Professora Marília Cardoso. Redação 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Professora Marília Cardoso. Redação 1"

Transcrição

1 Redação 1 1

2 Redação 2 2

3 Atenção! As pesquisas revelam grande número de indecisos e segundo turno nas eleições. O agente de polícia precisa assegurar a integridade dos acusados, conforme manda a lei, e que o devido processo legal seja cumprido. O acusado negou participação no programa e que o telefonema do traficante tivesse alguma relação com a CPI. Exemplo 1: A punição vai-se tornando, pois, a parte mais velada do processo penal, provocando várias consequências: deixa o campo da percepção quase diária e entra no da consciência abstrata; sua eficácia é atribuída à sua fatalidade não à sua intensidade visível; a certeza de ser punido é que deve desviar o homem do crime e não mais o abominável teatro; a mecânica exemplar da punição muda as engrenagens. Por essa razão, a justiça não mais assume publicamente a parte de violência que está ligada a seu exercício. Exemplo 2: A punição vai-se tornando, pois, a parte mais velada do processo penal, provocando várias consequências. Primeiro, deixa o campo da percepção quase diária e entra no da consciência abstrata. Segundo, sua eficácia é atribuída à sua fatalidade não à sua intensidade visível. Terceiro, a certeza de ser punido é que deve desviar o homem do crime e não mais o abominável teatro. Quarto, a mecânica exemplar da punição muda as engrenagens. Por essa razão, a justiça não mais assume publicamente a parte de violência que está ligada a seu exercício. 3

4 Proposta 3 João foi preso em flagrante com 450 comprimidos de ecstasy na noite de uma segundafeira. Após ser conduzido à delegacia de polícia, teve o Auto de Prisão em Flagrante lavrado pelo delegado. João ficou detido até a tarde de terça-feira, quando foi encaminhado para audiência de custódia. Tendo em vista o caso hipotético acima, redija texto dissertativo que responda, de forma fundamentada, às seguintes questões: Qual crime João cometeu? A prisão em flagrante legitima a manutenção da segregação de João? A prisão em flagrante poderia ser convertida pelo Delegado? Qual a previsão normativa e o objetivo das audiências de custódia? 4

5 Proposta 4 O ministro Toffoli observou que o acordo de colaboração premiada é um negócio jurídico processual personalíssimo, que não pode ser impugnado por terceiros, ainda que venham a ser mencionados. Afirmou que o acordo é um benefício de natureza personalíssima cujos efeitos não são extensivos a corréus, pois seu objetivo é a colaboração para que se obtenha provas em determinado processo. Segundo ele, o acordo não vincula o delatado nem afeta sua situação jurídica, pois o que poderá atingir eventual corréu são as imputações posteriores, constantes do depoimento do colaborador. Disponível em: Considerando que o texto acima tem caráter meramente motivador, redija, de forma fundamentada, um texto dissertativo acerca da delação premiada. Seu texto deve conter, necessariamente: comentários a respeito da previsão legal para a delação premiada; requisitos da delação premiada na lei do crime organizado; observações sobre seu valor probatório e a possibilidade de subsidiar, sozinha, uma condenação. 5

6 Proposta 5 Redija, de forma fundamentada, um texto dissertativo acerca da interceptação telefônica. Seu texto deve conter, necessariamente: previsão legal da intercepção telefônica e seus requisitos; possibilidade de prorrogação e de utilização como prova emprestada; o papel da autoridade policial e a possiblidade de acesso pelo advogado. 6

7 Decreto sobre o uso de algemas chega em boa hora A República Federativa do Brasil, formatada em indissolúvel Estado Democrático de Direito, está assentada em algumas vigas-mestras, dentre as quais o primado da dignidade da pessoa humana, cuja base positiva está estampada no art. 1º, inciso I, da Constituição Federal de 1988 e também no art. 5º, I e II do Pacto de San José da Costa Rica. Essa verdadeira garantia espraia-se para todos os campos e searas que formam o Estado brasileiro, alcançando não somente os cidadãos no gozo da liberdade plena, mas também aqueles sujeitos a regime de prisão seja processual ou de caráter punitivo. É justamente nessa perspectiva que o Poder Executivo promulgou o Decreto nº 8858/2016 regulamentando o art. 199 da Lei de Execuções Penais (Lei Federal 7210/84), uma vez que a matéria até então era tratada apenas por meio da Súmula Vinculante nº 11, do Supremo Tribunal Federal. O veículo normativo em tela disciplina o uso de algemas, oferecendo diretrizes a serem observadas em ordem a assegurar condições mínimas ao tratamento digno dos presos. A norma traz em seu texto a indicação de que o item de segurança carcerária (algemas) será empregado quando houver resistência do detido, justo receio de fuga ou de perigo à integridade dele próprio ou de terceiros, seja causada pelo preso ou outrem, devendo tal determinação ser feita por escrito e de maneira fundamentada. Outra disposição importante do decreto diz respeito à proibição de uso de algemas em mulheres presas em trabalho de parto, no trajeto da parturiente entre o presídio e o nosocômio, bem como quando a mulher se ache internada em virtude de pós-parto. Essa observação, para além de importante, segue o endereçamento dado ao tema pela ONU nas chamadas Regras de Bangkok (65ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas do ano 2010) que versa sobre as Regras Mínimas para Mulheres Presas. De fato, vem em boa hora a promulgação do decreto por parametrizar, de maneira linear, o uso e aplicação de algemas em todo o território nacional. Com essa iniciativa digna de elogio, o Poder Público a um só tempo traz novos mecanismos que garantem a dignidade do cidadão custodiado e também possibilitam uma maior fiscalização e punição daqueles que eventualmente venham a vilipendiar tão cara garantia. Daniel Bialski Disponível em: 7

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 554, DE

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 554, DE SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 554, DE 2011 Altera o 1 o do art. 306 do Decreto-Lei n o 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Código de Processo Penal), para determinar o prazo de vinte e quatro

Leia mais

TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58

TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58 AULA AO VIVO TEMAS INTRODUTÓRIOS Vídeo: Prisão Parte I do início até 1:29:58 Prisão: é a privação da liberdade de locomoção. Pode ser praticado por particular, pode ser provocada por vontade própria e

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATORA: Senadora ÂNGELA PORTELA I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE RELATORA: Senadora ÂNGELA PORTELA I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E DE CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 75, de 2012, da Senadora Maria do Carmo Alves, que altera os arts. 14 e 199 da Lei nº 7.210,

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N o 2.379, DE 2006 (MENSAGEM N o 20, de 2006) Aprova o texto do Tratado sobre Extradição entre o Governo da República Federativa

Leia mais

SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO DIRETORIA GERAL DE OPERAÇÕES

SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO DIRETORIA GERAL DE OPERAÇÕES SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO DIRETORIA GERAL DE OPERAÇÕES DIRETRIZ DE PLANEJAMENTO Nº DGOPM 001/10 (PROCEDIMENTOS NO USO DE ALGEMAS) S D S P M P E DGOPM S P O Exemplar nº de

Leia mais

REINALDO ROSSANO LÉO MATOS INFORMÁTICA EXERCÍCIOS QUADRIX LINUX DIREITO PROCESSUAL PENAL

REINALDO ROSSANO LÉO MATOS INFORMÁTICA EXERCÍCIOS QUADRIX LINUX DIREITO PROCESSUAL PENAL REINALDO ROSSANO LÉO MATOS INFORMÁTICA EXERCÍCIOS QUADRIX LINUX DIREITO PROCESSUAL PENAL CARGOS: OFICIAL DE JUSTIÇA E ANALISTA JUDICIÁRIO FUNÇÃO JUDICIÁRIA PROVA OBJETIVA: 9.1.3. A Prova Objetiva será

Leia mais

A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito

A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito Profa. Andrea Wild A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito Internacional Público, com denominação

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Campinas Faculdade de Direito. Especialização Criminologia, Direito Penal e Processo Penal CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Pontifícia Universidade Católica de Campinas Faculdade de Direito. Especialização Criminologia, Direito Penal e Processo Penal CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Pontifícia Universidade Católica de Campinas Faculdade de Direito Especialização Criminologia, Direito Penal e Processo Penal CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1) MÓDULO I: CRIMINOLOGIA E LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO LUIZ FUX, MD RELATOR DA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE Nº 5240.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO LUIZ FUX, MD RELATOR DA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE Nº 5240. EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO LUIZ FUX, MD RELATOR DA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE Nº 5240. A ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO ESPÍRITO SANTO AMAGES, sociedade civil com sede na rua desembargador

Leia mais

A LEI DE EXECUÇÃO PENAL Nº E A EDUCAÇÃO NAS UNIDADES PRISIONAIS: QUAIS DISPOSITIVOS?

A LEI DE EXECUÇÃO PENAL Nº E A EDUCAÇÃO NAS UNIDADES PRISIONAIS: QUAIS DISPOSITIVOS? A LEI DE EXECUÇÃO PENAL Nº 7.210 E A EDUCAÇÃO NAS UNIDADES PRISIONAIS: QUAIS DISPOSITIVOS? Dimas de Lima Santos dimasfilos@gmail.com Ana Karla Loureiro da Silva anakarlaloureiro@hotmail.com Maria da Conceição

Leia mais

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal REQUERIMENTO DE RELAXAMENTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE DICA: O problema vai falar que não é caso de habeas Corpus, e nem de liberdade provisória, e o candidato deve examinar as normas do flagrante, pois no

Leia mais

A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP:

A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP: Cargo: S01 - AGENTE DE POLÍCIA CIVIL Disciplina: Noções de Direito Processual Penal Questão Gabarito por extenso Justificativa A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP: Conclusão

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.396 INSTRUÇÃO Nº 958-26.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a apuração de crimes eleitorais.

Leia mais

Art. 44. O Poder Legislativo é exercido pelo Congresso Nacional, que se. eleitos, pelo sistema proporcional, em cada Estado, em cada Território e no

Art. 44. O Poder Legislativo é exercido pelo Congresso Nacional, que se. eleitos, pelo sistema proporcional, em cada Estado, em cada Território e no Art. 44. O Poder Legislativo é exercido pelo Congresso Nacional, que se compõe da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Parágrafo único. Cada legislatura terá a duração de quatro anos. Art. 45. A Câmara

Leia mais

PROCESSO PENAL MARATONA OAB XX

PROCESSO PENAL MARATONA OAB XX PROCESSO PENAL MARATONA OAB XX AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA RESOLUÇÃO 213/15 RESOLUÇÃO Nº 213/15 - CNJ Art. 1º Determinar que toda pessoa presa em flagrante delito, independentemente da motivação ou natureza

Leia mais

DETENÇÃO. - Os actos processuais com detidos são urgentes e os prazos correm em férias (art. 80º CPP).

DETENÇÃO. - Os actos processuais com detidos são urgentes e os prazos correm em férias (art. 80º CPP). DETENÇÃO 1- Definição. Medida cautelar de privação da liberdade pessoal, não dependente de mandato judicial, de natureza precária e excepcional, que visa a prossecução de finalidades taxativamente 1 previstas

Leia mais

PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL. Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB

PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL. Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB Twitter: @Prof_KaFerreira 1. PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS 1.1. Devido Processo Legal

Leia mais

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA 01) Não se enquadra na subdivisão de "Público" o direito: a) Constitucional b) Administrativo. c) Judiciário / processual. d) Penal. e) Comercial. 02) Não

Leia mais

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL www.questoesdeconcursos.com.br PEÇA PROFISSIONAL Maria José, indiciada por tráfico de drogas, apontou, em seu interrogatório extrajudicial, realizado em //0, Thiago,

Leia mais

RESOLUÇÃO N XXXXXXX INSTRUÇÃO N xxx-xx.20xx CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL.

RESOLUÇÃO N XXXXXXX INSTRUÇÃO N xxx-xx.20xx CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. RESOLUÇÃO N XXXXXXX INSTRUÇÃO N xxx-xx.20xx6.00.0000 - CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Dias Toffoli. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Dispõe sobre a apuração de crimes

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Constitucional Polícia Legislativa Senado Federal Período: 2008-2017 Sumário Direito Constitucional... 3 Estado Democrático de Direito... 3 Direitos e deveres individuais

Leia mais

RECOMENDAÇÃO N 001/2016-CGMP

RECOMENDAÇÃO N 001/2016-CGMP RECOMENDAÇÃO N 001/2016-CGMP O CORREGEDOR-GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ, com fundamento nos artigo 17, inciso IV, da Lei Federal n 8.625/93 e no artigo 36, inciso IV, da Lei Complementar

Leia mais

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes 1. CONTEXTUALIZAÇÃO QUAL FONTE VOCÊ PRECISA? 2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Expressão designa todas as representações que, de fato, influenciam a função criadora e aplicadora do Direito.

Leia mais

Pág. 25 Item 3.5. Direitos do preso

Pág. 25 Item 3.5. Direitos do preso Atualização Pág. 25 Item 3.5. Direitos do preso Segundo parágrafo e continuação na pág. 26: Texto no livro: O caput do art. 306 do Código de Processo Penal possui a mesma redação do referido inciso LXII,

Leia mais

ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL

ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: UNESP Prova: Assistente Administrativo Considerando o que dispõe a Constituição Federal sobre os direitos e garantias fundamentais,

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 04/05/2015. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA

DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 04/05/2015. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 04/05/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com 10.2.5. Características - Procedimento escrito: não se permite uma investigação verbal. Todas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.363 INSTRUÇÃO Nº 1160-71.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a apuração de crimes

Leia mais

PLANO DE ESTUDO SEMESTRAL PARA PMGO

PLANO DE ESTUDO SEMESTRAL PARA PMGO PLANO DE ESTUDO SEMESTRAL PARA PMGO - 2017 DIAS DE ESTUDOS MATÉRIAS BÁSICAS LÍNGUA PORTUGUESA 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 0,5 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.

Leia mais

ARTIGOS 1º AO 4º. A vigente Constituição Federal (de 5 de outubro de 1988) contém a

ARTIGOS 1º AO 4º. A vigente Constituição Federal (de 5 de outubro de 1988) contém a ARTIGOS 1º AO 4º A vigente Constituição Federal (de 5 de outubro de 1988) contém a definição jurídica da Organização do Estado brasileiro, no seu artigo 1º: A República Federativa do Brasil, formada pela

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 68/XIII/1.ª

PROJETO DE LEI N.º 68/XIII/1.ª Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 68/XIII/1.ª ALTERA O CÓDIGO DE PROCESSO PENAL, REVOGANDO A POSSIBILIDADE DE JULGAR EM PROCESSO SUMÁRIO CRIMES COM MOLDURA PENAL SUPERIOR A 5 ANOS DE PRISÃO Exposição

Leia mais

PONTOS INICIAS: -Privação da liberdade / tolhimento do direito de ir e vir. Marco de divisão das prisões: Sentença condenatória transitada em julgado

PONTOS INICIAS: -Privação da liberdade / tolhimento do direito de ir e vir. Marco de divisão das prisões: Sentença condenatória transitada em julgado Prof. Vinícius Abdala Me. em Ciências Criminais pela Universidade de Lisboa Juiz da Inter-American Human Rigthts Moot Court Competition, Washington, DC. Advogado Criminalista. PRISÕES PONTOS INICIAS: -Privação

Leia mais

Manifestação a favor da previsão em lei de realização de Audiência de Custódia PLS 554/2011

Manifestação a favor da previsão em lei de realização de Audiência de Custódia PLS 554/2011 Manifestação a favor da previsão em lei de realização de Audiência de Custódia PLS 554/2011 A Proposta de Substitutivo de Projeto de Lei do Senador Randolfe Rodrigues, referente ao PLS de nº 554, proposto

Leia mais

Revista de Criminologia e Ciências Penitenciárias Conselho Penitenciário do Estado - COPEN

Revista de Criminologia e Ciências Penitenciárias Conselho Penitenciário do Estado - COPEN A S Ú M U L A V I N C U L A N T E N 1 1 D O S U P R E M O T R I B U N A L F E D E R A L E S U A I M P L I C A Ç Ã O N A S O P E R A Ç Õ E S P O L I C I A I S Lincoln Almeida Rodrigues¹ ¹Estagiário do 1º

Leia mais

ATIVIDADE/PRÁTICA PROCESSUAL PENAL

ATIVIDADE/PRÁTICA PROCESSUAL PENAL ATIVIDADE/PRÁTICA PROCESSUAL PENAL A presente atividade tem por objetivo fixar o roteiro a ser respondido, conforme estudamos em sala de aula, porém com o diferencial de que nesse momento temos questões

Leia mais

OBJETO DA NORMA E CONCEITOS E TIPOS PENAIS

OBJETO DA NORMA E CONCEITOS E TIPOS PENAIS - LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL - - Lei nº 12.850/13 - Lei de Combate às Organizações Criminosas - Professor: Marcos Girão - OBJETO DA NORMA E CONCEITOS E TIPOS PENAIS 1 OBJETO DA LEI Nº 12.850/13 Art. 1 o

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador HUMBERTO COSTA

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador HUMBERTO COSTA PARECER Nº, DE 2014 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 554, de 2011, do Senador Antonio Carlos Valadares, que altera o 1º do art.

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE Prof. Jean Pitter BANCA: IBFC INFORMAÇÕES GERAIS DO CONCURSO CARGOS: Técnico (60 vagas) e Analista (49 vagas) INSCRIÇÕES: 24 de julho a 24 de agosto. Valores:

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 659/XII/4.ª

PROJETO DE LEI N.º 659/XII/4.ª PROJETO DE LEI N.º 659/XII/4.ª Procede à alteração do Código Penal, criando os crimes de perseguição e casamento forçado em cumprimento do disposto na Convenção de Istambul Exposição de Motivos Nos últimos

Leia mais

PRISÕES PRISÃO PREVENTIVA. Vídeo: Prisão Parte 2 do início até 17:28

PRISÕES PRISÃO PREVENTIVA. Vídeo: Prisão Parte 2 do início até 17:28 AULA AO VIVO PRISÕES PRISÃO PREVENTIVA Vídeo: Prisão Parte 2 do início até 17:28 Vimos o esquema da prisão em flagrante: - lavratura do flagrante; - em 24 horas, audiência de custódia: I - relaxar a prisão

Leia mais

PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese

PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese PRINCÍPIOS INFORMADORES DO DIREITO PROCESSUAL PENAL PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese os princípios da política processual de uma nação não são outra coisa senão os segmentos de sua política (ética) estatal

Leia mais

SUMÁRIO 1. O CRIME DE TERRORISMO: UM OLHAR SOBRE A PUNIBILIDADE DOS ATOS PREPARATÓRIOS... 19

SUMÁRIO 1. O CRIME DE TERRORISMO: UM OLHAR SOBRE A PUNIBILIDADE DOS ATOS PREPARATÓRIOS... 19 SUMÁRIO 1. O CRIME DE TERRORISMO: UM OLHAR SOBRE A PUNIBILIDADE DOS ATOS PREPARATÓRIOS... 19 1. CONSIDERAÇÕES INTRODUTÓRIAS... 19 2. FUNDAMENTOS PUNITIVOS DOS DELITOS DE TERRORISMO: O BEM JURÍDICO TUTELADO...

Leia mais

COLABORAÇÃO PREMIADA. São Paulo, 6. MAIO. MMXV Vladimir Aras

COLABORAÇÃO PREMIADA. São Paulo, 6. MAIO. MMXV Vladimir Aras COLABORAÇÃO PREMIADA São Paulo, 6. MAIO. MMXV Vladimir Aras Procurador Regional da República (MPF/BA), Mestre em Direito Público (UFPE), Professor Assistente de Processo Penal da Faculdade de Direito da

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL 46. Considere as seguintes assertivas a respeito dos direitos e garantias fundamentais: I. Ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de autoridade

Leia mais

Apresentação. Freire Neto

Apresentação. Freire Neto Bem vindos!!! Apresentação Freire Neto freire.rapaduracultural@gmail.com 984151051 Não precisa ser fácil, basta ser possível. Quem é você? Quem é você? X Parceria... Questão 3 Fortaleza - Ce Regional

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento Habeas corpus - Tenhas corpo (...) a faculdade concedida

Leia mais

Deputados aprovam texto-base da PEC 443

Deputados aprovam texto-base da PEC 443 De 07 a 13 de agosto de 2015 - Edição nª 009 Deputados aprovam texto-base da PEC 443 Após diversas tratativas e inúmeros esforços para colocar a PEC 443 em pauta, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL NA SAÚDE DOS HOSPITAIS E CLÍNICAS

RESPONSABILIDADE CIVIL NA SAÚDE DOS HOSPITAIS E CLÍNICAS AULA 16 RESPONSABILIDADE CIVIL NA SAÚDE DOS HOSPITAIS E CLÍNICAS ERRO DE DIAGNÓSTICO 1. Conceito de diagnóstico 2. Conceito de prognóstico Diagnóstico é a palavra da área da medicina que significa a qualificação

Leia mais

DECISÃO. Trata-se de incidente ajuizado pelo Ministério Público Federal objetivando a transferência de presos provisórios para presídio federal.

DECISÃO. Trata-se de incidente ajuizado pelo Ministério Público Federal objetivando a transferência de presos provisórios para presídio federal. Processo n 16076-44.2017.4.01.3200 Classe 15000 - CRIMINAL DIVERSA Requerente MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DECISÃO Trata-se de incidente ajuizado pelo Ministério Público Federal objetivando a transferência

Leia mais

SUMÁRIO CURRICULA DOS AUTORES... 9 AGRADECIMENTOS 6.ª EDIÇÃO AGRADECIMENTOS 5.ª EDIÇÃO AGRADECIMENTOS 4.ª EDIÇÃO... 15

SUMÁRIO CURRICULA DOS AUTORES... 9 AGRADECIMENTOS 6.ª EDIÇÃO AGRADECIMENTOS 5.ª EDIÇÃO AGRADECIMENTOS 4.ª EDIÇÃO... 15 SUMÁRIO CURRICULA DOS AUTORES... 9 AGRADECIMENTOS 6.ª EDIÇÃO... 11 AGRADECIMENTOS 5.ª EDIÇÃO... 13 AGRADECIMENTOS 4.ª EDIÇÃO... 15 AGRADECIMENTOS 3.ª EDIÇÃO... 17 AGRADECIMENTOS 2.ª EDIÇÃO... 19 AGRADECIMENTOS

Leia mais

NICOLAU RODRIGUES DA SILVEIRA Advogado OAB/RS nº Mantenedora das Faculdades Integradas de Taquara FACCAT

NICOLAU RODRIGUES DA SILVEIRA Advogado OAB/RS nº Mantenedora das Faculdades Integradas de Taquara FACCAT VIII SEMINÁRIO SUL BRASILEIRO DE PREVIDÊNCIA PÚBLICA CONSELHO FISCAL DO RPPS OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADE S NICOLAU RODRIGUES DA SILVEIRA Advogado OAB/RS nº 29383 Presidente do Conselho Deliberativo da

Leia mais

Em primeiro lugar, deverá o examinando requerer, em preliminar, o desentranhamento das provas ilícitas.

Em primeiro lugar, deverá o examinando requerer, em preliminar, o desentranhamento das provas ilícitas. OAB 2010.3 GABARITO COMENTADO SEGUNDA FASE PENAL PEÇA PRÁTICO PROFISSIONAL O recurso cabível é o recurso em sentido estrito, na forma do art. 581, IV, do Código de Processo Penal, dirigido ao Juiz da 1ª

Leia mais

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal

CJEB - Curso Jurídico Prof.ª Elaine Borges Prática Penal MEMORIAL DEFENSÓRIO DICA: O problema vai falar que trata-se de caso complexo ou com vários réus e o juiz deferiu os memoriais; Ou o problema vai falar que o Promotor de Justiça já apresentou a acusação;

Leia mais

SUMÁRIO 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7

SUMÁRIO 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7 SUMÁRIO PREFÁCIO, 5 SUMÁRIO, 7 1. PEÇAS DE LIBERDADE, 17 1. Primeiro passo: identificar qual a peça ou instituto o caso concreto apresenta ou requer, 17 1.1. Peças práticas que podem ser requeridas a qualquer

Leia mais

TEMA 2 DIREITO PROCESSUAL PENAL

TEMA 2 DIREITO PROCESSUAL PENAL PROVA ORAL QUESTÃO 1 Em meio a escuta telefônica autorizada judicialmente, a autoridade policial captou incidentalmente diálogos entre o investigado e seu patrono constituído, ocasião em que ambos combinavam

Leia mais

Abreviaturas Apresentação PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO

Abreviaturas Apresentação PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO S umário Abreviaturas... 21 Apresentação... 23 PARTE 1 DOUTRINA E LEGISLAÇÃO CAPÍTULO I PODER JUDICIÁRIO 1. Conceito, importância, funções e independência... 27 2. Garantias institucionais ou orgânicas

Leia mais

PARTE I. Auto Viação Gaivota Ltda., concessionária de transporte urbano do município de Belo

PARTE I. Auto Viação Gaivota Ltda., concessionária de transporte urbano do município de Belo PROVA DISCURSIVA P 3 Nas partes I (peça judicial) e II (questões) desta prova que valem dez pontos cada uma, faça o que se pede, usando as páginas correspondentes do presente caderno para rascunho. Em

Leia mais

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL PEÇA PROFISSIONAL O Ministério Público ofereceu denúncia contra Alexandre Silva, brasileiro, casado, taxista, nascido em 21/01/1986, pela prática de infração prevista

Leia mais

Capítulo 1 Introdução...1. Capítulo 2 Inquérito Policial (IP)...5

Capítulo 1 Introdução...1. Capítulo 2 Inquérito Policial (IP)...5 S u m á r i o Capítulo 1 Introdução...1 Capítulo 2 Inquérito Policial (IP)...5 2.1. Início do IP... 17 2.2. Indiciamento... 24 2.3. Identificação Criminal a Nova Lei nº 12.037/2009... 27 2.4. Demais Providências...

Leia mais

PROVA ESCRITA DISSERTATIVA

PROVA ESCRITA DISSERTATIVA PROVA ESCRITA DISSERTATIVA CESPE CEBRASPE PJC/MT Aplicação: 0 Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso deseje, os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva os textos

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 26, DE 02 DE SETEMBRO DE 2015.

RESOLUÇÃO N.º 26, DE 02 DE SETEMBRO DE 2015. REVOGADA PELA RESOLUÇÃO N.º 39, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015 PUBLICADA NO DJE DE 18 DE DEZEMBRO DE 2015, PÁG. 2. http://diario.tjrr.jus.br/dpj/dpj-20151218.pdf RESOLUÇÃO N.º 26, DE 02 DE SETEMBRO DE 2015.

Leia mais

Vistos e examinados os autos.

Vistos e examinados os autos. CONCLUSÃO Em 08 de fevereiro de 2013, faço estes autos conclusos à MMª. Juíza Federal Titular da 3ª Vara Federal de Sorocaba, Drª SYLVIA MARLENE DE CASTRO FIGUEIREDO. Técnico Judiciário RF 5448 PROCESSO

Leia mais

LFG MAPS. ORDEM SOCIAL 04 questões

LFG MAPS. ORDEM SOCIAL 04 questões NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL Nível de importancia Tema QTDE de Questões Porcentagem (%) 1 Ordem Social 4 31% 2 Da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas 4 31% 3 Direitos e Deveres Individuais

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A ação penal popular no ordenamento jurídico brasileiro Liduina Araujo Batista * O presente estudo trata da discussão acerca da possibilidade, ou não, de existência, em nosso ordenamento

Leia mais

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE Michele Duarte Amaral 1 Walter Francisco Sampaio Filho 2 RESUMO O trabalho versará sobre a dificuldade de a autoridade policial produzir provas no crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro,

Leia mais

PROJETO DE LEI DE DE DE 2016.

PROJETO DE LEI DE DE DE 2016. PROJETO DE LEI DE DE DE 2016. Dispõe sobre o monitoramento eletrônico de agressor por violência doméstica e familiar contra a mulher, no âmbito do Estado de Goiás e dá outras providências. A ASSEMBLEIA

Leia mais

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 IMPLANTADA DA AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA CAMPINAS...4 O QUE O ADVOGADO DEVE SABER SOBRE AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA... 5 A ATUAÇÃO DO ADVOGADO

Leia mais

Pesquisa Tráfico de drogas na cidade do Rio de Janeiro: Prisão provisória e direito de defesa. Novembro de 2015

Pesquisa Tráfico de drogas na cidade do Rio de Janeiro: Prisão provisória e direito de defesa. Novembro de 2015 Pesquisa Tráfico de drogas na cidade do Rio de Janeiro: Prisão provisória e direito de defesa Novembro de 2015 Prisões em flagrante por tráfico de drogas na cidade do Rio 1.437 casos distribuídos em 2013

Leia mais

SUMÁRIO NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS Capítulo 1

SUMÁRIO NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS Capítulo 1 SUMÁRIO Capítulo 1 NORMAS CONSTITUCIONAIS AMBIENTAIS... 23 1. Conceito de Constituição... 23 2. Sentidos ou concepções de Constituição... 23 2.1. Sentido sociológico... 24 2.2. Sentido político... 24 2.3.

Leia mais

SUMÁRIO TEORIA DA CONSTITUIÇÃO Capítulo 1

SUMÁRIO TEORIA DA CONSTITUIÇÃO Capítulo 1 SUMÁRIO Capítulo 1 TEORIA DA CONSTITUIÇÃO... 23 1. Conceito de Constituição... 23 2. Sentidos ou concepções de Constituição... 23 2.1. Sentido sociológico... 24 2.2. Sentido político... 24 2.3. Sentido

Leia mais

- Tem como objeto o Novo Código de Processo Penal. - Aprovado no Senado e encaminhado para análise da Câmara dos Deputados em 2010

- Tem como objeto o Novo Código de Processo Penal. - Aprovado no Senado e encaminhado para análise da Câmara dos Deputados em 2010 Edilson Santana Gonçalves Filho Defensor Público Federal Especialista em Direito Processual Tema: IMPLEMENTAÇÃO (OU TENTATIVAS DE IMPLEMENTAÇÃO) DA AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA NO BRASIL Palavras-chave: Audiência

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2009 01 Assinale a alternativa que defina corretamente o poder regulamentar do chefe do Executivo, seja no âmbito federal, seja no estadual. a) O poder

Leia mais

1. Sobre as medidas cautelares pessoais no processo penal, é correto afirmar que:

1. Sobre as medidas cautelares pessoais no processo penal, é correto afirmar que: P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO PROCESSUAL PENAL 1. Sobre as medidas cautelares pessoais no processo penal, é correto afirmar que: I - De acordo com o Código de Processo Penal, as

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 Regula a decretação de sigilo nos autos de procedimentos de investigação e de processos judiciais, nos termos dos arts. 5º, LX, e 93, IX, da Constituição da República

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª

PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª Altera o Código de Processo Penal, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 78/87, de 17 de Fevereiro, eliminando a possibilidade de julgamentos em processo sumário para crimes puníveis

Leia mais

Direito Penal. Curso de. Rogério Greco. Parte Geral. Volume I. Atualização. Arts. 1 o a 120 do CP

Direito Penal. Curso de. Rogério Greco. Parte Geral. Volume I. Atualização. Arts. 1 o a 120 do CP Rogério Greco Curso de Direito Penal Parte Geral Volume I Arts. 1 o a 120 do CP Atualização OBS: As páginas citadas são referentes à 14 a edição. A t u a l i z a ç ã o Página 187 Nota de rodapé n o 13

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL 145 QUESTÕES DE PROVAS IBFC POR ASSUNTOS 06 QUESTÕES DE PROVAS FCC 24 QUESTÕES ELABORADAS PELO EMMENTAL Edição Maio 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Prisão Preventiva Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal PRISÃO PREVENTIVA CÓDIGO DE PROCESSO PENAL TÍTULO IX CAPÍTULO III Da Prisão

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO CONSTITUCIONAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO CONSTITUCIONAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Na Federação Brasileira, os Estados-Membros: I organizam-se e regem-se pelas respectivas Constituições, ainda que contrariem alguns

Leia mais

PROVA DISCURSIVA P 3

PROVA DISCURSIVA P 3 PROVA DISCURSIVA P 3 Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso queira, os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva os textos para o CADERNO DE TEXTOS DEFINITIVOS

Leia mais

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências.

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. Resolução nº 121, de 5 de outubro de 2010 Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

Brasil, 10 de Outubro de Senhor Paulo Abrão Secretario Executivo Comissão Interamericana de Direitos Humanos Washington D.C.

Brasil, 10 de Outubro de Senhor Paulo Abrão Secretario Executivo Comissão Interamericana de Direitos Humanos Washington D.C. Brasil, 10 de Outubro de 2016. Senhor Paulo Abrão Secretario Executivo Comissão Interamericana de Direitos Humanos Washington D.C. Referência: Solicitação de audiência sobre a política de encarceramento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Paulo Roberto de Oliveira Lima

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Paulo Roberto de Oliveira Lima IMPTTE : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO IMPTDO : JUÍZO DA 8ª VARA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE (MOSSORÓ) - COMPETENTE P/ EXEC. PENAIS PACTE : JOSÉ DE ANCHIETA FERNANDES RéU PRESO ORIGEM:8ª VARA FEDERAL

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: Cria o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito PNATRANS; e acrescenta dispositivo à Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para dispor sobre

Leia mais

2º RELATÓRIO SOBRE O PERFIL DOS RÉUS ATENDIDOS NAS AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA 1

2º RELATÓRIO SOBRE O PERFIL DOS RÉUS ATENDIDOS NAS AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA 1 2º RELATÓRIO SOBRE O PERFIL DOS RÉUS ATENDIDOS NAS AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA 1 1. Introdução: Desde que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro implementou a central de audiência de custódia 2, tendo realizado

Leia mais

PROCESSO PENAL I 3ª - Part r e Pro r f o e f ss s o s r o : r :Ru R b u ens s Co C r o r r e r ia a Jun u ior

PROCESSO PENAL I 3ª - Part r e Pro r f o e f ss s o s r o : r :Ru R b u ens s Co C r o r r e r ia a Jun u ior I 3ª -Parte Professor: Rubens Correia Junior 1 I Princípios 2 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS: Os Princípios são considerados a base interpretativa das normas. Traça as diretrizes constitucionais que devem

Leia mais

ww.concursovirtual.com.b

ww.concursovirtual.com.b Poder Legislativo Questões Fábio Ramos FGV - 2011 - TRE-PA - Técnico Judiciário - Segurança Judiciária 1-Assinale a alternativa que apresente competência exclusiva do Congresso Nacional. a) Autorizar o

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Vara Regional Leste 1 de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher do Foro Regional VI Penha de França Autos n 0007200-21.2015.8.26.0006 Controle n 2136/15 Meritíssimo Juiz, O Ministério Público do

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL 01. Considere as seguintes normas constitucionais: I. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando

Leia mais

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA OU DE GARANTIA

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA OU DE GARANTIA AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA OU DE GARANTIA Inspirado no Projeto de Lei 554/2011, de autoria do Senador Antônio Carlos Valadares, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou o projeto "Audiência de Custódia"

Leia mais

SUMÁRIO PRISÃO PREVENTIVA: PRINCIPAIS PONTOS CONTROVERTIDOS SURGIDOS COM A LEI /

SUMÁRIO PRISÃO PREVENTIVA: PRINCIPAIS PONTOS CONTROVERTIDOS SURGIDOS COM A LEI / SUMÁRIO CAPÍTULO I PRISÃO PREVENTIVA: PRINCIPAIS PONTOS CONTROVERTIDOS SURGIDOS COM A LEI 12.403/2011...29 1. Prisão preventiva antes da edição da Lei 12.403/2011... 29 2. Espírito das alterações e antecedentes

Leia mais

Lei n /2011 e prisão provisória: questões polêmicas

Lei n /2011 e prisão provisória: questões polêmicas Fernando Capez é Procurador de Justiça licenciado e Deputado Estadual. Presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (2007-2010). Mestre em Direito pela

Leia mais

SUMÁRIO PARTE 1 PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS E TEORIA ASSOCIADA CAPÍTULO 1. PEÇAS DE LIBERDADE...

SUMÁRIO PARTE 1 PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS E TEORIA ASSOCIADA CAPÍTULO 1. PEÇAS DE LIBERDADE... SUMÁRIO PARTE 1 PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS E TEORIA ASSOCIADA CAPÍTULO 1. PEÇAS DE LIBERDADE... 19 1. Primeiro passo: identificar qual a peça ou instituto o caso concreto apresenta ou requer... 19 1.1.

Leia mais

COMENTÁRIOS A LEI /2011 MEDIDAS CAUTELARES E-LEARNING

COMENTÁRIOS A LEI /2011 MEDIDAS CAUTELARES E-LEARNING O presente trabalho tem por objetivo fazer uma análise sucinta da nova lei de Prisão Preventiva aplicáveis como novas regras da prisão processual, fiança, liberdade provisória e medidas cautelares alternativas

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE ÍNDICE ALFABÉTICO-REMISSIVO DA CRFB/

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE ÍNDICE ALFABÉTICO-REMISSIVO DA CRFB/ SUMÁRIO CONSTITUIÇÃO FEDERAL...13 ÍNDICE SISTEMÁTICO DA CRFB/1988....15 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988....18 ÍNDICE ALFABÉTICO-REMISSIVO DA CRFB/1988...118 CÓDIGO PENAL...147 LEI

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Processo Penal. Período:

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Processo Penal. Período: CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Processo Penal Polícia Legislativa Câmara dos Deputados Período: 2007-2017 Sumário Direito Processual Penal... 3 Inquérito Policial... 3 Ação penal pública incondicionada...

Leia mais

Juiz da Lava Jato condena à prisão ex-executivos da Camargo Corrêa

Juiz da Lava Jato condena à prisão ex-executivos da Camargo Corrêa Titular das ações penais da Operação Lava Jato, o juiz Sergio Moro condenou ex-executivos da construtora Camargo Corrêa por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e atuação em organização criminosa referentes

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 452/XII/3.ª

PROJECTO DE LEI N.º 452/XII/3.ª PROJECTO DE LEI N.º 452/XII/3.ª Altera o Código de Processo Penal, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 78/87, de 17 de Fevereiro, eliminando a possibilidade de julgamentos em processo sumário para crimes puníveis

Leia mais

PONTO 1: Prisão 1. PRISÃO. Quanto às espécies de prisão, podemos falar em:

PONTO 1: Prisão 1. PRISÃO. Quanto às espécies de prisão, podemos falar em: 1 DIREITO PROCESSUAL PENAL PONTO 1: Prisão 1. PRISÃO Segundo o art. 5º, LXI, da CF/88, é possível a prisão mediante flagrante delito ou ordem escrita e fundamentada da autoridade competente, salvo transgressão

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques.

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques. DIREITOS HUMANOS Prof. Ricardo Torques fb.com/direitoshumanosparaconcursos periscope.tv/rstorques rst.estrategia@gmail.com Teoria Geral dos Direitos Humanos Características, Eficácia e Classificação de

Leia mais

4/12/ das 8h às 12h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição

4/12/ das 8h às 12h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição CONCURSO PÚBLICO N 001/2016 COMISSÃO DE CONCURSOS E SELEÇÕES NÍVEL MÉDIO REDAÇÃO 4/12/2016 - das 8h às 12h Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Leia mais