Por que as iniciativas de análises de próxima geração falham.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Por que as iniciativas de análises de próxima geração falham."

Transcrição

1 decision ready. Por que as iniciativas de análises de próxima geração falham. Os obstáculos para desenvolver uma cultura orientada por dados.

2 Neste ponto, não há dúvida: as análises mudaram a maneira como as empresas competem.1

3 De usuários não técnicos, que se interessam por painéis e ferramentas de visualização, até especialistas em dados com amplo conhecimento, que experimentam modelos preditivos o futuro das tomadas de decisão está, sem dúvida, na orientação por dados.

4 É por isso que a grande maioria das empresas, em vários setores, está priorizando as iniciativas de análises.2

5 Empresas de vários setores estão usando análises de maneira cada vez mais estratégica:

6 Em assistência médica, para monitorar pacientes e prever potenciais resultados. Em seguros, para gerenciar prêmios e risco de variação de preço. Na indústria, para monitorar e realizar a manutenção proativa dos equipamentos. No varejo, para analisar padrões comportamentais do cliente. Na área financeira, para detectar fraudes e potenciais inadimplentes

7 Também está se tornando bastante claro que a próxima geração de análises avançadas poderá impulsionar ainda mais as empresas. o Análises preditivas e prescritivas o Inteligência operacional o Análises em tempo real o Análises de segurança e detecção de invasão o Monitoramento de controle de qualidade o Análises geoespaciais

8 As análises invadiram os ambientes corporativos. Mas vale enfatizar que ainda estamos vendo apenas a ponta do iceberg.

9 ! O que é empolgante mas também constitui um importante alerta.

10 Isso porque a maioria das empresas ainda tem um longo caminho pela frente antes que o sonho de ser orientada por dados possa tornar realidade a obtenção de ROI. E não há atalhos na jornada rumo às análises de próxima geração.

11 De fato, mesmo depois do enorme investimento em ferramentas, equipes, software e armazenamento para as análises de próxima geração, uma proporção inquietantemente grande de iniciativas ainda corre o risco de falhar desastrosamente. 3

12 Os sintomas disso são frustrantemente familiares: Os especialistas em dados utilizam a maior parte do tempo "discutindo" os dados 4 A confiança nas análises começa a ser prejudicada devido às preocupações em relação à qualidade de dados e às versões conflitantes da verdade Usuários de áreas de negócios começam a se queixar do tempo necessário para obter os principais dados de que precisam A TI luta para acompanhar o surgimento de uma longa lista de novas ferramentas, usuários e solicitações de dados, integrações e teste

13 ! Aqui está o problema:

14 Mesmo os painéis mais intuitivos, as visualizações mais bonitas e os complexos modelos preditivos serão inúteis se você não tiver uma arquitetura de dados moderna para abastecê-los. Descubra o que é realmente preciso para fornecer análises avançadas. Obtenha o e-book.

15 E se há um aspecto que a busca pelas análises de próxima geração já comprovou é que as antigas infraestruturas de gerenciamento de dados não foram criadas para lidar com as atuais necessidades relacionadas a dados.

16 1 O resultado é incapacidade de considerar duas características essenciais das análises modernas: 2

17 1 A velocidade absoluta das análises Atualmente, as empresas competem a uma velocidade que permite entregar insights úteis. Isso se resume a: 5 Dados rápidos = Insight rápido = Resultados rápidos

18 Mas a maioria das organizações de TI ainda está no processo de transição da Business Intelligence tradicional para as análises de próxima geração o que significa que as respostas são disponibilizadas em meses, quando os usuários precisariam delas em questão de dias.

19 Para testar hipóteses e validar prognósticos, os usuários das áreas de negócios precisam de acesso rápido a uma crescente diversidade de fontes e tipos de dados, mesmo que os dados sejam apenas "suficientemente bons".

20 O resultado é uma paisagem fragmentada de ferramentas e aplicativos isolados, implantados para atender aos requisitos de cronogramas apertados. E o problema do crescimento no volume de dados ruins parece não ter fim.

21 2 Mudança constante No novo paradigma da análise, a mudança é a única constante. Casos de uso, ferramentas, fontes de dados, tecnologia de armazenamento de dados e os próprios dados estão, todos, em permanente estado de mudança.

22 Sem uma abordagem ágil para o gerenciamento de dados, a TI não tem chances contra a avalanche de novas perguntas, solicitações, experimentos e necessidades que surgem nas empresas.

23 E sem a TI, a empresa não pode dimensionar ou operacionalizar seus recursos de análises da maneira adequada para ser competitiva. Todos perdem.

24 Em resumo: A velocidade, o dinamismo e a complexidade das iniciativas de próxima geração exigem uma abordagem mais inteligente para o gerenciamento de dados.

25 Por mais empolgantes que sejam essas ferramentas e tecnologias novas e modernas, uma verdade antiga impregna cada iniciativa de análise no mundo:

26 Sem dados limpos, completos e oportunos, pessoas, processos e tecnologias não poderão entregar insights úteis aos negócios quando a empresa precisar deles.! Limpos Completos Oportunos

27 Se dependermos de uma abordagem lenta, rígida e obsoleta para gerenciar dados, então a promessa das análises de próxima geração serão sempre inalcançáveis.

28 E não há painéis e ferramentas de visualização que deem jeito no problema de dados isolados, desconectados e não limpos.

29 Por outro lado, o caminho à frente para qualquer empresa com um posicionamento sério em análises avançadas é claro.

30 Estabeleça agora as bases de um gerenciamento de dados rápido, ágil e repetível e nenhuma iniciativa de análises ficará fora do seu alcance.

31 Não se trata apenas de facilitar o gerenciamento de dados e fornecer os dados certos para mais ferramentas, casos de uso e usuários.

32 Trata-se de garantir que você está preparado para superar os obstáculos mais importantes ao desenvolvimento de uma cultura verdadeiramente orientada por dados. orientada por dados

33 Trata-se de capacitar pessoas e estabelecer processos com as análises, para mudar a maneira de competir.

34 Leitura adicional. O que é preciso para fornecer análises avançadas Se a sua empresa pensa seriamente em tornar realidade o potencial das análises avançadas, então você precisa conhecer os seis princípios básicos para se tornar uma empresa decision-ready. A boa notícia? Elaboramos um e-book inteiro sobre isso. O que é preciso para fornecer análises avançadas Os seis princípios básicos de uma empresa Decision Ready decision ready. Leia agora.

35 IN Sobre a Informatica. Somos a Informatica e ajudamos as maiores empresas do mundo a implementar as modernas arquiteturas de dados de que precisam para competir. Se você pretende produzir análises avançadas para a sua organização, vamos conversar. Vamos conversar.

36 Fontes. 1. " 84% das companhias acreditam que as análises de Big Data estão mudando os cenários competitivos de seus setores", Forbes, outubro de siteslouiscolumbus/2014/10/19/84-of-enterprises-see-bigdata-analytics-changing-their-industries-competitivelandscapes-in-the-next-year/ 2. 'The State of Big Data Infrastructure', Accenture, junho de "Quase um terço dos projetos de BI não atingem os objetivos de negócios", ComputerWeekly, janeiro de ' For big data scientists, 'janitor work' is the biggest obstacle', New York Times, agosto de /08/18/technology/for-big-data-scientists-hurdle-toinsights-is-janitor-work.html 5. 'Simplify your analytics strategy', Harvard Business Review, junho de https://hbr.org/2015/06/simplify-youranalytics-strategy

Como o Dynamics 365 Operations pode ajudar a gerir melhor o seu negócio. Novo produto da Microsoft surgiu para facilitar o dia a dia dos gestores

Como o Dynamics 365 Operations pode ajudar a gerir melhor o seu negócio. Novo produto da Microsoft surgiu para facilitar o dia a dia dos gestores Como o Dynamics 365 Operations pode ajudar a gerir melhor o seu negócio Novo produto da Microsoft surgiu para facilitar o dia a dia dos gestores Índice INTRODUÇÃO...1 O QUE É O DYNAMICS 365...4 QUAIS OS

Leia mais

Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP

Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP Virtualização: Para vencer a complexidade da TI ABERDEEN GROUP 1 A luta da TI é real Lutar faz parte da vida. Todos os dias, tanto em nossa vida pessoal quanto profissional, lutamos para fazer nosso melhor,

Leia mais

10 RAZÕES P A R A A T E R C E I R I Z A Ç Ã O D A Á R E A D E T. I.

10 RAZÕES P A R A A T E R C E I R I Z A Ç Ã O D A Á R E A D E T. I. 10 RAZÕES P A R A A T E R C E I R I Z A Ç Ã O D A Á R E A D E T. I. A Alerta Security desenvolveu uma metodologia para ajudar as empresas a manter o foco em sua atividade fim, tornando-se, assim, cada

Leia mais

COMO BIG DATA E BUSINESS ANALYTICS PODEM MUDAR O RUMO DO SEU NEGÓCIO

COMO BIG DATA E BUSINESS ANALYTICS PODEM MUDAR O RUMO DO SEU NEGÓCIO COMO BIG DATA E BUSINESS ANALYTICS PODEM MUDAR O RUMO DO SEU NEGÓCIO Com o Big Data, o volume de dados produzidos e a diversidade de novas fontes de dados que apareceram nos últimos anos, organizações

Leia mais

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva AMM Paraná 1 Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva, PMP AMM Paraná 2 A população mundial está crescendo e a produção de alimentos

Leia mais

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei Filme BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei almassei@gmail.com » A quantidade de informação gerada hoje pelos sistemas de informação dobra a cada 14 meses!» 90% dos dados no mundo hoje foram criados

Leia mais

Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento,

Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento, Isabela Pimentel Com a evolução das ferramentas, o que era encarado apenas como uma ferramenta de monitoramento passou ser um canal de diálogo e relacionamento, mudando de buzz monitoring para social

Leia mais

Cinco etapas para a análise de autoatendimento escalonável

Cinco etapas para a análise de autoatendimento escalonável Cinco etapas para a análise de autoatendimento escalonável Acesso de autoatendimento aos dados mais do que apenas uma tendência, essa é a nova regra. A revolução dos dados chegou e trouxe com ela a análise

Leia mais

A Webbertek é a melhor escolha. Abra e entenda por quê.

A Webbertek é a melhor escolha. Abra e entenda por quê. A Webbertek é a melhor escolha. Abra e entenda por quê. Pense no que a solução certa pode fazer pelo seu negócio. PROJETO PRODUTOS SERVIÇOS SOLUÇÃO INTEGRADA CONHEÇA A NOSSA HISTÓRIA Um sonho fez tudo

Leia mais

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS Faculdade de Tecnologia SENAC GO Gestão de Pessoas Professor: Itair Pereira da Silva Grupo: Luís Miguel Nogueira de Resende, Valdivino de Carvalho, Rodrigo Neres Magalhães e Venicyus Venceslencio da Paz.

Leia mais

SEGMENTO DE CERVEJARIA ARTESANAL_ APRESENTAÇÃO DE SOFTWARE

SEGMENTO DE CERVEJARIA ARTESANAL_ APRESENTAÇÃO DE SOFTWARE SEGMENTO DE CERVEJARIA ARTESANAL_ APRESENTAÇÃO DE SOFTWARE DESEMPENHO E QUALIDADE_ O Open Manager é um sistema de gestão empresarial dinâmico e intuitivo, aplicado a gerenciar e operacionalizar processos

Leia mais

Business Case (Caso de Negócio)

Business Case (Caso de Negócio) Terceiro Módulo: Parte 5 Business Case (Caso de Negócio) AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Business Case: Duas

Leia mais

Os processos de segurança da informação devem assegurar a integridade, a disponibilidade e a confidencialidade dos ativos de informação da Apex.

Os processos de segurança da informação devem assegurar a integridade, a disponibilidade e a confidencialidade dos ativos de informação da Apex. 1 POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Disposições Gerais Os sistemas de informação, a infraestrutura tecnológica, os arquivos de dados e as informações internas ou externas, são considerados importantes

Leia mais

O omnichannel não é mais opcional. Experiência do cliente conectado ao contact center

O omnichannel não é mais opcional. Experiência do cliente conectado ao contact center O omnichannel não é mais opcional Experiência do cliente conectado ao contact center Conteúdo Introdução...3 A explosão do canal...4 Encontre seus clientes onde eles estiverem...5 Como criar uma experiência

Leia mais

DISCIPLINA: Administração de Sistemas de Informação

DISCIPLINA: Administração de Sistemas de Informação DISCIPLINA: Administração de Sistemas de Informação Profa. Msc. Cláudia Brazil Marques PLANO DE AULA 5 01.01. PROBLEMA Identificar as tendências em SI 01.02. CONHECIMENTOS (DCN, artigo 5º) Os papéis atribuídos

Leia mais

Como criar seu ecossistema de dados com o Tableau no AWS

Como criar seu ecossistema de dados com o Tableau no AWS Como criar seu ecossistema de dados com o Tableau no AWS Migrando seu BI para a nuvem Seu BI funciona e, provavelmente, funciona muito bem. Porém, continuar capacitando seus colegas com os dados será um

Leia mais

de tecnologia P A R A EM 2016

de tecnologia P A R A EM 2016 ^ TENDENCIAS de tecnologia P A R A + RH EM 2016 Panto O RH de hoje faz + - MAIS com menos A expansão das plataformas de avaliação nas últimas décadas transformou praticamente toda a gestão de RH das empresas.

Leia mais

Veja o alô de John Chambers. O futuro é aqui agora com a Cisco TelePresence.

Veja o alô de John Chambers. O futuro é aqui agora com a Cisco TelePresence. Prospecto da empresa Veja o alô de John Chambers. O futuro é aqui agora com a Cisco TelePresence. 2010 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Este é um documento de informações públicas

Leia mais

Introdução a Sistemas de Informação

Introdução a Sistemas de Informação Introdução a Sistemas de Informação Orivaldo Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho, Fernando Fonseca & Ana Carolina Salgado Graduação 1 Introdução Sistema de Informação (SI)

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Visão Geral dos O é fundamental para o gerenciamento de um ambiente de TI, uma vez que a eficácia é seriamente comprometida se uma organização não souber quais ativos de software ela possui, onde estão

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE SERVIÇOS AVANÇADOS DO WINDOWS SERVER 2012

CONFIGURAÇÃO DE SERVIÇOS AVANÇADOS DO WINDOWS SERVER 2012 20412 - CONFIGURAÇÃO DE SERVIÇOS AVANÇADOS DO WINDOWS SERVER 2012 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Módulo 1: Implementação de serviços de rede avançados Neste módulo os alunos serão capazes de configurar recursos

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

A composição ideal para impulsionar o seu negócio.

A composição ideal para impulsionar o seu negócio. A composição ideal para impulsionar o seu negócio. 2ANOS DE ATUAÇÃO 30 + CLIENTES ATENDIDOS +40PROJETOS REALIZADOS 400 + % DE CRESCIMENTO EM 2015 Nós criamos iniciativas de marketing, comunicação e inovação

Leia mais

Monitoramento comportamental do negócio.

Monitoramento comportamental do negócio. Monitoramento comportamental do negócio. Utilização do algoritmo de previsão do tempo para monitorar comportamentos anômalos do negócio. VISÃO GERAL Cunhamos o conceito de monitoramento comportamental

Leia mais

Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard

Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard 02 Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard Transforme dados em inteligência

Leia mais

Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem

Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem Workshop HPE Transform to Cloud Folheto Página 2 Experimente a jornada de transformação da nuvem rumo ao fornecimento híbrido... rapidamente. A computação em

Leia mais

Monitor WMS. Monitoramento Automatizado de Processos

Monitor WMS. Monitoramento Automatizado de Processos Monitor WMS Monitoramento Automatizado de Processos Sobre a CPC A CPC Brasil Sistemas está a 15 anos no mercado de software, desenvolvendo as melhores soluções na área de gestão e automação de processos

Leia mais

Abordagens para Análise de Negócio

Abordagens para Análise de Negócio Terceiro Módulo: Parte 2 Abordagens para Análise de AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Abordagens para Análise

Leia mais

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROF.: KAIO DUTRA Gerenciamento da Integração do Projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar,

Leia mais

O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma.

O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma. O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma. O Método DMAIC do Lean Seis Sigma Por Cristina Werkema Como

Leia mais

Ricardo Augusto Bordin Guimarães Auditoria Administrativa Hospitalar ricardo@rgauditoria.com.br (51) 9841.7580 www.rgauditoria.com.br www.twitter.com/ricardorgaud Qualidade e Gestão em Saúde através da

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

Uma abordagem moderna para engenharia e construção

Uma abordagem moderna para engenharia e construção Uma abordagem moderna para engenharia e construção Primavera P6 Enterprise Project Portfolio Management Cloud Service As últimas décadas trouxeram mudanças dramáticas para a indústria de engenharia e construção.

Leia mais

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive

O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive 1 O Futuro da Auditoria Interna: Tendências e requisitos fundamentais do Chief Audit Executive DEFINIÇÃO DE AUDITORIA INTERNA "A auditoria interna é uma atividade independente, de garantia objetiva e consultiva,

Leia mais

Série de ebooks sobre Operações ágeis: Capítulo 1. Por que as Operações ágeis são essenciais para sua estratégia de transformação digital

Série de ebooks sobre Operações ágeis: Capítulo 1. Por que as Operações ágeis são essenciais para sua estratégia de transformação digital Série de ebooks sobre Operações ágeis: Capítulo 1 Por que as Operações ágeis são essenciais para sua estratégia de transformação digital A transformação digital requer operações de TI bimodais Há muito

Leia mais

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista.

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista. Sumário 1. Acreditar 2. Aprender a motivar 3. Criar um time inovador 4. Gerir o tempo 5. Criar e manter credibilidade no relacionamento 6. Facilitar o compartilhar com a sua equipe 7. Sobre nós 1. Acreditar

Leia mais

PRODUTIVIDADE A EFICIÊNCIA QUE VOCÊ QUER PRODUTIVIDADE SEGURANÇA SUSTENTABILIDADE GERENCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS

PRODUTIVIDADE A EFICIÊNCIA QUE VOCÊ QUER PRODUTIVIDADE SEGURANÇA SUSTENTABILIDADE GERENCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS PRODUTIVIDADE A EFICIÊNCIA QUE VOCÊ QUER GERENCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS PRODUTIVIDADE SEGURANÇA SUSTENTABILIDADE COMBINAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, TECNOLOGIA E SERVIÇOS PARA AJUDAR A CONSTRUIR SEU SUCESSO. O

Leia mais

Planejamento e Controle da Produção I

Planejamento e Controle da Produção I Planejamento e Controle da Produção I Prof. M.Sc. Gustavo Meireles 2012 Gustavo S. C. Meireles 1 Introdução Planejamento Agregado: Maximizar os resultados das operações e minimizar os riscos de tomadas

Leia mais

Utilizando a técnica PERT em projetos

Utilizando a técnica PERT em projetos 1 de 5 13/04/201 19:45 Produtos Serviços Clientes Blog Contato Utilizando a técnica PERT em projetos Publicado em 11 de abril de 2012 por Kelli Aparecida Bez Batti da Silva Mais Lidos ROI em TI: como aplicar

Leia mais

Processo de gerenciamento de capacidade

Processo de gerenciamento de capacidade Processo de gerenciamento de capacidade O fornecimento da capacidade exigida para processamento e armazenamento de dados é tarefa do gerenciamento de capacidade. Isso é feito para que o provimento desta

Leia mais

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação 2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação Objectivos de Aprendizagem Identificar várias estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar Tecnologias da Informação para confrontar

Leia mais

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Energia limpa Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Empilhadeira movida a hidrogênio H oje, quando se trata de escolher

Leia mais

Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO

Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta

Leia mais

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Apresentação Para praticar Inteligência Competitiva (IC), uma organização deve contar com o apoio de profissionais que priorizam uma administração

Leia mais

KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS Select Ferramentas para capacitar uma equipe de trabalho móvel, garantir a conformidade com políticas de segurança de TI e bloquear malware. O nível Select da Kaspersky

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Ementa do Curso O treinamento ios+swift Intro foi criado pela Catteno com o intuito de introduzir os alunos em programação de Apps para a plataforma ios (tablets e smartphones), utilizando a linguagem

Leia mais

Elimine os riscos da migração de redes de data centers

Elimine os riscos da migração de redes de data centers Elimine os riscos da migração de redes de data centers Otimize seu investimento em arquitetura e TI e reduza a complexidade e os riscos Os Cisco Data Center Migration Services ajudam empresas e prestadores

Leia mais

Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO

Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO Inteligência Competitiva Orientada para Resultados MANUAL DO CURSO ESPM - Campus Vila Olímpia Rua Gomes de Carvalho, 1195 Vila Olímpia São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção

Leia mais

CA Workload Automation for SAP

CA Workload Automation for SAP CA Workload Automation for SAP 2 A economia dos aplicativos gera novos desafios para a carga de trabalho do SAP Os negócios estão sendo cada vez mais moldados por aquilo que se tornou um mundo com base

Leia mais

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis A oportunidade Na medida em que a computação em nuvem dá origem a novas e poderosas capacidades, ela oferece o potencial de aumentar a produtividade,

Leia mais

Introdução 03. O que são KPIs 05. A importância dos KPIs na gestão de projetos 08. Como definir os KPIs de um projeto 11

Introdução 03. O que são KPIs 05. A importância dos KPIs na gestão de projetos 08. Como definir os KPIs de um projeto 11 O GUIA COMPLETO Introdução 03 O que são KPIs 05 A importância dos KPIs na gestão de projetos 08 Como definir os KPIs de um projeto 11 Os principais KPIs de um projeto 15 Como monitorar os KPIs de um projeto

Leia mais

[Digite texto] XLabs. Web App Firewall. formation Security

[Digite texto] XLabs. Web App Firewall. formation Security [Digite texto] XLabs Web App Firewall formation Security bs.com.br XLabs Web Application Firewall Visão Geral Utilize os Serviços de Especialistas para a Proteção dos seus aplicativos Web. Breve Explicação

Leia mais

TS04. Teste de Software PLANOS DE TESTE. COTI Informática Escola de Nerds

TS04. Teste de Software PLANOS DE TESTE. COTI Informática Escola de Nerds TS04 Teste de Software PLANOS DE TESTE COTI Informática Escola de Nerds 1. PLANOS DE TESTE. Tipos de Testes de Software Teste Funcional Uma especificação funcional é uma descrição do comportamento esperado

Leia mais

Analytics total Ciência de dados para monetizar o negócio

Analytics total Ciência de dados para monetizar o negócio Analytics total Ciência de dados para monetizar o negócio Organizações do conhecimento O aumento da disponibilidade dados e a sofisticação de ferramentas analíticas oferecem uma oportunidade para as empresas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Modelo

Leia mais

Processos de Gerenciamento de Projetos. Parte 02. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Processos de Gerenciamento de Projetos. Parte 02. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza Processos de Gerenciamento de Projetos Parte 02 CSE-301 / 2009 / Parte 02 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração:

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? Houve uma proliferação das ofertas de nuvem pública, e a nuvem privada se popularizou. Agora, a questão é como explorar o potencial

Leia mais

Gestão de Processos. Gestão de Processos na Saúde. Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos

Gestão de Processos. Gestão de Processos na Saúde. Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos Gestão de Processos na Saúde Marcelo.Aidar@fgv.br 1 Gestão de Processos Identificação, mapeamento, redesenho e aprimoramento dos processos 2 O Ambiente de Negócios e os Stakeholders AMBIENTE DE AÇÃO INDIRETA

Leia mais

O PAPEL ESTRATÉGICO DA CONTROLADORIA E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (RI) 2ª. PARTE: FOCO NA CONTROLADORIA E NAS GESTÃO DAS INFORMAÇÕES

O PAPEL ESTRATÉGICO DA CONTROLADORIA E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (RI) 2ª. PARTE: FOCO NA CONTROLADORIA E NAS GESTÃO DAS INFORMAÇÕES O PAPEL ESTRATÉGICO DA CONTROLADORIA E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (RI) 2ª. PARTE: FOCO NA CONTROLADORIA E NAS GESTÃO DAS INFORMAÇÕES Eraldo Soares Peçanha 51 Principais Papéis da Controladoria 1. DAR

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Módulo 2 Alinhamento entre TI e Estratégia de Negócio. Dinâmica 1 Discutir, em grupos, a seguinte questão: Para manter-se competitiva, em termos de inovação tecnológica, qual seria

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Requisitos de Sistemas

Requisitos de Sistemas Requisitos de Sistemas Unidade II - Processos de Negócio Identificação Conceitos Modelagem - BPM - UML Processos x Requisitos 1 Processo de negócio CONCEITO Um processo de negócio, processo organizacional

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Prof. Sales Filho GERÊNCIA DE PROJETOS AULA 04 1 Objetivos Apresentar a gerência de projetos de software e descrever as suas características particulares; Discutir o planejamento

Leia mais

Broota Brasil. Promova sua rodada

Broota Brasil. Promova sua rodada Broota Brasil Promova sua rodada Divulgação Quando chega a hora de divulgar a oportunidade de investimento, é importante alcançar as pessoas certas. Como empreendedor, saiba quais os investidores que são

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Por Microware Uma nova abordagem onde a T.I.C. desempenha papel chave na transformação da estratégia, estrutura, cultura e processos de uma empresa utilizando o alcance e o poder

Leia mais

Introdução a Gerencia de Projetos

Introdução a Gerencia de Projetos MBA EM GERENCIA DE PROJETOS Introdução a Gerencia de Projetos Rogério Santos Gonçalves 1 Agenda 1. Introdução ao Curso de Gerencia de Projetos 2. Conceitos Básicos sobre Gerenciamento de Projetos. 1. O

Leia mais

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Bernardo Grassano 1, Analia Irigoyen Ferreiro Ferreira 2, Mariano Montoni 3 1 Project Builder Av. Rio Branco 123, grupo 612, Centro

Leia mais

Sites de candidatos políticos servem para alguma coisa?

Sites de candidatos políticos servem para alguma coisa? Sites de candidatos políticos servem para alguma coisa? Índice SITES DE CANDIDATOS POLÍTICOS SERVEM PARA ALGUMA COISA? Introdução 2 Por que ter um website é importante? 3 Interatividade é a peça-chave!

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL *

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * Alex SILVA 1 ; Marcelo Stehling de CASTRO 2 1 Dicente do curso de pós-graduação lato sensu EMC/UFG alexf16@hotmail.com; 2 Docente do curso de Especialização

Leia mais

Sistemas de Informação e Decisão. Douglas Farias Cordeiro

Sistemas de Informação e Decisão. Douglas Farias Cordeiro Sistemas de Informação e Decisão Douglas Farias Cordeiro Decisão Tomamos decisões a todo momento! O que é uma decisão? Uma decisão consiste na escolha de um modo de agir, entre diversas alternativas possíveis,

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. Introdução ao gerenciamento de projeto

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. Introdução ao gerenciamento de projeto Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública Introdução ao gerenciamento de projeto O que é um Projeto? Um projeto é um complexo e não rotineiro esforço único limitado por tempo, orçamento, recursos

Leia mais

Como aliar sustentabilidade e tecnologia. Como aliar sustentabilidade e tecnologiav facebook.com/bigideiatv

Como aliar sustentabilidade e tecnologia. Como aliar sustentabilidade e tecnologiav facebook.com/bigideiatv Como aliar sustentabilidade e tecnologia 1 Índice 3 Introdução 8 Inspire-se em outras empresas 4 Avalie seus processos 9 Elimine excessos e desperdícios 5 Busque novas soluções 10 Conclusão 6 Pesquise

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas: Fator de sucesso em negócios voltados para TI

Desenvolvimento de Pessoas: Fator de sucesso em negócios voltados para TI I INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Pós-Graduação Aperfeiçoamento Gestão e Tecnologia da Informação Turma 13 19 de março 2014 Desenvolvimento de Pessoas: Fator de sucesso em negócios voltados para TI Brisa

Leia mais

Memorex Itil v.3. Paulo Marcelo 27/01/2011

Memorex Itil v.3. Paulo Marcelo 27/01/2011 2011 Memorex Itil v.3 Paulo Marcelo 27/01/2011 2 MEMOREX ITIL V3 Sétimo memorex voltado aos profissionais de TI. Em seu conteúdo o concurseiro encontrará um compilado sobre o framework Itil versão 3 e

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 2.2 Sistemas Empresariais: ERP SCM 1 Sistema empresarial Constitui uma estrutura centralizada para uma organização e garante que as informações possam ser compartilhadas

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos 1 Sem fronteiras para o conhecimento MS Project para Gerenciamento de Projetos 2 MS Project para Gerenciamento de Projetos Em projetos, planejamento e gerenciamento são as palavras chaves para o sucesso.

Leia mais

SOLUÇÕES DIGITAIS EM PROCESSOS, PETRÓLEO & GÁS E ENERGIA

SOLUÇÕES DIGITAIS EM PROCESSOS, PETRÓLEO & GÁS E ENERGIA SOLUÇÕES DIGITAIS PA R A A P L I C A Ç Õ E S H Í D R I C A S, EM PROCESSOS, PETRÓLEO & GÁS E ENERGIA A INTE R NE T I ND USTR I AL Digital Industrial consiste na fusão dos mundos físico e digital, e a GE

Leia mais

Sistemas de Informação Dashboards. Sofia Costa

Sistemas de Informação Dashboards. Sofia Costa Sistemas de Informação Dashboards SSC0530 Sofia Costa 02.06.2014 Tipos de Sistemas de Informação (SI) Sistemas de apoio às funções básicas de uma empresa Tipos de Sistemas de Informação (SI) Sistema do

Leia mais

Leonardo Framil CEO da Accenture no Brasil e na América Latina Guilherme Horn Diretor Executivo de Inovação

Leonardo Framil CEO da Accenture no Brasil e na América Latina Guilherme Horn Diretor Executivo de Inovação 2 Investir em inovação aberta no Brasil é contribuir para a competitividade, com criatividade e inteligência nos negócios. O UP Innovation Lab surge para apoiar esta necessidade e estimula empreendedores

Leia mais

Mensagem de boas-vindas. 1. Formação 2. Negócio. 3. Rentabilidade. O que ganhar com o nosso Grupo?

Mensagem de boas-vindas. 1. Formação 2. Negócio. 3. Rentabilidade. O que ganhar com o nosso Grupo? Mensagem de boas-vindas Procuras uma atividade interessante, em contínuo crescimento, rentável e de futuro? Junta-te à nossa rede de agentes de Serviços-Xpo. Aqui vais tornar-te num profissional de vendas

Leia mais

Único - Considerando sua finalidade, são atribuições gerais do Centro de Informática:

Único - Considerando sua finalidade, são atribuições gerais do Centro de Informática: TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Centro de Informática da Universidade Pedagógica - CIUP é um orgão central técnico e académico virada para a área de serviços, desenvolvimento

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com TECNOLOGIA

Leia mais

INTELIGÊNCIA NEGÓCIOS RESULTADOS NEUROBUSINESS #BRAINS4BUSINESS DESENVOLVENDO NEGÓCIOS DE MÁXIMA PERFORMANCE E LUCRO!

INTELIGÊNCIA NEGÓCIOS RESULTADOS NEUROBUSINESS #BRAINS4BUSINESS DESENVOLVENDO NEGÓCIOS DE MÁXIMA PERFORMANCE E LUCRO! NEGÓCIOS INTELIGÊNCIA RESULTADOS NEUROBUSINESS #BRAINS4BUSINESS DESENVOLVENDO NEGÓCIOS DE MÁXIMA PERFORMANCE E LUCRO! O QUE É NEUROBUSINESS O Neurobusiness estuda os fenômenos humanos nas interações entre

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 4 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 4-03/05/2006 1 Modelos Prescritivos de Processo Modelo em cascata Modelos incrementais Modelo incremental Modelo RAD Modelos

Leia mais

As Inteligências: arsenal de competitividade e conhecimento para vencer a guerrilha empresarial

As Inteligências: arsenal de competitividade e conhecimento para vencer a guerrilha empresarial As Inteligências: arsenal de competitividade e conhecimento para vencer a guerrilha empresarial Daniela Ramos Teixeira A Inteligência vem ganhando seguidores cada vez mais fiéis, sendo crescente o número

Leia mais

Marketing Analítico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Marketing Analítico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro

Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro Módulo 1 Liderança e Gestão de Lojas de Varejo Tema 3 - Liderança Liderança Liderança: Como liderar uma equipe de vendas? Quais as habilidades

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS 9 ÁREAS DE CONHECIMENTO DE GP / PMBOK / PMI DEFINIÇÃO O Gerenciamento de Integração do Projeto envolve os processos necessários para assegurar

Leia mais

QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS. Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo

QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS. Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo Se você não está seguindo essas 4 dicas, você provavelmente está perdendo

Leia mais

Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos

Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos Padrões de avaliação de abastecimento de pedidos Comece com as três métricas principais e melhore seu desempenho de abastecimento de pedidos automação 1 Padrões que de avaliação traz resultados de abastecimento

Leia mais

SÃO PAULO BELO HORIZONTE BRASÍLIA PORTO ALEGRE SALVADOR

SÃO PAULO BELO HORIZONTE BRASÍLIA PORTO ALEGRE SALVADOR SÃO PAULO +55 11 3179-6700 BELO HORIZONTE +55 31 3555-3441 BRASÍLIA +55 61 2196-7727 PORTO ALEGRE +55 51 3017-1323 SALVADOR +55 71 2202-6029 RIO DE JANEIRO +55 21 3554-6668 A BRASOFTWARE Fundada em 1987,

Leia mais

Fibria Celulose: otimização do plantio e de processos industriais com SAP Predictive Analysis on HANA

Fibria Celulose: otimização do plantio e de processos industriais com SAP Predictive Analysis on HANA SAP Business Transformation Study Celulose Fibria Celulose Fibria Celulose: otimização do plantio e de processos industriais com SAP Predictive Analysis on HANA Líder mundial na produção de celulose branqueada

Leia mais

PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA

PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA PROJETO INTEGRADO AULA 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROF.: KAIO DUTRA O que é um Projeto? Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

QUANTIFICAÇÃO DO RISCO DE ATAQUES DDOS PARA A EMPRESA TRADICIONAL

QUANTIFICAÇÃO DO RISCO DE ATAQUES DDOS PARA A EMPRESA TRADICIONAL QUANTIFICAÇÃO DO RISCO DE ATAQUES DDOS PARA A EMPRESA TRADICIONAL Março de 2016 A simples análise de Monte Carlo realizada pelo Aberdeen Group utiliza dados empíricos para mostrar que um investimento incremental

Leia mais

Arezzo&Co s Investor Day

Arezzo&Co s Investor Day Arezzo&Co s Investor Day Tecnologia da informação aplicada ao varejo Kurt Richter Diretor de TI 1 Plano estratégico O plano estratégico de TI está bastante alinhado com a visão de longo prazo da Companhia

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação. Aula 7- Novas Tecnologias de Sistemas nos negócios

Administração de Sistemas de Informação. Aula 7- Novas Tecnologias de Sistemas nos negócios Aula 7- Novas Tecnologias de Sistemas nos negócios Conteúdo Programático desta aula Conhecer os conceitos básicos de Sistemas Especialistas; e identificar os Impactos Éticos e Sociais causados pelo uso

Leia mais

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon Metodologias de PETI Prof. Marlon Marcon PETI O PETI é composto de: Planejamento Estratégico da organização, que combina os objetivos e recursos da organização com seus mercados em processo de transformação

Leia mais

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Ciclos de Vida 1 Ciclo de Vida de um Produto Qualquer desenvolvimento de produto inicia com uma idéia e termina com o produto pretendido. O ciclo de vida de um produto

Leia mais