CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA"

Transcrição

1 F u g Apoio s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA SAÚDE COMO UM TODO E A SAÚDE SUPLEMENTAR; SISTEMAS DE INFOR- MAÇÃO EM SAÚDE E JUDICIALIZAÇÃO; ÉTICA, REGULAÇÃO, CONTROLE, AUDITORIA E VIGILÂNCIA EM SAÚDE UM FINAL DE SEMANA POR MÊS Módulo I 30 e 31 de mio de 2015 Módulo II 27 e 28 de junho de 2015 Módulo III 25 e 26 de julho de hors 60h PRESENCIAIS 40h em EAD CORPO DOCENTE Prof. Dniel Neves Cstellucci Prof. Yumr Frnco d Silv Rbelo Prof. Julin Sntn Sntos MATRÍCULAS ABERTAS CONTROLE AUDITORIA REGULAÇÃO SAÚDE COMO UM TODO SAÚDE ÉTICA SAÚDE SUPLEMENTAR JUDICIALIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Tel.: (71) / Telefx.: (71) / Celulr (Oi): (71) / Celulr (TIM): (71) /

2 APRESENTAÇÃO A dministrção públic municipl tem missão institucionl de promover o bem comum, trvés d relizção de tividdes dos órgãos públicos, com vists tender os nseios d sociedde, entretnto, pr o pleno lcnce dess missão é necessário que os órgãos, os gentes e s tividdes que compõe gestão públic funcionem de form sistêmic e simétric. A súde é direito de todos e dever do Estdo, grntido medinte formulção e execução de polítics sociis e econômics que visem à redução do risco de doenç e de outros grvos e o cesso universl e igulitário às ções e serviços pr su promoção, proteção e recuperção. A súde é um direito fundmentl do ser humno, devendo o Estdo prover s condições indispensáveis o seu pleno exercício. Nesse contexto, é imprescindível que os gentes que tum nos órgãos públicos tenhm cpcidde técnic pr o pleno exercício de sus funções. A experiênci revel que servidores qulificdos propicim o oferecimento de melhores serviços os ciddãos, sendo ssim, qulificção dos profissionis que tum n áre públic é um dos miores investimentos ser feito em prol do bem coletivo. A FUNDACEM está oferecendo o novo Curso de Sistem de Informção, Regulção, Controle e Auditori em Súde Públic. O destque desse curso é su nturez de formção, pois, ele tem crg horári de 100 hors, sendo 60 hors presenciis e 40 hors em ensino à distânci, que serão relizds durnte 03 (três) meses, em um finl de semn por mês. O modelo pedgógico utilizdo n elborção desse curso está mprdo n experiênci dos qutro pilres d educção : Aprender conhecer, prender fzer, prender conviver e prender ser, recomenddos pel UNESCO. Pr tnto, FUNDACEM cont com precios colborção d Coordenção Pedgógic e de professores que trvés de seus vliosos conhecimentos, experiêncis e dedicção pelo interesse público estrão contribuindo em prol d cpcitção dos profissionis que tum no setor público. Césr Montes Presidente d FUNDACEM

3 CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA - 100H OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO CURSO: Cpcitr os servidores e gestores pu blicos com vists evitr s irregulriddes dministrtivs que tem ocorrido e que possibilitm crescente rejeiç o de conts dos municıṕios do Estdo d Bhi n re de su de; Contribuir pr potencilizç o d e icie nci e d e ic ci ds uniddes de su de; Contribuir pr melhori d gest o ds tividdes prestds pelo setor su de; Quli icr ind mis o pro issionl de Gest o Pu blic com vists melhori te cnic d Administrç o Pu blic; Possibilitr renovç o do pensr e do gir n unidde de trblho tendo em vist relidde socil; Formr pro issionis pr intervir n relidde socil quli icndo ofert dos serviços de su de; Permitir o compnhmento com vliç o e perfeiçomento dos resultdos do Plno de Su de Municipl; Auxilir n elborç o do Relto rio Anul de Gest o RAG/2015.

4 CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA 30 e 31 DE MAIO DE 2015 ÉTICA, SAÚDE COMO UM TODO E A SAÚDE SUPLEMENTAR O que e Etic; Princıṕios fundmentis d e tic; Vlores Econo micos x Vlores Eticos; Etic me dic; Procedimentos e ticos voltdos Orgnizç o e Sistems de Su de. A e tic e morl: morl socil e e tic empresril. A import nci d e tic n tomd de deciso es. O co digo de Etic como re lexo d Cultur Orgnizcionl: VALORES e MISSAO. Anlise de Co digos de Etic de Orgnizço es Hospitlres. O ppel do Gestor Hospitlr como gurdi o d Etic e d Responsbilidde Socil. SUS e su de suplementr; Instituiço es de Su de; Hospitis; Uniddes b sics de su de e Uniddes de Pronto Atendimento; Su de Suplementr; Surgimento, Conceitos e De iniço es; Ddos sobre o setor; A rotin de ssiste nci o bene ici rio e form de remunerç o dos serviços; A uditori n su de suplementr. 27 e 28 DE JUNHO DE 2015 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE Sistems de Informç o (SI); Conceitos e de iniço es; Evoluç o dos SI; As Informço es Pr Gerencir o Sistem de Su de; Import nci ds informço es; Fontes de informç o pr su de Os Sistems Ncionis de Informç o em Su de; SIM; SINASC; SINAN; SIH; SIA; SISVAN; SIPNI; SIAB; Secretri de Vigil nci em Su de (SVS); Fundç o Ncionl de Su de (FUNASA); Fundç o Oswldo Cruz (FIOCRUZ); DATASUS; Cdstro Ncionl de Estbelecimentos de Su de (CNES); Os Sistems Eletro nicos de Informç o; Os pdro es e o Prontu rio Eletro nico do Pciente (PEP); Crt o Ncionl de Su de em projeto; O projeto de informtizç o d ssiste nci de enfermgem (SIAE); FONTES DE INFORMAÇOES; Bibliotec virtul de su de; Anvis; Vislegis. Judicilizç o no Setor de Su de: Fundmento Constitucionl, Compete ncis, Intervenç o, Ordem Socil, Seguridde Socil, Su de. Responsbilidde Civil em Su de. Re lexos jurıd icos d evoluç o tecnolo gic do setor. Flexibilizç o dos Contrtos de Trblho. Direitos B sicos do Consumidor, Liminres. 25 e 26 DE JULHO DE 2015 REGULAÇÃO, AVALIAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA Explicitr os conceitos e diretrizes em regulç o, ressltndo su integrç o com s res de controle, vliç o e uditori. Conceitos e diretrizes d regulç o em su de; Regulç o de sistems de su de; Regulç o d tenç o su de; Regulç o do cesso serviços de su de; Diretrizes pr polı tic de regulç o; Conceitur Complexos Reguldores e Centris Reguldors; Articulç o e integrç o ds ço es de regulç o, controle, vliç o e uditori; Disponibilizr o prendizdo d opercionlizç o d regulç o do cesso por meio ds Centris Reguldors: como implnt -ls e opercionliz -ls; PPI Progrmç o Pctud Integrd; Processos de trblho inerentes o controle ds ço es e serviços de su de do SUS; Cdstrmento e credencimento dos estbelecimentos de su de; Progrmç o e processo utoriztivo;fses e procedimentos no processo de compr de serviços de Su de; Avliç o de Sistems de su de; Avliç o de Serviços de su de; Supervis o e Monitormento d produç o mbultoril e hospitlr; Construç o e uso de indicdores; Situr o ppel d uditori no contexto do SUS e discutir import nci d uditori como ferrment de gest o, num processo de retrolimentç o do plnejmento, vliç o e controle. Porque tenho medo de ser uditdo? ; Auditori d tenç o su de e ds ço es e serviços de su de; Auditori de gest o dos sistems de su de.

5 CORPO DOCENTE Dniel Neves Cstellucci Especilist em Gest o de Sistems de Su de pr Auditores do SUS, pel Escol de Su de Pu blic do Estdo d Bhi, conclus o em Especilist LATO SENSU MBA Executivo em Su de Gest o em Su de e Hospitlr, pel Universidde Cstelo Brnco Atuliz, conclus o em Especilist em Enfermgem Modlidde Reside nci Are de Concentrç o Enfermgem em Nefrologi, pel Universidde Federl de S o Pulo Escol Pulist de Medicin, conclus o em Professor do curso de Po s- grduç o em Enfermgem d Fculdde Socil d Bhi; Professor do curso de Po s- grduç o em enfermgem d Portl CICLO Renovndo Conhecimento/Arcju; Professor do curso de Po s-grduç o em Su de d ATUALIZA Cursos; Professor do curso de Po s-grduç o em Su de d PORTAL F; Coordendor Pedgo gic em Curso de Po s-grduç o em Su de d UNIJORGE; Exerceu s seguintes tividdes: Enfermeir Auditor do Hospitl Cidde; Enfermeir Auditor / Reguldor d CASSI Cix de Assiste nci os Funcion rios do Bnco do Brsil; Gerente Comercil do Hospitl d Bhi; Gerente dos Serviços Pro prios de Su de d empres d CASSI Cix de Assiste nci os Funcion rios do Bnco do Brsil; Coordendor de Educç o Permnente e Informç o em Su de Diretori de Auditori/SESAB; Enfermeir Auditor d Coordenç o de Controle / Plnserv; Coordendor d Equipe de Auditori Opertiv Coordenç o de Controle / Plnserv; Ate dezembro 2014 Diretor Gerl d Auditori SUS/BA - Diretori Gerl d Auditori do Sistem Unico de Su de do Estdo d Bhi. Grdud em Enfermgem pel UCSAL Universidde Cto lic de Slvdor, no no de Julin Sntn Sntos Tıt ulos de Po s-grduç o: Auditori em Su de, Gest o e Perıći - Escol Bhin de Medicin e Su de Pu blic; Su de Pu blic e d Fmıĺi com Enfse no Gerencimento do Processo de Trblho UFBA; MBA em CCIH; Gest o de Sistem de Su de pr Auditores do SUS e Administrç o Hospitlr Escol de Administrç o d UFBA. Projetos e Pesquiss Relizds: Plnejmento Estrte gico Perfuro Cortntes; Plnejmento Opercionl em Micro res do PACS do Nordeste de Amrlin; Colborç o n Pesquis: Qulidde no Atendimento de Prevenç o o C ncer de Mm e Ce rvico-uterino Drª. Regin Lu ci UFBA; Autori d Pesquis: Responsbilidde d Enfermeir no Gerencimento do Centro Ciru rgico; Colborç o d Pesquis: Monitormento d Mortlidde Neontl em Slvdor Drª. Mri YU Ichihr - ISC. Atividdes Pro issionis e Did tics: Hospitl S o Jorge Serviço de Tisiologi e Imunizç o; Hospitl An Nery Plnejmento Fmilir; Mternidde Ticil Blbino Pre -ntl; IPERBA Centro Obste trico, Alojmento Conjunto; Mternidde Albert Sbin Centro Obste trico; Mternidde Clime rio de Oliveir Alojmento Conjunto; SOS Vid Su de Domicilir; HCRS - Obstetrıći; HGE Emerge nci, Clın ic Ciru rgic; CAPS Prof. Aristides Novis Su de Mentl; Centro de Su de Prof. Sbino Silv PACS; PROCTER Cmpnh Su de do Bebe Começ pel Pele Atividdes Eductivs de Promoç o

6 Su de d Crinç; Centro Municipl de Su de Cldeir o Grnde Gere nci, PACS, Pre ntl, Plnejmento Fmilir, Imunizç o, Progrm de Hipertens o e Dibetes; Secretri Municipl de Su de de Cldeir o Grnde Coordendor de Enfermgem do Hospitl Municipl Jo o Durvl Crneiro e Instrutor d Quli icç o/formç o Pro issionl de Auxilires de Enfermgem SESABA/EFTS Professor Jorge Novis; Secretri Municipl de Su de de Speçu Enfermeir do PSF Mcu bs; Secretri Municipl de Su de de Pedr o - Enfermeir do PSF d Sede e Coordendor d Atenç o B sic; Secret ri Municipl de Su de de Pedr o; Secretri Municipl de Su de de Entre Rios Coordenç o d Atenç o B sic; Secretri de Su de de Arç s Coordenç o d Atenç o B sic e d Vigil nci Epidemiolo gic, Coordendor de Enfermgem de Hospitl Municipl e Secret ri Municipl de Su de; VITALMED Enfermeir Assistente do Centro de Comndos Opercionis; Secretri Estdul de Su de SESAB Auditor em Su de Pu blic; Escol Estdul de Formç o Te cnic em Su de EEFTS; So Concursos Aul de Legislç o do SUS. Bchrel em Enfermgem pel UFBA. specilist em Gest o de Sistems de Su de pr Auditores do SUS, pel Escol de Su de Pu blic do Estdo d Bhi, conclus o em Especilist LATO SENSU MBA Executivo em Su de Gest o em Su de e Hospitlr, pel Universidde Cstelo Brnco Atuliz, conclus o em Especilist em Enfermgem Modlidde Reside nci Are de Concentrç o Enfermgem em Nefrologi, pel Universidde Federl de S o Pulo Escol Pulist de Medicin, conclus o em Grdud em Enfermgem pel UCSAL Universidde Cto lic de Slvdor, no no de Yumr Frnco d Silv Rbelo Especilizç o em Administrç o Hospitlr e Sistems em Serviços de Su de. UFBA/NPGA Slvdor-B; Especilizç o em Su de Pu blic FACIG Algoinhs-B; Especilizç o em Metodologi do Ensino, Pesquis e Extens o em Educç o. UNEB/FAPES CAMPUS II Algoinhs-B; Aperfeiçomento em Vigil nci do o bito Mterno, Infntil e Fetl e de Atuç o em Comite s de Mortlidde Escol Ncionl de Su de Pu blic Se rgio Arouc Fiocruz; Experie nci Pro issionl: Prefeitur Municipl de Algoinhs, Te cnico em Informç o Su de ( ); Coordendor em Informç o Su de ( ); Diretor de Regulç o ( ); Te cnico em Vigil nci Epidemiolo gic ( ); Te cnico em Vigil nci do Obito ( ); Algoinhs- B; Prefeitur Municipl de Pedr o, Coordendor em Informç o Su de ( ); Pedr o- B; Prefeitur Municipl de Crdel d Silv, Coordendor em Informç o Su de ( ); Crdel d Silv- B; Prefeitur Municipl de Armri, Coordendor em Informç o Su de ( ); Ministe rio d Su de / DENASUS, Instrutor do curso Sistems de Informç o pr Auditori no SUS (2004) Brsıĺi DF; Secretri de Educç o do Estdo d Bhi, Professor n cidde de Pedr o- B 2007/2008; Compete nci Inform tic, Instrutor de Inform tic (2001/2002) Algoinhs- B; CTI 2000, Instrutor de Inform tic (1998/2000) Algoinhs- B;

7 CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA CURSO DE FORMAÇÃO 2015 CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 100h HORÁRIO DAS AULAS: ds 8:00 s 18:00 com intervlos pr cfezinho e lmoço. Vide dts ds etps com seus respectivos mo dulos. INÍCIO DO CURSO: 30 de mio de de julho de FREQUÊNCIA: O luno dever ter freque nci obrigto ri mıńim de 75%. Se, por ventur, o luno ssinr frequênci e não ssistir ul, terá su presenç nuld. AVALIAÇÃO: Ser o relizds provs e/ou trblhos ds disciplins do curso. APROVAÇÃO: Ser provdo o luno que comprecer 75%, no mıńimo, ds uls presenciis e dist nci ministrds e tiver obtido, ns vliço es, inclusive no Trblho de Conclus o do Curso TCC, not igul ou superior 7,0 (sete). MÓDULOS EM ENSINO À DISTÂNCIA - 40 HORAS Ser o relizds tividdes obrigto ris utilizndo metodologi de ensino dist nci trve s de tividdes extr clsse como: leiturs, exercıćios, tividdes, vliç o, fo runs e indicç o de bibliogr i im de trtr de tems inovdores sobre mte ri. As tividdes desenvolvids nos mo dulos de ensino dist nci dever o ser obrigtorimente relizds, d mesm form que s exigids de form presencil. INVESTIMENTO O vlor do curso por prticipnte e de R$ 2.250,00 (dois mil duzentos e cinquent reis), cso o luno tenh sido indicdo por prefeitur ssocid Uni o dos Municıṕios do Estdo d Bhi UPB ou outr instituiç o convenid com FUNDACEM ter o desconto de 12% (doze por cento), icndo, o preço de cd etp do curso por luno em R$1.980,00 (um mil novecentos e oitent reis), sendo que, pr pesso fıśic, PODERA SER DIVIDIDO EM ATE 03 (TRES) PARCELAS EM CHEQUES. OBS.: Os contrtos com Prefeiturs ou C mrs devem ter vencimentos em 11 ou 21 dos meses estbelecidos. OBS.: Cd instituição ou pesso ísic que inscrever 04 (qutro) lunos neste curso, terá direito mis um (quint) inscrição grtuit nesse mesmo curso. COMO REALIZAR A MATRÍCULA: 1) O pgmento pode ser feito diretmente n cont bnc ri em nome d FUNDACEM, CNPJ: / Bnco BRADESCO, Age nci , C/C nº com envio do comprovnte do depo sito por e-mil pr FUNDACEM e ou SEDEX pr o endereço: 2ª Trvess Gersino Coelho, 10 Mttu, CEP: , Slvdor BA. (Os depo sitos bnc rios devem ser feitos com identi icção do nome do luno, empres, Prefeitur ou Câmr). A mtrıćul e pgmentos tmbe m poder o ser relizdos diretmente n sede d FUNDACEM, no endereço: 2ª Trvess Gersino Coelho, 10 Mttu, Brots, Slvdor BA e /ou no Alto d Ldeir do HGE, s/n (Fim de Linh), Av. Vsco d Gm, (Pre dio de 4 ndres ns cores zul e brnco com muro brnco e pilstrs zuis). DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: Co pis utenticds do Diplom de Ensino Superior e o respectivo Histo rico Escolr; 2 retrtos 3x4; identidde e CPF (originl e co pi); comprovnte de reside nci e Curriculum Vite resumido. LOCAL DE REALIZAÇÃO DO CURSO O Curso ser relizdo no Alto d Ldeir do Hospitl Gerl do Estdo HGE, s/n, (Fim de Linh) - pre dio de qutro ndres zul e brnco com muro brnco e pilstrs zuis, Av. Vsco d Gm, Slvdor BA. Obs: Mudnçs que por motivos imperiosos ou dministrtivos venhm ocorrer, o luno ser informdo imeditmente.

8 g s e d d l u Integrd s I p i t c n F VAGAS LIMITADAS GARANTA JÁ A SUA! INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES ON-LINE E-mil: 2ª Trvess Gersino Coelho, 10 - Mttu Brots CEP: Slvdor - Bhi Tel.: (71) / Telefx.: (71) / Celulr (Oi): / Celulr (Tim): / Apoio:

CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL

CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL F u g Apoio s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL GERENCIAMENTO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL

Leia mais

CURSO DE GERENCIAMENTO, ASSESSORIA E CONSULTORIA EM SAÚDE PÚBLICA:

CURSO DE GERENCIAMENTO, ASSESSORIA E CONSULTORIA EM SAÚDE PÚBLICA: F u g Apoio s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE GERENCIAMENTO, ASSESSORIA E CONSULTORIA EM SAÚDE PÚBLICA: PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA NOS SISTEMAS DE SAÚDE; HISTÓRIA, EVOLUÇÃO E LEGISLAÇÃO DO

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM CONTROLADORIA INTERNA MUNICIPAL

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM CONTROLADORIA INTERNA MUNICIPAL F u g T s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM CONTROLADORIA INTERNA MUNICIPAL UM FINAL DE SEMANA POR MÊS Módulo I 25 e 26 de julho de 2015 Módulo II 22 e 23 de gosto de 2015 Módulo

Leia mais

CURSO DE GESTÃO E AMPLIAÇÃO DE RECEITAS

CURSO DE GESTÃO E AMPLIAÇÃO DE RECEITAS F c g s e d d l u Integrd s I p i t Apoio n PROMOÇÃO: 4 (qutro) inscrições pgs drá direito um 5ª (quint) GRÁTIS CURSO DE GESTÃO E AMPLIAÇÃO DE RECEITAS COMO ARRECADAR, CONTABILIZAR E CONTROLAR AS RECEITAS

Leia mais

100 horas EDUCAÇÃO CORPO DOCENTE E N E N POLÍTICA DE EDUCAÇÃO UM FINAL DE SEMANA POR MÊS

100 horas EDUCAÇÃO CORPO DOCENTE E N E N POLÍTICA DE EDUCAÇÃO UM FINAL DE SEMANA POR MÊS F c g S D s e d d l u Integrd s I p i t poio n CURSO D QULIFICÇÃO D GSTÃO DUCCIONL ORGNIZÇÃO SCOLR GSTÃO DUCCIONL ORGNIZÇÃO SCOLR; DSNVOLVIMNTO HUMNO M DIFRNTS BORDGNS; POLÍTIC D DUCÇÃO D JOVNS DULTOS

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL F c g s e d d l u Integrd s I p i t Apoio n CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL COM ÊNFASE NA ÁREA DE SAÚDE Lto Sensu 480H Portri nº 2.547 de 15 de setembro de 2003. Atende Resolução

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS FORMAÇÃO DE PREGOEIRO

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS FORMAÇÃO DE PREGOEIRO F c g s e d d l u Integrd s I p i t Apoio n PROMOÇÃO: 4 (qutro) inscrições pgs drá direito um 5ª (quint) GRÁTIS CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS FORMAÇÃO DE PREGOEIRO Inclui Nov Lei nº 13.019/2014 de Repsses

Leia mais

MODALIDADES PEDAGÓGICA L U. Telefax.: (71) 3381-0726 / 3012-1002 fundacemssa@yahoo.com.br

MODALIDADES PEDAGÓGICA L U. Telefax.: (71) 3381-0726 / 3012-1002 fundacemssa@yahoo.com.br F c g s e d d l u Integrd s I p i t Apoio n CURSO DE GERENCIAMENTO, ASSESSORIA E CONSULTORIA EM EDUCAÇÃO FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS, POLÍTICOS E SOCIAIS DA GESTÃO EDUCACIONAL; POLÍTICAS PÚBLICAS, GESTÃO EDUCACIONAL

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de ANEXO II EDITAL Nº 04/2014 2 º PRORROGAÇÃO PARA VAGAS REMANESCENTES QUADRO DE VAGAS REMANESCENTES PARA O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PESQUISADORES FORMADORES ÁREA DA PESQUISA EMENTA EIXO

Leia mais

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa.

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa. Av. Fernndo Ferrri, 514 Vitóri ES CEP: 29.075-910 Cmpus de Goibeirs Tel/Fx: +55 (27) 4009-7657 E-mil: ppghis.ufes@hotmil.com http://www.histori.ufes.br/ppghis EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS A ALUNO ESPECIAL

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS E FISCALIZAÇÃO DE

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS E FISCALIZAÇÃO DE F u g s e d d l Integrd s I p i t c n FACIIP CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS E FISCALIZAÇÃO DE TRIBUTOS MUNICIPAIS ESTUDOS E PRÁTICAS ATUALIZADAS PARA ELEVAR A RECEITA MUNICIPAL ISS IPTU ITBI RECEITA

Leia mais

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (ABEM) Av. Brsil, 4036 sls 1006/1008 21040-361 Rio de Jneiro-RJ Tel.: (21) 2260.6161 ou 2573.0431 Fx: (21) 2260.6662 e-mil: rozne@bem-educmed.org.br Home-pge: www.bem-educmed.org.br

Leia mais

Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / 2014. A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do

Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / 2014. A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do Reltório de tividdes Abril / 2011 Jneiro / 2014 A d UFG/CAC está vinculd à direção do Câmpus e, posteriormente, o Setor de Convênios e Contrtos do Gbinete d Reitori. Tem como função intermedir s relções

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO

PLANO ANUAL DE TRABALHO PLANO ANUAL DE TRABALHO DE ARAUCÁRIA 06 smed@rucri.pr.gov.br 1 1. APRESENTAÇÃO O Conselho Municipl de Educção CME de Arucári, crido nos termos d Lei Municipl nº 1.527/04, de 02 de novembro de 04, é o órgão

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA TRANSPARÊNCIA MUNICIPAL

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA TRANSPARÊNCIA MUNICIPAL F g s e d d u l Integrd s I p i t c n FACIIP CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA TRANSPARÊNCIA MUNICIPAL COMO ATENDER AS DETERMINAÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E EVITAR O BLOQUEIO DE REPASSES FINANCEIROS DA

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA: 022 - Progrm Súde d Fmíli 1. Problem: Alto índice de pcientes que visitm unidde Mist de Súde pr trtr de problems que poderim ser resolvidos com visit do médico em su cs.

Leia mais

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná ESMAFE/PR Escol d Mgistrtur Federl do Prná Curso Regulr Preprtório pr Crreir d Mgistrtur Federl com opção de Pós-Grdução ltu sensu em Direito Público em prceri com UniBrsil - Fculddes Integrds do Brsil

Leia mais

EDITAL 001/2013 - EADUnC

EDITAL 001/2013 - EADUnC EDITAL 001/2013 - EADUnC O Reitor d Universidde do Contestdo-UnC, de cordo com o disposto no Regimento, fz sber, trvés do presente Editl, que estrão berts inscrições e mtriculs pr ingresso nos Cursos de

Leia mais

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS:

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: PAINT 24 - I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: 1.1 - Auditoris de Conformidde Uniddes Orig d dnd: Intern com bse nos resultdos d Mtriz de Risco elbord pel Auditori Intern Nº UNIDADE OBJETIVOS ESCOPO

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA : 15 Mnutenção e Revitlizção do Ensino Infntil FUNDEB 40% 1. Problem: O município possui pens dus escol que oferece ensino infntil e não tende tod demnd.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012 PREFEITUR MUNICIPL DE PLHOÇ FCULDDE MUNICIPL DE PLHOÇ EDITL N. 09/2012 Diretora Executiva da Faculdade Municipal de Palhoça, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com o que prevê a Resolução n.

Leia mais

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis Crid pel Lei Estdul nn 2. 766/63 CNPJ.: 21.420.85610001-96 - lrrsc Estdul. ISENTA Entidde M ntenedor do Grupo Educcionl Uni: Centro Universitdrio do Sul d Mins - UNIS Fculdde Bum- FABE Fculdde Três Ponts

Leia mais

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período.

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período. VISO PÚBLICO Nº 04/UNOESC-R/2015 O Reitor d Universidde do Oeste de Snt Ctrin Unoesc, Unoesc Virtul, entidde educcionl, crid pel Lei Municipl nº 545/68 e estruturd de direito privdo, sem fins lucrtivos,

Leia mais

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA PROPOSTA DO GOVERNO / Prtidos d Bse PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO do Governo (Mensgem Retifictiv) E / OU ATEMPA / SIMPA Vo t ç ão TEXTO DO CONGRESSO Diverss estrtégis pr tingir s mets Emend 1- exclui

Leia mais

Pacto pela Saúde 2010/2011 Valores absolutos Dados preliminares Notas Técnicas

Pacto pela Saúde 2010/2011 Valores absolutos Dados preliminares Notas Técnicas Pcto pel Súde 2010/ Vlores bsolutos Ddos preliminres Nots Técnics Estão disponíveis, nests págins, os vlores utilizdos pr o cálculos dos indicdores do Pcto pel Súde 2010/, estbelecidos prtir d Portri 2.669,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Sntn de Prníb Áre de Conhecimento: : Proteção e Prevenção Componente Curriculr: LNR Legislção e Norms Regulmentodors

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 ESTDO D BHI PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE PODER EXECUTIVO MUNICIPL COMISSÃO DE LICITÇÃO DEMONSTRTIVO DS LICITÇÕES HOMOLOGDS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 Órgão/Entidade: PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE Exercício:

Leia mais

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APOIO INSTITUCIONAL À EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL 01/014-PROEX/IFRN Os cmpos sombredos

Leia mais

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO Unidade 14001 tividade SERVIÇO UTONOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO CONVENID COM FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU NTONIO COLETTO N 1228 Cep 86790-000 CGC 809102010001-65 LOBTO-PR PRNÁ Fones (44) 3249-1399 Fax (44) 3249-1399

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO Objetivo 1: Grntir prioridde técnic, polític e finnceir pr ções de enfrentmento do HIV/DST voltds

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015 Editl de Processo Seletivo Nº 21/2015 O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PIAUÍ, SENAC-PI, no uso de sus tribuições regimentis, torn público que estão berts

Leia mais

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA AUTORES: AMARAL, An Pul Mgno; NETO, Antônio d Luz Cost. E-MAIL: mgno_n@yhoo.com.br; ntonioluzneto@gmil.com INTRODUÇÃO Sendo um desfio ensinr químic pr

Leia mais

CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA MANHÃ CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA TARDE CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA NOITE

CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA MANHÃ CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA TARDE CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA NOITE PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA ESCOLA MUNICIPAL PROFISSIONALIZANTE MILTON BALLERINI Av. São José nº 150 centro Loren SP Tel. (12) 3153-1548 CEP 12.600-560 125 CURSOS GRATUITOS OFERECIDOS PELA PREFEITURA

Leia mais

CURSO DE GESTÃO E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS

CURSO DE GESTÃO E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS F g s e d d l u Integrd s I p i t Apoio c n CURSO DE GESTÃO E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS Dts: Módulo I 01 e 02 de novembro/2014 Módulo II 15 e 16 de novembro/2014 Módulo III 13 e 14 de dezembro/2014 100

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Coorden http://www.etecermelind.com.br/etec/sis/ptd_tec_6.php 1 de 5 18/09/2015 12:45 Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente

Leia mais

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brasil. CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brasília DF

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brasil. CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brasília DF ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brsil CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brsíli DF Ferrments e Metodologis d OIT pr Promover Investimentos Públicos

Leia mais

EDITAL/SEE Nº 002/2014

EDITAL/SEE Nº 002/2014 EDITAL/SEE Nº 002/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE MONITOR/A PROFESSOR/A INDÍGENA DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO PARA AS ESCOLAS INDÍGENAS DA REDE ESTADUAL DE

Leia mais

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Nossos prceiros Pel trnsprênci e qulidde d plicção dos recursos públicos Ilh Solteir, 17 de jneiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Ao Exmo. Sr. Alberto dos Sntos Júnior Presidente d Câmr Municipl de Ilh

Leia mais

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI Nº 5.580 Institui o Plno de Crreir e Vencimentos do Mgistério Público Estdul do Espírito Snto O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Fço sber que Assembléi Legisltiv decretou e eu snciono seguinte

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO ESTDO D PRIB PREFEITUR MUNICIPL DE LGO SEC GBINETE DO PREFEITO Lei nº 117/20, de 31 de dezembro de 20 INSTITUI O CENTRO DE TENÇÃO PSICOSSOCIL NO MUNICÍPIO DE LGO SEC-PB, CRI CRGOS DE PROVIMENTO EFETIVO

Leia mais

Nº 36, segunda-feira, 12 de maio de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY

Nº 36, segunda-feira, 12 de maio de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY Nº 36, segund-feir, 12 de mio de 25 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY N 36, 12 de mio de 25 1 Nº 36, segund-feir, 12 de mio de 25 EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Leia mais

PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI)

PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI) PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI) 1) Servo de Cristo e legislção vigente O Servo de Cristo respeitndo legislção vigente, ns orientções do MEC em seu Precer nº

Leia mais

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia.

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia. Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1260 A Câmr Municipl Mi procede à bertur do

Leia mais

Plano de Gestão 2012-2015

Plano de Gestão 2012-2015 Plno de Gestão 202-205 - Cmpus UFV - Florestl - Grdução Missão: Promover polítics de incentivo à pesquis, pós-grdução, inicição científic e cpcitção de recursos humnos, objetivndo excelênci do Cmpus Florestl

Leia mais

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL 1. DO PROGRAMA 1.1. O PSG destin-se pessos de bix rend cuj rend fmilir mensl per cpit não ultrpsse 2 slários mínimos federis,

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Hbilitção Profissionl: Técnic de nível médio de Auxilir de Contbilidde

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Msc. Frncis Regis Irineu Coordenção Gerl de Estágio Prof. Izequiel Sntos de Arújo Coordendor de Estágio Cmpins, 2015 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 018/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

Nota de Pagamento Realizado

Nota de Pagamento Realizado Unidade 22022 tividade SERVIÇO UTÔNOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO DMINISTRDO PEL FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU SOFI TCHINI, 237 Cep 87230000 CGC 809090960001-44 JUSSR-PR PRNÁ Fones (044) 3628-1401 Fax (044) 3628-1401

Leia mais

E D I T A L N º 0 3 / 2 0 1 5

E D I T A L N º 0 3 / 2 0 1 5 E D I T A L N º 0 3 / 2 0 1 5 A FACULDADE DE TECNOLOGIA MACHADO DE ASSIS FAMA, trvés d Comissão do Processo Seletivo COPS, comunic os interessdos bertur ds inscrições o PROCESSO SELETIVO pr ingresso nos

Leia mais

Data Tema Objetivos Atividades Recursos

Data Tema Objetivos Atividades Recursos Plno Anul de Atividdes do Pré-Escolr Dt Tem Objetivos Atividdes Recursos Setembro Integrção /dptção ds crinçs -Promover integrção/ (re) dptção ds crinçs á creche; -Proporcionr um mbiente que permit às

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Curso: Engenhri de Produção Período/Módulo: 6º Período Disciplin/Unidde Curriculr: Simulção de Sistems de Produção

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA (versão Preliminar)

PLANO DE AÇÃO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA (versão Preliminar) PLANO DE AÇÃO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA (versão Preliminr) PLANO DE AÇÃO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DIREITOS HUMANOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA Governo do Estdo de Rorim Secretri Estdul

Leia mais

Liberdade de expressão na mídia: seus prós e contras

Liberdade de expressão na mídia: seus prós e contras Universidde Estdul de Cmpins Fernnd Resende Serrdourd RA: 093739 Disciplin: CS101- Métodos e Técnics de Pesquis Professor: Armndo Vlente Propost de Projeto de Pesquis Liberdde de expressão n mídi: seus

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AUDITORIA EM ENFERMAGEM

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AUDITORIA EM ENFERMAGEM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AUDITORIA EM ENFERMAGEM ÁREA DO CONHECIMENTO Enfermagem e Saúde. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização em AUDITORIA EM ENFERMAGEM. AMPARO LEGAL E PORTARIA

Leia mais

Versa o 003 11-mai-15

Versa o 003 11-mai-15 Versa o 003 11-mai-15 Curso de PÓS-MBA GESTA O LEGAL Os PO S-MBAs sa o programas de po s-graduac a o, em ni vel de atualizac a o, voltados aos profissionais que ja conclui ram a Po s-graduac a o (MBA)

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic, Automção e Comndo Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors Plno

Leia mais

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente.

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção U04.6 Urbnísitic EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS LISTA DE DOCUMENTOS 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009)

Leia mais

Grupo Educacional Unis

Grupo Educacional Unis Fundção de Ensino e Pesquis do Sul de Mins Centro Universitário do Sul de Mins Editl de Processo Seletivo Modlidde Distânci - CPS 01/2015 Vestibulr 2015 1º Semestre Grupo Educcionl Unis O Reitor do Centro

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL MISSÃO DO CURSO O Curso Superior de Tecnologi em Automção Industril do Centro Universitário Estácio Rdil de São Pulo tem

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO Unidade 14001 tividade SERVIÇO UTONOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO CONVENID COM FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU NTONIO COLETTO N 1228 Cep 86790-000 CGC 809102010001-65 LOBTO-PR PRNÁ Fones (44) 3249-1399 Fax (44) 3249-1399

Leia mais

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL ISSN 1677-7042 Ano CXLV 243 Brsíli - DF, segund-feir, 15 de dezembro de 2008. Sumário PÁGINA Atos do Poder Judiciário... 1 Atos do Poder Executivo... 1 Presidênci d Repúblic... 104 Ministério d Agricultur,

Leia mais

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276 Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1274; 1275 e 1276 A Câmr Municipl Mi procede

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº.768, DE 5 DE OUTUBRO DE 005 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sus tribuições legis, e considerndo o disposto n Portri MP no 08, de de julho

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Serviços de Acção Socil d Universidde de Coimbr Serviço de Pessol e Recursos Humnos O que é o bono de fmíli pr crinçs e jovens? É um poio em dinheiro, pgo menslmente, pr judr s fmílis no sustento e n educção

Leia mais

Escola SENAI Theobaldo De Nigris

Escola SENAI Theobaldo De Nigris Escol SENAI Theobldo De Nigris Conteúdos borddos nos cursos de Preservção 2011 1) CURSO ASSISTENTE DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA (362h) I Étic e históri n conservção (72h): 1. Étic e históri d Conservção/Resturo

Leia mais

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove Aem n S Informe Icesp Semnl Ano IV nº 49 11/04/2014 Vem í, novo curso no Icesp/Promove A prtir do segundo semestre de 2014, o ICESP Promove de Brsíli brirá inscrições pr o curso de Tecnologi em Construção

Leia mais

I - APRESENTAÇÃO. Prof. Dr. Ricardo Oliveira Lacerda de Melo Presidente do Conselho de Administração

I - APRESENTAÇÃO. Prof. Dr. Ricardo Oliveira Lacerda de Melo Presidente do Conselho de Administração 5 I - APRESENTAÇÃO Com mis um reltório nul, o décimo terceiro desde su crição, FAPESE present de form quntittiv e qulittiv um retrospectiv d su tução no no de 2006, ind n gestão do Prof. Dr. José Roberto

Leia mais

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo Agrupmento Escols do Porto Alto Pré Escolr lunos Estb. De Educção Apoio Domicílios 0-1 1-2 2-3 Alunos em list lunos com NEE Alunos esper () 3 4 5 6 * 3 4 5 3 4 5 6 * Educdores sls Q. QDV único pessol não

Leia mais

Versa o 006 14-jan-16

Versa o 006 14-jan-16 Versa o 006 14-jan-16 Certificate Gestão Financeira Certificate Pós-Graduação Gestão Financeira (428 h/a) Módulos Transdisciplinares (104 h/a) Módulos EPR Educação Presencial em Rede (132 h/a) Módulos

Leia mais

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem*

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem* Educção Ambientl n Comunid Escolr no Entorno do Prque Nturl Municipl do Prgem* 1 ALMEIDA, Grciel Gonçlves ; ARENDT, Krine Sles; LIRA, Elinlv Silv ; MACEDO, Gbriel Zcris; VIEIRA, An Pul. Plvrs-chve: Meio

Leia mais

1 ANALISTA DE SISTEMAS 1.1 Cidade de realização das provas: MANAUS/AM 1.1.1 Local de realização das provas:

1 ANALISTA DE SISTEMAS 1.1 Cidade de realização das provas: MANAUS/AM 1.1.1 Local de realização das provas: PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL N.º 7 IPEA, DE 8 DE DEZEMBRO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA MARIA DA FEIRA ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA. Projeto Música para Todos

ASSOCIAÇÃO DA ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA MARIA DA FEIRA ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA. Projeto Música para Todos ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Projeto Músic pr Todos Plno Anul de Atividdes 2013 2014 1º PERÍODO MÊS DIA HORA ATIVIDADE INTERVENIENTES LOCAL 12 Início do no letivo 12 18h00 Receção os lunos

Leia mais

Nota de Pagamento Realizado

Nota de Pagamento Realizado Unidade 14001 tividade SERVIÇO UTONOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO CONVENID COM FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU NTONIO COLETTO N 1228 Cep 86790-000 CGC 809102010001-65 LOBTO-PR PRNÁ Fones (44) 3249-1399 Fax (44) 3249-1399

Leia mais

TARIFÁRIO 2016 Operadora Nacional SEMPRE PERTO DE VOCÊ

TARIFÁRIO 2016 Operadora Nacional SEMPRE PERTO DE VOCÊ TARIFÁRIO 2016 Operdor Ncionl SEMPRE PERTO DE VOCÊ 24 HOTÉIS PORTUGAL E BRASIL LAZER E NEGÓCIOS CIDADE, PRAIA E CAMPO Os Hotéis Vil Glé Brsil Rio de Jneiro VILA GALÉ RIO DE JANEIRO 292 qurtos 2 resturntes

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO DO ESTADO DO CEARÁ POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CARGO DE SOLDADO PM

Leia mais

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Itu Estado de São Paulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº.

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Itu Estado de São Paulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº. Prefeitur Municipl d Estânci Turístic Itu Estdo São Pulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº. 01/2011 A PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE ITU fz sber quem poss interessr,

Leia mais

Fundamentação Metodológica

Fundamentação Metodológica E M.Montessori Fundmentção Metodológic Mnuis Didáticos Progrms em Níveis Listgens de Ambientes Preprdos Progrms Anuis - Bimestris As crinçs, em contto com um mbiente dequdo desenvolvem s potenciliddes

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA 1 - Ddos do Proponente 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F

Leia mais

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS:

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: ANO XLIV N.º 095 01/07/2014 SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: SEÇÃO I EXTRATO DE INSTRUMENTO CONVENIAL...02 SEÇÃO II PARTE 1: DESPACHOS

Leia mais

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama.

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama. Crtilh Explictiv Segurnç pr quem você m. Bem-vindo, novo prticipnte! É com stisfção que recebemos su desão o Fmíli Previdênci, plno desenhdo pr oferecer um complementção de posentdori num modelo moderno

Leia mais

O Presidente da Federação Mineira de Basketball, no uso de suas atribuições estatutárias, RESOLVE:

O Presidente da Federação Mineira de Basketball, no uso de suas atribuições estatutárias, RESOLVE: NOTA OFICIAL Nº 079.2014 O Presidente d Federção Mineir de Bsketbll, no uso de sus tribuições esttutáris, RESOLVE: DA COORDENAÇÃO TÉCNICA 1. Convocr Seleção Mineir Sub 17, Nipe Msculino, pr disput d X

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA Código: 164 Município: PALMITAL Áre de conhecimento: Ciêncis d Nturez, Mtemátic e sus Tecnologis Componente Curriculr: FÍSICA

Leia mais

EDITAL Nº 006/2012 SELEÇÃO DE PESSOAL

EDITAL Nº 006/2012 SELEÇÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 006/2012 SELEÇÃO DE PESSOAL O Serviço Socil do Comércio Administrção Regionl no Distrito Federl SESC/DF, instituição privd inscrit no CNPJ 03.288.908/0001-30, por meio d su Divisão de Administrção

Leia mais

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS (FINEP) CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 7 FINEP, DE 29 DE JULHO

Leia mais

Projeto. Sinalização Interna do CNPq. Prédio 507. Painel ilustrativo (box aéreo - perspectiva)

Projeto. Sinalização Interna do CNPq. Prédio 507. Painel ilustrativo (box aéreo - perspectiva) Sinlizção Intern do CNPq Projeto Pinel ilustrtivo (box éreo - perspectiv) Suporte: metl, pintur utomotiv cor brnc Suporte: tubo de lumínio escovdo Box em fce dupl de ço escovdo SISTEMA MODULAR (régus em

Leia mais

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS (FINEP) CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 7 FINEP, DE 29 DE JULHO

Leia mais

Cargos/Áreas Candidatos Locais. Todos os candidatos inscritos para o cargo de Auxiliar de Enfermagem Urgência e Emergência

Cargos/Áreas Candidatos Locais. Todos os candidatos inscritos para o cargo de Auxiliar de Enfermagem Urgência e Emergência PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL EDITAL N.º 7/2004 SMS,

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Coorden http://www.etecermelind.com.br/etec/sis/ptd_tec_6.php 1 de 5 18/09/2015 13:29 Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTE RIO DA EDUCAÇA O SECRETARIA DE EDUCAÇA O SUPERIOR INSTITUTO FEDERAL DO PARANA CA MPUS IRATI PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO - PPC CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira 04/09/2015 Coorden Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente 2015 Etec Profª Ermelind Ginnini Teixeir Código: 187 Município: Sntn

Leia mais

LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA

LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA RESOLUÇÃO Nº 2/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015. Dispõe sobre

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis,

Leia mais

EDITAL DE INGRESSO N 09/DEING/2015/1

EDITAL DE INGRESSO N 09/DEING/2015/1 EDITAL DE INGRESSO N 09/DEING/2015/1 Retificdo em 10/10/2014, item 1.5.4 A Reitor do Instituto Federl de Snt Ctrin torn públic bertur de inscrições, no período de 13 de outubro 03 de novembro de 2014,

Leia mais

CURSO DE QUALIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL

CURSO DE QUALIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL 1 anos Faculdades Integradas Ipitanga Capacitação com excelência sempre! UNIBAHIA CURSO DE QUALIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL Com ênfase na correção de 300 irregularidades que ensejam rejeição

Leia mais