PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO"

Transcrição

1 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) 1º PERÍODO Geral ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Este Plano anual de atividades tem por base: os princípios fundamentais do Projeto Educativo e do Regulamento Interno que estão consignados na Lei de Bases do Sistema Educativo e em toda a legislação de suporte e aplicação desses mesmos princípios. Assegurar uma formação geral a todos os alunos baseada não só no saber, mas também no saber fazer, no saber ser e no saber relacionar-se. Fomentar experiências que promovam a formação cívica, socioafetiva e a aquisição de atitudes de abertura, cooperação e solidariedade, numa perspetiva de educação para a cidadania. Todos os alunos Todo o ano letivo Direção, Coordenação Pedagógica e corpo docente 1

2 Direção e Coordenação Pedagógica ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Receção aos alunos Homenagem aos alunos Finalistas do 12º ano Sarau do Fim de Ano Letivo Homenagem aos alunos Finalistas do 9ºano Plano de Formação de Pessoal Docente Dar a conhecer aos alunos os princípios orientadores do Projeto educativo e Regulamento interno do colégio. Apresentação do Coordenador de turma, Diretor de turma e respetivo corpo docente. - Homenagear os alunos Finalistas do 12º ano desta escola; - Proporcionar um momento de festa e celebração da conclusão de mais uma etapa escolar. - Celebrar o final de um ano letivo de sucesso; - Consciencializar os alunos para a importância do cumprimento de objetivos escolares; - Permitir um espaço e um momento de convívio e socialização entre os membros da comunidade educativa. - Homenagear os alunos Finalistas do 9º ano desta escola; - Proporcionar um momento de festa e celebração da conclusão de mais uma etapa escolar. Permitir que os senhores professores continuem num processo de formação contínua, realizando o protocolo existente entre a Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico do Porto, Universidade Portucalense e o. Promover ações internas de formação, entre a coordenadora da Pré-escolar e o 1º Ciclo e as professoras do mesmo, no colégio Camões, no Colégio da Trofa e no. Promover ações de sensibilização para Todas as turmas 12º ano Infantil 1º, 2º e 3º ciclos Palácio da Bolsa Casa da Música 3 de setembro Direção, Coordenação Pedagógica e corpo docente Final do ano letivo Final do Ano Letivo Direção, Coordenação Pedagógica, Diretores de Turma e professores do 12º ano Direção, Coordenação Pedagógica e corpo docente 9º ano Final do ano letivo Direção, Coordenação Pedagógica, Diretores de Turma e professores do 9º ano Pessoal Docente Escola Superior de Educação: Instituto Politécnico do Porto: Porto Universidade Portucalense: Colégio Camões, no Colégio da Trofa e no : Palácio da Bolsa Casa da Música 2

3 Plano de Formação de Pessoal Não Docente Ação de formação:aspetos do desenvolvimento da criança Palestra: Acesso ao ensino superior em Inglaterra Palestra: Acesso ao ensino superior na Europa Central Palestra: Acesso ao ensino superior em Espanha professores sobre o processo de adaptação dos alunos da Pré-escolar ao 1º Ciclo. Dar continuação ao Protocolo referente às atividades de iniciação à prática profissional e prática de ensino supervisionada do 2º ciclo de estudos do Mestrado em ensino de Inglês e de Espanhol no Ensino Básico e Mestre em Ensino de Inglês e de Francês no ensino básico. Continuar com as ações de formação no âmbito da carreira docente, estatuto do aluno, regulamento interno, TIC, inglês e segurança, higiene e saúde no trabalho. Frequência do curso de Certificação de Transporte Coletivo de crianças - TCC Continuar com as ações de formação no âmbito da segurança, higiene e saúde no trabalho. Formação no âmbito dos primeiros socorros. Promover ações de sensibilização para as educadoras do pré-escolar sobre as fases do desenvolvimento da criança. Esclarecer os alunos sobre as regras e procedimentos a adotar no acesso ao ensino superior em Inglaterra. Esclarecer os alunos sobre as regras e procedimentos a adotar no acesso ao ensino superior na República Checa e Hungria. Esclarecer os alunos sobre as regras e procedimentos a adotar no acesso ao ensino superior em Espanha. Pessoal Não Docente Educadoras do pré-escolar Alunos do 12º ano Alunos do 12º ano Alunos do 12º ano Porto maio dezembro novembro novembro novembro adaptação dos alunos da Préescolar ao 1º Ciclo:Mestrado em ensino de Inglês e de Espanhol no Ensino Básico e Mestre em Ensino de Inglês e de Francês no ensino básico.1/9/10-30/8/12 Universidade do Minho Transform, Consultadoria e Formação Profissional nos Transportes, Lda Drª Bárbara Diogo Lucy Bravo Dr. Paulo Rocha Dr. Emilio Rubio 3

4 Pré-escolar e 1ºCiclo ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Dia da Alimentação Sensibilização sobre a importância de uma alimentação saudável Roda dos Alimentos Pré-escolar S. Martinho Comemorar tradições da cultura portuguesa Comunidade escolar Dia da Ciência Workshops de Ciência 1º Ciclo Visita de Estudo ao Planetário Festa de Natal Extensão/consolidação de conhecimentos de Estudo do Meio-sistema solar Promover o contacto com as ofertas culturais do meio envolvente Comemorar tradições culturais Contribuir para o desenvolvimento de valores como a Amizade, o Amor e a Família 4º ano 3º ano Pré-escolar e 1º Ciclo Campo Alegre 16 de outubro Educadoras 11 de novembro 24 de novembro Professoras (1º Ciclo) Novembro/dezembro Manuela Silva Raquel Meireles 14 de dezembro Professoras e Educadoras Transporte Ciências Exatas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - LOCAL CALENDARIZAÇ ÃO Olimpíadas da Matemática - Incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática. - Detetar vocações precoces nesta área do saber 1º ciclo (3º e 4º ano); 2º ciclo; 3º ciclo e secundário 7 de novembro (1ª Elim.) para 2º e 3º ciclo e secundário Maio para o 3º e 4º anos RESPONSÁVEL Departamento Ciências Exatas RECURSOS Salas, material de prova e professores vigilantes 4

5 ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - LOCAL CALENDARIZA ÇÃO Concurso de Ortografia Concurso O Melhor Leitor Comemoração do Natal e do Carnaval Promover a leitura como meio de enriquecimento do léxico; Fomentar hábitos e o gosto pela leitura; Aperfeiçoar a oralidade ao nível da dicção e da expressividade. Desenvolver hábitos de leitura; Desenvolver o prazer de ler. Preservar tradições; Desenvolver o espírito de solidariedade. Fórum de leitura Promover o fascínio pela leitura; Plano Nacional de leitura. RESPONSÁVEL 5º e 6º Anos Ao longo do ano Departamento 5º e 6º Anos Ao longo do ano Departamento 5º, 6º e 7.º Anos Dezembro Fevereiro Departamento 5.º e 6.º anos 1º período Departamento RECURSOS Hora de ler. com Promover o fascínio pela aventura Era uma vez histórias de encantar 5º ano e familiares A determinar Departamento Ida ao teatro Sermão de Santo António aos Peixes Ação de formação dinamizada pelas autoras do manual Diálogos, da Porto Editora Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade do texto dramático; Desenvolver espírito crítico e artístico. Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória do Padre António Vieira. Refletir sobre a prática pedagógica; Contactar com os materiais disponibilizados pela Porto Editora. 11º ano Auditório de S. Mamede Perafita / Professores de Língua Portuguesa do Ensino Básico Grupo Amador de Vila do Conde A determinar Departamento A determinar Departamento 5

6 Dramatização da obra O Principezinho de Saint Exupéry Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Desenvolver espírito crítico e artístico; Contactar com a realidade do texto dramático. Dinamizadora: Maria Olinda A determinar Final do 1ª período Departamento Educação Física ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - 1ªs Jornadas do Desporto e Saúde do Ext. Torneio de Desportos de Raquete (Badminton) Torneio Basquetebol - Promover a prática desportiva em intercâmbio com outras instituições. - Desenvolver ações de informação relativas à saúde. - Torneios para Básico e Secundário nas modalidades Basquetebol e Futebol - Promover a prática desportiva em intercâmbio com outras instituições. - Proporcionar às crianças e jovens uma atividade privilegiando mais o divertimento e o prazer de participar do que o resultado da competição. - Contribuir para o desenvolvimento integral das crianças e jovens e divulgar o basquetebol. Toda a comunidade Escolar Toda a comunidade Escolar Toda a Comunidade Escolar 1º Período (dezembro) Educação Física Colégio da 1º Período Trofa (novembro) Educação Física Educação Física 1º Período 6

7 1º Corta- Mato Inter - Escolas - Promover a prática desportiva em intercâmbio com outras instituições. Toda a comunidade escolar Colégio Camões 1º Período (dezembro) Educação Física Autocarros ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Concerto/Audição de Natal(Ed.Musical) 5º, 6º e 7º 1º Período (dezembro) Artes (E.M) Exposição de trabalhos Apresentação dos alunos à Comunidade Educativa S. Martinho exposição de trabalhos Exposição de Natal Ed. Visual e Ed. Tecnológica Visita às exposições no Museu de Serralves Valorizar o trabalho de equipa; Intervir junto da comunidade escolar mostrando o trabalho desenvolvido. Valorizar o trabalho de equipa; Intervir junto da comunidade escolar mostrando o trabalho desenvolvido. Valorizar o trabalho de equipa; Intervir junto da comunidade escolar mostrando o trabalho desenvolvido. Tomar contacto com a arte contemporânea; Análise reflexiva sobre a produção artística contemporânea 5º, 6º e 7º ano 5º e 6º 5º e 6º 10º e 11º E Museu de Serralves 1º Período 1º Período (novembro) 1º Período 1º Período (Ed. Visual) (Ed. Visual) Ed. Visual e Ed. Tecnológica (Desenho A /10º e 11º) Visita à EFACEC Os alunos que pretendem seguir engenharia podem tomar contacto com a aplicação prática dos conhecimentos de geometria descritiva. 10º /11ºano turmas de engenharia Matosinhos 1º Período (GD) 7

8 Conimbriga HCA Conimbriga Igreja de S. Francisco, Igreja dos Grilos e Igreja de Santa Clara (Porto) - HCA Cinanima Of. Multimédia Tomar contacto com diferentes obras arquitetónicas correspondentes a diferentes momentos da História Tomar contacto com diferentes obras e monumentos correspondentes a diferentes momentos da História Contactar com as mais recentes produções ao nível do cinema de animação contemporâneo. 10º E Conimbriga 1º Período 11ºE Conimbriga Porto 1º Período 12º E Espinho 1º Período (novembro) (HCA) (HCA) (OM) Projeto Box Cantar dos Reis Concurso de Flauta de Bisel Concertos didáticos (Ed. Musical) Concurso de Máscaras com materiais recicláveis Criar espaço expositivo de 2mx2m a ser usado por diferentes disciplinas. Programação a cargo do departamento de Artes. Desenvolver o espirito de equipa; Trabalhar a expressão/ criação individual e coletiva. Valorizar o trabalho de equipa; Conhecer os instrumentos, as suas famílias e timbres; Assistir a um concerto; Conhecer diferentes tipos de músicas. Desenvolver a capacidade criativa na reutilização de materiais Básico e secundário 5º e 6º 5º, 6º, 7º, 8º... 1º Período 2º Período (EM) 2º Período (Carnaval) (EV e ET) Exposição A partir de uma tema aglutinador os alunos expõem os seus trabalhos 5º, 6º, 7º, 8º, 9º 2º Período Museu de Serralves Observar, pensar, questionar, associar e debater pontos de vista, a partir de um conjunto de exercícios de exploração das obras expostas no Museu de Serralves, numa atitude que arrisca novas interpretações e modos de ver, sublinhando a 5º e 6º Museu de Serralves 2º Período (EV) 8

9 importância do diálogo e do potencial criativo que a arte contemporânea poderá despertar. Projeto Box Criar espaço expositivo de 2mx2m a ser usado por diferentes disciplinas. Programação a cargo do departamento de Artes. Básico e secundário 1º Período Línguas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Dia Europeu das Línguas - Desenvolver a compreensão e o respeito por um universo sociocultural diferenciado; - Sensibilizar os alunos para a diversidade linguística. Ensino Básico (2º e 3º ciclos) 26 de setembro Línguas Interdisciplinar Material de desgaste Olimpíadas das Línguas - 1ªFase Entrega dos prémios aos alunos vencedores do ano letivo transato - Desenvolver a compreensão e o respeito por um universo sociocultural diferenciado; - Desenvolver o gosto pela língua e literatura portuguesas e estrangeiras; - Utilizar a aprendizagem do português e das línguas estrangeiras em novos contextos; - Melhorar as competências de comunicação escrita e oral; - Aplicar conhecimentos adquiridos; - Desenvolver competências de resolução de problemas; - Estimular o trabalho autónomo e cooperativo. Ensino Básico (2º e 3º ciclos) 11 de dezembro 3ªfeira 14:20 Línguas Interdisciplinar Salas, material de prova e professores vigilantes Curso de Inglês certificado pela Universidade de Cambridge Proporcionar aos alunos certificação oficial em língua inglesa pela universidade de Cambridge, UK Inglês Da infantil ao 12ºAno Ext. Ext. Camões 1 de outubro a 31 de maio Línguas Prof. Ana Paula Camões; Prof. Gravadores + salas multimédia 9

10 (YL1 4, 5 e 6 anos); (Starters 2º, 3ºanos); Movers - A1 (4º e 5º Anos); Flyers -A2 (6º, 7º anos), PET- B1 (8º, 9º, 10º Ano); FCE -B2 (9º, 10º e 11º Anos) CAE- C1 (10º, 11º e 12º Anos) Colégio da Trofa Cristina Batista; Knightsbridge Centre: Lucy Bravo Angie Lopes; Sofia Araújo; Deolinda Rego; Mário Teixeira; C.Experimentais /Física e Química ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Visita a uma Central Hidroelétrica Planetário - contactar a realidade temática energia com a disciplina de Ciências Físico Químicas componente Física. Promover o interesse pela disciplina com observação direta de atividades do cotidiano Desenvolver a criatividade e a autonomia para as ciências experimentais 9º Ano Lindoso 1º ou 2º período (dependendo da matéria abordada) 7º ano Porto Campo Alegre Departamento Curricular Ciências Experimentais Física e Química 1º período Departamento Curricular das Ciências Experimentais - Física e Química Autocarro Autocarro 10

11 C.Experimentais/ Biologia e Geologia ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - - XVIII Olimpíadas do Ambiente Distribuição de fruta (maçãs) Elaboração e afixação de cartazes alusivos ao Dia Mundial da alimentação - Incentivar o interesse pela temática ambiental; - aprofundar o conhecimento sobre a situação ambiental portuguesa e mundial; - estimular a capacidade oral e escrita; - promover o contacto com situações experimentais concretas; - desenvolver o espírito e curiosidade científica; - estimular a dinâmica de grupo e espírito de equipa, assim como cooperação. - compreender a importância da fruta numa alimentação saudável - desenvolver a interajuda, solidariedade e trabalho colaborativo - Comemoração do Dia Mundial da Alimentação; - Aplicar conhecimentos sobre alimentação saudável na escolha dos documentos a incluir nos cartazes 10º ao 12º ano de escolaridade: Categoria Sénior 6º, 7º e 8º ano 6º ano As datas das eliminatórias e da Final Nacional obedecem ao calendário seguinte: - 1ª Eliminatória - 2ª Eliminatória - Final Nacional 16 de outubro 16 de outubro Salas de aula Palestra sobre Neuroengenharia computacional Orador: Professor Doutor José Carlos Príncipe - Consciencializar para a neuroengenharia computacional, através de investigações que abriram caminhos para a prevenção de crises epiléticas ou para permitir que tetraplégicos sejam capazes de interatuar com o mundo exterior através de robôs. Ensino secundário Data a definir Anfiteatro - Motivar os alunos para o estudo da astronomia. Planetário do Porto - Consolidar conhecimentos da temática Terra no Espaço. - Observação e orientação das estrelas na esfera celeste. 7º Ciências Físico-Químicas e Ciências Naturais Planetário do Porto 1º Período (data a definir) Autocarro 11

12 Palestra sobre Educação Sexual Oradores: Doutora Bárbara Romão (Pedopsiquiatra) - Sensibilizar os alunos para comportamentos de riscos; - Sensibilizar os alunos para medidas de prevenção contra estes comportamentos 9º ano de escolaridade 1º Período (data a definir) Ana Romão Anfiteatro - Perceber a importância da atividade vulcânica na determinação da paisagem. - Compreender o processo de formação de formações rochosas. - Conhecer uma das cordilheiras montanhosas mais históricas da América do Sul -Andes. - Compreender o tipo de atividade vulcânica associada aos Andes. Chile: Santiago do Chile e Antofagasta - visita ao Monumento Natural A Portada, acidente geomorfológico de rochas sedimentarias e restos fósseis; - visita ao Parque Nacional Llullaillaco, no meio da Cordillera de Los Andes - Conhecer a biodiversidade local no que diz respeito à fauna e flora. Ensino secundário America do Sul 13 a 21 de dezembro Grupo de Biologia e Geologia e defísica e Química A definir mediante o programa da visita - Compreender os mecanismos de adaptação das espécies locais ao seu ambiente. - Conhecer o património edificado e património regional do local. 12

13 Ciências Sociais e Humanas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - SUPERTMATIK de Geografia Concurso no âmbito do 3º ciclo do ensino básico. Promover atitudes de cooperação; Desenvolver a capacidade de resolução de problemas geográficos; Fomentar a curiosidade e interesse pela disciplina; 3º ciclo Ao longo do ano (respeitando as várias etapas do concurso) João Amaral; João Ferreira; Mónica Costeira; Baralhos de cartas do supertmatik Visita de estudo à casa do Infante e à igreja S. Francisco Exposição no hall de entrada sobre efemérides e personalidades do mês - Conhecer figuras proeminentes da história local; - Sensibilizar para o respeito e valorização do património; - Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas) que aludem a perspetivas religiosas ou a valores éticos - Conhecer algumas personalidades que se destacaram na História local, nacional e/ou internacional; - Valorizar o gosto pela pesquisa histórica; 2º ciclo 2º ciclo, 3º ciclo e secundário Porto Data a determinar Ao longo do ano Ana Vale; Ricardo Ferreira; Jorge Cardoso; Ana Vale; Ricardo Ferreira; Jorge Cardoso; Transporte Material de desgaste 13

14 2º PERÍODO Pré-escolar e 1ºCiclo ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Teatro na Escola As Bruxas de OZ Pré-escolar e 1º Ciclo e 5º ano Carnaval Musical de Carnaval Pré-escolar e 1º Ciclo 5º e 6ºano Teatro (Exponor) Viagem pelo Corpo Humano Pré-escolar, 1º, 2º e 3º anos Dia do Pai / Família Dia Mundial da Árvore Comemorar o Dia do Pai Promover o contacto com a Família em contexto escolar Promover o respeito pela natureza e reconhecer a importância dos recursos naturais Pré-escolar e 1º Ciclo (Bonjardim) Auditório da Exponor 25 de janeiro fevereiro 28 de fevereiro 19 de março 21 de março Professoras 1º Ciclo e Educadoras Professor de Música, Professoras 1º ciclo, e Educadoras Professoras 1º ciclo, e Educadoras Professoras e Educadoras Pré-escolar Educadoras Transporte Dia Mundial da Poesia Recital de poesia 4º ano Março Manuela Silva André Pinho Ana Rita Almeida Visita de estudo (Parque ornitológico de Lourosa) Observar diferentes espécies de aves Promover extensão de conhecimentos 1º e 2º anos Lourosa 2º Período Professoras Sofia Miranda Helena Lima 14

15 Ciências Exatas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Canguru sem Promover o gosto pela Matemática 1º (4º ano), 2º, 3º Fronteiras ciclo e secundário Março, data a marcar pela SPM Departamento Ciências Exatas Salas, material de prova e professores vigilantes ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Semana da Leitura Desenvolver hábitos de leitura; (O Mar) Desenvolver o prazer de ler; Refletir sobre a importância da água. Dia Mundial do Livro Desenvolver hábitos de leitura; Infanto Juvenil Desenvolver o prazer de ler. Ida ao teatro Os Maias Ida ao teatro Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade do texto dramático; Desenvolver espírito crítico e artístico. Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória de Eça de Queirós Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade do texto dramático; Desenvolver espírito crítico e artístico. Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória de Eça de Queirós 5º e 6º Anos Março Departamento 5º e 6º Anos Abril Departamento 11º ano Auditório Municipal da Póvoa de Varzim / Auditório Municipal de Espinho A determinar 9º ano A determinar Departamento Departamento Autocarro 15

16 Educação Física ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO NEVE - Promover e incentivar a prática de diversas Ensino modalidades, dando especial atenção ao Snowboard Secundário e ao Ski. - Proporcionar às crianças e jovens uma atividade 2º Torneio de Voleibol privilegiando mais o divertimento e o prazer de 4x4 participar do que o resultado da competição. Ensino secundário - Proporcionar às crianças e jovens uma atividade Torneio privilegiando mais o divertimento e o prazer de Tri - Foot participar do que o resultado da competição. Ensino Básico Alpes 2º Período (Carnaval) Educação Física Colégia da 2º Período Trofa (fevereiro) Educação Física 2º Período Educação Física ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Sé Catedral do Porto Métodos de pesquisa bibliográfica e biblioteca FLUP - HCA Métodos de pesquisa bibliográfica e biblioteca FLUP - HCA Galerias de Miguel Bombarda Culturgest Museu de Serralves Desenho A Tomar contacto com diferentes obras e monumentos correspondentes a diferentes momentos da História; Desenvolver métodos de pesquisa e investigação. 10ºE Porto (FLUP) Desenvolver métodos de pesquisa e investigação 11º E Porto (FLUP) Análise reflexiva sobre a produção artística contemporânea 10º e 11º E Rua Miguel Bombarda Av. Aliados Serralves 2º Período 2º Período 2º Período (HCA) (HCA) (Desenho A 10º e 11º) 16

17 Fantasporto Of. Multimédia Contactar com as mais recentes produções ao nível do cinema fantástico. Estimular o gosto pelo cinema e vídeo. 12º E Rivoli 2º Período (Of. Multimédia) Visita de estudo à F.A.U.P. e F.B.A.U.P Estimular o alcance de objetivos 12º E Porto 2º Período Casa das Histórias (Paula Rego) CCB -roteiro a pormenorizar- Visita a atelier de arquitetura e design Análise reflexiva sobre a produção artística moderna e contemporânea. 10º, 11º e 12º Cascais Lisboa 2º Período (final) Tomar contacto com a aplicação prática dos conhecimentos de geometria descritiva. 10º ano Porto 2º Período (Of. Multimédia) (Grupo de Artes Visuais) (GD) Línguas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Semana das Línguas Dinamização de atividades diversas: - Exposição de trabalhos/cartazes sobre diferentes países de expressão inglesa, francesa e espanhola; - Almoços temáticos na cantina; - Palestras; - Festival da Canção em Língua - Promover o interesse pelas culturas inglesa, francesa e espanhola - Sensibilizar para a importância das línguas inglesa, francesa e espanhola no mundo - Promover a aprendizagem de línguas estrangeiras em contexto lúdico - Proporcionar experiências que contribuam para o alargamento da cultura e do conhecimento dos discentes - Melhorar as competências de comunicação escrita e oral - Aplicar conhecimentos adquiridos Ensino Básico (2º e 3º ciclos) Ensino secundário Bonjardim Semana 04 a 08 de março Línguas Interdisciplinar Salas, material de desgaste e professores responsáveis 17

18 Estrangeira; - Ciclos de cinema inglês, francês e espanhol. Olimpíadas das Línguas - 2ªFase - Desenvolver a compreensão e o respeito por um universo sociocultural diferenciado; - Desenvolver o gosto pela língua e literatura portuguesas e estrangeiras; - Utilizar a aprendizagem do português e das línguas estrangeiras em novos contextos; - Melhorar as competências de comunicação escrita e oral; - Aplicar conhecimentos adquiridos; - Desenvolver competências de resolução de problemas; - Estimular o trabalho autónomo e cooperativo. Ensino Básico (2º e 3º ciclos) 12 de março 3ªfeira 14:20 Línguas Interdisciplinar Salas, material de prova e professores vigilantes Viagem ao Reino Unido: Estadia na Universidade de Cambridge (Clare s College); Visita a Londres - Promover o contato com o ensino Universitário Inglês; - Conhecer melhor a educação e cultura Inglesas; - Praticar e interagir com English native speakers em contexto real. Alunos inscritos no curso intensivo Cambridge Esol Examinations (total: 22 alunos) Reino Unido: Londres Cambridge e Cambridge Londres 17 a 21 de março de 2013 Línguas: Ana Paula Camões E Knightsbridge Centre: Lucy Bravo Avião; Autocarro; Guia Inglesa; Halloween/ Natal/ S. Valentim Envolver os alunos na cultura e tradição dos países das línguas inglesa, francesa e espanhola Ensino Básico (2º e 3º ciclos) Ext. 2º período Línguas Interdisciplinar Utilização da criatividade dos alunos na produção de trabalhos.- Aprender fazendo 18

19 C.Experimentais /Física e Química ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Visita ao Museu da - Motivar para a aprendizagem da disciplina - alunos do 8º Ciência e visita ao - Desenvolver a capacidade trabalho em novas Ano Exploratório situações. Olimpíadas de Química - Motivar os alunos para a inovação. - Criar novos caminhos e competir com novas /diferentes aprendizagens. Coimbra- Manhã e Tarde - alunos do 9º ano Local a estabelecer 2º período Departamento Curricular Ciências Experimentais Física e Química 2º / 3º Departamento Curricular períodos Ciências Experimentais Física e Química Autocarro Conferência"Um triâ ngulo quase amoroso: Física, Engenharia e Medicina" Orador: Professor Miguel Morgado -UC - Promover e dinamizar a importância da Física. - Motivar os alunos para a inovação - Dar a conhecer cursos inovadores. - Fornecer mais orientações profissionais, especificamente o seu contributo para as Ciências Biomédicas 11º e 12º ano 2º período 16 janeiro 2013 (4ªfeira) Departamento Curricular Ciências Experimentais Física e Química Palestra: Neuroengenharia Computacional Orador: Professor e Investigador José Carlos Príncipe - Visita à FEUP, FCUP - LIP laboratório de investigação de partículas - Estimular o interesse pela cultura tecnológica e científica - Aplicação da engenharia Química à Medicina - Dar a conhecer cursos inovadores e respetivas saídas profissionais. - Contactar e realizar algumas atividades propostas. 11º e 12º ano - alunos do 12º Ano de Física e Química Porto - Lisboa 2º Período Departamento Curricular Ciências Experimentais Física e Química 2º Período Departamento Curricular Ciências Experimentais Física e Química NOTA: O Física e Química em conjunto com o Biologia e Geologia, está ainda envolvido nas propostas de visitas à NASA, ESA e ao Observatório do Paranal (CHILE) Autocarro/ Metro 19

20 C.Experimentais/ Biologia e Geologia ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Cientistas no Parque (Fundação deserralves) Aprofundar conhecimentos sobre conteúdos lecionados na escola com atividades experimentais e atividades de campo. Tema: Simbioses e adaptações das plantas - observações de campo e laboratoriais. 5º Fundação de Serralves 11 a 15 de março Laboratório Campo /Parque - Promover a literacia científica; SEMANA DA CIÊNCIA - dar a conhecer aos alunos: Que ciência se faz em Portugal? Quem são os nossos cientistas? Como trabalham? O que investigam? Que resultados obtêm? - mobilizar a comunidade educativa, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia (C&T), valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação; - Pretende mostrar também a importância da C&T para a vida de cada um e para o desenvolvimento do país; Todos os níveis de ensino 11 a 15 de março Anfiteatro e laboratórios e Biologia e Geologia Palestra: Células estaminais Orador: Doutora Joana Paredes, Investigadora no IPATIMUP - possibilita que os alunos conheçam e discutam os resultados, a relevância e o impacto das pesquisas científicas e tecnológicas e suas aplicações. - Promover o conhecimento científico sobre células estaminais. - Estimular o interesse pela cultura científica e tecnológica, nomeadamente na área da Biotecnologia aplicada à saúde - Propriedades, potencial e limitações do uso de células estaminais em medicina regenerativa. 12º ano 11 a 15 de março Anfiteatro das instalações do Bonjardim 20

21 Palestra: Cancro: distúrbios celulares Orador: Doutora Ana Ribeiro, Investigadora no IPATIMUP - Conhecer, compreender e ser capaz de utilizar conceitos da Biologia para interpretar cientificamente aspetos de funcionamento do corpo humano, fenómenos naturais e situações resultantes da interação do Homem com o Ambiente. - Analisar implicações do desenvolvimento da Biologia e das suas aplicações tecnológicas na qualidade de vida dos seres humanos. - Conhecimento de algumas técnicas laboratoriais relevantes na investigação científica a nível celular e molecular. 12º ano 11 a 15 de março Anfiteatro das instalações do Bonjardim Amsterdão: ESA e Campos de Tulipas - Conhecer a biodiversidade local no que diz respeito à fauna e flora. - Compreender que o processo de floração é condicionado por fatores abióticos. - observação in locu de campos de floração de Tulipas. - Visita ao Keukenhof, parque de flores mais característico da Holanda, apenas aberto durante a primavera. - Compreender os mecanismos de adaptaçao das espécies locais ao seu ambiente - Visita a uma fábrica de queijos e relacionar com o processo de fermentação láctica; - Visita aos diques: com grande importância na regularização dos caudais, por se tratar dos Países Baixos; - Visita ao museu da Anne Frank; - Visita ao museu Van Gogh; - Visita museu Corpus Experience - Visita o Campus Universitario em Delft - visita, na Universidade, departamentos de investigação na área das ciências biológicas e da saúde - Conhecer o património edificado e património regional do local Ensino secundário Holanda 14 a 17 de março Grupo de Biologia e Geologia e defísica e Química A definir mediante o programa da visita 21

22 Florida: Miami e Orlando - Compreender o papel do conhecimento científico, da Física e Química e da Biologia e Geologia em particular, nas decisões do foro social, político e ambiental; - Compreender o papel da experimentação na construção do conhecimento (científico); - Compreender alguns fenómenos naturais com base em conhecimento físico e/ou químico. - Promover o interesse pelo conhecimento científico e tecnológico, cuja importância na sociedade atual é indiscutível. - Contribuir para a cultura do aluno, proporcionando-lhe uma melhor compreensão do mundo, o que o ajudará, ao longo da vida, na tomada de decisões de modo fundamentado. - Permitir ao aluno uma escolha mais informada da área científica para prosseguimento dos seus estudos. - visitar o Campus Universitário UCF, em Orlando e Gainsville - visitar na Universidade de Orlando (UCF) departamentos de investigação na área das ciências biológicas e da saúde - visita à Universidade de Gainsville onde terão a oportunidade de assistir a uma palestra com o Doutor José Príncipe, um dos maiores especialistas em neuroengenharia computacional, - visita ao Kennedy Space Center NASA, - visita ao Parque Nacional Everglades (o parque nacional Everglades é a única área sub-tropical preservada da América do Norte. O parque possui uma flora tanto sub-tropical, como tropical, e é muito conhecido pela sua grande quantidade de pássaros, além dos aligatores e crocodilos.) - participar em workshops didáticos relacionados com o tema a ser desenvolvido, Ensino secundário EUA Semana do carnaval (9 a 16 de fevereiro) Grupo de Biologia e Geologia e defísica e Química A definir mediante o programa da visita 22

23 - visitar centros de investigação na área da saúde humana e contactar com cientistas. - Conhecer a biodiversidade local no que diz respeito à fauna e flora. - Compreender os mecanismos de adaptaçao das espécies locais ao seu ambiente. Visita de Estudo: Geopark NaturTejo Saída de Campo A: Na Rota dos fósseis de Penha Garcia em busca dos vestígios das Trilobites (Cruziana). - Conhecer o patrimonio edificado e patrimonio regional do local. - Compreender o papel do conhecimento científico, da Física e Química e da Biologia e Geologia em particular, nas decisões do foro social, político e ambiental; - Compreender o papel da experimentação na construção do conhecimento (científico); - Compreender alguns fenómenos naturais com base em conhecimento físico e/ou químico. - Promover o interesse pelo conhecimento científico e tecnológico, cuja importância na sociedade atual é indiscutível. - Contribuir para a cultura do aluno, proporcionando-lhe uma melhor compreensão do mundo, o que o ajudará, ao longo da vida, na tomada de decisões de modo fundamentado. - Permitir ao aluno uma escolha mais informada da área científica para prosseguimento dos seus estudos. - Conhecer a jazida paleontológica de Penha Garcia; - Permitir a observação de rochas pertencentes aos períodos Câmbrico, Ordovícico, Silúrico e Carbónico, da Era Paleozoica, durante a realização do percurso pedestre; - Promoção da literacia científica nos alunos; - Fomentar o gosto pela Geologia nos alunos dos diferentes anos. 10º ano de escolaridade Idanha-anova 11 a 15 de março ou 10 a 14 de junho Ise Machado Autocarro 23

24 Ciências Sociais e Humanas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO ROSA DOS VENTOS MAIS ORIGINAL Concurso/exposição Desenvolver a capacidade de resolução de problemas geográficos; Reconhecer a importância da utilização da rosa dos ventos no processo de orientação; Sensibilizar a população para a possibilidade de reutilização dos diversos materiais, evitando, assim, a degradação ambiental; 7º ano; Ao longo dos 2º e 3º períodos João Amaral; João Ferreira Mónica Costeira; Material de desgaste CONCURSO DE FOTOGRAFIA Realização de uma exposição com fotografias tiradas pelos alunos, que retratem realidades histórica e/ou geográfica; Despertar os alunos para a importância da observação direta na interpretação de paisagens; Sensibilizar para questões de âmbito geográfico; Reconhecer as potencialidades do património histórico-cultural através do retrato fotográfico; Fomentar a curiosidade e interesse pela disciplina; 10º e 11º anos Ao longo dos 2º e 3º períodos João Amaral; João Ferreira; Mónica Costeira; Material de desgaste Visita de estudo a Lisboa: - Banco de Portugal e Bolsa dos Valores; - Autoeuropa; - Museu da Presidência; - Compreender o funcionamento das referidas instituições; - Conhecer o processo produtivo da Autoeuropa; - Compreender a organização do sistema de transportes associados à localização da Autoeuropa; - Fomentar a curiosidade e interesse pelas disciplinas; 10º,11º e 12º anos Lisboa 2º período (14 e 15 de fevereiro) Sónia Regalado; João Amaral; Mónica Costeira; Transporte e hotel 24

25 Visita de estudo a Berlim - Reconhecer a importância do património histórico-cultural na contextualização de diversos acontecimentos contemporâneos; - Compreender a forma pela qual a sociedade alemã construiu a sua memória, principalmente depois da unificação da Alemanha a partir de 1989; - Fomentar o gosto pela disciplina de História; Ensino secundário Berlim Interrupção de Páscoa (Entre 18 e 21 de março) Ana Vale; Ricardo Ferreira; Jorge Cardoso; Transporte e hotel 25

26 3º PERÍODO Pré-escolar e 1ºCiclo ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Visita de Estudo Conhecer melhor Sophia de Mello Breyner 1º e 2º anos Porto 3º Período Professoras Transporte Jardim Botânico do Porto Helena Lima e Raquel Meireles Dia da Mãe / Família Comemorar o Dia da Mãe Promover o contacto com a Família em contexto escolar Pré-escolar e 1º Ciclo maio Pré-escolar e 1º Ciclo Professoras e Visita ao Jardim Zoológico de Lisboa Dia Mundial da Criança Conhecer aspetos da biodiversidade Extensão de conhecimentos sobre o comportamento animal Jogos no Parque e Piquenique Pré-escolar Parque natural (Porto) Educadoras 3º ano Lisboa Maio Raquel Meireles Transporte 1 de junho Pré-escolar Educadoras Transporte Viagem de Finalistas Homenagem aos finalistas do 4º ano 2º ou 3º período Manuela Silva Sarau do Fim-de Ano Letivo Infantil 1º, 2º e 3º ciclos Casa da Música Final do Ano Letivo - Celebrar o final de um ano letivo de sucesso; - Consciencializar os alunos para a importância do cumprimento de objetivos escolares; - Permitir um espaço e um momento de convívio e socialização entre os membros da comunidade educativa. Coordenadores dos diferentes ciclos de ensino Casa da Música 26

27 ATIVIDADE Participação na Festa Final do Ano Ida ao teatro «Os Lusíadas em Calções» Ida ao teatro Os Doze de Inglaterra OU Encontro com os escritores: António Torrado(Os Doze de Inglaterra- texto dramático) e António Mota(Os sonhadores texto narrativo) OBJETIVOS Divulgar aspetos do PAA à comunidade educativa Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade do texto dramático; Desenvolver espírito crítico e artístico. Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória Os Lusíadas. Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade do texto dramático; Desenvolver espírito crítico e artístico. Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória Falar Verdade a Mentir de Almeida Garrett. PUBLICO - 1.º Ciclo 2.º Ciclo, 7.º e 8.º anos Comunida de escolar 9º ano Casa da Música Auditório de S. Mamede Perafita Junho A determinar 8º Ano A determinar Departamento Departamento Departamento Autocarro Autocarro Visita ao Palácio Nacional de Mafra: - Visita guiada ao Palácio; - ida ao teatro - adaptação do romance Memorial do Convento, de José Saramago Desenvolver competências e conhecimentos culturais; Contactar com a realidade descrita na obra de leitura obrigatória Memorial do Convento de José Saramago. 12º Ano Mafra A determinar Departamento Autocarro 27

28 Intercâmbio Teatro Nacional de S. João e Promover o gosto pelo teatro; Dinamizar alunos e professores nas práticas teatrais; Contactar com a realidade teatral; Vários níveis de ensino Teatro Nacional de S. João A determinar Departamento Dinamizadores Desenvolver o espírito crítico e criativo; Filomena Costa Desenvolver e aumentar conhecimentos culturais; Luís Semblano Fomentar as relações interpessoais; 28

29 Educação Física ATIVIDADE OBJETIVOS - Promover a prática desportiva em ambiente PUBLICO - Caminhada a Santiago de Compostela natural. - Desenvolver o gosto e respeito pela natureza. - Desenvolver a autoconfiança e o trabalho em Toda a comunidade escolar Santiago Compostela 3º Período 25/4/13 Educação Física equipa. - Proporcionar às crianças e jovens uma Torneio Jornal O Jogo atividade privilegiando mais o divertimento e o prazer de participar do que o resultado da Ensino Básico Distrito do Porto 3º Período Educação Física Autocarros competição. - Promover a prática desportiva em ambiente Multiactividades ar livre natural. - Desenvolver o gosto e respeito pela natureza. - Desenvolver a autoconfiança e o trabalho em Turmas de 10º Ano Grove 3º Período Educação Física Autocarros equipa. ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO Concertos didáticos Concerto/ Festa Final de ano (Ed. Musical) Participar nas atividades festivas de final de Ano letivo; Apresentar o trabalho desenvolvido ao longo do ano. 5º, 6º e 7º Casa da Música 3º Período (EM, ET) 29

30 Exposição Cenários, adereços, figurinos /Festa Final de Ano EV, EV, ET Oficina de Vitral - HCA A partir de uma tema aglutinador os alunos expõem os seus trabalhos Participar nas atividades festivas de final de Ano letivo; Apresentar o trabalho desenvolvido ao longo do ano. 5º, 6º, 7º, 8º, 9º 5º, 6º, 7º, 8º Casa da Música Aprendizagem da técnica medieval. 10ºE FBAUP Porto 3º Período 3º Período 3º Período (EVT, EV, ET) (HCA) Museu Nacional Soares dos Reis - HCA Galerias de Miguel Bombarda Culturgest Museu de Serralves Desenho A Análise da pintura moderna portuguesa. 11º E Porto 3º Período (HCA) Análise reflexiva sobre a produção artística contemporânea 10º e 11º E Rua Miguel Bombarda 3º Período (Desenho A 10º e 11º) Línguas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Visita de estudo: Autocarro turístico - Utilizar a aprendizagem das línguas estrangeiras em novos contextos; - Melhorar as competências de comunicação escrita e oral; - Aplicar conhecimentos adquiridos. Ensino Básico (2º e 3º ciclos) Porto - Gaia Semana 22 a 26 de abril Data a definir Línguas Interdisciplinar Professores responsáveis 30

31 Delf Scolaire 2013 Proporcionar aos alunos certificação oficial em língua francesa nos diversos níveis pela Alliance Française. Ensino Básico (3º ciclo) Ensino Secundário Escola Carolina Michaellis Alliance Française. Maio Deprtamento de Línguas Prof. Paula Costa Transporte Olimpíadas das Línguas - 3ªFase - Desenvolver a compreensão e o respeito por um universo sociocultural diferenciado; - Desenvolver o gosto pela língua e literatura portuguesas e estrangeiras; - Utilizar a aprendizagem do português e das línguas estrangeiras em novos contextos; - Melhorar as competências de comunicação escrita e oral; - Aplicar conhecimentos adquiridos; - Desenvolver competências de resolução de problemas; - Estimular o trabalho autónomo e cooperativo. Ensino Básico (2º e 3º ciclos) 28 de maio 3ªfeira 14:20 Línguas Interdisciplinar Salas, material de prova e professores vigilantes C.Experimentais/ Biologia e Geologia ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Visita de estudo à Serra da estrela - Promoção da literacia científica nos alunos. - Fomentar o gosto pela Biologia e Geologia nos alunos do 11º ano de escolaridade. - Compreender e reconhecer a importância das rochas na descoberta dos episódios da História da Terra; - Conhecer in loco geomonumentos nacionais; - Sensibilizar para a preservação do património 11º ano de escolaridade Parque Natural da Serra da Estrela 3 a 7 de junho Helder Martins Autocarro 31

32 biológico e geológico; - Desenvolver atitudes e valores inerentes ao trabalho individual e em grupo. - Explorar e conhecer a biodiversidade do Parque Natural da Serra da Estrela - Consciencializar para a importância da preservação da biodiversidade. - Compreender alguns mecanismos de adaptação das espécies a certos ambientes. Palestras: Produção de alimentos e sustentabilidade e Preservar e recuperar o meio ambiente Orador: Professores da Universidade Católica - Analisar implicações do desenvolvimento da Biologia e das suas aplicações tecnológicas na qualidade de vida dos seres humanos. - Conhecer, compreender e ser capaz de utilizar conceitos da Biologia para interpretar fenómenos naturais e situações resultantes da interação do Homem com o Ambiente. 12.º ano 3.º Período (data a definir) Anfiteatro das instalações do Bonjardim Ciências Sociais e Humanas ATIVIDADE OBJETIVOS PUBLICO - Visita ao barco bacalhoeiro e viagem de barco moliceiro ao longo da Ria de Aveiro; Sensibilizar os alunos para as problemáticas de erosão costeira que estão a afetar a costa litoral portuguesa; Identificar, no local, as diferentes formas de relevo litorais, quer nos setores de costa rochosa, como arenosa; Reconhecer os diversos tipos de intervenção do Homem na linha de costa e os respetivos impactes; Contactar com as diferentes estratégias de preservação dos ambientes litorais. Compreender o processo de formação do 7º e 8º anos Aveiro 3º Período (dependente das condições atmosféricas) João Amaral; João Ferreira; Mónica Costeira; Transporte 32

33 Haff-delta de Aveiro; Conhecer o processo produtivo do quase extinto ouro aveirense, o sal; Identificar a importância histórica do barcos moliceiros para a economia da região; Semana da Europa Exposição temática com trabalhos sobre os países da UE; Realização de mapas mentais; Jogos didáticos/concursos; Construção de bandeiras em tecido a fim de concluirmos os 27 países da UE; Feira no âmbito do Comércio Justo - projeto Economia C. Promover atitudes de cidadania e espírito democrático enquanto europeus; Fomentar a cooperação das turmas; Desenvolver o interesse dos alunos pelos assuntos europeus; Conhecer as tradições dos países que pertencem à União Europeia; Pesquisar, recolher e interpretar dados da imprensa; Sensibilizar para a leitura e interpretação de textos e mapas; Promover a expressão de dúvidas e dificuldades geográficas; Despertar os alunos para a importância da sua participação na construção do projeto europeu; Compreender a noção de comércio justo; Conhecer a relação de dependência comercial dos PVD em relação aos PD; Identificar as causas de dependência económica dos PVD; Analisar a degradação em termos de troca comercial; 7º, 8ºe 9º anos 12º ano Semana de 7 a 11 de maio João Amaral; João Ferreira Mónica Costeira. 3º Período Sónia Regalado Material de desgaste Material de desgaste 33

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014-2015 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário)

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014-2015 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014-2015 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) 1 Introdução O Plano Anual de Atividades do assenta no Projeto Educativo da Escola,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3. PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.º CICLOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2017 O Projeto Plurianual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sophia de Mello

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas Visita de estudo Geografia Conhecer o funcionamento de uma unidade industrial; Reconhecer a importância da atividade industrial na economia. Geografia e Alunos do 9º Ano Unidade Industrial 2ºPeríodo Visita

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades 1º Período setembro novembro 10 Receção aos alunos Toda a Comunidade Escolar Todos Departamentos 10 Início do ano letivo Comemoração do início do Outono visita à Quinta da Eira

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos 21/01/ Imprimir atividade Gestor de Atividades e Recursos Educativos Agrupamento de Escolas de Data Atividade Público Alvo Início Término Préescolar Titulo, Tipologia, Proponente, Escola Desafios da Matemática

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2010-2011 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário)

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2010-2011 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2010-2011 EXTERNATO RIBADOURO (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) 1º PERÍODO ACTIVIDADE OBJECTIVOS PUBLICO - ALVO Recepção aos alunos 1º, 2º, 3º

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES. 1º Período

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES. 1º Período PLANO ANUAL DE Inglês Semana Aberta do Desporto Escolar Semana da Esgrima: aula de esgrima a todas as turmas do 3º ciclo. Hallowe'en desportivas. Aumentar o número de praticantes nos vários grupos-equipa.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 0/0 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 ÍNDICE - Introdução...

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO 1 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O calendário escolar constitui um elemento indispensável à planificação das atividades a desenvolver por cada agrupamento de escolas e escolas não agrupadas, tendo em vista a execução do seu projeto

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 200,210,300

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 200,210,300 2º Ciclo ATIVIDADE EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS CALENDARIZAÇÃO Desenvolver a escrita e a criatividade. Criar autonomia na escrita. 5.º A e 5.º B / Comunidade escolar. Docente de Português (Maria da Luz Moreira)

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período ATIVIDADE OBJETIVO INTERDISCIPLI- NA-RIDADE LIGAÇÃO AO PROJETO EDUCATIVO DINAMIZADORES E ACOMPANHANTES PÚBLICO-ALVO (Referir turma) CALENDARIZAÇÃ O CUSTOS

Leia mais

À DESCOBERTA DE UMA NOVA

À DESCOBERTA DE UMA NOVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS À DESCOBERTA DE UMA NOVA NOVA ILHA INTERCÂMBIO 5º C DAS VELAS/ 5ºC DE VILA FRANCA DO CAMPO Introdução Uma vez que o arquipélago dos Açores é composto por nove ilhas,

Leia mais

Departamento: Ciências 2

Departamento: Ciências 2 Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS 2 Ano Letivo: 2013/14 PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES A CONSTAR DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Departamento:

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROJETO EDUCAR PARA A SAÚDE Atividades a desenvolver Dia mundial da alimentação - Disponibilizar fruta grátis no bar da escola. - Disponibilizar

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Agrupamento de Escolas José Afonso Plano Anual de Atividades 2013/ 2014 A- Apoio ao desenvolvimento curricular CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES OBJETIVOS PÚBLICO-ALVO RESPONSÁVEIS ORÇAMENTO AVALIAÇÃO Início do

Leia mais

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Fundação Centro Social de S. Pedro de, FCSR Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Atividade Objetivos Recursos Calendarização Local Receção e acolhimento das crianças que vão

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora - 135562 Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia. Plano de Ação dos Projetos e Clubes

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora - 135562 Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia. Plano de Ação dos Projetos e Clubes Consciencializar toda a Comunidade Escolar para a Preservação do Meio Envolvente; Sensibilizar a comunidade para a poupança de recursos, promovendo a reutilização e a reciclagem. Valorizar a Educação para

Leia mais

NEURÓNIOS CURIOSOS NA ESCOLA ANO LETIVO 2014/2015

NEURÓNIOS CURIOSOS NA ESCOLA ANO LETIVO 2014/2015 NEURÓNIOS CURIOSOS NA ESCOLA ANO LETIVO 2014/2015 Porque aprender Pode ser ainda mais divertido! www.neuronioscuriosos.pt neuronioscuriosos.escolas@gmail.com 967 176 939 Neurónios Curiosos NEURÓNIOS CURIOSOS

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO. 3oo

Plano de Atividades GRUPO. 3oo Plano de s 2013 2014 GRUPO 3oo 3º Ciclo Vasco da Gama Ida ao teatro Abril Estimular o gosto pela arte da representação; assistir à dramatização de obras contempladas no programa; consolidação de conhecimentos

Leia mais

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Resposta Social de Creche) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS Setembro Integração/adaptação das Crianças Reunião de Pais 24/09/2014 Outono - Promover a integração

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do Agrupamento 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do Agrupamento 2014/2015 Metas do Projecto Educativo: PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do 2014/2015 1- A Indisciplina. 2 A Desmotivação dos Alunos Face à Escola e o Insucesso. 3 O Envolvimento dos

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O Despacho Normativo n.º 24/2000, de 11 de maio, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo Despacho Normativo n.º 36/2002, de 4 de junho, estabelece as regras orientadoras para a organização

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Felizes os que constroem a vida na verdade e no bem. INTRODUÇÃO Este ano letivo 2014/2015 ficou definido como tema geral Felizes os que constroem a vida na verdade

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2015-2016 COLÉGIO DA TROFA (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário)

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2015-2016 COLÉGIO DA TROFA (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2015-2016 COLÉGIO DA TROFA (Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário) 1 Introdução O Plano Anual de Atividades do assenta no Projeto Educativo da Escola,

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual)

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) Agrupamento de Escolas de Santo André, Santiago do Cacém Código: 135513 NIFPC: 600075907 Escola Secundária Padre António Macedo Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) 2007/2014 Luísa Maria

Leia mais

ATIVIDADES. Porto Maria de Fátima R. Melo Alunos do 6.ºA,6.º B, 6.ºC, 6.º D Transportes/Electrico de estudoigreja de S.

ATIVIDADES. Porto Maria de Fátima R. Melo Alunos do 6.ºA,6.º B, 6.ºC, 6.º D Transportes/Electrico de estudoigreja de S. Planificação do ano letivo de 2013-2014 DEPARTAMENTO DE CIENCIAS SOCIAIS E HUMANAS 1.º Per Concurso Rosa dos Ventos Bilioteca Escolar EBI/JI da Correlhã Cristina Sousa Alunos do 7.º ano de escolaridade

Leia mais

As propostas do. Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica

As propostas do. Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica As propostas do LIVRO Livre Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica Dimensão Histórica: Conhecimento do passado histórico: 25 de Abril, Estado Novo, Guerra Colonial, Descolonização e Democracia;

Leia mais

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Avaliação do impacto das atividades desenvolvidas nos resultados escolares de 2014/2015 Plano estratégico para 2015/2016 (Conforme

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Objetivos Atividades Responsáveis Datas Recursos Avaliaçõe s Promover o convívio entre os elementos da comunidade educativa Proporcionar momentos de alegria e partilha Recepção

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO)

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PÚBLICAS DO CONCELHO DE PROENÇA-A-NOVA (3ª ACTUALIZAÇÃO) (3ª Actualização JULHO/2008) 1 Mês: Abril/2008 ANULAR (Estava na 1ª versão sem data) ANULAR (estava na 2ª versão para o 3º

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR INDÍCE A) Noção... 2 B) Objetivos... 2 C) Destinatários... 2 D) Serviços do Centro de Atividades e Recursos (C.A.R.)... 2 E) Atividades... 3 F) Condições

Leia mais

DESIGNAÇÃO DA AÇÃO: CONCEBER E APLICAR ESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS CONDUCENTES À MELHORIA DOS RESULTADOS.

DESIGNAÇÃO DA AÇÃO: CONCEBER E APLICAR ESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS CONDUCENTES À MELHORIA DOS RESULTADOS. AÇÃO Nº 1 DESIGNAÇÃO DA AÇÃO: CONCEBER E APLICAR ESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS CONDUCENTES À MELHORIA DOS RESULTADOS. BREVE DESCRIÇÃO DA AÇÃO: conceber, discutir e aplicar planificações, metodologias, práticas

Leia mais

CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO

CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO 2014/2015 CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO Experimentar a Brincar (Ano 6) Realização de experiências no âmbito da Biologia Escola Secundária Cacilhas-Tejo Agrupamento de Escolas Emídio Navarro EB 2,3

Leia mais

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro:

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro: CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES OBJETIVOS RECURSOS HUMANOS Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo Preparar o ano letivo Criar uma relação de empatia entre as crianças e os adultos da sala

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO AGOSTINHO DA SILVA

CENTRO DE FORMAÇÃO AGOSTINHO DA SILVA AÇÕES DE FORMAÇÃO PARA REQUISIÇÃO que podem ser consideradas como trabalho a nível de estabelecimento, conforme a alínea d), do nº 3, do Artº 82º do ECD (DL 41/2012). 1. Ações com acreditação pelo CCPFC

Leia mais

A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES

A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CABECEIRAS DE BASTO A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES A EQUIPA DE AUTOAVALIAÇÃO: Albino Barroso Manuel Miranda Paula Morais

Leia mais

AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014

AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014 AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014 O Agrupamento de Escolas N.º2 de Abrantes tem como um dos seus objetivos a plena integração na comunidade de que faz parte. Surge assim como natural a divulgação das

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012 Biblioteca Escolar GIL VICENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EB1 CASTELO BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012 As atividades constantes do presente

Leia mais

Plano Nacional de Leitura

Plano Nacional de Leitura Agrupamento de Escolas das Taipas Plano Nacional de Leitura 1. Estrutura organizacional Coordenador: Carlos Monteiro Grupo de Recrutamento: 300 Departamento: Línguas Composição do grupo de trabalho: docentes

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA DA U.PORTO Outubro de 2012 Enquadramento do programa na Estratégia Nacional de Formação Financeira Plano Nacional de Formação Financeira

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Promover o sucesso académico Reforçar a organização, coordenação e articulação curricular Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

Pré-escolar e 1º CEB

Pré-escolar e 1º CEB PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES DO COLÉGIO DA TROFA 2009-2010 1º Período Pré-escolar e 1º CEB Período Data Actividades Objectivos Destinatários Local Recursos 1 de Setembro Reunião geral de professores às 10h00.

Leia mais

9ºANO E AGORA? SPO. Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama

9ºANO E AGORA? SPO. Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama 9ºANO E AGORA? SPO Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama Cursos Vocacionais CET TESP Escolha consciente Orientação Escolar Interesses Aptidões Percurso Escolar Papel dos Pais no processo de DECISÃO

Leia mais

Intervenientes e modo de participação. -Visita á Agro Basto; -Andar nos carrosséis. -Comunidade Educativa; -visita de estudo;

Intervenientes e modo de participação. -Visita á Agro Basto; -Andar nos carrosséis. -Comunidade Educativa; -visita de estudo; Visitas de Estudo Visita à Feira de S. Miguel 27 de setembro -Conhecer e valorizar as tradições da Comunidade. -J.I. de Leiradas a Cidadania. -JI Leiradas Intervenientes e modo de -Visita á Agro Basto;

Leia mais

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS)

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Relatório de Actividades do ano letivo 2014/15 A Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS), tutelada pela API e apoiada pelo Ministério da Educação,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ AFONSO SEIXAL CÓDIGO 401481 Av. José Afonso Cavaquinhas Arrentela 2840 268 Seixal -- Tel. 212276600 Fax. 212224355 PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ABRIL DE 2014 Índice 1. Introdução

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2013/ 2014. - Receção e entrega de lembranças às. - Proporcionar momentos de alegria e Educadoras (S.A.

Plano Anual de Atividades 2013/ 2014. - Receção e entrega de lembranças às. - Proporcionar momentos de alegria e Educadoras (S.A. Data em que se realiza Setor/ Departamento Atividades Objetivos Específicos Responsáveis 2 de setembro - Receção e entrega de lembranças às - Fomentar a adaptação das crianças e Ajudantes crianças; na

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá distinguir e recriar

Leia mais

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 1 ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 O Pibid: ações de formação de professores que impactam a escola e a universidade Maurivan Güntzel Ramos mgramos@pucrs.br O presente texto

Leia mais

Educação para a Cidadania linhas orientadoras

Educação para a Cidadania linhas orientadoras Educação para a Cidadania linhas orientadoras A prática da cidadania constitui um processo participado, individual e coletivo, que apela à reflexão e à ação sobre os problemas sentidos por cada um e pela

Leia mais

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015 II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015 TEMA A ÁGUA QUE NOS UNE II Edição SUBTEMA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA ÂMBITO

Leia mais

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS Ana Paula Santos; António Fernandes; Berta Bemhaja; Cristina Fernandes;

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de DEPARTAMENTO: 1º CICLO - ATIVIDADES COMUNS ao longo do ano ATIVIDADES 15 Minutos de Leitura Crescer a Ler Levar a Ler CMC 15 de Leitura

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

SETEMBRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas. Local

SETEMBRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas. Local SETEMBRO Ao longo Oração da manhã Pré-escolar e 1º do ano ciclo 12 set. Receção aos alunos: Convívio de alunos, pais/ee, prof./educ. e vigilantes no campo de jogos Desejo das boas vindas pela direção e

Leia mais

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 Responsável pelo Clube de Francês Profª Ana Serra CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA - ANO LECTIVO 2010/2011 INTRODUÇÃO O Francês, como língua estrangeira

Leia mais

2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES

2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES 2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I- BEJA ATIVIDADES (memória descritiva sucinta) ARTICULAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS E/OU ÁREAS CURRICULARES NÃO DISCIPLINARES RESPONSÁVEIS /

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO ANEO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO 0 1º Período A CAF (Componente de Apoio à Família 2 primeiras semanas de setembro e interrupção do Natal) será acionada de acordo com resposta dos Encarregados

Leia mais

Génios de palmo e meio Brincar com a ciência!

Génios de palmo e meio Brincar com a ciência! Plano Anual de Atividades 2014/15 Génios de palmo e meio Brincar com a ciência! Continuamos a apostar nos nossos alicerces de: Aprender a ser: o que pressupõe o desenvolvimento da autonomia, do discernimento

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 4 a 09-09-2011) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo educadoras. Observação

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 27 de julho de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 352/2015 Determina que no ano letivo 2015/2016 fique suspensa a componente

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades A Casinha Brincalhona, Creche Lda Urb. Pisolar, LT 31, Alto do Pacheco 8500 Portimão www.acasinhabrincalhona.com Educadora Ângela Soares Educadora Rita Almeida 2015/2016 Plano

Leia mais

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014 Plano Anual de Atividades (2014/2015) Atividade Curricular Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade 1º Período Setembro de 2014 Início do ano lectivo /Pais 1ª Quinzena de Setembro Reunião de

Leia mais

Ação 1 Foral andante o que eu escrevo, o que tu lês

Ação 1 Foral andante o que eu escrevo, o que tu lês Ação 1 Foral andante o que eu escrevo, o que tu lês Criar ambientes de partilha; Proporcionar momentos de incentivo à leitura e ao relevo das ilustrações; Facilitar e promover a criatividade e imaginação;

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Sector da Escola: Pré-Escolar / 1º Ciclo Actividades (em articulação com as prioridades do Projecto

Leia mais

Agenda 2014/2015 2º Período Agrupamento de Escolas de Azeitão

Agenda 2014/2015 2º Período Agrupamento de Escolas de Azeitão Agenda 2014/2015 2º Período Agrupamento de Escolas de Azeitão Coordenação de ciclo Caso seja detetada alguma incorreção, ou atividade em falta, contactar os professores Sandra Caseiro (1º ciclo), Paulo

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA 2012-2015 PLANO DE MELHORIA (2012-2015) 1. CONTEXTUALIZAÇÃO DO PROCESSO Decorreu em finais de 2011 o novo processo de Avaliação Externa

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA Regulamento do Curso Vocacional Artes e Multimédia Ensino Básico 3º ciclo Artigo 1.º Âmbito e Enquadramento O presente regulamento estabelece as diretrizes essenciais

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

PROJETO CLUBE EUROPEU

PROJETO CLUBE EUROPEU ESCOLAS BÁSICA DE EIXO PROJETO CLUBE EUROPEU Título: CLUBE EUROPEU Responsáveis: Maria de Lurdes Silva Maria Isaura Teixeira Páginas: 5 Ano letivo: 2014-2015 Escola Básica de Eixo Impresso a 12.11.14 Conteúdo

Leia mais

Projeto Linguístico de Francês. Visita de Estudo Cultural

Projeto Linguístico de Francês. Visita de Estudo Cultural Projeto Linguístico de Francês Ano lectivo 2011-12 Visita de Estudo Cultural 1- PORQUÊ ESTUDAR FRANCÊS? A língua francesa é importante para o estudo e pesquisa em várias áreas do conhecimento, incluindo

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT Objetivos gerais: Promover os valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, direito do trabalho,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014-2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014-2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014-2015 1 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014-2015 INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS ESSENCIAIS do PAA... 3 PROPOSTAS DE ATIVIDADES DOS CLUBES E EQUIPAS... 6 PROPOSTAS DE ATIVIDADES DOS

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 05/06 8ºAno Código 070 Educação para a Cidadania Ano Letivo: 05 / 06 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais 3 Períodos

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 Plano Anual de Atividades do de Escolas Sá de Miranda Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 (devem ser indicadas as atividades que ultrapassem a dimensão do pequeno grupo ou da turma) Calendarizaç

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2013/2016 1 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2013/2016 O Plano Plurianual de Atividades (PPA) constitui um dos documentos de autonomia,

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Atividades Previstas para o ano letivo de 2013 2014 Atividades Objetivos Estratégias Calendarização Adaptar a criança à escola e à vida Diálogos conviventes de social; apresentação

Leia mais

Joana Maria Barbosa Fernandes. Ensino do Português / Trabalhar com Crianças

Joana Maria Barbosa Fernandes. Ensino do Português / Trabalhar com Crianças Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Joana Maria Barbosa Fernandes Rua Abel dos Santos, nº72, 2785-175 Cascais (Portugal) 00351916510656 joana_mbarbosa@hotmail.com Sexo Feminino Data de nascimento 15 de

Leia mais

Cronograma do IV SID

Cronograma do IV SID 06/10 07/10 08/10 De 15h às 17h - Investigando As Expectativas Dos Alunos Da Escola Estadual Evandro Ávila Quanto À Construção De Um Projeto De Educação Ambiental (Biologia) - Ensino De Ciências Para Alunos

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Ensino Básico 2º e 3º Ciclo e Cursos Secundários Científico-Tecnológicos Resultados Escolares Ano Letivo 211/212 1. Introdução Cada jovem, rapaz ou rapariga, que escolhe

Leia mais

Parecer da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual sobre a proposta de Revisão da Estrutura Curricular

Parecer da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual sobre a proposta de Revisão da Estrutura Curricular Parecer da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual sobre a proposta de Revisão da Estrutura Curricular Introdução A APECV, utilizando vários processos de consulta aos seus associados

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos Apresentação dinamizada pelos alunos: Plano para uma viagem em Portugal. Escola Básica de Agrela e Vale do Leça Tipologia: Animação cultural (teatro, concertos, saraus) Ciências Sociais e Humanas 420 -

Leia mais