LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS"

Transcrição

1 LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS 1. Descrição Física Este espaço se configura o ambiente ideal para a realização de aplicações práticas de materiais e revestimentos, bem como trabalhos artesanais, criação de maquetes, protótipos de mobiliário e modelos pintados e desenhados a mão. Ambiente onde o aluno poderá ter contato com os diversos materiais utilizados no curso bem como sua aplicação através das aulas práticas, como aplicação de técnicas de pintura, revestimentos. Nesse espaço o aluno poderá desenvolver também produções artísticas, maquetes, mosaicos, protótipos de mobiliário. Para atender de forma adequada ao curso, é necessária a interligação deste laboratório com o Laboratório de, a fim de possibilitar o uso para disciplinas com divisões de turma, bem como a aplicação de aulas teóricas nas aulas práticas. A área mínima deste laboratório deve ser igual ou superior a 76,50m2, com pé direito de 3,50 m no mínimo com piso antiderrapante, ventilação e iluminação adequada. Todo este espaço deverá ter paredes lisas e piso de fácil limpeza, impermeável, com nível favorecendo o escoamento para os ralos. Estes devem ser em aço inox, sifonados e com fechamento. As paredes devem ser pintadas com tinta clara e lavável. Os cantos das paredes e do piso devem ser preferencialmente arredondados, facilitando a limpeza e higienização do local. Janelas possibilitando boa iluminação natural e aeração do ambiente. É necessária a instalação de telas nas janelas a fim de se evitar a entrada de insetos. Devem ser previstas tomadas bivolts e bancada em granito com 2,80x0,60x0,90 cm (lxpxa) com gabinete com 2 portas e 1 prateleira interna e com 02 cubas em aço inox para limpeza de materiais. Tanque para limpeza de peças maiores com bancada com 0,50x0,60x0,90. Prateleiras para materiais e trabalhos em execução. As bancadas de trabalho (6 unidades) serão móveis, medindo 1,70x0,80x0,90 m (lxpxa) e devem ser previstas tomadas bivolts aéreas, nas direções das bancadas. Se possível, prever uma interligação com o Laboratório de Materiais e Revestimentos, que poderá ser feita através de portas.

2 2. Leiaute

3 3. Mobiliário e Acessórios 40 Banqueta em madeira MDF, assento de 30cm, pés de aço 6 Bancada industrial móvel 1,70 x 0,80 x 0,90 m 3 Armário de aço 1 Conjunto de mesa e cadeira para professor 5 Estante de aço 2 Quadro de avisos 1 Quadro não magnético branco 1 Tela de projeção, modelo retrátil com acionamento manual 1 Suporte para projetor multimídia 1 Suporte para televisor; de 37" a 42" para TV de LCD/plasma 4. Equipamentos 3 Grampeador para tapecaria; 2 Trena eletrônica; de bolso; 5. Equipamentos Eletrônicos 01 Microcomputador 01 Projetor de multimídia 04 Ventilador 6. Materiais de Consumo 01 Compasso de madeira 05 Cortador elétrico para isopor 10 Equipamentos de segurança: Luva de segurança 10 Equipamentos de segurança: máscara com filtro Conf. necessidade Equipamentos de segurança: máscara descartável quantidade de acordo com necessidade 20 Equipamentos de segurança: Óculos de proteção 01 Esquadro para desenho de madeira, 45º graus, 50 cm, com graduação 01 Esquadro para desenho de madeira, 60º graus, 50 cm, com graduação 05 Kit ferramentas: Martelo de unha 20mm, Alicate universal isolada 7",Alicate de pressão 10'',3 Chaves de Fenda Ponta Chata: 1/8x3", 3/16x4" e 1/4x5", Chave de fenda Ponta Philips: 3/16x4", 4 Chaves fixas 10x11mm, 12x13mm, 14x15mm, 16x17mm, Talhadeira 8'', Esquadro 25cm, Formão 1/2'', Trena 3m, Estilete, 4 Chaves hexagonais 3, 4, 5 e 6mm, 1 mini arco de serra (com uma serra), Maleta plástica 10 Lápis de carpinteiro 03 Limas 05 Pistola aplicadora de cola quente 01 Régua para desenho de madeira, 100 cm, com graduação " 05 Trena 5m Conf. necessidade Lixas de diversas medidas, réguas, colas, pregos de diversas medidas, parafusos de diversas medidas, estiletes, equipamentos de segurança (luvas, óculos, protetores auriculares, protetores faciais, máscaras de feltro).

4 Habilitações Profissionais que podem compartilhar este laboratório: Ensino Médio Técnico em Design de Móveis Técnico em Móveis Técnico em Desenho da Construção Civil Técnico em Edificações Técnico em Paisagismo Técnico em Calçados

5 LABORATÓRIO DE DESIGN DE INTERIORES 1. Descrição Física Este espaço é dedicado a apresentação de Seminários, simulação e aplicação pelos alunos dos conhecimentos de maneira prática. Dentro deste espaço, o aluno poderá vivenciar situações do cotidiano profissional e aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Equipado com recursos áudios visuais. Ambiente que tem como objetivo a simulação e aplicação pelos alunos de situações reais referentes à profissão. O aluno poderá aplicar técnicas de pintura, revestimentos, estudar as relações de espaço, simular layouts, bem como apresentar seminários e palestras. A área mínima deste laboratório deve ser igual ou superior a 59,50m², com pé direito de 3,50 m no mínimo com piso antiderrapante, ventilação e iluminação adequada. Todo este espaço deverá ter paredes lisas e piso de fácil limpeza, impermeável, com nível favorecendo o escoamento para os ralos. Estes devem ser em aço inox, sifonados e com fechamento. As paredes devem ser pintadas com tinta clara e lavável. Os cantos das paredes e do piso devem ser preferencialmente arredondados, facilitando a limpeza e higienização do local. Janelas possibilitando boa iluminação natural e aeração do ambiente. É necessária a instalação de telas nas janelas a fim de se evitar a entrada de insetos. Se possível, prever uma interligação com o Laboratório de Materiais e Revestimentos, que poderá ser feita através de portas.

6 2. Leiaute

7 3. Mobiliário e Acessórios 1 Conjunto de mesa e cadeira para professor 2 Mesa de reunião medindo 2,00 x 1,00 m 5 Mesa para computador 24 Cadeira giratória concha dupla 3 Armário de aço 7 Armário vitrine, med.(2,00x0,90x0,40)m,02 portas de abrir. 2 Quadro de avisos 1 Quadro não magnético branco 1 Tela de projeção, modelo retrátil com acionamento manual 1 Suporte para projetor multimídia 4. Equipamentos Eletrônicos 01 TV LCD DVD portátil 05 Microcomputador 01 Projetor de multimidia 01 No break 01 Filmadora 01 Câmera digital 01 Conjunto de Caixas Acústicas 01 Microfone; sem fio 5. Software 05 Autodesk Autocad ( última versão) 05 Promob Arch* ( última versão) 05 Sketchup Pro ( última versão) 6. Materiais de Consumo 01 Esquadro para desenho de madeira, 45º graus, 50 cm, com graduação 01 Esquadro para desenho de madeira, 60º graus, 50 cm, com graduação 01 Régua para desenho de madeira, 100 cm, com graduação 01 Compasso de madeira Habilitações Profissionais que podem compartilhar este laboratório: Ensino Médio Técnico em Desenho da Construção Civil Técnico em Paisagismo Técnico em Edificações

8 LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO) 1. Descrição Física Este espaço se configuraria a sala de aula onde são realizadas todas as atividades de desenho e aulas teóricas. O Laboratório de Desenho e Projeto substitui a sala de aula convencional visto que quase todas as disciplinas do curso envolvem desenho, e as demais podem ser lecionadas no mesmo espaço. O número das salas de Desenho e Projetos será de acordo com a necessidade da unidade. Um espaço fisico de no mínimo 60,00 m², com pé direito de 3,50 m no mínimo com piso antiderrapante, ventilação e iluminação adequada. Todo este espaço deverá ter paredes lisas e piso de fácil limpeza, impermeável, com nível favorecendo o escoamento para os ralos. Estes devem ser em aço inox, sifonados e com fechamento. As paredes devem ser pintadas com tinta clara e lavável. Os cantos das paredes e do piso devem ser preferencialmente arredondados, facilitando a limpeza e higienização do local. Janelas possibilitando boa iluminação natural e aeração do ambiente. É necessária a instalação de telas nas janelas a fim de se evitar a entrada de insetos.

9 2. Leiaute

10 3. Mobiliário e Acessórios 01 Conjunto de mesa e cadeira para professor; 24 Cavalete para desenho, dobrável, tampo 800x600)mm 24 Cadeira giratória concha dupla 01 Armário de aço 01 Quadro de avisos 01 Quadro não magnético branco; 01 Tela de projeção, modelo retrátil com acionamento manual 01 Suporte para projetor de multimidia 4. Equipamentos Eletrônicos 01 Microcomputador 01 Projetor de multimídia 5. Software 05 Autodesk Autocad ( última versão) 05 Promob Arch* ( última versão) 05 Sketchup Pro ( última versão) 6. Materiais de Consumo 01 Esquadro para desenho de madeira, 45º graus, 50 cm, com graduação 01 Esquadro para desenho de madeira, 60º graus, 50 cm, com graduação 01 Régua para desenho de madeira, 100 cm, com graduação 01 Compasso de madeira Habilitações Profissionais que podem compartilhar este laboratório: Técnico em Agrimensura Técnico em Calçados Técnico em Design de Móveis Técnico em Desenho da Construção Civil Técnico em Edificações Técnico em Modelagem do Vestuário Técnico em Móveis Técnico em Paisagismo Técnico em Saneamento Técnico em Vestuário

11 LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA (COMPARTILHADO) 1. Equipamentos 01 Impressora Plotter 2. Software 05 Autodesk Autocad ( última versão) 05 Promob Arch* ( última versão) 05 Sketchup Pro ( última versão) O Laboratório de Informática é de uso compartilhado da unidade escolar e, como tal, deverá ser utilizado para todos os cursos. Os softwares específicos a serem instalados serão os especificados neste documento, nas quantidades adequadas.

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA

Leia mais

LABORATÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

LABORATÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO LABORATÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO 1. Descrição Física Neste laboratório serão realizadas aulas práticas de primeiros socorros, avaliação ambiental, equipamento de proteção individual e técnicas de combate

Leia mais

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO 1. Descrição Física A área mínima deste laboratório deve ser igual ou superior a 59,00 m 2 ; sala quente com área mínima de 10,00 m² e almoxarifado com 9,50

Leia mais

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA 1. Descrição Física O laboratório deve dispor de estrutura mínima de uma área igual ou superior a 58m2; com pé direito de 3,5m, piso em material isolante, resistente

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO Técnico em Saúde bucal PUBLICAÇÃO

Leia mais

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO 1. Descrição Física O espaço físico deste laboratório deve ser de 100 m 2, com piso em cimento queimado e uma área de aproximadamente 3 m 2 em terra batida para vazamento de metal,

Leia mais

Casa de Bonecas. Faça a alegria de seus filhos construindo um brinquedo original e muito divertido!

Casa de Bonecas. Faça a alegria de seus filhos construindo um brinquedo original e muito divertido! Casa de Bonecas Faça a alegria de seus filhos construindo um brinquedo original e muito divertido! Materiais Martelo Serra tico-tico manual Esquadro Trena Régua Compasso Cola branca Lixas para madeira

Leia mais

LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO)

LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO) LABORATÓRIO DE DESENHO E PROJETOS (PRANCHETÁRIO) 1. Descrição Física Este espaço se configuraria a sala de aula onde são realizadas todas as atividades de desenho e aulas teóricas. O número das salas de

Leia mais

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI ÁRIDO SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS EMITIDO EM 04/03/2015 10:20 RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS Grupo de Material: 5242 MOBILIARIO EM GERAL

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER

EIXO TECNOLÓGICO: TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

A qualidade que você precisa

A qualidade que você precisa Copyright 2010 América Serviços de Colocação de Quadros Procuramos atender as necessidades de nossos clientes com ética e profissionalismo de alto padrão. IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII Bem Vindo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E TÉCNICO PROJETO DE ARQUITETURA DE INTERIORES PARA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE JOAÇABA

MEMORIAL DESCRITIVO E TÉCNICO PROJETO DE ARQUITETURA DE INTERIORES PARA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE JOAÇABA MEMORIAL DESCRITIVO E TÉCNICO PROJETO DE ARQUITETURA DE INTERIORES PARA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE JOAÇABA PROPRIETÁRIO: CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE JOAÇABA OBRA: PROJETO DE ARQUITETURA DE

Leia mais

CURSO DE IDIOMAS. mil. capital de giro de 40% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS

CURSO DE IDIOMAS. mil. capital de giro de 40% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS CURSO DE IDIOMAS 50 capital de giro de 40% do total O contínuo processo de globalização que a sociedade tem vivenciado nos últimos tempos torna cada vez mais importante a necessidade de domínio de outros

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/2010

RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/2010 RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/ A Comissão de Licitações do Sistema FIEP, instituída pela Portaria nº 7/, informa o RESULTADO da Licitação Pregão Presencial SESI/SENAI nº

Leia mais

1. Descrição Física. O tampo deverá ser vazado para passagem dos cabos, para cada computador.

1. Descrição Física. O tampo deverá ser vazado para passagem dos cabos, para cada computador. LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES (REDE FÍSICA E REDE LÓGICA) 1. Descrição Física Este laboratório é o ambiente ideal para aulas práticas e teóricas visando capacitar o aluno para o planejamento de

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL N 343/2007 PREGÃO PRESENCIAL PROC.: N 9323/2007 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA

Leia mais

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Produto Código Descrição ARS 01 BD 01 BD 02 Suporte de descanço de braço Braçadeira de apoio de piso para suporte de braço e aplicação de injeção. Altura regulável

Leia mais

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS PROJETO ESTADUAL COZINHALIMENTO Marco legal: Decreto Nº 50.807, de 18 de maio de 2006. O Projeto Estadual Cozinhalimento, da Secretaria de Agricultura

Leia mais

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14 /5 2/5 3/5 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Tampo de granito polido (L=65cm, e=2cm), cinza andorinha ou cinza corumbá, com moldura perimetral (3,5x2cm) e frontão (7x2cm), conforme detalhe. Alvenaria de apoio

Leia mais

multivisao.com.br office / escolar linha 2012

multivisao.com.br office / escolar linha 2012 multivisao.com.br office / escolar linha 2012 linhawork 1 linhawork - Opção com pé painel - Opção com pé metálico - Duas possibilidades de montagem Tampo Plataforma Pé painel da Plataforma Pé Metálico

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DOS MÓVEIS PARA PREFEITURA E SETOR SOCIAL

TERMO DE REFERÊNCIA DOS MÓVEIS PARA PREFEITURA E SETOR SOCIAL TERMO DE REFERÊNCIA DOS MÓVEIS PARA PREFEITURA E SETOR SOCIAL 1. DO OBJETIVO O presente documento objetiva apresentar os elementos e informações necessários para caracterizar os serviços descritos no item

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO BAURU APRESENTAÇÃO Neste manual encontram-se as informações gerais do Laboratório de Design Gráfico, as normas de uso,

Leia mais

ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade

ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade 1. Conceito/objetivo do produto: O relatório destina-se a informar e orientar as condições de acesso e utilização de equipamentos e instalações

Leia mais

Casa para pássaros para a varanda ou para o jardim

Casa para pássaros para a varanda ou para o jardim Casa para pássaros para a varanda ou para o jardim Expedição ao mundo animal. Casa para pássaros Pequenos e grandes zoólogos podem em breve observar e descobrir o mundo a partir da própria porta da varanda.

Leia mais

P1 E P2 ESQUADRIAS MEDICINA NUCLEAR PLANTA PLANTA CORTE CORTE VISTA VISTA P2 ESCALA 1:25 P1 ESCALA 1:25 1/31

P1 E P2 ESQUADRIAS MEDICINA NUCLEAR PLANTA PLANTA CORTE CORTE VISTA VISTA P2 ESCALA 1:25 P1 ESCALA 1:25 1/31 MEDICINA NUCLEAR P1 E P ESQUADRIAS 75 0 75 90 PORTAL E BATENTES EM MADEIRA REVESTIDA COM LAMINADO MELANÍNICO COR BRANCO NEVE MADEIRA REVESTIDA COM LAMINADO MELAMÍNICO COR BRANCO NEVE 110 110 P1 PORTA DE

Leia mais

DEMONSTRATIVO DOS VALORES BAIXADOS PARA REAVALIAÇÃO

DEMONSTRATIVO DOS VALORES BAIXADOS PARA REAVALIAÇÃO DEMONSTRATIVO DOS VALORES BAIXADOS PARA REAVALIAÇÃO Patrimônio Subelemento Descrição Valor Reavaliação Saldo (BAIXA) Contábil 67000000000091 344905206 TELEFONE DE MESA 340,00-128,14 67000000000124 344905206

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER Ficam na cobertura, 9º andar. Esta composta por Salão de festas, Espaço gourmet, Fitness center, Sala de jogos e web, Piscina borda infinita e Solarium. - Salão Festas:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado Anexo I MEMORIAL DESCRITIVO Trata o presente memorial descritivo da locação de estruturas provisórias e estruturas personalizadas para a montagem da 14ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, conforme

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DIVISÃO DE MATERIAL DIM Maria Edite Jesus Brandão DIVISÃO DE MATERIAL

Leia mais

Displays para Portas de Correr

Displays para Portas de Correr w w w. s t a n f e r m e t a l u r g i c a. c o m. b r Material Promocional A Stanfer disponibiliza displays expositores elegantes, de excelente acabamento e em sintonia com os pontos de venda, como forma

Leia mais

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com. Ferramentas isoladas Vde Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Dupla camada de isolação nas ferramentas VDE A dupla camada de proteção plástica das ferramentas VDE oferece mais segurança ao usuário

Leia mais

TABELA COM INFORMAÇÕES SOBRE OS ITENS DISPONÍVEIS NOS ÓRGÃOS/DEPARTAMENTOS PARA TRANSFERÊNCIA PATRIMONIAL (Última Atualização: 26/06/2013)

TABELA COM INFORMAÇÕES SOBRE OS ITENS DISPONÍVEIS NOS ÓRGÃOS/DEPARTAMENTOS PARA TRANSFERÊNCIA PATRIMONIAL (Última Atualização: 26/06/2013) TABELA COM INFORMAÇÕES SOBRE OS ITENS DISPONÍVEIS NOS ÓRGÃOS/DEPARTAMENTOS PARA TRANSFERÊNCIA PATRIMONIAL (Última Atualização: 26/06/2013) - ITENS DE INFORMÁTICA Número Descrição item de uso? de uso, (Nome

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL N 041/2008 PREGÃO PRESENCIAL PROC.: N 0654/2008 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS ESPECIALIZADAS

Leia mais

Ficha Técnica. Stands Tipo CERANOR. Solução chave na mão. Deixe o seu negócio sair da caixa. www.ceranor.exponor.pt

Ficha Técnica. Stands Tipo CERANOR. Solução chave na mão. Deixe o seu negócio sair da caixa. www.ceranor.exponor.pt www.ceranor.exponor.pt facebook.com/ceranor.interdecoracao Ficha Técnica Stands Tipo CERANOR Solução chave na mão EXPONOR - Feira Internacional do Porto Av. Dr. António Macedo - Leça da Palmeira 4454-515

Leia mais

FICHA TÉCNICA EDIFÍCIO LIBERTY

FICHA TÉCNICA EDIFÍCIO LIBERTY FICHA TÉCNICA EDIFÍCIO LIBERTY Endereço: Rua Gov. Carlos Lindemberg, nº 94, lote 5A, quadra 14, Jardim Camburi, Vitoria, ES Área do terreno: 2.187,80m 2 Total de unidades: 160 apartamentos e 12 lojas,

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL 1. INFRAESTRUTURA FÍSICA E SUA UTILIZAÇÃO As instalações destinadas ao curso atendem ao propósito de promover a formação em nível

Leia mais

PB LAYOUT escala 1/75

PB LAYOUT escala 1/75 N ASSESSORIAS A = 16.51 m² WC F A =.87 m² WC M. A =.49 m² GABINETE PRESIDENTE A = 1.07 m² GERÊNCIA ADM/FINANCEIRA A = 4.00 m² SERVIDOR A =.11 m² LAVATÓRIO A=1. m² BWC A =. m² PLENÁRIA A = 44.89 m² 0,00

Leia mais

Sistemas Hidráulicos Sanitários. Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás

Sistemas Hidráulicos Sanitários. Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás Sistemas Hidráulicos Sanitários Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás Sistemas Hidráulicos Sanitários Instalação hidro-sanitária água fria Processo Executivo 1) Colocar todas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 03/08/2012 VERSÃO: 03 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. CONJUNTOS DO PAVIMENTO TIPO (5 AO 13 )...

Leia mais

Observância da RDC 216-15.09.2004

Observância da RDC 216-15.09.2004 Observância da RDC 216-15.09.2004 4.3.1 A edificação, as instalações, os equipamentos, os móveis e os utensílios devem ser livres de vetores e pragas urbanas. Deve existir um conjunto de ações eficazes

Leia mais

Quadros Afortec. LOUSA DIGITAL MULTIMÍDIA QUADROS AFORTEC (LDM-AFT105p)

Quadros Afortec. LOUSA DIGITAL MULTIMÍDIA QUADROS AFORTEC (LDM-AFT105p) LOUSA DIGITAL MULTIMÍDIA QUADROS AFORTEC (LDM-AFT105p) A Lousa Digital Multimídia é um sistema desenvolvido para Escolas, Empresas, e Órgãos do Governamentais que precisam de uma solução prática contendo

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

PATRIMÔNIO DA CÂMARAMUNICIPAL DE VEREADORES DE CÂNDIDO GODÓI. Placa Descrição do Item Valor Estado de Conserv. 1 ARMARIO DE MADEIRA COM 8 363,66 Bom

PATRIMÔNIO DA CÂMARAMUNICIPAL DE VEREADORES DE CÂNDIDO GODÓI. Placa Descrição do Item Valor Estado de Conserv. 1 ARMARIO DE MADEIRA COM 8 363,66 Bom PATRIMÔNIO DA CÂMARAMUNICIPAL DE VEREADORES DE CÂNDIDO GODÓI Placa Descrição do Item Valor Estado de Conserv. 1 ARMARIO DE MADEIRA COM 8 363,66 Bom DIVISÓRIAS 2 ARMÁRIO DE MADEIRA 4 PORTAS 191,40 Bom DE

Leia mais

JUSTIÇA FEDERAL DO ES MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO

JUSTIÇA FEDERAL DO ES MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DO ES MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO PROJETO FÁBIO PINHO ARQUITETO CREA 4597.D/ES SUMÁRIO ESTANTE COM PORTAS APOIO GABINETE 02 ESTANTE COM PRATELEIRAS APOIO 03 GABINETE ESTANTE GABINETE

Leia mais

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320 a EMISSÃO INICIAL FTY MM LYT 18/12/14 REV. ALTERAÇÕES EXEC. VISTO APROV. DATA EXEC. VISTO APROV. FTY MM LYT DATA: CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A LD 1 ALMENARA - JEQUITINHONHA, 138kV (Op. 69 kv) 18/12/14 INSTRUÇÕES

Leia mais

PROJETO RECICLANDO LIXO ELETRÔNICO PARA CRIAÇÃO DE BIJUTERIAS E SEMI-JÓIAS

PROJETO RECICLANDO LIXO ELETRÔNICO PARA CRIAÇÃO DE BIJUTERIAS E SEMI-JÓIAS PROJETO RECICLANDO LIXO ELETRÔNICO PARA CRIAÇÃO DE BIJUTERIAS E SEMI-JÓIAS PROJETO DE RECICLAGEM DE LIXO ELETRÔNICO 1. Dados sobre o idealizador do projeto.. JORGE M. KURIYAMA e-mail kuriyamaartemoda@gmail.com

Leia mais

1. Identificação do Produto e da Empresa

1. Identificação do Produto e da Empresa 1. Identificação do Produto e da Empresa Produto: Perfis de Poliestireno Tipo de produto: 96 % de Poliestireno Reciclado e 4 % de Poliestireno Virgem Empresa: Indústria e Comércio de Molduras Santa Luzia

Leia mais

DUPLA CAMADA DE ISOLAÇÃO NAS FERRAMENTAS VDE

DUPLA CAMADA DE ISOLAÇÃO NAS FERRAMENTAS VDE 66 DUPLA CAMADA DE ISOLAÇÃO NAS FERRAMENTAS VDE A dupla camada de proteção plástica das ferramentas VDE oferece mais segurança ao usuário e permite que o desgaste da ferramenta seja identificado com segurança.

Leia mais

NEAD/CÂMPUS: : POLO:

NEAD/CÂMPUS: : POLO: ANEXO DA RESOLUÇÃO AD REFERENDUM Nº 015 CONSUPER/2013 ANEXO I INSTRUMENTO DE ANÁLISE E AVALIAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE POLO EAD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense PRÓ- REITORIA

Leia mais

UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA MEMORIAL DESCRITIVO

UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA MEMORIAL DESCRITIVO UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA MEMORIAL DESCRITIVO Nome do estabelecimento: UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA Tipo do estabelecimento: UPA PORTE 02 Proprietária: Fundo Municipal de Saúde de Caicó/RN

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E FINANCEIRAS PARA A CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE DOCES E OUTROS PELA ASSOCIAÇÃO DE MULHERES DE PORTO DE AREIA

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E FINANCEIRAS PARA A CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE DOCES E OUTROS PELA ASSOCIAÇÃO DE MULHERES DE PORTO DE AREIA ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E FINANCEIRAS PARA A CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE DOCES E OUTROS PELA ASSOCIAÇÃO DE MULHERES DE PORTO DE AREIA Consultora: Eng. Agr. Marcio G. de Lima Alta Floresta, Maio

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

Tecnologia, beleza e versatilidade a serviço da saúde.

Tecnologia, beleza e versatilidade a serviço da saúde. Tecnologia, beleza e versatilidade a serviço da saúde. Exclusivos perfis de alumínio que possibilitam a sua montagem em diversas configurações, desde um simples ponto de gás a uma coluna de bloco cirúrgico,

Leia mais

mil INVESTIMENTO DE PISOS E PAREDES capital de giro de 20% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS

mil INVESTIMENTO DE PISOS E PAREDES capital de giro de 20% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS REVESTIMENTO DE PISOS E PAREDES 150 capital de giro de 20% do total O revestimento de paredes e pisos é a fase de acabamento da obra, em que se faz a uniformização dos serviços de alvenaria. É executado

Leia mais

Kit de montagem padronizada Montagem Básica

Kit de montagem padronizada Montagem Básica 16º Congresso Brasileiro de Mineração e EXPOSIBRAM 2015 14 a 17 de setembro EXPOMINAS BELO HORIZONTE - MG Kit de montagem padronizada Montagem Básica Realização e Promoção: IBRAM Instituto Brasileiro de

Leia mais

Kit de montagem padronizada Chave na Mão

Kit de montagem padronizada Chave na Mão 16º Congresso Brasileiro de Mineração e EXPOSIBRAM 2015 14 a 17 de setembro EXPOMINAS BELO HORIZONTE - MG Kit de montagem padronizada Chave na Mão Realização e Promoção: IBRAM Instituto Brasileiro de Mineração

Leia mais

Metodologia para o Levantamento da Situação Escolar - LSE

Metodologia para o Levantamento da Situação Escolar - LSE Metodologia para o Levantamento da Situação Escolar - LSE BLOCO V- EQUIPAMENTO E MOBILIÁRIO Este bloco, conforme explicitado no formulário, é diretamente relacionado a cada um dos ambientes identificados

Leia mais

Descritivo Portas (Kit)

Descritivo Portas (Kit) Descritivo Portas (Kit) Portas hospitalares com aplicação de chapa possuem em termos de estrutura: duas lâminas de HDF densidade 800 kg/m3 e espessura de 6mm (espessura de folha 35mm) ou 9mm MDF Ultra

Leia mais

Catálogo Geral Extrudados. Sistema Moveleiro Alcoa

Catálogo Geral Extrudados. Sistema Moveleiro Alcoa Catálogo Geral Extrudados Sistema Moveleiro Alcoa Em um segmento que preza pela beleza, inovação e funcionalidade, a escolha dos perfis Alcoa como matéria-prima é, sem dúvida, a mais indicada. Quando comparado

Leia mais

Manual Arquitetônico

Manual Arquitetônico Manual Arquitetônico APRESENTAÇÃO Esse manual pretende orientar nosso franqueado na disposição correta com descrição e planta baixa do lay out e na especificação para aquisição dos materiais e acessórios

Leia mais

Persianas Horizontais

Persianas Horizontais Persianas Horizontais PHA /mm PHM 0mm acionamento Monocontrole Omnirise PHA 0mm Os acionamentos monocontrole e Ominirise estão disponíveis para PHA, PHA 0 e PHM 0mm Descrição do Produto.... trilho superior

Leia mais

Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto

Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto 1. Fachada: Revestido em espelho fosco Decorflou Screen 4mm, fixado em painel cimentício preso à estrutura metálica; Lateral da fachada revestido em Pertech;

Leia mais

Aula 04 Normas e Estratégias de Acessibilidade A NBR9050 Setembro, 2013

Aula 04 Normas e Estratégias de Acessibilidade A NBR9050 Setembro, 2013 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Curso de Especialização em Arquitetura da Habitação de Interesse Social ERGONOMIA E ACESSIBILIDADE Aplicada à

Leia mais

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 2008 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não dividem

Leia mais

Nosso negócio é criar soluções para ambientes

Nosso negócio é criar soluções para ambientes COMPONENTES Nosso negócio é criar soluções para ambientes Há 14 anos atuando no mercado, a Base home solutions é uma das principais empresas especializadas em criar, desenvolver e fabricar componentes

Leia mais

Aula 7 : Desenho de Ventilação

Aula 7 : Desenho de Ventilação Aula 7 : Desenho de Ventilação Definições: NBR 10821:2001, Caixilho para edificação: Janela Caixilho, geralmente envidraçado, destinado a preencher um vão, em fachadas ou não. Entre outras, sua finalidade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços de instalação de piso elevado acessível, com fornecimento de componentes, acessórios e materiais, visando

Leia mais

Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais

Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais UNIPLAC fabiterezo@hotmail.com 1. Introdução Com o advento dos computadores, dos programas de desenho, das impressoras

Leia mais

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Os laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda da UNIFOR estão concentrados em um núcleo composto de seis células.

Leia mais

Jardim de. Infância. Ligue Grátis 210 461 786. Sociedade de Equipamentos Escolares, Lda.

Jardim de. Infância. Ligue Grátis 210 461 786. Sociedade de Equipamentos Escolares, Lda. Jardim de Sociedade de Equipamentos Escolares, Lda. Infância Mesas 7ª série Cadeiras Mesas e cadeiras faia Mesas e cadeiras Mesas 2ª série e cadeiras Cantos de Bonecas Bancos e Régua de cabides Ligue Grátis

Leia mais

CAMPAINHA AUXILIAR INDUSTRIAL

CAMPAINHA AUXILIAR INDUSTRIAL LANÇAMENTO - 081 03 DE ABRIL 2012 ANUNCIADOR MUSICAL Ÿ Ideal para recepções, lojas, comércio em geral, consultórios e etc. ANUNCIADOR MUSICAL 7011 PC GRANDE COM ARTICULADOR CAMPAINHA AUXILIAR INDUSTRIAL

Leia mais

ANEXO A.1 Especificações dos Bens de Mobiliário. Lote 1 - Mobiliário de Escritório. # Artigo Características do Artigo Cadeiras

ANEXO A.1 Especificações dos Bens de Mobiliário. Lote 1 - Mobiliário de Escritório. # Artigo Características do Artigo Cadeiras # Artigo Características do Artigo Cadeiras 1.1 Cadeira giratória sem braços 1.2 Cadeira giratória com braços - Cadeira giratória sem braços. - Mecanismo com estrutura e componentes em aço e de contacto

Leia mais

Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA. Pronto Atendimento

Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA. Pronto Atendimento Área de recepção e espera para público / pacientes Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA Pronto Atendimento PORTE I Quant. PORTE II Quant. PORTE III Quant. Bebedouro 1 1 2 Balcão de atendimento

Leia mais

1º CONCURSO SEU PROJETO NA TOLEDO PRUDENTE IDÉIAS CRIATIVAS PARA A SALA DE METODOLOGIAS ATIVAS

1º CONCURSO SEU PROJETO NA TOLEDO PRUDENTE IDÉIAS CRIATIVAS PARA A SALA DE METODOLOGIAS ATIVAS 1º CONCURSO SEU PROJETO NA TOLEDO PRUDENTE IDÉIAS CRIATIVAS PARA A SALA DE METODOLOGIAS ATIVAS CONCURSO SEU PROJETO NA TOLEDO PRUDENTE O QUE É? O concurso SEU PROJETO na Toledo Prudente faz parte de um

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 04/12/2012 VERSÃO:

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 04/12/2012 VERSÃO: MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 04/12/2012 VERSÃO: 17 EMPREENDIMENTO: Quartier Cabral Versão: V.17 Data: 04/12/2012 1- Descrição dos acabamentos das unidades;

Leia mais

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic Linha Metalúrgica Estes gabinetes são utilizados em ambientes internos e servem para acomodar equipamentos óptico-eletrônicos que necessitam de proteção. São totalmente fechados com chaves, sendo a porta

Leia mais

18.4. Áreas de vivência

18.4. Áreas de vivência 18.4. Áreas de vivência 18.4.1. Os canteiros de obras devem dispor de: a) instalações sanitárias; (118.015-0 / I4) b) vestiário; (118.016-9 / I4) c) alojamento; (118.017-7 / I4) d) local de refeições;

Leia mais

MATERIAIS RECEBIDOS (2013)

MATERIAIS RECEBIDOS (2013) MATERIAIS RECEBIDOS (2013) DESTINATÁRIO GRUPO MATERIAL ESPECÍFICO VALOR UNIT. QTDE VALOR TOTAL MEDIDOR PORTATIL DE PH R$ 389,00 1 R$ 389,00 ESPECTROFOTOMETRO R$ 1.534,00 1 R$ 1.534,00 SALAS SALAS DE CAIXA

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO CULTURAL E DESIGN HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção de Prédios no Campus V- Divinópolis-MG. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção de Prédios no Campus V- Divinópolis-MG. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais MEMORIAL DESCRITIVO Construção de Prédios no Campus V- Divinópolis-MG Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Fevereiro/2007 INTRODUÇÃO O objetivo deste documento é complementar as informações

Leia mais

Segundo Pré-teste. Data de realização. 18 de Novembro de 2007. Local.

Segundo Pré-teste. Data de realização. 18 de Novembro de 2007. Local. Segundo Pré-teste Data de realização. 18 de Novembro de 2007. Local. Duas salas de aula da Pós-graduação do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da EESC/USP. Duração: 4 horas. Dos objetivos. Envolveu

Leia mais

Casa Santista. Memorial Descritivo

Casa Santista. Memorial Descritivo Casa Santista Memorial Descritivo 1-FUNDAÇÕES: Serão executadas brocas com até 1,50 metros de profundidade, e vigas baldrame de concreto armado sob alvenaria de nivelamento chapiscada, contra piso em concreto,

Leia mais

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 18.4 Áreas de Vivência 18.4.1. Os canteiros de obras devem dispor de: a) instalações sanitárias; b) vestiário; c) alojamento; d)

Leia mais

ROTEIRO DE INSPEÇÃO PARA AVALIAÇÃO DA ESTRUTURA FÍSICA DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS

ROTEIRO DE INSPEÇÃO PARA AVALIAÇÃO DA ESTRUTURA FÍSICA DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS I IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO Nome: Endereço: AP: Nome Fantasia: Inscrição Municipal: Nº do Processo: CNPJ: Tipo de Serviço: ( ) Municipal ( ) Filantrópico ( ) Conveniado SUS RJ ( ) Privado ( ) Estadual

Leia mais

AMBIÊNCIA PLANEJAMENTO DO AMBIENTE EM UAN TIPOS DE ILUMINAÇÃO EM UAN 20/11/2010 FONTES DE ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL ÍNDICE DE REPRODUÇÃO DE CORES (IRC)

AMBIÊNCIA PLANEJAMENTO DO AMBIENTE EM UAN TIPOS DE ILUMINAÇÃO EM UAN 20/11/2010 FONTES DE ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL ÍNDICE DE REPRODUÇÃO DE CORES (IRC) PLANEJAMENTO DO AMBIENTE EM UAN Iluminação Cores Ventilação Temperatura AMBIÊNCIA Umidade Ruído Material de revestimento Profa. Flávia Milagres Campos Ambiente aconchegante e agradável para clientese funcionários:

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ARQUITETURA 1.1 VEDAÇÕES 1.1.1 Alvenaria de Blocos Cerâmicos Tipo: 10x20x20 Aplicação: todas as Paredes internas e externas 1.2 ESQUADRIAS 1.2.1 Porta de madeira Compensada As

Leia mais

painel MOBILE painel MODERN branco / preto imbuia Painel móvel para TV LCD / Plasma / LED até 46

painel MOBILE painel MODERN branco / preto imbuia Painel móvel para TV LCD / Plasma / LED até 46 multivisao.com.br painel MODERN / painel MOBILE imbuia diferentes posições montagem opcional ciliégio / imbuia / Painel decorativo para TV LCD / Plasma / LED até 5 e acessórios 65 ciliégio Painel móvel

Leia mais

Resolução Estadual nº 05, de 1988

Resolução Estadual nº 05, de 1988 Resolução Estadual nº 05, de 1988 ASSUNTO: Aprovação da Norma Técnica Especial (NTE) relativa ao Controle de Transfusão de Sangue em Estabelecimentos Hospitalares e Afins. DATA DE ENTRADA EM VIGOR: REVOGAÇÃO:

Leia mais

1.18. 2 Material Básico Qntde Unid. Valor Unitário Valor Total 2.1 Material Básico:argamassa Ac3,rejunte acrílico e cruzeta 1,5mm 1,00 Unid.

1.18. 2 Material Básico Qntde Unid. Valor Unitário Valor Total 2.1 Material Básico:argamassa Ac3,rejunte acrílico e cruzeta 1,5mm 1,00 Unid. 1 Mão de Obra Civil e Hidraulica Qntde Unid. Valor Unitário Valor Total 1.1 Retirada de paredes drywall 44,72 m2 1.2 Retirada de pisos - Banheiro e copa 8,10 m2 1.3 Retirada de vaso sanitário 4,00 Unid.

Leia mais

1.18. 2 Material Básico Qntde Unid. Valor Unitário Valor Total 2.1 Material Básico:argamassa Ac3,rejunte acrílico e cruzeta 1,5mm Unid.

1.18. 2 Material Básico Qntde Unid. Valor Unitário Valor Total 2.1 Material Básico:argamassa Ac3,rejunte acrílico e cruzeta 1,5mm Unid. 1 Mão de Obra Civil e Hidraulica Qntde Valor Unitário Valor Total 1.1 Retirada de paredes drywall m2 1.2 Retirada de pisos - Banheiro e copa m2 1.3 Retirada de vaso sanitário 1.4 Retirada de cuba 1.5 Assentamento

Leia mais

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE 1 10 UNIDADE CADEIRA modelo secretária executiva, giratória, com braços tipo corsa fechado, em poliuretano injetado; assento e encosto moldados anatomicamente em compensado com espessura mínima de 12 mm,

Leia mais

Despesas de Custeio. 1.1. Material de Apoio Pedagógico. Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura

Despesas de Custeio. 1.1. Material de Apoio Pedagógico. Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura Despesas de Custeio 1.1. Material de Apoio Pedagógico Ábaco educativo Alfabeto móvel Almofadas, tapetes, cortinas para sala de leitura Bloco lógico Conjunto de trânsito (educativo) Disco de fração Software

Leia mais

LANCI MADEIRA PLÁSTICA

LANCI MADEIRA PLÁSTICA LANCI MADEIRA PLÁSTICA A primeira e mais completa fábrica de mobiliário urbano ecológico do Brasil! Possuímos uma ampla linha de produtos com 10 anos de garantia produzidos através da reciclagem de lixo

Leia mais

fogos municipais de utilização universal

fogos municipais de utilização universal fogos municipais de utilização universal Promover nos fogos municipais condições de acessibilidade eliminando as barreiras físicas que constituem obstáculo à mobilidade e promovendo as condições de conforto

Leia mais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais Ilustrações Digitais: Artistas Associados Especificação de Materiais UNIDADES PRIVATIVAS E COBERTURAS Sala / Circulação Varanda Cozinha Piso: Porcelanato a ser definido pelo arquiteto da construtora; Parede:

Leia mais

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11 1 Por que usar termoisolamento em PUR/PIR? 2 Soluções para canteiro de obra Danica. 3 Premissas construtivas 2.2.2 - COBERTURAS: A cobertura terá telhas termoisolantes com espessura de 30 mm com isolamento

Leia mais