UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA LUCIVANE DOS SANTOS LISKA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA LUCIVANE DOS SANTOS LISKA"

Transcrição

1 UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA LUCIVANE DOS SANTOS LISKA AVALIAÇÃO IN VIVO DA EFICÁCIA DE DOIS LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS NA DETERMINAÇÃO DO COMPRIMENTO REAL DE TRABALHO DO CANAL RADICULAR PASSO FUNDO 2009

2 LUCIVANE DOS SANTOS LISKA AVALIAÇÃO IN VIVO DA EFICÁCIA DE DOIS LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS NA DETERMINAÇÃO DO COMPRIMENTO REAL DE TRABALHO DO CANAL RADICULAR Monografia apresentada à unidade de Pósgraduação da Faculdade Ingá UNINGÁ Passo Fundo-RS como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Endodontia. Orientador: Ms. Mateus Silveira Martins Hartmann PASSO FUNDO 2009

3 LUCIVANE DOS SANTOS LISKA AVALIAÇÃO IN VIVO DA EFICÁCIA DE DOIS LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS NA DETERMINAÇÃO DO COMPRIMENTO REAL DE TRABALHO DO CANAL RADICULAR Monografia apresentada à comissão julgadora da Unidade de Pós-graduação da Faculdade Ingá UNINGÁ Passo Fundo-RS como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Endodontia. Aprovada em 13/08/2009 BANCA EXAMINADORA: Prof. Ms. Mateus Silveira Martins Hartmann Prof. a Ms. Flavia Baldissarelli Prof. a Ms. Lilian Rigo

4 Aos meus pais Ana e João Sali dos Santos

5 AGRADECIMENTOS Ao meu marido Augusto Liska, por ter sido sempre extremamente paciencioso e prestativo, não medindo esforços para me ajudar durante esta trajetória. Aos meus filhos Giovana e Bruno, por serem compreensíveis comigo nos momentos que estive ausente. Ao professor Mateus Hartmann, por ter atuado verdadeiramente como um orientador, estando sempre disposto a ajudar e sempre dando sugestões construtivas que fizeram deste trabalho uma monografia de pós-graduação. Aos professores José Roberto Vanni e Volmir João Fornari por estarem sempre dispostos a sanar minhas dúvidas e orientar os tratamentos nos casos clínicos. À colega de pós-graduação Cristiane Margô Wentz, por sua compreensão nos momentos em que não pude auxiliá-la para trabalhar na minha pesquisa e por ter sido uma grande amiga. À colega de pós-graduação Cibele Londero, por ter sido uma amiga especial nos momentos de desabafo. Ao CEOM, pelo apoio e estrutura concedidos para a concretização deste trabalho. Aos funcionários do CEOM, por estarem sempre dispostos a ajudar no que fosse necessário. À professora Lilian Rigo, por sua incansável prestatividade ajudando na estruturação do trabalho dentro de uma metodologia atualizada. A todos os demais colegas da pós-graduação por terem sido ótimos companheiros nessa jornada.

6 O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você. Mario Quintana

7 RESUMO Uma importante fase operatória para o sucesso do tratamento endodôntico é a correta determinação do comprimento real de trabalho (CRT). O objetivo deste estudo consiste em avaliar in vivo qual dos localizadores apicais (LA) testados é mais eficaz na determinação do CRT. Para isso foram utilizados 16 pré-molares com indicação de exodontia de pacientes em tratamento ortodôntico. Foram utilizados dois LA para a determinação eletrônica do CRT - Root ZX-II e NovApex. As medidas foram anotadas e os dentes extraídos. Uma lima endodôntica foi inserida no interior do canal radicular e, com o auxílio de um microscópio clínico, as imagens dos ápices dentários foram aumentadas 40 vezes para a determinação visual do forame apical. Estes valores obtidos foram comparados aos valores anteriormente anotados para verificar a exatidão das medições e avaliar qual dos dois LA é mais eficaz. Como resultado deste estudo, o Root ZX-II teve uma maior frequência de medidas exatas (42,9%) e medidas confiáveis (33,3%). Já, as medições realizadas com o NovApex apresentaram uma maior frequência de medidas não confiáveis (57,2%). Conclui-se com este estudo que o LA Root ZX-II é mais eficaz que o NovApex na determinação eletrônica do CRT do canal radicular. Palavras-chave: Raiz dentária. Tratamento do canal radicular. Odontometria. Ápice dentário. Endodontia.

8 ABSTRACT An important operatory phase that leads to the success in the endodontic treatment is the correct determination of the real working length. The objective of this study was to evaluate in vivo which tested apex locator is more capable on the determination of the real working length. For that, it was used 16 premolars with indication of extraction from patients in orthodontics treatment. It was used two apex locators to the electronic determination of the real working length - Root ZX-II and NovApex. The measurement was noted and the teeth extracted. An endodontic file was inserted into the root canal and using a microscope the teeth apex images were magnified 40 times to the visual determination of the apical foramen. This values measured were compared to the values noted to verify the accuracy of the measurements and evaluate which of the two apex locators was more capable. The results of this in vivo study shows that the Root ZX-II had a higher frequency of exact measurements (42,9%) and trustable measurements (33,3%). The measurements made with NovApex presented an higher frequency of not trustable measurements (57,2%). It was concluded with this study that the apex locator Root ZX-II is more capable that the NovApex into the electronic determination of the real working length of the root canal. Key words: Tooth Root. Root Canal Therapy. Odontometry. Tooth Apex. Endodontics.

9 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 A: Lima no interior do canal radicular para medição com microscópio óptico; B: Aumento da imagem Figura 2 Desvios do Valor Verdadeiro Convencional em cada um dos localizadores Figura 3 - Médias dos três grupos (em mm)... 32

10 LISTA DE QUADROS Quadro 1 Planilha de Coleta de Dados Quadro 2 Artigos científicos sobre Localizadores Apicais

11 LISTA DE TABELAS Tabela 1 - Valores descritivos dos LA e do Valor Verdadeiro Convencional Tabela 2 - Frequência das diferenças: medidas exatas, confiáveis e não confiáveis

12 LISTA DE ABREVIATURAS ANOVA CAD CCI CCR CDC CM CR CRT CTP D EDTA h H 2 O 2 LA mm MV NaCl NaOCl Ni-Ti P r.p.m. VVC x Análise de Variância Comprimento Aparente do Dente Coeficiente de correlação intraclasse Comprimento do Canal Radicular Cemento Dentina Canal Comprimento medido Comprimento real Comprimento Real de Trabalho Comprimento de Trabalho Provisório Distal Ácido Etilenodiaminotetracético Hora Água oxigenada Localizador Apical Milímetro Mesio-vestibular Cloreto de sódio Hipoclorito de sódio Níquel Titânio Nível de significância Rotações por Minuto Valor Verdadeiro Convencional Vezes

13 LISTA DE SÍMBOLOS o C Graus Celsius > Maior que ± Mais ou menos Marca registrada < Menor que # Número % Percentual

14 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO REVISÃO DE LITERATURA OBJETIVO METODOLOGIA RESULTADOS DISCUSSÃO CONCLUSÃO REFERÊNCIAS APÊNDICES ANEXOS GLOSSÁRIO... 48

15 14 1 INTRODUÇÃO Para a realização de um adequado tratamento endodôntico, é de suma importância que se obtenha uma determinação do comprimento de trabalho do canal radicular o mais próximo possível ao real. Para atingir este objetivo, recomenda-se que sejam seguidos os passos endodônticos, desde a radiografia de diagnóstico do dente a ser tratado endodondicamente e a abertura coronária, até a localização das entradas dos canais radiculares e a ampliação cervical. Somente após estes passos é que se introduz a lima endodôntica no interior dos canais radiculares para que se possa fazer a mensuração do comprimento do canal radicular. A terapia endodôntica tem melhores prognósticos a longo prazo quando o material obturador se encontra aquém do ápice radiográfico. De acordo com os estudos de Barthelemy et al. (2009), o ideal é que o canal radicular seja obturado no limite cemento-dentina-canal (CDC) o qual se localiza entre a junção dentinopulpar e o ligamento periodontal. No entanto, existe uma controvérsia substancial sobre a localização do limite CDC porque esta estrutura histológica não pode ser clinicamente identificada. Além disso, a extensão do cemento dentro do canal radicular varia de um canal radicular para outro. Com a intenção de facilitar a tarefa de estabelecer o comprimento de trabalho do canal radicular, foram desenvolvidos equipamentos de medição que possuem a função de identificar o forame apical do canal radicular, permitindo, assim, saber o comprimento do canal radicular e, por fim, determinar o comprimento de trabalho. Esses aparelhos são chamados de Localizadores Apicais (LA). O processo de funcionamento dos LA baseia-se na propriedade de que a resistência elétrica entre o ligamento periodontal e a mucosa bucal possui um valor constante e pode ser medido (OUNSI; NAAMAN, 1999). Os LA têm sido considerados ferramentas importantes na prática endodôntica. Na revisão de literatura desse estudo, tem-se um apanhado sobre os trabalhos científicos que abordam a viabilidade clínica, aplicabilidade prática, confiabilidade e técnicas de utilização dos principais equipamentos LA disponíveis no mercado. A avaliação da repetitividade do Localizador Apical Root ZX em relação ao método visual é feita por Elayouti e Löst (2006). A influência do diâmetro do forame e do instrumento endodôntico na determinação do comprimento de instrumentação do canal

16 15 radicular é analisada por Baldi (2005). A influência das soluções irrigadoras nos resultados obtidos com o LA tipo Root ZX, Apex Finder e Tri Auto ZX são abordadas nos trabalhos científicos de Venturi e Breschi (2007) e Erdemir et al. (2007). Porém, o tipo de experimento mais importante encontrado na revisão de literatura diz respeito à verificação da eficácia dos LA em determinar o exato comprimento de trabalho do canal radicular. Vários pesquisadores avaliaram a eficácia dos LA em determinar o comprimento de trabalho do canal radicular (FAN et al., 2006; EBRAHIM; WADACHI; SUDA, 2006; D ASSUNÇÃO et al., 2007; WRBAS et al., 2007; EBRAHIM; WADACHI; SUDA, 2007; ÖZSEZER; INAM; AYDIN, 2007; ANGWARAVONG; PANITVISAI, 2008; BRISEÑO-MARROQUIM et al., 2008; KIM et al., 2008; LEONARDO et al., 2008; TOPUZ et al., 2008; ALTENBURGER et al., 2009; BARTHELEMY et al., 2009). Entretanto os materiais e métodos utilizados nesses experimentos são variados, assim como os tipos de equipamentos utilizados.

17 16 2 REVISÃO DE LITERATURA Os LA são caracterizados como instrumentos de medição, pois traduzem uma grandeza física (comprimento do canal radicular) em um valor numérico associado a uma unidade de medida, geralmente dada em milímetros (mm). Seus resultados de medição são usados clinicamente no tratamento endodôntico. Devido a esse fato, os LA têm sido muito estudados e pesquisados para que se tenha conhecimento sobre sua viabilidade clínica, aplicabilidade prática, confiabilidade e técnica de utilização. Ounsi e Naaman (1999), utilizando gel salino para simular o periodonto, compararam a eficácia do LA Root ZX com a medida real do comprimento do canal radicular de forma experimental. Foram determinados os comprimentos de trabalho quando a ponta do instrumento endodôntico atingia o ápice alcançando a marca 0,5 no marcador digital do LA. Esta medida era comparada com o comprimento real de referência. O teste de confiabilidade dos resultados foi realizado com o teste t de Students. Em 84,72% dos casos estudados, o LA Root ZX obteve medidas na escala de 0,5 mm. Os autores concluíram que o Root ZX não é capaz de detectar quando se alcança o 0,5 mm do ápice, devendo-se alcançar o ápice e recuar 0,5 mm. Venturi e Breschi (2004) compararam in vivo o Localizador apical (LA) de segunda geração (Apex Finder ) com um de terceira geração (Root ZX ) utilizando 37 dentes humanos uni e multirradiculares, totalizando 64 canais radiculares e analisando cinco diferentes estágios do processo de medição. Na primeira medição, foi utilizada lima K #06, com o canal radicular sem ser instrumentado e nem irrigado. Na segunda medição, os canais radiculares estavam instrumentados com lima H #08-20 no terço cervical e médio. Após, irrigados com álcool isopropil 70%, a câmara pulpar foi gentilmente seca com jatos de ar para inserção da lima K #06 conectada ao LA. Para a terceira medição, os canais radiculares foram lubrificados com RC-Prep e a lima K #06 foi conectada ao LA e inserida nos canais radiculares. Na quarta medição, após instrumentação pela técnica modificada com limas K #06-70 e brocas Gates-Glidden 1, 2, 3 e 4, os canais radiculares foram lubrificados com RC- Prep e irrigados com NaOCl 5%. Ainda na quarta medição foi realizada patência apical com a lima #06 e obtenção da medida apical foi realizada com lima K #15 com os canais radiculares previamente irrigados. A quinta medição foi realizada após serem secos os canais radiculares com pontas de papel absorventes e com lima K #15 conectada no LA. Os dentes foram, então, extraídos. Após a análise das 640 medições efetuadas com os dois LA, somente utilizaram-se

18 17 as medições estáveis para calcular a sua eficácia. O teste estatístico utilizado foi o ANOVA (p < 0,05) e os resultados demonstraram que ambos LA possuem a capacidade de medição do comprimento do canal radicular com alto nível de precisão. Porém em todos os casos o Root ZX teve maior precisão nas medições. Este estudo revelou que as medições não sofrem influência em relação à vitalidade pulpar ou posição do forame apical; o LA Apex Finder mostrou-se instável na presença de NaOCl 5% enquanto o Root ZX mostrou-se instável em situação de baixa condutividade. Desta maneira, o presente estudo conclui que os LA de segunda geração (Apex Finder ) funcionam melhor em presença de baixa condutividade enquanto os LA de terceira geração (Root ZX ) se comportam melhor em presença de solução irrigante de alta condutividade. O estudo laboratorial de Baldi (2005) objetivou analisar a influência do diâmetro do forame e do instrumento endodôntico na determinação do comprimento de instrumentação do canal radicular. Para esta pesquisa, foram utilizados 40 dentes incisivos inferiores extraídos e os LA NovApex e Root ZX. Foi feita a medição do comprimento dos canais radiculares, com o auxílio de um microscópio clínico de 7,8 vezes da incisal até que a ponta da lima surgisse no forame apical, e as medidas eram anotadas em ficha. Para a comparação da eficácia do NovApex, utilizou-se o Teste de Tukey. Em todos os testes foi adotado nível de significância de 5% (p < 0,05). O emprego de limas tipo K #10 nos dentes com forames de diâmetro maiores apresentaram maior exatidão na medição quando comparadas às limas coincidentes aos diâmetros dos forames para o aparelho Root ZX. Para o NovApex, esta correlação só passou a ocorrer a partir da lima número 40. De acordo com o estudo de EIAyouti e Löst (2006), durante o procedimento de medição do comprimento do canal radicular, pode ocorrer imprecisão no resultado devido à alguns fatores, tais como: ajuste impreciso do cursor na lima utilizada; movimentação do cursor durante o procedimento de medição; falta de paralelismo entre a lima utilizada e o medidor, no caso o canal radicular, e imprecisa identificação do comprimento encontrado pela lima utilizada. Neste estudo, os autores desenvolveram um modelo preciso e consistente denominado Mouting Model (MM), o qual minimizaria erros durante a determinação do comprimento de trabalho, e comparam a repetitividade do novo MM (Mounting Model) com o método visual normalmente utilizado. Foram utilizados 32 incisivos centrais superiores com um canal radicular único para determinar a repetitividade de dois métodos de medição do comprimento do canal radicular utilizando o LA Root ZX. O acesso à câmara pulpar foi realizado pelo método convencional e foi preparada a coroa de cada incisivo desgastando a mesma na sua porção incisal, no sentido perpendicular ao longo eixo do dente, para se obter

19 18 um plano de referência. Foram utilizados os dois métodos (MM e método visual) para medir o comprimento do canal radicular dos 32 incisivos, repetindo-se o método uma vez, totalizando 64 medições por método. Os autores concluíram que o método MM, desenvolvido neste estudo, mostrou-se com melhores condições de repetitividade, minimizando as chances de erros. Erros de medição pelo método visual convencional com LA ocorrem com mais frequência devido à falha no ajuste do cursor na lima e por causa da falha na leitura da medida do comprimento do canal radicular da lima utilizada com o LA. O objetivo da pesquisa de Fan et al. (2006) foi avaliar a eficácia dos LA Root ZX, Neosono Ultima EZ e Propex. Foram utilizados 48 túbulos de vidro cilíndricos com fundo chato e com 16 diâmetros diferentes (três túbulos de cada diâmetro) variando entre 0,25 ± 0,0025 mm e 1,00 ± 0,025 mm com um intervalo de 0,05 mm. O comprimento dos túbulos variou entre 10,30 mm e 11,84 mm. Foram preparados modelos em Agar 2% com eletrodo neutro para simular o periodonto. Os túbulos de vidro foram montados dentro destes modelos em Agar com o fundo do túbulo apenas tocando a superfície do Agar, prevenindo a penetração do Agar para dentro dos túbulos, o que resultou em medições erradas. Todos os modelos em Agar foram mantidos úmidos e em refrigerador antes da medição, e renovados a cada 12h. As medições dos comprimentos dos túbulos foram efetuadas em cinco condições diferentes: túbulo seco, H 2 O 2 3%, NaCl 0,9%, NaOCl 2,5% e EDTA 17%. Os três LA foram operados de acordo com as instruções dos respectivos fabricantes. O comprimento real (CR) dos túbulos e comprimento medido (CM) com os LA foram obtidos utilizando paquímetro com exatidão de 0,02 mm com microscópico endodôntico com capacidade de aumento em 10X. Cada comprimento foi medido três vezes e o resultado registrado. Todos os resultados foram submetidos à análise de correlação e ao teste de Friedman. Os resultados obtidos em cada grupo pesquisado mostraram que: em túbulos secos, o Root ZX apresentou CM<=CR. Com o LA Propex, 20,8% dos túbulos apresentaram CM>CR e, com Neosono Ultima EZ, 8,3% dos túbulos obtiveram CM>CR; em túbulos preenchidos com H 2 O 2 3%, considerando valores individuais, 45,8% das medições com Propex obtiveram como resultados CM>CR, enquanto os outros dois LA apresentaram CM<=CR; em túbulos preenchidos com NaCl 0,9%, o LA Propex teve CM>CR em 60,4% dos túbulos, enquanto os outros dois LA não tiveram nenhuma medida além do CR; em túbulos preenchidos com NaOCl 2,5% Propex, teve 50% dos túbulos com CM>CR e, com os outros dois LA, nenhuma medida foi além do CR; em túbulos preenchidos com EDTA, os resultados mostraram os LA Propex e Neosono com 37,5% e 4,2%, respectivamente, de CM>CR, enquanto o Root ZX não apresentou nenhuma medida além do CR. Os autores concluíram que os LA Root ZX e

20 19 Propex perderam eficácia na medida em que o diâmetro dos túbulos aumentava. Quanto ao Neosono Ultima EZ o mesmo não sofreu influência do tipo de eletrólito utilizado nem do diâmetro do túbulo. Os LA Propex e Neosono Ultima EZ foram mais precisos do que o Root ZX sob várias condições neste estudo laboratorial. O estudo in vitro de Ebrahim; Wadachi e Suda, (2006) teve como objetivo avaliar a eficácia em detectar fraturas de dentes horizontais e verticais através de três LA diferentes. Para a realização desta pesquisa, foram utilizados os LA Root ZX, Foramatron D10 e Apex NRG (Kibbutz, Afikim, Israel). Noventa dentes extraídos, unirradiculares, intactos foram divididos em seis grupos com 15 dentes cada. Nos grupos A, B e C, foram simuladas fraturas horizontais incompletas através do preparo de incisões horizontais na porção coronária, terço médio ou apical destes dentes, até que estas incisões expusessem o canal radicular no plano horizontal. Nos grupos D, E e F, foram simuladas fraturas verticais com incisões nos terços coronário, médio e apical da mesma forma, expondo o canal radicular no sentido longitudinal do seu longo eixo. As fraturas simuladas tinham uma espessura de 0,25 mm em todos os grupos. Os dentes foram embebidos em Agar 1%, e os canais radiculares foram irrigados com solução salina durante a medição com os LA. As fraturas foram detectadas com limas K #10. Por meio do teste Kruskal-Wallis, foi determinado que não há diferenças estatísticas significantes entre os três LA nos grupos A, B e C. Por outro lado, nos grupos D, E e F, utilizando-se os testes ANOVA e Tukey, foram encontradas diferenças significantes entre os três LA (p < 0,0001). Os autores concluíram que os três LA são confiáveis na localização de fraturas horizontais, sendo que o Root ZX mostrou-se mais eficaz do que os outros dois LA. Além disso, os três LA não se mostraram confiáveis na detecção da posição de fraturas verticais. De qualquer forma, o Root ZX mostrou melhores resultados do que os outros dois LA na detecção de fraturas verticais. O estudo in vivo de Erdemir et al. (2007) teve como objetivo determinar a influência de várias soluções irrigadoras na eficácia do LA Tri Auto ZX quando utilizados para determinar o comprimento de trabalho eletrônico do canal radicular. Para este estudo, foram selecionados 140 dentes unirradiculares de humanos com ápice completo. Os dentes foram divididos randomicamente em sete grupos de acordo com a solução irrigadora utilizada (solução salina 0,9%, NaOCl 2,5%, H 2 O 2 3%, Clorexidina 0,2%, EDTA 17%, Ultracaine D-S, e o grupo sem solução irrigadora como grupo de controle). As análises estatísticas dos resultados encontrados foram a ANOVA e teste post hoc de Tukey. Os autores concluíram que a sensibilidade na medição do comprimento de trabalho usando o Tri Auto ZX é afetada

21 20 negativamente pela presença de solução salina a 0,9%. O Tri Auto ZX forneceu resultados satisfatórios com todas as soluções irrigadoras, com exceção da solução salina a 0,9%. O estudo in vivo realizado por Özsezer, Inan e Aydin (2007) teve por objetivo avaliar o desempenho do LA Propex na determinação do comprimento de trabalho do canal radicular após remoção do conteúdo pulpar do interior do mesmo e na presença de diferentes soluções irrigadoras (NaOCl 2,5%, NaCl 0,9%, Gluconato de Clorexidina 0,2%). Neste estudo, foram utilizados 27 dentes unirradiculares humanos. A análise estatística dos resultados foi feita através do teste ANOVA. Os resultados deste estudo mostraram que as medições, após remoção do conteúdo pulpar do interior do canal radicular, foram as mais próximas do comprimento de trabalho real. Os autores concluíram que o Propex é um excelente LA. Na maioria dos casos, o LA detectou a constrição apical com alta eficácia utilizando soluções irrigadoras, tendo na solução de gluconato de clorexidina 0,2% os melhores resultados e nas soluções salinas os piores resultados. O objetivo do estudo de Venturi e Breschi (2007) foi comparar o desempenho dos LA Root ZX e Apex Finder quando utilizados com e sem solução irrigadora em canais radiculares com diferentes diâmetros. Para este estudo, foram selecionados 60 dentes humanos extraídos com ausência de restaurações e sem reabsorções radiculares, fraturas ou ápice aberto. A análise estatística foi feita através dos testes Modelo Linear Geral e Teste t de Student. Os autores concluíram, com esta pesquisa in vitro, que os dois LA mostraram-se eficazes na medição do comprimento de trabalho dos canais radiculares. O objetivo do estudo de Wrbas et al. (2007) foi comparar a eficácia de dois LA frequência-dependentes, sob condições clínicas, em detectar o menor diâmetro dentro de um mesmo canal radicular. LA frequência-dependentes medem a diferença de impedância entre duas frequências ou a proporção entre duas impedâncias elétricas. Foram utilizados os LA Root ZX e Raypex 5 com frequências idênticas (0,4 khz e 8 khz). Participaram dos estudos 15 pacientes adultos com idades entre 36 e 72 anos, com indicação de exodontia dos dentes que foram utilizados no estudo. No total, foram 20 dentes unirradiculares, com apenas um canal radicular. Para a realização dos procedimentos, cada paciente foi devidamente anestesiado, o dente isolado com dique de borracha e foram removidas cáries e restaurações existentes em amálgama. Preparado o acesso à câmara pulpar, a mesma foi irrigada e limpa com NaOCl 1%, da mesma forma que a entrada do canal radicular. O comprimento de trabalho foi determinado por um único operador. A lima foi introduzida no interior do canal radicular até que o display do aparelho Root ZX indicasse o limite CDC, então a lima foi fixada em posição com resina fotopolimerizável, removendo-se o bloco de resina e a lima do

22 21 interior do canal radicular, em seguida outro instrumento foi introduzido no canal radicular utilizando o LA Raypex 5, realizando o mesmo procedimento. Os dentes foram extraídos logo após a utilização dos LA, e os 4 mm apicais das raízes foram expostas. Após, a parte apical com a lima reposicionada no canal radicular foi fotografada com câmera digital sob microscópio óptico. Nas imagens, foram marcados o menor diâmetro e o maior forame de cada amostra e as distâncias das limas destas posições medidas por um programa de computador. Subsequentemente, os valores resultantes dos dois grupos de LA foram comparados usando teste t de amostra pareada. O resultado deste estudo demonstrou que os menores forames foram localizados nos limites de ± 0,5mm em 75% dos casos com Root ZX e 80% dos casos com Raypex 5. Os autores concluíram que ambos LA são confiáveis para determinação do comprimento de trabalho. Herrera et al. (2007), em estudo in vitro, teve por objetivo analisar a influência do diâmetro da constrição apical na precisão do LA Root ZX. Foram utilizados no estudo 10 dentes unirradiculares, previamente preparados para a utilização do LA. Inicialmente, o comprimento de trabalho foi determinado com o LA Root ZX utilizando lima K #10, seguindo as instruções do fabricante. Três medições foram feitas para cada dente utilizando limas de variados diâmetros condizentes com as larguras apicais de cada dente analisado. A análise estatística utilizada neste estudo foi o teste ANOVA. Este estudo examinou o efeito das concentrações internas e externas de sódio, potássio e cálcio e o diâmetro do forame apical relacionados ao funcionamento preciso do LA Root ZX. Os autores constataram que a eficácia do LA Root ZX aumenta proporcionalmente com o aumento do diâmetro do forame apical. O estudo in vivo realizado por Akisue, Gavini e Figueiredo (2007) teve como objetivo principal verificar a influência da vitalidade pulpar na determinação do comprimento de trabalho usando a Unidade Elementar de Diagnóstico e o LA 1. Foram selecionados para este trabalho 143 dentes humanos em diferentes condições pulpares totalizando 294 canais radiculares (236 necróticos e 59 polpas viva). Após todo o preparo do paciente, anestesia, isolamento absoluto do campo operatório e abordagem do elemento dentário, forma de contorno e conveniência, o canal radicular estava preparado para receber os dois métodos de medição. Quando o LA indicava leitura entre 0,5 mm e 1,0 mm, a posição da lima era confirmada com radiografia. A análise estatística dos resultados foi feita através do Teste Exato de Fisher, Data & Person s e Qui-quadrado de Person. O resultado obtido com este 1 A marca do LA não é identificada no texto dessa referência bibliográfica.

23 22 estudo mostrou que tanto a Unidade Elementar de Diagnóstico quanto o LA são eficazes para determinar o comprimento de trabalho na terapia endodôntica em polpa vital ou necrótica. D Assunção et al. (2007) realizaram um estudo laboratorial com a finalidade de comparar a eficácia de dois LA na medição do comprimento do canal radicular. Foram utilizados 40 dentes humanos com ápices completos que, após extraídos, foram mantidos com NaOCl 2,5% por duas horas e, em seguida, foram armazenados em solução salina até que fossem utilizados na pesquisa. Os dentes foram seccionados na junção cemento-esmalte e, em seguida, foi feita a ampliação cervical com brocas Gates Glidden. Os canais radiculares foram irrigados com NaOCl 2,5%. Para fazer a medição eletrônica dos canais radiculares, foram utilizados dois modelos de LA, o Root ZX-II e o Mini Apex Locator. Para a análise estatística dos resultados, foi utilizado o teste Pareado. Os autores concluíram que ambos os LA estudados oferecem confiabilidade na determinação do comprimento de trabalho, reduzindo o risco de ultrapassar o limite CDC. O objetivo do estudo de Ebrahim, Wadachi e Suda (2007) foi avaliar a eficácia de funcionamento de 5 LA na determinação do comprimento de trabalho após remover o material obturador do interior do canal radicular em casos de necessidade de retratamento endodôntico. Foram utilizados 32 dentes extraídos com uma raiz e um único canal radicular. Os dentes foram preparados para o estudo iniciando-se pela porção coronária promovendo-se um platô para facilitar a medição do comprimento de trabalho. Foram utilizadas brocas Gates- Glidden para preparar a entrada do canal radicular e seu terço médio em cada elemento. O preparo do canal radicular foi feito com instrumentos de Ni-Ti (K3) na seguinte sequência: 40/0.06, 35/0.06, 30/0.06 e taper 25/0.06, utilizando motor Dentaport ZX a 300 r.p.m.. A cada troca de instrumento, o canal radicular era irrigado com NaOCl 2,5%, alternado com EDTA 17%, e irrigação final com NaOCl 2,5% por 3 minutos. A patência apical entre as trocas dos instrumentos foi feita com uma lima tipo K #10. Os 32 dentes foram divididos aleatoriamente em dois grupos. Um grupo controle (GC 6 dentes) e o outro grupo ficou como grupo experimental (GE 26 dentes). No GC, foram utilizadas pontas de papel absorvente para secar os canais radiculares, e os orifícios de entrada dos canais radiculares foram selados com bolinhas de algodão estéreis e restaurados com cimento provisório. No GE, os canais radiculares foram obturados pela técnica da compactação lateral com cones de Gutta-Percha e cimento obturador Sealer 26. Após, os dentes foram armazenados por 15 dias a 37 o C e 100% de umidade. Foram utilizados cinco LA: Dentaport ZX, Propex, Foramatron D10, Apex NRG e Apit 7. Para a determinação eletrônica do comprimento, utilizou-se lima K #25. Cada medição foi repetida três vezes e o resultado anotado. Nos dois

24 23 grupos, foram encontradas diferenças estatísticas na determinação eletrônica do comprimento (p<0,01). No GE, não foi encontrada diferença estatística entre os LA Dentaport ZX e Propex, entre Propex e Foramatron D10, entre Foramatron D10 e Apex NRG ou entre Apex NRG e Apit 7. Sob as condições deste estudo laboratorial, o Dentaport ZX, Propex e Foramatron D10 obtiveram os melhores resultados, com maior eficácia na determinação eletrônica do comprimento após remoção do material obturador do interior do canal radicular. Brito Jr. et al. (2007) avaliaram em laboratório a precisão e confiabilidade do LA NovApex na odontometria de molares inferiores humanos devidamente preparados através de acesso endodôntico e manobras iniciais de exploração dos canais radiculares mésiovestibulares (MV) e distais (D) até o forame apical, subtraindo-se 1 mm. A análise estatística foi feita com o teste t de Student para amostras pareadas (p < 0,05) que não mostrou diferenças significativas entre todas as medidas odontométricas para os canais radiculares MV (p=0,22) e D (p=0,94). Os autores concluíram que não houve diferença significativa entre as medidas obtidas pelo método direto e eletrônico. O comprimento de trabalho eletrônico apresentou precisão acima de 90%. Leonardo et al. (2008) fizeram um estudo ex vivo com incisivos e molares decíduos humanos com o propósito de avaliar a eficácia dos LA Root ZX II e Mini LA SybronEndo na determinação do comprimento do canal radicular em dentes decíduos. Foram utilizados 17 incisivos e 16 molares extraídos, com ausência de reabsorção apical ou com reabsorção além da metade do comprimento da raiz. O comprimento dos canais radiculares foi medido pelo método visual, com a inserção de uma lima tipo K a 1 mm aquém do forame apical ou da reabsorção, e utilizando os LA de acordo com as instruções dos fabricantes. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo teste de coeficiente de correlação intraclasse (CCI). Comparando os dois métodos de medição de comprimento do canal radicular, método direto e método eletrônico, o resultado do teste CCI foi considerado alto (CCI = 0,99) não importando o diâmetro dos canais radiculares analisados e nem a presença ou ausência de reabsorção. Os autores concluíram que os LA Root ZX II e Mini SybroEndo são eficazes na determinação do comprimento de canais radiculares em dentes decíduos, independente da presença de reabsorção fisiológica da raiz ou ausência da mesma. O objetivo do estudo de Topuz et al. (2008) foi avaliar in vitro a efetividade de dois LA acoplados aos motores elétricos, TCM Endo V e Tri Auto ZX, em detectar fraturas simuladas de raiz no sentido horizontal e vertical. Foram selecionados 40 dentes incisivos superiores com ápices completos, unirradiculares, com raízes retas e ausência de

25 24 trincas ou perfurações. Os dentes selecionados foram aleatoriamente divididos em dois grupos com 20 dentes cada grupo, para simular as fraturas horizontais e verticais. A função autoreverso e o LA foram utilizados nos dois grupos. Foram realizadas repetidas medições de cada grupo de dentes e comparações entre os resultados de cada grupo para se ter uma análise estatística dos resultados. Constatou-se, com este estudo, que a utilização de LA é mais eficiente do que a função auto-reverso de peças de mão na detecção de fraturas verticais e horizontais. Krajczár et al. (2008) compararam em laboratório a eficácia do LA Propex na determinação do comprimento de trabalho do canal radicular palatino e mesio-vestibular de molares superiores. Para este estudo laboratorial, foram utilizados 20 primeiros molares superiores extraídos. O comprimento do canal radicular foi determinado através do uso do LA e radiografia periapical. A medida da distância entre a ponta da lima e o ápice radiográfico foi feita com radiografia digital. Para análise estatística, foram utilizados os testes Mann-Whitney e Qui-quadrado. Os achados deste trabalho indicam que o uso dos LA na determinação do comprimento de trabalho mostra-se mais eficaz do que o método radiográfico convencional. O objetivo da investigação in vitro de Briseño-Marroquín et al. (2008) foi determinar a eficácia de quatro marcas diferentes de LA utilizando 3 tamanhos/diâmetros diferentes de lima na determinação do comprimento dos canais radiculares. Foram selecionados 146 dentes para este estudo. Os dentes foram seccionados no limite cementoesmalte, separando-se a porção coronária da porção radicular. Dentes que tinham duas ou mais raízes foram seccionados no nível da furca, separando-se assim cada canal radicular. Os LA investigados foram Justy II, Raypex 5, Elements Apex Locator e Propex II. Todos foram usados seguindo as recomendações dos respectivos fabricantes. Foram feitas comparações entre o comprimento de trabalho atual e o comprimento de trabalho acusado pelos LA pesquisados utilizando-se limas K #08, #10 e #15. Observou-se que não existe diferença significante entre os resultados encontrados e o diâmetro da lima utilizada. O estudo laboratorial de Angwaravong e Panitvisai (2008) objetivou verificar a eficácia do LA Root ZX em detectar o comprimento de trabalho em dentes com reabsorção radicular. Foram utilizados 60 dentes decíduos extraídos com reabsorção radicular. Limas tipo K foram usadas em associação ao LA Root ZX para medir o comprimento do canal radicular. Após a utilização do LA, todas as medições foram verificadas com estereomicroscópio (15 vezes de aumento). As análises estatísticas dos resultados foram realizadas através dos testes McNemar e Qui-quadrado. A eficácia do LA Root Zx foi de

26 25 96,7% usando como critério medidas de ± 0,5 mm em dentes decíduos com reabsorção radicular. O objetivo do estudo laboratorial de Goldberg et al. (2008) foi avaliar a capacidade de quatro LA em detectar fraturas simuladas oblíquas horizontais nas raízes dentárias. Para esta pesquisa, foram utilizados os LA Root ZX, Propex, NovApex e Elements Apex Locator. Foram selecionados 20 dentes recém extraídos de humanos, unirradiculares. A medição eletrônica foi comparada com o comprimento de trabalho real. Através dos testes ANOVA (p > 0,05) e Qui-quadrado (tolerância 0,5 mm / p = 0,47 e 1,0 mm / p = 0,63), observou-se que não há diferença estatística significante entre os LA e nem entre o nível de tolerância. Os LA pesquisados foram capazes de detectar o comprimento de trabalho do canal radicular no seu segmento coronário em dentes com fraturas oblíquas horizontais. Kim et al. (2008) compararam a eficácia do LA Root ZX na determinação do comprimento de trabalho quando utilizado sozinho e quando associado à radiografia periapical de confirmação do comprimento de trabalho. Foram utilizados 25 canais radiculares de pré-molares, em que limas tipo K foram introduzidas no interior do canal radicular até que o LA Root ZX alcançasse o comprimento ideal. Foram feitas radiografias periapicais para verificação da fidelidade do resultado. Os dentes foram extraídos para checagem do comprimento real do canal radicular e comprimento encontrado com o LA e com o auxílio da radiografia de confirmação. Como resultado, o Root ZX sozinho detectou a constrição apical em 84% dos canais radiculares e, quando combinado à radiografia periapical, essa porcentagem de acerto passou para 96%. Os autores concluíram que o uso combinado do LA com radiografia periapical proporciona maior eficácia na determinação do comprimento de trabalho. Por outro lado, não existe estatística significante entre os dois grupos nesta pesquisa. O objetivo do estudo de Altenburger et al. (2009) foi comparar em laboratório a eficácia do uso dos LA Tri Auto ZX e Raypex combinados. Foram utilizados 60 dentes humanos unirradiculares. Apenas dentes com comprimento entre 20 e 25 mm, com ápice completo e livres de cáries, restaurações, sinais de reabsorção ou fraturas foram selecionados. Para o preparo biomecânico do canal radicular, o Tri Auto ZX foi usado apenas como controle. O contra-ângulo do Tri Auto ZX consiste de um motor endodôntico com controle de torque e um LA eletrônico integrado. Para o experimento laboratorial, foi utilizado a combinação do Endo IT profissional (contra-ângulo e motor controlador de torque) com o Raypex 5. Para determinar o efeito das duas variáveis independentes, foi utilizado o teste

27 26 ANOVA com o uso do LA e com o uso do sistema de limas. O nível de significância foi de 0,05. A combinação do LA com o motor endodôntico é tão eficaz quanto o uso do Tri Auto ZX. Barthelemy et al. (2009) avaliaram em laboratório a eficácia de três LA acoplados ao motor elétrico (Dentaport ZX, Edomaster, XSmart Dual ). Os pesquisadores testaram a hipótese de que ambos, LA e motor elétrico dos três modelos acoplados, fornecem a mesma medida do comprimento de trabalho do canal radicular. Foram utilizados 45 dentes unirradiculares humanos nesta pesquisa e as análises estatísticas foram realizadas pelos testes ANOVA e Tukey. Conclui-se com este estudo que os três LA controlados por peça de mão com acionamento auto-reverso mostraram-se clinicamente seguros na determinação do comprimento de trabalho do canal radicular. Por outro lado, as medidas obtidas através da técnica manual e com LA não foram equivalentes neste estudo. O estudo in vivo de ElAyouti et al. (2009) objetivou analisar clinicamente a consistência funcional dos LA Root ZX e Raypex. Para este estudo, foram utilizados 507 dentes (233 molares, 149 pré-molares e 135 anteriores). Para cada dente analisado, primeiramente era feito uma radiografia periapical e a medida do comprimento do dente. O teste exato de Fisher foi usado para comparar a consistência dos LA. O resultado desta pesquisa in vivo mostrou que em 85% dos pacientes os LA cumpriram sua função, ou seja, determinaram corretamente o comprimento de trabalho do canal radicular, considerando-se que, a cada seis dentes analisados, foi feita tomada radiográfica de confirmação do comprimento de um deles.

28 27 3 OBJETIVO O objetivo desta pesquisa foi avaliar in vivo a eficácia dos Localizadores Apicais Root ZX-II e NovApex na determinação do comprimento real de trabalho do canal radicular.

29 28 4 METODOLOGIA O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Ingá UNINGÁ protocolo número 0022/09, conforme consta no Anexo A. Dez pacientes com idades entre 10 e 18 anos participaram do estudo. Vinte e um (21) canais radiculares de dentes pré-molares, com um ou dois canais radiculares e ápice completo indicados para extração devido a tratamento ortodôntico, foram utilizados. Este estudo foi realizado com o consentimento dos pacientes ou responsáveis legais mediante assinatura de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme constam no Apêndice C. Cada paciente foi avaliado previamente através de questionário de saúde. Os dentes a serem utilizados na pesquisa foram radiografados pela técnica de Clark com incidência ortorradial para visualização do comprimento aparente dos dentes (CAD). Do CAD diminui-se três milímetros para determinar o comprimento de trabalho provisório (CTP). Os pacientes foram anestesiados com articaína 4% (DFL Indústria e Comércio S.A.). O acesso coronário foi realizado com brocas diamantadas FG 1014 (KG Sorensen, São Paulo, Brasil). Para a remoção do teto da câmara pulpar e realização da forma de contorno e conveniência foram utilizadas pontas diamantadas tronco-cônicas 3083 (KG Sorensen, São Paulo, Brasil), em alta rotação. O preparo cervical foi realizado com brocas Gates-Glidden #1 e #2 (Dentsply/Maillefer) e LA AXXESS amarela 0.20 (Sybroendo). As explorações dos canais radiculares foram feitas inicialmente com lima tipo K #08 e #10 (Colorinox-Dentisply/Maillefer). De acordo com o diâmetro dos canais radiculares, foram utilizadas limas tipo K de maior calibre. A solução irrigadora utilizada no interior dos canais radiculares foi o NaOCl 2,5% (Indústrias Anhembi S.A.). A odontometria de cada canal radicular foi feita por um mesmo operador, sempre iniciando com o LA Root ZX-II e em seguida com a LA NovApex e utilizando limas tipo K #20 a #40, de acordo com o diâmetro do canal radicular, sempre com irrigação prévia com NaOCl 2,5%. Para cada LA utilizado, o comprimento de trabalho era determinado introduzindo-se a lima dentro do canal radicular e, quando a luz sinalizadora de 0,5 mm acionava no display do LA, o cursor da lima utilizada era colocado em posição apoiando-se em uma cúspide de referência na sua porção mais saliente. Após isso, retirava-se a lima do interior do canal radicular e se fazia a verificação do comprimento do instrumento com uma régua milimetrada. Todos os valores medidos, canais radiculares, número da lima e medida do

30 29 instrumento foram, então, anotados em uma planilha que pode ser visualizada no Apêndice A (Quadro 1). Este procedimento se repetiu para cada canal radicular analisado. Após cada verificação com os dois LA o dente era extraído, devidamente identificado e armazenado em recipiente de vidro com soro fisiológico. Todos os pacientes receberam sutura no local da extração para prevenir hemorragias e foram orientados quanto aos cuidados pós-operatórios das extrações. As remoções de sutura foram executadas num período de 7 a 10 dias após as extrações. Tendo em mãos os elementos dentários identificados, imediatamente eram feitas as medições com microscópio óptico (DF Vasconcelos - São Paulo Brasil) num aumento de 40 vezes. A lima era introduzida novamente no interior do canal radicular. Quando a ponta da lima era visualizada no forame apical, o comprimento do canal radicular era determinado (Figura 1). A B Figura 1 A: Lima no interior do canal radicular para medição com microscópio óptico; B: Aumento da imagem.

31 30 O cálculo para se determinar o comprimento de trabalho foi feito diminuindo-se 0,5 mm do comprimento do canal radicular (CCR) resultando no que se chamou de Valor Verdadeiro Convencional 2 (VVC). VVC = CCR 0,5 mm VVC = Valor Verdadeiro Convencional CCR = Comprimento do Canal Radicular 2 Baseando-se no conceito extraído do Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia (1995).

32 31 5 RESULTADOS Os dados originais foram digitados em uma planilha para análise estatística descritiva. A diferença entre a medida real (Valor Verdadeiro Convencional) do comprimento do canal radicular de cada amostra e a respectiva medida tomada pelos LA nas amostras foi analisada e denominada de desvio. No limite superior, encontram-se os valores que estiveram aquém do forame apical e os valores que se encontram no limite inferior tiveram desvio para além do forame apical (Figura 2). Figura 2 Desvios do Valor Verdadeiro Convencional em cada um dos localizadores. Procedeu-se a realização da análise descritiva das medidas dos três grupos de dentes, segundo os dois tipos de LA e após a extração do dente (Valor Verdadeiro Convencional) (Tabela 1).

33 32 Tabela 1 - Valores descritivos dos LA e do Valor Verdadeiro Convencional Desvio Erro Intervalo de Medidas N Médias Mínimo Máximo padrão padrão Confiança 95% RootZX-II 21 20,83 1,64 0,35 20,08 21,58 18,0 23,5 NovApex 21 21,19 1,64 0, 35 20,44 21,94 18,0 24,5 Valor Verdadeiro 21 21,09 1,87 0,40 20,24 21,94 17,5 24,0 Total 63 21,04 1,70 0,21 20,61 21,46 17,5 24,5 médias dos grupos. Para uma melhor visualização, a Figura 3 apresenta um gráfico com as respectivas!"# #$!$# %&&'&!" Figura 3 - Médias dos três grupos (em mm). A fim de conhecer a frequência de amostras mensuradas pelos LA que obtiveram exatidão e confiança, as diferenças (desvios) foram categorizadas em: 0 = exato; 0,5 a 1,5 aquém do ápice = confiável; 2,0 ou mais aquém do ápice e 0,5 ou mais além do ápice = não confiável. Nesta análise, foi observado que as medidas realizadas pelo LA Root ZX-II tiveram uma maior frequência de medidas exatas (42,9%) e medidas confiáveis (33,3%). Pelo

34 Root ZX-II Exato 9 42,9 NovApex Exato 7 33,3 33 contrário, as medidas realizadas pelo LA NovApex apresentaram uma maior frequência de medidas não confiáveis (57,2%). A descrição destes resultados encontra-se na Tabela 2. Tabela 2 - Frequência das diferenças: medidas exatas, confiáveis e não confiáveis. Localizadores N % Confiável 7 33,3 Não confiável 5 23,8 TOTAL ,0 Confiável 2 9,5 Não confiável 12 57,2 TOTAL ,0

35 34 6 DISCUSSÃO O presente estudo in vivo foi desenvolvido para avaliar a eficácia de dois LA sob as mesmas condições clínicas. A utilização dos aparelhos LA foi realizada seguindo-se as recomendações dos fabricantes de cada localizador. Para realização das medições, seguiu-se os mesmos requisitos do estudo in vivo de Wrbas et al. (2007), sendo realizadas as medições por um mesmo operador em todos os dentes mensurados. Em alguns estudos, a precisão dos LA é de ± 1,0 mm da constrição apical, sendo clinicamente aceitável especialmente em dentes decíduos ou dentes sem uma constrição apical bem definida (GOLDBERG et al., 2008). As medições do presente estudo in vivo foram obtidas considerando-se intervalos de ± 0,5 mm do limite CDC. Segundo Kim et al. (2008) esta tolerância clínica de ± 0,5 mm da constrição apical é considerada de alta precisão para os LA. Segundo estudo laboratorial de Ounsi e Naaman (1999), o Root ZX não é capaz de detectar quando se alcança o 0,5 mm do ápice, devendo-se alcançar o ápice e recuar 0,5 mm. O estudo in vivo de Özsezer, Inan e Aydin (2007) mostraram que na maioria dos casos o LA é capaz de detectar a constrição apical com alta eficiência utilizando-se soluções irrigadoras, tendo na clorexidina os melhores resultados e nas soluções salinas os piores resultados. No presente estudo, utilizou-se a solução de NaOCl 2,5% de acordo com os estudos de Erdemir et al. (2007), D Assunção et al. (2007), Özsezer, Inan e Aydin (2007) e Goldberg et al. (2008). Optou-se pelo hipoclorito de sódio devido à sua efetividade como substância irrigadora. A precisão dos LA não é influenciada pela diferença de concentração do NaOCl (ERDEMIR et al., 2007). Briseño-Marroquím et al. (2008), em estudo laboratorial com quatro diferentes LA, constataram que não existe diferença significante entre os tamanhos e diâmetros de diferentes limas utilizadas na eficácia dos LA. No estudo in vivo de Wrbas et al. (2007) os autores utilizaram os LA Root ZX e Raypex 5, que foram utilizados de acordo com as instruções dos fabricantes em combinação com a lima # 15. A medição foi feita e reproduzida com o instrumento introduzido no canal radicular. Os estudos in vivo normalmente comparam a precisão de diferentes LA usando dentes com polpa necrótica ou vital. A vitalidade pulpar não afeta significantemente a precisão dos LA em determinar o comprimento de trabalho na terapia endodôntica (AKISUE;

36 35 GAVINI; FIGUEIREDO, 2007). No presente estudo, todos os dentes examinados apresentavam-se com polpa vital. As imagens aumentadas em microscópio óptico mostraram não haver nenhuma reabsorção ou ápice aberto. Muitos estudos recentes usaram radiografia periapical como referência (Elayouti; Löst, 2006; Venturi ; Breschi, 2007; Krajczár et al., 2008). Estes estudos demonstraram que a determinação exata do comprimento do canal radicular só é possível se o dente for extraído e examinado após a extração. Uma comparação precisa da eficácia de diferentes LA na determinação do comprimento de trabalho é possível apenas se os mesmos dentes são avaliados clinicamente e examinados após a extração. No presente estudo, o comprimento de trabalho foi determinado, num mesmo dente, com os LA Root ZX-II e NovApex in vivo antes da extração. Em adição, a análise morfológica do comprimento exato do dente foi determinada com o auxílio de um microscópio óptico com magnificação de 40 vezes. Foi reduzido 0,5 mm da medida do comprimento do dente para determinação do comprimento de trabalho. Este modelo de estudo oferece uma comparação direta e exata dos resultados. O Root ZX-II foi objeto de estudo laboratorial de Leonardo et al. (2008) com o objetivo de avaliar a eficácia dos LA Root ZX-II e Mini Sybronendo na determinação do comprimento de trabalho em dentes decíduos. O estudo mostrou que ambos LA são eficazes independentemente da presença ou ausência de reabsorção fisiológica da raiz. O NovApex tem sido objeto de vários estudos in vivo e ex vivo (Baldi, 2005; Brito Jr. et al., 2007; Goldberg et al., 2008) para avaliar a sua efetividade como localizador do comprimento de trabalho do canal radicular. Os resultados do presente estudo estão em concordância com os estudos prévios in vivo na avaliação da eficácia dos LA em determinar a constrição apical com desvio absoluto de 0,5 mm para mais ou para menos. Para assegurar uma execução consistente do procedimento de medição 3 adotado nessa pesquisa, as medidas para cada dente foram determinadas sob as mesmas condições clínicas, pelo mesmo operador e com os LA usando a mesma frequência, sempre com irrigação prévia com NaOCl 2,5%. Os resultados obtidos no presente estudo mostram que as medidas realizadas pelo localizados Root ZX-II tiveram uma maior frequência de medidas exatas (42,9%) e medidas 3 Baseando-se no conceito extraído do Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia (1995).

FACULDADE MERIDIONAL IMED CENTRO DE ESTUDOS ODONTOLÓGICO MERIDIONAL - CEOM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA EDUARDO BERWANGER

FACULDADE MERIDIONAL IMED CENTRO DE ESTUDOS ODONTOLÓGICO MERIDIONAL - CEOM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA EDUARDO BERWANGER FACULDADE MERIDIONAL IMED CENTRO DE ESTUDOS ODONTOLÓGICO MERIDIONAL - CEOM CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA EDUARDO BERWANGER USO DOS LOCALIZADORES FORAMINAIS NO TRATAMENTO ENDODÔNTICO PASSO FUNDO

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC FERREIRA, Jean Carlos Barbosa.*¹; MARQUES, Aline Silva¹; SILVA, Julio. Almeida² DECURCIO, Daniel Almeida²; ALENCAR, Ana Helena Gonçalves³;

Leia mais

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Vamos descrever a seguir as principais imagens das alterações da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas patológicas. FORMA

Leia mais

ANATOMIA INTERNA DENTAL

ANATOMIA INTERNA DENTAL ANATOMIA INTERNA DENTAL Cavidade Pulpar: Espaço no interior dos dentes onde se aloja a polpa. Esta cavidade reproduz a morfologia externa do dente,podendo se distinguir duas porções: uma coronária e outra

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS MÉTODOS ELETRÔNICOS DE LOCALIZAÇÃO APICAL: REVISÃO DE LITERATURA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS MÉTODOS ELETRÔNICOS DE LOCALIZAÇÃO APICAL: REVISÃO DE LITERATURA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS MÉTODOS ELETRÔNICOS DE LOCALIZAÇÃO APICAL: REVISÃO DE LITERATURA Rafael Francisco Valverde Monografia apresentada ao Programa de Pós-graduação em Endodontia

Leia mais

Classificação dos Núcleos

Classificação dos Núcleos OBJETIVO Núcleos Permitir que o dente obtenha características biomecânicas suficientes para ser retentor de uma prótese parcial fixa. Classificação dos Núcleos Núcleos de Preenchimento Núcleos Fundidos

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

ODONTOMETRIA. CDC- cemento dentina canal. Referências Radiográficas

ODONTOMETRIA. CDC- cemento dentina canal. Referências Radiográficas ODONTOMETRIA Objetivos: Conhecer a técnica odontometrica e os fatores que justificam sua execução. Saber determinar o limite apic de trabho nas diferentes situações anatomopatológicas Determinar a técnica

Leia mais

Capítulo 1 Considerações Gerais

Capítulo 1 Considerações Gerais Capítulo 1 Considerações Gerais Entre ser coerente e ser flexível em relação ao que acreditamos, existe sempre um conflito. O que você sente ser mais importante hoje em sua vida: a necessidade de coerência

Leia mais

JAIR JATOBÁ CHITA PRECISÃO E CONFIABILIDADE DE UM NOVO LOCALIZADOR FORAMINAL ELETRÔNICO ESTUDO IN VIVO

JAIR JATOBÁ CHITA PRECISÃO E CONFIABILIDADE DE UM NOVO LOCALIZADOR FORAMINAL ELETRÔNICO ESTUDO IN VIVO JAIR JATOBÁ CHITA PRECISÃO E CONFIABILIDADE DE UM NOVO LOCALIZADOR FORAMINAL ELETRÔNICO ESTUDO IN VIVO CAMPO GRANDE 2010 JAIR JATOBÁ CHITA PRECISÃO E CONFIABILIDADE DE UM NOVO LOCALIZADOR FORAMINAL ELETRÔNICO

Leia mais

[ endo in endo ] Porque as lesões periapicais crônicas reagudecem: 15 situações!

[ endo in endo ] Porque as lesões periapicais crônicas reagudecem: 15 situações! [ endo in endo ] Porque as lesões periapicais crônicas reagudecem: 15 situações! apresenta desorganizado e ricamente infiltrado por leucócitos, bactérias e seus produtos. Quando pequenos e médios, os cistos

Leia mais

Capítulo 5 Técnicas de odontometria

Capítulo 5 Técnicas de odontometria Capítulo 5 Técnicas de odontometria O analfabeto do século 21 não será aquele que não consegue ler ou escrever, mas aquele que não puder aprender, desaprender e, no fim, aprender de novo. Alvin Toffler

Leia mais

Gislaine Adams Sabrine Louise Souza

Gislaine Adams Sabrine Louise Souza Caso Clínico Clínica Integrada IV Necropulpectomia Gislaine Adams Sabrine Louise Souza Universidade Positivo 5º período Anamnese Paciente M.M. Sexo feminino 21 anos Fumante Procurou o serviço de emergência

Leia mais

CALIBRAÇÃO 2 O QUE É CALIBRAÇÃO DE UM INSTRUMENTO DE MEDIÇÃO?

CALIBRAÇÃO 2 O QUE É CALIBRAÇÃO DE UM INSTRUMENTO DE MEDIÇÃO? DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA APOSTILA DE METROLOGIA Cid Vicentini Silveira 2005 1 OBJETIVOS DESTE CAPÍTULO Determinar o que é calibração, por quê, o quê, quando, onde e como calibrar; Interpretar

Leia mais

Microlocalização de canais radiculares: relato clínico de um primeiro molar inferior com três canais mesiais

Microlocalização de canais radiculares: relato clínico de um primeiro molar inferior com três canais mesiais Microlocalização de canais radiculares: relato clínico de um primeiro molar inferior com três canais mesiais FÁBIO DUARTE DA COSTA AZNAR(UNINGÁ/BAURU-SP)¹ CELSO KENJI NISHIYAMA(UNINGÁ/BAURU-SP) 2 JOSÉ

Leia mais

Guia Rápido de Utilização do Localizador Foraminal Eletrônico Romiapex D-30

Guia Rápido de Utilização do Localizador Foraminal Eletrônico Romiapex D-30 Guia Rápido de Utilização do Localizador Foraminal Eletrônico Romiapex D-30 Figura 1. Aparelho Localizador Foraminal Eletrônico Romiapex D-30 (Romidan/Romibrás). O Romiapex D-30 (Figura 1) apresenta uma

Leia mais

ODONTOLOGIA ENDODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ENDODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ENDODONTIA I 5º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITOS: Diagnóstico por Imagem; Patologia Buco-Dental. 2. EMENTA: Durante o curso de Endodontia Pré-Clínica os alunos irão adquirir

Leia mais

Eduardo de Lima Machado***, Michelle Bernardes Fonseca****, Antônio Sèrgio Fava*****

Eduardo de Lima Machado***, Michelle Bernardes Fonseca****, Antônio Sèrgio Fava***** ANÁLISE DA EFICÁCIA DO LOCALIZADOR APICAL DO TRI AUTO ZX Autores: Maria Leticia Britto Machado*, Paulo Odair Tessare Junior**, Manoel Eduardo de Lima Machado***, Michelle Bernardes Fonseca****, Antônio

Leia mais

ANATOMIA DENTAL INTERNA

ANATOMIA DENTAL INTERNA ANATOMIA DENTAL INTERNA VERSIANI, 2014 Anatomia Dental Interna Características Gerais Grupo dos incisivos Grupo dos caninos Grupo dos pré-molares Grupo dos molares VERSIANI, 2014 Anatomia Dental Interna

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

AVALIAÇÃO IN VITRO DA MENSURAÇÃO DO COMPRIMENTO DE DENTES COM CINCO MODELOS DE LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS

AVALIAÇÃO IN VITRO DA MENSURAÇÃO DO COMPRIMENTO DE DENTES COM CINCO MODELOS DE LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS AVALIAÇÃO IN VITRO DA MENSURAÇÃO DO COMPRIMENTO DE DENTES COM CINCO MODELOS DE LOCALIZADORES APICAIS ELETRÔNICOS ADELMO JOSÉ CLASEN Dissertação apresentada à Faculdade de Odontologia de Bauru, da Universidade

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

Avaliação da precisão do localizador apical Novapex: estudo in vitro

Avaliação da precisão do localizador apical Novapex: estudo in vitro Revista de Odontologia da UNESP. 2008; 37(1): 41-46 2008 - ISSN 1807-2577 Avaliação da precisão do localizador apical Novapex: estudo in vitro Danielle Fialho MAACHAR a, Pedro Gregol da SILVA b, Rosana

Leia mais

AVALIAÇÃO DE TRATAMENTOS ENDODÔNTICOS REALIZADOS POR ALUNOS DE GRADUAÇÃO COM PROSERVAÇÃO DE SEIS MESES

AVALIAÇÃO DE TRATAMENTOS ENDODÔNTICOS REALIZADOS POR ALUNOS DE GRADUAÇÃO COM PROSERVAÇÃO DE SEIS MESES AVALIAÇÃO DE TRATAMENTOS ENDODÔNTICOS REALIZADOS POR ALUNOS DE GRADUAÇÃO COM PROSERVAÇÃO DE SEIS MESES Dhebora do Canto 1 ; Beatriz do Nascimento Hernandes 2 ; Fausto Rodrigo Victorino 3 RESUMO: Pode-se

Leia mais

Curso Calibração, Ajuste, Verificação e Certificação de Instrumentos de Medição

Curso Calibração, Ajuste, Verificação e Certificação de Instrumentos de Medição Curso Calibração, Ajuste, Verificação e Certificação de Instrumentos de Medição Instrutor Gilberto Carlos Fidélis Eng. Mecânico com Especialização em Metrologia pelo NIST - Estados Unidos e NAMAS/UKAS

Leia mais

THAÍS MEDEIROS DA SILVA COMPARAÇÃO EX VIVO DA PRECISÃO DE TRÊS LOCALIZADORES APICAIS NA DETECÇÃO DO FORAME APICAL

THAÍS MEDEIROS DA SILVA COMPARAÇÃO EX VIVO DA PRECISÃO DE TRÊS LOCALIZADORES APICAIS NA DETECÇÃO DO FORAME APICAL THAÍS MEDEIROS DA SILVA COMPARAÇÃO EX VIVO DA PRECISÃO DE TRÊS LOCALIZADORES APICAIS NA DETECÇÃO DO FORAME APICAL 2012 i THAÍS MEDEIROS DA SILVA COMPARAÇÃO EX VIVO DA PRECISÃO DE TRÊS LOCALIZADORES APICAIS

Leia mais

5 Instrumentos Convencionais Acionados a Motor para Uso Endodôntico

5 Instrumentos Convencionais Acionados a Motor para Uso Endodôntico 5 Instrumentos Convencionais Acionados a Motor para Uso Endodôntico de Jesus Djalma Pécora com a colaboração de Eduardo Luiz Barbin; Júlio César Emboava Spanó; Luis Pascoal Vansan e Ricardo Novak Savioli

Leia mais

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Em um dente íntegro, suas imagens são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Estudamos as imagens das estruturas anatômicas, suas

Leia mais

Os métodos de teste podem ser divididos grosseiramente em dois grupos:

Os métodos de teste podem ser divididos grosseiramente em dois grupos: Informativo Técnico Medição de Dureza soluções portáteis Em períodos de pressão por redução de custos e aumento da qualidade, os equipamentos portáteis de medição de dureza resultam não apenas em uma resposta

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Analisando-se a imagem de um dente íntegro, todas as suas partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos sua escala de radiopacidade e posição

Leia mais

O uso dos localizadores foraminais na endodontia: revisão de literatura

O uso dos localizadores foraminais na endodontia: revisão de literatura ISSN 1981-3708 O uso dos localizadores foraminais na endodontia: revisão de literatura The use of apex locator in endodontics: a literature review Bruno M. GUIMARÃES 1, Marina A. MARCIANO 1, Pablo A. AMOROSO-SILVA

Leia mais

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa.

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa. Mauro A Dall Agnol UNOCHAPECÓ mauroccs@gmail.com Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Dentística I Terapêutica ou protética; Simples, composta

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL: MESTRADO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ENDODONTIA AVALIAÇÃO, IN VIVO, DA CONFIABILIDADE DO LOCALIZADOR APICAL

Leia mais

Análise comparativa de dois localizadores apicais eletrônicos na definição do comprimento de trabalho na terapia endodôntica: estudo in vitro

Análise comparativa de dois localizadores apicais eletrônicos na definição do comprimento de trabalho na terapia endodôntica: estudo in vitro ISSN: Versão impressa: 1806-7727 Versão eletrônica: 1984-5685 RSBO. 2011 Jan-Mar;8(1):27-32 Artigo Original de Pesquisa Original Research Article Análise comparativa de dois localizadores apicais eletrônicos

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

PREPARO DO CANAL. - Indicação. 1. Material necessário Instrumentos Manuais tipo K. - Pulpectomias e Desobturações. Flexofile ou Flex-R.

PREPARO DO CANAL. - Indicação. 1. Material necessário Instrumentos Manuais tipo K. - Pulpectomias e Desobturações. Flexofile ou Flex-R. PREPARO DO CANAL 1. Material necessário Instrumentos Manuais tipo K - Pulpectomias e Desobturações Flexofile ou Flex-R (FIG.1) (FIG.5) (FIG.2) - núcleo quadrangular (FIG.2) - pouco flexível - bom corte

Leia mais

avaliação dos modos de descolagem e a presença de fraturas no esmalte, após os ensaios mecânicos.

avaliação dos modos de descolagem e a presença de fraturas no esmalte, após os ensaios mecânicos. da resistência ao cisalhamento destes materiais, com e sem condicionamento ácido do esmalte, após 48 horas e 10 dias; verificação da influência do período dos ensaios mecânicos sobre a resistência ao cisalhamento;

Leia mais

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle 25/11/2012 1 2012 Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle A disciplina de Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle, com 40 horas/aulas, será dividida em 2 (duas) partes, sendo : Metrologia

Leia mais

Obturação dos Canais Radiculares

Obturação dos Canais Radiculares Obturação dos Canais Radiculares EML Rodrigo Del Monaco 2012 É o preenchimento tridimensional, completo e hermético do canal tanto no seu comprimento quanto na sua largura. FINALIDADE DA OBTURAÇÃO Preencher

Leia mais

A avaliação da incerteza do tipo B. Segundo o Guia para Expressão da Incerteza na Medição (Joint Commitee for Guides

A avaliação da incerteza do tipo B. Segundo o Guia para Expressão da Incerteza na Medição (Joint Commitee for Guides A avaliação da incerteza do tipo B Segundo o Guia para Expressão da Incerteza na Medição (Joint Commitee for Guides in Metrology, 2008a), em condições ideais, todas as incertezas em laboratório seriam

Leia mais

Energia conservada em uma mola. Introdução. Materiais Necessários

Energia conservada em uma mola. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução A energia é algo intangível e, portanto, as medidas de energia envolvem, necessariamente, processos de medidas indiretas. Em outras palavras, para medir energia, medimos outras grandezas

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Tratamento endodôntico em Gato Doméstico (Felis Catus): Relato de caso Jaime Sardá Aramburú Junior 1, Cristiano Gomes 2, Ney Luis Pippi 3, Paulo

Leia mais

6 Calibração de Sistemas de. Fundamentos de Metrologia

6 Calibração de Sistemas de. Fundamentos de Metrologia 6 Calibração de Sistemas de Medição Fundamentos de Metrologia Motivação definição do mensurando procedimento de medição resultado da medição condições ambientais operador sistema de medição Posso confiar

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar à disposição de clínicos gerais, a oportunidade

Leia mais

Fundamentos essenciais na remoção de pinos pré-fabricados não metálicos: onde a magnificação faz a diferença?

Fundamentos essenciais na remoção de pinos pré-fabricados não metálicos: onde a magnificação faz a diferença? Capítulo15 Fundamentos essenciais na remoção de pinos pré-fabricados não metálicos: onde a magnificação faz a diferença? Patrick Baltieri patrick baltieri Graduado em Odontologia pela FOP- UNICAMP (2003);

Leia mais

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC A) TIPOS DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A.1 Consulta Inicial Entende-se como exame clínico,

Leia mais

ATIVIDADES EXTRA CLASSE

ATIVIDADES EXTRA CLASSE ATIVIDADES EXTRA CLASSE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA- UESB 1) Em que consiste o processamento de Sinais? 2) Em processamento digital de sinas, o que significa codificação da informação? 3)

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

MANUAL DE ENDODONTIA PRÉ-CLÍNICA FOA - ARAÇATUBA DISCIPLINA DE ENDODONTIA

MANUAL DE ENDODONTIA PRÉ-CLÍNICA FOA - ARAÇATUBA DISCIPLINA DE ENDODONTIA MANUAL DE ENDODONTIA PRÉ-CLÍNICA FOA - ARAÇATUBA DISCIPLINA DE ENDODONTIA JOÃO EDUARDO GOMES FILHO LUCIANO TAVARES ANGELO CINTRA ELOI DEZAN JUNIOR 2014 FICHA DE LABORATÓRIO DA DISCIPLINA DE ENDODONTIA

Leia mais

Aspectos de interesse à endodontia

Aspectos de interesse à endodontia SISTEMA DE CANAIS RADICULARES Anatomia das cavidades pulpares Aspectos de interesse à endodontia CAVIDADE PULPAR CAVIDADE PULPAR CAVIDADE ANATÔMICA CONTIDA NO INTERIOR DO DENTE, CIRCUNDADA POR DENTINA,

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 1º/2014

PLANO DE ENSINO - 1º/2014 PLANO DE ENSINO - 1º/2014 1. IDENTIFICAÇÃO: Curso: Odontologia Disciplina: Endodontia Carga Horária: 60h/a Professora: Dra. Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento E-mail: patriciaruizspyere@hotmail.com

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL. radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL. radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Neste tópico vamos descrever as principais alterações das imagens radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas

Leia mais

MICROSCÓPIO ESPECULAR VOROCELL. Duvidas freqüentes a respeito do microscópio Vorocell, mitos e verdades.

MICROSCÓPIO ESPECULAR VOROCELL. Duvidas freqüentes a respeito do microscópio Vorocell, mitos e verdades. MICROSCÓPIO ESPECULAR VOROCELL Duvidas freqüentes a respeito do microscópio Vorocell, mitos e verdades. Porque o Microscópio Especular da Eyetec chama-se Vorocell? Vorocell é uma homenagem ao pesquisador

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Empresarial A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo

Leia mais

Abertura. Abertura ria. ria. Abertura. Abertura. Requisitos Principais. abertura coronária. Abertura ria. Requisitos Principais. ria.

Abertura. Abertura ria. ria. Abertura. Abertura. Requisitos Principais. abertura coronária. Abertura ria. Requisitos Principais. ria. coroná www.endodontia.com.br abertura coroná princípios pios e técnica t simplificada Coroná Requisitos Principais Coroná Requisitos Principais Ponto de eleição inicial pré- determinado Remoção do tecido

Leia mais

AGULHA AZUL (NAVITIP 30ga, 25mm) E AGULHA AMARELA (ENDO- EZE 27ga): o 03 UNIDADES DE CADA o marca Ultradent (encontrado na Dental Perboni)

AGULHA AZUL (NAVITIP 30ga, 25mm) E AGULHA AMARELA (ENDO- EZE 27ga): o 03 UNIDADES DE CADA o marca Ultradent (encontrado na Dental Perboni) INSTRUMENTAL E MATERIAL NECESSÁRIOS O material solicitado deve ser organizado em caixas metálicas (perfuradas) e caixas plásticas conforme descrito abaixo: Caixa número 1 Instrumental clínico Caixa metálica

Leia mais

ODT 7005 - ENDODONTIA PRÉ - CLINICA - PLANO DE ENSINO 2011-2

ODT 7005 - ENDODONTIA PRÉ - CLINICA - PLANO DE ENSINO 2011-2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA COORDENADORIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Campus Prof. João David Ferreira Lima CEP 8800-900 Trindade

Leia mais

ANÁLISE DOS SISTEMAS DE MEDIÇÃO MSA SISTEMA DE MEDIÇÃO NÃO REPLICÁVEL

ANÁLISE DOS SISTEMAS DE MEDIÇÃO MSA SISTEMA DE MEDIÇÃO NÃO REPLICÁVEL ANÁLISE DOS SISTEMAS DE MEDIÇÃO MSA SISTEMA DE MEDIÇÃO NÃO REPLICÁVEL Vinicius Fechio Técnico de Metrologia Brasmetal Waelzholz S. A. Ind. e Com. Julho/ 2009 E-mail: vfechio@brasmetal.com.br / Site: www.brasmetal.com.br

Leia mais

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOLOGIA PRÉ-CLÍNICA II Código: ODO-028 Pré-requisito:

Leia mais

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Aplicação do t Manual INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Classificação Geral Identificação dos instrumentos t SONDAS PERIODONTAIS EXPLORADORES CURETAS ENXADAS FOICES LIMAS Instrumentos Exploradores

Leia mais

Comparação Interlaboratorial com Termopar tipo K de -40 a 300 C

Comparação Interlaboratorial com Termopar tipo K de -40 a 300 C Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Protocolo de Comparação n.º 001/2008 (Dimci/Dicep)

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

Os paquímetros distinguem-se pela faixa de indicação, pelo nônio, pelas dimensões e forma dos bicos.

Os paquímetros distinguem-se pela faixa de indicação, pelo nônio, pelas dimensões e forma dos bicos. Capítulo 3 PAQUÍMETRO 3.1 ASPECTOS GERAIS 3.1.1 Definição O Paquímetro (figura 3.1) é o resultado da associação de: uma escala, como padrão de comprimento; dois bicos de medição, como meios de transporte

Leia mais

CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito

CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2009 e 1 o semestre letivo de 2010 CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO? Verifique se este caderno contém : PROVA

Leia mais

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente).

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). Consiste na regularização do alvéolo (local onde está inserido o dente), geralmente após a

Leia mais

ANATOMIA DO PERIODONTO

ANATOMIA DO PERIODONTO INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA ANATOMIA DO PERIODONTO Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 PERIODONTO DE SUSTENTAÇÃO Ligamento

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM DURÔMETROS PARA PESQUISA METROLÓGICA

DETERMINAÇÃO DA INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM DURÔMETROS PARA PESQUISA METROLÓGICA DETERMINAÇÃO DA INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM DURÔMETROS PARA PESQUISA METROLÓGICA Pires, Fábio de Souza Nascimento, Jôneo Lopes do Cardoso, Tito Lívio Medeiros* INSTITUTO NACIONAL DE TECNOLOGIA INT 1. Introdução

Leia mais

A INTEGRAÇÃO ENTRE ESTATÍSTICA E METROLOGIA

A INTEGRAÇÃO ENTRE ESTATÍSTICA E METROLOGIA A INTEGRAÇÃO ENTRE ESTATÍSTICA E METROLOGIA João Cirilo da Silva Neto jcirilo@araxa.cefetmg.br. CEFET-MG-Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais-Campus IV, Araxá Av. Ministro Olavo Drumonnd,

Leia mais

MODELAGEM BIOCAD DE PRÓTESE DENTÁRIA IMPLANTO-MUCO-SUPORTADA EM MANDÍBULA

MODELAGEM BIOCAD DE PRÓTESE DENTÁRIA IMPLANTO-MUCO-SUPORTADA EM MANDÍBULA MODELAGEM BIOCAD DE PRÓTESE DENTÁRIA IMPLANTO-MUCO-SUPORTADA EM MANDÍBULA Alexandre B. Travassos 1 ; Jorge V. L. da Silva 1 ; Mônica N. Pigozzo 2 1 - Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer -

Leia mais

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1. O paciente João compareceu ao consultório odontológico uma semana depois de realizar uma exodontia do segundo molar inferior esquerdo. Qual das alternativas abaixo contém os

Leia mais

RETRATAMENTO ENDODÔNTICO

RETRATAMENTO ENDODÔNTICO RETRATAMENTO ENDODÔNTICO Profa. Flávia Sens Fagundes Tomazinho Prof. Flares Baratto Filho Atualmente o índice de sucesso dos tratamentos endodônticos é muito alto, devido às evoluções que as técnicas e

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta Questão 1 Na natureza, muitos animais conseguem guiar-se e até mesmo caçar com eficiência, devido à grande sensibilidade que apresentam para a detecção de ondas, tanto eletromagnéticas quanto mecânicas.

Leia mais

EXPERIMENTO N o 6 LENTES CONVERGENTES INTRODUÇÃO

EXPERIMENTO N o 6 LENTES CONVERGENTES INTRODUÇÃO EXPERIMENTO N o 6 LENTES CONVERGENTES INTRODUÇÃO Ao incidir em uma lente convergente, um feixe paralelo de luz, depois de passar pela lente, é concentrado em um ponto denominado foco (representado por

Leia mais

O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA?

O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA? 1 O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA? A descoberta da Osseointegração pelo professor Brånemark, na década de 50, revolucionou a reabilitação dos pacientes com ausências dentárias, com a utilização dos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA ENG03108 MEDIÇÕES TÉRMICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA ENG03108 MEDIÇÕES TÉRMICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA ENG03108 MEDIÇÕES TÉRMICAS ANÁLISE DA EFICIÊNCIA TÉRMICA DE ISOLAMENTOS EM AQUECIMENTO E RESFRIAMENTO

Leia mais

CONTROLE DIMENSIONAL - CALDEIRARIA CALIBRAÇÃO DE TRENA E ESCALA COM ESCALA PADRÃO E TRENA PADRÃO

CONTROLE DIMENSIONAL - CALDEIRARIA CALIBRAÇÃO DE TRENA E ESCALA COM ESCALA PADRÃO E TRENA PADRÃO Página: 1 de 5 1. OBJETIVO Este procedimento tem como objetivo descrever o processo de calibração de trenas de fita de aço e escalas metálicas, utilizando como padrões trenas padrão ou escalas padrão.

Leia mais

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós-

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós- FOUSP Avaliação da precisão da tomografia computadorizada por feixe cônico (cone beam) como método de medição do volume ósseo vestibular em implantes dentários Dissertação apresentada à Faculdade de Odontologia

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

GrandTEC. Tiras de fibra de vidro impregnadas com resina para uso em técnicas adesivas odontológicas

GrandTEC. Tiras de fibra de vidro impregnadas com resina para uso em técnicas adesivas odontológicas GrandTEC Tiras de fibra de vidro impregnadas com resina para uso em técnicas adesivas odontológicas GrandTEC Técnica inovadora Somente aplicando os mais modernos materiais da técnica adesiva, o clínico

Leia mais

RSBO Revista Sul-Brasileira de Odontologia ISSN: 1806-7727 fbaratto@uol.com.br Universidade da Região de Joinville Brasil

RSBO Revista Sul-Brasileira de Odontologia ISSN: 1806-7727 fbaratto@uol.com.br Universidade da Região de Joinville Brasil RSBO Revista Sul-Brasileira de Odontologia ISSN: 1806-7727 fbaratto@uol.com.br Universidade da Região de Joinville Brasil HEIDEMANN, Roberta; VAILATI, Felipe; Silveira TEIXEIRA, Cleonice; Pereira OLIVEIRA,

Leia mais

Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial Ambiente Virtual: Balança Digital

Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial Ambiente Virtual: Balança Digital Fundamentos da Metrologia Científica e Industrial Ambiente Virtual: Balança Digital 1. Apresentação Quatro elementos estão disponíveis no ambiente virtual: Balança digital a ser calibrada Coleção de massas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL Física Experimental IV Lentes Delgadas Objetivo Determinar as distâncias focais de lentes delgadas convergentes e divergentes.

Leia mais

DA INTERPOLAÇÃO SPLINE COMO TRAJETÓRIA DA FERRAMENTA NA MANUFATURA SUPERFÍCIES COMPLEXAS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DOE (DESING OF EXPERIMENTS)

DA INTERPOLAÇÃO SPLINE COMO TRAJETÓRIA DA FERRAMENTA NA MANUFATURA SUPERFÍCIES COMPLEXAS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DOE (DESING OF EXPERIMENTS) 18º Congresso de Iniciação Científica AVALIAÇÃO DA INTERPOLAÇÃO SPLINE COMO TRAJETÓRIA DA FERRAMENTA NA MANUFATURA SUPERFÍCIES COMPLEXAS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DOE (DESING OF EXPERIMENTS) Autor(es) MARCO

Leia mais

CRISTÓFOLI S I S T E M A D E R E G I S T R O P A R A A U T O C L A V E S A V A P O R

CRISTÓFOLI S I S T E M A D E R E G I S T R O P A R A A U T O C L A V E S A V A P O R CRISTÓFOLI SISTEMA DE REGISTRO PARA AUTOCLAVES A VAPOR Este Sistema de Registro para autoclaves a vapor foi elaborado para trabalhar em conjunto com os Emuladores- Integradores de Controle TST Browne (código

Leia mais

Avaliação da variação do sistema de medição Exemplo 1: Diâmetros de bico injetor de combustível

Avaliação da variação do sistema de medição Exemplo 1: Diâmetros de bico injetor de combustível Avaliação da variação do sistema de medição Exemplo 1: Diâmetros de bico injetor de combustível Problema Um fabricante de bicos injetores de combustível instala um novo sistema digital de medição. Os investigadores

Leia mais

APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DoE UM PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE DIAFRAGMAS DE FREIO. (Design of Experiments) EM. Carlos Eduardo GEHLEN Jordão GHELLER

APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DoE UM PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE DIAFRAGMAS DE FREIO. (Design of Experiments) EM. Carlos Eduardo GEHLEN Jordão GHELLER APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DoE (Design of Experiments) EM UM PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE DIAFRAGMAS DE FREIO Carlos Eduardo GEHLEN Jordão GHELLER Experimento Procedimento no qual alterações propositais são

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista. Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014. 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Assessoria ao Cirurgião Dentista. Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014. 11 3894 3030 papaizassociados.com.br Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014 11 3894 3030 papaizassociados.com.br 11 3894 3030 papaizassociados.com.br IMPORTÂNCIA DOS EXAMES RADIOGRÁFICOS

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL.

Universidade Federal de Santa Catarina CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL. CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL. Um gráfico no Excel é uma representação gráfica dos números de sua planilha - números transformados em imagens. O Excel examina um grupo de células que tenham sido selecionadas.

Leia mais

MICROSCÓPIO CLÍNICO ODONTOLÓGICO NA ENDODONTIA CONTEMPORÂNEA: POR QUE CONTINUAR ENXERGANDO COM OS DEDOS?

MICROSCÓPIO CLÍNICO ODONTOLÓGICO NA ENDODONTIA CONTEMPORÂNEA: POR QUE CONTINUAR ENXERGANDO COM OS DEDOS? MICROSCÓPIO CLÍNICO ODONTOLÓGICO N ENDODONTI CONTEMPORÂNE: POR QUE CONTINUR ENXERGNDO COM OS DEDOS? INTRODUÇÃO Francisco José de Souza-Filho driana de Jesus Soares Endodontia FOP-UNICMP Os avanços e inovações

Leia mais

Introdução a Química Analítica. Professora Mirian Maya Sakuno

Introdução a Química Analítica. Professora Mirian Maya Sakuno Introdução a Química Analítica Professora Mirian Maya Sakuno Química Analítica ou Química Quantitativa QUÍMICA ANALÍTICA: É a parte da química que estuda os princípios teóricos e práticos das análises

Leia mais

Verificação e Resolução de problemas com Vibrações Mecânicas e Modelagem Numérica

Verificação e Resolução de problemas com Vibrações Mecânicas e Modelagem Numérica Verificação e Resolução de problemas com Vibrações Mecânicas e Modelagem Numérica Marcos Geraldo S. Diretor da MGS Jánes Landre Júnior Prof. Depto. Engenharia Mecânica, PUC-Minas 1 - Introdução O setor

Leia mais

1.1 Definições e Conceitos Importantes

1.1 Definições e Conceitos Importantes 1 INTRODUÇÃO À TEORIA DE ERROS Quando procuramos obter resultados através de observações experimentais, devemos ter sempre à mente que nossa observações serão sempre limitadas, no sentido de que jamais

Leia mais

CAPÍTULO 1 MEDIÇÃO E O ERRO DE MEDIÇÃO

CAPÍTULO 1 MEDIÇÃO E O ERRO DE MEDIÇÃO CAPÍTULO 1 MEDIÇÃO E O ERRO DE MEDIÇÃO 1.1. Definições do Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM) Metrologia: Ciência das medições [VIM 2.2]. Medição: Conjunto de operações que têm por objectivo

Leia mais

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL ODONTO IDÉIAS Nº 07 As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL Nossa intenção com esta coluna é reconhecer o espírito criativo do Cirurgião Dentista brasileiro, divulgando

Leia mais

TESTE DE ESTANQUEIDADE

TESTE DE ESTANQUEIDADE TESTE DE ESTANQUEIDADE Mais do que encontrar vazamentos... por: Mauricio Oliveira Costa Consumidores (e clientes) não querem produtos que vazem. De fato, eles estão cada vez mais, exigindo melhorias no

Leia mais

Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro

Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro Objetivo As práticas que serão trabalhadas nesta aula têm os objetivos de

Leia mais

Aula 17 Projetos de Melhorias

Aula 17 Projetos de Melhorias Projetos de Melhorias de Equipamentos e Instalações: A competitividade crescente dos últimos anos do desenvolvimento industrial foi marcada pela grande evolução dos processos produtivos das indústrias.

Leia mais

A análise da radiografia prévia pelo operador melhora o desempenho do localizador apical eletrônico em dentes com fratura radicular: estudo in vitro

A análise da radiografia prévia pelo operador melhora o desempenho do localizador apical eletrônico em dentes com fratura radicular: estudo in vitro A análise da radiografia prévia pelo operador melhora o desempenho do localizador apical eletrônico em dentes com fratura radicular: estudo in vitro The analysis of previous radiograph by the operator

Leia mais