1.1 Períodos das inscrições: a) de 13 de outubro a 07 de novembro de 2014, para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.1 Períodos das inscrições: a) de 13 de outubro a 07 de novembro de 2014, para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto."

Transcrição

1 Abertura de inscrições para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Fármaco e Medicamentos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo para o primeiro semestre de 2015, cursos de Mestrado, Doutorado Direto e Doutorado com título de Mestre. 1 - Da Inscrição 1.1 Períodos das inscrições: a) de 13 de outubro a 07 de novembro de 2014, para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto A inscrição para o curso de Doutorado e Doutorado Direto (Fluxo Contínuo) ocorrerá em qualquer época e as provas serão realizadas até 60 dias após a inscrição do candidato, em data marcada pela Comissão Coordenadora do Programa. 1.2 Horários das inscrições: das 14:00 às 17:00 horas 1.3 Local das inscrições: Serviço de Pós-Graduação (SPG) da FCF/USP (Avenida Professor Lineu Prestes, 580, bloco 13 A, Conjunto das Químicas, Cidade Universitária, São Paulo, São Paulo, CEP ) 1.4 Taxa: R$ 75,00 (recolhida no Serviço de Tesouraria da FCF/USP) 1.5 Documentação para inscrição Curso de Mestrado a) Histórico Escolar do Curso de Graduação (cópia simples); b) Certidão de nascimento ou certidão de casamento (cópia simples); c) Cópia simples e legível do Diploma de Graduação ou do Certificado de Conclusão do Curso de Graduação; d) Comprovante de proficiência em inglês, realizado nos últimos dois anos; e) Cédula de Identidade RG (cópia simples); f) CPF (cópia simples); g) Certificado Militar (cópia simples); h) Título de eleitor (cópia simples); i) Foto 3x4 recente; j) Curriculum Vitae ou Lattes (www.cnpq.br); k) Carta de aceite do futuro orientador; l) Comprovante de recolhimento de taxa de inscrição (R$ 75,00); m) Projeto de Pesquisa, preparado conforme normas da FAPESP (www.fapesp.br) Curso de Doutorado Direto a) Histórico Escolar do Curso de Graduação (cópia simples); b) Certidão de nascimento ou certidão de casamento (cópia simples); c) Cópia simples e legível do Diploma de Graduação ou do Certificado de Conclusão do Curso de Graduação; d) Comprovante de proficiência em inglês, realizado nos últimos dois anos; e) Cédula de Identidade RG (cópia simples); f) CPF (cópia simples); g) Certificado Militar (cópia simples); h) Título de eleitor (cópia simples); i) Foto 3x4 recente; j) Currículo Lattes (www.cnpq.br); k) Projeto de Pesquisa, preparado conforme normas da FAPESP (www.fapesp.br); l) Carta de aceite do futuro orientador; m) Comprovante de recolhimento de taxa de inscrição (R$ 75,00). 1

2 1.5.3 Curso de Doutorado com título de Mestre a) Histórico Escolar do Curso de Graduação (cópia simples); b) Certidão de nascimento ou certidão de casamento (cópia simples); c) Diploma do Curso de Graduação (cópia simples); d) Comprovante de proficiência em inglês, realizado nos últimos dois anos; e) Cédula de Identidade RG (cópia simples); f) CPF (cópia simples); g) Certificado Militar (cópia simples); h) Título de eleitor (cópia simples); i) Foto 3x4 recente; j) Currículo Lattes (www.cnpq.br); k) Histórico Escolar do Mestrado (cópia simples); l) Atestado de Pós-Graduação ou Diploma do Mestrado (cópia simples); m) Projeto de Pesquisa, preparado conforme normas da FAPESP (www.fapesp.br); n) Carta de aceite do futuro orientador; o) Documento sobre a situação, junto à CAPES, do programa em que foi obtido o título de Mestre; p) Comprovante de recolhimento de taxa de inscrição (R$ 75,00). 1.6 Proficiência em Inglês opções de comprovação Curso de Mestrado Cultura Inglesa unidade Butantã (São Paulo) Prova da Farmácia/USP (apenas escrita) Pontuação (conceito mínimo): 5, University of Cambridge a) FCE - First Certificate in English - Pontuação (conceito mínimo): C b) CAE - Certificate in Advanced English - Pontuação (conceito mínimo): C c) CPE - Certificate of Proficiency in English - Pontuação (conceito mínimo): C IELTS - International English Language Testing System Pontuação (conceito mínimo): 5, TOEFL - Test of English as Foreign Language a) PBT Paper-based Test - Pontuação (conceito mínimo): 400 b) IBT Internet-based Test - Pontuação (conceito mínimo): c) CBT Computer-based Test - Pontuação (conceito mínimo): BULATS Business Language Testing Service (Standard Test) Pontuação (conceito mínimo): Lower Intermediate (B1) MICHIGAN ENGLISH TEST (MET) Prova Completa (Escrita e Oral) Pontuação (conceito mínimo): B1 2

3 1.6.2 Curso de Doutorado e Curso de Doutorado Direto Cultura Inglesa unidade Butantã (São Paulo) - Prova da Farmácia/USP (escrita e listening) Pontuação (conceito mínimo): 5, University of Cambridge a) FCE - First Certificate in English - Pontuação (conceito mínimo): B b) CAE - Certificate in Advanced English -Pontuação (conceito mínimo): B c) CPE - Certificate of Proficiency in English - Pontuação (conceito mínimo): B IELTS - International English Language Testing System Pontuação (conceito mínimo): 5, TOEFL - Test of English as Foreign Language a) PBT Paper-based Test - Pontuação (conceito mínimo): 450 b) IBT Internet-based Test - Pontuação (conceito mínimo): c) CBT Computer-based Test - Pontuação (conceito mínimo): BULATS Business Language Testing Service (Standard Test) Pontuação (conceito mínimo): Upper intermediate (B2) MICHIGAN ENGLISH TEST (MET) Prova Completa (Escrita e Oral) Pontuação (conceito mínimo): B2 Observação: A Cultura Inglesa de São Paulo filial Butantã tem uma agenda de provas de proficiência em inglês específica para a FCF/USP ( Prova da Farmácia/USP ). Informações quanto a estas provas poderão ser obtidas diretamente com Cultura Inglesa de São Paulo: Rua Desembargador Armando Fairbanks, 199, Butantã, São Paulo, SP. Telefone: (11) O exame BULATS, também aplicado pela Cultura Inglesa, é realizado em fluxo contínuo, de acordo com o disposto no site: 1.7 Inscrições por procuração: Candidatos impossibilitados de efetuar a inscrição pessoalmente poderão constituir representante, bastando, para tanto, emitir autorização por escrito e assinada (não necessita ser lavrada em cartório). 1.8 Inscrições pelo correio: a documentação deverá ser encaminhada para o local de inscrição. A ficha de inscrição poderá ser impressa na página oficial da FCF/USP na internet (www.fcf.usp.br/ensino/pos) ou solicitada por ou retirada por terceiros no local da inscrição. Para o caso de inscrição pelo correio, o interessado deverá anexar cheque cruzado nominal à Faculdade de Ciências Farmacêuticas, no valor da taxa de inscrição. No envelope, além do endereçamento, deverá constar a informação INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO CPG/FCF/USP. Será aceita apenas a inscrição recebida até às 17:00 do último dia de inscrição, desde que devidamente acompanhada de todos os documentos. O candidato deverá certificar-se do recebimento do material por intermédio do telefone (11) ou do 3

4 1.9 Validade do resultado do processo seletivo: 180 dias a partir da data de inscrição do candidato Disponibilidade de vagas: 15 para o Mestrado; 15 para o Doutorado Orientadores credenciados: Mestrado Profa. Dra. Eliane Ribeiro Profa. Dra. Eunice Kazue Kano Prof. Dr. Felipe Rebello Lourenço Profa. Dra. Irene Satiko Kikuchi Profa. Dra. Maria Segunda Aurora Prado Mestrado e Doutorado Prof. Dr. André Rolim Baby Profa. Dra. Carlota de Oliveira Rangel Yagui Profa. Dra. Cristina Helena dos Reis Serra Profa. Dra. Elfriede Marianne Bacchi Profa. Dra. Elizabeth Igne Ferreira Profa. Dra. Erika Rosa Maria Kedor Prof. Dr. Gustavo Henrique Goulart Trossini Prof. Dr. Hélio Alexandre Stefani Prof. Dr. Humberto Gomes Ferraz Prof. Dr. Jivaldo do Rosario Matos Profa. Dra. Maria Inês Rocha Miritello Santoro Profa. Dra. Maria Valéria Robles Velasco Profa. Dra. Nádia Araci Bou Chacra Prof. Dr. Paulo Roberto Hrihorowitsch Moreno Prof. Dr. Roberto Parise Filho Profa. Dra. Silvia Berlanga de Moraes Barros Profa. Dra. Silvia Regina Cavani Jorge Santos Profa. Dra. Silvia Storpirtis Profa. Dra. Telma Mary Kaneko Profa. Dra. Terezinha de Jesus Andreoli Pinto Profa. Dra. Valentina Porta Profa. Dra. Vladi Olga Consiglieri Disponibilidade de orientação: segundo o Artigo 92 do Regimento de Pós-Graduação, o número máximo de alunos por orientador deverá respeitar o limite de 10, na USP Observações: a taxa de inscrição recolhida não será devolvida. A documentação entregue será destruída finda a validade do processo seletivo. As cópias dos documentos apresentados não precisam ser autenticadas. No entanto, poderá se solicitada, a qualquer tempo, a apresentação dos documentos originais para os esclarecimentos de dúvidas quanto à autenticidade dos documentos. A inexatidão das informações prestadas pode acarretar no indeferimento do pedido de inscrição, sem prejuízos de outras medidas cabíveis. 4

5 2 - Das Provas 2.1 Datas de realização das provas: As provas para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto serão realizadas conforme descrito abaixo: - Exame Escrito (Eliminatório): 24 de novembro de 2014, das 8:30 às 12:30 horas (Peso 1). - Prova de Arguição do Projeto de Pesquisa, do Currículo e Histórico Escolar: nos dias 26 a 28 de novembro de 2014, em horários disponibilizados entre 8:00 e 17:00 horas, de acordo com o número de alunos aprovados no exame escrito. Caso haja necessidade poderá ser adicionado mais um dia para as bancas de avaliação. A prova terá duração de 01 (uma) hora, sendo assim distribuída: 15 minutos para apresentação e 45 minutos para arguição (Peso 1). O exame de seleção para o Doutorado Direto será aplicado por uma Comissão Julgadora, específica para cada candidato, e constituída por, no mínimo, três membros com titulação mínima de doutor. Será considerado aprovado o candidato que obtiver nota mínima de 7,0 (sete) no Exame Escrito e média mínima de 7,0 (sete) na Prova de Arguição. Para a realização da prova escrita e da banca de arguição serão tolerados até 15 minutos de atraso, após os quais, o candidato será considerado desclassificado. 2.2 Local de realização das provas: As provas serão realizadas nas dependências da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, situada à Av. Prof. Lineu Prestes, 580 Bloco 15, Cidade Universitária, Butantã, São Paulo, SP. 2.3 Curso de Mestrado O processo de seleção para o curso de Mestrado constitui-se de: a) Exame Escrito; b) Prova de Arguição do Projeto de Pesquisa, do Currículo e Histórico Escolar; c) Proficiência em língua portuguesa, para os candidatos estrangeiros; d) As provas não serão públicas. 2.4 Curso de Doutorado com Título de Mestre O processo de seleção para o curso de Doutorado com título de Mestre constitui-se de: a) Exame Escrito; b) Prova de Arguição do Projeto de Pesquisa, do Currículo e Histórico Escolar; c) Proficiência em língua portuguesa, para os candidatos estrangeiros. d) As provas não serão públicas. 2.5 Curso de Doutorado Direto Os critérios de seleção para o Doutorado Direto constam de: a) Exame Escrito; b) Prova de Arguição do Projeto de Pesquisa, do Currículo e Histórico Escolar; c) Manifestação favorável, devidamente fundamentada, do futuro orientador; d) Proficiência em língua portuguesa, para os candidatos estrangeiros; e) As provas não serão públicas. 5

6 2.6 Critérios para Aprovação a) Exame Escrito: nota mínima 7,0 (eliminatório); b) Prova de Arguição do Projeto de Pesquisa, do Currículo e Histórico Escolar, apenas para os aprovados na alínea a (eliminatório): nota mínima 7,0; c) Exame de proficiência em português (avaliado pelo exame escrito): nota mínima 5,0, para estrangeiros. 2.7 O conteúdo programático do Exame Escrito consiste de a) Cosmetologia b) Controle Biológico de Qualidade de Medicamentos e Cosméticos c) Controle Físico e Químico de Qualidade de Medicamentos e Cosméticos d) Farmacotécnica e) Tecnologia Farmacêutica e de Cosméticos f) Farmácia Clínica g) Atenção Farmacêutica h) Controle Terapêutico i) Farmacoeconomia j) Biofarmacognosia k) Compostos Heterocíclicos l) Química Farmacêutica. Os conteúdos programáticos estão junto com o edital no site 2.8 Referências Bibliográficas: 1. Allen, L.V., Popovich, N. G., Ansel, H. C. 8 ed. Formas farmacêuticas e sistema de liberação de fármacos. Sede São Paulo: Artmed, p. 2. Aulton, M. E. Delineamento de formas farmacêuticas. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, p. 3. Azevedo, J. C.; Cruz, Áurea S ; Pinto, T.J. A.. Avaliação da biocompatibilidade de implantes mamários de silicone esterilizados por calor seco e pelo óxido de etileno. RBCF. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v. 42, p , Baby, A R ; Lacerda, A. C. L ; Kawano, Y ; Velasco, M. V. Robles ; Kaneko, T. M.. PAS-FTIR and FT-Raman qualitative characterization of sodium dodecyl sulfate interaction with an alternative stratum corneum model membrane. Pharmazie (Berlin), v. 62, p , Baby, A.R. ; Haroutiounian, C. A. ; Sarruf, F. D. ; Pinto, C. A. S. O. ; Kaneko, T. M. ; Velasco, M. V. R. Influence of urea, isopropanol, and propylene glycol on rutin in vitro release from cosmetic semisolid systems estimated by factorial design. Drug Development and Industrial Pharmacy, v. 35, p , Barreiro, E. J., Fraga, C. A. M. Química medicinal: as bases moleculares da ação dos fármacos. 2.ed. Artmed: Porto Alegre, p. 7. Barzegar-Jalali, M.; Adibkia, K.; Valizadeh, H.; Shadbad, M.R.S. Kinetic analysis of drug release from nanoparticles. Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences, v. 11, p , Boscariol, M. R.; Pinto, T. J. A. Sterilization by pure oxygen plasma and by oxigen -hydrogen peroxide plasma. International Journal of Pharmaceutics, v.353, p , DiPiro, J. T.; Talbert, R. L.; Yee, G. C.; Matzke, G. R., Eds. Pharmacotherapy: a pathophysiologic approach. 7 ed. New York: McGraw-Hill Medical, p. 10. Draelos, Z. Cosméticos em dermatologia. Porto Alegre: Revinter,1999, 329p. 11. Gad, S. C., Ed. Pharmaceutical manufacturing handbook: production and processes. New York: Wiley, 2008, 1384 p. 12. Hernandez, M.; Mercier-Fresnel, M. Manual de cosmetologia. Rio de Janeiro: Revinter, 3. ed., p. 13. LACHMAN, N.L., LIEBERMAN, H. A., KANING, I.L. Teoria e prática na indústria farmacêutica. Lisboa: Calouste Gulbenkian,

7 14. Lemke, T. L.; Williams, D. A., Eds. Foye s Principles of medicinal chemistry, 6 ed.philadelphia : Lippincott Williams & Wilkins, p. 15. Monteiro, R. D. C.; Zanini, A. C. Análise de custo do tratamento medicamentoso da artrite reumatóide. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v.44, p.25-33, Novaes,M.R.C.G.;Souza,N.N.R.;Néri,E.D.R.:Carvalho,F.D.;Bernadino,H.M.O.M.; Marcos,J.F. Orgs. Guia de boas práticas em farmácia hospitalar e serviços de saúde Sbrafh. São Paulo: Ateliê Vide P Verso, Oliveira, F; Akisue, G.; Akisue, M. K. Farmacognosia. São Paulo: Atheneu, p. 18. Patrick, G. L. An Introduction to medicinal chemistry. 4. ed. Oxford: University Press, p. 19. Peyrefite, G.; Martini, M.; Chivot, M. Estética-cosmética. Cosmetologia, biologia geral e biologia da pele. São Paulo: Andrei, p. 20. REMINGTON'S pharmaceutical sciences. 21 ed. Easton: Mack, Ribeiro, E. Estudo do uso do instrumento educativo para solicitação de albumina humana em hospital universitário de São Paulo. São Paulo, p. [Tese de Doutorado Faculdade de Ciências Farmacêuticas, USP]. 22. Ristschel, W.A.. Handbook of basic pharmacokinetics including clinical applications. 6 ed., Hamilton: Drug Intelligence, p. 23. Sahoo, S.K.; Dilnawaz, F.; Krishnakumar, S. Nanotechnology in ocular drug delivery. Drug Discovery Today, v.13, p , Skoog, D. A.; Holler, F. J.; Nieman, T. A., Eds. Princípios de análise instrumental. Porto Alegre: Bookman, p. 25. Silva, V. R.L.; Schulman, M. A.; Ferelli, C.; Gimenis, J. M. ; Ruas, G. W. ; Baby, A. R.; Velasco, M. V. R.; Kaneko, T. M.. Hydrating effects of moisturizer active compounds incorporated into hydrogels: in vivo assessment and comparison between devices. Journal of Cosmetic Dermatology, v. 8, p , Stefani, H. A. Ciências Farmacêuticas - Introdução à Química de Compostos Heterocíclicos. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan (GEN Grupo Editorial Nacional), p. 27. Storpirtis, S. et al. Farmácia clínica e atenção farmacêutica. Coleção de Ciências Farmacêuticas. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, p. 28. Storpirtis, S. et al. Biofarmacotécnica. Coleção Ciências Farmacêuticas. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, p. 29. Shargel, L.; Wu-Pong, S.; Yu, A. B. C. Applied biopharmaceutics and pharmacockinetics. 5ª.ed. Rio de Janeiro: McGraw Hill Interamericana, p Simões, C.M.O., Ed. Farmacognosia: da planta ao medicamento. 6. ed. Florianópolis:UFSC, p. 31. THOMPSON, J. E. A prática farmacêutica na manipulação de medicamentos. Porto Alegre: Artmed, p. 32. Velasco, M. V. R. ; Sarruf, F. D. ; Salgado-Santos, I. M. N. ; Haroutiounian, C. A. ; Kaneko, T.M.; Baby, A.R. Broad spectrum bioactive sunscreens. International Journal of Pharmaceutics, v. 363, p , Wermuth, C. G. Application strategies for the primary structure-activity relationship exploration. In: Wermuth, C.G., Ed. The practice of medicinal chemistry. Amsterdam: Elsevier, p. 34. Wilkinson, J. B. Cosmetologia de Harry. Madrid: V. Diaz de Santos, p. 35. Zanini, A.C., Wadt, M. Farmacoeconomia. In: Lopes, A. C., Org. Tratado de clínica médica. São Paulo: Editora Rocca, 2 ed., capítulo 152, volume 2, p PINTO, T.J. A. ; KANEKO, T. K. ; PINTO, A. F. Controle biológico de qualidade de produtos farmacêuticos, correlatos e cosméticos. 3. ed. São Paulo: Atheneu, v p. 3 - Dos Resultados 3.1 Com exceção do exame de proficiência em inglês, o processo de aplicação e avaliação das provas e a divulgação dos resultados são de responsabilidade da Comissão de Seleção, indicada pela CCP. O resultado do processo de seleção será informado aos candidatos por e também será afixado no mural do Departamento de Farmácia do Bloco 15. Os candidatos poderão contatar a secretaria do programa de pós-graduação por ou por telefone (11) para obter informações a respeito do resultado do processo de seleção. 7

8 4 - Da Matrícula 4.1 Períodos de matrícula (com pré-matrícula em disciplinas): primeira quinzena de fevereiro. 4.2 Período de matrícula (sem pré-matrícula em disciplinas): durante a validade do processo seletivo. 4.3 Local da matrícula: Serviço de Pós-Graduação (SPG) da FCF/USP (Avenida Professor Lineu Prestes, 580, bloco 13 A, Conjunto das Químicas, Cidade Universitária, São Paulo, São Paulo, CEP ). 4.4 Documentação para matrícula: Requerimento de primeira matrícula (disponível no local da matrícula), assinado pelo orientador e pelo candidato; cópia simples e legível do Diploma devidamente registrado, Histórico Escolar completo ou Certificado com a data de outorga do grau obtido em curso de Graduação oficialmente reconhecido; cópia simples e legível do Certificado de Conclusão do Curso de Mestrado reconhecido pela CAPES (para matrícula no curso de Doutorado com título de Mestre). No caso de candidatos estrangeiros deverá ser apresentada documentação emitida pela Polícia Federal do Brasil regularizando a permanência no país na condição de aluno durante o período do curso de pós-graduação. 4.5 Bolsas de estudo: o ingresso na pós-graduação não implica compromisso de concessão de bolsa de estudo. A concessão de bolsa se dará por iniciativa e responsabilidade do Programa de Pós- Graduação, obedecendo a disponibilidade e os critérios determinados pelas agências de fomento e pela Comissão de Bolsas. 4.6 Novas matrículas: aluno desligado da pós-graduação na USP sem conclusão terá a efetivação da sua matrícula condicionada a processo interno, na forma prevista no Regimento de Pós-Graduação. 4.7 Aspectos éticos: os projetos que envolvam pessoas, animais ou organismos geneticamente modificados deverão ser objeto de análise e aprovação específica dos órgãos afeitos antes de serem iniciados. 4.8 Prazos e créditos: a) Mestrado (até 30 meses, 25 créditos obrigatórios em disciplinas), b) Doutorado Direto (até 48 meses, 25 créditos obrigatórios em disciplinas), b) Doutorado com título de Mestre (até 48 meses, 20 créditos obrigatórios em disciplinas). 4.9 Observações: Não serão emitidos documentos relativos às etapas do processo seletivo. Os casos omissos relativos à inscrição deverão ser apresentados à Presidência da CPG/FCF/USP. Recursos aos resultados do processo seletivo deverão ser apresentados na forma do Regimento Geral da USP. 8

9 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PÓS-GRADUAÇÃO EM FÁRMACO E MEDICAMENTOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME DE SELEÇÃO COMPOSTOS HETEROCÍCLICOS TÓPICOS CONTEÚDO A. Nomenclatura - Nomes triviais de sistemas heterociclicos - Nomenclatura Sistemática (Hantzsch-Widman) para derivados monocíclicos - Sistemas de anéis fundidos. B. Heterociclos Aromáticos - Aspectos gerais - Critérios de aromaticidade - Reatividade deheteroaromáticos - Tautomerismo de heteroaromáticos. C. Síntese de anéis - Reações de ciclização - Substituição nucleofílica em carbono saturado - Adição nucleofílica intramolecular a grupos carbonila - Adição intramolecular de nucleófilos a duplas ligações, ciclização em tripla ligação, ciclização via radical, ciclização via carbeno e nitreno. Reações de cicloadição - cicloadição 1,3-dipolar, reações Hetero- Diels-Alder, cicloadição tipo [2+2]. D. Síntese e reatividade de Anéis de Três Membros- Epóxidos e aziridinas. E. Síntese de Anéis de Quatro Membros b-lactamas. F. Síntese de Anéis de Cinco membros - Aza, oxa e tio - Reações tipo Hantzsch, Knorr, Feist-Benary, Croda, Fiesselmann e cicloadições. Reações de obtenção de anéis com diferentes heteroátomos. Reatividade de Anéis de Cinco Membros. 9

10 G. Síntese de Anéis de Seis Membros - Piridina, piridazina, pirimidina, tri e tetrazinas e com diferentes heteroátomos. H. Síntese de Anéis de Sete Membros benzodiazepínicos I. Síntese de Anéis Fundidos - Benzo - Anéis de cinco membros. Indóis - Reações de Fischer, Madelung, Reissert; Isoindóis;. Síntese de sistemas fundidos - Benzo - Anéis de seis membros. Quinolinas e Isoquinolinas - Reações tipo Skraup, Friedlander, Pfitzinger, Bischler-Napieralski, Pictet-Spengler, Pomeraz-Feitsch; e outros sistemas envolvendo diferentes heteroátomos. 10

11 CONTROLE BIOLÓGICO DE QUALIDADE DE MEDICAMENTOS E COSMÉTICOS CONTEÚDO A. Conceito de garantia de produtos farmacêuticos, correlatos e de cosméticos; B. Contaminação microbiana em produtos farmacêuticos, correlatos e cosméticos; a) Análise da qualidade microbiológica de produtos não estéreis; b) Controle de produtos estéreis: controle de processo, produto e validação; c) Teste de esterilidade; d) Pirogênio; e) Eficácia de conservantes; f) Ensaios toxicológicos e de inocuidade; g) Dosagem microbiológica de antibióticos e fatores de crescimento. BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1) BLOOMFIELD, S.F.; BAIRD, R., LEAK, R.E., LEECH, R. Microbial quality assurance in pharmaceuticals. Cosmetics and Toiletries. Chichester Ellis Horwood, ) DENYER, S.P. & BAIRD, R.M. Guide to microbiological control in pharmaceuticals. Chichester, Ellis Horwood, Farmacopéias. 3) HEWITT, W. Microbiological assay for pharmaceutical assay. New York. Interpharm/CRC, p

12 4) KAVANAGH, F. Analytical Microbiology. New York, Academic Press: p. 5) PINTO, T.J.A.; KANEKO, T. M.; OHARA, M. T. Controle Biológico de Qualidade de Produtos Farmacêuticos, Correlatos e Cosméticos. 2ª. edição, São Paulo: Ateneu Editora, p ) WILLIAMS, K.L. Endotoxins. Pyrogens, LAL testing, and despyrogenation. New York: Marcel Dekker, c p

13 CONTROLE FÍSICO E QUÍMICO DE QUALIDADE DE MEDICAMENTOS E COSMÉTICOS CONTEÚDO 1. TEORIA a) Conceito de controle integral de qualidade. b) Boas normas de fabricação. c) Noções de segurança em laboratório d) Especificação de medicamentos. e) Controle de processo. f) Garantia de qualidade. g) Técnicas de amostragem h) Controle de material de acondicionamento e embalagem. i) Função dos padrões de referência em controle de qualidade de medicamentos j) Controle físico de medicamentos. k) Métodos químicos no controle de qualidade de medicamentos. l) Métodos físico-químicos no controle de qualidade de medicamentos m) Identificação de substâncias em medicamentos n) Controle de estabilidade de medicamentos. o) Determinação do prazo de validade de medicamentos. 13

14 p) Controle de qualidade de cosméticos. 2. PRÁTICA a) Ensaios físicos empregados no controle de qualidade de comprimidos, drágeas, cápsulas, pós, granulados e pastilhas. b) Ensaios físicos empregados no controle de qualidade de soluções injetáveis, elixires, xaropes e suspensões. c) Ensaios físicos empregados no controle de qualidade de pomadas, cremes e emulsões. d) Gráficos de controle. e) Analise estatística de resultados analíticos. f) Ensaios físicos e químicos de vidros para uso farmacêutico. g) Ensaios físicos e químicos de plásticos para uso farmacêutico. h) Ensaios físicos e químicos de alumínio, papelão, borrachas e outros materiais de acondicionamento e embalagem. i) Ensaios físicos e químicos para controle de substâncias químicas de referência. j) Planejamento e ensaios no estudo de estabilidade. k) Espectrofotometria no controle de qualidade de medicamentos. l) Volumetria no controle de qualidade de medicamentos. m) Gravimétrica no controle de qualidade de medicamentos. n) Cromatografia no controle de qualidade de medicamentos. 14

15 o) Principais ensaios no controle de qualidade de cosméticos. BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1) AOAC Methods Development - Challenge of next decade. J. Assoc. Anal. Chem., Washington, 65(3): , ) BANES, D. Principles of regulatory drug analysis. Washington, Association of Official Analytical Chemists ) BANES, D. A chemist s guide to regulatory drug analysis. Washington, Association of Official Analytical Chemists ) CASADIO, S, Tecnologia Farmacêutica 2ª Ed., Milano, Cisalpino-Goliardica, ) COLOMBO, B. M. Control of physical properties in pharmaceutical forms. Milano, Organizzazione Editoriale Medico Farmaceutica, ) CONNORS, K. A; AMIDON, F. L.; STELLA, V. J. Chemical stability of pharmaceuticals: a handbook for pharmacists. New York, John Wiley & Sons Inc., 1986, 847p. 7) COOPER M. S. Quality control in the pharmaceutical industry. V. 3. New York, Academic Press, ) DEASY, P. B. & TIMONEY R. F. Progress in the quality control of medicines. Amsterdam, Elsavier Biomedical Press,

16 9) DEVESA, D. R. & MEDINA, A. N. Control de la calidad durante la fabricación de productos farmacéuticos y cosméticos. Madrid, Ediciones Castilia S. A., ) EWING, G. W. Métodos instrumentais de analise química, São Paulo, Blucher, Ed. USP, 1972,2 v. 11) FARMACOPÉIAS (Ultimas edições da Brasileira, Americana, Britânica, Européia e Internacional) e Formulários. 12) FELTKAMP, H.; FUCHS, P.; SUCKER. H. Pharmazeutische Qualitatskontrole, Stuttgart, Georg Thieme, ) GARRATT, D. C. The quantitative analysis of drugs. 3a ed., London, Chapman & Hall Ltd., ) GUPTA, R. N. Handbook of chromatography: drugs. Boca Raton, CRC Press, v. 15) HADDEN, N. & colaboradores Basic liquid chromatography (s.1.p.) Varian Aerograph, c ) HIGUCHI, T. & BROCHMANN HANSSEN, E. Pharmaceutical analysis. New York, John Wiley & SONS, ) INFRARED and ultraviolet spectra of some compounds of pharmaceutical interest. (Revised edition), Washington, Association of Official Analytical Chemists, ) JURAN, J. M. & GRYNA, Jr., F. M. Quality planning and analysis. 3rd ed. New York, McGraw-Hill, ) LOURENÇO FILHO, R. C. B. Controle estatístico de qualidade. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos Editora S. A.,

17 20) McNAIR, H. M. & MILLER J. M. Basic gas chromatography. New York, Consolidated Printers., ) NUDELMAN, N. S. Estabilidad de medicamentos. Buenos Aires, El Ateneo, ) PALMER, C. F. Controle total de qualidade. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, ) SANTORO, M.I.R.M. Introdução ao Controle de Qualidade de Medicamentos. São Paulo, Atheneu Editora São Paulo, ) SANTORO, M. I. R. M. Manual de segurança. Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, ) SANTORO, M. I. R. M. Cromatografia líquida em fase quiral: novos rumos no controle de qualidade de medicamentos. Rev. Farm. Bioq. Univ. São Paulo, São Paulo, v. 28, p. 1-29, ) SANTORO, M. I. R. M.; PRADO, M.A.S.; STEPPE, M.; KEDOR-HACKMANN, E.R.M. Eletroforese capilar: teoria e aplicações na análise de medicamentos. Rev. Bras. Cienc. Farm.:, São Paulo, v. 36, n. 1, p , ) SANTORO, M. I. R. M.; SINGH, A. K. Development and regulation of chiral drug substances: an overview on worldwide pharmaceutical guidelines. Rev. Bras. Cienc. Farm.:, São Paulo, São Paulo, v. 37, n. 3, p ) SHIRMER, R, E. Modern methods of pharmaceutical analysis. Boca Raton, CRC Press, 1982, 3v. 29) SHRINER, R. L.; FUSON, R. C.; CURTIN, D. Y. MORRILL, T. C. Identificação sistemática dos compostos Orgânico: manual de laboratório. Trad. Horácio Macedo. 6 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Dois, ) STROHECKER, R. & HENNING, H. M. Análisis de vitaminas. Métodos comprobados, Madrid, Editorial Paz Montalvo,

18 31) WERNIMONT, G. T.; SPENDLEY, W. Use of statistics to develop and evaluate analytical methods. Arlington, Association of Official Analytical Chemists,

19 COSMETOLOGIA (foi englobado Tecnologia Farmacêutica e de Cosméticos) CONTEÚDO 1) TEÓRICO E PRÁTICO (descrição de técnica de preparação e estudo crítico de componentes) a) Anatomia e fisiologia da pele e anexos cutâneos b) Matérias- primas de uso cosmético c) Desodorante e antitranspirante (teórico e prático) d) Dentifrício e enxaguatório bucal (teórico e prático) e) Estabilidade de produtos cosméticos f) Maquiagem para área dos olhos (teórico e prático) g) Maquiagem para os lábios (teórico e prático) h) Fotoproteção (teórico e prático) i) Xampu e condicionador (teórico e prático) j) Produtos para o ato de barbear e para o pós-barba (teórico e prático) k) Legislação de produtos cosméticos BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA 1) AGACHE, P. Physiology de la peau et explorations fonctionnelles cutanées. Paris: Editions Médicales Internationales,

20 2) ABIHPEC. Panorama do Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. São Paulo: Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, p. [Apostila]. 3) AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Legislação. VisaLegis. RDC 211, de 14 de julho de Ficam estabelecidas a Definição e a Classificação de Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes, conforme Anexos I e II desta Resolução. Disponível em: public/ showact.php?id=17882&word=. Acesso em: 4 outubro de ) BARATA, E. A. F. A Cosmetologia: Princípios Básicos. São Paulo: Tecnopress, ) BINKS, B.P. Modern aspects of emulsion science. Cambridge: Royal Society of Chemistry, ) BRANDÃO, L. Índex ABC: Ingredientes para a indústria de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes. São Paulo: Editora SRC, ) BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Guia de estabilidade de produtos cosméticos. Brasília, ) BUTLER, H. Poucher`s perfumes cosmetics and soaps. London: Chapman & Hall, ) CHARLET, E. Cosmética para farmacéuticos. Zaragoza: Acribia, ) DRAELOS, Z. Cosméticos em dermatologia. Porto Alegre: Revinter, ) HERNANDEZ, M., MERCIER-FRESNEL, M. Manual de Cosmetologia. 3. ed., Rio de Janeiro: Revinter, ) DE NAVARRE, M.G. The chemistry and manufacture of cosmetics. 2.ed. Orlando: Continental Press,

21 13) LEONARDI, G.R. Cosmetologia Aplicada. 2.ed., São Paulo: Santa Isabel, p. 14) PEYREFITE, G., MARTINI, M., CHIVOT, M. Estética-Cosmética: Cosmetologia, Biologia Geral e Biologia da Pele. São Paulo: Andrei, ) PRISTA, L. N., BAHIA, M. F. G., VILLAR, E. Dermofarmácia e Cosmética. Porto: Associação Nacional das Farmácias, ) PRUNIÉRAS, M. Manual de Cosmetologia Dermatológica. 2.ed., São Paulo: Organização Andrei, ) PUGLIESI, P.T. Physiology of the skin. Carol Stream: Allured Publishing Corporation, ) SIMMONS, J.V. Cosméticos: formulación, preparación y aplicación. Madri: A. Madrid Vicente, ) WILKINSON, J. B., MOORE, R.J. Cosmetologia de Harry. Madrid: V. Diaz de Santos, ) WILLIAM, S. D. F., SCHMITT, W. H. Chemistry and Technology of the Cosmetics and Toiletries Industry. London: Chapman & Hall, ) SCHELLER, R., ROMANOWSKI, P. Iniciação à Química Cosmética. São Paulo: Tecnopress, ) SCOTTI, L., VELASCO, M. V. R. Envelhecimento Cutâneo à Luz da Cosmetologia. São Paulo: Tecnopress, 1.ed.,

22 FARMÁCIA CLÍNICA E ATENÇÃO FARMACÊUTICA (foi englobada a Farmacoeconomia e Controle Terapêutico) PROGRAMA TEÓRICO/PRÁTICO A. Introdução e Conceituação de Farmácia Hospitalar, Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica; B. Uso Racional de Medicamentos; C. Estratégias farmacêuticas para promoção do URM nos âmbitos hospitalar e ambulatorial: a) Seleção e padronização de medicamentos; b) Gerenciamento de recursos materiais c) Distribuição e dispensação de medicamentos d) Centros de informações sobre medicamentos e) Perfil e acompanhamento farmacoterapêutico f) Monitorização terapêutica g) Educação sanitária h) Comissão de Farmácia e Terapêutica i) Comissão de Controle de Infecção hospitalar j) Farmacovigilância 22

23 BIBLIOGRAFIA 1) STORPIRTIS S, MORI ALPM, YOCHIY A, RIBEIRO E, PORTA V. Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 2008, 492 p. 2) CAVALLINI, M. E., BISSON, M. P. Farmácia hospitalar - um enfoque em sistemas de saúde. Manole, São Paulo, 2002, 218 p. 3) DIPIRO, J. T. Encyclopedia of clinical pharmacy. Marcel Dekker, 2003, 933 p. HARMAN, R., MASON, P. Handbook of pharmacy healthcase: diseases and patient advice. 2nd ed., Pharmaceutical Products Press, 2002, 604 p. 4) GHOES, M. J. V. M., REIS, A. M. M. Ciências Farmacêuticas: uma abordagem em Farmácia Hospitalar. Atheneu, São Paulo, 2000, 560 p. 23

24 BIOFARMACOGNOSIA CONTEÚDO A. Introdução à Farmacognosia: Conceitos gerais B. Obtenção de drogas vegetais C. lnclusões celulares e tecidos vegetais de importância na identificação de drogas vegetais D. Análise morfo-anatômica de drogas vegetais constituídas de folha, flor, fruto, semente, casca e órgãos subterrâneos E. Processos extrativos de drogas vegetais F. Estrutura química, propriedades químicas e físico-químicas, processos de obtenção, caracterização, quantificação, atividades biológicas e farmacológicas e principais drogas vegetais contendo: Polissacarídeos; gomas e mucilagens; glicosídeos cardiotônicos; saponinas; antraquinonas; flavonóides; taninos; alcalóides; óleos essenciais; bálsamos; resinas e cumarinas G. Controle de Qualidade de Fitoterápicos BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1) Bruneton, J. Farmacognosia, fitoquímica, plantas medicinales. Zaragoza : Editorial Acribia, ) COSTA, A. F. Farmacognosia. Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian vol. 3) EVANS, W. C. Trease and Evans Pharmacognosy. 15th ed., London, Saunders,

25 4) OLIVEIRA, F. & AKISUE, G. Fundamentos de farmacobotânica e de morfologia vegetal ) OLIVEIRA, F.; AKISUE, G.; AKISUE, M. Farmacognosia. São Paulo, Atheneu, ) PROENÇA DA CUNHA, A. Farmacognosia e Fitoquímica, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, ) RAVEN, P. H., EVERT, R. F., EICHHORN, S. E. Biologia Vegetal, 7.ed., Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, ) ROBBERS, J.E.; SPEEDIE, M.K.; TYLER, V.E. Pharmacognosy and Pharmacobiotechnology; Baltimore: William & Wilkins, ) SIMÕES, C. M. O.; SCHENKEL, E. P.; GOSMANN, G.; MELLO, J. C. P.; MENTZ, L. A.; PETROVICK, P.R. (org.) Farmacognosia: da planta ao medicamento. 6a ed. Porto Alegre/Florianópolis: Ed. Univ. UFRGS/Ed. UFSC, LEGISLAÇÃO BRASIL Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária.Resolução RDC n. 14, de 31 de março de Dispõe sobre o registro de medicamentos fitoterápicos. Diário Oficial da União, Brasília, n.63, 5 abr BRASIL Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária.Resolução de Diretoria Colegiada n. 10 de 9 de março de Dispõe sobre a notificação de drogas vegetais junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária(ANVISA) e dá outras providências. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, 10 mar

26 FARMACOTÉCNICA CONTEÚDO A. Boas Práticas de Manipulação B. Biofarmácia C. Pré-formulação D. Estabilidade de medicamentos E. Formas farmacêuticas líquidas: soluções orais e de uso externo F. Formas farmacêuticas líquidas: suspensões e emulsões G. Formas farmacêuticas plásticas: óvulos e supositórios H. Formas farmacêuticas plásticas: géis, cremes, loções, pomadas e pastas I. Formas farmacêuticas sólidas: pós e granulados J. Formas farmacêuticas sólidas: cápsulas K. Formas farmacêuticas sólidas: comprimidos e comprimidos revestidos L. Formas farmacêuticas estéreis: injetáveis e colírios M. Formas farmacêuticas de liberação prolongada 26

27 BIBLIOGRAFIA 1) ALLEN, L.V., POPOVICH, N. G., ANSEL, H. C. 8 ed. Formas farmacêuticas e sistema de liberação de fármacos. Sede São Paulo: Artmed, p. 2) AULTON, M. E. Delineamento de formas farmacêuticas. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, p. 3) LACHMAN, N.L., LIEBERMAN, H. A., KANING, I.L. Teoria e prática na indústria farmacêutica. Lisboa: Calouste Gulbenkian, ) REMINGTON'S pharmaceutical sciences. 21 ed. Easton: Mack, ) THOMPSON, J. E. A prática farmacêutica na manipulação de medicamentos. Porto Alegre: Artmed, p. 27

28 QUÍMICA FARMACÊUTICA CONTEÚDO A. Aspectos gerais da ação de fármacos e interações fármaco-receptor B. Mecanismos de ação de Fármacos C. Modificação molecular de fármacos D. Estratégias computacionais em planejamento de fármacos (modelagem molecular, QSAR, docking) E. Agentes quimioterápicos (antibacterianos, antifúngicos, antivirais, antiparasitários, antineoplásicos) F. Fármacos que atuam no SNC G. Fármacos que atuam no SNA H. Histamina e anti-histamínicos I. Agentes cardiovasculares J. Anestésicos locais K. Hipoglicemiantes BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1) ABRAHAM, D. J., ROTELLA, D. P. Burger s medicinal chemistry. 7 ed., New York: Wiley- Interscience, v. 1-8, ) BARREIRO, E. J., FRAGA, C. A. M. Química medicinal: as bases moleculares da ação dos fármacos. 2.ed. Artmed: Porto Alegre,

29 3) BRUTON, L.L.; LAZO, J.S.; PARKER, K.L. Goodman& Gilman s Pharmacological basis of therapeutics. 11 ed. New York: Mc Graw Hill s, 2009 (ed. on line). 4) DeELUCIA, R.; OLIVEIRA FILHO, R.M.; PLANETA, C.S. Farmacologia integrada. São Paulo: Revister. 3 ed ) LEMKE, T. L.; WILLIAMS, D. A. Foye s principles of medicinal chemistry. 6.ed. Lippincott Williams & Wilkins: New York, ) TRIGGLE, D.; TAYLOR, J. Comprehensive medicinal chemistry, Amsterdam: Elsevier, v.1-8, ) WERMUTH, C. G., ed. The practice of medicinal chemistry. New York:Academic,

1.1 Período das inscrições: ocorrerá em qualquer época do ano, respeitando o calendário anual de atividades da FCF/USP, até 15 de dezembro..

1.1 Período das inscrições: ocorrerá em qualquer época do ano, respeitando o calendário anual de atividades da FCF/USP, até 15 de dezembro.. Abertura de inscrições em fluxo contínuo para seleção de candidatos para o curso de mestrado, doutorado e doutorado direto do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica, nas áreas

Leia mais

Edital Abertura de inscrições para 2015 no Programa de Pós-Graduação Interunidades em NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP) para os cursos de

Edital Abertura de inscrições para 2015 no Programa de Pós-Graduação Interunidades em NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP) para os cursos de Edital Abertura de inscrições para 2015 no Programa de Pós-Graduação Interunidades em NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP) para os cursos de Mestrado, Doutorado Direto e Doutorado com título de Mestre.

Leia mais

NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP)

NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP) Abertura de inscrições para 2016 no Programa de Pós-Graduação Interunidades em NUTRIÇÃO HUMANA APLICADA (PRONUT/USP) para os cursos de Mestrado, Doutorado Direto e Doutorado com título de Mestre. 1. INSCRIÇÃO

Leia mais

l) Projeto de pesquisa elaborado pelo candidato, com anuência do futuro orientador, credenciado no Programa

l) Projeto de pesquisa elaborado pelo candidato, com anuência do futuro orientador, credenciado no Programa Abertura de inscrições para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Toxicologia e Análises Toxicológicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da Universidade de São Paulo (USP) no curso de Mestrado,

Leia mais

1. DA INSCRIÇÃO. 1.2 Horário das inscrições: das 14:00 às 17:00 horas

1. DA INSCRIÇÃO. 1.2 Horário das inscrições: das 14:00 às 17:00 horas Abertura de inscrições para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Farmácia Área de Análises Clínicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da Universidade de São Paulo (USP) para o primeiro semestre

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENERGIA IEE - USP

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENERGIA IEE - USP EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENERGIA IEE - USP 2º SEMESTRE 2014 Normas do Processo de Seleção para o Curso de Mestrado Ingresso: Junho de 2014. A Comissão Coordenadora do

Leia mais

1.1 Períodos das inscrições: a) de 02 de maio a 02 de junho de 2017, para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto.

1.1 Períodos das inscrições: a) de 02 de maio a 02 de junho de 2017, para os cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto. Abertura de inscrições para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Fármaco e Medicamentos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo para o segundo semestre de 2017, cursos de

Leia mais

O exame de ingresso na Pós-Graduação terá validade de 1 ano tomando como base a publicação deste Edital no Diário Oficial.

O exame de ingresso na Pós-Graduação terá validade de 1 ano tomando como base a publicação deste Edital no Diário Oficial. INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA Edital de Abertura de Processo Seletivo ICB-USP/PG/BMF 002/2015 A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Farmacologia

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM ENSINO DE CIÊNCIAS EM 2016 EDITAL 02/2015

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM ENSINO DE CIÊNCIAS EM 2016 EDITAL 02/2015 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS (ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: ENSINO DE FÍSICA, ENSINO DE QUÍMICA E ENSINO DE BIOLOGIA) PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS (ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: ENSINO DE BIOLOGIA, ENSINO DE FÍSICA E ENSINO DE QUÍMICA)

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS (ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: ENSINO DE BIOLOGIA, ENSINO DE FÍSICA E ENSINO DE QUÍMICA) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS (ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: ENSINO DE BIOLOGIA, ENSINO DE FÍSICA E ENSINO DE QUÍMICA) PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM ENSINO DE

Leia mais

1.3. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las no ato da inscrição.

1.3. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las no ato da inscrição. ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES Comunicado SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL 023/2015 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM SUSTENTABILIDADE MESTRADO

Leia mais

Comunicado. Local e Período de Inscrições

Comunicado. Local e Período de Inscrições Comunicado Abertura de Processo Seletivo de Ingresso no programa de Pós-Graduação em Ecologia, cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto. O Programa de Pós-Graduação em Ecologia do Instituto de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA A Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP) comunica a abertura de inscrições para o processo seletivo para ingresso no Programa

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO DOUTORADO EM EDUCAÇÃO NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2010 E PRIMEIRO DE 2011 EDITAL

Leia mais

EDITAL 04/2015 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS BOLSITAS PARA O NUPLAM

EDITAL 04/2015 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS BOLSITAS PARA O NUPLAM Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos NUPLAM EDITAL 04/2015 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS BOLSITAS PARA O NUPLAM Tendo em vista a procura por vagas

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia e Farmacologia -

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia e Farmacologia - Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia e Farmacologia - Edital de Seleção - Doutorado O Coordenador do Programa

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem Edital ATAc 24/2014 Processo Seletivo para o Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da da Universidade de São Paulo 2º semestre de 2014 A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação

Leia mais

1.4. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las, no ato da inscrição.

1.4. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las, no ato da inscrição. ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES Comunicado SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL 048/2014 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM SUSTENTABILIDADE MESTRADO

Leia mais

Edital de Seleção para o Mestrado

Edital de Seleção para o Mestrado EDITAL 025/2012 Edital de Seleção para o Mestrado A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), através de sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, faz saber que no período de 10 de dezembro de 2012

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO GERAL DE PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO GERAL DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO GERAL DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS AMBIENTAIS SELEÇÃO DA 11 a TURMA - 2015 EDITAL ABERTURA DE INSCRIÇÃO

Leia mais

EDITAL ABERTURA DE INSCRIÇÃO À SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O CURSO DE MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS AMBIENTAIS TURMA 2016

EDITAL ABERTURA DE INSCRIÇÃO À SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O CURSO DE MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS AMBIENTAIS TURMA 2016 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA PROGRAMA EM DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS AMBIENTAIS MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS AMBIENTAIS SELEÇÃO DA 12 a TURMA - 2016 EDITAL ABERTURA

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Fonoaudiológicas

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Fonoaudiológicas Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Fonoaudiológicas Edital de Seleção Nº 001/2014 Mestrado 2015 A Coordenadora do Colegiado do Programa de

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 044/2013 PROGRAMAS

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 044/2013 PROGRAMAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 044/2013 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL DE

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ENSINO EM SAÚDE NÍVEL DE MESTRADO PROFISSIONAL SELEÇÃO TURMA 2016

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ENSINO EM SAÚDE NÍVEL DE MESTRADO PROFISSIONAL SELEÇÃO TURMA 2016 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ENSINO EM SAÚDE NÍVEL DE MESTRADO PROFISSIONAL SELEÇÃO TURMA 2016 EDITAL DPPG N. 06/2015 A DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE JOSÉ DO ROSÁRIO

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais - USP Edital IRI 02/2013, de 18.04.2013. Seleção em 2013 início dos cursos em 2014

Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais - USP Edital IRI 02/2013, de 18.04.2013. Seleção em 2013 início dos cursos em 2014 Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais - USP Edital IRI 02/2013, de 18.04.2013 Seleção em 2013 início dos cursos em 2014 Estarão abertas, no período de 15 a 31 de outubro de 2013, as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MÉDICAS - PPGCM EDITAL DE SELEÇÃO DE SELEÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MÉDICAS - PPGCM EDITAL DE SELEÇÃO DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MÉDICAS - PPGCM EDITAL DE SELEÇÃO DE SELEÇÃO 2014/2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Edital 09/2011. 1. Local, período, documentação e pagamento de taxa

Edital 09/2011. 1. Local, período, documentação e pagamento de taxa Edital 09/2011 A Coordenação do Curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos desta Universidade, ouvido o Colegiado, TORNA PÚBLICA a divulgação do cronograma do processo de recrutamento, seleção

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016

Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016 Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016 A Coordenação da Pós-Graduação Ciências Médicas (PGCM-MG) da Faculdade Ciências Médicas - MG (FCM-MG)

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE APOIO AOS PÓS-GRADUANDOS Comunicado Edital- SPG/FMRP-USP- SCA-17/2015 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS

Leia mais

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA.

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO No 034/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Presidente

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 156, de 25 de maio de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto de Química,

Leia mais

1.3. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las, no ato da inscrição.

1.3. Candidatos com necessidades especiais deverão manifestá-las, no ato da inscrição. ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES Comunicado SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL ATAC 074/2015 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM SUSTENTABILIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012.

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. A Coordenação do (PGMP), no uso de suas atribuições

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL Nº 2/2014

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL Nº 2/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL Nº 2/ SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O CURSO DE MESTRADO EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Considerando as deliberações e aprovações nos Conselhos da Universidade Estadual

Considerando as deliberações e aprovações nos Conselhos da Universidade Estadual UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E SAÚDE - CELS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA EM REGIÃO DE FRONTEIRA - NÍVEL MESTRADO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Saúde

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 052/2015 PROGRAMAS

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 052/2015 PROGRAMAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 052/2015 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO. COMUNICADO Encontram-se abertas no Serviço de Pós-Graduação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 155 (complementar), de 14 de agosto de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto

Leia mais

EDITAL CPG/FZEA 06/15

EDITAL CPG/FZEA 06/15 EDITAL CPG/FZEA 06/15 PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA OS CURSOS DE MESTRADO (ME), DOUTORADO (DO) E DOUTORADO DIRETO (DD) EM ZOOTECNIA PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 05/10/2015 a 23/10/2015 NÚMERO MÁXIMO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA. EDITAL CPG-IEE005/2014 Abertura do Processo Seletivo para Mestrado e Doutorado para

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA. EDITAL CPG-IEE005/2014 Abertura do Processo Seletivo para Mestrado e Doutorado para UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA EDITAL CPG-IEE005/2014 Abertura do Processo Seletivo para Mestrado e Doutorado para Ingresso no Programa de Pós-Graduação em Energia do Instituto de Energia

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO 1º SEMESTRE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO 1º SEMESTRE 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO 1º SEMESTRE 2014 Normas do Processo de Seleção para os Cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto do Programa de Pós-Graduação em Energia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA EDITAL 2015/01

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA EDITAL 2015/01 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA EDITAL 2015/01 O DIRETOR DO INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, CONSIDERANDO

Leia mais

DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL 016/2015 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO (PPTUR) MESTRADO

DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL 016/2015 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO (PPTUR) MESTRADO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES Comunicado SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO EACH /USP EDITAL 016/2015 CPG ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM TURISMO (PPTUR) MESTRADO

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - No 033/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA MESTRADO A Presidente da Comissão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM.BIOLOGIA MOLECULAR E GENÉTICA EDITAL Nº 0013/2014. A e a Coordenação do Curso de Especialização em Biologia Molecular e Genética, na modalidade a distância, tendo em vista a

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº. 016/2015 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CURSO DE MESTRADO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE EDITAL EXAME DE SELEÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CURSO DE MESTRADO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE EDITAL EXAME DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CURSO DE MESTRADO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE EDITAL EXAME DE SELEÇÃO turma 2011 (Publicado em 12/08/2010) A Coordenação do

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA (PPGGER) - MESTRADO

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA (PPGGER) - MESTRADO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO - EACH/USP EDITAL EACH/CPG04/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA (PPGGER) - MESTRADO 1. Da

Leia mais

Saúde Coletiva: Profissionais da área da saúde ou de outras áreas que possam desenvolver projetos inseridos nas linhas de pesquisa do programa.

Saúde Coletiva: Profissionais da área da saúde ou de outras áreas que possam desenvolver projetos inseridos nas linhas de pesquisa do programa. Programa de Mestrado em Odontologia da Universidade do Sagrado Coração (USC) EDITAL 02/2015 Homologado pelo Conselho de Pós-Graduação em 27 de janeiro de 2015 A Universidade do Sagrado Coração (USC) por

Leia mais

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016.

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Estarão abertas, nos dias 20, 21 e 22/01/2016, as inscrições para

Leia mais

seletivo para ingresso no 1 0 semestre de 2015 no curso de mestrado em Geotecnia, oferecido pela

seletivo para ingresso no 1 0 semestre de 2015 no curso de mestrado em Geotecnia, oferecido pela ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS Edital de abertura do Processo Seletivo para ingresso na Pós-Graduação em Geotecnia A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Geotecnia da Escola de Engenharia

Leia mais

EDITAL Nº 003, de 30 de março de 2012

EDITAL Nº 003, de 30 de março de 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº 003, de 30 de março de 2012 A Pró-Reitoria de

Leia mais

DOUTORADO EM SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE 2010 (com alteração na aplicação da prova de inglês)

DOUTORADO EM SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE 2010 (com alteração na aplicação da prova de inglês) DOUTORADO EM SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE 2010 (com alteração na aplicação da prova de inglês) COORDENAÇÃO: Dr. Sergio Koifman (koifman@ensp.fiocruz.br) Dr. Aldo Pacheco Ferreira (aldoferreira@ensp.fiocruz.br)

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Faculdade de Ciências Farmacêuticas Câmpus de Araraquara EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Estarão abertas no período de 03 a 23/11/2015 na Seção Técnica de Pós-

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 010/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA PARA A A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Acre em associação

Leia mais

2.4 Carta do professor ou pesquisador orientador do Estágio Probatório dirigida à Comissão de Seleção. Na carta devem constar:

2.4 Carta do professor ou pesquisador orientador do Estágio Probatório dirigida à Comissão de Seleção. Na carta devem constar: EDITAL Nº 470 de Acesso ao Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Saúde Mental - 1º SEMESTRE de 2015 A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Saúde Mental

Leia mais

Edital Processo Seletivo 2016 no Programa de Pós-Graduação do ITAL

Edital Processo Seletivo 2016 no Programa de Pós-Graduação do ITAL Edital de abertura de inscrições para o Processo Seletivo 2016 de candidatos ao Mestrado stricto sensu em Ciência e Tecnologia de Alimentos do Instituto de Tecnologia de Alimentos () O Comitê do Programa

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006) Centro de Ciências do Homem CCH

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006) Centro de Ciências do Homem CCH 1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006) Centro de Ciências do Homem CCH Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro UENF EDITAL

Leia mais

NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA/QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC

NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA/QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA/QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC O curso de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia/Química da Universidade Federal do ABC (UFABC) está

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº. 26/2015 PPG/CPG/UEMA

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº. 26/2015 PPG/CPG/UEMA Centro de Ciências Agrárias Programa de Pós-Graduação Curso de Mestrado em Ciência Animal PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº. 26/2015 PPG/CPG/UEMA PROGRAMA

Leia mais

EDITAL N.º 204/2015. 1.3 Serão consideradas recebidas as inscrições que forem enviadas até as 23h59min do dia 30/09/2015.

EDITAL N.º 204/2015. 1.3 Serão consideradas recebidas as inscrições que forem enviadas até as 23h59min do dia 30/09/2015. PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - MESTRADO - UNIPAMPA - PRIMEIRO SEMESTRE/2016 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº.047/2015 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP FACULDADE DE EDUCAÇÃO Faculdade de Educação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL (DINTER) EM EDUCAÇÃO FE-USP/UFPI

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNESP CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL-56/2011-DDTA A Diretoria da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia UNESP Campus de Botucatu, torna público que estarão

Leia mais

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima.

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº

Leia mais

II TERMO ADITIVO AO EDITAL Nº 037/2015-UEPA

II TERMO ADITIVO AO EDITAL Nº 037/2015-UEPA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA PARASITÁRIA NA AMAZÔNIA II TERMO ADITIVO AO EDITAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - MESTRADO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - TURMA 2015

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - MESTRADO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - TURMA 2015 - 1 - FACULDADE DE FARMÁCIA - COORDENAÇÃO DO PPG CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS CAMPUS UNIVERSITÁRIO - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-330 TELEFONE (32) 2102-3893 E-MAIL: ppg.cienciasfarmaceuticas@ufjf.edu.br EDITAL

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CLÍNICA CIRÚRGICA

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CLÍNICA CIRÚRGICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE APOIO AOS PÓS-GRADUANDOS Comunicado Edital-SPG/FMRP-USP-CC/03/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA EEL/USP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL - PPGBI

ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA EEL/USP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL - PPGBI ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA EEL/USP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL - PPGBI EDITAL PARA A SELEÇÃO DE MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO Encontram-se abertas na EEL-USP as inscrições

Leia mais

PROCESSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO E ADMISSÃO DE ALUNOS REGULARES PARA O CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ANO 2014-1º SEMESTRE LETIVO

PROCESSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO E ADMISSÃO DE ALUNOS REGULARES PARA O CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ANO 2014-1º SEMESTRE LETIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil EDITAL DPPG N O 73/2014 de 21 de fevereiro

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO EESC-USP EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrições PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS PPGEL

Edital de Abertura de Inscrições PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS PPGEL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Autorizada pelo Decreto Federal Nº 77.496 de 27/04/76 Reconhecida pela Portaria Ministerial Nº 874/86 de 19/12/86 PRÓ-REITORIA REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2007

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2007 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2007 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA/2007 HOSPITAL ESCOLA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ DA ASSOCIAÇÃO DE INTEGRAÇÃO SOCIAL

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011

EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011 EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011 Inscrições: 03 de novembro a 19 de novembro de 2010 Informações: Centro de Estudos do Hospital SOCOR Tel.: (31) 3330.3093 CODI

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REPRODUÇÃO, SANIDADE E BEM-ESTAR ANIMAL. (MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO) SELEÇÃO TURMA 2014/2015

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REPRODUÇÃO, SANIDADE E BEM-ESTAR ANIMAL. (MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO) SELEÇÃO TURMA 2014/2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REPRODUÇÃO, SANIDADE E BEM-ESTAR ANIMAL. (MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO) SELEÇÃO TURMA 2014/2015 EDITAL DPPG N. 09/2013 A DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 207 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015

EDITAL Nº 207 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS EDITAL

Leia mais

EDITAL 001/2015 PPGEC-UFSC PROCESSO SELETIVO 2015

EDITAL 001/2015 PPGEC-UFSC PROCESSO SELETIVO 2015 Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PRPG EDITAL 001/2015 PPGEC-UFSC PROCESSO SELETIVO 2015 A Coordenadoria do PPGEC - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Engenharia de Transportes

Programa de Pós Graduação em Engenharia de Transportes EDITAL Nº 03/2015 PTR/EPUSP PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES PARA O ANO LETIVO DE 2016 O Programa de Pós Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura Gerência de Pós-Graduação

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura Gerência de Pós-Graduação UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura Gerência de Pós-Graduação EDITAL 01/2014 Mestrado Interinstitucional (MINTER) do Programa de Pós-Graduação Stricto

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE USP EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM CIÊNCIAS (PROGRAMA: EDUCAÇÃO FÍSICA)

ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE USP EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM CIÊNCIAS (PROGRAMA: EDUCAÇÃO FÍSICA) ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE USP EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO EM CIÊNCIAS (PROGRAMA: EDUCAÇÃO FÍSICA) 1 Das Inscrições No período de 18 a 22 de novembro de 2013, de segunda a sexta-feira,

Leia mais

Edital de seleção para ingresso no Mestrado em Educação Física e Esporte da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto/USP

Edital de seleção para ingresso no Mestrado em Educação Física e Esporte da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto/USP Edital de seleção para ingresso no Mestrado em Educação Física e Esporte da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto/USP 1) Das inscrições As incrições para o processo de seleção de candidados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Página1 EDITAL Nº 007/2013 Processo Seletivo para Doutorado em Neurociência e Cognição Quadrimestre 2013.3 (ano e quadrimestre) O Curso de Pós-Graduação em Neurociência e Cognição da Universidade Federal

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Instituto Multidisciplinar em Saúde

Universidade Federal da Bahia Instituto Multidisciplinar em Saúde Edital 2013 PROGRAMA MULTICÊNTRICO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS- SBFIS Edital de Seleção para Mestrado e Doutorado A Coordenadora local do Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE APOIO AOS PÓS-GRADUANDOS Comunicado Edital- SPG/FMRP-USP-FI/07/2015 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG EDITAL Nº. 06/2015 PPG/CPG/UEMA

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG EDITAL Nº. 06/2015 PPG/CPG/UEMA EDITAL Nº. 06/2015 PPG/CPG/UEMA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE, AMBIENTE E SAÚDE A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Maranhão (PPG/UEMA) torna público, para

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL PG/09/2015/FMVZ/USP

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL PG/09/2015/FMVZ/USP FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL PG/09/2015/FMVZ/USP A Comissão de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo comunica que, no Serviço

Leia mais

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor Titulação: Aprimoramento e Especialização Supervisora: Drª Sonia Lucena Cipriano Características: (duração 12 meses) Dirigido a farmacêuticos,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG EDITAL Nº. 09/2014 PPG/CPG/UEMA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE, AMBIENTE

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006)

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006) Área de Concentração: Sociologia Política PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (Recomendação CAPES CTC/CAPES nº 458/11, em 14/07/2006) Centro de Ciências do Homem - CCH Universidade Estadual

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Instituto Multidisciplinar em Saúde

Universidade Federal da Bahia Instituto Multidisciplinar em Saúde Edital 01/2015 PROGRAMA MULTICÊNTRICO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS- SBFIS Edital de Seleção para Mestrado e Doutorado O Pró-Reitor de Ensino de Pós-Graduação da Universidade Federal da Bahia

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico Etec: Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 9 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

EDITAL Nº 01 DE 24 DE JANEIRO DE 2014

EDITAL Nº 01 DE 24 DE JANEIRO DE 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS EDITAL Nº 01 DE 24 DE JANEIRO

Leia mais

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 A Coordenação do FAZ SABER que no período de 10 de setembro a 19 de outubro de 2012 estarão abertas as inscrições

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Arquitetura Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - NPGAU

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Arquitetura Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - NPGAU Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Arquitetura Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - NPGAU Edital de Seleção 2016 MESTRADO A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura

Leia mais

EDITAL 003/2011 Processo de Seleção de Mestrado e Doutorado (Ingresso em 2012)

EDITAL 003/2011 Processo de Seleção de Mestrado e Doutorado (Ingresso em 2012) EDITAL 003/2011 Processo de Seleção de Mestrado e Doutorado (Ingresso em 2012) A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Estadual de Ponta Grossa torna público o presente

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Aplicadas à Cirurgia e à Oftalmologia

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Aplicadas à Cirurgia e à Oftalmologia Página 1 de 5 Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências Aplicadas à Cirurgia e à Oftalmologia Edital de Seleção 2014 Mestrado e Doutorado O Coordenador

Leia mais

EDITAL 008/2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NÍVEL MESTRADO

EDITAL 008/2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NÍVEL MESTRADO EDITAL 008/2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NÍVEL MESTRADO A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), por meio de sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), faz saber

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA MESTRADO ACADÊMICO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA MESTRADO ACADÊMICO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA MESTRADO ACADÊMICO Edital 01/2010 Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula

Leia mais

EDITAL N 01/PPGEA/2015

EDITAL N 01/PPGEA/2015 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU - FURB CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL PPGEA Doutorado em Engenharia Ambiental EDITAL N 01/PPGEA/2015

Leia mais