Agenda. SOA - Introdução 12/3/2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agenda. SOA - Introdução 12/3/2008"

Transcrição

1 Agenda Necessidade de automação dos processos de negócio. Tecnologias e paradigmas para automação de processos de negócio. Integração de sistemas. BPM e SOA modelo de aplicações compostas. Opções de automação (para todos os bolsos ). Orquestração de processos. Fechamento da disciplina SOA - Introdução SOA Service-oriented Architecture Um estilo de arquitetura de software e negócios Origem do termo: desconhecida Rastreamento mais antigo do termo: 1997 pelo Gartner Group SOA se beneficia por ser um modelo mais maduro que seus antecessores. SOA não é: um produto uma tecnologia uma solução 1

2 SOA - Introdução SOA - Introdução Uma definição razoável: SOA é um arquitetura conceitual de negócios onde a funcionalidade do negócio ou a lógica das aplicações é tornada disponível para usuários SOA, ou consumidores, como serviços reusáveis e compartilhados em uma rede de TI. Marks e Bell Outras definições: Definição de negócios: uma arquitetura orientada a serviços provê a flexibilidade para tratar elementos de processos de negócio e é a base para uma infraestrutura de IT segura e com componentes padronizados (serviços) que podem ser reusados e combinados para endereçar mudanças prioritárias de negócios. IBM Definição mais técnica: uma arquitetura de TI transversal à organização que promove baixo acoplamento, reuso e interoperabilidade entre os sistemas. Bieberstein, Bose, Fiammante, Jones e Shah 2

3 SOA - Introdução O que são serviços? (em SOA, claro!) Serviços são: componentes com interfaces padronizadas (TI) funções de negócio repetíveis (Negócios) artefatos fundamentais da arquitetura ativos da organização Monitoração de performance Relacionamento entre BPM e SOA Processos reusam vários serviços sempre que necessário BPM modela, simula e redesenha processos. A infraestrutura de SOA orquestra os processos de negócio e faz a mediação entre provedores de serviço Implementação de processos Mudanças nos serviços não devem impactar nos processos Serviços são expostos para serem usados em vários processos Fonte: BPM & SOA Together 3

4 Ciclo de vida com BPM e SOA Medir Modelar Ciclo de vida do processo Executar Implementar Negócios Consumo de serviços Descoberta de serviços TI Executar Gerenciar Ciclo de vida do serviço Implementar Arquitetar Possibilita a agilidade do negócio Possibilita a agilidade de TI Princípios do estilo SOA: Modularidade Encapsulamento Baixo acoplamento SOA - Introdução Separação de responsabilidades Capacidade de (re)montar componentes 4

5 SOA - Introdução SOA - Introdução Benefícios para os negócios: Incrementa a agilidade e a capacidade de responder aos negócios Habilidade em transcender fronteiras organizacionais Reduz o tempo de desenvolvimento de produtos Expõe commodities para os processos de negócio Benefícios para a TI: Construir os serviços uma vez e reusá-los frequentemente Os serviços são construídos através de contratos Promove consistência dos processos Permite a localização de funções Padroniza a integração e reduz a complexidade da solução 5

6 SOA - Introdução SOA Questões comuns Mais uma definição para SOA: Um estilo de arquitetura que permite a orquestração de processos de negócio a partir de serviços expostos dos ativos de TI. Por quê as empresas precisam de SOA? Realiza o potencial da TI há muito prometido. Provê para o pessoal não-técnico um entendimento claro sobre o que a TI faz e seu valor intrínseco. Provê para o pessoal técnico um entendimento claro sobre o negócio. SOA auxilia a: Determinar competências centrais (core). Identificar uma estratégia de outsourcing. Definir um plano para reduzir a complexidade da infra estrutura de TI. 6

7 SOA Questões comuns Quais os benefícios para os negócios? Economia ao reusar ativos. Diminui frustrações com a TI. Justifica claramente investimentos em TI. Permite implantações graduais e interativas. Cria um diferenciador de competitividade. SOA Questões comuns Quais as oportunidades que podem ser perdidas se não implementar SOA? Fusões Aquisições Vendas da companhia ou partes dela Renovação de produtos e serviços Mudanças de parceiros Expansões geográficas Ganhos competitivos 7

8 Exercício O que diferencia SOA das iniciativas predecessoras? Elementos da Arquitetura Serviço Provedor de serviço Consumidor de serviço Diretório de serviços (opcional, mas nem tanto) Infraestrutura para troca de informações 8

9 Componentes da Arquitetura Elementos da Arquitetura Consumidor de serviço Diretório de serviços Serviços Acessa Provedor de serviço Processos de negócio obtêm o valor do negócio a partir de coisas diversas, como ativos de software heterogêneos. Serviços descrevem o que as coisas são. Componentes mostram o que as coisas fazem. Artefatos de software definem como as coisas são construídas e implantadas. 9

10 Elementos da Arquitetura Elementos da Arquitetura Soluções de Negócio Blocos de montar (nível de negócios) Recursos corporativos Aplicações legadas Funcionário Cliente Infraestrutura existente Aplicação web Parceiro Pacotes aplicativos Assinantes de serviços Serviços de negócio compostos Serviços de negócio Business Componentes Services (Check balance, Check credit) Serviços terceirizados Ativos de TI Níveis de serviço: Serviço no nível de negócios: mapeia mais proximamente atividades e funções de negócio do mundo real. Serviço no nível de infraestrutura: não contém lógica de negócio mas é necessário para a gerência de serviços no nível de negócios. Outros serviços: Segurança: provê mecanismos de identificação dos consumidores de serviços. Diretório de serviços: provê o registro para descoberta de serviços. 10

11 Processo de negócio Reserva Check out veículo Check in veículo Web services e SOA Processo aluguel de veículo Criar reserva Modificar reserva Componente funcional de veículos Criar reserva Cancelar reserva Modificar reserva Serviços Mostrar reserva Componentes de serviços Componente funcional de clientes Mostrar reserva Componente funcional de taxação Calcular impostos Calcular impostos Componente de segurança Banco de Dados O que é um web service? Um sistema de software identificado por uma URL O que web services oferecem para SOA? Baseados em padrões Independentes de plataforma e tecnologia Amplamente suportados Orientados a mensagens Pode haver SOA sem web services? Sim, tipicamente outras interfaces devem ser suportadas. 11

12 Componentes de Web services Web services e SOA Diretório de serviços (UDDI) Serviços Em suma, web services podem realizar a arquitetura orientada por serviços; mas uma arquitetura orientada a serviços deve oferecer muito mais que web services. Consumidor de serviço Associa (SOAP) Provedor de serviço 12

13 Visões de mercado sobre SOA 13

14 Ciclo de vida Microsoft para SOA Suite BEA Aqualogic para SOA 14

15 Suite WebSphere para SOA Enterprise Service Bus Definição: componente central da arquitetura orientada por serviços. Responsável por: transporte mediação orquestração de serviços Também serve de ponto (gateway) entre sistemas externos. 15

16 Enterprise Service Bus Transporte da informação Abstração sobre prococolos como SOAP over HTTP(S) SOAP over JMS CORBA RMI/IIOP JAX-RPC etc 16

17 Enterprise Service Bus Enterprise Service Bus Mediação Tranformações Validação das mensagens Seleção de contéudo Seleção QoS Roteamento baseado em conteúdo Monitoração Políticas de segurança e gerência Orquestração dos serviços Cordenação e escolha do serviço apropriado Seleção alternativa devido a QoS 17

18 Suite IBM WebSphere para SOA Fonte: IBM 18

19 Transição para SOA Demonstração WebSphere Process Server Tipicamente, a adoção de SOA se dá pelos seguintes estágios: 1. Implementação de web services individuais. 2. Integração orientada por serviços de funções de negócios. 3. Transformação da TI em escala corporativa. 4. Transformação do negócio sob demanda. Fonte: SOA Compass 19

20 Pontos de entrada Habilitando a integração de funções de negócio através da empresa por uma implementação arquitetada. Integrando serviços através de múltiplas aplicações dentro e for a da empresa por um motivo de negócio. Criando serviços a partir de tarefas contidas em aplicações novas ou já existentes. Níveis de adoção de SOA Transformando transversalmente modelos de negócios existentes ou implantando novos modelos de negócio. Transformação do negócio sob demanda. Transformação da TI em escala corporativa. Integração orientada por serviços de funções de negócios. Implementação web services individuais. Fonte: SOA Compass Governança em TI/SOA O que é governança em TI? conjunto de práticas, padrões e relacionamentos; assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização; com a finalidade de: garantir controles efetivos, ampliar os processos de segurança, minimizar os riscos, ampliar o desempenho, otimizar a aplicação de recursos, reduzir os custos, suportar as melhores decisões, alinhar TI aos negócios. Fonte: João R. Peres, FGV 20

21 Governança em TI/SOA Governança em TI/SOA Governança não é gerência! Está acima da gerência. Define práticas padrões e relacionamentos a serem seguidos pela gerência. Deve ser capaz de aferir, mensurar e dirigir. Exemplos de frameworks de governança: CobiT- Control Objectives for Information and related Technology ISO ITIL ISO / ISO Six Sigma Isto pode ser transformar A promessa de SOA em algo como isto! Um monte de serviços Fonte: IBM Rational 21

22 Governança em TI/SOA Governança em TI/SOA Característica Ativos, serviços e processos de negócios são reusados através de toda estrutura organizacional. Processos de negócio e serviços são compostos como subprocessos e subserviços de várias áreas dentro e fora da organização. Dados são expostos e compartilhados em tempo real. Aplicações e infraestrutura são vistas como portifólio de ativos e serviços. Impacta em Segurança, privacidade, integridade e disponibilidade de dados e processos Percepção da companhia A governança em SOA pode contribuir fortemente para a governança em TI. Governança Corporativa Conexões para parceiros e clientes podem ser mais rápidas e dinâmicas. Performance e qualidade Diferentes tamanhos de companhias com diferentes níveis de suporte de TI são conectadas à rede do cliente. Mudar parceiros, fornecedores ou vendedores é mais fácil e pode acontecer com mais frequência. Companhias podem ser integradas em tempo real, isto é, sem ter que parar suas atividades. Maiores níveis de interoperabilidade, eficiência e acurácia Governança em TI Governança em SOA O custo da TI pode ser distribuído através de grupos. Auditoria e metrificação 22

23 Governança em TI/SOA A governança em SOA tem jurisdição sobre negócios e TI. A governança em SOA pode ser definida como o framework para: assegurar as forças e os retornos de SOA; provêr a visibilidade e o controle necessários para assegurar os objetivos de TI; encorajar comportamentos consistentes com a missão, estratégia e valores da organização; balancear riscos versus retorno. Governança em TI/SOA Um framework SOA (IBM) Para cada área de consideração, deve-se definir: Práticas: Como executá-la Quem deve executá-la Como mensurá-la Consequências em ausência de governança. Existem vários outros frameworks para SOA (não padronizados). Um dos mais relevantes: BEA 23

24 Governança em TI/SOA Governança em TI/SOA Áreas de consideração para SOA: Necessidades de negócio da aplicação Investimento em TI Princípios de TI Modelagem de serviço, suprimento e demanda Arquitetura corporativa Fonte: 24

25 Referências Referências Service-Oriented Architecture (SOA): A Planning and Implementation Guide for Business and Technology. Eric Marks, Michael Bell. USA: Wiley, Service-Oriented Architecture (SOA) Compass Business Value, Planning and Enterprise Roadmap. N. Bieberstein, S. Bose, M. Fiammante, K. Jones, R. Shah "BPM and SOA: Better Together", Jasmine Noel "BPM and SOA: Where does one end and the other begin?", Mike Rosen Improve your SOA project plans, Yvonne Balz IT Governance Institute - "Business process management and SOA", Tilak Mitra "Service-oriented architecture: Programming model and product architecture", D. F. Ferguson, M. L. Stockton "Pattern-Oriented Software Architecture A System of Patterns", F. Buschmann, R. Meunier, H. Rohnert, P. Sommerlad, M. Stal. Wiley Press, Hoboken, NJ (1996). DeveloperWorks - BPM - "Business process management enabled by SOA", Christina Lau 25

26 Referências Patterns: Implementing Self-Service in an SOA Environment", C. Sadtler, A. Aggarwal, D. Cotignola, S. Grewal, P. Hood, S. Shrimali, F. Teixeira, IBM Redbooks, January 2006 "Extending the Business Value of SOA Through Business Process Management", BEA White Paper, 2006 SOA for Executives ontent/solutions/soa "BEA AquaLogic BPM Suite - Unleashing the Value in the Way We Work", BEA Product Data Sheet 26

Disciplina: Automação de Processos de Negócio

Disciplina: Automação de Processos de Negócio Disciplina: Automação de Processos de Negócio PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Eros Viggiano Ementa da disciplina Viabilização da otimização de processo através da

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Obtendo Qualidade com SOA

Obtendo Qualidade com SOA Obtendo Qualidade com SOA Daniel Garcia Gerente de Prática BPM/SOA daniel.garcia@kaizen.com.br 11 de Novembro de 2009 Copyright 2009 Kaizen Consultoria e Serviços. All rights reserved Agenda Sobre a Kaizen

Leia mais

INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA

INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA Palestrante: Eduardo José Ribeiro de Castro, MSc. eduardo@quaddract.com.br 25/08/2009 1 Objetivo Geral APL Brasília Capital Digital Desenvolver entre as empresas

Leia mais

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI e Negócio 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

Iniciando um Framework de

Iniciando um Framework de c o l u n a Ricardo Ferreira (ricardo.ferreira@redhat.com): Trabalha na Red Hat do Brasil atuando como Solutions Architect e é especialista em Middleware, SOA e BPM. Com mais de 11 anos de experiência,

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

SOA: Service-oriented architecture

SOA: Service-oriented architecture SOA: Service-oriented architecture Roteiro Breve História O que é Arquitetura de Software? O que é SOA? Serviços Infraestrutura Composição Sua empresa está preparada para SOA? Breve História Uma empresa

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento.

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento. SOA Arquitetura Orientada a Serviços Conceitos e Aplicações Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com/ http://edilms.eti.br Gestão de TI Conceitode SOA SOA - Service OrientedArchitecture (Arquitetura

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Relato de Experiência da ATI-PE WCGE 2010 20/07/2010 1 Introdução 2 Sobre a ATI Agência Estadual de Tecnologia

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Serviço Service Requisitante Consumer Service Serviço Provider Provedor consumidores processos business e processes negócios Coreografia process choreography

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

Service Oriented Architecture (SOA)

Service Oriented Architecture (SOA) São Paulo, 2011 Universidade Paulista (UNIP) Service Oriented Architecture (SOA) Prof. MSc. Vladimir Camelo vladimir.professor@gmail.com 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com 1 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES Rigoleta Dutra Mediano Dias 1, Lívia Aparecida de Oliveira Souza 2 1, 2 CASNAV, MARINHA DO BRASIL, MINISTÉRIO DA DEFESA, BRASIL Resumo: Este

Leia mais

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Apresentação...2 1. Perfil dos Participantes da Pesquisa...3 2. Como as organizações estão adotando o BPM... 4 2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?...

Leia mais

Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial

Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial Sindo V. Dias Antônio C. Mosca Rogério A. Rondini Agenda Cenário do Setor de

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho.

Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho. Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho. AULA 07 - ATPS Prof. Leonardo Ferreira 1 A Estrutura Funcional X Horizontal Visão

Leia mais

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Ciência da Computação Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Agenda Histórico Conceitos básicos Objetivos Visão Geral do Modelo Publicações: Estratégia de

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Gerenciamento de Serviços de TIC ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Agenda O que é serviço de TIC? O que é Qualidade de Serviços de TIC? O que é Gerenciamento de Serviços de TIC? ISO IEC/20.000-2005 ITIL versão

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviço

Arquitetura Orientada a Serviço Arquitetura Orientada a Fabio Perez Marzullo IEEE Body of Knowledge on Services Computing Sponsored by Technical Committee on Services Computing, IEEE Computer Society 1 SOA e Web Services SOA é um modelo

Leia mais

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor.

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor. Módulo 6 Módulo 6 Desenvolvimento do projeto com foco no negócio BPM, Análise e desenvolvimento, Benefícios, Detalhamento da metodologia de modelagem do fluxo de trabalho EPMA. Todos os direitos de cópia

Leia mais

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Governança de TI Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com Governança de TI Ementa: Relacionar a governança de TI com a governança corporativa. Boas práticas

Leia mais

SOA na Prática Ricardo Limonta

SOA na Prática Ricardo Limonta SOA na Prática Ricardo Limonta Arquiteto JEE Objetivo Apresentar os conceitos de Arquiteturas Orientadas a Serviços; Entender a relação entre SOA e a tecnologia Web Services; Implementar SOA com Web Services

Leia mais

Introdução a Arquiteturas ESB I N S T I T U T O D E G E S TÃ O E M T E C N OLOGIA D A I N F OR M A Ç Ã O

Introdução a Arquiteturas ESB I N S T I T U T O D E G E S TÃ O E M T E C N OLOGIA D A I N F OR M A Ç Ã O Introdução a Arquiteturas ESB Uma típica sala de TV Uma TV e um DVD. Uma típica sala de TV em operação Conexão ponto a ponto entre a sala de TV e o DVD. A sala de TV dos seus sonhos Uma TV Digital, sistemas

Leia mais

O desafio de uma visão mais ampla

O desafio de uma visão mais ampla com SAP NetWeaver BPM Descrição de Solução A competição acirrada tem levado as organizações a adotar novas disciplinas de gestão e empregar recursos tecnológicos avançados, a fim de atingir melhores índices

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 14 SOA e ESB Service-Oriented

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS FLORIANO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PERÍODO

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI

Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI Soluções completas em tecnologia Convergência natural entre negócios e TI Abordagem multidisciplinar e equipe especializada em integração tecnológica A dinâmica e as mudanças dos negócios têm tornado a

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços

Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System Definições BPM - Business Process Management BPMN Business Process Modeling Notation BPMS Business Process Management System Erros da Gestão de Processos / BPM 1. Fazer a Gestão sem Automação Desenho,

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES

MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES Você está trabalhando ou quer trabalhar em um mercado que precisa de soluções cada vez mais complexas, alinhadas ao negócio e, principalmente, soluções com características

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços Douglas Charcon System Engineer Agenda Direcionadores de Negócios Arquitetura Orientada a Serviços Enterprise Service Bus Enhanced SOA Resumo 2 Busca

Leia mais

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição 15 2 Conceitos relativos a Web services e sua composição A necessidade de flexibilidade na arquitetura das aplicações levou ao modelo orientado a objetos, onde os processos de negócios podem ser representados

Leia mais

GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi

GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi 1 Sobre a empresa A Business Station é uma provedora de soluções de tecnologia. Possui 5 filiais: São Paulo (matriz), Campinas,

Leia mais

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Outras Apostilas em: www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Centro Universitário Geraldo di Biase 1. Enterprise Resouce Planning ERP O ERP, Sistema de Planejamento de Recursos

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI Novas tecnologias e tendências surgem a cada dia, como Big Data, Cloud Computing, Internet of Things, entre outras. A curva de adoção dessas tecnologias

Leia mais

Professor: Conrado Frassini cfrassini@uol.com.br

Professor: Conrado Frassini cfrassini@uol.com.br Governança de TI e ISO20000 Quo Vadis TI? quinta-feira, 14 de agosto de 2008, 17h09 A área de Tecnologia da Informação vem sofrendo mudanças profundas e esse fenômeno aumentará nos próximos anos. Além

Leia mais

Arquitetura de Software: Uma Central para Gestão da execução de serviços

Arquitetura de Software: Uma Central para Gestão da execução de serviços Arquitetura de Software: Uma Central para Gestão da execução de serviços ADILSON FERREIRA DA SILVA Centro Paula Souza São Paulo Brasil afs.software@gmail.com Prof.a. Dr.a. MARILIA MACORIN DE AZEVEDO Centro

Leia mais

Web Services. Integração de aplicações na Web. Sistemas Distribuídos

Web Services. Integração de aplicações na Web. Sistemas Distribuídos Web Services Integração de aplicações na Web Integração de Aplicações na Web Interoperação entre ambientes heterogêneos desafios diversidade de componentes: EJB, CORBA, DCOM... diversidade de linguagens:

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos ESB Enterprise Service Bus Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos Resumo Introdução Definição Problemas atuais e Vantagens Evolução do ESB ESB versus EAI, MOM, Workfow, SOA

Leia mais

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas BPM e SOA Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Como funcionam as organizações? O que ébpm Business Process Management (BPM)

Leia mais

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial.

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. Governança Corporativa A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. A virtualização dos negócios tem impactado diretamente a condição de fazer negócio, conferindo

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Projetos e Tecnologia da Informação Professor Marcos A. Cabral 2 Conceito É um conjunto de

Leia mais

Web Services. (Introdução)

Web Services. (Introdução) Web Services (Introdução) Agenda Introdução SOA (Service Oriented Architecture) Web Services Arquitetura XML SOAP WSDL UDDI Conclusão Introdução Comunicação distribuída Estratégias que permitem a comunicação

Leia mais

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. COBIT José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com COBIT Control Objectives for Information and Related Technology Copyright 1996, 1998, 2000 Information Systems Audit and Control Foundation. Information

Leia mais

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Insight completo sobre IDG/Oracle Relatório de pesquisa de SOA Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Alinhamento

Leia mais

Ed. 2.07 REVISTA HYPER NEWS. Entrevista com Gabriel Epsztejn, sobre BPM. Seminário Executivo de BPM. Artigo BPM X ITIL

Ed. 2.07 REVISTA HYPER NEWS. Entrevista com Gabriel Epsztejn, sobre BPM. Seminário Executivo de BPM. Artigo BPM X ITIL Ed. 2.07 REVISTA HYPER NEWS Entrevista com Gabriel Epsztejn, sobre BPM Seminário Executivo de BPM Artigo BPM X ITIL 3 ENTREVISTA Entrevista com Gabriel Epsztejn, gerente de pré-vendas da Oracle, sobre

Leia mais

Prof.: Gilberto Onodera

Prof.: Gilberto Onodera Automação de Sistemas Prof.: Gilberto Onodera Aula 21-maio maio-2007 Revisão Conceitos de Macro-economia: Globalização Objetivo: Entender os principais drivers de mercado Economia de escala Paradigma da

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding Unindo a estratégia às operações com sucesso Visão Geral O Scorecarding oferece uma abordagem comprovada para comunicar a estratégia de negócios por toda a

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Rodney Ferreira de Carvalho SERPRO Serviço Federal de Processamento de Dados Departamento de Gestão de Soluções Integradas para a RFB SUNAC/ACGSI/ACCSO

Leia mais

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com. BPMS Showcase 2014 Etapas e Desafios na seleção de uma plataforma de BPM corporativa Apresentado por: Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.br Apresentando a iprocess

Leia mais

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Curso de Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Descrição da Ementa do Curso Como integrar negócio e tecnologia? Como maximizar o retorno sobre investimentos em projetos de Tecnologia

Leia mais

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC {aula #1} com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA)

MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA) MBA EM ENGENHARIA DE SOFTWARE ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA) Você trabalha ou quer trabalhar em um mercado altamente competitivo que demanda inovação, flexibilidade e alta velocidade de resposta para novas

Leia mais

Engenharia de Software Qualidade de Software

Engenharia de Software Qualidade de Software Engenharia de Software Qualidade de Software O termo qualidade assumiu diferentes significados, em engenharia de software, tem o significado de está em conformidade com os requisitos explícitos e implícitos

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios.

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Autor: Douglas Marcos da Silva 7 Sumário Executivo Nas últimas décadas, a evolução tecnológica, a interdependência dos mercados e a intensificação

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

EXECUTIVE BPM. Business Process Management. Visão geral sobre BPM. Desafios da implementação. Opções flexíveis. Retorno garantido.

EXECUTIVE BPM. Business Process Management. Visão geral sobre BPM. Desafios da implementação. Opções flexíveis. Retorno garantido. EXECUTIVE briefing guia executivo para decisões estratégicas BPM Business Process Management para levar TI aos negócios Capítulo 1 2 Visão geral sobre BPM Capítulo 2 4 Desafios da implementação Capítulo

Leia mais

Introdução. 1º Capitulo - Entendendo BPM

Introdução. 1º Capitulo - Entendendo BPM Introdução BPM é uma abordagem para a gestão de como uma organização opera de modo que atenda da melhor forma as necessidades dos clientes. Os BPM s permitem que as organizações sejam mais eficientes e

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Apresentação Apresentação Professor Alunos Representante de Sala Frequência e Avaliação Modelos das aulas

Leia mais

AUTOMAÇÃO SUPERVISÃO E CONTROLE E A APLICAÇÃO DA ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS SOA.

AUTOMAÇÃO SUPERVISÃO E CONTROLE E A APLICAÇÃO DA ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS SOA. AUTOMAÇÃO SUPERVISÃO E CONTROLE E A APLICAÇÃO DA ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS SOA. Uma significativa parcela dos sistemas de automação de grandes empresas são legados de tecnologias de gerações anteriores,

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA em Gestão da Tecnologia da Informação 1 Ruironaldi dos Santos Cruz ARTIGO ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇO SOA SERVICE

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referências Gerenciamento Estratégico da Informação. Aumente a Competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como ferramenta

Leia mais

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira Governança Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira 1 Definição de Governança Governança Corporativa: É a Estrutura que identifica os objetivos de uma organização e de que forma pode-se

Leia mais

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil Automação de Processos Jones Madruga Promover melhorias e inovações que efetivamente criam valor não é simples... Apresentação Ø Organização PRIVADA

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR Introdução ao BPM e CBOK Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR BPM CBOK O Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento

Leia mais

Soluções e Tecnologias

Soluções e Tecnologias Soluções e Tecnologias 100% Fundada em 1986 Milão (Itália). Seu desenvolvimento registra crescimento de faturamento e recursos humanos. Reinversão total do lucro no negócio ao longo de todos os anos. Os

Leia mais

Demoiselle Framework. Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009

Demoiselle Framework. Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009 Demoiselle Framework Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009 Sumário Introdução Desenvolvimento de TI para Governo Elementos de Decisão Estratégia para a área de tecnologia Diretivas da Arquitetura

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013 ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL Março 2013 Aitec Brasil Apresentação Institucional Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo

Leia mais

Universidade de São Paulo Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Gestão de Processos de TI SYLLABUS

Universidade de São Paulo Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Gestão de Processos de TI SYLLABUS Universidade de São Paulo Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Gestão de Processos de TI SYLLABUS 1. DADOS INFORMATIVOS 1.1. Unidade : Escola de Artes, Ciências e Humanidades EACH 1.2. Semestre :

Leia mais

TOGAF 9 Certified - Arquitetura Corporativa Curso Oficial reconhecido pelo The Open Group (TOGAF 9 Accredited TOGAF Training Course)

TOGAF 9 Certified - Arquitetura Corporativa Curso Oficial reconhecido pelo The Open Group (TOGAF 9 Accredited TOGAF Training Course) TOGAF 9 Certified - Curso Oficial reconhecido pelo The Open Group (TOGAF 9 Accredited TOGAF Training Course) Investimento (Sem prova de certificação): R$ 2.795,00 Opção 1 - À vista com 5% de desconto:

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviço - Conceituação

Arquitetura Orientada a Serviço - Conceituação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA Relatórios Técnicos do Departamento de Informática Aplicada da UNIRIO n 0012/2009 Arquitetura Orientada a Serviço

Leia mais

Por que utilizar o modelo ITIL

Por que utilizar o modelo ITIL Por que utilizar o modelo ITIL... O que não é definido não pode ser controlado... O que não é controlado não pode ser medido... O que não é medido não pode ser melhorado Empregado para definir, controlar,

Leia mais

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o Gerenciamento de Níveis de Serviço Win Van Grembergen, http://www/isaca.org Tradução de Fátima Pires (fatima@ccuec.unicamp.br) Na economia

Leia mais