O fortalecimento da Liga Árabe: mais de 60 anos de história

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O fortalecimento da Liga Árabe: mais de 60 anos de história"

Transcrição

1 Ano 1 Número 1 Outubro de 2006 O fortalecimento da Liga Árabe: mais de 60 anos de história Liderada pelo secretário-geral Amr Mussa, a Liga Árabe contribui com o crescimento dos 22 países que a compõem, atuando em áreas como economia, cultura, ciência e educação. Seminário sobre franquia internacional Duas visões do Oriente Empresas brasileiras em feiras árabes

2 Expediente Câmara Árabe Notícias é uma publicação da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira Av. Paulista, º andar São Paulo - SP Tel.: (11) Fax: (11) E.mail: Site: Presidente Antônio Sarkis Jr. Vice-Presidente Administrativo Fernando Nagib Ganme Vice-Presidente de Comércio Exterior Mário Roberto Rizkallah Vice-Presidente de Relações Internacionais Helmi Mohammed Ibraim Nasr Vice-Presidente de Marketing Rubens Hannun Secretário-Geral Michel Abdo Alaby Tesoureiro Paulo Sérgio Atallah Diretoria Adel Auada Bechara Aziz Ibrahim Claudio Gosson Jorge Emir Cadar Fabio Kadi Kamal David Curi Marcelo Nabih Sallum Moustafa Mourad Mustapha Abdouni Nahid Chicani Sami Roumieh Toufic Sleiman Walter Nori Wladimir Rafik Freua Conselho Superior de Administração William Adib Dib - Presidente Orlando Sarhan - Vice-presidente Marcelo Nabih Sallum - Secretário Sucursal - MG Telefone: (31) / 0477 Sucursal - PR Telefone / Fax: (41) Conselho Editorial Antônio Sarkis Jr. Paulo Sérgio Atallah Rubens Hannun Michel Abdo Alaby Walter Nori Andrea Monteiro Uhlmann Jornalistas Responsáveis Itacir Figueiredo Júnior Gilberto G. Pereira Redação WN&P Comunicação Agência de Notícias ANBA Direção de Arte e Produção Gráfica WN&P Comunicação / Paulo Augusto Prado Tiragem exemplares Envie sua opinião. Ela é muito importante. Sumário Seminário Página 4 Seminário sobre franquia internacional Nos dias 29 de junho e 8 de agosto, a Câmara Árabe, a Apex-Brasil e a ABF realizaram os seminários Os Caminhos da Internacionalização de Franquias nos Países Árabes e Franquias no Golfo Pérsico, com o objetivo de dar os primeiros passos de um incentivo à abertura de franquias nos países árabes. Os eventos contaram com o apoio da ABIT, Abicalçados, Abest, Abihpec e IBGM. Liga Árabe Duas visões do Oriente Página 5 Destaques do site Câmara Árabe e Fiesc querem levar empresários para visitar países árabes; Oriente Médio está consumindo mais soja brasileira. Liga Árabe, criada em 1945, se fortalece e amplia foco de atuação Páginas 8 e 9 Página 6 Depois da queda do Império Otomano, os estados árabes foram se formando, e seus líderes perceberam a necessidade de se criar uma liga de proteção mútua para que a cultura de seu povo permanecesse viva. Nascia então a Liga dos Estados Árabes, cujo atual presidente é o egípcio Amr Mussa. A Liga fortaleceu as relações comerciais de seus integrantes com diversos países do mundo, inclusive com o Brasil, onde a Câmara Árabe desempenha o papel de estreitar essas relações. Entrevista Páginas 8 e 9 Os deputados federais João Herrmann Neto e Jamil Murad, respectivamente presidente e secretário-geral da Liga Parlamentar Árabe-Brasileira, cultivam suas raízes e trabalham em prol da ampliação dos valores árabes. Em entrevista concedida ao Câmara Árabe Notícias, os parlamentares brasileiros falaram de cultura, família e das relações comerciais entre o Brasil e os países árabes, que vêm crescendo acentuadamente. Negócios Página 10 Empresas brasileiras em feiras árabes Helmi Nasr, tradutor do Nobre Alcorão, diz que a literatura pode mediar o entendimento entre as culturas árabe e brasileira Entre os meses de janeiro e junho, a Câmara Árabe participou de várias feiras internacionais, como a de Cartum, em que 180 empresários árabes interessados em desenvolver negócios com o Brasil foram recebidos pela entidade, e a do Cairo, que gerou uma estimativa de US$ 15 milhões em negócios. A agenda também contou com a Automechanika e a Hotel Show, em Dubai, e a Feira Internacional de Argel, além de uma feira brasileira, a Hospitalar 2006, em São Paulo. 2 Câmara Árabe Notícias Outubro/2006

3 Editorial Mais informação em novo formato Nosso objetivo é tornar a leitura da Câmara Árabe Notícias ainda mais agradável, com mais conteúdo. A análise sobre os mercados e as características comerciais e culturais de cada país árabe será complementada por entrevistas com aqueles que lidam direta ou indiretamente com esses processos 28 de outubro a 1º de novembro Big 5 Show Emirados Árabes Unidos Construção A Câmara Árabe Notícias está de cara nova. A partir desta edição, a publicação será editada mensalmente, em formato revista e em papel de excelente qualidade. O objetivo de todas essas mudanças é aperfeiçoar de forma permanente as ferramentas disponíveis e, nesse caso específico, tornar a leitura ainda mais agradável, com mais conteúdo. Além da cobertura das atividades da Câmara, todos os meses os leitores passarão a receber informações importantes para os seus negócios, sempre em linha com a missão da entidade de promover o intercâmbio comercial entre o Brasil e os países árabes. Nessa direção, traremos todos os meses a agenda de eventos e oportunidades de negócios entre empresas brasileiras e árabes. A análise sobre os mercados e as características comerciais e culturais de cada país árabe será complementada por entrevistas com aqueles que lidam direta ou indiretamente com esses processos. Autoridades e empresários árabes e Painel de Eventos 7 a 11 de novembro Jewellery Arábia Bahrein Jóias Os interessados deverão entrar em contato com IBGM - Inst. Bras. de Gemas e Metais Preciosos Fone: (061) / Fax: (061) brasileiros darão as suas opiniões sobre o relacionamento comercial e cultural entre as duas regiões. Reportagens especiais também ajudarão a formar um conjunto importante de informações sobre cada uma das nações que compõem a Liga Árabe esta, aliás, objeto deste primeiro número. Outras mudanças poderão ser percebidas com a leitura da nova revista que, esperamos, venha complementar a série de iniciativas promovidas pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira no sentido de contribuir sempre para o incremento comercial entre árabes e brasileiros. A publicação vem se juntar às nossas feiras, seminários, palestras e várias outras ações que têm como único foco os empresários e autoridades que sempre nos apoiaram em mais de meio século de história. Desejo a todos uma ótima leitura. Antônio Sarkis Jr. Presidente Index UAE Emirados Árabes Unidos Móveis Os interessados deverão entrar em contato com ABIMOVEL - João Araújo Pinto Neto - Gerente do Projeto - Fone: (011) Outubro/2006 Câmara Árabe Notícias 3

4 Seminário Países Árabes na rota das franquias brasileiras No dia 29 de junho, foi realizado o seminário Os Caminhos da Internacionalização de Franquias nos Países Árabes, no Espaço Câmara Árabe, em São Paulo. Organizado pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Câmara de Comércio Árabe- Brasileira e Associação Brasileira de Franchising (ABF), com apoio das associações ABIT, Abicalçados, Abest, Abihpec e IBGM, o evento foi o primeiro passo de um incentivo à abertura de franquias nos países árabes. No discurso de abertura, o presidente da Câmara Árabe, Antonio Sarkis Jr., falou do crescente fluxo de mercado entre Brasil e países árabes, cuja balança comercial em 2005 foi de US$ 10,5 bilhões, com o Brasil exportando US$ 5,3 bilhões. O presidente destacou o segmento de moda como boa oportunidade de franquia na comunidade árabe. Também enfatizou o trabalho da entidade na aproximação comercial entre as duas regiões. A Câmara existe há 54 anos, e está sempre atenta a oportunidades, como a promoção deste evento, disse. Além de Sarkis Jr., participaram do seminário o secretário-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby, a gerente de Projetos Unidade de Eventos Internacionais da Apex- Brasil, Monique Sallas, e o gerente de Relacionamento da ABF, Rogério Feijó. Entre os palestrantes estavam João Baptista da Silva Junior, da ABF, Wagner Lopes de Almeida, da Global Franchise Net, Natan Baril, da Baril, Brandão & Brofman Advogados Associados, Andréa Oricchio, da Viseu Cunha Oricchio Advogados, e Mario Goldberg, da Arezzo. Em continuidade aos debates do dia 29 de junho, foi realizado em 8 de agosto, na sede da Câmara Árabe, o seminário Franquias no Golfo Arábico, proferido pelo consultor Arvind Chaddha, com Alaby: mediador do seminário Os Caminhos da Internacionalização de Franquias nos Países Árabes larga experiência na introdução de franquias americanas e européias em Dubai. Entre os temas abordados estavam Panorama do Mercado de Varejo, Características das Franquias no Golfo Arábico, Impostos e Direitos Aduaneiros e Estudo de Casos. Hotel Show: US$ 1,8 milhão em negócios Eventos internacionais têm participação da Câmara A Câmara Árabe esteve presente em diversas feiras internacionais entre os meses de janeiro e junho, como na Feira Internacional de Cartum, capital do Sudão, realizada de 1º a 10 de fevereiro. Durante o evento, a entidade recebeu cerca de 180 empresários interessados em desenvolver negócios com o Brasil. Outro evento que também contou com a participação da Câmara Árabe, em parceria com a Apex-Brasil, foi a Feira Internacional do Cairo, de 16 a 24 de março, que gerou uma estimativa de US$ 15 milhões em negócios entre empresários brasileiros e árabes, segundo o secretário-geral da entidade, Michel Alaby. De 28 a 30 de maio, foi a vez da Automechanika, do setor de autopeças, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, quando a Câmara Árabe e o Sindipeças organizaram a participação de dez empresas brasileiras. Uma delas foi a Alfatest, que fechou US$ 10 milhões em vendas para países árabes. Nesse período, mais três eventos contaram com a participação da Câmara Árabe: a Feira Internacional de Argel (em parceria com a Apex-Brasil), de 1º a 8 de junho, com negócios estimados em US$ 2,3 milhões para empresários brasileiros; a Hotel Show, em Dubai, de 3 a 7 de junho, que rendeu a estimativa de negócios para os 12 meses seguintes de US$ 1,8 milhão às empresas brasileiras presentes no estande da Câmara Árabe, que contou com parcerias do Governo do Estado de São Paulo e do Sebrae; e a Hospitalar 2006, realizada em São Paulo, entre 20 a 23 de junho, com a participação de 17 empresas egípcias em uma área de 205 metros quadrados. O Papa Shenouda III de Alexandria, da Igreja Copta Ortodoxa, em sua primeira visita ao Brasil, participa de almoço oferecido pela Câmara Árabe, em 11 de fevereiro Com o objetivo de intensificar o comércio bilateral entre Brasil e Tunísia, o ministro dos Assuntos Estrangeiros tunisiano, Abdelwahab Abdallah, fez uma visita a Brasília de dois dias, 16 e 17 de janeiro. Na foto (à esq.), ele aparece ao lado do vicepresidente de Marketing da Câmara Árabe e Cônsul da Tunísia em São Paulo, Rubens Hannun. Visitas Ilustres O príncipe da Jordânia El Hassan Bin Talal vem ao Brasil e visita a Câmara Árabe, em 22 de março 4 Câmara Árabe Notícias Outubro/2006

5 Destaques da Agência de Notícias Brasil-Árabe A Seminário reúne empresários para visitar países árabes Câmara Árabe e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) realizaram no dia 17 de agosto o seminário Como Negociar com os Países do Golfo Arábico, reunindo cerca de 100 empresas. O evento serviu para lançar a missão empresarial que as duas entidades vão promover ao mundo árabe no final de outubro, com foco no setor de construção civil. A idéia dos organizadores é levar 20 empresários para visitar os Emirados Árabes Unidos, Kuwait e Catar. De acordo com o secretário-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby, essa O Burj Al Arab, o mais estrelado hotel de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, está oferecendo aos seus hóspedes um vinho legitimamente brasileiro, o Rio Sol, produzido pela ViniBrasil, em Petrolina, sertão de Pernambuco. O consumo da produção pernambucana começou há dois anos, quando a empresa brasileira enviou uma remessa de 1,2 mil garrafas para o hotel. Os hóspedes gostaram da bebida, considerando-a de sabor diferenciado. Um ex-funcionário meu, que hoje está na Itália, passou por lá e, em uma conversa com o gerente de alimentos e bebidas, descobriu que os clientes missão tem o objetivo de mostrar aos empresários catarinenses o potencial dos países a serem visitados. Estão previstos investimentos de US$ 300 bilhões para os próximos 10 anos na região, afirmou Alaby em palestra sobre o setor de construção nos países árabes. O evento foi aberto pelo presidente da Fiesc, Alcântaro Corrêa, que confirmou presença na missão. Ele ressaltou que esta será a segunda vez que o estado organiza uma viagem comercial ao Vinho brasileiro em Dubai Aumenta a exportação de soja para o Oriente Médio A soja brasileira está conquistando cada vez mais espaço no mercado árabe. De janeiro a julho deste ano, foram 219 mil toneladas vendidas para os países dessa região, o mesmo volume de todo o ano passado exportado para lá. Em relação aos primeiros sete meses do ano passado, quando o país vendeu 77 mil toneladas de soja para o mundo árabe, o aumento foi de 185%. De acordo com o secretário-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby, os árabes estão diversificando as suas fontes de fornecimento em função da alta demanda mundial do produto provocada pela China. Os estados brasileiros que mais embarcaram soja para os árabes neste ano, em volume e por ordem, foram Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás. No ano passado os principais fornecedores foram Mato Grosso, Goiás e Paraná. Entre janeiro e julho deste ano, o Brasil faturou US$ 52 milhões com vendas de soja para o mundo árabe contra US$ 16 milhões no mesmo período do ano passado. Em todo o ano de 2005, o faturamento foi o mesmo que nos primeiros sete meses deste ano: US$ 52 milhões. Ao todo, o Brasil exportou no ano passado 22,4 milhões de toneladas de grãos de soja, o que gerou receita de US$ 5,3 bilhões. De acordo com o gerente da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), João Paulo Moraes Filho, a projeção é de que o país exporte 24,5 milhões de toneladas de soja em grão até o final deste ano. Até a metade de agosto já foram exportadas 18 milhões de toneladas. (31/08/2006) Notícia completa em: Golfo Arábico. Os participantes da missão vão visitar a Big 5, feira da construção civil que vai ocorrer em Dubai, nos Emirados, de 28 de outubro a 1ª de novembro, além de centros de distribuição de produtos, lojas, câmaras de comércio e empreendimentos que estão em andamento. Segundo o diretor de relações industriais da Fiesc, Henry Quaresma, que apresentou a missão aos empresários no seminário, os países do Golfo estão vivendo um boom no setor de construção. (18/08/2006) Notícia completa em: acham o Rio Sol exótico, conta Otávio Piva de Albuquerque, um dos donos da vinícola. A remessa foi repetida no ano seguinte. O sucesso do vinho não é um fator isolado. Mesmo com uma história tão curta de vida, o Rio Sol já é vendido para mais de 20 países diferentes, incluindo os grandes exportadores de vinho como a França, Espanha, Itália e Estados Unidos. Além do preço competitivo - no Brasil custa R$ 24,80 e na Europa sete euros - o vinho ganhou espaço porque tem qualidade. A prova disso são os 83 pontos obtidos na lista dos top 100 da celebrada revista americana Wine Spectator e a medalha de bronze no Decanter World Wine Awards, da revista inglesa Decanter. Segundo Otávio, o Rio Sol tem grande aceitação no exterior, mas ainda enfrenta dificuldades de conquistar espaço no mercado de sua terra natal. Isso porque a rejeição ao vinho brasileiro, diz ele, é coisa que só acontece entre os próprios brasileiros. (05/09/2006) Notícia completa em: Agosto / Page Views do site da ANBA Agosto / Outubro/2006 Câmara Árabe Notícias 5

6 Liga Árabe Foto: Egberto Nogueira / Agência Meios Mussa é secretário-geral da Liga Árabe desde Agora em 2006 deverá haver a indicação de um novo secretário-geral ou a reeleição do atual O Comunidade árabe se fortalece com Liga criada há sessenta anos Mais de 60 anos depois de sua criação, em 1945, a Liga Árabe se fortaleceu e ampliou seu foco de atuação, abrangendo várias áreas, entre elas, cultura, economia, saúde, educação, ciência e turismo. principal objetivo de uma comunidade formada por nações independentes é, além de criar vínculos de proteção simultânea e cobranças de ações em comum, criar também mecanismos para o desenvolvimento social, econômico e cultural de todos os países envolvidos. Foi com base nesse ideal que, em março de 1945, sete países de cultura árabe Arábia Saudita, Egito, Iêmen, Iraque, Jordânia, Líbano e Síria assinaram o pacto da Liga dos Estados Árabes. Mais de 60 anos depois, a Liga se fortaleceu e ampliou seu foco de atuação, abrangendo várias áreas, entre elas, cultura, economia, saúde, educação, ciência e turismo, além de ter acrescido em sua comunidade outras 15 nações independentes. São elas:, Bahrein, Catar, Djibuti, Emirados Árabes Unidos, Ilhas Comores, Kuwait, Líbia, Marrocos, Mauritânia, Omã, Palestina, Somália, Sudão, Tunísia. No decorrer de sua história, a Liga Árabe, como é conhecida, fortaleceu as relações comerciais com diversos países do mundo, como os da América Latina e da Ásia. No Brasil, por exemplo, essas relações estão consolidadas, tanto economicamente quanto culturalmente. Pelo lado cultural, a grande contribuição vem principalmente da colônia árabe instalada no país desde o começo do século XX. No âmbito econômico, quem faz essa mediação é a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira. De acordo com o presidente da CCAB, Antônio Sarkis Jr., a Liga Árabe é importante para o comércio entre seus países e o Brasil porque, junto com os negócios, aproxima também as duas culturas. A participação da Câmara Árabe se torna importante nessa relação entre os países árabes e o Brasil porque contribui não apenas para o fluxo de mercado entre as duas regiões, mas também para o intercâmbio cultural, diz. Sarkis Jr. cita como exemplo de contribuição da Câmara Árabe na área de cultura o apoio da entidade à tradução oficial para o português do sentido do Nobre Alcorão, realizada pelo professor da USP e vice-presidente de Relações Internacionais da Câmara Árabe, Helmi Mohammed Ibrahim Nasr. União para o bem comum Depois da queda do Império Otomano no começo do século XX, os estados árabes independentes foram se formando e, no fim da Segunda Guerra 6 Câmara Árabe Notícias Outubro/2006

7 Mundial, seus líderes perceberam a necessidade de se criar uma liga de proteção mútua para que seus esforços não fossem em vão e a cultura de seu povo permanecesse viva. E foi esse vínculo cultural e a valorização dos costumes que fizeram da Liga Árabe mais do que um instrumento político. Afinal, nascia ali um pilar de sustentação de todo um povo. Desde seu início, a missão da Liga foi definida como um meio para servir o bem comum a todos os países árabes, assegurarlhes melhores condições, garantir o futuro e fomentar esperanças e expectativas em todas as nações árabes. No final da década de 90, as preocupações da Liga se expandiram e abarcaram mais setores, modernizando com isso a sua imagem e se revelando essencial no amadurecimento das relações internacionais de seus integrantes. No dia 22 de março de 1945, foi assinado o tratado da Liga, tendo como seu primeiro secretáriogeral Abdul Rahman Azzam, por um período de dois anos. Uma das iniciativas da Liga em sua formação, e que persiste até hoje, é o considerável volume e intercâmbios comerciais e de pessoal capacitado entre seus países, de maneira a fortalecer e unificar as nações, cultural e espiritualmente, desempenhando um papel importante, sempre cuidando para que se mantenham a independência e a soberania de cada país. Do ponto de vista econômico, a principal estratégia da Liga foi dar grande importância aos negócios, facilitando e desenvolvendo o intercâmbio comercial a partir de 1953 e assegurando esse intercâmbio ao assinar o Acordo da Unidade Econômica Árabe, em 1957, que resultou no Mercado Comum Árabe, em Essas ações contribuíram para um passo indispensável rumo ao fortalecimento da Liga como uma entidade e uma organização que cristalizou a União Árabe. O Conselho-Geral como centro Com o objetivo de atender a todas as necessidades e reivindicações dos países membros, a estrutura básica da Liga foi consolidada em três principais departamentos, a partir dos quais Sarkis Jr.: Câmara Árabe facilita o fluxo de mercado criaram-se agências especializadas para cuidar de diversas áreas. Os três departamentos são Conselho da Liga, Comitês Permanentes e Secretariado Geral. O Conselho é considerado a Autoridade Suprema dentro da Liga e é formado por representantes de todos os países, que hoje somam 22. Sua função é fechar acordos feitos entre os países da Liga, promover a paz, determinar meios de cooperação com organizações internacionais, assegurar a indicação do secretário-geral da Liga e manter o estatuto do Conselho, dos Comitês Permanentes e do Secretariado Geral. Já os Comitês Permanentes são uma unidade de cada país, cada um deles representado por apenas um membro com direito a um voto nas decisões da Liga. O Secretariado Geral, por sua vez, é responsável pela indicação dos secretários gerais e dos funcionários de carreiras da Liga. Por isso, o posto de secretário-geral da Liga dos Estados Árabes vem sendo rotativamente alternado entre seis secretários: Abdul Rahman Azzam, Mohamed Abdul Khalek Hassouna, Mohamed Riyad, Al- Shazly Al-Kaleiby, Esmat Abdul Magiud e Amr Mussa, que foi indicado para o posto em Como o cargo de secretário-geral agora é de cinco anos, Amr Mussa ficará até este ano, ou seja, agora em 2006 deverá haver a indicação de um novo secretário-geral, ou a reeleição do próprio Amr Mussa. Por estar no centro das decisões da Liga, o departamento de Secretariado Geral acarreta várias responsabilidades administrativas e técnicas, tais como o acompanhamento das resoluções adotadas pelo Conselho da Liga e os Comitês, além de preparar o orçamento da instituição e determinar as datas de Convenção das sessões do Conselho. Foto: Sérgio Tomisaki / Agência Meios Países que fazem parte da Liga Árabe Arábia Saudita Bahrein Catar Djibuti Egito Emirados Árabes Unidos Iêmen Ilhas Comores Iraque Jordânia Kuwait Líbano Líbia Marrocos Mauritânia Omã Palestina Síria Somália Sudão Tunísia Outubro/2006 Câmara Árabe Notícias 7

8 Entrevista Identidade cultural e diversidade João Herrmann Neto é deputado federal e presidente da Liga Parlamentar Árabe-Brasileira. Ele conversou com o Câmara Árabe Notícias e falou de identidade cultural e do trabalho desenvolvido pela Liga Parlamentar. Leia abaixo trechos da entrevista. João Herrmann Neto, paulista de Cosmópolis, nasceu em Educado pela mãe até o quarto ano ginasial, passou a infância na extinta Usina Esther, de propriedade da família. É engenheiro agrônomo, formado pela Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq/USP), em Piracicaba, cidade da qual ele foi prefeito na década de 70. Qual é a missão da Liga Parlamentar Árabe-Brasileira? A Liga não congrega parlamentares de outros países, somente aqueles eleitos pelo povo brasileiro, que não têm necessariamente ascendência árabe, mas vinculação com sua causa, que é a de manter a unidade do povo árabe, um dos mais antigos, com cultura universal, linguagem de afeto e de carinho. Nossa missão é mostrar que existe unidade de descendentes e, ao mesmo tempo, uma ligação com os povos que nos deram origem. Trabalhamos ainda na manutenção e ampliação dos valores diplomáticos árabes por meio das embaixadas e dos consulados no Brasil. Como o senhor avalia a relação comercial e cultural entre o Brasil e os países da Liga Árabe? No aspecto cultural, uma particularidade muito forte é a de que os árabes mais velhos dificilmente faziam questão que seus filhos aprendessem árabe. De uma forma muito inteligente, eles faziam com que todos penetrassem na sociedade brasileira, conseqüentemente não criavam guetos, nem situações de isolamento. Falando a língua portuguesa, embora árabe de nascimento e na sua cultura, promoviam uma integração muito forte. É enorme a quantidade de árabes casados com brasileiros e outras ascendências, criando assim uma comunidade extremamente plural, diversa e harmoniosa. O Brasil é um país que vem abrindo cada vez mais o mapa-múndi comercial. Nós continuamos com a grande fatia com o Mercosul, Estados Unidos, Nafta e União Européia, e temos, ao mesmo tempo, o comércio fundamental, forte, diversificado e ramificado de ida e vinda com os países árabes. O fortalecimento do espaço econômico é fundamental porque existem enormes interesses árabes no Brasil, como também há interesses nacionais brasileiros nos países árabes. Quando foi que sua família veio para o Brasil? Eu nasci e cresci num Brasil que nos chamava de turcos. Sempre fui o turquinho, quando criança. O sobrenome de minha mãe é Elias, de origem libanesa, de uma família grande, de um avô que veio para o Brasil mascateando, e ganhou um pouco de recurso. Ao invés de ficar no Brasil, buscando riqueza material, meu avô voltou ao Líbano para buscar minha avó e meu tio, que lá havia nascido. E aqui eles tiveram mais nove filhos, inclusive minha mãe. Mas todo esse tempo da minha vida, desde o turquinho de criança até depois, como prefeito de Piracicaba, e agora, como deputado federal, mantive fortemente o meu vínculo com a comunidade árabe. Literatura pode estr Foto: Sérgio Tomisaki / Agência Meios Nasr e o Nobre Alcorão em português Helmi Mohammed Ibrahim Nasr é professor aposentado do curso de árabe da USP e vice-presidente de Relações Internacionais da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. Autor da recente tradução do sentido do Nobre Alcorão para o português, Nasr nasceu no Egito e mora no Brasil desde Câmara Árabe Notícias: Existe alguma diferença na receptividade dos primeiros alunos brasileiros no curso de árabe em relação aos alunos do mesmo curso nos dias de hoje? Como o senhor avalia essa diferença? Helmi Nasr: Os alunos de hoje são menos numerosos que os das primeiras turmas. Há várias razões para isso, mas a mais importante delas é que antes alguns países árabes davam bolsas de estudos. Este fato valorizava muito o curso. Basta saber que no corpo 8 Câmara Árabe Notícias Outubro/2006

9 Integração e amizade O Brasil e os países árabes nutrem boas relações, porque têm características culturais similares, como a amizade e o sentimento de integração. A afirmação é do médico, deputado federal e secretário-geral da Liga Parlamentar Árabe-Brasileira, Jamil Murad, que conversou com o Câmara Árabe Notícias. Veja abaixo trechos da entrevista. Na sua avaliação, qual é o principal elemento que aproxima a relação do Brasil com os países árabes? Um dos principais elementos é a boa convivência entre brasileiros, os descendentes de árabes e os árabes que aqui residem. Outro fator importante é a contribuição desses imigrantes e suas gerações para o desenvolvimento do Brasil nas mais diversas áreas. O Brasil é um local apropriado para o desenvolvimento da cultura árabe, que valoriza a amizade, a cooperação, o progresso. Todos os imigrantes e descendentes consideram este país o seu próprio, o que explica esta ligação tão forte entre brasileiros e árabes. Como o senhor avalia o papel da Câmara Árabe na aproximação entre o Brasil e os países da Liga Árabe? A Câmara de Comércio Árabe- Brasileira tem um papel fundamental nessa aproximação.ela foi muito importante, por exemplo, na realização da Cúpula entre a Liga Árabe e os Paises da América do Sul que ocorreu em Brasília, em Após este encontro, o comércio entre o Brasil e os países árabes cresceu 36%. Temos um imenso potencial, pois os países árabes têm 300 milhões de habitantes, um mercado fantástico a ser aproveitado pelas empresas nacionais. O senhor acha que o comércio entre essas duas regiões pode se estreitar mais? O que falta para isso? Acho que estamos apenas no começo, estamos removendo barreiras. Temos um imenso potencial de produtos que podem incrementar a balança comercial entre o Brasil e os países árabes, desde produtos alimentícios até eletrônicos e informática. Para isso, os países árabes precisam perceber que o mercado brasileiro tem ótimas oportunidades para investimentos. Somos um país seguro e em muitos aspectos muito estável. Veja o exemplo de uma grande empresa alimentícia suíça, que opera no Brasil há mais de 80 anos. Não é à toa que eles investem tanto aqui. O senhor chegou a aprender árabe com sua família? Aprendi algumas palavras. Mas é meu grande sonho aprender a língua árabe para que eu possa me comunicar melhor com esta grande família composta pelo povo árabe. Jamil Murad nasceu em Ubarana, interior de São Paulo. Formou-se médico pela Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto, trabalhou nos hospitais Brigadeiro, das Clínicas e do Servidor Público Estadual. Também foi membro da diretoria do Sindicato dos Médicos de São Paulo por quatro mandatos, e foi eleito deputado estadual três vezes. A primeira, em eitar laços culturais docente do atual curso de árabe há dois brilhantes professores que em sua época de estudantes foram premiados com essas bolsas. Um deles é Mamede Jarouche, que ganhou bolsa para estudar na Arábia Saudita. Outro é Paulo Farah, que foi estudar no Kuwait. Hoje, não há mais bolsas, e por isso o número de alunos diminuiu bastante. C A Notícias: De que forma as culturas brasileira e árabe se relacionam no Brasil, e como a cultura brasileira é vista nos países árabes? H N: As duas culturas se relacionam de maneira muito restrita. A literatura poderia contribuir para intensificar essa relação se houvesse um intercâmbio de tradução. Poucas obras já foram traduzidas do árabe para o português e vice-versa. Como exemplo cito o romance Miramar, do egípcio Naguib Mahfuz, feita pela professora Safra Jubran, que também já verteu para o árabe Dois Irmãos, do brasileiro Milton Hatoum. Outra obra é As Mil e Uma Noites, que está sendo traduzida do original por Mamede Jarouche. De minha parte, já traduzi o livro de Gilberto Freyre, Novo Mundo dos Trópicos, e recentemente, verti para a língua portuguesa o sentido do Nobre Alcorão. A cultura brasileira é vista nos países árabes como cultura humana, natural, longe da complexidade de outras culturas, e posso assegurar que se houvesse mais traduções da literatura brasileira, elas seriam muito bem aceitas pelos leitores árabes. Outubro/2006 Câmara Árabe Notícias 9

10 Negócios As feiras internacionais sempre foram o local das oportunidades, abrindo portas para a compra e venda de produtos. Na aproximação comercial entre o Brasil e os países árabes, por Oportunidade exemplo, esses eventos representam um dos canais mais eficazes para se fechar um bom Veja algumas dessas oportunidades geradas com empresas de Emirados Árabes Unidos ASAHANA TRADERS L.L.C. PO Box Tel.: Fax: Contato: Sr. Sajauddin G. Amiji Interesse: Material de Construção SEEKERS FURNISHING L.L.C PO Box Tel.: Fax: Tel.: Fax: Contato: Sr. Robert V. Renaux Interesse: Móveis NOBLE TOURISM & CARGO Suite 425, Al-Attar Shopping Centre, Kuwait Road - Al-Karama Tel.: Fax: Contato: Sr. Justin Camoens Interesse: Móveis W.H.M. GROUP Al Nakheel Tower, Corniche Al Buhairah PO Box 1460 Sharjah EAU Tel.: Fax: Website: Contato: Sr. Hazar Sasila Interesse: Roupas em Geral e Calçados Masculino e Feminino Feira Internacional de Argel () GETEX - THE GENERAL TEXTILE 13, Rue Malek Benabi, Hai El Badr Badjarah Tel.: Fax: Contato: Sr. Abdellatif Laouedj Interesse: Cama, Mesa e Banho DPR - IMPORTATION & DISTRIBUTION DE PIÈCES DE RECHANGES Quartier Seghir Béjaia Tel./Fax: / / Contato: Sr. Djennadi Ahcene Interesse: Autopeças SARL NEVIAL IMPORT EXPORT Cite Branka, Lot N 42 Gué de Constantine Argel Tel.: Fax: Tel.: Fax: Contato: Sr. Hamadene Abdelghani Interesse: Soja, Maisena e Carne Bovina PRODILAV SARL 11, Rue Bennour Ali 35200, Boardj Menaiel Tel.: Tel./Fax: Contato: Sr. Ourida Lazib Interesse: Café, Soja e Alimentos em Geral PRO DISTRIBUTEUR B.P. 61F, F.A. Echangeur Boufarik Nord W. Blida Tel.: Fax: Contato: Sr. M. Billal Interesse: Ferro, Aço ASSOCIATED CAR & TRUCK SPECIALIST Tour Cévittal, Lot D n 6 Gardi II Kouba Alger Tel.: Fax: / Tel.: / Contato: Sr. Yassine Rebrab Interesse: Casas Pré-Moldadas DISTRIBUTION DÀROMES ET COLORANTS ALIMENTAIRES 51, Cité Grégorge Les Castors Oran Tel.: Fax: E-mai: Contato: Sr. L. A. Merad Boudia Interesse: Gêneros Alimentícios SARL ITC BITUME Pos Usto Bt 1 n Câmara Árabe Notícias Outubro/2006

11 s de Negócios negócio, principalmente porque as oportunidades geradas se estendem além do período de realização. É o caso da Feira Internacional de Argel, na, que ocorreu de 1º a 8 de junho, e a Hotel Show, em Dubai, Emirados Árabes Unidos, de 4 a 6 de junho. e Emirados Árabes Unidos, durante esses dois eventos. FALAKNAZ HABITAT PO Box 9287 Tel.: / Fax: Contato: Sr. Therese Foot Interesse: Móveis TEP INTERIORS Al Salemiyah Tower - Deira Tel Fax Contato: Sr. Sherif Hosny Interesse: Móveis TECNAV PO Box Tel.: Fax: Contato: Sr. Jaya Kumar Interesse: Papel EXODUS MEDIA SOLUTIONS L.L.C PO Box Tel.: Fax: Contato: Sr. Samkutty Thomas Interesse: Móveis Oran Tel./Fax: Contato: Sr. Bahous Farid Tayeb Interesse: Maquinas e Equipamentos para Pavimentação CESAT COMMUNICATION & NETWORK Sarl Cesat, 20, Rue de Galland Oásis Kouba Alger Tel./Fax: Contato: Sr. Rafik Bouchireb Interesse: Carne Bovina ALGERIAN INTERNATIONAL TRADING Cite Diar El Djeniaa BT6/04 - Badjarah Alger Tel.: Fax: Contato: Sr. Mohamed Interesse: Móveis, Carne Bovina e Polpa de Laranja PINACLE TRADING L.L.C PO Box Tel.: Fax: Contato: Sr. Abdurahman Abdulahi Interesse: Material de Construção SARL NAIDJI TRADING COMPANY IMPORT EXPORT GENERAL TRADE 26 Rue Colonel Amirouche B.B. Arreridj Tel.: Fax: Contato: Sr. Naidji Noureddine Interesse: Mármores PRECATEL Z.I B.P. 85 Hassi Messaoud Ourgla Tel.: Fax: Contato: Sr. Djettaou Ali Interesse: Carne Bovina SARL MEDIUS KAY 171, Rue Hassiba Bem Bouali Alger Tel./Fax: Contato: Sr. A. Yaici Interesse: Madeira Confira a lista completa de Oportunidades de Negócios que a Câmara Árabe coloca à disposição do mercado no site SARL DOUMIA PROTEINES 07 Rue Djouad Biskra Tel.: Fax: Contato: Sr. Salum Salam Interesse: Carne Bovina GROUPE LALAOUI Bd. De La Soummam BP 400 Rp 0600 Béjaia - Argelia Tel.: / Fax: Interesse: Móveis S.A.R.L ALPIR 29 Rue Boudatit Mohmoud Tel.: Fax: Contato: Sr. Mokhtari Hamoud Interesse: Carne Bovina Outubro/2006 Câmara Árabe Notícias 11

12

Como Negociar com os Países Árabes

Como Negociar com os Países Árabes Como Negociar com os Países Árabes 6 de abril de 2006 Rubens Hannun Vice-Presidente de Marketing Michel Abdo Alabi Secretário Geral e Diretor de Comércio Exterior As atratividades são muitas... Países

Leia mais

LIGA ÁRABE Comércio Exterior

LIGA ÁRABE Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC LIGA ÁRABE Comércio Exterior Outubro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Projeto Setorial de Exportação. ABF Associação Brasileira de Franchising

Projeto Setorial de Exportação. ABF Associação Brasileira de Franchising Projeto Setorial de Exportação ABF Associação Brasileira de Franchising Abril / 2013 INTRODUÇAO A ABF A Associação Brasileira de Franchising é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 1987. Hoje a ABF

Leia mais

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia Descrição do Sistema de Franquia Franquia é um sistema de distribuição de produtos, tecnologia e/ou serviços. Neste sistema uma empresa detentora de know-how de produção e/ou distribuição de certo produto

Leia mais

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente.

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Novos desafios, grandes oportunidades Apesar da crise econômica:

Leia mais

BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA. Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira.

BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA. Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira. 1 PROJETO SETORIAL INTEGRADO BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira. 2 Introdução O Ministério da Cultura, sugeriu a Fundação

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

COMO SE ASSOCIAR 2014

COMO SE ASSOCIAR 2014 2014 QUEM SOMOS FUNDADO EM 2004, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA, QUE SE DEDICA À PROMOÇÃO

Leia mais

Acordo-Quadro de Associação entre o MERCOSUL e a República do Suriname

Acordo-Quadro de Associação entre o MERCOSUL e a República do Suriname Acordo-Quadro de Associação entre o MERCOSUL e a República do Suriname A República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai, a República Oriental do Uruguai, a República Bolivariana

Leia mais

FRANCHISING JAIR PASQUALI

FRANCHISING JAIR PASQUALI FRANCHISING JAIR PASQUALI jair.pasquali@marisolsa.com PARTICIPAÇÃO DOS SEGMENTOS DE VAREJO RECEITA TOTAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE VEÍCULOS Produtos farmacêuticos 5,7% Tecidos e artigos do vestuário 7,5%

Leia mais

Manual vermelho de negócios com a China PRC um mundo de oportunidades

Manual vermelho de negócios com a China PRC um mundo de oportunidades 2011 Manual vermelho de negócios com a China PRC um mundo de oportunidades Este manual foi formulado com base na experiência prática do escritor. È um roteiro prático para quem quer comprar ou vender para

Leia mais

iom haatzmaút 2015 neste ano de 2015 o estado de israel completa 67 anos de independência, do estado palestino judeu e do estado palestino árabe.

iom haatzmaút 2015 neste ano de 2015 o estado de israel completa 67 anos de independência, do estado palestino judeu e do estado palestino árabe. 1 iom haatzmaút 2015 neste ano de 2015 o estado de israel completa 67 anos de independência, decretada no ano de 1948 após uma decisão da assembléia geral da onu de 1947, presidida pelo brasileiro osvaldo

Leia mais

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal A História e o papel da Câmara A Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - Minas

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE EXPORTAR É UM MOVIMENTO NATURAL DE CRESCIMENTO EXISTEM MAIS DE 200 PAÍSES ESPERANDO PELO SEU PRODUTO A EXPORTAÇÃO ABRE UM UNIVERSO DE OPORTUNIDADES

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidade:

Leia mais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A MÍDIA KIT 2015 CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Impresso Web Tablets Smartphones Apps Parceiros Estratégicos Portal da ABF Mailing Exclusivo

Leia mais

A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior.

A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior. A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior. Ainda articula ações específicas na estruturação de cadeia produtivas

Leia mais

Rodobens é destaque no website Infomoney

Rodobens é destaque no website Infomoney Rodobens é destaque no website Infomoney Por: Conrado Mazzoni Cruz 19/04/07-09h55 InfoMoney SÃO PAULO - Atualmente, falar sobre o mercado imobiliário brasileiro é entrar na discussão sobre um possível

Leia mais

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal Discurso 04/12/2003 Dr. Alfredo Setubal Presidente do Conselho de Administração do IBRI - Instituto Brasileiro de Relações com Investidores Boa Noite! Esta cerimônia de final de ano é a minha última à

Leia mais

SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015

SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015 SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015 É o Expo-Fórum internacional totalmente dedicado a explorar as grandes oportunidades de investimentos, parcerias comerciais e trocas de tecnologias entre Brasil e Portugal.

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas Para poder permanecer em território japonês é necessário ter o visto de permanência. Existem 27 tipos de vistos e, cada qual tem prazos e tipos de atividades permitidas diferenciadas. 1 Tipos de visto

Leia mais

MÍDIA KIT 2014/2015 C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais

MÍDIA KIT 2014/2015 C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A MÍDIA KIT 2014/2015 CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Impresso Web Tablets Smartphones Apps Parceiros Estratégicos Portal da ABF Mailing Exclusivo

Leia mais

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente:

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente: Resumo Com a criação do Ministério do Turismo em 2003, o Brasil passa a ter, pela primeira vez em sua história, um ministério voltado exclusivamente para a atividade turística. A partir de então a Embratur

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA O poder de compra alimenta o dragão A persistência da inflação em torno de 6,5% ao ano tem um componente virtuoso: o crescimento do setor de serviços, que lidera a criação de empregos e aumenta a renda

Leia mais

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios...

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... Abra e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... anos Chegou a hora de crescer! Conte com a Todescredi e faça bons negócios. Há 5 anos, iniciavam as operações daquela que se tornou a única financeira

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS NO AGRONEGÓCIO EM 1. RESULTADO

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

Entrevista Como é o trabalho desenvolvido pelo Departamento? Quantos Fóruns Permanentes de Micro e Pequenas empresas existem hoje?

Entrevista Como é o trabalho desenvolvido pelo Departamento? Quantos Fóruns Permanentes de Micro e Pequenas empresas existem hoje? Entrevista A diretora do Departamento de Micro, Pequenas e Médias Empresas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Cândida Cervieri, foi entrevistada pelo Informativo RENAPI.

Leia mais

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Carlos Alberto Barbosa Susana Balbo esteve em São Paulo para conduzir a degustação do lançamento no Brasil da linha de vinhos Zohar Na quinta-feira,

Leia mais

Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na

Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na Gerido pelo CIN Centro Internacional de Negócios / Sistema FIEB e Sebrae, através do acompanhamento e apoio individualizado às empresas, com foco na competitividade e acesso a mercados, através da articulação

Leia mais

Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira

Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Vantagens O associado da SWISSCAM usufrui de um suporte comercial amplo nos seus negócios, tanto na Suíça como no Brasil. A SWISSCAM realiza,

Leia mais

Temos hoje mais de 6.000 clientes agenciados de 18 a 62 anos de idade.

Temos hoje mais de 6.000 clientes agenciados de 18 a 62 anos de idade. A Empresa Criada há 14 anos atrás após eu voltar de Londres onde morei por 2 anos e trabalhei em fazendas, hotéis e navios cruzeiros. Percebi que não tinha no Brasil uma agência de intercâmbios focadas

Leia mais

POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO

POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO GESTÃO do MÍNÍSTRO CEISO AMORÍM NO itamaraty AqosTO 95A DEZEMBRO 94 / FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO Brasília 1995 Tricentenário do nascimento de Alexandre de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso por ocasião do jantar

Leia mais

Cerimónia de Assinatura Protocolo AICEP/CRUP

Cerimónia de Assinatura Protocolo AICEP/CRUP Cerimónia de Assinatura Protocolo AICEP/CRUP Lisboa, 10 janeiro 2014 António Rendas Reitor da Universidade Nova de Lisboa Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas Queria começar

Leia mais

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NOTÍCIAS Contato Paula Balduino SD&PRESS Consultoria Tel. 11 3759-1333 MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Formare ganha reconhecimento internacional por conta de suas iniciativas voltadas

Leia mais

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Ana Cecília de Almeida e Nathália Pereira A Iniciativa Incluir, promovida pelo PNUD Programa

Leia mais

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17 www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br 2016 Sua comunicação em todos os canais: IMPRESSO WEB SMARTPHONES TABLETS APP Circulação de junho/16 a maio/17 PRODUÇÃO C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A Chancelado

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

A Business Intuition e os verdadeiros segredos do Made in Italy

A Business Intuition e os verdadeiros segredos do Made in Italy MILÃO - SÃO PAULO A perfeição é feita de pequenos detalhes - não é apenas um detalhe. Michelangelo Buonarroti A Business Intuition e os verdadeiros segredos do Made in Italy UM MBA INÉDITO NO MUNDO A criatividade

Leia mais

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano Levantamento do IBOPE Media feito em todo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 85 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea.

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea. ÍNDICE Sumário Apoios Media Partners Dados Gerais Conferência Expositores Visitantes Campanha de Marketing Mídia Espontânea Imagens 2 Sumário O Evento A 7ª Edição da BRASIL OFFSHORE - Feira e Conferência

Leia mais

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS Evento reúne toda a cadeia de produção do café em Três Pontas, no Sul de Minas, até o dia 3 de julho Três Pontas, julho de 2015 Com presenças

Leia mais

Programa de Gerenciamento nos Procedimentos de Exportação: Aborda temas sobre a estrutura do comércio exterior brasileiro e processos administra4vos na exportação. Workshop de Inteligência Compe==va: Visa

Leia mais

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados:

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados: COMO FIZEMOS O BRASIL TRADE ORIENTE MÉDIO O BRASIL TRADE é a ação de promoção de negócios do Projeto Tradings composta por rodadas de negócio entre tradings e comerciais exportadoras brasileiras e compradores

Leia mais

Projeto: Náutica, Portos, Infraestrutura e Logísticas. Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina

Projeto: Náutica, Portos, Infraestrutura e Logísticas. Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina Projeto: Náutica, Portos, Infraestrutura e Logísticas Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina www.brasileitalia.com.br O Projeto Tem como principais objetivos: Atrair empresas e investimentos

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Teiji Sakurai Realização :, SÃO PAULO O que é a JETRO? Órgão oficial de comércio exterior do Japão 1951 Osaka Oficialmente JETRO em 1958 76 escritórios

Leia mais

Faça bons negócios com a Romênia!

Faça bons negócios com a Romênia! Faça bons negócios com a Romênia! Boletim virtual mensal no.44/agosto 2012 Escritório Comercial da Romênia em São Paulo Alameda Casa Branca, no.343, São Paulo SP, CEP 01408-001, tel.: (11)31712591, e-mail:

Leia mais

SÃO PAULO. COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros

SÃO PAULO. COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros SÃO PAULO COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros Dezembro/2013 OS DESAFIOS DA NOVA AGENDA MUNDIAL O MUNDO MUDOU O

Leia mais

Máquinas e Equipamentos de Qualidade

Máquinas e Equipamentos de Qualidade Máquinas e Equipamentos de Qualidade 83 A indústria brasileira de máquinas e equipamentos caracteriza-se pelo constante investimento no desenvolvimento tecnológico. A capacidade competitiva e o faturamento

Leia mais

Emirados Árabes: a vitrine do Oriente

Emirados Árabes: a vitrine do Oriente Ano 1 Número 2 Novembro/Dezembro de 2006 Emirados Árabes: a vitrine do Oriente Um dos melhores exemplos das transformações pelas quais as nações árabes estão passando, o país apresenta o que há de mais

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

2º Congresso Brasileiro de Galvanização

2º Congresso Brasileiro de Galvanização 2º Congresso Brasileiro de Galvanização O EVENTO GALVABRASIL 2013 2º Congresso Brasileiro de Galvanização Fundado em 1970, A missão do ICZ Instituto de Metais não Ferrosos é de promover a utilização de

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

Tradução e mercado de trabalho

Tradução e mercado de trabalho Tradução e mercado de trabalho Entrevista com Maria Franca Zucarello, presidente do Sindicato Nacional de Tradutores Angélica Karim Garcia Simão 1 Para o número sobre tradução da revista abehache, julgamos

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 15 Discurso em almoço oferecido ao

Leia mais

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR Jaraguá do Sul (SC), Junho de 2014. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente e sustentável, cidade para pessoas.

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Sites ajudam a achar freelances, mas profissionais reclamam de valores baixos

Sites ajudam a achar freelances, mas profissionais reclamam de valores baixos 30/11/2014-02h00 Sites ajudam a achar freelances, mas profissionais reclamam de valores baixos ANDRÉ CABETTE FÁBIO DE SÃO PAULO Sites para a contratação de profissionais autônomos proliferaram e prometem

Leia mais

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. 100% de satisfação dos participantes das turmas de 2013 e 2014 O mercado exige que sua empresa se diferencie!

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ AREA TEMÁTICA: TRABALHO LAIS SILVA SANTOS 1 CARLOS VINICIUS RODRIGUES 2 MARCELO FARID PEREIRA 3 NEUZA CORTE DE OLIVEIRA

Leia mais

DECRETO Nº 1.211, DE 3 DE AGOSTO DE 1994.

DECRETO Nº 1.211, DE 3 DE AGOSTO DE 1994. DECRETO Nº 1.211, DE 3 DE AGOSTO DE 1994. Promulga o Tratado Geral de Cooperação e Amizade e o Acordo Econômico Integrante do Tratado Geral de Cooperação e Amizade, entre a República Federativa do Brasil

Leia mais

BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE

BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE 1 BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Plenária Abimed 3. Atividades no Estande Abimed - Perfil dos Visitantes 4. Outros Eventos Paralelos Jantar de 15 anos da Hospitalar

Leia mais

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto

Além disto, haverá uma nova forma de financiamento do Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) para exportações indiretas. O chamado ACC Indireto Informativo PSI APEX, 03/04/2012 Na continuidade do Plano Brasil Maior, uma das principais medidas para aumentar a competitividade do setor exportador brasileiro anunciadas hoje é a redução do percentual

Leia mais

28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR

28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR Planejamento Estratégico Terra Roxa Investimentos Agência de Desenvolvimento do Norte do Paraná 28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR Participantes Nome Entidade Principal Atividade Expectativa

Leia mais

ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações.

ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações. ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações. Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após a VI Reunião de Cúpula Brasil-União

Leia mais

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ANEXO 1 MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Este documento serve como base orientadora para a apresentação de propostas de Arranjos Produtivos Locais para enquadramento no

Leia mais

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Filomena Garcia Sócia-Diretora do Grupo Cherto: Comercial, Expansão de Franquias e Rede de Negócios

Leia mais

Durante todos esses anos o estudo e reflexão da Bíblia nas comunidades foram e são a força geradora na luta.

Durante todos esses anos o estudo e reflexão da Bíblia nas comunidades foram e são a força geradora na luta. Eu, Irmã Rita Rodrigues Pessoa, religiosa do Sagrado Coração de Maria há 57 anos, sou nordestina da Paraíba - Brasil. Há 30 anos trabalho no semi-areado sertão da Bahia nas cidades de Pindobaçu e Filadélfia-

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA!

INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA! INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA! Apresentação O Instituto Sicoob PR foi criado para cumprir o 7º princípio cooperativista Interesse pela comunidade. Com o suporte das Cooperativas

Leia mais

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172 Mercado exige velocidade na atualização profissional Trabalhadores precisam estar capacitados para solucionar problemas, ser criativos e flexíveis e gostar da sua atividade A competição pela colocação

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 João Cotrim de Figueiredo 10 Out 2014 Turismo: crescimento e resiliência No século do Turismo? Mais de 1.100 milhões de turistas em 2014 OMT prevê crescimento médio anual

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6.

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. E T-CPLP: Entrevistas sobre a CPLP CI-CPRI Entrevistado: Embaixador Miguel Costa Mkaima Entrevistador:

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

Assine PEGN e receba até 4 meses grátis!

Assine PEGN e receba até 4 meses grátis! Page 1 of 5 Home Notćias Esportes Entretenimento V deos Todososites RSS Mobile Favoritos Twitter Assine PEGN e receba até 4 meses grátis! Maio de 2010 Ampliar capa HOME Agenda Calendário Fiscal Colunistas

Leia mais

1 de 6 13/03/12 23:41

1 de 6 13/03/12 23:41 (index.php) Pesquisa (#) Glossário (#) Conheça o GVces (#) Atividades (#) 1 de 6 13/03/12 23:41 Sobre sustentabilidade (#) Nossos sites (#) Contato (index.php?r=site/contact) Página inicial (/index.php)»

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por:

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por: PRÊMIO ABF- AFRAS Destaque em Responsabilidade Social Elaborado por: Depyl Action Franchising Av. Bias Fortes, 932 sl. 304 Lourdes CEP: 30170-011 Belo Horizonte / MG Fone: 31 3222-7701 Belo Horizonte,

Leia mais

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS OUTUBRO/2013 FECOMERCIO/TO Hugo de Carvalho Presidente Anselmo da Silva Moraes Vice Presidente Silmara Lustosa Ribeiro Superintendente INSTITUTO FECOMÉRCIO/TO Hugo de

Leia mais

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias dezembro/2006 página 1 FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Bernardete Gatti: o país enfrenta uma grande crise na formação de seus professores em especial, de alfabetizadores.

Leia mais

18 de maio, 19h30. Minhas primeiras palavras são de saudação ao colega Ministro Gao Hucheng, que

18 de maio, 19h30. Minhas primeiras palavras são de saudação ao colega Ministro Gao Hucheng, que PALAVRAS DO MINISTRO ARMANDO MONTEIRO POR OCASIÃO DO JANTAR OFERECIDO PELO CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL - CHINA, COM A PRESENÇA DO MINISTRO DO COMÉRCIO DA CHINA, GAO HUCHENG 18 de maio, 19h30. Minhas primeiras

Leia mais

FEICON BATIMAT Inovação e referência para quem pensa em construção.

FEICON BATIMAT Inovação e referência para quem pensa em construção. A FEICON BATIMAT é o evento referência para a indústria de construção civil na América Latina. Um encontro anual para apresentação de lançamentos, demonstrações de produtos e serviços, realização de negócios

Leia mais