Simulado Vestibular UNIFEMM 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Simulado Vestibular UNIFEMM 2012"

Transcrição

1 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Atenção! Só abra quando autorizado. 1. Quando for dada a ordem, abra este caderno e confira a impressão. Constatado algum defeito, solicite a substituição do caderno. 2. Ao receber a FOLHA DE RESPOSTAS, confira o cabeçalho e assine no espaço próprio. 3. Transfira as respostas do CADERNO DE PROVA para a FOLHA DE RESPOSTA da seguinte maneira: use apenas caneta esferográfica azul ou preta para as marcações; preencha o interior do quadrinho referente à alternativa que julgar como resposta, conforme o exemplo ao lado; assinale somente uma alternativa em cada questão. Não deixe nenhuma questão sem resposta; 4. A interpretação das questões faz parte da prova. Nenhuma dúvida poderá ser solucionada pelos aplicadores. 5. É totalmente vetada a utilização de dicionários ou calculadoras em qualquer uma das provas. 6. Qualquer instrumento eletrônico de comunicação deve ser desligado. EXEMPLO DE PREENCHIMENTO DA FOLHA DE RESPOSTAS 01 A B C D 02 A B C D 03 A B C D 04 A B C D Este caderno contém 48 questões retiiradas das provas do ENEM, dos vestibulares anteriores do UNIFEMM ou do banco de questões da COPEVE/UNIFEMM. Cuide bem da Folha de Respostas; ela é a sua prova. ATENÇÃO A prova tem duração de 2 horas. Início: 13h30. Término: 15h30. RESULTADO: 1 de novembro de O resultado será divulgado pela internet, no site: a partir das 12 horas. O RESULTADO NÃO SERÁ INFORMADO POR TELEFONE. O 1 o classificado geral deste Simulado terá gratuidade na matrícula no 1 o período de um dos cursos do UNIFEMM, caso seja aprovado no processo seletivo Vestibular UNIFEMM 01/2012. Veja o regulamento no site

2 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 01/07 Língua Portuguesa e Literatura Heróis de vida curta Clemente Nóbrega O Wal-Mart anda hoje meio caído (crise da meia-idade, dizem). A Dell também tem vacilado (perdeu a liderança mundial para a HP). Então, como fica esse papo de vantagem competitiva via inovação operacional, da qual ambos têm sido ícones nas últimas décadas? Fica onde está: no topo das prioridades de quem quer inovar. Inovação gera dinheiro novo, não dinheiro eterno. Sendo infinita enquanto durar já está ótimo. Pergunte a quem comprou ações do Wal- Mart nos anos 60. Não existe vantagem competitiva sustentável. Demorou 25 anos para entendermos isso, mas hoje sabemos: empresas não inovam, o mercado é que inova. A GE evoluiu como corporação, mas as unidades de negócio que a compõem, não: foram continuamente substituídas por outras ao longo do tempo. É essa entrada de novos formatos de negócio no mercado que gera riqueza, não a melhoria dos formatos ancestrais. Os avós de nossos avós compravam artigos de primeira necessidade numa vendinha, um tipo de comércio que foi substituído pelo empório, depois por armazéns de secos e molhados, mais tarde por cadeias de armazéns com marca, por supermercados com atendimento de balcão em seguida, então por autoserviço, até os hipermercados de hoje. Esses e outros formatos foram viabilizados por tecnologias novas. As vendas por catálogo, por exemplo, foram viabilizadas pelo telégrafo, pela estrada de ferro e pelo correio. A elite rural recebia os famosos catálogos da Sears, encomendava suas mercadorias pelo correio e elas chegavam de trem. Tecnologias co-evoluindo é que geram riqueza. A Sears foi a maior máquina de marketing da primeira metade do século 20. Alguém ainda ouve falar dela? Você pode jurar que o Google ou a Apple, as feras inovadoras de hoje, não manterão esse pique amanhã. Amanhã pode ser dez ou 50 anos, mas que ele vai acabar, vai. A dinâmica dos mercados garante isso - uma espécie de lei de Newton do mundo da inovacão. Já tem gente resmungando que o iphone da Apple, ainda não lançado, está condenado. Pode nascer morto, diz The Economist. Seu excepcional design não vai compensar o preço alto e a tecnologia wireless ultrapassada. Quem vai vencer é o Ocean, produto de uma empresa chamada Helio, da qual você nunca ouviu falar. Custará metade do preço do iphone; design bacaninha, mas não espetacular, e tecnologia wireless muito melhor. Se acontecer, o iphone será uma inovação que foi sem nunca ter sido. As empresas vivem dominadas pela tensão entre o hoje e o amanhã - invisto meus recursos (sempre escassos) na execução do hoje ou no preparo do crescimento de amanhã?. No mundo dos negócios, chamam isso de dilema exploit-explore. Eduardo Giannetti identificaria aqui outro aspecto daquilo que chamou de problema das escolhas intertemporais em seu livro O Valor do Amanhã. É um tema vital para pessoas e para empresas. No mundo corporativo, é o mau gerenciamento dessa coisa que está por trás de todas as histórias de colapso. Heróis de hoje irrelevantes ou mortos amanhã. Voltarei a isso. QUESTÃO 01 A que coisa se refere o autor no último parágrafo do texto? A) tempo B) negócios C) empresa D) recursos QUESTÃO 02 Com a frase Não existe vantagem competitiva sustentável, Clemente afirma que, no mercado, A) ninguém tem vantagem B) a competição não é sustentável C) nenhuma vantagem é para sempre D) é necessário pensar no meio ambiente QUESTÃO 03 Se acontecer, o iphone será uma inovação que foi sem nunca ter sido. Isso, segundo o texto, terá como causas fundamentais: A) alta tecnologia e bom preço B) excepcional design e preço alto C) melhor preço e design bacaninha D) preço alto e tecnologia ultrapassada QUESTÃO 04 Dentre as palavras usadas no texto, todas as alternativas indicam significado conveniente, EXCETO em: A)... por trás de todas as histórias de colapso histórias de insucesso B) Heróis de hoje irrelevantes heróis de expressão C) formatos ancestrais formatos antigos D) Tecnologias co-evoluindo é que geram riqueza. - tecnologias evoluindo ao mesmo tempo

3 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 02/07 QUESTÃO 05 Com a frase Sendo infinita enquanto durar já está ótimo, Clemente estabelece um diálogo intertextual com o Soneto de Fidelidade de Vinícius de Morais. Leia o soneto transcrito a seguir. De tudo, ao meu amor serei atento Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou seu contentamento. E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama Eu possa me dizer do amor (que tive): Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure. A partir do poema e do texto, repensando a expressão intertextualizada por Clemente, podemos depreender que A) são infinitas as inovações e elas não são duradouras. B) inovar não altera nada, porque a inovação não é duradoura. C) as inovações podem dar lucros infinitos e durarem pouco. D) nem sempre a inovação é garantia de estabilidade. QUESTÃO 06 O texto apresenta o vocábulo auto-serviço. Quanto à escrita de palavras com o prefixo auto, só há correção em: A) auto-estrada, auto-retrato, autobiografia B) automóvel, auto-crítica, auto-suficiente C) automotivo, auto-escola, auto-peça D) auto-sugestão, autoanálise, auto-educação QUESTÃO 07 Nos trechos abaixo, foram apontadas intertextualidades feitas por Nóbrega. A única relação falsa é: A)...Pode nascer morto, diz The Economist... - citação B)...Sendo infinita enquanto durar já está ótimo. - paráfrase C)...que chamou de problema das escolhas intertemporais em seu livro O Valor do Amanhã.. - referência D)... invisto meus recursos (sempre escassos) na execução do hoje ou no preparo do crescimento de amanhã? - paródia QUESTÃO 09 O poeta Vinícius de Morais é um dos nomes consagrados da Literatura Brasileira. Todas as afirmativas abaixo sobre a filiação do poeta aos estilos literários brasileiros estão corretas, EXCETO em A) Foi integrante do Modernismo de 1ª fase, devido às suas composições de letras de música popular, muito comuns nesse período. B) Pertenceu ao movimento denominado Parnasianismo, motivo por que escreveu muitos belíssimos sonetos, como o desta questão. C) Pertenceu a mais de uma Fase do Modernismo brasileiro, sendo sua expressão literária variada e contemporânea. D) Escreveu durante o Romantismo, por isso, suas poesias de amor são ingênuas, endeusam a mulher e falam de um amor idealizado. QUESTÃO 10 Que grupo de palavras tem acento pelo mesmo motivo? A) até já está avós B) comércio empório espécie C) caído últimas substituídas D) máquina alguém negócio QUESTÃO 11 Em alguns casos, um mesmo adjetivo colocado antes do substantivo tem sentido diferente do que teria se fosse colocado depois dele. Em qual alternativa o adjetivo não muda de sentido? A) novo dinheiro dinheiro novo B) famosos catálogos catálogos famosos C) eterno dinheiro dinheiro eterno D) novas tecnologias tecnologias novas QUESTÃO 12 Em todas as alternativas a seguir, registra-se o uso informal da língua portuguesa, EXCETO em: A) Custará metade do preço do iphone; design bacaninha, mas não espetacular... B) Então, como fica esse papo de vantagem competitiva via inovação operacional... C) Já tem gente resmungando que o iphone da Apple, ainda não lançado... D) As empresas vivem dominadas pela tensão entre o hoje e o amanhã... QUESTÃO 08 A principal função da linguagem expressa no texto é A) poética C) conativa B) emotiva D) referencial

4 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 03/07 QUESTÃO 13 Um cubo de madeira com aresta medindo 1 metro é dividido em cubos de 1 cm de aresta. Depois disso, todos os cubinhos são empilhados, um sobre o outro, formando uma coluna. A altura dessa coluna é: A) 1 Km C) 100 Km B) 10 Km D) 1000 Km QUESTÃO 14 Uma praça localizada em Sete Lagoas é perfeitamente plana e tem o formato retangular, com 150 metros de comprimento e 80 metros de largura. Se Pedro e Ana estão, num mesmo instante, nessa praça, a maior distância possível entre eles será: A) 150 m C) 230 m B) 170 m D) 283 m QUESTÃO 15 Numa turma de 3º ano do Ensino Médio, o número de alunos canhotos é igual a 25% do número de alunos destros. Qual é a porcentagem de alunos destros nessa turma? A) 50% C) 75% B) 60% D) 80% QUESTÃO 16 Ely comprou um terreno, em formato retangular, de 120 metros de comprimento por 80 metros de largura. Por questões ambientais e estéticas, Ely resolveu reservar duas faixas de mesma largura nas laterais do terreno (conforme mostra a figura) para o plantio de eucaliptos. Qual deve ser a largura de cada uma das faixas para que a área destinada ao plantio dos eucaliptos corresponda a 20% da área total do terreno? 120m 80m A) 6m C) 10m B) 8m D) 12 m QUESTÃO 17 Para um sorteio foram colocadas bolas numeradas de 1 a 9 numa urna e sorteadas, simultaneamente e aleatoriamente, duas delas. Com os algarismos sorteados formou-se um número de dois algarismos. Pedro apostou com Paulo que esse número seria par. Qual a probabilidade de Pedro vencer a aposta? A) 4/9 C) 3/4 B) 1/2 D) 1/3 QUESTÃO 18 A sombra de uma pessoa que tem 1,80 m de altura mede 60 cm. No mesmo momento, a seu lado, a sombra projetada de um poste mede 2,00 m. Se, mais tarde, a sombra do poste diminuiu 50 cm, a sombra da pessoa passou a medir: A) 30 cm C) 50 cm B) 45 cm D) 80 cm QUESTÃO 19 Leonardo está vestido com calça azul e blusa branca quando está iluminado por luz branca. Ao entrar no interior de um laboratório de fotografia que é iluminado apenas com luz monocromática vermelha, a calça e a blusa de Leonardo serão vistos, respectivamente, com as cores: A) Preta e vermelha. C) Azul e branca. B) Preta e branca. D) Azul e vermelha. QUESTÃO 20 Numa aula de Física, o Professor Carlos Heitor apresenta a seus alunos esta experiência: dois blocos um de alumínio e outro de ferro, de mesma massa e,inicialmente, à temperatura ambiente, recebem a mesma quantidade de calor, em determinado processo de aquecimento. O calor específico do alumínio e o do ferro são, respectivamente, 0,90 J / (g. o C) e 0,46 J / (g. o C). Questionados quanto ao que ocorreria em seguida, dois dos alunos, Alexandre e Lorena, fazem, cada um deles, um comentário: Alexandre: Ao final desse processo de aquecimento, os blocos estarão à mesma temperatura. Lorena: Após esse processo de aquecimento, ao se colocarem os dois blocos em contato, fluirá calor do bloco de ferro para o bloco de alumínio. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que A) apenas o comentário de Alexandre está certo. B) apenas o comentário de Lorena está certo. C) ambos os comentários estão certos. D) nenhum dos dois comentários está certo. QUESTÃO 21 A terceira Lei de Kepler afirma que os quadrados dos tempos de revolução dos planetas são proporcionais aos cubos de suas distâncias médias ao sol. De acordo com essa lei é correto afirmar que: A) A reta que une um planeta ao Sol varre áreas iguais em tempos iguais. B) A Terra leva mais tempo para dar uma volta em torno do Sol do que Mercúrio. C) Quanto mais afastado do Sol maior será a velocidade dos planetas. D) Todos os planetas do sistema solar têm a mesma velocidade angular.

5 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 04/07 QUESTÃO 22 Observe o trecho abaixo: As disputas eleitorais também davam origem às chamadas eleições a bico de pena, ou seja, eleições fraudulentas em que se registravam votos de pessoas que não existiam ou que já haviam falecido. O texto acima trata do período político no Brasil intitulado: A) Primeira República. B) Segunda República. C) Nova República. D) II Reinado. QUESTÃO 23 Em um programa de televisão, um especialista, ao ser entrevistado, apresentou as seguintes características de uma das regiões brasileiras: - É a segunda maior do País em total de população, embora seja a última em muitos outros indicadores sociais. - Continua perdendo o controle de suas atividades econômicas para o exterior e, em especial, para a Região Sudeste, no Brasil. - Possui uma rede urbana ainda muito simples, com macrocefalia de suas metrópoles principais. O especialista, durante essa entrevista, se referiu à Região A) Norte. C) Centro-Oeste. B) Nordeste. D) Sul. QUESTÃO 24 Assinale a alternativa que completa corretamente a frase abaixo. Para definir um clima é importante considerar um conjunto distinto de fatores climáticos. Estes fatores são: A) latitude, altitude e relevo. B) longitude, massas de ar e continentalidade. C) corrente marinhas, frente fria e chuvas. D) vegetação, ciclones e maritimidade. QUESTÃO 25 A partir do final do século XX, surgiu no Brasil uma série de movimentos sociais que se caracterizaram como diferenciados dos movimentos anteriores. São movimentos diferenciados porque passaram a exigir o que até então não era considerado pela sociedade civil. Entre esses movimentos podemos destacar, entre outros, os movimentos ecológicos, os sexuais e étnicos. Em relação aos movimentos contra o racismo, qual das frases abaixo NÃO corresponde como definição de preconceito: A) Conceituação verdadeira de algo já conhecido. B) Conclusões, assertivas e julgamento verdadeiro sobre conceitos não totalmente conhecidos. C) Analise superficial ou aparente quando se tenta julgar alguém ou uma situação. D) Determinação de algo como verdadeiro quando se trata de raça, religião, sexo. QUESTÃO 26 A escolha dos ministros por parte de um príncipe não é coisa de pouca importância: os ministros serão bons ou maus, de acordo com a prudência que o príncipe demonstrar. A primeira impressão que se tem de um governante e da sua inteligência é dada pelos homens que o cercam. Quando estes são eficientes e fiéis, pode-se sempre considerar o príncipe sábio, pois foi capaz de reconhecer a capacidade e manter fidelidade. Mas quando a situação é oposta, pode-se sempre dele fazer mau juízo, porque seu primeiro erro terá sido cometido ao escolher os assessores. (MAQUIAVEL, Nicolau. O Príncipe. Trad. de Pietro Nassetti. São Paulo: Martin Claret, p. 136.) Com base no texto acima é CORRETO afirmar: A) O povo distingue e julga, separadamente, as atitudes do príncipe daquelas de seus ministros. B) As atitudes do príncipe são livres da influência dos ministros que ele escolhe para governar. C) Basta que o príncipe seja bom e virtuoso para que seu governo obtenha pleno êxito e seja reconhecido pelo povo. D) Um príncipe e seu governo são avaliados também pela escolha dos ministros. QUESTÃO 27 Leia o seguinte fragmento de texto: A guerra, apesar de caracterizar desde tempos imemoriais, a vida internacional, é uma situação limite. Representa a abolição, durante sua vigência, de um dos mais antigos tabus da espécie humana a proibição do homicídio, base do direito à vida, hoje considerado o mais intangível dos direitos humanos (...). A Carta da ONU exprime este anseio de paz. Almeja, como diz seu preâmbulo, preservar as gerações futuras do flagelo da guerra. (Celso Lafer. A ONU e os direitos humanos. Estudos Avançados 9 [25], 1995, p. 169). Com base na leitura do texto acima e em seus conhecimentos, analise as afirmativas abaixo e marque a opção que contém uma afirmativa FALSA: A) A confrontação ideológica que se caracterizou o mundo bipolar da Guerra Fria, legitimada pela Carta da ONU foi uma experiência modelo para o desenvolvimento dos direitos humanos. B) A Carta da ONU amparou-se nas críticas ao Holocausto e dos campos de concentração como ataque à vida. C) A Carta da ONU levou em conta a destrutividade técnica dos instrumentos bélicos da Segunda Guerra Mundial, inclusive a bomba atômica e a experiência do totalitarismo. D) A Carta da ONU procurou superar uma sociedade internacional caracterizada pelo Estado de Natureza, ou seja, pelo estado de guerra de todos contra todos.

6 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 05/07 QUESTÃO 28 Sobre a geração de empregos no Brasil nas últimas décadas é possível concluir que: A) O rendimento médio dos trabalhadores tem diminuído à medida que somente cresce o desemprego. B) O estado de São Paulo não é aquele que mais se destaca na geração de empregos na atualidade, pois suas indústrias não se recuperam de uma crise econômica. C) O nível de desemprego no Brasil, nos últimos anos, só tem aumentado. D) Jovens brasileiros (assim como os dos demais países em desenvolvimento) são mais vulneráveis ao subemprego e à pobreza, enquanto os de nações mais pobres não costumam ser demitidos - eles têm as horas de trabalho ou os salários reduzidos. QUESTÃO 29 Um dos fenômenos mais discutidos da atualidade é a Globalização, a qual impacta de forma negativa: A) Nos países subdesenvolvidos, aumentando o crescimento populacional. B) No desenvolvimento econômico dos países industrializados desenvolvidos. C) Nos países subdesenvolvidos, provocando o fenômeno da exclusão social. D) Na mão de obra desqualificada, desacelerando o fluxo migratório. QUESTÃO 30 Com a perspectiva do desaparecimento das geleiras no Polo Norte, grandes reservas de petróleo e minérios, hoje inacessíveis, poderão ser exploradas. E já atiçam a cobiça das potências. KOPP, D. Guerra Fria sobre o Ártico. Le monde diplomatique Brasil. Setembro, n. 2, 2007 (adaptado). No cenário de que trata o texto, a exploração de jazidas de petróleo, bem como de minérios diamante, ouro, prata, cobre, chumbo, zinco torna-se atraente não só em função de seu formidável potencial, mas também por A) situar-se em uma zona geopolítica mais estável que o Oriente Médio. B) possibilitar o povoamento de uma região pouco habitada, além de promover seu desenvolvimento econômico. C) contribuir para a redução da poluição em áreas ambientalmente já degradadas devido ao grande volume da produção industrial, como ocorreu na Europa. D) promover a participação dos combustíveis fósseis na matriz energética mundial, dominada, majoritariamente, pelas fontes renováveis, de maior custo. QUESTÃO 31 Até o século XVII, as paisagens rurais eram marcadas por atividades rudimentares e de baixa produtividade. A partir da Revolução Industrial, porém, sobretudo com o advento da revolução tecnológica, houve um desenvolvimento contínuo do setor agropecuário. São, portanto, observadas consequências econômicas, sociais e ambientais inter-relacionadas no período posterior à Revolução Industrial, as quais incluem A) a erradicação da fome no mundo. B) o aumento das áreas rurais e a diminuição das áreas urbanas. C) a maior demanda por recursos naturais, entre os quais os recursos energéticos. D) a menor necessidade de utilização de adubos e corretivos na agricultura. QUESTÃO 32 Em certas regiões litorâneas, o sal é obtido da água do mar pelo processo de cristalização por evaporação. Para o desenvolvimento dessa atividade, é mais adequado um local A) plano, com alta pluviosidade e pouco vento. B) plano, com baixa pluviosidade e muito vento. C) plano, com baixa pluviosidade e pouco vento. D) montanhoso, com alta pluviosidade e muito vento. QUESTÃO 33 Atualmente a sociologia vem se preocupando, cada vez mais, com o fenômeno da violência no contexto social, relacionando-o com: A) O fortalecimento dos exércitos, grupos revolucionários e paramilitares em escala global. B) O desenvolvimento da comunicação eletrônica, que permite a difusão de idéias geradoras de conflitos e agressões. C) A intensificação do individualismo e da competitividade como modo de afirmação de identidade e com a difusão do consumismo como principal prática social. D) O declínio da função social das religiões, dificultando a coesão e a solidariedade entre os povos de culturas com crenças religiosas distintas. QUESTÃO 34 Um dos grandes filósofos que inspirou os ideais da Revolução Francesa foi Montesquieu. Na obra Do Espírito das Leis, ele afirma que: É uma verdade eterna: qualquer pessoa que tenha poder tende a abusar dele. Para que não haja abuso, é preciso organizar as coisas de maneira que o poder seja contido pelo poder. (MONTESQUIEU, p.138). Essa afirmação reflete: A) O liberalismo político iluminista. B) O espírito clássico renascentista. C) A filosofia política da Igreja Medieval. D) Os princípios da teoria do Direito Divino.

7 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 06/07 QUESTÃO 35 Muito se fala da preservação da flora, da fauna e da atmosfera terrestre. A poluição industrial, bastante denunciada, atinge não só os aspectos acima citados, como também os solos, suporte para todo o ecossistema acima deles. Todas as afirmativas abaixo são corretas, EXCETO: A) Nos climas quentes e úmidos onde há solos profundos, existe necessidade suplementar de proteção e conservação, principalmente nas áreas de intensa atividade agrícola. B) Os solos modificam-se continuamente, pela ação dos ventos e das enxurradas e pela ação construtiva e destrutiva dos rios. C) As técnicas de cultivo em curvas de nível, o uso de terraços do tipo patamares e o plantio com máquinas especiais são as únicas práticas de preservação dos solos benéficas a todos. D) Queimadas, desflorestamento de extensas áreas, encostas íngremes aradas na direção da maior declividade, monoculturas agrícolas e superlotação dos rebanhos nos pastos são práticas adotadas rotineiramente no Brasil. QUESTÃO 36 A cultura é simultaneamente operação inteligente exercida no mundo material e ideação operatória na esfera do pensamento. São dois aspectos distintos da realidade do mesmo agente, o homem, na integridade de sua natureza. Na verdade, aquilo a que chamamos cultura é um fenômeno humano que não possui definição única. Encontra-se na produção e no consumo de bens materiais, na variante romática da pele e na textura capilar, no sotaque e na língua, na comida, na produção de idéias e valores etc. Seria INCORRETO afirmar que: A) A cultura varia de uma sociedade para outra; B) A diversidade não é compatível com a cultura; C) A cultura é um produto social e, portanto, mutável; D) Os homens veem o mundo de acordo com sua cultura. QUESTÃO 37 Em um debate sobre o futuro do setor de transporte de uma grande cidade brasileira com trânsito intenso, foi apresentado um conjunto de propostas. Entre as propostas reproduzidas abaixo, aquela que atende, ao mesmo tempo, a implicações sociais e ambientais presentes nesse setor é A) proibir o uso de combustíveis produzidos a partir de recursos naturais. B) promover a substituição de veículos a diesel por veículos a gasolina. C) incentivar a substituição do transporte individual por transportes coletivos. D) aumentar a importação de diesel para substituir os veículos a álcool. QUESTÃO 38 Grande parte da energia existente no planeta Terra é proveniente da energia do Sol que é absorvida pela Terra. É essa energia que possibilita a vida em nosso planeta. A energia irradiada pelo Sol é resultado de um processo A) eólico; B) termoelétrico; C) hidrelétrico; D) termonuclear. QUESTÃO 39 Todos os fenômenos relatados abaixo são classificados como fenômenos químicos, EXCETO A) Obtenção da cal virgem a partir da decomposição térmica do calcário. B) Formação de ozônio (O 3 ) a partir de oxigênio molecular (O 2 ). C) Dissolução de pequenos grãos de ouro pelo mercúrio em um garimpo. D) Funcionamento de uma bateria recarregável de telefone celular. QUESTÃO 40 Todos os materiais relacionados nas alternativas seguintes são maus condutores de corrente elétrica, EXCETO A) água destilada; C) grafite; B) diamante; D) borracha. QUESTÃO 41 John Frederick Daniell, no ano de 1836, construiu uma pilha usando dois eletrodos, um de cobre e um de zinco, imersos em semi-células contendo soluções com seus respectivos íons, uma ponte salina conectada às duas semi- -células e um fio metálico. Na pilha de Daniell ocorre a semi-reação de oxidação no eletrodo de zinco e a semi-reação de redução no eletrodo de cobre. Para manter a neutralidade elétrica, íons migram através da ponte salina, que é uma solução eletrolítica que não participa diretamente das reações nos eletrodos. Considerando-se o texto acima e seus conhecimentos sobre pilhas, assinale a afirmativa INCORRETA. A) Na pilha de Daniell, elétrons se dirigem do cobre para o zinco. B) O zinco e o cobre formam, respectivamente, o ânodo e o cátodo da pilha. C) O funcionamento desta pilha é um processo espontâneo. D) Durante o funcionamento da pilha formam-se cátions de zinco.

8 Simulado Vestibular UNIFEMM 2012 Página 07/07 QUESTÃO 42 Considere o sistema abaixo, em equilíbrio num recipiente fechado: N 2(g) + 3 H 2(g) 2 NH 3(g) ; H < 0 A produção de uma maior quantidade de amônia ao se atingir o equilíbrio é favorecida por todas as ações abaixo, EXCETO A) Aumento da pressão. B) Diminuição da temperatura. C) Adição de gás nitrogênio. D) Adição de um catalisador. QUESTÃO 43 Considere um composto de cadeia carbônica aberta e que possua um grupo funcional característico da função ácido carboxílico. A respeito desse composto, assinale a alternativa ERRADA: A) Possuirá isômeros opticamente ativos se apresentar carbono quiral. B) Se possuir 2 átomos de carbono na molécula, poderá ter isômeros geométricos. C) Pode ser isômero de função de um éster de mesmo número de carbonos. D) Certamente possuirá massa molar superior a 45 g/mol. QUESTÃO 44 O estudo das estruturas presentes numa célula pode nos dizer muito a respeito da função e localização dessa célula no organismo. Células apresentando grande quantidade de microvilosidades na superfície são encontradas em: A) Glândulas exócrinas. B) Tecido adiposo. C) Substância cinzenta. D) Epitélio absortivo. QUESTÃO 45 A fibrose cística é uma doença de padrão autossômico recessivo, cuja incidência no Brasil foi estimada em 1 em cada nascidos vivos. Os principais sintomas são: pneumonias repetitivas, diarréia com gordura, desnutrição e produção de suor excessivamente salgado. Um casal em que ambos são portadores do gene para a fibrose cística tem duas crianças que apresentam a doença. Qual a probabilidade do próximo filho do casal apresentar a fibrose cística? A) 0% B) 12,5% C) 25% D) 100% QUESTÃO 46 O tratamento da gonorréia (blenorragia) está se tornando cada vez mais difícil devido ao fato de a bactéria causadora desenvolver resistência aos antibióticos. No Havaí, no período de 1997 a 1999, a resistência aos antibióticos do grupo das fluoroquinolonas aumentou de 1,4% para 9,5%. Cientistas atribuem isso à seleção natural. Qual alternativa indica melhor a atuação da seleção natural nesse contexto? A) O antibiótico criou um ambiente no qual microrganismos que possuíam resistência ao antibiótico pudessem se desenvolver. B) Os microrganismos modificaram seu código genético para evitar problemas com o antibiótico. C) O antibiótico modificou a estrutura genética dos microrganismos permitindo que eles se tornassem resistentes ao antibiótico. D) A freqüência de mutação para a resistência ao antibiótico aumentou durante esse período. QUESTÃO 47 Falhas na separação dos cromosomas durante a meiose podem resultar em gametas anormais. Tais gametas, ao participarem da fecundação geram as chamadas aneuploidias cromosômicas como a Síndrome de Down. Considere que ocorreu falha na separação de um dos pares de cromosomas homólogos durante a anáfase I da meiose. Qual será a ploidia dos quatro gametas resultantes? A) n + 1; n + 1; n - 1; n - 1 B) n + 1; n - 1; n - 1; n - 1 C) n - 1; n - 1; n; n D) n + 1; n - 1; n; n QUESTÃO 48 Uma molécula de CO 2 produzida pela atividade metabólica das células do seu polegar esquerdo foi lançada nos vasos sangüíneos. Seguindo os caminhos normais da circulação, esta molécula chega aos pulmões onde é lançada na luz alveolar e liberada na expiração. Na trajetória mais curta possível, a molécula de CO 2 passou por todas as estruturas seguintes, EXCETO A) átrio direito; B) ventrículo direito; C) veia pulmonar; D) capilares pulmonares.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

O capitalismo e a sociedade de consumo

O capitalismo e a sociedade de consumo O capitalismo e a sociedade de consumo Sociedade de consumo As sociedades dos países capitalistas desenvolvidos que usufruem intensamente dos bens e serviços existentes no mundo moderno. O consumismo contribui

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Clima, tempo e a influência nas atividades humanas

Clima, tempo e a influência nas atividades humanas As definições de clima e tempo frequentemente são confundidas. Como esses dois termos influenciam diretamente nossas vidas, é preciso entender precisamente o que cada um significa e como se diferenciam

Leia mais

Nesse sistema de aquecimento,

Nesse sistema de aquecimento, Enem 2007 1- Ao beber uma solução de glicose (C 6 H 12 O 6 ), um corta-cana ingere uma substância: (A) que, ao ser degradada pelo organismo, produz energia que pode ser usada para movimentar o corpo. (B)

Leia mais

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Conteúdo: O efeito estufa. Habilidade: Demonstrar uma postura crítica diante do uso do petróleo. REVISÃO Reações de aldeídos e cetonas. A redução de um composto

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR CADERNO DE PROVA CARGO: ESTAGIÁRIO DO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE

Leia mais

Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões)

Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) Nome: Assinatura: CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) 1. O Ministério do Meio Ambiente, em junho de 2009, lançou campanha para o consumo consciente de sacolas plásticas, que já atingem, aproximadamente,

Leia mais

AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS. João Paulo Nardin Tavares

AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS. João Paulo Nardin Tavares AQUECIMENTO GLOBAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS João Paulo Nardin Tavares INTRODUÇÃO Já podemos sentir o aquecimento global No último relatório do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, órgão

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

Noções de Cidadania. Profª Karin

Noções de Cidadania. Profª Karin Noções de Cidadania Profª Karin Meio Ambiente e Saúde Ecologia: estudo seres vivos, ambiente, solo, água, ar, animais e vegetais. Equilíbrio entre o homem e meio ambiente. Avaliar as atitudes e consequências

Leia mais

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ)

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) Aluno(a) Turma N o 6 o ano - Ensino Fundamental II Data 16 / 05 / 12 AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) INSTRUÇÕES: PROFESSORES: HELEN, GORRETTI, MAGNO E ROSE I. sua avaliação possui 05

Leia mais

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 4º SIMULADO/2014-2ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (09) deste Simulado. Ele contém 20 (vinte)

Leia mais

Sólidos, líquidos e gases

Sólidos, líquidos e gases Mudanças de fase Sólidos, líquidos e gases Estado sólido Neste estado, os átomos da substâncias se encontram muito próximos uns dos outros e ligados por forças eletromagnéticas relativamente grandes. Eles

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA QUESTÃO 01 Em uma determinada transformação foi constatado que poderia ser representada

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %)

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) GEOGRAFIA QUESTÃO 11 Observe a tabela. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) * Estimativa. Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, 2003. Com relação ao processo

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia Nome: Ano: 2º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina:

Leia mais

Ideal Qualificação Profissional

Ideal Qualificação Profissional 2 0 1 1 Finalista Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Vencedora Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Finalista Nacional Categoria Serviços de Educação Apresentação O desenvolvimento

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (6 ANO)

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (6 ANO) 1- Leia o texto a seguir e responda: EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS (6 ANO) Além de diminuir a poluição ambiental, o tratamento do lixo pode ter retorno econômico e social. a) Cite duas formas de se obterem produtos

Leia mais

O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10

O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10 S UNIDADE 1 U M Á R I O O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10 ENERGIA, SEMPRE MUDANDO DE FORMA...11 ENERGIA AO LONGO DA HISTÓRIA...16 NA VIDA MODERNA...18 Buscando a sustentabilidade...20

Leia mais

Nº Professor (a): MICHELLE VIEIRA EXERCÍCIOS DE REVISÃO 3º BIMESTRE REGIÃO NORTE

Nº Professor (a): MICHELLE VIEIRA EXERCÍCIOS DE REVISÃO 3º BIMESTRE REGIÃO NORTE Aluno (a): Nº Professor (a): MICHELLE VIEIRA Disciplina: GEOGRAFIA Ensino: Fundamental II 7º Ano Turma: Data: / /2015 EXERCÍCIOS DE REVISÃO 3º BIMESTRE CONTEÚDO: Unidades 1 à 4 (Apostila Vol. 3) REGIÃO

Leia mais

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DOCENTE RESIDENTE DOCENTE: Marcia Cristina de Souza Meneguite Lopes MATRÍCULA: P4112515 INSCRIÇÃO: PRD.FIS.0006/15

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2012 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

https://www.youtube.com/watch?v=ejyyhuxkn8y

https://www.youtube.com/watch?v=ejyyhuxkn8y https://www.youtube.com/watch?v=ejyyhuxkn8y Definição é a camada superficial da crosta terrestre formada por quatro elementos principais: a, o, a e os. Possui importância fundamental para variadas atividades

Leia mais

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos.

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos. Atividade extra Fascículo 2 Sociologia Unidade 3 Questão 1 Leia com atenção o texto de Paul Lovejoy sobre escravidão: Enquanto propriedade, os escravos eram bens móveis: o que significa dizer que eles

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA REVISÃO QUÍMICA Profº JURANDIR QUÍMICA DADOS 01. (ENEM 2004) Em setembro de 1998, cerca de 10.000 toneladas de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) foram derramadas pelo navio Bahamas no litoral do Rio Grande

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA QUÍMICA I TRIMESTRE CIÊNCIAS NATURAIS SABRINA PARENTE

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA QUÍMICA I TRIMESTRE CIÊNCIAS NATURAIS SABRINA PARENTE INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA QUÍMICA I TRIMESTRE CIÊNCIAS NATURAIS SABRINA PARENTE A química é a ciência que estuda a estrutura, a composição, as propriedades e as transformações da matéria. Ela é frequentemente

Leia mais

Termos Técnicos Ácidos Classe de substâncias que têm ph igual ou maior que 1 e menor que 7. Exemplo: sumo do limão. Átomos Todos os materiais são formados por pequenas partículas. Estas partículas chamam-se

Leia mais

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO Medidas estão sendo tomadas... Serão suficientes? Estaremos, nós, seres pensantes, usando nossa casa, com consciência? O Protocolo de Kioto é um acordo internacional, proposto

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Mudanças Climáticas Rodrigo Valle Cezar O que é o Clima O clima compreende os diversos fenômenos que ocorrem na atmosfera da Terra. Atmosfera é a região gasosa que envolve toda

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo INTRODUÇÃO: Desde a pré-história o homem vem se utilizando de diversas fortes e formas de energia, para suprir suas necessidades energéticas, por isso,

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA As questões de Geografia da 1ª fase do vestibular UFPR 2014 foram conservadoras, apresentando pouca criatividade e repetição de assuntos cobrados nas últimas edições (caso

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( ) I Unidade ( ) II Unidade ( x ) III Unidade FÍSICA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental Ano: 1.º Turma: ABCDEFG Data: / / 11 009 Física Profs. 1. Resolução I

Leia mais

Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias Competência de área 1 Compreender as ciências naturais e as tecnologias a elas associadas como construções humanas, percebendo seus papéis

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII Transformando conhecimentos em valores www.geracaococ.com.br Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE Data: 9/9/2010 PORTUGUÊS

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Ciências

PROVA BIMESTRAL Ciências 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Ciências Escola: Nome: Turma: n o : 1. Os animais apresentam diferentes formas de locomoção, alimentação e revestimento do corpo, características estas que os organizam

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS INSTRUÇÕES: PRCESS SELETIV 2013/2 - CPS PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA CURS DE GRADUAÇÃ EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 5 (cinco) questões discursivas. Caso

Leia mais

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta.

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 5/8/2009 Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. O clima na Terra não é sempre igual e a temperatura aumenta

Leia mais

Tabel e a l P rió dica

Tabel e a l P rió dica Tabela Periódica Desenvolvimento histórico da Tabela Periódica Dmitri Mendeleev (1834-1907 ) Escreveu em fichas separadas as propriedades (estado físico, massa, etc) dos elementos químicos. Enquanto arruma

Leia mais

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM

DESENVOLVENDO HABILIDADES CIÊNCIAS DA NATUREZA I - EM Olá Caro Aluno, Você já reparou que, no dia a dia quantificamos, comparamos e analisamos quase tudo o que está a nossa volta? Vamos ampliar nossos conhecimentos sobre algumas dessas situações. O objetivo

Leia mais

Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto. Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia

Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto. Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia Exercícios (ENEM 2006) Com base em projeções realizadas por especialistas, teve, para o fim do século

Leia mais

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação Praticando seus conhecimentos sobre desertificação O fenômeno de desertificação pode ocorrer através de um processo natural ou pela ação humana. O manejo inadequado do solo para agricultura, atividades

Leia mais

PORTUGUÊS BIOLOGIA FÍSICA QUÍMICA SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PRIMEIRO ANO

PORTUGUÊS BIOLOGIA FÍSICA QUÍMICA SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PRIMEIRO ANO SEGUNDO SIMULADO - EM CONTEÚDOS PORTUGUÊS PRIMEIRO ANO Programa da 1ª série: Interpretação de texto Linguagem figurada Trovadorismo Humanismo "Auto da barca do inferno" BIOLOGIA Características gerais

Leia mais

MÓDULO DA AULA TEMÁTICA / BIOLOGIA E FÍSICA / ENERGIA

MÓDULO DA AULA TEMÁTICA / BIOLOGIA E FÍSICA / ENERGIA MÓDULO DA AULA TEMÁTICA / BIOLOGIA E FÍSICA / ENERGIA FÍSICA 01. Três especialistas fizeram afirmações sobre a produção de biocombustíveis. Para eles, sua utilização é importante, pois estes combustíveis.

Leia mais

Vamos fazer um mundo melhor?

Vamos fazer um mundo melhor? Vamos fazer um mundo melhor? infanto-junvenil No mundo em que vivemos há quase 9 milhões de espécies de seres vivos, que andam, voam, nadam, vivem sobre a terra ou nos oceanos, são minúsculos ou enormes.

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais

Os sindicatos de professores habituaram-se a batalhar por melhores salários e condições de ensino. Também são caminhos trilhados pelas lideranças.

Os sindicatos de professores habituaram-se a batalhar por melhores salários e condições de ensino. Também são caminhos trilhados pelas lideranças. TEXTOS PARA O PROGRAMA EDUCAR SOBRE A APRESENTAÇÃO DA PEADS A IMPORTÂNCIA SOBRE O PAPEL DA ESCOLA Texto escrito para o primeiro caderno de formação do Programa Educar em 2004. Trata do papel exercido pela

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

1 o PROCESSO SELETIVO/2010

1 o PROCESSO SELETIVO/2010 Faculdade da Saúde e Ecologia Humana 1 o PROCESSO SELETIVO/2010 PROVA DE REDAÇÃO LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES DESTE CADERNO. Elas fazem parte da sua prova. 1. Este caderno contém a Prova de Redação.

Leia mais

ELETRODO OU SEMIPILHA:

ELETRODO OU SEMIPILHA: ELETROQUÍMICA A eletroquímica estuda a corrente elétrica fornecida por reações espontâneas de oxirredução (pilhas) e as reações não espontâneas que ocorrem quando submetidas a uma corrente elétrica (eletrólise).

Leia mais

Gabarito das Questões do Módulo 5

Gabarito das Questões do Módulo 5 Gabarito das Questões do Módulo 5 2. De que maneira as inovações tecnológicas contribuem para o aumento do consumo? Quais as consequências ambientais deste aumento? Resposta O lançamento de produtos cada

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS?

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? Ensino Fundamental II e Ensino Médio O sistema capitalista move a nossa sociedade, sendo um modelo econômico atual que pressupõe uma

Leia mais

03) João, chefe de uma oficina mecânica, precisa encaixar um eixo de aço em um anel de latão, como mostrado nesta figura.

03) João, chefe de uma oficina mecânica, precisa encaixar um eixo de aço em um anel de latão, como mostrado nesta figura. PROVA DE ÍIA º ANO - 1ª MENAL - 1º RIMERE IPO A 1) Assinale verdadeira (V) ou falsa () para as seguintes afirmativas. () alor é a energia interna em trânsito entre dois ou mais corpos devido ao fato de

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura:

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: PROVA DE FÍSICA QUESTÃO 0 Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: Essa lente é mais fina nas bordas que no meio e a posição de cada um de seus focos está indicada

Leia mais

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular.

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular. Irradiação térmica È o processo de troca de calor que ocorre através da radiação eletromagnética, que não necessitam de um meio material para isso. Ondas eletromagnéticas é uma mistura de campo elétrico

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE D I R E T O R I A D E S A Ú D E 05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE Em 05 de Junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e nesse ano o foco está voltado para as Mudanças Climáticas com o tema

Leia mais

USO DE ENERGIA LIMPA NA INDÚSTRIA. Sugestão de tema a ser estudado, transformado em curso ou disciplina e disseminado no meio acadêmico técnico.

USO DE ENERGIA LIMPA NA INDÚSTRIA. Sugestão de tema a ser estudado, transformado em curso ou disciplina e disseminado no meio acadêmico técnico. USO DE ENERGIA LIMPA NA INDÚSTRIA Sugestão de tema a ser estudado, transformado em curso ou disciplina e disseminado no meio acadêmico técnico. Justificativa: A desmobilização de Carbono que demorou centenas

Leia mais

Planejamento Anual. Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015. Professor(s): Júlio

Planejamento Anual. Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015. Professor(s): Júlio Planejamento Anual Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015 Professor(s): Júlio APRESENTAÇÃO: Percebemos ser de fundamental importância que o aluno da 2 Ano do Ensino Fundamental possua

Leia mais

Sistematização das questões desenvolvidas pelos estudantes na atividade da primeira semana

Sistematização das questões desenvolvidas pelos estudantes na atividade da primeira semana Sistematização das questões desenvolvidas pelos estudantes na atividade da primeira semana A energia empreendida no processo de floração se equivale a energia empreendida no processo de "secagem" das flores?

Leia mais

PROPRIEDADES DA MATÉRIA

PROPRIEDADES DA MATÉRIA Profª Msc.Anna Carolina A. Ribeiro PROPRIEDADES DA MATÉRIA RELEMBRANDO Matéria é tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço. Não existe vida nem manutenção da vida sem matéria. Corpo- Trata-se de uma porção

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas

Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas CONCURSO PETROBRAS TÉCNICO(A) AMBIENTAL JÚNIOR Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS DA BANCA CESGRANRIO DRAFT Produzido por Exatas Concursos www.exatas.com.br

Leia mais

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem:

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem: 1 EDITAL Nº024/2014 Dispõe sobre processo de SELEÇÃO INTERNA de docentes para lecionarem no ano letivo de 2014, nas Escolas Técnicas Agrícolas mantidas pela Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE.

Leia mais

ESTADOS DA MATÉRIA. O átomo é composto por outras partículas ainda menores.

ESTADOS DA MATÉRIA. O átomo é composto por outras partículas ainda menores. ESTADOS DA MATÉRIA A matéria que temos a nossa volta é formada de moléculas que são constituídas por átomos. Uma combinação destes átomos forma as substâncias que conhecemos, porém, devemos salientar que

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1 Módulo 1 Unidade 10 Teorema de Pitágoras Para início de conversa... Certamente, você já deve ter ouvido falar no Teorema de Pitágoras. Pois bem, nesta unidade, ele será o centro das atenções, mas vamos

Leia mais

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências 5 ANO / ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS. (LÍNGUA PORTUGUESA E REDAÇÃO) Competência

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA

COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA COMENTÁRIO DA PROVA DE GEOGRAFIA A UFPR elaborou boas questões de geografia para esta edição do vestibular. Destacamos a abrangência, com questões de assuntos importantes, como orientação, migrações, urbanização

Leia mais

geografia Boa prova! 05/12/2010

geografia Boa prova! 05/12/2010 05/12/2010 geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta XXII Encontro Sergipano de Física Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta Prof. Dr. Milan Lalic Departamento de Física Universidade Federal de Sergipe

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ESCOLA NÁUTICA FABIO REIS METEOROLOGIA

FUNDAMENTOS DE ESCOLA NÁUTICA FABIO REIS METEOROLOGIA FUNDAMENTOS DE ESCOLA NÁUTICA FABIO REIS METEOROLOGIA Prof. Fabio Reis 2004 FUNDAMENTOS BÁSICOS DA METEOROLOGIA ATMOSFERA E AQUECIMENTO DA TERRA pg.- 02 VAPOR DE ÁGUA - NUVENS pg.- 20 PRESSÃO CARTA SINÓTICA

Leia mais

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO I Ocorre de maneira natural; Atividade humana; Década de 1970 preocupação com a biodiversidade e poluição; Esforço global... Substituir civilização

Leia mais

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada 1º ano Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada A origem da Terra; A origem dos continentes; A teoria da deriva dos continentes; A teoria das placas tectônicas; Tempo geológico; A estrutura

Leia mais

O clima está diferente. O que muda na nossa vida?

O clima está diferente. O que muda na nossa vida? O clima está diferente. O que muda na nossa vida? 06/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada. 2 SUMÁRIO

Leia mais

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes 2014 Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes Enem, fantasias e verdades. 3 Eu sou Rommel Fernandes, Diretor de Ensino do Bernoulli, e vou expor um tema interessantíssimo, que envolve o Enem. O exame

Leia mais

A irrigação à noite também não é uma boa ideia porque pode deixar as folhas molhadas durante a noite um convite ao crescimento de fungos.

A irrigação à noite também não é uma boa ideia porque pode deixar as folhas molhadas durante a noite um convite ao crescimento de fungos. MANEIRAS DE ECONOMIZAR ÁGUA NA IRRIGAÇÃO: TÓPICO I: IRRIGAÇÃO PARA PAISAGISMO RESIDENCIAL. Agora vamos iniciar as maneiras de economizar água de irrigação. 1 Se você já tem um sistema instalado: 1.1. Faça

Leia mais