8º ANO CP-03 indevidamente pronome de tratamento correta exceto pronome de tratamento corretamente incorreta pronomes de tratamento correta exceto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "8º ANO CP-03 indevidamente pronome de tratamento correta exceto pronome de tratamento corretamente incorreta pronomes de tratamento correta exceto"

Transcrição

1 8º ANO CP-03 01) Numa das frases, está usado indevidamente um pronome de tratamento. Assinale-a. a) Os Reitores das Universidades recebem o título de Vossa Magnificência. b) Sua Excelência, o Senhor Ministro, não compareceu à reunião. c) Sua Eminência, o Papa Francisco, assistiu à solenidade entusiasmado. d) Procurei o chefe da repartição, mas Sua Senhoria se recusou a ouvir as minhas explicações. 02) A forma de tratamento para se escrever uma carta está correta em todas as alternativas, exceto. a) Senhor Coronel, soube que Vossa Senhoria irá se encontrar com o Ministro do Exército na próxima semana. b) Senhor Prefeito, pergunto se Vossa Excelência pretende concorrer à reeleição no próximo ano. c) Excelentíssimo Senhor Presidente, o discurso que Vossa Excelência proferiu nesta cidade comoveu os que procuram trabalho. d) Senhor Ministro, Vossa Senhoria conseguirá verbas suficientes para melhorar a educação no país? 03) Em apenas uma alternativa o pronome de tratamento está empregado corretamente. Assinale-a. a) Sua Excelência sabe que há muitos desempregados no país, por isso pedimos especial atenção ao fato. (um empresário se dirigindo ao presidente da República) b) Vossa Reverendíssima pode ouvir minha confissão agora? (uma criança solicitando ao sacerdote a confissão) c) Vossa Excelência viajará no próximo feriado. (secretária do prefeito conversando com uma amiga) d) Sua Excelência, o imperador de Roma, visitará, amanhã, algumas das regiões mais pobres do país. (informação de seu porta-voz) 04) A forma de tratamento está incorreta em qual alternativa? a) Senhor Prefeito, queremos saber se Sua Excelência estará presente na Festa da Primavera. b) Vossa Reverendíssima conhece os livros religiosos publicados em 2013 por nossa editora? c) Senhor Prefeito, queremos saber se Vossa Excelência estará presente na Festa da Primavera. d) Prezado Vicente, aviso-o de que Sua Senhoria, o Major Mello, chegará às 18 horas. 05) A função sintática dos pronomes de tratamento nas frases abaixo está correta em todas as alternativas, exceto. a) Convidamos os senhores a visitar o novo departamento da loja. (complemento verbal) b) Sabe com que você está falando, sujeito? (sujeito) c) Senhor, como chegar ao centro da cidade? (vocativo) d) Eu sou o excelentíssimo senhor prefeito João da Cruz. (predicativo do sujeito) Centro Educacional Professor Ruy Azevedo Avenida Getúlio Vargas 243/253 Centro Santo Antônio de Pádua RJ CEP: Tel.: (22)

2 Leia o poema abaixo: Um anjo dorme aqui; na aurora apenas, Disse adeus ao brilhar das açucenas Sem ter da vida alevantado o véu. Rosa tocada do mel cruel Cedo finou-se e no infantil sorriso Passou do berço pra brincar no céu! Casimiro de Abreu 06) O tema do texto é: a) A alegria de uma criança b) O nascimento de uma criança c) A morte de uma criança d) A felicidade de uma criança Velhas Árvores Olha estas velhas árvores, mais belas Do que as árvores novas, mais amigas: Tanto mais belas quanto mais antigas, Vencedoras da idade e das procelas... O homem, a fera, e o inseto, à sombra delas Vivem, livres de fomes e fadigas; E em seus galhos abrigam-se as cantigas E os amores das aves tagarelas. Não choremos, amigo, a mocidade! Envelheçamos rindo! envelheçamos Como as árvores fortes envelhecem: Na glória da alegria e da bondade, Agasalhando os pássaros nos ramos, Dando sombra e consolo aos que padecem! 07)O autor, num tom didático, ensina-nos que: a) todas as árvores são igualmente belas e amigas b) a velhice não deve ser encarada como um declínio triste. c) na velhice encontramos belezas maiores do que na mocidade. d) homens, animais, feras necessitam de constante proteção. Olavo Bilac, in "Poesias" 08) Pode-se justificar a resposta ao item anterior com a frase: a) A juventude é, por natureza, egoísta., b) Só quando envelhecemos é que nosso coração se enche de bondade. c) Os homens precisam sempre um dos outros. d) A velhice guarda também suas belezas 09) O autor vê a natureza a) repleta de belezas que só vemos na velhice. b) como um grande exemplo de ensinamentos. c) como um cenário, que é exemplo divino de bondade. d) exuberante, aconchegante e gloriosa 10)Todo o segundo quarteto do soneto de Bilac enfatiza a) abrigo, acolhimento e proteção b) jovialidade, exuberância e euforia c) tristeza, padecimento e miséria d) resignação, autoproteção e sobrevivência

3 11)One of the sentences below is incorrect. Mark it. a) Helen does exercises at least twice a week. b) Does Mark study hard for his tests? c) Mark does study hard for his tests. d) Does Helen does exercises every day? 12) Match questions and answers: a) Does it rain a lot here? ( ) No, she doesn t. b) Do you work in sales? ( ) Yes, I do. c) Does she eat junk food every day? ( ) Yes, it does. d) Do we have any free time today? ( ) No, they don t. e) Do they want to come in? ( ) No, wedon t. a) c b a d e b) a b c d e c) c b a e d d) c e a b d 13) In which of the following sentences are all the verbs correctly written? a) coming, haveing, sking, stoping. b) coming, having, skiing, stoping c) studing, playing, beginning, listening d) dyeing, ageing, lying, dying 14) Qual os significados das palavras em destaque? Doctors say that food has to be colorful. We need to live in a peaceful world. a) Preventivas, colorido. b) Coloridas, tranquilo. c) Cuidadosa, calma. d) Envelhecidas, tranquila. 15) Assinale a alternativa correta que preenche cada lacuna: That hasperfectharmony. a) Musics; b) Song; c) Piecesofmusic; d) Songs;

4 Lee la niñeta y haz lo que se pide. TEXTO I 16) Marca la opción incorrecta: a) La escena ocurrió en una calle. b)un señor hizo un graffiti en un muro. c) Las onamatopeyas son de ruído de choques entre autos. d)un señor detuvo al pintor.. 17)? Qué provoca el humor de la viñeta? a) Atrapan a um infractor que ya es adulto. b) Las letras de las onomatopeyas son grandes. c)los personajes aparecen en umriconcito de la viñeta. d) El señor estaria haciendo ruído de outramanra, escribiendo las onomatopeyas. TEXTO II

5 18) Qué podría decir el guardia en esta foto? a) No practique deportes. b) No de de comer a los animales. c) No pise en el césped. d) No tire basura en el suelo. 19) El infractor cometió el delito, porque: a) Es un gran hombre. b) Estaba mirando a una mujer. c) La placa estaba cerca y para leerla tuvo que aislarse. d) La placa estaba lejos y para leerla tuvo que acercarce 20) Marca la alternativa que se caracteriza en una prohibición poco probable: a) En las calles no debemos jugar la basura. b) Puedes ahogarse, entonces no nades en ese lago. c) El agua está contaminada, no bebas de esta fuente. d) No practiques deporte en la cancha. Pueden romper las ramas de los árboles del parque. 21)Dados os polinômios; A= 2x + 5y + 1 B = 3y 7y 8 C = 12x y Qual é o valor de A B C? a)7x + 7y 7 b) -3x +3y + 9 c) 3x 3y 9 d) 17x 9y ) Identifique o polinômio que pode ser chamado de trinômio. a)5a³ - 3a 7 2 7a³ + a a b) 7x³y + 4xy³ - 8x³y + 7x³y 4xy³ c) a²x 5 ay 5 a 4 z + ay 5 a²x 5 a 4 z az 5 d) bxz + xy 3xy 23) Encontre o polinômio de acordo com as dicas. Ele é do 2º grau e não é completo. Um dos termos é 4x². Tem apenas uma variável. Um dos termos tem o coeficiente igual a 8. a)4x² - 6xy + 8 b) 4x² -8 c) 4x² + 8xy 8 d) 4x² - 8y

6 24) Qual é o número real representado pela letra x que torna verdadeira a igualdade 7x [5x + 3 (2x + 1) 10] = - (-x + 3)? a) 11 2 b) c) 3 11 d) ) Observe o retângulo a seguir. x 3 2x + 1 A expressão algébrica mais simples que determina o perímetro desse retângulo é: a)6x 4 b) 4x 6 c) 4x² + x 3 d) x ) Sobre Arthur Bispo do Rosário, artista sergipano, só não se pode afirmar que: a) Criou um universo lúdico de bordados, assemblages, estandartes e objetos durante os mais obscuros períodos da psiquiatria época dos eletrochoques, lobotomias e tratamentos violentos aplicados para o controle de crises. b) Quando as crises de loucura se apresentavam no artista, ele pedia para um enfermeiro de sua confiança trancafiá-lo, passando o cadeado pelo lado de fora da cela. E ali permanecia, às vezes por meses seguidos. Não aceitava refeições, passava fome: Vou secar pra virar santo, prometia. Nessas fases de isolamento, o artista não produzia quase nada. c) Na falta de material, Bispo desfiava o próprio uniforme azul do manicômio. Desfazia a veste e aproveitava fio por fio. Foi assim que começou a cerzir o Manto da apresentação, espécie de mortalha sagrada que bordaria durante toda a vida, para vestir no dia do Juízo Final, na data da sua passagem. d) Bordados no manto estão os nomes das pessoas que ele julgava merecedoras de subir aos céus mulheres, em sua esmagadora maioria. O pano de fundo é um cobertor avermelhado do hospício, onde inscreveu minúsculos registros, representações dos mais variados objetos: tabuleiro de xadrez, dado, mesa de sinuca, avião, números, palavras e muito mais. Ele utilizou a mesma técnica de bordados nos estandartes: lençóis e cobertores da Colônia Psiquiátrica, bordados à mão, com as linhas dos uniformes. Não à toa o azul se destaca nesses panos estampados com navios, bandeiras e palavras, sempre palavras.

7 27)Das obras abaixo, indique a que não pertence a Bispo do Rosário: A) B) C)

8 D) 28)A peça Fonte, criada pelo artista francês Marcel Duchamp, foi apresentada em Nova Iorque, em A transformação de um urinol em obra de arte representou, entre outras coisas: a) a alteração do sentido de um objeto do cotidiano e uma crítica às convenções artísticas então vigentes. b) a crítica à vulgarização da arte e a ironia diante das vanguardas artísticas do final do século XIX. c) o esforço de tirar a arte dos espaços públicos e a insistência de que ela só podia existir na intimidade. d) o fim da verdadeira arte, do conceito de beleza e importância social da produção artística. 29) Leia o texto abaixo, referente a uma receita para se fazer um poema: Pegue um jornal. Pegue a tesoura. Escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema. Recorte o artigo. Recorte em seguida com atenção algumas palavras que formam esse artigo e meta-as num saco. Agite suavemente. Tire em seguida cada pedaço um após o outro. Copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco.

9 O poema se parecerá com você. E ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público. TZARA, Tristan. In: TELES, Gilberto Mendonça. Vanguarda européia e modernismo brasileiro. 9. ed. Petrópolis: Vozes, p.132. Essa teoria poética, que tende para o mais completo anarquismo, foi amplamente abraçada por Marcel Duchamp. Ela representa uma plataforma do: a) Cubismo b) Expressionismo c) Dadaísmo d) Surrealismo 30) Observe as imagens a seguir: Mona Lisa ou La Gioconda, Leonardo da Vinci,

10 Reprodução de L.H.O.O.Q. Marcel Duchamp, 1919 Considere as seguintes afirmativas: I.Duchamp não reverencia o modelo Renascentista e, sim, brinca com o que énobre e cultuado. Aproveita o pronto, fazendo alterações que dão humor e ousadia, conhecido como Ready-made. II. A arte do século passado pede por inovações, por transgressões, pois as guerras que assolam o mundo neste período geram um sentimento de enorme descrença perante a humanidade, observada na releitura irônica de Duchamp. III. Mona Lisa significou uma ruptura profunda com os modelos do passado; antes dela, as pinturas eram afrescos, personagens bíblicos, míticos ou nobres idealizados; bem como é irreverente sua reprodução do século XX. IV. Prega o racionalismo nas imagens, ambas são encaradas como um produto, como um objeto útil e atitude científica, expressão puramente ótica. A partir da observação das imagens e do conhecimento sobre o assunto, assinale a alternativa que contenha todas as afirmativas corretas: a) I e II. b) I e III. c)i, II e III. d) II, III e IV.

11 31) Escreva, dentro dos parênteses das frases abaixo, o seguinte código: (B) se a frase se relacionar mais com a Biologia; (F) se a frase se relacionar mais com a Física; (Q) se a frase se relacionar mais com a Química. a) ( ) A matéria não desaparece, transforma-se em outras. b) ( ) podemos obter energia durante essas transformações. c) ( ) Os alimentos que você ingere possuem proteínas, carboidratos, gorduras. d) ( ) Viram a luz, o relâmpago. e) ( ) Depois que um corpo perde a vida, a sua matéria orgânica decompõe-se em outros materiais... f) ( ) uma caixa de fogos e vocês passaram a noite a queimá-los. g) ( ) uma modalidade de energia pode ser convertida em outra com certa facilidade. a) Q, F, B, F, B, Q, F b) F, Q, B, F, B, Q, F c) F, Q, B, F, B, F, Q d) F, F, B, F, B, Q, F 32) Uma rocha cúbica tem uma aresta medindo 30 metros. Qual é o seu volume em litros? a) 271 b) l c) l d) l 33) Uma caixa de água mede 1,80 de comprimento, 1,70 m de largura e meio metro de altura. Qual o volume? a) 4, m³ b) 4,95 m³ c) 4,45 m³ d) 4,59 m³ 34) Marque a alternativa que indica o estado físico da matéria, respectivamente a) Sólido líquido gasoso b) Gasoso sólido líquido c) Líquido sólido gasoso d) Gasoso líquido sólido

12 35) Os estados físicos da matéria caracterizam-se pelo grau de organização de suas moléculas. Com base neste conhecimento, complete as frases seguintes (utilizando uma das palavras entre parênteses) de modo a obter afirmações verdadeiras. Marque a alternativa correspondente: A - A agitação dos corpúsculos é (maior/menor) nos líquidos do que nos gases. B - Num gás, os corpúsculos movem-se com (grande/pequena) liberdade. C - Nos líquidos a liberdade de movimento é (maior/menor) do que nos gases. D - Nos sólidos a organização corpuscular é (grande/pequena). a) Menor grande menor - grande b) Maior pequena maior pequena c) Menor pequena menor grande d) Maior grande maior - pequena Leia o texto abaixo: Evitando a gravidez na adolescência O cochicho se espalha pela escola. É verdade, ela está grávida mesmo? De quem? Com essas interrogações, volta à tona um velho dilema a gravidez na adolescência. Antigamente, quando pintava a primeira menstruação, as garotas já iam sendo preparadas para noivar e casar, pulando até a fase do namoro, tão importante como período de descobertas mútuas e não de compromisso formal. Hoje até os termos rolo e ficar evidenciam que a fase pré-namoro foi ampliada e os jovens podem transitar por relacionamentos menos duradouros. Além disso, a primeira menstruação e a primeira ejaculação estão ocorrendo mais cedo do que antigamente, aumentando, portanto, o período de tempo fértil dos adolescentes. Não acompanhando as mudanças sociais, ainda há mães e pais que não conversam com os filhos sobre o que pensam a respeito do sexo. Outro fato evidente é o início cada vez mais cedo das relações sexuais entre os jovens, muitas vezes fruto da empolgação do momento. Esse comportamento nem sempre vem acompanhado de informações sobre o funcionamento do próprio corpo, sobre os métodos anticoncepcionais ou o uso correto desses métodos. No momento em que o adolescente perceber a sua sexualidade como um processo de co-responsabilidade, afeto e comprometimento com o outro, através de informações adequadas, reflexões, mudanças de atitude e conscientização do seu projeto de vida, o cochicho na escola pode acabar. (Disponível em Responda as questões: 36) A modificações morfológicas, funcionais e psicológicas por que as crianças passa para se tornarem adultas constituem a: a) fecundação b) puberdade c) maturidade d) menopausa 37) É incorreto afirmar: a) Conhecer o nosso corpo e como ele funciona nos ajuda a entender melhor como somos e a tomar decisões mais conscientes. b) Óvulos e espermatozoides têm formato muito diferentes entre si. c) O óvulo é uma célula alongada e móvel e o espermatozoide é uma célula esférica. d) O espermatozoide é produzido na hipófise.

13 38) Como é chamada a glândula que ocorre apenas no homem com a função de produzir um líquido leitoso e alcalino que promove o aumento da mobilidade e da fertilidade dos espermatozoides: a) vesícula seminal. b) próstata. c) canal deferente. d) ovário. 39) Estabeleça a correspondência correta entre os termos da coluna I e as afirmações que se seguem. Coluna 1 Coluna 2 1 Ovários. ( ) Neles se produzem os óvulos. 2 Trompa. ( ) Liga-se ao útero no interior e abre-se para o exterior pela vulva. 3 Útero. ( ) É do tamanho de uma pera, oco e de paredes elásticas e é onde se desenvolve o embrião/feto. 4 Vagina. ( ) Onde ocorre a fecundação. a) b) c) d) ) O útero é internamente revestido por um tecido rico em glândulas, em vasos sanguíneos e em vasos linfáticos, chamamos esse tecido de: a) endometriose b) ovidutos c) endométrio d) ovócitos 41) A chamada Segunda Revolução Industrial, ocorrida nas últimas décadas do século XIX, foi caracterizada: a) pela concentração do processo de industrialização na Inglaterra e pela montagem do império colonial britânico. b) pelo desenvolvimento da eletricidade e da siderurgia e pela expansão da industrialização para além do continente europeu. c) pela industrialização e pela formação de Estados nacionais no continente africano, a partir das suas antigas fronteiras culturais e linguísticas. d) pelo equilíbrio de forças entre as antigas colônias europeias e os Estados europeus devido à difusão da industrialização. 42) Brasil, Rússia, Índia e China, constituem um grupo de economias emergentes, que assumiram importância no mercado global. Esses países contribuíram nos últimos cinco anos com mais da metade do crescimento do produto global, ou seja, a soma do que foi produzido nos diferentes setores da economia, ampliando significativamente a participação destes no comércio mundial. Sobre a participação desse grupo de países na economia mundial, pode-se afirmar que: a) Se industrializaram a partir do modelo de substituição de importação, exportando grande parte de suas produções nacionais. b) Se industrializaram a partir do modelo de plataformas de exportação e se transformaram em grandes exportadores de produtos manufaturados. c) se industrializaram a partir do modelo de substituição de importação, passando a produzir internamente o que antes importavam. d) Se industrializaram na segunda metade do século vinte e ficaram conhecidos como plataformas de exportação.

14 43) É possível indicar a indústria como um dos principais agentes de produção do espaço geográfico. Sobre o processo de desenvolvimento das indústrias, assinale a alternativa INCORRETA. a) A Primeira Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra, representou um momento importante, no qual foi intensificada a mecanização e foi introduzida a produção em série. b) A passagem da Primeira para a Segunda Revolução Industrial foi o marco da introdução do petróleo enquanto principal fonte de energia e do desenvolvimento da indústria automobilística. c) A Terceira Revolução Industrial é também chamada de revolução técnico-científica e é marcada pelo desenvolvimento da informática, robótica, telecomunicações e microeletrônica, tendo se iniciado, entre outros países, no Japão. d) A industrialização tardia é característica dos países desenvolvidos, entre eles os EUA e a Inglaterra, que se destacaram no século XX como grandes potências mundiais. 44) A revolução técnico-científica e informacional produzida no século XX, a qual se estende aos nossos dias, trouxe profundas mudanças nos sistemas de produção e nas relações de trabalho que incidem diretamente sobre a organização do espaço geográfico. Acerca das novas formas de relações de trabalho, é possível afirmar, corretamente, que: a) nos países desenvolvidos, com o grande avanço tecnológico, o desemprego foi reduzido e os sindicatos foram fortalecidos, respondendo aos interesses trabalhistas. b) o sistema de flexibilização da produção (modelo toyotista), que acarretou mudanças nas relações de trabalho, aplica-se apenas à indústria japonesa. c) o regime de trabalho permanente nas empresas industriais e de serviços ampliou-se, e foram fortalecidos os direitos sociais dos trabalhadores. d) a terceirização tem sido utilizada pelas empresas como uma das formas de flexibilização das relações de trabalho. 45) No contexto da revolução técnico-científica, governantes e empresas de países desenvolvidos, como Estados Unidos, Canadá, Alemanha, França e Japão, têm estimulado a criação de arranjos territoriais chamados tecnopolos, caracterizados por a) centros tecnológicos de pesquisa e desenvolvimento que apresentam concentração de mão de obra qualificada capaz de gerar novos produtos de alta tecnologia que poderão ser absorvidos pelas indústrias. b) centros tecnológicos de pesquisa e desenvolvimento instalados em fazendas que utilizam ferramentas tradicionais e mão de obra intensiva para realizar estudos que aumentem a produtividade. c) áreas centrais das grandes cidades que apresentam alta concentração de compra e venda de produtos tecnológicos e serviços de manutenção com mão de obra pouco qualificada. d) conjuntos empresariais voltados para a prestação de serviços avançados a distância com o emprego de mão de obra barata adaptada ao uso de sistemas de comunicação e informação. 46)Qual das alternativas abaixo aponta uma das principais injustiças sociais que existiu na época do Absolutismo? a) o rei e os integrantes da Igreja pagavam altos impostos, enquanto o restante da população fica isenta. b) somente os integrantes do clero pagavam impostos. c) enquanto o rei e sua corte vivia no luxo extremo (pago com os impostos), grande parte da população (principalmente camponeses) passava necessidades básicas. d) enquanto o clero vivia no luxo extremo (pago com os impostos), grande parte da população (principalmente burgueses) passava necessidades básicas. 47) Qual das alternativas abaixo define de forma correta o Absolutismo? a) sistema político e administrativo que prevaleceu nos países da Europa entre os séculos XVI e XVIII. Tinha como principal característica a concentração de poderes nas mãos dos reis. b) sistema econômico e político que prevaleceu na França durante toda Idade Média. c) sistema econômico que prevaleceu na Europa na época do Antigo Regime. d) sistema político e administrativo que prevaleceu nos países da Europa e Ásia entre os séculos XI e XV. Tinha como principal característica a concentração de poderes nas mãos dos senhores feudais.

15 48) Sobre a consolidação da Monarquia Francesa podemos afirmar que: a) deveu-se à política de Luís XI; b) foi fruto da desintegração da nobreza feudal, esgotada pela Guerra dos Cem Anos e pelas crises de sucessão dinástica; c)resultou do desenvolvimento de uma burguesia mercantil que apoiou o processo centralização monárquico; d) ocorreu como resultado das vitórias obtidas contra os ingleses. 49) A frase de Luís, L Etatc est moi (o estado sou eu), como definição da natureza do absolutismo monárquico, significava: a) a unidade do poder estatal, civil e religioso, com a criação de uma igreja Francesa (nacional). b)a centralização do poder real e absoluto do monarca na sua pessoa, sem quaisquer limites institucionais reconhecidos. c) a submissão da nobreza feudal pela eliminação de todos os seus privilégios fiscais. d) a superioridade do príncipe em relação a todas as classes sociais, reduzindo a um lugar humilde a burguesia enriquecida. 50) É correto afirmar, em relação ao absolutismo: a) As liberdades individuais e a preservação dos direitos alcançados pelos servos foram características do período absolutista. b) A primeira revolução de caráter burguês e contra o absolutismo ocorreu na França. c) As disputas religiosas e entre igrejas não se relacionavam de forma alguma com as práticas absolutistas. d) Na França os filósofos absolutistas defendiam práticas que ajudavam os Reis a aumentarem ainda mais seus poderes.

6) - D A D A I S M O VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO

6) - D A D A I S M O VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO 6) - D A D A I S M O 1916 VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO DADAISMO Dadaísmo Movimento de contestação artística que recusa todos os modelos plásticos e a própria ideia de arte. Nascido na Suiça,

Leia mais

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas.

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. ENTENDENDO A ADOLESCÊNCIA A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. Ao mesmo tempo, aumentam as responsabilidades

Leia mais

História. Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo

História. Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo Índice Clique sobre tema desejado: A origem dos Estados Nacionais Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI) Idade Média Idade Moderna transição Sociedade

Leia mais

Perpetuando a vida - 1

Perpetuando a vida - 1 A U A UL LA Perpetuando a vida - 1 Atenção Exercícios Lineu chegou radiante à lanchonete. Finalmente tinha recebido a notícia do médico, a notícia que tanto esperava. Em vez do tradicional suco de laranja,

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

FO F RMA M ÇÃ Ç O DA D S S MO M NARQUIAS A NACI C ONAIS França e Inglaterra

FO F RMA M ÇÃ Ç O DA D S S MO M NARQUIAS A NACI C ONAIS França e Inglaterra FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS França e Inglaterra Contexto: Cruzadas O Poder Real Ganha Força Burguesia Renascimentos Comercial e Urbano Aliança Rei-Burguesia versus Senhores Feudais e Igreja Os senhores

Leia mais

O Mundo industrializado no século XIX

O Mundo industrializado no século XIX O Mundo industrializado no século XIX Novas fontes de energia; novos inventos técnicos: Por volta de 1870, deram-se, em alguns países, mudanças importantes na indústria. Na 2ª Revolução Industrial as indústrias

Leia mais

Posso fazer a barba?

Posso fazer a barba? A UU L AL A Posso fazer a barba? Você estudou na Aula 6 as transformações que acontecem durante a puberdade feminina. Agora chegou a hora de falarmos da puberdade masculina. Para os meninos, a puberdade

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O

REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O REVOLUÇÃO FRANCESA Aulas 19 e 20 Pág. 15 P R O F ª C L E I D I V A I N E D A S. R E Z E N D E D I S C. H I S T Ó R I A / 8 º A N O 1 - INTRODÇÃO 1789 a Bastilha (prisão) foi invadida pela população marca

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 3

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 3 Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 3 5 Nome: Data: Unidade 3 1. Relacione as colunas a seguir, que apresentam algumas inovações tecnológicas utilizadas a partir do século X. (a) Moinho de

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE DISCIPLINA: Língua Portuguesa Texto 2 Jovens estão consumindo mais álcool O álcool é a droga mais usada entre jovens com menos de 18 anos. Estudo feito pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

futurismo Filippo Marinetti Oswald de Andrade Anita Malfatti

futurismo Filippo Marinetti Oswald de Andrade Anita Malfatti FUTURISMO O futurismo é um movimento artístico e literário, que surgiu oficialmente em 20 de fevereiro de 1909 com a publicação do Manifesto Futurista, pelo poeta italiano Filippo Marinetti, no jornal

Leia mais

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL Educador: Luciola Santos C. Curricular: História Data: / /2013 Estudante: 7 Ano Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL 7º Ano Cap 1e 2 Feudalismo e Francos Cap 6 Mudanças no feudalismo Cap 7 Fortalecimento

Leia mais

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO 1 - INTRODUÇÃO Séc. XIX consolidação da burguesia: ascensão do proletariado urbano (classe operária) avanço do liberalismo.

Leia mais

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder...

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder... Liberdade, propriedade e exploração. A revolução agrícola e as relações comerciais. Capítulo 1: Item 5 Relações de trabalho nas sociedades indígenas brasileiras e americanas. Escravidão e servidão. Divisão

Leia mais

DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço

DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço DADAÍSMO Formado em 1916 em Zurique por jovens franceses e alemães que, se tivessem permanecido em seus respectivos países, teriam sido convocados para o serviço militar,

Leia mais

(Perry Anderson, Linhagens do Estado absolutista. p. 18 e 39. Adaptado)

(Perry Anderson, Linhagens do Estado absolutista. p. 18 e 39. Adaptado) 1. (Fgv 2014) O paradoxo aparente do absolutismo na Europa ocidental era que ele representava fundamentalmente um aparelho de proteção da propriedade dos privilégios aristocráticos, embora, ao mesmo tempo,

Leia mais

SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA. Sexualidade X Sensualidade

SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA. Sexualidade X Sensualidade SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA A adolescência é uma fase de transição, mudança da infância para a vida adulta. Nesse momento acontecem várias modificações no corpo, surgem várias dúvidas, medo,

Leia mais

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES 1 MÓDULO DE INGLES ASSUNTO: AULA 01 THE SIMPLE PRESENT TENSE Esta aula é composta pelo texto da apostila abaixo e por um link de acesso à AULA VIRTUAL gravada. Estude com atenção o texto antes de acessar

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

INGLÊS. Aula Grátis QUESTIONS AND ANSWERS

INGLÊS. Aula Grátis QUESTIONS AND ANSWERS INGLÊS Aula Grátis QUESTIONS AND ANSWERS Questions in English Todo diálogo necessita de perguntas e respostas. You speak English? Você falar inglês? Está certa essa colocação? Question: (Pergunta:) DO

Leia mais

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009 Questão 01 UFBA - -2009 2ª FASE 2009 Na Época Medieval, tanto no Oriente Médio, quanto no norte da África e na Península Ibérica, muçulmanos e judeus conviviam em relativa paz, fazendo comércio e expressando,

Leia mais

Gabarito oficial preliminar: História

Gabarito oficial preliminar: História 1) Questão 1 Segundo José Bonifácio, o fim do tráfico de escravos significaria uma ameaça à existência do governo porque Geraria uma crise econômica decorrente da diminuição da mão de obra disponível,

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 À procura de solução para a crise: 1787 Luís XVI convocação dos conselheiros para criação de novos impostos Acabar com a isenção fiscal do Primeiro e Segundo Estados CONSEQUÊNCIA

Leia mais

REPRODUÇÃO HUMANA. Profª Fernanda Biazin

REPRODUÇÃO HUMANA. Profª Fernanda Biazin REPRODUÇÃO HUMANA Profª Fernanda Biazin Puberdade: período de transição do desenvolvimento humano, correspondente à passagem da fase da infância para adolescência. Alterações morfológicas e fisiológicas

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 1

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 1 Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 1 5 Nome: Data: Unidade 1 1. Observe as tabelas e responda à questão. CARVÃO ano Grã-Bretanha alemanha estados unidos 1871 117 29 42 1880 147 47 65 1890

Leia mais

Minha filha está ficando uma moça!

Minha filha está ficando uma moça! Minha filha está ficando uma moça! A UU L AL A O que faz as meninas se transformarem em mulheres? O que acontece com seu corpo? Em geral, todos nós, homens e mulheres, somos capazes de lembrar muito bem

Leia mais

ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO

ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO CONTEXTO No final da Idade Média (séculos XIV e XV), ocorreu uma forte centralização política nas mãos dos reis. A burguesia comercial ajudou muito neste processo, pois interessa

Leia mais

SISTEMA GENITAL MASCULINO. Testículos

SISTEMA GENITAL MASCULINO. Testículos SISTEMA GENITAL MASCULINO Testículos - São as gônadas ou glândulas sexuais masculinas. Estes encontram-se alojados numa bolsa de pele, o escroto (saco escrotal); - Na fase embrionária estão dentro da cavidade

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL

ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL O patrimônio cultural de uma comunidade é o conjunto de referências que compõem o seu dia-a-dia e fazem com que ela tenha uma memória e uma história

Leia mais

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS

SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS SIMULADO DO ENEM TESTE SEUS CONHECIMENTOS Simulado do Enem: 1 - Analise as representações cartográficas a seguir: Estas representações são anamorfoses geográficas. Uma anamorfose geográfica representa

Leia mais

Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação CIÊNCIAS DA NATUREZA

Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação CIÊNCIAS DA NATUREZA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

CORREIO CIB INFORMAÇÃO ELETRÔNICA CRIAÇÃO E REDAÇÃO: COSETE RAMOS GEBRIM MENSAGEM AFETIVA

CORREIO CIB INFORMAÇÃO ELETRÔNICA CRIAÇÃO E REDAÇÃO: COSETE RAMOS GEBRIM MENSAGEM AFETIVA CLUBE INTERNACIONAL DE BRASÍLIA CORREIO CIB Nº 47 07 DE OUTUBRO DE 2014 CORREIO CIB INFORMAÇÃO ELETRÔNICA CRIAÇÃO E REDAÇÃO: COSETE RAMOS GEBRIM MENSAGEM AFETIVA QUE DELÍCIA... VOLTAR A SER CRIANÇA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leia mais

SEXUALIDADE &AFECTOS

SEXUALIDADE &AFECTOS SEXUALIDADE &AFECTOS UMA ENERGIA QUE NOS MOTIVA A PROCURAR AMOR, TERNURA, INTIMIDADE CONTACTO, (OMS) A necessidade de estarmos próximos de outras pessoas, de receber e dar carinho, amor, miminhos, beijinhos

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA REVISÃO 1 REVISÃO 2 INTERATIVIDADE SISTEMA SOLAR

CIÊNCIAS DA NATUREZA REVISÃO 1 REVISÃO 2 INTERATIVIDADE SISTEMA SOLAR SISTEMA SOLAR 2 Aula de Revisão 1 Planeta terra Somos todos habitantes do planeta Terra. É nosso dever mantê-lo habitável. 3 Planeta Terra habitável 4 Planeta Terra não habitável 5 Dicas para cuidar melhor

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Sistema de Ensino Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Nome: Turma: Data: 19/9/2009 Valor da prova: 8,0 Nota: Eixo temático

Leia mais

PROJETO ONG PEDRA BRUTA Lapidando talentos: A sexualidade e a integração do grupo para adolescentes.

PROJETO ONG PEDRA BRUTA Lapidando talentos: A sexualidade e a integração do grupo para adolescentes. MARCELA GARCIA MANOCHIO PROJETO ONG PEDRA BRUTA Lapidando talentos: A sexualidade e a integração do grupo para adolescentes. Projeto de Estágio extracurricular em Processos Educativos, desenvolvido para

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 1 1. Objetivos: Ensinar que quando Moisés aproximou-se de Deus, os israelitas estavam com medo. Ensinar que hoje em dia, por causa de Jesus, podemos nos sentir perto de Deus

Leia mais

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / /

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 8ºhist301r ROTEIRO DE ESTUDO RECUPERAÇÃO 2015 8º ano do Ensino Fundamental II HISTÓRIA 1º TRIMESTRE 1. Conteúdos Objetivo 1: Africanos no Brasil (Cap.

Leia mais

5 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: A HISTÓRIA DO LIVRO

5 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: A HISTÓRIA DO LIVRO 5 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: Leia este texto para responder às questões de 1 a 6. A HISTÓRIA DO LIVRO O que você acha que é um livro? Entre os sumérios, por exemplo,

Leia mais

Lindo e Triste Brasil

Lindo e Triste Brasil SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 07 / / 0 II AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA:

Leia mais

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO 1. A TEORIA LIBERAL Os Países pobres são pobres porque não atingiram ainda a eficiência produtiva e o equilíbrio econômico necessário à manutenção de um ciclo de prosperidade

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS Bíblia para crianças apresenta O NASCIMENTO DE JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA 2011/HIST8ANOEXE2-PARC-1ºTRI-I AVALIAÇÃO PARCIAL 1º TRIMESTRE

Leia mais

JAKOBSON, DUCHAMP E O ENSINO DE ARTE

JAKOBSON, DUCHAMP E O ENSINO DE ARTE JAKOBSON, DUCHAMP E O ENSINO DE ARTE Terezinha Losada Resumo: A obra Fonte de Marcel Duchamp é normalmente apontada pela crítica de arte como a síntese e a expressão mais radical da ruptura com a tradição

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. FERNANDO NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS

QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: Bob Davies; Tammy S. O texto bíblico desta história é extraído

Leia mais

1- Unificação dos Estados Nacionais. Centralização do poder

1- Unificação dos Estados Nacionais. Centralização do poder 1- Unificação dos Estados Nacionais Centralização do poder 1.1- Nobreza classe dominante Isenção de impostos; Ocupação de cargos públicos; Altos cargos no exército. 1- Conceito: Sistema de governo que

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA SIMULADO. 4º Simulado - 4º bimestre - 1ª série do Ensino Médio Enem - 2013

ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA SIMULADO. 4º Simulado - 4º bimestre - 1ª série do Ensino Médio Enem - 2013 Prezado Coordenador Pedagógico, 4º Simulado - 4º bimestre - 1ª série do Ensino Médio Enem - 2013 Unidade 6- Pronome 2ª parte Unidade 1- Preposições - Conjunções Unidade 2- Verbos 1ª parte Unidade 3- Verbos

Leia mais

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média.

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média. Questão 1: Leia o trecho abaixo a responda ao que se pede. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE Quando Maomé fixou residência em Yatrib, teve início uma fase decisiva na vida do profeta, em seu empenho

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Onde?

Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Onde? Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Onde? África e Ásia (Neocolonialismo) e América (Imperialismo). Causas

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

Nome Nº Turma Data / /20. Avaliação NS S SB EX

Nome Nº Turma Data / /20. Avaliação NS S SB EX Teste Avaliação Ciências Naturais 9º Ano Nome Nº Turma Data / /20 Classificação Competências Conhecimento Raciocínio Comunicação (Língua Materna) Avaliação NS S SB EX Cotação % Professor(a) Enc. de Educação

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

MAHATMA GANDHI. Cronologia

MAHATMA GANDHI. Cronologia Cronologia 1869 Data de nascimento de Gandhi 1888 1891 Estudou direito em Londres 1893 1914 Período em que viveu na África do Sul 1920 Lutou pelo boicote aos produtos ingleses 1930 Campanhas de desobediência

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII Transformando conhecimentos em valores www.geracaococ.com.br Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE Data: 9/9/2010 PORTUGUÊS

Leia mais

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós:

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós: Visão do MDa Na visão do MDA, é possível à Igreja Local ganhar multidões para Jesus sem deixar de cuidar bem de cada cristão é o modelo de discipulado um a um em ação. O MDA abrange diversos fatores desenvolvidos

Leia mais

Nome: Vão acabar comigo?

Nome: Vão acabar comigo? Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA Ano / Série: 8º Professor(a): JULIANE GALINDO Data: / / 2014 Roteiro de Recuperação Final Nome: Matéria: Interpretação de texto Sujeito e tipos Predicado e tipos Complementos

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Habilidades: Reconhecer os pronomes demonstrativos como marca em relação à posição, ao espaço e ao tempo no texto; Habilidades: Compreender os pronomes

Leia mais

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista A era dos impérios A expansão colonial capitalista O século XIX se destacou pela criação de uma economia global única, caracterizado pelo predomínio do mundo industrializado sobre uma vasta região do planeta.

Leia mais

4ºano. 3º período 1.4 LÍNGUA PORTUGUESA. 30 de agosto de 2013

4ºano. 3º período 1.4 LÍNGUA PORTUGUESA. 30 de agosto de 2013 4ºano 1.4 LÍNGUA PORTUGUESA 3º período 30 de agosto de 2013 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Temario Serie 1. Introducción / Lección 1. Competencias: Gramática: Vocabulario: Las Introducciones. Nombres Tudo bem!

Temario Serie 1. Introducción / Lección 1. Competencias: Gramática: Vocabulario: Las Introducciones. Nombres Tudo bem! Temario Serie 1 Introducción / Lección 1 Introducciones Nombres Tudo bem! Las Introducciones > muito prazer, tudo bem, com licença Vocabulario: com licença por favor obrigado, obrigada muito prazer bom

Leia mais

Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS FELIPE ( 1824 1830 )

Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS FELIPE ( 1824 1830 ) Europa no Século XIX FRANÇA RESTAURAÇÃO DA DINASTIA BOURBON -Após a derrota de Napoleão Bonaparte, restaurou-se a Dinastia Bourbon subiu ao trono o rei Luís XVIII DINASTIA BOURBON LUÍS XVIII CARLOS X LUÍS

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 1 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 1 - I Pronomes pessoais Eu Tu 1 Você 2 / ele/ela A gente 3 Nós Vós 4 Eles/ elas

Leia mais

O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA

O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA O sistema feudal entra em crise com o advento das cidades e a expansão do comércio, somados a outros fatores. 1) Necessidade de moedas, crescimento das cidades

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos.

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos. Atividade extra Fascículo 2 Sociologia Unidade 3 Questão 1 Leia com atenção o texto de Paul Lovejoy sobre escravidão: Enquanto propriedade, os escravos eram bens móveis: o que significa dizer que eles

Leia mais

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014 2014 Visão MDA [Digite o subtítulo do documento] VI [Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento. Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um

Leia mais

UNICAMP REVOLUÇÃO FRANCESA HISTÓRIA GEAL

UNICAMP REVOLUÇÃO FRANCESA HISTÓRIA GEAL 1. (Unicamp 94) Num panfleto publicado em 1789, um dos líderes da Revolução Francesa afirmava: "Devemos formular três perguntas: - O que é Terceiro Estado? Tudo. - O que tem ele sido em nosso sistema político?

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Histórico do livro Menino brinca de boneca?

Histórico do livro Menino brinca de boneca? Histórico do livro Menino brinca de boneca? Menino brinca de boneca? foi lançado em 1990, com grande aceitação de público e crítica, e vem sendo referência de trabalho para profissionais, universidades,

Leia mais

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11)

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) Vivendo a Liturgia Julho/2011 SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) É Importante lembrar que o Sagrado Coração de Jesus é o Padroeiro de nossa Diocese,

Leia mais

Present Simple Exercises

Present Simple Exercises Present Simple Exercises Antes de fazer as atividades, você pode querer ler as dicas dos links abaixo. Nelas você encontra explicações sobre os usos e as conjugações dos verbos no Present Simple. Ø www.bit.ly/psimple1

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA. Por: Rodrigo A. Gaspar

REVOLUÇÃO FRANCESA. Por: Rodrigo A. Gaspar REVOLUÇÃO FRANCESA Por: Rodrigo A. Gaspar REVOLUÇÃO FRANCESA Influência dos valores iluministas Superação do Absolutismo monárquico e da sociedade estratificada Serviu de inspiração para outras revoluções,

Leia mais

Sociedades agrárias africanas: um modelo de sucesso

Sociedades agrárias africanas: um modelo de sucesso Sociedades agrárias africanas: um modelo de sucesso por Por Dentro da África - sexta-feira, novembro 13, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/ciencia/sociedades-agrarias-africanas-um-modelo-de-sucesso

Leia mais

As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista?

As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista? As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista? Navegar era preciso, era Navegar era preciso navegar... Por quê? O que motivou o expansionismo marítimo no século

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES Silvia Eula Muñoz¹ RESUMO Neste artigo pretendo compartilhar os diversos estudos e pesquisas que realizei com orientação do Prof. Me. Erion

Leia mais

Psicologia das multidões

Psicologia das multidões 1 Psicologia das multidões O estudo da Psicologia das multidões ou das Psicologia das massas foi feito pela primeira vez pelo sociólogo francês Gustave Le Bon em 1886. Os fatores que determinam as opiniões

Leia mais

Assunto de Recuperação 2012

Assunto de Recuperação 2012 Assunto de Recuperação 2012 Ensino Fundamental II Português 6º ANO 1. Substantivos biformes e uniformes 2. Conjunções 3. Advérbios 4. Pronomes pessoais e possessivos 5. Pretérito perfeito e imperfeito

Leia mais