BPM Business Process Management. Associação Portuguesa dos Profissionais de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BPM Business Process Management. Associação Portuguesa dos Profissionais de"

Transcrição

1 Associação Portuguesa dos Profissionais de Gestão de Processos de Negócio 28 de Junho 2011

2 Há um novo profissional no mundo actual dos negócios, o profissional de processos de negócio. O trabalho que realizam é fundamental para o futuro das organizações competitivas actuais Brett Champlin, Presidente da AP em Out2006

3 é uma mudança pragmática da forma de pensar, realizar e gerir uma organização. É uma mudança conceitual: é para romper com as percepções isoladas das áreas funcionais é ultrapassar toda e qualquer fronteira organizacional em direcção a melhor realização do propósito do negócio é criar e gerir uma organização a partir de uma perspectiva externa (Foco DO Cliente)

4 Porquê uma Associação de Profissionais de Gestão de Negócio por Processos (e porque se associar AP Portugal Chapter ) Assegurar o recurso a métodos e metodologias comuns e de acordo com as melhores práticas Garantir a permanente actualização sobre as teorias, técnicas, práticas, métodos e metodologias que representam a evolução do tema Emitir a certificação como profissional CBPP Disponibilizar ibili em continuidade id d a formação e actualização dos profissionais desta área Contribuir para um nível de qualificação elevado destes profissionais Servir como centro de discussão e de esclarecimento entre os pares Fortalecer o espírito de especialista e de classe

5 Porquê uma Associação de Profissionais de Gestão de Negócio por Processos (e porque se associar AP Portugal Chapter ) Criar e assegurar uma prática profissional segundo princípios éticos que defendam a profissão e os seus clientes Divulgar o junto das organizações empresariais onde esta tem maior potencial ilde criação de valor Contribuir para a disseminação nos meios académicos por forma a assegurar o conhecimento desta matéria entre actuais e futuros gestores, através de convénios com instituições de ensino Servir como pólo centralizador da procura e oferta de profissionais desta área Credenciação de Entidades formadoras e de formadores em

6 A Associação Portuguesa dos Profissionais de Gestão de Processos de Negócio AP Portugal é um capitulo da AP (Association i of Professionals) Esta é uma associação internacional sem fins lucrativos, independente de fornecedores e dedicada à promoção dos conceitos e práticas de A AP International (bem como o AP Portugal Chapter) tem como principal objectivo a produção de eventos educacionais e de networking no sentido de assegurar a formação contínua e a partilha das melhores práticas novas ideias e experiências entre os seus membros e colegas profissionais

7 A AP Portugal é dirigida por profissionais da área que ocupam funções na Direcção Executiva do Capitulo português e estão directamente subordinados ao Board of Directors da AP International em Chicago, IL, EUA. Os membros da AP realizam trabalho voluntário na Associação e pautam sua condutas pessoais e actividades profissionais de acordo com o Código de Ética tcada AP Missão da AP: "Promover a prática da gestão de negócios por processos, desenvolver o conjunto de conhecimentos comuns nessa área e contribuir para o avanço e desenvolvimento das competências profissionais dos que trabalham na disciplina".

8 Visão: Liderar o desenvolvimento do com disciplina principal Ser o centro global da prática da gestão de negócios por processos na comunidade Ser a entidade profissional líder para profissionais da gestão de negócios por processos Ser a autoridade reconhecida na certificação de profissionais de Reconhecer aqueles que fazem contribuições importantes à disciplina da gestão de negócios ói por processos Principais objectivos: Actuação neutra, independente e não comercial do Desenvolvimento, consolidação e padronização de tópicos relevantes do Gestão e disseminação de conhecimentos em Revisão iã de requisitos ii técnicos de conhecimento para especialização ili em Desenvolvimento profissional de alto nível Certificação profissional em CBPP

9 Os Profissionais do (e potenciais associados da AP) "Enquanto parece haver muitos modelos de sucesso para a implementação de nas organizações, uma coisa que todos têm em comum é os muitos novos profissionais, com novos conjuntos de competências e responsabilidades todas centradas em ". Tony Benedict, President, AP International Alguns dos papéis mais comuns são: Analista de Processos Consultor de Processos Engenheiro de Processos Gestor de Processos Dono de Processo Analista de Sistemas de Negócio Gestor de Melhoria de Desempenho de Negócio Gestor de Inovação de Processos de Negócio Técnico Especialista de Processos Mas também de áreas complementares ao Especialistas em Six Sigma, Lean e Kaizen Especialistas em Gestão Projectos e Business Analysis Especialistas das TI (concepção, desenvolvimento, S, SOA, SaaS,

10 CBOK Fornece um documento de consulta básica para profissionais. Sua finalidade principal é identificar e fornecer uma visãogeral das áreas de conhecimento que são geralmente reconhecidas e aceites como boas práticas O guia reflecte o conhecimento fundamental requerido de um profissional de Qualquer avaliação ou certificação profissional nesse campo exigiriam uma demonstração da compreensão dos conceitos principais de O CBOK é a base para o desenvolvimento de questões de exame para ser certificado pela AP como Profissional Certificado em Processos de Negócio (CBPP Certified Business Process Professional)

11 Áreas de conhecimento do CBOK Foi estruturado em nove áreas de conhecimento, sendotodas inter relacionadasrelacionadas e evolutivamente complementares. Área de Conhecimento 1. Gestão de Processos Conceitos de Suportes 2. Modelagem de Processos N, IDEF, BPEL, 3. Análise de Processos ( As Is 4. Desenho de Processos To Be 5. Gestão de Desempenho de Processos Métricas Performance 6. Transformação de Processos Six Sigma, Lean, TQM, ABC, 7. Organização de Processos Organização centrada em processos 8. Gestão de Processos Corporativos EPM 9. Tecnologias de Gestão de Processos S

12 Associação Portuguesa dos Profissionais de Gestão de Processos de Negócio Procuramos ser uma mais valia para os profissionais que actuam nesta área Só é viável com o envolvimento do maior numero possível de profissionais Esperamos pelo seu contributo: Primeiro entrando como associado para a AP Portugal Chapter Depois através da participação activa na vida da Associação OBRIGADO

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN Gart Capote International Certified Business Process Professional (CBPP ) Presidente da ABPMP no Brasil - Association of Business Process Management Professionals (Chicago-EUA) Autor, Instrutor e Consultor

Leia mais

Apresentação Institucional ABPMP Brasil

Apresentação Institucional ABPMP Brasil The Premier Resource for the Business Process Management Professional Apresentação Institucional ABPMP Brasil Gart Capote Presidente pr.abpmp.br@gmail.com 1 Associação de Profissionais de BPM É uma associação

Leia mais

FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP. V5 Mai 13

FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP. V5 Mai 13 FORMAÇÃO BPM BUSINESS PROCESS MANAGMENT (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP V5 Mai 13 CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL A Associação Internacional de Profissionais

Leia mais

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL. 1ª edição. AEP Leça da Palmeira UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL. 1ª edição. AEP Leça da Palmeira UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL UMA PARCERIA ENTRE A ABPMP E A AEP ª edição AEP Leça da Palmeira CERTIFICAÇÃO CBPP (CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL) REQUISITOS

Leia mais

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL

FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO BPM CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL UMAPARCERIA ENTRE AABPMP E AAEP CERTIFIED BUSINESS PROCESS PROFESSIONAL A Associação Internacional de Profissionais de Business Process

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

Gestão e Certificação de Serviços de TI

Gestão e Certificação de Serviços de TI Gestão e Certificação de Serviços de TI Luís Vidigal itsmf Portugal Lisboa 8 de Abril de 2010 itsmf Portugal 1 Agenda 1. O que é a itsmf? 2. Situação do ITSM em Portugal 3. O que vamos fazer em 2010 itsmf

Leia mais

CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013

CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013 CONTRIBUTO DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE IDI PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES 7 de Outubro de 2013 COTEC Portugal 1. COTEC Portugal Origem, Missão, Stakeholders 2. Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

Transformação e Otimização de Processos

Transformação e Otimização de Processos Treinamentos em Gestão por Processos Transformação e Otimização de Processos Inovando processos através das melhores práticas em análise e melhoria, simulação e avaliação do retorno do investimento na

Leia mais

Modelagem de Processos para Automação

Modelagem de Processos para Automação Treinamentos em Gestão por Processos Modelagem de Processos para Automação [ipe03] Implementando a Visão Futura: um curso prático para vencer a barreira existente entre negócio e TI. Implantar processos

Leia mais

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS POWER-RH Gestão estratégica a de mudança organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS PARA EMPRESAS - A Power-rh Somos peritos em gestão estratégica de mudança organizacional e desenvolvimento humano.

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 BUSINESS COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd

Leia mais

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 BPM (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 Agenda 1 2 3 Conceitos BPM x TI Softwares BPM 4 Certificações Conceitos O que são

Leia mais

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha:

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha: Projecto GTBC Portugal: Edifício Taurus Campo Pequeno, 48 2º 1000-081 Lisboa Tel.: +351 217 921 920 Fax: +351 217 921 929 www.gtbc.pt info@gtbc.pt Espanha: CalleAtocha, 20, 2ªIzq 28012 Madrid Tel.: +34

Leia mais

Formação e Certificação

Formação e Certificação Formação e Certificação Requisitos de CPE para CIAs Editado por Giovani Ehrhardt*. Traduzido por Ana Clara Sebastião Macedo Ventura. Resumo: Este artigo visa esclarecer os requisitos obrigatórios da Formação

Leia mais

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Treinamentos em Gestão por Processos Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Da modelagem e análise ao monitoramento da execução de processos automatizados: tudo o que você precisa saber para fazer a Gestão

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio Corpo Comum de Conhecimento. ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common Body of Knowledge

Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio Corpo Comum de Conhecimento. ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common Body of Knowledge Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM CBOK ) Versão 2.0 Terceira liberação em Português Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio Corpo Comum de Conhecimento. ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common Body of Knowledge

Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio Corpo Comum de Conhecimento. ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common Body of Knowledge Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM CBOK ) Versão 2.0 Terceira liberação em Português Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio ABPMP BPM CBOK Business Process Management Common

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio

Modelagem de Processos de Negócio Treinamentos em Gestão por Processos Modelagem de Processos de Negócio Documentando o conhecimento sobre processos de negócio de forma clara e completa Conhecida como a base para iniciativas de processos,

Leia mais

Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0

Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0 Treinamentos em Gestão por Processos Dominando o Mapeamento de Processos com BPMN 2.0 Representando processos de negócio com a notação mais poderosa do Mercado. BPMN (Business Process Model and Notation)

Leia mais

As pessoas são a base de tudo.

As pessoas são a base de tudo. As pessoas são a base de tudo. Em tempos difíceis como os que estamos a viver, é o momento ideal para que a sua empresa obtenha dos seus colaboradores o máximo do seu desempenho, e logo, de sua motivação.

Leia mais

OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA

OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA Prof a. Marisa Eboli FIA/PROGEP Fórum Desenvolvendo o Gestor de Educação Corporativa" São Paulo, 15 de abril de 2014 Educação corporativa é um sistema

Leia mais

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Curso de Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Descrição da Ementa do Curso Como integrar negócio e tecnologia? Como maximizar o retorno sobre investimentos em projetos de Tecnologia

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio. Macaé. 08 de setembro de 2015. Marcos Santos. www.foccus.adm.br

Gerenciamento de Processos de Negócio. Macaé. 08 de setembro de 2015. Marcos Santos. www.foccus.adm.br Gerenciamento de Processos de Negócio 08 de setembro de 2015 Marcos Santos www.foccus.adm.br Macaé @santos_marcos adm.santos.marcos@gmail.com marcos..santos 22/99922-8672 A ABPMP (Association of Business

Leia mais

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira Governança Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira 1 Definição de Governança Governança Corporativa: É a Estrutura que identifica os objetivos de uma organização e de que forma pode-se

Leia mais

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Publicado em 25 de junho de 2013 por Itamar Pelizzaro Gart Capote, presidente da ABPMP Association of Business Process Management Professionals

Leia mais

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto Estratégia Empresarial Capítulo 4 Missão e Objectivos João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Análise do Meio Envolvente Análise da Empresa Análise Estratégica Missão, Objectivos

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 LIFE COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd Actualmente

Leia mais

20000 Lead Auditor. Certified. ANSI Accredited Program. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS

20000 Lead Auditor. Certified. ANSI Accredited Program. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead Auditor AUDITAR SISTEMAS DE GESTÃO DA SERVIÇOS (SGS) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite aos participantes

Leia mais

Reengenharia de Processos

Reengenharia de Processos Reengenharia de Processos 1 Enquadramento 2 Metodologia 3 Templates 1 Enquadramento 2 Metodologia 3 Templates Transformação da Administração Pública É necessário transformar a Administração Pública de

Leia mais

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização:

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Realização: Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança e Gestão de TI, atuando em projetos nacionais e internacionais

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

1 o Project Management Conference

1 o Project Management Conference 1 o Project Management Conference Procura-se Gerente de Projetos!!! O que é um projeto? UM PROJETO É: Um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Têm um início

Leia mais

COMUNICAÇÃO 6ª Edição Internal Communications Summit...10 3ª Edição Portais Corporativos...11

COMUNICAÇÃO 6ª Edição Internal Communications Summit...10 3ª Edição Portais Corporativos...11 AGENDA DE EVENTOS 2016 SUMÁRIO ANÁLISE DE MERCADO 9ª Edição Crédito & Cobrança...04 3ª Edição Gestão por Processos...05 Congresso de Compras e Suprimentos...06 3ª Edição Lean Seis Sigma Performance...07

Leia mais

1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO

1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO 1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO Painel: Empreendedorismo Social - 27 e 28 de Outubro de 2011 Práticas Inovadoras de Responsabilidade Social e Empreendedorismo Cascais, 27 de Outubro de 2011

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

FACULDADE SENAC GOIÂNIA

FACULDADE SENAC GOIÂNIA FACULDADE SENAC GOIÂNIA NORMA ISO 12.207 Curso: GTI Matéria: Auditoria e Qualidade de Software Professor: Elias Ferreira Acadêmico: Luan Bueno Almeida Goiânia, 2015 CERTIFICAÇÃO PARA O MERCADO BRASILEIRO

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Fazer Mais com Menos! Será Apenas um Mito? Pedro Engrácia, PMP espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública

Fazer Mais com Menos! Será Apenas um Mito? Pedro Engrácia, PMP espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública Fazer Mais com Menos! Será Apenas um Mito? Pedro Engrácia, PMP espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública Fazer mais com menos! É possivel? Disclaimer: Esta intervenção não é sobre

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna A estratégia do PGQP frente aos novos desafios 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MACROFLUXO ENTRADAS PARA O PROCESSO - Análise de cenários e conteúdos

Leia mais

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt.

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt. Certificação das Entidades de Acção Social Soluções e Desafios rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro www.apcer.pt AGENDA 0. Apresentação da actividade da APCER 1. Actuais exigências e necessidades

Leia mais

AA1000: Estrutura de gestão da responsabilidade corporativa. Informações gerais

AA1000: Estrutura de gestão da responsabilidade corporativa. Informações gerais AA1000: Estrutura de gestão da responsabilidade corporativa Informações gerais Produzido por BSD Brasil. Pode ser reproduzido desde que citada a fonte. Introdução Lançada em novembro de 1999, em versão

Leia mais

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados;

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados; VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos e electrónicos, oferecendo

Leia mais

Área de Gestão e Negócios

Área de Gestão e Negócios Área de Gestão e Negócios O Complexo Educacional FMU é uma Instituição de ensino superior com uma longa tradição de prestação de relevantes serviços educacionais a sociedade brasileira. Fundado em 1968,

Leia mais

20000 Lead Implementer

20000 Lead Implementer ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead PARA IMPLEMENTAR E GERIR SISTEMAS DE GESTÃO DE SERVIÇOS (SGS) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite aos

Leia mais

22301 Lead Auditor. Certified. Bringing value to you! ANSI Accredited Program FORMAÇÃO EM CONTINUIDADE DE NEGÓCIO

22301 Lead Auditor. Certified. Bringing value to you! ANSI Accredited Program FORMAÇÃO EM CONTINUIDADE DE NEGÓCIO ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead Auditor Bringing value to you! AUDITAR SISTEMAS DE GESTÃO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIO () BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de

Leia mais

Planeamento de Actividades e Orçamentos - 2012 -

Planeamento de Actividades e Orçamentos - 2012 - Planeamento de Actividades e Orçamentos - 2012 - WACT We Are Changing Together A WACT é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), apolítica, laica, e sem fins lucrativos, com a missão

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGEM SOBRE O DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL O URBACT permite que as cidades europeias trabalhem em conjunto e desenvolvam

Leia mais

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique DESCRIÇÃO DO TRABALHO Título de posição: Responde a: Supervisiona: Localização: Gestor de Comunicação Directora Nacional, WWF Moçambique Todo pessoal de comunicações Maputo, Moçambique Data: 19 de Agosto

Leia mais

Empreendedorismo Feminino

Empreendedorismo Feminino Empreendedorismo Feminino A Igualdade entre Mulheres e Homens é um princípio da Constituição Portuguesa e uma das tarefas fundamentais do Estado Português, que deve, não só garantir o direito à Igualdade

Leia mais

in ter curso COMPRAS INTERNACIONAIS NEEDLES NEEDLES NEEDLES NEEDLES WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT fast delivery good price 001718 342 65 94

in ter curso COMPRAS INTERNACIONAIS NEEDLES NEEDLES NEEDLES NEEDLES WWW.INTERNACIONAL.COMPANHIAPROPRIA.PT fast delivery good price 001718 342 65 94 in ter good price 001718 342 65 94 fast delivery cheap price 005521 176 55 32 good quality inter Introdução / Apresentação do Curso: O essencial para comprar bem no estrangeiro A globalização, as instituições

Leia mais

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto 22 de Dezembro de 2014 AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto Hugo Cartaxeiro PMP BECOME WINNERS TOGETHER. WINNING Management Consulting Foco na produtividade e previsibilidade dos projetos

Leia mais

LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas. José Carlos Caldeira. 28 Fev 2008. Director jcc@inescporto.pt

LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas. José Carlos Caldeira. 28 Fev 2008. Director jcc@inescporto.pt 28 Fev 2008 LET-In Laboratório de Empresas Tecnológicas Campus da FEUP Rua Dr. Roberto Frias, 378 4200-465 Porto Portugal T +351 222 094 000 F +351 222 094 000 www@inescporto.pt www.inescporto.pt José

Leia mais

Bom dia TI Trino Polo

Bom dia TI Trino Polo Bom dia TI Trino Polo O Alto Custo do Baixo Desempenho André Voltolini Presidente - PMI-RS Atendimento e Relacionamento TOTVS RS 01/08/2014 1 Atividades Voluntárias Atividades Profissionais Histórico Profissional

Leia mais

Ciclos de Melhoria e Inovação dos Processos Caso Sebrae/RJ. Palestrante: Marcelo Lima Gerente TI

Ciclos de Melhoria e Inovação dos Processos Caso Sebrae/RJ. Palestrante: Marcelo Lima Gerente TI Ciclos de Melhoria e Inovação dos Processos Caso Sebrae/RJ Palestrante: Marcelo Lima Gerente TI Agenda O Sebrae/RJ Contexto Inicial Iniciativas de Gestão por Processos Iniciativa Interna Projeto Gestão

Leia mais

Orientações para desenvolver uma Política de DPC Provas requeridas para a acreditação Acrescentando valor: conjunto de boas práticas

Orientações para desenvolver uma Política de DPC Provas requeridas para a acreditação Acrescentando valor: conjunto de boas práticas CRITÉRIO 2: COMISSÃO DE INTERNA Este capítulo inclui: Visão geral Orientações para desenvolver uma Política de Provas requeridas para a acreditação Acrescentando valor: conjunto de boas práticas VISÃO

Leia mais

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005.

Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. Cooperação empresarial, uma estratégia para o sucesso Nota: texto da autoria do IAPMEI - UR PME, publicado na revista Ideias & Mercados, da NERSANT edição Setembro/Outubro 2005. É reconhecida a fraca predisposição

Leia mais

V Jornadas de Assumar Qualidade em saúde mental: A gestão, a promoção e as parcerias para a mudança

V Jornadas de Assumar Qualidade em saúde mental: A gestão, a promoção e as parcerias para a mudança V Jornadas de Assumar Qualidade em saúde mental: A gestão, a promoção e as parcerias para a mudança As parcerias e as suas dinâmicas: considerações a ter em conta para a promoção da mudança O olhar da

Leia mais

A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de

A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de Turismo de Natureza e Sustentabilidade QUEM SOMOS A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de 2007,

Leia mais

Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional

Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional Painel Setorial - Inmetro Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos Xerém, 31 de julho de 2009 Tópicos Os Novos

Leia mais

OBJETIVO DO PROGRAMA ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA E CARGA HORÁRIA PREMISSAS DOS PROGRAMA INVESTIMENTO E PRÓXIMA TURMA I NSTRUTORES

OBJETIVO DO PROGRAMA ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA E CARGA HORÁRIA PREMISSAS DOS PROGRAMA INVESTIMENTO E PRÓXIMA TURMA I NSTRUTORES PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS DE OBJETIVO DO PROGRAMA O programa visa capacitar seus participantes em técnicas práticas e conceitos necessários para trabalhar em iniciativas de modelagem,

Leia mais

Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov

Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov Apresentação Fundação Lemann São Paulo, 16 de março de 2011 Agenda Fundação Lemann: quem somos? Conjunto dos projetos Programas de bolsas internacionais

Leia mais

A Universidade Corporativa: reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito

A Universidade Corporativa: reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito A Universidade : reflexão sobre a motivação, benefícios e implicações do conceito Miguel Rombert Trigo, Luis Borges Gouveia mtrigo@ufp.pt, lmbg@ufp.pt ProjEstQ, CEREM Universidade Fernando Pessoa Universidade

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

Business Process Management. A Gestão Colaborativa dos Processos e da sua Performance em QPR

Business Process Management. A Gestão Colaborativa dos Processos e da sua Performance em QPR Business Process Management A Gestão Colaborativa dos Processos e da sua Performance em QPR Quais são os desafios típicos das empresas na Gestão de Processos? > Criar e manter a informação associada aos

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

Código de Conduta do Voluntariado para a Cooperação

Código de Conduta do Voluntariado para a Cooperação Código de Conduta do Voluntariado para a Cooperação Preâmbulo Com o objectivo de unir os esforços das Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD) associadas da Plataforma Portuguesa das

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES Cristina Barbosa, Auditora da APCER XIX Congresso da Ordem dos Engenheiros 20-out-2012 Centro Cultural de Belém Resumo da Apresentação

Leia mais

EBI de Angra do Heroísmo

EBI de Angra do Heroísmo EBI de Angra do Heroísmo ENQUADRAMENTO GERAL Estratégia intervenção Ministério Educação promover o empreendedorismo no ambiente escolar Consonância com linhas orientadoras da Comissão Europeia Projectos

Leia mais

Orientações iniciais. FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattocs.com

Orientações iniciais. FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattocs.com 1 Orientações iniciais Dê preferência ao uso de uma conexão de banda larga O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas

Leia mais

Organização de Gerenciamento de Processos. Palestrante: Samyra Salomão

Organização de Gerenciamento de Processos. Palestrante: Samyra Salomão Organização de Gerenciamento de Processos Palestrante: Samyra Salomão Contextualização O foco do gerenciamento de processos de negócio pode também modificar a forma como os executivos pensam e estruturam

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

27001 Lead Implementer

27001 Lead Implementer ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead ADQUIRA AS COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS PARA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (SGSI) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

Projecto de Formação para os Jovens Voluntários (2014) Orientações para as instituições de formação

Projecto de Formação para os Jovens Voluntários (2014) Orientações para as instituições de formação Projecto de Formação para os Jovens Voluntários (2014) Orientações para as instituições de formação 1. Objectivo Estar em coordenação com o desenvolvimento dos trabalhos do Governo da RAEM para os jovens,

Leia mais

Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas

Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas Exm.ªs Senhoras, Exm.ºs Senhores É com prazer que, em meu nome e em

Leia mais

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM Trabalho realizado por: Ana Luisa Veiga Filipa Ramalho Doutora Maria Manuela Pinto GSI 2007 AGENDA:

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

FORMAÇÃO PROJECT MANAGEMENT CERTIFICATION

FORMAÇÃO PROJECT MANAGEMENT CERTIFICATION FORMAÇÃO PROJECT MANAGEMENT CERTIFICATION Formação Project Management Certification: Esta formação tem como objectivo a preparação para a certificação. A certificação é crucial, uma vez que reconhece os

Leia mais

Com o Apoio de. Comissão de Coordenaçã e Desenvolvimento Regional do Centro

Com o Apoio de. Comissão de Coordenaçã e Desenvolvimento Regional do Centro OPEN Centro de Incubação de Oportunidades de Negócio Processo de Admissão de Utentes e Modelo de Incubação Centimfe, 2 de Março de 2005 Missão da OPEN Contribuir para a promoção da inovação e do emprego,

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

Atendimento Integrado de Serviços. março/2014

Atendimento Integrado de Serviços. março/2014 Atendimento Integrado de Serviços março/2014 Agenda 1 A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP 2 Programa Gestão por Processos 3 Processo Atendimento Integrado de Serviços 1 Rede Nacional de Ensino e

Leia mais

Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS

Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS Comunidade de Prática Internacional para apoiar o fortalecimento e liderança da BIREME OPAS/OMS Fortalecimento institucional da BIREME OPAS/OMS TERMOS DE REFERÊNCIA Versão 17/07/2012 No âmbito de um processo

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA Na defesa dos valores de integridade, da transparência, da auto-regulação e da prestação de contas, entre outros, a Fundação Casa da Música,

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações:

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: CÓDIGO DE ÉTICA Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: APDIS Associação Portuguesa de Documentação e Informação na Saúde BAD Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

Leia mais

Inovação. Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial

Inovação. Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial Inovação Desenvolvimento Sustentado da Inovação Empresarial INICIATIVA APOIO Inovação, Empreendedorismo e Qualidade As Práticas que nos Inspiram Práticas de Gestão de Inovação Isabel Caetano Instituto

Leia mais

10 maneiras de conduzir a Gestão de Dados ao fracasso

10 maneiras de conduzir a Gestão de Dados ao fracasso 10 maneiras de conduzir a Gestão de Dados ao fracasso Bergson Lopes contato@bergsonlopes.com.br www.bergsonlopes.com.br Dados do Palestrante Bergson Lopes Rego, PMP é especialista em Gestão de Dados, Gerenciamento

Leia mais

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001 Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Agenda Introdução Desafio 1º passo Problemática ISO 27001 ISO 20000 Conclusões 2 Agenda Introdução

Leia mais

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP CONTEXTO Respeitar a diversidade social e a representatividade presente nas comunidades em que as organizações se inserem é um dever ético e simultaneamente um fator

Leia mais