VIAJAR DE MOTOCICLETA Arte e Técnica com Segurança e Prazer

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIAJAR DE MOTOCICLETA Arte e Técnica com Segurança e Prazer"

Transcrição

1 VIAJAR DE MOTOCICLETA Arte e Técnica com Segurança e Prazer MANUAL DO QC-MOTOCLUBE RECOMENDAÇÕES PARA TRAFEGAR NAS RODOVIAS a) Viajar com roupas preferencialmente de couro ou traje completo de segurança (cordura, lona, sintéticos especiais, etc.). b) Não usar tênis, sandálias, sapatos abertos ou similares, mas sim BOTAS específicas ou especiais, preferencialmente as que dispuserem de caneleiras, ponteiras duras e com zíper ao invés de cadarço. c) Evitar o uso de roupas largas, calças jeans, camisas com botões e de mangas curtas (panos leves embandeiram com o vento e molham rápido no caso de chuva). Os saltos altos usados pelas mulheres são elegantíssimos, mas com certeza um perigo para quem anda de moto, pilotando ou na garupa. d) Levar traje de proteção contra a chuva, mesmo que seu traje de viagem seja impermeável, pois sempre ocorrem surpresas. Se possível, levar um de reserva. O mesmo sempre ocorre com as botas impermeáveis. Por isso, uma proteção (galocha) de sobrepor é muito oportuna. O uso de óculos com LENTES AMARELAS com tempo nublado, chuva ou neblina, ou à noite, é excelente e melhora em muito a visibilidade. Na falta de óculos com lentes amarelas, os tradicionais óculos escuros com lentes marrom também servem. e) Usar luvas de couro especial ou cordura, e impermeáveis para o caso de chuva. As luvas são equipamentos importantíssimos de proteção e segurança para o caso de acidente, e indispensáveis (as impermeáveis) para evitar hipotermia (no caso de vento frio ou chuva). Tenha, sempre, luvas sobressalentes para chuva e frio. Luvas de borracha, somente as que possam ser sobrepostas com as de couro ou cordura, mas devem ser evitadas porque escorregam quando molhadas. f) Usar preferencialmente capacete fechado e com viseira incolor durante a viagem. Os articulados são os melhores. Não esquecer creme protetor solar, principalmente para o rosto. Se a sua moto não tem parabrisa ou bolha, instale uma antes de viajar. O parabrisa poupa o piloto do efeito vela (vento direto no peito) e o protege dos pedregulhos, insetos, aves, chuva, etc.. Portanto, é 1

2 equipamento indispensável à segurança. Não insista em viajar sem parabrisa, pois é muito desconfortável e compromete a segurança do piloto. g) Amarrar com eficiência as bagagens sobre a moto, de modo a evitar inclinação da carga ou causar efeito pêndulo à pilotagem. h) Evitar excesso de peso de bagagem sobre o banco ou traseira da moto (churrasqueira). O ideal é que o peso fique concentrado e equilibrado nas laterais (alforjes). Lembre-se: quanto mais embaixo, mais o peso da bagagem contribuirá para a boa estabilidade da moto. i) Levar na bagagem somente o essencial. Evitar excesso de calçados, roupas sociais, bolsas e adereços. Dê preferência a roupas facilmente laváveis e que sequem rapidamente, como também as descartáveis. Não se esqueça de portar um bom agasalho, além de capa ou casaco impermeável para chuva ou frio acentuado. Mesmo no Verão faz frio num dia ou noutro tanto no Sul do Brasil quanto na Argentina, no Uruguai, no Paraguai ou no Chile, países do Mercosul pelos quais as viagens de moto do QC têm acontecido com muita frequência. j) Levar um tubo de produto para reparar pneus. Não esquecer lanterna com pilhas sobressalentes, ferramentas da própria moto para reparos eventuais, documentos pessoais (RG, CNH, CPF, Identidade Profissional e PASSAPORTE, para o caso de viagens internacionais, pois os RG apesar de válidos, têm algumas restições como data de emissão, etc.) e da moto (CRLV, livro de revisão e garantia, documentose telefones do seguro, endereços e telefones de oficinas autorizadas ou concessionárias). É bom usar um produto para desembaciar as viseiras do capacete e dos óculos. E é indispensável levar flanela, estopa, elástico para amarração (tensores), bem como rede elástica para prender bagagens e eventuais tralhas (aranha). k) Não viajar, em hipótese alguma, com pneus carecas, descamados ou meia-vida. l) Se o CRLV da sua moto estiver em nome de outra pessoa (física ou jurídica) há necessidade de portar autorização formal do proprietário constante do CRLV para conduzi-la na Argentina, Chile, Paraguai ou Uruguai. Providencie autorizações para cada País, com firma reconhecida em Cartório. Depois, dirija-se ao Itamaraty (em Brasília) para averbação dos documentos (no andar térreo do anexo I). Em seguida, dirija-se às respectivas embaixadas para autenticação mediante pagamento de taxa. Não é necessário ir à Embaixada da Argentina, pois há um acordo bilateral (nesse caso tudo é carimbado no Itamaraty, sem custos). m) Todas as motos necessitarão de Seguro Carta Verde para rodar pela Argentina, Chile, Paraguai ou pelo Uruguai (Acordo de 1995 entre os países que compõem o Mercosul). O seguro Carta Verde poderá ser feito com vigência para cobrir somente o período de trânsito pelos países visitados. Telefonar para BRUCAM SEGUROS e falar com o proprietário Vinicius Bruce Câmara ( / / ) para qualquer seguro (Saúde Viagem, Carta Verde, Moto, Vida, 2

3 etc.). Ótimas condições e preços. A BRUCAM é a corretora que tem feito os seguros de viagem do QC. Há a perspectiva de emissão do Seguro Carta Verde nas fronteiras, mas nem sempre o serviço está disponível. n) Não esqueça seus medicamentos de uso contínuo. É bom sempre ter à mão analgégicos, antinflamatórios, ataduras, etc. PILOTAR EM COMBOIO COM TODA SEGURANÇA Mantenha-se em fila única durante a viagem, uma moto à esquerda e outra à direita na formação do comboio. Evite ultrapassar a moto que vai à sua frente. Não viaje atrás de qualquer veículo, principalmente caminhões e ônibus: os buracos desviados por eles sobrarão, com certeza, para você, que não terá tempo para desviar e você poderá cair. Não pilote em ziguezague e tenha especial cuidado para não trafegar em cima das faixas amarelas ou brancas, pois são extremamente escorregadias sob chuva. Não dispute nada com qualquer automóvel ou outro veículo: deixe-os ultrapassar, sempre ceda a vez, não confie na sua preferência. Lembre-se: na disputa a moto perde ou leva a pior, principalmente numa ultrapassagem mal feita pelo outro veículo. Na hora do aperto, o carro empurra a moto para o acostamento e isso é muito perigoso. Quem viaja de moto em grupo/comboio está passeando e não apostando velocidade, demonstrando perícia ou esbanjando experiência. Ou até querendo somente aparecer. Os menos experientes geralmente viajam com maior segurança já que redobram a atenção e não pensam em competir nada com ninguém. O QC tem viajado em grupo e sempre dentro da velocidade permitida na rodovia ou via urbana. E é para isso que as motos custom e touring se prestam. Paradas em estrada só são seguras no acostamento e assim mesmo sem parar em fila dupla, o que é extremamente perigoso e desaconselhável. 3

4 Não arrisque ficar sem combustível. Se tiver dúvida quanto à autonomia da sua moto, não hesite: encha o tanque sempre que parar num posto. Qualquer viagem deve prever e realizar paradas rápidas a cada 150/180 km rodados, tanto para abastecer as motos quanto para alongar os pilotos. Não use os freios desnecessariamente, pois poderá comprometer a pilotagem do piloto que vem imediatamente atrás de você. Cuidado redobrado com os quebra-molas nas rodovias, geralmente sem sinalização. Cuidado com areia, cascalho, lama ou óleo nos trevos e balões (cruzamentos ou acessos). Diminua acentuadamente a velocidade ao se aproximar destes obstáculos, pois o risco de derrapagem é muito grande. As curvas das rodovias devem ser feitas sempre com a tomada de tangência e velocidade adequadas e compatíveis com os limites da moto e, principalmente, do piloto. Não entre nas curvas das rodovias como o piloto que está na sua frente, mas sim da maneira como você sabe e possa fazê-lo, isto é, sem ultrapassar os seus limites de domínio da máquina. Sinalize sempre. Faça sinais com uma das mãos quando for parar ou quando avistar uma depressão na pista, um buraco, um animal, também quando não houver visibilidade e um veículo estiver se aproximando em sentido contrário, quando necessitar abastecer, ou quando tiver que ir para o acostamento. Não se sinta constrangido: quando estiver inseguro não faça o que não quer ou não sabe fazer. Pergunte sempre. Esclareça suas dúvidas com os mais experientes. Jamais se canse de perguntar. Evitar viajar além das 18h é saudável e seguro. Não é recomendável, em comboio, viajar à noite. Os faróis das motos e carros se confundem nos retrovisores e o resultado é sempre um ou outro motociclista se perder do grupo. Se alguém eventualmente se perder do grupo, não deve pensar duas vezes: o melhor é rumar direto para o próximo pernoite programado, evitando assim demorar-se por demais na Rodovia e acabar por viajar à noite, o que é inconveniente. Carregue sempre o dinheiro do pedágio trocado e num bolso que possa ser acessado com facilidade, caso você esteja viajando sem o garupa. Com 4

5 garupa, é ele(a) quem sempre paga o pedágio, igualmente com dinheiro trocado. Abasteça a moto e calibre os pneus antes do início de cada etapa da viagem. A calibragem dos pneus é importante componente de segurança nas estradas, principalmente nas curvas. A calibragem só é perfeita se for feita com os pneus frios. É recomendável alimentação superleve durante os percursos diários de média ou longa distância. Dê preferência a alimentos leves, sucos, frutas e muita, mas muita água para hidratar o organismo (que perde muito líquido, principalmente em dias quentes e secos). Os isotônicos, do tipo Gatorede, são altamente recomendáveis, assim como café sem qualquer adoçante e mineral com gás. Nada de bebida alcoólica. Beba e coma a vontade no jantar, após vencido o percurso programado para o dia de viagem. Não parar para almoço durante os percursos diários da viagem. Isto evita fadiga ou sonolência. Não é recomendável carregar alimentos nas bagagens, sob pena de rápida deterioração devido ao calor e condições de clima e tempo. Transportar COMBUSTÍVEL em garrafas plásticas é um GRANDE RISCO: não cometa essa insensatez, pois não vale à pena. Se eventualmente você ficar sem gasolina, não se preocupe. Alguém do grupo vai resolver sua pane seca. Um sono longo e tranquilo antes do dia da largada e igualmente sonos longos e tranquilos durante os pernoites programados é salutar e contribui sobremaneira para evitar o stress, sonolência quando em movimento e fadiga incontida, que são sérios riscos à segurança de todos. Pessoas que em qualquer viagem não controlam a fadiga ou sonolência ou ainda as que tenham problemas de saúde (hipoglicemia, por exemplo), não devem viajar de moto. 5

6 O COMBOIO DE MOTOS DO QC 1. No momento da largada, haverá um líder e um ferrolho de grupo. Nosso QC tem viajado em comboios bastante extensos (já fizemos viagem até com 29 motos). Portanto há experiência vivida. Muita experiência vivida! Não deixe de seguir as regras, caso contrário estará colocando todos os viajantes em risco desnecessário. Se sua moto é veloz, tenha paciência: você optou em viajar com um grupo de motos custom e touring, pesadas e estradeiras, cuja velocidade média poderá atingir até 140 k/horários é verdade, mas isto se a rodovia for de primeira qualidade. Caso contrário, a segurança da pilotagem ficará comprometida e um acidente desnecessário por certo acabará com o prazer da viagem. Se você está viajando em grupo mantenha-se nele e esqueça-se da velocidade, principalmente em curvas, ou simplesmente desista de viajar com um grupo (como é o caso do QC) que observa os limites de velocidade da via. Não insista e principalmente não incentive ninguém a correrias, a desvios de roteiro não programados ou a afastar-se do grupo, sob o inconsequente pensamento de que o grupo é lerdo. 2. O líder vai à frente, estabelece a velocidade adequada em razão do alcance da visibilidade da estrada, intensidade do tráfego, condições do pavimento da via e condições de intensidade e escoamento da chuva. O líder é quem zela pelo cumprimento do planejamento de viagem e quem começa a sinalizar sobre o que surge a sua frente. Não ultrapasse o líder, salvo se for para bater fotos, filmar o comboio ou dar uma pequena esticadinha para resfriar o motor da infeliz moto veloz que por acaso esteja integrando o grupo. 3. O ferrolho é mais importante que o líder. Geralmente é escolhido para ferrolho o piloto que tenha moto com boa retomada e que seja a mais veloz, pois é quem tem que ultrapassar a todos e avisar o líder sobre se está faltando alguém, se é preciso parar, etc. Se o ferrolho tiver que abandonar seu posto, sinalizará para que o último do comboio assuma o posto até seu retorno. Muita atenção para com quem parar ou ficar para traz por pane ou outra razão qualquer: os que estão à frente, principalmente o líder, precisarão ser avisados por quem constatar a parada. Caso contrário, quem parou ficará para traz, sozinho na estrada e sem apoio. O melhor, em comboio é aquele que está na frente do outro ficar sempre de olho, pelo retrovisor, naquele que vem logo atrás. Se, eventualmente, o que vem atrás sumir, aguarde um ou dois minutos e volte, pois provavelmente o que sumiu do retrovisor está em dificuldades. Se todos procederem assim, todos voltarão, não é mesmo? Aí, sim, ficará mais fácil reagrupar o comboio e evitar que alguém se descole ou se perca. 6

7 4. Deve-se manter o agrupamento das motos ao máximo e evitar excessivo distanciamento umas das outras, pois é nas brechas do comboio que os carros se enfiam quando não há visibilidade para ultrapassagem. Porém, há ocasiões que um ou outro carro se aproxima tão veloz e agressivamente do comboio que o melhor mesmo é permitir o quanto antes sua ultrapassagem. Nesse caso, propositadamente, deve-se abrir a brecha e sinalizar para que o veículo ultrapasse o grupo. Mas, não deixem de lembrar sempre que tanto o líder quanto o ferrolho têm dificuldades para controlar e manter os motociclistas em comboio quando perdem as motos de vista (quando somem do retrovisor). O BOM GARUPEIRO 1. Nunca subir ou descer da moto sem prévio conhecimento do piloto. Já se viu muito motociclista se desequilibrar por isso, sobretudo se o piso for irregular, ou o piloto ter perna curta, ou se a moto está carregada com muita bagagem. 2. Sempre ajudar o piloto nas manobras de entrada e saída de estacionamento, sobretudo quando for necessário "dar ré" na moto. O melhor é saltar da garupa para poder melhor puxar a moto para trás. 3. Em movimento, o garupa deve evitar movimentos bruscos, do tipo olhar para trás no final das retas e dizer, por exemplo : Olha, já não vejo nenhuma moto! Se for no final de curvas, nem pensar em movimentos bruscos. 4. O garupa é quem deve pagar os pedágios. Deve ter sempre à mão o dinheiro, preferencialmente trocado e no valor exato da despesa. Se a viagem é feita em grupo, o primeiro garupa deve encarregar-se do pagamento. Na primeira parada, após o pedágio, as contas devem ser "acertadas" com quem pagou o pedágio. Se há mais de um garupa no grupo de viajantes, é aconselhável fazer "rodízio" do pagador de pedágio. 5. O garupa, se conhecer a estrada, poderá ser o "navegador". Se estiver atento às manobras, ultrapassagens, acessos, quebra-molas, buracos, depressões ou desníveis poderá auxiliar e muito o piloto. 6. O garupa pode auxiliar nas curvas, observando a pista de rolamento sempre por dentro e apoiando-se, fortemente, em ambas as pedaleiras. A transferência de peso para as pedaleiras torna a moto bem mais manobrável e segura de pilotagem. 7. Pela mesma razão, deve o garupa se apoiar mais fortemente nas pedaleiras quando a moto circula devagar, entre o trânsito ou congestionamentos. 8. Idem, quando circula em piso irregular e com a vantagem, neste caso, de levar menos pancada no lugar onde a espinha dorsal muda de nome. 7

8 9. Jamais o garupa poderá adormecer. Há risco de sério acidente se ocorrer tal fenômeno, pois a tendência é cair da moto e levar consigo o piloto. 10. Nas freadas ou arrancadas é imprescindível que o garupa esteja sempre atento e com reflexo apurado: deve apoiar-se nos suportes, correias e/ou pedaleiras, e não no condutor. A mesma postura deverá ser observada na chuva, durante todo o percurso. Nas paradas, o garupa não deve colocar os pés no chão, pois em vez de ajudar, só desequilibra a moto. 11. Quando em velocidade, ou se estiver ventando muito, o garupa deve juntar-se o mais que puder ao corpo do piloto. Isto evita a oscilação ou desequilíbrio da moto em razão da ventania provocada pela velocidade ou "mandada" pela natureza. 12. Ao garupa é rigorosamente proibido olhar para o velocímetro e expressar a sua aprovação ou reprovação com apertos de joelhos, socos nas costas, etc., etc., pois essa postura desconcentra completamente o piloto. 13. A partir dos km/h "acaba" a conversa entre piloto e garupa, pois o vento não deixa. Além desse fato, acima dos 60 km/h qualquer conversa é inteiramente desaconselhável. No máximo, é permitido um aviso, "toque" ou alerta imprescindível de um para o outro. 14. Quando a moto está "rodando" a mais de 80 km/h, o garupa não deve acenar aos outros motociclistas, veículo que ultrapassam ou que venham em sentido contrário, sob pena de desviar a atenção do piloto. No caso de altíssima velocidade o simples aceno de um garupa pode causar o deslocamento do seu ombro, pulso ou cotovelo. 15. Nas mesmas circunstâncias, evitar calçar ou tirar luvas, ajeitar capacete, óculos ou cabelo. 16. O garupa deve usar trajes/roupas/botas/capacete e equipamentos de proteção individual (coluna, joelhos, mãos, cotovelos, ombros, etc.) idênticos aos utilizados pelo piloto, faça sol ou chuva, seja em rodovias ou em ruas urbanas, com vias pavimentadas ou não. 17. O garupa é quem deve bater fotos, desde que a moto esteja em baixa velocidade e que o piloto seja avisado sobre o procedimento. Agir com todo o cuidado, evitando movimentos bruscos ou virar-se inteiramente para trás. Se, acidentalmente, a máquina fotográfica cair, não se deve gritar ou desesperarse. Mas apenas avisar o piloto sobre o fato e pedir para que retorne a fim de tentar achar ou salvar o equipamento. BOA VIAGEM! 8

Resumo de Convenções de Deslocamento Motociclístico

Resumo de Convenções de Deslocamento Motociclístico Resumo de Convenções de Deslocamento Motociclístico Você foi convidado a rodar com o Twister Moto Clube! Evento: Dia: Ponto de Encontro: Hora: Além de uma honra, esta será também uma grande responsabilidade

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

Fazer as costelas de vários mini saltos, pular em uma e quando cair pular em outra e assim em diante.

Fazer as costelas de vários mini saltos, pular em uma e quando cair pular em outra e assim em diante. Concentração e Atenção são as palavras chaves para uma pilotagem segura. Embora tenham a moto adequada, muitos pilotos apresentam deficiências, especialmente de postura, na hora de frenagem e na escolha

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO INFORMAÇÒES DE PROVAS BOAS PRÁTICAS AO MOTOCICLISMO REGULAMENTOS DE PROVA ETAPAS DE CERTIFICAÇÃO Programa CBM HIPERAÇÃO Nosso propósito

Leia mais

ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS

ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS Posicionamento da Moto Distância de Segurança Dois segundos entre você, o veículo da frente e o de trás Comunicar as suas intenções Evitar os pontos cegos/ ângulos

Leia mais

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem!

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem! Olá, Mamãe! Esta cartilha é um presente pra você. Uma forma de ajudá-la a desempenhar uma das funções mais importantes da sua vida: justamente a tarefa de ser mãe. Cada vez mais, além de cuidar da saúde

Leia mais

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias.

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias. Normas gerais de circulação ABETRAN Detalhadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em mais de 40 artigos, as Normas Gerais de Circulação e Conduta merecem atenção especial de todos os usuários da

Leia mais

Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira.

Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira. Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira. Respeite a capacidade de carga da empilhadeira e de outras eventuais aparelhagens.

Leia mais

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO NICOLAU BELLO 1 * ATUALMENTE EXISTEM NO TRÂNSITO NO BRASIL MAIS DE CINCO MILHÕES DE MOTOS NO TRÂNSITO. * 10 MILHÕES DE CARROS, ONIBUS, TAXIS E CAMINHÕES. * MOTOS PASSAM CÉLERES ENTRE OS CARROS, ESTES DÃO

Leia mais

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS Começar a pedalar é uma ó ma opção para quem se preocupa com o meio ambiente e com a sua própria saúde. Mas, antes das primeiras pedaladas, é preciso seguir alguns passos

Leia mais

Segurança e Saúde Ocupacional. Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho

Segurança e Saúde Ocupacional. Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho Segurança e Saúde Ocupacional Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho 1ª Edição 2015 Principais orientações relacionadas ao acidente de trabalho Você sabe o que é um acidente de trabalho? É o

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança) Condução consciente A condução consciente e tranquila depende em grande parte de quem está ao volante. Cada um tem a responsabilidade de melhorar a sua segurança e a dos outros. Basta estar atento e guiar

Leia mais

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores Direção Defensiva 1 Compreender as principais causas de acidentes de trânsito. Identificar os principais envolvidos em acidentes de trânsito. Introdução Introdução. Estatísticas. Responsabilidade. sobre

Leia mais

6. Duas rodas: a regulamentação

6. Duas rodas: a regulamentação 6. Duas rodas: a regulamentação Aula: Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Foto Alex Pimentel 1 Que perigo vemos nesta cena 2! Essa é uma cena bem comum na nossa cidade e não

Leia mais

como a DT200 da Yamaha.

como a DT200 da Yamaha. Para os iniciantes, é melhor optar por uma moto de menor potência, como a 125cc, porque elas são mais leves e dão mais chances. As 250cc são mais violentas e qualquer erro pode causar um tombo. Para o

Leia mais

Dicas de Segurança. www.azesgospel.com.br

Dicas de Segurança. www.azesgospel.com.br Dicas de Segurança www.azesgospel.com.br Introdução Noções básicas para se andar em grupo Conversação por sinais; Atenção ao retrovisor; Atenção à distância entre as motocicletas; Bom desenvolvimento no

Leia mais

Lubritec Distribuidora de Lubrificantes Ltda

Lubritec Distribuidora de Lubrificantes Ltda Ver. 4.0 Data Out/2010 Vigência: Out/2011 1 Prezado colaborador, Este manual foi elaborado visando transmitir algumas noções de segurança no trânsito. Desejamos que os nossos colaboradores e pessoas ligadas

Leia mais

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro?

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 1 Quais são os 5 elementos da direção defensiva? 2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 3 O que significa DIREÇÃO DEFENSIVA? 4 Cite um exemplo de condição adversa

Leia mais

Ver e ser visto no trânsito

Ver e ser visto no trânsito matéria de capa Ver e ser visto no trânsito CESVI realizou estudo para apontar as condições em que pedestres, motos e carros são mais bem visualizados à noite Por José Antonio Oka Segurança Viária Ver

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

www.nascarbrasil.com Manual de pilotagem e aprendizado

www.nascarbrasil.com Manual de pilotagem e aprendizado Manual de pilotagem e aprendizado Bem vindo ao mundo das corrida virtuais! A razão deste documento é ajudar os novatos em corridas multi-player entender as grandes diferenças entre correr Online e Offline

Leia mais

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira.

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. 1 OBJETIVO: Definir requisitos mínimos para: Operação; Inspeção; Qualificação do operador. 2 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Existem basicamente

Leia mais

Campanha de direção defensiva

Campanha de direção defensiva Riscos, perigos e acidentes Em tudo o que fazemos há uma dose de risco: seja no trabalho,quando consertamos alguma coisa em casa, brincando, dançando,praticando um esporte ou mesmo transitando pelas ruas

Leia mais

Dirigir na Nova Zelândia

Dirigir na Nova Zelândia Dirigir na Nova Zelândia PORTUGUÉS Para dirigir na Nova Zelândia é preciso saber que: dirigimos no lado esquerdo da estrada o uso do telefone celular ao dirigir é ilegal. Para fazer uma viagem segura e

Leia mais

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio:

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta BH tem espaço para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: Índice Quando você estiver pedalando. 04 Quando você estiver dirigindo. 10 Algumas

Leia mais

O que é o Direção Positiva?

O que é o Direção Positiva? Abril - 2014 1 2 O que é o Direção Positiva? O novo projeto da Sirtec busca conscientizar os colaboradores sobre a importância das medidas preventivas no trânsito. Objetivos: Contribuir com a redução dos

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos 11 APOSTILA Transporte de Produtos Perigosos Caros Colegas, A nova apostila do Programa Olimpíadas da Segurança trata de assuntos do nosso cotidiano. Já falamos de movimentação de cargas, postura, análise

Leia mais

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura.

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura. Visão Geral Família e Passageiros: Roupas Reflexivas Quanto mais claro e brilhante, melhor! É isso mesmo, quanto mais brilhante e clara for sua roupa, melhor são suas chances de ser visto. Segurança Pessoal:

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

Você no Trânsito Criança

Você no Trânsito Criança Você no Trânsito Criança Elas são habituais companheiras de viagem no veículo pelo menos duas vezes por dia. São transportadas da casa para a escola, da escola para a casa, para o dentista, médico, natação,

Leia mais

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA Trânsito seguro é um direito de todos TRANSITO LEGAL DIREÇÃO DEFENSIVA Sabem o que significa? Conduzir de modo a evitar acidentes, apesar das ações erradas dos outros e

Leia mais

Regulamento Mitsubishi Fun Day 2015

Regulamento Mitsubishi Fun Day 2015 Regulamento Mitsubishi Fun Day 2015 1. Definição: Evento automobilístico voltado ao lazer composto de um deslocamento de extensão variável (passeio em estradas abertas ao trânsito normal) e uma prova do

Leia mais

Dicas de Segurança II

Dicas de Segurança II Dicas de Segurança II Ao Viajar Casa ou apartamento Não comente sua viagem com pessoas estranhas por perto. Avise a um vizinho de confiança sobre a sua viagem. Se possível, deixe um número de telefone

Leia mais

Motoboy. Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito

Motoboy. Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDACENTRO FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Motoboy Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito Motoboy Segurança

Leia mais

PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA

PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA Conjunto de ações que oferece aos cidadãos roraimenses informações sobre segurança pública no trânsito com vista à prevenção da violência,

Leia mais

Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos.

Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos. NO CARRO Como se prevenir Procure usar um carro que não chame a atenção. Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos. Evite transportar objetos de valor quando

Leia mais

VELÓDROMO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

VELÓDROMO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO VELÓDROMO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLÍNICA DE TREINAMENTO COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO Carlos Arthur Nuzman - Presidente COMPLEXO ESPORTIVO PARQUE AQUÁTICO & VELÓDROMO Sidney Cordeiro - Administrador

Leia mais

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável.

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Manual do Ciclista Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Pedala BH. O programa que vai mudar a cara da cidade. Pedala BH é o programa criado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio

Leia mais

3/4. APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras

3/4. APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras 3/4 APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras Prezados Colaboradores O tema abordado nesta edição é sobre empilhadeiras. Após analisar os relatórios dos acidentes, as informações dos trabalhadores,

Leia mais

Família e Passageiros

Família e Passageiros Visão Geral Família e Passageiros: Como escolher um veículo para a família? Em primeiro lugar, você tem que decidir o que você realmente quer. Você quer um utilitário (SUV), uma minivan ou um veículo de

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas 4 Regras de Trânsito 4-1 Regras de trânsito no Japão No Japão, as regras de trânsito são estabelecidas respectivamente para, automóveis e motos, bicicletas. Recomenda-se a assimilação rápida e correta

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Tratorista Agrícola CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Tratorista Agrícola CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, servidor público é a pessoa que: a. Presta serviço remunerado ao município, seja do Poder Executivo,

Leia mais

COMPROMISSO PERMANENTE DE SEGURANÇA NA ESTRADA. ajudando o brasil a chegar ao futuro

COMPROMISSO PERMANENTE DE SEGURANÇA NA ESTRADA. ajudando o brasil a chegar ao futuro DÉCADA DE AÇÃO PELA SEGURANÇA NO TRÂNSITO # dicas DE SEGURANÇA ECORODOVIAS COMPROMISSO PERMANENTE DE SEGURANÇA NA ESTRADA 2011-2020 ajudando o brasil a chegar ao futuro uma #dica pode salvar muitas vidas.

Leia mais

Receita infalível para uma boa viagem

Receita infalível para uma boa viagem Receita infalível para uma boa viagem Para que a tão sonhada viagem de férias não se transforme em um pesadelo, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Pensando no seu conforto e na sua segurança nesse

Leia mais

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com CINTO DE SEGURANÇA SEGURANÇA VEICULAR Durante muito tempo, Segurança e Automóvel não eram considerados parceiros Consumidores, vendedores e usuários não se lembravam disto na ocasião da compra de um veículo

Leia mais

MURAL- JULHO 2015. Compromisso. 10 coisas que todo motorista de caminhão tem que lembrar sobre carros antes de pegar a estrada

MURAL- JULHO 2015. Compromisso. 10 coisas que todo motorista de caminhão tem que lembrar sobre carros antes de pegar a estrada Compromisso 10 coisas que todo motorista de caminhão tem que lembrar sobre carros antes de pegar a estrada É comum ouvirmos motoristas de carro reclamando de caminhões e motoristas de caminhão reclamando

Leia mais

WWW.GARAGEM83.COM.BR

WWW.GARAGEM83.COM.BR 1º EVENTO: DOMINGO - 15/03/2015 (APENAS TRACK DAY); 2º EVENTO: DOMINGO - 26/04/2015 (JUNTO COM MARCAS & PILOTOS); 3º EVENTO: DOMINGO - 17/05/2015 (APENAS TRACK DAY); 4º EVENTO: DOMINGO - 26/07/2015 (JUNTO

Leia mais

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS Brasília, 07 de fevereiro - A Polícia Rodoviária Federal vai intensificar ainda mais a fiscalização de embriaguez ao volante durante a operação Carnaval, que começa à zero

Leia mais

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO.

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. CUIDADO NO TRANSITO MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. AS CRIANÇAS DEVEM RESPEITAR PARA OS LADOS DEVEM OLHAR. SE NÃO VIER NENHUM AUTOMÓVEL

Leia mais

Concurso de Motorista - 2014

Concurso de Motorista - 2014 PORTUGUÊS MATEMÁTICA 01 QUESTÃO Analise as alternativas abaixo e assinale a alternativa correta na divisão silábica. A ( ) par aná; sá-ba-do. B ( ) ó cu-los; sa-la-da. C ( ) ci-garro; ca-na. D ( ) Todas

Leia mais

Assinale a alternativa correta: a) VVFF b) FVVF c) VFFV d) FVVV e) FVFV

Assinale a alternativa correta: a) VVFF b) FVVF c) VFFV d) FVVV e) FVFV MOTORISTA 1. Considere as seguintes qualidades de um bom condutor de veículos: I. É capaz de compreender as limitações dos outros que estão no trânsito. II. Exime-se de responsabilidades frente a situações

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. OBJETIVO... 2 3. DOCUNTAÇÕES... 2 3.1 DO VEÍCULO... 2 3.2 DO CONDUTOR... 2 4. TREINAMENTOS... 2 5. PRATICAS SEGURAS

Leia mais

você. Lembre-se, quanto mais você confia que os carros irão ver você para evitar

você. Lembre-se, quanto mais você confia que os carros irão ver você para evitar com o trânsito de carros, quanto menos distrações melhor. E também, você irá querer ter as duas mãos livres caso tenha que frear de repente. Muitas vezes é bom pedalar de uma maneira que os carros não

Leia mais

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61 Tabela das Multas 7 pontos na CNH Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades Dirigir com a carteira já vencida há mais de 30 dias Recolhimento da carteira e retenção do veículo Não reduzir a

Leia mais

DICAS PARA VOCÊ PILOTAR MOTO COM MAIS SEGURANÇA E PERDER O MEDO

DICAS PARA VOCÊ PILOTAR MOTO COM MAIS SEGURANÇA E PERDER O MEDO DICAS PARA VOCÊ PILOTAR MOTO COM MAIS SEGURANÇA E PERDER O MEDO #1 ATENÇÃO Essa é a dica mais importante, parece clichê mas não é! Não mesmo! Atenção é tudo no trânsito quando estamos pilotando. Pelo Método

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS!

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS! MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO Página 1- Indicações de uso AVISOS! *Não é permitido para pessoas que não entenderam o manual de instruções, dirigirem a mini-moto. *Deve ser utilizado a mistura de gasolina

Leia mais

EXATA.GG GESTÃO GOVERNAMENTAL LTDA CNPJ - 08.646.165/0001-47 exatagg@exatagg.com.br exata.gg@brturbo.com.br. Língua Portuguesa.

EXATA.GG GESTÃO GOVERNAMENTAL LTDA CNPJ - 08.646.165/0001-47 exatagg@exatagg.com.br exata.gg@brturbo.com.br. Língua Portuguesa. Língua Portuguesa Matemática 01 Leia a frase abaixo: O homem delicado cedeu sua cadeira. Qual o é o verbo dessa frase? A) Cadeira. B) Cedeu. C) Delicado. D) Homem. 06 100 minutos equivalem a: A) 1 hora

Leia mais

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O DIRECÇ Ã O DOS SERVIÇ OS PARA OS ASSUNTOS DE TRÁ FEGO TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O Fascículo V Segurança da Condução ADVERTÊNCIA Encontram-se publicadas, nestes 5 fascículos, todas as perguntas, e repectivas

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO O veículo estacionado, afastado da guia da calçada (meio fio) a mais de um metro, faz do seu condutor um infrator cuja punição será: 1 retenção do veículo e multa, infração média. 2 apreensão do veículo

Leia mais

SEGURANÇA. Segurança... 1. Corpo Do Skate... 2. Como Ligar... 3. Ligar as Luzes... 3. Para Acelerar e Freiar... 4. Mudar a Velocidade...

SEGURANÇA. Segurança... 1. Corpo Do Skate... 2. Como Ligar... 3. Ligar as Luzes... 3. Para Acelerar e Freiar... 4. Mudar a Velocidade... Skate Elétrico 800W Segurança... 1 Corpo Do Skate... 2 Como Ligar... 3 Ligar as Luzes... 3 Para Acelerar e Freiar... 4 Mudar a Velocidade... 4 Instalando os Foot Straps (Tira para os pés)... 4 Recarga

Leia mais

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança!

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança! Educação e Prevenção Rodoviária Conduzo a bicicleta em segurança! Andar de bicicleta é muito divertido, mas deves aprender algumas regras de segurança. Podes divertir-te no parque ou no jardim, nas ciclovias

Leia mais

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado.

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado. www.prp.pt A Educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica e é uma estrutura de apoio de uma educação que se vai desenvolvendo ao longo da vida. Assim, é fundamental que a Educação Rodoviária

Leia mais

DICAS DE SEGURANCA, SAIBA COMO AGIR DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA

DICAS DE SEGURANCA, SAIBA COMO AGIR DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA DICAS DE SEGURANCA, COMO SE PREVINIR COMO IDENTIFICAR SITUAÇÕES DE RISCO O QUE FAZER SAIBA COMO AGIR RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA QUERIDOS ALUNOS E

Leia mais

Motoboy. Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito

Motoboy. Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDACENTRO FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Motoboy Segurança e Saúde no Trabalho: prevenção de acidentes no trânsito Motoboy Segurança

Leia mais

Pesquisa de segurança da Bosch sobre Sistemas Antibloqueio de Frenagem para motocicletas no Brasil e na Argentina

Pesquisa de segurança da Bosch sobre Sistemas Antibloqueio de Frenagem para motocicletas no Brasil e na Argentina Robert Bosch Ltda. Chassis Systems Control Rodovia Anhanguera, km 98 CEP: 13065-900 Campinas SP Brasil www.bosch-moto.com.br Pesquisa de segurança da Bosch sobre Sistemas Antibloqueio de Frenagem para

Leia mais

12APOSTILA DIREÇÃO DEFENSIVA

12APOSTILA DIREÇÃO DEFENSIVA 12APOSTILA DIREÇÃO DEFENSIVA Caros Colegas, Há algum tempo a BSM vem alertando aos seus colaboradores sobre a importância da Direção Defensiva na prevenção dos acidentes de trânsito. Este ano, esse tema

Leia mais

Princípio geral Regra geral Realização da manobra Obrigação de facultar ultrapassagem Proibição de ultrapassar e exceções

Princípio geral Regra geral Realização da manobra Obrigação de facultar ultrapassagem Proibição de ultrapassar e exceções FICHA TÉCNICA ULTRAPASSAGEM Níveis GDE: Nível 3 Nível Tático Temas Transversais: Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Síntese informativa: Princípio geral

Leia mais

MARTIN BEKKER A MINHA E-BIKE É RÁPIDA E CÓMODA. SINTO-ME NO CONTROLO E ADORO ISSO! DANIËL KREMER

MARTIN BEKKER A MINHA E-BIKE É RÁPIDA E CÓMODA. SINTO-ME NO CONTROLO E ADORO ISSO! DANIËL KREMER MARTIN BEKKER IDADE: 45 ANOS UTILIZAÇÃO: PRINCIPAL MEIO DE TRANSPORTE DISTÂNCIA SEMANAL: 38 KM A POTÊNCIA ASSISTIDA VARIÁVEL FAZ DA SHIMANO-STEPS UMA E-BIKE VERSÁTIL. PODE IR ONDE QUISER, QUANDO QUISER,

Leia mais

GUIA PARA PRINCIPIANTES DE BTT JANEIRO 2016

GUIA PARA PRINCIPIANTES DE BTT JANEIRO 2016 GUIA PARA PRINCIPIANTES DE BTT JANEIRO 2016 Por muita vontade que tenha em agarrar na sua nova BTT e ir para os montes rasgar trilhos, seja prudente e paciente. Comece com percurso fáceis e não muito longos.

Leia mais

Informações aos Utentes

Informações aos Utentes Informações aos Utentes Informações aos Utentes Nos distritos de Bragança, Guarda, Vila Real e Viseu, o Inverno é um desafio para os condutores. A segurança é uma prioridade da Estradas de Portugal, na

Leia mais

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO A educação rodoviária deve começar o mais cedo possível. Ensine, com antecedência, as normas básicas de segurança rodoviária ao seu filho. Para ele, os pais constituem referências e modelos que procura

Leia mais

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões)

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões) PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO, TENDO EM VISTA O PREENCHIMENTO DE UM POSTO DE TRABALHO NA CARREIRA/CATEGORIA DE ASSISTENTE

Leia mais

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL É hora de promover a segurança e a harmonia no trânsito. E os pais podem dar o exemplo. No Brasil, o índice

Leia mais

Código de Trânsito Brasileiro

Código de Trânsito Brasileiro Código de Trânsito Brasileiro O Código de Trânsito Brasileiro estipula competência a setores federais, estaduais e municipais, para aplicar as penalidades de acordo com as infrações que o cidadão cometeu.

Leia mais

O que é o Direção Positiva?

O que é o Direção Positiva? JUNHO - 2015 1 2 O que é o Direção Positiva? Projeto da Sirtec busca conscientizar os colaboradores sobre a importância das medidas preventivas no trânsito. Objetivo: Contribuir com a redução dos acidentes

Leia mais

O QUE É A AURORA BOREAL

O QUE É A AURORA BOREAL E-mail: rudyfav@gmail.com Facebook: Rudy Fávero Instagram: @rudyfavero O QUE É A AURORA BOREAL As luzes se originam no sol, mas precisamente pelo contato de partículas emitidas pelo sol com a atmosfera.

Leia mais

ANEXO IX NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO CONVITE Nº. 003/2012

ANEXO IX NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO CONVITE Nº. 003/2012 ANEXO IX NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO CONVITE Nº. 003/2012 1.) CONDIÇÕES BÁSICAS 1.1. As empreiteiras que admitam trabalhadores deverão cumprir a Norma Regulamentadora nº

Leia mais

DICAS PARA PILOTOS E NAVEGADORES

DICAS PARA PILOTOS E NAVEGADORES DICAS PARA PILOTOS E NAVEGADORES O Rallye da Independência, que terá em 2014 sua 25ª edição, é uma prova de regularidade absoluta com médias de velocidades preestabelecidas, passando por percurso desconhecido,

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE DIREÇÃO DEFENSIVA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE DIREÇÃO DEFENSIVA Dirigir na defensiva significa: 1 ter muita habilidade no volante. 2 preocupar-se somente com o seu veículo, sabendo que os outros motoristas são cuidadosos. 3 ser preventivo, atencioso e respeitador das

Leia mais

Perder Peso Pedalando

Perder Peso Pedalando Perder Peso Pedalando Pedalar: Caminho para um estilo de vida saudável. Tudo o que você precisa saber. Quase todo mudo quer perder peso para melhorar a aparência e também para a melhora geral da saúde.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Operador de Máquinas III CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Operador de Máquinas III CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, servidor público é a pessoa que: a. Presta serviço remunerado ao município, seja do Poder Executivo,

Leia mais

CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS ADVERSAS

CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS ADVERSAS As condições meteorológicas que caracterizam o Outono e o Inverno são fator de risco acrescido na condução. Há pois que adaptar a condução ao estado do tempo. Chuva, nevoeiro, gelo e neve alteram substancialmente

Leia mais

Guia de Boas Práticas para o Ciclista

Guia de Boas Práticas para o Ciclista Guia de Boas Práticas para o Ciclista Sumário Guia de Boas Práticas para o Ciclista Fortaleza - CE Dezembro de 2014 Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará Sinduscon-CE www.sindusconce.com.br

Leia mais

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula.

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA-CFM DEPARTAMENTO DE FÍSICA FSC 5107 FÍSICA GERAL IA Semestre 2012.2 LISTA DE EXERCÍCIOS 2 - MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Gráficos: Q1) Para cada gráfico seguinte de

Leia mais

Cartilha do Ciclista Urbano

Cartilha do Ciclista Urbano Cartilha do Ciclista Urbano Ciclistas de SJC ciclistas.sjc@gmail.com www.facebook.com/ciclistas.sjc O Que Q é o Que? Ciclovia São espaços segregados para o fluxo de bicicletas. Isso significa que há uma

Leia mais

- Responsabilidades do Motorista -

- Responsabilidades do Motorista - NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS OFICIAIS - Responsabilidades do Motorista - 1. Operar conscientemente o veículo, obedecidas as suas características técnicas, e observando rigorosamente

Leia mais

Security, Health and Safety

Security, Health and Safety Security, Health and Safety Conselhos para Colaboradores e Parceiros da Securitas Portugal securitas.pt As quedas, escorregadelas e os tropeçamentos são a causa de acidentes e ferimentos entre Trabalhadores.

Leia mais

Polivalentes. Com melhorias para facilitar a pilotagem no dia a dia, a nova Kawasaki Ninja 650 desponta entre as carenadas de entrada

Polivalentes. Com melhorias para facilitar a pilotagem no dia a dia, a nova Kawasaki Ninja 650 desponta entre as carenadas de entrada Comparativo POR francis vieira Fotos Mario Villaescusa Polivalentes Com melhorias para facilitar a pilotagem no dia a dia, a nova Kawasaki Ninja 650 desponta entre as carenadas de entrada A carenagem é

Leia mais

A bicicleta como meio de transporte

A bicicleta como meio de transporte Manual do Ciclista Urbano Índice 01. A bicicleta como meio de Transporte... 04 02. Bicicleta é veículo!... 06 03. Dicas valiosas ao motorista... 08 04. Bicicleta: benefícios e tendência mundial... 09

Leia mais

SKATE ELÉTRICO MANUAL DE INSTRUÇÕES. Leia atentamente este Manual, antes de usar seu SKATE ELÉTRICO. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas.

SKATE ELÉTRICO MANUAL DE INSTRUÇÕES. Leia atentamente este Manual, antes de usar seu SKATE ELÉTRICO. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. SKATE ELÉTRICO MANUAL DE INSTRUÇÕES Leia atentamente este Manual, antes de usar seu SKATE ELÉTRICO. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. SEVEN SKATE ELÉTRICO SAC: (11) 5660.2600 Uso doméstico

Leia mais

Eu tenho a força! Será?

Eu tenho a força! Será? A UU L AL A Eu tenho a força! Será? Várias vezes vemos na televisão alguém gritando Eu tenho a força e, então, começa uma verdadeira pancadaria! Logo o super-herói sai do meio da confusão tirando pó do

Leia mais

Carlos Augusto Tavares. Patrícia Paulozi. Dênnia Almeida

Carlos Augusto Tavares. Patrícia Paulozi. Dênnia Almeida Carlos Augusto Tavares Patrícia Paulozi Dênnia Almeida Printed in Brazil Dênnia Almeida (Org.) O trânsito e a bicicleta Direitos e deveres para ciclistas CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO ARTIGOS RELACIONADOS

Leia mais

NOVO volvo V40. Cross Country. acessórios originais volvo

NOVO volvo V40. Cross Country. acessórios originais volvo NOVO volvo V40 Cross Country acessórios originais volvo V40 Cross Country acessórios originais volvo Deixe seu carro do jeito que você quer, mas com a segurança da Volvo. Chegou o novo Volvo V40 Cross

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001/2012 Cód. 03 Agente Operacional Especializado - Motorista A CURIOSIDADE PERIGOSA Como todas as qualidades, a curiosidade pode ser boa

Leia mais

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito MANUAL DO ENSINO DA CONDUÇÃO FT [] [56] [6] FICHA TÉCNICA MUDANÇA DE DIRECÇÃO Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível Nível Táctico Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio

Leia mais

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) BANCO DO BRASIL DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas,

Leia mais