Revista Científica da FHO UNIARARAS v. 3, n. 2/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista Científica da FHO UNIARARAS v. 3, n. 2/2015"

Transcrição

1 TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO COMO MEIO AUXILIAR NO PLANEJAMENTO DE MINI-IMPLANTES NO TRATAMENTO ORTODÔNTICO: UMA REVISÃO DE LITERATURA CONE BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY AS AUXILIARY MEANS IN MINI-IMPLANT TREATMENT PLANNING IN ORTHODONTICS: A LITERATURE REVIEW Débora Duarte MOREIRA 1; 2 ; Solange Maria de Almeida BOSCOLO 1; 3. Irene Moreira SERAFIM 1; 2. 1 Departamento de Diagnóstico Oral, Área de Radiologia da Universidade Estadual de Campinas UNICAMP. 2 Mestre e Doutora. 3 Mestre, Doutora e PhD. Autora responsável: Departamento de Diagnóstico Oral, Área de Radiologia da Universidade Estadual de Campinas UNICAMP, Faculdade de Odontologia. Endereço: Av. Limeira, n. 901, Caixa Postal 52, Piracicaba SP. CEP: , Fone: (19) , RESUMO Os mini-implantes têm se tornado cada vez mais populares na área odontológica, principalmente por ser uma alternativa para a ancoragem esquelética ortodôntica estacionária, como, por exemplo, no tratamento de biprotrusão alveolar e preservação de ancoragem durante a retração anterior para fechamento de espaços após extração de pré-molares. Para se garantir o sucesso desses mini-implantes sem que haja a perda precoce de dentes próximos a eles ou algum dano radicular, há a necessidade de uma avaliação precisa da área que irá receber o aparato. Frente a isso, a proposta deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura para esclarecer o relacionamento entre a colocação de miniimplantes ortodônticos e o uso do exame de tomografia computadorizada de feixe cônico como meio auxiliar de planejamento, além da importância de tal exame. De acordo com a revisão de literatura realizada, concluiu-se que o uso da tomografia computadorizada de feixe cônico no estudo do melhor sítio de colocação dos miniimplantes é de grande importância, favorecendo o sucesso e a estabilidade de tais aparatos. Palavras-chave: Mini-implante. Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC). Planejamento. Ortodontia. INTRODUÇÃO ABSTRACT The mini-implants have become increasingly popular in the dental field, primarily as an alternative to the stationary orthodontic skeletal anchorage, for example in the treatment of cellular biprotrusion and preservation anchorage during anterior retraction to space closure after extraction of premolars. To ensure the success of these mini-implants without premature loss of teeth next to them or some root damage, there is a need for an accurate assessment of the area that will receive the apparatus. Faced with this, the aim of this study was to perform a literature review to clarify the relationship between the placement of orthodontic miniimplants and the use of cone beam computed tomography as an aid to planning and the importance of such an examination. According to the literature review conducted, it was concluded that the use of cone beam computed tomography to study the best placement site of mini-implants is very important, promoting the success and stability of such devices. Keywords: Mini-implant. Cone Beam Computed Tomography (CBCT). Planning. Orthodontics. 68

2 Atualmente, os mini-implantes têm sido usados e se tornado populares como uma alternativa para ancoragem esquelética ortodôntica estacionária (BAUMGAERTEL e HANS, 2009; FARNSWORTH et al., 2011; KIM et al., 2009; PARK e CHO, 2009). Os mini-implantes são bastante utilizados para o tratamento de biprotrusão alveolar e preservação de ancoragem durante a retração anterior para fechamento de espaços após extração de pré-molares (KOJIMA, KAWAMURA e FUKUI, 2012; SUNG et al., 2010). Os mini-implantes são uma ancoragem esquelética temporária frequentemente colocados na região vestibular da maxila ou da mandíbula ou na região palatina para alcançar vários tipos de movimento, como, por exemplo, aumentar o componente horizontal de forças aplicadas durante o fechamento de espaços e para intrusão posterior em pacientes com mordida aberta (FARNSWORTH et al., 2011; RYU et al., 2012). Além disso, os mini-implantes também têm sido colocados na região da crista infrazigomática para fechamento de espaços, intrusão posterior e distalização (FARNSWORTH et al., 2011). Os mini-implantes possuem como vantagens a sua pequena dimensão, a facilidade na remoção e na colocação em vários locais da cavidade oral, a possibilidade de aplicação de carga imediata, excelente ancoragem esquelética e baixo custo. Porém, apesar dessas vantagens, ocasionalmente podem ocorrer perdas dos miniimplantes e eventual falha da ancoragem (PARK e CHO, 2009). Muitas vezes os mini-implantes são colocados sem informações tridimensionais (3D) de espessura óssea e espaço inter-radicular da região de escolha e os dois maiores problemas da falta de investigação 3D são: a possibilidade de dano radicular e o risco de perda precoce do miniimplante (PARK e CHO, 2009). O conhecimento da espessura óssea cortical de diversos sítios é de grande importância para o clínico durante a seleção do local de colocação do mini-implante, já que quanto mais espesso for o osso cortical, maior é a estabilidade primária do mini-implante (BAUMGAERTEL e HANS, 2009; MC MANUS et al. 2011). Outro fator que deve ser bem-avaliado é o espaço inter-radicular, já que se a quantidade de osso interproximal e a proximidade das raízes forem incorretamente avaliadas, há risco de perfuração radicular, que tem sido considerado o maior fator de insucesso dos mini-implantes (MATZENBACHER et al. 2008). Considerando-se esses problemas relacionados à colocação dos mini-implantes de ancoragem esquelética, a tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC), que oferece imagens em 3D usando um pequeno voxel, tem sido amplamente utilizada em diagnósticos de cabeça e pescoço, na ortodontia, na implantodontia e, por fim, como auxiliar na confecção de guias precisos utilizados durante a cirurgia de colocação dos mini-implantes (KIM et al. 2009; MATZENBACHER et al. 2008). Visto que a colocação de mini-implantes é uma técnica sensível por conta das complexidades anatômicas, como seios expandidos, perda de assoalho alveolar e regiões inter-radiculares, muitos autores têm desenvolvido e sugerido novos guias cirúrgicos para uma precisa colocação dos mini-implantes em espaços críticos (BAE et al., 2013; KIM et al., 2007; KIM et al., 2010; LIU et al., 2010; SHYAGALI, DUNGARWAL e PRAKASH, 2012; SUZUKI e SUZUKI, 2008). Esses guias são frequentemente fabricados utilizando-se de dados de TCFC que, por ser uma imagem tridimensional, apresenta maior precisão em relação às radiografias bidimensionais (KIM et al., 2007; KIM et al., 2010). Frente a essas considerações, o objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão de literatura para esclarecer o relacionamento entre a colocação de mini-implantes ortodônticos e o uso do exame de tomografia computadorizada de feixe cônico, além da importância de tal exame. REVISÃO DE LITERATURA Os mini-implantes têm sido cada vez mais utilizados pelos ortodontistas como forma de ancoragem esquelética, principalmente por possuírem como características: fácil colocação, baixo custo, possibilidade de realizar retração anterior sem causar reações não desejadas, possibilidade de realizar intrusão posterior em pacientes com mordida aberta anterior e uma ótima ancoragem em caso de retração para fechamento de espaços de extração. Porém, existem riscos durante a colocação dos miniimplantes, que podem levar desde a danos radiculares até a perda dos mini-implantes, e esses riscos estão intimamente relacionados ao planejamento e à técnica da colocação. 69

3 Frente a essas considerações, estudos têm sido realizados com o intuito de auxiliar a colocação dos mini-implantes e dar mais segurança a tal procedimento (BAE et al., 2013; KIM et al., 2007; LIU et al., 2010; SHYAGALI, DUNGARWAL e PRAKASH, 2012; SUZUKI EY e SUZUKI, 2008). Os autores pesquisados confeccionaram guias para auxiliar a colocação dos mini-implantes, evitando a inserção em locais inadequados, como em íntimo contato com as raízes ou em locais com pouca espessura de cortical óssea. Em cada pesquisa, os autores utilizaram um tipo de guia diferente, porém sempre visando ao mesmo objetivo. Suzuki e Suzuki (2008) e Shyagali, Dungarwal e Prakash (2012) utilizaram guias confeccionados com fios de aço, e, a partir de imagens radiográficas periapicais com o guia posicionado, foi determinado o melhor local para a inserção dos mini-implantes. Já Kim et al. (2007) confeccionaram um guia cirúrgico em resina a partir de imagens de TCFC e uma prototipagem com os orifícios de colocação dos mini-implantes. Outra frente de pesquisa bastante explorada é a que utiliza métodos de imagem para o planejamento do local de inserção dos miniimplantes visando estudar e determinar corretamente a melhor espessura óssea do local que irá receber o mini-implante (BAUMGAERTEL e HANS, 2009; FARNSWORTH et al., 2011; KIM et al., 2010; KIM et al. 2009; LEE et al., 2009; PARK e CHO, 2009; RYU et al., 2012). Baumgaertel e Hans (2009) realizaram estudo para investigar em imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico a espessura óssea cortical vestibular de todas as áreas interdentais em ambas as arcadas e, com isso, determinar o local com espessura mais adequada para a colocação dos mini-implantes. Concluíram que a espessura óssea cortical varia de acordo com um padrão. Em geral, a mandíbula fornece mais osso cortical vestibular do que a maxila e em ambas as arcadas a espessura óssea aumenta em direção apical, além de aumentar em direção à região posterior tanto da maxila como da mandíbula, com exceção da distal do segundo molar, cujo osso é consideravelmente menos espesso. Farnsworth et al. (2011), com o auxílio de imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico, além de mensurarem as espessuras interradiculares, também mensuraram a espessura óssea em diferentes regiões do palato e ainda relacionaram tais medidas com o sexo e a idade dos pacientes. No entanto, não foi encontrada diferença significativa de espessura entre os sexos masculino e feminino, porém foi encontrada diferença significativa entre adultos e adolescentes, sendo que nos adultos o osso cortical foi consideravelmente mais espesso na maioria das áreas examinadas. Em concordância com os resultados obtidos no estudo de Baumgaertel e Hans (2009), foi observado também que a espessura óssea inter-radicular em adultos tende a aumentar de anterior para posterior. Por outro lado, Ryu et al. (2012) também mensuraram a partir de imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico a espessura óssea em diferentes regiões do palato, porém, consideraram o estágio de desenvolvimento dentário dos pacientes. Concluíram que pacientes com dentição mista precoce apresentaram espessura óssea significativamente menor do que os pacientes com dentição mista tardia ou dentição permanente, que apresentaram resultados semelhantes. Além disso, concluíram que a espessura óssea diminuiu lateralmente à sutura palatina mediana. Outro ponto que merece bastante atenção durante a prática de colocação dos mini-implantes é a sua proximidade com as raízes adjacentes ao local escolhido para a inserção; por isso, estudos vêm sendo realizados com o objetivo de determinar o espaço inter-radicular existente em diferentes regiões e, com isso, possibilitar a escolha de locais mais seguros e com maior probabilidade de sucesso dos mini-implantes. Mais uma vez a ferramenta utilizada para essas mensurações é a tomografia computadorizada de feixe cônico (KIM et al., 2010; KIM et al., 2009; PARK e CHO, 2009). Kim et al. (2009) mediram o espaço interradicular entre o segundo pré-molar e o primeiro molar superiores, determinando o melhor posicionamento, a melhor direção e a melhor angulação na colocação dos mini-implantes. Observaram que o espaço inter-radicular tornou-se maior em direção apical e que a distância média da superfície do osso cortical para a área mais próxima ao espaço inter-radicular foi superior a 5 mm na maioria das seções. A partir desses resultados, os autores apoiaram as diretrizes para a colocação segura de mini-implantes com menos de 1,8 mm de diâmetro e cerca de 6 mm dentro do osso cortical, 70

4 colocado onde se inicia a gengiva inserida e com uma angulação menor do que 45º em relação ao longo eixo do dente. Corroborando com os resultados encontrados por Kim et al. (2009), Baumgaertel e Hans (2009) e Park e Cho (2009), concluíram que existe uma tendência das distâncias interradiculares aumentarem em direção apical tanto na maxila como na mandíbula, e que, de acordo com os resultados obtidos em suas pesquisas, essas distâncias foram maiores entre o segundo prémolar e o primeiro molar. Além disso, Park e Cho (2009) também consideram que os mini-implantes mais adequados são de 1.2 a 1.6 mm de diâmetro e com comprimento de 6 a 7 mm. Como citado anteriormente, o tipo de exame mais utilizado nas pesquisas para o planejamento da colocação dos mini-implantes é a tomografia computadorizada de feixe cônico; porém, nas práticas rotineiras dos consultórios, muitos clínicos utilizam imagens de radiografias periapicais como principal meio de diagnóstico e planejamento. Matzenbacher et al. (2008) realizaram um estudo com o objetivo de avaliar a efetividade de métodos de diagnóstico por imagem utilizados na localização vertical de sítios eleitos para inserção de mini-implantes e concluíram que a tomografia computadorizada de feixe cônico foi o exame mais preciso e efetivo, que as radiografias interproximais podem ser utilizadas com cautela e que as radiografias periapicais apresentaram resultados insatisfatórios. De acordo com os pontos destacados, fica clara a importância de um planejamento adequado por meio de exames de diagnóstico por imagem que sejam realmente os mais indicados, e que, por vezes, a confecção de guias pode auxiliar bastante na colocação e no sucesso dos mini-implantes ortodônticos. CONSIDERAÇÕES FINAIS De acordo com a revisão de literatura realizada, pode-se concluir que é de suma importância a realização de um correto planejamento para a inserção dos mini-implantes utilizados como ancoragem ortodôntica. Esse planejamento pode ser realizado com o auxílio de imagens radiográficas convencionais ou imagens de tomografia computadorizada, estas que apresentaram maior acurácia quando da determinação do local de inserção sem prejudicar estruturas adjacentes, favorecendo, então, um maior sucesso dos mini-implantes, ou seja, quando alcançada estabilidade do aparato após tempo determinado da colocação e após o recebimento de carga. As imagens de tomografia também se mostraram bastante acuradas no sentido da determinação de espessura e qualidade óssea na determinação do melhor local para receber os mini-implantes. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BAE, M. J. et al. Accuracy of miniscrew surgical guides assessed from cone-beam computed tomography and digital models. American Journal of Orthodontics and Dentofacial, Seoul, South Korea, v. 143, p , BAUMGAERTEL, S. Predrilling of the implant site: It is necessary for orthodontic mini-implants? Dentofacial Orthopedics, Cleveland, Ohio, v. 137, p , BAUMGAERTEL, S.; HANS, M. G. Buccal cortical bone thickness for mini-implant placement. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Cleveland, Ohio, v. 136, p , FARNSWORTH, D. et al. Cortical bone thickness at common miniscrew implant placement sites. Dentofacial Orthopedics, Gilbert, Ariz e Dallas, Texas, v. 139, p , KIM, S. H. et al. Surgical positioning of orthodontic mini-implants with guides fabricated on models replicated with cone-beam computed tomography. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Seoul, Korea and San Francisco, California, v. 131, s/p, KIM, S. H. et al. Cone-beam computed tomography evaluation of mini-implants after placement: Is root proximity a major risk factor for failure? Dentofacial Orthopedics, Seoul, Korea, and San Francisco, California, v. 138, p ,

5 KIM, S. H. et al. Evaluation of interdental space of the maxillary posterior area for orthodontic miniimplants with cone-beam computed tomography. Dentofacial Orthopedics, Seoul, Korea and San Francisco, California, v. 135, p , KOJIMA, Y.; KAWAMURA, J.; FUKUI, H. Finite element analysis of the effect of force directions on tooth movement in extraction space closure with miniscrew sliding mechanics. Dentofacial Orthopedics, Nagoya, Japão, v. 142, p , LEE, K. J. et al. Computed tomographic analysis of tooth-bearing alveolar bone for orthodontic miniscrew placement. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Jinan, China, v. 135, p , LIU, H. et al. Accuracy of surgical positioning of orthodontic miniscrews with a computer-aided design and manufacturing template. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Jinan, China, v. 137, p. 728, MASSEY, C. C. et al. Effect of force on alveolar bone surrounding miniscrew implants: A 3- dimensional microcomputed tomography study. Dentofacial Orthopedics, Lubbock and Dallas, Texas, v. 142, p , MATZENBACHER, L. et al. Avaliação de métodos radiográficos utilizados na localização vertical de sítios eleitos para instalação de miniimplantes. Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial, Maringá, v. 13, p , MC MANUS, M. M. et al. Effect of miniscrew placement torque on resistance to miniscrew movement under load. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Rock Island, III e Iowa City, Iowa, v. 140, p , PARK, J.; CHO, H. J. Three-dimensional evaluation of interradicular spaces and cortical bone thickness for the placement and initial stability of microimplants in adults. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, San Francisco, Calif, v. 136, p. 314, PARK, W. et al. Orthodontic extrusion of the lower third molar with an orthodontic miniimplant. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology, and Endodontology, Seoul, Korea, v. 110, p. 1-6, RYU, J. H. et al. Palatal bone thickness compared with cone-beam computed tomography in adolescents and adults for mini-implant placement. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Mesa, Ariz e Seoul, Korea, v. 142, p , SANTIAGO, R. C. et al. Correlation between miniscrew stability and bone mineral density in orthodontic patients. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Juiz de Fora, Brasil, v. 136, p , SHYAGALI, T.; DUNGARWAL, N.; PRAKASH, A. A new stent for miniscrew implant placement. Orthodontic Waves, Loyara, Udaipur, India, v. 71, p , SUNG, S. J. et al. Effective en-masse retraction design with orthodontic mini-implant anchorage: A finite element analysis. American Journal of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics, Seoul and Kunsan, Korea, v. 137, p , SUZUKI, E. Y.; SUZUKI, B. Accuracy of miniscrew implant placement with a 3- Dimensional surgical guide. Journal of Oral and Maxillofacial Surgery, Chiang Mai, Thailand, v. 66, p , ZHA, O. L. et al. Orthodontic miniimplant stability in different healing times before loading: A microscopic computerized tomographic and biomechanical analysis. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology, and Endodontology, Chengdu and Shanghai, China, v. 108, p ,

POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM

POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM Sabrina Vieira Botelho(PIBIC/CNPq-FA/UEM), Cléverson de Oliveira e Silva (Orientador) e Maurício

Leia mais

Avaliação da densidade óssea para instalação de mini-implantes

Avaliação da densidade óssea para instalação de mini-implantes A r t i g o I n é d i t o Avaliação da densidade óssea para instalação de mini-implantes Marlon Sampaio Borges*, José Nelson Mucha** Resumo Introdução: além da espessura da cortical óssea e da largura

Leia mais

MORDIDAS CRUZADAS. Etiologia

MORDIDAS CRUZADAS. Etiologia MORDIDAS CRUZADAS Mordida Cruzada é uma alteração da oclusão dentária normal, no sentido ântero-posterior para os dentes anteriores, ou no sentido transversal para os dentes posteriores. Etiologia Baseia-se

Leia mais

ATLAS DE CONFECÇÃO DE DISPOSIIVOS MECÂNICOS

ATLAS DE CONFECÇÃO DE DISPOSIIVOS MECÂNICOS ATLAS DE CONFECÇÃO DE DISPOSIIVOS MECÂNICOS Registro ANVISA nº 80519210001 Relação dos componentes do Sistema SAO Registro ANVISA dos componentes do Sistema SAO: 80519210001 Edição 1208-00-01 Página 1

Leia mais

Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar

Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar A r t i g o I n é d i t o Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar Carlos Estrela*, José Valladares

Leia mais

Cirúrgico e Atuais Perspectivas Clínicas

Cirúrgico e Atuais Perspectivas Clínicas Tratamento Microparafuso Multidisciplinar Ortodôntico com Estética de Titânio Imediata sobre Auto-perfurante Implante: Apresentação (MPO): Novo de Protocolo Caso Clínico Cirúrgico e Atuais Perspectivas

Leia mais

Ana Luíza Luz A UTILIZAÇÃO DE MINIIMPLANTES COMO ANCORAGEM EM PACIENTES COM BIPROTRUSÃO DENTÁRIA- UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Ana Luíza Luz A UTILIZAÇÃO DE MINIIMPLANTES COMO ANCORAGEM EM PACIENTES COM BIPROTRUSÃO DENTÁRIA- UMA REVISÃO SISTEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA Ana Luíza Luz A UTILIZAÇÃO DE MINIIMPLANTES COMO ANCORAGEM EM PACIENTES COM BIPROTRUSÃO

Leia mais

Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista

Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista Ortoclínica Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista Angle Class II correction using the transpalatal arch during early treatment Ewaldo Luiz de

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE DISCIPLINAS DO CURSO, CARGA HORÁRIA E PROFESSOR RESPONSÁVEL 1º SEMESTRE: Total = 348h Disciplina Carga Horária Créditos Docente Responsável Ortodontia Básica 48h

Leia mais

26 28 Conclusão Referências bibliográficas... 31

26 28 Conclusão Referências bibliográficas... 31 Índice: Pág. Resumo VI Abstract... VII Introdução 1 1. Princípios biológicos... 3 1.1. Cicatrização do ligamento periodontal...... 3 1.2. Regeneração pulpar.... 5 1.3. Cicatrização óssea.. 6 1.4. Desenvolvimento

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso

Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso AVALIAÇÃO DE SEPTOS EM SEIOS MAXILARES POR MEIO DE RADIOGRAFIA PANORÂMICA E TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA: REVISÃO DE LITERATURA Helaine Cristina Pereira Universidade Federal

Leia mais

Protocolo para ancoragem absoluta em ortodontia: miniparafuso

Protocolo para ancoragem absoluta em ortodontia: miniparafuso COMUNICAÇÃO COMMUNICATION Protocolo para ancoragem absoluta em ortodontia: miniparafuso Protocol for absolute anchorage in orthodontics: miniscrew Cristiane Sant Ana ZUCOLOTO 1 Adriana Silva de CARVALHO

Leia mais

A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS.

A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS. A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS. Na prática clínica, tempo, segurança e previsibilidade são valiosos. Pensando nisso, desenvolvemos um conjunto de soluções de alta tecnologia

Leia mais

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro!

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Í ndice Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Conceito de Beleza Beleza: essência de perfeição Bases da Odontologia

Leia mais

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz 1 2 3 Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz Aumento de Coroa Clínica Qualquer procedimento (cirúrgico ou não-cirúrgico) que vise

Leia mais

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 U.C. I 7ª e 8ª Aulas DentaScan 15-11-2012 Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 História para corresponder aos anseios dos doentes, de substituição de dentes em falta, por próteses funcional e estéticamente

Leia mais

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes.

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. A Clínica O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. Localizada nas cidades de Fortaleza, Itapipoca e Pentecoste,

Leia mais

IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA

IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA O exame radiográfico periapical para avaliação dos dentes e estruturas da maxila permite a observação de imagens de estruturas anatômicas, características de

Leia mais

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL ANEXO II TABELA DO IAMESC Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL COD PROCEDIMENTOS CHO Valor seg. Valor inst. Valor total 01 70110000 Consulta Inicial 157 15,07 35,16 50,24 02 70115000 Profilaxia

Leia mais

PULS. Placa Radio Distal. Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo

PULS. Placa Radio Distal. Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo PULS Placa Radio Distal Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo Introdução Ao contrário dos implantes tradicionais, as placas de angulação fixa permitem um tratamento funcional precoce, desejado

Leia mais

Avaliação de métodos radiográficos utilizados na localização vertical de sítios eleitos para instalação de mini-implantes

Avaliação de métodos radiográficos utilizados na localização vertical de sítios eleitos para instalação de mini-implantes A r t i g o In é d i t o Avaliação de métodos radiográficos utilizados na localização vertical de sítios eleitos para instalação de mini-implantes Liz Matzenbacher*, Paulo Sérgio Flores Campos**, Nilson

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTÉTICO E FUNCIONAL PARA AS REABILTAÇÕES ORAIS COM O SISTEMA CAD/CAM

PLANEJAMENTO ESTÉTICO E FUNCIONAL PARA AS REABILTAÇÕES ORAIS COM O SISTEMA CAD/CAM PARA AS REABILTAÇÕES ORAIS COM O Data: 27 a 31 de março de 2017 Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda a informação

Leia mais

Mapeamento tomográfico inter-radicular da região anterior e média da mandíbula para inserção de mini-implantes com finalidade ortodôntica.

Mapeamento tomográfico inter-radicular da região anterior e média da mandíbula para inserção de mini-implantes com finalidade ortodôntica. Cristiane Monnerat Aylmer Mapeamento tomográfico inter-radicular da região anterior e média da mandíbula para inserção de mini-implantes com finalidade ortodôntica. ORIENTADOR: Prof. Dr. José Nelson Mucha

Leia mais

DENTAL PRESS INTERNATIONAL

DENTAL PRESS INTERNATIONAL MARINGÁMaringá / 2013 2013 1 a Reimpressão DENTAL PRESS INTERNATIONAL 2013 by Dental Press Editora Todos os direitos para a língua portuguesa reservados pela Dental Press Editora Ltda. Nenhuma parte desta

Leia mais

Rev. Cient. In FOC v.1 n RELATO DE CASO CLÍNICO

Rev. Cient. In FOC v.1 n RELATO DE CASO CLÍNICO CLÍNICO RETRAÇÃO EM MASSA UTILIZANDO ANCORAGEM ABSOLUTA: Apresentação de um caso clínico com miniimplantes para ancoragem direta Mass retraction using absolute anchorage: A case report with miniscrews

Leia mais

HASTE PROXIMAL FEMORAL TÉCNICA CIRÚRGICA

HASTE PROXIMAL FEMORAL TÉCNICA CIRÚRGICA TÉCNICA CIRÚRGICA TÉCNICA CIRÚRGICA PFN Obs.: A técnica deve ser aplicada com o auxílio do intensificador de imagens. DETERMINAÇÃO DO COMPRIMENTO E POSICIONAMENTO DA HASTE Coloque o Gabarito Visual sobre

Leia mais

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL Davide Carlos Joaquim 1, Ana Caroline Rocha Melo de Leite 2, Ciro Benevides

Leia mais

NATALIA RAFAEL ORLANDELI EXAMES DE IMAGEM COMO AUXILIARES NA INSTALAÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM PROVISÓRIA

NATALIA RAFAEL ORLANDELI EXAMES DE IMAGEM COMO AUXILIARES NA INSTALAÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM PROVISÓRIA NATALIA RAFAEL ORLANDELI EXAMES DE IMAGEM COMO AUXILIARES NA INSTALAÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM PROVISÓRIA Londrina 2015 NATALIA RAFAEL ORLANDELI EXAMES DE IMAGEM COMO AUXILIARES NA INSTALAÇÃO DOS

Leia mais

Haste Femoral não Cimentada de Revisão com Fixação Distal VEGA Técnica Cirúrgica

Haste Femoral não Cimentada de Revisão com Fixação Distal VEGA Técnica Cirúrgica Haste Femoral não Cimentada de Revisão com Fixação Distal VEGA 82.30 - Técnica Cirúrgica VEGA Revision Cementless Femoral Stem With Distal Fixation MATERIAL: TITANIUM ( Ti 6Al 4V ELI ) ISO 5832-3 / ASTM

Leia mais

Tratamento na Ortodontia com Mini-Implante. XVI INIC / XII EPG - UNIVAP 2012

Tratamento na Ortodontia com Mini-Implante. XVI INIC / XII EPG - UNIVAP 2012 Tratamento na Ortodontia com Mini-Implante. XVI INIC / XII EPG - UNIVAP 2012 Nakamura C 1, Miranda A P S 2, Shinozaki E B 3 1 UNIVAP- Universidade do Vale do Paraíba / Faculdade de Ciência e Saúde, Av.

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO PÓS-TRATAMENTO DA CLASSE II MANDIBULAR TRATADA COM BIONATOR DE BALTERS Dissertação apresentada ao

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

Implantes. dentários.... A con ança que você precisa.

Implantes. dentários.... A con ança que você precisa. Implantes dentários....................................... A con ança que você precisa. E-Book Implantes Dentários Este guia foi criado para que você conheça um pouco mais sobre o tratamento com implantes

Leia mais

Novo método para posicionamento de mini-implantes por meio de planejamento computadorizado utilizando guias cirúrgicos prototipados (TAD.

Novo método para posicionamento de mini-implantes por meio de planejamento computadorizado utilizando guias cirúrgicos prototipados (TAD. INOVAÇÕES Novo método para posicionamento de mini-implantes por meio de planejamento computadorizado utilizando guias cirúrgicos prototipados (TAD.GUIDE) Resumo / Apesar da facilidade na técnica cirúrgica

Leia mais

Jones Jig e Barra Transpalatina - Tratamento Alternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão

Jones Jig e Barra Transpalatina - Tratamento Alternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão rtigo de Divulgação Jones Jig e arra Transpalatina - Tratamento lternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão Jones Jig and the Palatal ar - lternative Treatment in the

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

Tomografia Computadorizada

Tomografia Computadorizada Tomografia Computadorizada Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com Aula 05: Dose em Tomografia Agenda Introdução Dose absorvida, dose equivalente, e dose efetiva Definição das Medidas de

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 Instrumentos Usados em Cirurgia Periodontal CIRURGIA PERIODONTAL INSTRUMENTAIS

Leia mais

Comparação dos valores de densidade mineral óssea nas imagens de TCFC utilizando os programas I-CATVision e ImplantViewer. Resumo.

Comparação dos valores de densidade mineral óssea nas imagens de TCFC utilizando os programas I-CATVision e ImplantViewer. Resumo. Comparação dos valores de densidade mineral óssea nas imagens de TCFC utilizando os programas I-CATVision e ImplantViewer Ana Cláudia Weiss Reimão de Melo * Márcio José da Silva Campos ** Robert Willer

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN PROJETO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Florianópolis 2010

Leia mais

Utilização de ancoragem esquelética indireta para verticalização de molares inferiores

Utilização de ancoragem esquelética indireta para verticalização de molares inferiores Caso Clínico Utilização de ancoragem esquelética indireta para verticalização de molares inferiores Rafael de Faria Bicalho*, Jaime Sampaio Bicalho**, Marcos Laboissière Jr.*** Resumo Um movimento particularmente

Leia mais

F atores clínicos associados com a estabilidade dos mini-implantes no

F atores clínicos associados com a estabilidade dos mini-implantes no Trabalho original F atores clínicos associados com a estabilidade dos mini-implantes no tratamento ortodôntico Clinical factors associated with the stability of miniscrews in orthodontic treatment Rodrigo

Leia mais

do alvéolo preservação

do alvéolo preservação Técnicas cirúrgicas de preservação do alvéolo Casos de reabilitação posterior Pág.2o Técnicas cirúrgicas de preservação do alvéolo em reabilitações finais com implantes Preservar o alvéolo pós-extraçào

Leia mais

INSTRUÇÃO DE USO. Descrição Geral

INSTRUÇÃO DE USO. Descrição Geral INSTRUÇÃO DE USO Descrição Geral O Parafuso de Compressão HBS é constituído por uma família de dois modelos de parafusos, sendo um modelo de alta compressão na cor azul, e outro de compressão padrão na

Leia mais

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr.

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr. Cistos Odontogênicos Introdução Os cistos derivados dos tecidos odontogênicos são caracterizados como lesões de extraordinária variedade. O complexo desenvolvimento das estruturas dentárias é refletido

Leia mais

Diagnóstico diferencial da sinusite de origem não odontogênica

Diagnóstico diferencial da sinusite de origem não odontogênica artigo original Diagnóstico diferencial da sinusite de origem não odontogênica José Burgos PONCE 1 Bruno Martini GUIMARÃES 2 Lidiane de Castro PINTO 3 Celso Kenji NISHIYAMA 3 Ana Lucia Pompeia Fraga de

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 8 a 12 de abril de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente

Leia mais

Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa

Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa Caso Selecionado Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa Cléverson O. Silva, Bruno César de Vasconcelos Gurgel, Fernando Rodrigues Pinto Uma vez que um dente é perdido, ocorre

Leia mais

Disponibilidade óssea para instalação de implante na região edêntula de primeiro molar inferior

Disponibilidade óssea para instalação de implante na região edêntula de primeiro molar inferior ARTIGO CIENTÍFICO Disponibilidade óssea para instalação de implante na região edêntula de primeiro molar inferior Bone availability for implantation in the edentate region of the lower first molar RESUMO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO CLÍNICA ODONTOLÓGICA - PERIODONTIA Linha de pesquisa: Epidemiologia,

Leia mais

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia.

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Resumo: Este estudo tem como objetivo apresentar o comportamento do substituto ósseo sintético

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral. 01 70110000 Consulta Inicial 178,57 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 90,85 7,63 17,81 25,44 03 73910000 Rest. de Amálgama 1 face

Leia mais

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS Planejamento e individualização da aparatologia ortodôntica conjugada aos mini-implantes ( DATs) Parte I Sítios de instalação uma área de risco controlado. Individualization of planning and orthodontic

Leia mais

Intrusão de molares superiores utilizando microparafusos ortodônticos de titânio autoperfurantes

Intrusão de molares superiores utilizando microparafusos ortodônticos de titânio autoperfurantes Caso Clínico Intrusão de molares superiores utilizando microparafusos ortodônticos de titânio autoperfurantes Henrique Mascarenhas Villela*, Fábio J.. ezerra**, Leandro Neiva Lemos***, Sara Maria Lobo

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO ORTOCIRÚRGICA

MOVIMENTAÇÃO ORTOCIRÚRGICA Trabalho original MOVIMENTAÇÃO ORTOCIRÚRGICA DE DENTES ANQUILOSADOS ORTHO SURGICAL MOVIMENTATION OF ANKYLOSED TEETH PAULO RENATO DIAS DA SILVA* PEDRO PAULO DIAS DA SILVA** SILVIO ANTONIO BERTACCHI UVO***

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE MESTRADO EM ODONTOLOGIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ORTODONTIA. Mauro Toma

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE MESTRADO EM ODONTOLOGIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ORTODONTIA. Mauro Toma 1 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE MESTRADO EM ODONTOLOGIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ORTODONTIA Mauro Toma Mensuração Das Áreas Disponíveis Para Instalação de Dispositivos de Ancoragem Temporários

Leia mais

BITE BLOCK. Série Aparelhos Ortodônticos. A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios

BITE BLOCK. Série Aparelhos Ortodônticos. A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios Série Aparelhos Ortodônticos BITE BLOCK A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios da ortodontia. Persiste uma preocupação, não só quanto ao diagnóstico e planificação

Leia mais

ARTICULADORES NÃO ARCON E ARCON COMPREENDENDO MELHORIAS EM SUAS HASTES E PINO INCISAL.

ARTICULADORES NÃO ARCON E ARCON COMPREENDENDO MELHORIAS EM SUAS HASTES E PINO INCISAL. 1/8 ARTICULADORES NÃO ARCON E ARCON COMPREENDENDO MELHORIAS EM SUAS HASTES E PINO INCISAL. Campo técnico O presente pedido de modelo de utilidade descreve uma modificação realizada na haste da peça que

Leia mais

PLACA TUBO PLACA ÓSSEA COM DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO DESLIZANTE - PLACA TUBO BCPP 135º E 150º. Técnica Cirúrgica

PLACA TUBO PLACA ÓSSEA COM DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO DESLIZANTE - PLACA TUBO BCPP 135º E 150º. Técnica Cirúrgica PLACA TUBO PLACA ÓSSEA COM DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO DESLIZANTE - PLACA TUBO BCPP 135º E 150º Técnica Cirúrgica - 50.30 BCPP Tube Plate Placa Tubo BCPP - 135 o e 150 o Materiais Titânio - Ti 6Al 4V ELI ASTM

Leia mais

FREQÜÊNCIA DE RAÍZES FUSIONADAS, SEPARADAS DIVERGENTES, SEPARADAS CONVERGENTES, SEPARADAS RETILÍNEAS E DILACERADAS DOS TERCEIROS MOLARES

FREQÜÊNCIA DE RAÍZES FUSIONADAS, SEPARADAS DIVERGENTES, SEPARADAS CONVERGENTES, SEPARADAS RETILÍNEAS E DILACERADAS DOS TERCEIROS MOLARES Rev. Odont. UNESP, São Paulo, 19:277-282,1990. FREQÜÊNCIA DE RAÍZES FUSIONADAS, SEPARADAS DIVERGENTES, SEPARADAS CONVERGENTES, SEPARADAS RETILÍNEAS E DILACERADAS DOS TERCEIROS MOLARES Roberto Antonio NICODEMO*

Leia mais

Parestesia do nervo alveolar inferior após exodontia de terceiros molares

Parestesia do nervo alveolar inferior após exodontia de terceiros molares Parestesia do nervo alveolar inferior após exodontia de terceiros molares Paresthesia of the inferior alveolar nerve after third molar inferior extraction Gabriela Barros Lopes 1 João Batista de Freitas

Leia mais

Expansão maxilar rápida não cirúrgica em paciente adulto. Uma alternativa possível

Expansão maxilar rápida não cirúrgica em paciente adulto. Uma alternativa possível Caso Clínico Expansão maxilar rápida não cirúrgica em paciente adulto. Uma alternativa possível Gerson Luiz Ulema Ribeiro*, Gustavo da Luz Vieira**, Daltro Ritter***, Orlando Motohiro Tanaka****, André

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO. Implante BioDIRECT (antigo T.D.) Implante Cônico Hexágono Externo 3,3 mm (P.E.) Plataforma Regular (R.P.

BOLETIM TÉCNICO. Implante BioDIRECT (antigo T.D.) Implante Cônico Hexágono Externo 3,3 mm (P.E.) Plataforma Regular (R.P. Implante Cônico Hexágono Externo 3,3 mm (P.E.) Plataforma Regular (R.P.) 3,3 mm - 4,10 mm Os implantes dentais de BioDIRECT dispensam o uso de, cuja vantagem está na diminuição do tempo cirúrgico. Além

Leia mais

MARIA EUGÊNIA PINCKE COUTINHO

MARIA EUGÊNIA PINCKE COUTINHO MARIA EUGÊNIA PINCKE COUTINHO ANÁLISE ORTOTRÓPICA DE TENSÕES DOS MINI - IMPLANTES DE TITÂNIO COMO ANCORAGEM EM ORTODONTIA PELO MÉTODO DOS ELEMENTOS FINITOS CAMPINAS 2008 MARIA EUGÊNIA PINCKE COUTINHO ANÁLISE

Leia mais

UNIVERSIDADE SAGRADO CORAÇÃO

UNIVERSIDADE SAGRADO CORAÇÃO UNIVERSIDADE SAGRADO CORAÇÃO ALDIR DA SILVA CORDEIRO AVALIAÇÃO EM LONGO PRAZO DO COMPRIMENTO RADICULAR E NÍVEL DE INSERÇÃO ÓSSEA DE CANINOS TRACIONADOS E DENTES ADJACENTES. BAURU 2015 ALDIR DA SILVA CORDEIRO

Leia mais

ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS

ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS O exame radiográfico pelo método periapical para avaliação dos dentes e estruturas da maxila permite a observação de uma série de imagens de

Leia mais

Os exames de imagem são componentes essenciais no plano de tratamento

Os exames de imagem são componentes essenciais no plano de tratamento Artigo de revisão/radiologia Odontológica e Imaginologia :: A importância da TCFC no diagnóstico e localização de dentes supranumerários The importance of CBCT in supernumerary teeth diagnosis and location

Leia mais

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus 2006 ÍNDICE Grampos de Retenção...3 Confecção do Grampo Adams...4 Acrilização...7 Hawley...8 Hawley Modificado...9 Expansor Móvel...10 Grade Móvel...11

Leia mais

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO Garante a manutenção da estética de seu sorriso e a funcionalidade de sua mastigação, através de acesso a todos os tratamentos do PLANO MASTER, além de coberturas exclusivas ARM como clareamento dentário,

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Ricardo José Fernandes da Costa

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Ricardo José Fernandes da Costa Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Ricardo José Fernandes da Costa Relevâncias da tomografia computadorizada cone beam na implantodontia. CURITIBA 2014 Ricardo José Fernandes

Leia mais

INTRODUÇÃO. Carlos Eduardo Parente Settanni*

INTRODUÇÃO. Carlos Eduardo Parente Settanni* TRABALHO DE PESQUISA Estudo Comparativo das Técnicas Radiográficas de Clark e de Keur com a Tomografia Linear no Diagnóstico Topográfico do Dente Canino Superior Impactado 1 Comparative Study of the Radiographic

Leia mais

Resumo para comunicação oral em plenária EXPANSÃO TRANSVERSAL CIRURGICA DA MAXILA EM PACIENTES ADULTOS

Resumo para comunicação oral em plenária EXPANSÃO TRANSVERSAL CIRURGICA DA MAXILA EM PACIENTES ADULTOS Resumo para comunicação oral em plenária EXPANSÃO TRANSVERSAL CIRURGICA DA MAXILA EM PACIENTES ADULTOS Vinícius Matheus Szydloski 1 Angélica Scolari 2 Fernanda Tartas 2 Claiton Giovani Tirello 3 INTRODUÇÃO

Leia mais

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação.

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação. Bráquetesq metálicos cerâmicos plásticos Composição i ã : corpo; encaixe ou slot (abriga o fio). aletas; fixação. base (superfície de contato). Bráquetes á t simples e duplo. Bráquetes á t para colagem

Leia mais

LINHAS DE AÇÃO DE FORÇAS TRANSVERSAIS COM O USO DE MINI-IMPLANTES: MODELO MATEMÁTICO DE RETRAÇÃO EM MASSA EM MAXILA E MANDÍBULA. Marlon Sampaio Borges

LINHAS DE AÇÃO DE FORÇAS TRANSVERSAIS COM O USO DE MINI-IMPLANTES: MODELO MATEMÁTICO DE RETRAÇÃO EM MASSA EM MAXILA E MANDÍBULA. Marlon Sampaio Borges CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA LINHAS DE AÇÃO DE FORÇAS TRANSVERSAIS COM O USO DE MINI-IMPLANTES: MODELO MATEMÁTICO DE RETRAÇÃO EM MASSA EM MAXILA

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral COD PROCEDIMENTO CHO V. PREV. V. IPASGO V. TOTAL 01 70110000 Consulta Inicial 142,85 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 72,00 5,87

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Data: 14 à 18 de setembro de 2015 Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente todas as suas possibilidades. Importância das diversas técnicas de preparo

Leia mais

SOLUÇÕES PARA ORTODONTIA. Guia de Referência de Produtos Odontológicos

SOLUÇÕES PARA ORTODONTIA. Guia de Referência de Produtos Odontológicos SOLUÇÕES PARA ORTODONTIA Guia de Referência de Produtos Odontológicos 3M Oral Care. Ciência que conecta você a um mundo de soluções em Odontologia. A rapidez e a simplicidade no trabalho do profissional

Leia mais

pág. 1 Rua Caruaru, casa 1 - Grajaú - Rio de Janeiro / RJ

pág. 1 Rua Caruaru, casa 1 - Grajaú - Rio de Janeiro / RJ Planos de Cera março. 2014 pág. 1 PLANOS DE ORIENTAÇÃO Pode-se dizer que a fase do plano de cera equivale à confecção de um projeto de engenharia. Essa fase deve ser atentamente observada, avaliada e,

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

Prof. Gustavo Hauber Gameiro. GRUPO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ORTODONTIA

Prof. Gustavo Hauber Gameiro.  GRUPO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ORTODONTIA www.andradegameiro.com.br G E A O GRUPO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ORTODONTIA BIOMECÂNICA AVANÇADA Técnica do Arco Segmentado Aliada à Ortodontia Straight-wire Contemporânea Prof. Gustavo Hauber Gameiro Objetivos

Leia mais

EFEITOS DE MAGNIFICAÇÃO EM RADIOGRAFIA PANORÂMICA

EFEITOS DE MAGNIFICAÇÃO EM RADIOGRAFIA PANORÂMICA EFEITOS DE MAGNIFICAÇÃO EM RADIOGRAFIA PANORÂMICA Ana Paula Christakis Costa 1, Anna Silvia Penteado Setti da Rocha 2, Joaquim Miguel Mais 3, Ângela Hernandes 4, Elberto Ristow Junior 5, Paulo Roberto

Leia mais

A Evolução e a Importância da Tomografia Computadorizada na Odontologia

A Evolução e a Importância da Tomografia Computadorizada na Odontologia SILVA, Darlison André Pestana [1] SANTOS, Gizélia Farias dos [2] FERNANDES, Igor Jhones Mendes [3] CORREA, Kely Jane [4] PEREIRA, Luzinete dos Santos [5] SOARES, Wanessa Danielle Barbosa [6] SILVA, Darlison

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-014 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR 01 02 PREPAROS DENTÁRIOS Os 5W s A previsão do tipo de preparo dentário a ser executado depende, basicamente, do relacionamento entre material restaurador selecionado, volume

Leia mais

ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR

ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR FOULETTO, S.Y.E.A 1, KOUBIK, A.C.G.A 2 1- Pós-graduanda do Curso de Radiologia Odontológica e Imaginologia

Leia mais

Anatomia Dentária e Estética: Formas e Proporções

Anatomia Dentária e Estética: Formas e Proporções Anatomia Dentária e Estética: Formas e Proporções Índice: Introdução: Importância da Beleza para cada individuo em termos psicológicos através da precepção de equilibrio facial O que é a linha do sorriso.

Leia mais

TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO

TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO INTERCEPTATIVE TREATMENT OF THE ANTERIOR OPEN BITE AND POSTERIOR CROSSBITE: DESCRIPTION OF A CLINICAL

Leia mais

WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO.

WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO. WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO. Monografia apresentada à Fundação para o Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico da

Leia mais

Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose

Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose 1 Universidade do Minho Departamento de Eletrónica Industrial Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose Marino Maciel Nº52557 Orientador: Prof. Higino Correia 2011/2012 Mestrado

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO (FIG. 1) a) base acrílica b) mola coffin c) arco vestibular d) alças bucinadoras FIGURA 5 FIGURA 6

APRESENTAÇÃO DO APARELHO (FIG. 1) a) base acrílica b) mola coffin c) arco vestibular d) alças bucinadoras FIGURA 5 FIGURA 6 Série Aparelhos Ortodônticos BIONATOR INTRODUÇÃO As más oclusões de Classe II apresentam etiologias distintas, de natureza esquelética, dentária ou a combinação de ambas. O diagnóstico diferencial é de

Leia mais

LOCAL. Exponor DATA. 1 a 3 de Dezembro de 1994

LOCAL. Exponor DATA. 1 a 3 de Dezembro de 1994 LOCAL Exponor DATA 1 a 3 de Dezembro de 1994 19 Presidente do Congresso João Carvalho Secretário Geral Manuel Fontes de Carvalho Comissão Científica Manuel Neves João Pimenta Carlos Silva Comissão Organizadora

Leia mais

Aplicabilidade da tomografia computadorizada cone-beam na Ortodontia

Aplicabilidade da tomografia computadorizada cone-beam na Ortodontia Aplicabilidade da tomografia computadorizada cone-beam na Ortodontia Método complementar de diagnóstico, a TCFC contribui para a avaliação de diversas discrepâncias dentofaciais. Coordenação de conteúdo:

Leia mais

COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA

COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA Características normais da oclusão na dentadura decídua CAPÍTULO 2 O que você irá ver neste capítulo: Alessandra Castro Alves Tatiana Kelly da Silva Fidalgo Introdução Análise

Leia mais

Soluções Com Micro Implantes Solutions With Microimplants A. KORRODI RITTO D.D.S, PHD HEE-MOON KYUNG DDS, MSD, PHD

Soluções Com Micro Implantes Solutions With Microimplants A. KORRODI RITTO D.D.S, PHD HEE-MOON KYUNG DDS, MSD, PHD Soluções Com Micro Implantes Solutions With Microimplants A. KORRODI RITTO D.D.S, PHD HEE-MOON KYUNG DDS, MSD, PHD A utilização de uma ancoragem estável em ortodontia, permite eliminar os movimentos indesejáveis

Leia mais

28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP

28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2016 TEATRO EROTIDES DE CAMPOS - PIRACICABA SP Sinopse do Evento A odontologia restauradora atual está vivendo uma era nobre. Com a evolução dos sistemas cerâmicos e a confirmação

Leia mais

Straumann Dental System. Bioengenharia

Straumann Dental System. Bioengenharia Straumann Dental System Bioengenharia Straumann na Implantologia Oral 1974-1980 First-generation hollow cylinders Tipo C Extension implants Tipo E Tipo F Família dos Implantes Tissue Level Bone Level Standard

Leia mais

Ortodontia. Catálogo de Produtos

Ortodontia. Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Catálogos Acadêmicos & Especialistas Quinelato Um Guia de Bolso para estudantes e profissionais da Odontologia Baseada na experiência de 70 anos no mercado de instrumentos cirúrgicos

Leia mais

Miniplacas de ancoragem no tratamento da mordida aberta anterior

Miniplacas de ancoragem no tratamento da mordida aberta anterior A r t i g o In é d i t o Miniplacas de ancoragem no tratamento da mordida aberta anterior Adilson Luiz Ramos*, Sabrina Elisa Zange**, Hélio Hissashi Terada***, Fernando Toshihiro Hoshina**** Resumo Introdução:

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Na imagem radiográfica de um dente íntegro todas as partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Agora começamos

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB CONJUGADO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB CONJUGADO TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB Class II malocclusion treatment with the maxillary splint appliance Tassiana Mesquita SIMÃO 1, Cleide Borges de JESUS 2, Marcus Vinicius CREPALDI

Leia mais