SOFTWARES CAD 3D RESUMO. Palavras-Chave: criação; elaboração; adquirir; software; produtos; CAD 3D. ABSTRACT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOFTWARES CAD 3D RESUMO. Palavras-Chave: criação; elaboração; adquirir; software; produtos; CAD 3D. ABSTRACT"

Transcrição

1 MBA Gestão de Projetos 2010 SOFTWARES CAD 3D Conhecimento e aquisição de um software CAD 3D para empresas de projetos, engenharia e gerenciamento. Manoel Alves Moreira Palharini Neto Faculdade Anhanguera de Campinas unidade 3 RA: Profa. Katia Duarte Orientadora RESUMO Adquirir, implantar e conhecer um software CAD 3D é uma tarefa difícil para as empresas de projetos, engenharia e gerenciamento, pois envolve a criação de planos de ações considerando conceitos, teorias, reflexões e acima de tudo o uso do bom senso na hora de escolher o software certo para a elaboração e criação de seus produtos. O conteúdo deste artigo tem por finalidade dar apoio a empresas e fornecer um conteúdo, onde as mesmas possam conseguir informação que as direcionem na tomada de decisão. Palavras-Chave: criação; elaboração; adquirir; software; produtos; CAD 3D. ABSTRACT Acquiring, deploying and knowing a CAD 3D software is a very hard work for project, engineering and management companies, since it involves the elaboration of action plans taking into account concepts, theories, reflections and, above all, the use of good sense to choose the appropriate software for elaborating and creating their products. The content of this article has for purpose to give to support the companies and to supply a content, where the same ones can obtain information directs that them in the decision taking. Keywords: creation; elaboration; acquire; software; products; CAD 3D. Anhanguera Educacional S.A. Correspondência/Contato Alameda Maria Tereza, 2000 Valinhos, São Paulo CEP Coordenação Instituto de Pesquisas Aplicadas e Desenvolvimento Educacional - IPADE Artigo Original Recebido em: 13/03/2010 Avaliado em: 13/03/2010 1

2 2 Softwares CAD 3D 1. INTRODUÇÃO A proposta deste artigo é apresentar uma metodologia diversificada de recursos dos softwares CAD 3D e mostrar os benefícios que a aquisição dos mesmos, pode trazer para empresas de projetos, engenharia e gerenciamento. Atualmente, observa-se que as empresas não possuem profissionais com informações suficientes para avaliar e adquirir esta tecnologia, isto se dá devido ao fato de que as empresas fabricantes são as únicas que disponibilizam literatura sobre os softwares. Como as empresas interessadas em tal tecnologia devem proceder na hora da escolha de um software CAD 3D, pois existem várias opções disponíveis no mercado atualmente, para isso foi elaborada uma metodologia de aquisição. Este autor apresenta uma série de procedimentos desenvolvidos para auxiliar as empresas no processo de compra de software CAD 3D. Este artigo propõe que a contratação de uma consultoria com profissionais capacitados e com experiência nesta área pode ajudar na hora da escolha, pois se trata de um software caro e como tal uma decisão difícil para a empresa. Este artigo demonstra que em um mundo tão globalizado e competitivo, as empresas de projetos, engenharia e gerenciamento buscam forma de se manter atualizadas para criar produtos, projetos e serviços de alta qualidade com redução de custos. Apresenta os avançados recursos que compõem os softwares CAD 3D, a necessidade ou não de se contratar uma consultoria e os benefícios que a aquisição desta tecnologia pode trazer para as empresas. O Software CAD 3D é uma ferramenta que amplia a capacidade de criar e explorar o projeto completo antes mesmo que ele seja construído. É Através do software CAD 3D que é extraído um modelo digital 3D, permitindo assim ao usuário obter uma representação do produto final ajudando engenheiros a aperfeiçoar o projeto, visualizando e simulando seu produto, tornando menor a dependência de protótipos físicos, que eleva o custo de seu projeto e de sua fabricação e conseqüentemente aumentando suas vantagens competitivas. Espera-se que a elaboração deste artigo de aquisição Software CAD 3D possa auxiliar as empresas deste segmento a fazerem a escolha certa. O conteúdo deste artigo tem por finalidade dar apoio a empresas e fornecer um conteúdo, onde as mesmas possam conseguir informação que as direcionem na tomada de decisão.

3 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 3 2. METODOLOGIA O método usado na pesquisa é o qualitativo, pois é descritiva e se preocupa com a natureza da atividade e em descrevê-la, sem realizar medições ou métodos estatísticos. A priori foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o assunto software CAD 3D para fins de fundamentação teórica. Após a definição do método, foi realizada uma abordagem profunda sobre os benéficos da aquisição dos softwares CAD 3D para as empresas de engenharia. Através da identificação desses benefícios, foi possível elaborar um processo de avaliação dos softwares CAD 3D através de tabelas qualitativas que auxiliam os leitores deste artigo na avaliação da melhor opção de software CAD 3D para o segmento de empresas de engenharia. 3. REFERÊNCIAL TEÓRICO 3.1 Software CAD 3D Segundo AUTODESK (2010), existem dez razões para que as empresas de qualquer engenharia utilizem os softwares 3D: prototipagem digital; interoperabilidade AutoCAD e DWG; projeto mecânico 3D; atualizações automáticas de desenhos e vistas; automação de projetos; visualização de estado da arte; lista de materiais automática (BOM); simulação integrada a análise de tensões; rotas de tubulação e cabeamento elétrico e gerenciamento de documentos de engenharia integrados e são estas razões acima que justificam a necessidade de se elaborar um artigo que oriente as empresas no processo de compra de um software CAD 3D Prototipagem Digital Prototipagem digital permite a engenheiros, projetistas e profissionais ligados a engenharia desenvolver trabalhos em 3D obtendo a exata noção de como seu produto, equipamento e/ou projeto ficará antes mesmo deles serem construídos. Este recurso possibilita aos profissionais a capacidade de interpretar melhor seu trabalho, uma vez que estará vendo na tela de um computador o projeto como ele será antes de construí-lo, conforme figura 1.

4 4 Softwares CAD 3D Figura 1 Protótipo Digital desenvolvido em um software CAD 3D. Fonte: SolidWorks Corporation Interoperabilidade 2D/3D Antes de tudo, os primeiros trabalhos computadorizados de engenharia foram feitos em softwares 2D, ou seja, softwares bidimensionais. Software bidimensional tem em sua essência a forma de trabalho em dois eixos, por exemplo, X, Y e não transmitem uma noção de profundidade. O software de essência bidimensional mais conhecido em todo o mundo é o AutoCAD, desenvolvido pela empresa americana Autodesk. Desde 1982 empresas dos mais diversos segmentos da engenharia utilizam a plataforma DWG, que é a extensão dos arquivos gerados pela maioria dos softwares 2D e tornou-se a extensão padrão mundial devido à grande penetração de mercado que o AutoCAD adquiriu em todo o mundo. Interoperabilidade 2D/3D é o grau de capacidade que um software CAD 3D tem de interagir com a base de dados em 2D no formato DWG existente dentro de uma empresa de projetos. Este recurso se faz necessário, pois quanto maior for o aproveitamento da base de dados menor será o tempo de desenvolvimento e os custos do projeto, tornando a empresa mais competitiva, pois realizará os projetos com maior velocidade Atualizações automáticas de desenhos e vistas Um software CAD 3D tem entre suas funcionalidades essenciais o recurso de atualização automática de vistas de desenhos, ou seja, sempre que uma modificação é realizada no

5 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 5 projeto 3D, como por exemplo a mudança de localização de um furo em uma chapa de aço, elas são automaticamente transferidas para as vistas de desenho. Estas vistas de desenho fazem parte do documento que é enviado para a fabricação e montagem do equipamento projetado em 3D Automação de projetos Automação de projetos é a maneira mais inteligente de desenvolver projetos com características semelhantes no menor espaço de tempo com a máxima qualidade. Isso ocorre por que na automação de projetos são definidos conceitos e regras que servem de orientação para a execução do projeto e serão obedecidos durante todas as fases do projeto. Um exemplo de regra é controlar o peso, a altura ou o comprimento de um equipamento, conforme figura 2, definido este critério logo no começo do projeto o projetista estará sempre balizado por estas informações atendendo assim a premissas de projetos pré-estipulados. Figura 2: Automação de projetos. Fonte: SolidWorks Corporation Visualização do Estado da Arte Recursos de renderização estão cada vez mais em evidência dentro do conceito de realismo que os softwares CAD 3D permitem.

6 6 Softwares CAD 3D Renderização é a capacidade que um aplicativo incorporado a um software CAD 3D tem de realizar um tratamento estético a um protótipo digital em 3D, proporcionando ao mesmo o máximo de realismo. Os protótipos digitais 3D podem ser os mais variados como, por exemplo: máquinas, produtos (embalagem de perfume, batons, máquina fotográfica), áreas industriais (terreno ou prédio de uma nova fábrica). Um exemplo de protótipo digital é apresentado na figura 3. Figura 3: Protótipo digital 3D de uma máquina com trabalho de renderização. Fonte: SolidWorks Corporation Lista de Materiais Automática (BOM) Quando um engenheiro executa um projeto ele emite um documento em especial, este documento é a lista de equipamentos que compõe seu projeto, esta lista apresenta os principais campos, são eles: Item: Posição que o equipamento encontra-se no desenho de projeto, ex: 01, 02, 03, 04, 05; Nome: Nome dado a um determinado equipamento, ex: Motor; Descrição: Descrição técnica que melhor identifica o equipamento, ex: WEG/22 PLUS / 150 CV/ 4 Pólos / 220/760V / Trifásico; Quantidade: Número de unidades do equipamento utilizado no projeto pode ser por unidade, por peso, por comprimento, etc. Ex: 20 Unidades, 50 metros, 30 Kilos. Quando um engenheiro utiliza um software CAD 3D, este documento é extraído de forma automática, pois o software identifica todos os equipamentos que estão contidos dentro do projeto e gera um novo arquivo no formato *.xls ou *.txt.

7 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 7 Tanto o arquivo formato *.xls quando o*.txt são utilizados por qualquer departamento, como por exemplo, Suprimentos através do software Microsoft Office Excel. Este recurso é fundamental para um profissional da área de engenharia, pois além de gerar a lista de equipamentos de forma automática, é um procedimento preciso que elimina possíveis erros de digitação ao criar uma lista manualmente. Quando um engenheiro comete um erro de digitação na lista de equipamentos, este erro pode ocasionar uma compra indevida de equipamentos ou uma ausência, pois o equipamento pode não constar na lista Simulação Integrada a Análise de Tensões Simulação Integrada à análise de Tensões é uma ferramenta de análise baseada em uma técnica numérica chamada de Análise de Elementos Finitos ou FEA. Em termos matemáticos, FEA também é conhecido como Método de Elementos Finitos, está é uma técnica numérica para resolução de problemas de campo descritos por uma série de equações diferenciais parciais. Este tipo de problema é encontrado em muitas disciplinas de engenharia, tais como, projeto de máquinas, eletromagnetismo, acústica, mecânica dos solos e dinâmica de fluidos dentre outros. Em engenharia mecânica o FEA é amplamente utilizado para resolver problemas estruturais, de vibrações e térmicos. Um exemplo de FEA é demonstrado na figura 4. Figura 4: Resultado gráfico de deformação no protótipo digital 3D após simulação. Fonte: SolidWorks Corporation

8 8 Softwares CAD 3D FEA não é a única ferramenta disponível para análise numérica, outros métodos numéricos são utilizados em engenharia, tais como, o Método de Diferenças Finitas, o Método de Elementos de Contorno ou ainda o Método de Volumes Finitos. Contudo devido à versatilidade e a alta eficiência numérica, FEA tem se tornado dominante no mercado de análise de engenharia, enquanto os outros métodos têm sido utilizados por nichos de aplicações específicas. Usando FEA nós podemos analisar qualquer forma, usando várias maneiras para idealizar geometria e produzir resultados com a precisão desejada. Teoria de FEA, formulação numérica e métodos de solução tornam-se completamente transparentes para os usuários quando uma análise é implementada utilizando-se modernos softwares comerciais como o Simulation. Sem considerar a complexidade do projeto ou o campo de aplicação, os passos fundamentais em projetos de FEA, tais como, análise estrutural, térmica ou acústica, são sempre os mesmos. O ponto de partida para qualquer análise é o modelo geométrico, que é desenvolvido no software CAD 3D na qual o recurso de simulação esta incorporado. Quando se trabalha com elementos finitos o programa de resolução (solver) do FEA aproxima a solução desejada (por exemplo, deformação ou tensão) para todo o modelo por um conjunto de simples soluções individuais para cada elemento. Da perspectiva do software de FEA cada aplicação da ferramenta requer três passos, são eles: Pré-processamento: O tipo de análise (estática, térmica, de freqüência), propriedades do material, carregamentos e restrições são definidos e o modelo é dividido em elementos finitos; Solução: Resolução através do software de cálculo (solver) e Pósprocessamento: Análise dos resultados Rotas de Tubulação e Cabeamento elétrico Quando uma empresa de engenharia desenvolve um projeto com sua equipe, naturalmente várias disciplinas estão envolvidas, dentre elas é possível citar algumas como, por exemplo: mecânica, elétrica, tubulação, civil, instrumentação e etc. Dentro dessa visão de trabalho de uma equipe multidisciplinar, é possível destacar um recurso muito importante em um software CAD 3D, o recurso de Rotas de Tubulação e cabeamento elétrico. Enquanto a disciplina de mecânica desenvolve e posiciona seus equipamentos, a de tubulação cria rotas de tubulação e a de elétrica cria os cabeamentos elétricos. A integração entre essas disciplinas dentro de um único sistema faz com que os erros de projetos devido a possíveis modificações e interferências possam ser

9 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 9 minimizados e corrigidos durante o processo de desenvolvimento do projeto, principalmente para as disciplinas de tubulação e elétrica que dependem exclusivamente das disciplinas de civil e mecânica para definir a melhor rota de tubos e cabos Gerenciamento de documentos de engenharia integrados Gerenciamento de documentos de engenharia, também conhecido como PDM (Product Data management) é um sistema provido por quatro funções básicas: Pesquisa e classificação de arquivos; Controle de mudanças e compartilhamento; Segurança de dados e revisões e Rastreamento de referências. O gerenciamento de documentos de engenharia é feito por um software incorporado ao software CAD 3D, permitindo aos usuários trabalharem totalmente integrados, os principais benefícios ao utilizar este recurso são: Colaboração dos documentos de engenharia em grupo; Controle de acesso de usuários aos documentos de engenharia; Sistema inteligente de busca de documentos de engenharia; Controle de revisão do projeto e Geração de relatórios. A metodologia de trabalho com gerenciamento de documentos de engenharia é a seguinte: Arquivos estão armazenados em um cofre ; Usuários possuem permissão para acessar este cofre ; Usuários fazem uma cópia (Check-out) de um arquivo ou parte de um projeto para o disco local de acordo com sua permissão de acesso ao cofre ; Usuários trabalham com os arquivos locais, em seus desktops; Usuários devolvem os arquivos para o cofre (check-in), o cofre compara os arquivos e só substitui os que foram modificados e alteram a revisão do documento, criando um histórico de revisão e todos os arquivos são removidos do disco local, conforme figura 5. Figura 5: Metodologia de trabalho com gerenciamento de documentos de engenharia. Fonte: SolidWorks Corporation.

10 10 Softwares CAD 3D 3.2 Empresas de engenharia e projetos Industriais De acordo com a revista O Empreiteiro (2010) as empresas de projetos, engenharia e gerenciamento do Brasil atuam em: obras rodoviárias, usinas hidrelétricas, linhas de transmissão, obras de saneamento, obras portuárias, obras ferroviárias, usinas nucleares, plataformas offshore, instalações petrolíferas, petroquímicas, pontes e viadutos, aeroportos, oleodutos, gasodutos, telecomunicações, obras metroviárias, siderúrgica e metalurgia, plantas industriais (fábricas), gerenciamento de obras, estudos de viabilidade econômica, projetos de arquitetura, planejamento urbano. Segundo a revista O Empreiteiro (2010) as empresas de projetos, engenharia e gerenciamento celebraram o 6º ano consecutivo de expansão e as 40 maiores empresas que servem de amostragem representativa do segmento viram sua receita bruta de serviços crescerem 6,39%, chegando a R$ 6, 65 bilhões em ANÁLISE DOS RESULTADOS 4.1 Identificando as necessidades Antes de iniciar a compra de um Software CAD 3D é de fundamental importância que sejam identificadas quais necessidades serão atendidas com a aquisição do software, muitas vezes é aconselhável que as empresas deste segmento contratem uma consultoria, para que a mesma possa auxiliá-los na escolha do software que melhor irá atender suas expectativas e acima de tudo satisfazer atender a suas necessidades. O levantamento das necessidades varia de empresa para empresa e uma consultoria experiência pode tornar esta etapa menos complexa e mais realista com o que cada empresa realmente pretende atingir com a compra de um Software CAD 3D. Alguns exemplos de necessidades que as empresas desejam ser atendidas com a compra do Software CAD 3D são: redução de custos de projeto que esta atrelado diretamente com o tempo de desenvolvimento do projeto e o excesso de retrabalho que envolvem produtos mau projetados, desenvolvimento de projetos inovadores e gerenciamento de projetos com inteligência e segurança. A tabela 1 apresenta o formulário Identificação das Necessidades.

11 Tabela 1 Identificação das necessidades. Manoel Alves Moreira Palharini Neto 11 Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia Para o preenchimento deste documento é necessário atenção para as necessidades específicas de cada empresa, tais como: custo, recursos, tempo de aprendizado, suporte técnico, idioma, etc. A necessidade específica tempo de aprendizado citado acima é um exemplo claro de preocupação da maioria das empresas, pois elas estarão preocupadas se ao comprar um software sua equipe levará uma semana, um mês ou um ano para assimilar a nova tecnologia e assim ter capacidade de desenvolver os projetos de maneira produtiva. Por esse motivo o tempo de aprendizado esta diretamente relacionada com aspectos como fornecedor com equipe de profissionais certificados e competente para dar treinamento e serviço de suporte técnico disponível das mais diversas maneiras como , telefone, chat on-line e etc. Estes aspectos serão posteriormente abordados como parte fundamental deste artigo. Após o preenchimento correto deste documento, o profissional responsável pelas aquisições direcionará seus esforços para procurar no mercado soluções que o atendam melhor. Toda reunião seja com fornecedor, equipe interna, consultoria deverá ser registrada em ata. A tabela 2 ilustra o formulário Ata de Reunião, o mesmo deverá ser utilizado em todas as etapas do projeto.

12 12 Softwares CAD 3D Tabela 2 Ata de Reunião. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia 4.2 Avaliação Inicial Identificadas as necessidades e obtidas às informações básicas, seja através de uma consultoria ou pelo trabalho interno dos colaboradores da empresa, inicia-se a etapa de apresentação e demonstração dos softwares CAD 3D, nesta etapa, dependendo do tempo disponível para avaliação do produto a empresa pode optar por dois tipos de demonstração, que podem ser genérica ou específica.

13 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 13 A demonstração genérica enfatiza os principais recursos do software e é destinada a empresas que não possuem conhecimento sobre o assunto, ela antecipa a demonstração específica que deverá ser agendada posteriormente. A demonstração específica enfatiza recursos que vão de encontro com as necessidades da empresa que esta avaliando o produto, para isso um contato técnico inicial por parte do fornecedor do software CAD 3D deverá ser feito para obtenção de maiores informações sobre os projetos desenvolvidos pela empresa em questão. O formulário Informações Essenciais sobre software CAD 3D, apresentado na tabela 3 deverá ser utilizado nesta etapa. Ele aborda informações importantes como: Preço da licença de uso, Hardware necessário, tempo de mercado, entre outras. Estas informações serão essenciais para excluir ou manter um software no processo de avaliação da empresa, pois são de extrema importância para o próxima passo deste artigo. Tabela 3 Informações Essenciais sobre software CAD 3D Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia 4.3 Tomada de decisão Inicial O processo de aquisição de um software CAD 3D envolve várias etapas de tomada de decisão, a primeira fase é logo após o recebimento das informações básicas do software e realização das demonstrações básicas ou específicas, conforme descrito no item 4.2 deste artigo.

14 14 Softwares CAD 3D Com base neste conteúdo é recomendada a utilização de um método de tomada de decisão para que um filtro seja feito e produtos que não atendam as necessidades ou objetivos essenciais sejam eliminados da avaliação. O autor deste artigo utiliza e recomenda o método de KEPNER & TROGOE (1976) como ferramenta de tomada de decisão, conforme documento planilha de avaliação método KEPNER & TREGOE deste artigo. A parte superior deste documento, destacada por um retângulo em vermelho é preenchida nesta fase, com as informações obtidas até o momento, ao preencher os critérios de avaliação de varia de empresa para empresa, os softwares em avaliação deverão atende-las, ou serão eliminados do processo de avaliação. Neste documento consideramos um máximo de quatro opções de software para avaliação,visto que estas opções são mais do que suficiente para que as empresas tenham um comparativo de qual software comprar. Tabela 4 Planilha de Avaliação Método KEPNER e TREGOE. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia Os campos que devem ser preenchidos nesta fase são: objetivo, critérios, e as opções de software em avaliação, após este preenchimento faça uma avaliação interna e elabore o resultado aprovado ou reprovado e siga os testes apenas com os softwares que obtiveram os resultados aprovados. A contratação de uma consultoria experiente e capacitada dará mais segurança às empresas durante todo o processo de avaliação e ao contratá-la a consultoria estará

15 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 15 presente em todas as fases e reuniões dando todo o suporte necessário ao processo de compra do software CAD 3D. 4.4 Avaliação Final A avaliação final é composta por um projeto piloto previamente detalhado e documentado com o objetivo que se deseja alcançar. O projeto piloto é a realização prática de um processo que permite as empresas avaliar a capacidade técnica dos seus possíveis fornecedores. Nesta etapa é possível identificar o grau de capacidade que os fornecedores têm com relação a treinamento, suporte técnico e também a capacidade que o software tem de atender as necessidades de projeto de cada empresa atreladas aos recursos financeiros necessários para atender essas necessidades, ou seja, qual a instalação física (hardware) necessário para que os engenheiros e projetistas desempenhem suas funções com a qualidade desejada. Estes são parâmetros que devem ser usados na realização de um projeto piloto, mas não estão limitados somente a estes, cada empresa poderá definir novos parâmetros e incluímos no processo de acordo com cada necessidade específica. A tabela 5 demonstra o formulário Informações Sobre Implantação e Suporte Técnico, o mesmo deverá ser utilizado nesta etapa e sendo claro, tanto para o cliente, quanto para o fornecedor.

16 16 Softwares CAD 3D Tabela 5 Informações sobre Implantação e Suporte Técnico. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia A tabela 6 demonstra o formulário Descritivo do projeto Piloto, o mesmo deverá ser utilizado nesta etapa e sendo claro, tanto para o cliente, quanto para o fornecedor. Neste formulário, informações como número de pessoas que participarão do projeto piloto, custo do treinamento, disponibilidade de suporte técnico e tempo de avaliação deverão ser mencionados, pois após a realização do projeto piloto será definido o software que será comprado.

17 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 17 Tabela 6 Descritivo Projeto Piloto. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia

18 18 Softwares CAD 3D 4.5 Tomada de decisão final Para realizar a etapa de Tomada de decisão final o documento Planilha de avaliação Método KEPNER & TREGOE demonstrado na tabela 4 deste artigo, deverá ser concluído e utilizado como auxílio na decisão final. Tabela 4 Planilha de Avaliação Método KEPNER e TREGOE. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia Os campos a serem preenchidos nesta fase são: desejos, peso, comentários, nota, resultado final, os softwares com maior pontuação são aqueles que mais atenderam as necessidades e desejos do cliente. Após o preenchimento do campo desejo, que deverá ser feito do mais relevante para o menos relevante, a empresa deverá dar pesos para cada um deles e em seguida adicionar comentários relevantes e a nota dada para um fornecedor/software específico. Por exemplo, para uma empresa X o desejo mais importante é o suporte técnico, então é associado a este desejo o peso são 10,0. Quando ela avaliou um fornecedor Y a empresa deu uma nota 7,0 acrescentando o comentário que nem todas as chamadas de suporte técnico foram respondidas num prazo menor que 8 horas, o que para esta empresa é essencial, então a nota para este desejo foi de 70,0. Como foi mencionado, desejos e critérios variam de empresa para empresas, mas com um único objetivo, fazer com que a escolha seja a mais acertada possível. Com essas informações o profissional que esta a frente do projeto emite o parecer final e o apresenta a diretoria da empresa patrocinador que esteve ciente e apoiou este

19 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 19 projeto desde o início. utilizado nesta etapa. A tabela 7 apresenta o documento Parecer final, que deverá ser Os parâmetros utilizados como referência para o parecer final variam de empresa para empresa, mas foram identificados e documentados durante todo processo de avaliação em especial na execução do projeto piloto, fase anterior a esta. Tabela 7 Parecer Final. Fonte: JM Serviços e Consultoria de Engenharia

20 20 Softwares CAD 3D Os fornecedores que participaram do processo também deverão ser informados do parecer final. A diretoria através do departamento de compras entra em contato com o fornecedor e negocia as bases da aquisição (contrato, valores finais, nº de licenças e treinamento, forma de pagamento e etc.). 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS A maneira como as empresas realizam seus investimentos em novas tecnologias foi uma das principais preocupações para o desenvolvimento deste artigo, devido ao crescimento das opções de compras disponíveis no mercado e a falta de um modelo claro de aquisição que possa orientá-las a adquirir o melhor produto. A realização deste trabalho foi para a elaboração de uma certificação orientada para a aquisição dos softwares CAD 3D, a fim de possibilitar as empresas de este segmento um caminho a seguir, com etapas claras e bem definidas com o objetivo de que ao finalizar a leitura deste artigo, há possibilidade viável para cada empresa escolher qual a melhor opção de compra entre tantas disponíveis no mercado. Ao estudar recursos e benefícios dos softwares CAD 3D, a conclusão é que os recursos e benefícios são inúmeros. A sugestão final é para criar, executar e divulgar opções que permitam escolher a melhor opção dentre as diversas e excelentes opções de softwares CAD 3D disponíveis no mercado atual. REFERÊNCIAS SOLIDWOKS. CAD Manager's Guide to 3D, Disponível em: <http://www.solidworks.com/sw/docs/cadmanager_guide_2010_eng_final.pdf>. Acesso em: 01 de julho SOLIDWOKS. Bridging the Worlds of 2D and 3D CAD Design, Disponível em: <http://www.solidworks.com/sw/docs/2dand3d_2010_eng_final.pdf>. Acesso em: 02 de julho SOLIDWOKS. 9 Criteria for Choosing a 3D CAD System, Disponível em: <http://www.solidworks.com/sw/docs/top9_wp_2010_eng_final.pdf>. Acesso em: 03 de julho SOLIDWOKS. Four Tips for Successfully Implementing Your CAD System, Disponível em: <http://www.solidworks.com/sw/docs/implementating_cad_eng_final.pdf>. Acesso em: 04 de julho SOLIDWOKS. Using Design Automation to Reduce Costs, Increase Profitability, Disponível em: < Acesso em: 05 de julho AUTODESK. Autodesk Inventor Products, Disponível em: <http://images.autodesk.com/adsk/files/inventor_overview_bro_us.pdf>. Acesso em: 06 de julho 2010.

21 Manoel Alves Moreira Palharini Neto 21 MAPDATA. AutoCAD Inventor 2011, Disponível em: < Acesso em: 07 de julho PTC. Pro/ENGINEER, Disponível em: <http://www.ptc.com/wcms/files/64915/en/5479_proe_bro_en_viewonly.pdf>. Acesso em: 08 de julho PTC. Pro/ENGINEER Package Overview, Disponível em: <http://www.ptc.com/wcms/files/46130/en/5437_proe_bro_en.pdf>. Acesso em: 09 de julho JM SERVIÇOS E CONSULTORIA. Engenharia 3D, Disponível em: <http://jmconsultoria.net/index.php?p=cont&q=31>. Acesso em: 10 de julho O EMPREITEIRO. Ranking da Engenharia Brasileira, Disponível em: <http://www.oempreiteiro.com.br/ranking_completo_2010.pdf>. Acesso em: 15 de agosto KEPNER, Charles. H; TREGOE, Benjamin. B. Administrador Racional. São Paulo: Atlas, Manoel Alves Moreira Palharini Neto Engenheiro Eletricista com ênfase em Telecomunicações formado pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo e Técnico em Mecânica formado pelo Colégio Técnico de Limeira COTIL da UNICAMP. Experiência em implantação e execução de projetos mecânicos utilizando softwares CAD 3D. Atualmente atuo como Diretor Técnico da empresa JM Serviços e Consultoria de Engenharia onde sou responsável pelo Departamento de Sistemas de Engenharia 3D.

Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks

Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks Diego de Oliveira Potapczuk teewe Serão apresentadas as soluções desenvolvidas pela teewe sobre a plataforma do Navisworks,

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Clayton Maciel Costa

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA/AUTOMAÇÃO HENRY MEINELECKI BUENO BARBOSA LUCAS PEVIDOR DE CARVALHO CAVALLARI MURILO

Leia mais

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Rodrigo Tito Nova CS Informática Cristiano Oliveira ConsultCAD É sabido por todos que hoje, o processo de desenvolvimento do produto

Leia mais

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo construçãocapítulo1: Capítulo 1 Modelagem de informações de A modelagem de informações de construção (BIM) é um fluxo de trabalho integrado baseado em informações coordenadas e confiáveis sobre um empreendimento,

Leia mais

Teamcenter Rapid Start

Teamcenter Rapid Start Siemens PLM Software Teamcenter Rapid Start Instale PDM com rapidez e ótimo custo-benefício. Benefícios Simples e rápido de instalar, configurar e implantar Recursos essenciais de PDM imediatamente disponíveis

Leia mais

Plantas Industriais. Objetivo de aprendizado. Sobre o Palestrante. AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação

Plantas Industriais. Objetivo de aprendizado. Sobre o Palestrante. AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação Plantas Industriais Odair Maciel Dedini Indústrias de Base AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação Objetivo de aprendizado Ao final desta palestra você terá condições de: Total conhecimento

Leia mais

Funções & Especificações

Funções & Especificações Funções & Especificações A linha de produto do Autodesk Inventor oferece um amplo e integrado conjunto de aplicações de projeto e ferramentas de transição 2D para ajudar as empresas de fabricação a evoluir

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP sistema para gerenciamento de instituições de ensino DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP Nossa Empresa A Sponte Informática é uma empresa brasileira, localizada em Pato Branco, cidade considerada pólo

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG AutoCAD 2010 - o software AutoCAD para arquitetos. Criação, coordenação e colaboração

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM 19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM Autor(es) ANDRE BERTIE PIVETTA Orientador(es) KLAUS SCHÜTZER Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ 1. Introdução

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias SP I PR I DF Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG Revit 2011 - o software para projetos de edificações para agora

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Tiago Marçal Ricotta Brasoftware / quattrod O Autodesk Vault organiza, gerencia e rastreia os processos de criação de dados,

Leia mais

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos:

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos: [AUBR-83] BIM na Prática: Implementação de Revit em Escritórios de Arquitetura e Engenharia Paulo Henrique Giungi Galvão Revenda TECGRAF Consultor técnico Revit da Revenda TECGRAF AUBR-83 Dicas e Truques

Leia mais

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas 4.1 Motivação Sistemas de Informação são usados em diversos níveis dentro de uma organização, apoiando a tomada de decisão; Precisam estar

Leia mais

Ensinando Colaboração aos Estudantes

Ensinando Colaboração aos Estudantes Arq. Fernando Lima Autodesk Education ED4900_V Essa aula vai demonstrar o processo básico de colaboração usando o Autodesk Revit 2013, depois de preparar o projeto básico de arquitetura vamos simular um

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO COMPUTER AIDED ENGINEERING - CAE FABIANO RAMOS DOS SANTOS SERGIO DA COSTA FERREIRA

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA MULTIMIDIA PARA O ENSINO DEDINÂMICA DE MÚLTIPLOS CORPOS Ilmar Ferreira Santos Rodrigo Fernandes de Carvalho UNICAMP - Faculdade de Engenharia Mecânica Departamento de Projeto

Leia mais

São mais de 20 anos no mercado

São mais de 20 anos no mercado São mais de 20 anos no mercado No mercado há mais de 20 anos, o CEM é um software de cálculo de esquadrias equipado com recursos de alta tecnologia que otimiza processos e alcança os melhores resultados.

Leia mais

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS Cilene Loisa Assmann (UNISC) cilenea@unisc.br Este estudo de caso tem como objetivo trazer a experiência de implantação

Leia mais

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I.

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 23/2008 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, do Centro

Leia mais

A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit. Structure 2010

A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit. Structure 2010 A base do BIM para engenharia estrutural. Autodesk Revit Structure 2010 Melhore a Eficácia, a Precisão e a Coordenação O software Autodesk Revit Structure oferece modelagem simultânea para projeto estrutural,

Leia mais

SIMULADOR DE OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DESENVOLVIDO EM EXCEL

SIMULADOR DE OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DESENVOLVIDO EM EXCEL SIMULADOR DE OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DESENVOLVIDO EM EXCEL Gilson Vaz de Oliveira Gerente de Engenharia da EPC Automação Ltda. A simulação de situações reais evoluiu muito desde as primeiras aplicações,

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

PTC Creo Essentials Packages

PTC Creo Essentials Packages As empresas de design e fabricantes de produtos estão constantemente pressionadas para desenvolver mais produtos em menos tempo, sem sacrificar a inovação ou a qualidade. A solução 3D da PTC para design

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

Serviço HP Carregamento de Imagem e Aplicações

Serviço HP Carregamento de Imagem e Aplicações Especificações técnicas Serviço HP Carregamento de Imagem e Aplicações Serviços HP de Configuração Deixe a HP gerenciar sua imagem de PC para que você possa se concentrar nos negócios Visão geral dos serviços

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

2.Gerência de Projetos: Métricas de Software

2.Gerência de Projetos: Métricas de Software 2.Gerência de Projetos: Métricas de Software A seguir consideraremos os conceitos fundamentais que levam à administração efetiva de projetos de software. Vamos considerar o papel da administração e das

Leia mais

DESAFIOS PARA UMA EMPRESA DE PROJETO

DESAFIOS PARA UMA EMPRESA DE PROJETO DESAFIOS PARA UMA EMPRESA DE PROJETO A EMPRESA A PLANAVE é uma empresa de engenharia consultiva genuinamente brasileira com 46 anos de existência com sede no Rio de Janeiro. Possui as certificações ISO

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

ANÁLISE DO PRODUTO NX CMM INSPECTION PROGRAMMING

ANÁLISE DO PRODUTO NX CMM INSPECTION PROGRAMMING Análise do Produto Dr. Charles Clarke ANÁLISE DO PRODUTO NX CMM INSPECTION PROGRAMMING Tendências e requisitos do setor...3 Uma nova abordagem de programação de inspeção de CMM...4 O aplicativo na prática...5

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Introdução Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software Os modelos de processos de desenvolvimento de software surgiram pela necessidade de dar resposta às

Leia mais

NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA INTERFACE ADEQUADA PARA RESULTADOS DE ENSINO-APRENDIZAGEM BEM SUCEDIDOS. TCC3047

NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA INTERFACE ADEQUADA PARA RESULTADOS DE ENSINO-APRENDIZAGEM BEM SUCEDIDOS. TCC3047 1 NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA INTERFACE ADEQUADA PARA RESULTADOS DE ENSINO-APRENDIZAGEM BEM SUCEDIDOS. TCC3047 FEVEREIRO /2006 José Antonio Gameiro Salles UNISUAM / CCET / Desenv. de Softwares

Leia mais

Aplicações do AutoCAD Plant 3D em Energias Renováveis

Aplicações do AutoCAD Plant 3D em Energias Renováveis Aplicações do AutoCAD Plant 3D em Energias Renováveis Diogenes Paranhos Andritz Hydro Inepar do Brasil S.A. Glycon Barros / Breno Miranda / Phillip Morais - Fluenge Engenharia de Fluídos Benefícios práticos

Leia mais

EAGLE Smart Wireless Solution. Implantar a manutenção condicional nunca foi tão simples. Brand of ACOEM

EAGLE Smart Wireless Solution. Implantar a manutenção condicional nunca foi tão simples. Brand of ACOEM EAGLE Smart Wireless Solution Implantar a manutenção condicional nunca foi tão simples Brand of ACOEM Com o EAGLE, a ONEPROD oferece a solução de monitoramento contínuo de manutenção condicional mais fácil

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações

Tecnologia e Sistemas de Informações Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 3 Componentes de SIs Pessoas SI Organiz. Unidades que exercem diferentes funções, tais

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

DESAFIOS OPERACIONAIS E METROLÓGICOS DA MEDIÇÃO POR COORDENADAS NO AMBIENTE DE MANUFATURA DIGITAL

DESAFIOS OPERACIONAIS E METROLÓGICOS DA MEDIÇÃO POR COORDENADAS NO AMBIENTE DE MANUFATURA DIGITAL II CIMMEC 2º CONGRESSO INTERNACIONAL DE METROLOGIA MECÂNICA DE 27 A 30 DE SETEMBRO DE 2011 Natal, Brasil DESAFIOS OPERACIONAIS E METROLÓGICOS DA MEDIÇÃO POR COORDENADAS NO AMBIENTE DE MANUFATURA DIGITAL

Leia mais

15 Computador, projeto e manufatura

15 Computador, projeto e manufatura A U A UL LA Computador, projeto e manufatura Um problema Depois de pronto o desenho de uma peça ou objeto, de que maneira ele é utilizado na fabricação? Parte da resposta está na Aula 2, que aborda as

Leia mais

Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem,

Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem, Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem, centros de torneamento e eletro-erosão a fio. Por que GibbsCAM?

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

MANUAL DO SERVICE DESK SYSTEM

MANUAL DO SERVICE DESK SYSTEM Manual do Sumário Conhecendo o SERVICE DESK SYSTEM... 3 - A tela de Acesso ao sistema:... 3 - A tela do sistema após o acesso(exemplo):... 3 OCORRÊNCIAS... 4 - Abertura de chamados:... 4 - Atendendo um

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.br RESUMO A tele-medição de

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Evolução dos SI s CRM OPERACIONAL TÁTICO OPERACIONAL ESTRATÉGICO TÁTICO ESTRATÉGICO OPERACIONAL TÁTICO ESTRATÉGICO SIT SIG SAE SAD ES EIS

Leia mais

Desenho Auxiliado por Computador Aula 2. Professora: Priscila Medeiro

Desenho Auxiliado por Computador Aula 2. Professora: Priscila Medeiro Desenho Auxiliado por Computador Aula 2 Professora: Priscila Medeiro O que é CAD? Desenho auxiliado por computador Sistema baseado em desenho Facilita o Projeto e Desenhos Técnicos Utilizados pela geologia,

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1 Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis Resumo Descreve a implantação da Biblioteca Virtual

Leia mais

ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA

ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA INTRODUÇÃO O projeto de um banco de dados é realizado sob um processo sistemático denominado metodologia de projeto. O processo do

Leia mais

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS Autodesk 360 é a nuvem da Autodesk, podendo ser acessada pela sua conta da Autodesk Education Community (estudantes) ou Autodesk Academic Resource

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO REPRESENTAÇÃO NO BRASIL SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Estrutura de um Sistema de Informação Vimos

Leia mais

Material para nivelamento de informações sobre Mapeamento de Processos

Material para nivelamento de informações sobre Mapeamento de Processos Material para nivelamento de informações sobre Mapeamento de Processos 1 Objetivo Nivelar informações e conceitos sobre mapeamento de processos na UFABC. O que é um processo?? É um conjunto de atividades

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

A solução ideal para o projetista, ferramenta fundamental para desenhar e calcular estruturas metálicas, em 2D e 3D. Steel&Graphics srl Via Ca Nova Zampieri, 4/E 37057 San Giovanni Lupatoto Verona Tel.

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP Raquel Ragonesi Permonian (UFSCAR) raquelrpermonian@hotmail.com Jose da Costa Marques

Leia mais

Integração de Projetos na Fase de Engenharia

Integração de Projetos na Fase de Engenharia 1 Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação MBA Gestão de Projetos Turma 19 20 de Dezembro 2014 Integração de Projetos na Fase de Engenharia Josie de Fátima Alves Almeida Engenheira Civil josiealmeida@bol.com.br

Leia mais

FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES

FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES LEADWORK TECNOLOGIA E TREINAMENTO FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES Flexibilidade Acesso via Client Notes, Web e Mobile. Com o framework de desenvolvimento as soluções podem ser oferecidas com acesso

Leia mais

AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação

AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação AutoCAD Plant 3D - Inovação em projetos de tubulação Odair Aparecido Maciel AUBR-24 Plantas Industriais Apresentação Pessoal Projetista Senior - 23 anos de experiência em ferramentas CAD. Professor AutoCAD

Leia mais

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial Prof. Pedro Luiz de O. Costa Bisneto 14/09/2003 Sumário Introdução... 2 Enterprise Resourse Planning... 2 Business Inteligence... 3 Vantagens

Leia mais

REPROJETO DA ORGANIZAÇÃO COM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REPROJETO DA ORGANIZAÇÃO COM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Capítulo 12 REPROJETO DA ORGANIZAÇÃO COM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 12.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS De que forma o desenvolvimento de um novo sistema poderia mudar a maneira de uma organização trabalhar?

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS. Maio/2005 216-TC-C3

DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS. Maio/2005 216-TC-C3 1 DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS Maio/2005 216-TC-C3 José Antonio Gameiro Salles UNISUAM / CCET / Desenv. de Softwares & UNISUAM/LAPEAD - antoniosalles@gmail.com

Leia mais

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes Serviços Inteligentes UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Oferecemos 100 anos de liderança na inovação de imagens e em TI na área de saúde. Nossa equipe de serviços em todo o mundo trabalha junto com

Leia mais

PROJETO DE ELEMENTOS DE MÁQUINA AUXILIADO POR COMPUTADOR

PROJETO DE ELEMENTOS DE MÁQUINA AUXILIADO POR COMPUTADOR Anais do 14 O Encontro de Iniciação Científica e Pós-Graduação do ITA XIV ENCITA / 2008 Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos, SP, Brasil, Outubro, 20 a 23, 2008. PROJETO DE ELEMENTOS

Leia mais

Adicionando valor na produção

Adicionando valor na produção Adicionando valor na produção Em um mercado global altamente competitivo e em constantes transformações, a otimização do resultado dos processos de produção é fundamental. Pressões ambientais e de custo,

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA

Casos de Sucesso. Cliente. Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Casos de Sucesso Cliente Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Deloitte Touche Tohmatsu Consultores LTDA Perfil da empresa A Deloitte é uma das maiores empresas do mundo na prestação de serviços profissionais

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

Sistemas Cooperativos. Professor Alan Alves Oliveira

Sistemas Cooperativos. Professor Alan Alves Oliveira Sistemas Cooperativos Professor Alan Alves Oliveira 1. Sistemas de Informação e Sistemas Cooperativos 2 Sistemas de Informação 3 Sistemas de Informação Sistemas ampamente utilizados em organizações para

Leia mais

Portfólio. www.vortice.com.br

Portfólio. www.vortice.com.br Portfólio 2012 www.vortice.com.br A EMPRESA Fundada em 1996, a VÓRTICE Engenharia de Projetos SS Ltda. tem como objetivo elaborar projetos de engenharia no segmento industrial. A VÓRTICE busca constantemente

Leia mais

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização Prof. Ricardo José Pfitscher Material elaborado com base em: José Luiz Mendes Gerson Volney Lagemann Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Professor: Adriel Ziesemer Disciplina: Engenharia de Software TRABALHO ACADÊMICO Cristian Santos - nº 45671 Guilherme

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

Melhorias da Infraestrutura

Melhorias da Infraestrutura Melhorias da Infraestrutura Refino Papel e Celulose Energia Fóssil Processos Químicos Processos Industriais Conversão De Resíduos Em Energia www.azz.com/wsi Fornecedora de soluções e serviços completos

Leia mais

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS

SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS SOLUÇÕES EM METROLOGIA SCANNER CMM 3D PARA APLICAÇÕES INDUSTRIAIS SOLUÇÕES PORTÁTEIS EM MEDIÇÃO 3D A linha portátil de sistemas de scanner CMM 3D MetraSCAN 3D e o sensor C-Track de câmera dupla podem trabalhar

Leia mais

Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s

Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s 1 Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s RESUMO EXECUTIVO Este documento visa informar, de uma forma simples e prática, sobre o que é a gestão do ciclo de vida do Produto (PLM) e quais

Leia mais

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power s Totally Integrated Power Ferramentas SIMARIS Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Answers for infrastructure and cities. Planejamento de distribuição de energia mais

Leia mais

CAPÍTULO 4. AG8 Informática

CAPÍTULO 4. AG8 Informática 2ª PARTE CAPÍTULO 4 Este capítulo têm como objetivo: 1. Tratar das etapas do projeto de um Website 2. Quais os profissionais envolvidos 3. Administração do site 4. Dicas para não cometer erros graves na

Leia mais

II Seminário Resultados da Lei da Informática

II Seminário Resultados da Lei da Informática II Seminário Resultados da Lei da Informática Rodrigo Pinto Diretor de P&D 29 de março de 2006 Agenda A Solectron Estratégia Organização Realizações Resultados entre 1998 2003 Resultados entre 2004-2005

Leia mais

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 06 de Maio de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Auxiliar de Inventário, Comprador, Auxiliar Administrativo, Coordenador

Leia mais

ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware

ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware firmware Saide Jorge Calil Centro de Engenhara Biomédica Departamento de Engenharia Biomédica Faculdade de

Leia mais

O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros.

O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros. 7 Conclusão O último capítulo desta dissertação visa tecer conclusões a respeito do trabalho e sugerir algumas recomendações para estudos futuros. A presente dissertação, conforme exposto no Capítulo 1,

Leia mais