DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais"

Transcrição

1 DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais Leila Cristina Maldaner, Rosana Ledur, Resumo: Esta produção aborda a importância de trabalhar de forma contextualizada e interdisciplinar, trazendo questões do dia-a-dia para a sala de aula, explorando-as a partir de conceitos matemáticos. Focamos a Modelagem Matemática como uma estratégia de ensino, mediante a experiência adquirida em disciplinas de Prática de Ensino, no Curso de Matemática Licenciatura da UNIJUÍ. Trazemos uma vivência envolvendo alunos da 6ª Série do Ensino Fundamental, em que os objetivos estiveram centrados numa proposta que trouxesse os conteúdos matemáticos de forma inovadora. Como futuros docentes, podemos ingressar em sala de aula e trabalhar de modo investigativo, proporcionando ao aluno a visualização da Matemática nas situações cotidianas, sendo ela necessária para a resolução de problemas reais. A partir de uma proposta de Modelagem Matemática como parte de uma sequência didática, foi possível reconhecer as potencialidades desta como estratégia de ensino, numa articulação entre os conteúdos a serem ensinados e propostas pedagógicas coerentes. Palavras-chave: Matemática, Produção de Suco, Modelagem Matemática. Vivemos numa sociedade onde a praticidade e o consumismo estão presentes cada vez mais cedo na vida das pessoas. Produtos industrializados passam a ser constantes na hora das refeições, por serem mais práticos ou até mesmo mais baratos. Percebe-se também que as crianças estão, em sua grande maioria, inseridas nesta classe consumidora tornando-se jovens sucessivos ao desenvolvimento de sérios problemas de saúde. Tomando como base de análise as bebidas mais consumidas e comparando-as, temos uma notável surpresa: mesmo que as vantagens nutricionais dos sucos naturais frente à maioria dos refrigerantes sejam maiores, várias pesquisas já comprovaram que o consumo de refrigerante é infinitamente maior do que o de sucos. Com base nisso, foi desenvolvida uma atividade com alunos da 6ª Série do Ensino Fundamental 1 envolvendo o suco natural. Para realizá-la, partiu-se de uma sondagem 1 Atividade desenvolvida durante disciplinas de Prática de Ensino do Curso de Matemática-Licenciatura da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

2 referente a preferência do suco, de uma pesquisa sobre a caracterização das frutas consideradas e da produção efetiva de suco. A partir da produção dos sucos foi verificada a Matemática envolvida, aplicando conteúdos como média aritmética, regra de três, porcentagem, unidades de medidas, escala, gráficos, custo de produção, entre outros. Objetivos De maneira geral, o propósito da atividade foi investigar a Matemática envolvida na produção de sucos naturais. Para tanto, coletou-se dados referentes ao consumo de suco, seus custos, preferências e características gerais de cada fruta, a fim de organizá-los em tabelas e gráficos. A partir da produção padronizada dos sucos foi possível chegar a conclusões quantitativas, utilizando os dados anteriormente coletados. Desenvolver ainda, a capacidade de organização e liderança entre os alunos, permitindo uma socialização através de exposição e degustação do suco produzido. 1 - Desenvolvimento das Atividades Momento 01 Os alunos realizaram a sondagem na qual questionou-se a preferência por suco natural ou artificial, o sabor e a freqüência com que o consome. Os dados coletados foram organizados em forma de gráficos e tabelas para socialização. Momento 02 - A turma foi dividida em grupos, onde cada grupo ficou responsável pela caracterização de uma fruta (laranja, limão, abacaxi, maracujá, uva, manga, bergamota), e produção do seu respectivo suco. Momento 03 Cada grupo pesquisou o preço de sua fruta em três estabelecimentos comerciais diferentes, calculando a média aritmética dos valores encontrados. Momento 04 Para produção do suco foram utilizados materiais como as frutas, açúcar, água, centrífuga de alimentos, peneira, liquidificador, jarra, jarra com indicação de medida, copos, colher, balança de precisão. Neste momento foram realizados os cálculos referentes ao preço médio das frutas, bem como dos demais ingredientes do suco, além do rendimento de um quilograma de fruta e seu respectivo custo.

3 Momento 05 A socialização da atividade envolveu a comunidade escolar, onde esta pôde degustar o suco produzido, além de verificar os dados coletados na sondagem inicial e as informações das frutas (características e benefícios). Foi disponibilizado um comparativo entre os custos dos sucos naturais e artificiais, objetivando uma análise do custo-benefício. 2 - Resultados encontrados na Sondagem A partir da sondagem realizada foram verificadas as seguintes informações. Consumo de Suco Suco artificial Suco natural Figura 01 Consumo de Suco Fonte: Sondagem Hábito de tomar suco, maio de A grande maioria dos entrevistados prefere suco natural. Preferência de Suco Abacaxi Laranja Limão Mamão Manga Maracujá Uva Figura 02 Preferência de Suco Fonte: Sondagem Hábito de tomar suco, maio de A fruta preferida é a uva, e o mamão não recebeu nenhum voto.

4 Frequência de consumo Todo dia 37 4 à 6 vezes por semana à 3 vezes por semana 0 Não bebe Figura 03 Freqüência de consumo Fonte: Sondagem Hábito de tomar suco, maio de A freqüência com que os entrevistados consomem suco, mostra que a maioria consome de uma a três vezes por semana. 3. Cálculos desenvolvidos Preço médio das frutas Para calcular o Preço Médio de cada fruta, partiu-se da pesquisa do valor do quilograma (Kg) de cada fruta em três estabelecimentos distintos, realizando em seguida o cálculo. Seja M a Média Aritmética, temos: (P 1 + P 2 + P 3 ) = M 3 Tabela 01 Preço Médio das Frutas Fruta Preço/Kg Preço Médio R$ 1,35 Laranja R$ 0,79 R$ 1,03 R$ 0,95 R$ 1,35 Limão R$ 1,69 R$ 1,34 R$ 0,99 R$ 5,98 Maracujá R$ 4,59 R$ 4,64 R$ 3,35 R$ 1,35 Mamão R$ 2,29 R$ 2,14 R$ 2,79

5 R$ 3,35 Manga R$ 3,19 R$ 3,34 R$ 3,49 R$ 5,75 Uva R$ 4,49 R$ 5,41 R$ 5,99 R$ 2,95 Abacaxi R$ 3,75 R$ 3,23 R$ 3,00 Fonte: Atividade sobre Produção do Suco, maio de Considerando o gasto com o açúcar utilizado no suco, marca Alto Alegre, desenvolvemos o seguinte cálculo para chegar ao preço de cada grama: - Valor do pacote de açúcar que contém 2 Kg: R$ 2,98. Transformação de 2 Kg em gramas (g), através da Regra de Três: 1 Kg 1000 g 2 Kg 2000 g Dividindo o preço pela quantidade de gramas: 2, = 0, Chegamos ao valor de R$ 0, para cada grama de açúcar. Já para a água utilizada, tomou-se como base o preço do metro cúbico (m 3 ) pago a Estação de Tratamento Corsan, temos R$ 2,97/m 3. Como foram utilizados apenas mililitros (ml), foram realizadas as transformações necessárias, através da Regra de Três: 1 m litros 1000 litros ml ml = R$ 2,97 1 ml = R$ 0, Chegamos ao valor de R$ 0, por ml Produção do Suco Para obter a massa das frutas utilizou-se uma balança digital, considerando a massa das frutas já prontas para serem processadas, ou seja, sem casca, grãos nem talos. Nesta fase obtivemos os seguintes dados: Tabela 02 Rendimento de um quilograma de fruta

6 Fruta (1 kg) Rendimento Laranja 760 g Limão 830 g Maracujá 620 g Mamão 640 g Manga 690 g Uva 1000 g Abacaxi 650 g Fonte: Atividade sobre Produção do Suco, maio de Verificamos que a uva foi a única fruta que não apresentou perdas consideráveis, sendo que outras chegaram a perder até 35% da massa inicial. Contudo, essas perdas não significam queda no rendimento, como constatado a seguir Receitas dos Sucos Laranja 600 ml de suco, 1 litro de água, 100 g de açúcar. Total: 1 litro e 600 ml de suco pronto. Limão 400 ml de suco, 2 litros e 500 ml de água, 350 g de açúcar. Total: 3 litros de suco pronto. Uva 500 ml de suco, 500 ml de água, 25 g de açúcar. Total: 1 litro de suco pronto. Abacaxi ml de suco, 750 ml de água, 50 g de açúcar. Total: 1 litro de suco pronto. Maracujá ml de suco, 3litros 500 ml de água, 250 g de açúcar. Total: 3 litros e 850 ml de suco pronto. Manga ml de suco, 1 litro de água, 100 g de açúcar. Total: 1 litro e 800 ml de suco pronto. Mamão ml de suco, 750 ml de água, 25 gramas de açúcar. Total: 1 litro e 500 ml de suco pronto.

7 3.4 - Custo do Litro de Suco Calculou-se o custo do litro de suco partindo da seguinte expressão: C = M + 0, g + 0, a L Onde: M = Preço médio do quilograma de cada fruta; g = Gramas de açúcar utilizado; a = Mililitros de água utilizados; L = Rendimento total, em litros, de suco partindo de um quilograma de fruta. Preço do litro do suco R$ 1,45 R$ 1,94 R$ 1,30 R$ 3,31 R$ 0,74 R$ 0,62 R$ 5,45 Laranja Limão Uva Abacaxi Maracujá Manga Mamão Figura 04 Preço do litro do suco Fonte: Atividade sobre Produção do Suco, maio de Custo de um copo de Suco Para saber o preço de um copo de suco de 200 ml, dividiu-se o valor de um litro de cada suco por cinco (200 ml = 1/5 litro). Seja Pc o Preço do copo, temos: Pc = C 5 Tabela 03 Preço de um copo (200 ml) de suco Fruta Preço do Copo/200 ml

8 Laranja R$ 0,15 Limão R$ 0,12 Uva R$ 1,09 Abacaxi R$ 0,66 Maracujá R$ 0,26 Manga R$ 0,39 Mamão R$ 0,29 Fonte: Atividade sobre Produção do Suco, maio de Preço de Venda Considerando a hipótese da venda de um copo de 200 ml do suco produzido, levando em conta uma margem de lucro de 60%, desenvolveu-se o seguinte cálculo: Pc - 100% Pv - 160% Tabela 04 Preço de venda do copo (200 ml) de suco Fruta Pv Pf Limão R$ 0,19 R$ 0,22 Maracujá R$ 0,42 R$ 0,45 Mamão R$ 0,46 R$ 0,49 Manga R$ 0,62 R$ 0,65 Uva R$ 1,74 R$ 1,77 Abacaxi R$ 1,06 R$ 1,09 Laranja R$ 0,24 R$ 0,27

9 Fonte: Atividade sobre Produção do Suco, maio de Onde Pv é o preço de venda, Pc o preço de custo (já calculado anteriormente). Pf será o Preço Final de venda onde será incluído o valor de R$ 0,03, referente ao preço do copo utilizado. 4 - Suco Artificial Buscando realizar um comparativo entre o custo de sucos artificiais e naturais, realizou-se uma pesquisa de preços do suco artificial da marca Trin k, encontrando os seguintes valores: P 1 = R$ 0,69 M = (0,69 + 0,65 + 0,69) 3 P 2 = R$ 0,65 M = R$ 0, P 3 = R$ 0,69 A embalagem analisada já vem com açúcar e rende um litro de suco. Trata-se de um processo muito fácil, visto que basta misturar o conteúdo da embalagem a água, sendo que para R$ 0, tem-se um litro de suco dos mais diversos sabores. Contudo, é um suco artificial que busca resgatar o sabor da fruta, porém não traz o benefício de suas vitaminas. 5 - Considerações Finais Ao realizar esta atividade, pode-se ter uma visão mais abrangente sobre a Modelagem Matemática e de como esta pode auxiliar na aprendizagem do aluno, pois se trata de uma metodologia que torna o ensino da Matemática mais significativo e interessante. Uma proposta diferenciada como esta, leva a uma participação mais efetiva dos alunos durante o desenvolvimento da mesma, tanto na produção do suco, quanto nos cálculos decorrentes desta produção. O envolvimento do grande grupo, os problemas e os desafios a serem solucionados, os erros cometidos, as descobertas feitas, foram de maneira

10 geral de grande valia, uma vez que serviram para construir um novo saber, ou ainda ampliar um conhecimento já adquirido. A rotina da sala de aula foi substituída por um momento prático, no qual fez-se necessário realizar sondagens, organizar dados, construir tabelas e gráficos, além de pesquisar preços, calcular médias aritméticas, custo de produção, trabalhar com regra de três, porcentagem, transformação de medidas, que auxiliaram na resolução das situações problema encontradas e ainda desencadeou a integração entre os alunos através das atividades em grupo. Outro ponto relevante dessa atividade foi o aspecto interdisciplinar desenvolvido, onde foram trabalhadas questões relacionadas a alimentação saudável, vantagens de produtos naturais ao invés de industrializados, discutindo assim a importância de uma alimentação saudável Dessa forma, constatou-se que aliar a Matemática com situações cotidianas do aluno potencializa em muito as aulas, uma vez que ele percebe a aplicação e a importância da Matemática, que se faz presente em inúmeras situações e de diferentes formas.

Caderninho de Receitas

Caderninho de Receitas Caderninho de Receitas Projeto Crescendo Saudável: Educação Alimentar e Nutricional Infantil Curso de Nutrição/UFMS Aluno: Centro de Educação Infantil Íber Gomes de Sá Receita 01: Suco vermelho 10 laranjas

Leia mais

CÁLCULO DO VOLUME DE UM SÓLIDO DE REVOLUÇÃO: UMA ATIVIDADE USANDO OS SOFTWARES GRAPH E WINPLOT

CÁLCULO DO VOLUME DE UM SÓLIDO DE REVOLUÇÃO: UMA ATIVIDADE USANDO OS SOFTWARES GRAPH E WINPLOT ISSN 2177-9139 CÁLCULO DO VOLUME DE UM SÓLIDO DE REVOLUÇÃO: UMA ATIVIDADE USANDO OS SOFTWARES GRAPH E WINPLOT Adriana Rosélia Kraisig maryshelei@yahoo.com.br Universidade Regional do Noroeste do Estado

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu. ISSN 2316-7785 A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.br Resumo O artigo é resultado da análise de

Leia mais

Através do projeto vivenciando valores na saúde o Colégio Adventista Ellen G. White com informações do site R7.com, fornecerão a você receitas

Através do projeto vivenciando valores na saúde o Colégio Adventista Ellen G. White com informações do site R7.com, fornecerão a você receitas Através do projeto vivenciando valores na saúde o Colégio Adventista Ellen G. White com informações do site R7.com, fornecerão a você receitas de refrescos rápidos e saudáveis para os dias quentes. Confira,

Leia mais

CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar

CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar CONSERVAÇÃO DE FRUTAS E HORTALIÇAS PELO CONTROLE DE UMIDADE VANTAGENS ECONÔMICAS: Menor

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL. Palavras Chave: Modelagem Matemática; Educação de Jovens e Adultos (EJA); Internet Móvel.

A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL. Palavras Chave: Modelagem Matemática; Educação de Jovens e Adultos (EJA); Internet Móvel. A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL Márcia Santos Melo Almeida Universidade Federal de Mato Grosso do Sul marciameloprofa@hotmail.com Marcos Henrique Silva Lopes Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

CAFÉ COQUETÉIS. destruídos, restando apenas a cafeína, que não é destruída com a excessiva

CAFÉ COQUETÉIS. destruídos, restando apenas a cafeína, que não é destruída com a excessiva Café Coquetéis CAFÉ COQUETÉIS O café é uma bebida estimulante, agradável, reanimadora, que apresenta aroma e sabor característicos e é capaz de agradar aos mais variados paladares. Versátil, compõe receitas

Leia mais

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral Marcelo Cavasotto, Prof.ª Dra. Ruth Portanova (orientadora) Mestrado em Educação

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 222/2014 Isosource Soya baunilia

RESPOSTA RÁPIDA 222/2014 Isosource Soya baunilia RESPOSTA RÁPIDA 222/2014 Isosource Soya baunilia SOLICITANTE Dra Herilente de Oliveira Andrade NÚMERO DO PROCESSO 0335.14.994-5 DATA 26/04/2014 Juíza de Direito da Comarca de Itapecirica Ao NATS, SOLICITAÇÃO

Leia mais

Práticas Experimentais de Química na Cozinha contribuindo para o processo de Ensino-Aprendizagem

Práticas Experimentais de Química na Cozinha contribuindo para o processo de Ensino-Aprendizagem Práticas Experimentais de Química na Cozinha contribuindo para o processo de Ensino-Aprendizagem Milena S. Esmério (IC)*, Juliana Ehlers (IC)*, Taís B. Goulart (IC), Clarissa Sousa (FM), Elenilson F. Alves

Leia mais

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES Marcos Aurélio Alves e Silva- UFPE/CAA Alcicleide Ramos da Silva- UFPE/CAA Jucélia Silva Santana- UFPE/CAA Edelweis José Tavares Barbosa- UFPE/CAA

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 364/2014 Isosource Soya

RESPOSTA RÁPIDA 364/2014 Isosource Soya RESPOSTA RÁPIDA 364/2014 Isosource Soya SOLICITANTE Dr. André Luiz Polydoro Juiz de Direito - Comarca de Santa Rita de Caldas/MG NÚMERO DO PROCESSO 0012218-08.2014.8.13.0592 DATA 09/07/2014 SOLICITAÇÃO

Leia mais

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano DETOX 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano Índice Introdução... Como Fazer... Suco Detox de Melancia com Linhaça... Suco Detox de Chá Verde e Uva... Sopa Detox Energizante...

Leia mais

Área Temática: Ensino da Química (ENQUI)

Área Temática: Ensino da Química (ENQUI) USO DE ATIVIDADES EXPERIMENTAIS NO ENSINO DE QUÍMICA NA 1ª ETAPA DO ENSINO MÉDIO PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: APLICAÇÃO A APARTIR DA NECESSIDADE DOS EDUCANDOS Renato Macedo CORDEIRO Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

RECEITAS PARA CRIANÇAS

RECEITAS PARA CRIANÇAS RECEITAS PARA CRIANÇAS Organização: Maria Márcia Costa Oliveira RECEITAS PARA CRIANÇAS SUMÁRIO BEBIDAS Mix de frutas Suco de laranja, beterraba e cenoura Vitamina de banana SALGADOS Pizza de pão de forma

Leia mais

ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES

ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES MARCELA NEIVA SOUSA 1 SAMARA MARIA VIANA DA SILVA 2 RESUMO O presente artigo tem como objetivo investigar

Leia mais

Na primeira coluna da ficha são registrados os produtos que compõem a receita. Na segunda coluna são especificadas as medidas utilizadas para a

Na primeira coluna da ficha são registrados os produtos que compõem a receita. Na segunda coluna são especificadas as medidas utilizadas para a ficha técnica 9 ficha técnica 9 A ficha técnica é uma ferramenta fundamental na profissionalização dos serviços de alimentação de grande ou pequeno porte, importante na tomada de decisões e na orientação

Leia mais

Projeto Pré-Requisitos 6º Ano

Projeto Pré-Requisitos 6º Ano Caro aluno Colégio Militar de Curitiba Este Caderno de Apoio à Aprendizagem em Matemática foi produzido para você com o objetivo de colaborar com seus estudos. Ele apresenta uma série de atividades a serem

Leia mais

A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR. GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância

A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR. GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância Nilce Fátima Scheffer - URI-Campus de Erechim/RS - snilce@uri.com.br

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE DICIONÁRIO

CONSELHO DE CLASSE DICIONÁRIO CONSELHO DE CLASSE O Conselho de Classe é um órgão colegiado, de cunho decisório, presente no interior da organização escolar, responsável pelo processo de avaliação do desempenho pedagógico do aluno.

Leia mais

SUGESTÃO EDITORIAL. Sucos naturais impulsionam o mercado. SIG Combibloc. Produção natural, a chave do sucesso

SUGESTÃO EDITORIAL. Sucos naturais impulsionam o mercado. SIG Combibloc. Produção natural, a chave do sucesso SIG Combibloc SUGESTÃO EDITORIAL Sucos naturais impulsionam o mercado São Paulo, Maio de 2010. Graças aos novos hábitos de consumo, os sucos naturais estão se tornando um importante segmento de mercado.

Leia mais

Dr. André Luiz Melo da Cunha Juiz de Direito da comarca de Visconde do Rio Branco

Dr. André Luiz Melo da Cunha Juiz de Direito da comarca de Visconde do Rio Branco RESPOSTA RÁPIDA 63/2014 Assunto: Isosource Soya e risperidona SOLICITANTE Dr. André Luiz Melo da Cunha Juiz de Direito da comarca de Visconde do Rio Branco NÚMERO DO PROCESSO 0720.14.000599-5 DATA 10/02/2014

Leia mais

Sequências Didáticas para o ensino de Língua Portuguesa: objetos de aprendizagem na criação de tirinhas

Sequências Didáticas para o ensino de Língua Portuguesa: objetos de aprendizagem na criação de tirinhas Sequências Didáticas para o ensino de Língua Portuguesa: objetos de aprendizagem na criação de tirinhas Manoela Afonso UNESP - Campus Bauru-SP manoela_afonso@hotmail.com Comunicação Oral Pesquisa Concluída

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Estágio Supervisionado: Educação Infantil 4 e 5 anos Educação de Jovens e Adultos (EJA) Ensino Fundamental Educação Especial (Ensino

Leia mais

PREFEITURA DE ESTÂNCIA TURÍSTICA DE SÃO ROQUE - SP DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROJETO DE CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EDUCAÇÃO PARA A PAZ

PREFEITURA DE ESTÂNCIA TURÍSTICA DE SÃO ROQUE - SP DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROJETO DE CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EDUCAÇÃO PARA A PAZ PREFEITURA DE ESTÂNCIA TURÍSTICA DE SÃO ROQUE - SP DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROJETO DE CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EDUCAÇÃO PARA A PAZ TEMA PROJETO DE CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES Educação para a Paz Aplicadores:

Leia mais

AULA INAUGURAL QUESTÕES DO ENEM ESTATÍSTICA. ETAPA SÉRIE ENSINO TURNO PROFESSORES 2ª 3ª Médio M/T

AULA INAUGURAL QUESTÕES DO ENEM ESTATÍSTICA. ETAPA SÉRIE ENSINO TURNO PROFESSORES 2ª 3ª Médio M/T MATEMÁTICA 2014 UNIDADE BH SÉRIES FINAIS AULA INAUGURAL QUESTÕES DO ENEM ESTATÍSTICA ETAPA SÉRIE ENSINO TURNO PROFESSORES 2ª 3ª Médio M/T Aluno(a): Nº: Turma: QUESTÃO 01 ENEM 2009 (prova cancelada) Cinco

Leia mais

Gelatina é a sobremesa que previne doenças e emagrece! Lista de benefícios inclui fortalecimento dos ossos e aumento da saciedade

Gelatina é a sobremesa que previne doenças e emagrece! Lista de benefícios inclui fortalecimento dos ossos e aumento da saciedade Gelatina é a sobremesa que previne doenças e emagrece! Lista de benefícios inclui fortalecimento dos ossos e aumento da saciedade A gelatina é a sobremesa ideal para combater aquela vontade de comer doces

Leia mais

Software do tipo simulador e os conteúdos de química

Software do tipo simulador e os conteúdos de química Software do tipo simulador e os conteúdos de química Any C. R. Silva (IC) *1, Bianca C. Nabozny (IC)¹, Leila I. F. Freire (PQ)² 1 Licenciatura em Química - UEPG; 2 Departamentos de Métodos e Técnicas de

Leia mais

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/ 03 FEV 2014 Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão Já pensou em tomar sorvete de mandioca? E doce de casca de maracujá?

Leia mais

:: NOVA ESCOLA ON-LINE ::

:: NOVA ESCOLA ON-LINE :: Page 1 of 7 Planos de aula Educação Infantil Conhecimento de Mundo Natureza e Sociedade Seres Vivos Plano de trabalho O ovo vira pinto Introdução Muito freqüentemente, o trabalho com as ciências naturais,

Leia mais

07 Sucos Para Sua Dieta

07 Sucos Para Sua Dieta EmagrecaRapido.net 07 Sucos Para Sua Dieta 1 Este e-book foi elaborado com letras grandes para facilitar sua leitura! São 7 receitas de sucos para você emagrecer, são opções para o dia todo. Introdução

Leia mais

Volumes Exemplo1: Exemplo2:

Volumes Exemplo1: Exemplo2: Volumes Exemplo1: Esta garrafa está cheia. Ela contém 90 mililitros (90 ml) de refrigerante: Volume 90 ml Isso significa que 90 ml é a quantidade de líquido que a garrafa pode armazenar: Capacidade 90

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA

MODELAGEM MATEMÁTICA 600 MODELAGEM MATEMÁTICA *Carla da Silva Santos **Marlene Menegazzi RESUMO Este artigo retrata através de seus dados históricos, métodos e exemplo prático uma metodologia alternativa de ensino nos levando

Leia mais

Merendeira. Benefícios de uma alimentação saudável o Critério das Cores Diversas dos Alimentos Ajuda na prevenção da obesidade Bullying

Merendeira. Benefícios de uma alimentação saudável o Critério das Cores Diversas dos Alimentos Ajuda na prevenção da obesidade Bullying Merendeira 1) Objetivos Gerais Através do trabalho da merendeira, aprofundar os conhecimentos sobre a preparação de uma refeição saudável com o uso dos utensílios e eletrodomésticos presentes na cozinha.

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. GRUPO III A GRUPO III B GRUPO III C GRUPO III D ATIVIDADES DE SALA

Leia mais

LICORES FABRICAÇÃO CASEIRA DE LICORES

LICORES FABRICAÇÃO CASEIRA DE LICORES LICORES O licor é uma bebida alcoólica açúcarada agradável a quase todos os paladares. É usado após as refeições por ser digestivo, em virtude dos óleos esseciais e pela alta concentração de açúcar. É

Leia mais

Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Médio Regular e EJA

Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Médio Regular e EJA Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Fabiano Fialho Lôbo Universidade Federal de Pernambuco fabiano_lobo@yahoo.com.br Luciana Rufino de Alcântara Universidade

Leia mais

SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes.

SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes. SMOOTHIES uma maneira fácil e deliciosa para apreciar frutas e legumes. Os smoothies ou shakes são uma maneira deliciosa, saudável e versátil para adicionar frutas e legumes em nossa alimentação diária.

Leia mais

ESTRATÉGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA PERSPECTIVA DAS NOVAS TECNOLOGIAS

ESTRATÉGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA PERSPECTIVA DAS NOVAS TECNOLOGIAS 1 ESTRATÉGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA PERSPECTIVA DAS NOVAS TECNOLOGIAS INTRODUÇÃO Marilda Coelho da Silva marildagabriela@yahoo.com.br Mestrado Profissional Formação de Professores UEPB As

Leia mais

Impresso fechado. Pode ser aberto pela ECT.

Impresso fechado. Pode ser aberto pela ECT. Impresso fechado. Pode ser aberto pela ECT. 1 Anotações Meu Brasil brasileiro mulato inzoneiro de raízes, flores e frutos. Dos mais doces aos mais cítricos. Todos traços típicos de uma cultura que sabe

Leia mais

GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM

GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM Fernanda Maura M. da Silva Lopes 1 Lorena Luquini de Barros Abreu 2 1 Universidade Salgado de Oliveira/ Juiz

Leia mais

PRÓ-MATATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

PRÓ-MATATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PRÓ-MATATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Regina Luzia Corio de Buriasco * UEL reginaburiasco@sercomtel.com.br Magna Natália Marin Pires* UEL magna@onda.com.br Márcia Cristina de Costa Trindade Cyrino*

Leia mais

Receitas de Sucos Jesus te Ama Jo.3:16 1

Receitas de Sucos Jesus te Ama Jo.3:16 1 Receitas de Sucos Jesus te Ama Jo.3:16 1 Receitas de Sucos Jesus te Ama Jo.3:16 2 Menu Receitas de Sucos Naturais...3 Receitas de Sucos Rejuvenescedores...7 Receitas de Sucos que Ajudam a Aliviar Enjoos

Leia mais

1. Descrição MS: 6.05426-4 ANEXO 1. 3. Características

1. Descrição MS: 6.05426-4 ANEXO 1. 3. Características 1. Descrição Alimento protéico para preparo de bebida que fornece a quantidade ideal de colágeno hidrolisado com vitaminas e minerais quelatos (precursores de colágeno) que favorecem a saúde da pele e

Leia mais

1. Capacitação Docente em Informática na Educação

1. Capacitação Docente em Informática na Educação DO EDITOR DE TEXTOS A PLATAFORMA MOODLE: UM PROJETO PILOTO INOVADOR DE CAPACITAÇÃO DOCENTE CONSTRUCIONISTA EM UMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Maira Teresinha Lopes Penteado 1 Maria Beatriz

Leia mais

CEI Santa Terezinha. Culinária Animada

CEI Santa Terezinha. Culinária Animada CEI Santa Terezinha Culinária Animada Nome: Gizele Paiva Sampaio Cargo: Coordenadora Pedagógica O Centro de Assistência Social Santa Terezinha, foi fundado no dia primeiro de janeiro de 1947 e é uma entidade

Leia mais

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental TEMA II GRANDEZAS E MEDIDAS A comparação de grandezas de mesma natureza que dá origem à idéia de

Leia mais

PLANO DE CELULAR: UMA EXPERIÊNCIA DE MODELAGEM MATEMÁTICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

PLANO DE CELULAR: UMA EXPERIÊNCIA DE MODELAGEM MATEMÁTICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO PLANO DE CELULAR: UMA EXPERIÊNCIA DE MODELAGEM MATEMÁTICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO GT 06 Formação de professores de matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Ana Queli Mafalda Reis

Leia mais

A interpretação gráfica e o ensino de funções

A interpretação gráfica e o ensino de funções A interpretação gráfica e o ensino de funções Adaptado do artigo de Katia Cristina Stocco Smole Marília Ramos Centurión Maria Ignez de S. Vieira Diniz Vamos discutir um pouco sobre o ensino de funções,

Leia mais

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERÊNCIA SOBRE A CARACTERIZAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS Everton Tafarel Galvão evertontafarel.everton@gmail.com Izabel Passos Bonete ipbonete@irati.unicentro.br

Leia mais

METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS

METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS GT 06 Formação de professores de matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Maria Madalena Dullius, Univates, madalena@univates.br Angélica

Leia mais

SEMANA DAS MÃES. Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS

SEMANA DAS MÃES. Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS SEMANA DAS MÃES Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS MOLHOS VARIADOS MOLHO FRANCÊS BÁSICO ½ XÍCARA DE AZEITE DE OLIVA ; ½ XÍCARA DE ÓLEO; ½ XÍCARA VINAGRE DE UVA; 1 DENTE DE ALHO PICADO;

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA I CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA I CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE VI JORNADA DE ENSINO DE GEOGRAFIA: ENSINO DE GEOGRA- FIA E AS DIVERSIDADES ÉTINICAS / II MOSTRA DO PIBID GE- OGRAFIA UENP. 25 e 26 de Novembro de 2014. Cornélio Procópio Pr. UENP Modelo de Artigo ESTÁGIO

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br

www.500receitasparaemagrecer.com.br Olá, Querido (a) amigo (a), É com imenso prazer que trago para você este guia prático e fácil para ajuda-lo na tarefa árdua que é perder peso e principalmente mantêlo. O que dificulta muitas vezes manter

Leia mais

Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens

Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens ENCONTRO ACADÊMICO INTERDISCIPLINARIDADE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO REGIÃO NORTE Licenciatura Integrada em Educação em Ciências Matemática e Linguagens Prof. Wilton Rabelo Pessoa - IEMCI/UFPA UNIDADE:

Leia mais

PLANEJAMENTO (Receitas)

PLANEJAMENTO (Receitas) Professor(a): Ivete Maria Rizzi Onzi PLANEJAMENTO (Receitas) Diferentes portadores de texto- CARTAZES; CONVITES; RECEITAS; Oralidade; produção de diferentes portadores de textos; criatividade; pesquisa.

Leia mais

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Coordenação: Juliana Cristina Braga Autoria: Rita Ponchio Você aprendeu na unidade anterior a importância da adoção de uma metodologia para a construção de OA., e também uma descrição geral da metodologia

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS MATEMÁTICA 6 º ANO DO FUNDAMENTAL

CONCURSO DE BOLSAS MATEMÁTICA 6 º ANO DO FUNDAMENTAL CONCURSO DE BOLSAS MATEMÁTICA 6 º ANO DO FUNDAMENTAL NOME: GABARITO TEMA: Fome e obesidade, uma contradição e um desafio social. Os números a seguir revelam dois Brasis distintos. Enquanto cerca de 17

Leia mais

Estudo de modelos de Matemática financeira em bibliografia básica

Estudo de modelos de Matemática financeira em bibliografia básica Estudo de modelos de Matemática financeira em bibliografia básica Hélio Rosetti Júnior Instituto Federal do Espírito Santo e Faculdade de Tecnologia FAESA Brasil heliorosetti@cetfaesa.com.br Juliano Schimiguel

Leia mais

CESTA BÁSICA SOBE MENOS QUE O SÁLARIO MÍNIMO: UMA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA EM UM AMBIENTE DE MODELAGEM MATEMÁTICA

CESTA BÁSICA SOBE MENOS QUE O SÁLARIO MÍNIMO: UMA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA EM UM AMBIENTE DE MODELAGEM MATEMÁTICA CESTA BÁSICA SOBE MENOS QUE O SÁLARIO MÍNIMO: UMA EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA EM UM AMBIENTE DE MODELAGEM MATEMÁTICA Hosanna Santos Barreto Dantas 1 Escola Municipal São Judas Tadeu (Irará-BA) hosannajose@yahoo.com.br

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DO PROJETO EXPRESSÕES NUMÉRICAS E RADICIAÇÃO: UMA ABORDAGEM CONTEXTUALIZADA NA ESCOLA MARIA DO CARMO CARNEIRO.

EXPERIÊNCIAS DO PROJETO EXPRESSÕES NUMÉRICAS E RADICIAÇÃO: UMA ABORDAGEM CONTEXTUALIZADA NA ESCOLA MARIA DO CARMO CARNEIRO. EXPERIÊNCIAS DO PROJETO EXPRESSÕES NUMÉRICAS E RADICIAÇÃO: UMA ABORDAGEM CONTEXTUALIZADA NA ESCOLA MARIA DO CARMO CARNEIRO. Francisca Valdielle Gomes Silva Discente do Curso de Matemática da Universidade

Leia mais

Treinamento Conservas de frutas 382

Treinamento Conservas de frutas 382 Para que haja boa conservação dos alimentos é importante que os produtos conservados mantenham suas qualidades nutritivas, seu aroma, sabor e que se eliminem as causas das alterações. As várias maneiras

Leia mais

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO Como tudo começou A EMEI Guia Lopes possui uma área verde privilegiada e a criação de uma horta era uma vontade

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 2ª Série Matemática CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA Marcos Leomar Calson Mestrando em Educação em Ciências e Matemática, PUCRS Helena Noronha Cury Doutora em Educação

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO Por Andréa Santa Rosa & Márcio Garcia Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa Revisão técnica: Luana Vilas Bôas Revisão editorial: Clara Koziner Laís Barbosa www.vidafuncional.com.br

Leia mais

AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES

AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES Silmara Cristina Manoel UNESP Ilha Solteira Silmaracris2@hotmail.com Inocêncio Fernandes Balieiro Filho

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES

UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES Resumo Hugo Luiz Gonzaga Honório¹ Marinalva Passamai Alvarenga² ¹ Ufjf/Educação Matemática/ hugohonorio12@gmail.com

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP

Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP Colégio Sagrado Coração de Jesus Marília /SP CARDÁPIO DO LANCHE DA MANHÃ/TARDE- Educação Infantil Mês de Janeiro e Fevereiro 2ª FEIRA 1 iogurte (beber) sabor morango 4 biscoitos cream cracker c/ manteiga

Leia mais

Apresentação do Professor. Pesquisa e Prática Profissional: A Escola. Ementa. Organização da Disciplina. Teleaula 1

Apresentação do Professor. Pesquisa e Prática Profissional: A Escola. Ementa. Organização da Disciplina. Teleaula 1 Pesquisa e Prática Profissional: A Escola Teleaula 1 Profa. Me. Marinice Natal Apresentação do Professor Graduação Pedagogia Especialização Metodologia do Ensino Superior Mestrado - Educação Ementa A Escola

Leia mais

10 RECEITAS DE SUCOS DETOX INCRÍVEIS PARA EMAGRECER

10 RECEITAS DE SUCOS DETOX INCRÍVEIS PARA EMAGRECER 10 RECEITAS DE SUCOS DETOX INCRÍVEIS PARA EMAGRECER Olá Pessoas, eu estava sumida, né? Então muitas coisas aconteceram e dentre todos os fatos ocorridos, eu estou em semanas de provas, daí não tem outro

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Dezembro 2014

Atividades Pedagógicas. Dezembro 2014 Atividades Pedagógicas Dezembro 2014 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO I A GRUPO I B GRUPO I C GRUPO I D

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br

www.500receitasparaemagrecer.com.br Olá, Querido (a) amigo (a), É com imenso prazer que trago para você este guia prático e fácil para ajuda-lo na tarefa árdua que é perder peso e principalmente mantêlo. O que dificulta muitas vezes manter

Leia mais

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional)

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) Universidade Federal de Roraima UFRR Brasil Especialista em Alfabetização (Prática Reflexiva

Leia mais

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010 JOGOS COMPUTACIONAIS E A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: CONTRIBUIÇÕES DAS PESQUISAS E DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS Regina Célia Grando Universidade São Francisco regina.grando@saofrancisco.edu.br Resumo: No presente

Leia mais

METODOLOGIA PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA: UM OLHAR A PARTIR DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

METODOLOGIA PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA: UM OLHAR A PARTIR DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO METODOLOGIA PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA: UM OLHAR A PARTIR DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Flávia Nascimento de Oliveira flavinhamatematica@hotmail.com Rivânia Fernandes da Costa Dantas rivafern@hotmail.com

Leia mais

Orientações para o preparo da papinha.

Orientações para o preparo da papinha. Orientações para o preparo da papinha. Olha o aviãozinho... As primeiras refeições são muito importantes para o bebê. Quando começa a comer outros alimentos além do leite materno, ele descobre novos sabores,

Leia mais

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM Justificativa ABREU,Tamires de Sá 1 BARRETO, Maria de Fátima Teixeira² Palavras chave: crenças, matemática, softwares, vídeos.

Leia mais

Livro de RECEITAS. Programa Crescer

Livro de RECEITAS. Programa Crescer Livro de RECEITAS Programa Crescer 1 Salgados. 2 3 LASANHA DE ABOBRINHA Rendimento: 12 pedaços médios Modo de Preparo Molho: Refogue o alho moído a cebola picada. Junto com o alho e a cebola refogue a

Leia mais

FUNÇÕES BÁSICAS DA ECONOMIA: O USO DE MAPAS CONCEITUAIS NA MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO

FUNÇÕES BÁSICAS DA ECONOMIA: O USO DE MAPAS CONCEITUAIS NA MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO FUNÇÕES BÁSICAS DA ECONOMIA: O USO DE MAPAS CONCEITUAIS NA MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Ricardo Lisboa Martins Faculdade Integrada Tiradentes - FITS ricardolisboamartins@gmail.com Alex Melo da Silva

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PARA ELABORAÇÃO, APRESENTAÇÃO E APROVAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGIMENTO INTERNO PARA ELABORAÇÃO, APRESENTAÇÃO E APROVAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGIMENTO INTERNO PARA ELABORAÇÃO, APRESENTAÇÃO E APROVAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2013 1 REGIMENTO INTERNO PARA ELABORAÇÃO, APRESENTAÇÃO E APROVAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Apresentação:

Leia mais

Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1

Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1 Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1 Camila Menezes TORRES² Bruna Fonseca KASTRUP³ Maxuell Cardoso PORTO 4 Tânia Maria Bassetti de

Leia mais

Dicas para uma alimentação saudável

Dicas para uma alimentação saudável Dicas para uma alimentação saudável NECESSIDADE FISIOLÓGICA ATO DE COMER SOCIABILIZAÇÃO Comida Japonesa PRAZER CULTURAL Alimentação aliada à saúde Hábitos alimentares pouco saudáveis desde a infância,

Leia mais

Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental

Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental Ludmila Maccali 1 GD2 Educação Matemática nos anos finais do Ensino Fundamental Resumo do trabalho. Neste trabalho

Leia mais

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja Receitas de Sucos Sucos com Frutas Suco de abacaxi e gengibre 1 abacaxi médio bem maduro 1 colher de sopa de gengibre fresco picado 4 copos de água Lavar bem o abacaxi usando uma escova. Descascar com

Leia mais

Matemática. Apostila. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Apostila. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Apostila Prof. Pedro UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA ALUNOS

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS EIXO TECNOLÓGICO:Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Física FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

VOCÊ SABIA? Iogurte - Brasil - Dezembro 2012. Compre Este Relatório Agora

VOCÊ SABIA? Iogurte - Brasil - Dezembro 2012. Compre Este Relatório Agora Introdução O mercado brasileiro de iogurtes está em pleno desenvolvimento e vem ampliando sua presença de maneira significativa. Segundo levantamento da Mintel, de 2010 para 2011, a categoria teve um crescimento

Leia mais

Equações do primeiro grau

Equações do primeiro grau Módulo 1 Unidade 3 Equações do primeiro grau Para início de conversa... Você tem um telefone celular ou conhece alguém que tenha? Você sabia que o telefone celular é um dos meios de comunicação que mais

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE SONDAGEM DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

QUESTIONÁRIO DE SONDAGEM DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA ADJUNTA DE ENSINO SECRETARIA ADJUNTA DE PROJETOS ESPECIAIS QUESTIONÁRIO DE SONDAGEM DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO URE: ESCOLA:

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

VITOR MEIRELES PROJETO DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NAS ESCOLAS E CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

VITOR MEIRELES PROJETO DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NAS ESCOLAS E CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL VITOR MEIRELES PROJETO DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NAS ESCOLAS E CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL Vitor Meireles, março de 2013 COORDENAÇÃO Josiane BerkenbrockMasote ÓRGÃOS ENVOLVIDOS Secretaria Municipal da Educação

Leia mais

CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4

CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4 CAMPUS CARAGUATUBA CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4 PROFESSOR: ANDRESSA MATTOS SALGADO-SAMPAIO ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS PARA A PRÁTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CURSO

Leia mais

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem.

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem. Emanuella Filgueira Pereira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia O JOGO NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Resumo O presente artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa mais ampla que

Leia mais

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Camila Schimite Molero e-mail: ca_schi@hotmail.com Italo Gonçalves da Silva e-mail: igsilva423@gmail.com

Leia mais

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA Naiane Novaes Nogueira 1 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB n_n_nai@hotmail.com José

Leia mais