Guia para Universitários Brasileiros em Portugal 2012/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia para Universitários Brasileiros em Portugal 2012/2013"

Transcrição

1 SEM FRONTEIRAS Guia para Universitários Brasileiros em Portugal 2012/2013 Consulado-Geral do Brasil no Porto Setor de Cooperação Cientifica Superior Avenida de França nº 20-1º andar Tel: Fax:

2 Índice Página Introdução... 2 Considerações gerais Antes de sair do Brasil... 4 Obtenção do visto... 5 Seguro médico de viagem... 6 Procura de alojamento Estudar em Portugal características específicas do ensino. 10 A chegada em território português Abrir conta bancária Justificativa eleitoral Utilização de transportes públicos 14 O custo de vida em Portugal - despesas mensais Alimentação.. 16 Telefones 16 Associação de estudantes.. 18 Correios. 18 Farmácias.. 18 Consulados do Brasil em Portugal 18 Conhecendo Portugal 21 Dados geográficos. 21 O clima.. 23 A população.. 24 A imigração 24 A segurança da população. 24 Divisões administrativas O sistema educativo 25 Ciência e Tecnologia.. 27 Saúde.. 28 Gastronomia 28 Lisboa. 29 Porto 30 Coimbra.. 30 Aveiro. 31 Braga.. 32 Viseu.. 32 Évora Faro Funchal.. 34 Ponta Delgada. 35 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 1

3 INTRODUÇÃO Este guia é dirigido aos estudantes Brasileiros, bolsistas do CsF, que vem fazer seus estudos (ou parte deles) em Portugal, que espera receber até 2015, milhares de bolsistas do Programa Ciência sem Fronteiras. Para apoiar e orientar esses estudantes durante a sua estadia em Portugal, o Consulado-Geral do Brasil no Porto, nomeou o Engº Paulo Mandarino como Assistente Técnico do Setor de Cooperação Científica Superior SCCS, que está a disposição dos estudantes no e também no telefone Página 2 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

4 CONSIDERAÇÕES GERAIS O Programa Ciência sem Fronteiras representa uma iniciativa ímpar no sentido de propiciar oportunidade, aos estudantes brasileiros, de capacitação e qualificação em universidades e centros de investigação de excelência no exterior, na perspectiva da consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira. Neste contexto, Portugal ocupa um espaço importante de opção para o intercâmbio, considerando que as universidades portuguesas apresentam alto nível de qualidade no ensino e pesquisa, com elevada avaliação dos comitês internacionais, tendo-se em conta, ainda, que Brasil e Portugal estão unidos nesse projeto por fatores como língua comum, a sinergia entre os dois países e pelos laços históricos entre as duas nações. É neste cenário, que foi construído esse Guia de Apoio e Orientação para os estudantes brasileiros em Portugal, que aborda os seguintes itens: O estudante antes de sair do Brasil O estudante em Portugal Outras informações úteis Dados sobre Portugal Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 3

5 Antes de sair do Brasil: Antes de viajar, alguns aspectos importantes e imprescindíveis para o preparo da sua viagem. devem ser considerados por alguém que se propõe estar um período de estudos fora do Brasil, de modo a permitir que a sua estadia seja a mais tranquila e proveitosa possível. Ao ser selecionado como bolsista do Programa Ciências sem Fronteiras, o primeiro passo consiste na reunião dos documentos necessários para a obtenção do visto. Documentação necessária: De acordo com as informações obtidas do Serviço de Estrangeiros e Fronteira (SEF) e contidas no site da Embaixada de Portugal no Brasil, os documentos necessários para a obtenção do visto são os seguintes: Requerimento em modelo próprio (formulário fornecido pela Secção Consular no caso dos vistos nacionais); Documento de viagem válido, pelo menos, 3 meses além da validade do visto pretendido; 2 fotografias iguais, tipo passe, a cores e fundo liso, atualizadas e com boas condições de identificação do requerente; Título de transporte que assegure o seu regresso (exceto para vistos de residência que visem reagrupamento familiar e atividade de investigação, docente em estabelecimento de ensino superior ou altamente qualificada); Atestado médico expedido por médico habilitado com CRM legível e assinatura reconhecida em cartório, que comprove que o estudante não padece de nenhuma enfermidade que possa ter repercussões na saúde pública portuguesa, em conformidade com o estabelecido no Regulamento Sanitário Internacional; Seguro médico de viagem; Requerimento para consulta do registo criminal português pelo SEF (para vistos de estada temporária e de residência) - formulário fornecido pelo Posto Consular quando da entrega da restante documentação); Carteira de identidade ou R.G., com validade mínima de 180 dias após a finalização do visto; Certificado de registo criminal do país de origem ou onde o requerente reside há mais de um ano (para vistos de residência e estada temporária); Comprovativo das condições de alojamento; Comprovativo da existência de meios de subsistência (comprovativo de bolsa ou Declaração de rendimentos dos pais ou responsáveis); Comprovativo de matrícula ou Carta de aceitação definitiva da Universidade de destino em Portugal, com endereço, telefone, fax e + Programa de Estudos. A carta deve incluir o nome do estudante, denominação dos estudos a cursar, com datas de início e fim, e, se houver, o número da Universidade no Registro Ministerial correspondente; Página 4 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

6 Diploma acadêmico ou atestado de matrícula no Brasil, devidamente legalizados (via diplomática (Itamaraty); Para menores ou incapazes, autorização de quem exerça o poder paternal ou tutela. IMPORTANTE 1. Todos os pedidos de vistos devem ser instruídos pessoalmente, junto ao Serviço Consular da Embaixada de Portugal ou em um consulado de Portugal mais próximo da área de residência do interessado, ocasião em que será marcada uma entrevista com o representante consular. Deve ser apresentada prova de residência, além dos documentos retro mencionados. 2. O tempo de espera dos vistos é, normalmente, de 45 dias, desde o início à finalização do processo. 3. Os pedidos de vistos acima mencionados, deverão ser apresentados pessoalmente no Consulado da área de residência do requerente. Obtenção do visto: Todos os vistos para estudantes brasileiros devem ser solicitados nas repartições consulares portuguesas no Brasil. Os endereços das repartições consulares portuguesas no Brasil, são listados abaixo: Embaixada de Portugal SES Av. Nações, LT Brasília - DF Tel: Fax: site: Consulado Geral de Portugal no Rio de Janeiro Av. Marechal Câmara, 160 Edifício Orly sala Rio de Janeiro - RJ Tel: Fax: site: Consulado Geral de Portugal em São Paulo Rua Canadá, 324 Jardim América São Paulo SP Tel.: site: Consulado Geral de Portugal em Salvador Av.Tancredo Neves, Torre Norte, salas 109 a 113 Edf. Salvador Trade Center Salvador - BA Telefone / Fax Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 5

7 Consulado de Portugal em Belo Horizonte Av Álvares Cabral º andar Belo Horizonte - MG Tel: Fax: site: Vice Consulado de Portugal em Belém Av. Generalíssimo Deodoro, 1683 salas 401 e Belém - PA Tel: ou fax: site: Vice Consulado de Portugal em Curitiba Rua Visconde do Rio Branco, º andar Curitiba - PR Tel: Fax: Vice Consulado de Portugal em Porto Alegre Rua Prof. Annes Dias, º andar Porto Alegre - RS Tel: fax: Vice Consulado de Portugal no Recife Av. Domingos Ferreira, º andar Recife - PE Tel: /1514 Fax: /1514 site: Seguro médico de viagem: Em qualquer viagem internacional há obrigatoriedade de um seguro médico de viagem, cujo comprovante poderá ser exigido no momento da sua entrada no país. Entretanto, no tocante ao seguro médico, cabe ressaltar que está contemplado nos benefícios concedidos aos bolsistas. Neste sentido, é importante que o estudante verifique junto à sua Universidade no Brasil e ao Programa Ciência sem Fronteiras, sobre a natureza desse seguro, qual a cobertura, validade e renovação e, ainda, quais as condições de utilização, de modo a saber como proceder quando chegar à Portugal. Adicionalmente, o Acordo de Segurança Social / Seguridade Social entre Brasil e Portugal proporciona, entre outros benefícios, proteção na área da saúde aos cidadãos brasileiros em Portugal, e aos cidadãos portugueses no Brasil e, para ter acesso a este acordo, e poder utilizar a assistência médico-hospitalar (regular ou em situação de emergência), incluindo a aquisição de medicamentos, o estudante deve solicitar, antes de viajar, o formulário Portugal-Brasil modelo 4 (PB-4) que é emitido pelo Ministério da Saúde do Brasil, junto às secretarias, ou delegacias de saúde de sua cidade. Página 6 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

8 Por outro lado, quando já estiver em Portugal, também existem mecanismos que oferecem suporte assistencial aos estudantes estrangeiros. Neste sentido, os alunos da Universidade do Porto têm direito ao atendimento médico gratuito, sendo necessário marcar antecipadamente e levar o cartão de estudante ou equivalente para a consulta. Os serviços médicos disponíveis são: Clínica Geral, Medicina Interna, Cardiologia, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Traumatologia (Ortopedia e Fisioterapia) e Serviços de Enfermagem. A marcação deve ser efetuada através do Serviço de Cooperação com Países Lusófonos e Latino-Americanos (SCPLLA), havendo necessidade da apresentação do PB-4, bem como, inscrição no Centro de Saúde da área de residência do estudante. Neste contexto, em todas as consultas e exames realizados paga-se uma taxa moderadora, ressaltando que grávidas e doadores de sangue são isentos. Além disso, as receitas emitidas pelos médicos do Sistema Nacional de Saúde dão direito de até 100% de desconto, dependendo do medicamento. Em caso de emergência, dispõe-se de atendimento através do número gratuito, 112. Um aspecto importante a considerar é a exigência de atestado de vacinação contra o tétano e a hepatite B, para matrícula nas instituições de ensino em Portugal, sendo conveniente que o atestado seja, previamente, adquirido no Brasil. Procura de alojamento: Entre os vários benefícios conferidos pela maioria das bolsas do Programa Ciências sem Fronteiras, inclui-se o auxílio instalação. Dependendo do local onde vá estudar, o estudante pode pleitear alojamento nas chamadas residências universitárias que, estão disponíveis para candidatura em algumas universidades, nomeadamente, Universidades do Porto e de Coimbra. Na Universidade do Porto, o órgão responsável pelas residências universitárias é o Serviço de Ação Social - SASUP no Porto (www.sas.up.pt) e SASUC em Coimbra (www.uc.pt/sasuc) tel É importante dizer que, para conseguir um lugar em uma das residências universitárias o estudante (mestrado ou doutorado) deve solicitar ao seu orientador ou coordenador do curso na faculdade à qual está vinculado que faça uma carta solicitando Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 7

9 uma vaga na residência, esclarecendo o curso (mestrado ou doutorado), faculdade, data de chegada e período pretendido. Normalmente o pedido é válido por 1 ano, podendo ser renovado com a confirmação de matrícula. Em geral existem filas de espera, por isso é interessante solicitar alguns meses antes de vir para Portugal. No caso de ser aluno de graduação, o estudante deve contactar a pessoa responsável pela sua vinda para cá, que é quem deve fazer a solicitação. Normalmente, por ocasião do preenchimento da ficha de inscrição no programa de mobilidade, é perguntado se pretende conseguir alojamento, porém, como as vagas são limitadas e abrangem estudantes portugueses e estrangeiros, pode ser difícil de conseguir. O valor do aluguel nas Residências Universitárias é variável, porém, em média, os preços correspondem aos valores mensais: Quarto para mestrado e doutorado (solteiro, individual) fica por 155,00 a 180,00. Quarto para estudantes de graduação ronda os 130,00. Os valores têm despesas (luz, água, internet) incluídos. Alguns dormitórios possuem banheiros privativos, em outros é compartilhado. Além disso, é feita limpeza semanal, com troca de roupas de cama e, ainda, algumas residências dispõem de sala de TV e cozinha. Na Universidade de Coimbra, o preço do alojamento equivale a cerca de 75,00 Euros e inclui roupa de cama; água, luz, gás e Internet. Além disso, existe, ainda, a Sociedade Promotora de Residências Universitárias (SPRU) que promove em Portugal um conceito inovador de alojamento universitário com prestação integrada de serviços que se distingue em muito da oferta congénere existente no mercado, incluindo os quartos alugados em casas particulares, cujos preços mensais variam entre 380 (quarto individual com WC compartilhado), 490 (quarto individual com WC privativo) e 650 (apartamento para 2 pessoas). Na SPRU, o prazo para candidaturas foi no período de 15 de Maio a 31 de Julho de Após este prazo, as candidaturas são ainda aceitas ficando em princípio em lista de espera, exceto no caso de ainda existirem vagas. O processo de candidatura consta dos seguintes passos: a. Preenchimento e entrega do Formulário de Candidatura. O formulário encontra-se disponível na residência ou pode ser descarregado através do site na Internet. b. Entrevista com a Direção da Residência. Até 10 dias úteis após a recepção do formulário e caso o candidato cumpra os requisitos mínimos, é marcada uma Página 8 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

10 entrevista com a Direção da Residência e que servirá para complementar a informação do candidato sobre a residência e o seu modo de funcionamento. c. Comunicação da decisão. Até 5 dias úteis após a realização da entrevista, a Diretora da Residência comunica ao candidato, por qualquer meio, a decisão sobre a sua admissão, ou seja: se foi aceito, incluído na lista de espera ou não aceito. Contatos da SPRU: Rua dos Sapateiros nº 12, Lisboa Tel. (351) Fax. (351) Interface de Campanhã Rua do Monte da Estação - Porta B Porto Telefone: (351) ; Fax: (351) Em Lisboa existem algumas opções, entre elas, a Residência Universitária e Centro Cultural Montes Claros, cujo site é e a candidatura é feita on-line através do ou ainda nos telefones Tel Fax Outra opção é a Fundação Cidade de Lisboa que pode ser contactada através do site Para aqueles que não conseguem vaga nas Residências Universitárias, resta procurar um apartamento ou alojamento de estudantes (são mobiliados). O valor do aluguel de um apartamento depende muito da tipologia (T0, T1, etc), da localização, do estado de conservação e da qualidade da mobília e eletrodomésticos. O preço médio de um T0 (cozinha + sala conjugados) ronda os 300,00. Um T1 (apartamento de 1 dormitório) fica entre os 350,00 a 400,00. Um T2, de 400,00 a 600,00, e um T3, entre os 600,00 a 800,00. Os valores aqui citados dizem respeito somente ao aluguel. Ainda há de se pensar nas contas de água, gás, luz e internet. O gasto mensal de água equivalente a uma pessoa gira em torno dos 10. A luz fica em torno de 20,00, mas pode ser mais elevada no inverno, dependendo do uso do aquecedor. A botija de gás custa cerca de 13,50, e a internet 20,00. Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 9

11 Uma outra opção interessante é alugar um quarto dentro de um apartamento ou de uma casa. Pode ser um quarto individual ou não, com ou sem banheiro privativo. O mais comum é você encontrar outros estudantes, portugueses ou de outras nacionalidades, morando nos outros dormitórios da casa. Também é comum encontrar quartos em casas de pessoas idosas. Cabe dizer, ainda, que existem inúmeros anúncios nas dependências e nas proximidades das Universidades sobre aluguel de alojamentos para estudantes. Além disso, estão listados abaixo, alguns endereços de imobiliárias. Lisboa: BELOURA OFFICE PARK Edíficio 3, Piso 1 - Escritório 5 Quinta Beloura Sintra Telefone: Fax: Porto: Edifício Tower Plaza 5º C e D, Via Engº Edgar Cardoso Vila Nova de Gaia - Porto Telefone: Fax: BIGCASA Rua Dr. Acúrcio Lopes, Alvaiázere Estudar em Portugal características especificas do ensino : É importante explicitar para o estudante brasileiro a existência de especificidades do ensino português, dentre as quais ressaltam-se: As notas das disciplinas são de 0 20 valores, sendo que o mínimo para obter aprovação corresponde a 10 valores. O ano letivo inicia depois do verão europeu, no mês de setembro e termina em julho do ano seguinte. O primeiro semestre vai de setembro a fevereiro e o segundo, de março a julho. Página 10 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

12 Existem três períodos de férias: duas semanas entre o Natal (24/12) e o dia de Santo Reis (06/01), durante a Semana Santa e as férias de verão, geralmente de 15 de julho a 31 de agosto. Os exames finais geralmente são feitos no último ou penúltimo mês de aula do semestre, no qual o mês seguinte é disponibilizado para os chamados recursos, possibilidade de melhoria de nota. As médias obtidas no final da graduação, que no Brasil são de 0 a 10 pts, serão convertidas para o modelo português (0 a 20 valores), a fim de calcular o ingresso. É importante realçar para os estudantes de pós-graduação em Portugal, que todos os documentos acadêmicos (histórico escolar, certificados, diplomas, etc) devem ser autenticados em um consulado português no Brasil. Portugal está em plena fase de adaptação e consolidação no Espaço Europeu de Educação Superior, conhecido como Processo de Bolonha, cujo objetivo é a convergência de títulos e dos conteúdos de matérias dos cursos universitários. Abaixo encontram-se listados os links das universidades portuguesas. Universidades portuguesas Universidade Aberta Universidade Autónoma de Lisboa Universidade Católica Portuguesa Universidade da Beira Interior Universidade da Madeira Universidade de Aveiro Universidade de Coimbra Universidade de Évora Universidade de Lisboa Universidade do Algarve Universidade do Minho Universidade do Porto Universidade dos Açores Universidade Fernando Pessoa Universidade Internacional Lisboa Universidade Lusíada Universidade Lusofona Universidade Moderna Universidade Nova de Lisboa Universidade Portucalense Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro UTAD Universidade Técnica de Lisboa Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 11

13 A chegada em território português: Portugal dispõe de dois aeroportos para os vôos Brasil-Portugal-Brasil são os aeroportos de Lisboa e do Porto. Ambos são servidos por ônibus, táxis e metrô, sem maiores dificuldades para a circulação até a área de residência. Quando da entrada em Portugal, torna-se necessária a apresentação às autoridades fronteiriças portuguesas de passaporte com visto válido. Os estudantes com visto de 90 dias têm que, obrigatoriamente, ir ao SEF para trocar o visto por autorização de residência. Assim, se for necessário renovar o período de permanência, o estudante deverá fazer um agendamento prévio, que poderá ser on line antes de dirigir-se ao SEF. É importante ter a devida atenção com a renovação do visto que deve ser tratada com, pelo menos, um mês antes do seu término. Se não fizer isto, ficará em situação ilegal, e estará sujeito ao pagamento de multa (coima). Para requerer a concessão de Autorização de Residência, o estudante deve apresentar, entr outros, os seguintes documentos: comprovativo de alojamento; documento comprovativo da inscrição em instituição de ensino superior em Portugal documento comprovativo da existência da bolsa de estudos. Os estudantes brasileiros que optarem por entrar em Portugal através de uma fronteira não controlada (de carro, por exemplo), têm que, obrigatoriamente, no prazo de três dias, se dirigir as autoridades para declarar a sua entrada no país, cuja declaração, acompanhada dos documentos acima mencionados, deve ser entregue ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) nos termos estipulados pela lei, ressaltandose que, caso não cumpra estas determinações, fica sujeito ao pagamento de multa. Para além disso, ao chegar em Portugal, e mais precisamente em suas cidades e Universidades, os estudantes devem, o mais cedo possível, dirigir-se aos serviços administrativos e logísticos da sua Universidade, para tomar conhecimento de alguns procedimentos importantes, tais como: Como registrar a sua residência junto ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Como ter acesso ao alojamento, às cantinas universitárias e outros serviços disponibilizados pelas Universidades. Página 12 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

14 Como se orientar nos vários campi universitários, e encontrar o seu coordenador acadêmico. Como fazer o registro nos serviços de informação existentes. Outro ponto importante é que o estudante deve obter, junto à Universidade em Portugal, a carta de aceitação,e a declaração do período de estudos, que deverá enviar à sua Universidade no Brasil, o mais rápido possível. Uma vez em território português, o estudante vai, inevitavelmente, necessitar de alguns procedimentos, que impõem a necessidade de aquisição do N.I.F (Número de Identificação Fiscal ou Número de Contribuinte) que corresponde ao CPF no Brasil. O N.I.F. é adquirido em qualquer Repartição de Finanças, independentemente da área de residência. O pedido é gratuito, sendo que, para essa solicitação, faz-se necessário estar munido de uma identificação (Bilhete de Identidade português ou passaporte brasileiro). Abrir conta bancária: Após a aquisição do N.I.F. outro procedimento importante é a abertura de conta bancária e para abrir uma conta bancária em Portugal, é importante buscar informações sobre quais agências bancárias estão localizadas perto do campus ou da residência. Uma opção, que pode ser considerada é a abertura da conta no Banco do Brasil. O estudante antes de abrir conta, deve consultar a Universidade para ser orientado sobre as melhores condiçoes. A moeda portuguesa, que é o Euro, circula em quase todos os países da União Europeia. Para abrir uma conta bancária, o estudante precisa: N.I.F. Documento de identidade (passaporte); Comprovante de residência; Atestado escolar; Comprovante de renda durante a sua estadia (bolsa) Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 13

15 Com a abertura da conta, você terá direito a um cartão de débito que permitirá a movimentação da conta em agências (em Portugal denomina-se balcão) ou caixas eletrónicas e, ainda, efetuar pagamentos e compras. Outra informação útil diz respeito à loja do cidadão existente em Portugal, que trata-se de uma repartição pública portuguesa que concentra o máximo de serviços públicos e privados possível (inclusive o SEF), de modo a agilizar os processos burocráticos e os tempos perdidos no acesso a esses serviços. Justificativa eleitoral Brasileiros com domicílio eleitoral no exterior Esses brasileiros, cadastrados na 1ª zona eleitoral do exterior têm a obrigação do voto ou da justificativa limitada a eleições presidenciais. Nesse sentido, não votam, nem devem justificar a ausência ao pleito deste ano. Brasileiros com domicílio eleitoral no Brasil Esses eleitores estão obrigados a votar em eleições municipais ou, diante da impossibilidade de comparecer as urnas, a justificar a sua ausência. Para tanto, o cidadão deverá preencher e assinar o Requerimento de Justificativa Eleitoral (disponível no sítio eletrônico e entregá-lo ou enviá-lo pelo correio, diretamente ao cartório da zona Eleitoral em que estiver inscrito no Brasil, cujo endereço pode ser obtido no link (http://www.tse.jus.br/institucional/tribunais-regionais). A justificativa pode ser feita até 60 (sessenta) dias a contar da realização de cada turno do pleito, ou ainda de até 30 (trinta) dias, do retorno do eleitor ao Brasil. Utilização de transportes públicos: A oferta de transporte público nas várias cidades portuguesas traduz-se pela disponibilidade de ônibus, metrô e trem, de modo similar à maioria das capitais europeias. O estudante sediado no Porto dispõe do ANDANTE um bilhete que, quando pago mensalmente, permite andar em todos os ônibus, metrô, bondes elétricos e funicular dentro da zona paga. Página 14 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

16 Os universitários menores de 23 anos (inclusive) podem fazer o Andante Sub- 23. O estudante deve obter um formulário no site que deverá ser preenchido em sua Universidade, o qual junto com o passaporte deve ser apresentado em uma loja Andante, (existem várias lojas, uma das maiores fica na estação Casa da Música). Com a apresentação deste documento, é possível a obtenção de um desconto de até 60% do valor do Andante. Portugal possui uma excelente malha ferroviária, e você pode viajar de trem (aqui chama-se comboio), por quase todo o país, que funciona com excepcional pontualidade. Os horários, as linhas, e os preços podem ser consultados em Os ônibus em Portugal são denominados de autocarros, se forem urbanos e de empresa pública, e camionetas se forem interurbanos ou de empresas particulares. Tal como os trens (comboios) também têm a virtude de serem muito pontuais. As principais cidades portuguesas estão muito bem servidas com as linhas de metrô, que como os trens e os ônibus têm uma denominação diferente, se bem que é apenas a deslocação da sílaba tônica e diz-se metro, e não metrô. Atenção que também cumprem os horários à risca. Listamos abaixo alguns links relativos aos transportes em Portugal: Trens: CARRIS Lisboa) Telefone: Fax: STCP (Porto) Telefone O custo de vida em Portugal despesas mensais: As despesas mensais para um estudante em Portugal, podem variar entre 600 e 1000, consoante o estilo de vida. Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 15

17 No sentido de facilitar o planejamento do estudante, apresentamos alguns exemplos: - o aluguel de um quarto está na faixa de 250 a 350 ; - as refeições nos restaurantes universitários custam entre 150 e 250 mensais: - os passes de transportes públicos para estudantes custam cerca de 30 mensais. Alimentação: Numa pesquisa sobre alimentação, obtivemos os seguintes resultados: O mais barato é sempre comer nas cantinas das faculdades. Na Universidade do Porto, o preço para estudante é 2,50 (pão + sopa + prato do dia + suco + sobremesa) e os pratos do dia se apresentam em quatro opções: carne, vegetariano, dieta e peixe. Os preços para comer fora em geral variam conforme a tabela de valores abaixo: Lanches: entre 2,00 e 4,00 Prato do dia: entre 3,5 e 5,00 Pratos mais requintados: entre 8,00 e 15,00 (é claro que pode-se encontrar restaurantes com preços mais altos!) Lanches em McDonald s: 3,00 a 4,50 Café em um bar: entre 0,50 e 1,00 Pão na padaria: entre 0,10 e 0,15 Telefones: Para telefonar de Portugal para o Brasil, é preciso discar 00 (código internacional) + 55 (código do Brasil) + código da cidade + número de telefone. As chamadas podem ser efetuadas através de cartão telefônico (compra-se em bancas de jornais, ou ainda, após compra de um telefone celular, adquirir uma tarifa especial para as ligações telefônicas para o Brasil. Existem três operadoras de telefonia móvel em Portugal, cada um com as suas vantagens e desvantagens Vodafone, TMN e Optimus. O aparelho chama-se telemóvel, e pode ser adquirido nos sistemas pré, ou pós-pago. É importante estudar bem as tabelas de preço, para ver o que é mais vantajoso. Página 16 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

18 A Embratel oferece o serviço Brasil Direto para fazer ligações desde o exterior para o Brasil. Esse serviço possui um número diferente para cada país do qual a ligação é feita. Em Portugal pode-se discar o número As chamadas a cobrar para o Brasil, com atendimento em português, podem ser feitas de qualquer telefone: público, fixo ou celular (desde que esteja devidamente habilitado para uso fora do país). Abaixo listamos os números telefônicos de utilidade, em Portugal: Número Nacional de Emergência: 112 PSP- Policia de Segurança Pública: GNR- Guarda Nacional Republicana: PSP de Coimbra/ Comando: GNR Coimbra: GNR / BT - Brigada de Trânsito: PSP Faro: PSP Lagos: GNR Albufeira: GNR Faro: / GNR Vilamoura: / GNR / Trânsito: PSP / Comando: GNR Funchal: P.S.P / Comando Metropolitano de Lisboa: GNR de Sintra: GNR / Comando Geral: PSP / Comando Metropolitano do Porto: Tel: PSP / Comando Aveiro: PSP / Comando Beja: PSP / Comando Braga: PSP / Comando Bragança: PSP / Comando Castelo Branco: PSP / Comando Faro: PSP / Comando Guarda: PSP / Comando Leiria: PSP / Comando Portalegre: PSP / Comando Santarém: PSP / Comando Setúbal: PSP / Comando Vila Real: Cartões de Crédito American Express: / Mastercard: Visa: PT Portugal Telecom: 118 (Serviço Informativo Nacional) Optimus: TMN: 1696 Vodafone: Informações sobre Transportes: ACP-Automóvel Clube de Portugal: / Web: Brisa-Auto-Estradas de Portugal: / Web: CP-Comboios de Portugal: / Web: Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 17

19 Sata: / Web: Tap-Portugal: / Web: Rede-Expressos: / Web: Táxis em Faro: (RádioTáxis) Cruz Vermelha Portuguesa: (Urgência) (Hospital) CTT-Correios: Centro de Busca e Salvamento Marítimo: SEF-Serviço de Estrangeiros e Fronteira: (rede fixa) (rede móvel) Associação de estudantes: As associações de estudantes, existentes nas várias universidades, são de grande valia para os novos estudantes, pois orientam, informam e ajudam os recém chegados naquilo que eles necessitam. Como exemplo, temos a APEB (Associação de Estudantes Brasileiros em Coimbra), a BRASUP (Associação de Estudantes Brasileiros da Universidade do Porto) e em Lisboa temos a Federação Académica da Universidade Nova de Lisboa. Correios: Para saber a localização mais próxima de uma estação de correios, busque ajuda na internet. Vá à pesquisa de estações, distrito (corresponde ao Estado no Brasil), Concelho (Cidade), Freguesia (bairro), e faz-se pesquisar, e se obtém a lista completa das estações de correios, com o endereço completo, existentes no seu bairro. Farmácias: Se precisar adquirir algum medicamento, ou algum outro produto vendido em farmácia, para saber o endereço vá a e localize as farmácias nas proximidades, ou ainda, nos fins-de-semana ou feriados, as farmácias de plantão. Consulados do Brasil em Portugal: Os Consulados-Gerais do Brasil em Portugal são repartições públicas do Governo brasileiro, vinculadas ao Ministério das Relações Exteriores, cuja finalidade consiste em prestar informações, orientação e auxílio aos cidadãos brasileiros, nos limites estabelecidos pela legislação brasileira, pela legislação portuguesa e pelos tratados internacionais assinados pelo Brasil. Entre as competências dos Consulados-Gerais do Brasil, estão: Página 18 Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto

20 Proteger os interesses dos cidadãos brasileiros, desde que estejam de acordo com a legislação brasileira e com as leis locais; Prestar auxílio e aconselhamento jurídico para cidadãos desvalidos, sem no entanto poder agir como parte legalmente constituída perante Órgãos locais; Exercer as funções de Notário Público e de oficial de Registro Civil, e, como tal, emitir certidões de nascimento, casamento, óbito, procurações, declarações, etc.; Expedir documentos de viagem (passaportes, etc.); Atuar como órgão alistador militar. Proceder ao alistamento eleitoral em época de eleições presidenciais e conduzir os processos eleitorais em sua jurisdição; Prestar informações relativas ao imposto de renda; Prestar informações relativas à legislação aduaneira e afins; Emitir cédula de identificação consular; Autenticar documentos para que produzam efeitos no Brasil; Expedir certificados e atestados previstos na legislação brasileira; Conceder, de acordo com a legislação brasileira, vistos de entrada para que cidadãos estrangeiros possam ingressar em território nacional. Recomendações importantes. A autoridade consular trabalha com o propósito básico de não permitir que os cidadãos brasileiros em trânsito, residentes ou domiciliados sofram qualquer tipo de discriminação. Todo problema relativo à detenção, prisão ou falecimento de cidadão brasileiro deverá ser imediatamente levado ao conhecimento da autoridade consular brasileira. Os Consulados, entretanto, não podem responsabilizar-se por dívidas e despesas incorridas por brasileiros, nem por sua repatriação (a não ser em casos excepcionais, devidamente autorizados pelo Ministério das Relações Exteriores), e tampouco pela contratação de advogados para eventual defesa de cidadão brasileiro junto a órgãos Setor de Cooperação Científica Superior SCCS Consulado-Geral do Brasil no Porto Página 19

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

ISCET - Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Rua Cedofeita, 285 4050-180 Porto Tel.: 22 2053685 Fax: 22 2053744 E-Mail:

ISCET - Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Rua Cedofeita, 285 4050-180 Porto Tel.: 22 2053685 Fax: 22 2053744 E-Mail: Bem-vindo ao ISCET, ao Porto e a Portugal Informações Gerais Guia do estudante estrangeiro: O instituto ISCET dá-te as boas-vindas e deseja-te uma óptima estadia. Para te proporcionar uma melhor integração,

Leia mais

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Nomeações Estudantes que desejarem fazer intercâmbio, durante a graduação ou a pósgraduação, na Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio

Leia mais

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Erasmus Mundus Action 2 Fellow Mundus @ UAlg Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Visto e Autorização de Residência Todos os bolseiros têm

Leia mais

Certificado do registo criminal (pessoas singulares)

Certificado do registo criminal (pessoas singulares) Certificado do registo criminal (pessoas singulares) 1. Quem pode pedir um certificado do registo criminal? a) O próprio; b) Os ascendentes, relativamente a descendentes menores, ausentes do país ou impossibilitados

Leia mais

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA PRIVADA

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA PRIVADA 300.35.01 Segurança Privada CIRCULAR N.º 7/SP/2014 07-04-2014 ASSUNTO: RECONHECIMENTO E EQUIVALÊNCIA DAS FORMAÇÕES OBTIDAS NO ESTRANGEIRO PARA AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS DE VIGILANTE E DIRETOR DE SEGURANÇA

Leia mais

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR O QUE É INTERCÂMBIO ACADÊMICO? É a ida de estudantes de um país para o outro por um determinado período do ano letivo. O objetivo é estender os estudos da Graduação para outra

Leia mais

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA VISTO PARA TRABALHAR EM PORTUGAL Actividade profissional subordinado ( Artº 30) OU Actividade profissional independente ( Artº 31) Os pedidos de visto devem ser apresentados pelo requerente com uma antecedência

Leia mais

EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR VISTOS DE ESTUDO 2015/16. Informações Gerais:

EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR VISTOS DE ESTUDO 2015/16. Informações Gerais: S. R. EMBAIXADA DE PORTUGAL PRAIA SECÇÃO CONSULAR Fevereiro/2015 VISTOS DE ESTUDO 2015/16 Informações Gerais: Fases do processo 1. Envio de listas com indicação dos candidatos: Enviadas até 10 de Julho;

Leia mais

EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA MANUAL DE CANDIDATURA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA PR 2016 LEI ELEITORAL para o PRESIDENTE DA REPÚBLICA (LEPR) Decreto-Lei nº 319-A/76, de 3 de maio Com as alterações introduzidas pelas pelos seguintes diplomas

Leia mais

2introduz o boletim no envelope

2introduz o boletim no envelope VOTACÃO ":" SECRETARIA ~_I SGMAI GERAL No ato de votação, em condições que garantam o segredo de voto, o eleitor: 1 preenche o boletim de voto e dobra-o em quatro; 2introduz o boletim no envelope branco,

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 O Reitor do Centro Universitário UNA, Prof. Átila Simões da Cunha, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Serviço Público Federal Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa NOTA INFORMATIVA n.º 01/2015 COORDENADORIA DE PROJETOS E PROGRAMAS INTERNACIONAIS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA UNIFESP A da UNIFESP, por sua Coordenadoria de Projetos e Programas Internacionais,

Leia mais

EDITAL N 016/2014 ARII/REITORIA

EDITAL N 016/2014 ARII/REITORIA EDITAL N 016/2014 ARII/REITORIA DISPÕE SOBRE PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBEROAMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. A UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL 07/2014/CAINT/UFOP, DE 22 DE MAIO DE 2014 PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL A (CAINT) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), considerando os convênios específicos de cooperação

Leia mais

Edital N 10/2014 DRI/UFF

Edital N 10/2014 DRI/UFF Edital N 10/2014 DRI/UFF Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense para o segundo semestre de 2015 e primeiro de 2016. A Diretoria de

Leia mais

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1.

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1. Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos Artigo 1.º (Objecto) O presente Protocolo tem por objecto a criação de um mecanismo

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL Tendo em vista a chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 113/2012,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL 05/2015/CAINT/UFOP, DE 27 DE ABRIL DE 2015 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO A (CAINT) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), considerando

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 001/2014. Processo Seletivo

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 001/2014. Processo Seletivo SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2014 Processo Seletivo A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 4696 Diário da República, 1.ª série N.º 151 7 de agosto de 2013 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 252/2013 de 7 de agosto A 2.ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública

Leia mais

Visto de Permanência Temporária

Visto de Permanência Temporária Visto de Permanência Temporária Documentos necessários: Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, com assinatura reconhecida no Notário

Leia mais

REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA

REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA REGIME LEGAL DE ENTRADA E PERMANÊNCIA DE ESTRANGEIROS EM ANGOLA Edição Online e Coordenação Técnica: Icep Portugal/Unidade Conhecimento de Mercado Elaboração: Delegação do Icep Portugal em Luanda Data:

Leia mais

FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL

FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL Sexo FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL 1/9 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (nº SM ) Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra 1. Identificação (nome completo), Nascido em (data:) / /, estado civil: género:

Leia mais

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, R G I com assinatura

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL A Lei de Imigração e Asilo N. 9/2003 de 15 de Outubro (LIA), veio definir

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR COMO PARTICIPAR Um dos aspectos mais importantes da mobilidade internacional é o conhecimento e convivência com outras culturas, sendo uma oportunidade única para sua qualificação através de experiências

Leia mais

Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle!

Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle! Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle! Estamos prontos para acolher cada um de vocês e juntos realizarmos uma excelente formação acadêmica com nossa experiência de mais de 300 anos de educação

Leia mais

A) MATRÍCULA CONSULAR - (PELA PRIMEIRA VEZ, RENOVAR OU ALTERAR DADOS) GRÁTIS.

A) MATRÍCULA CONSULAR - (PELA PRIMEIRA VEZ, RENOVAR OU ALTERAR DADOS) GRÁTIS. A) MATRÍCULA CONSULAR - (PELA PRIMEIRA VEZ, RENOVAR OU ALTERAR DADOS) GRÁTIS. SOMENTE para brasileiros, de qualquer idade e que resida na área de jurisdição do Consulado. A Matrícula Consular NÃO substitui

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública UNICENTRO/CAPES nº 01/2011 Em atendimento a chamada CAPES 01/211 do Programa Ciência sem Fronteiras, a UNICENTRO torna pública a seleção de estudantes de graduação em áreas e temas de estudo

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL PROPEPG Nº 06 de 04 de Junho de 2013 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 A CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação,

Leia mais

VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE

VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE 1 VESTIBULAR 2015 2º SEMESTRE Cursos Habilitações Câmpus Turnos Duração Ciências Biológicas Biomedicina Bacharelado Belo Horizonte Noturno 8 semestres Enfermagem Bacharelado Alfenas Noturno 9 semestres

Leia mais

Apresentação Edital, você Candidato SEJA BEM VINDO! Edital 2010/2

Apresentação  Edital, você Candidato SEJA BEM VINDO! Edital 2010/2 Apresentação Atendendo à demanda dos que buscam um ensino de qualidade, a Faculdade Novo Milênio abre inscrições para o Processo Seletivo 2010/2. A certeza do trabalho que vem desenvolvendo em favor de

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade Meta - FAMETA, Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição a todos

Leia mais

PORTARIA nº 77/2015 - FEG/DTA

PORTARIA nº 77/2015 - FEG/DTA PORTARIA nº 77/2015 - FEG/DTA DISPÕE SOBRE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS DE ENGENHARIAS, FÍSICA (Licenciatura e Bacharelado) e LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE GUARATINGUETÁ

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N 39 - v4.14) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermédio da Diretoria Acadêmica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior IESE A preencher pelos serviços Despacho DSSRES: Data: Índice n.º RD: Data: Selo de registo de entrada na DGES REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior Este formulário destina-se

Leia mais

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado;

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado; VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do requerente, devidamente fundamentada, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Fixação R G I IRO e

Leia mais

EDITAL Nº. 004/2013 - DG VESTIBULAR DE VERÃO 2014

EDITAL Nº. 004/2013 - DG VESTIBULAR DE VERÃO 2014 A Diretora Geral da Faculdade União das Américas, de acordo com o artigo 17 do Regimento Institucional e com base no disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996

Leia mais

Manual de apoio ao Aluno Estrangeiro

Manual de apoio ao Aluno Estrangeiro Universidade Federal da Bahia Instituto de Saúde Coletiva Rua Basílio da Gama, s/nº 1º andar Canela Salvador Bahia - Brasil CEP 40110-040 Telefone: (71) 32837410 Caro Aluno estrangeiro: Manual de apoio

Leia mais

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016.

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Estarão abertas, nos dias 20, 21 e 22/01/2016, as inscrições para

Leia mais

II. Inscrição 3. As inscrições para o Vestibular estarão abertas no período de 6 de janeiro de 2015 a 28 de fevereiro de 2015 e poderão ser feitas:

II. Inscrição 3. As inscrições para o Vestibular estarão abertas no período de 6 de janeiro de 2015 a 28 de fevereiro de 2015 e poderão ser feitas: EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE MEDICINA DO ABC VESTIBULAR AGENDADO 2015 (Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Gestão Hospitalar, Nutrição, S. Ambiental e T. Ocupacional) A Faculdade de Medicina

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N 39 - v4.12) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade Panamericana de Ji Paraná (UNIJIPA), Instituição de Ensino Superior comprometida

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA FIOCRUZ (PRINTE/PG)

PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA FIOCRUZ (PRINTE/PG) 1 PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA (PRINTE/PG) 1. Objetivo Geral Promover a cooperação para a qualificação de estrangeiros de nível superior nas áreas de conhecimento para as quais

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Santander Universidades oferecem aos alunos de graduação de todas as áreas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL EDITAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - TURMA

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO. DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO. DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO DIREITO, ENFERMAGEM e FISIOTERAPIA 1º semestre de 2016 A Diretoria da Faculdade da Saúde e Ecologia Humana, no uso de suas atribuições, e considerando o disposto na legislação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA Tendo em vista a oportunidade propiciada pelo Programa Ciência sem Fronteiras, a Assessoria

Leia mais

EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade FAPAN Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão de qualidade

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. O que é o regime especial de Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI)? O regime de ARI

Leia mais

ÍNDICE 1. CURSO DE PEDAGOGIA - SEGUNDA LICENCIATURA 2. INSCRIÇÕES 3. FORMA DE INGRESSO 4. MATRÍCULA 5. CRONOGRAMA GERAL DAS ATIVIDADES

ÍNDICE 1. CURSO DE PEDAGOGIA - SEGUNDA LICENCIATURA 2. INSCRIÇÕES 3. FORMA DE INGRESSO 4. MATRÍCULA 5. CRONOGRAMA GERAL DAS ATIVIDADES ÍNDICE 1. CURSO DE PEDAGOGIA - SEGUNDA LICENCIATURA 2. INSCRIÇÕES 3. FORMA DE INGRESSO 4. MATRÍCULA 5. CRONOGRAMA GERAL DAS ATIVIDADES 6. ENDEREÇOS E CONTATOS DOS POLOS 5 6 7 8 10 10 2 GUIA DO CANDIDATO

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC EDITAL Nº3/ 2015 DE ABERTURA DE VAGAS PARA BOLSAS DE ESTUDO EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL Nº07/PROP/2013 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO 1. A Pró-Reitoria

Leia mais

RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013

RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013 RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013 Estão abertas as inscrições para seleção de 3 (três) estudantes de graduação (licenciatura/bacharelado)

Leia mais

EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Tratamento Médico, com assinatura R G I reconhecida

Leia mais

EDITAL CEPS 002/2016 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2016/1

EDITAL CEPS 002/2016 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO 2016/1 O Presidente da Comissão de Processo Seletivo Especial Unificado, torna público por meio do presente Edital, que serão

Leia mais

Obrigações Eleitorais

Obrigações Eleitorais Obrigações Eleitorais Votação no Catar Inscrição eleitoral para residentes no Catar Documentação necessária para inscrição eleitoral no Catar Transferência do título de eleitor para o Catar Documentação

Leia mais

Documentação PASSAPORTE

Documentação PASSAPORTE Documentação PASSAPORTE Para emissão de passaporte é necessário entrar no site da Polícia Federal, www.dpf.gov.br e seguir as instruções abaixo: Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há renovação

Leia mais

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro Centro de Pesquisas René Rachou Av. Augusto de Lima, 1715, Barro Preto - Belo Horizonte/Minas Gerais Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro CPqRR - Fiocruz Minas FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ Centro de

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO TRABALHO PRIVILEGIADO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO TRABALHO PRIVILEGIADO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA Vistos de Privilegiado Documentos necessários: Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o visto, com assinatura reconhecida pelo Notário e visado por este Consulado; Formulário

Leia mais

BEM-VINDO AO IZABELA HENDRIX

BEM-VINDO AO IZABELA HENDRIX BEM-VINDO AO IZABELA HENDRIX ESTAR NA VANGUARDA É ESTAR À FRENTE. É APONTAR OS CAMINHOS E SER REFERÊNCIA. O Izabela Hendrix representa a vanguarda na educação, com ações pioneiras que começaram há mais

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Luiz Carlos de Campos Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Annie France Frere Slaets Estarão abertas, no período de 14/04/2014 a 05/05/2014, as

Leia mais

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio 1. Devo matricular-me na UAc mesmo indo para o estrangeiro? 2. Tenho de pagar propinas na UAc? 3. Tenho que pagar propinas na Universidade

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus Sertão, DE 09 DE OUTUBRO DE 2009

PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus Sertão, DE 09 DE OUTUBRO DE 2009 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1

Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 Edital do Processo Seletivo de Transferência entre Faculdades 2014/1 A Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) de São Paulo, sob a responsabilidade do diretor-geral de graduação, professor Luiz

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM Regimento Interno do Curso de Mestrado Acadêmico em Engenharia Mecânica do Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica Este programa de Pós-Graduação

Leia mais

População Estrangeira em Portugal 2006 População Estrangeira em Portugal

População Estrangeira em Portugal 2006 População Estrangeira em Portugal 13 de Dezembro 2007 População Estrangeira em Portugal 2006 População Estrangeira em Portugal A propósito do Dia Internacional dos Migrantes (18 de Dezembro), o Instituto Nacional de Estatística apresenta

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE PRESENCIAL SANTANDER UNIVERSIDADES A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Alagoas

Leia mais

População estrangeira em Portugal modera crescimento

População estrangeira em Portugal modera crescimento As expressões sublinhadas encontram-se explicadas no final do texto População estrangeira em Portugal modera crescimento Em 2002, a população estrangeira com a situação regularizada, estatuto de residente

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL Nº 003/2014 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermediário da Diretoria de

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está

Leia mais

E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Estão abertas as inscrições para seleção de até 10 (dez) estudantes de graduação (licenciatura/bacharelado)

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015 Seleção para o PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA JOVENS

Leia mais

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico)

EDITAL n. 252/2014. 9h30 às 11h30 13h30 às 20h 09/12/2014 UNESC - CENTAC (Central de Atendimento ao Acadêmico) EDITAL n. 252/2014 Dispõe sobre matrícula para os candidatos aprovados no Concurso Vestibular ACAFE Verão/2015, 1º semestre, para os cursos da UNESC a seguir relacionados: Administração Bacharelado (matutino

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando:

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando: EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE, PARA O ANO LETIVO DE 2015. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 005/2011-PRPI

EDITAL Nº 005/2011-PRPI EDITAL Nº 005/2011-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO - COOPERAÇÃO COM PAÍSES LUSÓFONOS E LATINO-AMERICANOS

UNIVERSIDADE DO PORTO - COOPERAÇÃO COM PAÍSES LUSÓFONOS E LATINO-AMERICANOS UNIVERSIDADE DO PORTO - COOPERAÇÃO COM PAÍSES LUSÓFONOS E LATINO-AMERICANOS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA NA UNIVERSIDADE DO PORTO (U. PORTO)

Leia mais

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre Edital do Vestibular 2016-1º Semestre O Reitor do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana Padre Saboia de Medeiros FEI torna pública a abertura do Processo Seletivo para o preenchimento das

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES

PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES A Coordenação de Relações Internacionais do Grupo Tiradentes torna público aos interessados que estarão abertas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 001/ 2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 001/ 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 001/ 2014 SORTEIO PARA ADMISSÃO DE ALUNOS AO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO

Leia mais

EDITAL Nº19/2015, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO 2015/1 - REOPÇÃO DE CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº19/2015, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO 2015/1 - REOPÇÃO DE CURSOS SUPERIORES Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Sertão EDITAL Nº19/2015,

Leia mais

Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas

Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas BASE LEGAL A legislação básica sobre o sistema educacional brasileiro consiste na Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, também chamada de Lei Darcy

Leia mais

Fundo de Apoio a Famílias

Fundo de Apoio a Famílias gari Fundo de Apoio a Famílias Formulário de Candidatura Identificação do Requerente: Freguesia: N.º de Processo: Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Aveiro Informação de Caráter Confidencial Sexo

Leia mais