Bahianest. 22ª JORBA foi recorde em número de participantes COOPANEST-BA CIRURGIA PERIOPERATÓRIO SEMINÁRIOS. Infusão Propofol Análise Crítica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bahianest. 22ª JORBA foi recorde em número de participantes COOPANEST-BA CIRURGIA PERIOPERATÓRIO SEMINÁRIOS. Infusão Propofol Análise Crítica"

Transcrição

1 CIRURGIA PERIOPERATÓRIO SEMINÁRIOS Infusão Propofol Remifentanil Análise Crítica Acompanhe uma análise crítica sobre a Infusão do Propofol / Remifentanil. Pág. 06 Sócios lotaram o auditório da SAEB em noite de homenagens e reflexão sobre a vida no Dia do Anestesiologista. Pág. 08 SAEB traz para Bahia simpósio promovido pelo Núcleo de Estudos de Anestesia e Neurociências. Pág. 11 Banco Real é o banco oficial da COOPANEST-BA, SAEB e 56º CBA. Confira os detalhes dessa parceria. Pág. 14 Bahianest REVISTA DA SAEB SOCIEDADE DE ANESTESIOLOGIA DO ESTADO DA BAHIA E DA COOPANEST-BA COOPERATIVA DOS MÉDICOS ANESTESIOLOGISTAS DA BAHIA. ANO III Nº 3 NOVEMBRO ª JORBA foi recorde em número de participantes COOPANEST-BA COOPERATIVA DOS MÉDICOS ANESTESIOLOGISTAS DA BAHIA

2 Editorial A SAEB não pára A 22ª JORBA e 1ª JORBADOR foram um grande sucesso de público e crítica, dá uma grande satisfação quando as pessoas, por livre e espontânea vontade, chegam até nós e parabenizam e elogiam a qualidade do evento. Quem sabe o trabalho que deu para organizar e realizar a nossa querida JORBA, pode imaginar a sensação de dever cumprido que isto proporciona. BAHIANEST é uma publicação da SAEB - Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia em parceria com a COOPANEST-BA- Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas da Bahia. Redação Av. Garibaldi, 1815, Sobreloja, Bloco B, Centro Médico Empresarial, Ondina, Salvador - Bahia. Fone: DIRETORIA Presidente Dr. Ricardo Almeida de Azevedo CRM-Ba Vice-presidente Dr. Rodrigo Leal Alves CRM-Ba Secretário Geral Dr. Gustavo Gomes Pereira França CRM-Ba Temos agora de nos esforçar em defender a manutenção da qualidade dos nossos Centros de Ensino e Treinamento, pois os Ministérios da Saúde e da Educação com o objetivo de solucionar, em curto prazo, os problemas crônicos e antigos ocasionados pela má distribuição das especialidades médicas, estão propondo mudanças na definição das vagas para residência médica de acordo com as necessidades regionais do SUS. A pergunta que se deve fazer aos gestores públicos da saúde é: Qual a qualificação destes novos profissionais? Utilizando as palavras do vicepresidente do CFM Roberto D'ávila: "Não há uma carreira que estimule o profissional a trabalhar pelo serviço público e os Estados e Municípios usam contratos precarizados ou concursos com salários pouco atrativos". A SAEB nunca será contra a abertura de novas vagas de residência desde que estas estejam dentro das normas de qualidade exigidas pela SBA. Continuaremos vigilantes sempre defendendo os interesses da nossa especialidade. Mais uma vez estamos inovando, agora fechamos convênio com o Colégio Anchieta que dará 15% de desconto aos sócios e a seus dependentes diretos, quem tem filhos no colégio sabe o quanto isto pesa no orçamento, esperamos com isto torná-lo um pouco menos pesado. BOM ANO NOVO A TODOS E AGUARDEM MAIS NOVIDADES!!! Dr. Ricardo Almeida de Azevedo Presidente da SAEB CRM-Ba ª Secretária Dra. Lúcia Pereira Nascimento CRM-Ba º Tesoureiro Dr. José Admirço Lima Filho CRM-Ba NOVABUPI / NOVABUPI ISOBÁRICA Cloridrato de Levobupivacaína Com e Sem Vasoconstritor Cloridrato de Levobupivacaína Solução Livre de Conservantes. FORMA FARMACÊUTICA: Solução Injetável 0,25% - 0,5% - 0,75% sem vasoconstritor/com Epinefrina 1: Solução Injetável 0,5% sem conservantes.informação TÉCNICA: Descrição: Novabupi é o cloridrato de levobupivacaína, S-enantiômero da bupivacaína, com excesso enantiomérico de 50% (75S/25R). INDICAÇÕES: Novabupi : Produção de anestesia local ou regional em cirurgia e obstetrícia e para o controle da dor pós-operatória. Novabupi Isobárica : Utilizada para produção de raquianestesia, em procedimentos nos quais a técnica estiver indicada. CONTRA-INDICAÇÕES: Hipersensibilidade ao fármaco ou a qualquer anestésico do tipo amida Novabupi com vasoconstritor: Hipersensibilidade aos bissulfitos Bloqueio anestésico paracervical obstétrico. Deve-se ter em mente a possibilidade da participação da epinefrina, na piora de quadros como hipertensão arterial, moléstias vasculares periféricas, diabetes, hipertireoidismo e em pacientes em tratamento com antidepressivos tricíclicos. Novabupi Isobárica: Não deve ser utilizada nas situações que contra-indiquem a raquianestesia. ADVERTÊNCIAS: É essencial aspiração de sangue ou fluido cefalorraquideano antes de se injetar qualquer anestésico local. A aspiração negativa não garante que a injeção IV ou intratecal seja evitada. Não se recomenda para situações de emergência. Novabupi não deve ser usada para produção de bloqueio anestésico paracervical obstétrico. Anestesia IV regional não deve ser realizada. Deve-se ter cautela no uso das concentrações maiores de Novabupi, pois a chance de complicações neurológicas e cardíacas é maior. PRECAUÇÕES:. A injeção IV de Novabupi pode causar hipotensão, arritmia, bradicardia, parada cardíaca, coma e morte. Devem estar disponíveis para uso imediato oxigênio, medicamentos e equipamentos de reanimação. Administrar com precaução a pacientes com hipotensão, hipovolemia ou função cardiovascular alterada. Monitorar sinais vitais e estado de consciência do paciente após cada injeção do produto. Usar com precaução em pacientes com doenças hepáticas ou com função cardiovascular alterada. Administrar em volumes incrementais com tempo suficiente entre as doses para detectar toxicidade. As doses recomendadas não devem ser excedidas. Gravidez - Categoria B: Usar somente se os benefícios justificarem os riscos para o feto. Trabalho de Parto e Parto: Podem ocorrer reações adversas na gestante, feto e recém-nascido. A freqüência cardíaca do feto deve ser monitorizada continuamente. Deve-se evitar a injeção espinhal de Novabupi durante a contração uterina em função da possibilidade de dispersão cefálica da droga. Amamentação: Administrar com cautela a mulheres em período de amamentação. Uso Pediátrico: Segurança e eficácia ainda não foram estabelecidas. Uso Geriátrico: Não foram observadas diferenças na segurança e eficácia entre esses indivíduos e indivíduos mais jovens. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: Administração conjunta com outros anestésicos locais ou substâncias relacionadas estruturalmente aos anestésicos locais do tipo amida podem ter seus efeitos tóxicos aumentados. Podem alterar o metabolismo de levobupivacaína: fenitoína, fenobarbital, rifampicina, cetoconazol, ritonavir, eritromicina, verapamil, omeprazol, furafilina e claritromicina. Drogas vasopressoras e ocitócicas do tipo ergot podem causar hipertensão grave persistente ou acidentes cerebrovasculares. Fenotiazinas e as butirofenonas podem alterar o efeito pressor da epinefrina. Arritmias cardíacas graves podem ocorrer se preparações contendo epinefrina são empregadas durante ou após a administração de anestésicos inalatórios. REAÇÕES ADVERSAS/EFEITOS COLATERAIS: Hipotensão, náusea, dor pós-operatória, febre, vômito, anemia, prurido, dor, cefaléia, constipação, vertigem, e angústia fetal. A paralisia respiratória ou hipoventilação pode aparecer devido à extensão ascendente do nível de anestesia espinhal. POSOLOGIA: Usar uma dose teste adequada de solução de anestésico local de curta duração, contendo epinefrina, antes da indução do completo bloqueio nervoso por via peridural. SUPERDOSE: É fundamental o cuidadoso e constante monitoramento dos sinais vitais, respiratório e cardiovascular e do estado de consciência do paciente, após cada injeção do anestésico local. Ao primeiro sinal de alteração, deverá ser administrado oxigênio. Reações tóxicas sistêmicas, hipoventilação ou apnéia: estabelecimento imediato de acesso para a manutenção das vias aéreas e ventilação efetiva, assistida ou controlada, com 100% de oxigênio, com pressão positiva. Isto deverá prevenir as convulsões caso ainda não tenham ocorrido. A hipotensão devido ao relaxamento simpático pode ser tratada com infusão de cristalóides e agentes vasopressores (epinefrina e efedrina). Se houver convulsão, deve-se administrar anticonvulsivantes (benzodiazepínicos, barbitúricos ou relaxantes musculares). CRISTÁLIA - Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Rod. Itapira-Lindóia, km 14 - Itapira-SP - CNPJ Nº / Indústria Brasileira. Nº do Lote, Data de Fabricação e Prazo de Validade: Vide Rótulo/Caixa. Farm. Resp.: Dr. Joaquim A. dos Reis - CRF-SP nº CLASSIFICAÇÃO: Anestésicos Locais USO RESTRITO A HOSPITAIS - Reg. MS nº: (com vasoconstritor) - Reg. MS nº (sem vasoconstritor). A PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. 2º Tesoureiro Dr. Luiz Alberto Vicente Teixeira CRM-Ba Diretor Científico Dr. Durval Campos Kraychete CRM-Ba Diretor de Defesa Profissional Dr. Aurino Lacerda Gusmão CRM-Ba Responsável pela revista Dr. Ricardo Almeida de Azevedo CRM-Ba Textos e Edição Cinthya Brandão Jornalista DRT 2397 Designer Gráfico Carlos Vilmar Fotografias Hitanez Freitas Tiragem 500 exemplares Impressão Cartograf Agenda do Presidente da SAEB 27 a 29 de Março 26 a 28 de Junho 29 e 30 de Agosto XXXII JONNA 42ª JASB VI JALAGIPE Jornada Norte- Jornada de Jornada dos Nordeste de Anestesiologia do Anestesiologistas dos Anestesiologia Sudeste Brasileiro Estados de Alagoas e Aracaju SE Vitória ES Sergipe Maceió AL 18 a 20 de Abril 15 a 17 de Agosto 43ª JOSULBRA 39ª Jornada de 05 a 09 de Jornada Sulbrasileira Anestesiologia do Brasil Novembro de Anestesiologia Central 55º Congresso Bento Gonçalves RS XI Curso Brasileiro de 16 a 18 de Maio 5º COPA - Congresso Paulista de Anestesiologia Campos do Jordão - SP Fundamentos Científicos em Anestesiologia Brasília DF Anestesiologia São Paulo SP

3 Vigésima Segunda Jornada de Anestesiologia 22ª JORBA foi recorde em número de participantes Sem sombra de dúvidas a 22ª Jornada Baiana de Anestesiologia, realizada nos dias 18, 19 e 20 de setembro, no Fiesta Bahia Hotel, foi a maior em número de inscritos e um sucesso segundo a diretoria da Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia. A avaliação foi bastante positiva, pois alcançamos a maioria dos nossos objetivos iniciais como a participação maciça dos sócios, o alto nível das palestras, um excelente intercâmbio com palestrantes de outros Estados, e bom congraçamento social, comemora o presidente da SAEB, Dr. Ricardo Almeida de Azevedo. Com o mesmo entusiasmo o Diretor Científico da SAEB, Dr. Durval Campos Kraychete falou sobre o evento: A Jornada atendeu às expectativas, houve um público quantitativo e qualitativo interessante, as palestras foram de boa qualidade, os convidados nacionais e locais não se frustraram e o acolhimento do evento me surpreendeu. O auditório esteve cheio até a última palestra. Esta edição da JORBA veio repleta de novidades. No primeiro dia, foi realizado o Curso de Via Aérea Difícil realizado pelo Núcleo de Estudos em Via Aérea Difícil NEVAD. A parte teórica foi discutida pela manhã e no período da tarde, os participantes visitaram as estações práticas, divididos em grupos. O curso foi criado há 4 anos e é voltado para emergencistas, intensivistas e anestesiologistas. De acordo com Dr. Amadeu Martinez Silvoso, coordenador do curso, o encontro é fundamental para esses profissionais. O objetivo é aprimorar o conhecimento e a prática em diversas situações. Várias técnicas são discutidas e isso garante uma maior segurança para o profissional na tomada de decisão, afirma. Outra novidade foi a 1ª Jornada de Dor da SAEB A JORBADOR, uma forma de disseminar o assunto para os profissionais baianos. Existem poucos anestesiologistas trabalhando na área, desse modo, está em processo de construção. Tivemos professores de impacto nacional e de notório saber, como Dra. Rioko Sakata e Miriam Selligman e ficaram satisfeitos com a iniciativa, completa Dr. Durval Kraychete. O número de participantes ainda não foi satisfatório, mas a iniciativa foi elogiada pelos que compareceram. A programação da JORBADOR foi paralela à da JORBA. Durante os dois dias de Jornada, profissionais de vários Estados do Brasil dividiram experiências e atualizaram o conhecimento científico para os anestesiologistas da Bahia. Espero que a JORBADOR tenha vindo para ficar, pois além de ser uma orientação da SBA a dor está sempre presente na lida diária da anestesia. Quem se inscreveu na JORBA automaticamente podia participar de todas as outras atividades, cabia à pessoa escolher. Claro que houve maior participação nas atividades da JORBA, mas como primeira vez acho que a JORBADOR foi coroada de êxito, afirma Dr. Ricardo Azevedo. Primeira Jorba Dor O objetivo é aprimorar o conhecimento e a prática em diversas situações. Várias técnicas são discutidas e isso garante uma maior segurança para o profissional na tomada de decisão Solenidade de Abertura Participação de sócios da SAEB e de outras regionais 2 Auditório lotado durante todas as aulas da 22a JORBA 3

4 Momentos da 22ª JORBA Dr. Gilmar Wisnievski, consultor contábil da FEBRACAN, Dr. Adriano Argones, consultor jurídico da COOPANEST-BA, e Dr. Guilherme Krueger, consultor jurídico da FEBRACAN Dr. Wilson Faglioni Júnior, neuro-cirurgião, ministrando aula na 1ª JORBADOR Curso SAEB realiza curso para enfermeiros e técnicos em enfermagem Visitação aos estandes dos laboratórios O programa foi cuidadosamente elaborado pela Diretoria da SAEB para contemplar várias áreas da Anestesiologia. Quando fiz o programa da JORBA e JORBADOR, avaliei os 5 anos anteriores, comparei com programas nacionais e internacionais e daí fiquei pensando nas minhas dificuldades como anestesiologista... Assim, o programa foi sendo elaborado. Pedi intervenção do Presidente para alguns tópicos e houve uma sintonia bacana. Apesar de termos excelentes professores em Salvador, foi muito importante misturar os palestrantes locais com mais nomes nacionais. Agradeço meus sempre mestres (David Ferez, Rioko Sakata, Angela Tardelli) e amigos (Imbelloni, Elaine Fortiz, Gouvea, e outros) que contribuíram de prontidão e ao empenho dos nomes locais (Luciano Garrido, Antônio Argolo, Amadeu Martinez dentre outros) na preocupação com a qualidade. Durante a solenidade de abertura da 22ª JORBA, homenagens a Dr. Valdir Cavalcanti Medrado que faleceu no dia 15 de agosto emocionaram aqueles que o conheceram e compartilharam de momentos profissionais ou pessoais. O presidente da SAEB, Dr. Ricardo Almeida de Azevedo, fez uma surpresa à esposa Sra. Silvia Azevedo no dia de aniversário de casamento. Ele também foi surpreendido com flores pela família. Depois todos participaram do jantar ao som de boa música. A dose não será repetida no próximo ano como lamenta Dr. Durval Kraychete, mas a sensação do dever cumprido e o reconhecimento de sempre há algo a melhorar ficarão de lições. Infelizmente, não teremos JORBA o ano que vem, por conta do Congresso Brasileiro de Anestesiologia que será realizado em Salvador. Acertarmos na harmonia, no trabalho com esforço, mas sem danos psíquicos, baseado na produção. É possível produzir sem ficar doente ou danificar o outro. O acerto é um presidente que acredita e isso foi fundamental. O processo foi muito tranqüilo... Sou um aprendiz, sempre esquecemos alguma coisa ou deixamos de fazer. Dr. Ricardo Azevedo fez uma avaliação geral da 22ª JORBA: Houve mais acertos que erros, os principais acertos foram a realização em uma área central, a maior participação de palestrantes de outros Estados com grande experiência e uma grade científica muito bem elaborada. Como falha principal não conseguirmos vender todos os stands, então a participação dos laboratórios e das empresas de equipamentos poderia ter sido bem melhor. Espero que o sucesso desta Jornada incentive uma melhor participação nas próximas. Como o sucesso foi grande, a responsabilidade com certeza vai aumentar para as próximas edições. Espero que a semente plantada da qualidade nesta JORBA crie raízes e gere frutos para as próximas gestões da SAEB. Cinthya Brandão Jornalista / DRT Ba Sábado, dia 15 de novembro, a SAEB realizou o 1º curso de noções básicas de anestesiologia para enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam em centros cirúrgicos. O principal objetivo foi promover a reciclagem e o aprimoramento profissional para que os serviços oferecidos ao anestesiologista sejam mais qualificados. O curso apresentou uma notória receptividade que superou a expectativa inicial, muitos profissionais acabaram ficando na lista de espera. Essa procura nos levará à realização de novos cursos em outras oportunidades. A SAEB agradece a todos os participantes do 1º curso e já se prepara para o próximo. O espaço ideal para o sucesso do seu evento 4 Curso de Via Aérea Difícil. Aula ministrada por Dr. Amadeu Martinez Silvoso Curso de Via Aérea Difícil. Aula prática com Dr. Gustavo França A SAEB disponibiliza para locação dois auditórios devidamente equipados com tecnologia e conforto suficientes para qualquer tipo de evento. Capacidade para oitenta pessoas confortavelmente sentadas, sonorização, ar-condicionado, projetor de slides e retroprojetor. Para outras informações, entre em contato com a nossa secretaria. Contato: (71)

5 Científico Infusão Propofol Remifentanil Análise Crítica A concepção de injetar medicamentos na corrente sanguínea iniciou-se em meados do século XVII com Christopher Wren e Daniel Johann Major¹. Nesta ocasião o ópio foi dissolvido em água e injetado em cães. Em 1845 e 1853 foi inventada, respectivamente, a agulha por Francis Rynd e a seringa por Charles Gabriel Pravz². Essas ferramentas abriram caminho para uma evolução de mais de 100 anos, passando pelos barbitúricos e outras drogas venosas, até a consolidação da anestesia venosa. Propofol Em 1960, Price e col. descreveram o modelo fisiológico de distribuição do tiopental. Isso fez surgir as primeiras publicações ressaltando as vantagens da administração contínua dos fármacos venosos quando comparadas ao uso em bolus, apontando como principal vantagem evitar flutuações nas concentrações plasmáticas dos fármacos administrados. Em 1981 foi, por Schwilden, descrito o primeiro modelo farmacocinético para infusão em regime alvocontrolado utilizando-se uma bomba de infusão gerenciada por computador ³. O propofol foi utilizado clinicamente na Europa, pela primeira vez em 1983, por Nigel Kay em Oxford, desde então seu uso foi largamente difundido, mudando o perfil da anestesia venosa. No final da década de 90 passa a ser comercializado um novo opióide, o remifentanil, com um perfil farmacocinético diferenciado, aumentando a segurança no uso de opióides. O propofol (2,6 diisopropilfenol) é um efetor ocorra de forma relativamente lenta, Os modelos farmacocinéticos tricomanestésico venoso alquifenólico, insolúvel situado entre 8 e 10 minutos. partimentais evidenciam uma meia-vida em solução aquosa, com propriedades O propofol apresenta um clearance rápida (pi) e uma lenta (alfa) de distribuição hipnóticas e sedativas. metabólico extremamente rápido, para o propofol de 1 a 8 minutos e 30 a 70 O seu mecanismo de ação se dá sugerindo sítios de metabolismo e minutos, respectivamente, e uma meia-vida através da interação com o sistema eliminação extra-hepáticos. O clearance de eliminação(beta) de 4 às 24h. Apresenta inibitório neurotransmissor do ácido ã- compartimental do propofol gira em torno uma meia-vida contexto-dependente, após amino-butírico (GABA). de 3 a 4 L.min-1. 70kg-1, um valor infusão de 8 horas, inferior a 40 minutos. A farmacocinética do propofol pode aproximado de 60% a 80% do débito O propofol é metabolizado primariaser alterada por vários fatores, entre os cardíaco, sugerindo que a distribuição do mente por conjugação com glicuronídeos e quais a idade avançada, obesidade, propofol no organismo seja governada sulfatos- reações hepáticas de fase II doenças preexistentes, utilização de pelo débito cardíaco e pela perfusão resultando em metabólitos inativos, os quais medicações concomitantes. tissular. A elevação da lipossolubilidade do são eliminados rapidamente pela urina. A t ½ KeO do propofol é de 2,6 propofol implica grande deposição nos Menos de 1% é eliminado de forma in minutos, o que faz com que seu equilíbrio músculos e gordura por um mecanismo de natura pela urina, sendo 2% eliminado pelas entre a concentração plasmática e o sítio redistribuição rápida. 4 fezes. Remifentanil O remifentanil é opióide µ-agonista central (biofase) ocorre rapidamente, de 3 a 10 minutos, independentemente do seletivo, do grupo das fenilpiperidinas, o forma similar ao alfentanil. O remifentanil não tempo de infusão. mesmo do fentanil, alfentanil e sufentanil. As libera histamina. O remifentanil ácido é o principal características farmacodinâmicas são A duração do efeito do remifentanil é metabólito, produzido pela hidrólise da similares às dos outros opióides desse grupo, muito curta, com meia-vida de eliminação de ligação éster, tem ação analgésica cerca de 4 mas sua farmacocinética é completamente 9 a 10 minutos, conseqüente à extensa mil vezes menor que a do remifentanil e sua diferente. Apresenta uma cadeia lateral metil- metabolização extra-hepática, diferente dos eliminação urinária representam 90% do éster que permite metabolização por outros opióides que dependem da redistri- remifentanil administrado. esterases inespecíficas do sangue e dos buição tecidual para o término do efeito e do Pessoas portadoras da forma atípica ou tecidos (carboxiesterase). O início da ação metabolismo hepático para excreção. com deficiência da pseudocolinesterase após a administração por via venosa é rápido É o opióide de ação mais rápida plasmática (butil-colinesterase), ou mesmo (1 a 2 minutos), pois o equilíbrio entre o disponível comercialmente, pois sua após receberem anticolinesterásico, plasma e o local de ação no sistema nervoso concentração plasmática se reduz 50% após 5 metabolizam normalmente o remifentanil. Infusão Propofol - Remifentanil A anestesia venosa total com o uso do apresenta maior sinergismo com o PVC permaneceu estável por menos de propofol e remifentanil vem se populari- propofol. A principal crítica em relação a 3h. Na literatura não existem testes zando, sendo amplamente utilizada nos essa combinação é a ausência de analgesia 6 considerando seringas de vidro. dias atuais. residual, sendo fundamental um planeja- Com a mistura propofol e remifentanil Devido ao perfil farmacológico do mento adequado para analgesia pós- pode ser observado um desequilíbrio na propofol e do remifentanil, estes são operatória. relação analgesia-hipnose no intrautilizados basicamente através da infusão Uma prática que vem sendo observada operatório. Observa-se que quando se usa contínua. A infusão contínua pode ser em nosso meio é a mistura do propofol uma mistura de propofol 1% 50 ml com mecânica ou alvo-controlada, sendo esta com remifentanil na seringa em que o remifentanil 2 mg, mantendo a infusão alvo última bem estabelecida em nosso país para propofol é comercializado, utilizando essa controlada do propofol recomendada pelo o propofol. mistura no sistema de infusão alvo controla- fabricante para hipnose, a dose de remifen- Modelos recentes mostram que o do do propofol. Algumas considerações tanil costuma ser maior que a recomendada remifentanil se comporta de forma bem devem ser feitas em relação a essa prática. pela literatura. semelhante tanto com a infusão mecânica Com a mistura das duas drogas, cria-se A combinação propofol e remifentanil quanto com a infusão alvo controlada. uma nova droga com perfil farmacológico é segura e efetiva, desde que seja planejada Observam-se ótimas características desconhecido, podendo levar a uma a analgesia pós-operatória. Deve-se ter com o uso dessas medicações como: implicação médico legal. cautela, no entanto, com a mistura propofol rápida indução, curto tempo de ação, não Stewart e col. em 2000 verificaram a e remifentanil em recipiente único apresentando o fenômeno de ressaca ao estabilidade de diversas misturas de utilizando o sistema de infusão alvo despertar, baixa incidência de náuseas e propofol com remifentanil em recipientes e controlada do propofol. vômitos no pós-operatório imediato, doses distintos. Mostrou-se que uma apresenta efeito cumulativo desprezível, mistura com remifentanil na concentração Dr. Hugo Eckener Médico Anestesiologista potencializa o relaxamento muscular, não de 50µg/ml e propofol 10mg/ml em CRM-Ba retarda a plena recuperação da psicomotri- seringas plásticas permaneceu estável por cidade. O remifentanil é o opióide que 36h. A mesma mistura testada em sacos de 6 O propofol foi utilizado clinicamente na Europa, pela primeira vez em 1983, por Nigel Kay em Oxford, REFERÊNCIAS 1- Major DJ Chirurgia Infusora Placidis CL: Vivorium Dubiis Impugnata, cum Modesta, ad Eadem, Responsione. Kiloni, 1667, apud Vandam LD History of Anesthetic Practice, em: Miller RD Anesthesia, 5th Ed, Philadelphia, Churchill-Livingstone, 2000; Wood A A new method of treating neuralgia by the directapplication of opiates to the painful points. Edinburgh Med Surg J, 1855;82: Jan Van Hemelrijck, Kissin I History of Intravenous Anesthesia, em: White PF Textbook of Intravenous Anesthesia, 1st Ed,Baltimore, Williams & Wilkins, 1997; Smith I, White PF, Nathanson M et al. Propofol: an update onits clinical uses. Anesthesiology, 1994;81; Glass PSA, Gan TJ, Howell S - Areview of the pharmacokineticsand pharmacodynamics of remifentanil. Anesth Analg,1999;89:(4S): Stewart JT, Warren FW, Maddox FC et al - The stability of remifentanil hydrochloride and propofol mixtures in polypropylene syringes and polyvinylchloride bags at C. AnesthAnalg, 2000;90:

6 Datas Homenagens e reflexão sobre a vida marcam o Dia do Anestesiolgista da filosofia relacionados à vida em várias vertentes. Passou alguns exercí- cios filosóficos como estar atento ao agir e pensar, praticar meditação, fixação e filtragem dos próprios pensamentos, e ler sobre filosofia para saber administrar as escolhas com maior discernimento. Segundo José Crisóstomo, essa prática visa atingir o estado de graça, o convívio praze- roso, uma atmosfera agradável. Contestou algumas práticas bem comuns nas sociedades, por exemplo, a dieta como forma de esculpir a própria estátua como cultivo da busca legítima de uma vida bela. As pessoas deixam de criar um estilo de vida para se privar severamente por dois, três meses dos alimentos sendo que isso poderia ser equilibrado por toda a vida, argumenta. Depois da palestra, outros assuntos foram discutidos com participação da platéia. O debate rendeu algumas questões. A ética foi a mais enfocada. De acordo com o filósofo, a sociedade precisa de valores com motivação de uma vida melhor, mais plena e prazerosa, por isso, a ética não só deve encontrar razões fora do ser. A ética só existe através da dificuldade e a cada dia precisa ser praticada. Necessitamos de cora- gem moral no exercício da profissão, seja ela qual for. A ética exige determinação, força porque enfrentamos um mundo que não é ético, alerta. Depois de falar sobre uma vida plena e prazerosa, chegou o momento de exercitar e colocar em prática o desfrute das boas coisas, por exemplo, confraternizar entre amigos e colegas, mesmo que sejam de trabalho. Todos se renderam ao jantar acompanhado de boas con- versas. O auditório da SAEB ficou pequeno para o número de anestesiologistas que prestigiaram o evento programado pela diretoria. A noite começou com a premiação dos médicos em especialização que obtiveram as melhoras notas na prova nacional da SBA em O presidente da SAEB, Dr. Ricardo Almeida de Azevedo, entregou uma inscrição para o 55º Congresso Brasileiro de Anestesiologia que será realizado em São Paulo. Receberam o Prêmio Menandro Augusto Leão de Faria os ME1: Dr. Tomaz Gonzalez Passos Estrela, do CET das Obras Sociais Irmã Dulce e Dra. Rafaela Olímpio Ribeiro, do CET do Hospital São Rafael. O Prêmio Roberto Rochael foi entregue para os ME2: Dr. David Luiz Ramos Brandão e Dr. Tiago Vieira Rodrigues, ambos do CET das Obras Sociais Irmã Dulce. As homenagens seguiram desta vez, para o ex-presidente da SAEB, Dr. Renato Valadares de Carvalho que assumiu duas gestões seguidas, em 1957/58 e 1959/60. Na placa entregue por Dr. Ricardo Azevedo palavras de reconhecimento. Em discurso, Dr. Renato Carvalho disse que se sentiu lisonjeado pelo convite, mais pelo valor sentimental do que por qualquer outra pretensão científica. Ressaltou que a autocrítica sempre o norteou e desde que deixou de atuar na Anestesiologia, em junho deste ano, fez um balanço positivo do tempo de profissão. Por fim, deixou uma mensagem aos anestesiologistas em formação: Eu os estimularia a ter sempre uma convivência saudável e sincera com os companheiros de trabalho, tornando mais amena a luta diária e robustecendo a vida em grupo, promovendo a alegria do bem viver. Após a homenagem, a programação seguiu com a palestra do filósofo José Crisóstomo apresentado por Dr. Manoel Medeiros Neto. Durante um pouco mais de uma hora, o palestrante falou sobre temas Filósofo José Crisóstomo falou sobre o cultivo da vida e serenidade Cinthya Brandão Jornalista DRT-Ba Simpósio reúne profissionais da Anestesiologia baiana na SAEB O VI Simpósio Brasileiro de Monitorização de Consciência e Memória Intra-operatória promovido pelo Núcleo de Estudos de Anestesia e Neurociências teve o apoio da diretoria da SAEB. Muitos profissionais baianos compareceram e puderam saber mais sobre Neurofisiologia, Despertar Intra-operatório, dentre outros assuntos. O simpósio é realizado anualmente e sua primeira edição foi em Fortaleza, no Ceará. Pernambuco, Minas Gerais e Rio Grande do Sul também sediaram o encontro. A SAEB prontamente se interessou em apoiar o simpósio como forma de continuar investindo no aprimoramento do conhecimento científico, afirma Dr. Ricardo Almeida de Azevedo. Dr. Rogean Rodrigues Neto - CE fez a abertura do Simpósio De acordo com o coordenador, Dr. Rogean Rodrigues Nunes, o simpósio surgiu pela necessidade de aprimorar os estudos sobre o controle do sistema neuro-central. Após a chegada do primeiro monitor cerebral no Brasil, na década de noventa, formamos o grupo de estudos com interesse em avaliar a função cerebral, foi aí que surgiu o simpósio. O objetivo do encontro, segundo Dr. Rogean Nunes, é justamente ampliar o nível de conhecimento das funções do cérebro. O grande objetivo é fazer com que os profissionais possam conhecer o equipamento monitor da atividade cerebral e saber usar corretamente os parâmetros numéricos. Vários estudos mostram que a anestesia profunda se relaciona com o aumento Dra. Sara Lúcia Cavalcante - CE Dr. Itagyba Martins Miranda Chaves - MG da mortalidade pós-operatória e a anestesia superficial pode causar a chamada síndrome do estresse pós-traumático que está relacionada à memória intra-operatória, ressalta. Dr. Antonio Argolo Sampaio Filho, um dos palestrantes baianos convidados para o simpósio, avalia a iniciativa da SAEB em trazer o evento para a Bahia de notável importância para os profissionais locais. É muito oportuno voltar a abordar o tema de anestesia feita adequadamente baseada nos critérios científicos com a nova abordagem profundidade X consumo anestésico X memória. Isso resulta numa maior segurança no procedimento e conforto para o paciente. Cinthya Brandão Jornalista DRT-BA SAEB firma parceria com a Triação, para proporcionar aos sócios mudança de hábitos em prol da saúde. Sócios da SAEB lotaram o auditorio 8 Dr. Renato Carvalho recebe uma placa de homenagem do presidente da SAEB, Dr. Ricardo Azevedo As ex-presidentes da SAEB, Dra. Maria Jucinalva Costa, Dra. Lúcia Arbex, acompanhada da filha, e Dra. Dalva Santana Tele\Fax: (71)

7 Crônica Não era baleia (parte final) Lembrei claramente que lhe havia Dei um longo suspiro. Aquela única pedido notícias. palavra encerrou horas e horas de angústia, Passei a esperar com ansiedade que me preocupação e incertezas, e ao mesmo ligasse. Eu esperava, esperava e o telefone tempo me libertou das compunções. Na continuava indiferente à minha inquietação. mesma hora em que voltei a ouvir a sua voz, Até já tentava encontrar suas motivações veio-me a lembrança da cachorrinha. solidão, desilusão, doença? Contudo, ele Disfarcei a minha satisfação (na verdade, eu nunca me pareceu ter nada disso. mesmo tive vontade de matá-lo!) por lhe falar, Eu tentava afastar esses pensamentos e e lhe disse, emendando a conversa, que havia eles continuavam a chegar sucessivamente. ligado para saber como havia sido. Cheguei até a antevê-lo lívido e esticado no Logicamente, não comentei sobre meus chão da sua casa, com o sorriso petrificado no lúgubres e descabidos pensamentos. rosto e seu queixo miúdo ainda mais miúdo. Desculpou-se por não ter dado o devido Já há noite, decidi por telefoná-lo, eu retorno, referiu desatenção. continuava bastante angustiado. Apenas sabia Então, falou como havia sido difícil atentar o número do celular e não consegui contato. contra Luma. A ligação só terminava com o sinal de Referia-se como pobre Luma. Disse mensagem para caixa-postal. Repeti-la que a cachorrinha pertencia à sua filha e algumas outras vezes, também sem sucesso. justificou a pressa naquele dia - queria O que só aumentou minha preocupação. desfechar antes que a mesma chegasse em Nessa hora, senti a desastrosa possibilidade casa. Dizia ternamente tratar-se de uma ainda mais real. cadela muito querida, quase uma pessoa da Resolvi ligar para um outro amigo família. E que, infelizmente, havia contraído comum intencionado em obter seu telefone sinomose, uma doença viral incurável, e não de casa, mas, da mesma maneira, não tive tinha outro jeito a dar. êxito. Descreveu com detalhes o que havia Eu estava ficando realmente perturbado, acontecido... maldizia aquele instante em que lhe entreguei Enquanto o ouvia, eu imaginava a Luma o maldito remédio. Tentei falar com um espiando seu dono, desconfiada, assistindo-o terceiro conhecido e também não consegui. diluir o veneno, sacudindo o diluente dentro Como não havia o que mais fazer, tentei da ampola. Depois o via aspirando seu domar os pensamentos e deitar para dormir, conteúdo com a seringa apontada para o céu. o que aconteceu de forma precária. Imaginei-a tentando inútil esgueirar-se, No dia seguinte voltei a telefonar. atravancada pela amaldiçoada doença, Nada..., nem sinal. Tentei pela manhã..., ao assistindo a tudo com os olhos esbugalhados. meio-dia..., à tarde..., por diversas vezes, e Até que finalmente sentiu a agulha em todas elas dava o sinal de aparelho penetrando-lhe, depois a droga percorrendo desligado. Deixei inclusive um recado na suas veias e paralisando pouco a pouco cada caixa-postal. Nenhum contato. Também não músculo do corpo, até sufocar de vez. consegui falar com nenhum amigo comum, Pensei nela vendo o mundo lhe fugir, também haviam desaparecido. semiviva, semimorta, vendo cutias, Eu já nem lembrava da tal cachorra e me desesperada. Coitada! sentia estranho em perceber cada vez mais Ele concluiu dizendo que a droga havia real a possibilidade de ter contribuído com ato sido perfeita, descreveu como um sono tão covarde e pecaminoso. calmo e eterno. E agradeceu-me mais uma Na terça-feira, insisti mais uma vez e vez. também não consegui. Já até esperava Voltei a lembrar de Baleia e de como receber a notícia-ruim chegar a qualquer havia sido com ela, chumbo por todo lado. E, momento. finalmente, senti contentamento em ter No fim da tarde, tentei de novo e ele, contribuído para que fosse diferente com ela. refeito de mansidão, atendeu: Aaaaaalô!!! Afinal Luma não era Baleia. Nos despedimos. Homenagens Ausência é uma falta que fica ali presente Há certas missões na vida que considera- Anestesiologia, criando a Residência Médica tendo eu o privilégio do seu convívio, quase mos quase impossíveis, mas circunstâncias espe- da especialidade, diretor clínico do Hospital diário, não foi propriamente um chefe, mas ciais obrigam-nos torná-las um desafio. A perda Universitário Professor Edgar Santos. Na sim um coordenador de notáveis profissionais de um amigo, eu diria mesmo um irmão, abre Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública amigos, que o veneravam. Considero esta uma lacuna dentro de nós, as idéias perambu- foi professor assistente de Fisiologia e também fase como sua apoteose profissional. lam desordenadamente, nos deixam meio à professor assistente de Farmacologia da Viveu intensamente sua existência, prederiva e os pensamentos ecoam na caixa de Universidade Católica de Salvador. No servi- enchendo seus dias como melhor lhe agraressonância do coração. ço público estadual, por trinta e cinco anos, dasse. Em mensagem de sua primogênita só Solicitado pelo Conselho do CREMEB exerceu o cargo de anestesiologista na fazia o que gostava, mas a ética e a simplicidapara escrever algo sobre o saudoso colega Maternidade Tsyla Balbino onde, apesar da de pautavam sua existência. Valdir Medrado, não pude fugir da honrosa precariedade de suas instalações, desenvol- E a maior demonstração desta verdade é incumbência, sendo quase um dever. veu trabalho científico relativo à sua especiali- que, cumprindo-se o último desejo de sua his- Foi notável cientista e ser humano, sendo dade. No âmbito classista foi Vice-presidente tória, foi repousar para sempre no Cemitério esta afirmação alicerçada pelo testemunho de da Associação Bahiana de Medicina, de Iaçú, nos arredores da sua querida fazenda, uma convivência que ultrapassa seis décadas, Presidente da Sociedade de Anestesiologia do onde viveu os melhores momentos de sua desde quando transpusemos os umbrais da Estado da Bahia. Na Revista Brasileira de vida. querida Faculdade de Medicina da Bahia, nos Anestesiologia publicou diversos artigos e por idos 1951 até seus últimos dias de vida. longo período fez parte do seu corpo de Sua trajetória profissional foi caracteriza- Conselheiros. da pela dedicação ao trabalho, no dia-a-dia da Sua notoriedade dentro da especialidade labuta hospitalar e, especialmente, pela ativi- que abraçou mereceu o reconhecimento das dade que sempre o encantou: o ensino. A Regionais da SBA do Rio de Janeiro e de Minas busca contínua pelo conhecimento médico foi Gerais, que lhe outorgaram o honroso título o estímulo que o conduziu ao aprimoramento de Membro Honorário. Inúmeros trabalhos científico, levando-o a procurar meios mais publicados e participação como co-autor em avançados, começando pelo Curso de livros, foram omitidos para não incorrermos Fisiologia Clássica com Instrumentação no pecado da prolixidade e ferir sua proverbial Avançada, na Baylor Medical School, em modéstia, mesmo post-morten. Mas Valdir Houston Texas, USA. A seguir, foi indicado e Medrado não foi somente um cientista de aceito como residente em Anestesiologia no mérito consagrado, mesmo porque, como Duke Hospital, da Duke University, na qualquer ser humano, viveu intensamente o Carolina do Norte, USA, no período de 1957 outro lado da vida. Era dotado de qualidades 1958, tornando-se chefe dos residentes por que lhe emolduraram a existência. Sua simplisua destacada liderança. cidade, - característica clássica de todo ser Voltando ao Brasil, movido por sua voca- humano de valor cativava os que dele se ção didática, desenvolveu intensas atividades acercavam, sendo realmente curioso como médicas, sendo mandatório citá-las ainda um cientista, dotado de tantos méritos, conque resumidamente para informar àqueles duziu-se na vida como um simples homem que não tiveram o privilégio de conhecê-lo. comum, nunca subiu em qualquer pedestal, Na UFBA Universidade Federal da cultuando a filosofia do bem viver. Bahia foi médico anestesiologista do No Serviço de Anestesia e Terapia Departamento de Cirurgia, professor hono- Intensiva do Hospital São Rafael, por ele criarário de Fisiologia, chefe do Serviço de do, onde atuou nos seus últimos 23 anos, Valdir Cavalcanti Medrado Dr. Renato Valadares de Carvalho Médico Anestesiologista CREMEB 865 Membro Ativo (Remido) SBA/SAEB Crônica de Dr. Alexandre Figueiredo Médico Anestesiologista CRM-Ba

8 Homenagens A vida é um projeto que você mesmo constrói. Suas atitudes e escolhas de hoje estão construindo a 'casa' que você vai morar amanhã. Cada um de nós desempenha o seu papel no mundo em que vivemos. Somos levados pela mão do destino para lugares nunca imaginados, encontrando pessoas com as quais, sem o mínimo planejamento, nos tornamos amigos e companheiros, trilhando a partir daí os mesmos caminhos e, por vezes, exercendo as mesmas atividades, consubstanciando vínculos de uma agradável convivência. O lado triste é quando, após conseguir nossos objetivos, experimentamos uma sensação penosa de perda, para sempre, do contato com pessoas com quem nos irmanamos. É como se alguém que comanda o ciclo da vida cerrasse a cortina, não esperando pelos apelos de um bis. Dr. Osano Fernandes Barbosa Tais considerações vieram-me ao pensamento com a perda do nosso inesquecível colega e amigo Osano Fernandes Barbosa, após longo sofrimento por uma doença incurável. Muito estimado pelos colegas e por todos aqueles que gozaram do privilégio de sua amizade, por certo vai ser lembrado com muita saudade. Ainda estudante do curso médio, pelo seu pendor para o desenho técnico, foi nomeado para a Prefeitura Municipal de Salvador, indo atuar no escritório do festejado arquiteto Diógenes Rebouças, colaborando na elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbanístico da capital. Já acadêmico de Medicina, foi solicitado pelo nosso colega de turma Valdir Medrado, para projetar a planta baixa da casa de sua fazenda, município de Iaçú- BA. Aqueles que a conhecem podem comprovar sua competência no setor. Na vida profissional, dirigiu o Hospital do Servidor Público Municipal de Salvador, atuou como anestesiologista no Hospital Universitário Professor Edgar Santos, sendo um dos criadores do Serviço de Anestesia de Salvador e também um dos sócios fundadores da Clínica de Anestesia de Salvador, da qual se afastou aos setenta e cinco anos, idade limite regimental para desligamento compulsório, indo atuar nos municípios de Barreiras e Ibotirama, no Alto São Francisco, interrompendo recentemente suas atividades médicas por motivo de doença que o impedia de exercer sua profissão. Osano era uma figura carismática, de um bom humor invejável. Apesar das grandes qualidades como ser humano, no que diz respeito às atividades hospitalares, pecava por certa impontualidade na chegada ao hospital para onde estava designado, de véspera. Dizia-nos, com uma naturalidade surpreendente, ser biologicamente impossível acordar muito cedo. Ao chegar, com um sorriso cativante perguntava ao descontente coordenador do dia, qual a sala onde iria atuar. Restabelecida a normalidade, já rendidos pelo seu grande potencial de simpatia, aquele senão já tinha sido superado e todos trabalhavam fraternalmente. Esta faceta valeu-lhe o apelido carinhoso de De Mansinho. E da mesma maneira como chegava ao hospital, ele está adentrando o céu, apresentandose ao Grande Coordenador com o mesmo sorriso e do mesmo jeito: de mansinho!... Dr. Renato Valadares de Carvalho Médico Anestesiologista CREMEB

9 Informe COOPANEST-BA firma parceria com Banco Real A COOPANEST-BA, através do presidente Dr. Carlos Eduardo Aragão de Araujo, do vice-presidente Dr. Danilo Gil de Menezes, do secretário-geral Dr. José Siquara Rocha Filho e 1º tesoureiro Dr. Roque Archanjo dos Santos, e a Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia, através do seu presidente Dr. Ricardo Azevedo e do 1º Tesoureiro, Dr. José Admirço Filho firmaram parceria com o Banco Real. Todas essas iniciativas visam buscar benefícios para os cooperados. A isenção da taxa de manutenção da conta corrente e a inscrição gratuita do 56º CBA são algumas vantagens, afirma Dr. Carlos Eduardo Araujo. Dr. Carlos Eduardo Araujo, Dr. Roque Archanjo e Dr. José Siquara Rocha Filho Dr. Adhemar Chagas Valverde, presidente do 56º CBA Diretoria da COOPANEST-BA, Diretoria da SAEB e o Presidente do 56º CBA com os representantes do Banco Real para nós. Demonstra nossa disposição para estreitar essa parce- ria e posiciona nossa marca perante clientes, parceiros e toda comunidade médica, ressalta Wellington Branco. Para o Banco Real, as perspectivas de fidelização dos novos clientes são as melhores possíveis. Acreditamos que a fidelização do cliente se dá quando superarmos suas expectativas, atra- vés de um atendimento especial. Além disso, estabelecemos condições especiais para início de relacionamento no primeiro ano: Isenção de pacotes de serviços de contas correntes; isen- ção da mensalidade dos cartões de crédito VISA; taxas diferenciadas em operações de crédito parceladas, empréstimos consignados a folha de pagamento. E ainda um portfólio variado de produtos e serviços com condições diferenciadas, finaliza Wellington Branco. Cinthya Brandão Jornalista DRT-BA De acordo com a Superintendência Regional do Banco Real, a parceria com a COOPANEST-BA e SAEB fortalece ainda mais o posicionamento do banco perante os profissionais de saúde de Salvador. Hoje temos postos de atendimento bancário e eletrônico instalados nos hospitais Português, Espanhol, Santa Isabel, São Rafael, Sagrada Família e Fundação José Silveira, demonstrando nosso sucesso junto a esse público. Este sucesso vem exatamente de nosso diferencial no atendimento e nos produtos criados especificamente para atender as necessidades dos profissionais dessa área, afirma Wellington Domingues Branco. A instituição financeira passou a ser o banco oficial do 56º Congresso Brasileiro de Anestesiologia que será realizado em Salvador, em novembro do próximo ano. O presidente, Dr. Adhemar Chagas Valverde, esteve na reunião e também assinou o contrato. A logomarca do banco terá destaque no site e as inscrições poderão ser feitas on-line. Ser o Banco Oficial do 56º Congresso Brasileiro de Anestesiologia é uma grande satisfação 14 15

10 FEBRACAN comemora mais um Fórum Jurídico e Contábil Wilmar Brasil dos Santos, consultor contábil da FEBRACAN Dr. Humberto de Sá Cavalcanti, COOPANEST-GO e Edmir Oliveira Santos, representante nacional do Comitê Contábil da OCA Dra. Maria Célia Ferreira da Costa, vice-presidente da FEBRACAN com os representantes das COOPANEST`s do PA, PR e SE Pelo terceiro ano consecutivo, a importante papel para o fortalecimento sempre produtiva, ressalta. Febracan Federação Brasileira das das COOPANEST's. O Fórum contri- Em comunicado, a Diretoria da Cooperativas de Anestesiologia realiza um bui para a troca de informações entre as FEBRACAN comemorou o sucesso do fórum com representantes das áreas jurídi- diretorias das Cooperativas, pois cada Fórum e alertou para a necessidade de ca e contábil das federadas, dessa vez foi uma apresenta suas experiências, e para investir no profissionalismo como forma durante a 22ª JORBA Jornada Baiana de os aspectos fiscais e legais que estão evo- de enfrentar a adversidade. Durante o Anestesiologia, nos dias 19 e 20 de setem- luindo para um Projeto de Lei sobre o tra- encontro, também houve uma reunião bro, em Salvador. O 3º Fórum Jurídico e tamento tributário aplicável às socieda- dos presidentes das Cooperativas com o Contábil contou com a participação de trin- des cooperativas no âmbito federal. Presidente da SBA, Dr. Jurandir Coan ta e oito representantes de diversos Outro aspecto de grande relevân- Turazzi e com o Diretor de Defesa Estados. O encontro que tem como objeti- cia, segundo Dr. Carlos Eduardo Araujo, Profissional da SBA, Dr. José Mariano vo padronizar a contabilidade e o entendi- é a garantia da saúde fiscal e econômica Soares de Moraes. mento jurídico das Cooperativas de da cada federada. Não podemos deixar Anestesiologia com as demais instituições de levar em conta a grande responsabilide saúde e os planos. dade da COOPANEST-BA, afinal ela Cinthya Brandão De acordo com Dr. Carlos Eduardo tem como missão gerir a parte dos pro- Jornalista Aragão de Araujo, presidente da ventos de mais de duzentas famílias, por DRT-Ba 2397 COOPANEST-BA, o fórum tem um isso, a nossa preocupação em torná-la Toma posse o novo corpo de conselheiros do CREMEB Anestesia e Arte Temas Anestesia ambulatorial Anestesia e gestão Anestesia e terapia intensiva Anestesia e transplante Anestesia em cirurgia cardíaca Anestesia em cirurgia torácica Anestesia em cirurgia vascular Anestesia em geriatria Anestesia em grandes cirurgias abdominais Anestesia em neurocirurgia Anestesia em obesidade Anestesia em obstetrícia Anestesia em oftalmologia Anestesia em ortopedia Anestesia em otorrinolaringologia Anestesia em pediatria Anestesia em procedimentos diagnósticos e terapêuticos Anestesia em procedimentos ginecológicos Anestesia em videolaparoscopia Anestesia para cirurgia de cabeça e pescoço Anestesia para cirurgia plástica Anestesia para procedimentos urológicos Anestesia venosa Anestesia, ética e direito Anestésicos inalatórios Bloqueios de nervos periféricos Bloqueios neuroaxiais Congresso de dor Congresso de reanimação e ressuscitação Cooperativismo no Brasil Ensino e anestesia Informática médica e anestesia Interação medicamentosa Monitorização e avanços Relaxantes musculares A posse oficial do novo corpo de conselheiros do CREMEB foi realizada dia 1º de outubro de 2008, na sede do Conselho. Dentre os quarenta e dois membros, estão quatro anestesiologistas: Dr. Carlos Eduardo Aragão de Araujo, Dra. Isa Urbano Bessa, Dr. José Aberlado Garcia de Meneses e Dr. Maria Lúcia Bomfim Arbex. A gestão 2008/2013 foi eleita por votos, durante os dias 5, 6 e 7 de agosto. Cinthya Brandão Jornalista DRT-Ba Apoio 14 a 18 de Novembro de 2009 Centro de Convenções da Bahia Salvador Bahia Sociedade Brasileira de Anestesiologia COOPANEST-BA COOPERATIVA DOS MÉDICOS ANESTESIOLOGISTAS DA BAHIA Empresa organizadora e agência de turismo oficial Realização 16 Fone:

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA 2009/2010 COMISSÃO CIENTÍFICA Celínia Antunes Cristina Baião Fernanda Príncipe Henrique Dias Jorge Coelho José Alberto Martins José David Ferreira Marcos Pacheco Nuno Tavares Lopes Paulo Amorim Paulo Figueiredo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

LACRIFILM (carmelose sódica)

LACRIFILM (carmelose sódica) LACRIFILM (carmelose sódica) União Química Farmacêutica Nacional S.A. solução oftálmica 5 mg/ml LACRIFILM carmelose sódica Solução oftálmica estéril IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA RELATO DE EXPERIÊNCIA SEMANA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA Mestranda Rita Aparecida Nunes de Souza da Luz PROGEPE UNINOVE Resumo O objetivo desse trabalho é relatar a experiência

Leia mais

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados.

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados. APRESENTAÇÃO O FDJUR - Fórum de Departamentos Jurídicos tem como objetivo disseminar modelos e ferramentas de gestão para o mercado jurídico empresarial e incentivar os associados ao estudo, desenvolvimento,

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 41 Discurso na cerimónia de celebração

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha.

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. Qualidade máxima e confiança são fundamentais no momento de escolher um hospital, e você precisa do que há de melhor na área médica. Por isso, prepare-se para

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos O pedagogo David Bomfin, 50 anos, deixou, há algum tempo, de

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 Define e regulamenta as atividades da sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Tylex 7,5 mg / 30 mg comprimidos paracetamol, fosfato de codeína

Tylex 7,5 mg / 30 mg comprimidos paracetamol, fosfato de codeína 1 IDENTIFICAÇÃO MEDICAMENTO DO Tylex 7,5 mg / 30 mg comprimidos paracetamol, fosfato de codeína APRESENTAÇÕES Comprimidos de 7,5 mg de fosfato de codeína e 500 mg de paracetamol em embalagens com 12 comprimidos

Leia mais

dicloridrato de betaistina

dicloridrato de betaistina dicloridrato de betaistina Althaia S.A. Indústria Farmacêutica. Comprimidos 16 mg dicloridrato de betaistina Medicamento Genérico, Lei n o 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES: Comprimidos simples: embalagem

Leia mais

Os sintomas como caminho para a transformação e o crescimento

Os sintomas como caminho para a transformação e o crescimento 2 Os sintomas como caminho para a transformação e o crescimento 33 Na relação social é contar com uma presença humana positiva que seja capaz de ver a força e a beleza dessa presença e manifestação do

Leia mais

Betaserc dicloridrato de betaistina

Betaserc dicloridrato de betaistina MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Betaserc dicloridrato de betaistina FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES BETASERC (dicloridrato de betaistina) 16 mg: cartuchos com 30 comprimidos.

Leia mais

CISTICID. praziquantel. Merck S/A. Comprimidos 500 mg

CISTICID. praziquantel. Merck S/A. Comprimidos 500 mg CISTICID praziquantel Merck S/A Comprimidos 500 mg Cisticid praziquantel APRESENTAÇÕES Embalagens contendo 50 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DOS 4 ANOS DE IDADE COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

Estágios de Verão BESup. GUN Gabinete Universidades

Estágios de Verão BESup. GUN Gabinete Universidades Estágios de Verão BESup Janeiro 2013 Objetivos dos Estágios BESup Participar de forma construtiva na valorização dos Universitários através da criação de valor científico, intelectual e vivencial Detetar

Leia mais

CHEK LIST CIRURGIA SEGURA SALVA VIDAS/ LATERALIDADE

CHEK LIST CIRURGIA SEGURA SALVA VIDAS/ LATERALIDADE 1 de 6 335547222 5 RESULTADO ESPERADO: 335547222 Ajudar a garantir que as equipes cirúrgicas sigam de forma consistente algumas medidas de segurança críticas. Espera-se que dessa forma os riscos mais comuns

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR *

I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * PSICODRAMA DA ÉTICA Local no. 107 - Adm. Regional do Ipiranga Diretora: Débora Oliveira Diogo Público: Servidor Coordenadora: Marisa Greeb São Paulo 21/03/2001 I - RELATÓRIO DO PROCESSADOR * Local...:

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Número da Ação (Para

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

Líder: o fio condutor das mudanças

Líder: o fio condutor das mudanças Líder: o fio condutor das mudanças Por Patrícia Bispo para o RH.com.br Para quem imagina que liderar pessoas significa apenas delegar ordens e cobrar resultados a qualquer custo, isso pode significar o

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda.

cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. MODELO DE BULA PARA O PACIENTE 1 IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO cloridrato

Leia mais

ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1%

ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1% ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Solução Oftálmica Estéril cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1% BULA PARA O PACIENTE anestésico cloridrato de tetracaína 1% cloridrato

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br RELAÇÃO DOS MÉDICOS COM A INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS, ÓRTESES/ PRÓTESE E EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES Conhecer

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

FORMA FARMACÊUTICA, VIA DE ADMINISTRAÇÃO E APRESENTAÇÃO

FORMA FARMACÊUTICA, VIA DE ADMINISTRAÇÃO E APRESENTAÇÃO REFRESH álcool polivinílico 1,4% povidona 0,6% FORMA FARMACÊUTICA, VIA DE ADMINISTRAÇÃO E APRESENTAÇÃO Solução Oftálmica Via de administração tópica ocular Caixa com 32 flaconetes plásticos para aplicação

Leia mais

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Tracur besilato de atracúrio Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Tracur besilato de atracúrio APRESENTAÇÃO Solução Injetável

Leia mais

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Seção: Estilo&Gestão RH Pág.: www.catho.com.br Assunto: Entrevista Marly Vidal Marly Macedo ajuda a Sabin a ser uma das melhores empresas para trabalhar Tatiana Aude

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Escola Técnica de Saúde Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 Proposta de trabalho apresentada como pré-requisito para inscrição no processo

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores

4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores 4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores Como descrevemos no capitulo II, a Paralisia Cerebral é uma lesão neurológica que ocorre num período em que o cérebro ainda não completou

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NO SUPORTE À CIRURGIA ROBÓTICA

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto.

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto. Agradecimentos: Cumpre-me inicialmente agradecer a toda Diretoria Executiva, especialmente ao Teruo, por confiarem no meu trabalho e me darem toda a autonomia necessária para fazer o melhor que fui capaz

Leia mais

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no 1 3ATA DA 18ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no Auditório do 6CMSF, situado na Rua do Rosário, nº 83

Leia mais

O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Denise Ritter Instituto Federal Farroupilha Campus Júlio de Castilhos deniseritter10@gmail.com Renata da Silva Dessbesel Instituto

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Díli Terça-feira, 26 de Novembro

Díli Terça-feira, 26 de Novembro ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, KAY RALA XANANA GUSMÃO, POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARA DENTISTAS E ENFERMEIROS ODONTOLÓGICOS SOBRE O

Leia mais

COLÍRIO GEOLAB. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL

COLÍRIO GEOLAB. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL COLÍRIO GEOLAB Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA - APRESENTAÇÃO 1- COMO SURGIU A IDÉIA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 2- O QUE SIGNIFICA INCLUSÃO ESCOLAR? 3- QUAIS AS LEIS QUE GARANTEM A EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 4- O QUE É UMA ESCOLA

Leia mais

Betaserc dicloridrato de betaistina

Betaserc dicloridrato de betaistina Betaserc dicloridrato de betaistina MODELO DE BULA PARA O PACIENTE FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES BETASERC (dicloridrato de betaistina) 16 mg: cartuchos com 30 comprimidos. BETASERC (dicloridrato de

Leia mais

Roteiro VcPodMais#005

Roteiro VcPodMais#005 Roteiro VcPodMais#005 Conseguiram colocar a concentração total no momento presente, ou naquilo que estava fazendo no momento? Para quem não ouviu o programa anterior, sugiro que o faça. Hoje vamos continuar

Leia mais

Categoria Franqueado

Categoria Franqueado PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Razão Social: Natureza Comércio e Representações Ltda Nome Fantasia: O Boticário Data de fundação:

Leia mais

QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL

QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL Por Profa.Dra. Cyllene de M.OC de Souza Dra em Ciência e Tecnologia de Alimentos (UFRRJ), Mestre em Vigilância Sanitária (INCQS-FIOCRUZ) Supervisora

Leia mais

sulfato de terbutalina

sulfato de terbutalina sulfato de terbutalina União Química Farmacêutica Nacional S.A. Solução injetável 0,5 mg/ml sulfato de terbutalina Medicamento genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Capilarema. Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos. 75 mg

Capilarema. Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos. 75 mg Capilarema Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos 75 mg CAPILAREMA aminaftona APRESENTAÇÕES Comprimidos simples de 75 mg cartucho contendo 30 ou 60 comprimidos. VIA ORAL - USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO Fábio Ibanhez Bertuchi 1 Por quê? O currículo é seu passaporte para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional. É por isso que você precisa aprender a prepará-lo de forma

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

BUPSTÉSIC. Sem vasoconstritor. União Química Farmacêutica Nacional S/A Solução Injetável 5 mg/ml (0,5%)

BUPSTÉSIC. Sem vasoconstritor. União Química Farmacêutica Nacional S/A Solução Injetável 5 mg/ml (0,5%) BUPSTÉSIC Sem vasoconstritor União Química Farmacêutica Nacional S/A Solução Injetável 5 mg/ml (0,5%) BUPSTÉSIC cloridrato de bupivacaína Sem vasoconstritor Solução Injetável IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA

Leia mais

Conhecer o mercado significa saber quem é o seu consumidor, quem são os seus concorrentes e os seus fornecedores.

Conhecer o mercado significa saber quem é o seu consumidor, quem são os seus concorrentes e os seus fornecedores. Tema 2: Mercado Assunto 3: Conhecendo o mercado concorrente Unidade 1: Quem são meus concorrentes Olá, caro(a) aluno(a). Este material destina-se ao seu uso como aluno(a) inscrito(a) no Curso Aprender

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016 Quanto mais, melhor? A abertura indiscriminada de cursos de Medicina pode prejudicar a formação de futuros médicos e não garante saúde de qualidade para a população A cada ano, as pessoas que desejam se

Leia mais

COMO CONTRATAR UM CONSTRUTOR. web. www.2030studio.com email.contato@2030studio.com telefone. 55 41 8413 7279

COMO CONTRATAR UM CONSTRUTOR. web. www.2030studio.com email.contato@2030studio.com telefone. 55 41 8413 7279 COMO CONTRATAR UM CONSTRUTOR Nós moldamos nossos edifícios. Depois eles nos moldam. - Winston Churchill Encontrar o melhor empreiteiro para seu projeto residencial é uma decisão extremamente importante.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml

PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml COLÍRIO PRESMIN betaxolol 0,5% MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013

PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013 PARECER CREMEC N.º 27/2013 06/12/2013 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC nº 10242/2013 ASSUNTO: ADMINISTRAÇÃO DE HIDRATO DE CLORAL A CRIANÇAS PARA REALIZAÇÃO DE EXAME EEG PARECERISTA: CONSELHEIRO JOSÉ

Leia mais

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável.

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável. Transtornos mentais: Desafiando os Preconceitos Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a

Leia mais

SCOUTWEB 2010. Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1]

SCOUTWEB 2010. Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1] SCOUTWEB 2010 Informativo da Rede Nacional de Jovens da UEB n 1_2010 [1] Olá Rede, Sempre Alerta! Agora vocês tem um periódico nacional dos Jovens Líderes, um documento para para alegrar seus dias e deixa-los

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios...

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... Abra e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... anos Chegou a hora de crescer! Conte com a Todescredi e faça bons negócios. Há 5 anos, iniciavam as operações daquela que se tornou a única financeira

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO A educação é um dos pilares da sociedade e no nosso emprego não é diferente. Um povo culto está mais preparado para criar, planejar e executar os projetos para

Leia mais

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013.

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013. PJ 45/13 9 janeiro 2013 Original: inglês Disponível em inglês e português P Comitê de Projetos 5. a reunião 7 março 2013 Londres, Reino Unido Empoderamento das mulheres nas cooperativas de café brasileiras

Leia mais

6. Considerações finais

6. Considerações finais 84 6. Considerações finais Nesta dissertação, encontram-se registros de mudanças sociais que influenciaram as vidas de homens e mulheres a partir da chegada das novas tecnologias. Partiu-se da Revolução

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Regulamento Geral da Gincana Acadêmica Trilhas da Informação. 7 ª Edição: 2012 CAPÍTULO I DA FINALIDADE

Regulamento Geral da Gincana Acadêmica Trilhas da Informação. 7 ª Edição: 2012 CAPÍTULO I DA FINALIDADE Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas e Informática Regulamento Geral da Gincana Acadêmica Trilhas da Informação 7 ª Edição: 2012 Tema: Vida Saudável: diga não às

Leia mais

V Jornada. Brasileira de. Queimaduras. 06 a 09 de Junho de 2007. Hotel Parque dos Coqueiros - Aracaju-SE

V Jornada. Brasileira de. Queimaduras. 06 a 09 de Junho de 2007. Hotel Parque dos Coqueiros - Aracaju-SE V Jornada Brasileira de Queimaduras 06 a 09 de Junho de 2007 Hotel Parque dos Coqueiros - Aracaju-SE Apresentação A Jornada Brasileira de Queimaduras será realizada entre os dias 07 e 09 de junho de 2007,

Leia mais

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO Manual do participante Autoria: Renato Fonseca de Andrade Responsáveis pela atualização: Consultores da Unidade de Orientação Empresarial

Leia mais

Aprender a Distância na Previdência

Aprender a Distância na Previdência Relatório de Encerramento Aprender a Distância na Previdência (ADP-001-09) Brasília, 05 de março de 2009. 1 1. Identificação: Curso: Aprender a distância na Previdência Descrição do curso: Módulo introdutório

Leia mais

Livipark (dicloridrato de pramipexol)

Livipark (dicloridrato de pramipexol) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Livipark (dicloridrato de pramipexol) APRESENTAÇÕES Livipark (dicloridrato de pramipexol) comprimidos de 0,125 mg. Embalagem contendo 30, 60 e 100 Livipark (dicloridrato

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

PROJETO SOCIAL CITY PETRÓPOLIS: NOVOS HORIZONTES NA APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA

PROJETO SOCIAL CITY PETRÓPOLIS: NOVOS HORIZONTES NA APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA 369 PROJETO SOCIAL CITY PETRÓPOLIS: NOVOS HORIZONTES NA APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Jorge Leonardo Garcia (Uni-FACEF) Sílvia Regina Viel Rodrigues (Uni-FACEF) O Ensino da Matemática Hoje As aulas típicas

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Conhecendo e compartilhando com Rosário e a rede de saúde

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Conhecendo e compartilhando com Rosário e a rede de saúde UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Faculdade de Ciências Médicas Departamento de Saúde Coletiva Residência Multiprofissional em Saúde Mental e Coletiva Relatório Referente à experiência de Estágio Eletivo

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

INCA - Relatório Anual 2003 - Ensino

INCA - Relatório Anual 2003 - Ensino 54 55 Ensino Principais realizações Início da primeira etapa do Projeto de Diagnóstico de Recursos Humanos em Oncologia no país. Implementação da inscrição informatizada. Início do Projeto de Educação

Leia mais

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #22 - maio 2015 - assistente social. agora? Sou E Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

Seis dicas para você ser mais feliz

Seis dicas para você ser mais feliz Seis dicas para você ser mais feliz Desenvolva a sua Espiritualidade A parte espiritual é de fundamental importância para o equilíbrio espiritual, emocional e físico do ser humano. Estar em contato com

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Dedicados à coluna. unidade da coluna

Dedicados à coluna. unidade da coluna Dedicados à coluna A nova Unidade da Coluna do Hospital Beatriz Ângelo reúne médicos de várias especialidades com o objetivo de dar a resposta mais rápida e adequada às pessoas com doenças graves da coluna.

Leia mais