Estrutura Acionária e Organograma

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estrutura Acionária e Organograma"

Transcrição

1

2 Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administração e Outros 39,9% 32,0% 22,6% 5,5% Joaquim Ribeiro CEO Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Shoptime, Time Warner Thiago Picolo CFO e Relações com Investidores Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Submarino, GP Investments, Morgan Stanley Administração 4,5% FIP GMT 58,4% Free float 37,1% Renato Goettems Diretor comercial Formado em administração de empresas Universidade S. Judas Tadeu 48 anos na Technos Maurício Loureiro Diretor de operações Co-fundador da planta de Manaus Presidente da Associação das Indústrias do Amazonas Manoel Lins Diretor de qualidade Bacharel e mestre em administração de empresas e marketing PUC-SP, ESPM, Fundação Dom Cabral Experiência anterior: Nokia, ABCQ Pedro Ramiro Diretor de projetos da China Formado em administração de empresas Universidade Estácio de Sá Co-fundador da planta de Manaus 2

3 Liderança, Retorno e Crescimento Liderança no Brasil Líder no Brasil, com participação de mercado estimada de 30% Marcas de relógio superiores e reconhecidas, com foco nas classes B e C Venda de mais de 2 milhões de relógios em 2010 Vantagens competitivas relevantes Marcas superiores e rede de distribuição excepcional Relacionamento direto e de longo prazo com varejistas e fornecedores Equipe interna de design de produtos bem entrosada Estrutura de produção e de cadeia de suprimentos eficiente e flexível Equipe administrativa forte, experiente e investida Líder no setor em termos de margens e geração de caixa Margem bruta e líquida superiores Retornos sólidos sobre o capital investido Forte geração de fluxo de caixa Modelo de negócios asset light Potencial de crescimento significativo Perfeitamente adequado para se beneficiar de tendências de consumo macro Potencial de crescimento orgânico significativo 3

4 Histórico 1900: A marca Technos é criada na Suíça pela família Gunzinger 1980s: Technos lança a Mariner Technos estabelece sua fábrica em Manaus 2002: A Technos licencia a Mormaii e possui um contrato de distribuição com a Seiko Atualmente: A Euro é adicionada ao portfólio. A Mariner é relançada Abertura de escritório na China Criação da Marca Expansão no Brasil Consolidação do Mercado 1956: A Importadora Centauro é fundada no Brasil para ser a distribuidora exclusiva da Technos 1990s: A Companhia compra os direitos de marca da Technos 2008: A Technos é adquirida por um grupo de investidores (DLJ + Dynamo + administradores) 30% Faturamento bruto (R$ mi) Participação de mercado 263,6 27% 96,3 109,9 115,2 132,8 141,0 135,5 168,1 188,5 213,

5 Modelo Operacional Desenvolvimento de marca e produto Marcas segmentadas mais reconhecidas no mercado Sólido mix de marcas próprias e licenciadas Equilíbrio de mix entre bestsellers clássicos e novos lançamentos Novos SKUs lançados mensalmente Administração da cadeia de suprimentos Relacionamento de longo prazo com mais de 30 fornecedores externos Sourcing ágil e flexível Maior montadora da América do Sul, com produtividade e eficiência superiores Mais extensa rede de assistência técnica proprietária Vendas e distribuição varejistas e pontos de venda Base de vendas fragmentada, com equilíbrio saudável entre lojas especializadas e lojas de departamento Relacionamento direto com lojistas via força de vendas dedicada Relacionamento de longo prazo com clientes 5

6 Por Que as Pessoas Compram Relógios? Motivos de consumo no mundo Símbolo de ambição Acessório de moda Equipamento funcional Os motivos que levam ao consumo de relógios mudaram de funcionais para aspiracionais, não relacionados a preço, geografia ou marca Tendências de crescimento no mundo Tendências de crescimento no Brasil Forte segmentação entre os players globais de luxo suíços e os players locais de moda acessível Maior renda disponível relacionada à ascensão da classe média Aumento da importância da Ásia como um mercado em forte crescimento Aumento do desejo de consumir produtos de marca com forte apelo aspiracional Inovação de produtos em termos de novos materiais e design Inovação de produtos em termos de novos materiais e design Expansão da distribuição no varejo Expansão da distribuição no varejo 6

7 Mercado de Relógios no Brasil e no Mundo O consumo de relógios per capita no Brasil é bastante inferior ao registrado nos mercados desenvolvidos Nosso mercado ainda é principalmente composto por relógios do mercado de massa, mas deve crescer principalmente no segmento de produtos com preços intermediários, em que a Technos ocupa uma excelente posição Consumo anual de relógios no mundo (2010) Composição do mercado de relógios por nível preço (2010) (Valores em US$ por pessoa) Na América Latina No mundo Média: 20,1 13,9 15,1 17,1 19,0 22,4 23,1 24,7 25,3 Superior 8% Intermediário 14% Luxo 6% Superior 13% Luxo 16% Massa 44% 6,0 Massa 72% Intermediário 27% Preços no varejo: De massa: < US$ 50 Intermediários: > US$ 50 e < US$ 299 Superiores: > US$ 300 e < US$ 999 De luxo: > US$

8 Cenário Competitivo Brasileiro Total das vendas de relógios no Brasil Atacado (R$ milhões) Troca-pulseiras Importações Produtores locais Set/11 (LTM) Concorrente Principais marcas Estrutura acionária Preço médio estimado Participação de mercado Technos, Mormaii, Mariner, Euro, Seiko Acionistas e gestão profissional R$ % Magnum, Champion, Cosmos, Bulova, Yankee Street, Sector, Just Cavalli, Philip Stein Acionistas e gestão familiar R$ 84 Seculus, Mondaine, Guess, Puma, Speedo, Nautica, D&G, Breil, Moschino, Calvin Klein Acionistas e gestão familiar R$ 83 70% Orient, X-Games, Lince, Storm, ODM Acionistas e gestão familiar R$ 121 Dumont, Condor, Fossil, Armani, Diesel, DKNY, Burberry, Michael Kors, Adidas Acionistas e gestão familiar R$ 91 Fonte: SUFRAMA, Aliceweb, Technos Preço estimado: dados de setembro 2011 LTM

9 Portfólio das Marcas Clássico Moda Esporte Preço médio: R$ 160 Preço médio: R$ 80 Preço médio: R$ 80 Preço médio: R$ 310 Preço médio: R$ 110 9

10 Gerenciamento do Portfólio de Produtos 2010 Composição das vendas por ciclo de vida dos produtos Lançamentos 35% Lançamento de novos produtos (35% das vendas) Novos produtos são essenciais para a dinâmica de vendas: atraem o interesse de varejistas e consumidores e facilitam as vendas de todo o catálogo A Technos conta com uma equipe de design composta por profissionais da moda, segmentada por marca, responsável pela criação de novos produtos Os designers trabalham em conjunto com nossos fornecedores na China Redução seletiva da quantidade de SKUs, excluindo os modelos de menor sucesso e aumentando o volume das apostas de maior sucesso Catálogo 39% Bestsellers 26% Gerenciamento dos produtos de linha (26% das vendas) Os produtos de linha são essenciais em termos de receita e lucratividade e geram demanda sólida e estável Representam menor risco de estoque e menos problemas de qualidade A Technos conta com uma equipe responsável pela oferta de produtos que garante a adequação de pedidos e entregas de produtos de linha Alguns produtos de linha fazem parte de nosso catálogo há 30 anos. Outros foram lançados nos últimos anos e alcançaram enorme sucesso 10

11 Rede de Distribuição Rede de distribuição excepcional Base de varejistas ativos (2010) Relacionamento direto com varejistas ativos, o que representa pontos de venda Rede de distribuição diversificada e bem equilibrada, sem nenhum cliente que responda por mais de 5,0% das vendas A grande maioria das vendas é feita por meio de lojas especializadas, um canal bastante fragmentado Relacionamento de longo prazo com clientes (16,2 anos, em média, com os mais importantes) Varejistas Pontos de venda Lojas especializadas 65,7% Lojas de departamentos 34,3% Franquias n/a Incluem principalmente relojoarias, óticas e joalherias; Setor altamente fragmentado com poucos players regionais Extensos relacionamentos de longo prazo Incluem lojas de departamentos, varejistas on-line e outros Setor mais concentrado em itens de menor preço Ênfase em lojas de departamentos com componente de moda Implementação iniciada em setembro de 2010 Ao final de 2013 o projeto contará com 50 quiosques sob as marcas Timecenter e Euro Deve ganhar relevância nos próximos anos 11

12 Rede de Distribuição Força de vendas exclusiva e presença nacional Força de vendas dedicada (100% são funcionários em período integral com dedicação exclusiva), sem intermediários Maior produtividade: aumento de 16% na receita por vendedor entre 2009 e 2010 Vasta experiência e conhecimento da marca (estabilidade média de 9 anos para vendedores e de 17 anos para gerentes) Posição dominante nas regiões de crescimento mais rápido do país (Norte e Nordeste) Fábrica Escritório de vendas Força de vendas exclusiva e dedicada Plena dedicação aos produtos Technos Compromisso com resultados de longo prazo da Companhia A equipe de vendas recebe comissões e prêmios com base em metas e resultados de vendas Maior conhecimento dos produtos e das marcas Infraestrutura custeada pela Companhia para visitas a clientes menores e locais distantes Estrutura de leis trabalhistas que minimiza obrigações Distribuidores autônomos Dedicação parcial a qualquer produto específico Compromisso com vendas de curto prazo e produtos com comissões mais altas Profissional freelancer que trabalha por conta própria Conhecimento superficial dos produtos e das marcas resiste a visitar varejistas menores e locais mais distantes Potencial para gerar obrigações trabalhistas Precisa utilizar seus próprios recursos (limitados) para viajar e 12

13 Cadeia de Suprimentos 1 Fornecedores na China e no Japão Cadeia de suprimentos com mais de 30 parceiros Relacionamentos diretos e de longo prazo (normalmente de mais de 20 anos), sem distribuidores ou intermediários As principais vantagens são a flexibilidade e a agilidade em introduzir novos produtos no mercado Lead time fornecedores (2008x2010) 8,9% Reducão Índice de não-conformidade (2009x2010) 3,0% Reducão 2 Montagem em Manaus Maior planta de montagem de relógios da América do Sul, com capacidade de 5 milhões de peças Localizada na Zona Franca de Manaus (Amazonas) Única planta fora do Japão autorizada a montar relógios Seiko Lead time da montagem (2008x2010) 70,1% Redução Produtividade per capita (2008x2010) 53,0% Aumento 3 Pós-vendas nacional 10 escritórios próprios nas maiores cidades do Brasil Melhora considerável da produtividade e do tempo de reparo Mais de 60% de todos os reparos são feitos na hora 94,6% de satisfação dos clientes Lead time do serviço (2008x2010) 73,5% Reducão Produtividade do reparo (2008x2010) 15,7% Aumento % de distribuição (vendas em 2010) 13

14 Oportunidades de Crescimento Novos segmentos Desenvolvimento de novas marcas e aquisições 4 Crescimento orgânico 1 Crescimento e desenvolvimento das marcas e dos canais existentes Desenvolvimento de novos canais 2 Desenvolvimento de novos canais, com foco na franquia de quiosques 3 Desenvolvimento, licenciamento ou aquisição de novas marcas Desenvolvimento ou aquisição de novos segmentos, alavancando a plataforma existente Foco Aumento no curto prazo Aumento no médio prazo 14

15 Crescimento Orgânico Vendas brutas indexadas das marcas Compra média anual Base de varejistas ativos (2008 = 100) 220,6 (R$) (#) Marca Technos Marca Mormaii 184,6 163, Marca Seiko 100,0 100,0 100,0 108,5 125,1 123, Marcas existentes Canais existentes Desenvolvimento de produtos Explorar novos designs e materiais que possam complementar a atual linha de produtos Expansão da força de vendas Abrir novos escritórios de vendas e contratar vendedores. Dividir as equipes de vendas por marca ou produto para aumentar o foco Investimentos comerciais Aumentar os investimentos comerciais para estimular as vendas nos pontos de venda e proporcionar visibilidade para as marcas Penetração do canal Aumentar a participação em canais pouco penetrados (por exemplo, Mormaii em lojas de produtos esportivos) Investimentos em marketing Revitalizar as plataformas das marcas e aumentar o orçamento para nossa propaganda institucional Inteligência de negócios Reduzir a taxa de perda de clientes, aumentar a frequência de compras e aumentar o número de novos clientes 15

16 Desenvolvimento de Novos Canais de Varejo A Technos está implementando dois formatos de varejo, com 17 quiosques atualmente em operação (Outubro/2011) Pretendemos alcançar a marca de 50 quiosques até 2013, o que deve contribuir significativamente para o crescimento futuro Ambas as iniciativas têm o formato de franquias e são oferecidas principalmente para os varejistas existentes, evitando potenciais conflitos e reduzindo a necessidade de capital Marca Euro Quiosques de marca única / múltiplos produtos Inicia com a atual linha de relógios e evolui para outros produtos, como semijoias e óculos de sol Foco em destacar a marca Euro e sua experiência de compra Múltiplas marcas Quiosques de múltiplas marcas / único produto Oferece toda a linha Technos sob a marca Timecenter Usado por varejistas para aumentar a oferta de produtos, normalmente nos mesmos shoppings em que já atuam 16

17 Áreas de Potencial Expansão Clássicos R$/unidade (atacado) Oferta para as classes C/D Segmentos de moda e esportivos de maior valor agregado Moda 17

18 Expansão para Novos Segmentos Oportunidades de expansão em segmentos adjacentes de acessórios de moda Alavancar a experiência da administração e a estrutura existente Grandes mercados a serem explorados: óculos de sol (R$ 2 bi), bijuterias (R$ 0,7 bi), entre outros Cadeia de suprimentos Cadeia de suprimentos na China, experiência na importação de produtos, sistemas de controle de qualidade Possibilidade de usar os benefícios fiscais e a infraestrutura de Manaus Distribuição 70% de nossos varejistas vendem semijoias, óculos de sol ou ambos Estrutura de vendas estabelecida em todo o Brasil Marcas Marcas altamente reconhecidas podem ser usadas em outros produtos e vice-versa Extensão do atual portfólio de produtos favoreceria as marcas da Technos 18

19 Resultados Operacionais Volume de vendas e preço médio (milhares de unidades e R$/unidade) 127 4% % % M10 9M11 Volume Preço médio Receita bruta e margem bruta (R$ mi e %) 62,2 188,5 61,8 13% 24% 213,4 63,6 263,6 62,8 156,8 35% 63,0 211, M10 9M11 Receita bruta Margem bruta 19

20 Resultados Operacionais (R$ mi e %) EBITDA ajustado e margem de EBITDA ajustada 29,7 28,4 30,3 28,7 27,7 42,6 26% 52,1 24% 66,1 37,0 34% 49, M10 9M11 EBITDA Margem EBITDA Lucro líquido ajustado e margem líquida ajustada (R$ mi e %) 22,6 83% 23,4 41,0 23% 23,1 50,3 21,9 28,4 44% 23,7 40,8 22, M10 9M11 Lucro liquído Margem liquída 20

21 Geração de Fluxo de Caixa e Lucratividade Geração de fluxo de caixa forte e estável, com altas margens Forte capacidade de pagamento de dividendos Alto retorno sobre o capital fundamentado em modelo asset light, baixa necessidade de capex e alto giro de estoques Capex ROIC (R$ mi) (%) 10,8 38,2% 36,4% 30,8% 4,4 2,8 24,4% M M11 LTM 21

22 Capital de Giro e Endividamento Capital de giro R$ milhões Set/11 % Receita Líquida Set/10 % Receita Líquida (+) Contas a receber 103,3 39,6 82,1 43,0 (+) Estoques e Adiantamento a Fornecedores 96,5 37,0 61,2 31,9 (-) Contas a Pagar (5,9) (2,3) (3,4) (1,8) (=) Capital de Giro 193,9 74,3 139,9 72,9 Posição de Caixa R$ milhões 3T11 2T11 3T10 Dívida Bruta (9,6) (121,4) (109,9) (-) Caixa 66,5 11,1 4,1 (=) (Dívida)/Caixa Líquido 56,9 (110,3) (105,8) 22

23 23

Estrutura Acionária e Organograma

Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administração e Outros 39,9% 32,0% 22,6% 5,5% Joaquim Ribeiro CEO Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Shoptime,

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

Estrutura Acionária e Organograma

Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administração e Outros 39,9% 32,0% 22,6% 5,5% Joaquim Ribeiro CEO Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Shoptime,

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

Especializada em criar soluções competitivas, abrangentes, diferenciadas e inovadoras para a excelência no gerenciamento das informações.

Especializada em criar soluções competitivas, abrangentes, diferenciadas e inovadoras para a excelência no gerenciamento das informações. Histórico da Empresa Transformando tecnologia em soluções DocSystem Corporation, empresa líder de mercado em soluções para Gestão Corporativa. Projetada para atender a qualquer organização, independente

Leia mais

Estrutura Acionária e Organograma

Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administradores Outros 30,45% 19,76% 13,75% 36,04% Joaquim Ribeiro CEO Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Shoptime,

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

Apresentação Institucional. Novembro 2015

Apresentação Institucional. Novembro 2015 Apresentação Institucional Novembro 2015 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 3ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL RELATÓRIO ANUAL 2010 RECEITA Em milhões de CHF VENDAS LÍQUIDAS por REGIÃO - 2010 2700 2400 2100 1800 1500 1200 900 600 300 0 +51 % +34 % +9% +13% +10% 2006 2007 2008 2009 2010 Europa 12 % África 7 % Eurásia

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Estrutura Acionária e Organograma

Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administradores Outros 30,34% 19,76% 14,00% 35,90% Joaquim Ribeiro CEO Formado em economia Harvard University Experiência anterior: Shoptime,

Leia mais

Apresentação Unidas. Maio 2014

Apresentação Unidas. Maio 2014 Apresentação Unidas Maio 2014 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 2ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas APIMEC 2012 Aviso Legal As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES A Receita dos Serviços de Locação da Ouro Verde registrou novamente crescimento significativo, de 25,0% na comparação com o 1S13. A receita líquida total, incluindo

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 5 de Maio de 2006 1 Principais realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro 2 Status da Reestruturação Corporativa Principais realizações Melhorando a Estrutura

Leia mais

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Profarma Overview Profarma: Overview da Companhia Desde 1961, a Profarma distribui produtos farmacêuticos, higiene pessoal e cosméticos para farmácias e hospitais

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 4T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com Conclusão Aumento

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Capítulo 3. Focalizando o novo negócio

Capítulo 3. Focalizando o novo negócio O QUE É UMA EMPRESA? De acordo com Santos (1982), a empresa é comumente definida pelos economistas como uma unidade básica do sistema econômico, cuja principal função é produzir bens e serviços. Os objetivos

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

1) Resumo. 2) O Mercado de Relógios. 3) A Empresa. 4) Resultados Financeiros

1) Resumo. 2) O Mercado de Relógios. 3) A Empresa. 4) Resultados Financeiros 1T15 1) Resumo 2) O Mercado de Relógios 3) A Empresa 4) Resultados Financeiros 2 Estrutura Acionária e Organograma Estrutura Acionária Diretoria Administradores Outros 28,59% 19,54% 19,30% 32,57% Thiago

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09. 24 de Março 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09. 24 de Março 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2009 E DO 4T09 24 de Março 2010 Destaques Financeiros e Operacionais de 2009 e do 4T09 As vendas nos Shopping Centers da Companhia tiveram um crescimento no ano de 14,1%; Taxa

Leia mais

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 TELECONFERÊNCIA 3T12 Quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Horário: 13:00 p.m. (Brasil) - 10:00 a.m. (US EST) Telefone: +55 (11) 4688.6361

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO O QUE É NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO? É a qualidade com que o fluxo de bens e serviços

Leia mais

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 1 INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 3. PRIORIDADES ESTRATÉGICAS 3.1 Concretizar o Potencial da Biedronka 3.2 Assegurar o Crescimento de Longo Prazo 1. THE GROUP TODAY 4. EXPLORAR TODO O POTENCIAL

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 2T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio.

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio. F R A N Q U I A Benefícios do Modelo Uma das marcas mais fortes e reconhecidas do país. A marca faz parte de um conglomerado que se consolida como um dos maiores do país (Alpargatas - Grupo Camargo Corrêa).

Leia mais

COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA

COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA O que é Franquia? Objetivo Esclarecer dúvidas, opiniões e conceitos existentes no mercado sobre o sistema de franquias. Público-Alvo Pessoa física que deseja constituir um negócio

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Logística Empresarial. Global Sourcing A Globalização e a Nova Visão da Logística Parte II. Aula 6. Conceitos Importantes.

Logística Empresarial. Global Sourcing A Globalização e a Nova Visão da Logística Parte II. Aula 6. Conceitos Importantes. Logística Empresarial Aula 6 Global Sourcing A Globalização e a Nova Visão da Logística Parte II Prof. Me. John Jackson Buettgen Contextualização Conceitos Importantes Fluxos logísticos É o movimento ou

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2015 está demonstrando ser muito desafiador, apresentando um cenário macroeconômico incerto, onde as expectativas do mercado preveem redução do PIB, aumento da inflação e da taxa

Leia mais

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 1. O Papel dos Sistemas Logísticos. Contextualização. O Mundo Atual

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 1. O Papel dos Sistemas Logísticos. Contextualização. O Mundo Atual Logística Empresarial Evolução da Disciplina Aula 1 Aula 1 O papel da Logística empresarial Aula 2 A flexibilidade e a Resposta Rápida (RR) Operadores logísticos: conceitos e funções Aula 3 Prof. Me. John

Leia mais

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA Palestra Teletrabalho Modelo de Trabalho Home Office Modernização da área de Vendas EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA 1º Movimento 1999/2000 2º Movimento 2001/2002 3º Movimento 2005-2007

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 1T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo FRANQUIA A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo A rede de franquia com maior volume de vendas nos EUA. (Real Trends 500 2011) Primeiro sistema de franquias imobiliárias da América do Norte

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Setembro de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T10

Apresentação de Resultados 3T10 Apresentação de Resultados 3T10 09 de Novembro de 2010 Agenda 1. Desempenho do Período 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa 5. Estratégia

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES Dezembro, 2010 ESTÁCIO: BREVE HISTÓRICO Crescimento orgânico N de estudantes (mil) Crescimento anual Consolidação para a liderança nacional 2005 2007: transformação

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago A. Deiro Gerente Financeiro &

Leia mais

BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009. Gilberto Girardi

BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009. Gilberto Girardi BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009 Gilberto Girardi 1 Simplesmente TOTVS 2 A empresa TOTVS Mercado Portfólio completo de Soluções em Gestão Empresarial Grandes ERP Medias Verticais tech_solutions.jpg

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers QUEM SOMOS Um dos maiores e mais completos grupos de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 25 imobiliárias líderes em 12 estados, o grupo conta com mais de 14 mil corretores associados

Leia mais

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14 Conference Call Resultados do 2T14 e 1S14 11/8/2014 Resumo do trimestre Operações nacionais Sandálias 1. Estreia de Havaianas no vestuário em maio contribuiu para o bom desempenho do varejo exclusivo.

Leia mais

Sul em ações 26 de novembro de 2008

Sul em ações 26 de novembro de 2008 Sul em ações 26 de novembro de 2008 A Bematech é bi-campeã do prêmio do IBGC de melhor governança Corporativa dentre as empresas listadas na Bovespa. Expansão do Varejo e Necessidade de Investimento em

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Arezzo&Co Investor Day

Arezzo&Co Investor Day Arezzo&Co Investor Day Varejo: Lojas Próprias e Franquias David Python Carlos Pontin Apresentação do Roadshow PMO Gerente Franquias Schutz Arezzo 1 1 Varejo: Lojas Próprias e Franquias Alavancado sua fortaleza

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

Inovação na cadeia produtiva

Inovação na cadeia produtiva CRI Minas BH, 21 Mar 2013 Inovação na cadeia produtiva Renato Garcia Poli/USP renato.garcia@poli.usp.br Novo paradigma tecnológico Reestruturação das grandes empresas Especialização nas competências centrais

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY.

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. FRANQUIAS ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. significado/ Tradução de Mogno - é uma ÁRVORE NOBRE da região amazônica, de raiz profunda, tronco reto e sem falhas. Sob luz intensa, atinge grandes

Leia mais

Apresentação ao Shopping

Apresentação ao Shopping Apresentação ao Shopping O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua rede de franquias Você Sabia? Há trinta anos os Estados Unidos adotaram um modelo inovador

Leia mais

Unidade I MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade I MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade I MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino O que é varejo Setor do comércio que vende diretamente para os consumidores finais. Fabricantes e atacadistas quando vendem para o consumidor

Leia mais

COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR

COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR O que é Franquia? Objetivo Esclarecer dúvidas, opiniões e conceitos existentes no mercado sobre o sistema de franquias. Público-Alvo Empresários de pequeno, médio e grande

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 1. Mercado de Capitais Cotações: (14/05/2010) ALPA3 R$ 6,10 ALPA4 R$ 5,95 Valore de Mercado: R$ 2,1 bilhões 2. Teleconferência Data: 18/05/2010 às 16h00

Leia mais

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Itautec S.A. Grupo Itautec Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Sumário Executivo a mudança no cenário macroeconômico do Brasil (desvalorização cambial, redução das taxas

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas Liderança como função no grupo Telma Rodrigues Gestão de Pessoas 1 Apresentação Institucional Setembro 2011 Destaques do Magazine Luiza Há mais de 50 anos crescendo no varejo brasileiro Liderança no varejo

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Apresentação Institucional Novembro 2014

Apresentação Institucional Novembro 2014 Apresentação Institucional Novembro 2014 O Mercado de Educação Mercado Potencial da ABRE O segmento de Ensino Básico é muito maior que o segmento de Ensino Superior... 84% dos estudantes do Brasil estão

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013 Reunião Pública Anual 19 de dezembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010

Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010 Ressalvas Este Documento é destinado aos acionistas da ALL América Latina Logística S.A. e tem por objetivo apresentar os mesmos fatos e eventos descritos no Fato Relevante divulgado no dia 20 de dezembro

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi. Logística Empresarial e Sistema Integrado. Objetivos do Tema. Logística

Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi. Logística Empresarial e Sistema Integrado. Objetivos do Tema. Logística Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi e Sistema Integrado Objetivos do Tema Apresentar: Uma visão da logística e seu desenvolvimento com o marketing. A participação da logística como elemento agregador

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Questionário de entrevista com o Franqueador

Questionário de entrevista com o Franqueador Questionário de entrevista com o Franqueador O objetivo deste questionário é ajudar o empreendedor a elucidar questões sobre o Franqueador, seus planos de crescimento e as diretrizes para uma parceria

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

Mercado Brasileiro de Relógios 2011

Mercado Brasileiro de Relógios 2011 Mercado Brasileiro de Relógios Preparado pelo Centro de Estudos, Pesquisas, e Desenvolvimento CREBi Research Nota: Este trabalho desenvolvido pelo CREBi.com pode ser reproduzido livremente, desde que citada

Leia mais