Editora 1 Guia de Consulta Rápida C++ Joel Saade Novatec Editora 2 Copyright 2004 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta

Leia mais

Linguagem C Operadores

Linguagem C Operadores Linguagem C Operadores Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Pré-requisitos É necessário que o leitor tenha acompanhado o artigo

Leia mais

LINGUAGEM C: COMANDOS DE CONTROLE CONDICIONAL

LINGUAGEM C: COMANDOS DE CONTROLE CONDICIONAL LINGUAGEM C: COMANDOS DE CONTROLE CONDICIONAL Prof. André Backes FLUXOGRAMAS Condição ou Decisão Representado por losangos Normalmente contém uma pergunta do tipo Sim/Não ou um teste de Verdadeiro/Falso.

Leia mais

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Prof. Gustavo Wagner FATEC-PB Programas em Java Texto do programa: arquivo com extensão.java Arquivo contém ao menos uma classe Nome do arquivo deve ser IGUAL

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1 Estruturas Básicas Aula Tópico 4 1 Problema 3 Exibir o maior número inteiro que pode ser representado no computador. 2 Qual o maior número inteiro? Para

Leia mais

4. Estruturas Fundamentais de Programação em C

4. Estruturas Fundamentais de Programação em C 4. Estruturas Fundamentais de Programação em C 4.1. Imprimindo Mensagens e Valores no Monitor de Vídeo A biblioteca de entrada e saída (stdio.h) possui a função printf que imprime mensagens e valores diretamente

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Linguagem C Operadora

Linguagem C Operadora Linguagem C Operadora Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Operadores Os operadores indicam ao compilador a necessidade de

Leia mais

Introdução à Computação MAC0110

Introdução à Computação MAC0110 Introdução à Computação MAC0110 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 2 Variáveis e Atribuições Memória Principal: Introdução Vimos que a CPU usa a memória principal para guardar as informações que estão

Leia mais

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução AEDS I C++ (Rone Ilídio) Introdução Linguagens de Programação Fonte Compilador Executável SO I Hardware C++ - Características Evolução do C, ou seja, possui a mesma sintaxe É uma linguagem

Leia mais