REGULAMENTO ELEITORAL DO SICOOB JUDICIÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO ELEITORAL DO SICOOB JUDICIÁRIO"

Transcrição

1 REGULAMENTO ELEITORAL DO SICOOB JUDICIÁRIO Art. 1º - Este Regulamento disciplina os procedimentos que regem as eleições previstas no artigo 69 do Estatuto Social da COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO E MINISTÉRIO PÚBLICO SICOOB JUDICIÁRIO, para escolha dos membros dos Conselhos de Administração e Fiscal, assim como dos Delegados. Capítulo I DAS ELEIÇÕES PARA OS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO E FISCAL Art. 2 - As eleições para os Conselhos de Administração e Fiscal serão conduzidas por uma Comissão Eleitoral, nomeada pelo Conselho de Administração com antecedência mínima de 30 (trinta) dias. Parágrafo único. Fica dispensada a constituição de Comissão Eleitoral quando a eleição for realizada para atender exigências do Banco Central do Brasil, bastando, para tanto, que seja observado o prazo legal para convocação da Assembleia Geral. Art. 3 - Poderão se candidatar aos Conselhos de Administração e Fiscal os sócios em pleno gozo de seus direitos sociais, observado o disposto no Estatuto Social do SICOOB Judiciário, neste Regulamento e na legislação vigente, devendo inscrever sua candidatura na sede da Cooperativa, através do registro de chapa completa, no período compreendido entre 20 (vinte) e até 10 (dez) dias antes da data da Assembleia Geral respectiva, salvo o disposto no parágrafo único do artigo 2º deste Regulamento. 1 - A concorrência aos Conselhos de Administração e Fiscal se fará através do registro de chapa completa, com a designação prévia e por escrito dos nomes dos candidatos e cargos, vedada a inclusão de um mesmo nome em mais de uma chapa. 2 - As chapas serão registradas na Secretaria da Cooperativa junto ao Presidente ou ao Vice-Presidente, onde constarão o nome completo, CPF, lotação, assinatura e o cargo a que concorrerá cada componente da chapa, no período estabelecido em edital correspondente. 3 - Cada chapa inscrita poderá credenciar junto à Comissão Eleitoral, um fiscal para acompanhar a votação, no prazo a ser definido pela mesma. 4 - Caso haja apenas uma chapa concorrendo ao Conselho de Administração ou ao Conselho Fiscal, a forma de votação será por aclamação, caso contrário será adotada a urna para coleta dos votos.

2 5º - As eleições para o Conselho Fiscal dar-se-ão em Assembléia Geral, e, quando coincidirem com as do Conselho de Administração, ocorrerão de maneira absolutamente independente. Art. 4 - A Diretoria Executiva fornecerá, com a antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas da data das eleições, ao Presidente da Comissão Eleitoral, listagem contendo os nomes dos associados delegados com direito a voto. Art. 5 - A apuração dos votos será feita pela Comissão Eleitoral durante a Assembléia Geral, sendo permitido o acompanhamento de todo o processo pelos fiscais das chapas inscritas e pelos associados delegados. Capítulo II DAS ELEIÇÕES PARA DELEGADOS Art. 6 - As eleições para os cargos de Delegado serão conduzidas por uma Comissão Eleitoral, nomeada pelo Conselho de Administração com antecedência mínima de 35 (trinta e cinco) dias. Parágrafo único O Conselho de Administração nomeará uma Comissão Eleitoral para cada região brasileira em que estiverem localizadas as unidades administrativas da cooperativa. Art. 7º - Caberá aos Delegados representar os associados nas Assembléias Gerais no exercício das competências estabelecidas no Estatuto Social do SICOOB Judiciário. Art. 8º - Os Delegados Titulares serão eleitos pelo critério de maior número de votos, pelos associados de cada unidade administrativa, que votarão de acordo com o número de vagas disponíveis, de forma que o número de votos não poderá ser superior ao número de vagas. Parágrafo único - Os candidatos mais votados, na seqüência, serão eleitos Delegados Suplentes. Art. 9 - A Diretoria Executiva fornecerá, com a antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas da data das eleições, ao Presidente da Comissão Eleitoral, listagem contendo os nomes dos associados com direito a voto. Art A inscrição individual dos candidatos ao cargo de Delegado deverá ser realizada com 30 (trinta) dias de antecedência da data da realização da eleição, na sede da Cooperativa ou nos postos de atendimentos localizados nas unidades administrativas. Art Pode candidatar-se ao cargo de Delegado o associado admitido até a data de publicação do edital de convocação, o qual deverá atender ao disposto no Estatuto Social e, cumulativamente, aos seguintes requisitos: I ter comportamento ilibado em sua vida privada e profissional;

3 II estar na plenitude de sua capacidade civil, em pleno gozo de seus direitos sociais e não exercer cargo eletivo da cooperativa; III não estar em falta no cumprimento de obrigações assumidas com a cooperativa, nem tê-la causado prejuízo; IV não ter título classificado em risco superior ao nível B nos últimos 12 (doze) meses, segundo critérios estabelecidos na decisão do Conselho Monetário Nacional - CMN, publicada pelo Banco Central do Brasil (Resolução 2.682, de 21/12/1999); V residir na jurisdição da unidade administrativa pela qual está se candidatando. Parágrafo único Será rejeitada pela Comissão Eleitoral, no prazo de 02 (dois) dias úteis, sob aviso ao interessado, a inscrição de candidato que não satisfaça qualquer dos requisitos estabelecidos neste artigo, sendo divulgada, em seguida, a lista dos candidatos habilitados em ordem cronológica de inscrição. Art Para as eleições de Delegados serão instaladas mesas receptoras de votos nos órgãos onde estão localizados a sede da cooperativa e os postos de atendimento das unidades administrativas, podendo a Comissão Eleitoral autorizar a instalação de mais de uma urna no âmbito dos referidos órgãos, em pontos que facilitem o acesso do eleitor, assim como fazer uso de urnas itinerantes, caso julgue necessário. Parágrafo único A Comissão Eleitoral designará um funcionário da Cooperativa para cada mesa receptora. Capítulo III Da Comissão Eleitoral Art A Comissão Eleitoral será composta por quatro membros, sendo três titulares e um suplente, sendo que, entre os titulares, na primeira reunião, elegerão um Presidente e um Secretário. Art Compete à Comissão Eleitoral: I. abrir e encerrar o processo de inscrição e oficializar as candidaturas; II. habilitar ou impugnar candidato; III. abrir e conduzir o processo eleitoral de acordo com o disposto no presente Regulamento; IV. esclarecer aos sócios, quando solicitado, sobre matéria eleitoral; V. receber e julgar recursos de impugnação; VI. adotar medidas outras, não previstas no presente Regulamento, indispensáveis ao bom andamento dos trabalhos eleitorais; VII. encerrar o processo eleitoral, responsabilizando-se pela guarda e segurança das urnas, quando houver; VIII. proclamar os eleitos. Art Para a impugnação de candidatura para os cargos dos Conselhos de Administração e Fiscal, o prazo é de 02 (dois) dias úteis após a divulgação oficial das

4 chapas registradas, que será afixada em local de circulação dos sócios (sede e postos de atendimento nas unidades administrativas). Art. 16 Para a impugnação de candidatura para o cargo de Delegado, o prazo é de 05 (cinco) dias úteis após a divulgação oficial dos nomes dos candidatos inscritos, cuja lista será afixada em local de circulação dos sócios (sede e postos de atendimento nas unidades administrativas). Art. 17 As impugnações de chapas (Conselhos de Administração ou Fiscal) ou de candidaturas individuais (Delegado) far-se-ão mediante requerimento escrito, dirigido ao Presidente da Comissão Eleitoral, e só poderão basear-se em causas de inelegibilidade legal, estatutária ou em causas que contrariem este Regulamento. 1º - Julgada procedente ou não a impugnação, a Comissão Eleitoral, fará afixar, no prazo de até 05 (cinco) dias, em local de circulação dos sócios, o inteiro teor da decisão. 2º - A chapa de que fizerem parte candidatos impugnados poderá concorrer, desde que preencha a vaga impugnada em 01 (um) dia útil a contar da afixação da decisão nos quadros de avisos da Cooperativa. Art As decisões da Comissão Eleitoral são terminativas, cabendo recurso, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis após a proclamação da chapa vencedora ou Delegados eleitos, ao Conselho de Administração, que, juntamente com o Conselho Fiscal, avaliará, caso a decisão influa diretamente no resultado do pleito, a necessidade de submeter a questão controvertida à Assembléia Geral. Art. 19 O resultado final das eleições constará de ata lavrada e assinada pela Comissão Eleitoral, que registrará, ainda, as ocorrências havidas durante o processo eleitoral, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis após o final da apuração. Art. 20 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Eleitoral. Capítulo IV DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art A realização das eleições para os cargos dos Conselhos de Administração e Fiscal será precedida da publicação de edital de convocação de Assembléia Geral Ordinária, com antecedência mínima de 10 (dez) dias, conforme artigo 34 do Estatuto Social do SICOOB Judiciário. Art. 22 A realização das eleições para o cargo de Delegado será precedida da publicação de edital de convocação de eleições, com antecedência mínima de 40 (quarenta) dias.

5 Art. 23 As eleições para os cargos sociais e as respectivas convocações dar-se-ão nos casos de: I encerramento da vigência do mandato dos membros dos Conselhos de Administração e Fiscal e dos Delegados; II vagas decorrentes do disposto no artigo 50 do Estatuto Social do SICOOB Judiciário, no que couber. Art O presente Regulamento Eleitoral, conforme artigo 69 do Estatuto Social do SICOOB Judiciário, foi aprovado pelo Conselho de Administração, em Reunião Extraordinária, realizada em 20 de agosto de 2009, e alterado em Reunião Extraordinária, do mesmo colegiado, realizada em 27 de junho de Brasília, 27 de junho de 2014.

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES. Título I

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES. Título I Das finalidades REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES Título I Art. 1º - O presente Regulamento, elaborado em cumprimento ao disposto no inciso III do Art. 53 do Estatuto Social, tem por finalidade disciplinar as eleições

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL 2016 IAB RS

REGULAMENTO ELEITORAL 2016 IAB RS A Comissão Eleitoral constituída nos termos do Art. 80 do Estatuto do IAB RS, vem, através deste Regulamento Eleitoral Eleições 2016, editado nos termos do parágrafo único do Artigo 80 do Estatuto do IAB

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL DO SAERGS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA E CONSELHO FISCAL

REGIMENTO ELEITORAL DO SAERGS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA E CONSELHO FISCAL REGIMENTO ELEITORAL DO SAERGS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA E CONSELHO FISCAL I DA ELEIÇÃO Art. 1º - A eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal do Sindicato dos Arquitetos no Estado do Rio Grande do Sul SAERGS

Leia mais

EDITAL PARA A ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO E MILITAR - ASEMPT

EDITAL PARA A ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO E MILITAR - ASEMPT EDITAL PARA A ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO E MILITAR - ASEMPT A Comissão Eleitoral usando dos poderes que lhe foram conferidos resolve editar

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES E EMPREGADOS PÚBLICOS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO IMEDIATO AO CIDADÃO - NA HORA - ASSOSEHORA

ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES E EMPREGADOS PÚBLICOS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO IMEDIATO AO CIDADÃO - NA HORA - ASSOSEHORA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES E EMPREGADOS PÚBLICOS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO IMEDIATO AO CIDADÃO - NA HORA - ASSOSEHORA REGULAMENTO DA ELEIÇÃO PARA CARGOS DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL Em atendimento

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL ELEIÇÕES DO CONSELHO DIRETOR E DO CONSELHO FISCAL GESTÃO 2018/2019

REGULAMENTO ELEITORAL ELEIÇÕES DO CONSELHO DIRETOR E DO CONSELHO FISCAL GESTÃO 2018/2019 REGULAMENTO ELEITORAL ELEIÇÕES DO CONSELHO DIRETOR E DO CONSELHO FISCAL GESTÃO 2018/2019 I Da eleição Artigo 1º. A eleição do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Transportes

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba Centro de Energias Alternativas e Renováveis

Universidade Federal da Paraíba Centro de Energias Alternativas e Renováveis EDITAL DIRETORIA Nº 01/2017 Estabelece normas para eleição dos representantes docentes junto ao Conselho Universitário CONSUNI e ao Conselho Superior de Ensino Pesquisa e Extensão - CONSEPE do da Universidade

Leia mais

Regras - Eleições 2013

Regras - Eleições 2013 Regras - Eleições 2013 Diretoria Executiva e Conselho Fiscal 1 - Composição 1.a A Diretoria Executiva será composta de 09 (nove) membros eleitos sendo 6 (seis) membros efetivos e 3 (três) suplentes. I

Leia mais

REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/ DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL

REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/ DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL REGIMENTO INTERNO NORMA Nº 02/2010 - DO REGULAMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELH0 FISCAL Art. 1º - Este Regulamento fixa normas para eleição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da, de

Leia mais

Edital COLTEC - EBAP Nº 06/2016 CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO

Edital COLTEC - EBAP Nº 06/2016 CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO Edital COLTEC - EBAP Nº 06/2016 CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO A Diretora Geral da EBAP, da Universidade Federal de Minas Gerais, Professora Tânia Margarida Lima Costa, no uso de suas atribuições legais, torna

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO NORMAS PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTANTES DO CORPO DOCENTE PARA O CONSELHO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO NORMAS PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTANTES DO CORPO DOCENTE PARA O CONSELHO UNIVERSITÁRIO NORMAS PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTANTES DO CORPO DOCENTE PARA O TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Será realizada eleição para escolha de representantes do Corpo Docente para o Conselho Universitário

Leia mais

FÓRUM ESTADUAL DE DIREITOS HUMANOS DO MARANHÃO-FEDHMA

FÓRUM ESTADUAL DE DIREITOS HUMANOS DO MARANHÃO-FEDHMA FÓRUM ESTADUAL DE DIREITOS HUMANOS DO MARANHÃO-FEDHMA REGULAMENTO DO PROCESSO DE ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NO CONSELHO ESTADUAL DE DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS DO MARANHÃO O Fórum Estadual

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2017 1 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2017 O Diretor Clínico do Hospital das Clínicas Samuel Libânio - HCSL faz saber aos membros do Corpo Clínico desta Instituição que estão abertas as inscrições para as eleições

Leia mais

DELIBERAÇÃO CES Nº 150 DE 04 DE ABRIL DE 2016

DELIBERAÇÃO CES Nº 150 DE 04 DE ABRIL DE 2016 DELIBERAÇÃO CES Nº 150 DE 04 DE ABRIL DE 2016 APROVA O REGIMENTO DA TERCEIRA PLENÁRIA ELEITORAL COMPLEMENTAR DO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO, PARA O TRIÊNIO 2014/2016. O CONSELHO ESTADUAL

Leia mais

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES INTRODUÇÃO REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES (Dez. 2006 - publicado no SISCEPE em 23/01/2007) INTRODUÇÃO Este instrumento tem o objetivo de orientar quanto aos procedimentos relativos aos processos eletivos para o preenchimento

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAI/DR-BA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO ELEITORAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAI/DR-BA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO ELEITORAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAI/DR-BA Estabelece diretrizes e regras para os processos eleitorais dos órgãos colegiados e representações em comissões do Centro Universitário SENAI -

Leia mais

TÍTULO I CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE

TÍTULO I CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE CAMPUS RIO POMBA EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DOS SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DO CAMPUS RIO POMBA NO CONSELHO SUPERIOR (CONSU) E NO CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES DO COSEMS/BA 2017 RESOLUÇÃO Nº 001/2017 COMISSÃO ELEITORAL

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES DO COSEMS/BA 2017 RESOLUÇÃO Nº 001/2017 COMISSÃO ELEITORAL REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES DO COSEMS/BA 2017 RESOLUÇÃO Nº 001/2017 COMISSÃO ELEITORAL A Comissão Eleitoral, nomeada por ato da Diretoria Executiva (publicado na sede da Entidade no dia 03/04/2017), nos termos

Leia mais

HIDERALDO LUIZ DE ALMEIDA Presidente da Diretoria Executiva da ASCT

HIDERALDO LUIZ DE ALMEIDA Presidente da Diretoria Executiva da ASCT EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO GERAL DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO ASCT O Presidente da Diretoria Executiva

Leia mais

PORTARIA IME n.º 502 de 12 de março de 1997

PORTARIA IME n.º 502 de 12 de março de 1997 PORTARIA IME n.º 502 de 12 de março de 1997 Dispõe sobre as normas que regem as eleições de representantes dos servidores não docentes e respectivos suplentes junto aos colegiados do Instituto de Matemática

Leia mais

Regimento Eleitoral para eleição de delegados para o 4º Congresso da Federação Nacional dos Metroviários FENAMETRO

Regimento Eleitoral para eleição de delegados para o 4º Congresso da Federação Nacional dos Metroviários FENAMETRO Regimento Eleitoral para eleição de delegados para o 4º Congresso da Federação Nacional dos Metroviários FENAMETRO Dias 25,26,27 e 28 de agosto de 2011. Capítulo I - Das Disposições Gerais Art. 1º - A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE E DESPORTO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL N 001/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE E DESPORTO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL N 001/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE E DESPORTO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL N 001/2015 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE BACHARELADO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PARTICIPANTES DO PB1 DA PREVI - ANAPLAB

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PARTICIPANTES DO PB1 DA PREVI - ANAPLAB ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PARTICIPANTES DO PB1 DA PREVI - ANAPLAB REGULAMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I DO REGULAMENTO E SUAS FINALIDADES Art. 1º - O presente Regulamento tem por objetivo definir as normas que

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL DO CONSELHO REGIONAL DOS DESPACHANTES DOCUMENTALISTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS CRDD/MG

REGIMENTO ELEITORAL DO CONSELHO REGIONAL DOS DESPACHANTES DOCUMENTALISTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS CRDD/MG REGIMENTO ELEITORAL DO CONSELHO REGIONAL DOS DESPACHANTES DOCUMENTALISTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS CRDD/MG Considerando o disposto nos arts. 9º, inc. XIII e 24 e segs. do Estatuto do Conselho Regional

Leia mais

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO DO DEPARTAMENTO DE ÁREAS ACADÊMICAS E CONSELHO DEPARTAMENTAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO DO DEPARTAMENTO DE ÁREAS ACADÊMICAS E CONSELHO DEPARTAMENTAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO DO DEPARTAMENTO DE ÁREAS ACADÊMICAS E CONSELHO DEPARTAMENTAL A comissão eleitoral designada pela Chefia de Departamento do Instituto Federal de Goiás, campus Água

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO ATLÂNTICO DE SEGURIDADE SOCIAL ELEIÇÃO 2013

REGULAMENTO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO ATLÂNTICO DE SEGURIDADE SOCIAL ELEIÇÃO 2013 REGULAMENTO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO ATLÂNTICO DE SEGURIDADE SOCIAL ELEIÇÃO 2013 DO REGULAMENTO Art. 1º Este Regulamento Eleitoral tem por objetivo definir as normas procedimentais que regerão a Eleição de

Leia mais

REGIME TO ELEITORAL DO SI DICATO DOS SERVIDORES MU ICIPAIS DE CA ELA - RS TÍTULO I. Da Comissão Eleitoral. Capítulo I Das Generalidades

REGIME TO ELEITORAL DO SI DICATO DOS SERVIDORES MU ICIPAIS DE CA ELA - RS TÍTULO I. Da Comissão Eleitoral. Capítulo I Das Generalidades REGIME TO ELEITORAL DO SI DICATO DOS SERVIDORES MU ICIPAIS DE CA ELA - RS TÍTULO I Da Comissão Eleitoral Das Generalidades Art. 1º - A Comissão Eleitoral do Sindicato dos Servidores Municipais de Canela

Leia mais

Regimento Eleitoral da Adufrj - Seção Sindical

Regimento Eleitoral da Adufrj - Seção Sindical Regimento Eleitoral da Adufrj - Seção Sindical Aprovado na Assembléia Geral de 10 de julho de 1997 e alterado na Assembléia Geral de 17 de novembro de 1998 e na Assembléia Geral de 12 de abril de 2004

Leia mais

PORTARIA IME n.º 500 de 12 de março de 1997

PORTARIA IME n.º 500 de 12 de março de 1997 PORTARIA IME n.º 500 de 12 de março de 1997 Dispõe sobre as normas que regem as eleições de representantes docentes, e respectivos suplentes junto aos colegiados do Instituto de Matemática e Estatística

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS EDITAL N 001/2014 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE LETRAS:

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDUSCON-ES SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDUSCON-ES SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDUSCON-ES SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento Eleitoral é parte integrante

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º - Em observância ao que determina o Estatuto Social da ONG Moradia e Cidadania, o Conselho Deliberativo

Leia mais

SISTEMA ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES DE CLASSE REGISTRADAS NO CREA-RS

SISTEMA ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES DE CLASSE REGISTRADAS NO CREA-RS SISTEMA ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES DE CLASSE REGISTRADAS NO CREA-RS CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º Este Regulamento Eleitoral estabelece normas

Leia mais

Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil

Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil A Comissão Eleitoral no uso de suas atribuições TORNA PÚBLICO O PRESENTE EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A INSCRIÇÃO DAS CHAPAS QUE CONCORRERÃO ÀS ELEIÇÕES DO GRÊMIO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES DA ATEFFA MS TÍTULO I

REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES DA ATEFFA MS TÍTULO I REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES DA ATEFFA MS TÍTULO I Art. 1º - A Associação do Técnicos de Fiscalização Federal Agropecuária de Mato Grosso do Sul ATEFFA/MS, através deste regimento estabelece os procedimentos

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL - DE/HU

REGIMENTO ELEITORAL - DE/HU SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. POLYDORO ERNANI DE SÃO THIAGO DIRETORIA DE ENFERMAGEM REGIMENTO ELEITORAL - DE/HU CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Comissão Eleitoral CIS EDITAL Nº 01/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Comissão Eleitoral CIS EDITAL Nº 01/2016 EDITAL Nº 01/2016 A Comissão Eleitoral, composta conforme estabelece a Portaria nº 1862 de 26 de Julho de 2016 e de acordo com a Resolução 29/2015 do Conselho Universitário da Universidade Federal do Espírito

Leia mais

DO PROCESSO ELEITORAL

DO PROCESSO ELEITORAL EDITAL Nº 06/2017 - DIREÇÃO GERAL CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS REPRESENTANTES DA COMUNIDADE EXTERNA, PARA O CONSELHO DIRETOR DO CAMPUS SANTA RITA, BIÊNIO 2017/2019 A Comissão Eleitoral, constituída

Leia mais

FUNDAÇÃO ANFIP DE ESTUDOS DA SEGURIDADE SOCIAL CONSELHO CURADOR REGIMENTO ELEITORAL

FUNDAÇÃO ANFIP DE ESTUDOS DA SEGURIDADE SOCIAL CONSELHO CURADOR REGIMENTO ELEITORAL FUNDAÇÃO ANFIP DE ESTUDOS DA SEGURIDADE SOCIAL CONSELHO CURADOR REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1 o. Este REGIMENTO ELEITORAL regula as eleições gerais previstas no Estatuto

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos CAPÍTULO 1 DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO Artigo 1º O presente Regimento Interno regulamenta a organização e o funcionamento do Departamento de Ciência

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS REPRESENTANTES DA COMUNIDADE EXTERNA, PARA O CONSELHO DIRETOR DO CAMPUS PICUÍ, BIÊNIO 2016/2018

EDITAL Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS REPRESENTANTES DA COMUNIDADE EXTERNA, PARA O CONSELHO DIRETOR DO CAMPUS PICUÍ, BIÊNIO 2016/2018 EDITAL Nº 01/2016 CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS REPRESENTANTES DA COMUNIDADE EXTERNA, PARA O CONSELHO DIRETOR DO CAMPUS PICUÍ, BIÊNIO 2016/2018 A Comissão Eleitoral, constituída pela Portaria nº

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 05/2014

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 05/2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br EDITAL

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016

EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016 EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016 Convoca Eleição para a Presidência do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Santa Maria da Vitória, Bahia. A Presidente do CAPREVAS Instituto de Previdência

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO C.A.B.N. PARA O ANO LETIVO 2017 EDITAL 01/2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO C.A.B.N. PARA O ANO LETIVO 2017 EDITAL 01/2017 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO C.A.B.N. PARA O ANO LETIVO 2017 EDITAL 01/2017 A comissão eleitoral eleita em Assembleia Geral realizada no dia 22 Março de 2017, vem a público convocar

Leia mais

EDITAL Nº 0/2014 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE- COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA BIÊNIO JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2016

EDITAL Nº 0/2014 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE- COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA BIÊNIO JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2016 EDITAL Nº 0/2014 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE- COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA BIÊNIO JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2016 Abre inscrições, fixa data, horário e critérios para a indicação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE UFAC EDITAL Nº 01/2016 PARA ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA BIÊNIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE UFAC EDITAL Nº 01/2016 PARA ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA BIÊNIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE UFAC EDITAL Nº 01/2016 PARA ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA BIÊNIO 2017-2018. A Comissão Eleitoral para eleição de Coordenador

Leia mais

Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil

Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil Edital de Eleição para o Grêmio Estudantil A Comissão Eleitoral no uso de suas atribuições TORNA PÚBLICO O PRESENTE EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A INSCRIÇÃO DAS CHAPAS QUE CONCORRERÃO ÀS ELEIÇÕES DO GRÊMIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR - CAMPUS NOVA IGUAÇU. EDITAL Nº 01/2013, de 21 de outubro de 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR - CAMPUS NOVA IGUAÇU. EDITAL Nº 01/2013, de 21 de outubro de 2013. UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR - CAMPUS NOVA IGUAÇU EDITAL Nº 01/2013, de 21 de outubro de 2013. Convoca e regulamenta a eleição para o preenchimento de 01 (uma)

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL - CONGREGAÇÃO

REGIMENTO ELEITORAL - CONGREGAÇÃO REGIMENTO ELEITORAL - CONGREGAÇÃO REGIMENTO ELEITORAL PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS, DOS DOCENTES E DOS DISCENTES DA UFSB NO ÂMBITO DA CONGREGAÇÃO DO INSTITUTO

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL 2014

COMISSÃO ELEITORAL 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA SECRETARIA DO CURSO DE BACHARELADO EM

Leia mais

SINDICATO DOS PROFESSORES DO OESTE DE SANTA CATARINA. EDITAL DE CONVOCAÇÃO (Aviso Resumido Extrato)

SINDICATO DOS PROFESSORES DO OESTE DE SANTA CATARINA. EDITAL DE CONVOCAÇÃO (Aviso Resumido Extrato) SINDICATO DOS PROFESSORES DO OESTE DE SANTA CATARINA EDITAL DE CONVOCAÇÃO (Aviso Resumido Extrato) O Presidente do Sindicato dos Professores do Oeste de Santa Catarina SINPROESTE, no uso de suas atribuições

Leia mais

ART. 9º. : Exclusão total das alíneas E, G e parcial da alínea F.

ART. 9º. : Exclusão total das alíneas E, G e parcial da alínea F. REAL SOCIEDADE PORTUGUESA DE BENEFICÊNCIA HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA Rua Onze de Agosto, 557 Fone (19) 3739-4000 Fax (19) 3739-4141 Campinas São Paulo - CEP 13013-101 E-mail: beneficenciacamp@beneficenciacamp.com.br

Leia mais

ANEXO - I REGULAMENTO ELEITORAL DA DIRETORIA DO SINDICATO DOS DOCENTES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DE GOIAS ADUFG SINDICATO

ANEXO - I REGULAMENTO ELEITORAL DA DIRETORIA DO SINDICATO DOS DOCENTES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DE GOIAS ADUFG SINDICATO ANEXO - I REGULAMENTO ELEITORAL DA DIRETORIA DO SINDICATO DOS DOCENTES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DE GOIAS ADUFG SINDICATO TÍTULO I DAS ELEIÇÕES Art. 1 - O presente Regulamento Eleitoral da Diretoria é

Leia mais

ATA DE REFORMA DO REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CNPJ: /

ATA DE REFORMA DO REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CNPJ: / ATA DE REFORMA DO REGULAMENTO ELEITORAL DO SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CNPJ: 03.188.858/0001-10 Aos vinte e nove dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, conforme

Leia mais

EDITAL 01/2016 DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO CEGEO/ICT/UFVJM

EDITAL 01/2016 DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO CEGEO/ICT/UFVJM EDITAL 01/2016 DE ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DO CEGEO/ICT/UFVJM INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O PROCESSO ELEITORAL PARA DIREÇÃO E VICE-DIREÇÃO do Centro de Estudos em Geociências (CeGeo/ICT). O Instituto

Leia mais

ANEXO I DO REGIMENTO ELEITORAL CRONOGRAMA. Datas e prazos definidos para o Processo Eleitoral.

ANEXO I DO REGIMENTO ELEITORAL CRONOGRAMA. Datas e prazos definidos para o Processo Eleitoral. REGIMENTO APROVADO NA REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO DO DIA 31 de julho de 2017. ANEXO I DO REGIMENTO ELEITORAL CRONOGRAMA Datas e prazos definidos para o Processo Eleitoral. CALENDÁRIO DE ELEIÇÃO DOS

Leia mais

CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL CGADB. Resolução 01/ Comissão Eleitoral

CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL CGADB. Resolução 01/ Comissão Eleitoral CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL CGADB Resolução 01/2012 - Comissão Eleitoral Eleições 2013 / Normas e Prazos Brasília Distrito Federal Comissão Eleitoral da CGADB Considerando que compete

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA JOHN DALTON CAJD.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA JOHN DALTON CAJD. EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA JOHN DALTON CAJD Edital 01/2016 A Comissão Eleitoral do Curso de Licenciatura em Química 2016 vem

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL PARA ELEIÇÃO DE MEMBROS DO CONSELHO DELIBERATIVO E DO CONSELHO FISCAL DA OABPREV-PR

REGIMENTO ELEITORAL PARA ELEIÇÃO DE MEMBROS DO CONSELHO DELIBERATIVO E DO CONSELHO FISCAL DA OABPREV-PR REGIMENTO ELEITORAL PARA ELEIÇÃO DE MEMBROS DO CONSELHO DELIBERATIVO E DO CONSELHO FISCAL DA OABPREV-PR Este regimento estabelece instruções para a eleição com vistas ao provimento dos cargos para os órgãos

Leia mais

Artigo 3º - É habilitado à votação toda (o) psicóloga (o) eleita (o) delegada(o) do XI Congresso da FENAPSI.

Artigo 3º - É habilitado à votação toda (o) psicóloga (o) eleita (o) delegada(o) do XI Congresso da FENAPSI. Regimento Eleitoral FENAPSI - 2017 Capítulo I Disposições preliminares Seção I - Eleições Artigo lº - Os membros da Diretoria e Conselho Fiscal serão eleitos trienalmente no Congresso da Federação e de

Leia mais

Regulamento Eleitoral. Primeira Eleição dos Órgãos Sociais do Clube ANA Madeira

Regulamento Eleitoral. Primeira Eleição dos Órgãos Sociais do Clube ANA Madeira Regulamento Eleitoral Primeira Eleição dos Órgãos Sociais do Clube ANA Madeira 1. Objetivo 1.1. O presente regulamento tem como objetivo regulamentar o processo de eleição dos Órgãos Sociais do Clube ANA

Leia mais

PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (CRE-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O CRESCIMENTO

PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (CRE-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O CRESCIMENTO 1 CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA 17ª REGIÃO - RN PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O SCIMENTO Março, 2016 2 MÊS DATA AÇÃO JANEIRO 19/01

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2012

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br EDITAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS CAMPUS CHAPECÓ

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS CAMPUS CHAPECÓ UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS CAMPUS CHAPECÓ EDITAL PARA ELEIÇÃO DE COORDENADOR E COORDENADOR ADJUNTO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA CAPÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS Art. 1 O

Leia mais

(Aprovado na Assembleia Geral da CIP Confederação Empresarial de Portugal realizada em 26 de Outubro de 2010)

(Aprovado na Assembleia Geral da CIP Confederação Empresarial de Portugal realizada em 26 de Outubro de 2010) REGULAMENTO ELEITORAL 11 (Aprovado na Assembleia Geral da CIP Confederação Empresarial de Portugal realizada em 26 de Outubro de 2010) ARTIGO 1º (ÂMBITO) 1. O presente regulamento estabelece as normas

Leia mais

REGIMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O DIRETÓRIO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA GESTÃO 2012/2013

REGIMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O DIRETÓRIO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA GESTÃO 2012/2013 REGIMENTO DAS ELEIÇÕES PARA O DIRETÓRIO ACADÊMICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA GESTÃO 2012/2013 Do Regimento Eleitoral Art. 1º. Este Regimento Eleitoral, elaborado pela Comissão Eleitoral, indicada

Leia mais

Regimento para as Eleições das Diretorias Executiva Nacional e dos Capítulos Biênio 2013/2015

Regimento para as Eleições das Diretorias Executiva Nacional e dos Capítulos Biênio 2013/2015 Regimento para as Eleições das Diretorias Executiva Nacional e dos Capítulos Biênio 2013/2015 Introdução No próximo dia 30 de abril, de conformidade com os artigos 10 Item a, 12 Itens 2 e 3 e 34-2 Item

Leia mais

REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE COLEGIADO DE CURSOS DO CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO DA UTFPR PARA O BIÊNIO

REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE COLEGIADO DE CURSOS DO CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO DA UTFPR PARA O BIÊNIO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Cornélio Procópio Diretoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE COLEGIADO DE

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO AFFEMG DE ASSISTÊNCIA E SAÚDE FUNDAFFEMG SEÇÃO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO AFFEMG DE ASSISTÊNCIA E SAÚDE FUNDAFFEMG SEÇÃO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL DA FUNDAÇÃO AFFEMG DE ASSISTÊNCIA E SAÚDE FUNDAFFEMG SEÇÃO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A eleição dos membros dos Conselhos Curador e Fiscal e da Diretoria Executiva

Leia mais

FEDERAL DO ACRE CENTRO EXATAS E TECNOLÓGICAS BACHARELADO EM SISTEMAS

FEDERAL DO ACRE CENTRO EXATAS E TECNOLÓGICAS BACHARELADO EM SISTEMAS EDITAL 02/2017 ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO PARA O BIÊNIO 2017-2018 O presente edital abre inscrições, fixa data, horários e critérios para a indicação do Coordenador e Vice-Coordenador

Leia mais

Regimento Interno, torna público edital de eleições para o provimento de cargos do conselho Fiscal e Deliberativo.

Regimento Interno, torna público edital de eleições para o provimento de cargos do conselho Fiscal e Deliberativo. ELEIÇÔES ACERGS quinta-feira 06 de agosto de 2015 Edital Nº03/2015 Processo Eleitoral ACERGS O Presidente da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul ACERGS, no exercício das funções que lhe confere o

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES REGIONAIS NO CREA-RS

REGULAMENTO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES REGIONAIS NO CREA-RS REGULAMENTO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS COORDENADORES REGIONAIS E ESTADUAL DO COLÉGIO DE ENTIDADES REGIONAIS NO CREA-RS CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º Este Regulamento Eleitoral estabelece normas operacionais

Leia mais

CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO ESTUDANTIL

CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO ESTUDANTIL CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO ESTUDANTIL Art. 1º. Fica convocada a eleição para a representação estudantil do Centro Acadêmico dos cursos de Licenciatura e Bacharelado de Educação Física da UFVJM Campus Diamantina.

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL

REGULAMENTO ELEITORAL REGULAMENTO ELEITORAL Este Regulamento Eleitoral tem como objetivo disciplinar a organização e a condução do processo eleitoral para preenchimento dos cargos do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL

PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL RESPIRA Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL Com a publicação do Decreto-Lei nº. 172-A/2014, de 14 de novembro, e da Lei nº.

Leia mais

EDITAL 01/ ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

EDITAL 01/ ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE UFAC PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CCET BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BSI EDITAL 01/2012 - ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR

Leia mais

I - Representantes do corpo discente: 1 (um) aluno membro efetivo e 1(um) suplente

I - Representantes do corpo discente: 1 (um) aluno membro efetivo e 1(um) suplente GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CÂMPUS SANTOS DUMONT REGULAMENTO

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE COLEGIADO DE CURSOS DO CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO DA UTFPR PARA O BIÊNIO

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE COLEGIADO DE CURSOS DO CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO DA UTFPR PARA O BIÊNIO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Cornélio Procópio Diretoria de Graduação e Educação Profissional PROPOSTA DE REGULAMENTO DE ELEIÇÃO PARA A ESCOLHA DE MEMBROS DE

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL PLEITO ARTIGOS 81 AO 99 DO ESTATUTO DO SINTAF PARTE DO INTEGRANTE DO REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO VI DAS ELEIÇÕES SINDICAIS

COMISSÃO ELEITORAL PLEITO ARTIGOS 81 AO 99 DO ESTATUTO DO SINTAF PARTE DO INTEGRANTE DO REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO VI DAS ELEIÇÕES SINDICAIS CAPÍTULO VI DAS ELEIÇÕES SINDICAIS ANEXO A SEÇÃO VII DA VOTAÇÃO Art. 81. Cada mesa coletora terá 1(um) presidente, 2 (dois) mesários e 1 (um) suplente designados pelo presidente da Comissão Eleitoral em

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA CONGREGAÇÃO DA UNIDADE CAMPUS II MANDATO DE 2016 A 2018

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA CONGREGAÇÃO DA UNIDADE CAMPUS II MANDATO DE 2016 A 2018 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DA UNIDADE CAMPUS II REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA CONGREGAÇÃO DA UNIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA MINAS GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Faculdade Interdisciplinar em Humanidades Campus Diamantina Coordenação do Curso de Humanidades Edital 002/2016 A Coordenação do Curso de Humanidades no uso de suas atribuições legais

Leia mais

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES 2017 RESOLUÇÃO N 003/2017 COMISSÃO ELEITORAL COSEMS REGIONAL POUSO ALEGRE

REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES 2017 RESOLUÇÃO N 003/2017 COMISSÃO ELEITORAL COSEMS REGIONAL POUSO ALEGRE REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES 2017 RESOLUÇÃO N 003/2017 COMISSÃO ELEITORAL COSEMS REGIONAL POUSO ALEGRE A Comissão Eleitoral, nomeada nos termos do 6º Art. 16 do Estatuto do COSEMS, através do Edital de Convocação

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ADVOGADOS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - ADVOCEF

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ADVOGADOS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - ADVOCEF REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ADVOGADOS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - ADVOCEF CAPÍTULO I OBJETO Artigo 1º. Este Regulamento Eleitoral disciplina o Processo

Leia mais

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 004 DE 11, DE SETEMBRO DE 2015. ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Dispõe sobre as eleições da OAB/MT no ano de 2015 e dá outras providências. O Conselho Seccional da OAB/MT, no uso de

Leia mais

SINDICATO INTERMUNICIPAL DOS PROFESSORES DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR DO RIO GRANDE DO SUL - ADUFRGS-SINDICAL ASSENTO ELEITORAL

SINDICATO INTERMUNICIPAL DOS PROFESSORES DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR DO RIO GRANDE DO SUL - ADUFRGS-SINDICAL ASSENTO ELEITORAL SINDICATO INTERMUNICIPAL DOS PROFESSORES DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR DO RIO GRANDE DO SUL - ADUFRGS-SINDICAL ASSENTO ELEITORAL Art. 1º. A eleição da DIRETORIA e dos representantes aposentados

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO do município de Areal, no âmbito de ação e conforme preceitua sua Lei de Criação

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS CORPOS DOCENTE, DISCENTE E TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DO CONSELHO ACADÊMICO DO IFMG CAMPUS CONGONHAS

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS CORPOS DOCENTE, DISCENTE E TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DO CONSELHO ACADÊMICO DO IFMG CAMPUS CONGONHAS REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS CORPOS DOCENTE, DISCENTE E TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DO CONSELHO ACADÊMICO DO IFMG CAMPUS CONGONHAS I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Tendo em vista o

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes R E S O L U Ç Ã O N.º 003/2008 CI / CCH Aprovar o Regulamento de eleição para representante técnicouniversitário no Conselho Interdepartamental do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Considerando

Leia mais

RESOLUÇÃO CFN N.º 020/81

RESOLUÇÃO CFN N.º 020/81 RESOLUÇÃO CFN N.º 020/81 DISPÕE SOBRE O PROCESSO ELEITORAL, ELEIÇÕES E POSSE DOS CONSELHEIROS FEDERAIS. O Conselho Federal de Nutricionistas no uso das atribuições que lhe confere a Lei 6.583, de 20 de

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA REGIONAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO ELEITORAL

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA REGIONAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO ELEITORAL SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA REGIONAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO ELEITORAL Composição da comissão eleitoral constituída por ex presidentes da SBD- RESP: Dr. Mauricio Mota de Avelar Alchorne Presidente

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGIMENTO ELEITORAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 - O presente Regimento Eleitoral tem como finalidade normatizar o processo eleitoral para o Conselho de Administração e para o Conselho Fiscal da

Leia mais

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO REGULAMENTO DA ELEIÇÃO - 2017 Art. 1º - DA FINALIDADE O presente Regulamento destina-se a fixar as instruções para a eleição de 5 (cinco) membros titulares e 03 (três) suplentes do Conselho Deliberativo

Leia mais

EDITAL N. 1/2016 (RETIFICADO) ELEIÇÕES PARA OS CARGOS DA DIRETORIA EXECUTIVA DO DAEP

EDITAL N. 1/2016 (RETIFICADO) ELEIÇÕES PARA OS CARGOS DA DIRETORIA EXECUTIVA DO DAEP EDITAL N. 1/2016 (RETIFICADO) ELEIÇÕES PARA OS CARGOS DA DIRETORIA EXECUTIVA DO DAEP A COMISSÃO ELEITORAL, no uso das suas atribuições descritas no artigo 31 do Estatuto do DAEP, torna pública a abertura

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DO CONSELHO SUPERIOR DO IF SUDESTE MG (CONSU).

REGULAMENTO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DO CONSELHO SUPERIOR DO IF SUDESTE MG (CONSU). GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS SANTOS DUMONT REGULAMENTO

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CANDIDATURAS PARA A GESTÃO DO FORTEC

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CANDIDATURAS PARA A GESTÃO DO FORTEC Página 1 de 6 Documento aprovado pela Diretoria e Diretório Nacional na reunião de 04 de agosto de 2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO CANDIDATURAS PARA A GESTÃO 2017-2018 DO FORTEC Atendendo ao Estatuto Social

Leia mais

SYNGENTA PREVI SOCIEDADE DE PREVIDENCIA PRIVADA. Regimento Eleitoral aprovado pelo Conselho Deliberativo da Syngenta Previ em 22/09/2015

SYNGENTA PREVI SOCIEDADE DE PREVIDENCIA PRIVADA. Regimento Eleitoral aprovado pelo Conselho Deliberativo da Syngenta Previ em 22/09/2015 SYNGENTA PREVI SOCIEDADE DE PREVIDENCIA PRIVADA Regimento Eleitoral aprovado pelo Conselho Deliberativo da Syngenta Previ em 22/09/2015 Regimento Eleitoral A Diretoria-Executiva resolve expedir o presente

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL EDITAL 03/2016, DE 8 DE SETEMBRO DE 2016

COMISSÃO ELEITORAL EDITAL 03/2016, DE 8 DE SETEMBRO DE 2016 COMISSÃO ELEITORAL EDITAL 03/2016, DE 8 DE SETEMBRO DE 2016 ELEIÇÕES DO CENTRO ACDÊMICO DO CURSO DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS DOM BOSCO. A COMISSÃO ELEITORAL SUBJUGADA

Leia mais

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO COSEMS REGIONAL DE CORONEL FABRICIANO - COMPLEMENTO DA GESTÃO BIÊNIO 2017/2019 CARGO PRESIDENTE E VICE PRESIDENTE

REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO COSEMS REGIONAL DE CORONEL FABRICIANO - COMPLEMENTO DA GESTÃO BIÊNIO 2017/2019 CARGO PRESIDENTE E VICE PRESIDENTE REGULAMENTO DA ELEIÇÃO DO COSEMS REGIONAL DE CORONEL FABRICIANO - COMPLEMENTO DA GESTÃO BIÊNIO 2017/2019 CARGO PRESIDENTE E VICE PRESIDENTE Art. 1º. Esse regulamento destina-se a normatizar a Eleição para

Leia mais

EDITAL Nº. 02/2016 ELEIÇÃO DOS MEMBROS DOS CONSELHOS ADMINISTRATIVO E FISCAL DO IPREM-POSSE

EDITAL Nº. 02/2016 ELEIÇÃO DOS MEMBROS DOS CONSELHOS ADMINISTRATIVO E FISCAL DO IPREM-POSSE EDITAL Nº. 02/2016 ELEIÇÃO DOS MEMBROS DOS CONSELHOS ADMINISTRATIVO E FISCAL DO IPREM-POSSE DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS DURANTE AS ELEIÇÕES DOS CONSELHOS ADMINISTRATIVO E FISCAL DO IPREM-POSSE

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 COMISSÃO ELEITORAL DO DIRETÓRIO LIVRE DO DIREITO CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO 2014

EDITAL Nº 001/2014 COMISSÃO ELEITORAL DO DIRETÓRIO LIVRE DO DIREITO CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO 2014 EDITAL Nº 001/2014 COMISSÃO ELEITORAL DO DIRETÓRIO LIVRE DO DIREITO CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO 2014 A Comissão Eleitoral Discente do Curso de Direito da UFSM, composta nos termos do art. 45 e do Estatuto

Leia mais