PREGÃO PRESENCIAL (INTERNACIONAL) Nº 004/2013 PROCESSO IEN Nº /

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREGÃO PRESENCIAL (INTERNACIONAL) Nº 004/2013 PROCESSO IEN Nº 01345.000407/2013-21"

Transcrição

1 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 1 Tipo de licitação: Menor Preço Global PREGÃO PRESENCIAL (INTERNACIONAL) Nº 004/2013 PROCESSO IEN Nº / OBJETO: Aquisição de 01 (um) Cromatógrafo HPLC modular com detetores de condutividade, para o Laboratório de Instrumentação Analítica, da Divisão de Engenharia Nuclear do IEN Instituto de Engenharia Nuclear, de acordo com as especificações constantes do Termo de Referência, anexo I do presente Edital. Prazo de recebimento do objeto: 90 (noventa) dias corridos, contados da data da confirmação da compra. Sessão de abertura: a partir das 10:00 horas do dia 12/12/2013. Prazo para encaminhamento dos pedidos de questionamentos, esclarecimentos e impugnação encerrar-se-á às 10:00h do dia 11/12/2013. Local da disputa: Instituto de Engenharia Nuclear IEN Rua Hélio de Almeida, 75 Cidade Universitária, Ilha do Fundão Rio de Janeiro, RJ Brasil CEP Informações sobre a licitação e contato para maiores esclarecimentos: Telefone: (21) Fax: (21) ou Endereço para correspondência e entrega protocolada das propostas: Instituto de Engenharia Nuclear IEN Rua Helio de Almeida nº 75, Cidade Universitária Ilha do Fundão Rio de Janeiro RJ Brasil CEP Horário de funcionamento: das 08h00min às 11h30min e das 13h30min às 16h00min.

2 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 2 TABELA DE CONTEÚDO 1 Do Objeto Da Participação Do Credenciamento Da Apresentação da Proposta de Preços e dos Documentos de Habilitação Do Conteúdo do Envelope nº 1 Proposta Do Conteúdo do Envelope nº 2 Documentos para Habilitação Habilitação Jurídica: Regularidade Fiscal: Qualificação Técnica: Do Procedimento e do Julgamento Da Participação de Micro e Pequenas Empresas no Certame Do Recurso Da Adjudicação e Homologação Do Contrato Do Recebimento do Objeto Da Forma de Pagamento Dos Recursos Orçamentários Das Sanções e das Penalidades Dos Questionamentos e da Impugnação ao Edital Da Fraude à Licitação Das Disposições Gerais Do Foro...14 Anexo I Termo de Referência...15 Anexo II Modelo da Proposta...25 Anexo III Declaração/Emprego de Mão de Obra Infantil...29 Anexo IV Declaração de Inexistência de Fato Impeditivo...30 Anexo V Declaração de Elaboração Independente de Proposta...31 Anexo VI Declaração para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte...32 Anexo VII Minuta de Contrato...33 CLÁUSULA I - DO OBJETO...33 CLÁUSULA II - DA FORMA DE EXECUÇÃO...35 CLÁUSULA III - DAS OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES...36 CLÁUSULA IV - DA FISCALIZAÇÃO...37 CLÁUSULA V - DO VALOR DO CONTRATO...37 CLÁUSULA VI DA FORMA DE PAGAMENTO...38 CLÁUSULA VII - DO PRAZO DE VIGÊNCIA...39 CLÁUSULA VIII - DAS PENALIDADES...39 CLÁUSULA IX - DA RESCISÃO CONTRATUAL...39 CLÁUSULA X - DA CAUÇÃO/FIANÇA...40 CLÁUSULA XI - DA LICITAÇÃO...40 CLÁUSULA XII - DA DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR...40 CLÁUSULA XIII - DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA...40 CLÁUSULA XIV - DA AUTORIZAÇÃO E DA APROVAÇÃO...40 CLÁUSULA XV - DA PUBLICIDADE...40 CLÁUSULA XVI - DO FORO...40

3 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 3 A COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR CNEN, através da sua unidade administrativa o INSTITUTO DE ENGENHARIA NUCLEAR IEN, torna público o presente Edital de Licitação, na modalidade Pregão Presencial, Internacional, do tipo Menor Preço Global, cujo objeto é a aquisição de 01 (um) Cromatógrafo HPLC modular com detetores de condutividade para o laboratório de Instrumentação Analítica da Divisão de Engenharia Nuclear, de acordo com as especificações contidas no Termo de Referência, Anexo I e demais disposições deste Edital. Legislação aplicada: Leis nº /02 e 8.666/93, Lei Complementar nº 123/2006, Decreto nº 3.555/2000 e demais condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos. 1 DO OBJETO 1.1 O objeto desta licitação é a aquisição de 01 (um) Cromatógrafo HPLC modular com detetores de condutividade para o Laboratório de Instrumentação Analítica da Divisão de Engenharia Nuclear, do IEN Instituto de Engenharia Nuclear, conforme especificações contidas no Termo de Referência, Anexo I, e demais disposições deste Edital. 2 DA PARTICIPAÇÃO 2.1 Poderão participar deste certame licitatório todos os interessados do ramo de atividade pertinente ao objeto em questão e que preencherem as condições de credenciamento constantes deste Edital, observando-se as devidas ressalvas às Micro e Pequenas Empresas, conforme Lei Complementar nº 123/ Não poderão participar da licitação, empresas que estejam enquadradas nos seguintes casos: Sob Processo de Concordata, Falência ou Insolvência Civil, recuperação judicial ou extrajudicial; Tenham sido declaradas inidôneas por qualquer órgão público; Empresas estrangeiras que não possuam representante legal no país. 2.3 Não será admitida a participação de consórcio. 2.4 Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos pelos meios de contato indicados no preâmbulo deste edital. 2.5 As empresas estrangeiras que desejarem participar da licitação deverão atentar também para os subitens 6.10 e 6.11 deste edital. 3 DO CREDENCIAMENTO 3.1 Iniciada a sessão, o Pregoeiro convocará os licitantes para que apresentem os documentos de credenciamento. Para o credenciamento deverão ser apresentados os seguintes documentos: a) Tratando-se de representante legal: o estatuto social, contrato social ou outro instrumento de registro comercial, registrado na Junta Comercial, no qual estejam expressos seus poderes para exercerem direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura; b) Tratando-se de procurador: a procuração por instrumento público ou particular ou credenciamento, com firma reconhecida, da qual constem poderes específicos para formular lances, negociar preços, interpor recursos e praticar todos os demais atos pertinentes ao certame, acompanhado do correspondente documento, dentre os indicados na alínea "a", que comprove os poderes do mandante para a outorga.

4 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 4 b.1) Em se tratando de instrumento particular de procuração ou credenciamento, deverá ser apresentado o contrato social ou outro instrumento de mandato que demonstre os poderes legais do subscritor. 3.2 O representante legal e o procurador deverão identificar-se exibindo documento oficial de identificação (com foto). 3.3 Será admitido apenas 01 (um) representante para cada licitante credenciada. 3.4 A ausência dos documentos de representação impedirá a manifestação do representante da licitante. 3.5 O documento de credenciamento ou procuração ou de representação legal, deverá ser apresentado fora dos envelopes de proposta e documentação. 3.6 As microempresas e empresas de pequeno porte, se desejarem fazer uso dos benefícios da Lei Complementar nº 123/06, deverão apresentar a declaração conforme modelo Anexo VI juntamente com os documentos de credenciamento Caso a microempresa ou empresa de pequeno porte não proceda da forma estabelecida no subitem anterior, interpretar-se-á como renúncia tácita aos benefícios da Lei Complementar nº 123/ As empresas que apresentarem a declaração de que trata o item 3.6 serão responsáveis pela veracidade das informações Não poderão se beneficiar do tratamento diferenciado previstos na Lei Complementar nº 123/2006, para nenhum efeito legal, a pessoa jurídica que seja filial, sucursal ou representante, no Pais, de pessoa jurídica com sede no exterior. 3.7 A ausência do credenciado em qualquer momento ou procedimento da licitação importará em impossibilidade de manifestação do participante. 3.8 Uma vez apresentado o ato constitutivo, contrato social ou estatuto, na fase de credenciamento, a licitante fica desobrigada de apresentá-lo novamente na fase de habilitação. 4 DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE PREÇOS E DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO 4.1 Concluído o credenciamento, o Pregoeiro convocará os licitantes para que apresentem a Proposta (envelope nº 1); os documentos de Habilitação (envelope nº 2); e a declaração de pleno atendimento aos requisitos de habilitação (art. 4, VII, da Lei Federal nº /02). 4.2 A declaração de pleno atendimento aos requisitos de habilitação de acordo com modelo estabelecido no Anexo VIII deste Edital deverá ser apresentada fora dos Envelopes nº 1 e Os envelopes deverão estar fechados e indevassáveis, contendo em sua parte externa, além do nome da proponente, os seguintes dizeres: Envelope nº 1 Proposta de Preços INSTITUTO DE ENGENHARIA NUCLEAR IEN Rua Hélio de Almeida nº 75, Cidade Universitária Ilha do Fundão CEP Rio de Janeiro, RJ Brasil A/C: do Pregoeiro; Limite para entrega das propostas: 12/12/2013 as 10:00 horas. Início da sessão pública: 12/12/2013 as 10 h 30min. Edital de Pregão Presencial (Internacional) nº 004/2013

5 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 5 Envelope nº 1 Proposta de Preços Licitante: (razão social da licitante, nome do exportador) Representante: (nome ou razão social do representante legal no Brasil) Envelope nº 2 Documentos de Habilitação INSTITUTO DE ENGENHARIA NUCLEAR IEN Rua Hélio de Almeida nº 75 Cidade Universitária Ilha do Fundão CEP Rio de Janeiro, RJ Brasil A/C: do Pregoeiro; Limite para entrega das propostas: 12/12/2013, as 10:00 horas. Início da sessão pública: 12/12/2013 as 10 h 30 min. Edital de Pregão Presencial (Internacional) nº 004/2013 Envelope nº 2 Documentos de Habilitação Licitante: (razão social da licitante, nome do exportador) Representante: (nome ou razão social do representante legal no Brasil) 4.4 Todo e qualquer documento apresentado na licitação deverá ser exibido em original ou por qualquer processo de cópia autenticada por cartório competente ou publicação em órgão da imprensa oficial, nos termos do artigo 32, caput, da Lei Federal nº 8.666/93. 5 DO CONTEÚDO DO ENVELOPE Nº 1 PROPOSTA 5.1 A proposta de preço deverá conter os seguintes elementos/informações: a) Razão social, endereço/cep/cidade e CNPJ dos licitantes nacionais e no que couber, aos estrangeiros; b) Número do Pregão; c) Preço global do equipamento, destacando o preço unitário e total, de acordo com o no Termo de Referência (Anexo I), em moeda estrangeira: US$; d) Em caso de participação de empresa Brasileira, o preço global deverá ser em moeda nacional e não haverá conversão para a o US$; e) Prazo de validade da proposta que deverá ser de no mínimo 60 (sessenta) dias; f) No preço ajustado, deverão estar incluídas todas as despesas e custos, tais como: tributos de qualquer natureza e todas as despesas, diretas e indiretas bem como os encargos que a CONTRATADA experimentará no cumprimento das obrigações ora assumidas, conforme o objeto deste Edital; g) Número da conta corrente, agência, nome do banco, código SWIFT e demais dados bancários necessários onde serão realizados os pagamentos; 5.2 Não será admitida cotação diversa do tipo e descrição do item, prevista neste Edital, sob pena de desclassificação imediata do proponente. 5.3 A proposta deverá ser elaborada, em única via, em papel timbrado da licitante e redigida em idioma português, com suas páginas numeradas seqüencialmente, sem rasuras, emendas, borrões ou entrelinhas e ser datada e assinada pelo representante legal da licitante ou pelo procurador, conforme modelo do anexo II deste Edital. 5.4 Os preços serão ofertados em Dólares, utilizando-se apenas duas casas decimais após a vírgula. O preço unitário e total do item será igual ao valor global Para efeito de análise e julgamento das propostas, os preços em moeda estrangeira serão convertidos para o Real com base no câmbio de referência de R$ 2,35 para cada Dólar O pagamento será efetuado de acordo com o especificado no subitem 13.3 deste Edital.

6 Servi ço Púb li co Fed eral p ág O preço do Equipamento ofertado deverá ser fixo e irreajustável (salvo os casos previstos em lei), estando nele incluídas todas as despesas no país de origem com o equipamento posto no Aeroporto de Origem do fabricante/exportador Em caso de se tratar de empresa estabelecida no Brasil, o equipamento deverá ser posto na fábrica/sede da empresa no Brasil Quaisquer serviços ou materiais não previstos e que sejam necessários à execução do objeto desta licitação deverão ter seus custos incluídos nos preços ofertados. 5.6 A apresentação da proposta implicará na plena aceitação, por parte da licitante, das condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos. 6 DO CONTEÚDO DO ENVELOPE Nº 2 DOCUMENTOS PARA HABILITAÇÃO O envelope "Documentos de Habilitação deverá conter os documentos da licitante, conforme segue (art. 27 da Lei Federal nº 8.666/93): 6.1 Habilitação Jurídica: a) Registro comercial, no caso de empresa individual; b) Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais, e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores; c) Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício; d) Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente. 6.2 Regularidade Fiscal: a) Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); b) Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual e/ou municipal, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto deste Edital; c) Prova de regularidade para com a Fazenda Federal (Certidão Conjunta), Estadual e Municipal (Tributos Mobiliários) do domicílio ou sede do licitante; d) Prova de regularidade relativa à Seguridade Social (INSS) e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), demonstrando situação regular no cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei Da Regularidade Fiscal das Micro e Pequenas Empresas: a) As microempresas e empresas de pequeno porte deverão apresentar toda a documentação exigida neste Edital, dentro do prazo de validade, para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição (art. 43 da Lei Complementar nº 123/06). b) Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 02 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da CNEN/IEN, para a regularização da documentação, pagamento ou

7 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 7 parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa (art. 43, 1º, da Lei Complementar nº 123/06). c) A não regularização da documentação implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei nº 8.666/93, sendo facultado à CNEN convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, na forma dos incisos XVI e XXIII da Lei Federal nº , c/c o art. 45, II, da Lei Complementar nº 123/ Qualificação Técnica: a) Atestado(s) de capacidade técnica em nome do licitante, emitido por pessoa jurídica de direito público ou privado, que comprove aptidão para o desempenho anterior de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos, com o objeto da presente licitação; 6.4 Declaração elaborada em papel timbrado e subscrita pelo representante legal ou procurador da licitante, de que não utiliza mão de obra infantil, conforme disposto na Lei Federal nº 9.854, de 27 de outubro de 1999, de acordo com o modelo do Anexo III deste Edital. 6.5 Declaração elaborada em papel timbrado e subscrita pelo representante legal ou procurador da licitante, assegurando a inexistência de impedimento legal para licitar ou contratar com a Administração, conforme modelo do Anexo IV deste Edital. 6.6 Declaração de Elaboração Independente de Proposta, constante do Anexo V, deste Edital, nos termos da INSTRUÇÃO NORMATIVA/SLTI-MPOG Nº 2, de 16 de setembro de Comprovação de possuir Assistência Técnica do Brasil. 6.8 Quando for aplicável, declaração elaborada em papel timbrado e subscrita pelo representante legal ou procurador da licitante, assegurando ser microempresa ou empresa de pequeno porte, de acordo com o modelo do Anexo VI deste Edital. 6.9 Na hipótese de não constar prazo de validade nas certidões apresentadas, a Administração aceitará como válidas as expedidas até 90 (noventa) dias anteriores à data de início da sessão As microempresas e empresas de pequeno porte que pretendam utilizar o tratamento diferenciado e favorecido estabelecido pela Lei Complementar nº 123/06 deverão atentar também ao disposto no subitem 8.3 deste edital As empresas estrangeiras que participarem da licitação deverão cumprir as exigências de habilitação mediante a apresentação de documentação equivalente, tanto quanto possível, à prevista na licitação, autenticados pelos respectivos consulados ou embaixadas e acompanhados de tradução juramentada no Brasil. (art. 16, caput, do Decreto 3.555/00 c/c art. 32, 4º, da Lei nº 8.666/93) O licitante deverá ter procurador residente e domiciliado no País, com poderes para receber citação, intimação e responder administrativa e judicialmente por seus atos, juntando os instrumentos de mandato com os documentos de habilitação (art. 16, único, do Decreto nº 3.555/00 c/c art. 32, 4º, da Lei 8.666/93) Na nomeação do representante deve constar a identificação do signatário da empresa e que possui poderes para tal Deve também constar a identificação do representante assim como a delegação dos poderes conforme o subitem 6.11.

8 Servi ço Púb li co Fed eral p ág Os licitantes poderão deixar de apresentar os documentos de habilitação que já constem do Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF) desde que apresentem documento comprobatório de sua regularidade em face deste sistema (art. 4, inciso XIV, da Lei /02). 7 DO PROCEDIMENTO E DO JULGAMENTO 7.1 No horário e local indicado no preâmbulo deste Edital, será aberta a sessão de processamento do Pregão, iniciando-se com o credenciamento dos interessados em participar do certame (art. 4, inciso VI, da Lei nº /02). 7.2 Após os respectivos credenciamentos, as licitantes entregarão ao Pregoeiro a declaração de pleno atendimento aos requisitos de habilitação, de acordo com o estabelecido no Anexo VIII deste Edital e, em envelopes separados, a proposta de preços e os documentos de habilitação (art. 4, inciso VII, da Lei nº /02) Após a abertura do primeiro envelope proposta, não será possível a admissão de novos participantes no certame. 7.3 Recebidos os envelopes, o Pregoeiro procederá a abertura do envelope de proposta e verificará o atendimento às exigências do edital (art. 4, inciso VII, da Lei nº /02) A análise das propostas pelo Pregoeiro tem por finalidade verificar o atendimento das condições estabelecidas, sendo desclassificadas as propostas que não atendam as especificações, quantidades, prazos e demais condições fixadas neste Edital e seus anexos O Pregoeiro poderá suspender a sessão do Pregão para melhor avaliação das propostas. 7.4 As propostas classificadas serão selecionadas para a etapa de lances, com observância dos seguintes critérios (art. 4, incisos VIII e IX, da Lei nº /02): a) A seleção da proposta de menor preço e das demais com preços até 10% (dez por cento) superiores àquela; b) Não havendo pelo menos 03 (três) propostas na condição definida na alínea anterior, serão selecionadas as propostas que apresentarem os menores preços, até o máximo de 03 (três). No caso de empate nos preços, serão admitidas todas as propostas empatadas, independentemente do número de licitantes. c) No caso de empate dos preços propostos será feito sorteio para definição da ordem de preferência do lance Para efeito de seleção será considerado o MENOR PREÇO do objeto desta licitação. 7.5 O Pregoeiro convidará individualmente os autores das propostas selecionadas a formular lances de forma seqüencial, a partir do autor da proposta de maior preço e os demais em ordem decrescente de valor (art. 11, inciso IX, do Decreto nº 3.555/00). 7.6 A etapa de lances será considerada encerrada quando todos os participantes dessa etapa declinarem da formulação de lances. 7.7 Encerrada a etapa de lances será feita a grade de classificação, na ordem crescente dos valores, considerando-se para as selecionadas o último preço ofertado. 7.8 O Pregoeiro poderá negociar com o autor da oferta de menor valor com vistas à obtenção de uma melhor proposta (art. 4, inciso XVII, da Lei nº /02).

9 Servi ço Púb li co Fed eral p ág Após a negociação o Pregoeiro examinará a aceitabilidade do menor preço global, decidindo motivadamente a respeito (art. 4, inciso XI, da Lei nº /02) Considerada aceitável a oferta de menor preço global, será aberto o envelope contendo os documentos de habilitação de seu autor (art. 4, inciso XII, da Lei nº /02) Será considerado inabilitado, o licitante que apresentar documentação incompleta ou em desacordo com o Edital e legislação em vigor (art. 4, inciso XVI, da Lei nº /02 c/c o art. 43, incisos I e II, da Lei nº 8.666/93) Constatada a aceitação da proposta e o atendimento aos requisitos de habilitação, o licitante será declarado vencedor (art. 4, inciso XV, da Lei nº /02) A vencedora deverá, no prazo de até 48 horas, encaminhar proposta escrita e no mesmo formato do Anexo II, com os preços ajustados em relação ao menor lance proposto ou valor negociado. A proposta ajustada deverá informar, inclusive, o preço unitário e total de cada serviço/produto descrito no Anexo I Se a oferta não for aceitável ou se a licitante deixar de atender as exigências de habilitação, o Pregoeiro examinará a oferta subseqüente de menor preço, negociará com o seu autor, decidirá sobre a sua aceitabilidade e, em caso positivo, verificará as condições de habilitação e assim sucessivamente até a apuração de uma oferta aceitável cujo autor atenda os requisitos de habilitação, hipótese em que será declarado vencedor (art. 4, inciso XVI, da Lei nº /02). 8 DA PARTICIPAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO CERTAME 8.1 Será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte (art. 44 da Lei Complementar nº 123/06) Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 5% (cinco por cento) superiores à proposta mais bem classificada. 8.2 Para efeito do disposto no subitem anterior, ocorrendo o empate, proceder-se-á da seguinte forma (art. 45 da Lei Complementar nº 123/06): I a microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certame, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado; II não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, na forma do inciso I, serão convocadas as remanescentes que porventura se enquadrem na hipótese do subitem 8.1.1, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito; III no caso de equivalência dos valores apresentados pelas microempresas e empresas de pequeno porte que se encontrem nos intervalos estabelecidos no subitem 8.1.1, será realizado sorteio entre elas para que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta Na hipótese da não contratação nos termos previstos, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame (art. 45, 1º, da Lei Complementar nº 123/06) O item 8.2 somente se aplicará quando a melhor oferta inicial não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte.

10 Servi ço Púb li co Fed eral p ág A microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada será convocada para apresentar nova proposta no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, sob pena de preclusão (art. 45, 3º, da Lei Complementar nº 123/06). 8.3 Caso a licitante vencedora tenha se utilizado do tratamento diferenciado e favorecido estabelecido pela Lei Complementar nº 123/06, deverá apresentar, juntamente com os demais documentos de habilitação, uma Declaração firmada pelo responsável contábil da empresa atestando que o valor de sua receita bruta do último exercício financeiro encontra-se nos termos do Art. 3º da referida norma, para comprovar a sua condição de Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte. 9 DO RECURSO 9.1 No final da sessão, a licitante interessada em recorrer deverá manifestar imediata e motivadamente a sua intenção, abrindo-se então o prazo de 03 (três) dias para apresentação de razões de recurso, ficando as demais licitantes desde logo intimadas para apresentar contra razões em igual número de dias, que começarão a correr no término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos (art. 4, inciso XVIII, da Lei nº /02). 9.2 No caso da participação de ME ou EPP, o prazo para manifestação do recurso será aberto a partir da regularização da documentação de regularidade fiscal (art. 4, 2º, do Decreto nº 6.204/07). 9.3 É assegurada aos licitantes vista imediata dos atos do Pregão na sede do IEN, com finalidade de subsidiar a preparação de recursos e de contra razões (art. 109, 5º, da Lei nº 8.666/93). 9.4 Interposto o recurso, o Pregoeiro poderá reconsiderar a sua decisão ou encaminhá-lo devidamente informado à autoridade competente (art. 109, 4º, da Lei nº 8.666/93). 9.5 O recurso contra decisão do Pregoeiro não terá efeito suspensivo (art. 11, inciso XVIII, do Decreto nº 3.555/00). 9.6 O acolhimento do recurso importará a invalidação dos atos insuscetíveis de aproveitamento (art. 4, inciso XIX, da Lei nº /02). 9.7 A ausência de manifestação imediata e motivada da licitante importará a decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto do certame pelo Pregoeiro à licitante vencedora, bem como o encaminhamento do processo à autoridade competente para a homologação (art. 4, inciso XX, da Lei nº /02). 9.8 Não serão conhecidos os recursos interpostos após os respectivos prazos legais. 10 DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO 10.1 A adjudicação do objeto do presente certame será proferida pelo pregoeiro sempre que não houver recurso (art. 9, inciso V, do Decreto nº 3.555/00) Havendo recurso, a autoridade competente fará a adjudicação do objeto (art. 4, inciso XXI, da Lei nº /02) Decidido o recurso e constatado a regularidade dos atos praticados, a autoridade competente adjudicará o objeto do certame à licitante vencedora e homologará o procedimento (art. 4, incisos XXI e XXII, da Lei nº /02).

11 Servi ço Púb li co Fed eral p ág No caso de participação de licitante estrangeira, a adjudicação e a homologação, o empenho e o faturamento, serão em nome da empresa estrangeira. 11 DO CONTRATO 11.1 Homologada a licitação, o licitante vencedor será convocado para, no prazo de 05 (cinco) dias úteis a partir da notificação, assinar o Contrato, podendo este prazo ser prorrogado uma única vez, desde que ocorra motivo justificado (art. 64, caput e 1º, da Lei nº 8.666/93) Como condição para celebração do contrato e durante a vigência contratual, a licitante vencedora deverá manter as mesmas condições de habilitação exigidas na licitação (art. 11, inciso XXI, do Decreto nº 3.555/00 c/c art. 55, inciso XIII, da Lei nº 8.666/93). 12 DO RECEBIMENTO DO OBJETO 12.1 O recebimento do objeto será feito no prazo indicado no preâmbulo deste edital, na forma prevista no Termo de Referência (Anexo I) O recebimento definitivo dar-se-á após a conferência e aceitação do produto entregue, para fins de confirmação com as especificações constantes deste Edital e seus anexos A Administração rejeitará, no todo ou em parte, a entrega executada em desacordo com os termos deste Edital e seus anexos Os licitantes ficam cientes de que o recebimento (subitem 12.1) do objeto licitado será em caráter provisório. O aceite e recebimento definitivo serão firmados pelos órgãos técnicos do IEN após a realização dos procedimentos de verificação apropriados no prazo de até 30 (trinta) (art. 73 da Lei nº 8.666/93) O aceite do objeto licitado, pela CNEN/IEN, não exclui a responsabilidade civil do Fornecedor por vícios de qualidade ou técnico do equipamento ou em desacordo com as especificações estabelecidas neste Edital, verificadas posteriormente. 13 DA FORMA DE PAGAMENTO 13.1 O pagamento será efetuado no prazo de até 30 (trinta) dias da data do recebimento definitivo do objeto licitado O pagamento será liquidado eletronicamente, mediante fechamento de Contrato de Cambio, junto ao Banco do Brasil, para credito diretamente na conta corrente da licitante, em conformidade com os dados bancários constantes da proposta comercial O pagamento será efetuado em moeda brasileira à taxa de câmbio vigente no dia do efetivo pagamento (art. 42, 2º, da Lei nº 8.666/93) O pagamento feito ao licitante brasileiro eventualmente contratado em virtude da licitação será efetuado em moeda nacional, à taxa de câmbio vigente no dia útil imediatamente anterior à data do efetivo pagamento As garantias de pagamento ao licitante brasileiro serão equivalentes àquelas oferecidas ao licitante estrangeiro (art. 42, 3º, da Lei nº 8.666/93) A Nota Fiscal/fatura ou a Fatura Proforma Invoice que apresentar incorreções será devolvida ao fornecedor. E, assim, deverá ser reapresentada devidamente corrigida no prazo máximo de até 05 (cinco) dias úteis. O vencimento será recalculado a partir da data de apresentação da nota devidamente corrigida, conforme item 13.1 deste edital.

12 Servi ço Púb li co Fed eral p ág DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS 14.1 As despesas decorrentes da contratação, objeto desta Licitação, correrão à conta da dotação Orçamentária do exercício de 2013, Unidade Gestora , Gestão 11501, fonte de recursos 0100 e 0250, Programa de Trabalho Reduzido (PTRES) nº , Elemento de Despesa EMP. 15 DAS SANÇÕES E DAS PENALIDADES 15.1 A licitante que não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal; apresentar documentação falsa garantido o direito prévio da citação e da ampla defesa, ficará impedida de licitar e contratar com a Administração Pública, pelo prazo de até 05 (cinco) anos, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, sem prejuízo da aplicação das multas e outras penalidades previstas no Edital, no contrato e nas demais disposições legais As penalidades serão registradas no SICAF e, no caso de suspensão de licitar, a licitante será descredenciada por igual período Além das sanções previstas nos itens anteriores, ressalvados os casos de força maior, devidamente comprovados e aceitos pela CNEN/IEN, caso a contratada atrase a entrega do equipamento, ficará sujeita às seguintes multas de mora: a) Multa de 0,1% (um décimo por cento), ao dia de atraso na entrega ou na instalação do equipamento, sobre o valor total da Contratação, contados a partir do vencimento dos prazos estabelecidos; b) A partir do 30º (trigésimo) dia após o vencimento do prazo de entrega ou da instalação, a multa será no percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor total da contratação, hipótese em que a Administração considerará causa para rescisão contratual consoante o Inciso IV do artigo 78, da Lei nº 8.666/93; 15.3 Incidirá nas penalidades previstas neste item, a licitante adjudicatária que se recusar injustificadamente, a assinar o contrato dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da data da comunicação, situação que estará caracterizada a inexecução total da obrigação assumida O IEN obriga-se a encaminhar a Contratada, notificação sobre a multa, quando for o caso, expondo razões gerais que a determinaram, informando o respectivo percentual e valor correspondente, passando a futura contratada a ter o prazo de 05 (cinco) dias úteis para contestar formalmente ou simplesmente dar ciência, implicando a não manifestação em plena aceitação. Havendo contestação, a CNEN/IEN examinará as alegações apresentadas e deliberará sobre a decisão a tomada, comunicando formalmente a contratada Em qualquer hipótese de aplicação das penalidades será assegurado à licitante vencedora e/ou a futura contratada o direito ao contraditório e à ampla defesa. 16 DOS QUESTIONAMENTOS E DA IMPUGNAÇÃO AO EDITAL 16.1 Até dois dias úteis antes da data fixada para recebimento das propostas, qualquer pessoa poderá solicitar esclarecimentos, providências ou impugnar o ato convocatório do pregão (art. 12 do Decreto nº 3.555/00) Caberá ao pregoeiro decidir sobre a petição no prazo de até 24 (vinte e quatro) horas (art. 12, 1º, do Decreto nº 3.555/00);

13 Servi ço Púb li co Fed eral p ág Não serão conhecidos os questionamentos/esclarecimentos interpostos por meio de fax e/ou intempestivos; A petição será dirigida ao Pregoeiro, dentro do prazo legal, por escrito, assinada pelo representante legal da recorrente, entregue no endereço da sede do IEN, conforme detalhes do preâmbulo deste edital O prazo para encaminhamento dos pedidos de questionamentos ou esclarecimentos, bem como para impugnação, encerrar-se-ão conforme informado no preâmbulo deste edital Acolhida a petição referida no item 16.1, será designada nova data para a realização do certame (art. 12, 2º, do Decreto nº 3.555/00). 17 DA FRAUDE À LICITAÇÃO 17.1 Durante o curso da presente licitação, as condutas ou os procedimentos que impliquem em atos contrários aos seus objetivos, ou aos interesses e resultados pretendidos pela administração pública, poderão significar a aplicação das sanções e penalidades do item 15 deste edital sem prejuízo da aplicação das devidas cominações legais previstas nos artigos 87 e 88 da Lei nº 8.666/93, onde e se couber (art. 88, inciso II, da Lei 8.666/93). 18 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 18.1 As normas disciplinadoras desta licitação serão interpretadas em favor da ampliação da disputa, respeitada a igualdade de oportunidade entre as licitantes e desde que não comprometam o interesse público, a finalidade e a segurança da contratação (art. 4, parágrafo único, do Decreto nº 3.555/00) Das sessões públicas de processamento do Pregão, serão lavradas atas circunstanciadas, a serem assinadas pelo Pregoeiro, Equipe de Apoio e pelos licitantes presentes (art. 21, inciso XI, do Decreto nº 3.555/00) As recusas ou as impossibilidades de assinaturas devem ser registradas expressamente na própria ata A proposta comercial (envelope 1) e documentos de habilitação (envelope 2) que forem abertos na sessão, serão rubricadas pelo Pregoeiro, equipe de apoio e pelos licitantes presentes Os envelopes de habilitação das licitantes desclassificadas ficarão à disposição dos interessados na CNEN/IEN para serem retirados após a publicação da homologação e/ou do correspondente contrato. Decorridos 10 (dez) dias sem a retirada dos envelopes, os mesmos serão destruídos Os casos omissos do presente Pregão serão solucionados pelo Pregoeiro com base no art. 22 do Decreto nº 3.555/00, na legislação vigente e nos princípios de Direito Administrativo, inclusive podendo solicitar auxílio subsidiário à equipe de apoio ou outro recurso que julgar conveniente É facultado ao pregoeiro ou à autoridade competente, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, nos termos do art. 43, 3º, da Lei nº 8.666/93) Os licitantes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados em qualquer fase da licitação.

14 Servi ço Púb li co Fed eral p ág A homologação do resultado desta licitação não implicará em direito do licitante ao fornecimento à CNEN/IEN, que deverá ocorrer somente após a assinatura do instrumento contratual e à emissão da Ordem de Compra da CNEN/IEN Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital e seus Anexos, será excluído o dia do início e será incluído o dia do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente na CNEN/IEN (art. 110, da Lei nº 8.666/93) Para fins de aplicação da sanção administrativa constante do Capítulo XV do presente Edital, o lance é considerado proposta É vedada a subcontratação, cessão ou transferência no todo ou em parte do objeto ora licitado Integram o presente Edital: Anexo I Anexo II Anexo III Anexo IV Anexo V Anexo VI Anexo VII Termo de Referência Modelo de Proposta Declaração/Emprego de mão de obra infantil Declaração de Inexistência de Fato Impeditivo Declaração de Elaboração Independente de Proposta Declaração de Micro e Pequena Empresa Minuta de Contrato 19 DO FORO 19.1 Fica eleito o Juízo Federal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro para dirimir quaisquer controvérsias decorrentes deste Pregão, com exclusão de qualquer outro. Rio de Janeiro, 26 de novembro de Eraldo Freitas Tavares Pregoeiro Roberto de Oliveira Lobo Equipe de Apoio Ana Paula Alves da Fonseca Equipe de Apoio De acordo: Paulo Augusto Berquó de Sampaio Diretor Instituto de Engenharia Nuclear IEN Comissão Nacional de Energia Nuclear CNEN

15 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 15 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Processo IEN nº / Pregão Presencial, Internacional nº 004/2013 AQUISIÇÃO DE 01 (UM) CROMATÓGRAFO HPLC MODULAR COM DETETORES DE CONDUTIVIDADE (COM SUPRESSOR DE ÂNIONS) E UV-VIS (COM REAÇÃO PÓS- COLUNA) E GRADIENTE DE BAIXA PRESSÃO PARA DETERNINAÇÃO DE ÂNIONS COMUNS, METAIS DE TRANSIÇÃO, LANTANÍDEOS E COMPOSTO ORGÂNICO PARA O LABORATÓRIO DE INSTRUMENTAÇÃO ANALÍTICA, DO SERVIÇO DE QUÍMICA E REJEITOS DA DIVISÃO DE ENGENHARIA NUCLEAR DO INSTITUTO DE ENGENHARIA NUCLEAR IEN 1 DO OBJETO 1.1 O presente Termo de Referência tem por finalidade estabelecer os critérios para elaboração do Edital, Pregão Presencial (Internacional), para a aquisição de 01 (um) Cromatógrafo HPLC modular com detetores de condutividade (com supressor de ânions) UV-VIS (com reação póscoluna e gradiente de baixa pressão para detetor para determinação de ânions comuns, metais de transição, lantanídeos e compostos orgânicos para o Laboratório de Instrumentação Analítica, do Serviço de Química e Rejeitos da Divisão de Engenharia Nuclear, do Instituto de Engenharia Nuclear IEN. 2 JUSTIFICATIVA 2.1 A aquisição do Cromatógrafo a Líquido de Alta Eficiência com detector de íons com supressor para anions e detector espectrofotométrico tipo Diode-array com reação de póscoluna, cuja aquisição se faz necessária pelas seguintes razões: Trata-se da aquisição de um equipamento para compor Laboratório de Instrumentação Analítica, do Serviço de Química Nuclear e Rejeitos do Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), o qual será utilizado para pesquisas científicas relacionadas com o desenvolvimento de processos e beneficiamento de minérios, licores e rejeitos contendo elementos estratégicos e de alto valor comercial como, por exemplo, Urânio, Tório e Terras-Raras, sendo este último um grupo constituído por quatorze elementos químicos empregados em produtos de alta tecnologia e muito difícil de se analisar por possuírem características químicas muito semelhantes Esse equipamento, também, será disponibilizado de modo a atender às necessidades dos demais setores da instituição e das instituições conveniadas fornecendo suporte analítico às pesquisas e atividades de rotina em andamento, como por exemplo, no desenvolvimento de novos materiais tais como membranas cerâmicas e nanopartículas poliméricas. Na produção de radiotraçadores para aplicações industriais e estudos ambientais. No controle de qualidade da água de refrigeração de reator nuclear e aceleradores de partículas existentes no instituto. Em estudos voltados para o comportamento e poluição das águas de aqüíferos em região de minas e manguezais já em desenvolvimento e carente deste tipo de análise. Formação de pessoal, como no caso do curso de pós-graduação oferecido pela instituição Para tanto optou-se por uma configuração bem versátil, como a apresentada, em que o equipamento é constituído de um detector de condutividade (para determinação de cátions e anions, tais como: potássio, lítio, cloreto, fluoreto, sulfato, fosfatos, oxalatos dentre as muitas possibilidades), um detector UV-Vis com reação pós-coluna (para determinação das terras-raras, urânio, tório, metais de transição e substâncias orgânicas), sistema de gradiente de baixa pressão para possibilitar misturas de reagentes permitindo o aumento da eficiência e velocidade da separação e detecção. Facilidade de automação e rastreabilidade, possibilitando a realização de análise de um grande número de amostras de modo mais reprodutivo e rápido, reduzindo o tempo de intervenção humana, contribuído para salvaguardar a integridade física do operador no que tange a exposição radioativa e a substâncias tóxicas, bem como gerando histórico de auditoria de

16 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 16 acordo com as normas de Boas Práticas de Laboratório fornecendo registro de todos os eventos e ações realizadas, contribuindo para o aumento da vida útil do material adquirido Um outro aspecto a ser considerado diz respeito a necessidade de aquisição de todo o sistema de um mesmo fabricante pelos expostos a seguir: a) Cada fabricante tem um modelo de equipamento que possui rotinas de programação, que são responsáveis por gerenciar as unidades periféricas e que são construídas para uso específico com seus esquipamentos. O emprego de uma unidade de outro fabricante não irá permitir o uso dos equipamentos (gerenciador e periféricos) devido ao conflito produzido pelo emprego de sistemas diferentes, tanto hardware como software, vindo a ocasionar sub-utilização, danos e resultados errôneos a ambos os equipamentos, ficando em inconformidade com o já exposto; b) Na hipótese da aquisição fracionada, ou seja, aquisição de partes do equipamento de diferentes fabricantes para compor o sistema solicitado, os fabricantes das partes adquiridas ou os seus representantes, se veriam na impossibilidade de prestarem serviços de montagem, assistência técnica e calibração, uma vez que tais serviços dependem da: correta comunicação entre os sistemas operacionais; do conhecimento pleno dos esquemas dos circuitos elétricos, eletrônicos e mecânicos da cada equipamento; bem como da disponibilidade de conexões, válvulas etc., específicas dos seus componentes; e de uma série de protocolos para diagnóstico, calibração e medias, que são de conhecimento exclusivo de cada fabricante. Tal situação, de incompatibilidade dos sistemas e/ou conexões, tornaria inviável a sua montagem e a obtenção de assistência técnica, afetando a segurança dos operadores e os resultados das análises, levando mais um vez a uma situação de inconformidade, relativamente aos critérios de sustentabilidade ambiental, funcionalidade, registros e segurança pretendidos. Portanto, o fornecimento fracionado do sistema por parte de diversos fabricantes não permite assegurar a garantia por parte dos fornecedores contra eventuais defeitos, e muito menos o uso do equipamento em sua totalidade, afetando negativamente a segurança e sua funcionalidade Assim sendo, justifica-se a presente solicitação, para prover condições de atender as demandas de análises envolvendo pesquisas e ensino da área de química nuclear e afins, tanto no Instituto de Engenharia Nuclear como das instituições com as quais ele mantém acordos de cooperação. 3 ESPECIFICAÇÕES 3.1 Aquisição de 01 (um) Equipamento Cromatógrafo HPLC modular com detectores de condutividade (com supressor de ânions) e UV-VIS (com reação pós-coluna) e gradiente de baixa pressão para determinação de ânions comuns, metais de transição, lantanídeos e compostos orgânicos. 3.2 Características Técnicas: Forno: Gabinete isolado eletrônica e termicamente com capacidade para pelo menos três colunas de 300 mm, duas no forno e uma fora. O forno deve possuir um termostato de coluna que aquece até pelo menos 80ºC, com incrementos de pelo menos 0,1ºC e estabilidade melhor que 0,05ºC. Tubulações e partes dos equipamentos em contato com líquidos: Todas devem ser construídas em material polimérico (PEEK-poliéter-éter-cetona), de alta resistência química a solventes orgânicos e soluções corrosivas (ph de 0 a 14), sem componentes metálicos por onde passam o eluente e a amostra, de modo a assegurar análise livre de contaminantes metálicos.

17 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 17 Válvulas de injeção: Deve possuir uma válvula de injeção de seis vias para cada detetor com acionamento elétrico controlado pelo software e loop de injeção ajustável pelo usuário de volume 2 a 1000µL, ou melhor e com tempo de atuação de pelo menos 100mS ou melhor. Bomba de alta pressão 02 unidades: Deve possuir dois pistões sincronizados que garantam a redução do ruído e pulsação. Capacidade de bombear líquidos a uma vazão constante de pelo menos 0,001 a 20mL/min e com desvio menor que 0,1%, para uma faixa de trabalho de 0 a 35MPa de pressão. Deve apresentar dispositivo de desligamento do sistema, quando os limites de pressão selecionados são ultrapassados, e válvula de purga para eliminação de bolhas de ar que possam estar no sistema. Deve possuir sistema com reconhecimento automático de todos os parâmetros e monitoramento de todas as ações através do software sem necessidade de utilização de ferramentas. Não deve necessitar de gás externo para operação. Deve possuir desgaseificador de eluente e da amostra integrados à bomba. Amortecedor de pulsação para a redução do ruído da linha de base. Deve possuir sensor de vazamento com detecção eletrônica. Deve possibilitar realizar gradiente de baixa pressão onde se é possível misturar até três eluentes diferentes de modo individual para fornecer as respectivas percentagens de eluentes. O sistema deve possibilitar aspirar por bomba de alta pressão e gradiente de eluentes de baixa pressão produzido e conduzi-lo para o sistema cromatogrático. Deve possibilitar a degaseificação por deseigaficador de cada um dos eluentes, para bombeamento do reagente pós-coluna e a outra sistema de supressão de ânions. Detector de condutividade 01 unidade: Detector de condutividade que atue nas faixas de condutividade de 0 a 15000µS/cm com ruído <0,1nS medidos a 1µS/cm. Possuir tecnologia de processamento digital, sem necessidade de troca de escala de condutividade, analisando em altas e baixas concentrações (no range sem escalas). Sistema com reconhecimento e monitoramento automático dos parâmetros via software. Deve possuir controle de estabilidade de temperatura de 20 a 50 C ou melhor, com incrementos de 5 C ou melhor, e precisão igual ou melhor que 0,001 C. Volume da célula de condutividade menor que 1,0 µl ou melhor. Linearidade eletrônica 0,5% ou melhor. Ruído eletrônico 0,1nS/cm ou melhor. Ruído linha de base 0,2nS/cm com a coluna ou melhor. Resolução 5,0pS/cm ou melhor. Deve ser controlada por software. Deve ser configurada com sistema de supressão de ânions devendo assim ser configurado com o necessário para tal. Sistema de supressão de ânions: Dever ser capaz de trabalhar em regime de gradiente e isocrático e de eliminar picos produzidos por gás carbônico e de injeção. Deve possibilitar qualificar concentração de ânions na ordem de partes por bilhão. Deve apresentar baixo fundo de escala e ruído de linha de base inferior ou melhor que 0,5nS/cm. Preferencialmente, deve possuir resistência a soluções aquosas de solventes orgânicos polares (acetona, acetonitrila, álcoois metílico, etílico, isoprosílico e outros). Dispositivo deverá ter garantia de três anos ou mias. Detector UV-Vis 01 unidade: Detector UV-Vis com tecnologia Diode-array capaz de detectar analitos em 6 comprimentos de onda distintos ou mais, e com pelo menos mais um canal de referencia e função para estudos do espectro de absorção da amostra. Deve possuir as lâmpadas para UV e Visível sincronizadas e de preferência em um mesmo compartimento, possibilitando o trabalho na faixa de 190nm a 900nm sem a necessidade de troca das lâmpadas. Precisão de +/- 3nm ou melhor, estabilidade de +/- 1nm, ruído de 2,5 x 10-5AU ou melhor e resolução óptica de 5nm ou melhor quando medida em 254nm. Deve ser controlada por software. Deve possibilitar realizar reações pós-coluna, devendo assim ser configurado acessório necessário para tal, incluindo mecanismo para bombeamento do reagente póscoluna. O fluxo de reagentes para reação pós-coluna deverá ser realizada por uma bomba peristáltica ou por uma bomba de alta pressão, ficando a critério do usuário qual utilizar devendo assim ser configuradas ambas alternativas, sendo que ambas deverão ser totalmente controladas pelo Software. Sistema para aquisição de dados e controle dos periféricos 01 unidade: Deve possuir possibilidade de operar em língua portuguesa. Deve possuir atualizações gratuitas. Deverá

18 Servi ço Púb li co Fed eral p ág. 18 controlar todas as funções do cromatógrafo através de interfaces com o computador e todas as operações deverão ser independentes. Possibilidade de integração manual ou automática dos picos do cromatograma. Arquitetura cliente/servidor. Opera em todos os modos de rede. Guias para facilitar a programação, validação dos resultados e da performance do equipamento. Ajuda on line e guias para facilitar as programações. Flexibilidade de troca de layout para facilitar o usuário. Deve possuir compliância com CFR 21 Part 11 da FDA e GLP. Deve possuir histórico de auditoria de acordo com as normas GLP e registro de todos os eventos e ações realizadas (por usuário, por dia e por amostra). Deve possuir assinatura digital com, possibilidade de escolher todo ou qualquer item para diferentes níveis de usuários, com senhas individuais. Deve possuir cálculos estatísticos. Deve permitir exportação de dados com possível conversão dos registros para formato AIA, figuras e planilhas eletrônicas e envio de dados para editor de texto. Deve permitir acompanhamento da vida útil das colunas com sistema de monitoramento automático, informando número de injeções e horas trabalhadas, intervalos de troca de colunas e pré-colunas. Deve permitir acompanhamento da vida útil de acessórios como filtros in-line, capilares, mangueiras, cartuchos, etc. Deve permitir acompanhamento da data de validade e eluentes e soluções regenerantes neste último caso quando aplicável. Deve permitir acompanhamento dos intervalos de manutenção e validação de todos os componentes como bombas de alta pressão e detectores. Amostrador automático 01 unidade: Amostrador Automático robótico com bomba para transferência de soluções para o sistema de injeção com velocidade variável, e ajuste de movimento para trás e para frente. Capaz de realizar programação para injeções simples, em duplicata ou em triplicata automaticamente. Possibilidade de injeção com o volume de loop parcial combinado com ultrafiltração. Deve possuir rack removível com pelo menos 55 posições e 1 frasco para lavagem. Deve vir acompanhado de pelo menos 200 vials com tampas. Colunas Cromatográficas: a) 01 (uma) coluna cromatográfica para separação de ânions (fluoreto, cloreto, iodeto, nitrito, brometo, nitrato, fosfato, sulfato) com detecção por condutividade, e 02 (duas) colunas de proteção.; b) 01 (uma) coluna cromatográfica para separação de metais de transição (cobalto, cobre, ferro II, níquel, zinco, etc.) utilizando detecção UV-VIS e 02 (duas) colunas de proteção; c) 01 (uma coluna cromatográfica para separação de lantanídeos utilizando detecção UV- VIS, e 02 (duas) colunas de proteção; d) 01 (uma) coluna cromatográfica C18 de fase reversa para separação de compostos orgânicos utilizando detecção UV-VIS, 02 (duas) colunas de proteção. 3.8 Todos os equipamentos que constituem este sistema analítico deverão ter 3 anos de garantia. Deverão ser fornecidos os manuais dos equipamentos em Português e Inglês O fornecimento deverá possuir suporte técnico e de aplicação no Brasil. 4 CONDIÇÕES E RECEBIMENTO 4.1 O objeto do presente Termo de Referência deverá ser entregue no prazo de 90 (noventa) dias contados da data da emissão da Ordem de Compras e será recebido por uma Comissão Especial de Recebimento composta por 03 (três) membros, a ser Designada pelo Diretor do IEN, através de Portaria, que será responsável pelo acompanhamento e fiscalização do futura contrato, provisoriamente, para efeito de posterior verificação da conformidade do material com a especificação, pelo prazo de 30 (trinta) dias. 4.2 O IEN rejeitará totalmente o fornecimento executado em desacordo com as especificações fixadas no presente Termo de Referência. 4.3 A aquisição está condicionada a presença de Assistência Técnica no Brasil.

19 Servi ço Púb li co Fed eral p ág Após expirado o prazo fixado no sub.ítem 4.1, e não havendo recusa justificada do objeto da licitação por parte do IEN, o seu recebimento deverá ser reputado definitivo. 4.5 O recebimento provisório ou definitivo não exclui a garantia, as penalidades e multas previstas neste termo de referência, e tampouco a responsabilidade civil pelo fornecimento nos termos do instrumento convocatório e com observância aos ditames legais. 4.6 A Licitante deverá dar garantia mínima de 01 (um) ano para o equipamento, a partir da data da entrega efetiva, quanto à validade do produto e a vícios ou defeitos imputáveis ao fabricante ou fornecedor, comprometendo-se a substitui-lo de imediato após a solicitação do IEN. 4.7 O prazo de entrega do bem objeto do presente Termo de Referência será de até 90 (noventa) dias contados a partir da data da assinatura do Contrasto, e deverá estar disponível para embarque no Aeroporto de Origem do fabricante/exportador. 4.8 Em caso de participação de empresa sediada no Brasil, a entrega deverá ser efetuada no prazo de até 90 (noventa) dias e deverá ser no Almoxarifado do IEN, situado na Rua Hélio de Almeida nº 75, na Cidade Universitária, Ilha do Fundão, na cidade do Rio de Janeiro RJ. 5 SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 5.1 A licitante que não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal; apresentar documentação falsa garantido o direito prévio da citação e da ampla defesa, ficará impedida de licitar e contratar com a Administração Pública, pelo prazo de até 05 (cinco) anos, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, sem prejuízo da aplicação das multas e nas demais disposições legais As penalidades serão registradas no SICAF e, no caso de suspensão de licitar, a licitante será descredenciada por igual período. 5.2 Além das sanções previstas nos itens anteriores, ressalvados os casos de força maior, devidamente comprovados e aceitos pela CNEN/IEN, caso a contratada atrase a entrega do equipamento, ficará sujeita às seguintes multas de mora: c) Multa de 0,1% (um décimo por cento), ao dia de atraso na entrega do equipamento ou da instalação, sobre o valor total da Contratação, contados a partir do vencimento do prazo estabelecido para a entrega; d) A partir do 30º (trigésimo) dia após o vencimento do prazo de entrega ou da instalação, a multa será no percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor total da contratação, hipótese em que a Administração considerará causa para rescisão contratual consoante o Inciso IV do artigo 78, da Lei nº 8.666/93; e) Suspensão temporária de participar em licitações e impedimento de contratar com a Administração Pública, por prazo não superior a 02 (dois) anos; 5.3 Incidirá nas penalidades previstas neste item, a licitante adjudicatária que se recusar injustificadamente, a assinar o contrato dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da data da comunicação, situação que estará caracterizada a inexecução total da obrigação assumida. 5.4 O IEN obriga-se a encaminhar a Contratada, notificação sobre a multa, quando for o caso, expondo razões gerais que a determinaram, informando o respectivo percentual e valor correspondente, passando a futura contratada a ter o prazo de 05 (cinco) dias úteis para contestar formalmente ou simplesmente dar ciência, implicando a não manifestação em plena aceitação. Havendo contestação, a CNEN/IEN examinará as alegações apresentadas e deliberará sobre a decisão a tomada, comunicando formalmente a contratada.

20 Servi ço Púb li co Fed eral p ág Em qualquer hipótese de aplicação das penalidades será assegurado à licitante vencedora e/ou a futura contratada o direito ao contraditório e à ampla defesa. 6 OBRIGAÇÕES E RESPONSABILDIADES Alem das demais obrigações previstas, as partes se obrigam a: I CONTRATADA a) Efetuar a entrega do equipamento no prazo estabelecido; b) Manter, durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na fase da licitação; c) Prestar os serviços com diligência e perfeição, cumprindo rigorosamente as normas pertinentes; d) Acatar as exigências do IEN quanto à execução dos serviços; e) Dar ciência imediata à autoridade competente das anormalidades ocorridas durante a execução dos serviços; f) Não transferir ou ceder, total ou parcialmente, sem prévia e expressa anuência do IEN, os direitos e obrigações decorrentes do futuro contrato; g) Não se valer do futuro contrato para assumir obrigações perante terceiros, dando-o como garantia, nem utilizar os direitos de crédito, a serem auferidos em função do fornecimento do serviço, em quaisquer operações de desconto bancário, sem prévia autorização da CNEN/IEN; h) Repor, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, qualquer objeto do IEN comprovadamente danificado por seus empregados, ou por eles extraviados. II CNEN/IEN a) Pagar com pontualidade os valores devidos, objeto do presente Termo de Referência; b) Indicar o nome dos servidores responsáveis para o acompanhamento e fiscalização do contrato e pelo cumprimento do contrato, por parte da Contratada; c) Fornecer a Contratada todas as informações necessárias à perfeita execução do serviço; d) Expedir por escrito, as advertências e penalidades dirigidas a Contratada; e) Notificar, por escrito, a Contratada de quaisquer irregularidades constatadas, solicitando providências para a regularização das mesmas; f) Assegurar aos empregados da Contratada acesso ao local de trabalho, resguardadas as necessidades de sigilo e segurança, hipótese em que a IEN comunicará o início e a cessação dos motivos impeditivos da execução do objeto deste contrato; g) Comunicar a Contratada, com 48 (quarenta e oito) horas de antecedência, de qualquer alteração de horários, rotinas de trabalho, e ainda, de outras informações consideradas úteis ao bom desempenho do serviço. 7 PAGAMENTO 7.1 O pagamento será efetuado no prazo de até 30 (trinta) dias da data do recebimento definitivo do objeto licitado. 7.2 O pagamento será liquidado eletronicamente, mediante fechamento de Contrato de Cambio, junto ao Banco do Brasil, para credito diretamente na conta corrente da licitante, em conformidade com os dados bancários constantes da proposta comercial.

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL Curso de Licitação. Pregão Presencial e Pregão Eletrônico Professor: Antônio Noronha Os 3 Caminhos Possíveis para Aquisição/ Serviços, etc... Licitação; Dispensa de Licitação; Inexigibilidade de Licitação.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME Banco do Brasil - edital nº 2007/21407 (7420) - Registro de Preços - edital 8. REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME 8.2 CREDENCIAMENTO NO APLICATIVO LICITAÇÕES 8.2.7 Em se tratando de Microempresa ou Empresa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20...

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... Ao...do dia do mês de... do ano de 20..., na PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA PGR,

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

Edital de convite para

Edital de convite para CÂMARA MUNICIPAL DE ARVOREZINHA EDITAL DE CONVITE N.º 004/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 006/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO E ABERTURA DOS ENVELOPES DA DOCUMENTAÇÃO: 13/11/2014,

Leia mais

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS AVISO CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS LOCAL: RUA VISC. DE SEPETIBA, 987 11ºANDAR NITERÓI- RJ. 1/6 A FIRMA: ENDEREÇO: Prezados Senhores, CONVITE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 041/08 Processo nº 31.744/08 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LICITAÇÃO N 001/2006 MODALIDADE: EDITAL DE CONVITE CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 Expedição: 01/09/2006 Abertura: dia 20/09/2006

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 015/08 Processo nº 41.128/07 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO VIATURA (VW GOL 1.6,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº 09/2007 PROCESSO Nº 0.01.000.000879/2007-37 VALIDADE: 1 (um)

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Pregão Presencial nº 02/2013 Processo nº 05/2013 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA GERAL DE LICITAÇÃO ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA GERAL DE LICITAÇÃO ATENÇÃO ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Pregão Presencial, deverão confirmar a participação por e-mail ou fax para a Coordenadoria Geral de Licitação Tel/fax: (24) 3339-9071, e-mail: cgl@vr.rj.gov.br.

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL Cotação Prévia de Preço n 003-2012 Convênio 11.778 FBB Maior percentual de desconto Cotação prévia de Preços na modalidade maior percentual de desconto para contratação de empresa para intermediação de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Por determinação do(a) Senhor(a) GILMAR DE ALMEIDA BOEIRA, Prefeito Municipal, com a autoridade que lhe é atribuida

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 Ref.: Convênio n 001/2008: Convênio celebrado entre a Agência Nacional de Águas - ANA e Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO.

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO. PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 72/2015 TIPO MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA ME s e EPP s, CONFORME REDAÇÃO DADA PELA LC 147/2014.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP O Decreto Municipal Nº 49.511/08 regulamenta, no âmbito do Município de São Paulo, as normas definidas na Lei Complementar nº 123/06, que criou o Estatuto

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013.

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. PREÂMBULO Processo de licitação nº.: 395/2013. Interessado: Fundo Social de Solidariedade do Município de Araras. Recursos orçamentários e financeiros: Consignados

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD. PAULISTA CEP

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015.

PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015. PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015. Aprova a Instrução Normativa nº 06, de 31 de agosto de 2015, que regulamenta os trâmites administrativos dos Contratos no âmbito do Conselho de Arquitetura

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE RORAIMA PROGRAMA DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2008 Regido pela Lei nº 8.666/93.

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 O Presidente do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e suas

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST Cotação Prévia de Preços n 002/2013 Convênio nº 35/2013 - SEBRAE/ ARTEST Menor preço Cotação Prévia de Preços na modalidade menor preço para contratação de empresa especializada nos serviços de GESTÃO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 017/2007 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2007 HORÁRIO: 10:00 HORAS LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

A U T O R I Z A Ç Ã O

A U T O R I Z A Ç Ã O A U T O R I Z A Ç Ã O JORGE LUIS DE SOUZA FONSECA, Prefeito do Balneário Pinhal/RS, no uso das atribuições que lhe foram conferidas e em consonância ao disposto no art. 38 da Lei Federal nº 8.666/93, autoriza

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 Tipo: Menor preço COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita sob o CNPJ nº 42.467.787/0001-46, com sede

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 01/2010 MODALIDADE CONVITE PROCESSO Nº 058/2010 Contratação de serviços

Leia mais

Câmara Municipal de Cosmópolis

Câmara Municipal de Cosmópolis ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 01 INTRODUÇÃO A Câmara Municipal de Cosmópolis pretende contratar, com base na Lei nº 8.666/93, na Lei nº 10.520/02, no Decreto Municipal nº 3.769/2007, no Decreto Legislativo

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá COORDENADORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá COORDENADORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n.º 25 /2014 PROCESSO n.º 62/2013 (Protocolo nº 6.007). PREGÃO ELETRÔNICO n.º 49/2013 VALIDADE: 12 (doze) meses Aos quatorze dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze,

Leia mais

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará MINUTA DO CONVITE Nº 030/2014. Natureza da Despesa: SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA 3390390091 - REPASSE PARA MANUTENÇÃO DE ESCOLAS Data de Emissão: 29/09/2013 Data da Licitação: 09/10/2014 Hora da Licitação:

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 048/2011 MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO N.º 2011.0000.4871 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 21 (vinte e um) dias do mês de junho

Leia mais

Conselho Regional de Odontologia do Paraná

Conselho Regional de Odontologia do Paraná EDITAL PARA CREDENCIAMENTO DE EMPRESA PARA GERENCIAMENTO DE PAGAMENTO ELETRONICO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 002/2014 1. DA CONVOCAÇÃO O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO PARANÁ, no uso de suas atribuições

Leia mais

2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015

2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS BÁSICOS SEMUSB 2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 Edital de chamamento público para formalização de convênio com

Leia mais

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores:

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores: CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009 Prezados Senhores: A ONG 5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, em conformidade com a redação em vigor da Lei Federal nº 8.666/93, Lei Estadual

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. 5.1 Quantidade estimada para compra são de 2 (dois) nobreaks que funcionarão de forma redundante.

TERMO DE REFERENCIA. 5.1 Quantidade estimada para compra são de 2 (dois) nobreaks que funcionarão de forma redundante. TERMO DE REFERENCIA 1. OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada para fornecimento e manutenção de equipamento elétrico do tipo nobreak nas instalações da sala dos servidores da Companhia Docas do

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas EDITAL EDITAL DE TOMADA DE PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO TÉCNICO PROFISSIONAL DE ASSESSORIA E CONSULTORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, CONFORME DESCRITO NO TERMO DE REFERÊNCIA E PROJETO

Leia mais