Uma plataforma inovadora que agrega. valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma plataforma inovadora que agrega. valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos"

Transcrição

1

2 Uma plataforma inovadora que agrega valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos

3 Projeto surge de relações estabelecidas pelo Governo de Minas e o MIT Media Lab Interação entre Minas Gerais e o Media Lab começa em 2010 Cesar Hidalgo, do Macroconections foi um dos primeiros contatos Minas Gerais se torna sponsor do Media Lab em nov/2012 INOVAÇÃO PARA DAR AUTONOMIA ÀS PESSOAS O FUTURO É VIVIDO E NÃO IMAGINADO

4 Product Space nos ajuda a refletir sobre os desafios da diversificação e do desenvolvimento PMDI Visão Integrada dos Desafios e Transformações Product Space 4. Desenvolver e diversificar a economia mineira e estimular a inovação COMO? O Product Space traz sofisticados elementos de análise da trajetória de desenvolvimento Suporte às decisões de política pública e investimento

5 Como responder as questões tradicionais de desenvolvimento de territórios? Por que alguns territórios conseguem alcançar níveis elevados de desenvolvimento econômico e social mais rápido do que outros? O que pode ser feito para acelerar o processo de desenvolvimento? Cesar Hidalgo PhD MIT R. Hausmann PhD Harvard

6 Desenvolvimento se dá a partir do acúmulo e conexões de conhecimentos produtivos ou capabilities Teoria Econômica Tradicional Terra Trabalho Capital Capital Humano Teoria das Capabilities

7 Atlas da Complexidade Econômica, lançado em 2010, é a principal referência do DataViva Dados de exportação e importação de mais de 200 países 4 aplicativos de visualização, entre eles o Product Space The Observatory of Economic Complexity Série histórica: 1995 a 2010 Cesar Hidalgo Ricardo Hausmann

8 O DataViva é resultado de um trabalho que envolveu dezenas de técnicos de instituições do sistema de desenvolvimento econômico 3 workshops com participação dos desenvolvedores 9 encontros com técnicos do sistema de desenvolvimento econômico Dezenas de reuniões de disseminação da metodologia do Product Space Dezenas de videoconferências

9 O DataViva foi desenvolvido pela Growth Ventures com a colaboração do Escritório de Prioridades Estratégicas e de uma rede de parceiros SDE-MG GTA SDE-MG GTA SDE-MG GTA SDE-MG GTA SDE-MG GT GTA SDE-MG GTA SDE-MG GTA

10 Técnicos de Secretarias de Estado, Órgãos do Governo e Entidades Representativas do setor privado participaram do projeto

11 Foram 19 meses de trabalho, iniciado em abr/212 e concluído em nov/13 com o lançamento da plataforma 2012 Jan/2012 Escritório submete projeto à Fapemig Fapemig aprova projeto e submete TCT Abr/2012 Ago/2012 1º Workshop Iniciação ao Product Space 2013 Mai/2013 NOV/2013 LANÇAMENTO OFICIAL DA PLATAFORMA DATAVIVA 2014 Funarbe contrata Growth Ventures 2º Workshop Apresentação da versão preliminar da plataforma com realização de testes de uso

12 DataViva também é Big Data

13 DataViva dá transparência e visibilidade a um grande volume de dados públicos SECEX/MDIC RAIS/MTE Exportações municípios produtos (HS4) Período 2000 a milhões de registros por ano Empregados e Estabelecimentos Formais municípios 427 atividades econômicas 614 ocupações Período 2002 a milhões de registros por ano Também são utilizados os dados das exportações mundiais para cálculos do Product Space

14 DataViva agrega valor ao esforço de disseminação de dados produzidos por importantes instituições públicas PARCEIROS IMPORTANTES: INFORMAÇÕES LÍQUIDAS Fácil de usar e entender É possível fazer download dos dados e imagens Contribui para a transparência Parece que estamos vendo esses dados pela primeira vez

15 Ferramentas avançadas da área de TI foram utilizadas na construção da plataforma para apresentação dos dados de forma atrativa Ambiente de desenvolvimento compartilhado na comunidade open source Arquitetura de web possibilita alta produtividade no desenvolvimento, pouca necessidade de configuração e boa performance para um grande número de acessos Inovadora biblioteca de visualização de dados desenvolvida para o DataViva. É um complemento do D3.JS

16 DataViva é uma ferramenta de suporte ao planejamento

17 DataViva: mais de 100 milhões de visualizações interativas de todo o setor formal da economia brasileira Três grandes bases de dados 8 aplicativos para atraente visualização de dados Navegação indutiva Download completo de dados e imagens Todos os municípios brasileiros Canal de comunicação com usuário

18 Três dois oito aplicativos do DataViva são preditivos e nos ajudam a projetar o futuro da nossa estrutura produtiva Aplicativos descritivos ou Onde estamos? Aplicativo preditivo Onde podemos ir? Aplicativo de comparação Aplicativo prescritivo Como chegamos lá?

19 As vantagens comparativas atuais e futuras de uma região na rede global de produtos podem ser visualizadas e projetadas no aplicativo Rede (Product Space)

20 O aplicativo Anéis facilita a visualização da conexão entre produtos na rede global, evidenciando alternativas a partir de conhecimentos produtivos já desenvolvidos em uma região

21 Custos (distância) e benefícios (ganho de oportunidade e complexidade) resultantes da aquisição de novos conhecimentos produtivos podem ser analisados no aplicativo Dispersão

22 Indícios de lacunas na estrutura ocupacional podem ser identificados com aplicativo Ocupações, auxiliando no planejamento de ações de formação profissional

23 Análises produzidas com informações do DataViva auxiliam o Governo de Minas a definir prioridades para a atração de investimentos Pergunta Básica: Quais produtos poderiam ser produzidos no estado, aproveitando capabilities já existentes, agregando complexidade e trazendo novas oportunidades a estrutura produtiva? 8 segmentos econômicos analisados

24 DataViva ajuda planejar política de desenvolvimento adequada considerando as capabilities existentes em cada região Diferentes estágios de desenvolvimento regional ensejam diferentes estratégias

25 Descobrindo oportunidades com o DataViva

26 Temos municípios exportadores em todos os estados brasileiros em 2012?

27 Todos os estados

28 1.836 municípios

29 O que e quanto os municípios exportaram em 2012?

30 Angra dos Reis: US$ 12,2 Bi

31 São Paulo: US$ 9,02 Bi

32 Parauapebas: US$ 8,96 bi

33 Betim: US$ 1,4 bilhões

34 Mas qual a diferença entre exportar autopeças ou minério de ferro?

35

36

37 E o que isso diz sobre as possibilidades do Brasil?

38 Quem exporta Minério de Ferro, exporta Produtos Ferrosos Reduzidos

39 Quem exporta autopeças também exporta turbinas...

40 E como está evoluindo a exportação de turbinas no Brasil?

41 Cresceu 10 vezes em 10 anos

42 Exportamos para o mundo todo

43 E quanto à exportação de outros produtos da indústria aeroespacial?

44 Peças de aeronaves: Exportações de US$ 344 milhões

45 Aviões e helicópteros: Exportações de US$ 4,6 bilhões

46 O mercado é enorme e São Paulo é o grande exportador.

47 Quem trabalha na fabricação de aeronaves no Brasil?

48 São trabalhadores.

49 Quanto ganham estes trabalhadores?

50

51 E quem trabalha na fabricação de aeronaves em Minas?

52 São 721 trabalhadores.

53 Que tipo de trabalhador falta?

54

55

56

57 E onde podemos encontrar engenheiros mecânicos em Minas?

58

59

60

61 Repercussão e DataViva 2.0

62 A repercussão na mídia nacional e internacional foi significativa e desde o lançamento a plataforma foi acessada por quase acessos desde 30/11/13

63 Próximos passos no desenvolvimento do DataViva: incorporação de novas bases de dados e desenvolvimento de novos aplicativos Nota Fiscal Eletrônica Educação Superior Ensino Técnico

64 Visite: dataviva.info

65 Obrigado! Éber Gonçalves

DataViva: Visualizando a economia de Minas Geras e do Brasil. Maio de 2014

DataViva: Visualizando a economia de Minas Geras e do Brasil. Maio de 2014 DataViva: Visualizando a economia de Minas Geras e do Brasil Maio de 2014 Escritório de Prioridades Estratégicas Governador Escritório de Prioridades Estratégia e Delivery Unit Efetividade Secretarias

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DO CONHECIMENTO NAS PEQUENAS ORGANIZAÇÕES: UM MODELO DE ABORDAGEM ABRAHAM B. SICSÚ

GESTÃO ESTRATÉGICA DO CONHECIMENTO NAS PEQUENAS ORGANIZAÇÕES: UM MODELO DE ABORDAGEM ABRAHAM B. SICSÚ GESTÃO ESTRATÉGICA DO CONHECIMENTO NAS PEQUENAS ORGANIZAÇÕES: UM MODELO DE ABORDAGEM ABRAHAM B. SICSÚ 1 Contextualizando a Apresentação Gestão do Conhecimento, primeira abordagem: TI + Tecnologias Organizacionais

Leia mais

Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas

Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas Encontro Anual do Centro de Referência em Inovação Minas - CRI Minas/FDC Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas Evaldo Vilela Secretaria de Estado de

Leia mais

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas 29 abril 2014 Fundamentação Lei da Inovação Nº 10.973, 02 Dez 2004 Regulamentada pelo Decreto Nº 5.563, 11 Out 2005 Artigo 20, do Decreto Nº

Leia mais

Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014

Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014 1 Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014 Brasil: Fundamentos Macroeconômicos (1) Reservas International

Leia mais

MINAS GERAIS, SEU MELHOR INVESTIMENTO. Seminário LIDE Abril de 2012

MINAS GERAIS, SEU MELHOR INVESTIMENTO. Seminário LIDE Abril de 2012 MINAS GERAIS, SEU MELHOR INVESTIMENTO Seminário LIDE Abril de 2012 A NOSSA MINAS GERAIS MINAS EM NÚMEROS América do Sul 588.000 KM² DE TERRITÓRIO. Brasil MAIOR DO QUE PAÍSES COMO A FRANÇA, SUÉCIA E ESPANHA.

Leia mais

Sistemas Colaborativos Simulado

Sistemas Colaborativos Simulado Verdadeiro ou Falso Sistemas Colaborativos Simulado 1. Todos os tipos de organizações estão se unindo a empresas de tecnologia na implementação de uma ampla classe de usos de redes intranet. Algumas das

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

O Modelo de Desenvolvimento Brasileiro

O Modelo de Desenvolvimento Brasileiro GESTÃO DE MACROPOLÍTICAS PÚBLICAS FEDERAIS O Modelo de Desenvolvimento Brasileiro Esther Dweck Brasília Ministério do Planejamento 04 de fevereiro de 2014 O modelo de desenvolvimento brasileiro Objetivos

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 EQPS Belo Horizonte Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 Antenor Corrêa Coordenador-Geral de Software e Serviços Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Fortaleza

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Fortaleza Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Fortaleza Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Fortaleza EVOLUÇÃO NO MODELO DE GESTÃO ATRAVÉS DA VISÃO POR PROCESSOS NA COMPANHIA SIDERÚRGICA

Leia mais

Compras de Software do Governo. eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br

Compras de Software do Governo. eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Compras de Software do Governo eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Modelos de Negócios O que você vende? Qual é o modelo de negócios da sua empresa? Quanto você está faturando?

Leia mais

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas

Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais. A experiência da Assembleia de Minas Planejamento estratégico, Portal e Redes Sociais A experiência da Assembleia de Minas Um pouco de história 1979: início da informatização 1995: lançamento do Portal da Assembleia de Minas segunda casa

Leia mais

O Supply Chain Evoluiu?

O Supply Chain Evoluiu? O Supply Chain Evoluiu? Apresentação - 24º Simpósio de Supply Chain & Logística 0 A percepção de estagnação do Supply Chain influenciada pela volatilidade do ambiente econômico nos motivou a entender sua

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics:

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics: Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015 Big Data Analytics: Como melhorar a experiência do seu cliente Anderson Adriano de Freitas RESUMO

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: 1 Quem somos A Ricca é uma empresa que busca trazer à atividade de RI o marketing e seus conceitos, ferramentas e valores,

Leia mais

CONGRESSO TOCANTINENSE DE ENGENHARIA E MINERAÇÃO. Gestão para a Sustentabilidade na Mineração 20 anos de história

CONGRESSO TOCANTINENSE DE ENGENHARIA E MINERAÇÃO. Gestão para a Sustentabilidade na Mineração 20 anos de história CONGRESSO TOCANTINENSE DE ENGENHARIA E MINERAÇÃO Gestão para a Sustentabilidade na Mineração 20 anos de história Palmas, 13 de maio de 2014 IBRAM-Instituto Brasileiro de Mineração Organização privada,

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

Repositórios no contexto da EaD: O Banco Internacional de Objetos Educacionais

Repositórios no contexto da EaD: O Banco Internacional de Objetos Educacionais Repositórios no contexto da EaD: O Banco Internacional de Objetos Educacionais Seminário Repositórios Institucionais e de Objetos Virtuais de Aprendizagem Florianópolis, Novembro - 2009 Anna Christina

Leia mais

Grupo da Qualidade. Grupos de Trabalho

Grupo da Qualidade. Grupos de Trabalho Grupos de Trabalho Grupo da Qualidade A finalidade do Grupo da Qualidade é promover ações para discussão e melhoria do sistema de gestão da qualidade das empresas associadas ao Sindipeças. Coordenador:

Leia mais

Data de Lançamento do RFP: 23/05/2005

Data de Lançamento do RFP: 23/05/2005 REQUEST FOR PROPOSAL Data de Lançamento do RFP: 23/05/2005 Data Limite para Submissão de Propostas: 26/05/2005 Conteúdo 1. Overview da Empresa 2. Objetivo da RFP 3. Escopo do Projeto 4. Diretrizes para

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

REFERENCIAIS DE IMPLANTAÇÃO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: MODELO IPEA

REFERENCIAIS DE IMPLANTAÇÃO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: MODELO IPEA REFERENCIAIS DE IMPLANTAÇÃO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: MODELO IPEA VALIDAÇÃO DO MODELO CONCEITUAL DE GC DOS CORREIOS POR MEIO DO PROCESSO PILOTO CEP Alceu Roque Rech CORREIOS 17.06.13

Leia mais

Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil

Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil Inovação aberta no desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil Mariana de Freitas Dewes Programa de Pós-Graduação em Administração UFRGS III Workshop sobre Efeitos da Radiação Ionizante em Componentes

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * PALAVRAS-CHAVE: Ensino a Distância (EaD), TelEduc, Moodle, Conexões de Saberes.

PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * PALAVRAS-CHAVE: Ensino a Distância (EaD), TelEduc, Moodle, Conexões de Saberes. PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * Ricardo Henrique Fonseca ALVES 1 ; Getúlio Antero de DEUS JÚNIOR 2 ; Marcelo Stehling DE CASTRO 3 e Rodrigo Pinto LEMOS 4 1 Estudante não bolsista

Leia mais

Confiança de lideranças empresariais do Rio Grande do Sul Edição nov/2009 Resultados GERAIS

Confiança de lideranças empresariais do Rio Grande do Sul Edição nov/2009 Resultados GERAIS Confiança de lideranças empresariais do Rio Grande do Sul Edição nov/2009 Resultados GERAIS Avaliação do início do segundo semestre Perspectivas para o final do segundo semestre e início de 2010 Expectativa

Leia mais

CSC 4.0: ALÉM DOS CUSTOS DAS TRANSAÇÕES. Por Caio Fiuza

CSC 4.0: ALÉM DOS CUSTOS DAS TRANSAÇÕES. Por Caio Fiuza CSC 4.0: ALÉM DOS CUSTOS DAS TRANSAÇÕES Por Caio Fiuza Nos últimos 10 anos, a gestão das áreas de apoio nas grandes organizações brasileiras vem passando por importantes transformações. A principal delas

Leia mais

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Agenda Sobre a Ferrettigroup Brasil O Escritório de Processos Estratégia Adotada Operacionalização do Escritório de Processos Cenário Atual Próximos Desafios

Leia mais

Livro de Metodologia. Competências. Fundamentais. de Coaching. Villela da Matta Flora Victoria

Livro de Metodologia. Competências. Fundamentais. de Coaching. Villela da Matta Flora Victoria Livro de Metodologia Competências Fundamentais de Coaching Villela da Matta Flora Victoria 41 O Treinamento Competências Fundamentais de Coaching O que é e a quem se destina Treinamento composto por 4

Leia mais

Adicionando valor na produção

Adicionando valor na produção Adicionando valor na produção Em um mercado global altamente competitivo e em constantes transformações, a otimização do resultado dos processos de produção é fundamental. Pressões ambientais e de custo,

Leia mais

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS 769 SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS Mateus Neves de Matos 1 ; João Carlos Nunes Bittencourt 2 ; DelmarBroglio Carvalho 3 1. Bolsista PIBIC FAPESB-UEFS, Graduando em Engenharia de

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 04 DE NOVEMBRO DE 2014 crescimento do setor de telecomunicações

Leia mais

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013.

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013. Internet de Todas as Coisas (IoE). 10 principais descobertas da Pesquisa Índice de valor da IoE da Cisco com 7.500 responsáveis pela tomada de decisão em 12 países Joseph Bradley Jeff Loucks Andy Noronha

Leia mais

Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto de 2010

Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto de 2010 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Integração Produtiva Brasil/Argentina Setor de Lácteos Cândida Maria Cervieri SECEX/MDIC Brasília, 03 de agosto

Leia mais

Curso de Capacitação de Gestores de APLs

Curso de Capacitação de Gestores de APLs Programa de Fortalecimento das Cadeias e Arranjos Produtivos Locais Curso de Capacitação de Gestores de APLs Porto Alegre, 22-24/abril/2013 1 Objetivo: Capacitar os gestores (técnicos) a promoverem os

Leia mais

Melhoria do Ambiente de Negócios

Melhoria do Ambiente de Negócios Melhoria do Ambiente de Negócios 1 Medidas adotadas APRIMORAMENTO DO SISCOMEX IMPORTAÇÃO Plataforma Web Melhorias e novas funcionalidades SISCOMEX EXPORTAÇÃO CARGA Melhorias em funcionalidades Mudança

Leia mais

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge. Projeto Demoiselle Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.net Palestrantes: Antônio Carlos Tiboni Luciana Campos Mota 20/07/2009

Leia mais

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Conceitos de Governança de TI Fatores motivadores das mudanças Evolução da Gestão de TI Ciclo da Governança

Leia mais

A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina

A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina Blois, Marlene Montezi e-mail: mmblois@univir.br Niskier, Celso e-mail: cniskier@unicarioca.edu.br

Leia mais

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Engineers Prefácio O Engenheiro 2020 Como será ou deveria

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

Sustentabilidade. é parte do negócio IBGC 12/11/2007. Fabio Colletti Barbosa Banco Real ABN Amro

Sustentabilidade. é parte do negócio IBGC 12/11/2007. Fabio Colletti Barbosa Banco Real ABN Amro Sustentabilidade é parte do negócio IBGC 12/11/2007 Fabio Colletti Barbosa Banco Real ABN Amro Agenda Contexto Nossa essência Nosso jeito de fazer negócios Resultados Contexto Nossa Essência Nosso jeito

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI:

Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI: Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática - SEPIN outubro/2010 Agenda

Leia mais

Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais

Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais João Carlos Ferraz BNDES 31 de agosto de 2008 Guia Contexto macroeconômico Políticas públicas Perpectivas do investimento

Leia mais

Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola. Projeto Básico

Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola. Projeto Básico Secretaria de Educação a Distância Departamento de Planejamento em EAD Coordenação Geral de Planejamento de EAD Programa TV Escola Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola Projeto Básico

Leia mais

A cidade digital plena, articulada a partir da administração local. Marcos de C. Marques Pesquisador e Consultor São Paulo, 09 de Junho de 2009

A cidade digital plena, articulada a partir da administração local. Marcos de C. Marques Pesquisador e Consultor São Paulo, 09 de Junho de 2009 A cidade digital plena, articulada a partir da administração local Marcos de C. Marques Pesquisador e Consultor São Paulo, 09 de Junho de 2009 O foco na construção de uma cidade digital deve recair sobre

Leia mais

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR.

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. ALGUNS DESAFIOS NÃO MUDAM Aumento no preço dos combustíveis Prazo de entrega reduzido Aumento no preço dos pneus

Leia mais

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS; 2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS; 3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS

Leia mais

Tendências e mudanças no ambiente informacional Relatório de Tendências da IFLA

Tendências e mudanças no ambiente informacional Relatório de Tendências da IFLA Tendências e mudanças no ambiente informacional Relatório de Tendências da IFLA Sueli Mara Ferreira Webinar para América Latina e Caribe IFLA LAC e USP 18 de novembro de 2014 Surfando as ondas ou sendo

Leia mais

CONSTRUIR DIFERENCIAL COMPETITIVO

CONSTRUIR DIFERENCIAL COMPETITIVO Nosso Foco GERAR RESULTADO Através do aporte de visão estratégica, associada ao conhecimento técnico e operacional do dia-a-dia, em: Meios de pagamentos (cartões private label, híbridos e pré-pagos), No

Leia mais

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012 RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO Junho de 2012 Riscos e oportunidades para a indústria de bens de consumo A evolução dos últimos anos, do: Saldo da balança comercial da indústria

Leia mais

Atua a mais de 11 anos no mercado de TI, entregando soluções a seus clientes. Promover otimização e inteligência em soluções tecnológicas convergentes

Atua a mais de 11 anos no mercado de TI, entregando soluções a seus clientes. Promover otimização e inteligência em soluções tecnológicas convergentes TInove Atua a mais de 11 anos no mercado de TI, entregando soluções a seus clientes. Negócio Otimização de recursos para resultados. Missão Promover otimização e inteligência em soluções tecnológicas convergentes

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

EMO Hannover 2013 Eventos de acompanhamento tratam de tendências da tecnologia de fabricação

EMO Hannover 2013 Eventos de acompanhamento tratam de tendências da tecnologia de fabricação COMUNICADO À IMPRENSA De Sylke Becker Telefone +49 69 756081-33 Fax +49 69 756081-11 E-mail s.becker@vdw.de EMO Hannover 2013 Eventos de acompanhamento tratam de tendências da tecnologia de fabricação

Leia mais

VISIBILIDADE SOCIAL DA ENFERMAGEM: RECONHECENDO AS CONQUISTAS E LACUNAS

VISIBILIDADE SOCIAL DA ENFERMAGEM: RECONHECENDO AS CONQUISTAS E LACUNAS VISIBILIDADE SOCIAL DA ENFERMAGEM: RECONHECENDO AS CONQUISTAS E LACUNAS Prof a. Dr a. Dorisdaia Carvalho de Humerez FORÇA DE TRABALHO NA ENFERMAGEM Na Saúde, 65% da Força de Trabalho é formada por profissionais

Leia mais

Superintendência de Recursos Humanos -SRH

Superintendência de Recursos Humanos -SRH Projeto RH Bahia Superintendência de Recursos Humanos -SRH A Superintendência de Recursos Humanos tem por finalidade planejar, coordenar, promover, supervisionar, controlar e avaliar as atividades de administração

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Canadá Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios De acordo com a nomenclatura usada pelo Ministério da Indústria do Canadá, o porte

Leia mais

Democracia participativa p e cultura cidadã. Porto Alegre, 25 de novembro de 2011

Democracia participativa p e cultura cidadã. Porto Alegre, 25 de novembro de 2011 Democracia participativa p e cultura cidadã Porto Alegre, 25 de novembro de 2011 Da Reivindicação à Wikicidadania INOVAÇÕES DA PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA INOVAÇÕES DA PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA E DA GESTÃO

Leia mais

Arquitetura da Informação Participativa do Portal BrOffice.org

Arquitetura da Informação Participativa do Portal BrOffice.org Arquitetura da Informação Participativa do Portal BrOffice.org Frederick van Amstel designer de interação usabilidoido.com.br Instituto faberludens.com.br Pesquisa Internet das Coisas Ensino Pós-graduação

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Gestão 2013-2017 Plano de Trabalho Colaboração, Renovação e Integração Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Goiânia, maio de 2013 Introdução Este documento tem por finalidade apresentar o Plano de Trabalho

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010

Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010 Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010 Encontro da Qualidade e Produtividade em Software - EQPS Manaus, novembro/2007 Antenor Corrêa Coordenador-Geral de Software e Serviços Ministério da

Leia mais

APRESENTAÇÃO NO INSTITUTO DO VAREJO

APRESENTAÇÃO NO INSTITUTO DO VAREJO APRESENTAÇÃO NO INSTITUTO DO VAREJO 18 de Agosto de 2006 Demian Fiocca Presidente do BNDES www.bndes.gov.br 1 BRASIL: NOVO CICLO DE DESENVOLVIMENTO Um novo ciclo de desenvolvimento teve início em 2004.

Leia mais

Como o CERNE foi construído?

Como o CERNE foi construído? Por que CERNE? O movimento brasileiro de incubadoras vem crescendo a uma taxa expressiva nos últimos dez anos, alcançando uma média superior a 25% ao ano. Atualmente, as incubadoras brasileiras apóiam

Leia mais

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking Perspectivas, impactos e desafios Nilton Omura (nilton.omura@br.ey.com) Abril, 2012 As condições estruturais para viabilizar a massificação de smartphones e tablets no Brasil estão criadas, e irão transformar

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar Ambiente virtual para inovar Secti lança Portal Paraense de Inovação para conectar atores estratégicos e aumentar investimento em inovação no Pará Por Igor de Souza Ana possui uma promissora empresa de

Leia mais

Seu dia é mais inteligente

Seu dia é mais inteligente Seu dia é mais inteligente O 2007 Microsoft Office system é uma plataforma de soluções inteligentes para tarefas operacionais, estratégicas e organizacionais. O conjunto de aplicativos e servidores e a

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL

SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. 2 FAZENDO NEGÓCIOS NA

Leia mais

I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz

I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz Avanços do trabalho desenvolvido no âmbito do Ciclo de Debates sobre Relações Público-Privadas e Compras Públicas Estaduais 13 de novembro de 2014 Relações

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011

CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011 CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011 Março 2011 Introdução Os rumos da inovação em Minas, foi o debate central do encontro que marcou o lançamento

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

Modernização da Gestão. Cenário Macro, Concorrência e Poder Econômico no Brasil

Modernização da Gestão. Cenário Macro, Concorrência e Poder Econômico no Brasil Modernização da Gestão Administrativa do MPF Cenário Macro, Concorrência e Poder Econômico no Brasil Michal Gartenkraut Novembro-Dezembro/2010 MPF - I Seminário de Planejamento Estratégico 1 Quadro Atual

Leia mais

Iniciativas para o Fortalecimento da Ação Fiscal dos Municípios em Tributação Imobiliária

Iniciativas para o Fortalecimento da Ação Fiscal dos Municípios em Tributação Imobiliária SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE TRIBUTAÇÃO IMOBILIÁRIA Iniciativas para o Fortalecimento da Ação Fiscal dos Municípios em Tributação Imobiliária Salvador, 21 e 22 de novembro de 2007 SESSÃO III Inovação,

Leia mais

Redução da Pobreza no Brasil

Redução da Pobreza no Brasil Conferencia Business Future of the Americas 2006 Câmara Americana de Comércio Redução da Pobreza no Brasil Resultados Recentes e o Papel do BNDES Demian Fiocca Presidente do BNDES Rio de Janeiro, 5 de

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

UNIVERSIDADE, EAD E SOFTWARE LIVRE

UNIVERSIDADE, EAD E SOFTWARE LIVRE Universidade Federal de Minas Gerais Elisa Castro Pedro Henrique Ferreira Simas Ricardo Freitas de Paula UNIVERSIDADE, EAD E SOFTWARE LIVRE Belo Horizonte 2011 O Ensino a Distância da Estatística Básica

Leia mais

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB Marcelo Rodrigo da Silva Ribeiro 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil marcelo.rodrigo@live.com,

Leia mais

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno Os desafios para a inovação no Brasil Maximiliano Selistre Carlomagno Sobre a Pesquisa A pesquisa foi realizada em parceria pelo IEL/RS e empresa Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação durante

Leia mais

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1.

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1. 34 Os indicadores são índices utilizados para aferir resultados. O TRT da 7ª Região adotou indicadores aferidos pelo CNJ e criou outros considerados relevantes para o processo decisório da gestão institucional,

Leia mais

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3804 3800

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

Visão Geral da Certificação CERTICS

Visão Geral da Certificação CERTICS Projeto 0113009300 - Implementação da CERTICS - Certificação de Tecnologia Nacional de Software IX Workshop Anual do MPS WAMPS 2013 Visão Geral da Certificação CERTICS Palestrante: Adalberto Nobiato Crespo

Leia mais