PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C"

Transcrição

1 PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C 1

2 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X 2

3 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X scanf ( %d, &X); scanf ( %f, &X); X é variável inteira X é variável real 3

4 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X scanf ( %d/f, &X); Exemplo 1: Introduzir um valor inteiro para N 4

5 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X scanf ( %d/f, &X); Exemplo 1: Introduzir um valor inteiro para X scanf ( %d, &X); 5

6 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X scanf ( %d/f, &X); Exemplo 2: Introduzir um valor real para X 6

7 Instruções de Entrada Entrada/Leitura de dados Introduzir um valor inteiro/real para X scanf ( %d/f, &X); Exemplo 2: Introduzir um valor real para X scanf ( %f, &X); 7

8 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados Mostrar o valor de X 8

9 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados Mostrar o valor de X printf ( %d, X); printf ( %f, X); X é variável inteira X é variável real 9

10 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados (inteiros) Mostrar o valor de X printf ( %d, X); Exemplo 1: Mostrar o valor de Soma 10

11 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados (inteiros) Mostrar o valor de X printf ( %d, X); Exemplo 1: Mostrar o valor de Soma printf ( %d\n, Soma); /* Soma é do tipo int 11

12 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados (reais) Mostrar o valor de X printf ( %f, X); Exemplo 2: Mostrar o valor de Produto 12

13 Instruções de Saída Saída/Escrita de dados (reais) Mostrar o valor de X printf ( %f, X); Exemplo 2: Mostrar o valor de Produto printf ( %f\n, Produto); /* Produto é do tipo float 13

14 Instruções de Saída Escrita de frase Mostrar a mensagem???? 14

15 Instruções de Saída Escrita de frase Mostrar a mensagem???? printf (???????? ); 15

16 Instruções de Saída Escrita de frase Mostrar a mensagem???? printf (???????? ); Exemplo: Mostrar a mensagem Inserir um valor inteiro 16

17 Instruções de Saída Escrita de frase Mostrar a mensagem???? printf (???????? ); Exemplo: Mostrar a mensagem Inserir um valor inteiro printf ( Inserir um valor inteiro\n ); 17

18 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? 18

19 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? X =?; 19

20 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? X =?; Exemplo 1: Atribuir a Soma o valor inteiro (N + 10) 20

21 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? X =?; Exemplo 1: Atribuir a Soma o valor inteiro (N + 10) Soma = N + 10; 21

22 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? X =?; Exemplo 2: Atribuir a Produto o valor real (X * 2.5) 22

23 Instruções de atribuição Atribuição Atribuir a X o valor inteiro/real? X =?; Exemplo 2: Atribuir a Produto o valor real (X * 2.5) Produto = X * 2.5; 23

24 Instruções de atribuição e de E/S Enunciado: Introduza um valor inteiro e um valor real, calcule o produto entre eles e mostre o resultado. 24

25 Instruções de atribuição e de E/S Algoritmo: Mostrar a mensagem Qual o valor inteiro. Introduzir um valor inteiro para N 25

26 Instruções de atribuição e de E/S Algoritmo: Mostrar a mensagem Qual o valor inteiro. Introduzir um valor inteiro para N Mostrar a mensagem Qual o valor real. Introduzir um valor real para X 26

27 Instruções de atribuição e de E/S Algoritmo: Mostrar a mensagem Qual o valor inteiro. Introduzir um valor inteiro para N Mostrar a mensagem Qual o valor real. Introduzir um valor real para X Atribuir a Produto o valor real (N * X) 27

28 Instruções de atribuição e de E/S Algoritmo: Mostrar a mensagem Qual o valor inteiro. Introduzir um valor inteiro para N Mostrar a mensagem Qual o valor real. Introduzir um valor real para X Atribuir a Produto o valor real (N * X) Mostrar a mensagem O produto é : Mostrar o valor de Produto 28

29 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { } 29

30 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { int N; float X, Produto; } 30

31 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { int N; float X, Produto; printf ( Qual o valor inteiro?\n ); scanf( %d, &N); } 31

32 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { int N; float X, Produto; printf ( Qual o valor inteiro?\n ); scanf( %d, &N); printf ( Qual o valor real?\n ); scanf( %f, &X); } 32

33 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { int N; float X, Produto; printf ( Qual o valor inteiro?\n ); scanf( %d, &N); printf ( Qual o valor real?\n ); scanf( %f, &X); Produto = N * X; } 33

34 Instruções de atribuição e de E/S #include <stdio.h> main ( ) { int N; float X, Produto; } printf ( Qual o valor inteiro?\n ); scanf( %d, &N); printf ( Qual o valor real?\n ); scanf( %f, &X); Produto = N * X; printf ( O produto é : %f.\n, Produto); 34

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C 1 2 Condicional 1 Se 'C' é verdadeira Então?; 3 Condicional 1 Se 'C' é verdadeira Então? if (C)?; 4 Condicional 2 Se 'C' é verdadeira Então? Senão?? 5 Condicional

Leia mais

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C 1 2 Repetição 1 Enquanto 'C' é verdadeira Fazer? 3 Repetição 1 Enquanto 'C' é verdadeira Fazer? while (C)?; 4 Enunciado: Construa um algoritmo para mostrar os 100

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Implementações básicas: a) Implementar o procedimento LerMatriz que preenche uma matriz de L linhas por C colunas de inteiros (L, C 1); b) Implementar o procedimento

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Enunciado: a)implementar a função maior que devolve o maior de dois números inteiros passados como parâmetro; b)construir um programa em C que determine o maior de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Implementações básicas : a) Implementar a função LerValorValido que verifica se um valor introduzido pelo utilizador pertence ao conjunto limitado por dois dados valores

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Introdução à Programação C

Introdução à Programação C Introdução à Programação C Fabio Mascarenhas - 2014.2 http://www.dcc.ufrj.br/~fabiom/introc Recapitulando Um programa C é uma sequência de diretivas (#include e #define), declarações de funções auxiliares,

Leia mais

Estruturas de Decisão. Adaptado de Deise Saccol

Estruturas de Decisão. Adaptado de Deise Saccol Estruturas de Decisão Adaptado de Deise Saccol 1 ESTRUTURAS DE DECISÃO Comandos de decisão ou desvio fazem parte das técnicas de programação, para construir estruturas de algoritmos que não são totalmente

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C.

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. capa Estruturas de repetição Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. - Aprender a implementar algoritmos em C com laços de repetições. Estruturas de

Leia mais

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Este documento explica como transformar um algoritmo escrito na forma pseudocódigo

Leia mais

Estruturas de Controle de Fluxo

Estruturas de Controle de Fluxo Aula Prática IX Aula Prática IX Teoria Estruturas de Controle de Fluxo Instrução condicional simples Em pseudocódigo: Na linguagem C: se entao fimse if ()

Leia mais

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo ponteiros INF1005 -- Programação I -- 2016.1 Prof. Roberto Azevedo razevedo@inf.puc-rio.br ponteiros tópicos o que são ponteiros operadores usados com ponteiros passagem de ponteiros para funções referência

Leia mais

LP II Estrutura de Dados

LP II Estrutura de Dados LP II Estrutura de Dados Linguagem C Seleção e Repetição Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Estruturas de Seleção Simples Composta Aninhada Estruturas de

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Aula Passada Prática com declaração e inicialização de variáveis Capacidade de representação (estouro de representação) Tamanho ocupado pela variável na memória (comando

Leia mais

Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação. Roberto Araujo 2013

Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação. Roberto Araujo 2013 Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação Roberto Araujo 2013 Meu primeiro programa em C #include main() { printf( Primeiro Programa \n ); Biblioteca padrão Função principal

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) Factorial Definição de função para cálculo de factorial Scheme (define (factorial n) (if (= n 1) 1 (* n (factorial (- n 1))))) C int factorial (int n) { if (n == 1) return

Leia mais

Introdução à Programação I

Introdução à Programação I Introdução à Programação I Programação Estruturada Álgebra Booleana e Expressões Compostas Material da Prof. Ana Eliza Definição: Chama-se proposição todo o conjunto de palavras ou símbolos que exprimem

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Introdução à Programação em C (II)

Introdução à Programação em C (II) Introdução à Programação em C (II) Resumo Streams de Texto Leitura e escrita de caracteres Caracteres como números inteiros Exemplos Cópia de Ficheiros Contagem de Caracteres Contagem de Linhas Contagem

Leia mais

Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos

Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia Departamento de Sistemas e Informática Laboratório 4 Correcção de erros sintácticos e tipos de dados primitivos Disciplina de Introdução à

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) IAED Tagus, 2009/2010 Organização de Ficheiros em C Organização Típica de Ficheiros em C Inclusão de bibliotecas de sistema Inclusão de bibliotecas locais Definição de

Leia mais

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07 Introdução a linguagem C Introdução à Programação 06/07 A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C A linguagem C foi criada, na década de setenta, por Dennis M. Ritchie; Apesar de se considerar uma linguagem de alto

Leia mais

... Subprogramas Após fazer as tarefas previstas o nosso programa devolve o comando ao sistema operativo. Isto está numa hierarquia onde o nosso progr

... Subprogramas Após fazer as tarefas previstas o nosso programa devolve o comando ao sistema operativo. Isto está numa hierarquia onde o nosso progr 26 - Subprogramas Executar um programa é pedir ao sistema operativo (que é o programa principal de um computador) que passe o comando do computador para o nosso programa. ... Subprogramas Após fazer as

Leia mais

LINGUAGEM C Estrutura / Funções

LINGUAGEM C Estrutura / Funções Tópicos Especiais em T. Computação CONCEITOS DA LINGUAGEM C Estrutura / Funções Prof. Elyssandro Piffer ESTRUTURAS As estruturas em C são muito semelhantes aos registros em Pascal. Agrupam num único tipo,

Leia mais

11 - Estrutura de um programa em C

11 - Estrutura de um programa em C 11 - Estrutura de um programa em C directivas para o compilador { main ( ) declarações instruções } -É possível utilizar comentários, exemplo: /* Comentário */ que não são traduzidos pelo compilador, pois

Leia mais

Linguagem C (estruturas condicionais)

Linguagem C (estruturas condicionais) Linguagem C (estruturas condicionais) André Tavares da Silva atavares@joinville.udesc.br Comandos de Controle de Fluxo Todos os comandos devem ser terminados com um ;. { e são usados para delimitar um

Leia mais

Curso de Introdução à Liguagem de. Grupo PET-Tele. Universidade Federal Fluminense. July 16, 2012

Curso de Introdução à Liguagem de. Grupo PET-Tele. Universidade Federal Fluminense. July 16, 2012 urso de à urso de à Universidade Federal Fluminense July 16, 2012 Indrodução urso de à O é uma linguagem de programação criada por Dennis Ritchie, em 1972 e que continua a ser muito utilizada até os dias

Leia mais

Linguagem C. André Tavares da Silva.

Linguagem C. André Tavares da Silva. Linguagem C André Tavares da Silva dcc2ats@joinville.udesc.br Lógica de Programação O objetivo da lógica de programação é exercitar os métodos de raciocínio e elaborar soluções coerentes para determinados

Leia mais

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: funções e ponteiros Prof. Críston Algoritmos e Programação Funções Recurso das linguagens de programação que permite dar um nome para um conjunto de instruções Facilita a reutilização de algoritmos

Leia mais

Instruções condicionais. Instruções de repetição. Programa simples. Se fizeres barulho então apanhas um estalo!!!! Se condição então acção.

Instruções condicionais. Instruções de repetição. Programa simples. Se fizeres barulho então apanhas um estalo!!!! Se condição então acção. Sumário Instruções condicionais if Instruções de repetição do 04-1 Instruções condicionais Programa simples Sequência de instruções Como se faz a selecção de opções? Instruções condicionais Se fizeres

Leia mais

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento --

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento -- Aula 09 - Operadores de auto incremento e auto decremento, atribuição múltipla, atribuição na declaração, atribuição resumida e algumas regras de boa programação. 1) Operadores de auto incremento ++ e

Leia mais

Aula 06 Definição de Novos Tipos (structs, typedefs, e enumerações) Prof. Filipe Mutz

Aula 06 Definição de Novos Tipos (structs, typedefs, e enumerações) Prof. Filipe Mutz Aula 06 Definição de Novos Tipos (structs, typedefs, e enumerações) Prof. Filipe Mutz 1 Estruturas (structs) Estruturas (structs) são usadas para criar novos tipos de dados pelo agrupamento de informações.

Leia mais

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PRÉ AULA PRÉ AULA 31/08/2015

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PRÉ AULA PRÉ AULA 31/08/2015 ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com PRÉ AULA algoritmo Cálculo detempo numero: inteiro escreva( Digite um número:

Leia mais

21 Variáveis estruturadas

21 Variáveis estruturadas 21 Variáveis estruturadas São variáveis compostas por outras variáveis. O tipo de variável estruturada mais comum é o vector (array) onde os componentes (variáveis) são todos do mesmo tipo, por exemplo:

Leia mais

12 - Dados Estruturados Vetores, Matrizes e Strings

12 - Dados Estruturados Vetores, Matrizes e Strings 12 - Dados Estruturados Vetores, Matrizes e Strings Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante Vetores,

Leia mais

A linguagem C (visão histórica)

A linguagem C (visão histórica) A linguagem C (visão histórica) A linguagem C é uma linguagem de programação desenvolvida no ínício dos anos 70 por Dennis Ritchie, que trabalhava nos laboratórios Bell e que também inciou em paralelo,

Leia mais

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação Algoritmos e Introdução à Programação Lógica e Linguagem de Programação Prof. José Honorato Ferreira Nunes honoratonunes@softwarelivre.org http://softwarelivre.org/zenorato/honoratonunes Linguagem C Seleção

Leia mais

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C 1 Sintaxe da linguagem C Componentes reconhecidos pela linguagem C (sintaxe da linguagem): tipos propriedades dos dados; declarações partes do programa, podendo dar significado

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

Prova 1 QUESTÃO 1. (1) nusp % 3 == 1. MAC2166 Introdução à Computação para a Engenharia. # include <stdio.h>

Prova 1 QUESTÃO 1. (1) nusp % 3 == 1. MAC2166 Introdução à Computação para a Engenharia. # include <stdio.h> MAC2166 Introdução à Computação para a Engenharia Prova 1 QUESTÃO 1 Simule a execução do programa abaixo, destacando a saída do programa. A saída do programa é tudo que resulta dos comandos printf. Para

Leia mais

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol Estruturas de Repetição na Linguagem C Slides da Prof. Deise Saccol 1 Comando for Estrutura de repetição for (var=valor inicial; condição; incremento) comando; for (var=valor inicial; condição; incremento)

Leia mais

Linguagem C Introdução. Contexto Histórico Principais diferenças do Java Funções em C Compilar programas em C no Linux

Linguagem C Introdução. Contexto Histórico Principais diferenças do Java Funções em C Compilar programas em C no Linux Linguagem C Introdução Contexto Histórico Principais diferenças do Java Funções em C Compilar programas em C no Linux Porquê C em AC? A linguagem C fornece um modelo de programação próximo da máquina física

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Programação de Computadores II. Cap. 5 Vetores

Programação de Computadores II. Cap. 5 Vetores Programação de Computadores II Cap. 5 Vetores Livro: Waldemar Celes, Renato Cerqueira, José Lucas Rangel. Introdução a Estruturas de Dados, Editora Campus (2004) Slides adaptados dos originais dos profs.:

Leia mais

Introdução a Linguagem C

Introdução a Linguagem C Introdução a Linguagem C Professor: Juliano Lucas Gonçalves juliano.goncalves@ifsc.edu.br Agenda Histórico Estrutura básica de um programa em C Diretivas para o processador Bibliotecas Ambiente de desenvolvimento

Leia mais

ESTRUTURAS COMPOSTAS VETOR

ESTRUTURAS COMPOSTAS VETOR ESTRUTURAS COMPOSTAS Variáveis Compostas Unidimensionais VETOR slides desenvolvidos pela Profa. Rosely Sanches 2 ESTRUTURAS COMPOSTAS Pode-se organizar tipos simples em tipos mais complexos formando as

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação Algoritmos e Introdução à Programação Lógica e Linguagem de Programação Prof. José Honorato Ferreira Nunes honoratonunes@softwarelivre.org http://softwarelivre.org/zenorato/honoratonunes Linguagem C Prof.

Leia mais

Treinamento Olimpíada Brasileira de Informática

Treinamento Olimpíada Brasileira de Informática Treinamento Olimpíada Brasileira de Informática Prof. Roberto Affonso da Costa Junior Universidade Federal de Itajubá AULA 04 1/2 Estrutura de Repetição Bruno Otávio, George, Gabriel Taets, Gabriel Huhn,Thiago

Leia mais

Modularidade - Fun ções e Procedimentos

Modularidade - Fun ções e Procedimentos Modularidade - Fun ções e Procedimentos José Gustavo de Souza Paiva Problema Em diversas situa ções, é preciso executar uma tarefa específica diversas vezes em um programa, variando apenas os dados de

Leia mais

Estruturas de Controle em Linguagem C

Estruturas de Controle em Linguagem C Estruturas de Controle em Linguagem C Introdução à Ciência da Computação Rosane Minghim Apoio na confecção: Carlos Elias A. Zampieri Danilo Medeiros Eler Rogério Eduardo Garcia Renato Rodrigues Baseado

Leia mais

Linguagem C Funções. André Tavares da Silva.

Linguagem C Funções. André Tavares da Silva. Linguagem C Funções André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Funções É uma coleção de comandos identificados por um nome (identificador); As funções executam ações e podem retornar valores; main, printf

Leia mais

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples Prof. Vanderlei Bonato: vbonato@icmc.usp.br Prof. Claudio Fabiano Motta Toledo: claudio@icmc.usp.br

Leia mais

Ficha de trabalho nº3

Ficha de trabalho nº3 Ficha de trabalho nº3 Linguagem de Programação C (strings, switch, os ciclos for, while e do..while, break, continue, ++, --, +=, -=) 1. Elabore um programa que pede ao utilizador o nome e a idade e de

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função.

Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função. Engenharia informatica Escreva a função e_caracter que verifica se um determinado caracter é um numero ou não. Escreva um Programa de teste da função. #include Int e_caracter (char c) { Return(

Leia mais

Conceito de procedimentos e funções

Conceito de procedimentos e funções Tópicos Introdução Como funcionam as funções Declaração de funções Exemplo de funções 1 Introdução As funções, são unidades de código desenhadas para cumprir uma determinada tarefa. Até agora, já utilizamos

Leia mais

Introdução à Programação em C

Introdução à Programação em C Introdução à Programação em C Tipos e Operadores Elementares Estruturas de Controlo Resumo Novidades em C Exemplo: Factorial Tipos de Dados Básicos Saltos Condicionais: if-then-else Valor de retorno de

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Subprogramas. Prof. Carlos Lopes

Subprogramas. Prof. Carlos Lopes Subprogramas Prof. Carlos Lopes Motivação Escreva um programa C capaz de calcular a combinação de n valores tomados p a p. Para realizar este cálculo, você deverá utilizar a seguinte fórmula: C n n! p

Leia mais

Linguagem de Programação C. Expressões em C

Linguagem de Programação C. Expressões em C Linguagem de Programação C Expressões em C Cristiano Lehrer, M.Sc. Anatomia de um Programa em C /* inclui as funções de entrada e saída */ /* o programa começa aqui */ main() /* início do bloco de instruções

Leia mais

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação)

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação) Linguagens de programação Introdução ao C (continuação) M@nso 2003 Sumário Introdução à programação Linguagem C Repetição de instruções Ciclos com controlo inicial ciclo While ciclo For Ciclos com controlo

Leia mais

Sumário. Introdução à Ciência da Computação. Ponteiros em C. Introdução. Definição. Por quê ponteiros são importantes?

Sumário. Introdução à Ciência da Computação. Ponteiros em C. Introdução. Definição. Por quê ponteiros são importantes? Introdução à Ciência da Computação Ponteiros em C Prof. Ricardo J. G. B. Campello Sumário Introdução Definição de Ponteiros Declaração de Ponteiros em C Manipulação de Ponteiros em C Operações Ponteiros

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2007 / 2008

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2007 / 2008 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2007 / 2008 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 1º semestre Testes, condições e ciclos http://tele1.dee.fct.unl.pt

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Último Conteúdo Estruturas de condição Estrutura condicional simples Utilização da estrutura de condição if com expressões lógicas simples Utilização do comando if

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação. Vetor e Matriz

Disciplina de Algoritmos e Programação. Vetor e Matriz Disciplina de Algoritmos e Programação Vetor e Matriz Definição de Vetor Vetor é uma variável composta homogênea unidimensional Conjunto de variáveis de mesmo tipo que possuem mesmo identificador (nome)

Leia mais

Funções de Entrada e Saída Formatada Constantes de barra invertida

Funções de Entrada e Saída Formatada Constantes de barra invertida Funções de Entrada e Saída Formatada Constantes de barra invertida Constante \n \ \ \0 \\ \t \a \b Significado new line aspas apóstofro - nulo (0 decimal) barra invertida tabulação horizontal (tab) alerta

Leia mais

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Prof. Esp. Fabiano Taguchi

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Prof. Esp. Fabiano Taguchi ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com PRÉ AULA 01 Analise o algoritmo a seguir e assinale a alternativa que indica o

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E ALGORITMOS (LEI) Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2016/2017

PROGRAMAÇÃO E ALGORITMOS (LEI) Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2016/2017 PROGRAMAÇÃO E ALGORITMOS (LEI) Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2016/2017 Resumo Exercícios Gestão de Memória Leitura / Escrita de Ficheiros Tipos de Dados

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Aula 1 Apresentação do Curso

Aula 1 Apresentação do Curso Departamento de Sistemas de Computação Universidade de São Paulo SSC 502 Laboratório de Introdução a Ciência de Computação I Aula 1 Apresentação do Curso Responsável Prof. Seiji Isotani (sisotani@icmc.usp.br)

Leia mais

(SCC-0120) Linguagem C

(SCC-0120) Linguagem C (SCC-0120) Introdução à Ciência da Computação: Linguagem C Prof. Zhao Liang Estag. PAE: Murillo G. Carneiro (São Carlos) Instituto de Ciências Matemáticas e Computação (ICMC) (SCC-0120) Introdução à Ciência

Leia mais

Introdução a Linguagem C

Introdução a Linguagem C Introdução a Linguagem C Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo rafaelg@ifes.edu.br http://rafaelguimaraes.net 22 de Dezembro de 2014 Rafael Silva Guimarães Introdução a Linguagem C

Leia mais

Programação estruturada

Programação estruturada Programação estruturada IPC2 1999/2000 F. Nunes Ferreira Acetatos baseados no livro C: How to Program (second edition) H. M. Deitel P. J. Deitel Prentice Hall, 1994 2 Exercício Desenvolvimento de um programa

Leia mais

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente:

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente: Vetores Vetor é um tipo de dado usado para representar uma certa quantidade de variáveis de valores homogêneos (do mesmo tipo). Imagine o seguinte problema: calcular a média das notas da prova de 5 alunos.

Leia mais

Tipos Básicos. Operadores de Incremento e Decremento. Operador Sizeof. Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas

Tipos Básicos. Operadores de Incremento e Decremento. Operador Sizeof. Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas Tipos Básicos Quantos valores distintos podemos representar com o tipo char? Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 03/03/2010 Operadores de Incremento e Decremento ++ e -- Incrementa ou decrementa

Leia mais

Introdução a Programação na Linguagem C.

Introdução a Programação na Linguagem C. Introdução a Programação na Linguagem C. Prof. Gemilson George E-mail: gemilson@geo.com.br Skype: gemilson_geo MSN: gemilsongeorge@gmail.com Facebook: facebook.com/gemilson Fone: (83)8880-2046 Blog: informaticageo.wordpress.com

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

ALGORITMO I ESTRUTURA DE CONTROLE DECISÃO SE / CASO;

ALGORITMO I ESTRUTURA DE CONTROLE DECISÃO SE / CASO; ALGORITMO I ESTRUTURA DE CONTROLE DECISÃO SE / CASO; Jaime Evaristo (http://professor.ic.ufal.br/jaime/) Slide 1 ESTRUTURA DE CONTROLE Operadores Relacionais Símbolo Significado LING. C = Igual == Diferente!=

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador DEC PDP-11 em Unix C++ é uma extensão da linguagem C O sistema Unix é escrito

Leia mais

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Tipos Básicos Quantos valores distintos podemos representar com o tipo char? Operadores de Incremento e Decremento ++ e -- Incrementa ou decrementa

Leia mais

O objetivo deste questionário é levá-lo a rever os fundamentos da linguagem C. Nomeadamente, a utilização de instruções de seleção e de repetição.

O objetivo deste questionário é levá-lo a rever os fundamentos da linguagem C. Nomeadamente, a utilização de instruções de seleção e de repetição. Seleção e Ciclos Objetivo O objetivo deste questionário é levá-lo a rever os fundamentos da linguagem C. Nomeadamente, a utilização de instruções de seleção e de repetição. Entrega do Questionário As respostas

Leia mais

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 INF1007: Programação 2 0 Revisão 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 Tópicos Principais Variáveis e Constantes Operadores e Expressões Entrada e Saída Tomada de Decisão Construção com laços

Leia mais

Resolução de Algoritmos

Resolução de Algoritmos Resolução de Algoritmos Disciplina: Algoritmos e Programação Luciano Moraes Da Luz Brum Universidade Federal do Pampa Unipampa Campus Bagé Email: lucianobrum18@gmail.com Tópicos Resolução dos exercícios

Leia mais

Funções de Entrada e Saída

Funções de Entrada e Saída inicio Escrita no ecrã (Saída de dados) Escrever( introduza o valor do raio ) Raio Leitura do valor do raio S Raio < 0 N O utilizador insere o valor do raio (Entrada de dados do teclado) Escrita no ecrã

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C 02/23 INTRODUÇÃO Criada em 1972 na AT&T Bell Labs É uma das linguagens mais populares. Existem poucas arquiteturas

Leia mais

Computação 2. Aula 5. Profª. Fabiany defines vetor, strings e matriz por parâmetros de função

Computação 2. Aula 5. Profª. Fabiany defines vetor, strings e matriz por parâmetros de função Computação 2 Aula 5 defines vetor, strings e matriz por parâmetros de função Profª. Fabiany fabianyl@utfpr.com.br #define A diretiva #define define um identificador e uma string que o substituirá toda

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Universidade Federal do Espírito Santo Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Variáveis Tipos de Dados Básicos Formação dos identificadores o nome deve começar com uma letra

Leia mais

MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia Escola Politécnica Primeiro Semestre de 2003 Primeira Prova 2 de abril de 2003

MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia Escola Politécnica Primeiro Semestre de 2003 Primeira Prova 2 de abril de 2003 MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia Escola Politécnica Primeiro Semestre de 2003 Primeira Prova 2 de abril de 2003 Nome: Assinatura: N ō USP: Turma: Instruções: Professor: 1. Não destaque

Leia mais

Computação 2. Diego Addan Aula 3. Funções

Computação 2. Diego Addan Aula 3. Funções Computação 2 Aula 3 Funções Diego Addan diegoaddan@gmail.com Funções Função é um subprograma que auxilia o programa principal através da realização de uma determinada subtarefa. As funções são chamados

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Constantes class Exemplo { static void Main() { float fahr, celsius; int lower, upper, step; lower = 0; /* limite inferior da tabela de temperaturas */ upper = 300; /* limite superior */ step = 20; /*

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

Folha Prática 2. Lab. 2

Folha Prática 2. Lab. 2 Programação Folha Prática 2 Lab. 2 Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal 2010 Copyright 2010 All rights reserved. 1. Revisão dos conceitos fundamentais da programação de computadores

Leia mais

Linguagem de Programação I

Linguagem de Programação I Linguagem de ção I Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifmaedubr DESU / DAI 2015 O que é um programa de computador? 2 1 de computador E_1 E_n Resultado Entrada(s) Processamento Saída(s)

Leia mais