Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios"

Transcrição

1 Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios

2 Política de Responsabilidade Sumário Introdução Objetivo Aprovação Patrocínios Categorias de Patrocínios 6 2. Patrocínios via Leis Federais, Estaduais e Municipais 7 3. Patrocínios Institucionais 8 Doações 9 4. Doação de produtos 9 5. Doação de Sucata, material sem uso e outros 9 6. Doação de ferramentas e literaturas técnicas Doações de outras naturezas Doação em dinheiro 10 Critérios de Avaliação Envios de Pedidos 11 13

3 Política de Responsabilidade Introdução As práticas de Responsabilidade Social fazem parte da composição estratégica de comunicação da Unipar Carbocloro. A empresa acredita que patrocínios e doações contribuem para manter e reforçar o relacionamento com seus stakeholders, atrair públicos diferenciados, valorizar a marca, além de transmitir sua missão e reforçar seus valores. Os patrocínios, doações e as ações de Responsabilidade Social, quando bem planejadas e executadas, contribuem para a conquista de importantes objetivos sociais, de comunicação e marketing, tais como: Criar um canal de relacionamento com seus públicos estratégicos (stakeholders); Disseminar os valores da empresa; Fidelizar relacionamentos existentes; Valorizar e motivar os colaboradores; Aumentar a exposição positiva da marca; Maximizar o reconhecimento da marca; Proporcionar atividades socioculturais para públicos de relacionamento; Praticar o compromisso com a comunidade e com as questões socioambientais, culturais e esportivas. A Unipar Carbocloro está presente em projetos que agreguem ações que beneficiem a sociedade, voltados às áreas de educação, meio ambiente, cultura, social, esportes, saúde pública, cidadania e que contribuam para uma interação entre a empresa e seu público de interesse. 3

4 Objetivo Estabelecer diretrizes para apoio, aprovação e desenvolvimento de patrocínios, doações e projetos de responsabilidade social. A participação da Unipar Carbocloro nestas ações pode ser através do uso de leis de incentivo fiscal, doações de produtos e materiais. 4

5 Aprovação Os investimentos destinados a patrocínios, doações e projetos de responsabilidade social são aprovados pela Diretoria e Comitê de Ética da Unipar Carbocloro e priorizam: Apoiar ações que estejam alinhadas às diretrizes da Unipar Carbocloro, definidas em seu planejamento estratégico e seus valores; Fortalecer parcerias locais para a elaboração e desenvolvimento de projetos sociais com a finalidade de estreitar o relacionamento com a comunidade do entorno da fábrica; Seguir os requisitos do Programa Atuação Responsável. Todas as ações deverão respeitar os limites estabelecidos na Política de Autoridade e Limites de Aprovação da Unipar Carbocloro. 5

6 Patrocínios A Unipar Carbocloro patrocina prioritariamente projetos através de leis federais e estaduais de incentivo à cultura e ao esporte, além de leis de Cubatão (SP) como utilização de benefícios do Programa IPTU do Bom Empreendedor e do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA). A Companhia também apoia projetos que contribuem para o desenvolvimento da sociedade fortalecendo valores e tradições, estimulando o aprendizado e a convivência harmônica entre as pessoas, exercendo seu papel de empresa cidadã, sem esperar, assim, resultados comerciais. Categorias de Patrocínios Os projetos patrocinados pela Unipar Carbocloro são aprovados de acordo com as seguintes características: Modalidade: Cultura, Esporte, Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Química. Público-alvo: Comunidades e região do entorno da empresa, sociedade, formadores de opinião, clientes. Local: Região onde a empresa possui unidade industrial. 6

7 Patrocínios Patrocínios via Leis Federais, Estaduais e Municipais Leis de Incentivo à Cultura Os projetos realizados por meio da Lei Federal e/ou Estadual devem estar aprovados no Ministério/Secretaria da Cultura com publicação no Diário Oficial da União (DOU). A empresa apoia todas as formas de manifestações artísticas e culturais, priorizando atividades que valorizem a região da Baixada Santista, mais detalhadamente Cubatão. Leis de Incentivo ao Esporte A Unipar Carbocloro apoia projetos esportivos que já obtiveram prévia aprovação perante o Ministério/Secretaria do Esporte com publicação em Diário Oficial da União (DOU). De acordo com esta política, os eventos, torneios ou projetos devem promover ou estimular o desenvolvimento do esporte na cidade de Cubatão, prioritariamente, podendo ser ampliado para a região da Baixada Santista. A empresa também apoia projetos esportivos que atendam demandas de público com necessidades especiais ou mobilidade reduzida a fim de expandir o acesso ao esporte. 7

8 Patrocínios Patrocínio por meio da Lei Municipal IPTU do Bom Empreendedor Prefeitura Municipal de Cubatão, com apresentação de Carta de Enquadramento e detalhamento do projeto. Patrocínio através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente com carta de apresentação da entidade, projeto detalhado e encaminhamento do Fundo. Patrocínios Institucionais A Unipar Carbocloro também realiza patrocínios institucionais com verba direta através da transferência de recursos financeiros privados a instituições e/ou pessoas jurídicas para a realização de: Eventos, Exposições, Congressos, Encontros e ações voltadas aos segmentos de transporte, meio ambiente, segurança, responsabilidade social e atuação responsável. 8

9 Doações A Companhia efetua doações com base na disponibilidade de recursos e de acordo com as suas premissas de valores e princípios éticos e sociais. Doação de produtos: dentre os produtos fabricados pela Unipar Carbocloro, o hipoclorito de sódio é o único que pode ser doado, desde que seguidas às regras de transporte de produtos químicos, armazenamento, segurança e manejo adequado. O hipoclorito de sódio é um produto bactericida e utilizado para limpeza, tratamento de água (uso em piscinas) e desinfecção hospitalar. Doação de sucata, material sem uso e outros: a Unipar Carbocloro também pratica a doação de sucata e/ou material sem utilização em seu processo que atenda demandas sociais da comunidade, entidades culturais, técnicas e educacionais, inclusive pessoa física. É considerada sucata qualquer estrutura, peça, objeto ou material inutilizado uso no processo interno da empresa, mas que ainda pode ser reciclado ou reutilizado. A definição de material sem utilização estende-se a qualquer estrutura, peça, objeto ou equipamento que se tornou obsoleto para a Unipar Carbocloro, mas que pode ter utilidade para outra instituição. 9

10 Doações Doação de ferramentas e literaturas técnicas: pedidos provenientes de Instituições de Ensino que possuem perfil voltado para a formação acadêmica, são atendidos sempre que contemplarem itens descontinuados de produção, de acordo com a disponibilidade e considerando sua utilização acadêmica. Nestes casos, a Diretoria Industrial poderá efetuar a doação diretamente através da execução de todas as formalidades exigidas e informar ao Comitê de Ética a realização da mesma para fins de conhecimento. Doações de outras naturezas: solicitações que não se enquadrem nos itens acima descritos serão analisadas pelo Comitê de Ética. Doação em dinheiro: não serão efetuadas doações em dinheiro. 10

11 Critérios de Avaliação As análises dos projetos, patrocínios e doações são efetuadas com base em informações obtidas através de formulário descritivo e anexos ao projeto. São premissas básicas para enquadramento na Política: Objetivo e descritivo detalhado do projeto (consistência, pertinência, relevância, público-alvo e cronograma detalhado; Adequação à estratégia da Unipar Carbocloro; Resultados esperados (repercussão e visibilidade do projeto); Capacidade técnica do proponente e da equipe do projeto; Benefícios socioambientais e econômicos decorrentes da ação; Presença e exposição da marca; Defesa dos produtos da Unipar Carbocloro. As propostas recebidas pela área de Comunicação Corporativa são encaminhadas para avaliação da Diretoria Industrial ou Comitê de Ética da empresa, dependendo do enquadramento da solicitação. A divulgação do resultado da análise de patrocínio é feita pela área de Comunicação Corporativa que também é responsável pela continuidade das ações subsequentes. 11

12 Critérios de Avaliação As seguintes modalidades de projetos que não estão no foco de atuação da Política de Responsabilidade da Unipar Carbocloro não serão atendidas, como por exemplo: Projetos que não estejam alinhados com os valores de transparência, responsabilidade, integridade e ética da Companhia; De cunho político-partidário, comercial, sindical ou de entidades de classes e/ou religioso; Contrárias às disposições legais e constitucionais. Solicitações não descritas acima ou não explícitas nesta Política serão analisadas individualmente pelo Comitê de Ética. 12

13 Envio de Pedidos Todos os pedidos devem ser enviados através do preenchimento de formulário de inscrição disponível no site da Unipar Carbocloro. Além das informações solicitadas, também podem ser enviados anexos opcionais sobre o projeto. Prazo: As propostas devem ser enviadas para análise com, no mínimo, dois meses de antecedência do prazo limite para início da ação. Não há período específico para recebimento de pedidos. Contatos: Responsabilidade Social Pedidos de Patrocínios e Doações Comunicação Corporativa Rodovia Cônego Domênico Rangoni, km 267,7 leste s/n Cubatão /SP CEP: Fone (13)

14

Esta Política é aplicável a todas as áreas, colaboradores, médicos, terceiros e fornecedores do Grupo Fleury ou a quem vier atuar em seu nome.

Esta Política é aplicável a todas as áreas, colaboradores, médicos, terceiros e fornecedores do Grupo Fleury ou a quem vier atuar em seu nome. 1. OBJETIVO A presente Política de Patrocínio ( Política ) tem como objetivo dar transparência e formalizar as diretrizes do Grupo Fleury para a escolha dos parceiros que poderão receber apoio institucional

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras Versão 2.0 19/05/2014 1 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Conceito de Patrocínio... 3 3. Princípios... 3 4. Diretrizes... 4 4.1. Áreas de atuação... 4 4.2. Restrições...

Leia mais

Diretrizes de Patrocínio e Doação Novelis América do Sul

Diretrizes de Patrocínio e Doação Novelis América do Sul Diretrizes de Patrocínio e Doação Novelis América do Sul 1 - Apresentação A Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, é uma empresa comprometida com o desenvolvimento e a transformação

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 3.0 06/02/2017 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Conceito... 3 3 Princípios... 3 4 Diretrizes... 4 4.1 Áreas de atuação... 4 4.2 Restrições... 5 4.3 Modalidades

Leia mais

2 A adesão desta Política dar-se-á mediante aprovação pela Diretoria Executiva e registro em ata.

2 A adesão desta Política dar-se-á mediante aprovação pela Diretoria Executiva e registro em ata. 0 Título 1 - Apresentação 1 A tem por finalidade estabelecer critérios e normas para a aprovação de projetos de patrocínio que venham a ser entregues a Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo de Pequeno

Leia mais

Chamada de Apoio a Eventos Científicos em Saúde

Chamada de Apoio a Eventos Científicos em Saúde Ministério da Saúde Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Ciência e Tecnologia Chamada de Apoio a Eventos Científicos em Saúde - 2014 1) TÍTULO DO TERMO DE REFERÊNCIA:

Leia mais

DIA DO VOLUNTARIADO EDITAL PARA SELEÇÃO DE INSTITUIÇÕES SOCIAIS PARA O 19º DIA DO VOLUNTARIADO. REV.: 04 Pág.: 1 de 7. Data Emissão 12/06/2017

DIA DO VOLUNTARIADO EDITAL PARA SELEÇÃO DE INSTITUIÇÕES SOCIAIS PARA O 19º DIA DO VOLUNTARIADO. REV.: 04 Pág.: 1 de 7. Data Emissão 12/06/2017 REV.: 04 Pág.: 1 de 7 A Manaus Ambiental torna público a abertura das inscrições para a seleção de Instituições Sociais de forma a atender o 19º Dia do Voluntariado da concessionária de Água do município.

Leia mais

Política Inst. Concessão de Patrocínio

Política Inst. Concessão de Patrocínio Política de Backup Política de Backup Política Inst. Concessão de Patrocínio Página 1 de 5 1. Descrição Política Institucional de Concessão de Patrocínio A Política de Patrocínio da Cooperativa de Economia

Leia mais

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS- CODEMIG.

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS- CODEMIG. ESCLARECIMENTO 17 enviado por e-mail em 03.02.2017 às 12:40 Posso me inscrever neste edital sendo MEI (Microempreendedor Individual)? Ou futuramente, na análise das propostas este fator será um impedimento?

Leia mais

PROGRAMA ALÉM DOS MUROS

PROGRAMA ALÉM DOS MUROS PROGRAMA ALÉM DOS MUROS Regulamento para inscrição de projetos O Instituto Positivo (IP) é uma organização sem fins lucrativos, que tem o objetivo de gerenciar as atividades de investimento social do Grupo

Leia mais

A Ouvidoria-Geral da Petrobras, por meio deste SIC, apresenta a resposta fornecida pela Gerência Executiva de Comunicação Institucional:

A Ouvidoria-Geral da Petrobras, por meio deste SIC, apresenta a resposta fornecida pela Gerência Executiva de Comunicação Institucional: OUVIDORIA-GERAL/TDT 0151/2016 Rio de Janeiro, 26 de janeiro de 2016 Ao Senhor Rodrigo Pires Ferreira Lago Rua Olimpo, Quadra 18, nº 17, 501 - Edifício Classic Home Jardim Renascença - São Luís - MA - 65075-663

Leia mais

6º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS, PREVIDÊNCIA, INVESTIMENTOS E CAPITALIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS

6º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS, PREVIDÊNCIA, INVESTIMENTOS E CAPITALIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 6º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS, PREVIDÊNCIA, INVESTIMENTOS E CAPITALIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS I. APRESENTAÇÃO A SulAmérica Seguros, Previdência, Investimentos e Capitalização entende sustentabilidade

Leia mais

Política de investimentos sociais 3M

Política de investimentos sociais 3M Política de investimentos sociais 3M 1. Objetivos A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos sociais com recursos próprios visando: Estabelecer os princípios

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Santa Terezinha Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

REGIMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS ESPORTIVOS EDUCACIONAIS

REGIMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS ESPORTIVOS EDUCACIONAIS REGIMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS ESPORTIVOS EDUCACIONAIS Serão aceitos projetos sob responsabilidade de pessoas jurídicas de direito público ou privado sem finalidade econômica e de natureza esportiva

Leia mais

Informações básicas para. Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2017/2018

Informações básicas para. Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2017/2018 Informações básicas para Doação a Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente 2017/2018 Antes de enviar um Projeto, saiba que Rio Paranapanema No caso dos Conselhos Municipais dos Direitos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO EDITAL PROGRAD/PROPLAD Nº 01, de 05 de maio de 2014. As Pró-reitorias de Graduação (PROGRAD) e de Planejamento e Desenvolvimento (PROPLAD) no uso das atribuições que lhes conferem o Regimento Geral da

Leia mais

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017 Concurso Ciclo Verde edição 2017 Porto Feliz, março de 2017 LANXESS uma empresa de especialidades químicas operando globalmente Empresa de especialidades químicas Cisão da Bayer em 2004 Portfólio de produtos

Leia mais

2.1. Serão avaliados projetos com realização nos municípios de Catalão e Ouvidor, no Estado de Goiás; e Cubatão, no Estado de São Paulo.

2.1. Serão avaliados projetos com realização nos municípios de Catalão e Ouvidor, no Estado de Goiás; e Cubatão, no Estado de São Paulo. MANUAL PARA APOIO A PROJETOS SOCIAIS - SELEÇÃO 2016/2017 NEGÓCIOS NIÓBIO E FOSFATOS 1. APRESENTAÇÃO 1.1. Iniciativas sociais são parte do compromisso dos negócios de Nióbio e Fosfatos com as comunidades

Leia mais

VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO

VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO Garantir a sustentabilidade financeira Assegurar a eficiência

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS

CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS 1 CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS (DIST Campinas Residenciais Sirius, Abaeté e Jardim Bassoli) Queremos ideias que apoiem a transformação do

Leia mais

Edital de Patrocínio - Lei de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet

Edital de Patrocínio - Lei de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet 1. Apresentação 1.1 O Instituto Equipav, CNPJ 17.985.115/0001-85, com sede na Av. Brigadeiro Faria Lima nº 1.744 8º andar CEP 01451-910, Jardim Paulistano São Paulo/SP, organização sem fins lucrativos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016. Dispõe sobre regulamentação de normas e procedimentos para realização de eventos acadêmicos e administrativos, cerimonial e protocolo

Leia mais

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea Carlos Henrique Paganetto Roma Junior SUSTENTABILIDADE NA SOCIEDADE Problemas centrais Uso insustentável e predatório dos recursos

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de 2016

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de 2016 POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de 2016 1. INTRODUÇÃO A imagem da Unimed Campo Grande é uma responsabilidade de todos. A forma como nos comunicamos

Leia mais

1. DO OBJETO Serão desclassificadas as propostas que não atendam ao disposto no item 1.1 deste edital;

1. DO OBJETO Serão desclassificadas as propostas que não atendam ao disposto no item 1.1 deste edital; Av. Mal. Mascarenhas de Morais, 533 Imbiribeira, CEP: 51150-904, Recife PE Tel. (81) 3184.2000 Fax (81)3463.2020 copergas@copergas.com.br www.copergas.com.br EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS Nº

Leia mais

EDITAL Nº 04/ PPGE

EDITAL Nº 04/ PPGE EDITAL Nº 04/2017 - PPGE PARTICIPAÇÃO DOCENTE EM EVENTOS CIENTÍFICOS/VISITA TÉCNICA O Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE), da Universidade Federal de Juiz de Fora, torna pública a abertura das

Leia mais

CEPUERJ CENTRO DE PRODUÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CEPUERJ CENTRO DE PRODUÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CEPUERJ CENTRO DE PRODUÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MISSÃO DA UNIDADE: Fomentar a atividade acadêmica, promover o intercâmbio da Universidade com órgãos públicos, empresas privadas e

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

EDITAL N º 134/2017 APOIO À REALIZAÇÃO DE SEMANAS ACADÊMICAS NOS CAMPI DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE

EDITAL N º 134/2017 APOIO À REALIZAÇÃO DE SEMANAS ACADÊMICAS NOS CAMPI DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE EDITAL N º 134/2017 APOIO À REALIZAÇÃO DE SEMANAS ACADÊMICAS NOS CAMPI DO A reitora do Instituto Federal Catarinense (IFC), professora Sônia Regina de Souza Fernandes, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT Regulamento do Fundo Social Área Responsável Gerência de Relacionamento / Diretoria Executiva Substitui e revoga Versão: 1.0 Abrangência Externo Período de Vigência De: 2017 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 2

Leia mais

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A Junho /2010 PI.034.00000001 Rev. A SUMÁRIO 1. SUSTENTABILIDADE : ESSÊNCIA DA CAB AMBIENTAL 2. MISSÃO 3.VISÃO 4. OBEJTIVO 5. SUSTENTABILIDADE NA PRÁTICA 6. COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO CHAVES PARA O SUCESSO

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS Do Grupo Volvo América Latina...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3

Leia mais

EDITAL Nº 01/ PPGE

EDITAL Nº 01/ PPGE EDITAL Nº 01/2017 - PPGE PARTICIPAÇÃO DISCENTE EM EVENTOS CIENTÍFICOS E ATIVIDADES DE PESQUISA NACIONAIS O Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Universidade Federal de Juiz de Fora torna pública

Leia mais

Danilo Tiisel CAPTAÇÃO (MOBILIZAÇÃO) DE RECURSOS E SUSTENTABILIDADE

Danilo Tiisel CAPTAÇÃO (MOBILIZAÇÃO) DE RECURSOS E SUSTENTABILIDADE Danilo Tiisel CAPTAÇÃO (MOBILIZAÇÃO) DE RECURSOS E SUSTENTABILIDADE CONTEXTO: O TERCEIRO SETOR Terceiro Setor O Terceiro Setor é um tipo de Frankenstein : grande, heterogêneo, construído de pedaços, desajeitado,

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO 12/5/2017 INFORMAÇÃO PÚBLICA ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIAS... 4 4 CONCEITOS... 4 5 DIRETRIZES... 4 6 REGRAS... 5 7 RESPONSABILIDADES... 7 8 INFORMAÇÕES DE CONTROLE... 7 2 1 OBJETIVO

Leia mais

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade...

POLÍTICA ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ÍNDICE. 1. Objetivo...2. 2. Abrangência...2. 3. Definições...2. 4. Diretrizes...3. 5. Materialidade... ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Folha 1/8 ÍNDICE 1. Objetivo...2 2. Abrangência...2 3. Definições...2 4. Diretrizes...3 5. Materialidade...7 Folha 2/8 1. Objetivos 1. Estabelecer as diretrizes que devem orientar

Leia mais

Edital de Patrocínio - Lei de Incentivo ao Esporte

Edital de Patrocínio - Lei de Incentivo ao Esporte 1. Apresentação 1.1 O Instituto Equipav, CNPJ 17.985.115/0001-85, com sede na Av. Brigadeiro Faria Lima nº 1.744 8º andar CEP 01451-910, Jardim Paulistano São Paulo/SP, organização sem fins lucrativos

Leia mais

Disposições Gerais. Atenção para o prazo de inscrição. Data de inicio 10/01/2017. Data Final: 31/01/2017. Passo a passo do envio dos projetos

Disposições Gerais. Atenção para o prazo de inscrição. Data de inicio 10/01/2017. Data Final: 31/01/2017. Passo a passo do envio dos projetos Disposições Gerais As inscrições serão aceitas com o envio do projeto com plano de trabalho, planilha orçamentária, Apresentação em Power Point do projeto à Cemar e certificado de mérito ou protocolo de

Leia mais

FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA Projeto: Festival de Iniciação Esportiva Publicação no D.O.U 28/12/2015 Seção 1 Pág 125 Beneficiários Diretos: 300 crianças/adolescentes Valor Total aprovado: R$ 302.681,74

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Edital FLUEX/PROPEX/UFCG 01/2017 Cadastro das ações de extensão de fluxo contínuo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Edital FLUEX/PROPEX/UFCG 01/2017 Cadastro das ações de extensão de fluxo contínuo UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Edital FLUEX/PROPEX/UFCG 01/2017 Cadastro das ações de extensão de fluxo contínuo - 2017 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão - PROPEX, por meio da Coordenação Geral

Leia mais

CONCORRÊNCIA COMPAGAS Nº 032/2012 ERRATA

CONCORRÊNCIA COMPAGAS Nº 032/2012 ERRATA OBJETO: Contratação de empresa prestadora de serviços de conteúdo para Internet, compreendendo o planejamento, a criação, o desenvolvimento e a implementação de ações para ambientes digitais, incluindo

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS Parceria Instituição Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM, Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE.

As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE. www.brde.com.br As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE. DADOS PESSOAIS Nome Endereço nº complemento CEP Cidade Estado Telefone E-mail DADOS PROFISSIONAIS Empresa Endereço nº complemento

Leia mais

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas;

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas; 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas do Sistema Eletrobrás, através da integração da logística de suprimento de bens e serviços, visando o fortalecimento de seu poder de compra

Leia mais

APRESENTAÇÃO Faculdades Integradas IPEP IPEP de Portas Abertas

APRESENTAÇÃO Faculdades Integradas IPEP IPEP de Portas Abertas 08 2 APRESENTAÇÃO As Faculdades Integradas IPEP, instituição de Ensino sem fins lucrativos, tem como missão desenvolver, orientar e estimular as competências pessoais e profissionais dos nossos alunos,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA OBJETIVO Estabelecer as bases de funcionamento do Programa de Educação Continuada sob responsabilidade da Comissão de Educação do Sistema/CES

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DA CHAMADA 2017/1

EDITAL DE SELEÇÃO DA CHAMADA 2017/1 EDITAL DE SELEÇÃO DA CHAMADA 2017/1 Edital externo para convocação de novos membros da Empresa Minas Jr. O Diretor Presidente Gessé Gerônimo Pereira Evangelista e a Diretoria de Recursos Humanos da Minas

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL PRSA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL PRSA AGORACRED S/A SCFI. Rua das Palmeiras, 685, Ed. Contemporâneo Empresarial. Salas 1002,1003, 1007 a 1011, Santa Lucia, Vitória, ES. Tel.(27) 40090200 http://www.agoracred.com.br/ POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE REITORIA DA UNIVERSIDADE UNIVERSIDADE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROPEGI/UPE PROGRAMA INSTITUCIONAL PARA EXCELÊNCIA NA QUALIDADE DO STRICTO SENSU- APOIO AO PESQUISADOR APQ 2017

Leia mais

DECLARAÇÃO DA POLÍTICA DE PATROCÍNIO SANEPAR

DECLARAÇÃO DA POLÍTICA DE PATROCÍNIO SANEPAR DECLARAÇÃO DA POLÍTICA DE PATROCÍNIO SANEPAR A presente declaração tem por objetivo e finalidade, orientar as ações relativas à concessão de patrocínios solicitados à Sanepar, de forma a garantir a efetiva

Leia mais

Política Institucional Comitê de Sustentabilidade. Política de Sustentabilidade. Código: PI.HPEG.CSUST.001 Versão: 001 Página: 1/6

Política Institucional Comitê de Sustentabilidade. Política de Sustentabilidade. Código: PI.HPEG.CSUST.001 Versão: 001 Página: 1/6 Código: PI.HPEG.CSUST.001 Versão: 001 Página: 1/6 SUMÁRIO 1. Apresentação... 02 2. Objetivo... 02 3. Princípios... 02 4. Documentos de Referencias... 03 5. Diretrizes... 03 6. Compromissos e Prestação

Leia mais

INVESTIMENTO CULTURAL UTILIZANDO O ICMS

INVESTIMENTO CULTURAL UTILIZANDO O ICMS INVESTIMENTO CULTURAL UTILIZANDO O ICMS CULTURA PARA DESENVOLVER A Cultura promove o desenvolvimento humano, social e econômico de uma sociedade. Ao patrocinar um projeto cultural, a empresa incentivadora

Leia mais

EDITAL INTERNO USJ Nº 026/2016/USJ

EDITAL INTERNO USJ Nº 026/2016/USJ EDITAL INTERNO USJ Nº 026/2016/USJ ABRE INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE 2016. O Reitor do Centro Universitário Municipal de São José, Prof. Dr. Juarez Perfeito,

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética Dezembro 2015 2015 Delta Economics & Finance Índice 1 Introdução 1 2 Visão, Missão e Valores 1 3 Conduta Esperada dos Funcionários 2 4 Conflito de Interesse 2 5 Informações Sigilosas

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO Câmpus Matão

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO Câmpus Matão EDITAL Nº 257/2016 CHAMADA PÚBLICA PARA APOIO À REALIZAÇÃO DO 1º DESAFIO DE INOVAÇÃO DO IFSP O Reitor em exercício do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio da

Leia mais

QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES COM FOCO NA SEGURANÇA DO PACIENTE

QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES COM FOCO NA SEGURANÇA DO PACIENTE QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES COM FOCO NA SEGURANÇA DO PACIENTE THAISA CRISTINA AFFONSO Diretora Assistencial Objetivo Estabelecer diretrizes e procedimentos aplicados na qualificação

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOTUPORANGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOTUPORANGA REGULAMENTO DA EXTENSÃO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOTUPORANGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOTUPORANGA REGULAMENTO DA EXTENSÃO Centro Universitário de Votuporanga FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOTUPORANGA Rua Pernambuco, 4.196 Votuporanga/SP - CEP 15.500-006 PABX: (17) 3405-9999 e FAX (17) 3422-4510 E-mail: fev@fev.edu.br FUNDAÇÃO EDUCACIONAL

Leia mais

âmbito ambiental, social e de governança (ASG) dentro do contexto do desenvolvimento sustentável.

âmbito ambiental, social e de governança (ASG) dentro do contexto do desenvolvimento sustentável. A Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil abre as inscrições para o 5 Prêmio Câmara Espanhola de Sustentabilidade, que reconhece o mérito das iniciativas das empresas que promovem ações no âmbito

Leia mais

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

EDITAL Nº 06, DE 30 DE MAIO DE 2017 SELEÇÃO DE ESTUDANTES PARA ATUAR NO NÚCLEO DE PRÁTICAS EM GESTÃO

EDITAL Nº 06, DE 30 DE MAIO DE 2017 SELEÇÃO DE ESTUDANTES PARA ATUAR NO NÚCLEO DE PRÁTICAS EM GESTÃO EDITAL Nº 06, DE 30 DE MAIO DE 2017 SELEÇÃO DE ESTUDANTES PARA ATUAR NO A Coordenação do Curso de Administração da Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga (FADIP), por meio do Núcleo de Práticas em Gestão,

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS DA VOLVO DO BRASIL...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3 3. Foco de Atuação...4

Leia mais

PLANO DE ADMINISTRAÇÃO Fonte de Recurso (R$ 1,00)

PLANO DE ADMINISTRAÇÃO Fonte de Recurso (R$ 1,00) Rio de Janeiro, 23 de outubro de 2015. PLANO DE ADMINISTRAÇÃO - 2016 O exercício financeiro de 2015 foi um ano de reestruturação administrativa e austeridade financeira, marcado pela recessão econômica

Leia mais

Cidadão PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL CULTURA REGIONAL CENA CULTURAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. entre

Cidadão PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL CULTURA REGIONAL CENA CULTURAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. entre PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL DO ESTADO DE SÃO PAULO CULTURA REGIONAL Produção e exibição em 2009 - Série de TV sobre a Cultura Regional do Estado de São Paulo. Foram abordados 10 temas com mini-histórias

Leia mais

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República.

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Ouvidoria - Geral da União Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Produzir dados quantitativos e qualitativos acerca da satisfação

Leia mais

Edital PROGRAD nº 26, de 14 de julho de Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2015)

Edital PROGRAD nº 26, de 14 de julho de Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2015) Edital PROGRAD nº 26, de 14 de julho de 2014 Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2015) Com base na Resolução 35/2011 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que estabelece as Normas

Leia mais

Faculdade de Balsas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER

Faculdade de Balsas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER Faculdade de Balsas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER (Aprovado pela Resolução COP nº 05/2011 de 10 de setembro de 2011) Mantenedora: Unibalsas Educacional Ltda Balsas MA 2011 1 CAPÍTULO

Leia mais

A extensão e ação comunitária é o canal aberto para a interação do ensino e da pesquisa com a sociedade, estimulando a formação profissional cidadã.

A extensão e ação comunitária é o canal aberto para a interação do ensino e da pesquisa com a sociedade, estimulando a formação profissional cidadã. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO E DE AÇÃO COMUNITÁRIA PARA 2010 A UNIVERSIDADE POTIGUAR, mantida pela APEC - Sociedade Potiguar de Educação e Cultura S.A., com sede em Natal/RN,

Leia mais

RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013

RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013 RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013 Estabelece RECOMENDAÇÕES aos Tribunais de Contas sobre procedimentos e ações de orientação, fiscalização e julgamento da transparência dos órgãos jurisdicionados, especialmente

Leia mais

Edital Chamada Pública de Projetos Novas Ideias Para Um Mundo Melhor Fábrica Itabirito

Edital Chamada Pública de Projetos Novas Ideias Para Um Mundo Melhor Fábrica Itabirito Edital Chamada Pública de Projetos 2017 Novas Ideias Para Um Mundo Melhor Fábrica Itabirito Edital Chamada Pública Somar esforços é parte integrante da política de relacionamento e desenvolvimento da Coca-Cola

Leia mais

EDITAL Nº. 01/ CMDCA

EDITAL Nº. 01/ CMDCA EDITAL Nº. 01/2016 - CMDCA A presidente do DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE de Mafra, estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e regimentais, para que produza os efeitos legais a quem interessar,

Leia mais

EDITAL Nº 05/2017 DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS ACADÊMICOS

EDITAL Nº 05/2017 DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS ACADÊMICOS EDITAL Nº 05/2017 DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O Estatuto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em seu capítulo segundo, inciso III, estabelece a universalização

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN Guia Básico do Proponente

PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN Guia Básico do Proponente Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios aos projetos socioculturais e ambientais. PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN 2017 FOTO : PROJETO CASA DAS PALAVRAS Índice Introdução

Leia mais

ÉTICA E DIVERSIDADE NA FORMAÇÃO HUMANA

ÉTICA E DIVERSIDADE NA FORMAÇÃO HUMANA 1º SIMPÓSIO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ÉTICA E DIVERSIDADE NA FORMAÇÃO HUMANA Comitê de Ética em Pesquisa da Santa Casa de Franca Prof. Dr. Sinésio Grace Duarte Comitê de Ética em Pesquisa da Santa

Leia mais

Transforme seu imposto em música

Transforme seu imposto em música LEI FEDERAL DE INCETIVO À CULTURA LEI ROUANET Transforme seu imposto em música Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco O QUE É A LEI ROUANET A Lei Rouanet (Lei 8.313/1991), instituiu o Programa

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFRGS - 2017/2018 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), torna

Leia mais

valor compartilhado, pelo qual pautamos nossas ações e desejamos ser parceiro no desen volvimento das pessoas e da sociedade.

valor compartilhado, pelo qual pautamos nossas ações e desejamos ser parceiro no desen volvimento das pessoas e da sociedade. 26. POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 26.1 Introdução Nossa visão é ser uma referência em performance sustentável e em satisfação dos associados. Para nós, performance sustentável

Leia mais

NO QUE ACREDITAMOS. O esporte é uma forma de criar e contar histórias.

NO QUE ACREDITAMOS. O esporte é uma forma de criar e contar histórias. Quem Somos NO QUE ACREDITAMOS O esporte é uma forma de criar e contar histórias. Uma boa história é composta por personagens interessantes, situações envolventes e um relato que se espalha, multiplica.

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA. Preâmbulo

REGULAMENTO PROGRAMAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA. Preâmbulo REGULAMENTO PROGRAMAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES OUTGOING DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Preâmbulo A Universidade de Coimbra tem ao dispor dos seus estudantes diversos programas de mobilidade que lhes proporcionam

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS /2014

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS /2014 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2013/2014 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

Política de Partes Relacionadas

Política de Partes Relacionadas Política de Partes Relacionadas SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 A QUEM SE APLICA... 3 3 DEFINIÇÃO DE TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS... 3 4 DEFINIÇÃO DE PARTES RELACIONADAS... 4 5 DEFINIÇÃO DE SITUAÇÕES

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014. SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO

EDITAL Nº 01/2014. SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO EDITAL Nº 01/2014 SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Simões Filho torna público o presente edital para o desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CAPITULO I Das considerações preliminares Art. 1 - Este regulamento disciplina os processos de planejamento, elaboração, execução e avaliação das atividades extensionistas

Leia mais

1. ÓRGÃO O Instituto de Educação Portal IEP, através da realização da 10 Edição do Fórum IEP de Sustentabilidade.

1. ÓRGÃO O Instituto de Educação Portal IEP, através da realização da 10 Edição do Fórum IEP de Sustentabilidade. 1. ÓRGÃO O Instituto de Educação Portal IEP, através da realização da 10 Edição do. 2. EVENTO 10 edição do a ser realizado nos dias 05 e 06 de Outubro de 2017. 3. PROPÓSITO DO EDITAL SE DELEÇÃO 3.1. O

Leia mais

IV Edital para Seleção de Projetos. Associação Fundo Patrimonial Amigos da Poli

IV Edital para Seleção de Projetos. Associação Fundo Patrimonial Amigos da Poli IV Edital para Seleção de Projetos Associação Fundo Patrimonial Amigos da Poli A Associação Fundo Patrimonial Amigos da Poli ( Amigos da Poli ), com o apoio da Escola Politécnica da USP ( EPUSP ), torna

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16.

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16. - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Esportes e Lazer Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº 12.660/06, nº 12.979/06 e nº 16.385/15 I - Secretaria Executiva: - auxiliar e assessorar o Secretário Municipal

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016. A CONEVA JR torna pública a abertura de inscrições e estabelece normas relativas à realização da seleção para o cargo de trainee.

EDITAL Nº 001/2016. A CONEVA JR torna pública a abertura de inscrições e estabelece normas relativas à realização da seleção para o cargo de trainee. CNPJ:21.544.212/0001-00 conevajr@gmail.com (48)3721-7190 Rodovia Ulysses Gaboardi, Km 3 Curitibanos SC- CEP:89520000 EDITAL Nº 001/2016 DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE TRAINEES. A CONEVA JR torna pública a abertura

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO

REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO 1 de 10 REGULAMENTO INTERNO PARA PROGRAMA DE VOLUNTARIADO 2 de 10 Índice 1. Enquadramento... 3 2. Definição... 3 3. Princípios... 4 4. Objetivos... 4 5. Direitos... 5 6. Deveres... 5 7. Inscrição... 7

Leia mais

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC)

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Título Norma de Responsabilidade Socioambiental Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Abrangência Agências, Departamentos, Empresas Ligadas e Unidades no Exterior Sinopse Diretrizes

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Declaração Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável das áreas onde atuamos e das

Leia mais

Projeto INCLUIR. Enquadramento. O envolvimento na avaliação de tecnologias de saúde

Projeto INCLUIR. Enquadramento. O envolvimento na avaliação de tecnologias de saúde Projeto INCLUIR Enquadramento O Infarmed tem mantido contacto e interação com associações de doentes ao longo da última década, seja no desenvolvimento de campanhas de comunicação e envio de materiais,

Leia mais

Educação Médica Independente

Educação Médica Independente Educação Médica Independente Guia para Solicitação de Apoio Educacional (GRANTS) Educação Médica Independente A missão de Educação Médica Independente (IME) da Bristol-Myers Squibb é apoiar estrategicamente

Leia mais

Serviço de atendimento ao cidadão: uma ferramenta para comunicação e transferência de tecnologia

Serviço de atendimento ao cidadão: uma ferramenta para comunicação e transferência de tecnologia Serviço de atendimento ao cidadão: uma ferramenta para comunicação e transferência de tecnologia TARGA-LIMA, P.V. 1 ; PRADO, S.R.F. 2 1 Universidade Estadual de Londrina - UEL, targa@ cnpso.embrapa.br;

Leia mais

RESUMO DO EDITAL SECULT BA Nº 02/2017 APOIO A AÇÕES CONTINUADAS DE INSTITUIÇÕES CULTURAIS 2017/2010

RESUMO DO EDITAL SECULT BA Nº 02/2017 APOIO A AÇÕES CONTINUADAS DE INSTITUIÇÕES CULTURAIS 2017/2010 RESUMO DO EDITAL SECULT BA Nº 02/2017 APOIO A AÇÕES CONTINUADAS DE INSTITUIÇÕES CULTURAIS 2017/2010 Abril/2017 EDITAL SECULT BA Nº 02/2017 APOIO A AÇÕES CONTINUADAS DE INSTITUIÇÕES CULTURAIS 2017/2010

Leia mais

Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores

Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores Regulamento do MUNICIÊNCIA Municípios Inovadores. Introdução MuniCiência Municípios Inovadores é uma iniciativa criada pela CNM para identificar, analisar, promover e compartilhar projetos inovadores adotados

Leia mais

NÚCLEOS DE ENSINO Edital 2016

NÚCLEOS DE ENSINO Edital 2016 NÚCLEOS DE ENSINO Edital 2016 A Reitoria, por intermédio da Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD, torna público e CONVIDA os professores da UNESP, interessados em Educação, a apresentarem propostas para obtenção

Leia mais

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES CONSTRUINDO A NAÇÃO 2017 Os Grêmios nos Municípios Práticas Transformadoras. OBJETIVO Com o objetivo de estimular, conhecer, reconhecer e difundir as práticas de cidadania desenvolvidas por estudantes

Leia mais

As seguintes práticas são consideradas rigorosamente contrárias aos princípios do código de ética:

As seguintes práticas são consideradas rigorosamente contrárias aos princípios do código de ética: CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA I. RAZÕES A gestão adequada de uma instituição esportiva como o Esporte Clube Vitória requer o estabelecimento de mecanismos para assegurar que os objetivos

Leia mais

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses.

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses. SRH - SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS MISSÃO DA UNIDADE: Promover as políticas de recursos humanos contribuindo para o funcionamento e aprimoramento das atividades desenvolvidas pela Universidade.

Leia mais