Divisão de Tecnologia da Informação Seção de Apoio ao Usuário

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Divisão de Tecnologia da Informação Seção de Apoio ao Usuário"

Transcrição

1 Universidade Regional de Blumenau Divisão de Tecnologia da Informação Seção de Apoio ao Usuário CURSO DE MICROSOFT EXCEL 2010 AVANÇADO Gilson Klotz

2 Sumário Banco (Lista de Dados)... 4 Classificação de Registros... 5 Listas de classificação personalizadas... 8 Operadores Lógicos: E e OU... 9 Filtrando dados Autofiltro Personalizar AutoFiltro Filtro Avançado Faixas de critérios Critérios calculados Importação de dados Importação de arquivos do tipo texto: Arquivos de texto no formato Tamanho Fixo Arquivos de texto no formato Delimitado ou com Delimitadores Importação de dados da Internet Trabalhando com dados externos através do MS-Query Criando uma consulta de dados através do assistente de consulta Interface do Microsoft Query Operações de busca e troca Subtotais Funções de Banco de Dados Função BDMÉDIA Função BDMÁX Função BDMÍN Função BDSOMA Função CONTAR Função BDCONTARA Função BDEXTRAIR Função CONT.SE Funções SOMASE Funções Encadeadas Função PROCV Função SE Encadeando Funções Mais exemplos Formatação Condicional Formulários Adicionar o botão Formulário à Barra de Ferramentas de Acesso Rápido Inserindo novos Dados Atualizando Dados Excluindo dados Localizando Registros em um banco ou lista de dados Tabela Dinâmica Gráfico Dinâmico Consolidar Funções de cálculo disponíveis para a consolidação de dados Vínculos Cenários

3 Suplementos Solver Atingir Meta Especificações do Excel Especificações e limites de cálculo Especificações e limites de gráficos Especificações e limites de relatório tabela ou gráfico dinâmicos Especificações e limites de pasta de trabalho compartilhada

4 BANCO (LISTA DE DADOS) Uma lista de dados pode ser uma planilha criada diretamente no Excel ou dados que foram obtidos a partir de uma fonte externa, tal como uma tabela de um banco de dados do Microsoft Access ou dados de um arquivo do tipo texto. Uma lista contém dados relacionados a um determinado assunto. Por exemplo, poderíamos ter uma lista com dados sobre os funcionários de uma empresa ou uma lista de pedidos efetuados em um determinado período. Uma lista é como se fosse uma tabela de um banco de dados onde cada coluna representa um campo da tabela e cada linha é um registro. Considere os seguintes detalhes sobre listas: Cada coluna representa um campo; Os rótulos de cada coluna representam os nomes dos campos; Cada linha representa um registro; A lista não deve conter linhas ou colunas em branco; Use somente uma lista em cada planilha. O ideal é que não exista nenhuma outra informação na planilha, a não ser os dados da lista.algumas funções de planilha, tais como filtragem, podem não funcionar corretamente se houver outros dados além dos dados da própria lista; Cada coluna deve conter dados do mesmo tipo: texto, número, data, etc. Não insira dados de diferentes tipos, na mesma coluna; Caso tenha outros dados, além da lista, mantenha a lista separada dos demais dados. Para isso insira, pelo menos, uma linha e uma coluna em branco, entre a lista e os demais dados. 4

5 CLASSIFICAÇÃO DE REGISTROS Quando se utiliza uma base de dados, geralmente há necessidades de que ela seja classificada em uma determinada ordem. Para que isso seja possível, o Excel possui a ferramenta classificar. Vamos a um exemplo prático: 1. Abra o Microsoft Excel. 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir. 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Selecione o arquivo Exemplo1. xls. 5. Clique em Abrir. 6. Será aberta uma planilha com dados de pedidos de diversas filiais de uma empresa. 5

6 7. Para classificar os dados da lista, não é necessário selecionar todos os registros da base de dados, apenas clicar em uma das células que faz parte da lista. 8. Em seguida selecione o comando Dados -> Classificar. 9. Observe que ao selecionar este comando, todas as linhas da lista são automaticamente marcadas com exceção da primeira linha que contém os rótulos das colunas. 10. Será apresentada a janela de classificar Para classificar os elementos selecionados o Excel usa a seguinte ordem: Células vazias Números Textos Valores de erro Valores lógicos 11. Selecione em Classificar por a opção FILIAL e depois por PRODUTO. 12. Nas duas opções deixe selecionada a ordem De A a Z. 13. Clique em OK. 6

7 14. Observe que na primeira figura o primeira registro era da Filial SC, na segunda figura o primeiro registro é a Filial PR. 7

8 LISTAS DE CLASSIFICAÇÃO PERSONALIZADAS Além de classificações padrões, tais como alfanumérica e número, é possível criar listas de classificação personalizadas. Por exemplo, se a classificação dos dados de vendas, tivesse que ser de acordo com a seguinte ordem de código da Filial: Vamos tomar como exemplo a planilha Exemplo1.xls para criar uma lista personalizada de classificação. 15. Selecione o comando Arquivo -> Opções. 16. Na esquerda selecione Avançado. Desça na rolagem e procure o botão Editar Listas Personalizadas 17. Serão exibidas as listas já existentes, criadas automaticamente pelo Excel, conforme citado anteriormente. 18. Para criar uma nova lista, digite os valores na ordem em que se deseja classificar, no campo Entradas da lista ; uma entrada em cada linha, conforme indicado na figura: 19. Após ter digitado os valores da lista, clique no botão Adicionar. A nova lista será criada e exibida no campo Listas Personalizadas, abaixo das listas já existentes. 8

9 20. Clique em OK. Clique em OK também na janela de Opções da Planilha. Você estará de volta á planilha. 21. Agora vamos classificar a planilha com base nos valores da lista recém-criada. 22. Para classificar a lista não é necessário selecionar todas as linhas da lista. Basta clicar em uma das células que fazem parte da lista. 23. Em seguida selecione o comando Dados -> Classificar. Observe que ao selecionar este comando, todas as linhas da lista serão automaticamente marcadas, com exceção da primeira linha que contém os rótulos das colunas. 24. Será exibida a janela Classificar. 25. Na lista Classificar Por, selecione o campo Filial. Vamos classificar pelo campo Filial, pois os valores da lista personalizada são valores deste campo. 26. Para informar ao Excel que, ao invés da ordem alfabética padrão, deve ser usado os valores da lista, selecione Lista Personalizada no campo Ordem. Selecione então a lista personalizada criada anteriormente. OPERADORES LÓGICOS: E E OU Excel. São operadores utilizados em critérios de pesquisa em uma lista de dados do Utilizamos o operador E sempre que precisamos definir dois ou mais critérios de pesquisa. Quando os critérios são unidos por um operador E, todos os critérios devem ser verdadeiros para que um registro seja relacionado. Por exemplo, se forem definidos 9

10 três critérios unidos por operadores E, os três critérios devem ser atendidos para que um registro seja selecionado. Mas, se dois dos critérios forem verdadeiros, e um for falso, o referido não será selecionado. Utilizamos o operador OU sempre que precisamos definir dois ou mais critérios de pesquisa. Quando os critérios são unidos por um operador OU, basta que um dos critérios seja verdadeiro para que um registro seja selecionado. Por exemplo, se forem definidos três critérios unidos por operadores OU e um dos critérios for verdadeiro, ou dois dos critérios forem verdadeiros, ou até mesmo se os três forem verdadeiros, o registro seria selecionado. Um registro somente não será selecionado se todos os critérios unidos pelo operador OU forem falsos para o referido registro. FILTRANDO DADOS Quando trabalhamos com listas muito extensas, com milhares de linhas, pode haver a necessidade de filtrar a lista, para que sejam exibidas somente as linhas onde um ou mais campos atendam determinados critérios. Filtrar é uma maneira rápida e prática para trabalhar apenas com um conjunto reduzido de linhas. Quando aplicarmos um filtro a uma lista, somente serão exibidas as linhas que atenderem aos critérios especificados. Uma vez removidos os filtros, todas as linhas voltarão a ser exibidas. AUTOFILTRO A opção AutoFiltro é uma maneira rápida e prática para aplicar critérios de filtragem á lista de dados. Quando usamos a função AutoFiltro, o título de cada coluna é transformado em uma lista com todos os valores possíveis para esta coluna. Vamos observar um exemplo prático: 1. Abra o Excel. 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir. 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Selecione o arquivo Exemplo1.xls. 5. Clique em Abrir. 10

11 6. Será aberta uma planilha com uma lista com dados de pedidos referentes a diversas filiais de uma empresa. 7. Para habilitar o recurso de AutoFiltro selecione o seguinte comando: Dados -> Filtro 8. Observe que o cabeçalho de cada coluna é transformado em uma lista de valores. Nesta lista são exibidos, em ordem crescente, todos os valores possíveis para a referida coluna. 9. Vamos iniciar filtrando apenas os pedidos para a filial de SC. Para fazer isso abra a lista de valores da coluna FILIAL e selecione SC, conforme indicado na Figura: 10. Após selecionar SC na lista de FILIAL, os registros serão filtrados e exibidos apenas os pedidos onde o campo FILIAL é igual a SC. PERSONALIZAR AUTOFILTRO É possível ainda, no recurso de Filtro, fazer a filtragem em campos numéricos especificando uma faixa de valores. Por exemplo, podemos filtrar os pedidos que possuem quantidades de peças vendidas maiores que 200, ou quantidades maiores que 100 e menores que 200, combinando com critérios para FILIAL. 1. Selecione Dados -> Filtro. 2. O cabeçalho de cada coluna é transformado em uma lista de valores. 3. Vamos iniciar filtrando apenas os pedidos para a filial PR e com quantidades maiores do que

12 4. Para isso, abra a lista de valores da coluna Filial e selecione PR. Feito isso será aplicado um filtro onde serão exibidos apenas os pedidos para o PR. 5. Abra a lista de valores da coluna Qtde e selecione Filtros de Número. 6. Será exibida a janela Personalizar AutoFiltro. 7. Na janela Personalizar AutoFiltro pode-se definir condições personalizadas para faixas de valores como por exemplo, valores numéricos e faixas de datas. 8. Existe uma lista de operadores pré-definidos, conforme indicado a seguir: 9. Clique em OK. Observe que serão exibidas apenas as linhas para PR e com valores de quantidades maiores de Agora vamos definir os pedidos da Filial de SC que tenham quantidades maiores que 100 e menores que 200, inclusive. 11. Limpe os filtros escolhendo a opção Limpar Filtro... nos campos de coluna Qtde e Filial. 12

13 12. Agora defina o campo Filial para SC. Apresentará então todos os pedidos para esta filial. 13. Abra a lista de valores da coluna Qtde e selecione Filtros de Número. FILTRO AVANÇADO É utilizado para definição de critérios mais complexos.com o comando Filtro Avançado é possível definir faixas de critérios, com as quase fica muito mais fácil alterar os valores dos critérios e, com isso, rapidamente obterem um novo conjunto de linhas, conjunto este que reflete as alterações feitas na faixa de critérios. Nesta opção também é possível extrair dados de uma lista de dados para outra área da planilha. Para isso é preciso criar uma área de critérios e uma área de extração, que devem possuir os mesmo campos da lista. Exemplo: 1. Abra o Excel. 2. Selecione o comando Arquivo ->Abrir 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Selecione o arquivo Exemplo2.xls. 5. Clique em Abrir. 6. Será aberta uma planilha com uma lista de produtos vendidos por filial. 7. Selecione a faixa de células A1:C1 e execute o comando Copiar (Ctrl + C). 8. Posicione o cursor na célula E2 e na célula E10, pressionando a tecla CTRL, para poder selecioná-las simultaneamente. 9. Execute o comando Colar (Ctrl + V). 10. Posicione o cursor na célula E1 e digite: Área de Critérios. Em seguida posicione o cursor na célula E9 e digite Área de Extração. 13

14 11. Na definição de critérios, será extraído apenas os produtos vendidos na Filial SP. 12. Na célula E3, que se refere á coluna Filial, digite SP. 13. Selecione qualquer célula da lista de dados original da planilha. 14. Execute o comando Dados -> Avançado. 15. Será apresentada a janela Filtro Avançado. 16. Selecione a opção Copiar para outro local. 17. No campo Intervalo da lista, o Excel por padrão descreve a lista de dados (desde que o cursor esteja posicionado em qualquer parte dela). 18. No campo Intervalo de critérios digite o endereço da faixa de área de critério, neste exemplo, $E$2:$G$3 ou selecione a área com o mouse. 19. No campo Copiar para digite o endereço na área de extração que será as células $E$10:$G$10 ou selecione a área com o mouse. 14

15 20. Clique no botão OK. 21. Serão apresentados na área de extração os dados conforme os critérios, que são todos os produtos vendidos na filial SP. FAIXAS DE CRITÉRIOS Várias condições em uma só coluna Uma condição em duas ou mais colunas Uma condição em uma coluna ou outra 15

16 CRITÉRIOS CALCULADOS 1. Abra o Excel. 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir. 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Selecione o arquivo Exemplo3.xls. 5. Clique em Abrir. 6. Será aberta uma planilha com uma lista de vendas de produtos por Filial de uma empresa 7. O primeiro passo é calcular o valor médio dos pedidos em uma célula fora da lista de pedidos. 8. Na célula I2 digite a seguinte fórmula: =MÉDIA(E2:E145). 9. Tecle Enter. 10. Deverá obter um valor de R$3.443,29 que será a média de vendas. 11. O valor da média calculada será usado como critério (na verdade uma referência absoluta a célula onde está o valor da média) para filtrar apenas os pedidos com valores acima da média. 12. Na célula G1 digite o rótulo: Pedidos Acima da Média. Lembre que este rótulo não pode ser igual ao nome de uma das colunas da lista. 13. Na célula G2 digite a seguinte fórmula: =E2>$I$2. A célula E2 é onde está o valor para o primeiro registro. Quando o Excel executar o filtro, ele iniciará pela célula E2 e irá comparar o valor desta célula com o valor da média calculado na célula I2. Se o valor for maior do que a média, o registro será selecionado, caso contrário o Excel irá para o próximo registro. 16

17 14. Selecione o comando Dados -> Filtrar -> Filtro Avançado e defina as faixas conforme indicado na figura. 15. Clique em OK. 16. Observe que serão exibidos apenas com valores acima de R$3.443,29, que é a média de vendas. 17. Salve as alterações feitas na planilha Exemplo3.xls e feche o arquivo. IMPORTAÇÃO DE DADOS Existem situações nas quais os dados que precisamos analisar não estão no formato de uma planilha do Excel. Por exemplo, estes dados podem estar em um arquivo do tipo texto, ou podem estar em uma tabela do Microsoft Access. Nestas situações podemos importar estes dados para dentro de uma planilha do Excel, para então analisar as funcionalidades de análise de dados do Excel. IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS DO TIPO TEXTO: Existem dois formatos padrão quando se trata de arquivos do tipo texto: delimitado e tamanho fixo. Arquivos de texto no formato Tamanho Fixo Nos arquivos de texto em formato Tamanho Fixo cada campo começa e termina em uma determinada coluna e termina em uma posição fixa. 17

18 Arquivos de texto no formato Delimitado ou com Delimitadores Nos arquivos de texto em Formato Delimitado cada linha contém um registro completo, porém os campos são separados por um determinado separador, que no exemplo da Figura é o ponto-e-vírgula (;). Podemos ter diferentes separadores, sendo que um dos mais comuns é a vírgula. Exemplo de importação de um arquivo do tipo texto 1. Abra o Excel. 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir. 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Na linha Arquivos do tipo, selecione a opção Todos os Arquivos. 5. Selecione o arquivo Exemplo03.txt e em seguida no botão Abrir. 18

19 6. Será aberto o assistente de importação. 7. Na primeira etapa deve-se informar o tipo de dado. Neste exemplo usaremos a opção Delimitado. Por padrão a importação inicia na primeira linha. 8. Clique em Avançar. 9. Na segunda etapa do assistente deve-se informar qual o caracter utilizado com delimitador de campo. No exemplo, está sendo utilizado o ponto-e-vírgula. Marque a opção ponto e vírgula. 19

20 10. Clique em Avançar. 11. Será então exibida a última etapa do assistente, onde irá ser definido o tipo de cada campo (Geral, Texto ou Data) ou escolher se deseja ou não importar algum campo. 12. Clique em Concluir. Os dados serão importados para a planilha do Excel. 13. Agora você deverá salvar este arquivo como uma planilha Excel. IMPORTAÇÃO DE DADOS DA INTERNET È possível criar uma consulta baseada nos dados de um site que possui uma série de indicadores como Índice de Poupança, Dólar, IPC, etc. Importá-los para o Excel e configurar o intervalo de atualização destes dados. 1. Abra uma planilha nova. 2. Selecione Dados -> Da Web 3. Será aberta a janela Nova consulta à Web. 4. No campo endereço, digite o seguinte endereço 20

21 5. Selecione o quadro amarelo referente aos índices econômicos que deseja importar. Clique no botão Importar na parte inferior da janela. 6. Indique o local onde serão inseridos os dados importados clicando na célula A1. 7. Veja como ficou a importação dos dados na planilha. 21

22 TRABALHANDO COM DADOS EXTERNOS ATRAVÉS DO MS-QUERY O Microsoft Query é uma ferramenta que facilita a conexão do Excel com fontes externas de dados. Por exemplo, pode-se utilizar o Microsoft Query para fazer uma pesquisa em tabelas de um banco de dados do Microsoft Access, especificar critérios de filtragem e ordenação e retornar o resultado da consulta para uma planilha do Excel. É possível ainda fazer cálculos, análises e formatações com os dados retornados pelo Microsoft Query. O MS-Query usa a fonte de dados para conectar-se ao Banco de Dados externo e mostra os dados disponíveis. Após criar a consulta e retornar dados ao Excel, o MS-Query recupera os dados e fornece á pasta de trabalho do Excel informações sobre a consulta e a fonte de dados para que você se conecte ao banco quando desejar atualizar os dados. Criando uma consulta de dados através do assistente de consulta 1. Para definir a fonte de dados selecione o comando Dados -> De Outras Fontes -> Do Microsoft Query 2. Será exibido a janela escolher fonte de dados 3. O primeiro passo é informar ao Microsoft Query o formato em que se encontram os dados que serão acessados. No exemplo os dados estão no formato do Microsoft Access. Clique em Banco de Dados do MS Access 4. Clique em Ok. 22

23 5. Será aberta a janela selecionar fonte de dados. Escolha o arquivo Vendas.mdb que está na pasta de arquivos do curso. 6. Clique em Ok. 7. O MS-Query exibe a lista de tabelas disponíveis no banco de dados Vendas.mdb. Com a fonte de dados já definida o Excel já sabe de onde buscar os dados que servirão como base para as consultas que depois serão exibidas na planilha. 8. Esta é a janela assistente de consulta. No painel á esquerda selecione a tabela Dados_vendas e clique no sinal de + ao lado para expandir todos os campos que pertencem á ela. 9. Escolha os campos FILIAL, PRODUTO e QUANTIDADE, selecionando-os e clicando na seta para a direita que existe no meio da janela. 10. Clique no botão Avançar para seguir para a próxima etapa do assistente. 11. Nesta etapa podem-se definir os filtros para a consulta. Escolheremos apenas os pedidos da filial SC. 12. Clique no campo FILIAL. Note que ao lado irão aparecer as opções de filtro, então escolha o campo igual e SC. 13. Clique em Avançar. 14. Na próxima etapa pode-se selecionar até três campos para classificação. Escolha o campo Produto em ordem Crescente. 15. Clique em Avançar para seguir para a etapa final do assistente. 23

24 16. Na janela seguinte, escolha Retornar dados ao Microsoft Excel. 17. Para finalizar, na janela importar Dados selecione o modo Tabela e indique o local onde os dados serão colocados. 18. Salve a planilha em C:\Excel Avançado com o nome Consulta Query. Interface do Microsoft Query A partir da consulta salva, iremos editar a mesma através do Microsoft Query, usando sua interface. Na interface iremos definir outros critérios de consulta, além dos já estabelecidos anteriormente através do assistente de consulta. 1. Selecione Dados -> Conexões. 2. Selecione Consulta de Banco de Dados do MS Access e depois Propriedades Alterne para a aba Definição 4. Clique no botão Editar Consulta Na janela Assistente de Consulta Escolher Colunas clique em Cancelar e dê um Sim na mensagem a seguir. 6. Será aberta uma janela do editor do Microsoft Query. 7. Na parte superior da janela se encontram as barras de Menu de comandos e a de Ferramentas. Logo após, as tabelas com a lista de campos de cada tabela. Para adicionar um campo à consulta basta dar um dique duplo no campo ou amastá-lo para o painel na parte de baixo da janela. Ao arrastar um campo, os cados do campo já serão exibidos. Cada campo é exibido em uma coluna separada no painel de baixo. 8. Adicione O campo Valor Unitário. 9. Defina os seguintes critérios: * Filial = PR * Produto = edredon solteiro É importante observar os seguintes detalhes: - Quando o critério for em um campo do tipo Texto, como no caso do Campo valor do critério ( PR ) deverá vir entre apóstrofes. 24

25 - Quando o critério for em um campo do tipo Data, deverá vir dentro do sinal # 10. O próximo passo é fechar o Microsoft Query, retornando estes dados para a planilha do Excel. Para isso utilize o comando: Arquivo -> Retornar dados ao Microsoft Excel. 11. A consulta será exibida já com as alterações executadas. 25

26 OPERAÇÕES DE BUSCA E TROCA É possível utilizar operações de busca e troca de informações de dados. Seguem algumas opções: Localizar: Permite determinar a direção da pesquisa. Se ele vai ocorrer por linhas ou por colunas. Para inverter a direção da pesquisa, mantenha a tecla SHIFT pressionada ao clicar no botão OK. Coincidir maiúscula e minúscula: Permite efetuar a distinção entre letras maiúsculas e minúsculas ao pesquisar o texto informado no campo Localizar. Somente Células Inteiras: Permite efetuar a busca dos caracteres que coincidam exatamente e completamente com os caracteres informados no campo localizar. Localizar Próximo: Permite localizar a próxima ocorrência dos caracteres informados no campo Localizar. Se a tecla SHIFT estiver pressionada quando o clique for dado no botão Localizar Próximo, será possível localizar a ocorrência anterior. Substituir: Permite efetuar a substituição dos caracteres pesquisados na célula ativa pelos novos caracteres, e então localiza a próxima ocorrência dos caracteres pesquisados. A tecla SHIFT pode ser usada para inverter a direção da pesquisa. Para efetuar a substituição dos caracteres sem localizar a próxima célula, mantenha a tecla CTRL pressionada enquanto é dado um clique no botão Substituir. 26

27 SUBTOTAIS Uma funcionalidade bastante útil do Excel é a possibilidade de, rapidamente, criar subtotais para grupos de dados em uma planilha. Por exemplo, pode-se criar subtotais de vendas por vendedor, dentro de cada vendedor pode-se criar subtotais por departamento. A criação de subtotais é uma maneira rápida de comparar o desempenho de diferentes grupos. No exemplo, com o cálculo de subtotais por vendedor, poderá se comparar, facilmente o desempenho de cada vendedor. É muito importante observar que é imprescindível manter a base de dados classificada segundo a ordem em que se deseja obter um subtotal. 1. Abra o arquivo Exemplo4.xls, iremos criar um subtotal por vendedores. 2. Em primeiro lugar é preciso classificar a planilha em ordem crescente no campo Vendedor. 3. Escolha o menu Dados -> Subtotal 4. Será exibida a janela Subtotais. 5. Esta caixa apresenta as seguintes opções de trabalho: A cada alteração em: É o local em que se determina por qual campo será feito o subtotal. No nosso exemplo selecione o campo Vendedor. Usar função: é a utilização da função estatística ou cálculo de subtotal que será usado em cada intervalo de subtotal. Por padrão é a Soma 27

28 mas, também pode ser contar o número de linhas, Máximo, Mínimo, Média, etc. Selecione a opção Soma. Adicionar subtotais a : nesse local é determinado o campo no qual estão os valores onde serão efetuados os cálculos. No exemplo, queremos somar o total de vendas para cada funcionário. Selecione a coluna Valor. Substituir subtotais atuais: quando selecionado, serve para a substituir subtotais que já tenham sido feitos anteriormente. Quebra de página entre grupos: é muito interessante esse recurso, pois a cada mudança de dados de um mesmo campo, ele automaticamente quebra a página, facilitando a impressão de um relatório por grupo de dados. Deixar desmarcada. Resumir abaixo dos dados: é a colocação do total geral de todos os grupos abaixo deste; caso contrário, o total geral será colocado como a primeira informação da base de dados, abaixo somente dos nomes dos campos. Remover todos: quando deseja remover os subtotais aplicados na base de dados. 6. Clique em OK. 7. O Excel insere uma estrutura de tópicos ao lado esquerdo da planilha. 8. Observe que a estrutura de tópicos apresenta diferentes níveis: 1, 2 e 3. Por padrão são exibidos todos os registros e também os subtotais. Para visualizar apenas o subtotal por vendedor, dique no botão com o número Para remover os subtotais obtidos, selecione o comando Dados -> -> Subtotais e clique na opção Remover Todos. É possível ainda através desse recurso, criar subtotais em dois ou mais campos, além de usar outros tipos de cálculos, sem ser a soma. Por exemplo, pode-se calcular o subtotal por departamento e em seguida por vendedor e em seguida calcular uma média de pedidos por vendedor. Para isso: 1. Inicialmente classifique a lista de dados referentes aos campos Departamento e Vendedor, consecutivamente. 2. Crie um subtotal de Soma por Departamento. 3. Selecione o comando Dados -> Subtotal. 28

29 4. Defina as configurações indicadas na Figura: 5. Clique em OK. 6. Agora calcule os subtotais por Vendedor, mantendo os subtotais gerais por Departamento. 7. Selecione o comando Dados -> Subtotal. 8. Para que os subtotais por Departamento sejam mantidos é preciso desmarcar a Substituir subtotais atuais. Se esta opção estiver marcada, os subtotais por Departamento serão excluídos e serão mantidos apenas os subtotais por Vendedor. 29

30 10. Clique em OK. 11. Agora iremos calcular a média de pedidos por vendedor. 12. Selecione o comando Dados -> Subtotais e marque as opções indicadas na figura. Com esta configuração, teremos três subtotais: Totais por departamento, Total por vendedor e Média por Vendedor. 13. Clique em OK. 14. Será exibida a planilha conforme a figura abaixo: 30

31 15. Salve as alterações feitas na planilha Exemplo4.xls e feche o arquivo. 31

32 FUNÇÕES DE BANCO DE DADOS O Microsoft Excel inclui 12 funções de planilha que analisam os dados armazenados em listas ou bancos de dados. Cada uma dessas funções, citadas genericamente como BDFunções, usa três argumentos: banco de dados, campo e critérios. Esses argumentos se referem aos intervalos de planilhas usados pela função. FUNÇÃO BDMÉDIA A função BDMÉDIA é utilizada para calcular a média dos valores em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidirem com as condições especificadas. Ou seja, usa-se a função BDMÉDIA para calcular a média dos valores estes que coincidirem com um critério especificado. Sintaxe: BDMÉDIA(banco_dados;campo;critérios) Exemplo: 1. Abra o Excel. 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Clique no arquivo Exemplo5.xls. 5. Cilque em Abrir. 6. Será aberta uma planilha com dados sobre quantidade de produtos vendidos por Filial em determinados meses. 7. No exemplo iremos calcular a média de produtos vendidos, podendo ser através de um ou mais critérios. 8. Inicialmente é preciso criar a área de critérios. Para isso selecione as células de A1:D1 que é a área de rótulos das colunas do banco. 9. Copie esta área para as células G1:J Na célula F7 digite Média de Produto Vendido. 11. Na celula G7 vamos digitar a função =BDMEDIA(A:D;3;G1:J2), onde A:D e o banco de o 3 é o campo: número da coluna na qual será 32

33 calculado, no exernplo é a quantidade de peças vendidas e G1:J2 é a área de critérios que será utilizada para determinar informações específicas. 12. Após digitar a função tecie enter. 13. Será calculada a média de produtos vendidos. 14. Agora para analisar a média de um produto específico basta digitar o nome do produto na área de critérios abaixo do rótulo PRODUTO. FUNÇÃO BDMÁX Esta função é utilizada para retorna o maior número em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidir com as condições especificadas por você. Sintaxe: BDMÁX(banco_dados;campo;critérios) 1. Utilizando o arquivo anterior Exemplo5.xls 2. Exclua os critérios utilizados anteriormente. 3. Clique na célula F8. 4. Digite Maior Quantidade de Produto Vendido. 5. Na célula G8 digite a função =BDMÁX(A:D;3;G1:J2), onde A:D é o banco ou lista de dados, 3 é o campo, número de coluna na que será calculado e G1:J2 a área de critérios que será utilizada para determinar informações específicas. 6. Tecle Enter. 7. O resultado obtido será o registro que tem a maior quantidade de peças vendidas, independente de Filial, Produto ou Mês FUNÇÃO BDMÍN Esta função é utilizada para retornar o menor número em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidir com as condições especificadas. Sintaxe: BDMÍN(banco_dados;campo;critérios) 33

34 FUNÇÃO BDSOMA Esta função é utilizada para somar os números em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidirem com as condições especificadas. Sintaxe: BDSOMA(banco_dados;campo;critérios) FUNÇÃO CONTAR A função BDCONTAR é utilizada para contar as células contendo números em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidirem com as condições especificadas por você. Ou seja, permite uma contagem condicional, contando condicional, contando apenas as células que atendem ao critério especificado. Sintaxe: BDCONTAR(banco_dados;campos;critérios) FUNÇÃO BDCONTARA Esta função é utilizada para contar todas as células não vazias em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidirem com as condições especificadas por você. Sintaxe: BDCONTARA(banco_dados;campo;critérios) FUNÇÃO BDEXTRAIR Esta função é utilizada para extrair um único valor em uma coluna de uma lista ou banco de dados que coincidir com as condições especificadas por você. Sintaxe: BDEXTRAIR(banco_dados;campo;critérios) 34

35 FUNÇÃO CONT.SE Esta função calcula o número de células não vazias em um intervalo que corresponde a determinados critérios. Sintaxe: CONT.SE(intervalo;critérios) Intervalo: é p intervalo de células no qual se deseja contar células não vazias. Critérios: é o critério na forma de um número, expressão ou texto que define quais células serão contadas. Exemplo: 1. Utilizando o arquivo Exemplo5.xls, clique na guia da plan2, que se encontra na parte inferior da planilha. 2. Nesta planilha existe um banco ou lista de dados e uma área de pesquisa. 3. Na primeira área de Pesquisa/Produto, ao especificar um determinado produto a quantidade de pedidos vendidos para este produto irá ser obtida. 4. Para isso, a função CONT.SE será inserida na célula G4, que tem como rótulo N de pedidos. 5. Clique na célula G4 e digite a função =CONT.SE(A:D;G3), onde A:D é o intervalo do banco ou lista de dados na qual serão pesquisadas as informações e G3 é o critério, sendo o local(célula) aonde será inserido, no exemplo, o nome do produto. 6. Digite na célula G3 o produto fronha. 7. N a s e g 35

36 unda área de pesquisa, Pesquisa/Mês, pode-se obter a quantidade de pedidos realizados em um determinado mês. 8. Clique na célula G11 e digite a função =CONT.SE(A:D;G10), aonde A:D será o banco ou lista de dados e G10 o critério, ou seja, a célula aonde será inserido o mês que se deseja saber a informação. 9. Digite na célula G10 o mês de novembro. FUNÇÕES SOMASE A função SOMASE faz uma soma condicional. È preciso fornecer três parâmetros para esta função, conforme descrito a seguir: Sintaxe: SOMASE(intervalo de pesquisa;critérios;intervalo de soma) Intervalo de critério: é o critério de células aonde será feita a pesquisa de acordo como critério especificado Critérios: são os critérios na forma de um número, expressão ou texto, que define quais células serão adicionadas. É importante salientar que, nos critérios da função SOMASE, não é possível usar a função E ou a função OU. Intervalo de soma: são as células que serão realmente somadas. As células em intervalo de soma são somadas somente se suas células correspondentes em intervalo de pesquisa coincidirem com os critérios estipulados. Se o intervalo de soma for omitido, as células em intervalo de pesquisa serão somadas, ou seja, a coluna de pesquisa é a mesma aonde os valores serão somados. Exemplo: 1. Utilizando o arquivo Exemplo5.xls, na plan2, pode-se observar que existe na primeira área de pesquisa Pesquisa/Produto um campo aonde é possível obter o total de peças vendidas de acordo com o produto desejado. 2. Clique na célula G5, que tem como rótulo Total de Peças. 3. Digite a função =SOMASE(B:B;G3;C:C), onde B:B é o intervalo aonde será pesquisado o critério determinado, o G3 é a celula aonde será digitado o critério, no exemplo está fronha, e o C:C é o intervalo que será somado o critério. 36

37 4. Tecle Enter. 5. Na segunda área de pesquisa, Pesquisa/Mês, pode-se obter o total de peças vendidas em um determinado mês. 6. Clique na célula G12 e digite a função =SOMASE(D:D;G10;C:C), aonde D:D é o intervalo que será pesquisado o critério, o G10 o critério, neste caso o mês e o C:C é o intervalo que será somado conforme o critério. 7. Tecle Enter. 8. Salve as alterações feitas na planilha5.xls e feche o arquivo. Funções Encadeadas O Excel tem a possibilidade de trabalhar diversas funções dentro de uma mesma fórmula, dependendo da resposta que se deseja. Inicialmente veremos duas funções e em seguida trabalhar com as duas dentro de uma mesma fórmula. FUNÇÃO PROCV Esta função tem o objetivo de procurar um registro dentro de um banco ou lista de dados través de um critério. Sintaxe PROCV(valor_procurado;matriz_tabela;num_indice_coluna;procurar_intervalo) dados Valor_procurado: é a célula de referência para a busca no banco ou lista de 37

38 Matriz_tabela: é a intervalo do banco ou lista de dados aonde o critério será encontrado e a informação desejada buscada. Observação: é importante na hora de selecionar o intervalo, a coluna que possui rótulo seja selecionada por completo e não somente as linhas que contém registro. Num_índice_coluna: é o número da coluna que está a informação desejada. Sempre iniciará a contagem a partir da primeira coluna do banco. Procurar_intervalo: é um valor lógico aonde para encontrar a informação exata é preciso digitar FALSO, caso contrário ou seja, se digitar VERDADEIRO, a função quando não encontrar o registro igual irá trazer a informação mais próxima. Exemplo: 1. Abra o Excel 2. Selecione o comando Arquivo -> Abrir 3. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 4. Selecione o arquivo Exemplo6.xls 5. Clique em Abrir. 6. Será aberto um banco ou lista de dados com informações de compra de clientes em uma loja e de sua situação de pagamento. 7. Clique na célula A9 e digite um nome de cliente. 8. Na coluna produto, insira nome do produto que o cliente comprou, neste caso Geladeira. 9. Ao digitar geladeira no campo produto, seria possível que já fossse preenchido a informação do valor produto. 10. Para que isso aconteça utilize a função PROCV, pois a mesma irá buscar em um banco ou lista de dados a informação que deseja através de um critério, que neste caso é geladeira. 11. Clique na guia da planilha produto. 12. Observe que nesta planilha existe um banco ou lista de com as informações de produto e seus respectivos preços. 13. Volte para a guia Vendas e na célula C9 digite a função =PROCV(B9;Produtos!A:B;2;FALSO), aonde B9 é o valor procurado, ou seja, a célula aonde está sendo digitado o registro que servirá de referência para a busca da informação desejada. Produtos!A:B é a matriz tabela, ou seja, o intervalo do banco ou lista de dados. O 2 é o número do índice da coluna e o FALSO é para obter um dado exato sem aproximação. 38

39 14. Tecle Enter. FUNÇÃO SE Esta é uma função lógica que tem por finalidade analisar critérios que de acordo com a resposta, VERDADEIRO ou FALSO, aplica uma determinada ação. Sintaxe: SE(teste_lógico;valor_se_verdadeiro;valor_se_falso) Teste_lógico: é qualquer valor ou expressão que pode ser avaliada como verdadeiro ou falso. Valor_se_verdadeiro: é a ação aplicada caso verdadeiro ao teste lógico. Valor_se_falso: é a ação aplicada caso falso ao teste lógico. Exemplo: 1. No arquivo Exemplo6.xls. 2. Clique na célula D9. 3. Digite uma data do vencimento. 4. Clique em E9. 5. Neste células terá que constar os dias em atraso do cliente caso, esteja em atraso. 6. Para isso utilize a função SE aonde irá executa o seguinte teste lógico: se a data do vencimento for maior que a data atual (B3), então diminua a data atual di vencimento, caso contrário traga Digite então a função = SE(B3>D9;B3-D9;0). 8. Tecle Enter. 39

40 9. Observe que a data do vencimento é menor que a data atual, sendo então uma resposta verdadeira ao teste lógico e por isso a função aplicou a subtração da data atual do vencimento. 10. Clique na célula F Nesta célula terá que constar a quantidade de dias antecipados a data do vencimento, caso houver. 12. Neste caso a função SE executará o seguinte teste lógico: se a data do vencimento for menor do que a data atual então diminua a data atual do vencimento, caso contrário traqa Digite a função =SE(B3<D9;D9-B3;0). 14. Tecle Enter. Encadeando Funções Agora uniremos duas funções dentro de uma mesma fórmula: a função SE e a PROCV. Continuando em um exemplo prático, iremos utilizar o arquivo Exemplo6.xls. Nele será calculado o valor da multa ou valor de desconto para pagamentos feitos atrasados ou antecipados respectivamente. 1. Clique na célula G9. 2. Neta célula será calculado o valor da multa que o cliente irá pagar caso estiver em atraso. 40

41 3. Para isso a loja possui uma tabela de multa diária aplicada de acordo com a quantidade de dias em atraso do cliente, que se encontra na planilha multa_descontos: 4. De acordo com a tabela a multa aplicado será: se o cliente estiver em atraso a mais de 15 dias terá 0,50% de multa ao dia e se estiver a menos de 16 dias será aplicada 0,30% diário. 5. Digite então a fórmula =SE(E9>0;PROCV(E9;Multa_descontos!A4:B6;2);0)*C9*E9 6. Tecle Enter. 7. Clique na célula H9 8. Nesta célula será calculado o valor de desconto recebido pelo cliente, caso pague adiantado. 9. Para isso a loja possui uma janela de desconto diário aplicado de acordo com a quantidade de dias antecipados do cliente, que se encontra na planilha multa_descontos: 10. De acordo com a tabela descontos aplicada será: se o cliente pagar adiantado mais de 15 dias terá 0,15% de desconto diário e se estiver a menos de 16 dias será aplicado 0,10% diário. 11. Digite então a fórmula =SE(F9>0;PROCV(F9;Multa_descontos!A9:B11;2);0)*C9*E9, que seguirá os mesmos moldes da fórmula anterior, apenas mudando os dias atrasados pelos dias antecipados. 41

42 12. Tecle Enter. Mais exemplos Utilizando a mesma planilha, será calculado agora, o total a pagar do cliente e sua situação. Para isso usaremos as operações de soma, subtração e a função SE. 1. Clique na célula I9. 2. Nesta célula será calculado qual o valor que o cliente irá pagar com a multa ou com o desconto. 3. Digite a fórmula =C9+G9-H9, que consiste em o valor da compra (C9) mais o valor da multa (G9) menos o valor do desconto(h9). 4. Tecle Enter. 5. Clique na célula J9. Nesta célula será calculado a situação do cliente, se ele está em dia ou em atraso, dependendo da data de vencimento de sua dívida. 6. Para isso utilize a função SE que executará o seguinte teste lógico: se a data atual for maior que a data do vencimento então traga a reposta Em atraso, caso contrário traga Em dia. 7. Digite então a função =SE(B3>D9. Em atraso ; Em dia ). 42

43 8. Tecle Enter. 9. Salve as alterações feitas na planilha Exemplo6.xls e feche o arquivo. Formatação Condicional A formatação condicional é um formato como, sombreamento de célula e cor de fonte, que o Microsoft Excel aplica automaticamente à células se uma condição especificada for verdadeira. Por exemplo, no arquivo Exemplo7.xls, existem células nas quais especifica a situação do cliente em relação ao pagamento. É possível, através da formatação condicional, que quando a célula estiver com o resultado em atraso a mesma será destacada por uma cor de fonte diferente das demais. 1. Selecione as células nas quais será aplicada a formatação condicional, neste caso do J7 à J Selecione o comando Página Inicial -> Formatação Condicional -> Realçar Regras das Células 3. Deve-se então selecionar a condição ou critério para que seja aplicada uma determinada formatação. 43

44 4. No exemplo utilize a opção É igual a Na caixa aonde especifica a condição, insira as palavras Em atraso, que é a condição para uma formatação diferenciada das demais. 6. Em seguida escolha o tipo de preenchimento desejado para as células do intervalo que atendam esta condição 7. A condição total então ficará conforme a figura. 8. Sendo assim, é possível também especificar uma formatação para as células que tiverem o valor Em dia. 9. Repita os passos 2 até 6 e configure conforme a figura abaixo 10. Clique em OK. 11. Salve as alterações feitas na planilha Exemplo7.xls e feche o arquivo. 44

45 Formulários O Microsoft Excel trabalha com diversos tipos de formulários. É possível utilizar os formulários fornecidos como Excel para inserir dados em intervalos, listas ou em outros bancos de dados. Também pode-se criar formulários para imprimi-los ou usá-los on-line, incluindo formulários abertos no Excel e os formulários colocados em páginas da WEB. O que veremos são formulários internos para dados do Excel. Para obter intervalos ou listas em planilhas do Excel, pode-se exibir um formulário de dados que permite inserir novos dados, encontrar linhas com base no conteúdo das células, atualizar os dados e excluir linhas do intervalo ou da lista. Novo: inclui um novo registro dentro do banco ou lista de dados. Excluir: exclui o registro na qual está sendo exibido na janela. Restaurar: retorna uma alteração feita nos registros. Localizar anterior: posiciona no registro anterior ao qual se encontra no momento atual. Localizar próximo: posiciona no registro posterior ao qual se encontra no momento atual. Critério: visualiza na janela de formulário apenas os registros conforme o critério determinado. ADICIONAR O BOTÃO FORMULÁRIO À BARRA DE FERRAMENTAS DE ACESSO RÁPIDO 1. Clique na seta ao lado da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e clique em Mais Comandos. 2. Na caixa Escolher comandos em, clique em Todos os Comandos. 3. Na caixa de listagem, selecione o botão Formulário e clique em Adicionar. 4. O Botão Formulário será adicionado e estará disponível na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido 45

46 INSERINDO NOVOS DADOS Exemplo: 5. Abra o Excel. 6. Selecione o comando Arquivo -> Abrir. 7. Navegue até a pasta C:\Excel Avançado. 8. Selecione o arquivo Exemplo7.xls 9. Clique em Abrir. 10. Será aberta uma planilha com dados de compras de clientes de uma loja que construímos no último exemplo, só que neste arquivo existem registros. 11. Será inserido dados nesta lista ou banco de dados através da ferramenta formulário. 12. Clique no botão Formulário adicionado anteriomente. 13. A janela formulários terá o título da planilha que está em execução, que neste caso é Vendas. 14. Ao lado esquerdo da tela se encontram os rótulos de cada coluna do banco ou lista de dados, com seus respectivos valores. Ao lado direito se encontram os botões de controle do formulário e o número do registro na qual está sendo exibido ao lado esquerdo. 15. Clique no botão Novo. 46

47 16. Observe que apenas 3 campos estão disponíveis para preenchimento: cliente, produto e vencimento. Os outros campos, são ao que possuem fórmulas na qual são preenchidas automaticamente conforme os itens que forem inclusos nos campos disponíveis, pois uma depende da outra por estarem encadeadas. 17. Insira respectivamente os seguintes dados nos campos cliente, produto e vencimento: Regina, DVD e 25/05/ Clique em Fechar. 19. Confira que todos os campos foram preenchidos corretamente de acordo com o registro inserido através do formulário. ATUALIZANDO DADOS 1. Clique no botão Formulário. 2. Utilizando o botão Localizar próxima, posicione no terceiro registro. 3. Troque o nome do cliente Renato pelo nome Marcio e clique em Fechar. EXCLUINDO DADOS 1. Clique no botão Formulário. 2. Utilizando o botão Localizar próxima, posicione-se no quinto registro. 3. Clique no botão Excluir. 4. O Excel solicitará uma confirmação de exclusão de registro, pois ao excluir através do formulário não há como desfazer a ação. 5. Clique em fechar. LOCALIZANDO REGISTROS EM UM BANCO OU LISTA DE DADOS 1. Clique no botão Formulário. 2. Clique em Critérios. 47

48 3. Observe que nesta tela todos os rótulos estão disponíveis para que se possa através de qualquer campo, determinar critérios para busca de registros. 4. Localize o registro do produto DVD. 5. Selecione o campo que representa produto e digite DVD. 6. Clique no botão Localizar próxima. 7. O Excel irá trazer todos os registros que contém no campo produto o nome DVD, dentro da janela de formulário. 8. Para navegar entre os registros encontrados utilizam-se os botões Localizar Próxima e Localizar Anterior. 9. Para voltar a mostrar todos os registros do banco ou lista de dados, clique no botão Critérios e exclua o critério inserido. 48

49 TABELA DINÂMICA Um relatório de tabela dinâmica é uma tabela interativa que pode ser usada para resumir rapidamente grandes quantidades de dados. Pode-se girar suas linhas e colunas para ver resumos diferentes dos dados de origem, filtrar os dados por meio da exibição de páginas diferentes ou exibir os detalhes de áreas de interesse. Um relatório de tabela dinâmica é usado quando se deseja comparar totais relacionados, especialmente quando se tem uma longa lista de valores a serem resumidos e deseja comparar vários fatos sobre cada valor. Use relatório de tabela dinâmica quando desejar que o Microsoft Excel faça a classificação, a subtotalização e a totalização de dados. Para criar um relatório de tabela dinâmica, usaremos o Assistente de Tabela Dinâmica e Gráfico Dinâmico como um guia para localizar e especificar os dados de origem que você desejar para analisar e criar a estrutura do relatório. Você pode, em seguida, usar a barra de ferramentas Tabela Dinâmica para organizar os dados dentro dessa estrutura. 1. Abra o arquivo Exemplo8.xls 2. Selecione Inserir -> Tabela Dinâmica 3. Será aberto o Assistente de Tabela Dinâmica. Na primeira etapa do assistente deve-se informar qual a fonte de dados que será utilizada como base para a tabela dinâmica. No exemplo usaremos os dados da lista na própria planilha do Excel. Clique no botão OK para seguir para a próxima etapa 4. Neste momento o Excel exibe uma planilha com as áreas bem definidas da tabela dinâmica e a barra de ferramentas Tabela dinâmica. Nesta 49

50 barra estão os campos da fonte de dados. Para construir a tabela dinâmica basta arrastar cada campo para a respectiva posição. 5. Na figura abaixo temos tela inicial, onde os campos ainda não foram arrastados para as respectivas posições no relatório de tabela dinâmica. 6. Arraste o campo Linha para a área onde está escrito: Solte campos de filtro de relatório aqui. 7. Arraste o campo Produto para a área onde está escrito: Solte campos de linha aqui. 8. Arraste o campo Filial para a área onde está escrito: Solte campos de coluna aqui. 9. Arraste o campo Qtde para a área onde está escrito: Solte campos de valor aqui. 50

51 GRÁFICO DINÂMICO O gráfico é dito dinâmico porque, no próprio gráfico, podemos aplicar filtros e mover campos de posição de tal maneira que o gráfico é dinamicamente alterado para refletir os filtros e/ou alterações efetuadas. 1. Selecione a plan1 do arquivo Exemplo8.xls que contém a tabela dinâmica criada anteriormente. 2. Para criar o gráfico dinâmico clique em Inserir e depois escolha o modelo de gráfico de sua preferência. 3. No exemplo está sendo utilizado o gráfico de colunas (Colunas agrupadas). 51

52 CONSOLIDAR O Recurso de Consolidação de dados permite que se façam cálculos consolidados a partir de múltiplas planilhas, múltiplas fontes externas de dados ou uma mescla entre planilhas do Excel e fontes externas. Se considerar o exemplo: Você recebe, mensalmente, uma planilha com os dados de vendas por região/produto. Ao final do ano você precisa criar uma planilha com o total anual de vendas. Vamos supor que os dados mensais estejam em uma planilha com o nome do mês. E que na célula E3, de cada planilha, tenhamos o total de vendas do produto X para a região Sul. Na célula E3 da planilha dos totais anuais, teria que ser utilizado a seguinte fórmula: =Jan!E3+Fev!E3+Mar!E3+Abr!E3+Mai!E3+Jun!E3+Jul!E3+Ago!E3 +Set!E3+Out!E3+Nov!E3+Dez!E3 Agora imagine o trabalho para criar todas as fórmulas necessárias para o total anual, especialmente se a planilha for complexa, com diferentes cálculos. Com o recurso de consolidação podemos fazer com que o Excel crie todas as fórmulas necessárias, automaticamente. Um detalhe importante: Para utilizarmos o recurso de consolidação, todas as planilhas a serem consolidadas devem ter a mesma estrutura, ou seja, o mesmo número de linhas e colunas, com os dados nas mesmas posições. 52

53 FUNÇÕES DE CÁLCULO DISPONÍVEIS PARA A CONSOLIDAÇÃO DE DADOS 53

54 VÍNCULOS Um vínculo é uma referência à outra pasta de trabalho, sendo às vezes chamada de referência externa. Também pode haver um vínculo com outro programa, sendo às vezes chamado de referência remota. Como os dados de outra pasta de trabalho ou de outro programa podem mudar e tornar os dados da sua pasta de trabalho desatualizados há opções para controlar a atualização dos vínculos. O vínculo é útil especialmente quando não é viável manter grandes modelos de planilha juntos na mesma pasta de trabalho. Mesclar dados de várias pastas de trabalho: Você pode vincular pastas de trabalho de vários usuários ou departamentos e depois integrar os dados pertinentes em uma pasta de trabalho de resumo. Assim, quando as pastas de trabalho de origem forem alteradas, você não terá que alterar manualmente a pasta de trabalho de resumo. Criar exibições diferentes de seus dados: Você pode inserir todos os dados em uma ou mais pastas de trabalho de origem e depois criar uma pasta de trabalho de relatório que contenha links somente com os dados pertinentes. Modelos complexos e extremamente grandes: Ao dividir um modelo complicado em uma seqüência de pastas de trabalho interdependentes, você poderá trabalhar no modelo sem abrir todas as planilhas relacionadas. As pastas de trabalho menores são mais fáceis de alterar, não necessitam de muita memória e abrem, salvam e calculam com maior rapidez. 54

55 CENÁRIOS Um cenário é um conjunto de valores que o Excel salva e pode substituir automaticamente na planilha. Podem-se utilizar cenários para prever o resultado de um modelo de planilha. É possível ainda, criar e salvar diferentes grupos de valores em uma planilha e alternar para qualquer um desses novos cenários para exibir resultados diferentes. É possível criar vários cenários para um único modelo de simulação, aonde cada cenário apresenta um conjunto diferente de variáveis. 55

56 SUPLEMENTOS Quando instalado, o Microsoft Excel instala uma série de recursos padrão automaticamente. Porém, alguns recursos também importantes não serão inseridos de imediato. Eles estarão disponíveis apenas quando habilitados. Por exemplo, para ativar o suplemento Solver clique em Arquivo -> Opções -> Suplementos e selecione o Suplemento Solver. Clique no Botão Ir... 56

57 SOLVER É possível determinar os valores resultantes quando precisar alterar mais de uma célula usada em uma fórmula e tiver várias restrições para esses valores. O Solver ajusta os valores nas células especificadas para produzir o resultado desejado da fórmula. 57

58 ATINGIR META Com a ferramenta Atingir Meta, o Excel varia o valor em uma célula específica até uma fórmula dependente de aquela célula retornar o resultado desejado. O comando Atingir Meta utiliza um método iterativo para achar o valor que atenda a situação proposta. Uma das limitações desse comando é que ele somente pode ser utilizado para problemas de uma única variável. 58

Trabalhando com banco de dados

Trabalhando com banco de dados Avançado Trabalhando com Aprenda a manipular dados no Excel com a ajuda de outros aplicativos da suíte Office Armazenar e organizar informações são tarefas executadas diariamente por todos nós. Desde o

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Mic crosoft Excel 201 0 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Interface... 4 Guias de Planilha... 5 Movimentação na planilha... 6 Entrada de textos e números... 7 Congelando painéis... 8 Comentários nas Células...

Leia mais

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO MICROSOFT EXCEL AVANÇADO SE Retorna um valor se teste_lógico avaliar como VERDADEIRO e um outro valor se for avaliado como FALSO. Use SE para conduzir testes condicionais sobre valores e fórmulas e para

Leia mais

1 Revisão: Construção de fórmulas

1 Revisão: Construção de fórmulas 1 Revisão: Construção de fórmulas Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Tópicos em Microsoft Excel 2007 Introdução...3 Como efetuar uma operação...3 Construindo

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

MS-Excel 2010 Essencial (I)

MS-Excel 2010 Essencial (I) MS-Excel 2010 Essencial (I) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que necessitem agilizar os seus cálculos,

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 INICIANDO O EXCEL Para abrir o programa Excel,

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Validação de dados. Determinamos qual tipo de informação será aceita e dentro de qual intervalo.

Validação de dados. Determinamos qual tipo de informação será aceita e dentro de qual intervalo. Validação de dados Por meio do recurso de validação, podemos definir que tipo de informação gostaríamos que fosse aceita em um intervalo de células ou uma mensagem de auxílio ao usuário indicando qual

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice Índice Apresentação...2 Barra de Título...2 Barra de Menus...2 Barra de Ferramentas Padrão...2 Barra de Ferramentas de Formatação...3 Barra de Fórmulas e Caixa de Nomes...3 Criando um atalho de teclado

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Excel Avançado 2007 Excel Avançado 2007 1

Excel Avançado 2007 Excel Avançado 2007 1 1 Sumário: 1. Introdução...3 2. Funções...3 2.1 Função SE...4 2.2 Botão Inserir...7 2.3 Novas Funções Condicionais...8 2.4 Aninhando Funções...8 3. Análise de Dados Alternativos...9 3.1 Cenários...9 3.2

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma tabela no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na tabela.

Leia mais

LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS

LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/36 LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS Macro Imprimir Neste exemplo será criada a macro Imprimir que, ao ser executada, deverá preparar a

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Práticas Empresariais em Excel. Professor: Pádua

Práticas Empresariais em Excel. Professor: Pádua Práticas Empresariais em Excel Professor: Pádua SUMÁRIO 1 FÓRMULAS... 4 2 FUNÇÕES... 5 2.1 Data e hora... 5 2.1.1 Hoje... 5 2.1.2 Dia, Mês e... 5 2.1.3 Agora... 5 2.1.4 Hora, Minuto e Segundo... 5 2.2

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Banco de Dados Microsoft Access: Criar s Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na. 3. Criar uma no modo

Leia mais

MATERIAL EXTRA DE EXCEL - FÓRMULAS Prof William Zacariotto

MATERIAL EXTRA DE EXCEL - FÓRMULAS Prof William Zacariotto 1. SINAIS DE OPERAÇÕES 2. SINAIS PARA CONDIÇÃO SINAL FUNÇÃO SINAL FUNÇÃO + SOMAR > MAIOR QUE - SUBTRAÇÃO < MENOR QUE * MULTIPLICAÇÃO DIFERENTE QUE / DIVISÃO >= MAIOR E IGUAL A % PORCENTAGEM

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

ÍNDICE... 3 INTRODUÇÃO... 4. A série... 4

ÍNDICE... 3 INTRODUÇÃO... 4. A série... 4 EXCEL 2007 e 2010 2 ÍNDICE ÍNDICE... 3 INTRODUÇÃO... 4 A série... 4 01 LISTA COM VALIDAÇÃO... 5 02 FUNÇÕES FINANCEIRAS... 7 03 FUNÇÃO DE BANCO DE DADOS... 12 04 RÓTULOS... 15 05 TABELA DINÂMICA... 18 06

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 Escrevendo Fórmulas Você pode executar cálculos com seus dados usando fórmulas, que são formatadas por operadores de dados e quase sempre por funções. Você vai aprender

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010 Tutorial do Iniciante Excel Básico 2010 O QUE HÁ DE NOVO O Microsoft Excel 2010 é um programa de edição de planilhas eletrônicas muito usado no mercado de trabalho para realizar diversas funções como;

Leia mais

Fórmulas e Funções - Parte I

Fórmulas e Funções - Parte I Atividade 6 Fórmulas e Funções - Parte I Referências relativas e absolutas Muito comum é a necessidade de depois de criado uma fórmula é copiá-la para outras células ao invés de fazer tudo novamente, muitas

Leia mais

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1 Microsoft Excel Aula 1 O que é o Microsoft Excel? Excel é um programa de planilhas do sistema Microsoft Office. Você pode usar o Excel para criar e formatar pastas de trabalho (um conjunto de planilhas).

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA PET ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA PET ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA PET ENGENHARIA MECÂNICA VITÓRIA - 2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OPERADORES DE CÁLCULOS EM FÓRMULAS...

Leia mais

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela Aula 01 - Formatações prontas e Sumário Formatar como Tabela Formatar como Tabela (cont.) Alterando as formatações aplicadas e adicionando novos itens Removendo a formatação de tabela aplicada Formatação

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Noções Básicas de Excel página 1 de 19

Noções Básicas de Excel página 1 de 19 Noções Básicas de Excel página 1 de 19 Conhecendo a tela do Excel. A BARRA DE FÓRMULAS exibe o conteúdo de cada célula (local) da planilha. Nela podemos inserir e alterar nomes, datas, fórmulas, funções.

Leia mais

Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos.

Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos. Fórmulas e Funções Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos. Operadores matemáticos O Excel usa algumas convenções

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

PRADOCONTABILIDAE E CURSOS APOSTILA DE EXCEL CURSO DE EXECL - PRADO

PRADOCONTABILIDAE E CURSOS APOSTILA DE EXCEL CURSO DE EXECL - PRADO PRADOCONTABILIDAE E CURSOS APOSTILA DE EXCEL CURSO DE EXECL - PRADO PRADOCONTABILIDAE E CURSOS SUMÁRIO 1. CONCEITOS BÁSICOS 03 2. FORMATAÇÃO DE CÉLULAS 09 3. FÓRMULAS ESSENCIAIS 15 4. PLANILHAS VINCULADAS

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Excel MATERIAL COMPLEMENTAR 1º ANO TECNOLOGIAS APLICADAS AOS NEGÓCIOS

Excel MATERIAL COMPLEMENTAR 1º ANO TECNOLOGIAS APLICADAS AOS NEGÓCIOS TECNOLOGIAS APLICADAS AOS NEGÓCIOS MATERIAL COMPLEMENTAR 1º ANO PROFESSOR: JOÃO SOBRENOME Excel 2015 Este material complementar apresenta a descrição de alguns recursos e comandos relacionados à elaboração

Leia mais

MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - III Manual Prático Microsoft Excel 2007 1 MÓDULO - III CÁLCULOS... 3 Fazer contas... 3 Fórmulas com operadores básicos... 3 Fórmulas com funções... 4 Funções mais usadas... 8 Soma... 8 Media...

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

ÍNDICE. Microsoft Excel. Informações Gerais. Pasta de Trabalho. Formatando Página. Formatar Células. Gráficos. Criando Operações Básicas

ÍNDICE. Microsoft Excel. Informações Gerais. Pasta de Trabalho. Formatando Página. Formatar Células. Gráficos. Criando Operações Básicas ÍNDICE Microsoft Excel Informações Gerais Pasta de Trabalho Formatando Página Formatar Células Gráficos Criando Operações Básicas Sobre as Funções de Planilha Operadores em Fórmulas do Excel Operadores

Leia mais

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO Aprender a utilizar mapas, colocar filtros em tabelas e a criar tabelas e gráficos dinâmicos no MS-Excel. Esse roteiro foi escrito inicialmente para o Excel

Leia mais

EXCEL: VISÃO GERAL 4

EXCEL: VISÃO GERAL 4 EXCEL: VISÃO GERAL 4 Conhecendo o Excel 4 Conhecendo a área de trabalho 5 Entrada na barra de Fórmulas 6 Iniciando o programa 6 Abrindo uma pasta de planilhas 6 Inserindo dados 6 Apagando o conteúdo de

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Curso Capacitação da Ufms. Anexos Excel 2007

Curso Capacitação da Ufms. Anexos Excel 2007 Anexos Excel 2007 Anexo1 Subtotais Pode-se destacar duas formas de fazer subtotais, sem uso de tabelas dinâmicas. A Primeira, você vai fazer dois passos, classificar e depois o subtotal. Tomando a tabela

Leia mais

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas 1 de 5 21-08-2011 22:15 Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas Adição de Colunas com Valores Calculados: Vamos, inicialmente, relembrar, rapidamente alguns conceitos básicos sobre Consultas

Leia mais

Curso de Calc - Avançado Índice

Curso de Calc - Avançado Índice Índice Objetivo...2 Resultado Esperado...2 Recursos Avançados de Gráficos...3 Tipos de Gráficos...3 Rotacionar um Gráfico de Colunas 3D...4 Alterar a Iluminação nos Gráficos...5 Alterar a Escala do Eixo

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior 2000 Mozart de Melo Alves Júnior INTRODUÇÃO O Excel 7.0 é um aplicativo de planilha desenvolvido para ser usado dentro do ambiente Windows. As planilhas criadas a partir desta ferramenta poderão ser impressas,

Leia mais

Programa de Edição de Textos- Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 2

Programa de Edição de Textos- Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 2 Programa de Edição de Textos- Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 2 2. MANIPULAÇÃO DE DOCUMENTOS Os processadores de textos possibilitam a criação e a manipulação de diversos modelos de documentos. Com eles

Leia mais

Aula Número 01. Sumário

Aula Número 01. Sumário Aula Número 01 Sumário Conceitos Básicos:... 3 Movendo-se numa Planilha... 4 Selecionando Múltiplas Células... 4 Abrindo e Salvando um Arquivo... 6 Salvando um arquivo... 8 Introduzindo e Editando Dados...

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Planilha Eletrônica Excel

Planilha Eletrônica Excel COLÉGIO LA SALLE CANOAS Técnico em Informática Planilha Eletrônica Excel Excel Prof. Valter N. Silva Colégio La Salle Canoas Página 2 1. NOÇÕES BÁSICAS O Microsoft Excel 7.0 é um programa de planilha eletrônica,

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Microsoft Excel 2010

Microsoft Excel 2010 Microsoft Excel 2010 Feito por Gustavo Stor com base na apostila desenvolvida por Marcos Paulo Furlan para o capacitação promovido pelo PET. 1 2 O Excel é uma das melhores planilhas existentes no mercado.

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Sumário. Atualizando a tabela dinâmica

Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Sumário. Atualizando a tabela dinâmica Sumário Atualizando a tabela dinâmica Exibição de páginas em planilhas separadas Detalhando / ocultando os dados da planilha Gráfico dinâmico Gráfico dinâmico (cont.) Alterando a formatação do gráfico

Leia mais

Planilhas Eletrônicas EXCEL

Planilhas Eletrônicas EXCEL Planilhas Eletrônicas EXCEL Pasta de Trabalho Quando você inicia o excel ele automaticamente cria uma pasta de trabalho. Esta pasta de trabalho é um arquivo que pode ter até 255 planilhas. Cada planilha

Leia mais

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O WORD 03 - INSERIR TEXTO 04 - SALVAR UM DOCUMENTO 05 - FECHAR UM DOCUMENTO 06 - INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 07 - ABRIR UM DOCUMENTO 08 - SELECIONAR TEXTO 09 - RECORTAR,

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo O Tabnet, aplicativo desenvolvido pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), permite ao usuário fazer tabulações de bases de dados on-line e foi gentilmente cedido para disponibilização

Leia mais

MICROSOFT OFFICE EXCEL 2007

MICROSOFT OFFICE EXCEL 2007 LEIAME Nenhuma informação da APOSTILA - MICROSOFT OFFICE EXCEL 2007 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do autor. MICROSOFT OFFICE EXCEL 2007 Efetue cálculos, analise

Leia mais

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007 WORD 2007 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE TECNOLOGIA Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Microsoft Office Excel 2007

Microsoft Office Excel 2007 1 Microsoft Office Excel 2007 O Excel é um programa dedicado a criação de planilhas de cálculos, além de fornecer gráficos, função de banco de dados e outros. 1. Layout do Excel 2007 O Microsoft Excel

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

BrOffice Calc Avançado Módulo 05 ÍNDICE

BrOffice Calc Avançado Módulo 05 ÍNDICE ÍNDICE VÍDEO 1 Trabalhando com o BrOffice.org Calc VÍDEO 2 Criando estilos VÍDEO 3 Trabalhando com a função SE() VÍDEO 4 Usando funções matemáticas VÍDEO 5 Trabalhando com Cenários VÍDEO 6 Ordenando dados

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br

Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados e Cenários, Tabelas e Gráficos Dinâmicos, Macros e Programação VBA - Através de Exemplos

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1.

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. 1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. Partes da tela do Excel... Barra de fórmulas... Barra de status...

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

Descobrindo e analisando. Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Descobrindo e analisando. Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Descobrindo e analisando Qlik Sense 1.0.3 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik,

Leia mais

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel O Excel é um software de planilha eletrônica que integra o pacote dos produtos Microsoft Office, que pode ser utilizado para

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office.

O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office. EXCEL O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office. É composto das seguintes partes: Pasta de Trabalho um arquivo que reúne várias planilhas, gráficos, tabelas,

Leia mais

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato Introdução ao X3 Exercício 1: Criando um registro de Contato Inicie por adicionar um novo registro de Contato. Navegue para a tabela de Contato clicando na aba de Contato no alto da página. Existem duas

Leia mais

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros:

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Menu Notas Fiscais Entradas (não é um manual) Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Loja desejada. Fornecedor desejado (com marcas homologadas). Filtro para ignorar

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

APOSTILA DE EXCEL 2007

APOSTILA DE EXCEL 2007 APOSTILA DE EXCEL 2007 1. Introdução Quando você cria uma planilha nova, a tela do computador é dividida em linhas e colunas, formando uma grade. A interseção de uma linha e de uma coluna é chamada de

Leia mais

Informática para concursos 1

Informática para concursos 1 Informática para concursos 1 BrOffice.org Calc Conhecimentos gerais (teoria) Arquivo: Pasta de Trabalho (arquivo de planilhas) Extensão: ods (podemos salvar como pdf, xls e etc) Planilhas: 3 (padrão) Uma

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 01

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 01 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 01 Introduzindo Dados Com o Microsoft Excel é fácil introduzir informações numa planilha e mudar, excluir ou acrescentar dados. Você vai aprender a: - Abrir e salvar um arquivo

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Sumário. Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido.

Sumário. Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido. Sumário Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido. Introdução ao Project Um projeto é uma seqüência bem definida de eventos, com um início e um final identificável. O foco de um projeto é obter

Leia mais

Conteúdos dos Cursos de Excel

Conteúdos dos Cursos de Excel Conteúdos dos Cursos de Excel Excel 2007 - Nível 1 (Essencial) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que

Leia mais