MÁRCIA PINHO A DIGNIDADE HUMANA E A MILITÂNCIA PRÓ-ABORTO SÃO PAULO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÁRCIA PINHO A DIGNIDADE HUMANA E A MILITÂNCIA PRÓ-ABORTO SÃO PAULO"

Transcrição

1 MÁRCIA PINHO A DIGNIDADE HUMANA E A MILITÂNCIA PRÓ-ABORTO SÃO PAULO 2014

2 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO A COSMOVISÃO SECULAR E AS MENTIRAS PRÓ-ABORTO A LUTA PELA LEGALIZAÇÃO QUANDO COMEÇA A VIDA? AS QUESTÕES JURÍDICAS E MÉDICAS A COSMOVISÃO BÍBLICA AS CONSEQUÊNCIAS NEFASTAS DO ABORTO PECADO E REDENÇÃO CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

3 1. Introdução Essa monografia tem por objetivo confrontar a dignidade humana na cosmovisão da militância pró-aborto com a cosmovisão bíblica. Estamos vivendo uma campanha agressiva em favor do aborto. As maciças propagandas fazem uso de falsos argumentos para convencer a população de que o aborto e a sua descriminalização seria um bem para a sociedade. Os protagonistas dessa militância são os grupos feministas e da esquerda política. A internet e as redes sociais são poderosas ferramentas dos ativistas, com um alcance incalculável. O principal argumento é a defesa da mulher, mas quem defende o bebê? 2. A cosmovisão secular e as mentiras pró-aborto Muito já se falou sobre a pós-modernidade, o filósofo Zygmunt Bauman usou a expressão modernidade líquida para se referir a nossa época, um modo de conceituar um mundo que de fragmentado passou ao estado líquido, volúvel e relativista. Nada mais é absoluto e verdadeiro, temos como bandeira os slogans: Toda verdade é relativa. Não há absolutos. O que é verdade para você é verdade para você, isto é, cada tem a sua verdade. Em uma sociedade que não existe mais o certo e o errado, a regra é a auto satisfação. Princípios morais passou a ser coisa de cristão fundamentalista (no sentido pejorativo da palavra), e a questão do aborto não está mais relacionado com virtudes como verdade, justiça, sabedoria. É simplesmente uma questão do empoderamento feminino, o lema é Meu corpo, minhas regras. Tal movimento não reconhece o feto como uma pessoa, um ser com dignidade intrínseca, a impessoalidade do feto leva adiante todo tipo de argumento favorável ao aborto. Alguns argumentos do movimento pró-aborto: * A legalização do aborto acabará com o aborto clandestino * As péssimas condições das clinicas clandestinas causam a morte de milhares de mulheres * A legalização do aborto diminui o número de abortos * A síndrome pós-aborto 2

4 * Diminuição da violência/criminalidade * O feto não é uma pessoa, portanto não é um assassinato. * Prioridade da saúde da mulher * O direito e o domínio da mulher sobre o próprio corpo 3. A luta pela legalização A luta pela legalização ganhou projeção quando na década de 1960 as organizações pró-aborto nos EUA elaboraram sua estratégia para legalizar este crime, criaram mitos para sensibilizar a população e assim ganhar adeptos. Entre esses vários mitos está o número de mulheres que morrem em decorrência do aborto em clinicas clandestinas, o nascimento de crianças defeituosas pela tentativa mal sucedida de aborto, entre outros. O movimento acabou revelando um caráter eugenista que repercute até os dias hoje como numa declaração de Richard Dawnkins 1 em que o cientista ateu declara que um feto com síndrome de Down deve ser descartado e a mulher engravidar novamente para ter a chance de gerar uma criança sem defeitos. O caso mais emblemático foi o Roe versus Wade. Em 1970, as advogadas Linda Coffee e Sarah Weddington da Universidade do Texas, abriram um processo no Texas representando Norma L. McCorvey ("Jane Roe"). Jane Roe argumentava que sua gravidez era resultado de um estupro. O fiscal de distrito do Condado de Dallas (Texas), Henry Wade, representava o Estado do Texas, que se opunha ao direito do aborto. Após três anos de embate, em 1973, a Suprema Corte dos Estados Unidos proferiu a decisão que declarou inconstitucional qualquer lei que proibisse a interrupção voluntária da gravidez até o segundo trimestre de gestação, com fundamento na autonomia reprodutiva da mulher. Judicialmente, um lado argumentava contra a descriminação da conduta segundo um princípio moral absoluto de inviolabilidade da vida humana que teria sua origem na concepção, e de outro, a favor, em defesa do reconhecimento da mulher como agente moral livre para decidir sobre uma gestação e maternidade voluntária e desejada. "Jane Roe" deu à luz sua filha enquanto o caso ainda não havia sido decidido. O bebê foi encaminhado para adoção. Esta decisão da Corte foi interpretada como a 1ª despenalização do aborto para os 50 Estados da União. O caso Roe vs. Wade é um dos mais controvertidos e 1 3

5 politicamente significativos da história do Supremo Tribunal dos Estados Unidos. Muitas das experiências nos EUA se refletiram no Brasil, como é de costume, importamos não só produtos, mas também ideias e movimentos do Tio Sam. Um dos grandes impasses nos debates sobre a legalização está relacionado com a questão Quando começa a vida? 4. Quando começa a vida? A discussão sobre aborto está vinculada diretamente ao inicio da vida. Os filósofos da Antiguidade discutiam sobre a alma, e também quando a pessoa ganhava uma alma. Aristóteles defendia o direito ao aborto por não reconhecer que o feto tinha uma alma no primeiro estágio, somente após o feto se movimentar; nesse caso meninos e meninos tem diferentes prazos (em média três meses) para se considerar almas viventes. São Tomás de Aquino e Santo Agostinho também entendiam dessa forma unindo a visão filosófica à religiosa. Portanto o aborto era algo aceitável até os três primeiros meses de gestação. Foram as descobertas científicas que influenciaram a posição religioso-filosófica sobre o aborto e não o contrário. Em 1828 o biólogo Carl Ernst Von Baer publicou a obra Sobre a história evolutiva dos animais, seu estudo foi pioneiro em fazer uma descrição detalhada da formação do embrião e seu desenvolvimento. Em 1857 a Associação Médica Americana declarou a existência independente e real da criança antes do nascimento como um ser vivo. É uma questão de ciência objetiva. Em 1869 a Igreja Católica se manifestou condenando o aborto e extinguindo a diferença entre fetos animados e inanimados. Por volta de 1870 pesquisadores comprovaram que a vida começa quando os genes originários de duas fontes se combinam para formar um indivíduo único com um conjunto diferente de genes. O médico Bernard Nathanson (ativista pró-escolha) nos anos 1970 presenciou os avanços da fetologia e da cirurgia intra- uterina e conclui o óbvio: o feto tinha os mesmos direitos de qualquer outro paciente. E finalmente A Federação Brasileira das Academias de Medicina, no seu Sétimo 4

6 Conclave, realizado no Rio de Janeiro, de 07 à 09 de Maio de 1998, redigiu um documento, intitulado Carta do Rio, no qual lê-se que a Classe Médica Brasileira afirma como Verdade Científica Irrefutável, que a Vida Humana começa com a Concepção! O documento diz, entre outras afirmações, o seguinte: Com os atuais conhecimentos da Biologia molecular, da genética e da embriologia, é um fato cientificamente comprovado que a Vida Humana tem inicio na fusão do óvulo com o espermatozóide, quando se forma o zigoto, que começa a existir e a operar como uma unidade desde o momento da fecundação. Possui um genoma especificamente humano que lhe confere uma identidade biológica única e irrepetível, portanto, uma individualidade de sua espécie. É o executor do seu próprio desenvolvimento de maneira coordenada, gradual e sem solução de continuidade. Mesmo após inúmeras pesquisas cientificas, os ativistas creem que o feto é apenas um amontoado de células e não seres humanos, pessoas portadores do direito à vida. 2 O dogma religioso afirma que o ser humano deve ser protegido desde o primeiro instante de sua existência, isto é, desde a concepção. 3 Ciência e religião nesse caso andam de mãos dadas. 5. As questões jurídicas e médicas Em 2013 durante o I Encontro Nacional de Conselhos de Medicina O Conselho Federal de Medicina (CFM) envia um parecer ao Senado em que defende a liberação do aborto até a 12ª semana de gravidez. 4 Atualmente, pelo Código Penal, o aborto é permitido em casos de risco à saúde da gestante ou quando a gravidez é resultante de um estupro. 5 A ideia da liberação de aborto até a 12º semana de gravidez é a porta de entrada para o infanticídio, consequência natural de ideias eugenistas. Margaret Sanger (feminista e eugenista) é fundadora da Planned Parenthood, instituição voltada ao planejamento familiar que pratica o aborto nos EUA e promove a eugenia de forma camuflada. Os bebês que nascem com anomalias, geralmente em

7 consequência do fracasso de um aborto são abandonados para morrer ou jogados em latas de lixo. Uma vez que a prática é aceita em um país, a tendência é virar modelo e se alastrar por outros. No Brasil, houve uma tentativa de aprovar o aborto até a 12º semana, em casos de anomalias nos bebês. 6 A verdade é que quanto mais argumentos para o aborto, mais perto estamos do infanticídio legalizado. Segundo a lei, a morte provocada de um feto é aborto, já a morte provocada de uma pessoa é homicídio, esse tipo de raciocínio é a base de uma prática chamada aborto parcial em que se induz o parto prematuro e o bebe é morto no processo de parto, porém a morte ocorre com o bebê ainda não nascido. Essa prática faz com os envolvidos escapem do crime de homicídio. O passo seguinte ao aborto parcial é o aborto pós-nascimento, isto é, aborto após o nascimento do bebê = infanticídio! Em 2011, o British Journal of Medical Ethics publicou o artigo Aborto pósnascimento: por que o bebê deveria viver?, dos professores italianos Alberto Giubilini e Francesca Minerva. Os autores compararam e nivelaram a condição moral de um recémnascido com a de uma criança ainda não nascida, concluindo que já que um feto pode ser abortado, então um bebê recém-nascido também pode. Essa lógica de que o feto não é uma pessoa abre precedentes para matar bebês já nascidos, o infanticídio puro e simples. Essa ideia de infanticídio não é nova, em 1972, um ano antes da legalização do aborto nos EUA, Michel Tooley, professor da Universidade do Colorado, publicou o artigo Aborto e infanticídio na revista Filosofia e Assuntos de Interesse Público da Universidade de Princeton, apresentando justificativas éticas para tais práticas. Esse artigo deu origem ao livro homônimo publicado em Peter Singer, professor da Universidade de Princeton, publicou em 1979, Ética prática e em 1994 Repensando a vida e a morte, ambas as obras o autor defende o aborto e o infanticídio. Sabemos que professor universitário tem grande influência sobre os jovens e o impacto nas novas gerações; e no Brasil também temos adeptos do aborto pós-nascimento Para os médicos, além do dilema moral e religioso, há um imperativo da profissão. O médico se forma com um ideal de salvar a vida humana e segundo o Juramento de Hipócrates, 6 projeto_codigo_penal.pdf 6

8 tem compromisso em primeira instância com a vida. [...] Aplicarei os regimes para o bem dos doentes, segundo o meu saber e minha razão, e nunca para prejudicar ou fazer mal a quem quer que seja. A ninguém darei, para agradar, remédio mortal nem conselho que o induza à destruição. Também não fornecerei a uma senhora pessário abortivo. Conservarei puras minha vida e minha arte. 7 Além do Juramento de Hipócrates, o Código de Ética Médica em seu 6º artigo dispõe que: O médico deve guardar absoluto respeito pela vida humana, atuando sempre em benefício do paciente. Jamais utilizará seus conhecimentos para gerar sofrimento físico ou moral, para o extermínio do ser humano ou para permitir e acobertar tentativa contra sua dignidade e integridade. 8 Por isso, é esperado, a princípio, que a comunidade médica seja pró-vida. No entanto sabemos que muitos médicos possuem clínicas de aborto e militam pela legalização visando o lucro. Enquanto não legalizam a morte de bebês, os argumentos falaciosos são repassados incessantemente, na finalidade de convencer a população de que assassinar bebês é algo aceitável. Mesmo sob a enxurrada de mentiras da militância, a verdade é que não existem argumentos para o aborto 9. Infelizmente, esse trabalho não se propõe a esmiuçar cada uma das mentiras contadas pelo movimento, mas a ética cristã nos diz muito a respeito. 6. A cosmovisão bíblica As Escrituras Sagradas declaram que o ser humano é criação de Deus, feito à sua imagem e semelhança (Gn 1:27). O Senhor imprimiu a sua imagem na humanidade (Imago Dei), autenticando ao ser humano um valor em si mesmo, intrínseco. O Homem é dotado de uma consciência que permite reconhecer a Imago Dei e distinguir entre Criador e criatura. Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste, pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes? Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra. Tu o fizeste dominar as obras das tuas mãos; sob os seus pés tudo puseste. (Sl 8:3-6)

9 O Criador concedeu ao homem um espirito imortal (Mt 10:28 e 16:26) e a informação de que fomos planejados antes da concepção. Conforme trechos selecionados: A palavra do Senhor veio a mim, dizendo: Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações". (Jr 1:4-5) Escutem-me, vocês, ilhas; ouçam, vocês, nações distantes: Antes de eu nascer o Senhor me chamou; desde o meu nascimento ele fez menção de meu nome. (Is 49:1) Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou... (Gl 1:15) Num estudo cuidadoso fica evidente o valor do homem e sua dignidade desde antes do nascimento. A vida de cada pessoa não é um mero acaso, é obra do Altíssimo. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir. (Sl 139:13-16) Apesar do pecado ter corrompido nossa natureza, continuamos ser Imago Dei e nosso valor não foi alterado com a Queda. 'Pois nele vivemos, nos movemos e existimos', como disseram alguns dos poetas de vocês: 'Também somos descendência dele'. Assim, visto que somos descendência de Deus, não devemos pensar que a Divindade é semelhante a uma escultura de ouro, prata ou pedra, feita pela arte e imaginação do homem. (At 17:28-29) Os remidos em Cristo têm um autêntico amor pela vida, sua e do próximo. Valoriza a dignidade inalienável do ser humano desde o inicio, isto é, desde a concepção. A valorização da vida requer que se proteja pessoas indefesas, como os fetos, bebês, idosos e pessoas em situações de vulnerabilidade ou risco de morte. A vida é sagrada e sua preservação consta na lista dos dez mandamentos (Êx 20:13). A sacralidade da vida não está apenas nas Escrituras, mas também na Declaração Universal dos Direitos Humanos em seu 3º artigo: Toda pessoa tem direito à vida, à 8

10 liberdade e à segurança pessoal As consequências nefastas do aborto Essas pessoas que defendem o aborto ignoram não só a mensagem da Cruz como também as consequências nefastas do aborto. As mulheres que abortam voluntariamente têm uma propensão maior a cometer suicídio e são mais vulneráveis à depressão. Fala se bem pouco sobre as consequências do aborto, como forma de minimizar a gravidade dessa prática. As complicações físicas dependem do método abortivo, mas todo e qualquer aborto tem consequências em diversos âmbitos. Complicações imediatas do aborto: Insuficiência do colo uterino, favorecendo abortos sucessivos no primeiro e no segundo trimestre; Infecção e obstrução das trompas, provocando esterilidade; Perigo de lesão no intestino, na bexiga ou nas trompas; com probabilidade de histerectomia (extirpação do útero), Hemorragias uterinas, infecção, peritonite, lesões da bexiga Endometrite (inflamação) pós aborto (infecção uterina secundária, decorrente do aborto). Esterilidade Gravidez ectópica (fora do lugar apropriado) Histerectomia (extração total do útero) O aborto criou novas enfermidades como a síndrome de ASHERMAN, caracterizada pela formação de aderências (tecido cicatricial) no interior da cavidade uterina, que poderão provocar necessidade de cesariana ou de histerectomia

11 Conseqüências psicológicas para a mãe: Queda na autoestima pessoal ; Frigidez (perda do desejo sexual); Aversão ao marido ou ao amante; Culpabilidade ou frustração de seu instinto materno; Desordens nervosas, insônia, neuroses diversas; Doenças psicossomáticas; Depressões; Consequências para as pessoas envolvidas da área médica: estados patológicos que se manifestam em diversas formas de angústia, sentimento de culpa, depressão, tanto nos médicos quanto no pessoal auxiliar, por causa da violência contra a consciência. Os abortos desmoralizam profissionalmente o pessoal médico envolvido, porque a profissão do médico é a de salvar a vida, não de destruí-la. Consequências sociais: Relaxamento das responsabilidades específicas da paternidade e da maternidade; o aborto pode ser visto (a longo prazo), como um substituto do anticoncepcional. Infanticídio e eutanásia (os argumentos pró-escolha abrem precedentes para tais práticas) Aumento considerável do número de pessoas com deficiências físicas ou psíquicas, com todas os desdobramentos que isso significa para a sociedade em geral E além de tudo, há milhares de pessoas arrependidas para o resto da vida por realizar ou incentivar o aborto. 8. Pecado e redenção Sabemos que o pecado tem consequências; e para os pecadores, a redenção. Temos 10

12 dois grandes exemplos de redenção no que tange ao assunto abordado. Norma McCorvey, sim, ela mesmo, do caso Roe versus Wade. Em 2003, McCorvey admitiu que, na realidade, não havia sido estuprada tal como dissera no processo. Arrependida, tornou-se uma militante pró-vida, conhecida como a pioneira do aborto escreveu o livro Won by Love (Vencida pelo Amor) em que conta sua história. Uma mulher que lutou e ganhou o direito de abortar, embora ela nunca tenha abortado, tornou-se símbolo do movimento pró-escolha. Norma testemunhou a angústia e desespero de milhões de mulheres que optaram por abortar seus bebês; a destruição de milhares de vidas humanas em clínicas de aborto, onde ela trabalhava. Envolvida num relacionamento homossexual, tentou o suicido diversas vezes, recorreu às drogas por se sentir responsável pela perda de tantas vidas. Só mudou após sua conversão ao Cristianismo, quando decidiu expor a verdade e retratar o mal que causara. Outro exemplo foi o médico ginecologista Bernard Nathanson, conhecido como o rei do aborto, fundou a Associação Nacional para a Revogação das Leis contra o Aborto hoje conhecida como Liga Nacional de Ação pelos Direitos Reprodutivos e do Aborto - NARAL (National ReproductiveAbortion Rights Action League), dedicou-se não só à campanha pela legalização, mas também à prática de abortos. Foi responsável direta ou indiretamente por abortos na principal clinica de aborto dos EUA. No final da década de 70, começou a ter dúvidas sobre as suas práticas. Numa conferência em Lisboa, em 1998, 11 explicou que ele e os seus colegas apresentavam graves perturbações do sono, problemas no casamento e pesadelos. Além disso, o médico em sua função teve acesso as novas tecnologias e as evidencias cientificas o convenceram de que o feto é um ser humano desde o instante da concepção, abandonou a militância pró-aborto e se converteu à causa pró-vida. Essa conversão rendeu frutos como o livro Aborting América (A América que aborta), o documentário O Grito Silencioso, que acompanha a gestação e mostra imagens reais de um aborto e sua sequência O Eclipse da Razão ; os vídeos foram amplamente exibidos em todo mundo. Sua autobiografia intitulada The Hand of God (A mão de Deus), conta como se converteu num dos mais destacados defensores da vida e depois sua conversão ao catolicismo. 11 mil-abortos-e-converteu-se-ao-catolicismo/ 11

13 O fato do Dr. Nathanson ser um intelectual da área médica e sua conversão moral promoveu credibilidade ao movimento pró-vida e muitos dos que praticavam ou incentivavam o aborto, reconheceram o seu erro e se uniram à luta em favor da vida humana mais indefesa: o bebê não nascido. Nathanson dedicou a sua vida a tentar desfazer o mal que tinha feito, falando em todo o mundo e apresentando-se sempre em público como o responsável por mais de 75 mil abortos. Faleceu em 21 de fevereiro de 2011 deixando um legado precioso ao movimento pró-vida. 9. Considerações Finais Vivemos tempos cada vez mais difíceis no que diz respeito aos valores do Reino de Deus, assistimos os princípios cristãos sendo ignorados, deturpados todos os dias. A ilusão plantada pela militância pró-aborto é mais uma entre tantas que negam o senhorio de Cristo e sua mensagem sobre o valor do ser humano e da sacralidade da vida. A propaganda pró-aborto tem avançado muito nos últimos anos, fazendo uso de revistas voltadas para o público jovem e a internet. Com o discurso pró-escolha cada vez mais presente, creio que é hora de um posicionamento. Se aceitarmos a premissa de que uma mãe pode matar o seu próprio filho, vamos considerar aceitável todo tipo pecado. Como dizer que não se pode fazer isso ou aquilo depois de dizer que é aceitável uma mãe matar seu bebê? Num mundo sem verdades e valores absolutos, tudo o mais é permitido. Uma vez perdido o respeito pela vida humana em seu começo, todo o restante se banaliza naturalmente. 10. Referências Bibliográficas DEUS. A Bíblia Sagrada (NVI): Versão Digital GEISLER, Norman L. Ética Cristã. São Paulo: Vida Nova, 2006 MEILAENDER, Gilbert. Bioética. São Paulo: Vida Nova, 1997 DINIZ, D. & GUILHEM, D. O que é Bioética: Editora Brasiliense,

14 semana-de-gestacao.html -mesmo-falar-sobre-aborto

15 aquino/ 335:a-antropologia-tomista&catid=115:tomismo&Itemid=472 https://www.youtube.com/watch?v=0heneymacsc 14

HOJE EM DIA O ABORTO JÁ É LEGAL? COMO É A LEI DO ABORTO?

HOJE EM DIA O ABORTO JÁ É LEGAL? COMO É A LEI DO ABORTO? HOJE EM DIA O ABORTO JÁ É LEGAL? COMO É A LEI DO ABORTO? Em 1984 legalizou-se o aborto em Portugal, mas os prazos dessa lei já foram alargados. Desde 1997 tornou-se legal abortar por razões de saúde da

Leia mais

A tecnologia e a ética

A tecnologia e a ética Escola Secundária de Oliveira do Douro A tecnologia e a ética Eutanásia João Manuel Monteiro dos Santos Nº11 11ºC Trabalho para a disciplina de Filosofia Oliveira do Douro, 14 de Maio de 2007 Sumário B

Leia mais

Homossexualismo, aborto e células-tronco

Homossexualismo, aborto e células-tronco Homossexualismo, aborto e células-tronco Pr. Silas Malafaia (Pregação assistida em vídeo gravado) Data: 06/10/12 AmazonJovens Textos-base: Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se se pela

Leia mais

Quando começa a vida humana? Fecundação... A primeira célula!

Quando começa a vida humana? Fecundação... A primeira célula! Quando começa a vida humana? Fecundação... A primeira célula! Quando começa a vida humana Quando os 23 cromossomos masculinos transportados pelo espermatozóide se encontram com os 23 cromossomos da mulher,

Leia mais

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável.

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam

Leia mais

Compilação feita sob a orientação de Juvanir Borges de Souza e por equipe da Federação Espírita Brasileira.

Compilação feita sob a orientação de Juvanir Borges de Souza e por equipe da Federação Espírita Brasileira. Este livro oferece, primordialmente, os esclarecimentos dos Espíritos superiores e outros comunicantes sobre o assunto, com acréscimo do que consta em livros espíritas e em artigos da revista Reformador.

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 I RELATÓRIO

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 I RELATÓRIO COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 Inclui nos programas Sociais e Financeiros do Governo programa específico de apoio à mulher e a adolescente, nos casos de gravidez

Leia mais

Aborto. Douglas Blanco

Aborto. Douglas Blanco Aborto Douglas Blanco Gravidez Indesejada Hoje em dia o principal motivo do aborto é a gravidez indesejada. A gravidez em adolescente pode ser considerado um exemplo, pois o mundo dos adolescentes se resumi

Leia mais

AUTORES DIVERSOS THEREZINHA OLIVEIRA (ORG.) DEIXEM-ME VIVER

AUTORES DIVERSOS THEREZINHA OLIVEIRA (ORG.) DEIXEM-ME VIVER AUTORES DIVERSOS THEREZINHA OLIVEIRA (ORG.) DEIXEM-ME VIVER Campinas SP 2007 QUERO SER Palavras iniciais E stimado Leitor: Pomos em suas mãos esta pequeníssima obra referente ao seu tamanho, porém imensamente

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

O QUE ACONTECE COM OS BEBÊS QUE MORREM? A G L Ó R I A D A T E O L O G I A R E F O R M A D A

O QUE ACONTECE COM OS BEBÊS QUE MORREM? A G L Ó R I A D A T E O L O G I A R E F O R M A D A O QUE ACONTECE COM OS BEBÊS QUE MORREM? A G L Ó R I A D A T E O L O G I A R E F O R M A D A Mera Curiosidade? Este assunto é fundamental para a nossa fé. Está muito longe de ser uma mera curiosidade. Batismo

Leia mais

Encontro de Formação: Promoção e Defesa da Vida Estratégia: Como implantar uma Comissão de Promoção e Defesa da Vida

Encontro de Formação: Promoção e Defesa da Vida Estratégia: Como implantar uma Comissão de Promoção e Defesa da Vida Encontro de Formação: Promoção e Defesa da Vida Estratégia: Como implantar uma Comissão de Promoção e Defesa da Vida Regional Sul II Pastoral Familiar- Setor Família e Vida COMISSÕES PAROQUIAIS EM DEFESA

Leia mais

Uma Visão Panorâmica da ANTROPOLOGIA

Uma Visão Panorâmica da ANTROPOLOGIA Uma Visão Panorâmica da ANTROPOLOGIA (Pr. Eudes Lopes Cavalcanti) 1) Etimologia Anthropos = homem; logos (logia) = estudo, tratado 2) Conceito Antropologia é a parte da Teologia Sistemática que estuda

Leia mais

Inseminação e Fecundação Artificial

Inseminação e Fecundação Artificial Inseminação e Fecundação Artificial Introdução Para podermos compreender a análise feita pela Igreja a respeito da inseminação e fecundação artificial e a respeito da manipulação genética, faz- se necessário

Leia mais

I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA

I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA MAKSOUD PLAZA SÃO PAULO 30/3 a 1/4 de 2006 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO CONSELHOS DE MEDICINA E CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA

Leia mais

SOLUÇÃO PARA A INFERTILIDADE

SOLUÇÃO PARA A INFERTILIDADE Revista: Carta Capital 28 de Agosto de 2002 SOLUÇÃO PARA A INFERTILIDADE DOIS ESPECIALISTAS DIZEM O QUE É CIÊNCIA E O QUE É MITO, ESCLARECEM AS POSSÍVEIS CAUSAS DO PROBLEMA E AS MELHORES ALTERNATIVAS PARA

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

Prof. José Nabuco Filho. Aborto

Prof. José Nabuco Filho. Aborto Aborto Apostila 1. Introdução Sob o nomem juris de aborto, o Código Penal tipifica quatro crimes diferentes: 1 duas definidas no art. 124, tendo como sujeito ativo a gestante; outras duas, em que o sujeito

Leia mais

Abortamento ou Aborto Interrupção da gravidez antes que o feto alcance a fase da viabilidade. Pode ser espontâneo ou provocado.

Abortamento ou Aborto Interrupção da gravidez antes que o feto alcance a fase da viabilidade. Pode ser espontâneo ou provocado. Abortamento ou Aborto Interrupção da gravidez antes que o feto alcance a fase da viabilidade. Pode ser espontâneo ou provocado. Ao longo do tempo e principalmente em fins do século XX, declinou a incidência

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

Plano de Aula de Filosofia para o Ensino Médio. Tema: História da Filosofia Instrumento de Pesquisa

Plano de Aula de Filosofia para o Ensino Médio. Tema: História da Filosofia Instrumento de Pesquisa Plano de Aula de Filosofia para o Ensino Médio Tema: História da Filosofia Instrumento de Pesquisa 1. Sensibilização e Investigação textual Primeiramente, serão apresentados os excertos dos textos sem

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Pr. Jorge Luiz Silva Vieira P á g i n a 1 A origem do pecado: HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Deus não pode pecar Ele é Santo (I Pe 1.16; I Jo 1.5) e não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta

Leia mais

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4.12) Quando você se arrepende dos seus pecados e crê

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling.

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renunciese a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

BIOÉTICA E MANIPULAÇÃO DE EMBRIÕES Prof. Ms. Lia Cristina Campos Pierson Professora de Medicina Forense

BIOÉTICA E MANIPULAÇÃO DE EMBRIÕES Prof. Ms. Lia Cristina Campos Pierson Professora de Medicina Forense BIOÉTICA E MANIPULAÇÃO DE EMBRIÕES Prof. Ms. Lia Cristina Campos Pierson Professora de Medicina Forense A personalidade só começa quando o sujeito tem consciência de si, não como de um eu simplesmente

Leia mais

Milagre do Nascimento

Milagre do Nascimento Milagre do Nascimento A ciência colabora com o sonho de casais que não poderiam ter filhos por métodos tradicionais. Por Viviane Bittencourt A inseminação artificial é um dos métodos da reprodução assistida

Leia mais

COMO SE FAZ UM ABORTO.

COMO SE FAZ UM ABORTO. COMO SE FAZ UM ABORTO. IVES GANDRA DA SILVA MARTINS, Professor Emérito da Universidade Mackenzie e da Escola de Comando e Estado Maior do Exército, Presidente do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação

Leia mais

As fontes da nossa auto-imagem

As fontes da nossa auto-imagem AUTO IMAGEM O QUE EU ACHO DE MIM MESMO QUEM SOU EU E QUAL E O MEU VALOR? NARCISISMO (deus da mitologia grega que se apaixonou por si mesmo ao ver sua imagem refletida na água) AS FONTES DA NOSSA AUTO -

Leia mais

O ABORTO NO DIREITO PENAL BRASILEIRO: CARACTERÍSTICAS E ALGUMAS IMPLICAÇÕES DA DESCRIMINALIZAÇÃO

O ABORTO NO DIREITO PENAL BRASILEIRO: CARACTERÍSTICAS E ALGUMAS IMPLICAÇÕES DA DESCRIMINALIZAÇÃO O ABORTO NO DIREITO PENAL BRASILEIRO: CARACTERÍSTICAS E ALGUMAS IMPLICAÇÕES DA DESCRIMINALIZAÇÃO Keila Lacerda de Oliveira Magalhães Advogada, com recém aprovação na OAB/PB e com estágio profícuo e conceituado

Leia mais

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007)

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Por favor, poderiam abrir em primeira aos Coríntios, a primeira

Leia mais

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa:

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa: Lição 5 O INVESTIMENTO QUEBRA GELO: Compartilhe qual foi o maior investimento que você fez em sua vida. Por que você investiu? O que lhe garantiu o sucesso? VERSO DA SEMANA: Estejam sempre preparados para

Leia mais

PARECER N.º P/01/APB/05 SOBRE A UTILIZAÇÃO DE EMBRIÕES HUMANOS EM INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

PARECER N.º P/01/APB/05 SOBRE A UTILIZAÇÃO DE EMBRIÕES HUMANOS EM INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA PARECER N.º P/01/APB/05 SOBRE A UTILIZAÇÃO DE EMBRIÕES HUMANOS EM INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA RELATOR: RUI NUNES 1 PREÂMBULO Poucas questões têm despertado tanta controvérsia como a natureza e a atribuição

Leia mais

FILIAÇÃO NA FECUNDAÇÃO IN VITRO. Thiago Kotula Brondani

FILIAÇÃO NA FECUNDAÇÃO IN VITRO. Thiago Kotula Brondani 1 FILIAÇÃO NA FECUNDAÇÃO IN VITRO Thiago Kotula Brondani Os avanços médicos-científicos e a disseminação das técnicas de reprodução humana assistida tornaram necessária a imposição de limites éticos e

Leia mais

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón www.sisac.org.br "No capítulo 7 da epístola aos Romanos, encontramos o grito desesperado de um homem que não conseguia viver à altura dos princípios que conhecia.

Leia mais

Fator emocional. Fertilidade Natural: Fator emocional CAPÍTULO 8

Fator emocional. Fertilidade Natural: Fator emocional CAPÍTULO 8 CAPÍTULO 8 Fator emocional O projeto comum de ter filhos, construir a própria família, constitui um momento existencial muito importante, tanto para o homem como para a mulher. A maternidade e a paternidade

Leia mais

Legalização do aborto em Moçambique: "A nova lei visa a assegurar os direitos sexuais e reprodutivos", diz ativista -

Legalização do aborto em Moçambique: A nova lei visa a assegurar os direitos sexuais e reprodutivos, diz ativista - Legalização do aborto em Moçambique: "A nova lei visa a assegurar os direitos sexuais e reprodutivos", diz ativista por Por Dentro da África - terça-feira, abril 14, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/ciencia/legalizacao-do-aborto-em-mocambique-a-nova-lei-visaassegurar-os-direitos-sexuais-e-reprodutivos-diz-ativista

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E

O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E OS BONS HÁBITOS SÃO IMPORTANTES CHRISTOPHER KLICKA Parte da experiência de dar aulas escolares em casa é ensinar os filhos a praticar boas maneiras. Para nossa própria sobrevivência,

Leia mais

MP-SP cria Núcleo de Gênero para aprimorar o enfrentamento à violência contra a mulher

MP-SP cria Núcleo de Gênero para aprimorar o enfrentamento à violência contra a mulher MP-SP cria Núcleo de Gênero para aprimorar o enfrentamento à violência contra a mulher A mesma sociedade que mata as mulheres é a sociedade que se recusa a refletir sobre as causas dessas mortes Promotora

Leia mais

O que é Ética? Uma pessoa que não segue a ética da sociedade a qual pertence é chamado de antiético, assim como o ato praticado.

O que é Ética? Uma pessoa que não segue a ética da sociedade a qual pertence é chamado de antiético, assim como o ato praticado. 1 O que é Ética? Definição de Ética O termo ética, deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa). Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade.

Leia mais

Verdade. A vida eterna está em Jesus Cristo

Verdade. A vida eterna está em Jesus Cristo Verdade 3 A vida eterna está em Jesus Cristo Primeiro Dia A chegada da morte Remédios, exames, hospitais, aparelhos sofisticados, equipamentos de segurança e proteção visam preservar e proteger a vida.

Leia mais

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso Água do Espírito De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso EXISTE O DEUS PODEROSO QUE DESFAZ TODO LAÇO DO MAL QUEBRA A LANÇA E LIBERTA O CATIVO ELE MESMO ASSIM FARÁ JESUS RIO DE ÁGUAS LIMPAS QUE NASCE

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais

A MISSÃO DA PATERNIDADE

A MISSÃO DA PATERNIDADE 1 A MISSÃO DA PATERNIDADE Tx Mult 09/08/2015 INTRODUÇÃO 1. Uma pequena menina disse uma vez à mãe dela, Mamãe, se o Papai Noel traz nossos presentes, e Deus nos dá nosso pão diário, e o governo nos paga

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal 1 Audiência Pública Argüição de Descumprimento de Preceito Fundamental Proponente: Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde CNTS Eleonora Menicucci de Oliveira Profa. Titular

Leia mais

DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes

DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes A americana Mia Washington, da cidade de Dallas, no Texas, engravidou de gêmeos. Até então, nada de extraordinário. A história, na verdade,

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

Quando começa a vida humana? Fecundação... a primeira célula!

Quando começa a vida humana? Fecundação... a primeira célula! Quando começa a vida humana? Fecundação... a primeira célula! Quando começa a vida humana? Quando os 23 cromossomos masculinos transportados pelo espermatozóide se encontram com os 23 cromossomos da mulher,

Leia mais

PLANEJAMENTO FAMILIAR

PLANEJAMENTO FAMILIAR PLANEJAMENTO FAMILIAR Estudo 1 Filhos, Um Dom de Deus Texto-Base: Salmos 127, 3-5 Textos para Meditação Semanal: 2ª Feira: Gênesis 1.28,31 5ª Feira: Jó 10,10-12 3ª Feira: I Pedro 3.7 6ª Feira: Gênesis

Leia mais

Maria de Fátima Freire de Sá

Maria de Fátima Freire de Sá Desafios do Biodireito Maria de Fátima Freire de Sá Professora dos Programas de Graduação e Pós-Graduação lato e stricto sensu em Direito na PUC Minas. Pesquisadora do Centro de Estudos em Biodireito CEBID

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

Vício é uma palavra proveniente do latim vitium que significa falha ou defeito; é um mau hábito que causa dependência física ou emocional; é uma fuga

Vício é uma palavra proveniente do latim vitium que significa falha ou defeito; é um mau hábito que causa dependência física ou emocional; é uma fuga Introdução Ouço uma voz que me diz: O homem necessita de alguém que lhe esclareça quem ele é, que o instrua acerca de seus deveres, que o dirija para a virtude, renove seu coração, que o restabeleça em

Leia mais

Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório.

Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório. A purificação após a morte: o estado purgatório Pe. Henrique Soares da Costa Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório. Nossos irmãos protestantes

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DISCIPLINA: UNIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: 2015-2016 1 A PESSOA HUMANA EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA

Leia mais

Apesar de toda diversidade a Bíblia toda contém uma só idéia central: Jesus Cristo, o Senhor, que ama e salva o homem pecador. Gn 3.15; Ap 19.

Apesar de toda diversidade a Bíblia toda contém uma só idéia central: Jesus Cristo, o Senhor, que ama e salva o homem pecador. Gn 3.15; Ap 19. Apresentação do Curso Existem duas formas de se estudar teologia, uma é através da Teologia Bíblica que extrai as verdades que formularão as doutrinas diretamente do texto. A outra maneira é através da

Leia mais

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME Toda família tem um nome, este nome é o identificador de que família pertence esta pessoa, o qual nos aqui no Brasil chamamos de Sobrenome. Então este nome além de identificar

Leia mais

Capítulo Vinte e Três (Chapter Twenty-Three) Os Sacramentos (The Sacraments)

Capítulo Vinte e Três (Chapter Twenty-Three) Os Sacramentos (The Sacraments) Capítulo Vinte e Três (Chapter Twenty-Three) Os Sacramentos (The Sacraments) Jesus só deu à Igreja dois sacramentos: batismo nas águas (veja Mt. 28:19) e a Santa Ceia (veja 1 Co. 11:23-26). Estudaremos

Leia mais

Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetros de Jerusalém.

Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetros de Jerusalém. 13 Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetros de Jerusalém. O episódio relatado por Lucas aconteceu no dia da ressurreição, durante e após uma caminhada

Leia mais

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida 1 GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida Introdução Muitos de nós ouvimos, com certa freqüência, pregadores que ao fazerem apelo, dizem coisas do tipo: dê uma chance para Jesus ou ainda deixe Jesus entrar

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM nº 2.121/2015

RESOLUÇÃO CFM nº 2.121/2015 RESOLUÇÃO CFM nº 2.121/2015 Adota as normas éticas para a utilização das técnicas de reprodução assistida sempre em defesa do aperfeiçoamento das práticas e da observância aos princípios éticos e bioéticos

Leia mais

Centralidade da obra de Jesus Cristo

Centralidade da obra de Jesus Cristo Centralidade da obra de Jesus Cristo MÓDULO 3 3ª AULA AULA 3 MÓDULO 3 SALVAÇÃO EM CRISTO Jesus no Centro Por que deve ficar claro isso? Dá para evangelizar sem falar de Jesus? É possível partir de outro

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

ÉTICA NO TRABALHO. Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.

ÉTICA NO TRABALHO. Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. ÉTICA NO TRABALHO Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. 1 Co 10:31 O que contribui para a glória de Deus não fere nenhum princípio ético.

Leia mais

134 Vídeos do Padre Paulo Ricardo. Clique em um dos links abaixo:

134 Vídeos do Padre Paulo Ricardo. Clique em um dos links abaixo: 134 Vídeos do Padre Paulo Ricardo Clique em um dos links abaixo: Marxismo Cultural e Revolução Cultural - Primeira Aula http://www.youtube.com/watch?v=fji7cugwzvw Marxismo Cultural e Revolução Cultural

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.013/2013

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.013/2013 RESOLUÇÃO CFM Nº 2.013/2013 (Publicada no D.O.U. de 09 de maio de 2013, Seção I, p. 119) Adota as normas éticas para a utilização das técnicas de reprodução assistida, anexas à presente resolução, como

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

CÉLULAS-TRONCO - UM ENFOQUE SOBRE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS E VALORES HUMANOS

CÉLULAS-TRONCO - UM ENFOQUE SOBRE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS E VALORES HUMANOS CÉLULAS-TRONCO - UM ENFOQUE SOBRE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS E VALORES HUMANOS Elaborado em 04.2008 Vitor Vilela Guglinski Graduado em Direito pela Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais Vianna Júnior.

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 Palavra Viva RELEMBRANDO SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O MUNDO A CARNE O D IABO 'Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque

Leia mais

! O CÓDIGO DE SANTIDADE

! O CÓDIGO DE SANTIDADE UMA VIDA QUE HONRA A DEUS Levítico 17 Lv 17.11 Pois a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês para fazerem O CÓDIGO DE SANTIDADE Levítico 17 está estrategicamente localizado na abertura da segunda

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

Demonstração de Maturidade

Demonstração de Maturidade Demonstração de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 4.12-17 12 - Então disse ao seu servo Geazi: Chama esta sunamita. E chamando-a ele, ela se pôs diante dele. 13 - Porque ele tinha falado a Geazi:

Leia mais

Direitos LGBT: do casamento ao enfrentamento da discriminação

Direitos LGBT: do casamento ao enfrentamento da discriminação Direitos LGBT: do casamento ao enfrentamento da discriminação Publicado em 28/06/2015, às 15h26 Atualizado em 28/06/2015, às 15h58 Sérgio Costa Floro* Especial para o NE10 #LoveWins tomou conta do discurso

Leia mais

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes 2015 MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 Lição 2 O CORAÇÃO DO PASTOR REUNIÃO DO M.D.A Ganhar almas para Jesus (atos 2:37-47) Introdução No Brasil

Leia mais

Caminhando Com as Estrelas

Caminhando Com as Estrelas Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Com Alessandra França e Jaqueline Salles Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Aula 1 Com Alessandra França Temas: O Reino dos Céus

Leia mais

Trabalho de caracter curricular realizado na disciplina de Bioética (2005)

Trabalho de caracter curricular realizado na disciplina de Bioética (2005) 2$%2572 Trabalho de caracter curricular realizado na disciplina de Bioética da Licenciatura em Psicologia Clínica pela Universidade Fernando Pessoa (Porto, Portugal) (2005) 0DUD&pOLD$OYHV0DWRV Licenciada

Leia mais

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS TEMA CENTRAL Todos os direitos reservados por: MINISTÉRIO IGREJA EM CÉLULAS R. Ver. Antônio Carnasciali, 1661 CEP 81670-420 Curitiba-Paraná Fone/fax: (041) 3276-8655 trabalhoemconjunto@celulas.com.br edile@celulas.com.br

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

O tempo é chegado", dizia ele. "O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!" (Mc 1:15).

O tempo é chegado, dizia ele. O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas! (Mc 1:15). O tempo é chegado", dizia ele. "O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!" (Mc 1:15). Filosofia humanista: Pensamentos positivos e maravilhosos acerca de si mesmos. Dá grande

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

A Federação Paulista dos Movimentos em Defesa da Vida se manifestou na seguinte notícia:

A Federação Paulista dos Movimentos em Defesa da Vida se manifestou na seguinte notícia: ABORTO NÃO! PERGUNTE E RESPONDEREMOS 551 maio 2008 Por correspondência miúda entendemos a resposta a questões muito debatidas, mas encaradas sob aspecto interessante. É o que vamos fazer abordando mais

Leia mais

Câmara dos Deputados Gabinete da Deputada Jandira Feghali PCdoB/RJ COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 1135/91

Câmara dos Deputados Gabinete da Deputada Jandira Feghali PCdoB/RJ COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 1135/91 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 1135/91 I RELATÓRIO Suprime o artigo 124 do Código Penal Brasileiro. Autores: Deputados Eduardo Jorge e Sandra Starling Relatora: Deputada Jandira

Leia mais

O ARREBATAMENTO O ARREBATAMENTO

O ARREBATAMENTO O ARREBATAMENTO O ARREBATAMENTO A hora é chegada... Cristo vem! O ARREBATAMENTO... Vigiai, pois em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer e estar em pé na presença do

Leia mais

COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira. Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade

COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira. Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade O Bem Pessoal e o Comunitário O que é o Bem? Bem é a qualidade de excelência ética que

Leia mais

Livro de Jó Soberania e Graça de Deus Perguntas de Deus, Respostas de Jó & Perguntas de Jó, Respostas de Jesus Cristo

Livro de Jó Soberania e Graça de Deus Perguntas de Deus, Respostas de Jó & Perguntas de Jó, Respostas de Jesus Cristo Livro de Jó Soberania e Graça de Deus Perguntas de Deus, Respostas de Jó & Perguntas de Jó, Respostas de Jesus Cristo 1 A Confrontação de Deus (38:1-42:6) Finalmente os repetidos pedidos de Jó para ser

Leia mais

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João Upanema/RN, 03 de Agosto de 2013 1º VESTIBULAR BÍBLICO DA Livro de João Leia com atenção as instruções abaixo: 1. Verifique se o caderno de prova contém 30 (trinta) questões. Em caso negativo, comunique

Leia mais

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4. AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.1-42 INTRODUÇÃO A narrativa da Mulher Samaritana se desenvolve

Leia mais

O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE

O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE José Carlos Pezini Luis Alexandre Ribeiro Branco O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE Uma Espiritualidade Cristocêntrica 1 Revisão: Bruna Perrella Brito 2 Prefácio Introdução 1 Índice O Que é Espiritualidade

Leia mais

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Penal Professor Patrícia Vanzolini Data: 31/07/2009

OAB 139º - 1ª Fase Regular Modulo II Disciplina: Direito Penal Professor Patrícia Vanzolini Data: 31/07/2009 9ª Aula: Parte Especial: Homicídio, Infanticídio, Participação no Suicídio, Aborto e Lesão Corporal. 1. HOMICIDIO 1. Homicídio simples: Caput pena de 6 a 20 anos de reclusão. É crime hediondo? Não, salvo

Leia mais

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Planificação do 7º Ano - Educação Moral e Religiosa Católica Unidades Temáticas Conteúdos Competências Específicas Instrumentos de Avaliação UL1- AS ORIGENS

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

Processo Seletivo 2011-2 Filosofia

Processo Seletivo 2011-2 Filosofia Filosofia 1) Gabarito Final sem distribuição de pontos - Questão 1 A) De acordo com o pensamento de Jean-Jacques Rousseau, o poder soberano é essencialmente do povo e o governo não é senão depositário

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO DECLARAÇÃO DE FÉ Pr Josemeire Ribeiro CRM PR 2015 O que é credo? É o que eu creio. PLANO DE SALVAÇÃO QUEDA REDENÇÃO RESTAURAÇÃO Declaração de Fé da IEQ foi compilada por sua fundadora Aimeé Semple McPherson,

Leia mais