FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA"

Transcrição

1 FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA JI-PARANÁ- RO 2013

2 MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) apresentada à Faculdade Funorte, como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Ortodontia. Orientador: Prof. Dr. Rafael Pinelli Henriques JI-PARANÁ 2013

3 Miécio Carvalho Gomes de Sá Junior EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) apresentada à Faculdade Ingá, como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Ortodontia. Orientador: Dr. Rafael Pinelli Henriques Aprovada em : / / COMISSÃO ORGANIZADORA

4 Dedico este trabalho à minha família e a minha namorada Jessica cosmo.

5 AGRADECIMENTOS Primeiramente a Deus por ter me concedido a vida, a capacidade para realizar este trabalho. A minha família por tudo q me foi dado, pois sem eles jamais teria chegado tão longe. A minha companheira Jéssica Cosmo que esteve a meu lado todo o tempo dando-me força e apoio nas horas de dificuldade e desanimo. Agradeço aos professores que só através do valiosíssimo conhecimento humildemente transmitido, jamais teria o conhecimento hoje obtido. Agradeço aos colegas de classe pela paciência e apoio dado ao longo curso.

6 Resumo

7 RESUMO Junior, Miécio Carvalho. Extração de Incisivo Inferior na Ortodontia. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Ortodontia) - FUNORTE, A exodontia de um incisivo inferior pode ser considerada uma opção valiosa na busca de excelência nos resultados ortodônticos para obtenção de máxima função, estética e estabilidade. Este trabalho teve como objetivo a revisão de literatura abordando o tema da extração de incisivo inferior como alternativa de tratamento ortodôntico evidenciando a indicações, contraindicações, vantagens, desvantagens e estabilidade da extração do incisivo inferior no tratamento ortodôntico. Essa opção de tratamento pode ser indicada em más oclusões com discrepância de volume dentário anterior devido a incisivos superiores estreitos e/ou incisivos inferiores largos. E contraindicada em más oclusões sem discrepância anterior ou com discrepâncias ocasionadas por incisivos superiores largos e/ou incisivos inferiores estreitos. Para este trabalho foram selecionados artigos científicos com a finalidade do esclarecimento e correta indicação desse tratamento. Palavras-chave: Extração Atípica, Extração, Incisivos Inferior.

8 ABSTRACT Junior, Miécio Carvalho. Incisor Extraction in orthodontics. Working End of Course ( Specialization in Orthodontics ) -FUNORTE, The extraction of a lower incisor can be considered a valuable option in the pursuit of excellence in orthodontic results to obtain maximum function, aesthetics and stability. This study aimed to review the literature addressing the extraction of lower incisor as an alternative for orthodontic treatment showing the indications, contraindications, advantages, disadvantages and stability of mandibular incisor extraction in orthodontic treatment. This treatment option may be indicated in malocclusions with anterior tooth size discrepancy because of narrow upper incisors and / or lower incisors wide. And contraindicated in malocclusions without anterior discrepancy or discrepancies caused by upper incisors broad and / or narrow incisors. For this work we selected papers for the purpose of clarification and correct indication of this treatment. Key words: Atypical extraction, extraction, Lower Incisors

9 LISTA DE FIGURAS Figura 1- Fotografias de frente e de perfil na fase inicial do tratamento (observar a projeção do lábio inferior)...15 Figura 2- Setup executado no intuito de servir como guia no planejamento do caso clínico...16 FIGURA 3 - Fotografias intrabucais: lateral direita, frente e lateral esquerda...16 FIGURA 4 - Fotografias intrabucais mostrando o aparelho montado: lateral direita, frente e lateral esquerda...16 FIGURA 5 - Fotografias intrabucais mostrando o fechamento do espaço na região do incisivo extraído e a mecânica de Classe III com elásticos: lateral direita, frente e lateral esquerda...16 FIGURA 6 - Fotografias da paciente ao final do tratamento: frente, perfil e sorriso (observar a melhora na relação labial)...17 FIGURA 7 - Fotografias intrabucais ao final do tratamento: lateral direita, frente e lateral esquerda...17 Figura 8- Apinhamento Antero inferior...18 Figura 9- Fotografia de incisivos inferiores com coroas em formato triangular...21

10 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO REVISAO DE LITERATURA INDICAÇÕES CONTRA INDICAÇÃO VANTAGENS DESVANTAGENS ESTABILIDADE DISCUSSÃO CONCLUSÃO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...28

11 1 Introdução 11

12 1 INTRODUÇÃO Diversas opções de tratamento têm sido sugeridas para a resolução de casos com apinhamento anteroinferior, tais como: movimento distal de dentes posteriores, expansão da arcada, projeção de incisivos, desgaste Inter proximal de dentes, extração de pré-molares e extração de incisivo. PINTO et al (2006). Na ortodontia extrações atípicas ainda são estigmatizadas por muitos colegas, mas quando o diagnostico é realizado de forma correta, essa forma de tratamento é muito eficaz, utilizando mecânicas simplificadas e podendo-se atingir ótimos resultados estéticos e funcionais. SILVA FILHO et al. (2002) Em determinados casos a extração na ortodontia é necessária para atingirmos uma oclusão, estética e função satisfatória, obtendo também maior estabilidade. Com todo nesse tipo de tratamento é necessário um diagnostico muito criterioso para a definição do plano de tratamento, são utilizados como principais ferramentas de diagnostico: analises radiográficas, modelos, fotos e setup. MATSUMOTO et al. (2010) A ausência de espaço é relativamente comum nos indivíduos. O tratamento destas alterações foi proposto por vários autores com terapêuticas diferentes, o tratamento mais utilizado para este tipo de tratamento seria extrações de prémolares, porém relatos na literatura mencionam a remoção de um incisivo inferior permanente, quando bem indicado. LIMA et al. (2005) Quanto ao incisivo inferior a ser extraído, depende de algumas condições como; discrepância do arco dentário, desproporção dos dentes superiores e inferiores e perfil facial. Mesmo não sendo muito popular entre os ortodontistas vem sendo utilizado ultimamente por ser uma alternativa viável mecânica e esteticamente. TUVERSON (1980). Contudo se a extração de incisivo inferior for realizada sem um cuidadoso planejamento podem acorrer discrepâncias oclusais, normalmente não será solucionada de maneira satisfatória. É de fundamental importância que o profissional não tome decisões de extração sem um planejamento prévio para a correção de, mas oclusões. KLEIN (1997) 12

13 2 Revisão de Literatura 13

14 2 REVISÃO DE LITERATURA Tuverson (1980) Mostrou em seus estudos que existem alternativas para corrigir deficiências do comprimento da arcada anterossuperiores dependendo da causa e do montante da discrepância, a extração de incisivo inferior como alternativa de tratamento é devido à facilidade e ótimos resultados obtidos. Ressaltou a importância de um diagnostico preciso para determina se o incisivo inferior deve ser extraído, visando à relação interoclusal ao fim do tratamento. Frisou a imprescindível importância do setup. Salientou também o cuidado com a retração gengival que pode ocorrer na região da extração e em pacientes com predisposição a doenças periodontais principalmente se as raízes não ficarem paralelas. KOKICH e SHAPIRO (1984) Mostrarão em estudos que a extração de incisivo inferior, foi obtido bons resultados com mecânicas simplificadas. TAYER (1992) Afirmou que o objetivo do tratamento ortodôntico é alcançar uma harmonia entre os dentes e estruturas há volta dos tecidos moles. Muitas vezes opta-se por extrações dentarias para alcançar a estabilidade do tratamento ortodôntico. O autor relata o caso clinico de quatro pacientes com problemas ortodônticos distintos, sendo realizado analise de Bolton, espaço presente e espaço requerido, realizando assim um setup, sendo que nos quatro pacientes foram feitas extração de incisivo inferior atingindo resultados satisfatórios com tempo de tratamento entre 15 e 24 meses. KLEIN (1997) O setup confirma o diagnostico no período pré-tratamento. KOKICH (2000) Afirmou que pacientes com má oclusão de classe I com discrepância de Bolton mandibular são frequentemente tratados com exodontia de incisivo inferior. Utiliza-se também desgastes Inter proximais para se obter o overjet e overbite satisfatórios. O autor descreve os principais itens a ser analisada antes da extração: 1 Espessura das raízes dos incisivos superiores, 2 Saúde dos incisivos inferiores, 3 Quantidade de esmalte Inter proximal dos incisivos superiores, 4 Forma dos incisivos superiores e inferiores, 5 Inclinação dos incisivos superiores e inferiores, 6 Agenesia, 7 Tamanho da discrepância de Bolton, 8 estabilidade. SILVA FILHO et al. (2002) Afirmaram que o tratamento com extração a fim de reduzir a massa dentaria é um artificio muito utilizado pelos ortodontistas para 14

15 adequa o arco dentário com o osso alveolar. Afirmaram que o planejamento de casos extração de incisivo inferior é mais difíceis guando comparada a casos de extração de pré-molares, fazendo assim essa pratica incomum, com tudo viáveis do ponto de vista da mecânica e morfologia periodontal. Continuando a pesquisa, SILVA FILHO et al. (2002) afirmam que a extração de incisivos inferiores permanentes é contra indicada em dentadura mista, devido a imprevisibilidade de futuras irrupção dos permanentes. LIMA et al. (2005) Relata através de casos clínicos, que de varias formas a extração de incisivo inferior devidamente planejados, é um método muito eficaz, com tudo exige do ortodontista o conhecimento da mecânica empregada. LIMA, LACET e MARQUES (2005) A extração de incisivo inferior é uma opção terapêutica muito satisfatória em casos cuidadosamente planejados. PINTO (2006) Relata que tratamento ortodôntico em casos de Apinhamento grave anteroposterior sem extração tem uma maior tendência a recidiva devido, a tendência de diminuição do comprimento do arco inferior e no aumento da largura intercranianos. Dando sequencia PINTO (2006) Afirma que extração de incisivo inferior pode ser uma forma de tratamento de má oclusão de classe I com apinhamento anterior inferior inevitavelmente quando existir discrepância de Bolton. Figura 1- Fotografias de frente e de perfil na fase inicial do tratamento (observar a projeção do lábio inferior). Fonte PINTO (2006) 15

16 Figura 2- Setup executado no intuito de servir como guia no planejamento do caso clínico Fonte PINTO (2006) FIGURA 3 - Fotografias intrabucais: lateral direita, frente e lateral esquerda. Fonte PINTO (2006) FIGURA 4 - Fotografias intrabucais mostrando o aparelho montado: lateral direita, frente e lateral esquerda. Fonte PINTO (2006) FIGURA 5 - Fotografias intrabucais mostrando o fechamento do espaço na região do incisivo extraído e a mecânica de Classe III com elásticos: lateral direita, frente e lateral esquerda. Fonte PINTO (2006) 16

17 FIGURA 6 - Fotografias da paciente ao final do tratamento: frente, perfil e sorriso (observar a melhora na relação labial). Fonte PINTO (2006) FIGURA 7 - Fotografias intrabucais ao final do tratamento: lateral direita, frente e lateral esquerda. Fonte PINTO (2006) DAHER, CARON, WECHSJER (2007) Tendo objetivos claros e planejamento bem realizado, alcançamos tratamentos viáveis, tendo em vista que a escolha do tratamento deve ser ajustada de acordo com a má oclusão do paciente. 2.1 INDICAÇÕES CANUT (1996) Afirma que tratamento com extração de incisivo inferior é indicada para quatro tipos de apresentação clinica: anomalias de numero de dentes anteriores; anomalia de tamanho; erupção ectópica de incisivos; moderada casse III. BAHREMAN (1977) Descreve que a escolha entre fazer a extração ou não depende da discrepância entre os arcos dentários e basais e o aspecto facial. O autor relata que os melhores casos para esse tipos de abordagem são pacientes com má oclusão de classe I com apinhamento severo anteroinferior são: boa dentição superior; excelente intercuspidação; severo apinhamento anteroinferior com ausência de quase um incisivo; paciente de classe I com mordia cruzada anterior devido apinhamento do incisivo inferior. 17

18 KOKICH (2000) Relata que casos com discrepância de Bolton acima de 2 mm geralmente é indicada extração de incisivo inferior. Sendo embasada a decisão desse tipo de tratamento através do setup, pois existem casos de má oclusão de classe I sem discrepância de Bolton que requer extração de incisivo inferior como: trauma, cárie severa, agenesia de incisivo inferior. SILVA FILHO et al. (2002) Afirma que a extração de incisivo inferior é indicada quando a irrupção dentaria estiver praticamente concluída, apinhamento anteroinferior, intercuspidação posterior satisfatória, e em casos de excesso massa dentaria inferior e deficiência de massa dentaria superior. LIMA et al. (2005) Outro importante ponto é a distancia intercaninos, pois a manutenção dessa distancia favorece a estabilidade pós-tratamento. SIMPLÍCIO et al. (2005) Indica esse tipo de tratamento para má oclusão de classe I com apinhamento anteroinferior. Figura 8- Apinhamento Antero inferior. Fonte SIMPLÍCIO (2005) PINTO (2006) Diz que tratamento em pacientes adultos com extração de incisivo inferior é viável em casos de reduzir o overjet, reduzir overbite, discrepância de Bolton e leve tendência a classe III, apinhamento severo ou protrusão principalmente acompanhada de retração gengival e perda óssea na região vestibular de incisivos inferiores. Apud MATSUMOTO et al. (2010) Descreve as principais indicações de tratamento com extração de incisivo inferior: Má oclusão de Classe I com discrepância do volume dentário maior que 4,5 mm, consequência de agenesia de incisivo superior, ou deficiência do diâmetro mesiodistal dos incisivos superiores, ou excesso do diâmetro mesiodistal do incisivo inferior. 18

19 Má oclusão de Classe I com dentição superior normal, adequada intercuspidação posterior adequada, apinhamento anteroinferior, com falta de espaço para aproximadamente um incisivo inferior. Má oclusão de Classe I com mordida cruzada anterior por apinhamento ou protrusão de incisivos, sem discrepância dento alveolar superior. Fissura labiopalatal para restabelecer sobre mordida e sobre saliência, fornecendo assim estabilidade do resultado cirúrgico. Má oclusão com tendência a Classe III. Casos em que não se deseja o aumento da largura Intercanina em determinados casos. Alternativa não cirúrgica para Classe III. Pacientes de Classe III moderada ou suave com apinhamento suave e incisivo com forma não triangular. Classe III,1ºdivisão esquelética e dentaria, com protrusão de maxila e protrusão ou apinhamento dos incisivos inferiores, essa mecânica é empregada associada extração de pré-molar superior. Incisivos inferiores com má formação ou comprometidos periodontalmente. 2.2 CONTRA INDICAÇÕES CANUT (1996) Cita que uma das contraindicações é o overjet acentuado, pois na presença de uma overjet positivo o fechamento do trespasse aumentará o overjet. KLEIN (1997) O espaço formado após a extração para a maioria dos pacientes é antiestético, dessa maneira a extração deve ser discutida com o paciente anteriormente. SILVA FILHO (2002) Afirma que esta contra indicado a extração de incisivo inferior em tratamento interceptivo em dentadura mista devida imprevisibilidade eruptiva. PINTO (2006) Esta contra indicada à extração de incisivo inferior quando o setup mostra que o trespasse criado não pode ser corrigido através de movimentação dentaria e desgaste Inter proximal anterossuperior e/ou indivíduos com pré-disposição periodontal. 19

20 Melo Júnior et al. (2011) Relata que em pacientes que já possui um overjet e overbite acentuado estão contra indicados, em pacientes jovens e pacientes com oclusão posterior inadequada. 2.3 VANTAGENS LEVIN (1964) Indica como vantagens do tratamento com extração de incisivo inferior: Perfil facial, reduzindo a protrusão mandíbula. A facilidade do alinhamento anteroinferior. Estabelecer uma sobremordida estética e funcional satisfatória. Fornece o posicionamento anterossuperior carreto com as inclinações axiais aceitáveis, ao invés de vestibularizá-los a fim de posicionar todos os dentes anteroinferiores. VALINOTI (1994) Diz que uma das vantagens do tratamento com extração de incisivo inferior é a distancia intercaninos que se mantem quase inalterada, favorecendo assim a estabilidade pós-tratamento. BAHREMAN (1977) Relatou que esse tipo de tratamento quando bem indicado reduz o tempo de contensão e reduz os problemas de ancoragem. KLEIN (1997) Melhora no paralelismo entre as raízes dos dentes anteroinferiores e redução da proximidade das raízes. CANUT (1996) Ressalta que esse tipo de tratamento não promove alteração do perfil facial, como no tratamento de quatro pré-molares. MOORE (2000) Afirma q esse tratamento tem como vantagens: Reduz o efeito do perfil, mantem quase inalterada a oclusão posterior. Reduz a movimentação dentaria. Reduz o tempo de tratamento. Melhora a estabilidade anteroinferior. PINTO et al. (2006) Cita como vantagens: Mecânica simplificada. A manutenção da distancia intercaninos. Redução do período de contenção. 20

21 Normalmente sem problema de ancoragem. 2.4 DEVANTAGENS KLEIN (1997) Ressalta a inconveniência estética momentânea pelo fato da realização da extração e o fato da não coincidência da linha media. FAEROVING E ZACHRISON (1999) Destaca como desvantagens do tratamento ortodôntico com extração de incisivo inferior a perda da papila interdental, o aumento do overjet e overbite, recorrência do apinhamento dos remanescentes e a oclusão posterior insatisfatória. No caso da perda da papila, isso ocorre quando os incisivos inferiores possuem a forma triangular, nesses casos a melhor abordagem seria os desgastes interdental. CANUT (1997) Fala da possibilidade de abertura de espaços anteroinferior consequência do efeito de mesialização dos caninos podendo afetar a guia canina. ZACHRISSON (2003) Relata que os problemas mais comuns do tratamento com extração de incisivo inferior são: o aumento do overjet e overbite, mesmo nesses casos a contenção é utilizada por um longo período de tempo e incisivos inferiores com formato triangular perdem a papila interdental. Figura 9- Fotografia de incisivos inferiores com coroas em formato triangular. Fonte: ZACHRISSON et al. (2003) 21

22 2.5 ESTABILIDADE VALINOTI (1994) Observou pouca recidiva em tratamento com extração de incisivo inferior associada à contenção de longo prazo, este efeito é justificado pela manutenção dos dentes se manterem muito próximo as posições de origem onde as forças musculares são menos propensas a instabilidade, outra possibilidade são as forças leves imprimidas sob as áreas de ancoragem durante o processo de fechamento dos espaços. CANUT (1997) Sugere que a manutenção ou redução do espaço intercaninos não garante a estabilidade do tratamento à longo prazo, mas garante uma menor grau de recidiva comparado a tratamentos com pré-molares. SILVA FILHO et al. ( 2002) Com relação à recidiva, mesmo em casos devidamente selecionados, não é possível prever a estabilidade a longo prazo. Embora seja relatada uma superioridade na estabilidade anteroinferior nos casos de extrações anteroinferior quando comparado com extrações convencionais no segmento posterior, não se deve abrir mão da contenção pós tratamento. MATSUMOTO et al. (2010) A longo prazo, os casos com extração de um incisivo inferior mostram menor recidiva de apinhamento pós-contenção do que os casos tratados com extrações de pré-molares. Diversos autores relatam que o tratamento com extração de incisivo inferior possui baixos índices de recidivas, principalmente quando comparados a tratamento com extração de pré-molar. 22

23 3 Discussão 23

24 3 DISCUSSÃO KOKICH & SHAPIRO (1984), SILVA FILHO et al. (2002), PINTO et al. (2006) e TAFFAREL et al. (2009) Afirmaram que em casos bem selecionados e com diagnostico preciso o tratamento ortodôntico com extração de incisivo inferior é uma alternativa de tratamento muito eficaz utilizando-se mecânicas simplificada. VALINOTI (1994) Diz que diversos métodos terapêuticos para apinhamento anteroinferior têm sido empregados: distalização de dentes posteriores, movimentos laterais de caninos e incisivos, desgaste Inter proximal, extração de pré-molar, remoção de incisivos. A escolha da melhor forma de tratamento nem sempre é fácil e suas diretrizes não se aplica a odos os casos. Com relação às diretrizes do tratamento ortodôntico com extração de incisivo inferior BAHREMAN (1977), ZACHRISSON et al. (2003) e LIMA et al. (2005) relataram como principal indicação, pacientes adultos que apresentam mal oclusão Classe I de Angle, com apinhamento anteroinferior moderado ou severo, boa dentição e intercuspidação superior. CANUT (1996), FAEROVIG & ZACHRISSON (1999) e LIMA et al. (2005) concordam que o tratamento com extração de um incisivo inferior também se aplica nos casos de mal oclusão de Classe III leve à moderada com overjet e overbite reduzidos. LIMA et al. (2005) e MATSUMOTO et al. (2010) Concluíram que a extração de incisivo inferior é uma ótima forma de tratamento em situações bem selecionadas para casos com apinhamento anteroinferior e em casos de classe I, II, III. Em casos de pacientes com bom perfil facial equilibrado e apinhamento anterior inferior moderado ou severo onde a extração de quatro pré-molares pode comprometer o perfil facial, a extração de incisivos inferiores, VALINOTI (1994), KOKICH (2000) e LIMA et al. (2005), é uma excelente solução, uma vez que, não causará alterações significativas para o perfil. CANUT (1996) e MELO JÚNIOR et al. (2011) o overjet excessivo é uma contraindicação para extração de um incisivo inferior. 24

25 O setup diagnóstico é um fator essencial para um diagnostico de casos em que se pretende extrair o incisivo inferior, e através dele podemos obter a confirmação do resultado esperado e suas limitações antes da realização da extração. No caso de extração de incisivos inferiores MOORE (2000) e KOKICH (2000) sugeriram que se deve escolher o incisivo que apresenta pior prognóstico, como aqueles que estão fora do arco, com problema periodontal, endodonticamente tratados e com restaurações comprometidas. Esse tipo de tratamento é contraindicado em casos de pacientes com predisposição a doenças periodontais, em tratamentos interceptivo, (PINTO et al., 2006). PARA SILVA FILHO et al. (2002). FAEROVIG & ZACHRISSON (1999), KOKICH (2000), PINTO et al (2006) E LIMA et al (2005) alertaram que a extração de incisivo inferior com coroa triangular pode levar a perda da papila interdental, sugerindo assim o desgaste Inter proximal como alternativa de tratamento. VALINOTI (1994), KOKICH (2000), MONTEIRO et al (2006) Afirmaram que casos tratados com extração de incisivo inferior tem mais estabilidade quando comparados a casos tratados sem extração ou de extração de dentes posteriores, porém é imprescindível o uso da contenção após o tratamento para evitar a recidiva do apinhamento. 25

26 4 Conclusão 26

27 4 CONCLUSÃO Conforme na literatura apresentada concluímos que a extração de incisivo inferior é uma forma de tratamento valida e muito eficaz, assim podemos concluir que: Pacientes com má oclusão de Classe I, apinhamento anterior moderado ou severo, leve tendência a Classe III. O setup diagnóstico é imprescindível para o sucesso do tratamento proposto. Como excelente forma de tratamento para discrepância de Bolton. O tempo de tratamento reduzido com aplicação de técnicas simples. Essa forma de tratamento mostrou-se mais estável do que tratamento com extração de 4 pré-molares. 27

28 Referências 28

29 REFERÊNCIAS BAHREMAN, A. A. Lower incisor extraction in orthodontic treatment. Am J Orthod, St. Louis, v. 72, no. 5, p , CAUT, J. A. Mandibular incisor extraction: indications and long-term evolution. Eur j Orthod, oxford, v. 18, n. 5, p , DAHER, W.; CARON, J.; WECHSLER, M. H. Nonsurgical treatment of an adult with a class III malocclusion. Am j Orthod Dentofacial Orthop, Montreal, v.132, n.2, p , FAEROVING, E.; ZACHRISON, B. U. Effects of mandibular incisor extraction on anterior occlusion in adults with class III malocclusion and reduced overbite. Am J Orthod Dentofacial Orthop, St. Louis, v. 115, no. 2, p , Feb FAEROVING; ZACHRISON, Extração de incisivo inferior: uma opção terapêutica R Dental Press Ortodon Ortop Facial 50 Maringá, v. 10, n. 4, p , JANSON, G. R. P. et al. A importância da individualização no planejamento ortodôntico. R Dental Press Ortodon Ortop Fac, Maringá, v. 8, n. 2, p , KLEIN, D. J. The mandibular central incisor, an extraction option. An J Orthod Dentofacial Orthop, St. Louis, v.111, p , KOKICH, V. G.; SHAPIRO, P.A, Lower incisor extraction in orthodontic treatment. Four clinical reports. Angle Orthod. V.54, n.2, p , KOKICH, V. O. JR. Treatment of a class I malocclusion with a carious mandibular incisos and no Bolton discrepang. An J Orthod Dentofacial Orthop, St. Louis, v.118, p , LEVIN BAS. An indication for the three incisor case. Angle Orthod, v. 34, n. 1, p , LIMA, C. M. F.; LACET, E.; MARQUES, C. R. Extração de Incisivos Inferiores: Uma Opção de Terapêutica. Rev. Dent. Press Ortoden. Ortop. Facial, v. 10, n.4, p.47 59, MATSUMOTO, M. A. N.; ROMANO, F. L.; FERREIRA, J. T. L.; TANAKA, S.; MORIZONO, E. N. Extração de incisivo inferior: uma opção de tratamento ortodôntico. Dental Press J Orthod, Maringá, v. 15, n. 6, p , MELO JÚNIOR, D. B. C.; RAVELI, D. B.; GANDINI JÚNIOR, L. G.; DIB, L. S.; CASTRO, R. C. F. R. Extração de incisivo inferior: uma alternativa no tratamento da classe III. Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 10, n. 2, p ,

30 MONTEIRO, A.L.B.; SANTOS, P.C.F.; CHAVES Jr, C.M. Extrações Atípicas em Ortodontia. Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares Conferências, Cap 79, p , MOORE, J. Lower incisor extraction to facilitate orthodontic correction. 2000; PINTO, M. R. et al. Extração de incisivo inferior: Uma opção de tratamento. Rev. Dental Press Ortop, v. 11, n.1, p , SILVA FILHO, O.G. et al. Apinhamento: a extração no segmento de incisifos inferiores como opção de tratamento. Ver. Dental Press Ortop. Facial, Maringá, v.1, n. 2, p , SIMPLICIO, H. et al. Extração de incisivo inferior como alternativa no tratamento de apinhamentos dentários. Rev. Dental Press Ortodon. Ortop. Facial, Maringá, v. 4, n. 3, p TAYER, B. H. The asymmetric extraction decision. Angle Orthod, Appeleton, Appleton, v.62, no. 4, p , TUVERSON, D.L. Anterior Interocclusal Relations. part I. AM J Orthod Dentofacial orthop, St. Louis, v. 78, no. 4, p , VALINOTI, J. R. Mandibular incisor extraction therapy. Am J Orthod Dentofacial Orthop, St. Louis, v.105, n. 2, p , ZACHRISSON, B.U. Efeitos colaterais indesejáveis associados a extração de um incisivo inferior. Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 5, p ,

Reginaldo César Zanelato

Reginaldo César Zanelato Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros

Leia mais

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS 1 EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS Tatiana Leite Moroz LESSA 1 Elcy ARRUDA 2 Roberley Araújo ASSAD 3 Fabiano Sfier de MELLO 4 Andrea Malluf Dabul de

Leia mais

EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA

EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA PÂMELA KIMURA FERNANDES PEREIRA SANTO ANDRÉ 2012 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÃO DE

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

ESDRAS FELIPE DINIZ ALVES TRATAMENTO DO APINHAMENTO ANTERO-INFERIOR POR MEIO DA EXTRAÇÃO DE UM INCISIVO INFERIOR RELATO DE CASO CLÍNICO

ESDRAS FELIPE DINIZ ALVES TRATAMENTO DO APINHAMENTO ANTERO-INFERIOR POR MEIO DA EXTRAÇÃO DE UM INCISIVO INFERIOR RELATO DE CASO CLÍNICO ESDRAS FELIPE DINIZ ALVES TRATAMENTO DO APINHAMENTO ANTERO-INFERIOR POR MEIO DA EXTRAÇÃO DE UM INCISIVO INFERIOR RELATO DE CASO CLÍNICO Londrina 2013 ESDRAS FELIPE DINIZ ALVES TRATAMENTO DO APINHAMENTO

Leia mais

Extração de incisivo inferior: uma opção de tratamento ortodôntico

Extração de incisivo inferior: uma opção de tratamento ortodôntico T ó p i c o E s p e c i a l Extração de incisivo inferior: uma opção de tratamento ortodôntico Mírian Aiko Nakane Matsumoto*, Fábio Lourenço Romano**, José Tarcísio Lima Ferreira***, Silvia Tanaka****,

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes*

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* C a s o C l í n i c o O Má oclusão Classe I de ngle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* Marco ntônio Schroeder** Resumo Este relato de caso descreve o tratamento de

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO 474 UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Fábio André Werlang 1 Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo iagnóstico Análise da Movimentação entária (VTO dentário) Adriano César Trevisi Zanelato*, Hugo José Trevisi**, Reginaldo César Trevisi Zanelato***, André César Trevisi Zanelato*, Renata Chicarelli Trevisi****

Leia mais

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio Capítulo Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio 1 Henrique Mascarenhas Villela Andréa Lacerda Santos Sampaio Évelin Rocha Limoeiro Introdução

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS Jorge Ferreira Rodrigues 1 Marcella Maria Ribeiro do Amaral Andrade 2 Ernesto Dutra Rodrigues 3 Resumo O tratamento ortodôntico da

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral 36 MAXILLARIS OUTUBRO 2015 Ciência e prática : Margarida Malta Médica dentista. Licenciada no Instituto Superior de Ciencias da Saúde

Leia mais

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Caso Clínico Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Matheus Melo Pithon*, Luiz Antônio Alves Bernardes** Resumo Com o maior acesso da população aos serviços de saúde bucal houve

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas A r t i g o In é d i t o Desgaste interproximal e suas implicações clínicas Osmar Aparecido Cuoghi*, Rodrigo Castellazzi Sella**, Fernanda Azambuja Macedo***, Marcos Rogério de Mendonça**** Resumo Introdução:

Leia mais

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente,

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente, Série Aparelhos Ortodônticos MÁSCARA FACIAL INTRODUÇÃO Inúmeras formas de tratamento têm sido relatadas para a correção precoce da má oclusão de Classe III. No entanto, talvez por muitos casos necessitarem

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR Monografia

Leia mais

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Caso Clínico Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Plínio Coutinho Vilas Boas*, Luís Antônio Alves Bernardes**, Matheus Melo Pithon***, Diogo Piacentini

Leia mais

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal Sanitarista: Inconveniente estético ou funcional de grande magnitude que possa interferir no relacionamento do indivíduo

Leia mais

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica tópico especial Tema desenvolvido pelo conselho editorial abordando assuntos de interesse da classe ortodôntica Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Leia mais

Tratamento ortodôntico compensatório da má oclusão de Classe III esquelética

Tratamento ortodôntico compensatório da má oclusão de Classe III esquelética 80 Tratamento ortodôntico compensatório da má oclusão de Classe III esquelética Compensatory orthodontic treatment of skeletal Class III malocclusion Renata Oliveira De Labio Moura 1 Karina Santana Cruz

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada

Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada C ASO CLÍNIC O BBO Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada Carlos Alexandre Câmara* Resumo O caso clínico apresentado refere-se ao tratamento de uma paciente com 36 anos,

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

FECHAMENTO DE ESPAÇOS

FECHAMENTO DE ESPAÇOS FECHAMENTO DE ESPAÇOS Rua 144, n 77 - Setor Marista - Goiânia (GO) - CEP 74170-030 - PABX: (62) 278-4123 - 1 - Introdução Podemos definir essa etapa do tratamento ortodôntico como aquela onde o principal

Leia mais

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes A r t i g o In é d i t o Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes Marcos Janson*, Daniela Alcântara Fernandes Silva** Resumo Introdução: é muito comum, na rotina do consultório odontológico,

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico.

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico. Introdução CONTENÇÕES EM ORTODONTIA em ortodontia é o procedimento para manter um dente recém- movimentado em posição por um período suficientemente prolongado para assegurar a manutenção da correção ortodôntica

Leia mais

ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR

ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR Orthodontic treatment alternatives in cases of a missing upper central incisor Lívia Barbosa LORIATO* Cassio

Leia mais

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo.

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo. Artigo de Divulgação 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 Tratamento da má oclusão Classe iii esquelética através

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS KATIA JANE SEIBERT Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO BRASÍLIA, como parte

Leia mais

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares A r t i g o I n é d i t o Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares Mauro C. Agner Busato*, Guilherme

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1)

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Artigo de Divulgação Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Treatment of a Class III, Subdivision Malocclusion: A Case Report (Part 1) Guilherme R.

Leia mais

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual Universidade de Brasília Departamento de Odontologia OCLUSÃO! NOÇÕES DE OCLUSÃO! Estudo das relações estáticas e dinâmicas entre as estruturas do sistema mastigatório!! Movimentos mandibulares Disciplina

Leia mais

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes.

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes. ELEMENTOS ESSENCIAIS DE DIAGNÓSTICO Prof. Hélio Almeida de Moraes. ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 Documentação do Paciente: 2 1- Ficha Clínica:- 2 A- Identificação: 2 B- Anamnese: 3 História da Família 3 História

Leia mais

Qual o estado atual das reabilitações de maxilas atróficas com osseointegração?

Qual o estado atual das reabilitações de maxilas atróficas com osseointegração? Qual o estado atual das reabilitações de maxilas atróficas com osseointegração? Hugo Nary Filho responde O tratamento do edentulismo maxilar, com a utilização de implantes osseointegráveis, vem experimentando

Leia mais

MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA

MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS- FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA Santa Cruz do Sul 2013 MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 APARELHOS ORTODÔNTICOS e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 Ortodontia & Ortopedia Facial ORTODONTIA E Ortopedia Facial CUI CURI DADOS & OSIDADES Dr. Guilherme Thiesen

Leia mais

OPÇÕES DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO NOS CASOS DE AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES

OPÇÕES DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO NOS CASOS DE AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ ACADEMIA CEARENSE DE ODONTOLOGIA CENTRO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA TÁRCIA VIRGÍNIA FALCÃO MARQUES OPÇÕES DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO NOS CASOS DE AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS

Leia mais

AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES: OPÇÕES DE TRATAMENTO

AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES: OPÇÕES DE TRATAMENTO LUCIANA E SILVA NOBRE AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES: OPÇÕES DE TRATAMENTO Monografia apresentada à Coordenação do Curso de Especialização Acadêmica em Ortodontia do Centro de Educação Continuada

Leia mais

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire.

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire. Descrição de Técnica DIAO: Diagrama individual anatômico objetivo. Uma proposta para escolha da forma dos arcos na técnica de Straight-Wire, baseada na individualidade anatômica e nos objetivos de tratamento

Leia mais

Artigo Traduzido. Arild Stenvik, DDS, MSD, PhD* Björn U. Zachrisson, DDS, MSD, PhD** Palavras-chave: Autotransplante. Agenesia.

Artigo Traduzido. Arild Stenvik, DDS, MSD, PhD* Björn U. Zachrisson, DDS, MSD, PhD** Palavras-chave: Autotransplante. Agenesia. Artigo Traduzido Um Caso de Difícil Solução, Facilitado pelo Autotransplante: Agenesia de um Incisivo e de Dois Pré-molares Inferiores, com Trespasse Vertical Acentuado A Difficult Agenesis Case Made Easier

Leia mais

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO MINIMALISTA DAS MÁS OCLUSÕES DO PADRÃO FACE LONGA: RELATO DE CASO Áurea Cristina

Leia mais

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO 5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO Elaborado por: Bernardo Quiroga Souki (coordenador) Maria Celina Siquara da Rocha Ronald de Freitas Paixão Objetivo A Associação Brasileira

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS PROTOCOLO DE EXTRAÇÕES SERIADAS E NECESSIDADE DE CONTROLE ORTODÔNTICO

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS PROTOCOLO DE EXTRAÇÕES SERIADAS E NECESSIDADE DE CONTROLE ORTODÔNTICO INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS PROTOCOLO DE EXTRAÇÕES SERIADAS E NECESSIDADE DE CONTROLE ORTODÔNTICO RAPHAEL HENRIQUE SALES Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia

Leia mais

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca Orthodontic Science and Practice. 2012; 5(19):261-274. 261 A Classe II é uma das más oclusões mais frequentes entre os pacientes que buscam pelo tratamento ortodôntico e a sua correção pode representar

Leia mais

Barra palatina assimétrica em L : ancoragem em casos de Classe II subdivisão tipo 2 tratados com extração de um pré-molar superior

Barra palatina assimétrica em L : ancoragem em casos de Classe II subdivisão tipo 2 tratados com extração de um pré-molar superior caso clínico Barra palatina assimétrica em L : ancoragem em casos de Classe II subdivisão tipo 2 tratados com extração de um pré-molar superior L-shaped asymmetrical palatal bar: anchorage in Class II

Leia mais

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Caso Clínico Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Jaime Sampaio Bicalho*, Rafael de Faria Bicalho** Resumo Relato de caso clínico de paciente com 51

Leia mais

EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA.

EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA. 1 EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA. EWALDO LUIZ DE ANDRADE Especialista em Ortodontia Mestre em Diagnóstico Bucal

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias A escolha dos casos a serem apresentados deverá seguir

Leia mais

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Dica Clínica O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Hallissa Simplício*, Ary dos Santos-Pinto**, Marcus Vinicius Almeida de Araújo***, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas****,

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRAS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRAS 1 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRAS AGENESIA DE INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES: MANTER OU FECHAR OS ESPAÇOS? Fernanda Faria Lobato Contagem Novembro/2013 2 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRAS

Leia mais

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Caso Clínico Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Otávio José Praxedes Neto*, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas**, Angela Maria de Medeiros** Resumo Transposição

Leia mais

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Caso Clínico Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Eloísa Marcântonio Boeck*, Silvia Amelia S. Vedovello**, Adriana Simoni Lucato***, Maria Beatriz Borges de Araújo Magnani****,

Leia mais

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico 1 Orientação para interessados em tratamento ortodôntico Dras. Rosana Gerab Tramontina e Ana Carolina Muzete de Paula Ortodontia é a ciência que estuda o crescimento e o desenvolvimento da face e das dentições

Leia mais

Escola de Aperfeiçoamento Profissional Associação Brasileira Odontologia - Piauí Especialização em ortodontia WENER TOCANTINS DE SOUSA JUNIOR

Escola de Aperfeiçoamento Profissional Associação Brasileira Odontologia - Piauí Especialização em ortodontia WENER TOCANTINS DE SOUSA JUNIOR Escola de Aperfeiçoamento Profissional Associação Brasileira Odontologia - Piauí Especialização em ortodontia WENER TOCANTINS DE SOUSA JUNIOR RECIDIVA DO APINHAMENTO DENTÁRIO ANTERIOR TERESINA 2009 2 WENER

Leia mais

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Vamos descrever a seguir as principais imagens das alterações da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas patológicas. FORMA

Leia mais

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR.

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. RODRIGO LOPES ROCHA Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

mesma quantidade que a junção cemento-esmalte, mantendo assim a mesma quantidade de inserção

mesma quantidade que a junção cemento-esmalte, mantendo assim a mesma quantidade de inserção Entrevista diretamente com o tipo e quantidade de tecido gengival que está presente em cada paciente. Se um paciente tiver um biotipo de tecido espesso, então isto poderia oferecer proteção ao dente, prevenindo

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato O Estado da arte na Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES O estado da arte na Ortodontia o estado da arte na Ortodontia

Leia mais

Aparelho de Herbst Pma Passo a Passo

Aparelho de Herbst Pma Passo a Passo Capítulo Aparelho de Herbst Pma Passo a Passo 1 Alexandre Moro A Ortodontia contemporânea tem exigido que os clínicos utilizem aparelhos que tenham a sua eficiência clínica comprovada cientificamente.

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo çã APARELHO DE HERBST COM CANTILEVER (CBJ) MAYES, 1994 Utiliza quatro coroas de açoa o nos primeiros molares e um cantilever,, a partir dos primeiros

Leia mais

Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico

Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico Optimization of the mini implant benefiting the orthodontic patient - presentation of a clinical case 1 2

Leia mais

Programa Laboratorial (hands on em Manequim)

Programa Laboratorial (hands on em Manequim) PROGRAMA DE CURSO DE EXCELÊNCIA EM ORTODONTIA COM 8 MÓDULOS DE 2 DIAS MENSAIS Prof. ROQUE JOSÉ MUELLER - Tratamento Ortodôntico de alta complexidade em adultos : diagnóstico, planejamento e plano de tratamento.

Leia mais

ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA

ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA COMPARAÇÃO DOS RESULTADOS OCLUSAIS DO TRATAMENTO DA CLASSE II REALIZADO COM EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES, COM A TERAPÊUTICA UTILIZANDO AS EXTRAÇÕES DE QUATRO PRÉ- MOLARES ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA Dissertação

Leia mais

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior A r t i g o In é d i t o Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior Carlo Marassi*, Cesar Marassi** Resumo Introdução: os mini-implantes ortodônticos se estabeleceram como

Leia mais

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Caso Clínico Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Leopoldino Capelozza Filho*, Mauricio de Almeida Cardoso**, João Cardoso Neto***

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA

Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA Londrina 2013 SAULO BORDIN MARIA TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II, PRIMEIRA DIVISÃO Trabalho de

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Resumo: Sistema elaborado para se obter excelentes resultados de maneira simples e organizada, simplificando a mecânica ortodôntica reduzindo o

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS CACILDA BRUZADELLI BORGES DISCREPÂNCIA DE BOLTON

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS CACILDA BRUZADELLI BORGES DISCREPÂNCIA DE BOLTON INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS CACILDA BRUZADELLI BORGES DISCREPÂNCIA DE BOLTON Lages, 2011 CACILDA BRUZADELLI BORGES DISCREPÂNCIA DE BOLTON Monografia apresentada ao Programa de Especialização

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III COM EXTRAÇÃO DOS SEGUNDOS MOLARES INFERIORES

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III COM EXTRAÇÃO DOS SEGUNDOS MOLARES INFERIORES INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS JONAS RODRIGUES SILVA TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III COM EXTRAÇÃO DOS SEGUNDOS MOLARES INFERIORES Barbacena 2013 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Leia mais

A versatilidade clínica do arco utilidade

A versatilidade clínica do arco utilidade T ÓPICO ESPECIL versatilidade clínica do arco utilidade Márcio ntonio de Figueiredo*, Claudia Tebet Peyres de Figueiredo**, Masato Nobuyasu***, Gervásio Yoshio Gondo****, Danilo Furquim Siqueira***** Resumo

Leia mais

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber?

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? A r t i g o In é d i t o Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? Antonio David Corrêa Normando*, Lediana Aguiar Azevedo**, Patrícia Nascimento Paixão**

Leia mais

Estudo da Recidiva em Pacientes com

Estudo da Recidiva em Pacientes com CASO CLÍNICO Estudo da Recidiva em Pacientes com Maloclusão de Classe II, Tratados pela Técnica do Arco de Canto com Extrações de Pré-Molares Pertencentes às Categorias de Crescimento de Petrovic. Parte

Leia mais

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs Ana Carla Rios O Exame do Sistema Estomatognático utilizando a análise oclusal é parte importante do processo diagnóstico

Leia mais

Mini Implante parte VII

Mini Implante parte VII Mini Implante parte VII Correção da Mordida Cruzada Dentária com Mini-implantes Mordida cruzada posterior Mordida cruzada vestibular (Brodie) Expansão Lenta da Maxila e Expansão Rápida da Maxila Paciente

Leia mais

Mini-implante como ancoragem absoluta: ampliando os conceitos de mecânica ortodôntica

Mini-implante como ancoragem absoluta: ampliando os conceitos de mecânica ortodôntica Mini-implante como ancoragem absoluta: ampliando os conceitos de mecânica ortodôntica Absolute anchorage with mini-implants: improving the concepts of the orthodontic mechanics Leonardo Alcântara Cunha

Leia mais

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico CASO CLÍNICO Setup: a Diagnosis Assistance in Orthodontics Michelle Santos VIANNA* Armando Yukio SAGA** Fernando Augusto CASAGRANDE*** Elisa Souza CAMARGO****

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos Análise de Mdl Modelos Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial Análise dos Modelos Diagnóstico e Planejamento Daniel G. Teixeira Diagnósticog e Planejamento; Avaliação do

Leia mais

CAPÍTULO27. Mestre em Implantodontia - UNISA/SP, Especialista em Prótese Dentária - FOB/USP. 3

CAPÍTULO27. Mestre em Implantodontia - UNISA/SP, Especialista em Prótese Dentária - FOB/USP. 3 223 CAPÍTULO27 Ortodontia estética: uma visão multidisciplinar Carlos Alexandre Câmara 1 Bruno Maia 2 Sérgio Maia 3 1 Especialista em Ortodontia - FO/UERJ, Diplomado - BBO. 2 Mestre em Implantodontia -

Leia mais