Síntese Mensal da Contratação Pública

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Síntese Mensal da Contratação Pública"

Transcrição

1 SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República e de contratos publicados no portal BASE continua a aumentar em Março Em termos homólogos, em março de 217 foram publicados mais 563 anúncios que em março de 216, o que representou um acréscimo de 76%. Março de 217 foi o mês em que se registou o mais elevado número de anúncios publicados (1 31) desde janeiro de 214. Em março de 217 foram reportados ao portal BASE mais contratos que no mês anterior. Constatou-se, assim, nos contratos publicados um acréscimo tanto em número de contratos (31%) como em termos da despesa contratada em 168 M (37%). 1 Procedimentos concursais abertos - Anúncios publicados no Diário da República (Fonte: Anúncios do Portal BASE) Durante o mês de março foram publicados no Diário da República 1 31 anúncios de abertura de concursos de aquisição de bens, serviços e empreitadas totalizando o montante de 899 Milhões de Euros. Deste total, as empreitadas de obras públicas representaram 413 M (46%), pertencendo o restante (486 M ) a contratos de bens e serviços (54%). 1 Bens e serviços 54% Empreitadas 46%

2 Nº M Nº M Síntese Mensal 1.1. Anúncios (comparação com mês anterior) Anúncios fev-17 Anúncios Montante fev-17 Montante Comparando com o mês anterior, em março de 217 foram publicados mais 28 anúncios que em fevereiro (1 21 anúncios publicados). Os anúncios de março representam um crescimento da despesa prevista de 442 M (899 M em março contra 457 M em fevereiro) Anúncios (comparação homóloga) 2 Anúncios mar-16 Anúncios Montante mar-16 Montante Em termos homólogos (comparação com o mesmo mês do ano anterior), em março de 217 foram publicados no Diário da República mais 563 anúncios que em março de 216 (mês em que foram publicados 738 anúncios). Em termos de despesa, os anúncios de março de 217 representam um acréscimo da despesa prevista de 562 M face a igual período do ano anterior (899 M em março de 217 contra 337 M em março de 216).

3 Nº Síntese Mensal 1.3. Anúncios vs contratos (relativos a procedimentos com publicidade) 214/ Anúncios vs contratos J F M A M J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J F M Anúncios Contratos Conforme se pode aferir pela análise mensal comparativa anúncios-contratos, desde janeiro de 214, verifica-se no período fevereiro-março de 217 uma tendência crescente, tendo aumentado principalmente o número de anúncios assim como os contratos publicados no Portal BASE (resultantes de procedimentos concursais). No que se refere ao início do ano de 217, assiste-se ao crescimento no número de contratos publicados e no número de anúncios publicados no Diário da República. De sublinhar que em março de 217 se registou o mais elevado número de anúncios publicados (1 31) desde janeiro de

4 2 Contratos publicados (Fonte: Portal BASE) No mês de março de 217 foram publicados contratos, totalizando 618 Milhões de Euros, assim distribuídos: TIPO DE PROCEDIMENTO Nº MONTANTE (M ) Despesa por tipo de procedimento Concurso Público Concurso limitado prévia qualificação Acordo-Quadro Ajuste direto % 14% 5% 37% Concurso Público Concurso Limitado Acordo-Quadro Ajuste Direto Total O procedimento mais utilizado foi o ajuste direto (83%), mas do ponto de vista da despesa, o peso dos procedimentos concursais aproxima-se ao dos ajustes diretos Tipo de procedimento (comparação com mês anterior) Fevereiro 217 Março 217 TIPO DE PROCEDIMENTO Nº MONTANTE (M ) Nº MONTANTE (M ) Concurso Público Concurso limitado por prévia qualificação Acordo-Quadro Ajuste direto Total Comparando com o mês anterior, em março de 217 foram publicados mais contratos que em fevereiro de 217 que representam, em termos de despesa, mais 168 M.

5 2.2. Tipo de procedimento (comparação homóloga) Março 216 Março 217 TIPO DE PROCEDIMENTO Nº MONTANTE (M ) Nº MONTANTE (M ) Concurso Público Concurso limitado por prévia qualificação Acordo-Quadro Ajuste direto Total Em termos homólogos (comparação com o mesmo mês do ano anterior), em março de 217 foram publicados mais contratos que em março de 216. Os contratos publicados em março de 217 representam um aumento da despesa contratada em 16 M face a igual período do ano anterior Contratos publicados entre março de 214 e março de Nº de Contratos J F M A M J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J F M Nº de Contratos No mês de março de 217 foram publicados contratos, valor que ultrapassa o nº médio mensal verificado desde janeiro de 214 que é de contratos. Foi em outubro de 215 que se verificou o maior pico de contratos publicados (12 816), correspondendo o pior mês a agosto de 214, com contratos. O ano de 217 apresenta em março um número de contratos próximo do máximo registado desde 214.

6 3 Aquisição por tipo de contrato: (Fonte: Portal BASE) TIPO DE CONTRATO Nº MONTANTE (M ) Bens e serviços Obras públicas Peso do tipo de contrato - montante contratual Obras Públicas 25% Bens e serviços 75% Dos contratos publicados em março de 217, a maioria dos contratos refere-se à aquisição de bens e serviços ( contratos, ou seja, 9%) contra contratos de empreitadas de obras públicas (1%). Já em termos de despesa pública, do montante global de 618 M, os bens e serviços representam 3 4 (465 M ) e as empreitadas 153 M (25%) Tipo de contrato (comparação com mês anterior) Fevereiro 217 Março 217 TIPO DE CONTRATO Nº MONTANTE (M ) Nº MONTANTE (M ) Bens e serviços Obras públicas TOTAL Comparando com o mês anterior, em termos de despesa pública, o peso dos contratos de empreitadas de obras públicas diminuiu ligeiramente em termos percentuais em março, passando a representar 25% (153 M ) comparando com os 28% de fevereiro de 217 (127 M ).

7 3.2. Tipo de contrato (comparação homóloga) Março 216 Março 217 TIPO DE CONTRATO Nº MONTANTE (M ) Nº MONTANTE (M ) Bens e serviços Obras públicas TOTAL Em termos homólogos (comparação com o mesmo mês do ano anterior), foram celebrados mais contratos, e em termos de despesa pública, em março de 217, verificou-se um aumento de 16 M. No que se refere às obras públicas, registou-se um aumento do nº de contratos (mais 157). 7 Notas explicativas: Os dados apresentados foram extraídos da consulta ao Portal BASE, em Os dados relativos aos anúncios publicados em Diário da República apenas contemplam os procedimentos com publicidade (concurso público e concurso limitado por prévia qualificação). Os dados relativos a contratos englobam os publicados no Portal BASE durante o mês em análise, independentemente de terem sido celebrados nesse mês ou em meses anteriores. Os dados apresentados não englobam os ajustes diretos simplificados nem a contratação excluída da Parte II do Código dos Contratos Públicos.

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República e de contratos publicados no portal BASE aumenta em Maio Em maio de 217 foram publicados mais 335 anúncios que no mês anterior,

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República aumenta 8,3% relativamente a período homólogo, mas o número de contratos comunicados ao Portal BASE diminui 9,6% Os anúncios

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República e de contratos publicados no Portal BASE aumentam em novembro Em novembro foram publicados mais 182 anúncios de concursos

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República e de contratos publicados no Portal BASE aumentam em Janeiro Em janeiro de 217 foram publicados 924 anúncios, o que representou

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República aumentam em dezembro Os anúncios de concursos publicados durante o mês de dezembro de 217 aumentaram relativamente ao mês

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República e de contratos publicados no Portal BASE aumentam relativamente a período homólogo (dezembro 215) Os anúncios de concursos

Leia mais

Síntese Mensal da Contratação Pública

Síntese Mensal da Contratação Pública SUMÁRIO EXECUTIVO Nº de anúncios de concursos publicados em Diário da República aumenta em outubro assim como o número de contratos publicados no portal BASE (relativamente a período homólogo) Em outubro

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO 1.º SEMESTRE 2015 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DOS FUNDOS DE PENSÕES ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões Relatório de evolução dos fundos de pensões 1.º Semestre 2015 SUMÁRIO 1. Evolução

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Título: Contratação Pública em Portugal Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro

FICHA TÉCNICA. Título: Contratação Pública em Portugal Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro 2014 FICHA TÉCNICA Título: Contratação Pública em Portugal 2014 Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro Direção Financeira, de Estudos e de Estratégia Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da

Leia mais

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de março de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a fevereiro 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de fevereiro, os estabelecimentos hoteleiros registaram 63,6 mil dormidas, representando um acréscimo

Leia mais

Nova subida da Taxa de Juro no crédito à habitação a

Nova subida da Taxa de Juro no crédito à habitação a Janeiro de 2011 25 de Fevereiro de 2011 Nova subida da Taxa de Juro no crédito à habitação a A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação aumentou 0,056 pontos percentuais

Leia mais

Ficha Técnica. Data de edição: 27 de Janeiro de 2011

Ficha Técnica. Data de edição: 27 de Janeiro de 2011 RELATÓRIO SÍNTESE DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL 2010 2 Ficha Técnica Título: Contratação Pública em Portugal Relatório Síntese 2010 Instituto da Construção e do Imobiliário, I.P. Av. Júlio Dinis,

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Título: Contratação Pública em Portugal Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro

FICHA TÉCNICA. Título: Contratação Pública em Portugal Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro 2015 FICHA TÉCNICA Título: Contratação Pública em Portugal 2015 Autoria: Cláudia Roriz Pedro Ministro Direção Financeira, de Estudos e de Estratégia Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da

Leia mais

Análise de Conjuntura do Sector da Construção 1º trimestre 2014

Análise de Conjuntura do Sector da Construção 1º trimestre 2014 Análise de Conjuntura do Sector da Construção 1º trimestre 2014 Apreciação Global A análise dos diversos indicadores relativos ao primeiro trimestre de 2014, para além de confirmar a tendência de abrandamento

Leia mais

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 16 de maio de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a março 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de março, os estabelecimentos hoteleiros registaram 95,1 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Abril de Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Abril de Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Abril de 2011 25 de Maio de 2011 Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente A taxa de juro implícita no conjunto

Leia mais

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA

15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA 15 de junho de 2016 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a abril 2016 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de abril, os estabelecimentos hoteleiros registaram 117,6 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões SUMÁRIO 1. Evolução dos fundos de pensões 2. Composição das carteiras 2 SUMÁRIO Durante 2015, ocorreu a extinção de oito

Leia mais

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Julho de Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Julho de Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação Julho de 2011 29 de Agosto de 2011 Taxa de juro e prestação média no crédito à habitação 1 mantêm tendência crescente Em Julho, a taxa de juro implícita

Leia mais

VAB das empresas não financeiras aumenta 3,7%, em termos nominais, em 2014

VAB das empresas não financeiras aumenta 3,7%, em termos nominais, em 2014 Empresas em Portugal 2010-28 de setembro de 2015 VAB das empresas não financeiras aumenta 3,7%, em termos nominais, em Os dados preliminares de das estatísticas das empresas reforçam os sinais positivos

Leia mais

Edifícios licenciados alteram tendência decrescente dos últimos anos

Edifícios licenciados alteram tendência decrescente dos últimos anos Estatísticas da Construção e Habitação 2016 17 de julho de 2017 Figura 7 retificada (pág. 5) às 17h00 de 17-07-2017 Edifícios licenciados alteram tendência decrescente dos últimos anos Em 2016 o número

Leia mais

14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA

14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA 14 de agosto de 2015 ATIVIDADE TURÍSTICA janeiro a junho 2015 Na Região Autónoma dos Açores, no mês de junho, os estabelecimentos hoteleiros registaram 148,5 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo

Leia mais

Relatório 1º Trimestre

Relatório 1º Trimestre [Escreva aqui] Estatísticas: 2º Trimestre Atividade do Jogo Relatório 1º Trimestre 4 Volume de jogo do bingo corresponde à totalidade da receita bruta da venda de cartões de jogo do bingo. Em casinos,

Leia mais

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação por Período de Celebração dos Contratos. Dez-13. Jun-14. Ago-14. Abr-14. Fev-14

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação por Período de Celebração dos Contratos. Dez-13. Jun-14. Ago-14. Abr-14. Fev-14 Dez-12 Fev-13 Abr-13 Ago-13 Out-13 Fev-14 Abr-14 Ago-14 Out-14 Fev-15 Abr-15 Ago-15 Out-15 Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação Dezembro de 2015 22 de janeiro de 2016 Taxa de juro 1 manteve

Leia mais

Hotelaria com decréscimo nas dormidas e estabilização nos proveitos

Hotelaria com decréscimo nas dormidas e estabilização nos proveitos Actividade Turística Junho de 2010 09 de Agosto de 2010 Hotelaria com decréscimo nas dormidas e estabilização nos proveitos No mês de Junho de 2010, os estabelecimentos hoteleiros registaram 3,5 milhões

Leia mais

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes Atividade Turística Fevereiro 2013 16 de Abril de 2013 Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes As dormidas na hotelaria atingiram 1,9 milhões, o que correspondeu a uma variação

Leia mais

Valor médio de avaliação bancária acentuou tendência crescente

Valor médio de avaliação bancária acentuou tendência crescente Dez-14 Jan-15 Fev-15 Mar-15 Abr-15 Mai-15 Jun-15 Jul-15 Ago-15 Set-15 Out-15 Nov-15 Dez-15 Inquérito à Avaliação Bancária na Dezembro de 2015 25 de janeiro de 2016 Valor médio de avaliação bancária acentuou

Leia mais

Atividade Turística Abril 2013

Atividade Turística Abril 2013 Atividade Turística Abril 2013 17 de junho de 2013 Hotelaria com reduções nos hóspedes, dormidas e proveitos As dormidas na hotelaria ascenderam a 3,1 milhões em abril de 2013 (-4,0% que em abril de 2012).

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS INFORMAÇÃO Nº 49 EVOLUÇÃO DO MERCADO DOS COMBUSTÍVEIS RODOVIÁRIOS 2º TRIMESTRE DE - COTAÇÕES E PREÇOS GASOLINA 95, GASÓLEO RODOVIÁRIO E GPL AUTO INTRODUÇÃO

Leia mais

Taxa de juro subiu 0,2 pontos base

Taxa de juro subiu 0,2 pontos base dez/14 fev/15 abr/15 ago/15 out/15 fev/16 abr/16 ago/16 out/16 fev/17 abr/17 ago/17 out/17 Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação Dezembro de 2017 18 de janeiro de 2018 Taxa de juro subiu 0,2

Leia mais

Dormidas de não residentes continuaram em crescimento

Dormidas de não residentes continuaram em crescimento Atividade Turística Junho de 2015 14 de agosto de 2015 Dormidas de não residentes continuaram em crescimento A hotelaria registou 5,0 milhões de dormidas em junho de 2015, a que corresponde um aumento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS INFORMAÇÃO Nº 53 EVOLUÇÃO DO MERCADO DOS COMBUSTÍVEIS RODOVIÁRIOS 3º TRIMESTRE DE - COTAÇÕES E PREÇOS GASOLINA 95, GASÓLEO RODOVIÁRIO E GPL AUTO INTRODUÇÃO

Leia mais

BOLETIM MENSAL FEVEREIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial

BOLETIM MENSAL FEVEREIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial BOLETIM MENSAL FEVEREIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Disponível em: www.bcstp.st/publicações 1 Índice 1. SITUAÇÃO MONETÁRIA 1 1.1 BASE MONETÁRIA (BM) 1 1.2.

Leia mais

Empresários mais confiantes no futuro da Construção

Empresários mais confiantes no futuro da Construção FEPICOP - FEDERAÇÃO PORTUGUESA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS Associações Filiadas: AECOPS Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços AICCOPN Associação dos Industriais

Leia mais

Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos

Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos Atividade Turística Junho 2013 14 de agosto de 2013 Hotelaria com aumentos nas dormidas e proveitos A hotelaria registou 4,4 milhões de dormidas em junho de 2013, mais 8,6% do que em junho de 2012. Para

Leia mais

Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta

Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Av. Fontes Pereira de Melo, 14 10º -1050-121 Lisboa Capital Social: 118.332.445 Euros - NIPC e Mat. na C.R.C. de Lisboa sob

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS INFORMAÇÃO Nº 66 EVOLUÇÃO DO MERCADO DOS COMBUSTÍVEIS RODOVIÁRIOS TRIMESTRE DE - COTAÇÕES E PREÇOS GASOLINA 95, GASÓLEO RODOVIÁRIO E GPL AUTO INTRODUÇÃO Apresentamos

Leia mais

Desempregados da Construção já ultrapassam os 110 mil

Desempregados da Construção já ultrapassam os 110 mil Associações Filiadas: AECOPS Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços AICCOPN Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas Conjuntura da Construção n.º 67 Fevereiro

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 486/XIII

Projeto de Resolução n.º 486/XIII Projeto de Resolução n.º 486/XIII Recomenda ao Governo que prossiga a política dos anteriores executivos no sentido de reduzir o recurso à contratação de médicos na modalidade de prestação de serviços

Leia mais

BOLETIM MENSAL JANEIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial. BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Disponível em:

BOLETIM MENSAL JANEIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial. BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Disponível em: BOLETIM MENSAL JANEIRO DE 2017 Situação Monetária e Cambial BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Disponível em: www.bcstp.st/publicações Banco Central de S. Tomé e Príncipe Índice 1. SITUAÇÃO MONETÁRIA

Leia mais

Hotelaria mantém resultados negativos nas dormidas e proveitos

Hotelaria mantém resultados negativos nas dormidas e proveitos Actividade Turística Novembro de 2009 15 de Janeiro de 2010 Hotelaria mantém resultados negativos nas dormidas e proveitos Em Novembro de 2009, os estabelecimentos hoteleiros registaram cerca de dois milhões

Leia mais

Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 2015

Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 2015 Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 2015 A AECOPS divulga a sua análise do comportamento do mercado imobiliário residencial em 2015, detalhando a evolução das vendas de alojamentos novos e

Leia mais

SÍNTESE DE CONJUNTURA

SÍNTESE DE CONJUNTURA SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal abril 2017 - Newsletter ÍNDICE ÍNDICE... 1 EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio

Leia mais

Valor médio da habitação aumentou 6 euros/m 2

Valor médio da habitação aumentou 6 euros/m 2 dez/16 jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17 set/17 out/17 nov/17 dez/17 Inquérito à Avaliação Bancária na Dezembro de 2017 25 de janeiro de 2018 Valor médio da habitação aumentou 6 euros/m

Leia mais

Conta Satélite da Saúde

Conta Satélite da Saúde 3 de Setembro de 2007 Conta Satélite da Saúde 2000 2005 O RITMO DE CRESCIMENTO REAL DA DESPESA CORRENTE EM SAÚDE ABRANDOU EM 2005 Em 2004 e 2005, o total da despesa corrente em cresceu, em volume, respectivamente,

Leia mais

Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho

Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho BANCO DE PORTUGAL E U R O S I S T E M A Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho 2015 Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho 2015 Lisboa, 2016 www.bportugal.pt

Leia mais

SÍNTESE DE CONJUNTURA

SÍNTESE DE CONJUNTURA SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal março 2016 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

Ligeira diminuição do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação

Ligeira diminuição do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação Maio de 2010 29 de Junho de 2010 Ligeira diminuição do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação O valor médio de avaliação bancária 1 de habitação no total

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO 1.º SEMESTRE 215 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE SEGURADORA ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões Relatório de evolução da atividade seguradora 1.º Semestre 215 I. Produção e custos

Leia mais

Construção regista novos mínimos da década

Construção regista novos mínimos da década Construção: Obras licenciadas e concluídas 4º Trimestre de 2011- Dados preliminares 15 de março de 2012 Construção regista novos mínimos da década O licenciamento de obras bateu os valores mínimos da última

Leia mais

SÍNTESE DE CONJUNTURA

SÍNTESE DE CONJUNTURA SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal abril 2016 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

Hotelaria com acréscimos nas dormidas e decréscimos nos proveitos

Hotelaria com acréscimos nas dormidas e decréscimos nos proveitos Actividade Turística Janeiro de 2010 12 de Março de 2010 Hotelaria com acréscimos nas dormidas e decréscimos nos proveitos Em Janeiro de 2010, os estabelecimentos hoteleiros apresentaram 1,7 milhões de

Leia mais

Aumento do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação

Aumento do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação Janeiro de 2010 26 de Fevereiro de 2010 Aumento do valor médio de Avaliação Bancária de Habitação Em Janeiro de 2010, o valor médio de avaliação bancária 1 de

Leia mais

Obras licenciadas atenuaram decréscimo

Obras licenciadas atenuaram decréscimo Construção: Obras licenciadas e concluídas 1º Trimestre de 2014- Dados preliminares 12 de junho de 2014 Obras licenciadas atenuaram decréscimo No 1º trimestre de 2014 os edifícios licenciados diminuíram

Leia mais

Dez-09. Out-09. Fev-10. Ver Quadro síntese de resultados no final deste Destaque e respectiva nota de apresentação na caixa da página 4.

Dez-09. Out-09. Fev-10. Ver Quadro síntese de resultados no final deste Destaque e respectiva nota de apresentação na caixa da página 4. Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação 29 de Março 2010 Fevereiro de 2010 Redução da Taxa de Juro no crédito à habitação pelo 14º mês consecutivo a A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos

Leia mais

Taxa de Juro no crédito à habitação volta a subir a

Taxa de Juro no crédito à habitação volta a subir a Dezembro de 2010 25 de Janeiro de 2011 Taxa de Juro no crédito à habitação volta a subir a A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação foi 2,045% em Dezembro, aumentando 0,053

Leia mais

Valor médio de avaliação bancária acentua diminuição

Valor médio de avaliação bancária acentua diminuição 25 de novembro de 2014 Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação Outubro de 2014 Valor médio de avaliação bancária acentua diminuição O valor médio de avaliação bancária 1 do total do País diminuiu 1,5%

Leia mais

Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 2016

Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 2016 Os números do Mercado Imobiliário Residencial em 216 A AECOPS divulga a sua análise do comportamento do mercado imobiliário residencial em 216, detalhando a evolução das vendas de alojamentos novos e em

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS S i ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS Informação sobre a evolução do mercado dos produtos petrolíferos no 1º Trimestre 2015 Cotações e Preços Introdução Como habitualmente, apresentamos uma

Leia mais

Relatório 1º Trimestre

Relatório 1º Trimestre [Escreva aqui] Estatísticas: 1º Trimestre Atividade do Jogo Relatório 1º Trimestre 4 Volume de jogo do bingo corresponde à totalidade da receita bruta da venda de cartões de jogo do bingo. Em casinos e

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS INFORMAÇÃO Nº 59 EVOLUÇÃO DO MERCADO DOS COMBUSTÍVEIS RODOVIÁRIOS TRIMESTRE DE - COTAÇÕES E PREÇOS GASOLINA 95, GASÓLEO RODOVIÁRIO E GPL AUTO INTRODUÇÃO Apresentamos

Leia mais

1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem

1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem 1. Movimento de Passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento de passageiros por país de origem 2. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia

Leia mais

Estatísticas da Educação 2014/15 Principais resultados relativos ao Ensino Superior

Estatísticas da Educação 2014/15 Principais resultados relativos ao Ensino Superior Estatísticas da Educação 2014/15 Principais resultados relativos ao Ensino Superior Inscritos no 1.º ano, pela 1.ª vez, em estabelecimentos de ensino superior 1 Em 2014/15, inscreveram-se em estabelecimentos

Leia mais

Parques de Campismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura

Parques de Campismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Parques de Campismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura ÍNDICE Sumário Executivo 03 Portugal Continental - Caracterização da oferta - Parques e Áreas - Capacidades - Caracterização da procura

Leia mais

Comércio Extracomunitário - Exportações aumentam 15,0% e Importações 23,6%

Comércio Extracomunitário - Exportações aumentam 15,0% e Importações 23,6% 08 de Agosto de 2008 Estatísticas do Comércio Extracomunitário Junho de 2008 Comércio Extracomunitário - Exportações aumentam 15,0% e Importações 23,6% No segundo trimestre de 2008, as exportações registaram

Leia mais

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação por Período de Celebração dos Contratos. abr-15. ago-15. jun-15. fev-15

Taxas de Juro implícitas no Crédito à Habitação por Período de Celebração dos Contratos. abr-15. ago-15. jun-15. fev-15 dez-13 fev-14 abr-14 ago-14 out-14 fev-15 abr-15 ago-15 out-15 fev-16 abr-16 ago-16 out-16 Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação Dezembro de 2016 23 de janeiro de 2017 Taxa de juro 1 continuou

Leia mais

COFINA, SGPS, S.A. Sociedade Aberta

COFINA, SGPS, S.A. Sociedade Aberta COFINA, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Rua do General Norton de Matos, 68, r/c Porto Pessoa Colectiva Número 502 293 225 Capital Social: 25.641.459 Euros Informação financeira do terceiro trimestre

Leia mais

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística

movimentos aéreos movimentos marítimos dormidas hóspedes estada média taxas ocupação proveitos médios balança turística Variações entre os valores anuais de 2005 e 2006: +4,2% no movimento de passageiros desembarcados de voos internacionais clássicos; +38,6% movimento de passageiros desembarcados de voos low-cost; -0,8%

Leia mais

Índice de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Indústria Novembro de 2011

Índice de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Indústria Novembro de 2011 06 de janeiro de 2012 Índice de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Indústria Novembro de 2011 Índice de Volume de Negócios da Indústria desacelera O Índice de Volume de Negócios

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS S i ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS Informação sobre a evolução do mercado dos produtos petrolíferos no 2º Trimestre 2015 Cotações e Preços Introdução Como habitualmente, apresentamos uma

Leia mais

SÍNTESE DE CONJUNTURA

SÍNTESE DE CONJUNTURA SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal julho 2016 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

Valor médio de Avaliação Bancária de Habitação com ligeira diminuição

Valor médio de Avaliação Bancária de Habitação com ligeira diminuição Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação Fevereiro de 2010 26 de Março 2010 Valor médio de Avaliação Bancária de Habitação com ligeira diminuição O valor médio de avaliação bancária 1 de habitação no

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS nas i ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS Informação sobre a evolução do mercado dos produtos petrolíferos no 3º Trimestre 2015 Cotações e Preços Introdução Como habitualmente, apresentamos

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL DE BENS RESULTADOS PROVISÓRIOS 1 ANO 2014

COMÉRCIO INTERNACIONAL DE BENS RESULTADOS PROVISÓRIOS 1 ANO 2014 30 de outubro de 2015 COMÉRCIO INTERNACIONAL DE BENS RESULTADOS PROVISÓRIOS 1 ANO 2014 De acordo com os dados provisórios de 2014 relativos ao Comércio Internacional de bens, aquele ano fica assinalado

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS nas i ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS Informação nº43: Evolução do mercado dos produtos petrolíferos em 2015 Cotações e Preços Introdução Como habitualmente, apresentamos uma análise da

Leia mais

Mercados. informação estatística. Mercado Brasil Setor Agroalimentar

Mercados. informação estatística. Mercado Brasil Setor Agroalimentar Mercados informação estatística Empresas Portuguesas Exportadoras de Bens Análise de Exposição a Mercados Externos Mercado Brasil Setor Agroalimentar Outubro 2015 Índice 1. Evolução das exportações portuguesas

Leia mais

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 Procura Turística dos Residentes 4º Trimestre de 2015 02 de maio de 2016 Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 No 4º trimestre de 2015 a população residente em Portugal realizou

Leia mais

Índices de Produção, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Construção e Obras Públicas CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS, MANTÉM-SE NEGATIVA.

Índices de Produção, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Construção e Obras Públicas CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS, MANTÉM-SE NEGATIVA. 12 de Dezembro de 2006 Índices de Produção, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Construção e Obras Públicas Outubro de 2006 CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS, MANTÉM-SE NEGATIVA. A produção no sector

Leia mais

ATIVIDADE DO JOGO ONLINE EM PORTUGAL 3º TRIMESTRE DE Relatório 3º Trimestre

ATIVIDADE DO JOGO ONLINE EM PORTUGAL 3º TRIMESTRE DE Relatório 3º Trimestre Relatório 3º Trimestre Atividade do Jogo Online em Portugal 3º Trimestre de 2017 ÍNDICE GERAL 1. ANÁLISE GLOBAL... 4 2. ANÁLISE DA ATIVIDADE POR CATEGORIA DE JOGOS E APOSTAS ONLINE... 5 2.1. Apostas Desportivas

Leia mais

Edifícios licenciados aumentaram 7,4% e edifícios concluídos cresceram 12,2%

Edifícios licenciados aumentaram 7,4% e edifícios concluídos cresceram 12,2% Construção: Obras licenciadas e concluídas 2º Trimestre de 2017 - Dados preliminares 13 de setembro de 2017 Edifícios licenciados aumentaram 7,4% e edifícios concluídos cresceram 12,2% No 2º trimestre

Leia mais

Taxa de Juro no crédito à habitação a manteve redução

Taxa de Juro no crédito à habitação a manteve redução Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação 27 de Maio de 2010 Abril de 2010 Taxa de Juro no crédito à habitação a manteve redução A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação

Leia mais

Caderno de Economia e Negócios AHRESP

Caderno de Economia e Negócios AHRESP Caderno de Economia e Negócios AHRESP Nº5 NOVEMBRO 2017 Av. Duque de Ávila, 75, 1049-011 Lisboa 213 527 060 www.ahresp.com AHRESP A Sua rede de INFORMAÇÃO Nº5_NOVEMBRO ÍNDICE DESTAQUE ESTE MÊS Emprego:

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões SUMÁRIO 1. Evolução dos fundos de pensões 2. Composição das carteiras 2 SUMÁRIO No primeiro trimestre de 2017, o número de fundos de pensões

Leia mais

Pesquisa Anual da Indústria da Construção. Paic /6/2012

Pesquisa Anual da Indústria da Construção. Paic /6/2012 Pesquisa Anual da Indústria da Construção Paic - 2010 15/6/2012 Características metodológicas Resultados gerais Estrutura das receitas, dos custos e despesas, e do investimento em 2007/2010 Estrutura regional

Leia mais

Viagens turísticas dos residentes reforçam aumento

Viagens turísticas dos residentes reforçam aumento Procura Turística dos Residentes 2º Trimestre de 2017 26 de outubro de 2017 Viagens turísticas dos residentes reforçam aumento No 2º trimestre de 2017, o número de deslocações turísticas efetuadas pelos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS S i ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS PETROLÍFERAS Informação sobre a evolução do mercado dos produtos petrolíferos em 2014 Cotações e Preços Introdução Como habitualmente, apresentamos uma análise da

Leia mais

Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços Março de 2011

Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços Março de 2011 10 de Maio de 2011 Índices de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas nos Serviços Março de 2011 Volume de Negócios nos Serviços acentua variação homóloga negativa Em Março, o volume

Leia mais

6,1% 5,9% 5,7% 5,5% 5,3% 5,1% 4,9% 4,7% 4,5% 4,3% 4,1% 3,9% 3,7% 3,5% 3,3% 3,1% 2,9% 2,7% 2,5% 2,3% 2,1% 1,9% 1,7% Mai-08

6,1% 5,9% 5,7% 5,5% 5,3% 5,1% 4,9% 4,7% 4,5% 4,3% 4,1% 3,9% 3,7% 3,5% 3,3% 3,1% 2,9% 2,7% 2,5% 2,3% 2,1% 1,9% 1,7% Mai-08 27 de Agosto de 2010 Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação Julho de 2010 Aumento da Taxa de Juro no crédito à habitação a A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação

Leia mais

Desemprego da Construção em máximo histórico

Desemprego da Construção em máximo histórico Associações Filiadas: AECOPS Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços AICCOPN Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas Conjuntura da Construção n.º 62 Agosto

Leia mais

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Turismo no Espaço Rural

Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Turismo no Espaço Rural Copyright 2015 OTA a partir do SREA. Todos os direitos reservados. Análise Semestral Turismo no Espaço Rural Condições de Utilização Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório do Turismo

Leia mais

OBSERVATÓRIO. Exportações e Investimento Externo. Novembro 2016

OBSERVATÓRIO. Exportações e Investimento Externo. Novembro 2016 OBSERVATÓRIO Exportações e Investimento Externo Novembro O presente documento constitui uma análise do desempenho recente das relações económicas de Portugal com o estrangeiro, ao nível das exportações

Leia mais

CMVM V. NEGOCIAÇÃO POR CONTA PRÓPRIA

CMVM V. NEGOCIAÇÃO POR CONTA PRÓPRIA V. NEGOCIAÇÃO POR CONTA PRÓPRIA O número de intermediários financeiros a negociar por conta própria manteve-se nos 24, menos três do que o reportado no trimestre homólogo. 15 No mercado a contado o valor

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTAL

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTAL RELATÓRIO DE EXECUÇÃO junho 2013 (provisório) CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS ÍNDICE Análise Orçamental Global 3 Receita 5 Receitas Correntes 6 Receitas de Capital 12 Despesa 16 Despesas Correntes 19 Despesas

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO Índice Introdução Preço Médio por Dormida Proveito Médio de Aposento por Cama Conceitos Anexos Proveitos e Custos nos Estabelecimentos Hoteleiros Ano de 2004 Página 2

Leia mais

A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7%

A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7% Estatísticas do Emprego 3º trimestre de 2008 18 de Novembro de 2008 A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7 A taxa de desemprego estimada para o 3º trimestre de 2008 foi de 7,7. Este valor

Leia mais

Melhoria nos principais indicadores das empresas não financeiras em 2016

Melhoria nos principais indicadores das empresas não financeiras em 2016 Empresas em Portugal 28-28 de setembro de 217 Melhoria nos principais indicadores das empresas não financeiras em Em, assistiu-se à melhoria generalizada dos principais indicadores das empresas não financeiras.

Leia mais

1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE ADJUDICANTE

1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE ADJUDICANTE - A PREENCHER POR CADA PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO Salvo indicação em contrário, os artigos mencionados constam do Código dos Contratos Públicos 1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões SUMÁRIO 1. Evolução dos fundos de pensões 2. Composição das carteiras 2 SUMÁRIO No primeiro semestre de 2017, o número de fundos de pensões sob

Leia mais

Aumento dos preços da carne, seguros e transportes públicos

Aumento dos preços da carne, seguros e transportes públicos Informação à Comunicação Social 14 de Março de 2001 ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Fevereiro de 2001 Comentário Síntese Aumento dos preços da carne, seguros e transportes públicos O Índice de Preços no

Leia mais