1 a Reunião Semestral da ANSP 2012 reúne universidades e empresas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 a Reunião Semestral da ANSP 2012 reúne universidades e empresas"

Transcrição

1 Informativo trimestral Ano 1 número 1 junho de a Reunião Semestral da ANSP 2012 reúne universidades e empresas Realizada nos dias 15 e 16 de maio, a Reunião tratou de temas como novas tecnologias e produtos, redes experimentais, futuros desafios da ANSP, e ainda apresentou cases e projetos em andamento nas universidades e empresas do setor. A ANSP realizou sua 1ª Reunião Semestral de 2012 na Faculdade de Medicina da USP, nos dias 15 e 16 de maio. O crescimento da Rede, que atualmente fornece conectividade para a Internet Comercial e Internet Acadêmica para 55 instituições, foi uma das pautas da Reunião, mediada pelo coordenador científico da Rede, Prof. Dr. Luis Fernandez Lopez. Pesquisadores das universidades participantes e representantes das empresas fornecedoras da ANSP discorreram sobre diversos temas relevantes da área. De acordo com o Prof. Lopez, o encontro visa reunir os integrantes do Ecossistema ANSP, formado por usuários da Rede, fornecedores de equipamentos e serviços e outras instituições colaboradoras. O tema da Reunião, Construindo juntos a próxima geração da Internet, por sua vez, evidencia a necessidade de fortalecer essa comunidade. O Ecossistema está em construção, totalmente aberto a novas ideias, sugestões e propostas, afirma. A abertura do encontro foi realizada pelo coordenador, que, após ressaltar os objetivos gerais da ANSP, apresentou um panorama do que deve ser feito em Entre os desafios apresentados, estão ampliar e melhorar a conectividade com as redes nacionais e internacionais de pesquisa e elevar a atual qualidade de serviço, com custos reduzidos. As novas tecnologias que têm sido apontadas como prováveis suportes futuros das redes de pesquisa também foram citadas pelo professor, que deu destaque para a funcionalidade de alocação dinâmica de circuitos e o protocolo OpenFlow. Segundo Lopez, as mudanças na infraestrutura da ANSP incluem renovação no perfil dos profissionais responsáveis pela Rede, que serão orientados para apoiar a comunidade de usuários da ANSP. O professor citou, ainda, o programa Ambiente Global para Inovação em Redes AGIR, que pretende trabalhar em projetos de engenharia experimental. Uma ação política será proposta à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo FAPESP, órgão que financia a rede desde seu início, em 1989, para incentivar tais projetos e incluí-los em sua lista de patrocínios. Após encerrar as boas-vindas, foram à frente, um a um, os convidados para suas respectivas apresentações. Cada um trouxe uma contribuição específica de sua área de atuação relacionada à temática do encontro. No primeiro dia, palestraram Marcelo Molinari (Brocade), Prof. Dr. Sergio Morais Lietti (UNESP), Steven Rivera (Verizon/Terremark), Prof. Dr. Michael Stanton (RNP), Gabriel Marão (Perception), Eduardo Grizendi (RNP), Jacson Venâncio de Barros e Fábio Carneiro de Castro (HC-FMUSP). No segundo dia, foi a vez de Rafael Vinicius Daré Giusti (UNIFESP), Valdinei Rodrigues dos Reis (GRC/UNESP), Prof. Dr. César Marcondes (UFSCar), Prof. Dr. Hermes Senger (UFSCar), André Galvão Amaral (Padtec), Rodrigo Santin (GRC/UNESP), Marcelo Boeira de Barcelos (DATACOM) e Marcelo Pascon (CCE/USP). ANSP_boletim 01.indd 1 6/23/2012 8:42:11 AM

2 2 Especialista mundial em segurança de redes expõe panorama atual Steven Rivera ressaltou os perigos da invasão de redes e apontou as melhores formas de prevenção. Cyber security foi tema da apresentação do norte- -americano Steven Rivera, vice-presidente da Terremark, do grupo Verizon. A equipe do executivo atende a América Latina, o Caribe e a América Central e realiza entre 200 e 300 investigações por ano na área de segurança de rede, muitas das quais chegam por meio do Serviço Secreto Americano e outros agentes legais de diversas partes do mundo. Rivera explicou que a grande ameaça vem de fora da rede. Entre 2004 e 2011, por exemplo, os agentes externos, popularmente conhecidos como hackers, foram os principais responsáveis pelos casos de violação e roubo de propriedade intelectual, que vêm aumentando ao longo dos anos. Os hackers entram na rede e nos computadores, ipads, iphones, entre outros equipamentos, e se apropriam de dados especiais e confidenciais com o intuito de usar essas informações em benefício próprio. Para defender-se dessa ameaça, a prevenção é a melhor solução, o que implica eliminar dados desnecessários, bem como monitorar a análise e os registros de incidentes. Uma ferramenta indicada por Rivera é o relatório Data Breach Investigation Report DBIR. Nele, um sistema, batizado de Verizon Enterprise Risk and Incident Sharing VERIS, gera estatísticas baseadas em cerca de 900 casos de cyber security também disponíveis ao usuário, tendo a Verizon/ Terremark investigado diretamente um quarto deles. Os interessados podem ter acesso gratuito aos relatórios do sistema pelo link <verisframework.wiki.zoho.com>. Internet do Futuro e Computação em Nuvem são projetos da UFSCar Diretor e coordenador do Departamento de Computação da Universidade apresentaram ambas as tecnologias. Os Professores Doutores César Marcondes e Hermes Senger, respectivamente diretor e coordenador do Departamento de Computação da Universidade Federal de São Carlos UFSCar, discorreram sobre dois grandes projetos em andamento. A primeira apresentação, feita por Marcondes, teve como foco o projeto FIBRE, uma parceria entre Europa e Brasil. Em seguida, Senger explanou sobre a iniciativa denominada JiT Clouds, que envolve a criação de federações de nuvens, as quais permitem o uso dos recursos da nuvem privada, bem como a locação e a integração de recursos de uma nuvem pública. O segundo projeto surgiu pela necessidade de se utilizar os serviços de nuvem de maneira livre, apenas sob demanda e, se preciso, a curto prazo. Daí o nome JiT, de Just in Time, que poderia ser traduzido como Na hora certa. O projeto, financiado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa RNP e previsto para entrar em funcionamento em março de 2013, representa nova perspectiva para o uso das nuvens, uma vez que oferece recursos como armazenamento e aplicações para usuários finais, sem necessidade de compromisso com o provedor. Para as universidades, o projeto abre diversas possibilidades de pesquisa, sendo um dos planos da RNP disponibilizar a tecnologia para todos os usuários. Entre as atuais pesquisas de Internet do Futuro, que buscam soluções para as dificuldades apresentadas pela Internet atual, está o projeto FIBRE. Ele prevê a criação de um espaço comum entre União Europeia e Brasil para pesquisa experimental em Internet do Futuro, baseada no protocolo de gerenciamento de tráfego OpenFlow. De acordo com o diretor, a operação do FIBRE-BR permitirá a experimentação de novas aplicações e o controle completo e dinâmico da rede acadêmica. Sua conclusão está prevista para março de No Brasil, ao lado da UFSCar, os parceiros do projeto são USP, UFPA, CPqD, RNP, UFF, UFG, UFRJ e UNIFACS. ANSP_boletim 01.indd 2 6/23/2012 8:42:15 AM

3 Michael Stanton defende a importância da cooperação internacional Diretor de P&D da RNP enfatizou o papel das redes acadêmicas como suporte às instituições de pesquisa e o quanto elas evoluem ao cruzar fronteiras. 3 Ao abrir espaço para a cooperação internacional entre redes acadêmicas, ganham as organizações dessas redes, bem como os pesquisadores que as utilizam. Essa constatação foi feita pelo Professor Doutor Michael Stanton, diretor do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa RNP, durante a Reunião promovida pela ANSP. Segundo Stanton, uma das maneiras de investir na evolução das redes é fazer parcerias, tanto nacionais como internacionais. Ele ainda mencionou que há muito espaço para aprimorar a infraestrutura das redes brasileiras por meio da colaboração entre ANSP e RNP, que têm potencial para apoiar com alta qualidade as redes de outros países. Diversos projetos já contam com a colaboração da RNP, ao lado de redes de pesquisa internacionais, como a norte-americana Internet2 e a europeia Géant. Um novo projeto, denominado FIBRE, está em fase de desenvolvimento e pretende criar um espaço comum entre Europa e Brasil para pesquisa experimental em Internet do Futuro, baseada em OpenFlow, um protocolo aberto para programar as tabelas de fluxos. Ao final, Stanton convidou a ANSP a utilizar a tecnologia internacional PerfSONAR, cujo desenvolvimento contou com a participação da RNP. A infraestrutura avalia o desempenho fim a fim entre redes autônomas por meio de medições ativas e passivas. A proposta do pesquisador é fazer com que a ANSP, além de usufruir da tecnologia, possa acompanhar mais de perto o que ocorre fora do país. Equipe do GridUNESP criará centro de computação para o Pré-Sal Prof. Dr. Sergio Morais Lietti apresentou projetos atuais e desafios futuros. Primeira infraestrutura em Grid Computing sistema operacional com alta taxa de processamento entre máquinas de diferentes localidades implementada num campus universitário na América Latina, o GridUNESP atende hoje 37 grupos em inúmeras linhas de pesquisa, compostos por 180 pesquisadores, em sete campi. Além de planejar expandir o recurso para outras universidades do Estado, a equipe responsável pelo programa acaba de abraçar, ao lado da UNICAMP e da USP, o desafio de criar um centro de computação e rede para a Petrobras, que contará com tecnologia de altíssimo desempenho capaz de coordenar a exploração da camada pré-sal da Bacia de Santos. O tema foi abordado pelo Professor Doutor Sergio Prof. Dr. Sergio Morais Lietti. Morais Lietti, que atua e acompanha o crescimento do GridUNESP desde o início de suas operações, em Segundo Lietti, para o funcionamento adequado de uma estrutura em Grid, a interconexão entre os clusters aglomerados de computadores de cada campus deve ser feita por um sistema de alta qualidade, sendo que a responsável por esse trabalho é a rede KyaTera, parceira da ANSP e voltada exclusivamente para pesquisa. O GridUNESP é importante para a KyaTera e vice-versa, e a ANSP dá o suporte para todos, explicou. A equipe também se dedica a outros projetos, como a criação de cloud computing para educação e a inserção no universo da computação tipo GPU Unidade de Processamento Gráfico. Outra iniciativa que também conta com o suporte da ANSP é a inclusão do GridUNESP na International Grid Trust Federation, organização mundial que autoriza o acesso de pesquisadores aos clusters dos Grids acadêmicos mundiais. A ação, somada à pretensão de expandir o programa para outras universidades, valoriza ainda mais as pesquisas acadêmicas realizadas no país. ANSP_boletim 01.indd 3 6/23/2012 8:42:18 AM

4 4 Lançado em abril, o espaço tem como principal objetivo motivar a sociedade para que o país seja um participante global no segmento. Acreditamos que o Brasil tem potencial e precisa direcionar seu investimento para a evolução da Internet das Coisas. Esse foi um dos comentários feitos por Gabriel Marão, CEO da Perception e um dos fundadores do Fórum de Competitividade de IoT Internet of Things, criado em abril de O executivo alerta sobre a importância da participação do país no que já é considerada uma revolução tecnológica nas áreas de computação e comunicação. A IoT nada mais é que o uso de sistemas de comunicação entre objetos, animais e seres humanos, sem a necessidade de intervenção do homem. É por meio dela que surgirão inovações ainda nem sequer imaginadas e novos avanços em ganhos de produtividade. No Brasil, já existem estudos para a aplicação de soluções com IoT, entretanto, de acordo com o executivo, o país ainda carece de condições para sua efetiva implantação e desenvolvimento. Segundo Marão, o Fórum foi criado justamente para acordar o Brasil para a oportunidade gerada pela IoT. Nesse sentido, é preciso desenvolver, entre outras ações, uma agenda estratégica de pesquisa, desenvolvimento e inovação, associada a um programa de trabalho que inclua projetos de ampla aplicação social e comercial, que acelerem o surgimento de componentes e equipamentos de grande volume a custos competitivos, além da formação de recursos humanos qualificados, com programas de disseminação da informação em escala nacional. A página do Fórum de Competitividade de IoT pode ser acessada pelo link <www.iotbrasil.com.br>. ANSP e UNESP formam parceria de sucesso A Universidade aderiu aos serviços de computação em nuvem oferecidos pela ANSP, por meio da Terremark, e eliminou problemas e dificuldades até então constantes. Nos dias de divulgação da lista do vestibular, era comum que o site da Universidade Estadual Paulista UNESP saísse do ar por conta do grande número de acessos. Até então, um único servidor interno abrigava os sites da Universidade e do vestibular, além de um sistema de banco de dados. A solução para o problema surgiu após a ANSP oferecer os serviços de computação em nuvem pública, por meio da Terremark, empresa parceira da Rede. Precisávamos de estabilidade, desempenho e segurança, porque seria a primeira vez que estaríamos colocando dados da UNESP fora do servidor. A grande questão era saber se o sistema funcionaria. Resolvemos confiar na ANSP e na Terremark, conta Rodrigo Santin, analista do Grupo de Redes de Computadores da UNESP. O desafio revelava-se ainda maior porque o resultado do vestibular seria divulgado em apenas uma semana a contar da data de fechamento da parceria, em junho de O trabalho foi realizado nos dias que se seguiram. O site do vestibular, sob novo domínio, migrou para os servidores instalados na nuvem e houve ampla divulgação do novo endereço para que os acessos fossem direto para a nuvem, sem passar pelo servidor interno. Ao final, o cenário foi o mais favorável possível: 28 mil visualizações no dia definido, até mil simultaneamente, e 80% dos downloads concluídos em menos de dez segundos, tudo feito em ambiente estável, com preservação do portal UNESP e sem intervenção no sistema. Atualmente, a nuvem já suporta mais aplicações, e a UNESP tem planos para outras tantas, além de criar sua própria nuvem privada. ANSP_boletim 01.indd 4 6/23/2012 8:42:21 AM

5 5 Desenvolvido inicialmente pela Universidade de Stanford, o protocolo já está presente no GRC da Universidade. Depois de passar por uma fase de experimentação em ambiente virtual, o protocolo de gerenciamento de tráfego OpenFlow foi recentemente transportado para o ambiente real do Grupo de Redes de Computadores GRC, da Universidade Estadual Paulista UNESP. Valdinei Rodrigues dos Reis, analista de redes da UNESP, foi quem apresentou, passo a passo, a implementação do protocolo, o qual proporciona nova forma de gerência do parque de equipamentos que compõem a infraestrutura de rede e dos fluxos de dados. Apesar de os estudos iniciais terem exigido uma vasta bateria de testes, em função da instalação complexa e da dificuldade de compreensão e aplicação do conceito do OpenFlow, a equipe do GRC está otimista. Das últimas tecnologias lançadas no mercado, a UNESP acredita que a de maior importância para os próximos cinco a dez anos seja o OpenFlow, comentou Reis. Desenvolvida pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, a tecnologia abre novo horizonte para as redes acadêmicas, uma vez que o tráfego de pacotes dados e informações é efetuado com menor latência ou sem congestionamento, além de garantir o isolamento entre o tráfego experimental e o de produção. O protocolo ainda possibilita maior capacidade de suporte de pesquisas científicas, entre outras vantagens. Entretanto, para usufruir e explorá-lo com mais eficiência, o analista da UNESP afirma que é preciso desenvolver e experimentar outros projetos, alguns deles já em andamento, como a implementação do OpenFlow em todos os equipamentos do Data Center, com o objetivo de elevar a escalabilidade e o nível de gerenciamento. Certamente, a empreitada exige muita dedicação, mas as expectativas são bastante favoráveis. As empresas Padtec, DATACOM e Brocade, por meio de seus representantes, apresentaram novas soluções para as redes acadêmicas. Futuro. Essa foi uma das palavras mais pronunciadas por Marcelo Molinari, da Brocade; André Galvão Amaral, da Padtec; e Marcelo Boeira de Barcelos, da DATACOM. As três fabricantes sendo as duas últimas brasileiras fornecem produtos de alta tecnologia para a ANSP, e seus representantes mostraram, em suas apresentações, serviços e produtos em uso pela Rede e as novidades a serem implementadas, algumas delas já em andamento. Atualmente, a Brocade está empenhada no desenvolvimento do conceito SDN Software Defined Networking, estrutura que trabalha com o protocolo de gerenciamento de tráfego OpenFlow. O protocolo é responsável pela comunicação entre os equipamentos e o controlador, sendo que toda a informação correspondente ao fluxo de dados fica armazenada num servidor centralizado, cabendo aos switches e routers a função de enviar os pacotes. Essa tecnologia inova todos os conceitos de tráfego, com menor latência ou sem congestionamento. Segundo Barcelos, a DATACOM fornecedora dos switches para a rede KyaTera, parceira da ANSP também tem interesse na tecnologia e vem estudando a melhor maneira de trazer o protocolo para a empresa, que tem o maior Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento do setor no país. As redes ANSP e KyaTera também utilizam os produtos da Padtec, entre os quais redes ponto a ponto e anel, além de serviços, como assistência 24 horas. De acordo com André Amaral, os produtos possuem capacidade de acompanhar o desenvolvimento das redes, ou seja, são compatíveis com a tecnologia do futuro, além de terem interoperabilidade de gerência, que permite a comunicação sem interferência com equipamentos de outros fabricantes. Após as três apresentações, não restaram dúvidas de que a ANSP vem sendo muito bem atendida. ANSP_boletim 01.indd 5 6/23/2012 8:42:27 AM

6 6 A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa RNP teve seus planos de atualização e infraestrutura apresentados por Eduardo Grizendi, diretor da área de Engenharia e Produções. Em seguida, Jacson Venâncio de Barros, diretor coordenador de TI do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo HC-FMUSP, ao lado de Fábio Carneiro de Castro, coordenador do setor de informática, discorreram sobre os principais projetos que envolvem o chamado Quarteirão da Saúde, onde hospital e faculdade estão localizados. A expansão da Rede da Universidade Federal de São Paulo UNIFESP, por sua vez, foi objeto da explanação do coordenador técnico Rafael Vinicius Daré Giusti. Já a apresentação sobre o futuro da Rede USPnet ficou por conta de Marcelo Pascon, chefe da Divisão de Redes do Centro de Computação Eletrônica CCE da USP. Grizendi afirmou que o maior desafio da RNP é a expansão de seus serviços para os campi universitários e as novas instituições federais de Ensino Técnico. Para atender essa demanda, a RNP está em negociação para contratar circuitos de longa distância de empresas operadoras de telecomunicações. O projeto de expansão foi batizado de Iniciativa Veredas Novas e tem como objetivo atender 52 instituições em um ano e 202 até De acordo com Fábio de Castro, a FMUSP tem apoiado um número cada vez maior de projetos que exigem aprimoramento constante da rede responsável pelo atendimento do Quarteirão da Saúde, como o Borboleta, que prevê assistência de saúde no local onde se encontra o paciente, com um profissional apoiado por tecnologia móvel, e o Homem Virtual, que auxilia e colabora com a área de investigação médica e didática do ensino. Recentemente, também entrou em ação um programa que realiza autópsia virtual. Esses são apenas alguns dos projetos que Da esquerda para a direita, em cima, Eduardo Grizendi e Jacson Venâncio de Barros. Embaixo, Fábio Carneiro de Castro, Rafael Vinicius Daré Giusti e Marcelo Pascon. evidenciam a necessidade de investimento na área de informática, como a criação do novo Data Center, do Cloud USP e do Centro de Produção Digital da FMUSP. A USPnet e a Rede UNIFESP também estão empenhadas na construção de um novo Data Center. Entre os projetos atuais de maior destaque, estão o desenvolvimento de um programa de computação de alta performance, no cluster aglomerado de computadores do campus São José dos Campos, e a utilização de um cluster de simulação de dinâmica molecular. A segunda iniciativa, comandada pela FAPESP, tem forte apelo de sustentabilidade, porque reduz o desperdício de materiais. Segundo Pascon, do CCE-USP, os inúmeros projetos em andamento como as melhorias na infraestrutura óptica dos campi, a reforma das redes locais e o projeto perfsonar, que facilita a solução de problemas ocorridos entre redes autônomas estão alavancando o desenvolvimento da Nuvem Privada da USP, espalhada por todos os espaços acadêmicos. Alguns serviços já são oferecidos, como correio eletrônico, virtualização de serviços e de desktop. Para o futuro, a USP conta com a parceria da ANSP para o desenvolvimento de projetos de OpenFlow, monitoramento e gerenciamento de redes e de backbone óptico, a fim de interligar as universidades estaduais e federais paulistas. Edição nº 1 / Ano 1 / Junho de Boletim Informativo produzido pela Arte do Tempo Editora Ltda., Tel Diretora: Ana Trevisan Serino / Editor: Marco Polo Henriques / Projeto gráfico e Diagramação: Arte do Tempo / Textos: Camila Passetti / Revisão: Rosania Mazzuchelli / Distribuição: Ecossistema ANSP. O Boletim Informativo ANSP é uma publicação periódica do NARA - Núcleo de Aplicações em Redes Avançadas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, coordenado pelo Prof. Dr. Luis Fernandez Lopez. A Rede Acadêmica de São Paulo (ANSP) é um projeto de infraestrutura de apoio à pesquisa, financiado pela Fundacão de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo FAPESP, por meio do processo n 0 11/ O coordenador científico é o Prof. Dr. Luis Fernandez Lopez, docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. ANSP_boletim 01.indd 6 6/23/2012 8:42:33 AM

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Redes de Computadores MISSÃO DO CURSO Com a modernização tecnológica e com o surgimento destes novos serviços e produtos, fica clara a necessidade de profissionais

Leia mais

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Rede Nacional de Pesquisa Ministério da Ciência e Tecnologia Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Cluster, Grid e computação em nuvem Slide 8 Nielsen C. Damasceno Introdução Inicialmente, os ambientes distribuídos eram formados através de um cluster. Com o avanço das tecnologias

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP Perfil O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Projeto: Atualização da Infra-estrutura de Comunicação por Videoconferência, para promover as Atividades de Pesquisa multicampus.

Projeto: Atualização da Infra-estrutura de Comunicação por Videoconferência, para promover as Atividades de Pesquisa multicampus. FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO (FAPESP) AUXÍLIO À PESQUISA: Reserva Técnica Institucional Faculdade de Engenharia Unesp Campus de Bauru Relatório Científico Processo 2013/24395-4

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de:

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: Soluções Completas Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: - Conexões compartilhada (.IP) e dedicada (.LINK); - Data Center com servidores virtuais

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas AGENDA Como Surgiu Situação Atual Variáveis Importantes Governança Conquistas Impacto na Região Linhas Estratégicas Rodrigo Fernandes Coordenador Executivo da COMTEC Como Surgiu A T.I. surgiu para prover

Leia mais

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Oportunidades de Patrocínio 12/02/2015 São Paulo Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Situação do mercado brasileiro de TI O Brasil vive um déficit de mão-de-obra qualificada, especialmente

Leia mais

Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet.

Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet. 1 COMPUTAÇÃO EM NUVEM Leonardo André Junges 1 Neimar Sierota 2 Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet. 1 INTRODUÇÃO Nos dias atuais encontramos tudo ou praticamente tudo

Leia mais

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul Moderação: Graciane Regina Pereira e Katiuscia Wilhelm Kankerski 13h Apresentação dos objetivos e da metodologia de trabalho.

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações Ministério das Comunicações Secretaria de Inclusão Digital 1º Fórum Regional de Cidades Digitais Foz do Rio Itajaí Itajaí, 26 de março de 2015 _cidades digitais construindo um ecossistema de inovação e

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES

SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES Introdução A questão dos recursos humanos na área de Tecnologia da Informação é assunto de preocupação permanente no Colégio de

Leia mais

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar Ambiente virtual para inovar Secti lança Portal Paraense de Inovação para conectar atores estratégicos e aumentar investimento em inovação no Pará Por Igor de Souza Ana possui uma promissora empresa de

Leia mais

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS EIXO III - CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

GridUNESP: Status do Projeto

GridUNESP: Status do Projeto GridUNESP: Status do Projeto S. F. Novaes UNESP IV Workshop do GridUNESP Dezembro 2008 Objetivos do Workshop Apresentar o status do projeto Apresentar a equipe técnica Discutir as próximas etapas da implementação

Leia mais

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada Soluções em Cloud Computing para Calçados Pegada Principais Tópicos: Resumo executivo A Calçados Pegada procurou a Under no início de 2010 para uma solução de email corporativo em cloud. Em pouco tempo,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR Dispõe sobre a Política de uso de Softwares Livres no âmbito da UDESC O REITOR da FUNDAÇÃO

Leia mais

Iniciativa CDC RNP. Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014

Iniciativa CDC RNP. Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014 Iniciativa CDC RNP Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014 Sumário Programa de Computação em Nuvem da RNP Iniciativa CDC RNP Estratégia Piloto Huawei Programa

Leia mais

- esgotamento dos endereços de rede (IPv4), inibindo o desenvolvimento da chamada Internet das coisas (Internet of Things);

- esgotamento dos endereços de rede (IPv4), inibindo o desenvolvimento da chamada Internet das coisas (Internet of Things); O que é Internet do Futuro (IF)? Mais de dois bilhões de usuários, um trilhão de páginas de conteúdo e 300 milhões de websites. Desde a sua criação, há 30 anos, a internet vem transformando a rotina dos

Leia mais

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Rio de Janeiro -RJ 13/02/2014

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Rio de Janeiro -RJ 13/02/2014 IT SERVICES 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia LOCAL: Rio de Janeiro -RJ 13/02/2014 TEMA DA PALESTRA: Desafios da Gestão de TI no Mercado Jurídico

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ESTEVÃO FREIRE estevao@eq.ufrj.br DEPARTAMENTO DE PROCESSOS ORGÂNICOS ESCOLA DE QUÍMICA - UFRJ Tópicos: Ciência, tecnologia e inovação; Transferência de tecnologia; Sistemas

Leia mais

Ata da Reunião. 1. Criação do Site em um servidor de uma EFS, com conexões das demais EFS através da Internet.

Ata da Reunião. 1. Criação do Site em um servidor de uma EFS, com conexões das demais EFS através da Internet. 1º Reunião Técnica entre as Entidades Fiscalizadoras Superiores do Mercosul e a Contraloría General de la República de Bolivia, sobre a criação da Intranet do Mercosul Ata da Reunião Nos dias 04 e 05 de

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO

NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Maio 2005 NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Uma empresa cidadã tem direitos e deveres, assim como qualquer indivíduo. Trata-se de uma consciência crítica que nasce a partir do respeito

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza OConselho da Comunidade Solidária foi criado em 1995 com base na constatação de que a sociedade civil contemporânea se apresenta como parceira indispensável

Leia mais

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS 1 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação/ IFTI 1402 Turma 25 09 de abril de 2015 Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS Raphael Henrique Duarte

Leia mais

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Hospital de Clínicas de Porto Alegre Administração Central Responsável: Sérgio Carlos Eduardo

Leia mais

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999)

Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) BIREME/OPAS/OMS BVS Saúde Pública Projeto BVS-SP-1.9 Publicação eletrônica de textos completos em Saúde Pública (15 de outubro de 1999) 1. Introdução Este documento descreve o projeto para o desenvolvimento

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010

Introdução à Tecnologia Web 2010 IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 Internet ÓrgãosRegulamentadores ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger Internet Órgãosregulamentadores Índice 1 Breve Histórico da Internet... 2 2 Surgimento

Leia mais

Política de Software e Serviços

Política de Software e Serviços Política de Software e Serviços Encontro de Qualidade e Produtividade em Software - Brasília Dezembro / 2003 Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Tecnologia Antenor

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

Secretaria para Assuntos Estratégicos

Secretaria para Assuntos Estratégicos Secretaria para Assuntos Estratégicos DO DESAFIO A REALIDADE Nosso desafio: 399 municípios conectados por uma internet rápida, que oportuniza a aproximação da gestão pública com o cidadão. O projeto Rede399

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

A experiência da USP e o repositório do CRUESP

A experiência da USP e o repositório do CRUESP A experiência da USP e o repositório do CRUESP Profa. Dra. Sueli Mara S. P. Ferreira Seminário VIABILIZANDO O ACESSO ABERTO AO CONHECIMENTO NA FIOCRUZ Rio de Janeiro - 30 de maio de 2014 Estrutura - Composição

Leia mais

COMO SE ASSOCIAR 2014

COMO SE ASSOCIAR 2014 2014 QUEM SOMOS FUNDADO EM 2004, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA, QUE SE DEDICA À PROMOÇÃO

Leia mais

Na teoria e na vida, FDC

Na teoria e na vida, FDC C T E C E N T R O D E T E C N O L O G I A E M P R E S A R I A L C T E C o o p e r a ç ã o e n t r e e m p r e s a s d e g r a n d e p o r t e Na teoria e na vida, FDC AF - 05-006 - CTE02 R.indd 2 7/10/07

Leia mais

CENAPAD-SP 15 ANOS APOIANDO A PESQUISA NACIONAL

CENAPAD-SP 15 ANOS APOIANDO A PESQUISA NACIONAL CENAPAD-SP 15 ANOS APOIANDO A PESQUISA NACIONAL Edison Z. da Silva Centro Nacional de Processamento de Alto Desempenho em São Paulo CENAPAD-SP, UNICAMP Computação de alto desempenho, a missão do CENAPAD-SP,

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais

Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais Formação do Engenheiro de Produção: Competências Acadêmicas e Profissionais Propriedade Intelectual e seu impacto nos programas de pós-graduação XVI ENCEP Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de

Leia mais

Tecnologia nos Municípios Brasileiros

Tecnologia nos Municípios Brasileiros PREFEITURA DE ITABORAÍ SECRETARIA DE FAZENDA ASSCT&I & (COBRA/BANCO DO BRASIL) DIRETORIA DE SISTEMAS INTEGRADOS Tecnologia nos Municípios Brasileiros O TERMO CIDADE DIGITAL Uma Cidade Digital muitas vezes

Leia mais

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação IFTI1402 T25 A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS Marcelo Eustáquio dos Santos

Leia mais

Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ

Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ Projeto Rede WiFi amplia disponibilidade, segurança e praticidade da rede de internet da UERJ Perfil A história da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) teve início em 04 de dezembro de 1950,

Leia mais

Apresentação. I n o v a ç ã o e T e c n o l o g i a a o s e u a l c a n c e.

Apresentação. I n o v a ç ã o e T e c n o l o g i a a o s e u a l c a n c e. I n o v a ç ã o e T e c n o l o g i a a o s e u a l c a n c e. Apresentação A d v a n c e d I n f o r m á t i c a L t d a. w w w. a d v a n c e d i n f o. c o m. b r ( 1 1 ) 2 9 7 6-7044 Quem Somos? A

Leia mais

Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III

Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III Este artigo introduz os conceitos de computação em nuvem, Cloud Computing, e a insere no contexto de mercado de serviços ao apresenta-la como uma

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR!

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! Eleições 2014 Faculdade de Odontologia UFRJ VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! PLANO DE TRABALHO EQUIPE - CHAPA 1: Diretor - Maria Cynésia Medeiros de Barros Substituto Eventual do Diretor - Ednilson

Leia mais

Sistema de Informação Integrado

Sistema de Informação Integrado Sistema de Informação Integrado Relatório de Atividades Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA Março, 2006 Trabalho Realizado O seguinte cronograma de execução foi aprovado quando da contratação

Leia mais

As publicações da Confederação Nacional de Municípios CNM podem ser acessadas, na íntegra, na biblioteca online do Portal CNM: www.cnm.org.br.

As publicações da Confederação Nacional de Municípios CNM podem ser acessadas, na íntegra, na biblioteca online do Portal CNM: www.cnm.org.br. 2015 Confederação Nacional de Municípios CNM. Esta obra é disponibilizada nos termos da Licença Creative Commons: Atribuição Uso não comercial Compartilhamento pela mesma licença 4.0 Internacional. É permitida

Leia mais

Anexo F: Ratificação de compromissos

Anexo F: Ratificação de compromissos Anexo F: Ratificação de compromissos 1. Este documento constitui uma Ratificação de compromissos (Ratificação) do Departamento de Comércio dos Estados Unidos ("DOC") e da Corporação da Internet para Atribuição

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático:

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: Como criar uma plataforma de negócios com um conjunto de estruturas determinantes em prol a sustentabilidade das estratégias organizacionais? Jacson

Leia mais

I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT. Rede GigaNatal: uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho, D.Sc.

I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT. Rede GigaNatal: uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho, D.Sc. I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT : uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade Sergio Vianna Fialho, D.Sc. CG- RN / PoP- RN Agosto de 2008 Agenda A RNP e as iniciativas do Governo federal Rede Ipê

Leia mais

PROPOSTA DE PATROCÍNIO. 5º PTT Fórum Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil

PROPOSTA DE PATROCÍNIO. 5º PTT Fórum Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil PROPOSTA DE PATROCÍNIO 5º PTT Fórum Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil Apresentação O PTT Fórum é um evento promovido pelo CEPTRO.br Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

APRESENTAÇÃO(bis) EFOCOS ATUAIS 2º ENCONTRO DE FACILITADORES DE CAPACITAÇÃO DA USP

APRESENTAÇÃO(bis) EFOCOS ATUAIS 2º ENCONTRO DE FACILITADORES DE CAPACITAÇÃO DA USP APRESENTAÇÃO(bis) EFOCOS ATUAIS 2º ENCONTRO DE FACILITADORES DE CAPACITAÇÃO DA USP PROF. GUILHERME ARY PLONSKI- AGOSTO/2013 ROTEIRO 1. PROPOSIÇÃO A UNIVERSIDADE EM TRANSFORMAÇÃO ESCOLAUSP: MISSÃO E VISÃO

Leia mais

Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC

Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC c1508/02/0213:24 Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC c2508/02/0213:24 COMUNIC Rede Cooperativa de Municípios A Rede Comunic é uma solução integrada que combina infra-estrutura, sistemas e serviços,

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação FINEP Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Departamento de Tecnologias da Informação e Serviços DTIS Área de

Leia mais

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC Incentivar a inovação em processos funcionais Aprendizagem e conhecimento Adotar práticas de gestão participativa para garantir maior envolvimento e adoção de soluções de TI e processos funcionais. Promover

Leia mais

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002 História da Internet? No final dos anos 50, os EUA formaram uma instituição de investigação, a qual designaram por ARPA (Advanced Research Projec Agency). O objectivo desta instituição, parte integrante

Leia mais

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado Versão 01 - Página 1/8 1 Objetivo Orientar o usuário de T.I. a solicitar atendimento. Mostrar o fluxo da solicitação. Apresentar a Superintendência 2 Aplicação Este Manual aplica-se a todos os Usuário

Leia mais

Parque Científico e Tecnológico de Macaé

Parque Científico e Tecnológico de Macaé Parque Científico e Tecnológico de Macaé Carlos Eduardo Lopes da Silva¹ Ramon Baptista Narcizo² Joelson Tavares Rodrigues³ Resumo Este artigo apresenta os principais conceitos e estratégias que apóiam

Leia mais

Serviço fone@rnp: descrição geral

Serviço fone@rnp: descrição geral Serviço fone@rnp: descrição geral Este documento descreve o serviço de Voz sobre IP da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. RNP/REF/0347 Versão Final Sumário 1. Apresentação... 3 2. Definições... 3 3. Benefícios

Leia mais

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial 1 1. DOTPROJECT O dotproject é um software livre de gerenciamento de projetos, que com um conjunto simples de funcionalidades e características, o tornam um software indicado para implementação da Gestão

Leia mais

Infraestrutura Internet

Infraestrutura Internet IV Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil IV Semana de Infraestrutura Internet da no Brasil De 24 a 28 de novembro de 2014 Hotel Blue Tree Premium Morumbi São Paulo SP http://nic.br/semanainfrabr/

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO

EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO JUSTIFICATIVA As atividades de extensão têm assumido no cenário universitário recente um papel fundamental para construção de novas

Leia mais

Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas

Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas Elaborada pela Diretoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014 São Paulo 2015 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZAÇÕES... 3 2.1 Acervo... 3 2.2 Plano de atualização e expansão do acervo... 3 2.3 Divulgação...

Leia mais

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE IV. CÂMARA TEMÁTICA DA EDUCACÃO, CULTURA E DESPORTOS Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola; Meta 2 Até 2010, 80% e,

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (CGTI) JULHO/2012 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email:

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK)

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) 1. VPN Segundo TANENBAUM (2003), VPNs (Virtual Private Networks) são redes sobrepostas às redes públicas, mas com

Leia mais

CASE PRÊMIO ANSP 2005

CASE PRÊMIO ANSP 2005 CASE PRÊMIO ANSP 2005 1 BVP HAND: Mobilidade para fazer cotações através de dispositivos portáteis. Índice...2 Resumo Executivo...3 Clientes no Brasil...4 1. Sinopse...5 2. Problema...6 3. Solução...7

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ O presente edital regulamenta o processo de recrutamento, seleção e ingresso de projetos empresariais na Incubadora

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão. Quadriênio 2016-2019. Candidata

PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão. Quadriênio 2016-2019. Candidata PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão Quadriênio 2016-2019 Candidata Franciele Ani Caovilla Follador Slogan: CCS em ação! 1 INTRODUÇÃO Em 1991,

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014 IT SERVICES 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014 TEMA DA PALESTRA: Desafios da Gestão de TI no Mercado Jurídico PALESTRANTE:

Leia mais

www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008

www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008 Internetsul www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008 Objetivos 1 Inclusão Digital / Social 2 Prefeituras 3 Parcerias e Oportunidades

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL PERFIL Em 1925, surgiu a primeira fábrica de óleos essenciais do Brasil, em Jaraguá do Sul - SC. A autenticidade, a qualidade de seus

Leia mais