Aula Segurança. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, Política de Segurança da Informação - POSIC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula Segurança. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC"

Transcrição

1 Aula Segurança André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, Política de Segurança da Informação - POSIC 1

2 Agenda Códigos Maliciosos Computadores Dispositivos Móveis 2

3 3 Códigos Maliciosos

4 Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente desenvolvidos para executar ações danosas e atividades maliciosas em um computador Também chamados de malware, pragas, etc. Infectam também dispositivos móveis tablets, celulares, smartphones, etc. Uma vez instalados: passam a ter acesso aos dados armazenados no computador podem executar ações em nome dos usuários de acordo com as permissões de cada usuário 4

5 Códigos maliciosos (2/3) Um computador pode ser infectado ou comprometido: pela exploração de vulnerabilidades nos programas instalados pela auto-execução de mídias removíveis infectadas pelo acesso a páginas Web maliciosas, via navegadores vulneráveis pela ação direta de atacantes pela execução de arquivos previamente infectados, obtidos: anexos em mensagens eletrônicas via mídias removíveis em páginas Web diretamente de outros computadores 5

6 Códigos maliciosos (3/3) Porque são desenvolvidos e propagados: obtenção de vantagens financeiras coleta de informações confidenciais desejo de autopromoção vandalismo São usados como intermediários, possibilitam: prática de golpes realização de ataques disseminação de spam 6

7 7 Tipos principais

8 Tipos principais Vírus Cavalo de Tróia Rootkit Backdoor Worm Bot Botnet Spyware 8

9 Vírus (1/2) Programa ou parte de um programa de computador, normalmente malicioso, que se propaga inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos Depende da execução do programa/arquivo hospedeiro para: tornar-se ativo dar continuidade ao processo de infecção para que o seu computador seja infectado é preciso que um programa já infectado seja executado. Principais meios de propagação: e pen-drive 9

10 Vírus (2/2) Tipos mais comuns de vírus: vírus propagado por vírus de script vírus de macro vírus de telefone celular 10

11 Cavalo de troia/trojan (1/2) Programa que, além de executar as funções para as quais foi aparentemente projetado, também executa outras funções, normalmente maliciosas, e sem o conhecimento do usuário Necessita ser explicitamente executado para ser instalado Pode ser instalado: pelo próprio usuário por atacantes após invadirem o computador alteram programas já existentes para executarem ações maliciosas, além das funções originais 11

12 Cavalo de troia/trojan (2/2) Alguns tipos de trojans: Downloader Dropper Backdoor DoS Destrutivo Clicker Proxy Spy Banker (Bancos) 12

13 Rootkit Conjunto de programas e técnicas que permite esconder e assegurar a presença de um invasor ou de outro código malicioso em um computador comprometido Pode ser usado para: remover evidências em arquivos de logs instalar outros códigos maliciosos esconder atividades e informações capturar informações da rede mapear potenciais vulnerabilidades em outros computadores 13

14 Backdoor (1/2) Programa que permite o retorno de um invasor a um computador comprometido, por meio da inclusão de serviços criados ou modificados para este fim 14

15 Backdoor (2/2) Pode ser incluído: pela ação de outros códigos maliciosos que tenham previamente infectado o computador por atacantes que tenham invadido o computador Após incluído: usado para assegurar o acesso futuro ao computador permitindo que seja acessado remotamente sem ter que recorrer novamente as métodos já usados 15

16 Worm (1/2) Programa capaz de se propagar automaticamente pelas redes, enviando cópias de si mesmo de computador para computador Modo de propagação: execução direta das cópias exploração automática de vulnerabilidades em programas Consomem muitos recursos devido à grande quantidade de cópias geradas podem afetar: o desempenho de redes o uso dos computadores 16

17 Worm (2/2) Processo de propagação e infecção: 1. Identificação dos computadores alvos 2. Envio das cópias 3. Ativação das cópias 4. Reinício do processo 17

18 Bot (1/2) Programa que dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor que permitem que ele seja controlado remotamente Modo de propagação similar ao worm: execução direta das cópias exploração automática de vulnerabilidades em programas Comunicação entre o invasor e o computador infectado: canais de IRC servidores Web redes P2P, etc. 18

19 Bot (2/2) Um computador infectado por um bot costuma ser chamado de zumbi (zombie computer) pois pode ser controlado remotamente, sem o conhecimento do seu dono 19

20 Botnet Rede formada por centenas ou milhares de zumbis, que permite potencializar as ações danosas dos bots O controlador da botnet pode: usá-la para seus próprios ataques alugá-la para outras pessoas ou grupos que desejem executar ações maliciosas específicas 20

21 Spyware (1/2) Programa projetado para monitorar as atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros 21

22 Spyware (2/2) Alguns tipos de spyware: Keylogger: capaz de capturar e armazenar as teclas digitadas pelo usuário no teclado do computador Screenlogger: capaz de armazenar a posição do cursor e a tela apresentada no monitor, nos momentos em que o mouse é clicado, ou a região que circunda a posição onde o mouse é clicado Adware: projetado para apresentar propagandas 22

23 Vírus Worm Bot Trojan Spyware Backdoor Rootkit Resumo Comparativo (1/4) C ó d i g o s M a l i c i o s o s Como é obtido: Recebido automaticamente pela rede Recebido por Baixado de sites na Internet Compartilhamento de arquivos Uso de mídias removíveis infectadas Redes sociais Mensagens instantâneas Inserido por um invasor Ação de outro código malicioso 23

24 Vírus Worm Bot Trojan Spyware Backdoor Rootkit Resumo Comparativo (2/4) C ó d i g o s M a l i c i o s o s Como ocorre a instalação: Execução de um arquivo infectado Execução explícita do código malicioso Via execução de outro código malicioso Exploração de vulnerabilidades 24

25 Vírus Worm Bot Trojan Spyware Backdoor Rootkit Resumo Comparativo (3/4) C ó d i g o s M a l i c i o s o s Como se propaga: Insere cópia de próprio em arquivos Envia cópia de si próprio automaticamente pela rede Envia cópia de si próprio automaticamente por Não se propaga 25

26 Vírus Worm Bot Trojan Spyware Backdoor Rootkit Resumo Comparativo (4/4) C ó d i g o s M a l i c i o s o s Ações maliciosas mais comuns: Altera e/ou remove arquivos Consome grande quantidade de recursos Furta informações sensíveis Instala outros códigos maliciosos Possibilita o retorno do invasor Envia spam e phishing Desfere ataques na Internet Procura se manter escondido 26

27 27 Cuidados a serem tomados

28 Mantenha o computador atualizado (1/2) Use apenas programas originais Tenha sempre as versões mais recentes dos programas Remova: as versões antigas os programas que você não utiliza mais programas não usados tendem a: ser esquecidos ficar com versões antigas e potencialmente vulneráveis Configure os programas para serem atualizados automaticamente 28

29 Mantenha o computador atualizado (2/2) Programe as atualizações automáticas para serem baixadas e aplicadas em um horário em que o computador esteja ligado e conectado à Internet Cheque periodicamente por novas atualizações usando as opções disponíveis nos programas Crie um disco de recuperação do seu sistema certifique-se de tê-lo por perto no caso de emergências 29

30 Use mecanismos de proteção (1/2) Instale um antivírus (antimalware) mantenha-o atualizado, incluindo o arquivo de assinaturas atualize o arquivo de assinaturas pela rede, de preferência diariamente configure-o para verificar automaticamente: toda e qualquer extensão de arquivo arquivos anexados aos s e obtidos pela Internet os discos rígidos e as unidades removíveis verifique sempre os arquivos recebidos antes de abri-los ou executá-los 30

31 Use mecanismos de proteção (2/2) Crie um disco de emergência de seu antivírus use-o se desconfiar que: o antivírus instalado está desabilitado ou comprometido o comportamento do computador está estranho mais lento gravando ou lendo o disco rígido com muita frequência, etc. Assegure-se de ter um firewall pessoal instalado e ativo 31

32 Ao instalar aplicativos de terceiros Verifique se as permissões de instalação e execução são coerentes Seja cuidadoso ao: permitir que os aplicativos acessem seus dados pessoais selecionar os aplicativos, escolhendo aqueles: bem avaliados com grande quantidade de usuários 32

33 Proteja seus dados Faça backups periodicamente Nunca recupere um backup se desconfiar que ele contém dados não confiáveis 33

34 Seja cuidadoso ao clicar em links Antes de clicar em um link curto: use complementos que permitam visualizar o link de destino Mensagens de conhecidos nem sempre são confiáveis o campo de remetente pode ter sido falsificado, ou podem ter sido enviadas de contas falsas ou invadidas 34

35 Outros Cuidado com extensões ocultas alguns sistemas possuem como configuração padrão ocultar a extensão de tipos de arquivos conhecidos Desabilite a auto-execução de: mídias removíveis arquivos anexados 35

36 36 Segurança em Computadores

37 Computadores (1/4) Computador pessoal grande quantidade de dados armazenados usado para acesso a: Internet Banking comércio eletrônico redes sociais, etc. Manter o computador seguro é essencial para se proteger dos riscos envolvidos no uso da Internet 37

38 Computadores (2/4) Pode ser um grande erro acreditar que seu computador: não apresenta atrativos dificilmente será localizado na Internet Sentindo-se seguro você também pode acreditar que não necessita se prevenir a ilusão costuma terminar quando os primeiros problemas de segurança começam a acontecer Atacantes interessados em acessar grande quantidade de computadores, independente: de quais são das configurações que possuem 38

39 Computadores (3/4) Seu computador pode ser invadido ou infectado por meio: da ação direta de atacantes da auto-execução de mídias removíveis infectadas do acesso a páginas Web maliciosas utilizando navegadores vulneráveis da exploração de: vulnerabilidades existentes nos programas instalados contas de usuário sem senha com senha fraca 39

40 Computadores (4/4) Seu computador pode ser invadido ou infectado por meio: da ação de códigos maliciosos recebidos pela rede obtidos: em páginas Web via mídias removíveis em anexos de mensagens eletrônicas em outros computadores» compartilhamento de recursos 40

41 41 Riscos principais

42 Riscos principais (1/2) Se seu computador for comprometido você pode vir a enfrentar problemas, como: invasão de privacidade furto de identidade vazamento de informações perda de dados perdas financeiras ficar sem acesso ao computador 42

43 Riscos principais (2/2) Seu computador pode ser usado para atividades maliciosas, como: infectar, invadir e atacar outros computadores aplicar golpes em outros usuários servir de repositório para dados fraudulentos propagar códigos maliciosos disseminar spam esconder a real identidade e localização de um atacante 43

44 44 Cuidados a serem tomados

45 Proteja suas contas e senhas (1/2) Crie uma conta padrão e use-a nas tarefas rotineiras use a conta de administrador: somente quando necessário pelo menor tempo possível use a opção de executar como administrador quando necessitar de privilégios administrativos Mantenha a conta de convidado desabilitada 45

46 Proteja suas contas e senhas (2/2) Assegure-se de que: todas as contas de acesso existentes tenham senha não existam contas de uso compartilhado a conta de acesso e a senha sejam solicitadas na tela inicial a opção de login automático esteja desabilitada Seja cuidadoso ao elaborar suas senhas: use senhas longas, com diferentes tipos de caracteres não utilize: sequências de teclado dados pessoais, como nome, sobrenome e datas dados que possam ser facilmente obtidos sobre você 46

47 Ao usar o computador em locais públicos Utilize travas que dificultem que ele seja aberto ou furtado Mantenha-o bloqueado para evitar que seja usado quando você não estiver por perto Utilize criptografia de disco em caso de perda ou furto isso dificultará o acesso aos seus dados 47

48 Ao usar computadores de terceiros (1/2) Utilize opções de navegar anonimamente Não efetue transações bancárias ou comerciais Não utilize opções como: Lembre-se de mim Continuar conectado Limpe os dados pessoais salvos no navegador Não permite que senhas sejam memorizadas pelo navegador 48

49 Ao usar computadores de terceiros (2/2) Assegure-se de sair (logout) de suas contas de usuário Seja cuidadoso ao conectar mídias removíveis Ao retornar ao seu computador: altere as senhas usadas verifique seu pen-drive com um antivírus 49

50 Outros cuidados (1/2) Faça regularmente backup dos seus dados Mantenha a data e a hora corretas veja em dicas sobre como manter seu computador sincronizado Verifique as configurações de segurança oferecidas pelos programas instalados em seu computador adapte-as as suas necessidades 50

51 Outros cuidados (2/2) Ao compartilhar recursos do seu computador: estabeleça: senhas para os compartilhamentos permissões de acesso adequadas compartilhe seus recursos pelo tempo mínimo necessário Ao enviar seu computador para serviços de manutenção: selecione empresas com boas referências pesquise na Internet sobre a empresa à procura de opinião de clientes sobre ela não permita a instalação de programas não originais se possível faça backup dos dados antes de enviá-lo 51

52 52 Segurança em Dispositivos Móveis

53 Dispositivos móveis (1/2) Tablets, smartphones, celulares, etc. Cada vez mais populares Executam ações realizadas em computadores pessoais navegação Web Internet Banking acesso a s acesso a redes sociais 53

54 Dispositivos móveis (2/2) Principais características: auxílio em tarefas cotidianas grande quantidade informações pessoais e profissionais agenda, contatos, chamadas realizadas, mensagens recebidas conectividade Wi-Fi, 3G peso e portabilidade leves e de tamanho reduzido fáceis de serem carregados em bolsas/bolsos diversas funcionalidades integradas GPS, câmera 54

55 55 Riscos principais

56 Riscos principais (1/6) Dispositivos móveis X Computadores pessoais funcionalidades similares riscos similares: códigos maliciosos phishing acesso a conteúdos impróprios ou ofensivos contato com pessoas mal-intencionadas perda de dados dificuldade de manter sigilo Possuem características que os tornam ainda mais atraentes para atacantes e pessoas mal-intencionadas 56

57 Riscos principais (2/6) Vazamento de informações grande quantidade de informações pessoais armazenadas podem ser indevidamente coletadas mensagens SMS lista de contatos calendários histórico de chamadas fotos e vídeos senhas números de cartão de crédito rápida substituição de modelos sem a devida exclusão das informações gravadas 57

58 Riscos principais (3/6) Maior possibilidade de perda e furto tamanho reduzido alto valor financeiro representam status atraem atenção de assaltantes constantemente em uso usados em locais públicos facilmente esquecidos e perdidos 58

59 Riscos principais (4/6) Invasão de privacidade intencional: dispositivos estão sempre à mão uso generalizado alguém pode, por exemplo: tirar uma foto sua publicá-la sem seu conhecimento ou permissão localização fornecida por aplicativos de geolocalização (GPS) dados pessoais coletados por códigos maliciosos/atacantes excesso de informações pessoais sendo fornecidas locais que frequenta horários, rotina, hábitos bens pessoais 59

60 Riscos principais (5/6) Instalação de aplicativos maliciosos grande quantidade de aplicativos sendo desenvolvidos diferentes autores diferentes funcionalidades dificuldade de manter controle podem existir aplicativos: não confiáveis com erros de implementação especificamente desenvolvidos para: executar atividades maliciosas coletar dados dos aparelhos 60

61 Riscos principais (6/6) Propagação de códigos maliciosos códigos maliciosos recebidos por meio de: mensagens SMS s redes sociais, etc. dispositivo infectado pode: ter dados coletados ter os dados apagados participar de ataques na Internet fazer parte de botnets contribuir para a disseminação de spam 61

62 62 Cuidados a serem tomados

63 Antes de adquirir um dispositivo Observe os mecanismos de segurança disponibilizados diferentes modelos e fabricantes escolha o que considerar mais seguro Caso opte por um modelo já usado restaure as configurações de fábrica/originais antes de usá-lo Não adquira um dispositivo: ilegalmente desbloqueado (jailbreak) com permissões de acesso alteradas ação ilegal violação dos termos de garantia comprometimento da segurança comprometimento do funcionamento 63

64 Ao usar seu dispositivo (1/4) Instale e mantenha atualizados mecanismos de segurança antivírus (deve ser instalado antes de qualquer outro aplicativo) antispam antimalware firewall pessoal Mantenha seu dispositivo seguro: com a versão mais recente de todos os programas instalados com todas as atualizações aplicadas Não siga links recebidos via mensagens eletrônicas SMS, s, redes sociais, etc. 64

65 Ao usar seu dispositivo (2/4) Mantenha controle físico principalmente em locais de risco procure não deixá-lo sobre a mesa cuidado com bolsos/bolsas em ambientes públicos Proteja sua privacidade seja cuidadoso ao: publicar sua geolocalização permitir que aplicativos acessem seus dados pessoais 65

66 Ao usar seu dispositivo (3/4) Proteja suas senhas cadastre senhas de acesso bem elaboradas se possível, configure-o para aceitar senhas complexas (alfanuméricas) use senhas longas, com diferentes tipos de caracteres não utilize: sequências de teclado dados pessoais, como nome, sobrenome e datas dados que possam ser facilmente obtidos sobre você 66

67 Ao usar seu dispositivo (4/4) Proteja seus dados configure: senha de bloqueio na tela inicial código PIN faça backups periódicos mantenha informações sensíveis em formato criptografado use conexão segura quando a comunicação envolver dados confidenciais senhas número de cartão de crédito 67

68 Ao instalar aplicativos Procure obter aplicativos de fontes confiáveis lojas confiáveis site do fabricante Escolha aplicativos: bem avaliados com grande quantidade de usuários Verifique com seu antivírus antes de instalar o aplicativo Observe as permissões para execução elas devem ser coerentes com a finalidade do aplicativo um aplicativo de jogos, por exemplo, não necessariamente precisa ter acesso a sua lista de chamadas 68

69 Ao acessar redes Seja cuidadoso ao usar redes Wi-Fi públicas desabilite a opção de conexão automática Mantenha interfaces de comunicação desativadas bluetooth, infravermelho e Wi-Fi somente as habilite quando necessário Configure a conexão bluetooth para que seu dispositivo não seja identificado (ou descoberto ) por outros aparelhos 69

70 Ao se desfazer do seu dispositivo Apague todas as informações nele contidas Restaure as configurações de fábrica 70

71 Em caso de perda ou furto (1/2) Configure-o previamente, se possível, para que: seja localizado/rastreado e bloqueado remotamente, por meio de serviços de geolocalização uma mensagem seja mostrada na tela para aumentar as chances dele ser devolvido o volume seja aumentado ou que saia do modo silencioso para facilitar a localização os dados sejam apagados após um determinado número de tentativas de desbloqueio sem sucesso Cuidado: principalmente se você tiver filhos e eles gostarem de brincar com o seu dispositivo 71

72 Em caso de perda ou furto (2/2) Informe: a sua operadora solicite o bloqueio do seu número (chip) a empresa onde você trabalha caso haja dados e senhas profissionais nele armazenadas Altere as senhas que possam estar nele armazenadas Bloqueie cartões de crédito cujo número esteja nele armazenado Ative a localização remota, caso você a tenha configurado se necessário, apague remotamente os dados nele gravados 72

73 Mantenha-se informado (1/2) Cartilha de Segurança para Internet RSS Twitter 73

74 Mantenha-se informado (2/2) Portal Internet Segura Campanha Antispam.br 74

75 Créditos Fascículo Códigos Maliciosos Fascículo Computadores Fascículo Dispositivos móveis 75

76 Créditos Cartilha de Segurança para Internet 76

Códigos Maliciosos.

Códigos Maliciosos. <Nome> <Instituição> <e-mail> Códigos Maliciosos Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente desenvolvidos para executar

Leia mais

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Códigos Maliciosos Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis.

Segurança em Dispositivos Móveis. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Dispositivos Móveis Agenda Dispositivos móveis Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Dispositivos móveis (1/2) Tablets, smartphones, celulares,

Leia mais

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Segurança em Computadores GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Agenda Computadores Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Computadores (1/4) Computador pessoal grande quantidade de dados armazenados

Leia mais

Aula 05. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC

Aula 05. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC Aula 05 André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br Política de Segurança da Informação - POSIC http://www.nti.ufrpe.br/content/pol%c3%adtica-de-seguran%c3%a7a-da-informa%c3%a7%c3%a3o-e-comunica%c3%a7%c3%b5es-posic

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Códigos maliciosos são usados como intermediários e possibilitam a prática de golpes, a realização de ataques e o envio de spam Códigos maliciosos, também conhecidos como pragas

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Manter seu computador seguro é essencial para se proteger dos riscos envolvidos no uso da Internet Um grande risco que você pode correr ao usar a Internet é o de achar que não

Leia mais

http://cartilha.cert.br/ Publicação

http://cartilha.cert.br/ Publicação http://cartilha.cert.br/ Publicação O uso de tablets, smartphones e celulares está cada vez mais comum e inserido em nosso cotidiano Caso tenha um dispositivo móvel (tablet, smartphone, celular, etc.)

Leia mais

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são:

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são: Malwares Códigos Maliciosos - Malware Códigos maliciosos (malware) são programas especificamente desenvolvidos para executar ações danosas e atividades maliciosas em um computador. Algumas das diversas

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis

Segurança em Dispositivos Móveis Segurança em Dispositivos Móveis Lucas Ayres e Lucas Borges Ponto de Presença da RNP na Bahia {lucasayres,lucasborges}@pop ba.rnp.br 1 Agenda Dispositivos móveis Principais riscos e como se proteger Cuidados

Leia mais

Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança

Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança Miriam von Zuben miriam@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasill Núcleo de Informação e Coordenação do

Leia mais

Privacidade.

Privacidade. <Nome> <Instituição> <e-mail> Privacidade Agenda Privacidade Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Privacidade (1/3) Sua privacidade pode ser exposta na Internet: independentemente da sua

Leia mais

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente.

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente. TIPOS DE VÍRUS Principais Tipos de Códigos Maliciosos 1. Virus Programa que se propaga infectando, isto é, inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos de um computador.

Leia mais

Verificação em duas etapas.

Verificação em duas etapas. <Nome> <Instituição> <e-mail> Verificação em duas etapas Agenda Senhas Verificação em duas etapas Principais tipos e cuidados a serem tomados Outros cuidados Créditos Senhas (1/4) Servem para autenticar

Leia mais

Segurança em Internet Banking.

Segurança em Internet Banking. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Internet Banking Agenda Internet Banking Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Internet Banking (1/4) Permite: realizar ações disponíveis nas agências

Leia mais

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral Prof. Paulo A. Neukamp Mallware (Parte 01) Objetivo: Descrever de maneira introdutória o funcionamento de códigos maliciosos e os seus respectivos impactos. Agenda

Leia mais

Segurança em Redes Sociais.

Segurança em Redes Sociais. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Redes Sociais Agenda Redes sociais Características principais Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Redes sociais (1/2) Redes de relacionamento

Leia mais

Segurança em Redes.

Segurança em Redes. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Redes Agenda Riscos Cuidados gerais a serem tomados Configurando o acesso Internet da sua casa Configurando uma rede Wi-Fi doméstica Cuidados: ao se conectar

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Miriam von Zuben miriam@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Usar apenas senhas pode não ser suficiente para proteger suas contas na Internet Senhas são simples e bastante usadas para autenticação em sites na Internet. Infelizmente elas

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

http://cartilha.cert.br/fasciculos/

http://cartilha.cert.br/fasciculos/ Esta obra foi originalmente desenvolvida pelo CERT.br, do NIC.br, com o propósito de promover a conscien

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Via Internet Banking você pode realizar as mesmas ações disponíveis nas agências bancárias, sem enfrentar filas ou ficar restrito aos horários de atendimento Realizar transações

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

Segurança em Comércio Eletrônico.

Segurança em Comércio Eletrônico. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Comércio Eletrônico Agenda Comércio Eletrônico Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Comércio eletrônico (1/2) Permite: comprar grande quantidade

Leia mais

Belo Horizonte, MG 26 de outubro de 2015 Em dia com a Segurança da Informação

Belo Horizonte, MG 26 de outubro de 2015 Em dia com a Segurança da Informação Belo Horizonte, MG 26 de outubro de 2015 Em dia com a Segurança da Informação Segurança em Dispositivos Móveis Miriam von Zuben miriam@cert.br Tratamento de Incidentes Articulação Apoio à recuperação Estatísticas

Leia mais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Segurança na Internet Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Segurança de Computadores Senhas Engenharia Social Vulnerabilidade Códigos Maliciosos Negação de Serviço 2 Segurança de Computadores

Leia mais

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Miriam von Zuben miriam@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops

Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops Universidade Federal de Goiás Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops Jánison Calixto CERCOMP UFG Cronograma Introdução Conceitos Senhas Leitores de E-Mail Navegadores Anti-Vírus Firewall Backup

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Contas e senhas são os mecanismos de autenticação mais utilizados na Internet atualmente. Por meio de contas e senhas os sistemas conseguem saber quem você é, confirmar sua identidade

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Equipamentos de rede também precisam de cuidados de segurança Independente do tipo de tecnologia usada, um equipamento conectado à rede, seja um computador, dispositivo móvel,

Leia mais

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente. Noções básicas sobre segurança e computação segura Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 Segurança da Informação A segurança da informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido, sabotagens, paralisações, roubo de informações ou

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Atualmente, o acesso às redes sociais já faz parte do cotidiano de grande parte dos usuários da Internet e, muito provavelmente, do seu. Você pode usar as redes sociais para se

Leia mais

Segurança em Redes Sociais.

Segurança em Redes Sociais. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Redes Sociais Agenda Redes sociais Características principais Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Redes sociais (1/2) Redes de relacionamento

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware)

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware) SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DICAS Aguinaldo Fernandes Rosa Especialista em Segurança da Informação Segurança da Informação Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos

Leia mais

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware)

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware) SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas virtuais 1 Vírus A mais simples e conhecida das ameaças. Esse programa malicioso pode ligar-se

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA

CARTILHA INFORMATIVA CARTILHA INFORMATIVA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO A Segurança da Informação se refere à proteção existente sobre as informações de empresa ou pessoa, e aplica-se tanto as informações corporativas quanto às

Leia mais

Aula 06. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC

Aula 06. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC Aula 06 André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br Política de Segurança da Informação - POSIC http://www.nti.ufrpe.br/content/pol%c3%adtica-de-seguran%c3%a7a-da-informa%c3%a7%c3%a3o-e-comunica%c3%a7%c3%b5es-posic

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho

Prof. Demétrios Coutinho Prof. Demétrios Coutinho Hoje em dia a informação é o bem mais valioso de uma empresa/cliente. A segurança da informação é um conjunto de medidas que se constituem basicamente de controles e política de

Leia mais

Prevenção. Como reduzir o volume de spam

Prevenção. Como reduzir o volume de spam Prevenção Como reduzir o volume de spam A resposta simples é navegar consciente na rede. Este conselho é o mesmo que recebemos para zelar pela nossa segurança no trânsito ou ao entrar e sair de nossas

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ O acesso às redes sociais já está incorporado ao cotidiano de grande parte dos usuários da Internet e, muito provavelmente, do seu. As redes sociais possuem características que

Leia mais

Ameaças a computadores. Prof. César Couto

Ameaças a computadores. Prof. César Couto Ameaças a computadores Prof. César Couto Conceitos Malware: termo aplicado a qualquer software desenvolvido para causar danos em computadores. Estão nele incluídos vírus, vermes e cavalos de tróia. Vírus:

Leia mais

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Previous... 2 Golpes 3 Engenharia Social Manipulação psicológica de pessoas

Leia mais

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 2 Conteúdo F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 Gerenciar assinatura...4 1.2 Como me certificar de que o computador está protegido...4

Leia mais

Checklist COOKIES KEYLOGGER PATCHES R. INCIDENTE TECNOLOGIA SPAM INTERNET MA Cartilha de Segurança para Internet

Checklist COOKIES KEYLOGGER PATCHES R. INCIDENTE TECNOLOGIA SPAM INTERNET MA Cartilha de Segurança para Internet SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf Noções de Segurança na Internet Conceitos de Segurança Precauções que devemos tomar contra riscos, perigos ou perdas; É um mal a evitar; Conjunto de convenções sociais, denominadas medidas de segurança.

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdo 2 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerenciar assinatura...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como me certificar de

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede

Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede Evolução Tecnológica e a Segurança na Rede Miriam von Zuben miriam@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasill Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

Segurança. Projeto. Cartilha de Segurança da Internet. As pragas da Internet. Navegar é preciso!! Arriscar-se não.

Segurança. Projeto. Cartilha de Segurança da Internet. As pragas da Internet. Navegar é preciso!! Arriscar-se não. Cartilha de Segurança da Internet O Termo "Segurança", segundo a ISO 7498-2, é utilizado para especificar os fatores necessários para minimizar a vulnerabilidades de bens e recursos e está relacionada

Leia mais

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras?

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? Conscientização sobre a Segurança da Informação Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? PROFISSIONAIS DE O que é Segurança da Informação? A Segurança da Informação está relacionada

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! Agora você encontra o SICREDI em casa, no trabalho ou onde você estiver. É o SICREDI Total Internet, cooperando

Leia mais

Índice. 1. Conceitos de Segurança. 2. Navegando na Internet com Segurança. 3. Utilização do e-mail e programas de mensagem instantânea com segurança

Índice. 1. Conceitos de Segurança. 2. Navegando na Internet com Segurança. 3. Utilização do e-mail e programas de mensagem instantânea com segurança Índice 1. Conceitos de Segurança 1.1. O que é Segurança da Informação? 1.2. Cuidado com os vírus de computador 1.3. Dicas para manter o computador seguro 2. Navegando na Internet com Segurança 2.1. Fique

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Usando um firewall para ajudar a proteger o computador A conexão à Internet pode representar um perigo para o usuário de computador desatento. Um firewall ajuda a proteger o computador impedindo que usuários

Leia mais

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan www.bradesco.com.br Índice Versão 01-2007 Introdução 2 Ameaças à Segurança da Informação 12 Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa 3 E-Mail 14 Procuradores e Níveis de Acesso 6 Como Identificar

Leia mais

GUIA DE TRANQÜILIDADE

GUIA DE TRANQÜILIDADE GUIA DE TRANQÜILIDADE NA INTERNET versão reduzida Você pode navegar com segurança pela Internet. Basta tomar alguns cuidados. Aqui você vai encontrar um resumo com dicas práticas sobre como acessar a Internet

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

Cartilha de Segurança para Internet Checklist

Cartilha de Segurança para Internet Checklist Cartilha de Segurança para Internet Checklist NIC BR Security Office nbso@nic.br Versão 2.0 11 de março de 2003 Este checklist resume as principais recomendações contidas no documento intitulado Cartilha

Leia mais

Navegar é preciso. Arriscar-se não. Cuidado. Você pode estar agindo assim na internet. Privacidade é segurança. Proteja seus dados.

Navegar é preciso. Arriscar-se não. Cuidado. Você pode estar agindo assim na internet. Privacidade é segurança. Proteja seus dados. Navegar é preciso. Arriscar-se não. Cuidado. Você pode estar agindo assim na internet. Privacidade é segurança. Proteja seus dados. NÚCLEO DE COMBATE AOS CRIMES CIBERNÉTICOS COORDENAÇÃO: Ivan Carlos Novaes

Leia mais

compras online com Segurança

compras online com Segurança 12 Dicas para realizar compras online com Segurança As compras online chegaram no mercado há muito tempo e, pelo visto, para ficar. Com elas também despertaram os desejos dos cibercriminosos de se apropriarem

Leia mais

Segurança em Informática

Segurança em Informática Especialização em Gestão das Tecnologias na Educação Básica Disciplina: Informática Aplicada a Educação Prof. Walteno Martins Parreira Júnior Segurança em Informática Inicialmente, responda o questionário

Leia mais

MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho

MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho MALWARE`S Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho MALWARE O termo software; é proveniente do inglês malicious É destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o

Leia mais

Ciclo de Palestras Segurança na Internet 03 de setembro de 2015 Campinas, SP

Ciclo de Palestras Segurança na Internet 03 de setembro de 2015 Campinas, SP Ciclo de Palestras Segurança na Internet 03 de setembro de 2015 Campinas, SP Realizando Operações Bancárias e Comerciais com Segurança na Internet Miriam von Zuben miriam@cert.br Estrutura do CGI.br e

Leia mais

http://cartilha.cert.br/fasciculos/

http://cartilha.cert.br/fasciculos/ Esta obra foi originalmente desenvolvida pelo CERT.br, do NIC.br, com o propósito de promover a conscien

Leia mais

Cartilha de. Segurança. da Informação. CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Cartilha de. Segurança. da Informação. CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Cartilha de Segurança da Informação SEGURANÇA CARTILHA de DA INFORMAÇÃO CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Julho de 2012 ÍNDICE Segurança da Informação 1. Conceitos de Segurança: 1.1. O que é Segurança

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 2 0 1 3 OBJETIVO O material que chega até você tem o objetivo de dar dicas sobre como manter suas informações pessoais, profissionais e comerciais preservadas. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO,

Leia mais

Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos

Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos Ameaças Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos Demonstração de poder Motivos Busca por prestígio Motivações financeiras Motivações ideológicas Motivações comerciais Processo de Ataque Exploram

Leia mais

Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção

Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção Evolução dos Problemas de Segurança e Formas de Proteção Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto.br Nic.br http://www.nic.br/ Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no

Leia mais

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções.

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Esse box destina-se ao cliente que já efetuou o seu primeiro acesso e cadastrou um login e senha. Após

Leia mais

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar

Leia mais

Segurança em Computadores

Segurança em Computadores Esta obra foi originalmente desenvolvida pelo CERT.br, do NIC.br, com o propósito de promover a conscien

Leia mais

Informática Aplicada a Gastronomia

Informática Aplicada a Gastronomia Informática Aplicada a Gastronomia Aula 3.1 Prof. Carlos Henrique M. Ferreira chmferreira@hotmail.com Introdução Quando você sai de casa, certamente toma alguns cuidados para se proteger de assaltos e

Leia mais

Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Ameaças e Vulnerabilidades em Dispositivos Móveis gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! É sempre bom poder contar com o SICREDI do seu lado. Melhor ainda quando o SICREDI está onde você mais precisa:

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores Pragas Virtuais 1 Pragas Virtuais São programas desenvolvidos com fins maliciosos. Pode-se encontrar algumas semelhanças de um vírus de computador com

Leia mais

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente:

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em Logout, Sair ou equivalente: DICAS importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente: Ao acessar seu e-mail, sua conta em um site de comércio eletrônico, seu perfil no Facebook, seu

Leia mais

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 9.4 (Symbian)

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 9.4 (Symbian) MANUAL DO PRODUTO TIM Protect Família Versão 9.4 (Symbian) 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Protect... 4 3 Instalação do Protect... 4 3.1 Instalação da Central de Serviços... 5 3.2 Instalação automática do Protect...

Leia mais

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Agenda Segurança o que é? Informação o que é? E Segurança da Informação? Segurança da Informação na UFBA

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS 1. Segurança da informação. Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos básicos relacionados aos recursos que o compõem:

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

Disciplina: Administração de Redes de Computadores.

Disciplina: Administração de Redes de Computadores. Disciplina: Administração de Redes de Computadores. Abordagem: Segurança Prof. Leandro Meireles 2011.2 Sistema Seguro Confidencialidade Integridade Disponibilidade Porque se preocupar com a segurança?

Leia mais

Combater e prevenir vírus em seu computador

Combater e prevenir vírus em seu computador Combater e prevenir vírus em seu computador Definição de vírus, worms, hoaxes, Tróias e vulnerabilidades de segurança Instruções para remover e evitar vírus Vulnerabilidades do sistema e ameaças de segurança

Leia mais

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.1. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.1. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br Manual do Usuário Nextel Cloud Manual do Usuário Versão 1.0.1 Copyright Nextel 2014 http://nextelcloud.nextel.com.br 1 Manual do Usuário Nextel Cloud 1 Índice 1 Índice... 2 2 Nextel Cloud... 3 3 Instalação

Leia mais

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Segurança e Privacidade em Redes Sociais Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Tratamento de Incidentes Articulação Apoio à recuperação Estatísticas Treinamento e Conscientização Cursos Palestras Documentação

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

Índice. * Recursos a partir da IOS 4.1. Telefone (11)2762-9576 Email sac@iphonebest.com.br. www.iphonebest.com.br

Índice. * Recursos a partir da IOS 4.1. Telefone (11)2762-9576 Email sac@iphonebest.com.br. www.iphonebest.com.br 1 Índice Utilizando o Gerenciador Multi Tarefa... 3 Organização de aplicativos... 8 Configurar Gmail... 15 Página favorita em ícone... 18 Excluindo Aplicativos e Ícones Favoritos...21 Gerenciar Aplicativos

Leia mais

Manual Backup Online. Manual do Usuário. Versão 1.0.1. Copyright Backup Online 2014. https://backuponlinegvt.com.br

Manual Backup Online. Manual do Usuário. Versão 1.0.1. Copyright Backup Online 2014. https://backuponlinegvt.com.br Manual Backup Online Manual do Usuário Versão 1.0.1 Copyright Backup Online 2014 https://backuponlinegvt.com.br 1 Manual Backup Online 1 Índice 1 Índice... 2 2 Backup Online...Erro! Indicador não definido.

Leia mais

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA AULA 07 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA O Utilitário de configuração do sistema, o famoso "msconfig" está disponível nas versões recentes do Windows. Para abrir o

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Atualmente, graças à Internet, é possível comprar produtos sem sair de casa ou do trabalho, sem se preocupar com horários e sem enfrentar filas. Eainda receber tudo em casa ou

Leia mais

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7 MANUAL DO PRODUTO TIM Protect Família Versão 10.7 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 TIM Protect Família... 4 2.1 Instalação do TIM Protect Família... 5 2.1.1 TIM Protect Família instalado... 7 2.2 Ativação do

Leia mais

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malware O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador

Leia mais

Painel de Controle e Configurações

Painel de Controle e Configurações Painel de Controle e Configurações Painel de Controle FERRAMENTAS DO PAINEL DE CONTROLE: - Adicionar Hardware: Você pode usar Adicionar hardware para detectar e configurar dispositivos conectados ao seu

Leia mais