UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA. Ciência para o Desenvolvimento Sustentável.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA. Ciência para o Desenvolvimento Sustentável. www.utfpr.edu.br/curitiba"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA Ciência para o Desenvolvimento Sustentável

2 UTFPR - CAMPUS CURITIBA Conheça a UTFPR e participe da construção contínua da história desta Instituição! Primeira Universidade Tecnológica do Brasil A UTFPR é uma instituição pública federal de ensino, que tem evoluído constantemente. Nasceu em 1909 como Escola de Aprendizes Artífices e, depois de algumas transformações, passou a chamar-se Escola Técnica Federal do Paraná, em Desta, passou a Centro Federal de Educação Tecnológica, em 1978, e, finalmente, transformou-se em Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em A tradição no ensino, na pesquisa e na extensão, conquistada devido ao trabalho desenvolvido na Instituição, confere à Universidade status de referência no padrão de qualidade perante o mercado e o meio acadêmico. No Campus Curitiba, o mais antigo entre os atuais 11 campi da UTFPR, encontramse os cursos regulares técnicos de nível médio, superiores de graduação licenciaturas, bacharelados, engenharias e tecnologias, e os programas de pós-graduação stricto sensu (6 mestrados e 2 doutorados), todos devidamente autorizados e reconhecidos pelo Ministério da Educação MEC, além dos cursos de educação continuada: especializações, cursos de extensão e a formação pedagógica. Mensagem do Diretor-Geral do Campus Curitiba Prezado(a) Leitor(a), é uma grande satisfação tomar ciência de seu interesse em nossas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Como instituição centenária, mas sempre voltada para o futuro, procuramos reunir informações que remetem a um misto de tradição e inovação tecnológica. Por meio de uma leitura fácil e agradável, em material fartamente ilustrado, você poderá conhecer um pouco mais de nossos cursos técnicos, de graduação e de pós-graduação, ofertados em diversas áreas do saber. Adicionalmente, você encontrará descrições valiosas a respeito de nossos projetos de pesquisa e de extensão, desenvolvidos internamente e em parceria com diversos segmentos da sociedade. Esperamos que a cultura que praticamos em todas as nossas ações possa contagiá-lo(a), tornando-o(a) em breve um de nossos novos estudantes. Com seu entusiasmo e força de vontade, aliados à prática de nossa missão de bem educar, temos a certeza de que você empreenderá conosco seu projeto de formação acadêmica de maneira exemplar e vitoriosa, transformando-se em um(a) profissional bem sucedido(a). Venha, portanto, fazer parte desta história de sucesso: a primeira Universidade Tecnológica do Brasil o(a) aguarda de braços abertos! Cordiais saudações acadêmicas, Prof. Dr. Marcos Flávio de Oliveira Schiefler Filho Diretor-Geral do Campus Curitiba O Campus Curitiba conta com servidores e estudantes. Mantém instalações no centro da cidade, e as do Campus Ecoville, no bairro de mesmo nome. Em breve, serão concluídas as instalações de mais de 4000m 2 neste Campus. 2

3 Na UTFPR, na área de ensino, são desenvolvidas duas grandes modalidades de cursos: os regulares e os de educação continuada. Os cursos regulares têm como principais características: As vagas ofertadas são publicadas em Edital Público. Os alunos são selecionados por meio do Exame de Seleção para os cursos de nível médio e pelo Exame Nacional do Ensino Médio (novo Enem) para os cursos de ensino superior. Permitem ao aluno a mudança no seu nível formativo. Promovem a sua profissionalização. Possibilitam a continuidade de estudos no próximo nível de ensino. Conferem uma determinada titulação e um diploma, reconhecido nacionalmente. Por sua vez, os de educação continuada têm oferta periódica e as seguintes características: Conferem aos seus participantes uma complementação e/ou atualização em uma determinada área de conhecimento. São, em geral, de curta duração. Os alunos concluintes recebem um certificado. Os Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio são aqueles destinados aos alunos que concluíram o Ensino Fundamental. São chamados de Técnicos Integrados de Nível Médio, uma vez que o aluno recebe, num único curso, tanto a formação do Ensino Médio quanto a formação técnica profissional. É um curso com duração de quatro anos e confere ao formado o diploma de Técnico de Nível Médio, garantindo-lhe o direito de prosseguir seus estudos no nível superior, bem como o de exercer uma atividade profissional técnica. Os Cursos Superiores de Tecnologia propõem formar profissionais focados na inovação tecnológica em áreas que exigem elevado grau de especialização. A organização curricular desses cursos traz, entre seus diferenciais, a estruturação baseada na junção de Ciência, Tecnologia e Gestão, propiciando ao estudante o domínio da Ciência pela aplicação em processos tecnológicos e o desenvolvimento de habilidades gerenciais. Ao término do curso, é conferido o grau de Tecnólogo e seu diploma, reconhecido nacionalmente, permite a continuidade de estudos em cursos de pós-graduação. Quanto aos Cursos de Bacharelado, caracterizam-se por uma formação ampla na área em que são ofertados. Dessa forma, a estrutura curricular contempla as disciplinas de formação básica, de formação profissional, de cunho tecnológico e também conteúdos de formação complementar. Ao concluir esses cursos, é conferido o grau de Bacharel, que possibilita a continuidade de estudos em cursos de pós-graduação. Os cursos de Licenciatura visam à formação de professores para as áreas em que são ofertados. A estrutura cur- ricular desses cursos contempla as disciplinas de formação específica, aliadas às disciplinas necessárias à atividade didática, inerente à profissão. Ao formado, confere-se o grau de Licenciado, que possibilita atuar como professor nos sistemas de ensino público e privado, bem como a continuidade de sua formação acadêmica em curso de pós-graduação. Por sua vez, as Engenharias têm sua base em uma formação generalista com essência científica, sólida formação em técnicas de engenharia e desenvolvimento da capacidade de interpretação, bem como análise crítica e reflexiva de fatos e situações. Têm como diferencial 50% da carga horária em atividades de laboratório. Ao formado, que tem capacidade para buscar e gerar novos conhecimentos, preparo para enfrentar situações novas com iniciativa e criatividade e, ainda, consciência para desenvolver uma conduta ética, humanista, social e ambientalmente responsável, conferese o grau de Engenheiro. A Formação Pedagógica é um programa que objetiva habilitar profissionais portadores de diploma de nível superior para o exercício do magistério, em disciplinas que integram as quatro últimas séries do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Os cursos de Extensão são de curta duração e objetivam a atualização e o aprimoramento profissional, dando direito a um certificado. UTFPR - CAMPUS CURITIBA 3

4 Cursos ofertados no Campus Curitiba da UTFPR UTFPR - CAMPUS CURITIBA A Universidade Tecnológica oferta também Cursos de Pós- Graduação destinados aos portadores de diploma de graduação. São cursos lato sensu especialização, ou stricto sensu mestrado e doutorado. Sob a orientação de professores altamente capacitados, contando com laboratórios equipados, infraestrutura de biblioteca, convênios, parcerias e bolsas de estudos, os alunos de pós-graduação podem realizar pesquisas de ponta, apresentar trabalhos acadêmicos em congressos, workshops; aprimorar seus conhecimentos e dar continuidade solidamente à sua formação. Os cursos de Especialização objetivam a atualização tecnológica em áreas específicas. Os concluintes recebem um certificado. Os cursos de Mestrado têm duração de 2 anos e exigem a elaboração de uma dissertação; enquanto o curso de Doutorado, destinado a quem tenha concluído o programa de mestrado, exige para sua conclusão a elaboração de uma tese. Ambos os trabalhos acadêmicos são apresentados com defesa pública mediante banca examinadora. Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Técnico Integrado em: 1. Edificações PROEJA 2. Eletrônica 3. Gestão de Pequenas e Médias Empresas 4. Mecânica 5. Segurança do Trabalho Graduação: 1. Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial 2. Curso Superior de Tecnologia em Comunicação Institucional 3. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico 4. Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial 5. Curso Superior de Tecnologia em Processos Ambientais 6. Curso Superior de Tecnologia em Radiologia 7. Curso Superior de Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações 1. Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo 2. Bacharelado em Design 3. Bacharelado em Educação Física 4. Bacharelado em Química 5. Bacharelado em Sistemas de Informação 1. Licenciatura em Física 2. Licenciatura em Letras Português Inglês 1. Engenharia Civil 2. Engenharia de Computação 3. Engenharia de Controle e Automação 4. Engenharia Elétrica 5. Engenharia Eletrônica 6. Engenharia Mecânica Cursos futuros: 1. Licenciatura em Matemática 2. Administração Pós-Graduação Doutorado: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Informática Industrial - CPGEI Programa de Pós-Graduação em Tecnologia - PPGTE Mestrado: Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil - PPGEC Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica e Informática Industrial - CPGEI Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica e de Materiais - PPGEM Programa de Pós-graduação em Tecnologia - PPGTE Programa de Pós-graduação em Computação Aplicada - PPGCA Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental - PPGCTA Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) Atividade Física e Saúde Aplicada à População Jovem Auditoria da Qualidade e Ambiental Automação Industrial Cenografia Comunicação e Cultura Comunicação Empresarial e Institucional Configurações e Gerenciamento de Servidores e Equipamentos de Redes Construções Sustentáveis Design de Interiores Educação Profissional Integrada à Educação Básica na Modalidade EJA Embalagem - Projeto e Produção Ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira Engenharia Automotiva Engenharia de Produção Engenharia de Segurança do Trabalho Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas Ergonomia e Qualidade de Vida no Trabalho Estratégias Empresariais para o Desenvolvimento Sustentável Gerência da Manutenção Gerenciamento de Obras Gestão do Conhecimento da Organização Gestão do Desenvolvimento de Produtos Gestão Estratégica da Produção Gestão Financeira Gestão de Negócios Gestão Pública Municipal, Modalidade Ensino a Distância Gestão de Recursos Humanos para a Indústria Gestão de Tecnologia da Informação Gestão de Tecnologia da Inovação Literatura Brasileira e História Nacional Patologia das Construções Planejamento e Governança Pública Semipresencial em Config. e Gerenciamento de Servidores e Equipo de Rede Tecnologia Java Teleinformática e Redes de Computadores Obs.: Os cursos de Especialização são cursos não-regulares e somente são abertos se, no mínimo, noventa por cento das vagas ofertadas aos interessados da comunidade forem preenchidas. 4

5 Além do estudo de qualidade, os alunos do Campus Curitiba encontram oportunidades para crescimento e aprimoramento profissional. A Instituição mantém um trabalho constante com alunos e ex-alunos (egressos) para contribuir com o ingresso no mercado de trabalho, preparando-os para processos seletivos de empresas e intermediando o processo de contratação. Um exemplo é a Feira de Estágios e Empregos, evento anual do qual participam dezenas de empresas de grande porte, nacionais e internacionais, situadas na Capital e Região Metropolitana, que cadastram o currículo dos estudantes com vistas a futuras vagas de estágios e/ou empregos. Na última edição, a Feira movimentou mais de 7 mil visitantes e estiveram presentes 28 organizações de diversos segmentos. Preocupada com a formação integral do cidadão e com a possibilidade do exercício pleno da cidadania, a UTFPR Campus Curitiba desenvolve também programas nas áreas ambiental e social, tais como: o Comunidade Integrada na Multiplicação do Conhecimento Grupo CIMCO, programa de conscientização e prevenção contra dependência química e toxicológica e doenças A UTFPR procura manter constante integração tanto com universidades estrangeiras, seja por meio da dupla diplomação em algumas áreas, seja pelo intercâmbio de alunos e professores, quanto com as indústrias, a fim de agregar parceiros para a melhoria de suas atividades. Neste sentido, dentre outras ações, acontece o Dia da Indústria, em que são homenageadas empresas e profissionais que se destacam na interação com a UTFPR - Campus Curitiba. sexualmente transmissíveis DSTs, e o de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do Campus Curitiba PGRCC, cuja ação é conscientizar a comunidade interna e implementar a coleta seletiva, a correta destinação e possível reciclagem do lixo gerado no Campus. A Instituição promove, ainda, atividades físicas e artístico-culturais, das quais podem participar alunos, servidores e comunidade externa. É o caso do NUCCOM(Núcleo de Cultura e Comunicação) com as atividades de Dança, Coral, Circo TUT(Teatro da Universidade Tecnológica); CALEM(Centro Acadêmico de Línguas Estrangeiras Modernas); e do CAFIS(Centro de Atividades Físicas), em que a comunidade pode praticar musculação, natação e hidroginástica. UTFPR - CAMPUS CURITIBA Seja Bem-Vindo! Diretoria-Geral do Campus Curitiba da UTFPR 5

6 Construir em harmonia com a realidade social, econômica e ambiental A construção civil é um dos setores mais importantes da economia no Brasil, constituindo uma porcentagem significativa do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Representativa para o crescimento econômico do país, é bem mais abrangente que realizar obras de edificações. Cabe também aos profissionais da área projetar e gerenciar sistemas de transporte; construir canais de escoamento e distribuição de água; fazer levantamentos das condições de solo e rochas, e de materiais necessários para a construção civil; controlar o impacto ambiental; promover ações de preservação do meio ambiente; bem como otimizar e racionalizar o processo produtivo por meio do planejamento, da coordenação e do controle de recursos e zelar pelo bem-estar físico e psicológico de trabalhadores em quaisquer ambientes de trabalho. Como profissional da construção civil, você poderá trabalhar em empresas de engenharia civil, ou indústrias ligadas ao setor, escritórios de projetos, assessoria e consultoria técnica junto a outras empresas, órgãos públicos e instituições financeiras, de pesquisa e de ensino, atuando como empregado ou profissional liberal. A arquitetura é o magistral, magnífico e correto jogo de volumes trazidos à luz. (Le Corbusier) Civil O curso de Arquitetura e Urbanismo do Campus Curitiba da UTFPR desenvolve em você a capacidade de observar criticamente a realidade na qual está inserido e as possibilidades de contribuir para transformá-la positivamente, com invenção, conhecimento e trabalho. Fornece, ainda, os instrumentos necessários para tanto, resgatando o desenho como meio de expressão e desenvolvimento de ideias e concepções, oferecendo um ambiente de discussão e sinergia propício para a criação de espaços simultaneamente sustentáveis, confortáveis, funcionais e belos, apoiado em sólidas bases científicas e tecnológicas. Durante o curso, o estudante de Arquitetura e Urbanismo obterá conhecimentos específicos de tecnologia em obras, deverá estar informado sobre as questões de meio ambiente e sustentabilidade; observar a cidade como um todo, sem esquecer da comunidade; ter cultura suficiente para entender a realidade e, finalmente, ter afinidades e gosto com o desenho, para desenvolver sua criatividade com ousadia e confiança. 6

7 Trabalhando num mundo globalizado, competitivo e mutante com toda segurança Edificando oportunidades para todos O Curso Técnico Integrado em Segurança do Trabalho é destinado para você que acabou o ensino fundamental, quer fazer o ensino médio e, ao mesmo tempo, se profissionalizar. O Técnico em Segurança do Trabalho é a pessoa que atua onde seja necessária a presença de um técnico capaz de avaliar o ambiente de trabalho, antecipar e diagnosticar os riscos e perigos inerentes às tarefas executadas pelo trabalhador, interagindo com o meio ambiente. Durante o curso você obterá formação na área de gestão de saúde e segurança do trabalho (SST), de ergonomia, de programas e levantamentos de ambientes de trabalho, de qualidade e meio ambiente. Ao concluir o curso, você poderá atuar, além de na construção civil, nos segmentos produtivos, montadoras, madeireiras, setores têxteis, e em todas aquelas que necessitem de avaliação do ambiente de trabalho, tornando-o seguro, resguardando a integridade física e psicológica dos trabalhadores. O Curso Técnico Integrado em Edificações PROEJA (Modalidade da Educação de Jovens e Adultos) é destinado para você que acabou o ensino fundamental e completa 17 anos até a data de matrícula, ou que tenha mais de 18 anos, e queira retomar seus estudos e ganhar tempo cursando a formação geral integrada com a formação técnica. Durante o curso Técnico Integrado em Edificações, você será capacitado a acompanhar e fiscalizar a execução de obras civis; interpretar projetos de obras civis, elaborar cálculos e orçamentos de obras civis; planejar e executar o layout de canteiros de obras; executar projetos executivos; executar, acompanhar e fiscalizar instalações prediais; detalhar e executar elementos construtivos. Depois de formado, como Técnico em Edificações, você poderá atuar na indústria de construção civil em geral; em obras ou pré-moldados; escritórios de engenharia e arquitetura; indústrias concreteiras; obras de estradas, terraplanagem e barragens, saneamento e obras de engenharia. Civil Projetando e Gerenciando a Construção do País O Curso de Engenharia Civil objetiva formar profissionais capacitados para atuar no projeto e execução de obras de construção civil, bem como no planejamento, projeto, implantação e controle de sistemas produtivos. O Engenheiro Civil projeta, fiscaliza, supervisiona e gerencia a execução de obras de engenharia civil, de engenharia pesada e de infraestrutura urbana. Especifica tecnicamente materiais, equipamentos e mão de obra, processos de produção e sistemas construtivos. Elabora orçamentos e acompanha e controla o fluxo econômico-financeiro do empreendimento de engenharia, buscando condições de sustentabilidade e de preservação do meio ambiente. Desenvolve projetos e elabora o planejamento buscando a melhoria da eficiência operacional das empresas onde atua, realizando a interface entre as áreas administrativas e técnicas. Especializações: Engenharia de Segurança do Trabalho Gerenciamento de Obras Patologia das Construções Engenharia de Produção Construções Sustentáveis 7

8 Sem comunicação: sem ação Comunicar-se: eis a primeira grande necessidade humana. Seja por meio de palavras, gestos, cores ou formas, independentemente da maneira pela qual se comunica, o ser humano precisa se expressar, opinar, prestar informações, repassar conhecimentos. Mas, acima de tudo, o Homem precisa se comunicar para sobreviver. Se agora chegou a hora de você escolher sua profissão e se você gosta de ler, de escrever, é criativo, tem senso de organização e se preocupa com a imagem do que você faz, nós temos os cursos certos para você. Sua área é a de comunicação. Zelando pela transparência e pelo sucesso das organizações Comunicação O Curso Superior de Tecnologia em Comunicação Institucional CTCOM é ofertado semestralmente, no período da manhã. Seu objetivo é capacitar você a planejar, implementar e/ou alterar a comunicação interna e externa das instituições, pois comunicar-se é fundamental para um bom relacionamento interpessoal e para o sucesso de uma organização. A comunicação interna se dá entre os funcionários, e entre eles e os gestores. Por sua vez, a externa é aquela realizada entre a instituição e o seu público-alvo, fornecedores, clientes e a sociedade na qual está inserida. Por isso, durante o curso você desenvolve sua criatividade; aprimora técnicas de escrita e oralidade; aprende sobre ética nas organizações, protocolo e cerimonial, sobre produção e editoração de textos criativos, jornalísticos, publicitários, empresariais, dissertativos e de imagens. Tudo a fim de que você possa atuar em instituições, em quaisquer dos setores da economia, que visem a implantar ou a aperfeiçoar sua política de comunicação. Formando profissionais das Letras: Professores e muitos mais O Curso de Licenciatura em Letras Português-Inglês tem como objetivo levar você a se tornar um professor de Português, de Inglês e das Literaturas de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa. Ou você pode optar também por atuar como pesquisador, crítico literário, tradutor, intérprete, revisor de texto, roteirista, assessor cultural, e em outras áreas profissionais. O maior desafio do curso é formá-lo de modo que esteja em sintonia com as mudanças pelas quais o mundo passa, com formação especializada, a fim de que possa atuar como elo entre seu aluno e uma sociedade complexa, multifacetada e, acima de tudo, exigente. Em contato com o mundo: a viagem do conhecimento Também na área de Comunicação, o Centro Acadêmico de Línguas Estrangeiras Modernas do Campus Curitiba da UTFPR CALEM oferta cursos de Inglês, Espanhol, Francês e Alemão. (para alunos da Universidade e servidores) e o curso de Português para Estrangeiros. Os cursos são realizados em 6 semestres, nos quais são desenvolvidas aulas teóricas e práticas, das quais você tem a oportunidade de participar dinamicamente, comunicando-se na língua estrangeira escolhida. Ao concluir o curso, você estará apto a escrever, ler e interpretar textos, compreender mensagens orais e falar em outra língua que não a materna. Além da realização pessoal, você estará mais capacitado às oportunidades profissionais, mais apto para realizar intercâmbios e viagens a negócios ou a turismo. Especializações: Comunicação Empresarial - Institucional Ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas Literatura Brasileira e História Nacional Comunicação e Cultura 8

9 Criatividade e versatilidade são os caminhos para o sucesso Automóveis, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, roupas, acessórios, móveis ou materiais gráficos: todo esse universo de sistemas e objetos da cultura material é fruto do design. A profissão surgiu no final do século XIX, em virtude do início do processo de industrialização da Europa e dos Estados Unidos. No Brasil, após a fase pioneira de institucionalização do ensino e da pesquisa, na década de 60, a área está cada vez mais consolidada. Assim, pode-se dizer que o design é a área de conhecimento que visa a planejar e a desenvolver projetos na área de comunicação visual e de produto, dentro de várias especialidades. Um dos grandes pontos positivos do Design é sua interface com vários outros campos de atuação e conhecimento, compartilhando saberes e significados com a Comunicação, Arquitetura, Engenharia, entre outros. Desse modo, a formação é abrangente e para o desenvolvimento de conceitos busca-se não apenas o instrumental técnico, mas igualmente a reflexão crítica sobre o design inserido em um contexto sócioeconômico e cultural. A valorização da profissão tem sido crescente, pois o design é reconhecido como fator de ampliação de competitividade dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas. Comunicação em forma de arte O Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico oferece vagas pela manhã e à noite tendo como objetivo formar profissionais capazes de atuar no desenvolvimento de projetos gráficos, tanto em mídia impressa quanto digital. Durante o curso você obterá conhecimentos sobre desenho, cor e ilustração, história e teoria da arte e do design, ergonomia, semiótica, produção da imagem, tecnologias digitais, tecnologia de materiais, processos de produção gráfica, gerenciamento da produção, projeto gráfico, marketing e noções essenciais de administração. Afinal, você deverá ser capaz de, por meio de um processo técnico e criativo, desenvolver materiais com o objetivo de informar, identificar, sinalizar, organizar, estimular e entreter, de forma a facilitar o cotidiano das pessoas e que os materiais estejam de acordo com a empresa/ instituição a que se destinam. Como Tecnólogo em Design Gráfico, você terá a possibilidade de atuar na indústria gráfica, em escritórios de design, agências de propaganda e jornais, no desenvolvimento e acompanhamento de projetos gráficos, produção de imagem, ilustração, finalização de arquivos digitais e web design. Seu trabalho poderá ser visualizado em embalagens, livros, revistas, jornais, camisetas, aberturas e vinhetas de cinema e televisão, websites, jogos, sistema de identidade visual de organizações, etc. Disposição para enfrentar desafios com criatividade O Curso de Bacharelado em Design, ofertado pela manhã e à tarde, forma bacharéis com grande ênfase em aulas práticas e de laboratório, visando a sua atuação no planejamento, na programação e no projeto de sistemas e objetos utilizados no cotidiano do homem, definindo não apenas a forma do produto, com seu componente estético, mas também refletindo sobre a funcionalidade da peça e interferindo na escolha dos materiais que viabilizem sua produção, venda e descarte. Assim, ao finalizar o curso você deverá ser um designer capaz de desenvolver projetos e sistemas que conjuguem informações visuais, artísticas, culturais e tecnológicas de forma contextualizada em relação ao meio sócioeconômico e cultural em que irá atuar. Para isso durante o curso você terá aulas sobre técnicas de representação bi e tridimensionais; teoria da arte e do design; ergonomia; teoria da cor; ilustração; materiais e processos de produção; e projeto de design. Como graduado em Design você poderá atuar em indústrias de diferentes portes; em escritórios de desenvolvimento de produtos (mobiliário doméstico e urbano, objetos de decoração, eletroeletrônicos, brinquedos, veículos) e design de interiores; em editoras, departamentos de criação de órgãos públicos, agências de publicidade, produtoras de multimídia e webdesign, mídia impressa e digital interativa, estúdios de vídeo e animação, entre outros. Especializações: Design de Interiores Cenografia Embalagem - Projeto e Produção Design 9

10 A serviço do bem-estar do ser humano Os profissionais da área de saúde, seja ela física ou mental, estão sempre em uma batalha contra agentes internos e externos que causam doenças, sobretudo, aos seres humanos, buscando conservar e/ou restabelecer-lhes a saúde. Com a evolução do mundo e a mudança de hábitos da população, existem benefícios como uma maior expectativa de vida, mas, ainda, surgem questões antes inexistentes como, por exemplo, o excesso de peso. Para você ser um profissional de Educação Física, precisa atuar de forma interdisciplinar, não somente para prevenir doenças ou agravos de saúde, como também para buscar a melhoria da qualidade de vida da população. Sem ficar alheio a essa questão, o Campus Curitiba da UTFPR incentiva a existência de cursos nessa área que, com forte base científica, não deixam de ter como foco principal o bem-estar do ser humano. Educação Física Corpo indivisível: desafio ou conquista? O Curso de Bacharelado em Educação Física é a graduação para você que gosta da área de saúde, demonstra aptidão para a atividade física, tem facilidade para comunicar-se, gosta de atuar em equipes multidisciplinares e é empreendedor. No decorrer do curso, você estudará a relação ser humano e sociedade, a biologia do corpo humano, a cultura do movimento humano, e seu aspecto técnico-instrumental e didáticopedagógico; fará uso de infraestrutura específica como ginásios de esportes, quadras polivalentes, sala de ginástica e dança, piscina semiolímpica aquecida, academia de musculação, laboratórios exclusivos, equipamentos e atividades de extensão como o Centro de Excelência Caixa Jovem Promessa de Ginástica Rítmica UTFPR - Campus Curitiba, bem como utilizará outros espaços possibilitados por convênios com a UFPR e 5º. Batalhão do Exército-GEACAP. Ao se formar, você poderá realizar pesquisas e promover atividades físicas, recreativas, esportivas e de lazer para as crianças, jovens, adultos e portadores de necessidades especiais; desenvolver técnicas esportivas e realizar treinamentos especializados em diferentes esportes; avaliar e supervisionar o preparo físico; acompanhar e supervisionar as práticas esportivas; elaborar informes técnicos e científicos na área de atividades físicas e do esporte; aplicar exercícios compensatórios para trabalhadores. Poderá atuar em escolas, academias, hotéis, centros de treinamento esportivo/artes marciais, centros e laboratórios de pesquisa. Sempre que houver um espaço para que atividades físicas, esportivas ou recreativas atuem em favor da saúde e da otimização da qualidade de vida das pessoas, o Bacharel em Educação Física estará lá. Especializações: Ergonomia e Qualidade de Vida no Trabalho Atividade Física e Saúde Aplicada à População Jovem 10

11 As radiações e sua saúde O Curso Superior de Tecnologia em Radiologia não se restringe apenas à área de saúde, tendo também aplicações comerciais e industriais. Você precisa gostar de física, cujos conhecimentos são fundamentais para a área de Radiologia. O curso é ofertado no período da tarde, envolvendo uma formação multidisciplinar, incluindo aulas teóricas e práticas. Assim, ao final do curso você será capaz de realizar exames, otimizar processos, a fim de melhorar a qualidade das imagens, tornando-os mais precisos e com menor custo e menor dose de radiação, em serviços tais como Tomografia Computadorizada, Mamografia, Radioterapia, Radiologia Convencional, Radiologia Odontológica, Ressonância Magnética, Medicina Nuclear e outros. Você poderá supervisionar equipes, aprimorar os processos envolvidos na produção da imagem, explorar adequadamente os recursos oferecidos pelos equipamentos e manusear de forma segura materiais radioativos. Se você gosta de uma profissão dinâmica que evoluiu rapidamente com o avanço da tecnologia, o curso de Tecnologia em Radiologia da UTFPR é o ideal para você. Física Ensinar a ensinar Física, um novo desafio O Curso de Licenciatura em Física, projetado para oito semestres com aulas à tarde, tem como objetivo levar você a ter acesso a uma base sólida em sua formação ao mesmo tempo em que o prepara para ser professor. Por isso, a proposta do curso é considerá-lo, desde o primeiro momento do curso, como um futuro professor, sendo que a estrutura curricular prevê disciplinas de Física, Cálculo, Educação, Filosofia da Ciência, dentre outras. Iniciando pelas de caráter básico, tanto no campo da Física e da Matemática quanto da Educação, o curso prepara você para avançar, gradativa e articuladamente, tanto sob o aspecto teórico quanto experimental, na compreensão do que é ser professor de Física. O grande diferencial na organização do curso de Licenciatura em Física do Campus Curitiba da UTFPR reside nas disciplinas denominadas de Projetos de Ensino, as quais oferecem uma oportunidade para que os alunos como você, futuros professores, desenvolvam suas habilidades em transformar o conhecimento específico de Física, em conhecimento escolar de Ensino Fundamental, Médio ou Superior. 11

12 Uma área em constante evolução A Eletrônica pode ser definida como o ramo da ciência que estuda o uso de circuitos formados por componentes elétricos e eletrônicos, com o objetivo principal de captar, armazenar, transmitir e processar informações, além do controle de processos e sistemas industriais. No decorrer dos anos, a eletrônica assumiu grande importância em nossas vidas. Ela é a base da moderna tecnologia, da ciência da computação, da informática, dos sistemas de telecomunicações e dos sistemas de automação. Sem a eletrônica os sistemas de controle do mundo moderno não funcionariam. Você já imaginou sua vida sem a eletrônica? Eletrônica Profissionais qualificados para um mercado em constante expansão O Curso Técnico Integrado em Eletrônica propicia competências e habilidades para que você possa desenvolver, instalar, supervisionar e realizar a manutenção em dispositivos, equipamentos e sistemas eletrônicos, realizar medições e testes com equipamentos eletrônicos, executar procedimentos de controle de qualidade e gestão da produção de equipamentos eletrônicos. Sua atuação não se limita ao desenvolvimento técnico destas atividades, estendendo-se à utilização da comunicação oral e escrita para agilizar e organizar os locais de trabalho e a redação de documentação técnica. No decorrer do curso, você participará de aulas teóricas e práticas nos laboratórios da Universidade e passará a ter conhecimentos nas áreas de eletricidade, eletrônica, microcontroladores e informática, além de praticar a escrita e a oralidade. Ao concluir o curso, como Técnico em Eletrônica, você será um profissional com formação para atuar em indústrias e assistência técnica em áreas correlatas; empresas de consultoria na área; empresas de telecomunicações e de produtos eletrônicos; prestação de serviços; executando ou supervisionando projetos eletrônicos; desenvolvendo e implementando dispositivos e sistemas eletrônicos; treinando e avaliando operadores e realizando manutenções preventivas, corretivas e preditivas. Mecânica e Eletrônica atuando no mundo de forma integrada O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial objetiva formar profissionais preparados para atuar no mercado de trabalho com capacidade para integrar três grandes áreas do conhecimento: a eletrônica, a mecânica e a computação. Esta integração torna mais fácil, rápido, preciso e maleável o controle de máquinas, robôs, sistemas industriais e outros tipos de equipamentos. O Tecnólogo em Mecatrônica Industrial é o profissional cuja atividade se caracteriza pela automatização e otimização dos processos industriais, atuando tanto na execução de projetos, instalação, manutenção e integração desses processos, como na coordenação de equipes. Nesse curso você estudará desenho auxiliado por computador, sistemas mecânicos, eletrônica analógica e digital, controladores programáveis, controle industrial, acionamentos industriais, robótica; comando numérico computadorizado, sistemas inteligentes de manufatura, manufatura assistida por computador, entre outros conteúdos. O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial do Campus Curitiba da UTFPR é realizado através de uma parceria entre os Departamentos Acadêmicos de Mecânica e de Eletrônica. 12

13 Transmitindo e recebendo informações, sem fronteiras O Curso Superior de Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações visa à formação do profissional preparado para interagir com as novas tecnologias empregadas nos sistemas de telecomunicações, incluindo o processamento, a transmissão e a recepção de sinais e o desempenho de sistemas e redes de telecomunicações. Este profissional poderá realizar o planejamento, a implantação, a operação e a manutenção de sistemas de telecomunicações, possuindo conhecimentos nas áreas de eletrônica, informática e gestão, além daqueles específicos da área de telecomunicações. Durante o curso você terá disciplinas como comunicação de dados, eletrônica analógica e digital, programação, telefonia, antenas, comunicação sem fio, redes locais, radiopropagação, comunicações ópticas, gestão de projetos, gestão de tecnologia e inovação, entre outras. Como Tecnólogo em Sistemas de Telecomunicações, você estará apto a trabalhar em indústrias, empresas que produzem ou comercializam equipamentos e serviços de telecomunicações, tendo um grande campo de atuação nas empresas públicas e privadas que utilizam sistemas de radiotransmissão, telemática, telefonia fixa e móvel, televisão aberta e por assinatura, internet, entre outros. Eletrônica O uso da tecnologia para aproximar pessoas e facilitar suas vidas O Curso de Engenharia Eletrônica é um dos mais conceituados e tradicionais deste segmento tecnológico no Estado do Paraná. Durante o curso você obterá conhecimentos nas áreas de eletrônica, controle e automação, sistemas de telecomunicações, computação e engenharia biomédica. Desta forma, poderá desenvolver atividades que envolvam eletrônica digital, analógica e de potência, automação industrial e controle, engenharia de software e informática, além do controle de qualidade e engenharia biomédica. O curso proporcionará a você uma sólida formação por meio de disciplinas básicas de matemática, física e eletrônica, disciplinas profissionalizantes, intensivas atividades de laboratório, estágio supervisionado e disciplinas optativas focadas nas tecnologias atuais nas áreas de eletrônica e de telecomunicações. Ao final do curso, a fim de receber o título de Engenheiro Eletricista com atribuições nas áreas de eletrônica e telecomunicações, você deverá apresentar um projeto em que, além do desenvolvimento de hardware e de software, será analisada a viabilidade de seu próprio negócio. Especializações: Automação Industrial Teleinformática e Redes de Computadores 13

14 Desenvolvimento e inovação em energia Pense em quantas vezes você acendeu e apagou a luz, pegou elevador, ligou o computador, usou o aparelho de microondas, tomou banho quente. Quanto conforto e facilidade proporcionados pela energia elétrica. Mas, para que ao colocar um aparelho na tomada ele funcione perfeitamente, uma série de profissionais trabalham, tanto na aplicação prática e técnica, como em estudos e pesquisas. Eles estão ligados à Eletrotécnica, ramo da ciência que estuda o uso de circuitos formados por componentes elétricos e eletrônicos com o objetivo principal de gerar, transmitir, distribuir e utilizar a energia. São abrangidos pela Eletrotécnica as usinas hidrelétricas, termelétricas, eólicas e solares, as linhas de transmissão e distribuição, além de, é claro, os diversos equipamentos de utilização existentes nas nossas casas, escritórios e indústrias. Tais equipamentos abrangem desde as lâmpadas e luminárias que nos ajudam a trabalhar à noite até os modernos robôs utilizados em processos industriais. O Campus Curitiba da UTFPR oferta na área de Eletrotécnica cursos com caráter industrial, para você que busca por uma formação predominantemente prática, necessária à condução de processos industriais, gerência ou supervisão das indústrias, condução e direção de obras, gestão de equipes, técnicas de utilização e manutenção de equipamentos. Sem dúvida, uma área que vai requerer de você ainda mais energia! Robôs, sem ficção científica Elétrica O curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial levará você a estudar dispositivos eletroeletrônicos, entre eles computadores ou outros dispositivos lógicos (como controladores lógicos programáveis ou CNCs), substituindo algumas tarefas da mão-deobra humana e executando outras que o ser humano não consegue realizar. Por isso, a imagem mais comum da automação é associada à robótica, mas essa é apenas uma das possibilidades, pois ela está presente em tecnologias das indústrias química, petroquímica e farmacêutica, com o uso de transmissores de pressão, vazão, temperatura e outras variáveis necessárias ao processo industrial. 14

15 Muita energia para proporcionar conforto e facilidade ao ser humano O Curso de Engenharia Elétrica capacitará você para atuar em atividades relacionadas com a geração, transmissão, distribuição e utilização de energia elétrica; máquinas e equipamentos eletroeletrônicos, instalações elétricas e de telecomunicações prediais, comerciais e industriais; acionamentos industriais; fontes alternativas de energia; sistemas de medição e controle eletroeletrônicos. Elétrica Energia com Automação O futuro é agora! O Curso de Engenharia de Controle e Automação concentra-se nas áreas de: eletrônica industrial; instalações e gerenciamento de energia em edificações; produção industrial e sistemas elétricos industriais aí incluídos controles eletroeletrônicos e eletropneumáticos de máquinas e equipamentos, controladores programáveis, sistemas de automação de processos de produção e redes industriais. As duas engenharias são diferenciadas nos conteúdos que constituem a formação específica do profissional que estará capacitado a trabalhar em concessionárias de energia na geração, transmissão ou distribuição; em concessionárias de telefonia na área de infraestrutura dos sistemas de telecomunicações; na área industrial, atendendo às exigências de projeto, implantação ou manutenção de sistemas de força, comando e eletrônica de potência, automação e controle; na área de telecomunicações; em serviços de consultoria, projetos de instalação, manutenção e operação de sistemas residenciais, comerciais ou industriais. Especializações: Gerência de Manutenção Semipresencial em Configuração e Gerenciamento de Servidores e Equipo de Rede 15

16 Propiciando avanços tecnológicos e influenciando o modo de vida das pessoas Denomina-se Informática ou Computação o tratamento automático da informação por meio de computadores. Pode-se dizer que a informática é a responsável nos últimos anos por grandes avanços tecnológicos e profundas mudanças na sociedade. Hoje está envolvida em praticamente todos os ramos do conhecimento e inserida em todos os segmentos do setor produtivo. A criação de oportunidades profissionais e de um novo perfil às profissões já estabelecidas advém da passagem da Era da Produção para a Era da Informação. A adoção de redes de computadores cada vez maiores e amplas, como a Internet e as Intranets empresariais, justifica a qualificação de profissionais para essa demanda. Nessa perspectiva, há uma grande solicitação do contexto socioeconômico para a formação de profissionais técnicos em informática, a fim de atender à grande demanda do mercado de trabalho. Dentre os diversos segmentos abrangidos pela informática, destacam-se o desenvolvimento de sistemas e programas e o projeto, a instalação e o desenvolvimento de redes de computadores e de comunicação. Informática Formação Sólida e Versátil para um Mundo Informatizado O Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação é uma graduação voltada diretamente à aplicação da Informática em Empresas e Instituições públicas e privadas. O Curso é o primeiro a ser ofertado por uma instituição federal de ensino no Estado do Paraná com tal foco, sendo gratuito, com duração de 8 semestres. Ao término do curso, você será um dos profissionais mais procurados no mercado pela sua sólida formação técnica e versatilidade. Os candidatos devem demonstrar aptidão para as Ciências Exatas (especialmente Matemática) além de ter facilidade para a comunicação oral e escrita. A atuação do Bacharel em Sistemas de Informação abrange áreas como desenvolvimento, gerência, projeto, instalação e administração de sistemas, redes de computadores, bancos de dados, sítios e portais para Internet, comércio e marketing eletrônicos, sistemas móveis, sem fio e outras tecnologias emergentes. Ainda, a formação abrangente habilita você a gerenciar atividades envolvendo Tecnologias da Informação em geral, coordenando equipes de trabalho e definindo o uso, segurança e planejamento de recursos informáticos para resolver problemas das organizações públicas ou privadas, assim como para consultoria em pesquisa e desenvolvimento. 16

17 Compute esta ideia!!! O Curso de Engenharia de Computação da UTFPR confere a você o título de Engenheiro de Computação. Fundamentado em várias recomendações curriculares nacionais e internacionais, posibilita uma formação crítica, reflexiva e ética, considerando imprescindíveis: a interdisciplinaridade, o trabalho em equipe, a formação continuada e as responsabilidades profissionais, sociais e ambientais. Ao escolher este curso você poderá ampliar as suas oportunidades de trabalho em vários segmentos da sociedade, destacando-se: a indústria de software, a indústria eletroeletrônica e de automação, de equipamentos e sistemas computacionais, as empresas de telecomunicações, tecnologia de informação e de comunicação, e a consultoria em pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Por meio de disciplinas optativas, atividades complementares e intercâmbios interinstitucionais (inclusive no exterior), você poderá estender a sua atuação a áreas modernas como aquelas ligadas à bioinformática, às computações quânticas, aos sistemas móveis, embarcados e inteligentes. Os alunos Telmo(esq.) e Francisco (dir.) desenvolveram, sob a supervisão dos professores Rubens Faria, Hugo Vieira e Mário Freitas, o projeto Copiloto automático para helicóptero de aeromodelismo. Informática Especializações: Tecnologia Java Gestão de Tecnologia da Informação Teleinformática e Redes de Computadores Os alunos Renato (esq.) e John Theo (dir.), sob a supervisão do prof. João Fabro (centro), no projeto de futebol de robôs. 17

18 O mundo é mecânico (Santos Dumont) Ao se falar em mecânica, associa-se, automaticamente, a carros e motores. Porém, ao contrário do que se pensa, mecânica não é sinônimo de automóveis. Essa é apenas uma das possibilidades de sua aplicação. Existem inúmeras áreas de aplicação de seus conhecimentos, principalmente no campo fabril, como, por exemplo, nas áreas têxtil, metalúrgica, siderúrgica, automobilística, hidroelétrica, petrolífera, naval e química. Basta lembrarmos das palavras do Pai da Aviação quando afirmou que quase todos os produtos que utilizamos são máquinas ou foram fabricados por máquinas. A própria geração de energia, que tanto conforto proporciona aos seres humanos, é uma maravilha da mecânica que, aliada a outros campos do conhecimento e das ciências básicas, permite-nos, em poucas horas, nos deslocar rapidamente ao redor do mundo ou usufruir de ventilação, calefação entre tantas outras mordomias do mundo moderno. Mecânica Aprendendo como se faz para fazer melhor O Curso Técnico Integrado em Mecânica possibilita formar profissionais de nível médio aptos para atuar na área industrial mecânica, com competência para executar processos de fabricação, levando em conta o planejamento do sistema produtivo, que, por sua vez, envolve logística, manutenção e qualidade. Com o preparo técnico, científico e gerencial que o curso oferece, ao receber seu diploma de Técnico em Mecânica você poderá desenvolver as seguintes atividades: planejamento dos processos de fabricação e montagem; implementação da gestão da qualidade; gerenciamento da logística industrial e suporte na compra e venda de equipamentos. Vale lembrar que a formação do Técnico Mecânico demanda que se alie conhecimentos teóricos com a experiência em atividades na indústria, isto é, que exista boa interação entre a escola e as empresas, proporcionada por estágios, visitas técnicas e atividades correlatas. 18

19 Mecânica e Eletrônica atuando no mundo de forma integrada O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial objetiva formar profissionais preparados para atuar no mercado de trabalho com capacidade para integrar três grandes áreas do conhecimento: a eletrônica, a mecânica e a computação. Esta integração torna mais fácil, rápido, preciso e maleável o controle de máquinas, robôs, sistemas industriais e outros tipos de equipamentos. O Tecnólogo em Mecatrônica Industrial é o profissional cuja atividade se caracteriza pela automatização e otimização dos processos industriais, atuando tanto na execução de projetos, instalação, manutenção e integração desses processos, como na coordenação de equipes. Nesse curso você estudará desenho auxiliado por computador, sistemas mecânicos, eletrônica analógica e digital, controladores programáveis, controle industrial, acionamentos industriais, robótica; comando numérico computadorizado, sistemas inteligentes de manufatura, manufatura assistida por computador, entre outros conteúdos. O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial do Campus Curitiba da UTFPR é realizado através de uma parceria entre os Departamentos Acadêmicos de Mecânica e de Eletrônica. Mecânica Convergir teoria e prática para atender às necessidades de mercado O curso de Engenharia Mecânica da UTFPR destaca-se pela estrutura de laboratórios utilizados para estudo aliada a bons conhecimentos em Física, Matemática, Química, Informática. Cinquenta por cento da carga horária se constitui em atividades experimentais, de laboratório, diferenciando a Engenharia Mecânica das demais engenharias, resultando na ênfase prática exigida pelo mercado de trabalho. Há também uma maior vinculação entre os conhecimentos científicos e o processo produtivo, em que são gerados os produtos ou bens disponíveis para a comunidade, sem perder de vista a formação humanística que fornece a você condições de se expressar corretamente, de se relacionar no ambiente de trabalho e de ser um empreendedor. Ao concluir o curso você poderá desenvolver atividades de engenharia do produto; processos de manufatura; projeto de ferramental; método, análise, planejamento e desenvolvimento de manufatura; arranjo físico de equipamentos; planejamento; programação, manutenção e expedição de produtos; controle de qualidade; manutenção de máquinas e instalações mecânicas; assistência técnica; auditoria; fiscalização; análise e elaboração de projetos industriais; execução de serviços em empresas de consultorias e assessoramento, instituições de pesquisa e científicas. O Engenheiro Industrial Mecânico atua nas áreas industriais automobilística, petrolífera, têxtil, metalúrgica, siderúrgica, e outras. Especializações: Gestão do Desenvolvimento de Produtos Engenharia Automotiva 19

20 Interação entre economia e ecologia A cidade de Curitiba e região metropolitana são conhecidas pelo crescimento gradativo do seu polo industrial nos mais diferentes ramos. À medida que o processo de industrialização investe em tecnologia para a produção de bens e produtos, surge a necessidade de profissionais qualificados, não somente para responder a esta demanda, como também para buscar alternativas de controle e minimização dos impactos sociais e econômicos associados e para atender à crescente necessidade de preservação do meio ambiente. Títulos como o matador ou o exterminador do futuro podem ser ótimos para filmes, mas no mundo em que vivemos não há quem queira ser o causador do extermínio dos seres vivos ou da extinção das condições de sobrevivência na terra. Assim, a preocupação das indústrias em adequar e otimizar o destino de seus resíduos orgânicos ou inorgânicos, gerando o mínimo de prejuízo ao ecossistema local é grande; o que leva os profissionais dessa área a serem cada vez mais requisitados atualmente. Química A tecnologia a serviço do desenvolvimento social, econômico e ambiental sustentável O Curso Superior de Tecnologia em Processos Ambientais foi feito para você que se preocupa com a conservação do planeta. O aquecimento global ocorre em função do efeito estufa, causado pela formação de uma camada de poluentes, de difícil dispersão, sobretudo de gases (ozônio, gás carbônico e monóxido de carbono, principalmente) derivados da queima na atmosfera de combustíveis fósseis (gasolina, diesel, etc). O efeito estufa é agravado pelo desmatamento e pela queimada de florestas e matas. A fim de gerenciar a prevenção e corrigir problemas ambientais, como os causados pelo aquecimento global ou pela geração desenfreada de resíduos ou por sua incorreta destinação, surge a Tecnologia em Processos Ambientais. Ao concluir o curso você será um profissional com domínio das técnicas básicas de utilização de laboratórios e equipamentos, em condições de atuar nos campos de atividades socioeconômicas que envolvam as transformações da matéria, de direcioná-las, de controlar os seus produtos residuais, de interpretar criticamente as etapas geradoras de poluentes, efeitos e resultados, capaz de desenvolver novas tecnologias e suas aplicações, aprimorar condições e técnicas de ecossegurança. A química a favor do desenvolvimento sustentável O Curso de Química modalidade Bacharelado em Química é um curso que você procura para se tornar um profissional da área de química. Durante o curso você contará com uma equipe qualificada, laboratórios equipados, grupos de pesquisa orientados para que, ao concluí-lo, você tenha domínio e possa atuar nos processos de produção, tratamentos prévios e complementares de produtos e resíduos; análises químicas e físico-químicas, químico-biológicas, bromatológicas, toxicológicas, biotecnológicas e legais; padronização e controle de qualidade; operação e manutenção de equipamentos e instalações; pesquisa e desenvolvimento; gerenciamento, coordenação, orientação e responsabilidade técnica no âmbito de suas atribuições. Além destas atribuições este curso vem capacitar o profissional com uma visão de processos sustentáveis de vários ramos da indústria. Especializações: Auditoria da Qualidade e Ambiental 20

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/08/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval Automação Industrial Indústria O Tecnólogo em Automação Industrial é um profissional a serviço da modernização das técnicas de produção utilizadas no setor industrial, atuando na execução de projetos,

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html Novos Cursos O SENAI criou 40 novos cursos a distância, sendo 10 cursos

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games 4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games Este Capítulo apresenta o levantamento realizado dos cursos de nível superior no Brasil voltados para a formação de Designers de

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Etec Professor Horácio Augusto da Silveira Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Para a Inscrição no Processo Seletivo, é necessário uma

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA CIVIL MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Civil do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTACIO RADIAL DE SÃO PAULO tem por missão graduar Engenheiros Civis

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

Omais competitivo, Pós-Graduação. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba

Omais competitivo, Pós-Graduação. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba Para ingressar em um curso de lato sensu, é necessário possuir uma graduação bacharelado, licenciatura ou tecnologia. Mais comuns dentro dessa modalidade de pós-graduação, os cursos de especialização possuem

Leia mais

FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO A Faculdade Kennedy busca sempre melhorar a qualidade, oferecendo serviços informatizados e uma equipe de profissionais preparada para responder

Leia mais

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I.

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 23/2008 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, do Centro

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Gestão Ambiental campus Angra Missão O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de Gestores Ambientais

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares

Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares ABEPRO Associação Brasileira de Engenharia de Produção DOCUMENTO NÃO CONCLUÍDO Engenharia de Produção: Grande área e diretrizes curriculares Documento elaborado nas reuniões do grupo de trabalho de graduação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Redes de Computadores MISSÃO DO CURSO Com a modernização tecnológica e com o surgimento destes novos serviços e produtos, fica clara a necessidade de profissionais

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA A FAESA, com atuação na área de ensino há mais de 40 anos, fundou em 2004 a Faculdade de Tecnologia FAESA, CET-FAESA, que há 10 anos oferece graduações Tecnológicas de forma pioneira

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM)

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) A extensão é o processo educativo, cultural e científico que articula, amplia, desenvolve e reforça o ensino e a pesquisa,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO O mercado de trabalho precisa de profissionais completos, com habilidades de gestão e que liderem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO DISCIPLINAS Artes (Base Nacional Comum) Biologia (Ensino Médio) Matemática (Base Nacional Comum)

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática Serviço Público Manutenção e Suporte em Informática Wilson Pedro Coordenador do Curso de Serviço Público etec_sp@ifma.edu.br Carla Gomes de Faria Coordenadora do Curso de Manutenção e Suporte em Informática

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Engenharia. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Engenharia de Produção. PERFIL PROFISSIONAL: Este

Leia mais

Área das Engenharias

Área das Engenharias Engenharia de Alimentos Área das Engenharias Unidade: Escola Agronomia e Engenharia Alimentos - (EAEA) www.agro.ufg.br Duração: 10 semestres O Engenheiro de Alimentos é, atualmente, um dos profissionais

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: TURISMO ( bacharelado) Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA Das

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização 2.1 - GRADUAÇÃO 2.1.1. Descrição do Ensino de Graduação na UESC Cursos: 26 cursos regulares

Leia mais

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE

Leia mais

Projeto. Proposta de novo texto para o termo Engenharia de Controle e. Autoria: Estudantes do primeiro período do curso de Eng Ctrl Aut da

Projeto. Proposta de novo texto para o termo Engenharia de Controle e. Autoria: Estudantes do primeiro período do curso de Eng Ctrl Aut da Projeto Proposta de novo texto para o termo Engenharia de Controle e ( pt ) Automação na Wikipédia Autoria: Estudantes do primeiro período do curso de Eng Ctrl Aut da ( 2009 UFLA (II Professores: Roberto

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014/2018

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014/2018 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014/2018 CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRA 1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA UNIDADE 2014/2018 APRESENTAÇÃO O Curso de Engenharia Industrial Madeireira da UFPR foi criado

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 1. Biologia (Base Nacional Comum Ensino Médio; Automação Industrial Integrado ao Ensino Médio) Biologia (LP) Ciências Biológicas (LP) Ciências

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. PROCESSO DE REMOÇÃO INTERNA DE SERVIDORES DOCENTES. Considerando

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. 1 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. (*) (**) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física,

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação TITULAÇÃO: Bacharel em Hotelaria CARGA HORÁRIA: 3.104 horas DURAÇÃO: 2 anos DIFERENCIAL 2 ANOS A Castelli ESH propõe-se a ofertar o Curso de Graduação em Hotelaria,

Leia mais

SALA DE REUNIÕES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS, em Manaus, 19 de março de 2013. JOSÉ ALDEMIR DE OLIVEIRA Presidente

SALA DE REUNIÕES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS, em Manaus, 19 de março de 2013. JOSÉ ALDEMIR DE OLIVEIRA Presidente UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N.º 18/2013 - CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Controle e Automação, bacharelado, oferecido em Manaus e

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação Comissão de Curso e NDE do BCC Fevereiro de 2015 Situação Legal do Curso Criação: Resolução CONSU no. 43, de 04/07/2007. Autorização: Portaria

Leia mais

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 1. Gestão Empresarial (EII) / Ciências Administrativas (qualquer modalidade) Geral Ciências Administrativas Ciências Contábeis Ciências

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS Art. 1. A Política de Assistência Estudantil da Pós-Graduação da UFGD é um arcabouço de princípios e diretrizes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNED PARANAGUÁ Ensino Médio Subsequente PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNED PARANAGUÁ Ensino Médio Subsequente PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UNED PARANAGUÁ Ensino Médio Subsequente PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE 2009 SUMÁRIO 1. JUSTIFICATICA... 3 2. OBJETIVO... 3 3. REQUISITOS

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

1º Fórum Latino-Americano de Engenharia. UNILA Foz do Iguaçu

1º Fórum Latino-Americano de Engenharia. UNILA Foz do Iguaçu 1º Fórum Latino-Americano de Engenharia UNILA Foz do Iguaçu 1º Fórum Latino-Americano de Engenharia UNILA Foz do Iguaçu Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Paulo Smith Schneider

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CURSO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CURSO TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE NA MODALIDADE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CÂMPUS CAMPO GRANDE, CORUMBÁ E TRÊS LAGOAS Reitor do Instituto Federal

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Moda

Pós-Graduação em Marketing de Moda Pós-Graduação em Marketing de Moda Público alvo Indicado para profissionais com formação em Moda, Design, Marketing, Comunicação, Arquitetura, dentre outros, e que atuem ou desejem atuar na área de Moda,

Leia mais

O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas

O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas O Engenheiro de Controle e Automação é um profissional capacitado para desenvolver soluções que otimizem máquinas, equipamentos e sistemas nas áreas industrial, comercial e agropecuária por meio da aplicação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE DESIGN, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente documento

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE APRESENTAÇÃO Neste Manual, desenvolvido pela Comissão de Processo Seletivo (COPESE) do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Mecatrônica

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Mecatrônica Habilitação: Mecatrônica Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Mecatrônica Aplicativos Informatizados

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO DA CARREIRA

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação UFSC Universidade Federal de Santa Catarina DAS Departamento de Automação e Sistemas Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Prof. Max Hering de Queiroz Coordenador de Curso Agenda 1.

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2 NÚMERO DE VAGAS: 25 (Vinte e Cinco) Vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS 01 de Novembro de 2013 CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Fundação Visconde

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Objetivo do Programa

Objetivo do Programa Objetivo do Programa O Programa Futuros Engenheiros visa favorecer o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades comportamentais de universitários dos cursos de Engenharia para atuar na indústria.

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração e Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão e Logística Hospitalar.

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

Área de Conhecimento. Laboratórios de informática Descrição e equipamentos. Informática, Pesquisas

Área de Conhecimento. Laboratórios de informática Descrição e equipamentos. Informática, Pesquisas Descrição da infraestrutura física destinada aos cursos, incluindo laboratórios, equipamentos instalados, infraestrutura de informática e redes de informação. Relação de laboratórios, oficinas e espaços

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração Anexo II a que se refere o artigo 2º da Lei nº xxxxx, de xx de xxxx de 2014 Quadro de Analistas da Administração Pública Municipal Atribuições Específicas DENOMINAÇÃO DO CARGO: DEFINIÇÃO: ABRANGÊNCIA:

Leia mais

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Campus Capivari Coordenador : Prof. Dr. André Luís de Castro Peixoto

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

LISTAGEM DAS ESCOLAS E DESCRIÇÃO DOS CURSOS ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL COM HABILITAÇÃO EM TÉCNICO EM MULTIMÍDIA

LISTAGEM DAS ESCOLAS E DESCRIÇÃO DOS CURSOS ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL COM HABILITAÇÃO EM TÉCNICO EM MULTIMÍDIA LISTAGEM DAS ESCOLAS E DESCRIÇÃO DOS CURSOS COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ LEITE LOPES MULTIMÍDIA Perfil do curso: Cabe ao técnico em multimídia desenvolver a comunicação visual em meios eletrônicos, organiza e

Leia mais

Características gerais

Características gerais Características gerais O curso de Publicidade e Propaganda (PP) habilita para o desenvolvimento de processos de criação publicitária (para atuar em agências de publicidade, jornais, revistas, internet)

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ELETRICA

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ELETRICA ELETRICA A ME Engenharia tem como aliados profissionais altamente qualificados com anos de experiência em Engenharia de Eletricidade. Garantindo nossos projetos e manutenção com toda a proteção adequada

Leia mais

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO 1 APRESENTAÇÃO Segundo Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Design (2004), o curso de graduação em Design deve ensejar, como perfil desejado do formando, capacitação para a apropriação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SOBRE O CURSO A tecnologia ocupa papel de destaque no atual cenário socioeconômico mundial, presente em todos os setores e atividades econômicas. Essa revolução transformou o mundo

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 47/99

RESOLUÇÃO CONSEPE 47/99 RESOLUÇÃO CONSEPE 47/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL MODALIDADE MECÂNICA, COM ÊNFASE EM AUTOMOBILÍSTICA, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino,

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2013 CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS 2 SEMESTRE

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2013 CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS 2 SEMESTRE MANUAL DO CANDIDATO Processo Seletivo 2013 CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS 2 SEMESTRE APRESENTAÇÃO Neste Manual, desenvolvido pela Comissão de Processo Seletivo (COPESE) do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais