and Portifólio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.zedfactory.com and www.ruralzed.com Portifólio"

Transcrição

1 and Portifólio

2 Copyright

3 ZEDfactory é um escritório de arquitetura pioneiro em projetos de baixo impacto ambiental. O comprometimento da empresa com projetos de edifícios carbono-zero tem gerado uma demanda internacional em diversas partes do mundo. ZEDfactory começou como Bill Dunster Architects em Desde então, o escritório tem se dedicado exclusivamente a construções e desenvolvimento de projetos de baixo impacto ambiental. Com um design inovador e diferenciado, ZEDfactory integra tecnologias testadas e aprovadas, criando projetos práticos, economicamente viáveis e duráveis a longo prazo, reduzindo consumo, proporcionando economia e trazendo facilidades e bem estar para o usuário. Atualmente ZEDfactory - conhecido como ZED, Zero (fossil) Energy Development - é líder no campo da arquitetura sustentável tendo uma trajetória singular na construção e desenvolvimento de projetos carbono-zero no Reino Unido. O trabalho envolve bioclimatização, sistematização de gastos e consumos energéticos, assim como a dinâmica dos fluidos e todo o ciclo do carbono. A intenção é assegurar que o projeto alcance o menor impacto ambiental possível. A equipe é formada por arquitetos e designers gráficos e tem parcerias com renomeadas universidades inglêsas e consultores internacionais. O escritório oferece uma série de serviços arquitetônicos e urbanísticos de larga escala, desde planos diretores e eco-vilas, até escritórios e projetos residencias unifamiliares. Jubilee Wharf, Cornwall Centro Comunitario de Uso Misto

4 Jubilee Wharf, Penryn, Cornwall

5 Abordagem de baixo impacto ambiental e alta eficiência energética ZEDfactory acredita que o desenvolvimento ecologicamente sustentável deve ser acessível e viável, dentro das restrições do mercado atual. A abordagem do projeto integra ao máximo os elementos construtivos necessários a construção do edifício. Os resultados são menos componentes e acabamentos necessários. A economia dos custos associados nos permite especificar componentes de baixo impacto ambiental e de melhor performance energética mantendo os custos finais iguais aos de uma construção convencional. Formas de energia passiva, bioclimatização e dispositivos de energias renováveis são partes inerentes ao projeto. Considerações estruturais e formas de fixação são determinadas durante o processo de projeto, logo, componentes como PVs, turbinas eólicas e outros produtos podem ser adicionados mais tarde sem a adicionar novos custos de adaptações. O escritório se mantém atualizado com os parâmetros tecnológicos e de performance que influenciam o projeto do edifício. Isso permite a utilização de dispositivos de baixo impacto ambiental, que economizam energia, apropriados às necessidades dos nossos clientes. One Earth Homes, Upton Diagrama de componentes de uma casa carbono-zero

6 Copyright BioRegional BedZED, Wallington, South London

7 BedZED Um dos maiores projetos realizados pelo ZEDfactory no Reino Unido é o Beddington Zero Energy Development (BedZED). Uma eco-vila, na periferia de Londres, Inglaterra, construída em 2002 e desenvolvida em parceria com a BioRegional, Peabody Trust e Arup. O conjunto, composto por 100 habitações, mescla residências, escritórios, uma escola e ainda conta com diversas facilidades e serviços, como carros de uso coletivo e pontos de abastecimento para carros elétricos, afim de reduzir a necessidade do uso de carro. BedZED foi desenvolvido para suprir sua própria demanda energética, através de energias renováveis, utilizando PVs (painéis fotovoltaicos) e resto de madeira, troncos e galhos. As habitações tem orientação Sul, para aproveitar os ganhos solares, possuem uma espessa camada de isolamento térmico, uma grande quantidade de massa térmica e vidros duplos e triplos para manter a temperatura interna constante ao longo das estações. BedZED é um microcosmos de como o mundo pode ser operado, mantendo o mesmo nível de conforto oferecido pelas cidades, ainda assim cooperando com o meio ambiente. Com um pouco de imaginação e criatividade é possivel viver de forma harmônica com a natureza. BedZED busca melhorar a qualidade de vida dos habitantes provendo uma ótima ventilação e iluminação natural e integrando-se ao meio ambiente. O complexo é eficiente energéticamente, reduzindo demanda por iluminação, aquecimento e abastecimento de água; reutiliza e trata águas potáveis, pluviais, cinzas e negras; foi construído com materiais extraidos de fontes renováveis, reutilizados ou reciclados, provenientes de fontes locias em um raio máximo de 50 Km, minimalizando a energia necessária para a fabricação e transporte dos mesmos. Bill Dunster

8

9 Jubilee Wharf Uma referência para a construção zero carbono e também um centro para a comunidade. Julilee Wharf, em empreendimento de uso misto se tornou um centro de atividade sustentável e promotor de eventos artísticos nesta pequena vila no litoral da Cornuália, Inglaterra.

10 Pavilhão ZED - Expo Shanghai 2010

11 ZEDPavilion O pavilhão de Londres, ZEDpavillion, recentemente construído para a EXPO Shanghai 2010, na China, é um exemplo de como alcançar uma arquitetura carbono-zero em climas quentes e húmidos. O pavilhão é orientado ao norte e foi projetado de forma a ser reproduzido em conjunto, conformando um bairro sustentável, auto-suficiente energéticamente e com grandes concentrações de áreas verdes, buscando uma melhor interação com a natureza. ZEDfactory vem realizando uma extensiva pesquisa em como projetar edifícios e planos urbanísticos para se adequar a diferentes condições climáticas ao redor do mundo. O pavilhão ZED representa o primeiro exemplo de um novo sistema flexível onde os edifícios zero carbono podem ser dispostos em diferentes escalas, desde pequenos blocos a grandes quarteirões. A largura dos blocos podem variar de acordo com a complexidade e densidade do lugar. Os chamados Wind cowls são um tipo de cata-ventos integrados ao edifício que maximizam a ventilação natural e ajudam a manter constante a temperatura interna do edifício sem gastos energéticos. Os edifícios foram desenhados de forma a maximizar a insidência de luz nos painéis solares. A inclinação do telhado e o distanciamento entre os edifícios otimiza a produção de energia e a luminozidade dentro do edifício. Blocos urbanos relpicáveis

12 Rural Zed, casa modelo em Durkirk, Françav

13 Kit de habitação RuralZED RuralZED é um kit de habitação pré-fabricado com preço acessível e de rápida construção, que permite ao proprietário ter uma casa eco-eficiente de alta qualidade, mais simples e barata, e transforma-la gradualmente, de acordo com suas possibilidades econômicas, numa casa carbono-zero. CODE LEVEL 3 O projeto dos RuralZEDs inclui lugares para hortas onde é possível plantar sua própria comida além so sunspaces funcionarem como uma espécie de estufa. Os quarteirões urbanos incorporam pomares comuns e pequenos espaços para hortas individuais. Coberturas de painéis solares podem ser incorporados aos projetos em forma de abrigo de carros usando a energia gerada para o carregamento de carros elétricos. CODE LEVEL 4 CODE LEVEL 5 CODE LEVEL 6 Kit habitacional RuralZED CODE LEVEL 7

14 One Earth homes, Upton

15 Upton RuralZED Primeiro código 6 do Reino Unido O complexo de casas One Earth Homes em Upton, na Inglaterra, foi o primeiro conjunto de casas a receber a certificação mais alta dentro do padrão ingles, o nivel 6 do Código para Casas Sustentáveis (Code for Sustainable Homes). Uma recente publicação do governo, o World Class Cities de maio de 2009, cita o complexo como um dos poucos casos recentemente construidos no Reino Unido que exemplificam os princípios de extenções urbanas ecologicamente sustecntáveis. Vista da cozinha Interior de um RuralZED

16

17 Earth centre O Earth Centre e um centro comunitario desenvolvido de forma a nao so reduzir reduzir ao maximo os impactos ambientais mais sim contribuir positivamente com o meio ambiente e para a comunidade local, proporcionando um espaco agradavel e acolhedor permeado por areas verdes e pelo rio Dom. Desde o inicio do projeto buscamos integrar suas demandas funcionais com o meio ambiente, trabalhando a estetica do edificios de forma a favorecer uma boa iluminacao e ventilacao natural, insolacao alem de integrar os edificios com o entorno. A estruture a o detalhamento foram pensados de forma a reutilizar materiais provenientes de demolicoes, mao de obra e materiais locais.

18

19 Nottingham Jubilee Campus Bill Dunster foi o arquiteto responsável pelo projeto ganhador de prêmio enquanto fazia parte do escritório Michael Hopkins and Partners. Ele acompanhou todo o processo desde o projeto até a construção. O complexo é rodeado por lagos que são utilizados para o resfiamento das áreas comuns entre os edificios. Salas de aulas e escritórios distribuem-se em tres pavimentos, alternando entre jardins internos e atriums. Esse arranjo maximiza o uso de ventição passiva e massa térmica, assim como a redução do uso de energia como um todo.

20

21 LandARK - GardenARK O conjunto de soluções ARK, foi desenvolvido de forma a prover habitações e escritórios de baixíssimo impacto ambiental a preços acessíveis à classe media. Os tamanhos e orientações variam de acordo com o local afim de integrar o projeto a diferentes contextos. Com um design diferenciado, as formas e diferentes tecnologias que o escritório adota, derivam de uma tentativa de baixar o impacto ambiental, visando sempre torná-lo carbono zero. Todos os detalhes foram simplificados de forma a fomentar a utilização de mão de obra local. A especificação dos materiais e suas dimensões foram ergonomicamente pensados para serem facilmente transportados e manipulados pelos operários, despensando a necessidade de grandes maquinas e infraestrutura.

22 St Matthews Key Worker flats Apartamentos acessíveis de baixo impacto ambiental St Matthews Key Worker flats é um bloco de partamentos de 12 unidades em um terreno parte de um plano urbanístico mais amplo para a regeneração da região Sta Matthews, no bairro de Lamberth, Londres. O bloco de apartamentos foi projetado dentro dos padrões ZED (os chamados ZEDstandards) e por isso os espaços não requerem nehum aquecimento extra. A água quente utilizada domesticamente é fornecido por uma combinação da queima de paletas de madeira e painéis solares.

23 Hope house Construído em 1995, foi a primeira casa experimental ZED do escritório. Foi projetada para uma área inundável; o piso térreo tem uma massa térmica resistente a inchentes e suporta uma estrutura de madeira de dois andares. Um conservatório de pé-direito duplo e face sul, tem uma varanda interna e conecta todos os andares. Painéis solares para energia elétrica e painéis de aquecimento de água tem a função de cobertura transparente. Melhoras ambientais foram planejadas pelos proprietários à medida em que os recursos possibiltaram, culminando em uma certificação zero-carbono no verão de Atualmente a residência conta com um pequeno forno para aquecimento do ambiente, um boiler automático para aquecimento de água no inverno, também um tubo coletor térmico à vacuo que fornece toda a água quente desde a primavera até o início do outono, uma série de placas fotovoltáicas com pico de 1.1 kw e uma turbina de vento de 600 watts. A casa foi projetada para facilitar to trabalho doméstico. O piso térreo tem duas entradas separadas, originalmente sede do escritório ZEDfactory mas com potencial de transformação em um apartamento com acessibilidade para uma pessoa dom deficiencia motora. A construção utilizou materiais locais e mão de obra local e é uma alternativa à estética arquitetônica Georgiana e neo- Tudor da região. O projeto oferece tanto privacidade como luz solar através do chamado sunspace e ao mesmo tempo vistas do jardim e arredores.

24 z v

25 DWCT Era essencial neste projeto que o centro para visitantes fosse de acesso fácil e os espaços racionalmente organizados. O projeto cuidadosamente considerou os vários tipos de visitantes; os pagantes, os não pagantes, grupos escolares e residentes - pessoas que usam o centro de maneiras diferentes. A avenida central entre os edifícios funciona como áreas de reuniões coletivas, onde podem ser feitas refeições, filas e experiências. A escadaria de madeira se integra na paisagem e é de fácil acesso. Knutton village farm O conceito do projeto para o centro de visitantes em Durrell é criar uma série de componentes construtivos que podem ser analizados individualmente em termos de custo, sustentabilidade e ambiental. Esses componentes incluem estrutura, revestimento, cobertura e serviços. Esse processo garante que Durrell construa com melhor qualidade de projeto e especificação dentro de um A cobertura facetada oferece um maior volume de ar quente que pode ser ventilado diretamnte pela abertuda de janelas na face vertical da trelissa. A trelissa também melhora a qualidade dos níveis de luz natural no centro da planta. As coberturas verdes são bons isolantes térmicos e mescla bem com a paisagem. orçamento pre-determinado. Cerca de 85 % da estrutura é de madeira. Uma parte é metálica para possibilitar grandes vãos.

26

27 Pipedream Reutilizando tubos de infraesturura como grande blocos de apartamento é uma opção de rápida construção e de baixo custo. Se coberto com terra cria-se espaços de alta massa térmica e possibilita grande integração com a paisagem. As acomodações são empilhadas formando uma estrutura tipo colméia despensando a necessidade de fundações. Uma grande cobertura com placas solares formam uma passagem de pedestre ao mesmo tempo que gera energia para uma comunidade off grid de alta densidade. A construção é simples e pode ser feita em semanas. Tratamento de residuos solidos, captação de águas pluviais e boiler comum reduz a necessidade de investimento em infraestrutura ao mínimo.

28

29 ZED school Projeto conceitual de uma escola carbono negativo para a Coreia do Sul. Painéis fotovoltaicos no telhado produzem toda a energia necessária para manter o funcionamento do edifício e o excedente será utilizado para alimentar os ônibus elétricos que farão o transporte dos alunos entre suas residências e a escola. Estratégias de Iluminação natural, desumidificação, aquecimento e refrigeração passiva do ar foram integradas ao sistema de ventilação do edifício a fim de reduzir consideravelmente o consumo da escola e prover melhor qualidade de ar para os alunos o que comprovadamente aumenta o desempenho dos alunos em classe.

30

31 Plano diretor e urbanismo ZEDfactory tem produzido planos diretores para diferente locias no mundo, tomando sempre como partida o ambiente local, as condições climáticas, a tipologia e arquitetura vernacular, respeitando densidades e topografias. Nosso trabalho busca promover comunidades verdes, onde cada habitante tem direito a um espaço aberto e onde todas as habitações estão a uma distancia percorrivel a pé ou de bicicleta de lojas, serviços e transporte publico. Estudo de caso plano diretor de Tongshan O plano diretor vem sendo desenhado para coletar e armazenar as aguas pluviais, maximizar o frescor dos ventos predominantes no verão e reduzir ilhas de calor. O ar quente é resfriado ao longo do trajeto entre áreas vverdes e lagos de aguas fluviais. Um centro prioritário para pedestres e ciclistas proporciona espaços de lazer, cultura, educação, escritórios e comércio. Coberturas vegetais criam parques e dão unidade ao conjunto alem de ajudar a manter uma temperatura agradável tanto no verão quanto no inverno.

32

33 POSCO Comercial & institucional Painéis fotovoltaicos são incorporados a um sistema de fachada ventilada, altamente isolada termicamente, possível de receber atualizações ao longo do tempo, fazendo de um edifício que no momento da sua construção este previsto para produzir apenas 50% da energia necessária para manter o mesmo, atingir eficiência energética a longo prazo. Alem dos painéis, outras tecnologias foram propostas para serem adicionadas ao longo da vida útil do edifício possibilitando o mesmo de se tornar auto-suficiente energeticamente a longo prazo. Atrium used as a exhaust plenum Insulation vacuum to minimize heat loss Desiccant cooling using a salt dried by solar thermal BIPV & PV louvres provide electricity Ventilated facade with integrated blinds Grey water washing machine & low flush WC Aerogel windows reduce heat loss Interior skin with blinds 6 3 Solar trees provide additional electricity to the BIPV Aerogel wall panels to increase insulation 5 1 BEMS System Parking canopy provides electrical energy from vehicles Heat exchangers take 70% energy from extracted air Grey water & rainwater heat recovery to reduce hot water energy load 2 Solar thermal provides hot water for 70% of the year 4 Battery storage for short term electrical storage Activated thermal mass pipes are embedded in concrete 3 Fuel cell made from hydrogen of water provides hot water & electricity storage

34

35 Apartamento carbono zero para climas quente e humido. Projeto residencial de alto luxo para a China. O projeto tem como objetivo obter a maior certificação LEED já obtida no mundo, 110 dos 120 pontos disponíveis atingindo cerca de 91.6% do total disponível

36

37 Evaporation effect ParkZED in Korea ParkZED e um conjunto condomínio múlti uso, aberto, de alta densidade, projetado de forma a integrar diferentes atividades e reduzir a pegada ecológica dos moradores, reduzindo suas emissões referentes a habitação, alimentação e transporte. O conjunto possui facilidades para veículos elétricos de pequeno porte, e-bikes, e-trikes e e-cars, incentivando os moradores a reduzir suas emissões a níveis mínimos As fachadas sudeste e sudoeste são revestidas em PVs, responsáveis pela produção de 2/3 da demanda energética do condomínio ao longo do ano. Biodigestores purificam o esgoto e produzem gás natural para os restaurantes além de auxiliar na rega e na fertilização dos jardins, reduzindo a demanda por água potável. Águas pluviais também são armazenadas e reutilizadas em rega e em usos não potáveis dentro dos apartamentos. Coberturas ajardinadas criam espaços de convivência, esportes e lazer. Aumentando a área verde total do terreno para 70%, com isso todos os apartamentos contam Green roof as an protection against sun Dual aspect apartment allows cross ventilation Trees provide protection against sun com uma área verde de pelo menos 6m2 para produção de alimento. Green space provides privacy reduces ground temperature Natural ventilation through the underground car park

38

39 s Pesquisas e projetos em andamento. ZEDfactory procura expandir as barreiras do pensamento contemporâneo sobre urbanismo sustentável e integração de recursos O edifcio como um organismo renováveis no projeto do edifícios. Acreditamos que a abordagem holística para o projeto é essencial para confrontar os desafios ambientais desse século. O edifício deve ser pensado como um organismo vivo que come, bebe, respira, e produz resíduos. Todos os insumos e saídas devem ser planejados para retornarem aos ciclos naturais, contribuindo com o meio ambiente ao invés de degradá-lo. Nesse processo, todos os resíduos orgânicos como resto de comida e esgoto, hoje considerado lixo, podem ser processados localmente, utilizando biodigestores anaeróbicos para produzir biogás e fertilizantes. Esse biogás pode ser utilizado para cozinhar ou para gerar energia elétrica e o fertilizante pode ser enviado de volta ao campo e ser utilizado na agricultura. Os resíduos não orgânicos e que nao são recicláveis, devem passar por um processo de pirólise, produzindo mais biogás e biocarvão, um sólido rico em carbono que aumenta consideravelmente a fertilidade do solo. O biogás produzido a partir dos dois Copyright Thomas Docherty processos, biodigestão e pirólise, servem de combustível altamente eficiente para a produção de energia elétrica. Dessa forma, anula-se a necessidade de enviar o lixo para aterros sanitários, transformando assim, resíduos em matéria-prima de um outro ciclo. Inputs e outputs da casa ZED

40 Premiações Recebidas UK Green Building Council 2009 Sustainable Development of the Year Award - Upton Energy Globe Award 2002 Winner Royal Institute of British Architects - Presidents Award 2008 The ZEDbook - Outstanding Professional Practice-located Research Sustainable Housing Awards 2008 St Mathews key worker flats Eurosolar Award 2002 Winner The World Habitat Awards 2001 Finalist Housing Design Awards 2007 Future Proof Award - Jubilee Wharf Sustainability Awards 2006 Outras Citações Low energy building of the year - St Mathews Housing Design Awards 2006 Highly commended - Hockney Green Housing Design Awards 2005 Highly commended - BowZED Exhibition of Excellence - Leicester Bus Garage Stirling Prize 2003 Shortlisted Main Prize & Winner of Sustainability Award - BedZED Prime Minister s Better Public Building Award The Conference Building, Earth Centre, Finalist in 2002 Design Sense Award Hope House shortlisted 1999 by the Design Museum RIBA Downland Award 1996 Hope House shortlisted RIBA London Awards 2003 Winner Special Awards - Sustainability - BedZED Housing Design Awards 2003 Winner - Best Project & Sustainability Award - BedZED EU prize for contemporary architecture 2003 Nominee - Fundacio Mies van der Rohe Award Evening Standard Lifestyle Award 2002 British Council Delegations China, Beijing China, Shanghai Los Angeles Japan Winner

41 Muito Obrigado. Aguardamos o seu contato... tel fax +44 (0) (0) Copyright The ZEDfactory Ltd 21 Sandmartin Way, Wallington, Surrey, SM6 7DF

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental Eco Houses / Casas ecológicas Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental IDHEA - INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICA Conceito:

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade, paisagens e ecossistemas visualmente atraentes e que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade e de paisagens e ecossistemas visualmente atraentes que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 SELO CASA AZUL CAIXA Sandra Cristina Bertoni Serna Quinto Arquiteta Gerência Nacional de Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS SELO

Leia mais

MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA

MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA Arq. Mario Fundaro Seminário internacional arquitetura sustentável São Paulo 2014 A CASA SUSTENTÁVEL Conceitos

Leia mais

ARQUITETANDO O FUTURO

ARQUITETANDO O FUTURO ARQUITETANDO O FUTURO Arq. Emílio Ambasz T J D F T ASSESSORIA DA SECRETARIA GERAL DA PRESIDÊNCIA Objetivos do TJDFT Cumprir o mandamento constitucional de defesa e preservação do meio ambiente para as

Leia mais

ESTRATÉGIAS A NÍVEL URBANO. Ilha de Calor

ESTRATÉGIAS A NÍVEL URBANO. Ilha de Calor ESTRATÉGIAS A NÍVEL URBANO Ilha de Calor Ilha de Calor Um projeto sustentável deve enfatizar 3 aspectos: Sombra protetora nos espaços abertos; Pavimentação que não contribua para o aumento da temperatura

Leia mais

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL FICHA TÉCNICA Empresa: Syene Empreendimentos Projeto: Syene Corporate Área Construída: 77.725,45 m² Data de implementação: 01/09/2010 Responsável: Jealva Fonseca Contato: jealva@syene.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

Jardins urbanos suspensos

Jardins urbanos suspensos Jardins urbanos suspensos Retirado do site: Mercado Ético - 16/06/2011 12:22:58 Seu nome é Jardins de Cristal (Crystal Gardens), uma referência direta à interessante combinação de vidro e verde. Mas os

Leia mais

CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE. Casa Solar Acessível Caribenha

CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE. Casa Solar Acessível Caribenha CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE Casa Solar Acessível Caribenha ESCOLHA DA CASA PAÍS LATINO CLIMA TROPICAL CASA PERMEÁVEL POSSIVEL ALCANCE DE INTERESSE SOCIAL CASH HOME Slogan: Ser verde e acessível.

Leia mais

Um edifício que já nasce com uma grande história.

Um edifício que já nasce com uma grande história. Um edifício que já nasce com uma grande história. O Residencial Arauco nasce para ser icônico. Para ser parte da cidade e para ajudá-la a contar a própria história. Um marco histórico A região que abraça

Leia mais

Sistemas de aquecimento de água residencial e o ASBC: Aquecedor Solar de Baixo Custo Por Felipe Marques Santos Aluno do curso de Engenharia de Energia Projeto Coordenado por Prof. Dr. Rogério Gomes de

Leia mais

Soluções Sustentáveis

Soluções Sustentáveis ANA ROCHA MELHADO Soluções Sustentáveis EMPREENDIMENTOS RESIDENCIAIS IV SEMINÁRIO DE INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL RIO DE JANEIRO, junho de 2011 SÍTIO E CONSTRUÇÃO (6 18) 1 - Relação do Edifício com o

Leia mais

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis A Produção de Empreendimentos Sustentáveis Arq. Daniela Corcuera arq@casaconsciente.com.br www.casaconsciente.com.br A construção sustentável começa a ser praticada no Brasil, ainda com alguns experimentos

Leia mais

Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil

Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil Texto Preliminar Completo - Agosto 2011 INTRODUÇÃO Começam a existir no Brasil um bom número de edifícios com

Leia mais

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School Escola verde Green School Sobre o Colégio Positivo Início das aulas: 18 de fevereiro de 2013 Lançamento oficial: 26 de março de 2013 Proposta de ensino bilíngue (português/inglês) Cerca de 350 alunos,

Leia mais

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito.

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito. Ecologicamente correto Economicamente viável Socialmente justo Culturalmente aceito. ENERGIA SEGURANÇA ETE FIBRA-ÓTICA DADOS TELEFONIA PAVIMENTAÇÃO VIAS PROJETADAS GÁS ETA SINALIZAÇÃO EQUIP. URBANOS ACESSIBILIDADE

Leia mais

Automação para desempenho ambiental e desenho universal

Automação para desempenho ambiental e desenho universal Automação para desempenho ambiental e desenho universal 58 pontos providos por sistemas de e equipamentos periféricos Eng. Gabriel Peixoto G. U. e Silva Selos verdes AQUA (selo francês HQE) Alta Qualidade

Leia mais

(48) 3086-9700 Avenida Pedra Branca, s/n Cidade Universitária Pedra Branca Palhoça Santa Catarina www.cidadepedrabranca.com.br

(48) 3086-9700 Avenida Pedra Branca, s/n Cidade Universitária Pedra Branca Palhoça Santa Catarina www.cidadepedrabranca.com.br ESCRITÓRIOS PARA LOCAÇÃO Realização: C O R P O R A T E C E N T E R (48) 3086-9700 Avenida Pedra Branca, s/n Cidade Universitária Pedra Branca Palhoça Santa Catarina www.cidadepedrabranca.com.br TORRE I

Leia mais

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO.

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO E DESIGN DISCIPLINA: CONFORTO AMBIENTAL 1 ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. ARQUITETOS: KAZUYO SEJIMA E

Leia mais

construímos a inovação POR

construímos a inovação POR construímos a inovação POR construímos a inovação 2 3 Compact Habit, uma iniciativa da empresa de Manresa, Constructora d Aro S.A., foi criada em 2004 para atender à necessidade de inovação na construção.

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS EM CONDOMINIOS Miguel Tadeu Campos Morata Engenheiro Químico Pós Graduado em Gestão Ambiental Considerações Iniciais Meta - A sobrevivência e perpetuação do seres humanos no Planeta. Para garantir a sobrevivência

Leia mais

Centro de Educação Ambiental Jardim Zoológico de São Paulo

Centro de Educação Ambiental Jardim Zoológico de São Paulo Centro de Educação Ambiental Jardim Zoológico de São Paulo DIRETRIZES AMBIENTAIS CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL JARDIM ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO IMPACTO AMBIENTAL DA OBRA Racionalizar acessos, transporte e

Leia mais

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Viabilidade, Projeto e Execução Análise de Investimento em Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis São Paulo, 19 de agosto de 2008 Luiz Henrique Ceotto Tishman

Leia mais

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 QUALIVERDE Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 Legislação para Construções Verdes Concessão de benefícios às construções verdes, de modo a promover o incentivo à adoção das ações e práticas

Leia mais

Planta do pavimento térreo

Planta do pavimento térreo Planta do pavimento térreo Cortes e elevações típicos Acesso principal e praça de eventos Permeabildade do projeto com seu entorno Ecosistema interno com bosque de mata nativa Telhados verdes e praça de

Leia mais

Conceitos e Princípios da Arquitectura Sustentável.

Conceitos e Princípios da Arquitectura Sustentável. Conceitos e Princípios da Arquitectura Sustentável. 1.0 Impacto da Construção: 1.1 Ambiental 1.2 Social 1.3 Económico Procura do Equilíbrio nestes três factores Desenvolvimento de soluções sustentáveis

Leia mais

Projetistas Interiores Débora Aguiar Arquitetura idea! Arquitetura + Design A Idea! atua no Ceará na área de projetos de arquitetura desde 2007. Sob a direção dos arquitetos Fabián Salles e Geraldo Duarte,

Leia mais

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future "Desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças Visão de mercado do GBC para conduzir Brasil a adoção (Sonho

Leia mais

Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana

Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana Estratégia para um Desenvolvimento Sustentável para a Cidade de Águeda Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana Águeda, 27/04/2011 V.M. Ferreira O projecto: Este projecto visou reflectir

Leia mais

PALESTRA Tecnologias e processos inovadores no abastecimento de água em comunidades isoladas SEMINÁRIO

PALESTRA Tecnologias e processos inovadores no abastecimento de água em comunidades isoladas SEMINÁRIO PALESTRA Tecnologias e processos inovadores no abastecimento de água em comunidades isoladas Daniel Kuchida SEMINÁRIO Segurança da Água para Consumo Humano. Como moldar o futuro da água para as partes

Leia mais

Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões. de toneladas de CO2

Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões. de toneladas de CO2 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Economize energia e CO2 hoje As soluções estão prontas! 517milhões de toneladas de CO2 poderiam ser economizadas se a Europa dobrasse o uso que faz de aquecimento distrital

Leia mais

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade.

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Realização: Parceiro: Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Cesar Ramos - Gerente de projetos da Yuny Incorporadora Daniel Gallo - Gerente

Leia mais

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A Empresa - No mercado nacional desde 1993 - Localização: Com fábrica em Vale de Cambra (50 km a

Leia mais

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL COLÓQUIO EMPREGOS VERDES E CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS 20.08.2009

Leia mais

Armazenamento de Energia Renovável

Armazenamento de Energia Renovável Solar Eólico Armazenamento de Energia Renovável Biomassa Eficiência Energética Comercial Parques Público Rural Industrial Residencial MICRO E MINIGERAÇÃO DE ENERGIA A ANEEL permitiu aos consumidores através

Leia mais

Resíduos Sólidos Programa Lixo Alternativo Situação atual de Guaraqueçaba: Volume diário 4m³ (aproximadamente 1 tonelada/dia) Coleta: Diária em 980 unidades domésticas / 135 comerciais / 2 industriais

Leia mais

04-06-2009. Dia 27 de Maio - Abertura. Dr.ª Isabel Santos. Vila Lago Monsaraz

04-06-2009. Dia 27 de Maio - Abertura. Dr.ª Isabel Santos. Vila Lago Monsaraz Dia 27 de Maio - Abertura Dr.ª Isabel Santos Vila Lago Monsaraz Lisboa, Maio 2009 1 1. Projecto 2. Áreas estratégicas para a Estratégia de Sustentabilidade Áreas de desenvolvimento Medidas / Soluções 3.

Leia mais

Eficiência Energética em Edificações

Eficiência Energética em Edificações 1 Eficiência Energética em Edificações SUSTENTABILIDADE: NOVOS DESAFIOS E OPORTUNIDADES Maio, 2015 Paula Baratella, arq. MSc. Arquiteta e Urbanista e Mestre em Eng. Civil- UNICAMP Analista de Infraestrutura

Leia mais

VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER!

VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER! VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER! Fachada com tijolo tipo inglês rústico com revestimento que proporciona o conforto térmico e acústico. Ficha Técnica Tipologia da unidade privativa: Aptos de 4 ou 5 suítes

Leia mais

EMISSÕES DE CO2 USO DE ENERGIA RESÍDUOS SÓLIDOS USO DE ÁGUA 24% - 50% 33% - 39% 40% 70%

EMISSÕES DE CO2 USO DE ENERGIA RESÍDUOS SÓLIDOS USO DE ÁGUA 24% - 50% 33% - 39% 40% 70% USO DE ENERGIA EMISSÕES DE CO2 USO DE ÁGUA RESÍDUOS SÓLIDOS 24% - 50% 33% - 39% 40% 70% Certificado Prata Ouro Platina Prevenção de Poluição nas Atividades de Construção: Escolha do terreno Densidade

Leia mais

Comparação entre Telhado Verde e Convencional nas Temperaturas Internas de Ambientes

Comparação entre Telhado Verde e Convencional nas Temperaturas Internas de Ambientes Comparação entre Telhado Verde e Convencional nas Temperaturas Internas de Ambientes Douglas Vaciliev Vacilikio 1 ; Luciano Fleischfresser 2 1 Aluno de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Tecnológica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Tipologia Construtiva Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. TIPOLOGIA CONSTRUTIVA 1 SUB HABITAÇÃO 1.1- Sub-habitação Compostos

Leia mais

A experiência de Belo Horizonte:

A experiência de Belo Horizonte: A experiência de Belo Horizonte: a construção de uma capital sustentável Vasco de Oliveira Araujo Secretário Municipal de Meio Ambiente Prefeitura de Belo Horizonte Junho 2012 Belo Horizonte e RMBH (34

Leia mais

O SEU PARCEIRO DE ENERGIA SOLAR PRODUZA A SUA PRÓPRIA ENERGIA LIMPA E MELHORE O SEU FUTURO

O SEU PARCEIRO DE ENERGIA SOLAR PRODUZA A SUA PRÓPRIA ENERGIA LIMPA E MELHORE O SEU FUTURO O SEU PARCEIRO DE ENERGIA SOLAR PRODUZA A SUA PRÓPRIA ENERGIA LIMPA E MELHORE O SEU FUTURO Escolha o melhor parceiro LÍDER DE MERCADO COM MAIS DE 50 ANOS DE EXPERIÊNCIA Em 31 de março de 2013, gerimos

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Segmento: Bioarquitetura. Amarildo Ávila Douglas de Jesus Juliana Ferrari Lívia Corazza Viviane Santos

PLANO DE NEGÓCIOS. Segmento: Bioarquitetura. Amarildo Ávila Douglas de Jesus Juliana Ferrari Lívia Corazza Viviane Santos PLANO DE NEGÓCIOS Segmento: Bioarquitetura Nomes: Amarildo Ávila Douglas de Jesus Juliana Ferrari Lívia Corazza Viviane Santos Baobá Nome Científico: Adansonia grandidieri BioArquitetura Vertente Ecológica

Leia mais

cidades verdes OUTUBRO 2014

cidades verdes OUTUBRO 2014 cidades verdes ESPAÇOS DE QUALIDADE OUTUBRO 2014 Edifício Cidade Nova Universidade Petrobras 1987 Ano de Fundação Parque Madureira Rio+20 1999 2007 2010 Alinhamento com Agenda 21 1 o LEED NC Core & Shell

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS Roberto Lamberts, PhD. Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC Laboratório de Eficiência Energética em Edificações LABEEE Conselho Brasileiro

Leia mais

Introdução à Construção Sustentável

Introdução à Construção Sustentável Introdução à Construção Sustentável Origem do conceito Desenvolvimento Sustentável O conceito de Desenvolvimento Sustentável teve origem em 1987 pela Comissão Mundial sobre Ambiente e Desenvolvimento em

Leia mais

Parcelamento do Solo. Projeto de Loteamentos

Parcelamento do Solo. Projeto de Loteamentos Introdução Parcelamento do Solo Projeto de Loteamentos Prof. Mário Barreiros O parcelamento e a estruturação da cidade O parcelamento do solo é o principal instrumento de estruturação do espaço urbano

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA BAIRRO

Leia mais

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Tecnologia de Aquecimento Solar de Água Abyara, São Paulo, 03 de Julho de 2008 Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Luciano Torres Pereira Grupo Soletrol Soletrol Industria e Comércio Soletrol l Tecnologia Universidade

Leia mais

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO Uma APLICAÇÃO PARA CADA NECESSIDADE www.rehau.pt Construção Automóvel Indústria A REABILITAÇÃO, UMA SOLUÇÃO COM SISTEMAS PARA O AQUECIMENTO E O ARREFECIMENTO POR SUPERFÍCIES

Leia mais

CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA

CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA CONCEITO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CONSTRUÇÃO ECOLÓGICA CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL PROMOVE INTERVENÇÕES CONSCIENTES SOBRE O MEIO AMBIENTE, ADAPTANDO-O PARA AS NECESSIDADES

Leia mais

Nove Passos para a Obra Sustentável - resumo

Nove Passos para a Obra Sustentável - resumo Nove Passos para a Obra Sustentável - resumo IDHEA Instituto para o Desenvolvimento da Habitação Ecológica www.idhea.com.br idhea@idhea.com.br (disponível na íntegra para clientes) Introdução O conceito

Leia mais

Gestão Sustentável da Construção Civil

Gestão Sustentável da Construção Civil Gestão Sustentável da Construção Civil UMA VISÃO PRAGMÁTICA DO TEMA São Paulo, 28 de maio de 2008 Luiz Henrique Ceotto Tishman Speyer Properties Preço de venda Que preço interessante!!! CLIENTE Custo de

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis 19/OUT/2011 Mara Luísa Alvim Motta Gerência Nacional de Meio Ambiente CAIXA EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2003-2010 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Leia mais

Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida.

Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida. Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida. Plástico é Energia Esta cidade que você está vendo aí de cima tem uma população aproximada de 70.000 mil habitantes e

Leia mais

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a. sustentabilidade da construção civil

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a. sustentabilidade da construção civil Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a sustentabilidade da construção civil A CONSCIÊNCIA AMBIENTAL É TEMA DESTE SÉCULO, E PORQUE NÃO DIZER DESTE MILÊNIO REDUZA REUTILIZE

Leia mais

Construindo do seu jeito

Construindo do seu jeito Construindo do seu jeito Editorial Construindo do seu jeito Qual o seu estilo de viver? Com liberdade ou prefere exclusividade? Preza pela comodidade, tecnologia, estética ou funcionalidade? Não precisa

Leia mais

A Engenharia Civil e as Construções Sustentáveis

A Engenharia Civil e as Construções Sustentáveis Engenharia A Engenharia Civil e as Construções Sustentáveis A construção sustentável é um novo conceito que está surgindo dentro da engenharia civil. A construção sustentável além de tornar a obra ecológica,

Leia mais

FUNCIONAL TOPOGRAFIA SOLAR/ PRIMEIRA METADE DO TERRENO E O INFERIOR LOCADO MAIS A

FUNCIONAL TOPOGRAFIA SOLAR/ PRIMEIRA METADE DO TERRENO E O INFERIOR LOCADO MAIS A FUNCIONAL IMPLANTAÇÃO IDENTIFICAR COMO SE DÁ A OCUPAÇÃO DA PARCELA DO LOTE, A DISPOSIÇÃO DO(S) ACESSO(S) AO LOTE; COMO SE ORGANIZA O AGENCIAMENTO, UMA LEITURA DA RUA PARA O LOTE ACESSO SOCIAL ACESSO ÍNTIMO

Leia mais

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto 38 a. ASSEMBLEIA & 1º FORUM ANUAL 21 de Maio de 2010 NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto Arquiteta Ana Maria de Biazzi Dias de Oliveira anabiazzi@uol.com.br

Leia mais

MLM. Proporcionando Soluções Sustentáveis. www.mlm.uk.com www.mlm.br.com

MLM. Proporcionando Soluções Sustentáveis. www.mlm.uk.com www.mlm.br.com MLM B r a s i l Proporcionando Soluções Sustentáveis www.mlm.uk.com Proporcionando Soluções Sustentáveis A necessidade de desenvolvimento sustentável é amplamente aceita e atualmente é considerada uma

Leia mais

Construção no Reino Unido. Situação Actual e Perspectivas de Futuro

Construção no Reino Unido. Situação Actual e Perspectivas de Futuro Construção no Reino Unido Situação Actual e Perspectivas de Futuro Construção no Reino Unido 100 mil milhões /ano 8% PIB 3 milhões de trabalhadores Sector público: representa 1/3 do mercado Situação Actual

Leia mais

Dossier Promocional. Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto

Dossier Promocional. Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto Dossier Promocional Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Características Detalhadas do Imóvel 2 1.

Leia mais

ENERGIA SOLAR. Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente.

ENERGIA SOLAR. Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente. ENERGIA SOLAR Energia limpa, nosso compromisso com o meio ambiente. Energy Team - experiência Vem analisando o mercado brasileiro desde 2006 e em 2008 participou da primeira feira de fonte de energias

Leia mais

Comunidades Sustentáveis

Comunidades Sustentáveis Comunidades Sustentáveis Ph.D., Engº do Ambiente Dep. Engª Civil, Arquitectura / Instituto Superior Técnico manuel.pinheiro@civil.ist.utl.pt ou manuel.pinheiro@lidera.info Comunidades? Comunidade communitas,

Leia mais

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade Soluções em Eficiência Energética e Energia Renovável Aplicáveis a Edificações Residenciais e Comerciais de Pernambuco Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes

Leia mais

2. Produção Arquitetônica e Eficiência Energética

2. Produção Arquitetônica e Eficiência Energética UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL ECO-EFICIÊNCIA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS EDIFICAÇÕES - Versão Revisada e Resumida

Leia mais

Todos os elementos são montados sobre rodas e retraem-se uns dentro dos outros. Por isso o funcionamento é muito flexível.

Todos os elementos são montados sobre rodas e retraem-se uns dentro dos outros. Por isso o funcionamento é muito flexível. Índice 1 Modelos... 2 2 Detalhes Técnicos... 11 3 Materiais Utilizados... 17 4 Principais Benefícios... 17 5 Segurança... 18 6 10 Boas Razões para escolher CZN-Coberturas Telescópicas... 18 7 CZN-Coberturas

Leia mais

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria AMBIENTE EFICIENTE Consultoria ESCOPO DOS SERVIÇOS CERTIFICAÇÃO LEED A certificação LEED pode ser aplicada no Brasil em oito tipologias: Novas Construções (New Construction) Edifícios Existentes Operação

Leia mais

arquitetura bioclimática e desempenho térmico t edificações

arquitetura bioclimática e desempenho térmico t edificações PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL Construção Metálica Escola de Minas Universidade Federal de Ouro Preto arquitetura bioclimática e desempenho térmico t de edificações Henor Artur de Souza

Leia mais

MORADIA E SUSTENTABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL

MORADIA E SUSTENTABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL MORADIA E SUSTENTABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL Miguel Aloysio Sattler Engenheiro civil e engenheiro agrônomo; PhD. pela Universidade de Sheffield, Inglaterra. Professor Associado, do Departamento de Engenharia

Leia mais

O FOMENTO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CRICIÚMA PELA LOGÍSTICA

O FOMENTO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CRICIÚMA PELA LOGÍSTICA O FOMENTO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CRICIÚMA PELA LOGÍSTICA Como obter mais resultados com menos despesas Thomas Burger - Arquiteto Burger Arquitetos Arquitetura e Gerenciamento de Projetos Porto Alegre

Leia mais

AGENDA AMBIENTAL Escola Parque

AGENDA AMBIENTAL Escola Parque ALIMENTAÇÃO RESÍDUOS MATERIAIS ENERGIA ÁGUA TRANSPORTE BIODIVERSIDADE AGENDA AMBIENTAL Escola Parque AÇÕES SOLIDÁRIAS EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE \ ENTORNO EXTERI\\OR ENRAIZAMENTO PEDAGÓGICO ENRAIZAMENTO

Leia mais

Serviços e Projetos em Engenharia para todos os segmentos.

Serviços e Projetos em Engenharia para todos os segmentos. Apresentação da Empresa Sumário 02 Quem Somos 03 Urbanismo e Infraestrutura 04 Arquitetura e Paisagismo 05 Área de Estruturas 06 Proteção contra Incêndio 07 Área de Hidráulica 08 Instalações Elétricas

Leia mais

ANEXO II PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO. Formulário para obtenção do QUALIVERDE

ANEXO II PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO. Formulário para obtenção do QUALIVERDE ANEXO II PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO Formulário para obtenção do QUALIVERDE Local da obra Nome do proprietário ou requerente RA Nome do autor do projeto (PRPA)

Leia mais

CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral

CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral Implantação e partido formal A casa Cirurgiões é uma residência unifamiliar de uso regular projetada

Leia mais

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para

Leia mais

930.000m² de muita exclusividade em Porto das Dunas. Mais de 1.600m de praia, cercados de segurança e atrativos diferenciados.

930.000m² de muita exclusividade em Porto das Dunas. Mais de 1.600m de praia, cercados de segurança e atrativos diferenciados. 930.000m² de muita exclusividade em Porto das Dunas. Mais de 1.600m de praia, cercados de segurança e atrativos diferenciados. 1,6 km de Praia Beach Park Via de acesso CE 025 Parque eólico Distância em

Leia mais

Alterações Climáticas. Formação e Sensibilização sobre Energia e Alterações Climáticas 03-07-2009

Alterações Climáticas. Formação e Sensibilização sobre Energia e Alterações Climáticas 03-07-2009 Formação e Sensibilização sobre Energia e Alterações Climáticas 5º Encontro Nacional da RENAE Portalegre 1 de Julho de 2009 Alterações Climáticas 1 Responsabilidade Social Pensar Soluções e Executá-las!

Leia mais

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório)

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório) FICHA TÉCNICA Projeto Arquitetônico: Gkalili Arquitetura Design de Fachada: Triptyque Arquitetura Projeto Paisagístico: EKF Arquitetura paisagística Projeto Decoração: Triptyque Arquitetura Dados do Produto

Leia mais

ADICIONANDO SUSTENTABILIDADE AO PROJETO ARQUITETONICO ECOLATINA- 19 DE OUTUBRO DE 2007

ADICIONANDO SUSTENTABILIDADE AO PROJETO ARQUITETONICO ECOLATINA- 19 DE OUTUBRO DE 2007 ADICIONANDO SUSTENTABILIDADE AO PROJETO ARQUITETONICO ECOLATINA- 19 DE OUTUBRO DE 2007 CURRICULUM Paulo Lisboa, arquiteto, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie em 1981, com pós-graduação

Leia mais

Eficiência Energética em Edificações. Roberto Lamberts. Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações

Eficiência Energética em Edificações. Roberto Lamberts. Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações Eficiência Energética em Edificações [ ] Roberto Lamberts Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações www.labeee.ufsc.br Tópicos A indústria da construção

Leia mais

TRABALHO 1 - ANÁLISE PROJETUAL

TRABALHO 1 - ANÁLISE PROJETUAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA CONFORTO AMBIENTAL I PROFª RITA SARAMAGO TRABALHO 1 - ANÁLISE PROJETUAL PROJETO: SUGAWARADAISUKE ARCHITECTS LOANY GONZAGA.LUIZA DALVI.MÁRCIA MICHELLE.THAÍS MARA 1.ANÁLISE

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL. Aplicação da ecologia na engenharia civil ... Camila Regina Eberle camilaeberle@hotmail.com

GESTÃO AMBIENTAL. Aplicação da ecologia na engenharia civil ... Camila Regina Eberle camilaeberle@hotmail.com ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL GESTÃO AMBIENTAL Aplicação da ecologia na engenharia

Leia mais

Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída

Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída Fórum de Eficiência Energética e Geração Distribuída ANEEL 2015 Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Gerência Nacional de Sustentabilidade

Leia mais

Fachadas para Alto Desempenho Ambiental

Fachadas para Alto Desempenho Ambiental Fachadas para Alto Desempenho Ambiental Contexto de Projeto e Aplicação Mônica Pereira Marcondes Arquiteta e Urbanista pela FAUUSP Mestre em Environment & Energy Studies, Architectural Association Graduate

Leia mais

UniVap - FEAU CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Prof. Minoru Takatori ESTUDO PRELIMINAR

UniVap - FEAU CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Prof. Minoru Takatori ESTUDO PRELIMINAR 1 ESTUDO PRELIMINAR OBJETIVOS Analise e avaliação de todas as informações recebidas para seleção e recomendação do partido arquitetônico, podendo eventualmente, apresentar soluções alternativas. Tem como

Leia mais

Energias Renováveis em Portugal

Energias Renováveis em Portugal Energias Renováveis em Portugal António Joyce Departamento de Energias Renováveis INETI - Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação Estrada do Paço do Lumiar, 1649-038 Lisboa, PORTUGAL Antonio.Joyce@ineti.pt

Leia mais

PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras. Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia

PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras. Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia PARTIDO ARQUITETÔNICO DIRETRIZES GERAIS O edital do concurso aliado ao interesse por

Leia mais

Viver Confortável, Morar Sustentável

Viver Confortável, Morar Sustentável Viver Confortável, Morar Sustentável A Verde Lar foi criada em Março de 2009, dando início a uma jornada com o compromisso e ética das questões ambientais no mercado habitacional oferecendo soluções para

Leia mais

DOTS Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável

DOTS Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável DOTS Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável O que é DOTS? Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável: modelo de planejamento e desenho urbano Critérios de desenho para bairros compactos,

Leia mais

Barra/Gávea 2012 EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE. Plano de Metas EP+20 +5. O O que diz a AGENDA AMBIENTAL. Reaproveitamento de águas de chuva METAS:

Barra/Gávea 2012 EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE. Plano de Metas EP+20 +5. O O que diz a AGENDA AMBIENTAL. Reaproveitamento de águas de chuva METAS: Barra/Gávea 2012 EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE Plano de Metas EP+20 +5 O O que diz a AGENDA AMBIENTAL ÁGUA Reaproveitamento de águas de chuva Tratamento de águas cinzas Fitodepuração do Rio Rainha 1.

Leia mais

VERSUS 14 º SIACOT. 2014. VerSus: Lições do Património Vernáculo para uma Arquitectura Sustentável é um projeto de investigação coordenado pela

VERSUS 14 º SIACOT. 2014. VerSus: Lições do Património Vernáculo para uma Arquitectura Sustentável é um projeto de investigação coordenado pela VERSUS VerSus: Lições do Património Vernáculo para uma Arquitectura Sustentável é um projeto de investigação coordenado pela Escola Superior Gallaecia e financiado pela Comissão Europeia, no âmbito do

Leia mais

Tuesday, April 3, 12

Tuesday, April 3, 12 No começo, era apenas a eco-eficiência Zerar emissões Reduzir, reutilizar, reciclar Minimizar o impacto ecológico Reduzir o consumo Eco produtos Sustentável Neutralizar carbono Eficiência energética No

Leia mais

Células de combustível

Células de combustível Células de combustível A procura de energia no Mundo está a aumentar a um ritmo alarmante. A organização WETO (World Energy Technology and Climate Policy Outlook) prevê um crescimento anual de 1,8 % do

Leia mais

Concurso Planear Estarreja (orientações para a implementação)

Concurso Planear Estarreja (orientações para a implementação) (orientações para a implementação) Escolas Programa de Regeneração Urbana da Cidade de Estarreja Fases do Fase 1. Diagnóstico Fase 2. Estratégia e Plano de Ação 2 Exercícios para preparação de diagnóstico

Leia mais