INTERATIVIDADE E INTEGRAÇÃO DE ESTUDOS NAS REDES SOCIAIS *

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTERATIVIDADE E INTEGRAÇÃO DE ESTUDOS NAS REDES SOCIAIS *"

Transcrição

1 INTERATIVIDADE E INTEGRAÇÃO DE ESTUDOS NAS REDES SOCIAIS * Luiz Fernando Machado Martins (ETEC/FACEQ) ** Resumo A partir da disciplina de Gestão de Pessoas II, do curso de Gestão do Centro Paula Souza, Etec Prefeito Braz Paschoalin, foi desenvolvido um projeto para verificar em que medida a internet é aceita pelos jovens como ferramenta de aprendizagem. Esse projeto envolveu pesquisa bibliográfica e de campo, cujos resultados deram origem a este texto. Palavras-chave: Redes sociais. Internet. Interatividade. Integração. Abstract From the People Management discipline, of course Paula Souza Center Management, Etec Mayor Braz Paschoalin, a project was developed to verify to what extent the internet is accepted by young people as a learning tool. This project involved bibliographical and field research, the results of which gave rise to this paper. Keywords: Social Networks. Internet. Interactivity. Integration. Introdução Segundo Costa (2010), a internet surgiu em plena Guerra Fria. Criada por militares, era uma forma de manter uma rede de comunicações, caso os meios de telecomunicações convencionais fossem atacados. Nas décadas de 1970 e 1980, a internet começou a ser usada com fins acadêmicos; mas, apenas em 1990 começou a atingir a população geral. * O trabalho de pesquisa foi desenvolvido na Escola Técnica Estadual (ETEC) Prefeito Braz Paschoalin (Jandira, São Paulo) e envolveu os seguintes alunos do curso de Gestão no processo de coleta e sistematização dos dados: Ana Beatriz Sabaini Almeida, Beatriz Carneiro de Santana, Camila Caetano da Silva, Caroline Vieira Pereira, Dyeslen Silva Duraes, Gustavo Gomes Martinez, Lidiane Rocha da Silva, Lilian Rodrigues Oliveira, Marianna Firmino Nogueira, Matheus Wesley Silva, Stefanie Canatelli Bavia, Thalia de Barros Sant'Ana. ** Pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela Anhanguera Educacional e bacharel em Administração pelo Centro Universitário Paulistano. Docente na Escola Técnica Estadual (ETEC) Prefeito Braz Paschoalin e na Faculdade Eça de Queirós (FACEQ UNIESP Jandira). 1

2 Dados estatísticos divulgados em abril de 2003 apresentam pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) em que, aproximadamente, 12,4% dos brasileiros têm computador e pouco mais de 8% têm acesso à internet. Dados mais atuais (EBC, 2014) mostram que a população chegou a 49,4% de acesso à internet, graças aos avanços dos eletrônicos (celular e tablet), ou seja, quase metade dos brasileiros usa a internet regularmente. A internet é um meio onde é possível compartilhar informações com rapidez. Dentre as diversas utilidades dessa esfera digital, podemos citar o comércio eletrônico, a publicidade online e, a mais comum entre os usuários, as redes sociais. Atualmente, milhões de pessoas utilizam esse recurso e, por muito tempo diário. Partindo deste fato observamos que as Redes Sociais são utilizadas, mesmo que de forma não intencional, para aprender. Este ensaio aborda esse tema: interatividade e integração de estudos nas redes sociais. Com este projeto, em forma de gráficos e entrevistas observaremos a opinião de alunos e professores sobre este meio de aprendizagem, que tem como foco estudar, tirar dúvidas e pesquisar utilizando a Internet, mais especificamente, as redes sociais. 1 Problematização A grande explosão tecnológica e a internet chegaram à população americana no ano de Porém, no Brasil, a internet só se desenvolveu entre funcionários de universidades e instituições de pesquisa. Somente em 1995, ela se tornou de acesso público. No entanto, em 2006 com a chegada do Orkut, um novo jeito de se pensar começou a aparecer: surgiram novas formas para se entreter dentro desse mundo social, a comunicação se tornou mais rápida ainda e mais divertida. Segundo o relatório Norton Online Living, da Symantec (17/03/2009), crianças e jovens brasileiros na faixa etária entre oito e 17 anos são os internautas que gastam mais tempo na web: em média 70 horas mensais e 60% do tempo online é gasto em sites de entretenimento, programas de mensagem instantânea e de redes sociais (SYMANTEC, 2009). Grande parte das pessoas concorda que todo esse tempo em frente a um computador é vão, então, nesses últimos anos, um assunto polêmico tem sido discutido: a internet pode ajudar nos estudos? Cada vez mais jovens optam pela interatividade na 2

3 hora de estudar, como em fóruns na internet, sites de busca ou até trocando mensagens instantâneas com professores e colegas. Ainda que pareça um recurso incrível, há perigos nesse novo método de estudos, pois poucos jovens sabem usufruir dessa pequena liberdade, uma vez que sem um professor ou orientador, o jovem se torna responsável por si só e acaba saindo de seu foco. Para Ellison et al. (2007), as redes sociais apresentam um número de participantes e formas de utilização que aumentam diariamente, seja para interagir com pessoas conhecidas, seja para conhecer novas pessoas ou criar grupos de interesse. Mayer e Puller (2008) afirmam que os contatos sociais desenvolvidos nessas redes têm grande impacto na interação, transmissão e partilha de informação entre os membros. As redes sociais emergem da necessidade de compartilhar informações de interesses entre vários grupos e de interesses diferentes também. Elas podem ser usadas de vários modos para o aprendizado de muitas pessoas, com suas informações e os seus conhecimentos, sendo que cada um compartilha aquilo que sabe e aprendeu, que acha interessante e que sabe que vai ajudar um outro, que também necessite dessa informação e desse tipo de conhecimento e aprendizado. A internet e suas redes sociais, podem, de uma forma geral, fazer a partilha de seus conhecimentos de uma forma diferente, para que todos tenham acesso às informações necessárias. As redes na Internet constituem uma nova forma de relacionamento na sociedade atual. As redes sociais têm vindo a assumir um papel cada vez mais central na Web 2.0, a qual, segundo Tim O Reilly (2005) visa centrar a Web como uma plataforma que aproveita o efeito de rede, tendo em vista que quanto mais as aplicações forem utilizadas mais ricas se tornam. As aplicações da Web, pela sua estrutura em rede assumem novas dimensões para a interação, a aprendizagem e a construção do conhecimento. (BARROS et al., 2011, p. 4) As redes mais usadas que podemos citar são Facebook, Youtube, Hi5, Twitter e Myspace. Elas são usadas de várias formas, mas podem ser adaptadas para a rede de estudos escolares, para ajudar não somente os alunos, como também os professores. Essa maneira pode ser também muito interessante para que os alunos se interessem em aprender de uma maneira alternativa e inovadora. A internet é uma importante ferramenta para geração de informações. O que, acredita-se ser, uma ligação de pensamentos vem, em forma de rede sociais, auxiliar estudantes: Por meio do estudo Internet Pop do Ibope Media [...] conseguimos analisar não só a evolução do acesso à internet e seu impacto no 3

4 cenário midiático, como também compreender o comportamento dos seus usuários e oferecer informações estratégicas que apoiem a tomada de decisão. (SAWAIA apud IBOPE MÉDIA, 2014). O surgimento dos meios eletrônicos tornou a comunicação um ato capaz de reproduzir a simultaneidade plural do pensamento. O "homem eletrônico" voltou a encontrar-se numa aldeia tribal de escala planetária, a aldeia global (MCLUHAN, 1977). A rede social é mais uma ramificação da Internet e tem como princípio interligar as pessoas, podendo ligar alunos e professores/tutores ou, até mesmo, os alunos entre si. A Internet é um campo fértil para o autodidata, tanto pelo amplo campo de informações quanto pela variedade de opiniões encontradas. É como se o aluno tivesse ao seu dispor centenas ou milhares de professores. Isso aguça o senso crítico e acelera o autodesenvolvimento. Se não satisfeito com as posturas encontradas, há o "universo" à disposição (ROSA, 2015). 2 Pesquisa e análise dos dados Para saber mais sobre esse tema, foi realizada uma pesquisa com 140 jovens adolescentes do estado de São Paulo e os dados podem nos trazer mais certeza de que esse método de estudo é a tendência para os próximos anos. Observem-se os gráficos a seguir: Gráfico 1 4

5 Gráfico 2 Gráfico 3 Gráfico 4 5

6 É interessante observar que, entre os jovens pesquisados, 98% consideram a internet como uma alternativa útil de estudo e 83% gostam desse método de pesquisa. Com relação à concentração, ao utilizar esse recurso, 65% dizem não conseguir se concentrar e 34% responderem que conseguem se concentrar sim. De fato, uma pesquisa realizada pela University College of London, na Grã- Bretanha (2010), afirmou que a internet pode atrapalhar a capacidade de concentração dos jovens. O estudo afirma que os estudantes já não são capazes de ler e escrever textos longos porque a internet faz com que a mente deles funcione de maneira diferente do cérebro das gerações anteriores. De acordo com os pesquisadores, a internet estimula uma leitura "picada" das informações, o que mais tarde dificulta a concentração em uma só fonte, como o livro. Esse novo pensamento "por associação" mina a capacidade de "linearidade" nas atividades, como a leitura e a escrita, remodulando a mente. ''Noto que, quando os alunos chegam para o primeiro dia de aula na universidade, eles me perguntam nervosos: 'O que teremos que ler?'", conta David Runciman, cientista político da Universidade de Cambridge. (VEJA, 2010, s/p) Também no Brasil, estudos realizados pelo Grupo de Dependência Tecnológica do Instituto de Psiquiatria do Hospital de Clínicas (SP), demonstrou que o excesso de informação encontrada em sites, blogs, portais e redes sociais dificulta a concentração em uma única fonte. Abrem-se diversas janelas e não se fixa a nenhuma. Dito de outra forma, ao usar a internet, o tempo inteiro nós estamos enviando diferentes mensagens para o nosso cérebro e pode-se dizer que essa ação faz com que ele desaprenda a focar em um único assunto. Segundo Goes (2014), o cérebro não foi feito para ser multitarefas e a internet pode ser uma ótima ferramenta se o indivíduo tiver autocontrole e souber administrar o tempo de conexão. O problema começa quando a pessoa deixa de estudar a cada cinco minutos para ver quem é que está dando um like na foto ou chamando no chat, ou ainda, para jogar por longos períodos. Nesses casos, a internet atrapalha e muito (GOES, 2014, s/p). Goes (op. cit.) recomenda que o estudante procure acessar sites seguros e com informações precisas, de preferência indicados pela instituição de ensino. Com relação à rede social mais utilizada, 120 alunos citaram o WhatsApp e Youtube, seguidos do Facebook (mais de 90 alunos). 6

7 Considerações finais Com o avanço da tecnologia e dos meios de comunicação, fica evidente que a população aderiu, de forma rápida, aos seus modos de interatividade, modificando posturas, comportamentos e a forma de encarar o conhecimento e a informação. Isso afeta também o público que não tem acesso a esse meio de estudo e integração digital e social. Através dos anos o crescimento das redes sociais tornou-se uma parte crucial do dia a dia de uma pessoa. O uso desta tecnologia nos estudos escolares facilita o aprendizado, visando repassar o conhecimento e o que foi aprendido para outros. Mas também pode prejudicar os estudos e a vida pessoal (deixando o ser humano mais dependente de redes sociais, expondo a sua vida a todos os internautas). Com a pesquisa efetuada, fica claro que muitas pessoas usam esse modo de interatividade e integração em redes sociais para expor suas dúvidas e pesquisar assuntos diversos. Muitos professores utilizam redes sociais como meio de oferecer conteúdos didáticos para os alunos, disponibilizando material para estudo, como vídeoaulas, explicações, apostilas, entre outros. Mas esse auxílio pode se tornar maléfico a partir do momento em que o aluno se desinteressa pelo assunto e se torna dependente desses meios. Referências bibliográficas BARROS, D. M. V. et al. Educação e tecnológicas: reflexão, inovação e práticas. Lisboa: s/l, COSTA, Daniel Gouvêa. Brasports, Administração de redes com scripts. Rio de Janeiro, EBC Empresa Brasil de comunicação. Acesso à internet chega a 49,4% da população brasileira. Disponível em: <http://www.ebc.com.br/tecnologia/2015/04/acessointernet-chega-494-da-populacao-brasileira>. Acessado em maio ELLISON, N.; STEINFIELD, C.; LAMPE, C. The benefits of Facebook "friends": Social capital and college students' use of online social network sites Journal of Computer-Mediated Communication, vol. 12 nº 4, GOES, Dora Sampaio. Uso excessivo da internet dificulta a concentração na hora 7

8 dos estudos. IN Universidade, Globo.com, 21/05/2014. Disponível em: <http://redeglobo.globo.com/globouniversidade/noticia/2014/05/uso-excessivo-dainternet-dificulta-concentracao-na-hora-dos-estudos.html>. Acessado em: maio IBOPE MÉDIA, 26 Edição Internet Pop, 15/12/2014. Disponível em: <http://www.ibopemedia.com/internautas-consomem-mais-conteudos-gratuitos-do-quepagos-aponta-estudo-internet-pop-do-ibope-media/>. Acessado em: 12 maio MAYER, A.; PULLER, S. The old boy (and girl) network: Social network formation on university campuses. Journal of Public Economics, nº 92, p , MCLUHAN, Marshal. A Galáxia de Gutenberg: a formação do homem tipográfico. São Paulo: Editora Nacional, ROSA, Agostinho. A Internet como ferramenta de estudo. Disponível em: <http://www.agostinhorosa.com.br/artigos/internet-como-ferramenta-de-estudo.html>. Acessado em: 12 maio SYMANTEC, Relatório Norton Online Living. Jovens brasileiros gastam 70 horas por mês navegando na internet, Disponível em: <http://www.clickweb.com.br/noticias/3193/jovens-brasileiros-gastam-70-horas-pormes-navegando-na-internet.html>. Acessado em: 3 abril VEJA. Revista Veja. Saúde, 11/02/2010. Internet prejudica capacidade de concentração dos jovens. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/noticia/saude/internet-prejudica-capacidade-concentracaojovens/>. Acessado em: 3 abril

O USO DAS REDES SOCIAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES DO LETRAMENTO DIGITAL

O USO DAS REDES SOCIAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES DO LETRAMENTO DIGITAL O USO DAS REDES SOCIAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES DO LETRAMENTO DIGITAL 1. INTRODUÇÃO Lygia de Assis Silva Sérgio Paulino Abranches Universidade Federal de Pernambuco lygia1@hotmail.com/ Este

Leia mais

Redes sociais. Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28

Redes sociais. Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28 Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28 Redes sociais Pesquisa estatística Professora: Rosa Zoppi FAEC Fundação

Leia mais

A INTERATIVIDADE EM AMBIENTES WEB Dando um toque humano a cursos pela Internet. Os avanços tecnológicos de nosso mundo globalizado estão mudando a

A INTERATIVIDADE EM AMBIENTES WEB Dando um toque humano a cursos pela Internet. Os avanços tecnológicos de nosso mundo globalizado estão mudando a A INTERATIVIDADE EM AMBIENTES WEB Dando um toque humano a cursos pela Internet Por Carolina Cavalcanti * Os avanços tecnológicos de nosso mundo globalizado estão mudando a maneira que nossa sociedade está

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

O USO DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA

O USO DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA O USO DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA Rozimar Rodrigues de Brito, UFPB Adriano Patrício da Silva, UFPB Jefferson Simplicio dos Santos, UFPB Paulo Roberto Palhano Silva, UFPB RESUMO: Hoje em dia

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO

INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO Gustavo Cançado de Azevedo O autor relaciona educação e tecnologia, tomando como ponto de partida a maneira com que os avanços

Leia mais

Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke

Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke Instituto Federal do Paraná Licenciatura em Física Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Justificativa... 4

Leia mais

Redes Sociais as quais os acadêmicos do curso de Direito da Universidade Luterana do Brasil campus Guaíba possuem

Redes Sociais as quais os acadêmicos do curso de Direito da Universidade Luterana do Brasil campus Guaíba possuem 196 Redes Sociais as quais os acadêmicos do curso de Direito da Universidade Luterana do Brasil campus Guaíba possuem Blume Pfleger * Elizabete Pereira *Jéssica Lunardelli *Junia Silva * Susane da Silva

Leia mais

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/nazca + datafolha abril 2014 A computação social aumenta as possibilidades da inteligência coletiva e, por sua vez, a potência do povo

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

Projeto Escola com Celular

Projeto Escola com Celular Projeto Escola com Celular Rede Social de Sustentabilidade Autores: Beatriz Scavazza, Fernando Silva, Ghisleine Trigo, Luis Marcio Barbosa e Renata Simões 1 Resumo: O projeto ESCOLA COM CELULAR propõe

Leia mais

Apresentação das Práticas Tecnológicas do Programa Mais Educação 1. Evanir Siqueira Lopes 2

Apresentação das Práticas Tecnológicas do Programa Mais Educação 1. Evanir Siqueira Lopes 2 Resumo Apresentação das Práticas Tecnológicas do Programa Mais Educação 1 Evanir Siqueira Lopes 2 Franciele Dorneles Filippin 3 Escola Estadual de Ensino Fundamental Osvaldo Aranha Este relato de experiências

Leia mais

Introdução redes sociais mulheres Digg

Introdução redes sociais mulheres Digg O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. (Tsvi Bisk, Center for Strategic Futurist Thinking, 2008) A Sophia Mind,

Leia mais

Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Sistemas de Informação

Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Sistemas de Informação FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Sistemas de Informação Curso (s) : Bacharel em Sistemas de Informação Nome do projeto:

Leia mais

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Maio, 2014 1 Índice 1. Introdução 3 2. Cenário do acesso

Leia mais

A INTERNET COMO RECURSO PEDAGÓGICO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

A INTERNET COMO RECURSO PEDAGÓGICO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A INTERNET COMO RECURSO PEDAGÓGICO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Jacqueline Liedja Araujo Silva Carvalho Universidade Federal de Campina Grande (UFCG CCTA Pombal) jliedja@hotmail.com

Leia mais

A INFLUÊNCIA DAS NOVAS TECNOLOGIAS NO PROCESSO DE ENSINO: VANTAGENS E DESVANTAGENS

A INFLUÊNCIA DAS NOVAS TECNOLOGIAS NO PROCESSO DE ENSINO: VANTAGENS E DESVANTAGENS A INFLUÊNCIA DAS NOVAS TECNOLOGIAS NO PROCESSO DE ENSINO: VANTAGENS E DESVANTAGENS Vitor Cleton Viegas de Lima 1 Cristiane Camargo Aita 2 Daniele Pinto Andres 3 Resumo: este artigo tem por objetivo levantar

Leia mais

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Pedro Henrique SOUZA¹, Gabriel Henrique Geraldo Chaves MORAIS¹, Jessiara Garcia PEREIRA².

Leia mais

Computação Aplicada. Internet Parte 2. Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 10

Computação Aplicada. Internet Parte 2. Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 10 Computação Aplicada Internet Parte 2 Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 10 Sumário Definições e conceitos Aplicações e elementos Estudo de caso: Google WikiCrimes 2 Redes Sociais Estrutura social

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/sites-educativos-504552.shtml

http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/sites-educativos-504552.shtml Sites educativos - Educar para Crescer http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/sites-educativos-504552.shtml Page 1 of 3 25/10/2011 TECNOLOGIA 52 sites que divertem e ensinam Pedimos a 7 educadores

Leia mais

COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta

COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Educação NÚCLEO PR@XIS Núcleo Pr@xis COMO SE CONECTAR A REDE SOCIAL FACEBOOK? Passo-a-passo para criação de uma nova conta Francielle Vargas* Tutorial

Leia mais

BLOG: A CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

BLOG: A CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM BLOG: A CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Suzana Aparecida Portes FC UNESP- Bauru/SP E-mail: suzanaapportes@gmail.com Profa. Dra. Thaís Cristina Rodrigues Tezani FC UNESP- Bauru/SP E-mail:

Leia mais

Inovações na sala de aula e as Redes Sociais

Inovações na sala de aula e as Redes Sociais Inovações na sala de aula e as Redes Sociais Painel: Inovando nas estruturas acadêmicas e administrativas Profa. Dra. Marta de Campos Maia Marta.maia@fgv.br Agenda As Tecnologias Educacionais e os Nativos

Leia mais

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 Bruna Mayara de Lima Cibotto 2 ; Patrícia Marques da Silva Prado 2 ; Ana Paula Machado Velho 3. RESUMO: O presente

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA Guia Prático Sistema EAD PRO-CREA Educação a Distância (EAD) Conheça a seguir algumas dicas de Netiqueta para uma convivência sociável e boas maneiras na web. Sugerimos fazer um teste para saber como você

Leia mais

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Introdução USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Paula Priscila Gomes do Nascimento Pina EEEFM José Soares de Carvalho EEEFM Agenor Clemente dos Santos paulapgnascimento@yahoo.com.br

Leia mais

RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS

RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS práticas colaborativas e políticas públicas Bianca Santana Carolina Rossini Nelson De Luca Pretto organizadores São Paulo Salvador 2012 1ª edição 1ª impressão financiamento

Leia mais

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter?

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. A pesquisa foi realizada com 737 mulheres com idade entre

Leia mais

para imprensa Brand Book

para imprensa Brand Book para imprensa Brand Book Release Passei Direto Uma ferramenta que vem para revolucionar a experiência dos estudantes universitários O Passei Direto (www.passeidireto.com) é uma rede social com foco acadêmico

Leia mais

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** O TWITTER COMO FERRAMENTA DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE RESUMO Este artigo trata da utilização do Twitter como uma ferramenta de ensino e aprendizagem de Matemática. A experiência

Leia mais

O computador como ferramenta de Inclusão digital para terceira idade

O computador como ferramenta de Inclusão digital para terceira idade O computador como ferramenta de Inclusão digital para terceira idade Amélia Maria Rodrigues Oliveira Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) amelia.amiga@hotmail.com Joelson Alves Soares Universidade Estadual

Leia mais

INCORPORANDO AS NOVAS TECNOLOGIAS DE ENSINO/ APRENDIZAGEM: CRIAÇÃO DE ATLAS ONLINE DE PATOLOGIA GERAL *

INCORPORANDO AS NOVAS TECNOLOGIAS DE ENSINO/ APRENDIZAGEM: CRIAÇÃO DE ATLAS ONLINE DE PATOLOGIA GERAL * INCORPORANDO AS NOVAS TECNOLOGIAS DE ENSINO/ APRENDIZAGEM: CRIAÇÃO DE ATLAS ONLINE DE PATOLOGIA GERAL * DUARTE, Yara de Paula 1 ; VALADÃO, Danilo Ferreira 2 ; LINO-JÚNIOR, Ruy de Souza 3. Palavras-chave:

Leia mais

TWITTER COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE UMA TURMA DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ll

TWITTER COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE UMA TURMA DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ll 1 TWITTER COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE UMA TURMA DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ll Jefferson de Oliveira Balduino 1 Karine Lôbo Castelano 2 Jame de Oliveira Balduino

Leia mais

Android. Escolhe o dispositivo Android certo!

Android. Escolhe o dispositivo Android certo! Android O Android é a plataforma mais popular do mundo das telecomunicações. Podemos usar todos os aplicativos do Google, existem mais de 600.000 aplicativos e jogos disponíveis no Google Play para nos

Leia mais

Internet e Adolescência - Pontos Positivos

Internet e Adolescência - Pontos Positivos Internet e Adolescência - Pontos Positivos Computadores e Sociedade I Edson A. Storolli F. Gláucia Campiche Bressan Rafael Prandi Guedes Moreira Vitor Manha Utino Introdução Como é o acesso à Internet

Leia mais

COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET. tyngu.com.br

COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET. tyngu.com.br COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET USE O PODER DA INTERNET Usar as mídias sociais como Facebook, Twitter e YouTube para dar mais visibilidade a um produto ou serviço exige aprendizado.

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO A DISTÂNCIA SECADI/UFC AULA 02: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA TÓPICO 03: CARACTERÍSTICAS DO ENSINO A DISTÂNCIA VERSÃO TEXTUAL Antes de iniciar este curso, você deve ter refletido bastante sobre

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Humanas e Jurídicas. Curso de Licenciatura em Pedagogia Disciplina: 7081006

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Humanas e Jurídicas. Curso de Licenciatura em Pedagogia Disciplina: 7081006 Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Humanas e Jurídicas Curso de Licenciatura em Pedagogia Disciplina: 7081006 Tecnologias da Comunicação e Informação na Educação Professora:

Leia mais

Módulo 6 Usando a Internet. Internet. 3.1 Como tudo começou

Módulo 6 Usando a Internet. Internet. 3.1 Como tudo começou Módulo 6 Usando a Internet Internet 3.1 Como tudo começou A internet começou a se desenvolver no ano de 1969 onde era chamada de ARPANET, criada pelo departamento de defesa dos Estados Unidos com o propósito

Leia mais

Redes Sociais em Portugal

Redes Sociais em Portugal Relatório de Resultados Redes Sociais em Portugal Dezembro de 2009 Estudo NE396 Netsonda - Network Research Quem Somos? Com quase 10 anos de actividade, a Netsonda foi a primeira empresa em Portugal a

Leia mais

I - O que é o Mobilize-se

I - O que é o Mobilize-se Índice O que é o Mobilize-se...03 A campanha de lançamento...12 Divulgação da campanha...14 Como irá funcionar o sistema para o ouvinte da rádio...20 O que a rádio deve fazer para se inscrever no Mobilize-se...36

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst.

Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador. Monitoramento de Marcas no Twitter: Inst. Monitoramento de Marcas no Twitter: Instituições de Ensino Superior Privadas de Salvador Introdução A web contemporânea nos revela aspectos importantes no comportamento de seus usuários: produção e compartilhamento

Leia mais

MÉTRICA PARA MÍDIAS SOCIAIS UM MAR DE POSSIBILIDADES. Parte I. Dinamize

MÉTRICA PARA MÍDIAS SOCIAIS UM MAR DE POSSIBILIDADES. Parte I. Dinamize MÉTRICA PARA MÍDIAS SOCIAIS UM MAR DE POSSIBILIDADES Parte I Dinamize Primeira edição - 2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 VOCÊ DIGITAL... 4 TEMPO E ESPAÇO NO ONLINE... 6 O MUNDO MUDOU... 9 PRIMEIROS PASSOS...

Leia mais

RESULTADOS ALUNOS 64

RESULTADOS ALUNOS 64 RESULTADOS ALUNOS 6 Sexo Idade Perfil De a anos 55 5 7 Masculino Feminino De a 6 anos De 7 a 9 anos 8 0 ou mais Há quanto tempo estuda nessa escola? Em que ano você está? De a anos De a 5 anos º Ano 5º

Leia mais

Fenômeno da Internet quando o assunto é Biologia. Do YouTube para a TV aberta, do site às telas de todo o Brasil

Fenômeno da Internet quando o assunto é Biologia. Do YouTube para a TV aberta, do site às telas de todo o Brasil Fenômeno da Internet quando o assunto é Biologia. Do YouTube para a TV aberta, do site às telas de todo o Brasil Olá! Eu sou professor Paulo Jubilut e este é o Biologia Total, meu projeto para um ensino

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática INTERNET Sem animação Sem figura Lucas Olá professora! Professora Olá, Lucas como você está? 2 Pontos de interrogação saem da cabeça de Pedro. Sem figura Lucas Estou bem, apenas

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

9ª Edição Abril 2011

9ª Edição Abril 2011 9ª Edição Abril 2011 ÍnDICe METODOLOGIA PERFIL DA AMOSTRA INTERNET Acesso e Navegação APRENDIZADOS METODOLOGIA técnica abrangência universo data do campo Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

RÁDIO UNIVERSITÁRIA DO MINHO: CONFIGURAÇÕES EDUCOMUNICATIVAS DE ENSINO-APREDIZAGEM MARCELO MENDONÇA TEIXEIRA

RÁDIO UNIVERSITÁRIA DO MINHO: CONFIGURAÇÕES EDUCOMUNICATIVAS DE ENSINO-APREDIZAGEM MARCELO MENDONÇA TEIXEIRA 1 RÁDIO UNIVERSITÁRIA DO MINHO: CONFIGURAÇÕES EDUCOMUNICATIVAS DE ENSINO-APREDIZAGEM MARCELO MENDONÇA TEIXEIRA Introdução A passagem da comunicação oral para a comunicação eletrônica no final da década

Leia mais

Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis

Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis Cinco práticas recomendadas de business intelligence para dispositivos móveis Autor: Ellie Fields, Diretora de marketing de produto da Tableau Software Junho de 2011 p2 Cinco práticas recomendadas de business

Leia mais

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA A ERA DIGITAL E AS EMPRESA Em 1997 o Brasil já possuia 1,8 MILHÕES de usuários Brasil O 5 Maior país em extensão territorial Brasil 5 Vezes campeão do Mundo Brasil O 5 Maior país em número de pessoas conectadas

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS PROJETO INSÍGNIA DA MADEIRA COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS COMO ORGANIZAR SEU GRUPO ESCOTEIRO PARA UMA MELHOR COMUNICAÇÃO COM A COMUNIDADE, MEMBROS JUVENIS E ADULTOS UTILIZANDO A INTERNET. LUÍS

Leia mais

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário...

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário... Artigo sobre Indicie 1.Introdução....1 2.Como Surgiu....2 3.Para que serve....3 4.Instalação....3 5. Oque ele permite fazer....5 6. Primeiro Cenário....6 7. Segundo Cenário....7 8. Conclusão....8 5. Referencias....9

Leia mais

Participação política na internet: o caso do website Vote na web

Participação política na internet: o caso do website Vote na web Participação política na internet: o caso do website Vote na web Lívia Cadete da Silva 1 Lucas Arantes Zanetti 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP RESUMO

Leia mais

Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais. Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail.

Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais. Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail. Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail.com Perspectivas de análise: EAD e mudança Perspectivas de análise:

Leia mais

Perfil do Investidor Brasileiro Experiências e Atuação Educacional da Bolsa

Perfil do Investidor Brasileiro Experiências e Atuação Educacional da Bolsa Perfil do Investidor Brasileiro Experiências e Atuação Educacional da Bolsa Daniel Pfannemüller Superintendente do Instituto Educacional BM&FBOVESPA Mar/2015 Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

OBSERVATÓRIO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO. Palavras-chave: Gestão da Informação. Gestão do conhecimento. OGI. Google alertas. Biblioteconomia.

OBSERVATÓRIO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO. Palavras-chave: Gestão da Informação. Gestão do conhecimento. OGI. Google alertas. Biblioteconomia. XIV Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - Região Sul - Florianópolis - 28 de abril a 01 de maio de 2012 RESUMO OBSERVATÓRIO DE

Leia mais

A importância de videoaulas na educação

A importância de videoaulas na educação A importância de videoaulas na educação Leonardo Senna Zelinski Silvia Leticia Ludke Resumo: Este artigo apresentará análise da necessidade da produção de videoaulas para divulgação online, visando principalmente

Leia mais

DISPOSITIVO TECNOLÓGICO COMO FERRAMENTA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO CURSO DE AGROECOLOGIA: ESTUDO DE CASO

DISPOSITIVO TECNOLÓGICO COMO FERRAMENTA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO CURSO DE AGROECOLOGIA: ESTUDO DE CASO DISPOSITIVO TECNOLÓGICO COMO FERRAMENTA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO CURSO DE AGROECOLOGIA: ESTUDO DE CASO Mércia Cardoso da Costa Guimarães 1, Henrique Oliveira da Silva 2 1 Instituto Federal de Pernambuco

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET WEBSITE MUNDO MULHER GABRIELA DE SOUZA DA SILVA LUANA MAIARA DE PAULA SILVA

Leia mais

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do Mídias Sociais Inteligência coletiva Em 1996, a web (1.0) era predominantemente um ambiente de leitura. Só uma pequena fração do conteúdo era criada pelo usuário; Dez anos depois, duas grandes mudanças:

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

2 - Sabemos que a educação à distância vem ocupando um importante espaço no mundo educacional. Como podemos identificar o Brasil nesse contexto?

2 - Sabemos que a educação à distância vem ocupando um importante espaço no mundo educacional. Como podemos identificar o Brasil nesse contexto? A EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA E O FUTURO Arnaldo Niskier 1 - Qual a relação existente entre as transformações do mundo educacional e profissional e a educação à distância? A educação à distância pressupõe uma

Leia mais

Como monitorar o que estão falando da minha empresa

Como monitorar o que estão falando da minha empresa http://www.tecnocratadigital.com.br/wp-content/uploads/2010/11/social-media-optimization.jpg Como monitorar o que estão falando da minha empresa nas Mídias Sociais de forma simples e direta. Paulo Milreu

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Carlos Augusto S. Rodrigues Leonardo Lino Vieira Leonardo Malagoli Níkolas Timmermann Introdução É evidente o crescimento da quantidade de informação disponível

Leia mais

Painel Educação financeira com novas soluções digitais Experiências da Bolsa Brasileira

Painel Educação financeira com novas soluções digitais Experiências da Bolsa Brasileira Conferência de Educação Financeira e Comportamento do Investidor IECBrazil 2015 Painel Educação financeira com novas soluções digitais Experiências da Bolsa Brasileira Daniel Pfannemüller 08/12/2015 Confidencial

Leia mais

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução 1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução Este tutorial tem a finalidade de guiar o aluno, dando orientações necessárias para o acesso, navegação e utilização das ferramentas principais. Um ambiente

Leia mais

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO Todo cuidado é pouco quando se esta nas redes sociais. A sensação que a

Leia mais

Utilização da plataforma Ning para o desenvolvimento de rede social temática para o agronegócio do leite

Utilização da plataforma Ning para o desenvolvimento de rede social temática para o agronegócio do leite Utilização da plataforma Ning para o desenvolvimento de rede social temática para o agronegócio do leite Leonardo Mariano Gravina Fonseca 1, Myriam Maia Nobre 1, Denis Teixeira da Rocha 1, Elizabeth Nogueira

Leia mais

READ IN WEB APRENDENDO INGLÊS POR MEIO DA

READ IN WEB APRENDENDO INGLÊS POR MEIO DA READ IN WEB APRENDENDO INGLÊS POR MEIO DA INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS ONLINE ANÁLISE DE UMA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM BASEADA NAS TIC Marilia Lopes Justino, Roberta Caroline Silva Salomão Universidade Estadual

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

PRODEL 2015 PROJETO INCLUSÃO DIGITAL. Universidade do Sul de Santa Catarina

PRODEL 2015 PROJETO INCLUSÃO DIGITAL. Universidade do Sul de Santa Catarina 2015 Programa de Desenvolvimento Local PROJETO INCLUSÃO DIGITAL de Santa Catarina Projeto Inclusão Digital Coordenação: Profa. Silvana Madeira Alves Dal-Bó Aluna extensionista: Nelma Rodrigues Pereira

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Manual do Ambiente Moodle para Alunos

Manual do Ambiente Moodle para Alunos UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Manual do Ambiente Moodle para Alunos Versão 1.0b Setembro/2011 Direitos Autorais: Essa apostila está licenciada sob uma Licença Creative Commons 3.0 Atribuição de

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms.

PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms. FUNDAÇÃO UNIVERSITARIA FEDERAL DO TOCANTINS UFT CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE PALMAS PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms. Autores: Prof. Paulo Alexandre Oliveira Acad.

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches A presença de tecnologias digitais no campo educacional já é facilmente percebida, seja pela introdução de equipamentos diversos,

Leia mais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais Março de 2011 @elife_br #elifehabitos O estudo Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais buscou

Leia mais

Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1

Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1 Segunda Chamada: Jornalismo Digital e Educação 1 Marília DALENOGARE 2 Aline MARTINS 3 Camila Pilla de Azevedo e SOUZA 4 Dieison MARCONI 5 Josafá Lucas ROHDE 6 Luciano MIRANDA 7 Universidade Federal de

Leia mais

Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci

Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci slide 1 slide 2 Utilizando um navegador slide 3 Usando o navegador

Leia mais

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA 7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA O que é uma campanha eletrônica? EM MARKETING POLÍTICO... CAMPANHA ELETRÔNICA Refere-se ao uso das ferramentas de e-marketing e das possibilidades disponíveis na web 2.0 para

Leia mais

Facebook Por que curtir marcas e empresas?

Facebook Por que curtir marcas e empresas? Por que curtir marcas e empresas? Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. A sondagem foi realizada com 341 mulheres com idade entre 18 e 60 anos

Leia mais

PRIVACIDADE EM REDES SOCIAIS ONLINE. Talita Lopes Gomes

PRIVACIDADE EM REDES SOCIAIS ONLINE. Talita Lopes Gomes PRIVACIDADE EM REDES SOCIAIS ONLINE Talita Lopes Gomes Redes Sociais Online Importante meio de comunicação e socialização Permite aos usuários: Criação de um perfil do usuário Instalação de aplicativos

Leia mais

Educação a Distância: a oportunidade vai ao seu encontro

Educação a Distância: a oportunidade vai ao seu encontro DICAS PARA ESTUDAR A DISTÂNCIA Educação a Distância: a oportunidade vai ao seu encontro Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.

Leia mais

OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS

OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS SAYONARA RAMOS MARCELINO FERREIRA QUIRINO (UEPB) WILAVIA FERREIRA ALVES (UEPB) RAFAELA CORREIA DOS SANTOS (UEPB) PAULA ALMEIDA DE CASTRO (ORIENTADORA

Leia mais

INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO

INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO INFORMÁTICA: UMA NOVA FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO SANTOS, Lucimeire Silva 1 SANTOS, Luciana Silva 2 ALMEIDA, Douglas Ribeiro 3 BARBARESCO, Bárbara Lima 4 SANTOS, Luiz Alberto Alves 5 RESUMO Atualmente para

Leia mais

FORMAÇÃO ON-LINE DE PROFESSORES PARA APRENDIZAGEM POR MEIO DE PROJETOS. São Paulo 05/2011

FORMAÇÃO ON-LINE DE PROFESSORES PARA APRENDIZAGEM POR MEIO DE PROJETOS. São Paulo 05/2011 1 FORMAÇÃO ON-LINE DE PROFESSORES PARA APRENDIZAGEM POR MEIO DE PROJETOS São Paulo 05/2011 Claudia Stippe Rodrigues Instituto Paramitas claudiastippe@institutoparamitas.org.br Mary Grace Pereira Andrioli

Leia mais