CRISE HÍDRICA NA CONTRAMÃO DA RIOS, CACHOEIRAS E DUNAS VIVEM EM HARMONIA NO CENTRO DO BRASIL, EM JALAPÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRISE HÍDRICA NA CONTRAMÃO DA RIOS, CACHOEIRAS E DUNAS VIVEM EM HARMONIA NO CENTRO DO BRASIL, EM JALAPÃO"

Transcrição

1 ANO XII Nº 131 Fevereiro de 2015 Distribuição gratuita. IRRF Chegou o momento de prestar contas ao Leão VEÍCULOS Nova fórmula da gasolina e aumentos sucessivos de combustíveis requerem atenção de consumidores NA CONTRAMÃO DA CRISE HÍDRICA RIOS, CACHOEIRAS E DUNAS VIVEM EM HARMONIA NO CENTRO DO BRASIL, EM JALAPÃO

2

3

4 EDITORIAL GERALDO EUGÊNIO DE ASSIS Brasil de contrastes O antagonismo presente em nosso país está retratado nesta edição de Entrevias. A nação que enfrenta crise hídrica também abriga um deserto de águas. O Jalapão escolhido para ilustrar a reportagem especial de fevereiro é um local remoto, que fica no centro do Brasil e abriga uma riqueza aquática quase indescritível. O oásis assim conhecido tem uma harmonia sustentável entre a abundância de água, a secura do cerrado, a diversidade da fauna e da flora e uma população simples e acolhedora. Esse mesmo país que faz brilharem nossos olhos de tamanha beleza também nos angustia. O ano de 2015 começa repleto de adversidades para os brasileiros, e os profissionais do transporte rodoviário de cargas não se furtam de sentir os impactos: juros mais altos para a contratação de financiamentos, combustíveis em valores surpreendentes, economia estagnada e mercado financeiro desconfiado. Além disso, chega o momento de prestar contas do ano passado à Receita Federal. Em Finanças, acompanhe as novidades para a elaboração da Declaração Anual do Imposto de Renda e os reflexos do arrocho financeiro nacional para a sociedade. Ainda sobre combustíveis, apresentamos a nova formação da gasolina e esclarecimentos com o objetivo de oferecer a melhor relação custo-benefício aos leitores. Outra reportagem de destaque nesta edição é a liberdade característica das motocicletas. Usuários qualificados contam histórias desse meio de transporte que, por vezes, aparece com uma imagem pejorativa. Libertadora, independente e cada vez mais próxima de seus leitores. Assim, a Entrevias segue seu destino de exibir temas pertinentes. Envie sua carta para rua Cremerie, 216, Jardim Petrópolis - Betim/MG CEP: Expediente DIRETOR-GERAL/EDITOR Geraldo Eugênio de Assis DIRETORA-EXECUTIVA Tayla Assis EDITORA-CHEFE Cristina Guimarães REDAÇÃO Cristina Guimarães e Mariana Conrado GERENTE COMERCIAL Poliana Silva COMERCIAL Sabrina Bittencourt FINANCEIRO Mayra Assis e Fernanda Albergaria MÍDIAS SOCIAIS E EVENTOS Amanda Rodrigues FOTOS Arquivo Entrevias e Hilario José ARTE Augusto César WEB Agência Primore REVISÃO Daniele Marzano IMPRESSÃO Gráfica Del Rey TIRAGEM 10 mil exemplares TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reprodução total ou parcial de textos, fotos e artes é proibida sem autorização prévia. Entrevias não se responsabiliza por textos opinativos assinados. "As opiniões expressas nos artigos assinados são de responsabilidade de seus autores. Informes publicitários são de responsabilidade das empresas que os veiculam, assim como os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes." Entrevias, por meio de um mailling especial, chega a empresários e executivos de empresas de transporte de cargas e às principais redes de postos de combustíveis. Autoridades, entidades de classe, sindicatos, indústrias e órgãos governamentais também recebem a publicação. ASSINATURAS / ANUNCIANTES Minas Gerais Rua Cremerie, 216, Jardim Petrópolis - Betim/MG. CEP: (31) UMA PUBLICAÇÃO DA AUTOGESTÃO PUBLICIDADE E CONSULTORIA LTDA. CNPJ: / Rua Cremerie, 216, Jardim Petrópolis - Betim/MG CEP: Tel.: (31) Entrevias apoia: 4 Entrevias

5 CARTAS ENTREVIAS NA REDE O desafio desta edição foi com o tema ''dia chuvoso''. O vencedor foi David Gomes. Quer sua foto aqui também? Participe do desafio Entrevias. ENTREVIAS NO WHATSAPP Para estreitar nosso relacionamento com você, nosso leitor, a Entrevias está no Whatsapp. Envie suas fotos, notícias sobre o trânsito e sugestões e saiba, em primeira mão, tudo que acontece no trânsito da região. Caminhoneiros entram em greve contra os altos preços dos combustíveis Quer rever alguma matéria das edições anteriores? Simples! Acesse nosso site e confira todos os arquivos em versão gratuita

6 SUMÁRIO CAPA Água em abundância: no centro do Brasil, está um deserto repleto de riqueza hídrica 8 SAÚDE Andropausa sem preconceito: conheça mais essa fase da vida do homem 10 VEÍCULOS Gasolina apresenta nova fórmula, e consumidores devem atentar-se para o valor de comercialização dos combustíveis 14 VIOLÊNCIA Aplicativo da Polícia Civil de Minas Gerais possibilita registro de ocorrências de trânsito sem vítimas 30 SEGURANÇA Junto com a liberdade das motocicletas, está a preocupação com a direção cuidadosa 36 ESTRADAS z Pista molhada, atenção redobrada z Pedágios passam a ser cobrados a partir do trecho percorrido 30 Fotos: jalapao.to.gov.br / Divulgação Arquivo pessoal 16 FINANÇAS z Prepare-se para a declaração anual do Imposto de Renda da Pessoa Física z Administração de juros altos é desafio na gestão dos negócios 20 LEGISLAÇÃO Conselho Nacional de Trânsito (Contran) informa normas para o setor de transportes 6 Entrevias FOTO CAPA: jalapao.to.gov.br

7 SOLUÇÕES SOB MEDIDA. A Autoport oferece soluções sob medida a partir das necessidades de cada cliente. Como resultado, a empresa incorpora uma série de inovações tecnológicas em relação aos sistemas de transportes convencionais. Fazem parte dessas novas tecnologias: sistema eletro-hidráulico de elevação, carregamento e acomodação de veículos, suspensão pneumática, entre outras. Confiança reconhecida pelos clientes. Distribuição nacional de veículos 0 km Operação portuária Transporte de peças Gestão de pátios e armazenagem Serviços automotivos (PDI - Pre Delivery Inspection) Transporte de caminhões, chassis e ônibus sobre pranchas. Estrada dos Alvarengas, 5600, Assunção, São Bernardo do Campo (SP) (11) /

8 SAÚDE A partir dos 40 anos, homens também podem passar por um declínio de suas funções hormonais, assim como as mulheres, na menopausa; procurar ajuda médica e tratar é o melhor caminho para manter a qualidade de vida Não é somente com elas Você sabia que alguns homens, com o passar da idade, também entram em um período similar ao da menopausa? Dificuldade de concentração mental, variações de humor, irritabilidade emocional, alterações do sono, infertilidade, queda de libido e de pensamentos sobre sexo. Esses, dentre outros sintomas, podem parecer uma síndrome de mulheres na menopausa. Mas, desta vez, o assunto é saúde masculina. Quando o homem entra na faixa dos 40 anos, o principal hormônio masculino, conhecido como testosterona, pode ter uma diminuição para níveis abaixo dos limites mínimos aceitáveis, estando essa redução associada a sinais característicos da deficiência hormonal, explica Antônio de Moraes Júnior, chefe do Departamento de Andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Trata-se da andropausa, termo popular para Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino (Daem), também denominada Hipogonadismo Tardio do Adulto (HTA). Segundo o médico, no homem ocorre um decréscimo hormonal lento e gradativo, que o acompanha para sempre diferentemente da menopausa, em que há uma diminuição dos hormônios femininos, terminando, geralmente, em até cinco anos a contar de seu início. Estima-se que a Daem acomete uma em um grupo de cinco pessoas, ou seja, 20% dos homens irão passar por essa fase, revela. IMPACTOS NA QUALIDADE DE VIDA A testosterona cumpre um papel importante no desenvolvimento e na manutenção dos ossos e da massa muscular, sem contar que é um fator essencial na libido e tem efeito nos substratos da ereção. Nesse sentido, as repercussões da andropausa são significativas sobre o bem-estar e a saúde do homem. O declínio desse hormônio se manifesta clinicamente por meio de vários sintomas, desde os sexuais até os menos específicos, que se refletem nos desempenhos físico e mental. O especialista apresenta outros sinais: fadiga, disfunção erétil, redução do volume da ejaculação, aumento da gordura no interior de órgãos, perda do volume da massa muscular e fraqueza, menor crescimento da barba e queda de pelos, além de uma diminuição da densidade mineral óssea, o que possibilita o surgimento de osteoporose, facilitando o risco de fraturas. Se os sintomas não forem tratados, poderá haver agravamento do quadro. Por isso, a atenção à saúde deve ser constante, especialmente porque algumas 8 Entrevias

9 Doutor Antônio de Moraes Júnior, chefe do Departamento de Andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), explica o que é andropausa dessas alterações são vinculadas a outros fatores não necessariamente ligados à andropausa. O médico cita que existem outras doenças que podem ser confundidas com a Daem, como depressão, hipotireoidismo, obesidade, diabetes, estresse emocional e alcoolismo. Contudo, ele ressalta: É muito importante, sempre que houver qualquer suspeita, procurar uma avaliação médica, SBU/Divulgação alerta. O diagnóstico é efetivo a partir da avaliação clínica baseada nas narrações e nas queixas e de exames com a dosagem sanguínea da testosterona. TRATAMENTO A reposição da testosterona é uma opção de tratamento nos casos identificados. O objetivo é manter no sangue a concentração plasmática desse hormônio dentro de uma faixa considerada fisiológica, evitando-se obter níveis baixos ou elevados, explica o médico, que completa: A testosterona, ou suas formas, geralmente é empregada por via intramuscular, transdérmica (aplicação na pele) ou solução de testosterona diretamente nas axilas. Não recomendamos a apresentação oral por conta dos riscos de toxicidade no fígado. Ele ressalta que o tratamento deve ser realizado apenas pelo médico que acompanha o paciente, após a história clínica bem-dirigida e a realização de todos os exames pertinentes. O cuidado dessa terapia é necessário, pois existem algumas contraindicações e precauções para o emprego da testosterona, como casos de apneia do sono, de aumento do volume das mamas, de cânceres de mama e de próstata com doença ativa ou na suspeita, dentre outros. Ele orienta os homens que almejam a paternidade a não usarem a testosterona para tratar a Daem, pelo elevado risco de evoluírem com infertilidade. Quando indicada de uma maneira apropriada, a reposição da testosterona, para restabelecer os níveis fisiológicos, proporciona benefícios importantes à saúde masculina, corrigindo os sintomas e normalizando as funções de diversos órgãos e tecidos. E o doutor finalizada recomendando: A partir dos 40 anos, é essencial um acompanhamento médico pelo menos uma vez ao ano. O conselho se estende a amigos e familiares que convivem com homens que apresentam esses sinais. Todos devem considerar as reações e incentivar os cuidados com a saúde.

10 VEÍCULOS Gasolina em Combustível recebe nova dosagem de etanol e enfrenta alta em seu valor de comercialização pauta Ela disputa a atenção com a crise hídrica. Nos últimos dias, a gasolina tornou-se assunto comum em rodas de conversas, na mídia e nos mais variados contextos sociais. Não foi à toa. Além do reajuste no preço de comercialização dos combustíveis, a gasolina comum tem nova formação: a mistura do etanol anidro passa de 25% para 27%. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), com 27% de etanol, o consumo de combustível dos veículos vai aumentar em até 4%. O acréscimo do percentual de álcool anidro no derivado de petróleo 10 Entrevias

11 Montadoras de veículos e a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Única) acertam mudança da formação da gasolina comum Divulgação foi acertado entre as montadoras e a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Única), mas ainda depende de aval do governo. Haverá impacto no desempenho porque o álcool é menos energético do que a gasolina. Porém, afetará mais o consumo propriamente dito porque a reação natural do motorista será pisar mais no acelerador para compensar uma eventual redução no desempenho, explica Marcus Romaro, consultor automotivo e especialista em trânsito e segurança veicular. Assim, além de arcar com o reajuste dos combustíveis, que, em Belo Horizonte, chegou a 9,73% no caso da gasolina e a 7,07% no do álcool, de acordo com o site de pesquisas Mercado Mineiro, o proprietário de veículos automotores terá que voltar às bombas com mais frequência. QUESTIONAMENTOS Outro ponto polêmico da nova gasolina é que ela não se limita à alta no consumo, podendo causar problemas ainda maiores para os donos de carros movidos somente à gasolina, importados e antigos. Com o novo teor da mistura, esses veículos poderão apresentar deterioração nos componentes, dificuldades em dar a partida e falhas posteriores. Proprietários de motocicletas também devem enfrentar o mesmo contratempo. TIPOS DE GASOLINA O consultor automotivo Marcus Romano esclarece as principais diferenças entre as gasolinas: COMUM Praticamente igual em qualquer distribuidora. É o combustível basicamente bruto. Além do derivado de petróleo, recebe a adição de uma porcentagem de etanol anidro e contém enxofre em sua composição ADITIVADA Possui aditivos detergentes e dispersantes, além de anticorrosivos e antioxidantes, que desprendem a sujeira depositada e quebram suas partículas para que seja eliminada pelo sistema de combustão PREMIUM Como a aditivada, também possui aditivos em sua composição, porém a principal diferença está na octanagem, que consiste na resistência da gasolina à queima espontânea. Quanto maior a octanagem, maior a taxa de compressão do motor e, portanto, maior a eficiência Entrevias 11

12 VEÍCULOS Por isso, a Anfavea recomenda que os donos de veículos movidos exclusivamente à gasolina passem a abastecer seus carros com a gasolina premium, mais cara e mais difícil de ser encontrada, porém se trata de um combustível que mantém os 25% de adição de etanol anidro e tem índice antidetonante (IAD) de 91 octanas, contra o IAD de 87 octanas das gasolinas comum e aditivada. No Brasil, apenas a Petrobras oferece gasolina premium, conhecida como Podium, com o preço, em média, 40% mais caro que o da comum. ETANOL LIDERA Ao mesmo tempo, o aumento no preço do combustível levou o consumidor a fazer as contas na hora de abastecer. Além de considerar os valores cobrados após o reajuste, o motorista passou a analisar se o etanol é mais vantajoso. Basicamente, o cálculo é o preço do álcool dividido pelo da gasolina, cujo resultado deve ser menor que 0,7 (ou 70%). Essa proporção é baseada na comparação entre os poderes caloríficos dos combustíveis, contudo, depende muito da qualidade, do tipo de motor e/ou calibração, mas, principalmente, do tipo de aplicação privilegiando-se o consumo ou o desempenho, além das características intrínsecas de cada montadora. Serve, portanto, como um bom parâmetro de decisão, já que a preferência de cada cliente é que vai definir a escolha, afinal a gasolina privilegia a autonomia; já o álcool, o desempenho, detalha o especialista. Os postos de combustíveis observam o aumento de até 30% na procura por álcool. O preço médio da gasolina passou CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS NO BRASIL CRESCEU 5,28% NA COMPARAÇÃO ENTRE 2013 E 2014 As vendas de combustíveis no mercado brasileiro em 2014 totalizaram 144,575 bilhões de litros, o que representa um aumento de 5,28% em relação aos 137,323 bilhões de litros registrados em Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Houve aumento de 2,49% na comercialização de óleo diesel B, comparados os anos de 2013 e 2014: de 58,571 para 60,032 bilhões de litros. O aumento nas vendas de biodiesel foi de 16,45%: de 2,929 bilhões de litros em 2013 para 3,410 bilhões de litros em Esse crescimento se deve ao acréscimo do teor de biodiesel ao óleo diesel A, de 5% para 6%, em julho de 2014, e, de 6% para 7%, em novembro de A comercialização da gasolina C foi de 44,364 bilhões de litros, um aumento de 7,09% em relação aos 41,428 bilhões de litros em Além disso, o consumo de etanol hidratado, que havia sido de 11,755 bilhões de litros em 2013, aumentou para 12,994 bilhões de litros em 2014, o equivalente a um crescimento de 10,54%. O etanol total (soma do anidro com o hidratado) teve elevação de 12,33% em 2014 frente a 2013, passando de 21,441 bilhões de litros para 24,085 bilhões. Ainda segundo os dados divulgados pela ANP, as vendas de gás liquefeito de petróleo (GLP) aumentaram 1,26%, de 13,276 bilhões de litros para 13,444 bilhões. O querosene de aviação (QAV) teve sua comercialização elevada em 3,40%, indo de 7,225 a 7,470 bilhões de litros. No óleo combustível, houve alta de 24,14%, de 4,990 para 6,195 bilhões de litros. O gás natural veicular (GNV), por fim, apresentou redução de 3,23% do volume comercializado, passando de 5,125 milhões de m³/dia para 4,960 milhões de m³/dia.

13 GASOLINA PREMIUM Fabricantes estão concluindo os testes de confiabilidade de seus carros monocombustíveis (gasolina) com 27% de etanol. Somente a partir da conclusão desses ensaios, haverá um posicionamento oficial a respeito da viabilidade de se usar esse tipo de gasolina nos veículos. Contudo, indicativos mostram alguns modelos zero quilômetro que deverão ser abastecidos exclusivamente com gasolina premium: Golf TSI e GTI Jettta TSI 2.0 Turbo Fusca Passat / Passat Variant / Passat CC Fusion Titanium EcoBoost 2.0 Turbo / Fusion Hybrid Fiat 500 Abarth Fiat Bravo T-Jet Fiat Punto T-Jet Audi: todos os modelos de carros e SUV BMW: todos os modelos, exceto os BMW 320i Active Flex e BMW 328i Active Flex Hyundai i Hyundai Azera Hyundai ix35 Camaro Captiva Camry Kia: todos os modelos, exceto Picanto Flex, Cerato Flex, Kia Soul Flex e Kia Sportage Flex Honda Civic Si Honda CR-V Honda Accord Peugeot 408 THP Peugeot 3008 Peugeot RCZ Citroen DS3 / DS4 / DS5 de R$ 2,939 para R$ 3,225, conforme dados obtidos no site Mercado Mineiro. O reajuste se deve ao aumento dos impostos PIS e Confins, que, juntos, passaram a corresponder a R$ 0,22 para o litro da gasolina e a R$ 0,15 para o do diesel. No caso do etanol, que não teve alteração de imposto, a alta é de 7,07% - o valor médio era de R$ 2,165 e passou a ser de R$ 2,318. Com o aumento da procura e a entrada da gasolina com percentual de álcool maior no mercado, o receio é que a demanda em alta afete a oferta de álcool. Além disso, em dezembro do ano passado, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou projeto que reduz a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o etanol combustível de 19% para 14%. Para compensar a perda fiscal, o mesmo projeto aumenta a alíquota do imposto sobre a gasolina de 27% para 29%. Uma consideração importante: evite deixar o tanque na reserva. Como a bomba de combustível é refrigerada pelo próprio produto, as impurezas que, eventualmente, depositam-se no fundo do tanque podem ser captadas pelo pescador da bomba, causando entupimentos e falhas no motor ao chegarem ao sistema de admissão. Além disso, quanto mais ar houver no tanque de combustível, maior será a evaporação e, consequentemente, haverá perda do produto. Por isso, o ideal é manter o tanque sempre o mais cheio possível ou, pelo menos, completá-lo quando ele estiver pela metade, especialmente no caso de pessoas que rodam pouco com o veículo, orienta o consultor automotivo.

14 VIOLÊNCIA Divulgação Aplicativo da Polícia Civil permite a solicitação de BO de acidente de trânsito sem vítimas Polícia Civil de Minas Gerais lança aplicativo da Delegacia Virtual; tecnologia possibilita registro de acidente de trânsito sem vítimas pelo celular e por outros dispositivos móveis Boletim de ocorrência em mãos Estar envolvido em um acidente no trânsito, por menor que seja, é sempre sinônimo de transtorno. Pode- -se pensar no estresse e no susto com o imprevisto e também no desgaste com a resolução dos processos, a começar pelo deslocamento até um posto e a espera pelo atendimento. Essa última parte, pelo menos, está mais amena. A Polícia Civil de Minas Gerais lançou, em 20 de janeiro, o aplicativo Delegacia Virtual para celulares e dispositivos móveis compatíveis com o sistema operacional Android. A plataforma permite que os cidadãos registrem, em qualquer lugar do Estado, a qualquer hora, acidentes de trânsito que não ocasionaram mortos e feridos. O novo recurso disponibiliza ainda informações de localização por meio do Sistema de Posicionamento Global (GPS, sigla em inglês) e possibilita acesso à câmera fotográfica do aparelho para anexar imagens e filmes. De acordo com a gerente da Delegacia Virtual, Katarina Jabbur, a inovação é vanta- 14 Entrevias

15 josa para a população e para a Polícia Civil. Além de tornar o serviço mais prático para as pessoas, pois, em casos simples, elas não precisam mais comparecer a uma unidade para solicitar o boletim de ocorrência (BO), o dispositivo agiliza o preenchimento de dados. Um dos objetivos é reduzir o fluxo de demandas presenciais, explica. UNIDADE ONLINE O aplicativo é a versão do site da Delegacia Virtual, implementado em abril de A página da web permite registrar acontecimentos sem relevância criminal. Além de acidentes de veículos sem vítimas, é possível fazer notificação de perda e/ou extravio de documentos e de objetos pessoais, bem como de desaparecimento e/ou localização de pessoas, e de casos considerados simples, como danos ao patrimônio privado, destruição de bens, depredações e pichações. Pela web, é possível, ainda, acompanhar o trâmite das ocorrências. De acordo com Katarina, essas demais modalidades da página serão inseridas gradativamente no modelo mobile. A Polícia Civil de Minas informa que, até o início de fevereiro deste ano, ocorrências foram registradas pela Delegacia Virtual. Dessas, foram de acidentes de trânsito sem vítimas, de extravio de documentos, de extravio de objetos pessoais, 148 de comunicação de pessoa perdida ou desaparecida e 277 de danos simples. DELEGACIA VIRTUAL DETRAN/MG DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE MINAS GERAIS POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS O registro de ocorrência na Delegacia Virtual, tanto na versão web quanto na mobile, pode ser realizado por pessoas maiores de 18 anos. O cadastro é intuitivo e deve ser feito por meio do preenchimento dos formulários apresentados em sequên- APP DELEGACIA VIRTUAL Para baixar: Google play em breve, o dispositivo será compatível também com o IOS, sistema operacional da Apple. Cadastro de ocorrência: criação de um perfil pessoal e preenchimento completo de formulários apresentados gradativamente na tela. Análise do registro no sistema pela equipe da polícia. Confirmação: mensagem via orientando a como acessar e fazer a impressão do BO. cia na tela. No aplicativo, o usuário cria um perfil e não precisa preencher os dados pessoais em ocorrências futuras. Após o envio das informações do acontecimento, o caso é analisado por uma equipe da Delegacia Virtual e, assim que ele é validado, o usuário recebe uma mensagem por contendo um link para acessar e imprimir o boletim de ocorrência. O documento tem o mesmo valor que um registro presencial. O BO pode ser usado, por exemplo, para fins de acionamento da seguradora.

16 FINANÇAS Radiografia financeira Receita Federal do Brasil apresenta novas regras da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2015 do contribuinte Foi dada a largada para os milhões de contribuintes em todo o Brasil organizarem comprovantes de rendimento, recibos de despesas médicas e escolares, dentre outros documentos, para fazerem a sua declaração para a Receita Federal do Brasil. As pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ ,55 em 2014 devem declarar. Esse valor foi corrigido em 4,5% em relação ao do ano anterior. Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado também precisam entregar a declaração (veja no quadro outras necessidades de declaração). As regras deste ano trazem um controle maior sobre os contribuintes que declaram pagamento de serviços com médicos, escolas e doações e também sobre quem possui dependentes entre 18 e 21 anos. SXC/Divulgação ABATIMENTOS Neste ano, também foi corrigido o valor do desconto-padrão de 20% da declaração simplificada, limitado a R$ ,89. O limite por dependente passou para R$ 2.156,52, e o limite anual com despesas de educação agora é de R$ 3.375,83. O abatimento para empregado doméstico está limitado a R$ 1.152,88, e somente os contribuintes que fizerem a declaração completa terão direito a essa redução. Poderão ser abatidas integralmente da renda bruta despesas com médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, exames em laboratórios, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos, próteses dentárias e ortopédicas. Não há limite fixo para os gastos com saúde, no entanto, valores muito altos tendem a ficar na malha- -fina por fugirem dos parâmetros estabelecidos pelos computadores da Receita. A orientação é ter o arquivamento da nota fiscal de todos os pagamentos e despesas em hospitais. 16 Entrevias

17 Em caso de dúvidas no lançamento dos dados e na interpretação dos eventos econômicos e financeiros, o ideal é que o contribuinte procure um especialista (contabilista ou advogado tributarista), evitando divergências com as informações disponibilizadas pela Receita Federal. A pessoa física pode optar pela dedução, na Declaração de Ajuste Anual, das doações em espécie aos fundos controlados pelos conselhos nacional, distrital, estaduais e municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, devidamente comprovadas, efetuadas entre 1º de janeiro e 30 de abril de 2014, desde que limitadas a 3% do imposto devido, observado o limite global de 6% do imposto devido para as deduções de incentivo, inclusive aquela relativa aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente para doações realizadas no curso do ano-calendário. TECNOLOGIA COMO ALIADA O prazo para a entrega neste ano vai de 2 de março a 30 de abril. O pagamento do imposto devido pode ser agendado, seja em cota única, seja parcelado em até oito vezes. O acerto pode ser feito por meio de débito automático em conta corrente. Para isso, é necessário enviar a declaração até o dia 31 de março. Enquanto o prazo de entrega da declaração não chega, a Receita Federal disponibilizou um aplicativo em que as informações podem ser rascunhadas. Uma das novidades deste ano, a iniciativa pode facilitar a remessa dos dados. Nesse ambiente, o contribuinte informa pagamentos e recebimentos realizados durante todo o ano. Ao longo do período de entrega, essas informações poderão ser importadas para a declaração. O aplicativo está disponível para acesso no endereço Outra novidade é a possibilidade de remessa dos dados diretamente pelo site EM DIA COM O LEÃO DEVE DECLARAR z Quem obteve, em qualquer mês de 2014, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas. z Quem teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2014, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil. Esse é o mesmo valor que constava no IR 2014 (relativo ao ano-base 2013). z Contribuintes que passaram a ser residentes no Brasil, em qualquer mês, e nessa condição se encontravam em 31 de dezembro de z Quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente no ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais para adquirir imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contados da celebração do contrato de venda. z Quem teve, no ano passado, receita bruta no valor superior a R$ ,75 oriunda de atividade rural. No IR de 2014, relativo ao ano-base 2013, a quantia era de R$ ,50. z Quem pretende compensar, no anocalendário de 2014 ou em posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou mesmo de da Receita Federal, sem a necessidade de baixar aplicativos. Assim, o contribuinte pode fazer a declaração de modo online, por meio do e-cac, acessado com certificado digital. As novas regras não obrigam mais os contribuintes a fornecerem o número do recibo da declaração do ano anterior, contudo, essa informação agiliza o processamento da declaração. Outra medida que pode ter um forte impacto é a obrigatoriedade de informar o CPF dos dependentes acima de 18 anos. No ano passado, isso já era exigido de quem tinha dependentes acima de 21 anos. TRANSPORTADOR Uma recomendação especial para caminhoneiros autônomos é a importância de buscarem os informativos de rendimentos nas empresas para as quais prestaram serviços de transporte no ano passado, a fim de que não corram o risco de não receberem esses dados. Já os empresários do setor de transporte devem ficar atentos ao valor a ser declarado como retirada pro-labore retribuição recebida pelo trabalho realizado, pois ele é informado como rendimento. Ou seja: se o valor for muito baixo durante o ano, a declaração ficará com pouco rendimento, havendo a possibilidade de se fazer distribuição de lucros para complementar o valor retirado. A malha fiscal, popularmente conhecida como fina, é a revisão sistemática de todas as declarações dos modelos completo e simplificado, efetuada de forma eletrônica. Nessa análise, são realizadas diversas verificações dos dados declarados pelo contribuinte e efetuados os cruzamentos das informações com os demais elementos disponíveis nos sistemas da Receita Federal. Segundo esse órgão, cerca de 500 mil contribuintes caem, todos os anos, na malha-fina. Desse total, 10% são declarações que apresentaram falta de qualidade nas informações fornecidas ao fisco. No site da Receita Federal, o contribuinte consegue se orientar sobre a elaboração da declaração, o pagamento de quotas e o recebimento de restituição, além de poder assistir a tutoriais com explicações. Fonte: Entrevias 17

18 FINANÇAS Juros: para o alto e avante Clima de insegurança financeira reflete-se nas taxas e nas regras de programas de incentivo ao transporte rodoviário de cargas OBanco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BN- DES) elevou as taxas de juros e reduziu a parcela financiável de bens do Programa de Sustentação de Investimentos (PSI) e do Procaminhoneiro, voltado para a renovação da frota. Ambos os programas de concessão de crédito que beneficiam empresas de transporte e transportadores individuais refletem o comportamento do mercado frente à instabilidade financeira. Dadas as perspectivas de queda da atividade econômica e das amarras burocráticas na concessão de crédito pelo banco, o aumento da taxa de juros e a redução dos prazos e da participação do valor financiável somente agravam o quadro para os transportadores. Segundo a Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador 2014 (Fase 2), divulgada, no fim do ano passado pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), 61,4% dos transportadores rodoviários pretendiam usar recursos dos programas de financiamento do BNDES para a aquisição de novos veículos. Em entrevista à Entrevias no mês de dezembro, o diretor executivo da CNT, Bruno Barreto, ressaltou que foi apresentada uma nova proposta de renovação da frota: Mostramos uma sugestão mais lapidada e tivemos o retorno positivo. Aguardamos a formalização para a implementação ARROCHO PROCAMINHONEIRO No Procaminhoneiro, que concede crédito a pessoas físicas, empresários individuais e microempresários para a compra de equipamentos novos e usados, com até 15 anos desde a data de fabricação, a taxa fixa passou de 6% para 9% ao ano. De acordo com o BNDES, até 70% do valor dos itens pode ser financiado. O prazo máximo para pagamento é de oito anos, incluída carência de até seis meses. PSI Nas linhas de financiamento do PSI destinadas ao setor de transporte, as novas taxas de juros variam de 6,5% a 10% ao ano. O prazo máximo para pagamento é de dez anos, com carência mínima de 3 e máxima de 48 meses, podendo variar de acordo com o produto e com o perfil de quem requerer o benefício. O crédito pode ser utilizado para pagar até 70% do valor dos bens, segundo as novas regras do BNDES. Em ambos os casos, a parcela financiável pode ser ampliada para 90% do preço total, com taxas de juros diferenciadas. 18 Entrevias

19 "A alta dos juros atrapalha demasiadamente a economia do país, e sentimos os reflexos no transporte de cargas. O momento é delicado, e o governo precisa implementar soluções para oferecer sustentabilidade financeira para todos os mercados, pois - caso nada aconteça - viveremos um ano de recessão." Carlos Roesel, presidente do Sindicato dos Cegonheiros do Estado de Minas Gerais (Sintrauto) de uma política mais ampla. Também será um momento oportuno de se promover uma reestruturação gerencial, visando otimizar e oferecer eficiência na alocação de recursos públicos. Isso é necessário para trazer confiança ao setor de transporte. IMPACTO DIRETO Contudo, as atuais medidas apresentadas vão de encontro à expectativa. Além disso, a volta da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre os combustíveis, anunciada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e a elevação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) causam preocupação do setor com relação ao preço do frete. O impacto imediato das alíquotas de PIS e Cofins sobre o diesel foi de R$ 0,15 por litro, e as transportadoras deverão repassar esse aumento aos clientes.

20 LEGISLAÇÃO Novas (ou antigas?) normas Conheça as principais legislações, aprovadas no início deste ano, que impactam o setor de transporte rodoviário de cargas Junto com o aumento de impostos, do valor do combustível, da estagnação dos negócios e da possibilidade de repasse dos custos decorrentes do contexto financeiro aos clientes, os profissionais do transporte rodoviário de cargas devem se preparar para a implementação de normas apresentadas pelos órgãos legisladores. Nas próximas páginas, a Entrevias apresenta as principais leis que afetam as atividades do setor. FREIOS DOS VEÍCULOS O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), considerando a necessidade de atualização do regulamento referente ao sistema de freios de veículos frente à publicação de novas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), estabelece, por meio da Resolução 519/2015, que todo veículo automotor, elétrico, reboque, semirreboque com peso bruto total superior a 750 kg, novo, nacional ou importado, deverá atender aos requisitos mínimos de desempenho do sistema de freios estabelecidos para cada tipo de veículo pelas atuais regras da ABNT, descritas nessa resolução. 20 Entrevias

21 A resolução pontua ainda que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) poderá, a qualquer tempo, solicitar às empresas fabricantes, importadoras, transformadoras ou encarroçadoras de veículos a apresentação dos resultados de ensaios que comprovem o atendimento das exigências estabelecidas nessa norma. Essa legislação revoga a Resolução 777/1993 do Contran e entrou em vigor na data de sua publicação, no dia 29 de janeiro deste ano. PLACA BIPARTIDA O Contran publicou ainda, também em 29 de janeiro, a Resolução 520, que estabelece requisitos mínimos para a circulação de veículos com dimensões excedentes aos limites definidos, incluindo desde Combinações de Veículos de Cargas (CVCs), como rodotrem, bitrem e treminhão, a veículos usados no transporte de cargas indivisíveis excedentes em peso e/ ou dimensões. A mudança mais notável na norma é a possibilidade do uso de placas de sinalização de advertência bipartida, há muito solicitada por representantes do segmento. O artigo 7º da resolução diz: Excepcionalmente, os caminhões reboques e semirreboques equipados com rampa de acesso poderão portar, na parte traseira, sinalização especial de advertência seccionada ao meio (bipartida) constante do anexo IV desta resolução. Essa legislação revoga a Resolução 603/82 e entrou em vigor na data de sua publicação. EXAME TOXICOLÓGICO O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu novo prazo para a exi- SINALIZAÇÃO ESPECIAL DE ADVERTÊNCIA TRASEIRA DO TIPO BIPARTIDA ESPECIFICAÇÕES: Placa metálica ou de madeira de boa qualidade, possuindo faixas inclinadas de 45 da direita para a esquerda e de cima para baixo, com adesivo refletivo nas cores preta e laranja alternadamente, com espaçamento máximo de 3 cm entre as duas partes. COMPRIMEN TO LARGURA máx. 3 cm m m Fonte: Resolução 520/2015 gência do exame toxicológico aos motoristas que irão obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para as categorias C, D e E. A medida foi publicada no dia 30 de janeiro, por meio da Resolução n 517/2015 do Contran. A partir do dia 30 de abril, esses profissionais serão obrigados a se submeter a exame toxicológico, que tem como objetivo identificar o uso de substâncias psicoativas no organismo e oferecer mais segurança no trânsito em relação ao transporte de cargas e vidas. O custo varia de R$ 270 a R$ 290. De acordo com a resolução, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) deverá credenciar os laboratórios aptos a realizar as análises laboratoriais toxicológicas, que podem ser feitas pelo fio de cabelo ou pelas unhas. O exame consegue detectar diversos tipos de drogas e seus derivados, como cocaína, maconha, morfina, heroína, ecstasy, ópio, codeína, anfetamina e metanfetamina (rebite), usados em um período de três meses. Segundo o Contran, a constatação da substância psicoativa não significa, necessariamente, o uso ilícito ou dependência química, já que muitas das substâncias são encontradas em diversos medicamentos. Sendo assim, a quantidade e a duração do uso identificadas no exame deverão ser submetidas a um médico, que emitirá um laudo final de aptidão do candidato a condutor.

22 CAPA 22 Entrevias

23 Fotos: jalapao.to.gov.br / Divulgação Dunas douradas e poços borbulhantes compõem o local ainda pouco explorado no centro do Brasil, possibilitando um mergulho em belezas naturais e em aventuras sustentáveis Otubérculo típico da região, o jalapa- -do-brasil, inspira o nome de um dos locais mais remotos do país: Jalapão. Localizada no centro do Brasil, no Estado do Tocantins, a região abriga um paraíso natural de beleza única. Em plena mata de transição entre o cerrado e a caatinga, onde predomina uma vegetação rasteira, similar às savanas, surgem cachoeiras, rios de águas cristalinas, corredeiras, grandes chapadas e formações rochosas de cores e formas variadas. Nesse cenário, destacam-se ainda dunas de areias douradas, com até 30 metros de altura, o que levou o lugar a ser chamado de deserto do Jalapão. Seria um deserto se o Jalapão não fosse também um paraíso das águas e um local onde a presença de flores e animais exóticos salta aos olhos. Em 2001, tornou-se uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza: o Parque Estadual do Jalapão, com uma área de mais de quilômetros quadrados, divididos entre os municípios de Mateiros e São Félix do Tocantins. Sua posição estratégica possui continuidade com a Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins e o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba. JALAPÃO JÁ FOI MAR A aridez do cerrado se contrasta com a beleza das cachoeiras, dos lagos e dos fervedouros que agraciam seus visitantes e fez com que o parque ficasse conhecido como deserto das águas. Mas esse título, na verdade, razões pré-históricas: estudiosos afirmam que, há 350 milhões de anos, o Rio Novo, que perpassa toda a região, era um grande oceano. Com as mudanças climáticas e atmos- Entrevias 23

24 CAPA féricas sofridas pelo planeta, o mar foi se afastando e deixando um rastro de riqueza biológica que a sedimentação marinha (mar), eólica (ventos), lacustre (lagos) e fluvial (rios) moldou ao longo dos milênios. Como resultado, são visíveis as montanhas de pedra que tomaram a forma de ruínas de antigas e gigantescas edificações. A Serra do Gorgulho, onde grandes blocos de pedra apontam para o céu, tem um dos visuais mais pitorescos da região. A origem geológica dessa parte do Jalapão é muito remota: entre o chamado Siluriano/ Devoniano e o Cretáceo, com idade entre 395 e 65 milhões de anos. Os antigos habitantes são os índios Acroás. Extintos no século XVIII, não há muitos estudos sobre eles. A ocupação da região ocorreu posteriormente, por migrantes nordestinos e por vaqueiros que transportavam gado. No local, também houve exploração de látex das mangabeiras. RIQUEZA DA DIVERSIDADE A secura e as belas paisagens asseguradas por suas águas possibilitam uma harmonia única. O cerrado mostra toda a sua exuberância, com as raízes dos muricis e dos pequis, longas de propósito, enfiando- -se na areia em busca da água fresca depositada em bolsões ocultos nas profundezas dos cristais de quartzo do solo. Nesses lençóis, acumula-se a água que cai farta entre outubro e março e é filtrada pelas areias finas até se formar o subsolo desse oásis dentro do cerrado, que é o Jalapão. Nasce também da harmonia ambiental o capim-dourado, espécie de sempre- -viva da família Eriocaulaceae. A palha se transforma em peças de artesanato, como pulseiras, brincos, chaveiros, bolsas, cintos, vasos, itens de decoração, dentre outras, que, da cor do ouro, brilha e ganha mercados para fora do Brasil. Para que não entre em extinção, o capim-dourado pode ser colhido somente entre 20 de setembro e 20 de novembro. A colheita é regulamentada por lei, que proíbe a saída do material in natura da região, sendo essa permitida apenas em peças já produzidas pela comunidade local. O objetivo é promover a sustentabilidade ambiental, social e econômica da região. O capim-dourado contribui para a exuberância do Jalapão e para a sustentabilidade da região 24 Entrevias

25 A fauna regional é bastante diversificada e caracterizada por apresentar animais de pequeno, médio e grande portes ACOLHIMENTO Uma das portas de entrada do Jalapão é Novo Acordo, um vilarejo de pouco mais de habitantes, que vive da pecuária, de alguma agricultura e de um pequeno comércio. Pelas ruas, a população, de baixa renda, anda de bicicletas, velhíssimas caminhonetes adaptadas a gás de botijão, a pé ou a cavalo. O sol forte a temperatura normalmente é alta, girando em torno de 30 graus e as condições rústicas de vida não furtam o acolhimento e a simpatia do povo. A simplicidade e o carisma são diferenciais da população local, que oferece serviços como hospedagem, alimentação e orientação turística. LUGAR REMOTO Ao mesmo tempo, interessante pontuar que é possível passar dias no Jalapão sem ver uma única pessoa. A densidade populacional é de 0,8 hab/km². Entrevias 25

26 CAPA A fauna regional é bastante diversificada e caracterizada por apresentar animais de pequeno, médio e grande portes, destacando-se alguns mamíferos: onças, veados, antas, raposas, lobos-guará, tamanduás, macacos, porcos-queixada, catetus, cutias, pacas, capivaras, tatus. Entre as aves estão arara, papagaio, periquito, ema, siriema, anu, pássaro-preto, urubu, urubu-rei, perdiz, juriti, tucano e quero-quero. Cobras, camaleões, sapos, pererecas e rãs são representantes dos répteis e dos anfíbios, e os principais peixes da região são piabinha, caranha, jaú, mandin, pacu, traíra, piau, piaba, surubim e barbado. ECOTURISMO A sintonia entre a fauna, a flora e a população local oferece um ambiente pro- 26 Entrevias

27 pício para o ecoturismo. Aos praticantes do rafting descida em rios utilizando-se botes, as corredeiras do Rio Novo propiciam aventura até para quem não sabe nadar, pois são ora turbulentas, ora tranquilas. Há duas opções. Uma são os longos percursos, de até quatro dias, em que é possível conhecer cachoeiras de alto nível de dificuldades e fazer paradas nas pequenas praias de areia branca e fina que se formam nas margens do rio. Outra opção, mais rápida, escolhida pela maioria dos turistas, dura três horas de descida (seis quilômetros). A melhor época para praticar o rafting é de maio a setembro, período de seca no Tocantins, quando as estradas de acesso ao Jalapão estão em melhores condições de tráfego. ABUNDÂNCIA HÍDRICA Alimentada pelo Rio Novo, a Cachoeira da Velha é a maior do Jalapão e uma de suas principais atrações. Nela, as águas correm em grande quantidade, despencando por duas quedas em formato de ferradura, cada uma com mais de 20 metros de largura. Entrevias 27

28 CAPA Após se deslumbrar com a exuberância da Cachoeira da Velha, uma boa pedida é percorrer uma trilha, de aproximadamente uma hora, até a Prainha, um lugar bastante agradável, com sombra e águas doces e mansas, cercado por matas de galeria. Alguns dos visitantes do Jalapão encontram na Prainha o local ideal para acampar, onde podem passar momentos mais duradouros em contato com a natureza. Outros se contentam em banhar-se em suas águas, apreciando a beleza do cenário. Já a Cachoeira do Formiga é uma pequena queda d`água, cercada por uma vegetação exuberante, de árvores altas, samambaias e moitas de palmeiras nativas. Mas o espetáculo mesmo fica por conta da piscina formada ao pé da cachoeira, onde águas de um verde-esmeralda encantador convidam para o mergulho. Além disso, surge em meio à vegetação fechada, entre brejos e riachos, um lugar de rara beleza, rodeado por bananeiras. No centro do Fervedeuro, está um grande poço de água azul transparente, que é a nascen- 28 Entrevias

29 te de um rio subterrâneo. A água que brota das areias claras cria o fenômeno da ressurgência, que torna impossível até o banhista mais persistente afundar. DUNAS Outro cenário um tanto inesquecível é repleto por enormes dunas de areia dourada (areia de quartzo), de até 30 metros de altura. Elas estão em constante movimento, guiadas pelos ventos. Ao seu redor, está a Serra do Espírito Santo, de formação arenosa, cuja erosão é causada pela ação dos ventos., originando as dunas. Essa serra é o cartão-postal da região, que abriga um mirante, de cujo cume, após uma hora de caminhada, é possível ter uma visão privilegiada de toda a região. O topo da serra é uma grande área plana, que lembra uma imensa mesa elevada. É o local ideal para apreciar as paisagens e os horizontes do Jalapão. COMO CHEGAR O ponto de partida é Palmas, a 180 quilômetros de Jalapão. Dessa capital, seguem-se 64 quilômetros, pela rodovia TO-050, até Porto Nacional, e, depois, 116 quilômetros, pela TO-255, até Ponte Alta do Tocantins, considerada a entrada do Jalapão. Outra opção de acesso ao local é sair de Palmas pela TO-020, sentido Norte (108 km de extensão), com entrada para Novo Acordo. Também se pode trafegar pela TO- 030 (100 km de extensão), interligação com Taquaruçu e Santa Tereza do Tocantins. PARA AMANTES DA NATUREZA O Jalapão é, ao mesmo tempo, acolhedor e hostil. Deve se embrenhar nesse território somente quem é amante da natureza pura e primitiva, quem gosta de aventura e tem, no mínimo, dez dias disponíveis, de preferência entre os meses de abril e setembro. Para a visita, é obrigatório estar em um veículo com tração nas quatro rodas e carregar combustível, pois quase não há postos nas estradas. Mapas, protetor solar, cantil, barraca, mantimentos e remédios completam a tralha imprescindível.

30 SEGURANÇA Fotos: Arquivo pessoal Máquina em Pilotar motocicletas pode ser emocionante e seguro ao mesmo tempo; para isso, é preciso obedecer aos requisitos fundamentais de bom comportamento e respeito no trânsito Sensação de liberdade, diversidade de modelos, potência em seu controle, agilidade, equipamentos e, até mesmo, barulho. Esses são alguns dos motivos que explicam o fascínio de Renato Amarante por motocicletas. Ele gosta do veículo praticamente desde criança: Sempre foi meu brinquedo, tanto para desmontar e montar quanto para andar, conta o diretor de negócios e tecnologia web. Para ele, essa paixão é como se fosse genética, permanecendo por gerações. O gosto iniciado pelo meu avô está muito forte em mim. Já utilizei para esporte, mas, atualmente, uso para lazer, viagens, além de ser meu principal meio de locomoção diário. Quatro rodas somente quando a chuva aperta ou levo mais pessoas, diz explicando a preferência: É algo muito próximo do corpo e da mente. Um carro te abraça, mas a moto é você quem a abraça. Dono de quatro motos, que ganham nomes de mulheres Verônica, Kátia Flávia, Olívia e Michelle, Renato enfati- 30 Entrevias

31 suas mãos Luciano com motociclistas do HOG: sempre que o grupo se reúne, são ressaltados procedimentos e atitudes indispensáveis para um passeio seguro za que o que mais o encanta é o objeto em si. Em segundo lugar, a pilotagem, os equipamentos e acessórios, ter a máquina totalmente em seu domínio e poder sentir cada detalhe (suspensão, freios, correia, engrenagens). Conta ainda o fato de a moto levá-lo a lugares maravilhosos. Frequentemente, ele passeia pelo interior de Minas Gerais sobre duas rodas e também gosta de ir a cidades praianas, subir montanhas e dunas, desbravar novos destinos e até se aventurar pelas estradas do exterior. Ao mesmo tempo, testar uma moto com maior potência em pista apropriada é fantástico! Motocicletas são versáteis e nos dão infinitos prazeres. Sem contar as oportunidades de encontros, de reunir velhos amigos e fazer novos, compartilhando esse estilo de vida. É para isso que existem movimentos como o Harley Owners Group (HOG), da concessionária oficial Harley Davidson, maior grupo de motociclistas patrocinados por uma montadora do mundo, com mais de 1 milhão de associados em mais de 120 países. O HOG tem a proposta de cultivar e multiplicar amigos, promovendo eventos, desde um simples passeio a diversas ações sociais e filantrópicas. SEGURANÇA Impossível desassociar motocicletas de cuidados redobrados. Nossa filosofia é a segurança e o prazer de pilotar em primeiro lugar, afirma Luciano Silva, diretor do HOG Belo Horizonte Chapter. Segundo Entrevias 31

Física. Pessoa IMPOSTO DE RENDA. c o n t a b i l i z e. É hora de acertar as contas com o Leão

Física. Pessoa IMPOSTO DE RENDA. c o n t a b i l i z e. É hora de acertar as contas com o Leão IMPOSTO DE RENDA Distribuição Gratuita Pessoa Física É hora de acertar as contas com o Leão CONTRATE UM PROFISSIONAL E EVITE PROBLEMAS Entre em contato conosco 47 3028-1483 contabilize@contabilizesc.com.br

Leia mais

CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO.

CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO. Porto Alegre, 17 de fevereiro de 2012 Sr. Cliente: CHEGOU A HORA DE ACERTARMOS AS CONTAS COM O LEÃO. No período de 01 de março até 30 de abril de 2012, a RFB estará recepcionando as Declarações do Imposto

Leia mais

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 13/2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015. IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2014 Prezado cliente, No dia 03 de fevereiro de 2015 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 09/2012 São Paulo, 10 de Fevereiro de 2012. IRPF 2012 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2011 Prezado cliente, No dia 06 de Fevereiro de 2012 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

IRRF/ 2014. Instalar o programa da Receita Federal. WWW.receita.fazenda.gov.br. Nova. Após abrir declaração (importação/nova)

IRRF/ 2014. Instalar o programa da Receita Federal. WWW.receita.fazenda.gov.br. Nova. Após abrir declaração (importação/nova) IRRF/ 2014 Instalar o programa da Receita Federal WWW.receita.fazenda.gov.br Nova Tenho Anterior Após abrir declaração (importação/nova) Durante a importação o programa 2013 traz também os pagamentos efetuados.

Leia mais

b) receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.

b) receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40. Vitória/ES, 23 de fevereiro de 2013. ORIENTAÇÕES PARA DECLARAÇÃO DO IRPF 2013 A partir do dia 1º março a Receita Federal começa a receber a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física.

Leia mais

CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009

CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009 CONFIRA COMO ENVIAR A DECLARAÇÃO DO IR 2009 Passo 1 - Tipo de declaração Nesta tela, o contribuinte escolhe se deseja fazer a declaração de ajuste anual, para prestar conta sobre seus rendimentos e despesas

Leia mais

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas.

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? de 0 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Vida e. Março de 0 de 0 Foi dada a largada para o acerto de contas

Leia mais

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência Março de 2013 Especial IRPF 2013 Chegou a hora de declarar o IR2013 >> Fique por dentro >> Onde informar

Leia mais

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 Regulamento para a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda, PESSOA FÍSICA, exercício de 2015, ano-calendário de 2014. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência.

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência. Especial IRPF 2011 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência - Março de 2011 Chegou a hora de declarar o IRPF2011 Fique atento! Não descuide do

Leia mais

4) O CLIENTE deverá a fornecer seus dados pessoais de forma completa e real, devendo atualizá-los sempre que necessário e/ou solicitado;

4) O CLIENTE deverá a fornecer seus dados pessoais de forma completa e real, devendo atualizá-los sempre que necessário e/ou solicitado; TERMOS E CONDIÇÕES Estes Termos e Usos (doravante denominados "Termos e Condições") regulamenta a prestação de serviço por parte da TUDO DA GRINGA (doravante denominada EMPRESA ) oferece ao seu CLIENTE.

Leia mais

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km *O presente regulamento está sujeito a possíveis modificações conforme o procedimento previsto no mesmo. Artigo 1 - O Evento A Meia Maratona Estrada Real

Leia mais

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2015 DETALHES A OBSERVAR Muito embora não seja uma novidade, já que a maioria das pessoas estejam obrigadas a entregar a Declaração de Imposto de Renda, trazemos aqui alguns

Leia mais

Organização Hilário Corrêa Assessoria Empresarial e Contabilidade

Organização Hilário Corrêa Assessoria Empresarial e Contabilidade Desde o dia 02/03/2015 iniciamos o período de entrega da declaração de imposto de renda pessoa física de 2015 com base nos fatos ocorridos no ano de 2014, a declaração poderá ser transmitida até o dia

Leia mais

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil Guia de Declaração IR 2014 Investimentos Março de 2014 Brasil Guia de Declaração IR 2014 - Investimentos O prazo de entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 tem início no dia 6 de março e o

Leia mais

Incentivar o Etanol e o Biodiesel. (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento:

Incentivar o Etanol e o Biodiesel. (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento: Incentivar o Etanol e o Biodiesel (Promessa 13 da planilha 1) Entendimento: O governo adota medidas econômicas de forma a ampliar relativamente o emprego dos dois combustíveis. O termo ampliar relativamente

Leia mais

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos BRASIL Guia de Declaração IR 2014- Investimentos O dia 30/04/2014 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 e com o objetivo de

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1 ÍNDICE 1. Obrigatoriedades... 3 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2014... 4 2.1 Formas de entrega... 4 2.2 Prazo de entrega... 4 2.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração... 4 3. Modelos de

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO 1/17 1 - DOS OBJETIVOS a) Regulamentar procedimentos de controle da frota de veículos leves e pesados da Prefeitura, visando otimizar o uso dos mesmos e reduzir custos de manutenção. 2- DOS ASPECTOS CONCEITUAIS

Leia mais

NEWS. Fevereiro 2015. Está no ar o novo SITE da COGEM. Melhorias. Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos!

NEWS. Fevereiro 2015. Está no ar o novo SITE da COGEM. Melhorias. Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! NEWS Fevereiro 2015 Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Está no ar o novo SITE da COGEM Melhorias Conforme previsto na política de capitalização da COGEM, o desconto de quota

Leia mais

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA O Imposto de Renda sobre Pessoa Física - IRPF é um tributo federal obrigatório a todos os trabalhadores brasileiros que obtiveram

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA VOLKSWAGEN PREMIUM

REGULAMENTO DO PROGRAMA VOLKSWAGEN PREMIUM REGULAMENTO DO PROGRAMA VOLKSWAGEN PREMIUM O Programa Volkswagen Premium ( Programa ), desenvolvido pela VOLKSWAGEN DO BRASIL INDÚSTRIA DE VEÍCULOS AUTOMOTORES LTDA. ( Volkswagen ), é de natureza benéfica

Leia mais

Cartilha Imposto de Renda 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3

Cartilha Imposto de Renda 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3 CARTILHA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2014 ÍNDICE 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO...3 2. FORMA DE ELABORAR A DECLARAÇÃO DE IRPF 2014...4 2.1 FORMAS DE ENTREGA...4 2.2 PRAZO DE ENTREGA...4 2.3 MULTA

Leia mais

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Art. 260. Os contribuintes poderão efetuar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente nacional, distrital, estaduais

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Mudança Marítima Premium

Mudança Marítima Premium A MELLOHAWK Logistics é uma empresa especializada no transporte de mudanças para o Brasil. Seja sua mudança grande ou pequena, dispomos de várias opções para diminuir seus custos. Oferecemos a realização

Leia mais

Imposto sobre a Renda. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Imposto sobre a Renda. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Imposto sobre a Renda Objetivos O presente curso tem por objetivo apresentar um estudo sobre o Imposto sobre a Renda, características, conceito, competência, fato gerador, sujeito ativo e passivo, base

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Edital Instituto Sabin - 01/2015

Edital Instituto Sabin - 01/2015 Edital Instituto Sabin - 01/2015 Seleção pública de iniciativas empreendedoras socioambientais inovadoras para parceria com o Instituto Sabin O Instituto Sabin, torna público o presente Edital e convoca

Leia mais

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO Uma responsabilidade de todos QUEM SOMOS A FUNDACIÓN MAPFRE, instituição criada em 1975 pela MAPFRE, desenvolve atividades de interesse geral na Espanha e em outros países

Leia mais

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Apresentação A sondagem Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário 2012 Fase 2 apresenta a visão do empresário do transporte

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos a serem adotados para a utilização dos meios de transporte na COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma, poderá ser necessário consultar:

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Tratorista Agrícola CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Tratorista Agrícola CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, servidor público é a pessoa que: a. Presta serviço remunerado ao município, seja do Poder Executivo,

Leia mais

INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> INDICE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> INTRODUÇAO... OBRIGATORIEDADE... NOVAS REGRAS... DESPESAS DEDUTIVEIS... DECLARAÇÃO DE BENS E DÍVIDAS... DOENÇA GRAVE... PRAZO

Leia mais

Guia para Boas Práticas

Guia para Boas Práticas Responsabilidade Social Guia para Boas Práticas O destino certo para seu imposto Leis de Incentivo Fiscal As Leis de Incentivo Fiscal são fruto da renúncia fiscal das autoridades públicas federais, estaduais

Leia mais

UNIOESTE CCET Colegiado de Matemática XXV Semana Acadêmica da Matemática 15 a 19 de Agosto de 2011

UNIOESTE CCET Colegiado de Matemática XXV Semana Acadêmica da Matemática 15 a 19 de Agosto de 2011 UNIOESTE CCET Colegiado de Matemática XXV Semana Acadêmica da Matemática 15 a 19 de Agosto de 2011 Entendendo as mordidas do leão como funciona o cálculo do imposto de renda Profa. Raquel Lehrer Todos

Leia mais

Medida Provisória 532/2011

Medida Provisória 532/2011 Ciclo de palestras e debates Agricultura em Debate Medida Provisória 532/2011 Manoel Polycarpo de Castro Neto Assessor da Diretoria da ANP Chefe da URF/DF Maio,2011 Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS Palestra Imposto de Renda: "entenda as novas regras para os profissionais da Odontologia" Abril/2015 Palestra Imposto de Renda 2015 A Receita Federal do Brasil RFB para o exercício

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

MANUAL DE PRÁTICAS COMERCIAIS PORTAL AREDE

MANUAL DE PRÁTICAS COMERCIAIS PORTAL AREDE MANUAL DE PRÁTICAS COMERCIAIS PORTAL AREDE 1. A Compra do espaço publicitário 1.1 A tabela de preços Todos os formatos publicitários do PORTAL AREDE, com suas características técnicas e seus preços estão

Leia mais

Ass.: Programa de Financiamento à Aquisição de Veículos de Transporte Escolar PROESCOLAR

Ass.: Programa de Financiamento à Aquisição de Veículos de Transporte Escolar PROESCOLAR CARTA-CIRCULAR Nº 36/2007 Rio de Janeiro, 20 de agosto de 2007 Ref.: FINAME Ass.: Programa de Financiamento à Aquisição de Veículos de Transporte Escolar PROESCOLAR O Superintendente da Área de Operações

Leia mais

6. Considerações finais

6. Considerações finais 84 6. Considerações finais Nesta dissertação, encontram-se registros de mudanças sociais que influenciaram as vidas de homens e mulheres a partir da chegada das novas tecnologias. Partiu-se da Revolução

Leia mais

1.2. Quais são as condições do financiamento para novos contratos?

1.2. Quais são as condições do financiamento para novos contratos? Tire suas dúvidas 1. CONHECENDO O FIES 1.1. O que é o Fies? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), criado pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, é o programa do Ministério da Educação que financia

Leia mais

Imposto de Renda Pessoa Física 2015

Imposto de Renda Pessoa Física 2015 Imposto de Renda Pessoa Física 2015 1 IRPF É um imposto federal brasileiro que incide sobre todas as pessoas que tenham obtido um ganho acima de um determinado valor mínimo. Anualmente este contribuinte

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação Atualização: Maio/2008 Março/2010

Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação Atualização: Maio/2008 Março/2010 Programa Automotivo Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação Atualização: Maio/2008 Março/2010 Gestor: Paulo Sérgio Bedran Diretor do Departamento de Indústrias de Equipamentos de Transporte

Leia mais

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer Informativo Abril/2015 edição 20 Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer detalhes para evitar a malha fina. A declaração de imóveis no Imposto de Renda requer uma

Leia mais

ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP

ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP O que é uma OSCIP Uma OSCIP está situada no Terceiro Setor (considerando-se que o Primeiro Setor é formado pelo Estado e o Segundo Setor pelo Mercado,

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

IRPF 2012 Cartilha IR 2012

IRPF 2012 Cartilha IR 2012 IRPF 2012 Cartilha IR 2012 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF

Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF Perfil A Secretaria da Receita Federal do Brasil RFB desempenha funções essenciais para que o Estado

Leia mais

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PROJETO DE LEI N o 1.013, DE 2011 Dispõe sobre a fabricação e venda, em território nacional, de veículos utilitários movidos a óleo diesel, e dá

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Sumário. Manual Frota

Sumário. Manual Frota Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Aba Frota... 4 Abastecimento... 4 Calendário... 26 Agenda Data... 38 Agenda Km... 59 Agendamento... 81 Agendas realizadas...104 Agenda...123

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

M a n u a l d o M e c â n i c o

M a n u a l d o M e c â n i c o M a n u a l d o M e c â n i c o folder2.indd 1 20/11/2009 14 12 35 Manual do Mecânico GNV GÁS NATURAL VEICULAR Entenda o GNV e saiba quais os cuidados necessários para a manutenção de veículos que utilizam

Leia mais

GUIA PRÁTICO DO ARRENDAMENTO MERCANTIL

GUIA PRÁTICO DO ARRENDAMENTO MERCANTIL GUIA PRÁTICO DO ARRENDAMENTO MERCANTIL Sumário O que é Leasing?... 04 As partes deste negócio... 05 Entendendo o Leasing... 06 Modalidades de Leasing... 07 A escolha do bem... 08 Este guia tem por objetivo

Leia mais

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Procedimentos para o CMDCA de Campinas Atualizado até 10-nov-2011 PNEF Programa Nacional de Educação Fiscal GDIR - Grupo de Destinação do Imposto de Renda

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato):

DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI. 1 - Documentos de Escolaridade do Candidato (exclusivo para o candidato): Atenção Candidato! DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROCESSO SELETIVO PROUNI Na Fase de Comprovação você deverá apresentar cópia, acompanhada dos documentos originais abaixo solicitados. Para

Leia mais

Obrigatoriedade na declaração

Obrigatoriedade na declaração A declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2010 aparece com algumas novidades, especialmente em relação aos parâmetros que definem a obrigatoriedade da apresentação, o que deverá fazer com que diminua,

Leia mais

Software para Gestão de Equipes Externas Produtividade e Controle sobre sua equipe externa

Software para Gestão de Equipes Externas Produtividade e Controle sobre sua equipe externa Software para Gestão de Equipes Externas Produtividade e Controle sobre sua equipe externa A MobiView é originada do Grupo Original Brasil, fundado em 1990 e desde 2005 é especializada em desenvolvimento

Leia mais

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto.

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Orientações para aquisição de Bens Móveis Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Lembrando que a análise do seu

Leia mais

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO INFORMAÇÒES DE PROVAS BOAS PRÁTICAS AO MOTOCICLISMO REGULAMENTOS DE PROVA ETAPAS DE CERTIFICAÇÃO Programa CBM HIPERAÇÃO Nosso propósito

Leia mais

Software para Gestão de Frotas Economia e Controle total de seus veículos

Software para Gestão de Frotas Economia e Controle total de seus veículos Software para Gestão de Frotas Economia e Controle total de seus veículos A MobiView é originada do Grupo Original Brasil, fundado em 1990 e desde 2005 é especializada em desenvolvimento de softwares para

Leia mais

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já A Sombra do Imposto Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já Expediente A Sombra do Imposto Cartilha produzida pelo Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Leia mais

Manual Prático do Usuário

Manual Prático do Usuário Página 12 Saiba mais Em quanto tempo seu cliente recebe o produto Como é emitida a Nota fiscal e recolhido os impostos Pergunte ao Suporte Todos os pedidos serão enviados em até 24 horas úteis, após a

Leia mais

Ass.: Programa de Financiamento a Caminhoneiros - PROCAMINHONEIRO

Ass.: Programa de Financiamento a Caminhoneiros - PROCAMINHONEIRO CARTA-CIRCULAR N 09/2006 Rio de Janeiro, 04 de maio de 2006 Ref.: FINAME e FINAME LEASING Ass.: Programa de Financiamento a Caminhoneiros - PROCAMINHONEIRO O Superintendente da Área de Operações Indiretas,

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENADOR DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, SENHOR JORGE AFONSO ARGELLO

EXCELENTÍSSIMO SENADOR DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, SENHOR JORGE AFONSO ARGELLO EXCELENTÍSSIMO SENADOR DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, SENHOR JORGE AFONSO ARGELLO Prezado Senador Gim Argello A UNICAM - União Nacional dos Caminhoneiros, em nome desta categoria de trabalhadores que

Leia mais

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil Guia Declaração Imposto de Renda 2013 Investimentos Março de 2013 Brasil Guia de Declaração IR 2013 -Investimentos 2 O dia 30/04/2013 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2013

Leia mais

Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes. São Paulo, 23 de setembro de 2010

Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes. São Paulo, 23 de setembro de 2010 Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes São Paulo, 23 de setembro de 2010 Cartão BNDES Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs.

Leia mais

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online.

Roteiro elaborado com o objetivo de auxiliar os convenentes no registro das prestações de contas no SIGPC Contas Online. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO FNDE Roteiro de orientações ao convenente para prestação de contas do Programa Caminho da Escola no SiGPC Contas Online Roteiro elaborado com o objetivo de

Leia mais

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Fundo 157 Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Secretaria Nacional do Consumidor Ministério da Justiça Apresentação Com frequência são

Leia mais

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil 1 Guia Declaração Imposto de Renda 2012 Investimentos Março de 2012 Brasil Guia de Declaração IR 2012 - Investimentos 2 O dia 30/04/2012 é ultimo dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda

Leia mais

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Define a assistência

Leia mais

Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares

Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares pág.1/12 ÍNDICE 1 SOBRE O CARCHECK...3 2 OBJETIVO...3 3 PRODUTOS CARCHECK...3 3.1 SISTEMA CARCHECK...3 3.1.1 Consulta Completa...3 3.1.2 Consulta Segura...4

Leia mais

Para os profissionais da segurança pública nos estados da Bahia e Sergipe

Para os profissionais da segurança pública nos estados da Bahia e Sergipe Abril 2010 - Ano 2-2ª Edição Para os profissionais da segurança pública nos estados da Bahia e Sergipe O Guia de Compras & Serviços é uma publicação do Página de Polícia, voltado para o universos dos profissionais

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTO

PERFIS DE INVESTIMENTO PERFIS DE INVESTIMENTO Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a ELETROS? 4 Como são os investimentos em renda variável? 5 Como são os investimentos em renda fixa? 6 Como são os investimentos nos demais

Leia mais

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO

Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO Guia para contratação de Transporte Intermunicipal de Passageiros sob regime de FRETAMENTO 100 95 75 25 5 0 Introdução A Artesp tem a finalidade de regulamentar e fiscalizar todas as modalidades de serviços

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Campinas - SP 17.mar.2015 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? Operações Indiretas N o de operações 2014*

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

Desafio Logístico 2013

Desafio Logístico 2013 1 Desafio Logístico 2013 Índice Introdução 3 A situação O desafio 5 5 Regras gerais 6 2 Introdução O desenvolvimento econômico do Brasil enfrenta inúmeros desafios sendo que um dos mais complexos está

Leia mais

INFORMATIVO JURÍDICO

INFORMATIVO JURÍDICO 1 ROSENTHAL E SARFATIS METTA ADVOGADOS INFORMATIVO JURÍDICO NÚMERO 5, ANO III MAIO DE 2011 1 ESTADO NÃO PODE RECUSAR CRÉDITOS DE ICMS DECORRENTES DE INCENTIVOS FISCAIS Fiscos Estaduais não podem autuar

Leia mais

Sumário do Plano de Testes

Sumário do Plano de Testes GESTOC Versão 9.1 Plano de Testes Sumário do Plano de Testes 1. Introdução... 2 2. Escopo... 2 3. Implementações... 2 0002061: Emissão de notas de remessa com vasilhames e embalagens... 3 0002062: Emissão

Leia mais

Preparativos iniciais

Preparativos iniciais Manual Stone Mobile ÍNDICE 03 03 04 04 05 06 07 07 08 08 09 11 Preparativos iniciais Instalação do Aplicativo Realizando seu cadastro Funções do Aplicativo Enviando uma transação Lista de Transações Realizadas

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO. 1.1 Projeto: CONTRIBUINTE CONSCIENTE. 1.2 Entidade: CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ - CEAP 1.3 Coordenadores do Projeto: Salomão Dantas Soares e Ailton Azevedo

Leia mais

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA

COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA COMPRAR E VENDER AÇÕES MERCADO A VISTA ATENÇÃO Este texto não é uma recomendação de investimento. Para mais esclarecimentos, sugerimos a leitura de outros folhetos editados pela BOVESPA. Procure sua Corretora.

Leia mais