Clube Filatélico de Portugal 34.º Leilão Lisboa * 06 - Junho H00 Hotel Travel Park lisboa Avenida Almirante Reis, 64 - Lisboa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clube Filatélico de Portugal 34.º Leilão Lisboa * 06 - Junho - 2015 10H00 Hotel Travel Park lisboa Avenida Almirante Reis, 64 - Lisboa"

Transcrição

1 Clube Filatélico de Portugal 34.º Leilão Lisboa * 06 - Junho H00 Hotel Travel Park lisboa Avenida Almirante Reis, 64 - Lisboa Contactos Telefone: * Fax As licitações para os lotes do correio devem dar entrada na sede do Clube até às 24H00 do dia 4 de Junho Exposição de lotes Na sede do C.F.P. à Av. Almirante Reis 70-5.º Dt.º Quintas e Sábados das 15H00 às 19H00 Nos outros dias da semana por marcação por ou telefone (só atendemos no período da tarde) No dia do Leilão, no Hotel Travel Park das 09H00 às 10H00 Através da nossa página WEB 1

2 LEILÕES INTER-SÓCIOS Regulamento 1. Os leilões inter-sócios são destinados exclusivamente a sócios do Clube Filatélico de Portugal, com as suas quotas em dia. 2. Todas as transações relativas a este leilão são efectuadas em Euros. Os pagamentos podem ser efectuados noutra moeda segundo o câmbio oficial do Banco. 3. O preço inicial é o mínimo a que pode ser adjudicado cada lote 4. Sobre o preço global da adjudicação incidirá uma taxa líquida de 10 %. Esta verba destina-se a financiar obras de conservação e reparação da Sede, bem como para a constituição de um Fundo para Aquisição de Sede Própria (TAXA SEDE) 5. Os lotes serão vendidos pelo maior lance. Em caso de um único licitante será vendido pelo preço base. 6. Os sócios poderão licitar por correspondência. Nas licitações por correspondência os lotes serão atribuídos à proposta mais elevada, que o receberá pelo lance imediato ao último, quer seja efectuado por correspondência ou na sala. Em caso de igualdade de montantes nas propostas por correspondência para um determinado lote, este será adjudicado à oferta que tiver chegado em primeiro lugar. 7. As propostas serão feitas em Euros de acordo com a seguinte tabela: Até 50 2 De a De 51 a De a De 101 a Acima de De 201 a De 500 a Os sócios compradores pagarão pelo lote o preço por que o licitaram, acrescido da Taxa-Sede e das despesas de envio. Os lotes são expedidos por correio registado por conta e risco do sócio comprador ou, a pedido escrito, com valor declarado. 9. Só são aceites reclamações dentro do prazo de 10 dias após a recepção dos lotes pelo sócio comprador. 10. O leiloeiro é quem regula as licitações e em caso de qualquer conflito de interesses entre compradores, a sua decisão prevalece. 11. Os lotes estarão em exposição na sede do Clube Filatélico de Portugal, assim como através da nossa página Web (www.cfportugal.pt). 12. Por indicação do sócio vendedor poderá haver lotes com reserva de preço e o lote não será vendido por valor inferior. O valor da reserva é sigiloso. 13. O pagamento dos lotes atribuídos terá de ser efectuado em Euros (EUR) por cheque, transferência bancária ou vale postal em nome do Clube Filatélico de Portugal ou Paypal + 6% 14. O prazo de pagamento não deverá ultrapassar 20 dias, sob pena de perda de direito aos lotes adjudicados, podendo o sócio comprador incorrer em pena de exclusão em leilões posteriores. 15. Em casos omissos neste Regulamento serão válidas as resoluções da Direção do CFP 16. Os símbolos utilizados e o seu significado são os seguintes: *** - Selo novo sem charneira ** - Selo novo com charneira * - Selo novo sem goma 8 - Selo UsadoUsado * - Carta JOR - Jornal CNT - Cinta PI - Postal ilustrado & - Livro FRG - Fragmento DOC - Documento IN - Inteiro Postal novo IC - Inteiro Postal circulado BLC - Bloco PRV - Prova Q - Correio aéreo Lote - Lote de exemplares TLG - Telegrama AER - Aerograma R - Reimpressão RG - Regomado ETQ - Etiqueta PM - Postal máximo CRT - Carnet DES - Desenho NT - Nota MD - Moeda OPN - Ordem Postal nova 2

3 Índice A partir das 10H Colecção Porteado e Biblioteca / Castanheira da Silveira Colecções * Macau / Ceres + Gravura retocada / Etiquetas Lotes especiais História Postal Inteiros Postais Porteados Postais ilustrados Perfurados Fiscais e Vinhetas Correio Aéreo, marítimo e ferroviário Correio Militar, censuras e isentos de franquia Provas e ensaios A partir das 15H Erros e falsos Selos e Correspondências Marcofilia Literatura Reimpressões Estrangeiro Lotes e Acumulações Diversos Lotes pelo Correio

4 35º Leilão do Clube Filatélico de Por tugal a Participar é ajudar o clube ACEITAMOS 30. S ET.15 L OT S E A t É 4

5 Colecção especializada de Porteado e Literatura Filatélica José Manuel Castanheira da Silveira (2.ª Parte) Numa vida inteira dedicada à filatelia, foi um lustre filatelista, consagrado expositor, jurado nacional e internacional e associado honorário do Clube Filatélico de Portugal. 1 PORTEADO 1 F * 1853 Porteado. Primeiro período * 2.ª tabela. Carta remetida de Lisboa ( ) para Coimbra com porte a pagar. Foi porteada em 40 reis. Selo fixo batido a azul. Carimbo circular datado de LISBOA (27/8/53). 2 F * 1854 Porteado. Primeiro período * 2.ª tabela. Carta remetida do Porto ( ) para Lisboa com porte a pagar. Foi porteada em 40 reis. Selo fixo batido a preto. Carimbo datado do período pré-adesivo do PORTO, batido a azul. 3 F * 1854 Porteado. Primeiro período * 2.ª tabela. Carta remetida de Viseu ( ) para Coimbra com porte a pagar. Foi porteada em 40 reis. Selo fixo batido a azul. Carimbo rectangular datado 6 2 / VIZEU / * 1856 Porteado. Primeiro período * 2.ª tabela. Carta remetida de Vila Nova da Cerveira ( ) para Caminha com porte a pagar. Foi porteada em 40 reis. Porte manuscrito a sépia. Carimbo batido a azul de CERVEIRA. 5 * 1859 Porteado. Primeiro período * 2.ª tabela. Carta remetida de Pernambuco ( ) para Porto com trânsito por Lisboa ( ). Provavelmente transportada em mão foi colocada no correio em Lisboa com porte a pagar. Foi porteada em 40 reis. Selo fixo batido a preto. Carimbo circular datado de LISBOA batido a preto. 6 F CNT Porteado. Frente de cinta de jornal, circulado de Braga para Vila Verde. Porteada em 10 reis por excesso de peso, com selo fixo batido a preto EXCESSO DE PEZO / 10. Carimbo nominativo batido a preto de BRAGA. 7 F * Porteado. Primeiro período. 1856/58 D. Pedro V. Cabelos anelados. CE13, 25 reis carmim rosa. Carta circulada de Setúbal ( ) para Lisboa ( ) com dois selos obliterados com carimbo numérico da 1.ª reforma 42 e nominativo SETUBAL, ambos batidos a preto. Foi reendereçada para Oeiras com o porte a pagar de 80 reis, batido a preto (2.ª tabela de portes). MB e MR. 8 * Porteado. Segundo período. 1867/70 D. Luís I. Fita curva. Denteados. Carta circulada de Barrancos ( ) para Lisboa ( ) com trânsito por Beja ( ) com selo de 25 reis CE30. Insuficientemente franquiada foi porteada em 50 reis. Selo fixo batido a preto. Carimbo nominativo de MOURA. 9 F * Porteado. Selos fixos. 1892/93 D. Luís I, com sobrecarga PROVISÓRIO. CE81, 10 reis verde em sobrescrito circulado de Portalegre ( ) com insuficiência de franquia de 15 reis. Foi porteado com o dobro do porte em falta com selo fixo de 30 reis batido a preto, duplamente aplicado em Portalegre e Lisboa. 10 F PI Porteado. Selos fixos. 1895/96 D. Carlos I Mouchon. Postal ilustrado circulado da Batalha ( ) para Cascais com selo de 5 reis laranja CE127. Insuficientemente franquiado foi porteado com o dobro do porte em falta com selo fixo batido a preto de 10 reis. MB. 11 PI Porteado. Selos fixos. Postal ilustrado circulado do Uruguai ( ) com selos de 1 e 5c, para Lisboa ( ). Franquiado com postal ilustrado foi considerado como carta, tendo sido porteado com o dobro do porte em falta com selo fixo de 70 reis batido a preto. MB. 12 F * Porteado. Selos fixos. Sobrescrito circulado de Paris ( ) para Lisboa ( ) com selo de 80c SC36. Porteado à chegada com selo fixo de 120 reis batido a preto. MB e R. 13 F PRV 1898 Porteado. V Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. Prova de cunho em ardósia claro, sem abertura da taxa no cunho, em cartão calandrado. MB e MR. 14 PRV 1898 Porteado. V Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. CE POR 1/6. Série completa em provas não denteadas, papel porcelana, gomadas, nas cores finais. MB e MR Porteado. V Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. CE POR 1/6. Série completa usada. Valor de catálogo 215,

6 16 F PRV 1917 Porteado. Emissão projectada. Desenho e gravura de José Sérgio de Carvalho e Silva. Lote com 7 provas dos valores de ½ c, 1c, 2c, 3c, 4c, 5c e 10c, em verde amarelo, não denteadas. Não catalogadas por Oliveira Marques. 17 F PI 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Postal ilustrado circulado de Lisboa ( ) para Queluz, sem franquia. Foi porteado no dobro do porte em falta com dois selos de 10 reis, laranja, CE POR7. MB. 18 F * 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Sobrescrito circulado de Inglaterra ( ) para o Funchal com selo de 1p. Foi porteado com o dobro do porte em falta com bloco de 6 selos de 5 reis + selo de 10 reis + selos de 20 reis CE POR 7/9. MB e MR. 19 F PI 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Postal ilustrado circulado de Permentier ( ) com selo de 10c (porte de PI). Considerado como carta foi porteado com o dobro o porte em falta com selos de 20 e 40 reis CE POR 9 e 11. MB. 20 PI 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Postal ilustrado circulado de Londres ( ) para Lisboa ( ) com selo de 1p. Considerado como carta foi porteado com o dobro o porte em falta com 2 selos de 40 reis CE POR11. MB. 21 F PI 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Postal ilustrado circulado de Paris ( ) para Lisboa ( ) sem franquia. Foi porteado no dobro do porte em falta com selo de 50 reis CE POR F * 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Sobrescrito circulado do Natal ( ) para Lisboa ( ) com selo de 2 ½ d. Insuficientemente franquiado foi porteado com o dobro do porte em falta (2 ½ d = 25c = 50 reis x 2 = 100 reis) com selo de 100 reis CE POR 13. MB e MR. 23 «««/ Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Lote composto por quadra nova de 100 reis (um selo com transparência), CE POR13 + selos usados de 30, 50 e 100 reis CE POR 10, 12 e F PI 1911 Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Postal ilustrado circulado de Le Mans ( ) para Lisboa ( ) com dois selos de 2c. Foi porteado com o dobro do porte em falta com selo de 5 reis CE POR14. Deveria ter sido porteado com 10 reis. B e R. 25 F PI 1911 Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Postal ilustrado circulado de Arras ( ) para Lisboa ( ) com dois selos de 2c. Foi porteado com o dobro do porte em falta com dois selos de 10 reis CE POR15. B e R. 26 PI 1911 Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Postal ilustrado circulado de Faro ( ) para Lisboa ( ) sem franquia. Foi porteado com o dobro do porte em falta com selo de 20 reis CE POR «««/««1911 Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Lote composto por bloco de 6 selos de 20 reis + selo isolado CE POR16 + dois selos de 30 reis CE POR17. Todos com a sobrecarga deslocada. 28 F * 1911 Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Sobrescrito circulado de Lisboa ( ) para Tortozendo ( ) sem franquia. Porteado no dobro do porte em falta com selo de 50 reis CE POR19. B e R. 29 «««/««1911 Porteado. Emissão regular. Valor em reis, com sobrecarga REPUBLICA. Lote de 3 selos com s sobrecarga invertida. CE15 e 18, 10 e 40 reis sem sinal de charneira e CE17, 30 reis com sinal de charneira. Valor de catálogo 137, «««/ Porteado. Emissão regular, com sobrecarga REPUBLICA. Lote composto por série completa nova + repetições novas e usadas. Selo de 50 reis com sobrecarga SPECIMEN. 31 PRV 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Lote composto por prova de artista não denteada, margens largas em papel porcelana, em castanho claro, sem abertura do valor + prova de cor do selo de 10 centavos, não denteada, em papel liso amarelado, na cor preta. 32 PRV 1904 Porteado. Emissão regular. Valor em reis. Bloco de provas com a série dos selos emitidos na cor castanha. Cor não aprovada. 33 PI 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Postal ilustrado circulado para Lisboa ( ) com selos de ½ C CE207 e 1C CE221. Porte em falta de ½, sendo porteado no dobro com selo de 1c CE22. B e R. 34 PI 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Postal ilustrado circulado do Porto ( ) para Lisboa ( ) com selo de 2C tipo Ceres CE210. Sendo o porte dos postais ilustrados de 3c foi porteado no dobro do porte em falta com selo de 2c CE POR23. Marca circular de porteado do Porto T / 2C. MR. 35 * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Sobrescrito circulado do Porto ( ) para Lisboa ( ) com selo de 4c tipo Ceres CE226. Sendo o porte das cartas de 10c foi porteado com o dobro do porte em falta com selos de 2c e 10c CE POR 23 e 27. 6

7 36 * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Sobrescrito de reduzidas dimensões (cartões de visita) circulado no Porto ( ) com selo de 1c tipo Ceres CE221. Sendo o porte de impressos de 3c foi porteado no dobro o porte em falta com selo de 4c CE POR25, 37 PI 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Postal ilustrado circulado em Lisboa ( ) com selo tipo Ceres de 10c CE215. Sendo o porte dos bilhetes-postais de 15c foi porteado com o dobro do porte em falta com dois selos de 5c CE POR * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos Ceres. CE211, 2 ½ c em sobrescrito circulado de Braga ( ) para o Porto. Por o selo já ter servido foi considerado nulo e porteado em 5c (dobro do porte em falta) com selo de 5c CE POR26. B e R. 39 * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Sobrescrito circulado de Soutelo pela Ambulância Douro II ( ) para o Porto ( ) sem franquia. Foi porteada com o dobro do porte em falta com selo de 5C CE POR26. Reexpedido ao remetente. 40 * 1915/27 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos + Emissão regular. Unicolor. Sobrescrito circulado de Cape Town ( ) para Lisboa ( ) com dois selos de 1d. Insuficientemente franquiada foi porteado com o dobro do porte em falta com selos de 2c e 5c CE POR23 e c CE POR * 1915/27 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos + Emissão regular. Unicolor. Sobrescrito circulado da Índia Inglesa ( ) para Lisboa ( ) com dois selos de 1 anna. Insuficientemente franquiada foi porteado com o dobro do porte em falta com 2 selos de 4c CE POR25 + 1$20 CE POR PI 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Postal ilustrado circulado de Lisboa ( ) para o Porto ( ) sem franquia. Porteado no dobro do porte em falta com selos de 2c e 1oc CE POR23 e 24. MB 43 F * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Sobrescrito circulado de Bordéus ( ) para o Porto ( ) com 25c de franquia. Porteado no dobro do porte em falta com seis selos de 10c CE POR F * 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Sobrescrito circulado de Moncorvo ( ) para o Porto ( ) sem franquia. Porteado no dobro do porte em falta com dois selos de 10c CE POR «««/««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 21/27. Série completa + 3 selos de 10c, um deles com cunho retocado + bloco de 8 selos de ½ c. Todos os selos em papel porcelana. Valor de catálogo 165, «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 21, ½ c castanho em papel pontinhado. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 50, «««/««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Lote composto por 11 selos de ½ a 5c CE POR 21/26, com repetições com tonalidades + bloco de 16 selos de ½ c. Todos os selos em papel liso. 48 «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 22, 1c laranja em papel liso. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 50, «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 23, 2c lilás vermelho em papel liso. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 54, «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 23, 2c lilás vermelho em papel liso. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 50, «««/ Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR23, 2C lilás-vermelho. Lote composto por bloco de 6 selos canto de folha, papel liso acetinado espesso + selo com acentuada deslocação do denteado. 52 «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 24, 3c verde em papel porcelana. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 186, «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 24, 3c verde em papel pontinhado. Folha completa com 28 selos. Valor de catálogo 50, «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. CE POR 25, 4c violeta cinzento. Bloco com 20 selos em papel pontinhado + bloco com 8 selos em papel liso. Valor de catálogo «««1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Lote composto por bloco de 16 selos de 5c em papel liso, CE POR26 + bloco com 16 selos de 10c CE POR10 em papel liso. Valor de catálogo 77, PRV 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Dois pares de provas não denteadas dos valores de 12c e 50c CE POR32 e 40. 7

8 57 F PRV 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Doze ensaios em papel acetinado, dos valores de ½, 1, 2, 3, 4, 10, 12, 16, 20, 24, 32 e 48c. Os valores de 1, 2 e 3c não foram emitidos. MB e MR. 58 F PI 1915 Porteado. Emissão regular. Valor em centavos. Postal ilustrado circulado com selos tipo Ceres de ½ c CE 207 e 1c CE221, para lisboa ( ). Sendo o porte dos postais ilustrados de 3c foi porteado no dobro do porte em falta com selo de 3c CE POR F PI 1922/27 Porteado, Emissão regular. Unicolor. Postal ilustrado circulado para Tinalhas com selos tipo Ceres de 3c e 12c CE 235 e 238 para Tinalhas, foi reendereçado e reenviado para Lisboa ( ) sem nova franquia, tendo sido porteado no dobro da franquia em falta com selos de 10 e 20c CE POR31 e 34. Mb e R. 60 PI 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Postal ilustrado circulado de Bucelas ( ) para Lisboa sem franquia. Foi porteado no dobro do porte em falta com selo de 12c CE POR PI 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Postal ilustrado circulado de França ( ) para Lisboa com selo de 15c. Insuficientemente franquiado em 20c foi porteado com o dobro do porte em falta com selo e 40c CE POR * 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Sobrescrito circulado de França ( ) para Lisboa ( ) com selo de 25c para Vernet Les Bain ( ) foi reendereçado para Lisboa sem nova franquia, tendo sido porteado pelo dobro da franquia em falta com par de selos de 50c CE POR40. B e R. 63 PI 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor + Tipo Etiqueta. Dois postais ilustrados circulados colados um no outro, de Paris ( ) para Lisboa ( ) com selo de 50c. Por terem circulado colados foram porteados com o dobro do novo porte em falta com selos de 60c CE POR41 + 0$40 CE POR49 64 * 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. Postal ilustrado duplo (colados entre si) circulado de Paris ( ) para Lisboa, sem franquia. Foi porteada pelo dobro do porte em falta (1$40x2= 2$80) com selo de 40C e 2x1$20, CE POR38 e «««1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. CE POR28, ½ c verde. Lote composto por duas com tonalidades diferentes + selos isolados de ½ e 4c. 66 «««/8 1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. CE POR 28/44. Série completa em novo + selos com tonalidades e denteados deslocados. Lote a ver. 67 «««1922/27 Porteado. Emissão regular. Unicolor. CE POR32, 12c verde. Folha completa com 70 selos. Valor de catálogo 98, * 1925 Porteado * Monumento ao Marquês de Pombal. Sobrescrito circulado de Vila Nova de Gaia ( ) para o Porto ( ) com selo de 40c tipo Ceres CE283. Não tendo sido franquiado com selo do imposto postal foi porteado com selo de 30c CE IP POR4. 69 Lote 1925 Porteado. Monumento ao Marquês de Pombal. CE IP POR 2/4. Lote composto por série nova + selos obliterados a manuscrito + selos bipartidos p selos de recurso de S. Tomé. Lote a ver. 70 «««/««1928 Porteado. Jogos Olímpicos. CE IP POR5, 30c rosa e preto. Lote composto por selo isolado com sobrecarga a preto ESPÉCIMES + bloco com 8 selos. 71 F PI 1925 Porteado. Padrões da Grande Guerra. Postal ilustrado circulado com selo de 25c tipo Ceres CE 255, do Porto ( ) para Lisboa. Não tendo sido franquiado com o selo do imposto postal obrigatório de 10 a 16 de Novembro de 1926, foi porteado com selo de 20c CE POR1. 72 «««1925 Porteado. Imposto Postal. Padrões da Grande Guerra. CE IP POR1, 20c laranja. Folha completa com 30 selos. O catálogo indica folhas de 6x10 selos, porém as folhas são de 6x5 selos. Valor de catálogo 36,00 73 Lote 1925 Porteado. Imposto Postal. Padrões da Grande Guerra. CE IP POR1, 20c. Lote composto por prova ampliada a preto + dois fragmentos com selos bipartidos + dois selos com falta de denteado vertical e horizontal + selo normal. 74 F * 1915/25 Porteado. Imposto Postal. Para os Pobres. Sobrescito circulado com selo tipo Ceres de 40c s/ 2c chocolate de Coruche ( ) para Lisboa ( ) com falta do selo do impostos postal. Porteado com selo de 30c s/ 2c CE POR F PI 1922 Porteado. Selos de recurso do porteado. 1912/17 Ceres. Postal ilustrado circulado de Lisboa ( ) para Peniche ( ) sem franquia. Foi porteado com o dobro da franquia em falta com selos de 10c CE 215 e 2x1c CE221. MR. 76 F PI 1922 Porteado. Selos de recurso do porteado Ceres. Postal ilustrado circulado de Lisboa ( ) para Alcobaça ( ) sem franquia. Foi porteado com o dobro da franquia em falta com selos de 1c CE 221 e 3c CE224. MR. 8

9 77 F * 1922 Porteado. Selos de recurso do porteado. 1917/22 Ceres. Sobrescrito circulado de Lisboa para a Figueira da Foz com selo tipo Ceres de 25c sem condições regulamentares, tendo sido considerado nulo. Foi porteado com o dobro da franquia em falta com selos de 2c, 3x4c e 36c = 50c. CE 223, 224 e 242. MR. 2 TELEGRAFIA ELÉCTRICA 78 F FRG Carimbos da telegrafia elétrica. 1870/76 D. Luís I. Fita direita. Fragmento de telegrama com par de 300 reis violeta, denteado 12 ½, papel liso, obliterado com carimbo batido a preto Lisboa / EST. N E e LESTE. MB e R. 79 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica. 1870/76 D. Luís I. Fita direita. CE42, 80 reis laranja, denteado 12 ½, papel porcelana, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELECTRICA / BELEM. MB Carimbos da telegrafia elétrica. 1884/87 D. Luís I. De frente. CE63, 25 reis, denteado 11 ½, papel porcelana. Obliterado com carimbo batido a preto ESTAÇÃO TELEGRAPHO POSTAL / DE / COIMBRA. 81 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica º Centenário do Nascimento de S. António. CE120, 100 reis obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELECTRICA / STª MAR- THA. MB. 82 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica. 1892/93 D. Carlos I tipo Diogo Neto. CE70, 25 reis verde, denteado 11 ½, papel porcelana. Obliterado com carimbo oval batido a preto SERVIÇO DE INSPECÇÃO DOS TELEGRAPHOS. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 83 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica. 1882/83 D. Luís I. De frente. CE58, 50 reis azul, denteado 12 ½, papel porcelana. Obliterado com carimbo batido a violeta, com coroa real CORREIO E TELEGRAPHO / VILLA FRANCA DE XIRA. MB e MR. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 84 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica Imposto Postal. Padrões da Grande Guerra. CE IP15, 10c azul. Obliterado com carimbo oval batido a violeta SERVIÇOS DOS CORREIOS, TELEGRAFOS E TELEFONES DO DISTRITO DE / VILA RIAL / ESCUDO NACIONAL. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 85 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica. 1892/93 D. Carlos I tipo Diogo Neto. CE68, 5 reis LARAN- JA, denteado 11 ½, papel porcelana. Obliterado com carimbo batido a preto TELEGRA- PHIA ELECTRICA / PONTA DO PARGO. MB e MR. 86 F 8 Carimbos da telegrafia elétrica D. Manuel II, com sobrecarga REPUBLICA e ASSIS- TÊNCIA. CE IP2, 20 reis, carmim. Obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELECTRICA / PONTA DE S. LOURENÇO. MB e MR Perfurações da telegrafia elétrica. Lote composto por 11 selos perfurados: CE56, 2x57, 2x58, 59, 2x61, 2x 62 e 66. Alguns dos selos também com marcas de roulletes. 88 F FRG Perfurações da telegrafia elétrica. 1884/87 D. Luís I. De frente. CE62, 20 reis carmim, denteado 11 ½, papel porcelana. Quatro selos em fragmento de telegrama, todos perfurados com perfuração de 5 estrelas. MB e MR. 89 FRG Perfurações da telegrafia elétrica. 1884/87 D. Luís I. De frente. CE64, 500 reis preto, denteado 12 ½, papel porcelana. Selo em fragmento de telegrama, perfurado com perfuração de 5 estrelas. MB e MR Perfurações da telegrafia elétrica. 1884/87 D. Luís I. De frente. Lote de dois selos: CE63, 25 reis lilás rosa + CE reis violeta, denteado 12 ½. Perfurados com perfuração de 5 estrelas Perfurações da telegrafia elétrica. 1982/83 D. Carlos I tipo Diogo Neto + D. Luís com sobrecarga PROVISÓRIO. Lote com 5 selos: CE68, 75, 71, 76 e 81. Todos perfurados com perfurações de 5 estrelas. 92 DOC Carimbos da telegrafia elétrica. Ofício da Estação Telegrapho-Postal de Vila Viçosa, sobre assunto relativo à devolução de correspondências ao remetente, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / VILLA / VIÇOZA. 94 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Ajuda para Alcobaça, obliterado com carimbo batido a verde-azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / ALCOBAÇA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 95 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Setúbal para Azeitão, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / AZEITÃO. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 96 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Tomar para Belém, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / BELEM. 9

10 97 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Boletim do Telegrapho, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / BARCELLOS. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 98 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Sobrescrito de telegrama da estação telegráfica de Belém, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / BELEM. 99 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Coimbra para Borba, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / BORBA. 100 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Caldas da Rainha, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CALDAS. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 101 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Estremoz para Lisboa da Rainha, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CAES DOS SOLDADOS. 102 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de do Porto para Carregal do Sal, obliterado com carimbo batido a verde-azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CARRE- GAL. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 103 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Cascais, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CASCAES. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 104 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de em Lisboa, obliterado com carimbo batido a verde-azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CORREIO / GERAL. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 105 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Fozcoa para Covilhã, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / COVILHÃ. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 106 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Bemposta para Coimbra, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / COIMBRA. 107 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Paris para Bom Sucesso, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / BOM SUCCESSO. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 108 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Faro para Lisboa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CORTES, tipo TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Idanha para Lisboa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / CORTES, tipo TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Évora para Elvas, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / ELVAS. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 111 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Huelva para Faro, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / FARO. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 112 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Figueira da Foz, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / FIGUEIRA. 113 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Espanha para Lagoa, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / LAGOA. 114 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de?? de Odemira para Lagos, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / LAGOS. 115 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Faro para Lagos, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / LAGOS. 116 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Albergaria para Lisboa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / LAPA. 117 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Faro para Loulé, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / LOULÉ. 118 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Ericeira para Mafra, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / MAFRA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 119 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de S. Martinho para Marinha Grande, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / MARINHA GRANDE. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 10

11 120 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Sintra para Moura Grande, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / MOURA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 121 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Alter para Lisboa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / MOURARIA. Acompanha sobrescrito. 122 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de do Porto para Lisboa, obliterado com carimbo batido a verde-azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / NECESSIDADES. 123 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Leiria para Peniche, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / PENICHE. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 124 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama de Viana do Castelo para o Porto, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / PORTO. 125 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Charneca para Santarém, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / SANTARÉM. 126 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Coimbra para Lisboa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / ST.ª MARTHA. 127 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Tomar, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / THOMAR. Acompanha sobrescrito com carimbo também batido a preto 128 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de do Porto para Viana do Castelo, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / VIANNA DO / CASTELLO. 129 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama do Porto para Viana do Castelo, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / VIANNA DO / CASTELLO. 130 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de para Vila Franca, obliterado com carimbo batido a sépia TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / V.ª FRANCA. 131 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Évora para Vila Viçosa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / VILLA / VIÇOZA. Acompanha sobrescrito com carimbo nominativo batido a preto VILLA VIÇOSA. 132 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Viseu, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / VIZEU. 133 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Santarém para Serpa, obliterado com carimbo batido a preto TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / SERPA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 134 F TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Alcobaça, obliterado com carimbo nominativo batido a preto ALCOBAÇA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 135 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Santarém para a Chamusca, obliterado com carimbo nominativo batido a vermelho CHAMUSCA. 136 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Bemposta para Coimbra, obliterado com carimbo batido a preto ESTAÇÃO TELEGRAPHO POSTAL / DE / COIMBRA. 137 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Guarda para Gouveia, obliterado com carimbo batido a azul TELEGRAPHIA ELÉCTRICA / GOUVÊA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 138 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Coimbra para Montemor-o-Velho, obliterado com carimbo batido a verde ESTAÇÃO TELEGRAPHICA / MONTE=MOR / O / VELHO. 139 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para o Lazareto, obliterado com carimbo nominativo batido a preto LAZARETO. 140 F Lote Carimbos da telegrafia elétrica. Lote com quatro telegramas obliterados com carimbos: ESTAÇÃO TELEGRAPHO-POSTAL / CALHARIZ a violeta + ESTAÇÃO TELEGRAPHICA PRINCIPAL / DE / LISBOA a violeta e preto + TELEGRAPHO / LISBOA a preto. Um desenho de Eduardo Silva. 141 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de da Azambuja para Mafra, obliterado com selo branco ESTAÇÃO / TELEGRAPHO POSTAL / DE / MAFRA. Acompanha carimbo desenhado por Eduardo Silva. 142 DOC Fatura das correspondências porteadas da Direcção da Pequena Posta de Lisboa, datada de , emitida em nome do Príncipe D. Fernando, marido da Rainha D. Maria II, então já falecida, tendo perdido o direito à isenção. 11

12 143 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Benavente para a Chamusca, obliterado com carimbo nominativo batido a preto CHAMUSCA. 144 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Marvão para Mação, obliterado com carimbo nominativo batido a preto MAÇÃO. 145 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Lisboa para Via Viçosa, obliterado com carimbo nominativo batido a preto VILLA VIÇOSA. 146 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Vila Velha do Rodão para Vouzela, obliterado com carimbo nominativo batido a preto VOUZELLA. 147 TLG Carimbos da telegrafia elétrica. Telegrama datado de de Bragança para Vouzela, obliterado com carimbo nominativo batido a violeta VOUZELLA. 148 Lote Carimbos da telegrafia elétrica. Lote com quatro telegramas, com distintas marcas: VIA CABO SUBMARINO a violeta; selo branco da ESTAÇÃO TELEGRAPHICA / DO PORTO ; selo branco da TELEGRAPHIA ELECTRICA / PRINCIPAL DE LISBOA ; V. PARIS a violeta. 3 BIBLIOTECA 149 F & Guia Práctico de Telegraphia. Aprovado para o serviço da exploração dos Caminhos de Ferro Portugueses, de João António Peres Abreu Um volume encadernado. MR. 150 & História do Selo Postal Português de A. H. Oliveira Marques. 1.ª Edição. Três volumes. 151 & Provas e ensaios de Portugal e Colónias, de A. H. Oliveira Marques. 1.ª Parte Continente, Publifil. 152 & Três volumes da Biblioteca de Divulgação Filatélica: II Elementos para a identificação de selos, de Eládio dos Santos + III Classificação dos selos tipo Ceres de Portugal e dos Açores de António Lopes Ribeiro + IV Ensaios e provas de selos portugueses de A. H. Oliveira Marques. 153 & Lote composto por duas obras de A. De Castro Brandão: Cunhos e selos de D. Luís I ( ) editado em Variedades dos selos de tipo Ceres e Lusíadas do Continente, editado em & Dicionário Corográfico de Portugal Contemporâneo de António Sampaio de Andrade, Editado pela Livraria Figueirinhas, Porto. 155 & Arquivos de Angola * 2.ª Série Volume III, n.º de Julho-Dezembro Inclui matéria filatélica. 156 & Reimpressões de vários artigos sobre selos de Portugal e Colónias, de C. George. Editado por A. Molder, F & Dos Correios-mores do Reino aos Administradores Gerais dos Correios e Telégrafos, de Godofredo Ferreira. 1.ª Edição. Lisboa, Um volume encadernado. 158 & Regulamento para os Serviços dos Correios das Colónias Portuguesas, do Ministério das Colónias. Lisboa. Imprensa Nacional, Um volume encadernado. 159 F & Anuário dos Correios e Telégrafos, coordenado por J. Monteiro. Porto, & Guia do Telágrafo-Postal, de Manuel Leal Júnior. 2.ª Edição, Um volume encadernado. 161 & Guia do colecionador de selos postais, de Artur O. Vasconcelos. Mercado Filatélico, Um volume. 162 & A Filatelia. Publicação mensal (n.ºs 2 a 35). Editado pelo Mercado Filatélico ( ). 163 & O Filatelista. Editado por Eládio dos Santos. N.ºs 1 ao 24 ( ). Encadernado em dois volumes. 164 & Dos Correios-mores do Reino aos Administradores dos Correios e Telégrafos, de Godofredo Ferreira. 3.ª Edição revista e ampliada. Lisboa, & Algumas achegas para a história do Correio em Portugal, de Godofredo Ferreira. Lisboa, & A Corte Arquiepiscopal de Braga e os seus Correios-mores, de Godofredo Ferreira. Lisboa, & Três Palácios dos Correios na Rua de S. José, de Godofredo Ferreira. Lisboa, F & Anuário dos Correios e Telégrafos, coordenado por J. Monteiro. Porto, Primeiro ano de edição do anuário. 12

13 169 & Álbuns para selos. Lote composto por 5 álbuns para selos mundiais, do final do século XIX e princípios do século XX. Lote muito interessante. 170 & Relatórios do Governo-Geral da Província de Angola. Luanda, Imprensa Nacional, & Diccionário Histórico de Efemérides Universais de M. A. Silva Ferreira. Lisboa, F & Provisional Town Postmarks of Portugal ( ), de David L. Gordon. Editado por Portuguese Philatelic Society, Original. 173 F & Circular Datestamps of Portugal ( ) de David L. Gordon. Editado por Portuguese Philatelic Society, Original 174 & Catálogos de Marcas e Carimbos do Correio Marítimo Português, de Romano Caldeira Câmara. 2.ª Edição, & Catálogo de Franquias Mecânicas, de Paulo Sá Machado. 3.ª Edição. Porto, & Os selos Nativos da Índia Portuguesa de Joaquim Leote. Lisboa, Volume com dedicatória do autor. 177 & Postmarks of Portugal, de Constantino Salvi. Londres, & Os selos Nativos da Índia, de J. Ell. Lisboa, F & Anuário dos Correios e Telégrafos, coordenado por J. Monteiro. Porto, F & O Correio Origem e progressos das Instituições Postais em Portugal, de Ernesto Madeira Pinto. Lisboa, & Guia do Philatelista, de A. de Faria. Porto, Um volume encadernado. 182 & Catálogo de Carimbos do Correio Marítimo Português de Romano Caldeira Câmara. Edição de & Documentos postais em Filatelia Temática de A. R. Marques Gomes. Aveiro, & O Coleccionador. Revista trimestral dos colecionadores de selos, bilhetes-postais ilustrados, moedas, etc. N.ºs 3 a 19 (1918/1922). Fascículos com capa protectora. 185 F & Almanaque Postal Abreviado, de Firmino. Porto, & Lições Elementares de telegrafia eléctrica, de Jorge Cunha. Porto, & Postmarks of Timor Português, de R. H. Mouwink e A. G. Magalhães. Filadélfia, F & Anuário Filatélico Portuguez, de Francisco Barbosa. 1.ª Edição. Vila do Conde, F & Revista Posta. Ediatda por Francisco Barbosa. Vila do Conde. N,ºs 1 ao 16, 18, 20, 23 e 24 ( ). Rara. 190 & Pagelas dos Selos Portugueses (anotações e autores), de F. Matoso Galveias e J. Geadas de Sousa. 191 & Província de Angola. Relação das Povoações existentes ma província, com indicação das estações dos CTT que a servem. Imprensa Nacional de Angola, & Contribuição para a história do serviço postal do Forte de S. João de Ajudá, de Agostinho Saraiva Borges. Lisboa, & Linhas telegráficas do Continente do Reino, Ilhas Adjacente e Províncias Ultramarinas, de Carlos Augusto de Sá Carneiro. Lisboa, Imprensa nacional, & Diccionário de Chorographia de Portugal, de J. Leite de Vasconcelos. Porto, & Regulamento Geral Provisório do Serviço Telegrapho-Postal e de Pharoes, aprovado por decreto de 23 de Setembro de Lisboa, Imprensa Nacional, & I Congresso Nacional de Filatelia. Conclusões, Teses e Comunicações. Aveiro. Encadernado. 197 & A Patuleia no Alto Minho, de Francisco Cyrne de Castro. Viana do Castelo, & História das Campanhas de Angola, de René Pélissier. Volumes I e II. Lisboa & Revista do Clube do Correio marítimo. N.ºs 1 ao 47 ( ). Encadernado em dois volumes. 200 Foto Fotografia emoldurada de um carteiro do século XIX. 201 Foto Fotografia de 1917 com o pessoal da Administração Geral dos Correios e Telégrafos presos no Forte de Caxias, devido à greve dos telégrafos. 13

14 202 DIV D. Maria II. Quadro composto por 4 azulejos com a reprodução do selo de 25 reis de D. Maria II. 203 Lote Vinhetas. Lote composto por 19 vinhetas com diversos motivos: exposições filatélicas, automobilismo, Festas das Cruzes, Queima das Fitas, bebidas, etc. 204 DIV Correios. Boné de carteiro dos anos 1930/40. Em bom estado. 205 & A Revista Postal Portugueza. N.ºs 24 a 29 e 31/49 ( ). Muito raro. 206 & O Coleccionador. Ano 1 do n.º 1 ao n.º 6 ( ); Ano 2 do n.º 1 ao n.º 5 ( ) e Série II do n.º 1 ao n.º 13 ( ). Muito raro. 207 & Mapa dos Correios de Portugal do ano de 1868, com dimensões de 83x70cms, com moldura de madeira. MB. Exemplar raríssimo. Para os licitantes por correio informa-se que tem um peso de cerca de 10 kgs. 208 & António Fragoso. Lote com 4 brochuras: Ordenação cronológica dos cunhos do 1.º selo adesivo de 25 reis de D. Luís I, A minha prenda de anos / Dois selos de correio e um comentário terminológico. Lisboa Selos fixos, selos móveis. Como são os selos postais portugueses no ano de 2052) Porto, Carimbos de Angola. Gaia, & Diccionário Chorographico de Portugal de F. A. de Mattos. Lisboa, & Índia Os selos nativos / 1871 a 1883 de Vitorino Godinho. Lisboa, & Annuário Estatístico de Portugal. 1.º Anno / Lisboa, Imprensa Nacional, & Marcas Postais de Angola de Alexandre Guedes de Magalhães. Lisboa, & Lista das localidades com serviço público de Correio, Telégrafo e Telefone n.º 140. Edição dos Serviços Culturais dos CTT. 214 F & Compêndio de legislação postal nacional de Augusto Véras. Lisboa, Com anotações manuscritas. Encadernado. 215 F & Relatório do Director Geral dos Correios, Telegraphos, Pharoes e Samaphoros relativo ao anno de 1889, precedido pela continuação da História dos Correios até ao fim de 1888 e de uma memória histórica. Imprensa Nacional, Lisboa, & Apontamentos sobre selos de Angola e Congo, de João Augusto Marinho, & Os Correios e o cerco do Porto ( ) de Armando Mário O. Vieira. Edições Victor Simarro. Porto & A Mala-posta em Portugal de Godofredo Ferreira. 2.ª Edição. Lisboa & Coisas e loisas do Correio de Godofredo Ferreira. Lisboa, & História e Desenvolvimento dos Correios e das Telecomunicações de Macau. Vol. I Do correio marítimo ao início do período adesivo ( ) de Luís Virgílio de Brito Frazão. Imprensa nacional, Março F & Boletim dos Correio e Telégraphos ( ) Província de Moçambique. Um volume encadernado. MR. 222 & Regulamento para o Serviço de Estatistica Postal das Províncias Ultramarinas. Imprensa nacional, Lisboa, Encadernado. 223 & Petite encyclopédie scientifique et industrielle. La Télégraphie sans fil. Paris, Encadernado F & Guia dos Correios, Telégraphos e Telefones. 7.ª Publicação, & Cusro Elementar de Telegraphistas, Inapecção dos Telegraphos Militares. Lisboa, Encadernado. 226 & Velhos Papeis do Correio de Godofredo Ferreira. Lisboa Encadernado. 227 & Apontamentos sobre selos da Índia Portuguesa de João Augusto Marinho. Lisboa, & Três comunicações: Variações sobre tema filatélico * O mito dos Tête-bêche da Índia Portuguesa * A falsidade do selo nativo de 900 reis, de João Augusto Marinho. Lubrapex 72, Aveiro, & Selos de recurso circulados em Portugal Continental, de Armando Mário O. Vieira. NFACP, & A Monarquia do Norte de Rocha Martins. Lisboa, Encadernado. 231 & Organização dos serviços dos Correios, Telégrafos e Telefones Coloniais da Direcção dos Serviços dos Correios, Telégrafos e telefones da Colónia de Moçambique. Imprensa Nacional de Moçambique, Encadernado. 14

15 232 & Carlos Trincão. Conjunto de artigos em 7 fascículos da publicação O Selo da casa Molder * 1954/ & A Revista Postal Portuguesa do Clube Internacional de Portugal. N.º 1 a 97 ( ). Encadernados em 3 volumes. Algumas faltas. Raro. 234 & Regulamento para o Serviço dos Correios Ultramarinos, da Direcção Geral do Ultramar. Lisboa, Imprensa Nacional, Encadernado. 235 & Portugal Estatística Geral dos Correios. Ano de Administração Geral dos Correios e Telégrafos. Imprensa Nacional, & As incríveis sobretaxas locais de 1889 a 1892 de São Tomé e Príncipe de J. A. Marinho. Separata do Boletim do Instituto de Angola n.º 27/ & Marcas Postais de Macau de Alexandre Guedes de Magalhães. Imprensa Nacional, Macau Aditamento. Imprensa Nacional, Macau, Duas brochuras 238 & Estatística do anno de 1898 e Guia Postal para o anno de 1899 do Correio de Lourenço Marques. Moçambique, Imprensa Nacional, F & Guia Postal ou Directório para Formular os Subscriptos das Correspondências de Agostinho José Varejão. Imprensa nacional & Organização do Serviço Externo dos Correios, Telegraphos e Pharoes. Imprensa nacional, Lisboa, & Subsídios oara a História Postal da Índia Portuguesa de João Augusto Marinho. Instituto de Angola, & Algumas notas sobre a História do Correio de Chaves de Luís Frazão. 243 & Catálogo de Inteiros Postais Portugueses de Portugal + Catálogo de Inteiros Postais Portugueses das Ilhas e Colónias de Oliveira Marques e Cunha Lamas. Dois volumes. Lisboa Com dedicatória de Oliveira Marques a José Manuel Castanheira da Silveira. 244 & Carreira para Angola. Navios Portugueses que transportavam Passageiros e Correio (1858/1916) de António Bonina. Monografias 11 e 12. Museu da marinha. 245 & Relatório Postal do anno económico de da Direcção Geral dos Correios. Lisboa Encadernado. 246 & Selos Clássicos de relevo de Portugal de Armando Mário O. Vieira. Edição de & Notas sobre o correio aéreo português (1920/55) de João Manuel Lopes Soeiro. Edição O Timbre. 248 & Boletins dos Correios, Telégrafos e Telefones de Angola (14 volumes da 3,ª série) desde 1952 a Lote a ver. 249 & Enciclopédia Profissional dos CTT. I Serviço Postal de Álvaro Contreiras, & Instruções Prácticas para os Correios Assistentes. Legislação. Imprensa Nacional. 251 GRV Gravura a preto e branco representando um carteiro em passpartout com legenda Unlucky GRV Gravura a preto e branco representando um carteiro em passpartout com legenda The postman: betwixt hopes and fears, de W. Dendy Sadler. 253 DIV Caixinha oara selos de D. Carlos em madeira e prata. B e R. 254 DIV Edição da Mala Posta na escala de 1/24, fundida em estanho e pintada à mão da Colecção Philae. Exemplar n.º 669. Dezembro de Acompanha documentação relativa ás diligências de Portugal. 255 & Magazine Filatélico. Do n.º 1 (1975) até ao n.º 39 (1979). 256 & Filatelia e Filatelistas. Quatro volumes encadernados: 1948/60, 1951/53, 1954/56 e 1956/ DOC Fiscais. Portugal. Papel selado de 6$00 com estampilha da Obra Social dos CTT. 258 & Marcofilia * n.ºs 1, 2, 3 e 5 + Boletim do Núcleo Filatélico da Nazaré n.º & Boletim da Associação Fotográfica do Sul * Secção Filatélica. Boletins n.º 1, 2/3 e 4/5 (1986/87) + Circular n.º 0 e n.º1 (em formato A4) + n.º 2 ao 15 ( ). 260 & Boletim do Jornalista Filatélico. N.º 1 ao 4 (1975/76) + 2.ª série (n.ºs 1, 3 a 7, 26 a 28). 261 «««1925 Porteado do imposto postal. Padrões da Grande Guerra. CE IP POR1, 20C laranja. Folha completa com 30 selos. Valor de catálogo 36,00 15

16 262 & Diccionário Postal e Chorographico do Reino de Portugal de João Baptista da Silva Lopes. Tomo I, II e III. Imprensa Nacional, FIM COLECÇÃO CASTANHEIRA DA SILVEIRA COLECÇÕES LOTES ESPECIAIS 263 Lote Macau Colecção montada em 3 álbuns quase completa do correio ordinário (faltam 13 selos) desde AF1 até AF1038 (1884/1999), sem correio aéreo, etiquetas, porteado, imposto postal e não emitidos. A colecção é composta por selos novos e usados indiferenciadamente, com séries mistas (novo/usado). Contém todos os blocos novos sem sinal de charneira incluindo 12 blocos Amizade Luso-Chinesa e 12 blocos Macau 1999 (CE BLC 1/76). Contém também as 50 folhas miniaturas novas sem sinal de charneira (FM 1/50). Valor total de catálogo Afinsa 2015 = ,00, repartido por selos ,00 + blocos 1.909,00 + Folhas Miniaturas 2.767,00. Duas folhas miniaturas com ligeiros pontos de óxido. Lote a ver. 264 Lote 1930 Ceres. Gravura retocada. Classificador com coleção especializada da emissão contendo cerca de 2000 provas de cor e papel, não denteadas, em single, par, quadras e grandes blocos (até 50 provas por bloco) + 11 provas simples de artista em cartolina, assinadas por M. Bacellar + prova de artista em cartão com oito exemplares diferentes, também assinadas por M. Bacellar + 25 peças circuladas das quais destacamos dois sobrescritos com selos de 2E + uma com selo de 1$25, circulada de bordo do DOX no seu primeiro percurso, obliterado com carimbo oval de bordo (AN BORD DES / DO.X / 11 JAN 31 (normalmente faz preço de 750 euros em leilão) + selos novos em single, pares, tiras, quadras e grandes blocos no valor de catálogo de 3.050,00. Bom lote. 265 ETQ 1981/2010 Etiquetas. Coleção composta por 12 álbuns com etiquetas desde percursoras e Framas até 2010, com provas, erros, FDC s, etiquetas novas e usadas, sobrescritos circulados, variedades de impressão e papéis. Importante estudo. Lote a ver ,00 PORTUGAL 266 F * 1892/93 D. Luís I. Sobrecargas PROVISÓRIO. Sobrecarga d. CE92, 25 reis lilás. Sobrescrito circulado de Lisboa ( ) para Piemont / Itália ( ) com insuficiência de franquia. Foi porteada com o dobro do porte em falta com selos de 5c e 25c. MB e MR. 267 F * 1898 Porteado. IV Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. Sobrescrito circulado em Lisboa ( ) e reexpedida para Cadiz, com 3 selos de 2 ½ reis CE148. Insuficientemente franquiada em 17 ½ reis, foi porteado no dobro do porte em falta (35 reis) com selos de 5, 10 e 20 reis CE POR 1/3. MB e MR. Só se conhecem mais dois exemplares porteados com selos do Centenário. 268 F «««1898 Porteado. IV Centenário do Descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. CE POR4/6, 50, 100 e 200 reis. Provavelmente conjunto único dos selos fecho de série com goma original sem sinal de charneira. Valor de catálogo 2.780, , ,00 CABO VERDE 269 F * ST. VICENT C. DE V. A preto em carta circulada de S. Vicente / Cabo Verde ( ) para Nova York / EUA ( ) com trânsito por Plymouth * (ship letter) / Inglaterra ( ), transportado pelo Paquete Medway, com o porte norte-americano de 37c batido a preto e porte de 16c manuscrito a sépia relativa à parte do transporte em paquete americano. MB e MR GUINÉ 270 F /82 Tipo Coroa. Selos de Cabo Verde com sobrecarga GUINÉ pequena. CE7, 100 reis lilás malva. Par vertical. Valor de catálogo 700,00. Acompanha certificado de peritagem emitido pelo NFACP F * MACAU Macau * Correio Marítimo Segunda via de carta circulada de Londres ( ) para Macau ( data inscrita pelo destinatário). Na falta de outros elementos pressupõe- -se que a carta seguiu por um navio da East Índia Company para os portos da Índia, e daí por um Opium Clipper para Macau ou Cantão, com o porte de Macau de 80 reis batido a preto. Marca CORº MARITIMO também batida a preto, aplicada em Macau à chegada. Embora em tudo idêntica à marca de Lisboa GM LSB CM1, ela apresenta diferenças notórias: em primeiro lugar porque na época as marcas em Lisboa eram batidas a vermelho e porque existem diferenças notórias nas letras que compõem o carimbo assim como a inexistência do ponto depois de CORº conforme se pode constatar nas imagens seguintes. É conhecido mais outro exemplar. MB e MR

17 272 F «1913 D. Carlos I Mouchon, com sobrecarga REPUBLICA local e PROVISÓRIO. NÃO CATALOGADO pelo catálogo MUNDIFIL mas referenciada a sua existência no catálogo YANG. Selo de 10 avos azul esverdeado, denteado 11 ½. Apenas emitidos 10 exemplares. MB e MR. Certificado de Peritagem de Leilões P. Dias, Lda. 273 F «1926 Ceres, com sobrecarga EXPOSIÇÃO INDUSTRIAL / CE210, 211, 212, 217, 215, 218, 220 e 252. Série completa muito fresca, bem conservada e muito rara. Certificados de peritagem (um por cada selo) de Miranda da Mota. 274 F Ceres, com sobrecarga EXPOSIÇÃO INDUSTRIAL / CE210, ½ avo sépia, estrelas III/IV. Valor de catálogo 500,00. Certificado de Peritagem de Leilões P. Dias. Lda 275 F Ceres, com sobrecarga EXPOSIÇÃO INDUSTRIAL / CE212, 2 avos verde, estrelas III/IV. Valor de catálogo 500,00. Certificado de Peritagem de Leilões P. Dias. Lda 5000, PORTUGAL HISTÓRIA POSTAL 276 * Correios-mores. Carta circulada do Faial ( ) para Angra 277 * Correios-mores. Carta circulada para o Deão e Cabido da Santa Sé de Évora, datada de 23 de Setembro de 1607, com selo pontifício. 278 * Correios-Mores. Carta circulada do Porto ( ) para França, com trânsito por Espanha. Marca francesa batida a preto D ESPAGNE. 279 * Correios-mores (José António da Mata Coutinho). Carta circulada de Ponte de Lima ( ) para Braga. 280 F * Aldeia Galega A sépia, GM MTJ1, em carta datada de Aldegalega ( ) para Évora, isenta de porte. 281 F * Benedita A sépia, GM BND, em carta datada de 7 de Fevereiro de 1835 para Leiria, isenta de porte. 282 F * Correios-mores Carta datada do Porto ( ) para Braga, franca de porte. Inscrição manuscrita a sépia FRANCA. 283 * Braga A verde, GM BRG2, em carta datada de Braga ( ) para Lisboa, com o porte de 70 reis manuscrito a sépia. 284 * Cabeceiras A sépia, GM CBC1, em carta datada de Cabeceiras ( ) para Lisboa, com o porte de 40 reis manuscrito a sépia. 285 F * Caminha / Franca Carta datada de Caminha 17/01/1839 para Valença sem porte, com a inscrição manuscrita Franca. Provavelmente transportada pelos recoveiros que faziam a ligação de Caminha a Valença. 286 F * Cartaxo A azul, GM???? em carta datada do Cartaxo ( ) para a Azambuja isenta de porte. 287 F * Castelo Branco A verde, GM CBR? em carta datada de Castelo Branco ( ) para Lisboa, com o porte de 35 reis manuscrito a sépia. Cor não catalogada. 288 F * Elvas A preto. Não catalogado * ELV2 com E grosso, em carta circulada de Elvas ( ) para Lisboa, com o porte de 60 reis manuscrito a sépia. 289 * Estremoz A preto, GM ETZ3 em carta datada de Monte Virgem ( ) para Lisboa, com o porte de 50 reis manuscrito a sépia. 290 * São Pedro do Sul A sépia GM SPS1 em carta datada de São Pedro do Sul ( ) para Alhandra, com o porte de 40 reis manuscrito a sépia. 291 F * Caldas A preto, GM CLD4, em carta datada de Óbidos ( ) para Lisboa, com o porte de 25 reis batido a preto. 292 F * Golegan A sépia, GM GLG2 em carta datada da Golegã ( ) para Santarém, com o porte de 30 reis manuscrito a sépia. Data mais antiga conhecida desta marca. 293 F * Guimarães / Porto / Porte Pago A azul GM PRT PP3 + Franca manuscrito a sépia em carta datada de Guimarães ( ) para o Porto, com o porte pago de 20 reis batido a azul. 294 * Lamego A azul, GM LMG2 em carta datada de Resende ( ) para Montoito, isenta de porte. 295 * Lisboa / Segura A azul, GM LSB-S3 em carta datada de Lisboa ( ) para a Ericeira, isenta de porte. 296 F * Lisboa / Casa de Saúde do Porto de Belém A sépia em carta remetida de Belém * Brasil ( ) para Lisboa com o porte batido a preto de 160 reis + marcas GM LSB2 e GM LSB CEst1, todas a preto. B e MR

18 297 F * Lisboa / GM / C Est. de N / Casa de Saúde do Porto de Belém (sépia) A vermelho, GM LSB CEst1 e LSB DIV5, em carta datada de Belfast ( ), para Lisboa, com o porte de 240 reis manuscrito a sépia. Cortes de desinfecção. 298 F * Lisboa / GM / C Est. de N A vermelho, GM LSB CEst1 e LSB DIV5, em carta datada do Pará / Brasil ( ), para Lisboa, com o porte de 160 reis batido a vermelho. 299 F * Lisboa / GM / C Est. de N A azul, GM LSB20, LSB CEst1 e LSB DIV5, em carta datada do Rio de Janeiro ( ) para a Figueira, com trânsito por Lisboa ( ), com o porte de 160 reis batido a azul + 30 reis manuscrito pelo porte territorial. MB. 300 F * Lisboa / GM / C Est. de N A azul, GM LSB CEst1 e LSB DIV5, em carta datada do Bureau Maritime * Havre ( ), para Lisboa ( ), com o porte de 160 reis batido a azul. 301 F * Lisboa / Lei do Selo A violeta, GM LSB I5 em carta datada de Manchester ( ) para Lisboa, com o porte português de 350 reis + 15 reis de imposto postal e porte inglês de 1/ * Lisboa / Ley do Selo A violeta, GM LSB I6 em carta datada de Londres ( ) para Lisboa ( ) com o porte batido a azul de 490 reis. 303 * Hespanha / Lisboa A azul, GM LSB-OE3 em carta datada de Mairis ( ) para Lisboa com o porte de 90 reis batido a azul. 304 * Lisboa / Hespanha A preto, GM LSB OE3 em carta datada de Malta ( ) para Lisboa com o porte de 90 reis batido a preto. 305 * Lisboa Carta remetida de Steyning ( ) para Lisboa, porteada em 790 reis, manuscrito a sépia. Porte inglês de 4/ F * Lixa A sépia, GM LXA2, em carta datada da Lixa ( ) para o Porto com o porte de 20 reis batido a sépia. 307 * Mezão A sépia, GM MSF2 em carta datada da Régua ( ) para o Porto, com o porte de 25 reis batido a sépia. 308 F * Mortágua A sépia, GM MRT1 em carta datada de Vale de Remígio ( ) para Viseu com o porte de 20 reis manuscrito a sépia. 309 F * Mortágua A sépia. Marca NÃO CATALOGADA, T diferente. Circulada de Vila Meã em para Lisboa com o porte de 35 reis manuscrito a sépia. B. 310 * Óbidos A sépia, GM OBD1 em carta datada de Baraçais ( ) para Lisboa, com o porte manuscrito de 25 reis. 311 * Penafiel A verde, GM PNF2 em carta datada de Travanca ( ) para o Porto, com o porte de 20 reis batido a verde. MB. 312 * Ponte da Barca A preto, GM PTB1 em carta datada de Ponte da Barca em 1806 para Bragança, com o porte manuscrito de 60 reis. 313 * Ponte de Lima A vermelho, GM PTL3 em carta datada de Ponte de Lima ( ) para Lisboa, com o porte de 40 reis manuscrito a sépia. 314 * Évora / Lisboa A preto / azul Carta remetida de Lisboa * GM LSB15 ( ) para Évora * GM EVR3, de onde foi re-endereçada para Lisboa ( ) sem novo porte. Carta interessante. 315 * Mirandela Manuscrita a sépia, em carta datada de Bornes ( ) para o Porto, com o porte de 25 reis manuscrito a sépia. 316 F * Melgaço Manuscrito a sépia, em carta datada de Melgaço ( ) para o Porto com o porte de 40 reis manuscrito a sépia. 317 F * Porto / Lisboa / Porte Pago A azul, GM PRT PP2 e LSB PP4 em carta datada do Porto ( ) para Lisboa, com o porte pago de 40 reis manuscrito a sépia. 318 F * Viana do Minho / Porto / Porte Pago A azul VCT PP4 + PRT PP2 em carta datada de Viana ( ) para o Porto, com o porte pago de 20 reis batido a azul. 319 * Lisboa / C. EST. de N. A azul, GM LSB CESt2 em carta datada do Rio de Janeiro ( ) para o Porto ( ) com trânsito por Lisboa ( ) com o porte de 160 reis batido a azul + 70 reis manuscrito pelo porte territorial. Pelo Bella Portuense. 320 * Porto / Barra do A preto, GM BARRA2 em carta datada do Rio de Janeiro / Brasil ( ) para a Figueira da Foz com trânsito pelo Porto com o porte de 160 reis batido a preto + 30 reis manuscrito, correspondente ao porte territorial. 321 * Porto / Barra do A azul, GM BARRA3 em carta datada da Baía / Brasil ( ) para o Porto com o porte de 160 reis batido a azul. Manuscrito P.º Sociedade. MB. 18

19 322 * Porto (Barra do) + Ley do Selo A azul e vermelho, GM BARRA5 e GM PRTIII, em carta datada do Rio de Janeiro ( ) para o Porto ( ) com trânsito por Lisboa, porte batido a azul de 160 reis + 40 reis manuscrito a sépia pelo porte territorial. 323 * Porto + Ley do Selo A azul e vermelho GM PRT18 + GM Ib em carta datada de Manchester ( ) para o Porto ( ) com o porte batido a azul de 240 reis + selo fixo do imposto postal de 10 reis. 324 * Porto + Ley do Selo A azul e vermelho GM PRT19 + GM Ig em carta datada de Londres ( ) para o Porto ( erro de datador) com o porte manuscrito a sépia de 700 reis + selo fixo do imposto postal de 35 reis, com valor manuscrito a sépia. 325 * Porto A azul, GM PRT19 em carta remetida de Cadiz ( ) para o Porto ( ) com trânsito por Lisboa ( ), com o porte de 90 reis batido a azul. 326 * Correio do estrangeiro. Carta remetida de Paris ( ) para o Porto ( ) com trânsito por Lisboa ( ). Porteada à chegada com 900 reis + 70 reis de porte interno, manuscritos a sépia. 327 F * Santa Comba Dão A sépia, GM SCD1 em carta datada de Santa Comba ( ) para Lisboa com o porte de 35 reis manuscrito a sépia. 328 F * Santa Comba Dão A sépia, GM SCD1 em carta datada de Anta ( ) para Vale de Remígio com o porte de 20 reis manuscrito a sépia. Cor não catalogada. MB 329 * Ponte de Lima / Segura A sépia + Segura manuscrita em carta datada de Ponte de Lima ( ) para Ponte da Barca, isenta de porte. 330 F * Cea A sépia, GM SEI2 em carta datada de Vila Nova do Coral ( ) para Lisboa, com o porte de 35 reis manuscrito a sépia. 331 * Setúbal A preto, GM STB2, em carta datada de Setúbal ( ) para Almada, isenta de porte. 332 F * Setubal / Porte pago A sépia, GM STB PP2 em carta datada de Setúbal ( ) para Lisboa, com o porte pago de 20 reis batido a sépia. 333 F * Setubal / Porte pago A preto (cor não catalogada), GM STB PP2 em carta datada de Setúbal ( ) para Lisboa, com o porte pago de 20 reis batido a preto. 334 * Tondela A sépia, GM TND1 em carta não datada, remetida para Vale de Remígio, com o porte de 20 reis manuscrito a sépia. 335 Lote Valença Lote com 775 cartas pré-filatélicas todas pertencentes ao arquivo do comerciante José Maria d Andrade de Valença do Minho. Todas as cartas sem marcas ou portes. Correspondência transportada eventualmente pelos recoveiros que faziam a distribuição de encomendas na região. Um excelente lote para estudo do transporte clandestino de correspondência pelos recoveiros. Lote a ver. 336 * Valença * Datador provisório. Lote de duas cartas: uma circulada do Porto ( ) para Valença com o porte batido a azul de 25 reis + carta circulada de Viana do Minho ( ) para Valença, com o porte de 20 reis batido a azul. Ambas com carimbo datador de chegada, provisório, indicando apenas o dia e mês, batidos a preto e azul respetivamente de 29/12 e 10/10. Raro. 337 F * Viana do Minho / Segura A sépia, GM VCT-S1 em carta datada de Viana ( ) para Albergaria, isenta de porte. 338 * Vianna do Minho A azul, GM VCT9 (tamanho da cercadura reduzido) em carta datada de Paris ( ) para Viana do Minho, com o porte de 40 reis batido a azul. Carta remetida provavelmente em mão com trânsito por Lisboa ( ), tendo levado no destino a marca do correio e porteada em 40 reis. R e MB. 339 F * Vila Franca da Restauração / Segura A verde, GM VFX-S2 em carta datada de Vila Franca de Xira ( ) para Azambuja, isenta de porte. Somente conhecido outro exemplar com data posterior. MB e MR. 340 * Vila Franca da Restauração / Segura A preto, GM VFX-S2 em carta circulada de Vila Franca ( ) para Aldeia Galega da Merceana, isenta de porte. 341 * Vila Franca da Restauração A azul escuro, GM VFX-S2 em carta datada de Vila Franca ( ) para Azambuja, isenta de porte. 342 * Vila Franca da Restauração A azul esverdeado, GM VFX-S2 em carta datada de Vila Franca ( ) para Aldegalega da Merceana, isenta de porte. 343 F * Vila Real / Segura A sépia, VRL-S1 em carta datada de Vila Real ( ) para Braga, com o porte de 40 reis batido a sépia. MB e R

20 344 * Vila Real A preto, GM VRL5 Em carta datada de Vila Real ( ) para Lisboa ( ) com trânsito pelo Porto ( ), com o porte de 40 reis batido a preto. 345 * Vila Real A preto/azul-escuro (não catalogado), GM VRL5 em carta datada de Vila Real ( ) para o Porto, com o porte de 25 reis batido a preto. 346 * Vila Real A sépia, GM VRL1, em carta datada de Vila Real ( ) para Viana do Minho, com o porte de 25 reis batido a sépia. MADEIRA 347 * Madeira * Correios-mores. Sobrescrito circulado de Londres ( ) para a Madeira ( ). Carimbo circular a sépia no verso L / IA. 348 * Madeira * Correios-Mores. Carta circulada de Londres ( para a Madeira ( ) com o porte inglês de 1/5. MB. 349 * Madeira * Correios-mores. Sobrescrito circulado de Lisboa ( ) para a Madeira ( ) * Madeira * Correios-mores. Carta remetida de Viana do Castelo ( ) para a Madeira. B e R. ANGOLA 351 * Correio Central de Loanda / Franqueada A preto, em sobrescrito circulado de Luanda para Coimbra ( ) com trânsito por Lisboa ( ) com porte pago. Carimbo FRANCA batido a sépia. Sobrescrito com defeitos, mas marca muito rara. PORTUGAL INTEIROS POSTAIS 352 F IC 1878/79 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM1, 15 reis castanho-vermelho. Circulado de Redondo para Torres Novas com trânsito por Lisboa (28.04.??). Carimbo nominativo batido a preto REDONDO + numérico 2.ª reforma 184. Dobra ao meio. 353 IC 1878/79 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM1, 15 reis castanho-vermelho. Circulado em Lisboa ( ). 354 F IC 1878/79 D. Luís I, fita direita. Impressão em relevo. OM1, 15 reis castanho-vermelho. Circulado de Olhão ( ) para Lisboa ( ). Carimbo nominativo batido a preto OLHÃO e numérico da 2.ª reforma 216. MB. 355 F IC 1878/79 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM2, 25 reis carmim, cartolina média rugosa. Circulado de Lisboa ( ) para Roma. 356 IC 1879 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM4, 10 reis azul. Sr. em itálico debaixo de B de Bilhete. Circulado de Lisboa ( ) para Zurique. Carimbo de Lisboa batido a verde. 357 F IC 1879 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM4c, 20 reis azul. Circulado de Lisboa ( ) para Londres ( ). Selo com a impressão do selo completamente deslocada e inclinado. 358 IC 1880/81 D. Luís I. Fita direita. Impressão em relevo. OM8, reis. Primeira folha circulada de Abrantes ( ) para o Porto. 359 F IC 1884/87 D. Luís de frente. OM9, 10 reis castanho em papel camurça, circulado da Póvoa de Varzim para Guimarães ( ). Carimbo nominativo linear batido a preto de PÓVOA DE VARZIM. MB. 360 F IC 1884/87 D. Luís I, de frente. OM10, 20 reis rosa. Circulado do Porto ( ) para Francfort S. Mein. Repicado por MARX SALOMON. B e R. 361 IC 1892/95 D. Carlos I, Diogo Neto. OM13, 10 reis lilás-castanho. Circulado de Vila Nova de Portimão ( ) para a Bélgica ( ) com selo adicional CE69, 10 reis, denteado 12 ½, papel pontinhado. 362 F IC 1892/95 D. Carlos I Diogo Neto. OM16, 10 reis lilás-castanho, circulado no Porto (( ) com carimbo batido a violeta comemorativo do CORTEJO CÍVICO. 363 IC 1892/95 D. Carlos I Diogo Neto. CE15, 30 reis azul. Circulado de Lisboa ( ) para o Rio de Janeiro ( ). Repicado por ACADEMIE ROYALE DES SCIENCES DE LISBONNE. MR. 364 F IC 1894 V Centenário do Nascimento do Infante D. Henrique. OM20, 10 reis lilás-cinzento. Circulado do Porto ( ) para Paris com selos adicional CE99, 10 reis F IC 1894 V Centenário do Nascimento do Infante D. Henrique. OM20, 10 reis lilás-cinzento. Circulado de Lisboa ( ) para Londres com selos adicional CE69, 10 reis, denteado 12 ½, papel pontinhado. MR o selo circulado. 3 20

COLECÇÃO INVICTA 22.00

COLECÇÃO INVICTA 22.00 COLECÇÃO INVICTA 1 F CVBA A sépia, GM CUB1 em carta datada de Cuba (11.02.1835) para Beja, isenta de porte 40.00 (SNR). Certificado n.º 184 da FPF. MB. 2 F Guarda A vermelho, GM GRD2 em carta circulada

Leia mais

Clube Filatélico de Portugal

Clube Filatélico de Portugal Clube Filatélico de Portugal 32.º Leilão Lisboa * 10 - Maio - 2014 10H00 Hotel Roma * Auditório Avenida de Roma, 33 - Lisboa Contactos Telefone: 218 123 936 * Fax 218 123 936 e-mail: cfportugal@mail.telepac.pt

Leia mais

Clube Filatélico de Portugal

Clube Filatélico de Portugal Clube Filatélico de Portugal 28.º Leilão Lisboa * 03 - Dezembro - 2011 10H00 Hotel Roma * Auditório Avenida de Roma, 33 - Lisboa Contactos Telefone: 218 123 936 * Fax 218 123 936 e-mail: cfportugal@mail.telepac.pt

Leia mais

31 º L e i l ã o. 10 Hor as

31 º L e i l ã o. 10 Hor as 017 Clube Filatélico de Por tugal 31 º L e i l ã o Hotel Roma Lisboa 2.09.2012 10 Hor as 1 0015 0056 001 0070 0044 0063 2 003 Clube Filatélico de Portugal 31.º Leilão Lisboa * 2 - Setembro - 2013 10H30

Leia mais

Clube Filatélico de Portugal

Clube Filatélico de Portugal Clube Filatélico de Portugal 30.º Leilão Lisboa * 08 - Dezembro - 2012 10H30 Hotel Roma * Auditório Avenida de Roma, 33 - Lisboa Contactos Telefone: 218 123 936 * Fax 218 123 936 e-mail: cfportugal@mail.telepac.pt

Leia mais

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS www.inatel.pt FUNDAÇÃO INATEL TURISMO PARA TODOS PORTUGAL 2013 Desde 267 INCLUI: TRANSPORTE TERRESTRE + 5 NOITES ALOJAMENTO, REFEIÇÕES, PASSEIOS, ANIMAÇÃO E SEGURO. Descubra o que Portugal tem de melhor

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Rua de Santa Margarida, n.º 6 4710-306 Braga Tel: 253 204 250 Fx: 253 204 259

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPDJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Antiga Estação de Comboios Av. D. João IV Urgeses 4810-534 Guimarães Tel.

Leia mais

Moçambique, sede em Lisboa, estabelecido a 2 Jun. 1919, terminou em 1929, representante do BNU nos territórios da Companhia de Moçambique

Moçambique, sede em Lisboa, estabelecido a 2 Jun. 1919, terminou em 1929, representante do BNU nos territórios da Companhia de Moçambique Banco de Barcelos Barcelos, estabelecido em 1875, incorporou a casa bancária Sousa Junior, Sucessores, incorporado no Banco Ferreira Alves Timbre floreado com nome no picotado 187 20r Lu. Barcellos Typ.

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

Clube Filatélico de Portugal

Clube Filatélico de Portugal Clube Filatélico de Portugal 33.º Leilão Lisboa * 29 - Novembro - 2014 10H00 Hotel Roma * Auditório Avenida de Roma, 33 - Lisboa Contactos Telefone: 218 123 936 * Fax 218 123 936 e-mail: cfportugal@mail.telepac.pt

Leia mais

O NATAL NA FILATELIA

O NATAL NA FILATELIA O NATAL NA FILATELIA A Palavra Natal é um adjectivo que deriva do Latim natale. Esta palavra tem dois significados, conforme a frase onde a mesma estiver inserida. Como adjectivo Natal, significa o local

Leia mais

PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS

PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS SEF - North Address Available from: CNAI do Porto Rua do Pinheiro, n.º 9 4050-484 Porto

Leia mais

Certificado do registo criminal (pessoas singulares)

Certificado do registo criminal (pessoas singulares) Certificado do registo criminal (pessoas singulares) 1. Quem pode pedir um certificado do registo criminal? a) O próprio; b) Os ascendentes, relativamente a descendentes menores, ausentes do país ou impossibilitados

Leia mais

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Albufeira Loja de Albufeira Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127 Alcobaça Agente ACORDO - COMÉRCIO DE EQUIPA Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Seg. a Sex.

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais

DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: AVEIRO: 1/9

DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: AVEIRO: 1/9 1/9 DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: FAGUNDES & LOURENÇO, LDA Rua do Galo, 2 e 3 9700-091 ANGRA DO HEROÍSMO Tlf: 295 213 428 flourencolda@outlook.com EUROILHAS - SOC., LDA Zona Comercial do Valados Rua

Leia mais

ARRENDAMENTO JOVEM Mais e melhores oportunidades

ARRENDAMENTO JOVEM Mais e melhores oportunidades Mais e melhores oportunidades 2 3 PREENCHIMENTO DOS RENDIMENTOS COM BASE NA DECLARAÇÃO DE IRS DESTE ANO APOIO ATÉ 50% DAS RENDAS O Programa Porta 65 Jovem tem como objectivo regular os incentivos a atribuir

Leia mais

M U N I C Í P I O D A F I G U E I R A D A F O Z

M U N I C Í P I O D A F I G U E I R A D A F O Z REGULAMENTO DO CONCURSO: CRIAÇÃO DE LOGÓTIPO DA CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ ENTIDADE PROMOTORA: A Câmara Municipal da Figueira da Foz, leva a efeito um concurso para a criação de um logótipo que

Leia mais

ELIMINAÇÃO DE HORÁRIOS NAS ESCOLAS E IMPACTO EM HORÁRIOS-ZERO E DESEMPREGO

ELIMINAÇÃO DE HORÁRIOS NAS ESCOLAS E IMPACTO EM HORÁRIOS-ZERO E DESEMPREGO FENPROF FEDERAÇÃO NACIONAL DOS PROFESSORES ELIMINAÇÃO DE HORÁRIOS NAS ESCOLAS E IMPACTO EM HORÁRIOS-ZERO E DESEMPREGO DISTRITO ESCOLA ou AGRUPAMENTO N.º PROFESSORES PROFESSORES A DACL CONTRATADOS OBSERVAÇÕES

Leia mais

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO Telef.: 212 309 600 Fax: 212 309

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT 1001415 Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de D. Inês de Castro de Alcobaça Alcobaça Leiria 1001811 Escola Básica do 2º e 3º Ciclos com Secundária de D. Pedro I Escolas D. Pedro I Alcobaça

Leia mais

RANKING 2009 Secundário - Disciplinas

RANKING 2009 Secundário - Disciplinas RANKING 2009 Secundário - Disciplinas 992_2009_Média_Portugues_A_em_c RANKING DAS ESCOLAS NO EXAME NACIONAL DE PORTUGUÊS A DO ENSINO SECUNDÁRIO 1 Conservatório de Música de Calouste Gulbenkian - Braga

Leia mais

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE 2ª DIVISÃO, 8ª SECÇÃO

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE 2ª DIVISÃO, 8ª SECÇÃO DIRECÇÃO DE CULTURA E HISTÓRIA MILITAR ARQUIVO HISTÓRICO MILITAR SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE 2ª DIVISÃO, 8ª SECÇÃO INVENTÁRIO DE DOCUMENTOS Lisboa 2007 FICHA TÉCNICA: Direcção de Cultura e História Militar Arquivo

Leia mais

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS João Cadete de Matos 1ª Parte Estatísticas do Banco de Portugal Estatísticas Financeiras Regionais 2 Evolução da difusão Estatística no Banco

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO 1. Nos termos do nº 2 do artigo 21º da Lei nº 2/2004, de 15 de Janeiro, com a redacção dada pela Lei nº 51/2005, de 30 de Agosto, e pela

Leia mais

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS Marlene Viegas Freire Coordenadora Maria Cecília Themudo Barata Assessora Paula Faria Assessora Maria Manuela Matos Técnica de Apoio Parlamentar

Leia mais

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79 Serviço Standard Serviço Especial Peso (Kg) 1 2 3 4 5 Entrega até às 18:00H GRUPOL10H GRUPOL13H GRUPOLSAB GRUPOLMA Entrega até às 10:00H do dia seguinte Entrega até às 13:00H do dia seguinte Entrega ao

Leia mais

Percurso lógico para a criação de uma empresa:

Percurso lógico para a criação de uma empresa: Percurso lógico para a criação de uma empresa: [3] Formas jurídicas de criar um negocio: Os negócios desenvolvidos por uma pessoa poderão ter a forma jurídica de Empresário em Nome Individual, Estabelecimento

Leia mais

Conhecer a Cidade. > Escolas integradas 2012.13

Conhecer a Cidade. > Escolas integradas 2012.13 Alentejo Estremoz EB Sebastião da Gama EB Sebastião da Gama Alentejo Elvas EB n.º1 Elvas EB Santa Luzia Museu Militar de Elvas Museu Militar de Santa Luzia Biblioteca Municipal Museu de Arte Contemporânea

Leia mais

Newsletter LIGA DOS COMBATENTES. Forte do Bom Sucesso e Museu do Combatente. Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS

Newsletter LIGA DOS COMBATENTES. Forte do Bom Sucesso e Museu do Combatente. Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS Newsletter LIGA DOS COMBATENTES Exmo(a). Sr(a). Bem-vindo à nossa newsletter mensal FBS De 7 a 10 de Junho de 2013, a Liga dos Combatentes programou a Semana de Portugal no Museu do Combatente e Forte

Leia mais

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS ABRANTES ALGUEIRÂO ALJUSTREL ALMADA ALVERCA ANGRA DO HEROÍSMO AVEIRO BARCELOS BARREIRO AGOSTINHO J.G. FIGUEIRAS PEDRO GEIRINHAS UNIPESSOAL, LDA ELECTRO CRUZ DIMATECNICA,LDA

Leia mais

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Gabinete/Cargo Nome Extensão E-mail Diretor Luiz Felipe Rocha de Faria 1450 lef@isep.ipp.pt Sub-diretor(es) António Constantino Lopes 1462 acm@isep.ipp.pt

Leia mais

Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas

Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas Incentivo à Criação de Conteúdos na Internet concedido em 2001 Lista das empresas proprietárias ou editoras de publicações subsidiadas EMPRESA CANDIDATA TÍTULO DISTRITO INCENTIVO ATRIBUÍDO (ESCUDOS) Soberania

Leia mais

SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS TRANSPORTES

SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS TRANSPORTES SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS Ensino Secundário 23 e 24 de maio TRANSPORTES Nos quadros abaixo, são indicados os locais onde as escolas se devem concentrar no dia 23 de maio de 2016, tendo em

Leia mais

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal 22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal Apoios Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (IDT) Empresa de Electricidade da Madeira ACIF - Associação Comercial e Industrial

Leia mais

Clube Filatélico de Portugal

Clube Filatélico de Portugal Clube Filatélico de Portugal 27.º Leilão Lisboa * 07 - Maio - 2010 10H00 Hotel Roma * Auditório Avenida de Roma, 33 - Lisboa Contactos Telefone: 218 123 936 * Fax 218 123 936 e-mail: cfportugal@mail.telepac.pt

Leia mais

ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO

ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO JUNTA DE FREGUESIA DE MARVILA CONCURSO PÚBLICO N / 2 ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO Avisam-se todos os interessados que entre os dias de março e de abril de 2 se encontra aberto Concurso

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE CONCEÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE UMA LOGOMARCA SUBORDINADA AO TEMA GONDOMAR É D OURO TERMOS DE REFERÊNCIA

CONCURSO PÚBLICO DE CONCEÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE UMA LOGOMARCA SUBORDINADA AO TEMA GONDOMAR É D OURO TERMOS DE REFERÊNCIA CONCURSO PÚBLICO DE CONCEÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE UMA LOGOMARCA SUBORDINADA AO TEMA GONDOMAR É D OURO TERMOS DE REFERÊNCIA Artigo 1.º - Objeto e Modalidade do Concurso 1 O presente procedimento tem por objeto

Leia mais

Reabilitação de Coberturas em Tribunais

Reabilitação de Coberturas em Tribunais Gouveia (Seia / Coimbra) Grândola (Santiago do Cacém / Évora) Inaugurado em 10/10/1982 Guarda (Guarda / Coimbra) Inaugurado em 27/04/1953 Guimarães (Guimarães / Porto) Arq. Luís Benavente Inaugurado em

Leia mais

Regras de Filiação 2009/10

Regras de Filiação 2009/10 As Regras de Filiação, válidas para a época de 2009/2010 são as seguintes: 1) De acordo com o artigo 5º do Regulamento de Filiações da FPX, poderão filiar-se na FPX todos os indivíduos, independentemente

Leia mais

DIRECTÓRIO DE ARQUIVOS E COLECÇÕES DOCUMENTAIS DA EX-DGEMN DATAS EXTREMAS. Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo

DIRECTÓRIO DE ARQUIVOS E COLECÇÕES DOCUMENTAIS DA EX-DGEMN DATAS EXTREMAS. Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo Estádio Nacional 163787 Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo 1931-1948 13,25 ml (incl. 40, 7 fotografias) Comissão para a Aquisição de Mobiliário - Arquivo / Secção de

Leia mais

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email Escola Secundária Raul Proença, Caldas da Rainha Caldas da Rainha Leiria Escola Secundária de Santa Maria do Olival, Tomar Tomar Santarém Insignare Associação de Ensino e Formação (Sede) Ourém Santarém

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR

REGULAMENTO PARTICULAR REGULAMENTO PARTICULAR 06 e 07 Novembro 2010 Visa FPAK Nº. : 1 ORGANIZAÇÃO A.C.P. COMISSÃO ORGANIZADORA Carlos Barbosa António Mocho João Torrado DIRECTOR DE PROVA Vasco Corrêa Mendes Lic. Desp. Nº 2557

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA S. R. PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO MOVIMENTO DE MAGISTRADOS DE 12 DE JULHO DE 2000 BREVES NOTAS JUSTIFICATIVAS 1. As promoções a Procurador-Geral Adjunto ocorrem

Leia mais

PEDRO SOUSA VIEIRA. Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal

PEDRO SOUSA VIEIRA. Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal PEDRO SOUSA VIEIRA Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal www.belogalsterer.com galeria.belogalsterer@gmail.com +351-213815914 VITA Pedro Sousa Vieira Nasceu no Porto,

Leia mais

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto B O C C I A REGULAMENTAÇÃO GERAL NACIONAL 2008/2009 1 INTRODUÇÃO Todos os intervenientes em competições de zona e nacionais, acções de formação e classificação médico - desportiva, deverão reger-se pelos

Leia mais

Casas-Museu dos Médicos em Portugal

Casas-Museu dos Médicos em Portugal Casas-Museu dos Médicos em Portugal O MÉDICO QUE SÓ SABE DE MEDICINA NEM DE MEDICINA SABE Prof. Doutor Abel Salazar AUGUSTO MOUTINHO BORGES, CLEPUL, Academia Portuguesa da História Apresentação Após a

Leia mais

Selos de Portugal. Álbum A. Carlos Kullberg

Selos de Portugal. Álbum A. Carlos Kullberg Selos de Portugal P o r t u g a l Álbum A (Correio Aéreo, Encomendas Postais, Serviço Oficial, Porteado, Imposto Postal e Telegráfico, Porte Franco, Vinhetas, Monarquia do Norte, Blocos) Carlos Kullberg

Leia mais

Índice. Introdução 3. Uso e convenção de cheque 3. Contas coletivas. Cotitulares e representantes 8. Regularização de cheques devolvidos 5

Índice. Introdução 3. Uso e convenção de cheque 3. Contas coletivas. Cotitulares e representantes 8. Regularização de cheques devolvidos 5 Índice Introdução 3 Uso e convenção de cheque 3 De que modo devo utilizar o cheque? 3 O que significa utilizar indevidamente o cheque? 3 O que pode acontecer a quem utilizar indevidamente o cheque? 4 O

Leia mais

Todas as ações de formação terão lugar na sede da empresa.

Todas as ações de formação terão lugar na sede da empresa. Luis Pavão Limitada Rua Rafael Andrade, 29-1150-274 Lisboa Telefone e Fax 21 812 68 45 Site: www.lupa.com.pt Correio eletrónico para inscrições: mariamm@lupa.com.pt Plano de Ações de Formação Todas as

Leia mais

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal Information on the videoconferencing equipment in the courts Portugal No Court name & city Equipment type and make 1 Abrantes Tribunal Judicial 3 2 Abrantes Tribunal do Trabalho 1 3 Águeda Juízo de Instrução

Leia mais

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Nome Loja Cidade Distrito ÁGUEDA PINGO DOCE ÁGUEDA Distrito Aveiro ALBERGARIA-A-VELHA RUA ALBERGARIA A VELHA Distrito Aveiro AVEIRO GLICÍNIAS

Leia mais

e-justiça Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ )

e-justiça Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ ) e justiça O que o sector da justiça em Portugal tem a ganhar com o desenvolvimento da SI 12 e 13 de Janeiro de 2004 Fundação Calouste Gulbenkian Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ ) Patrocínio O que o sector da

Leia mais

e-municípios 2009 Serviços Online Municipais Avaliação dos

e-municípios 2009 Serviços Online Municipais Avaliação dos Avaliação dos Serviços Online Municipais e-municípios 2009 2 3 A. Metodologia 5 6 Serviços a avaliar Feiras e mercados Taxas municipais Certidão para efeitos de IMI Consulta de informação georreferenciada

Leia mais

> LISTA DE CANDIDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao REGIME TRANSITÓRIO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

> LISTA DE CANDIDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao REGIME TRANSITÓRIO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR PROGRAMA NACONAL DE FORMAÇÃO DE TRENADORES REGME TRANSTÓRO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR > LSTA DE CANDDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao Dados fornecidos pela: Federação Portuguesa de Lohan

Leia mais

SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP. Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010

SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP. Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010 2010-01-29 Janeiro SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010 Despacho n.º 1/2010. D.R. n.º 1, Série II de 2010-01-04, dos Ministérios dos

Leia mais

Cláusula 1ª (OBJECTO)

Cláusula 1ª (OBJECTO) ACORDO DE COLLABORAÇÃO ENTTRE IINSTTI ITTUI IÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLLI ICO PARA O APOIO A ESTTUDANTTES COM DEFFI ICIÊNCIAS E O IINSTTI ITTUTTO NACIONALL PARA A REABILLI ITTAÇÃO II..P.. Considerando

Leia mais

Apoio à Internacionalização das Empresas

Apoio à Internacionalização das Empresas Apoio à Internacionalização das Empresas 26 de Novembro de 2009 Apoio à internacionalização das empresas Moçambique: Dados Gerais O Sector Financeiro em Moçambique O Grupo Caixa Geral de Depósitos Soluções

Leia mais

A. Molder Rua 1º de Dezembro, 101 3º Tel: 21 342 15 14 http://filateliaamolder.com.sapo.pt

A. Molder Rua 1º de Dezembro, 101 3º Tel: 21 342 15 14 http://filateliaamolder.com.sapo.pt LOJAS DE FILATELIA, NUMISMÁTICA E COLECCIONISMO DA BAIXA E CHIADO NUMISMÁTICA E FILATELIA A. Molder Rua 1º de Dezembro, 101 3º Tel: 21 342 15 14 http://filateliaamolder.com.sapo.pt Começou por volta de

Leia mais

Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015. Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00

Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015. Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00 Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015 1. Calendário Federativo Nacional Data Dia da Semana Evento Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar

Leia mais

Portuguese Immigration Offices

Portuguese Immigration Offices Portuguese Immigration Offices Source: http://www.sef.pt October 2011 These are the Immigration Offices in each region: REGION OF THE NORTH Porto Rua D. João IV, 536 Apartado 4819 4013 Porto Telephone:

Leia mais

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Reciclagem de Veículos em Fim de Vida (VFV) rumo a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Tópicos Empresa Sistema

Leia mais

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

PROPOSTA DE ACORDO DE SERVIÇOS DE ALUGUER DE AUTOMÓVEIS SEM CONDUTOR AMCPN ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E COMERCIANTES DO PARQUE DAS NAÇÕES

PROPOSTA DE ACORDO DE SERVIÇOS DE ALUGUER DE AUTOMÓVEIS SEM CONDUTOR AMCPN ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E COMERCIANTES DO PARQUE DAS NAÇÕES PROPOSTA DE ACORDO DE SERVIÇOS DE ALUGUER DE AUTOMÓVEIS SEM CONDUTOR AMCPN ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E COMERCIANTES DO PARQUE DAS NAÇÕES 14 DE NOVEMBRO DE 2011 IMP.DC.02 - Revisão: 1 16.01.2011 1 PROPOSTA

Leia mais

As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1

As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1 As dividas das empresa à Segurança Social disparam com o governo de Sócrates Pág. 1 AS DIVIDAS DAS EMPRESAS À SEGURANÇA SOCIAL DISPARAM COM O GOVERNO DE SÓCRATES: - só em 2006 a Segurança Social perdeu

Leia mais

Portaria nº 536/95, de 3 de Junho

Portaria nº 536/95, de 3 de Junho Diploma consolidado Portaria nº 536/95, de 3 de Junho Prevê-se no nº 2 do artigo 56.º do Regulamento do Serviço Público de Correios, aprovado pelo Decreto-Lei nº 176/88, de 18 de Maio, que as disposições

Leia mais

Itinerários Complementares

Itinerários Complementares Itinerários Complementares Viana do Castelo IC28 Bragança IC14 Braga Trofa Vila do Conde Santo Tirso Paços de Ferreira IC25 Matosinhos IC1 IC23 IC2 Espinho Paredes Valongo Porto IC24 Gondomar IC29 Porto

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar através de empréstimo, a instituições, nomeadamente, de

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES * >> DESCONTO DE 15% no preço de cada viagem, nos comboios ALFA PENDULAR e INTERCIDADES, respectivamente, nas CLASSES CONFORTO e 1ª CLASSE, na altura da aquisição do bilhete. >> DESCONTO DE 30%

Leia mais

Workshops de Conservação. e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte

Workshops de Conservação. e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte Workshops de Conservação e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte Margarida Duarte, técnica de conservação e restauro do Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa, coordenou, em finais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março As escolas superiores de enfermagem e de tecnologia da saúde são estabelecimentos de ensino politécnico dotados de personalidade jurídica e de

Leia mais

Fundo: Câmara Municipal de Évora Secção: Controle de Atividades Económicas / Comércio. 1. Descrição ao nível da Série 1.

Fundo: Câmara Municipal de Évora Secção: Controle de Atividades Económicas / Comércio. 1. Descrição ao nível da Série 1. Fundo: Câmara Municipal de Évora Secção: Controle de Atividades Económicas / Comércio 1. Descrição ao nível da Série 1.1 - IDENTIFICAÇÃO - Código de Referência PT/AMEVR/CME/K/E - Imposto de Comércio e

Leia mais

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira.

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira. SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2007 28 de Abril a 13 Maio 2007 S. JOÃO DA MADEIRA A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração EDITAL DO VESTIBULAR 1/2011 O Diretor Geral da Faculdade FIA de Administração e Negócios, no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio do presente Edital, torna público o aditamento

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

Rede de Farmácias Barral

Rede de Farmácias Barral Rede de Farmácias Barral Site: http://www.farmaciabarral.com/ Condições: Poderá usufruir destes descontos em Lisboa, nas Farmácias Barral, Oriental e Farmácia dos Jerónimos; em Monchique, na Farmácia Hygia;

Leia mais

As casas fabricantes de papel-moeda contratadas pelo BNU

As casas fabricantes de papel-moeda contratadas pelo BNU «PAPEL-MOEDA» As casas fabricantes de papel-moeda contratadas pelo BNU O Banco de Portugal sempre teve na sua organização um serviço de estamparia, que concebeu e fabricou várias das notas e das cédulas

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12 REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12 Artigo 1.º (Objecto) 1. O Concurso Sardinhas Festas de Lisboa'12 é uma iniciativa da EGEAC Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação

Leia mais

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Balanço 2009/2010 No segundo ano (2009/2010) de implementação do projecto Nestum Rugby nas Escolas, projecto este que resulta da parceria entre a Federação Portuguesa

Leia mais

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE Profissional de Vila Real VILA REAL TORRE DE MONCORVO A2000 ARDAD Centro de Emprego do Baixo Ave VILA NOVA DE FAMALICÃO ACIP SANTO TIRSO Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS

Leia mais

CONCURSO DE MODA D. PEDRO E D. INÊS REGULAMENTO

CONCURSO DE MODA D. PEDRO E D. INÊS REGULAMENTO CONCURSO DE MODA D. PEDRO E D. INÊS REGULAMENTO 1- APRESENTAÇÃO A. O Concurso de Moda D. Pedro e D. Inês é promovido pela Associação de Amigos de D. Pedro e D. Inês (AAPI) e tem como objectivo revisitar

Leia mais

INFORMAÇÃO. Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem

INFORMAÇÃO. Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem INFORMAÇÃO Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem Na sequência do pedido sobre o assunto mencionado em epígrafe, a seguir se enunciam as ONG que prestam serviços remunerados de jardinagem, bem como os

Leia mais

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Abertura ao regime de acesso ao apoio financeiro a

Leia mais

V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA

V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO Dando continuidade à atividade de formação encetada há cerca de vinte anos em parceria com a Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO

ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO ESTADO Fundação Cidade de Guimarães Fundação Alter Real Fundação para a Computação Científica Nacional - FCCN Fundações com cessação total de apoios Fundação Casa de Mateus Fundação

Leia mais

VI Concurso de Fotografia Augusto Cabrita 2009 Normas de Participação

VI Concurso de Fotografia Augusto Cabrita 2009 Normas de Participação VI Concurso de Fotografia Augusto Cabrita 2009 Normas de Participação 1. Disposições Gerais a. O Concurso de Fotografia Augusto Cabrita tem como objectivo promover e divulgar novos valores na área da fotografia,

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11 REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11 Artigo 1º (Objecto) 1. O Concurso Sardinhas das Festas de Lisboa'11 é uma iniciativa da EGEAC Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação

Leia mais

SESSÃO NACIONAL. Transportes para a AR

SESSÃO NACIONAL. Transportes para a AR Transportes para a AR Indica-se o local onde as Escolas de cada distrito se devem concentrar em 27 de Maio de 2013 (Solicita-se a melhor atenção para o facto de os autocarros não fazerem paragens para

Leia mais

Boletim Estatístico. Dezembro 2014. Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado

Boletim Estatístico. Dezembro 2014. Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado Boletim Estatístico Dezembro 2014 Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado Índice 1. PROCESSOS E PEDIDOS DE INFORMAÇÃO DE SOBRE-ENDIVIDAMENTO... 3 1.1. Processos e Pedidos de Informação de Sobre-endividamento

Leia mais

Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular)

Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular) Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular) O Instituto Português de Malacologia (IPM) e o Marine and Environmental Sciences

Leia mais

Portugal. Staples Office Centre Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970

Portugal. Staples Office Centre Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970 Portugal Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970 Casal da Eira - Sto. Onofre 2500 Caldas da Rainha Telefone: 262 870600 Estrada Nacional 9 2645 Alcabideche - Cascais Telefone:

Leia mais

SOJORMEDIA, SGPS, SA

SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA A Sojormedia SGPS, SA é um grupo de empresas que opera na zona centro do país. Entre elas estão as empresas responsáveis pela edição de semanários regionais nos

Leia mais

Concurso de Ideias para logótipo e lettering da Marca: Peixe-Espada Preto da Pesca Artesanal de Sesimbra. Regulamento

Concurso de Ideias para logótipo e lettering da Marca: Peixe-Espada Preto da Pesca Artesanal de Sesimbra. Regulamento Concurso de Ideias para logótipo e lettering da Marca: Peixe-Espada Preto da Pesca Artesanal de Sesimbra Regulamento 1. Promotor a. A ArtesanalPesca Organização de Produtores de Pesca de Sesimbra, leva

Leia mais

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da Sofinloc

Leia mais

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador II SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2009 18 a 31 de Abril de 2009 S. JOÃO DA MADEIRA 1 A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

I CONCURSO DE FOTOGRAFIA PAMPILHOSA DA SERRA INSPIRA NATUREZA

I CONCURSO DE FOTOGRAFIA PAMPILHOSA DA SERRA INSPIRA NATUREZA I CONCURSO DE FOTOGRAFIA PAMPILHOSA DA SERRA INSPIRA NATUREZA REGULAMENTO 1 ENTIDADE PROMOTORA O I Concurso de Fotografia Pampilhosa da Serra Inspira Natureza é uma iniciativa da Câmara Municipal de Pampilhosa

Leia mais