Manual de Procedimentos do Sistema BPM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Procedimentos do Sistema BPM"

Transcrição

1 Manual de Procedimentos do Sistema BPM (Versão 02 - Setembro/2014) 1

2 ÍNDICE SISTEMA BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT... 3 INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA... 3 Caixa de Entrada... 3 Cadastro da Solicitação Emissão de Carta e Contrato de Fiança Atestado de idoneidade/incorporação Imobiliária/Capacidade financeira Baixa da Carta Baixa de Parcela Estorno de Comissão/Tarifa/Multa Pesquisa Reativação de Contrato/Parcela Pesquisa de Solicitação Formalização da operação Resolver Pendência Resultado da solicitação de pesquisa Resultado da solicitação de Pré-Venda Solicitação de Ajuda a uma Instância e Incluir Comentário Cancelar solicitação ANEXO I - TABELA DE SUBPRODUTO E MODALIDADES

3 SISTEMA BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT Introdução Este documento descreve as funcionalidades do Sistema de Gestão de Solicitações de Serviço - SGSS dos Processos do produto Fiança na solução BPM - Business Process Management V 7.5. Os Componentes do Sistema é um conjunto de funcionalidades relacionadas, que serão utilizadas na aplicação para efetuar o cadastramento e manutenção das solicitações de serviço pelas áreas solicitantes, bem como a área operacional DSPS e demais áreas envolvidas no processo de contratação de operações de Ativos do produto Fiança. Acesso ao Sistema - Por meio da Intranet - Portal DSPS, Sistema: - Acessar a IntraNet Corporativa, em Aplicativos no canto superior esquerdo do vídeo, digitar WDO e clicar em Aplicativos. - Informar o Nome do Usuário e Senha do login da rede da rede. CAIXA DE ENTRADA - Na tela abaixo, clicar em GSS - Caixa de Entrada. 3

4 - Clicar em Novo e em seguida Gestão Solicitação Serviço, para iniciar o cadastro da solicitação. CADASTRO DA SOLICITAÇÃO 1. Emissão de Carta e Contrato de Fiança Passo 1 - Definir tipo de Solicitação - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto/Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta exclui-la, utilizando o botão Descartar. Caso não esteja na 1ª tela, basta clicar em Voltar até ser localizada a 1ª página. Passo 2 - Cadastro das Informações Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - No Campo Autorização de Crédito, digitar o Nº PEL ou Nº CONE. - Digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. 4

5 Nota: Os demais campos em vermelho são de preenchimento obrigatório. - Selecionar o cliente e clicar em Continuar. - Em seguida, selecionar o endereço do cliente e clicar em Continuar. Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema WDCO. 5

6 - Descer a barra de rolagem e selecionar o tipo de conta no campo Meio de Pagamento. - Informar o Nome do Beneficiário, conforme abaixo. - No campo Prazo, se informar o Prazo em Dias, o Sistema calculará a Data de Vencimento; se informar a Data de Vencimento, o Sistema irá calcular o prazo em dias. Escolher uma das opções. - No campo Tarifa será apresentada automaticamente a opção Não para a cobrança. Caso seja alterado para Sim, o Sistema solicitará o envio de autorização. - No campo Expectativa do Cliente, quando informada a Data desejada, o Sistema solicitará o preenchimento da Justificativa da data pretendida. 6

7 - No campo Avalista(s), clicar em Editar Avalistas, e/ou em Editar Garantias, e incluir quantos forem necessários. - Preencher o campo Observações para complementação dos dados da garantia, caso necessário. - No campo Solicitante, preencher o Telefone. - Informar o Nome, e Telefone do Gerente do solicitante. - Se necessário, no campo Demais envolvidos, clicar em Incluir uma Nova Linha. - Clicar no botão Próximo. 7

8 Passo 3 Checklist e Inclusão de Documentos para Segmentos Varejo e Prime Após o cadastramento da tela inicial, será apresentada a tela abaixo, na qual deverá ser selecionada e indexada a documentação necessária para formalização da operação, conforme a seleção do Produto, Subproduto/Modalidade. Para digitalização dos documentos, utilizar o equipamento (Computador/Terminal Financeiro) configurado a Impressora Multifuncional Lexmark, geralmente instalado no terminal de abertura de contas. - Na coluna Obrigatório, deverão ser enviados todos os documentos em que estiver marcado com ao DSPS. Caso nenhum campo com esteja marcado, será necessário o envio de pelo menos um documento ao DSPS. - Na coluna Esperado, será apresentado se o documento deve ser enviado por meio físico ou lógico (imagem/arquivos). - Na coluna Enviado, selecionar o meio em que o documento esta sendo enviado físico ou lógico (imagem/arquivos), lembrando que o meio Lógico será sempre o mais indicado, pois os documentos podem ser anexados no próprio Sistema. - Selecionar a opção Salvar Rascunho; - Selecionar o botão Anexar, para cada documento que desejar enviar. - Será demonstrado a tela do Sistema CIMG, o qual será anexo os documentos. 8

9 - No campo Número Operação, informar o No. da solicitação (copiar e colar) e clicar em Próximo. Clicar em Digitalizar Imagem, selecionar Impressora Multifuncional Lexmark. Prosseguir conforme comandos da impressora demonstrados na tela para realizar a digitalização dos documentos, após finalizar o processo, na próxima tela, selecionar a opção Enviar para DCO. 9

10 Passo 3 Checklist e Inclusão de Documentos quando se tratar de 1º acesso das agências Segmento Varejo e Prime para digitalização, proceder conforme abaixo: - Seguir os passos anteriores e clicar em Digitalizar Imagem, selecionar o Scanner em seguida, clicar em Digitalizar Imagem caso seja o 1º acesso, será solicitado autorização para instalar aplicativo APPLET. - Para instalação do aplicativo APPLET seguir as orientações do quadro ao lado: - Após clicar em Digitalizar Imagem, aparecerá a opção Executar. - Clicar em Executar para realizar o download. - Após a instalação, selecionar novamente ícone digitalizar imagem, será apresentado um combo para escolha do scanner - Selecionar Lexmark Network TWAIN Scan - Obs.: Caso o documento tenha mais de 1 página, poderá ser selecionado a opção que aparece abaixo da escolha da impressora Salva como imagem multi-página, assim o documento ao ser digitalizado, as páginas serão gravadas em um único arquivo, facilitando sua visualização. - Caso não apareça no combo o endereço do scanner, será apresentada a mensagem Carga do controle Activex falhou, neste caso, escolher a opção Instalar esse complemento para todos os usuários deste computador, no cabeçalho da mensagem, para que seja feito o download. - Após o download, selecionar novamente ícone digitalizar imagem. Será demonstrada a tela abaixo, devendo ser selecionado no campo Nome Perfil, a opção: TWAINScan 01 e em seguida, clicar em Enviar. Será demonstrada a tela Instruções do scanner para as orientações do quadro para digitalizar a imagem. 10

11 Será demonstrada mensagem informando que o documento foi incluído com sucesso. - Clicar em Fechar. O Sistema retornará para a tela de Check List. - Clicar em Consultar para confirmar se o documento anexado está correto e legível. 11

12 - Clicar em Visualizar no documento desejado. - Clicar em Abrir, para exibir o documento, verificar se esta OK e fechar. 12

13 Passo 3 Checklist e Inclusão de Documentos quando se tratar de Segmentos Corporate e Empresas, seguir os procedimentos abaixo: Após o cadastramento da tela inicial, será apresentada a tela abaixo, na qual deverá ser selecionada e indexada a documentação necessária para formalização da operação, conforme a seleção do Produto, Subproduto/Modalidade. - Na coluna Obrigatório, deverão ser enviados todos os documentos em que estiver marcado com ao DSPS. Caso nenhum campo com esteja marcado, será necessário o envio de pelo menos um documento ao DSPS. - Na coluna Esperado, será apresentado se o documento deve ser enviado por meio físico ou lógico (imagem/arquivos). - Na coluna Enviado, selecionar o meio em que o documento esta sendo enviado físico ou lógico (imagem/arquivos), lembrando que o meio Lógico será sempre o mais indicado, pois os documentos podem ser anexados no próprio Sistema. - Selecionar o botão Anexar, para cada documento que desejar enviar. - Será demonstrado a tela do Sistema CIMG, o qual será anexo os documentos. - No campo Número Operação, informar o No. da solicitação (copiar e colar) e clicar em Próximo. 13

14 - Clicar em Procurar para selecionar o documento desejado. - Selecionar o documento desejado e clicar e, Incluir e em seguida clicar em Concluir. Será demonstrada mensagem informando que o documento foi incluído com sucesso. - Clicar em Fechar. 14

15 Passo 4 - Impressão Capa Lote - Clicar em Enviar para DCO e confirmar, clicando em OK. Nota: Caso seja selecionada a opção Físico, ou seja, enviar por malote, favor imprimir a tela de protocolo que será apresentada a seguir. A partir desse momento, o DSPS irá recepcionar a solicitação por meio do Sistema BPM. 15

16 2. ATESTADO DE IDONEIDADE/INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA/CAPACIDADE FINANCEIRA (Somente quando se tratar de atestado com teor diferente dos modelos disponíveis na Intranet/Formulários, conforme Norma Nº de 14/08/2014) - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto /Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta exclui-la, utilizando o botão Descartar. Valido somente quando estiver no passo 1 (primeira tela), Será demonstrada a tela inicial de cadastramento: - Indicar qual tipo de atestado a ser solicitado ao DSPS e a minuta, devendo ser utilizado Modelo do Cliente Aprovado ou Nono Modelo do Cliente, pois o Modelo Padrão deverá elaborado conforme Norma Nº de 14/08/ No Campo Autorização de Crédito, digitar o Nº PEL ou Nº CONE, no respectivo campo. - Digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. 16

17 Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema BPM. Os campos que são obrigatórios estão destacados em vermelho, exceto o nome do Beneficiário. Caso algum desses campos não seja preenchido o sistema acusará por meio de mensagens ao final da tela de cadastramento. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 17

18 3. Baixa da Carta - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto/Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta excluí-la, utilizando o botão Descartar (válido somente quando estiver no passo 1 - primeira tela). Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - Informar o número da Fiança, nome e CPF do Afiançado e telefone do solicitante. - Demais campos são opcionais. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 18

19 4. Baixa de Parcela - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto/Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta excluí-la, utilizando o botão Descartar (válido somente quando estiver no passo 1 - primeira tela). Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - Informar o número da Fiança, digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema BPM. 19

20 - Informar o valor da parcela e a data de Lançamento (D/C) e o telefone do solicitante. - Demais campos são opcionais. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 20

21 5. Estorno de Comissão/Tarifa/Multa - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto/Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta excluí-la, utilizando o botão Descartar (válido somente quando estiver no passo 1 - primeira tela). Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - Informar o número da Fiança, digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema BPM. 21

22 - Informar o meio de pagamento, e digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar (Para meio de pagamento conta corrente). Caso, o meio de pagamento seja por TED/DOC, digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito e o Endereço. - Selecionar o Tipo de Estorno, data do débito e o valor do débito e justificativa do estorno. Caso queira incluir outros tipos de estorno, clicar no botão Incluir uma nova linha. - Informar o Telefone do Solicitante. - Demais campos são opcionais. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 22

23 6. Pesquisa - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto/Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta excluí-la, utilizando o botão Descartar (válido somente quando estiver no passo 1 - primeira tela). Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - Informar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema BPM. 23

24 - Informar o tipo de Pesquisa. Se for por número da Fiança, informar o número da Fiança e selecionar o tipo de pesquisa, conforme abaixo. - Caso o tipo de Pesquisa for pelo Afiançado, clicar em Posição da Fiança e informar a data base a que se refere a Posição da Fiança. - Informar o número do telefone do Solicitante. - Demais campos são opcionais. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 24

25 7. Reativação de Contrato/Parcela - No campo Cadastro da Solicitação, selecionar a opção Sim para receber a notificação. O número da Solicitação de Serviço será demonstrado automaticamente, servindo de base para todo o processo. - Caso o solicitante não tenha interesse em receber a notificação inicial do Sistema, alterar para Não. - No campo Classificação do Produto, selecionar as opções: Produto, Tipo de Solicitação e Subproduto /Modalidade (consultar a tabela no Anexo I deste manual). - Clicar no botão Próximo. Nota: Caso desista da inclusão da solicitação, basta excluí-la, utilizando o botão Descartar (válido somente quando estiver no passo 1 - primeira tela). Será demonstrada a tela inicial de cadastramento. - Informar o tipo de reativação, o número da Fiança ou o número do Contrato Limite, Número PEL ou número de CONE, Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. Nota: As informações do cliente serão demonstradas automaticamente. Essas informações serão os dados cadastrados no CADU, caso houver algum dado incorreto, o mesmo deverá ser alterado no Sistema de origem CADU, para ser demonstrado corretamente no Sistema BPM. 25

26 - Informar o meio de pagamento, Caso a conta seja diferente da conta do Afiançado, digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito (separados) e clicar em Consultar. Caso, o meio de pagamento seja por TED/DOC, digitar o Código da Agência e Dígito, Conta e Dígito e o Endereço. - Informar a taxa anual, forma de Cobrança e periodicidade da comissão. - Informar o número de telefone do Solicitante. - Demais campos são opcionais. Os próximos passos (3 e 4), seguir conforme descrito anteriormente (páginas 8 e 12 deste manual). 26

27 PESQUISA DE SOLICITAÇÃO Botão Exibir Pesquisa - Na tela inicial do Sistema BPM, em GSS - Caixa de Entrada, clicar em Exibir Pesquisa. - Clicar no combo Condições de Procura e selecionar Dados de Negócio. - Clicar no combo seguinte e selecionar a opção Número da Solicitação. 27

28 - Clicar no combo seguinte e selecionar a opção Contém. - Informar no quadro ao lado um dos Nº existentes na solicitação. - Clicar em Procurar para que a solicitação seja demonstrada. - Depois de realizada a consulta, não fechar a tela no botão. A tela deverá ser fechada clicando no botão Sair. 28

29 Campo Procura Rápida - Informar no quadro em branco do campo Procura Rápida os quatro dígitos finais do número da solicitação. Ex.: Solicitação número Digitar apenas o final A solicitação seja demonstrada, conforme abaixo. Nota: Utilizar o mesmo procedimento de fechar a tela de pesquisa, da Pesquisa pelo Botão Exibir Pesquisa. 29

30 FORMALIZAÇÃO DA OPERAÇÃO - Localizar e clicar em cima da solicitação desejada. - Na coluna Nome da Atividade clicar na próxima atividade a ser executada: Formalização - Em seguida, na coluna Execução, clicar na seta referente. Nota: A atividade de Consulta Solicitação é gerada automaticamente pelo Sistema. - Na tela seguinte, no parecer, informar informações pertinentes a formalização da Fiança e após a finalização, concluir a tarefa clicando no botão Enviar Parecer. 30

31 RESOLVER PENDÊNCIA - Na coluna Nome da Atividade clicar na próxima atividade a ser executada: Resolver Pendências - Em seguida, na coluna Execução, clicar na seta referente. Nota: A atividade de Consulta Solicitação é gerada automaticamente pelo Sistema. - Na tela seguinte, clicar no botão Checklist e Pendências - Verificar o que esta sendo solicitado para regularização. - se pendência de documento Lógico, anexá-lo no Sistema para envio ao DSPS; - se pendência de documento Física, enviar por malote com a Capa Lote anexada; - se pendência de informação, clicar em Informação para inseri-la. 31

32 - Após regularização da pendência, clicar em Gravar. O Sistema retornará na tela anterior. Clicar em Enviar Solução. 32

33 RESULTADO DA SOLICITAÇÃO DE PESQUISA - Na coluna Nome da Atividade clicar na próxima atividade a ser executada: Avaliar Resultado da Pesquisa - Se a pesquisa for Fluxo de comissão Memória de Cálculo a planilha estará anexada no item Documentos. Neste caso, abrir o arquivo e salvá-lo na rede e encaminhar ao cliente. - Em seguida, na coluna Execução, clicar na seta referente. 33

34 - Caso necessite de validação do cliente, salvar rascunho e, após a validação pelo cliente, incluir o parecer e finalizar a tarefa. - Caso não necessite de validação do cliente, incluir o parecer e finalizar a tarefa, clicando o botão Encerrar Tarefa. - Caso não haja concordância do resultado da pesquisa, emitir o parecer e devolver ao DSPS para reanálise, clicando no botão Enviar Reanálise. 34

35 RESULTADO DA SOLICITAÇÃO DE PRÉ-VENDA - Na coluna Nome da Atividade clicar na próxima atividade a ser executada: Avaliar Resultado Pré-Venda - Em seguida, na coluna Execução, clicar na seta referente. - Se a seja aprovada a análise da Pré-Venda, incluir o parecer e finalizar a tarefa, clicando no botão Encerrar Pré-Venda. - Caso haja divergências, incluir o parecer e devolver ao DSPS para reanálise, clicando no botão Enviar Reanálise/Solução. 35

36 SOLICITAÇÃO DE AJUDA A UMA INSTÂNCIA E INCLUIR COMENTÁRIO - Na tela inicial do Sistema BPM, em GSS - Caixa de Entrada, na coluna Tipo de Solicitação, selecionar e clicar na solicitação desejada. - Em seguida, clicar no ícone Solicitação de ajuda para uma instância. - No Campo Até, digitar o código funcional do funcionário que deseja Incluir a Solicitação de Ajuda, lembrando que apenas este usuário irá visualizar o comentário, digitar o texto e clicar em Salvar. 36

37 Existe também a opção de Incluir Comentário. - Para inserir o comentário desejado, digitar a mensagem e clicar em salvar, lembrando que nesta opção todos os usuários envolvidos nesta Solicitação poderão visualizar este comentário. 37

38 CANCELAR SOLICITAÇÃO - Na tela inicial do Sistema BPM, em GSS - Caixa de Entrada, clicar em Exibir Pesquisa. - Localizar a solicitação e clicar sobre ela. - No campo Ação, selecionar a opção Cancelar Solicitação. O Sistema irá gerar uma atividade de Solicitar Cancelamento. - Em seguida, na coluna Execução, clicar na seta referente. - Informar o motivo no campo Motivo do Cancelamento e em seguida clicar em Enviar. 38

39 Anexo I - Tabela de Subproduto e Modalidades Tipo Solicitação Modalidades Pré-Venda - BMF Cumprimento de Contrato Funcionário Cumprimento Contrato - Nota Fiscal Cumprimento de Contrato - Pedido de Compra ou Ordem de Compra Aluguel - Renovação automática ou tradicional Emissão de Contrato e Carta de Fiança Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Nota Fiscal Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Pedido de Compra ou Ordem de Compra Recolhimento de ICMS em regime Especial / Pagamento de Débitos Importação de Bens Participação em Concorrência Processos Judiciais /Administrativos Emissão Contrato Limite - - BMF Cumprimento de Contrato Cumprimento Contrato - Nota Fiscal Cumprimento de Contrato - Ordem de Compra/Pedido de Compra/Nota Fiscal Aluguel - Renovação automática ou tradicional Emissão Carta Limite Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Nota Fiscal Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Pedido de Compra ou Ordem de Compra Recolhimento de ICMS em regime Especial / Pagamento de Débitos Importação de Bens Participação em Concorrência Processos Judiciais Administrativos - Aditamento BMF Emissão Carta de Compromisso - Estorno de Comissão / Tarifa / Multa - Pagamento de Fiança - Baixa da Carta de Fiança - Baixa da Parcela - Reativação de Parcela/Contrato - Atestado - Acerto de Contrato e Carta de Fiança - Termo de Autenticidade da Carta de Fiança - Emissão 2ª Via da Carta Fiança - Pré-Venda Câmbio - BMF Cumprimento de Contrato Cumprimento Contrato - Nota Fiscal Cumprimento de Contrato - Pedido de Compra ou Ordem de Compra Aluguel - Renovação automática ou tradicional Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Nota Fiscal Emissão de Carta de Fiança Câmbio Fornecimento/Pagamento/Adiantamento de Pagamento a Fornecedores - Pedido de Compra ou Ordem de Compra Recolhimento de ICMS em regime Especial / Pagamento de Débitos Importação de Bens Participação em Concorrência Processos Judiciais Aditamento Câmbio - Emissão Carta Compromisso Câmbio - Pagamento de Fiança Câmbio - Acerto de Contrato / Carta de Fiança Câmbio - Emissão 2ª Via da Carta de Fiança Câmbio - Análise Projeto - 39

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Max Fatura Sistema de Gestão

Max Fatura Sistema de Gestão Sumário 1 Tela Inicial... 2 2 Tela de Pesquisa... 3 3 Tela de Vendas... 4 5 Aproveitamento de Icms... 5 6 Salvar... 5 9 Para emissão da nota fiscal... 7 10 Impressão de relatórios... 7 11 Contas a Pagar

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx

Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx MANUAL DE DIGITAÇÃO Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx *Sempre entrar pelo navegador Internet Explorer, somente será possível finalizar a

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Vendas Online www.planosamildental.com.br Principais Informações Site exclusivo para produtos da Dental Venda de planos PME e PF online Pagamento com cartão de crédito PF Burocracia

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS Serviço de Segurança contra Incêndio MANUAL DO USUÁRIO versão atualizada em novembro de

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias Manual do REC Sistema de Registro de Categorias (Usuário Externo) Atualizado em Dezembro/2013 Versão 2.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 6 2. FLUXO DO SISTEMA... 6 3. AUTENTICAÇÃO... 7 4. VINCULAR REPRESENTANTE/REPRESENTADO...

Leia mais

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03 2011 Versão 03 Web Empresas Agemed Saúde S/A. Esse documento tem como objetivo orientar as empresas contratantes do plano de saúde Agemed a utilizarem o ambiente Web para realização de movimentações cadastrais

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Passo a Passo do Sistema de Cobrança do Banco do Nordeste

Passo a Passo do Sistema de Cobrança do Banco do Nordeste P á g i n a 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Passo a Passo do Sistema de Cobrança do Banco do Nordeste P á g i n a 2 INTRODUÇÃO I. Acessando o Sistema O Sistema de Cobrança Eletrônica para

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

Cadastro de solicitações com anexos

Cadastro de solicitações com anexos Cadastro de solicitações com O prestador poderá cadastrar as solicitações e incluir nas mesmas. Segue demonstrativo de cadastro de solicitações com anexo. Cadastro de solicitações com Acessar o site do

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA Versão 05/05/2015 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 03 VISUALIZANDO A SOLICITAÇÃO... 05 DEMONSTRATIVO DAS VAGAS... 06 DESISTÊNCIA DA REMOÇÃO... 08 IMPRIMIR PROTOCOLO...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL Versão 1.3 Sumário 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. Primeiro acesso ao sistema... 3 1.2. Como alterar a senha no primeiro acesso... 4

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Circulação de Materiais Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-3 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-0 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE CIRCULAÇÃO DE MATERIAIS... 3-1 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE Tefefone: (16)37119000 email: recam@franca.sp.gov. Sumário 1. Endereço para acessar o sistema... 3 2. Tipos de acesso ao sistema... 3 3. Termo de acesso cadastrado

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde.

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. PORTAL SPA TISS Manual do Credenciado Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. Equipe de Treinamento de Desenvolvimento TIS SPA Saúde Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo...

Leia mais

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc.

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc. Procedimento 1.1. Passo a Passo - Cadastro de Beneficiários 1. Primeiramente, deverá ser efetuado o cadastro do TITULAR do benefício. Somente após este preenchimento, será permitido cadastrar os dependentes.

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Sistema Auto Empresas

Sistema Auto Empresas Sistema Auto Empresas Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Janeiro 2011 Como Acessar Acesse o Portal do Corretor (https://mais.itauseguros.com.br). Utilize a opção Cotação online para iniciar o cálculo

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

Na tela Download do Módulo Cedente selecionar o sistema operacional desejado (Windows ou Linux) e clicar no link de download.

Na tela Download do Módulo Cedente selecionar o sistema operacional desejado (Windows ou Linux) e clicar no link de download. Passo a Passo Instalação modulo cedente Primeiramente o cooperado deverá ter cadastrado a senha de acesso ao Sicoobnet para download do modulo cedente. Se não possuir a senha dirija-se a um dos caixas

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0 A seguir será apresentado os passos para emissão de guia via internet, versão TISS 3.0. Essas guias foram desenvolvidas de acordo com o padrão estabelecido pelo órgão regulador do setor de saúde suplementar

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br A funcionalidade proporciona aos advogados o peticionamento inicial e o peticionamento incidental somente para os juizados virtuais da Justiça do Estado do Amapá. Procedimentos: 1. Acessar o site do Tribunal

Leia mais

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) 7 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. 8 2.1.1 CPF 8 2.1.2 TAPE 8 2.1.3 CÓDIGO

Leia mais

ÍNDICE 1. LOGIN 1. LOGIN 03. 2. PEDIDO DE ATACADO 03 2.1. Produtos de Atacado 04 3. PEDIDO DE LABORATÓRIO 06 4. CONSULTA 10 5.

ÍNDICE 1. LOGIN 1. LOGIN 03. 2. PEDIDO DE ATACADO 03 2.1. Produtos de Atacado 04 3. PEDIDO DE LABORATÓRIO 06 4. CONSULTA 10 5. 1. LOGIN ÍNDICE 1. LOGIN 03 2. PEDIDO DE ATACADO 03 2.1. Produtos de Atacado 04 3. PEDIDO DE LABORATÓRIO 06 4. CONSULTA 10 5. FINANCEIRO 10 6. EXTRATO 11 7. USUÁRIO 11 MANUAL DE configuração e utilização

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO Orientações válidas apenas para faturamento de Notas fiscais de oficinas, decorrentes de Sinistros de Automóveis de clientes ou terceiros, de responsabilidade da

Leia mais

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação.

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação. ATIVAÇÃO DA LICENÇA A partir do momento em que a revenda torna-se parceira comercial do produto ela pode efetuar compras de licenças no site e ativar essas licenças em seus usuários. O UNICO até pode ser

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009 Última Atualização 25/04/2012 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO MANUAL ITCMD - DOAÇÃO ACESSO AO SISTEMA ITCMD 2 CRIAÇÃO E PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO 2 1º PASSO: ESCOLHA DO TIPO DE DECLARAÇÃO 2 2º PASSO: AJUDA INICIAL 3 3º PASSO: CADASTRAMENTO DE SENHA 3 4º PASSO:

Leia mais

LOGÍSTICA E FATURAMENTO

LOGÍSTICA E FATURAMENTO LOGÍSTICA E FATURAMENTO 1. Geração lote de separação 1 2. Impressão Picking list 3 2.1. Por pedidos 3 2.2 Por lote 5 2.3 Controle do Picking List por Lote 7 3. Registro de operação por Caixa 10 3.1 Separação

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

Liberação de Versão. Versão 8. Pergamum

Liberação de Versão. Versão 8. Pergamum Liberação de Versão Versão 8 Pergamum Sumário! " # $%# & '( & ) * ) +, +, %% -*%.-*). * %%! " / 0 #$!! 12%)& % 3* 1 45(' * 6! &' 3 $% 7 $ $ Confidencial Pergamum, 2012 $( 89& $ $!!!! +7! " #! & $ Confidencial

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Manual Pergamum Manual PER-MAN-001 Empréstimo Sumário 1 APRESENTAÇÃO...2 2 UTILIZANDO O MÓDULO DE CIRCULAÇÃO DE MATERIAIS...4 1.1 1.2 1.3 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR...4 ACESSANDO O SISTEMA...6

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR Ao acessar o link de Acesso Remoto disponibilizado pela Factoring aparecerá a tela de login do Sistema (Figura 1) onde deverão ser informados os códigos

Leia mais

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2. 1 Manual do Usuário VEXPRESSCRM Automação da força de vendas MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.0 2 Acesso Para acessar o sistema VEXPRESS-CRM é necessário

Leia mais

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow.

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 2- Abrangência: Depto. Comercial, fiscal, cobrança e contas a receber 3- Fluxo 1 Tela login Mesmo usuário

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Execução - Licitação, Contrato, Documento de Liquidação, Pagamento, Ingresso de Recursos e Relatórios

Portal dos Convênios - Siconv. Execução - Licitação, Contrato, Documento de Liquidação, Pagamento, Ingresso de Recursos e Relatórios MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Execução - Licitação, Contrato,

Leia mais

MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS

MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS Acessar o site www.belsinos.com.br Ir em Seja Cliente Clicar na Sistema de Operações Clicar em Baixar o aplicativo Baixar o instalador do WebFactoring

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH

MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH MANUAL PONTO ELETRÔNICO PORTAL RH. 2012 ÍNDICE Tela inicial Portal RH... 3 Alteração de competência/mês... 4 Justificar Atrasos... 5 Lançamento de Atestado Médico... 7 Lançamento de Folgas... 10 Aprovação

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contratos de Longo Prazo (LTA) são tipos especiais de acordos firmados entre o PNUD e um fornecedor com o objetivo de garantir o fornecimento de um

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Manual de Uso - Sistema AtosBPM

Manual de Uso - Sistema AtosBPM Manual de Uso - Sistema AtosBPM Atos BPM v5.10 Seja bem-vindo! Prezado Cliente Embrase, Visando a melhoria no atendimento de nossos clientes, a Embrase implantou o sistema Atos BPM (Atendimento ao Cliente)

Leia mais