Odebrecht 2012 é a publicação que sintetiza o desempenho das empresas da Organização Odebrecht em 2011.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Odebrecht 2012 é a publicação que sintetiza o desempenho das empresas da Organização Odebrecht em 2011."

Transcrição

1 Odebrecht 2012 é a publicação que sintetiza o desempenho das empresas da Organização Odebrecht em Além de informações econômico-financeiras consolidadas, encontram-se aqui as principais conquistas alcançadas por nossos Integrantes e os mais significativos indicadores humanos, socioambientais e culturais de nossa atuação. Ao identificar e conquistar oportunidades de servir a nossos Clientes, assumimos desafios de grande porte, voltados para a produção de bens e serviços essenciais, particularmente no que diz respeito ao encontro de soluções sustentáveis para a oferta de água, energia, habitação, infraestrutura, alimentos e insumos industriais. Em todos esses projetos, colocamo-nos como parceiros do desenvolvimento econômico, social e ambiental das comunidades locais, com o objetivo último de ajudar a tornar a vida de todos mais próspera e rica de possibilidades, hoje e sempre.

2 Passageiros em uma das estações do Trem Elétrico, em Lima, Peru.

3 SUMÁRIO Quem Somos Mensagem do Presidente do Conselho de Administração Mensagem do Diretor-Presidente Indicadores 2011 Indicadores econômico-financeiros Exportações Seguros e garantias Pessoas Programas de desenvolvimento de pessoas Incentivo à produtividade, à criatividade e à reutilização do conhecimento Preparação para o pós-carreira Saúde e segurança no trabalho Meio ambiente Odebrecht Infraestrutura Odebrecht Engenharia Industrial Odebrecht América Latina e Angola Odebrecht Venezuela Odebrecht International América do Norte, África, Ásia/Oriente Médio e Europa Odebrecht Realizações Imobiliárias Odebrecht TransPort Foz do Brasil Odebrecht Energia E&C Energia Odebrecht Óleo e Gás Odebrecht Participações e Investimentos Braskem ETH Bioenergia Estaleiro Enseada do Paraguaçu Odebrecht Defesa e Tecnologia Ação Social e Ação Cultural Administradores da Organização Odebrecht

4 QUEM SOMOS Fundada em 1944, a Odebrecht é uma Organização global, de origem brasileira, comprometida com a satisfação de seus Clientes, a geração de valor para seus Acionistas, o desenvolvimento das Sociedades em que está inserida e a realização de seus Integrantes. Com negócios diversificados e estrutura descentralizada, prestamos serviços e distribuímos produtos nos cinco continentes, sempre orientados pela Tecnologia Empresarial Odebrecht, uma filosofia própria, que nos distingue e nos mantém unidos no rumo da Sobrevivência, do Crescimento e da Perpetuidade. TECNOLOGIA EMPRESARIAL ODEBRECHT (TEO) Baseada em Valores humanísticos, a TEO é uma filosofia empresarial voltada para o fazer e focada na educação e no trabalho. O conjunto articulado de seus Princípios, Conceitos e Critérios provê aos Integrantes da Organização Odebrecht os fundamentos éticos, morais e conceituais que lhes permitem atuar com direcionamento estratégico comum, unidade de pensamento e coerência de ação. Em qualquer ponto do mundo e quaisquer que sejam os seus desafios, os Integrantes da Organização Odebrecht, sob a coordenação de Líderes-Educadores, cultivam e exercem a disposição para servir, a confiança nas pessoas e a capacidade de evoluir e superar resultados. 4

5 ODEBRECHT 2012 MACROESTRATÉGIA DA ORGANIZAÇÃO ODEBRECHT Há sempre três gerações interagindo na Organização Odebrecht. Primeira Geração Integrada pelos Parceiros com maior experiência de Vida, dela emanam as Políticas e Estratégias Gerais para toda a Organização. Está concentrada na Transmissão dos Valores e dos Conhecimentos que permitem a prática da Cultura pelos demais Âmbitos, indispensável à condução da Odebrecht rumo à Perpetuidade. Atua no Âmbito Político-Estratégico. Segunda Geração Composta de Empresários maduros, na plenitude da força criadora e produtiva, Líderes Educadores da Geração seguinte. Prioriza suas ações no sentido do Crescimento Orgânico das Empresas. Opera no Âmbito Estratégico-Empresarial. Terceira Geração Constituída por Jovens talentosos focados no aprendizado e na satisfação do Cliente. Responsável pela Imagem, Produtividade, Rentabilidade e Liquidez. Trabalha no Âmbito Empresarial-Operacional. CONCEPÇÕES FILOSÓFICAS PRIMEIRA GERAÇÃO SEGUNDA GERAÇÃO TERCEIRA GERAÇÃO ÂMBITO POLÍTICO-ESTRATÉGICO ÂMBITO ESTRATÉGICO-EMPRESARIAL ÂMBITO EMPRESARIAL-OPERACIONAL PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO PERPETUIDADE Transmissão de Valores, Conhecimento e Experiências ACIONISTA PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO CRESCIMENTO Conquistas e Realizações CLIENTE PRINCIPAL CONCENTRAÇÃO SOBREVIVÊNCIA Imagem, Produtividade, Rentabilidade e Liquidez COMUNICAÇÃO E RESULTADOS O Acionista e o Cliente são as fontes de Vida da Organização. Do Acionista emanam as Concepções Filosóficas (CULTURA) que orientam os Empresários da Organização com vistas à satisfação do Cliente. Do Cliente exigente vêm os Resultados que permitem à Organização se desenvolver de forma sustentável. 5

6 MENSAGEM DO PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EMÍLIO ODEBRECHT Em um ano marcado pelo aprofundamento da crise econômica mundial e pela eclosão de tensões políticas e sociais em diversos países, a Organização Odebrecht prosseguiu numa trajetória de crescimento contínuo, impulsionada, sobretudo, pelo ritmo de desenvolvimento do Brasil, sua base político-estratégica, onde as oportunidades compensaram a retração de parte da economia internacional. A participação dos negócios no Brasil nos nossos resultados alcançou 60,47% da nossa receita global, um crescimento de mais de 10% em relação ao registrado em 2009, antes do acirramento da crise. As análises econômicas indicam que, à frente, EUA e Europa poderão ter mais dois anos de dificuldades, com reflexos em várias partes do globo. Por outro lado, enquanto turbulências políticas e transformações sociais aceleradas sugerem um novo jogo de forças no âmbito internacional, a disseminação de preocupações ambientais exige dos empresários uma sensibilidade mais apurada para os valores emergentes. Na Odebrecht, olhamos adiante buscando a consolidação do nosso crescimento e mirando as oportunidades que costumam vir no bojo das crises. Entre outras prioridades, em 2011, dedicamo-nos a rever e aprofundar nossos critérios de sustentabilidade. Temos clareza de que o compromisso com o bem-estar e o continuado progresso das sociedades em que nos inserimos constitui um de nossos maiores ativos e que a sintonia de nossas crenças com as demandas sociais geradoras de novas oportunidades de negócios é fator-chave para uma posição privilegiada junto aos Clientes, usuários de serviços e consumidores. Não se trata, de fato, de uma proposta nova para a Odebrecht, já que nossos empresários estão preparados para interpretar os sinais da sociedade e antecipar tendências. Sabemos também que é quando expandimos nossos negócios por setores indutores do progresso e alcançamos a excelência em nossos projetos que mais alargamos nossa reputação como provedores de soluções para os desafios do desenvolvimento e, assim, angariamos respeito e confiança. É isso, sobretudo, o que conquistamos quando buscamos soluções integradas e inovadoras para a disponibilidade de água, energia, habitação, infraestrutura, alimentos e insumos industriais. 6

7 ODEBRECHT 2012 Ao assumirmos desafios que exijam o melhor de nós, temos a oportunidade de fazer a diferença, em prol do desenvolvimento econômico e social dos países onde estamos. Desempenhar esse papel de parceiros do desenvolvimento de forma cada vez mais relevante nos países onde nos estabelecemos é objetivo estratégico prioritário. Para cumpri-lo, devemos permanecer atentos às necessidades locais, valendo-nos de nosso conhecimento desses mercados e exercitando a flexibilidade e a criatividade em soluções que inovem para viabilizar os sonhos de nossos Clientes, ali onde eles precisam ser concretizados. O exercício dessa atuação global comprometida com as realidades locais é efetivado por meio da descentralização, característica de nosso modelo de empresariamento, e por um estreito alinhamento aos valores da Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO). Porque compartilhamos esses valores, construímos nossas relações sobre a confiança recíproca, o que torna possível a prática da delegação planejada e a disseminação de uma Cultura empresarial voltada para de 245 mil pessoas (Integrantes e Terceiros). Por isso, é tão importante afirmar nossa Cultura em momentos de intenso crescimento como o que temos vivido. É ela que garante a identidade e a unidade de nossa Organização, fazendo ações dispersas no espaço convergirem para uma visão comum, enriquecendo-nos com experiências simultaneamente múltiplas, ativando sinergias e mantendo os compromissos que construíram nossa credibilidade ao longo de quase sete décadas. Ao assumirmos desafios que exijam o melhor de nós, temos a oportunidade de fazer a diferença, em prol do desenvolvimento econômico e social dos países onde estamos. Jamais satisfeitos, mas sempre otimistas, seguimos, combinando ousadia e seletividade, movidos pelo legítimo anseio de realizar nosso mais alto potencial e contribuir para o crescimento de nossos semelhantes, a prosperidade das nações e a preservação das condições de vida no nosso planeta. servir Clientes, onde quer que se encontrem. Hoje, com novas empresas e negócios e participação cada vez mais ampla e decisiva no processo de desenvolvimento de sociedades e regiões, somos mais 7

8 MENSAGEM DO DIRETOR-PRESIDENTE MARCELO BAHIA ODEBRECHT Na apresentação dos destaques e dos indicadores de desempenho da Organização Odebrecht no ano de 2011, sobressaem, entre os bons resultados alcançados, a diversidade e o impacto socioeconômico dos projetos em que nos envolvemos, os avanços em nossos compromissos com o desenvolvimento sustentável, o caráter inovador dos negócios em que investimos, a extensão de nossos programas socioambientais e culturais, a sinergia entre nossas empresas e a confiante resposta de nossos Acionistas, Clientes, Integrantes, Investidores e das sociedades em geral. Ao lado das grandes obras que preparam o Brasil para a Copa do Mundo e as Olimpíadas, participamos de projetos fundamentais para a redução do déficit habitacional, a sustentação da atividade econômica e a expansão da indústria de base no país. Entregamos residências populares, participamos de 11 projetos hidrelétricos, somando MW, lançamos duas plataformas de perfuração autoelevatórias e realizamos obras de construção de unidades industriais nos setores siderúrgico, químico e petroquímico, entre muitos outros projetos. Sintonizados com as necessidades que se impõem ao crescimento sustentável no Brasil, buscamos continuamente inovar, desenvolvendo novas tecnologias e novos mercados e celebrando parcerias estratégicas. Em 2011, consolidamos as atividades da Odebrecht Defesa e Tecnologia e, para atender às demandas geradas com a exploração do pré-sal, definimos o projeto do Estaleiro Enseada do Paraguaçu, enquanto a Odebrecht Óleo e Gás (OOG) tornou-se a primeira empresa nacional a oferecer serviços de engenharia submarina. Nossos investimentos na química verde, por meio da Braskem; em bionergia, por meio da ETH a empresa brasileira que mais investiu nesse segmento no ano, tendo plantado mais de 100 mil hectares de cana-de-açúcar e em energia eólica e hídrica, por meio da Odebrecht Energia, traduzem nosso compromisso com a preservação ambiental e nosso alinhamento com novos valores da sociedade. Em todos os países em que atuamos, essa postura voltada para o desenvolvimento sustentável constitui a essência de nossa relação com suas sociedades. Em outros 13 países latino-americanos, além do Brasil, estamos empregando nossos conhecimentos, tecnologia e capacidade de estruturar investimentos em saneamento, transporte, moradia, geração e transmissão de energia, estruturas industriais e polos agrários. Consolidamo-nos como a maior construtora da Argentina e, no México, somos responsáveis pelo maior investimento privado brasileiro, com a construção da planta industrial da Braskem no Complexo Etileno XXI, a cargo da Odebrecht Engenharia Industrial. No Peru, iniciamos a construção da Central Hidrelétrica de Chaglla, viabilizada pela Odebrecht Energia, sua futura operadora, somando cerca de GWh/ano à rede de energia do país. Nos EUA, passamos a liderar a produção de polipropileno, tendo adquirido, também, duas plantas na Alemanha. Na África, procuramos desempenhar um papel destacado como parceiros em empreendimentos vitais para o desenvolvimento, com destaque para Angola, onde já entregamos mais de 800 km de linhas de transmissão e estamos envolvidos em 29 projetos de diferentes setores, e Moçambique, com a construção de infraestrutura para a exploração de carvão, mercadoria de grande importância para a economia local. Nesses dois países, temos respectivamente e Integrantes em atuação. A participação em projetos de vulto sempre nos colocou a serviço de grandes contingentes humanos. Nos últimos anos, por exemplo, a operação de serviços públicos multiplicou o número de pessoas impactado diretamente por nossa atuação e tornou nossa relação com elas mais próxima, constante e vital. Ao encerrar-se 2011, a saúde e o bem-estar de 8,3 milhões de brasileiros e o trânsito de milhões de pessoas e toneladas de carga no Brasil, na Colômbia, no Panamá e no Peru se beneficiaram com a qualidade dos serviços prestados por nossas empresas concessionárias de serviços públicos nos setores de saneamento e transportes. Para dar conta dessas responsabilidades, somos hoje quase 160 mil Integrantes distribuídos em 27 países: cerca de 111 mil brasileiros, 32 mil cidadãos de outros países da América Latina, 14 mil africanos e norteamericanos, asiáticos e europeus. Em média, a cada mês de 2011, foram contratados Integrantes e, no ano, absorvemos jovens parceiros e estagiários um crescimento que, certamente, poucas organizações empresariais no mundo puderam alcançar. 8

9 ODEBRECHT 2012 Investimos R$ 11 bilhões em 2011 e assumimos o compromisso de investir R$ 47 bilhões nos próximos três anos. Sustentar esse crescimento acelerado e diversificado exige três condições básicas, objetos de nossa especial atenção: a formação e a integração de pessoas; a eficiência operacional, com crescente inovação e produtividade, e a confiabilidade de nossa marca. Qualificar e integrar pessoas de conhecimento às nossas equipes é um desafio de magnitude equivalente ao dinamismo de nossos negócios. A base do desenvolvimento de nossos Integrantes é a educação para e pelo trabalho, especialmente por meio da prática disciplinada da delegação planejada, conduzida por Líderes-Educadores comprometidos com a nossa Cultura e com desafios que se constituam também em oportunidades de realização para seus liderados. A articulação de forças entre as pessoas e entre as empresas da Organização, de modo a potencializar conhecimentos, criar e aproveitar oportunidades e otimizar desempenho, é nossa estratégia para incrementar a geração de resultados tangíveis e intangíveis. Hoje, nossas Comunidades de Conhecimento grupos de especialistas formados por Integrantes dos diversos negócios colocam à disposição de toda a Odebrecht os conhecimentos técnicos e de mercado essenciais para nossas operações. Simultaneamente, nossas empresas coordenam-se para captar sinergias, como temos feito na Venezuela, a exemplo da recente joint venture entre a PDVSA e a Odebrecht Óleo Gás para exploração de campos maduros no país, firmada com apoio da Odebrecht Venezuela. Em 2011, 8% de nosso faturamento resultou de empreendimentos decorrentes de sinergias entre nossos negócios, e 52% dos investimentos foram aplicados em iniciativas que envolveram duas ou mais de nossas empresas. Investimos, em 2011, R$ 11 bilhões e assumimos o compromisso de investir R$ 47 bilhões nos próximos três anos, mas, concomitantemente, mantivemos a disciplina dos esforços para reduzir custos, administrar riscos e priorizar a liquidez, tendo fechado 2011 com R$ milhões no caixa consolidado da Organização. Eficácia, eficiência e higidez financeira são indispensáveis para obter a confiança de Clientes, Parceiros e Sociedades, mas não bastam. É necessário também uma atuação comprometida com a sustentabilidade em suas dimensões econômica, social e ambiental. O impacto positivo na vida das comunidades e dos países deve ser um critério decisivo na seleção de projetos, investimentos, produtos e serviços, da mesma forma que a incorporação de práticas socioambientais sustentáveis à rotina de nossas operações se tornou exigência inegociável. Com essa visão, a Odebrecht não só implanta programas de qualificação profissional, proteção ambiental e inclusão social em suas operações como investe em projetos que as extrapolam, para fortalecer a cidadania, promover a educação de crianças e jovens, fomentar oportunidades de trabalho e renda, preservar os recursos naturais e incentivar e valorizar a cultura. Em 2011, esses investimentos sociais somaram mais de R$ 100 milhões (US$ 53 milhões), em favor de 600 mil pessoas no Brasil e 200 mil em outros países. Diante de nossos avanços no compromisso com o desenvolvimento sustentável, Clientes, Parceiros, Investidores, Integrantes e Acionistas demonstram sua confiança com novos contratos, crescente aquisição de nossos produtos, crédito em maior volume e em melhores condições, adesão e novos e maiores investimentos. No último ano, as agências internacionais de classificação de risco concederam grau de investimento à Braskem e à CNO. A captação de R$ 7,19 bilhões realizada por nossas empresas no último ano (R$ 2 bilhões no mercado internacional de capitais), e o volume total de garantias recebidas do mercado global (R$ 17,4 bilhões ao final de 2011) são também inequívocos sinais de confiança, mas vale destacar, ainda, o recado dos jovens brasileiros, que colocaram nossa Organização entre as 10 preferidas para iniciar sua vida profissional. Dessa confiança alimentam-se o nosso otimismo atributo indispensável a qualquer empresário e o desejo de ir cada vez mais longe, levando a mais pessoas novas e maiores oportunidades de desenvolvimento. Por ela, somos gratos a todos os nossos Investidores, Integrantes, Clientes, Acionistas e Parceiros; com ela, seguimos pelo caminho daqueles para quem servir é o compromisso maior. 9

10 INDICADORES 2011 Indicadores Econômico-Financeiros RECEITA BRUTA 2005 / 2011 Ano Receita Bruta (R$ milhões) Receita Bruta 1 (US$ milhões) 2,5% 30,5% 30,5% 3,4% 27,1% 31,8% ,012 11,278 17,716 17,524 24,325 32,325 37, R$ milhões US$ milhões 1 Ebitda ,792 Lucro Líquido Ativos Totais ,102 Patrimônio Líquido da Odebrecht S.A ,589 Patrimônio Líquido da Odebrecht S.A. (sem minoritários) ,243 DEMONSTRATIVO DO VALOR ADICIONADO Receitas R$ milhões US$ milhões 1 (+) Receitas de Vendas (Receita Bruta) ,855 (+) Outras Receitas (-) Receitas Relativas à Construção de Ativos Próprios ,650 (-) Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa 1 1 (-) Insumos Adquiridos de Terceiros ,966 (=) Valor Adicionado Bruto ,649 (-) Depreciação e Amortização ,298 (+) Valor Recebido em Transferência ,208 (=) Valor Adicionado a Distribuir ,558 Remuneração do Trabalho (Integrantes) ,945 Governos (Tributos) ,423 Remuneração de Capitais de Terceiros ,166 Remuneração de Capitais Próprios (Acionistas) Valor Adicionado Distribuído ,558 10

11 ODEBRECHT 2012 COMPOSIÇÃO DA RECEITA BRUTA Por negócio R$ milhões US$ milhões 1 Engenharia e Construção ,835 Odebrecht Realizações Imobiliárias Odebrecht Participações e Investimentos Odebrecht TransPort Odebrecht Óleo e Gás Foz do Brasil Braskem ,226 ETH Odebrecht S.A. & outros BRASKEM 56,07% ODEBRECHT S.A. & OUTROS 2,20% ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO 31,26% ETH 2,39% ODEBRECHT REALIZAÇÕES IMOBILIÁRIAS 2,52% ODEBRECHT PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS 1,77% ODEBRECHT TRANSPORT 1,60% ODEBRECHT ÓLEO E GÁS 0,90% FOZ DO BRASIL 1,29% Por área geográfica R$ milhões US$ milhões 1 Brasil ,889 América Latina e Caribe ,348 África ,327 América do Norte, Europa e Ásia/Oriente Médio ,291 AMÉRICA DO NORTE, EUROPA E ÁSIA/ORIENTE MÉDIO 16,62% ÁFRICA 3,50% AMÉRICA LATINA E CARIBE 19,41% BRASIL 60,47% 1 Taxa de conversão: 1 US$ = R$ 1,8758 (em 31 de dezembro de 2011). 2 Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International e Odebrecht Energia. 11

12 INDICADORES 2011 EXPORTAÇÕES A Odebrecht é uma das principais exportadoras brasileiras de bens e serviços. Sua larga experiência, a qualidade da integração que mantém com as comunidades em que atua e a capacidade de equacionar financeiramente empreendimentos de grande porte viabilizam a participação de suas empresas em projetos internacionais de vulto. ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO* (exportações realizadas do Brasil, não incluem serviços efetuados em outros países) Geração de divisas para o Brasil, por meio de exportações de bens e serviços: US$ 1.28 bilhão Oportunidades de trabalho diretas e indiretas criadas no Brasil: Empresas brasileiras fornecedoras de bens e serviços para obras no exterior: Total de empresas exportadoras de bens: 988 Médias e Pequenas: 395 Grandes: 593 Total de empresas exportadoras de serviços: Médias e Pequenas: Grandes: 148 Itens exportados: BRASKEM Exportações, para mais de 60 países, de resinas termoplásticas e petroquímicos básicos: US$ 6.5 bilhões Exportação de resinas termoplásticas: 1,3 milhão de toneladas Exportação de petroquímicos básicos: 609 mil toneladas Destinos: África do Sul, Alemanha, Angola, Argélia, Argentina, Bangladesh, Bélgica, Bolívia, Burkina Faso, Camarões, Canadá, Chile, China, Cingapura, Colômbia, Congo, Coreia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Egito, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos, Etiópia, Filipinas, Finlândia, França, Gana, Grécia, Guatemala, Holanda, Honduras, Hong Kong, Índia, Indonésia, Israel, Itália, Libéria, Madagascar, Marrocos, Moçambique, México, Nicarágua, Nigéria, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Portugal, Quênia, Reino Unido, República Dominicana, Senegal, Suécia, Taiuã, Tanzânia, Togo, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Uruguai, Venezuela, Vietnã, Zimbábue. Brasileiros expatriados para atuar em projetos no exterior: ETH BIOENERGIA Expatriados de outros países: 751 Açúcar: US$ 82.8 milhões ( mil toneladas) Destinos: Uruguai, Ásia e Oriente Médio. 12 * Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International e Odebrecht Energia.

13 ODEBRECHT 2012 Embarque de contêiner da Odebrecht no Porto do Rio: abertura de mercados e exportações de produtos de quase mil empresas brasileiras para suas obras no exterior 13

14 Rodovia Madden-Colón, no Panamá: com 40 km e quatro pistas, representa um impulso extraordinário à economia da zona de livre comércio de Colón 14

15 ODEBRECHT 2012 INDICADORES 2011 SEGUROS E GARANTIAS As empresas da Odebrecht contam com o apoio da Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros para zelar pela segurança de seu patrimônio tangível e intangível, mediante a identificação, a mitigação e o empresariamento de riscos; a disponibilização de linhas de garantias e coberturas de seguros contratuais; e a criação de soluções integradas para projetos e negócios. Valor dos Seguros (em 31 de dezembro de 2011) Total: R$ 154,4 bilhões Engenharia e Construção*: R$ 91,4 bilhões Braskem: R$ 43,1 bilhões ETH: R$ 8,1 bilhões Odebrecht Óleo e Gás: R$ 11,8 bilhões Garantias A Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros mantém relações de longo prazo com o mercado segurador global, em especial com a área de sureties (garantias). Há 22 anos, opera uma linha internacional de garantias e seguros, tendo administrado nesse período apólices que somam US$ 38 bilhões em ativos segurados. Valor das Garantias (em 31 de dezembro de 2011) Total: R$ 17,4 bilhões Engenharia e Construção*: R$ 16,7 bilhões Braskem: R$ 557 milhões ETH: R$ 177,3 milhões *Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International, Odebrecht Realizações Imobiliárias, Odebrecht TransPort, Foz do Brasil, Odebrecht Energia, Odebrecht Participações e Investimentos, Odebrecht Defesa e Tecnologia. 15

16 INDICADORES 2011 PESSOAS E OUTROS ODEBRECHT S.A. ENERGIA ODEBRECHT BRASKEM ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL 1 ETH BIOENERGIA ODEBRECHT INFRAESTRUTURA TOTAL DE INTEGRANTES CRESCIMENTO ,42% FOZ DO BRASIL ODEBRECHT AMÉRICA LATINA E ANGOLA ODEBRECHT REALIZAÇÕES IMOBILIÁRIAS ODEBRECHT VENEZUELA ODEBRECHT INTERNATIONAL ÓLEO E GÁS ODEBRECHT Inclui Odebrecht Defesa e Tecnologia e Estaleiro Enseada do Paraguaçu 2 Inclui Odebrecht TransPort 16 3 Inclui Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros, Odebrecht Participações e Investimentos, Fundação Odebrecht, Odeprev e Equipes de Apoio em Engenharia e Construção

17 ODEBRECHT 2012 TERCEIROS ** ESTAGIÁRIOS EVOLUÇÃO DO TOTAL GERAL (Integrantes e Terceiros) TERCEIROS TERCEIROS (Contratados ** para prestação de serviços que não constituem atividade-fim dos negócios, considerando a inexistência de pessoalidade e de subordinação direta.) INTEGRANTES POR NACIONALIDADE 108 Alemães Angolanos Argentinos 326 Bolivianos Brasileiros 47 Chilenos Colombianos Cubanos Dominicanos 158 Equatorianos 13 Espanhóis 42 Filipinos 12 Franceses 10 Holandeses JOVENS PARCEIROS ESTAGIÁRIOS Indianos Liberianos Líbios Mexicanos Moçambicanos 630 Norte-americanos Panamenhos OUTROS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA ÁSIA E ORIENTE MÉDIO 403 EUROPA 447 JOVENS PARCEIROS INTEGRANTES POR DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA ESTADOS UNIDOS 845 BRASIL Paquistaneses Paraguaios Peruanos Portugueses Uruguaios Venezuelanos Outros 5 ÁFRICA A partir de 2011, o número de terceiros passou a refletir também a totalidade dos contratados e subcontratados em atuação nos consórcios liderados e nas empresas controladas pela Odebrecht. Até 2010, o número de terceiros era proporcional à participação da Odebrecht em consórcios e empresas, mesmo quando por ela liderados e controladas. Este critério de proporcionalidade continua a ser aplicado aos consórcios e empresas de que a Odebrecht participa sem liderar ou controlar. 5 Azerbaijanos, australianos, austríacos, britânicos, cabo-verdianos, canadenses, chineses, cingapurianos, coreanos, costa-riquenhos, croatas, dinamarqueses, egípcios, gregos, haitianos, iraquianos, italianos, jordanianos, lituanos, nicaraguenses, holandeses, poloneses, romenos, russos, suíços, sul-africanos, surinameses e ucranianos. 17

18 INDICADORES 2011 PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS PROGRAMAS TÉCNICOS E OPERACIONAIS Todas as empresas da Organização desenvolvem programas de capacitação técnica operacional. Em 2011, os principais programas somaram participações. PROGRAMAS ESTRATÉGICOS Destinados ao aprimoramento de competências críticas para Integrantes estratégicos e à ampliação do conhecimento multidisciplinar. Em 2011, houve participações. PROGRAMA ACREDITAR Em 2008, a Odebrecht concebeu o Programa Acreditar com o intuito de viabilizar o aproveitamento prioritário dos trabalhadores locais nas regiões onde não se encontram profissionais já capacitados. Realizado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social, o programa qualifica homens e mulheres para o exercício de profissões que atendam a demandas geradas pelos negócios da Organização e prioriza os candidatos que participam do Programa Bolsa Família, do Governo Federal. 18

19 ODEBRECHT 2012 Em 2011, o Acreditar foi desenvolvido nos estados de Alagoas, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo e em projetos em Angola. Com o nome de Proyecto Creer, prosseguiu em obras na Colômbia, em Cuba e no Peru. Na Libéria, foi implementado com o nome de Aspire. Juliana Monteiro, Diretora de Contrato da Odebrecht Realizações Imobiliárias, e Hugo César Florêncio, instrutor de motoristas em Angola: qualificação crescente abrange jovens Integrantes e profissionais formados pelo Programa Acreditar inscritos e qualificados no Brasil inscritos, qualificados e contratados em Angola, na Colômbia, em Cuba e no Peru. 130 trabalhadores capacitados na Libéria. Na esteira do sucesso desse programa, surgiu o Acreditar Júnior, voltado para os filhos de Integrantes com idades entre 14 e 17 anos, cursando séries acima do 5º ano do ensino fundamental. 845 jovens formados pelo Acreditar Junior em Porto Velho. 19

20 Juci Mari Sampaio de Brito (em primeiro plano): Encarregada de Serviço à frente de uma equipe de 40 pessoas nas obras da Hidrelétrica Santo Antônio (RO)

21 Paulo Americano, Maykon Pereira, Carla Adenes e Renata Emendabili: jovens Integrantes nas obras de reconstrução do estádio do Maracanã (RJ), que será palco da final da Copa do Mundo de Futebol em 2014

22 INDICADORES 2011 Incentivo à Produtividade, à Criatividade e à Reutilização de Conhecimento PRÊMIO ODEBRECHT PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Dirigido a estudantes de graduação, o prêmio visa estimulá-los a pensar a Engenharia de uma perspectiva sustentável e a gerar conhecimento sobre o tema. Em 2011, teve sua quarta edição no Brasil, a segunda em Angola, Peru, República Dominicana e Venezuela e a estreia no Panamá. No total, 239 trabalhos foram inscritos. Os projetos vencedores receberam prêmios em dinheiro, contemplando estudantes, professores orientadores e universidades, e seus autores tiveram oportunidade de estágio na Odebrecht. PRÊMIO DESTAQUE As equipes da Organização Odebrecht são incentivadas a exercitar cada vez mais a produtividade, a criatividade e a reutilização dos conhecimentos gerados em suas experiências de trabalho. Concedido anualmente a Integrantes da Organização, o Prêmio Destaque estimula esse exercício, reforça a cultura do registro e dissemina o conhecimento, consolidando o conjunto de iniciativas criativas. Em seus 20 anos de existência, comemorados em 2011, acumulou um acervo de projetos inscritos. Prêmio Destaque 2011 Projetos inscritos: 561, provenientes de 15 países. Empresas participantes: Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International (América do Norte, África, Ásia/Oriente Médio e Europa), Odebrecht Realizações Imobiliárias, Foz do Brasil, Odebrecht Energia, Odebrecht Óleo e Gás e Braskem. Países participantes: Angola, Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, Estados Unidos, Libéria, Líbia, México, Moçambique, Panamá, Peru, Portugal, República Dominicana e Venezuela. Categorias: Agregação de valor ao Cliente, Inovação, Jovem parceiro, Meio ambiente, Melhoria contínua, Relações com comunidades, Reutilização do conhecimento e Saúde e segurança no trabalho. 22

23 ODEBRECHT 2012 Orientadas pela professora Helena Carasek Cascudo, as estudantes Lorena Rezende dos Santos e Patrícia Eliza Floriano de Carvalho, da Universidade Federal de Goiás (UFG), venceram o Prêmio Odebrecht de Desenvolvimento Sustentável Na foto, também o reitor da UFG, professor Edward Madureira Brasil COMUNIDADES DE CONHECIMENTO As Comunidades de Conhecimento visam difundir por toda a Organização o conhecimento gerado em suas várias empresas. O programa reúne Integrantes com interesses comuns sobre temas-chave e dispostos a compartilhar aprendizados e inovações. Em 2011, as atividades das Comunidades de Conhecimento contaram com representantes de todos os países de atuação e das diversas empresas da Organização Odebrecht, somando 629 participantes. Publicações: Fichário de Melhores Práticas da Comunidade de Sustentabilidade, 1ª ed. Fichário de Melhores Práticas da Comunidade de Transporte sobre Trilhos (reedição) Fichário de Melhores Práticas da Comunidade de Barragens e Usinas (reedição) Comunidades: Administração de contratos, Barragens e usinas, Edificações, Empreendimentos imobiliários, Engenharia ambiental, Equipamentos, Infraestrutura marítima, Rodovias, Sistemas de engenharia, Suprimentos e logística, Sustentabilidade e Transporte sobre trilhos. 23

24 Os profissionais que trabalham em armação de ferragens a grandes alturas ganharam um sistema mais confortável, que lhes permite sentar para descansar a intervalos regulares INDICADORES 2011 PREPARAÇÃO PARA O PÓS-CARREIRA ODEPREV ODEBRECHT PREVIDÊNCIA Manifestação do compromisso da Organização Odebrecht com a realização pessoal de seus Integrantes, o Plano Odeprev de Renda Mensal foi criado em 1995 para oferecer-lhes um instrumento de preservação de seu nível de vida após a aposentadoria. Dotado de flexibilidade para atender a diferentes perfis, seu patrimônio é formado por aportes dos participantes e das empresas da Odebrecht, e administrado com transparência e foco na adequação entre níveis de risco e retorno. Principais indicadores da Odeprev em 2011 Aporte dos participantes: R$ ,20 Aporte das empresas: R$ ,58 Total de participantes: Total de beneficiários: 90 Patrimônio total administrado: R$ ,66 24

25 ODEBRECHT 2012 INDICADORES 2011 SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO Priorizando a proteção da vida em todas as suas formas, os programas de Saúde, Segurança no Trabalho e Meio Ambiente são realizados de forma integrada, conforme a política que define os princípios e orienta os procedimentos a serem observados em todas as atividades da Organização Odebrecht. Têm por base a cultura da prevenção e do controle de riscos e contemplam todas as exigências estabelecidas nas licenças ambientais: o tratamento de efluentes líquidos e emissões, o adequado armazenamento e destino de produtos perigosos, a redução da geração de resíduos e sua reciclagem e a recuperação de áreas degradadas. Integrantes e fornecedores das empresas participam de programas de educação ambiental e de preparação para emergências. VIDA E SAÚDE A Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros é responsável pela administração de todas as apólices de Vida e Saúde dos Integrantes da Organização e promove ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. INTEGRANTES ATENDIDOS PELOS PROGRAMAS DE VIDA E SAÚDE 1 Seguro de Vida: Seguro Saúde (Integrantes, dependentes e agregados): INDICADORES DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO TFT (Taxa de Frequência Total) 2 nas empresas de Engenharia e Construção ,59 17,45 15,86 13,75 12,50 TFCSA (Taxa de Frequência de Acidentes com e sem Afastamento) na Braskem ,9 6,1 4,6 2,02 1,2 TFCSA (Taxa de Frequência de Acidentes com e sem Afastamento) na ETH ,6 1 Apólices em dezembro de A TFT soma a frequência de acidentes com e sem afastamento e de simples atendimentos ambulatoriais para cada 1 milhão de homens-horas trabalhadas. 3 Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht América Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International, Odebrecht Realizações Imobiliárias, Foz do Brasil, Odebrecht Energia e Odebrecht Óleo e Gás. 4 Os números de 2007, 2008 e 2009, reapresentados, incluem as taxas da Quattor e da Braskem America. 5 Período de apuração correspondente ao ano-safra (abril a março do ano seguinte), no caso, correspondente ao período abril/2011 a março/

26 INDICADORES 2011 meio ambiente ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO* Principais números do Inventário de Emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE) em 2011 O programa envolveu 63 obras e 11 escritórios no Brasil, e 75 obras e 11 escritórios em outros 13 países. Programas de melhoria da gestão de GEE foram iniciados em 40% das obras, visando à redução da intensidade de suas emissões. MONITORAMENTO AMBIENTAL O sistema de monitoramento e avaliação de desempenho ambiental dos projetos de Engenharia e Construção não só orienta estratégias e programas de minimização de impactos ambientais como identifica oportunidades de ganhos de qualidade ambiental. Inclui informações sobre controles ambientais instalados, uso e proteção de recursos naturais e boas práticas nos canteiros de obras. Principais números do monitoramento ambiental em 2011 Das 680 mil toneladas de resíduos sólidos geradas, 343 mil toneladas foram recicladas (50% do total). 83% dos projetos contaram com programas de coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos. 81% dos contratos implantaram programas de educação ambiental nos canteiros. Percentual de resíduos sólidos reciclados % 28% 50% 26 * Odebrecht Infraestrutura, Odebrecht Engenharia Industrial, Odebrecht America Latina e Angola, Odebrecht Venezuela, Odebrecht International, Odebrecht Realizações Imobiliárias e Odebrecht Energia.

27 ODEBRECHT 2012 BRASKEM Unidade da Braskem em Triunfo: 16 laboratórios e sete plantas-piloto do Centro de Tecnologia e Inovação e unidades industriais para produção de químicos e petroquímicos básicos, resinas termoplásticas e polietileno verde Em 2011, a Braskem concluiu o inventário de emissões de GEE, englobando mais gases e todas as suas plantas industriais e centros corporativos, e realizou o carbon footprint (mensuração do volume de carbono emitido na fabricação) de seus produtos. A empresa foi listada no Programa ICO2 (Índice de Carbono Eficiente) lançado pela Bovespa. Principais indicadores ambientais Reutilização de 20% de toda a água consumida. Redução de: 5% na geração de efluentes líquidos. 9% na geração de resíduos sólidos. 4% no consumo de energia. FOZ DO BRASIL 4% na intensidade da emissão de GEE, passando à categoria Ouro do GHG Protocol. Destaques ambientais Produção de 195 milhões de litros de água potável por dia. Tratamento e reutilização de 963 milhões de litros de água industrial por dia. Coleta e tratamento diários de 345 milhões de litros de esgotos domésticos e industriais. Supressão do lançamento de 110 toneladas de matéria orgânica por dia em rios, lagoas e praias, apenas como resultado da coleta e do tratamento de esgotos. Programa de redução de perdas nas operações de água e esgoto, obtendo o menor índice de desperdício de água do país em Limeira (SP): 15%, contra a média nacional de 40%. ETH BIOENERGIA Principais indicadores Captação de água para a indústria Safra 2010/2011: 1,44 m 3 /tonelada de cana-de-açúcar Safra 2011/2012: 1,16 m 3 /tonelada de cana-de-açúcar Destinação, tratamento e disposição final de resíduos perigosos (Classe I): 680 toneladas Disposição de efluentes líquidos nos cursos d água: zero 27

28 PRESENÇA NO BRASIL RIO GRANDE DO SUL BRASKEM _Seis unidades industriais de químicos e petroquímicos em Triunfo ODEBRECHT ENERGIA _Complexo Corredor do Senandes (eólica) FOZ DO BRASIL _Serviços de água e esgoto em Uruguaiana ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Aprofundamento do Porto do Rio Grande ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Serviços de Manutenção de plantas da Braskem em Triunfo _Construção da Unidade de Butadieno da Braskem em Triunfo SÃO PAULO BRASKEM _Oito unidades industriais de químicos e petroquímicos ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Etanolduto para a Logum _Construção e montagem de estações de bombeamento para ampliação do escoamento do OSVAT 30, para a Petrobras _Estação de compressão de gás de Guararema para a Petrobras _Projeto de gasolina para modernização da Refinaria do Vale do Paraíba (Revap), para a Petrobras ETH BIOENERGIA _Unidades Alcídia e Conquista do Pontal _Residencial Alpha Park e empresariais Alpha Square, Evolution e itower, em Barueri _Residenciais Verde Morumbi, Bella Vila Mariana e Park One e, empresasiais The One, Vila Olímpia Corporate,, Bonnaire, e Edifício Odebrecht, na capital _Minha Casa Minha Vida, no Jardim Bassoli, em Campinas ODEBRECHT TRANSPORT _Operação e manutenção da Linha 4 do metrô paulistano _Embraport _Rota das Bandeiras (operação do Corredor Dom Pedro) ODEBRECHT ÓLEO E GÁS _Afretamento e operação do FPSO Cidade de Itajaí SANTA CATARINA FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos industriais para a Klabin ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Minha Casa Minha Vida, em Blumenau PARANÁ ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Modernizaçao da Refinaria Presidente Getulio Vargas (Repar), da Petrobras FOZ DO BRASIL _Operação da estação Aquapolo Ambiental _Serviços de água e esgoto nos municípios de Limeira, Mairinque, Mauá, Morumbi, Porto Ferreira, Rio Claro e Santa Gertrudes ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Arena do Corinthians _Terminal portuário multiuso Embraport, em Santos _Emissários submarinos de Santos e Praia Grande _Linha 5 do Metrô de São Paulo _Sistema de Saneamento Capivari II, Lote 1 _Linha 4 e estações Pinheiros e Butantã do Metrô de São Paulo ODEBRECHT REALIZAÇÕES ODEBRECHT DEFESA E TECNOLOGIA _Fábrica da Mectron AMAZONAS FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro _Residencial The Garden, empresarial The Blue e complexo Legend, em Santos BRASKEM ODEBRECHT ÓLEO E GÁS RONDÔNIA MATO GROSSO DO SUL ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Construção da usina de etanol Costa Rica ETH BIOENERGIA _Unidade Costa Rica ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Bairro Novo Porto Velho E&C ENERGIA _Usina Hidrelétrica Santo Antônio (Construção) ODEBRECHT ENERGIA _Usina Hidrelétrica Santo Antônio (Investimento e Operação) RIO DE JANEIRO _Duas unidades de produção de petroquímicos, em Duque de Caxias E&C ENERGIA _Hidrelétrica de Simplício ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Pipe-rack do Comperj, para a Petrobras _Central de Utilidades do Comperj, para o CDPU FOZ DO BRASIL _Obras e operação dos serviços de esgotamento sanitário da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro _Controle e tratamento de efluentes industriais para a TKCSA _Serviço de água e esgoto de Rio das Ostras _Tratamento de resíduos industriais para a Petrobras ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Teleférico do Complexo do Alemão _Estaleiro e base naval para submarinos _Teleférico do Morro da Providência _Expansão da Estação General Osório do metrô carioca _Porto Maravilha: obras de revitalização da região portuária do Centro do Rio de Janeiro _Reforma do estádio do Maracanã _Manutenção e montagem de plataformas da Petrobras na Bacia de Campos _Inspeção e manutenção no Terminal de Cabiúnas da Petrobras (TECAB) _Operação da FPSO Fluminense para a Shell _Manutenção e montagem de três unidades de exploração da Statoil, no campo de Peregrino _Afretamento e operação da plataforma ODN Delba III _Afretamento e operação da plataforma ODN Tay IV ODEBRECHT PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS _Participação na Concessionária Porto Novo S.A. ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Programa Emergencial em Angra dos Reis _Empreendimentos empresariais Seletto e Rio Corporate e complexo Dimension, na capital _Residencial Murano, em Niterói _Minha Casa Minha Vida, no Parque Valdariosa, em Queimados, e reubarnização do Morro do Alemão ODEBRECHT TRANSPORT _Participação na concessão da Supervia Trens Urbanos ODEBRECHT DEFESA E TECNOLOGIA _Construção de submarinos para a Marinha do Brasil

29 MATO GROSSO E&C ENERGIA _Hidrelétrica de Dardanelos _Hidrelétrica Teles Pires ETH BIOENERGIA _Unidade Alto Taquari PARÁ E&C ENERGIA _Hidrelétrica Belo Monte FOZ DO BRASIL _Operações de água e esgoto em Curionópolis, Eldorado dos Carajás, São Geraldo, Tucumã e Xinguara _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Rodovia de Salobo _Expansão da Estrada de Ferro Carajás MARANHÃO ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Píer 4 do Terminal da Ponta da Madeira _Expansão da Estrada de Ferro Carajás FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro PIAUÍ ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Ferrovia Transnordestina CEARÁ ODEBRECHT REALIZAÇÕES IMOBILIÁRIAS _Bairro Novo Fortaleza ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Ferrovia Transnordestina FOZ DO BRASIL _Tratamento de resíduos industriais para a Petrobras e efluentes e resíduos para a Transpetro RIO GRANDE DO NORTE ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Estação de Tratamento de Esgotos, em Natal FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro DISTRITO FEDERAL PARAÍBA FOZ DO BRASIL _Tratamento de resíduos industriais para a Petrobras e de efluentes e resíduos para a Transpetro ALAGOAS ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Manutenção das Unidades de PVC e MVC da Braskem BRASKEM _Quatro unidades industriais FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos industriais para a Petrobras SERGIPE ODEBRECHT PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS _Participação na concessionária do Centro Administrativo do Distrito Federal ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Hotel Residência Brisas do Lago _Empreendimento habitacional Jardins Mangueiral, mediante parceria público-privada _Complexo comercial LED, em Águas Claras FOZ DO BRASIL _Tratamento de resíduos industriais para a Petrobras e de efluentes e resíduos para a Transpetro PERNAMBUCO ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Construção das Unidades HDT e UDA da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), para a Petrobras _Construção das unidades de PTA, POY e PET da Petroquímica Suape ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Arena Pernambuco _Rodovia Expressway Rota do Atlântico _Píer Petroleiro do Complexo Industrial e Portuário de Suape _Terraplenagem da Refinaria Abreu e Lima _Ferrovia Transnordestina ODEBRECHT PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS _Arena Pernambuco Participação na concessionária da operação ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Residenciais Terraço Laguna e Vila dos Corais e complexo Novo Mundo Empresarial na Reserva do Paiva ODEBRECHT TRANSPORT _Rota dos Coqueiros (operação do sistema Reserva do Paiva) _Rota do Atlântico (operação do Complexo Suape/Expressway) FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro MINAS GERAIS ESPÍRITO SANTO FOZ DO BRASIL _Serviços de água e esgotos de Cachoeiro de Itapemirim e da Região Metropolitana de Vitória ODEBRECHT ÓLEO E GÁS _GSNC Raso: lançamento de dutos rígidos E&C ENERGIA _Modernização da Hidrelétrica de Furnas FOZ DO BRASIL _Tratamento de efluentes e resíduos da Usina da Vallourec & Sumitomo, em Jeceaba ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Redes elétricas do Programa Luz para Todos ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Condomínio residencial Vila Grimm GOIÁS TOCANTINS E&C ENERGIA _Modernização da Hidrelétrica de LCB de Carvalho/Estreito FOZ DO BRASIL _Participação na Saneatins Companhia de Saneamento do Tocantins ETH BIOENERGIA _Unidades Água Emendada e Morro Vermelho ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Construção da usina de etanol Água Emendada BAHIA BRASKEM _Oito unidades industriais ODEBRECHT ENGENHARIA INDUSTRIAL _Construção das plataformas P59 e P60 da Petrobras FOZ DO BRASIL _Unidade da Cetrel-Lumina _Operação do Sistema de Disposição Oceânica Jaguaribe _Tratamento de efluentes e resíduos para a Transpetro ODEBRECHT INFRAESTRUTURA _Construção da Arena Fonte Nova _Construção das praças de pedágio da rodovia BA-093 _Construção do Sistema de Disposição Oceânica Jaguaribe ODEBRECHT ÓLEO E GÁS _Manutenção da plataforma Itapuã para a El Paso _Manutenção e montagem da P-17 para a Petrobras ODEBRECHT PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS _Arena Fonte Nova Participação na concessionária da operação _Bahia Norte (operação do sistema BA-093) e CLN (operação da Estrada do Coco e Linha Verde) ODEBRECHT REALIZAÇÕES _Complexos multiuso Boulevard Side e Hangar, em Salvador _Minha Casa Minha Vida, no Bosque das Bromélias, em Salvador _Lançamento do condomínio residencial Tropicália ODEBRECHT TRANSPORT _Bahia Norte (operação do sistema BA-093) e CLN (operação da Estrada do Coco e Linha Verde) ESTALEIRO ENSEADA DO PARAGUAÇU

30 Odebrecht Parceira do desenvolvimento do Brasil No mapa estão assinalados os estados onde há obras a cargo da Odebrecht para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Programa Minha Casa Minha Vida, ambos do Governo Federal, e para os grandes eventos esportivos mundiais que serão realizados no país nos próximos anos: a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e as Olimpíadas do Rio em Na página ao lado, a relação das obras. PAC BA / CE / MA / MG / MT / PA / PE / PI / PR / RJ / RO / RS / SP / TO OLIMPÍADAS 2016 RJ COPA 2014 BA / PE / SP / RJ PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA BA / CE / DF / RJ / RO / SC / SP

31 copa do mundo de futebol 2014 Olimpíadas do rio 2016 Odebrecht Infraestrutura Bahia _Arena Fonte Nova Pernambuco _Arena Pernambuco São Paulo _Arena Corinthians Rio de Janeiro _Maracanã _Reurbanização do entorno do Maracanã _Teleférico do Morro da Providência _Expansão da Estação General Osório do metrô _Linha 4 Oeste, Barra-Gávea do metrô Odebrecht Infraestrutura Rio de Janeiro _Linha 4 Sul, Ipanema-Gávea do metrô _Corredor BRT Transoeste _Corredor BRT Transolímpica _Parque Olímpico PAC Programa de aceleração do crescimento Odebrecht Infraestrutura Bahia _Rodovia BA-093 Ceará _Ferrovia Transnordestina Maranhão _Porto de Itaqui Pernambuco _Ferrovia Transnordestina Piauí _Ferrovia Transnordestina Rio de Janeiro _Malha Viária do Rio Janeiro _Porto Saúde Gamboa _Arco Metropolitano _Recuperação dos Canais de Campos Rio Grande do Sul _Barragem Taquarembó _Dragagem Porto Rio Grande _Trensurb São Paulo _Saneamento Capivari II Odebrecht Engenharia Industrial Bahia _Construção das plataformas P59 e P60 da Petrobras Paraná _Modernizaçao da Refinaria Presidente Getulio Vargas (Repar), da Petrobras Pernambuco _Construção das Unidades HDT e UDA da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), para a Petrobras _Construção das unidades de PTA, POY e PET da Petroquímica Suape Rio de Janeiro _Pipe-rack do Comperj, para a Petrobras _Central de Utilidades do Comperj, para o CDPU São Paulo _Construção e montagem de estações de bombeamento para ampliação do escoamento do OSVAT 30, para a Petrobras _Estação de compressão de gás de Guararema para a Petrobras _Projeto de gasolina para modernização da Refinaria do Vale do Paraíba (Revap), para a Petrobras Odebrecht Realizações Imobiliárias Rio de Janeiro _Urbanização do Morro do Alemão e&c energia Mato Grosso _Hidrelétrica Teles Pires Minas Gerais _Modernização da Hidrelétrica de Furnas Pará _Hidrelétrica Belo Monte Rio de Janeiro _Hidrelétrica de Simplício Rondônia _Hidrelétrica Santo Antônio (construção) Tocantins _Modernização da Hidrelétrica de LCB de Carvalho/Estreito programa minha casa minha vida Odebrecht Realizações Imobiliárias Bahia _Bairro Novo Camaçari _Bosque das Bromélias Ceará _Bairro Novo Fortaleza Distrito Federal _Jardins Mangueiral Rio de Janeiro _Parque Valdariosa Rondônia _Bairro Novo Porto Velho Santa Catarina _Condomínios Mathias e Moradas Nascentes São Paulo _Jardim Bassoli

Programa Acreditar Case Odebrecht. Antonio Cardilli

Programa Acreditar Case Odebrecht. Antonio Cardilli Programa Acreditar Case Odebrecht Antonio Cardilli Agenda Organização Odebrecht Programa Acreditar Programa Acreditar Jr A Organização Pessoas Integrantes de mais de 60 nacionalidades 180.278 Integrantes

Leia mais

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte Usina Hidrelétrica de Belo Monte PA Ao dar continuidade ao maior programa de infraestrutura do Brasil desde a redemocratização, o Governo Federal assumiu o compromisso de implantar um novo modelo de desenvolvimento

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

PUCRS -REGINP -ANPROTEC. Antônio L. Bragança Diretor de Tecnologia

PUCRS -REGINP -ANPROTEC. Antônio L. Bragança Diretor de Tecnologia PUCRS -REGINP -ANPROTEC Experiência da Braskem Antônio L. Bragança Diretor de Tecnologia XXI Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas Porto Alegre, 26 Out 2011 AGENDA A BRASKEM

Leia mais

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas.

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas. BRIEF COMERCIAL 2015 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público nº 345 novembro 2014 Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público Odebrecht 70 anos: histórico e perspectivas em Óleo e Gás Foz Saneatins passa a se chamar Odebrecht Ambiental Saneatins

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO 1 2 _ 22.000 COLABORADORES _ 70.000 KM DE DUTOS (18 DOS QUAIS CRUZAM A CORDILHEIRA DOS ANDES) _ 450 PLANTAS DE PROCESSAMENTO DE

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

A importância do Investimento Privado na Concessão dos

A importância do Investimento Privado na Concessão dos A importância do Investimento Privado na Concessão dos Serviços Públicos Regulados Geraldo Villin Prado ABAR Mai/09 Demanda Anual de Investimentos no Brasil ENERGIA ELÉTRICA PETRÓLEO & GÁS (*) TRANSPORTES/

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013

QUEM SOMOS VISÃO MISSÃO HISTÓRICO BRIEF INSTITUCIONAL 2013 BRIEF INSTITUCIONAL 2013 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas.

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas. BRIEF INSTITUCIONAL 2015 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Setembro de 2010 Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente

Leia mais

2 3 Suzilaine Olívio Suares, da ETH

2 3 Suzilaine Olívio Suares, da ETH É com grande satisfação que apresento aos Integrantes da Organização Odebrecht informações relevantes sobre a atuação de nossas empresas em 2008. Marco Padilha, da Construtora Norberto Odebrecht Esta publicação,

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão. ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014

Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão. ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014 Benefícios da Cultura Empresarial na Gestão ConstruBR Enio Andrade São Paulo, 23 de abril de 2014 ConstruBR São Paulo, 23 de abril de 2014 Breve conceito que embasa esta apresentação CULTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas.

Conjunto de pessoas que formam a força de trabalho das empresas. 1. OBJETIVOS Estabelecer diretrizes que norteiem as ações das Empresas Eletrobras quanto à promoção do desenvolvimento sustentável, buscando equilibrar oportunidades de negócio com responsabilidade social,

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001 Assim é a Telefónica A aquisição da Lycos, aliada ao fato de a nova empresa Terra Lycos operar em 43 países, permitiu, por um lado, uma maior penetração nos Estados Unidos e no Canadá. Por outro lado,

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010

SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010 BOAS PRÁTICAS NO GERENCIAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NOS CANTEIROS DE OBRAS SINDUSCON São Paulo/SP 17 de Dezembro 2010 Cledson Macedo de Carvalho A Odebrecht concentra sua atuação Em 22 países em quatro

Leia mais

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia brasileira continuarácrescendo firmemente nos

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo

Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade. Versão para público externo Votorantim Industrial Relatório de Sustentabilidade Versão para público externo Mensagem da alta administração Em 93 anos de história da Votorantim, temos mantido a consistência na geração de valor, pautando

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas.

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. CARTA-CIRCULAR N 2.070 Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. Divulga relação das missões diplomáticas, repartições consulares de carreira e representações

Leia mais

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RILEY RODRIGUES Conselho Empresarial de Infraestrutura Sistema FIRJAN Principais desafios Os programas precisam ser estruturados, dentro de seus setores, como

Leia mais

Palestra: História da Cana-de. de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A

Palestra: História da Cana-de. de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A Palestra: História da Cana-de de-açúcar no Centro-Oeste Professora: Ana Paula PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S/A ORIGEM DA CANA-DE-AÇÚCAR A cana-de de-açúcar é uma planta proveniente

Leia mais

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 1 Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 O Conselho de Administração aprovou o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totais de US$ 224 bilhões, representando a média de US$ 44,8 bilhões

Leia mais

mídiakit www.tvgazeta.com.br

mídiakit www.tvgazeta.com.br mídiakit www.tvgazeta.com.br JUNHO / 2015 #HISTÓRIA Fundada no aniversário da cidade de São Paulo, a TV Gazeta fala com uma metrópole globalizada com a intimidade de quem esteve presente na vida e no coração

Leia mais

Estudo dos países da América Latina e América Central

Estudo dos países da América Latina e América Central Empresa têxtil E M P R E S A T Ê X T I L Estudo dos países da América Latina e América Central Produtos considerados: 6003.33.00/6006.31.00/6006.21.00/6006.22.00/6006.23.00/6006.42.00 1. Exportações brasileiras

Leia mais

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Recursos Humanos Universidade Petrobras Brasil 12 a 14 de novembro Hotel Transamérica São Paulo. 2 Petrobras A PETROBRAS Atua como

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral Vale no Maranhão AGENDA A Vale O Maior Projeto de Logística da America Latina - Exportação de Minério - Logística da Vale de Carga Geral A Vale no Mundo A Vale tem operações mineradoras, laboratórios de

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 A Petrobras comunica que seu Conselho de Administração aprovou o Plano Estratégico Petrobras 2030 (PE 2030) e o Plano de Negócios

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria tecnológica com a Kawasaki na sede da Odebrecht S.A.

Leia mais

INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA

INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA UM NOVO MOMENTO DA INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA ENSEADA. A QUALIDADE, A PRODUTIVIDADE E A TECNOLOGIA DOS MELHORES ESTALEIROS DO MUNDO AGORA NO BRASIL Resultado da associação entre Odebrecht, OAS, UTC e Kawasaki,

Leia mais

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro - 2º Congresso Florestal do Tocantins - André Luiz Campos de Andrade, Me. Gerente Executivo de Economia e Mercados do Serviço Florestal

Leia mais

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer A demanda crescente nos mercados interno e externo por combustíveis renováveis, especialmente o álcool, atrai novos investimentos para a formação

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Lisboa 31 de maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Sumário A Petrobras Os Desafios O Alinhamento Estratégico - Gestão por Competências - A Concepção da Universidade

Leia mais

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015 Governança Pública O Desafio do Brasil Contra a corrupção e por mais desenvolvimento Governança de Municípios Março/2015 João Augusto Ribeiro Nardes Ministro do TCU Sumário I. Introdução-OTCUeocombateàcorrupção

Leia mais

Grupo Banco Mundial. Construindo um mundo sem pobreza

Grupo Banco Mundial. Construindo um mundo sem pobreza Grupo Banco Mundial Construindo um mundo sem pobreza Enfoque Regional! O Banco Mundial trabalha em seis grandes regiões do mundo: 2 Fatos Regionais: América Latina e Caribe (ALC)! População total: 500

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população não possui coleta

Leia mais

Briefing Ciclo do Concreto

Briefing Ciclo do Concreto Briefing Ciclo do Concreto Disclaimer Este documento foi elaborado para orientar os participantes do Desafio do Concreto Camargo Corrêa. Os conteúdos apresentados visam realizar um alinhamento entre os

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014

Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria. Luanda, 26.05.2014 Workshop Financiamento às Infraestruturas, à Agricultura e Agro-indústria Luanda, 26.05.2014 Agenda 1. Cenário Internacional 2. Formas de apoio 3. Estratégia de atuação na África Depto. de Suporte a Operações

Leia mais

NOVEMBRO 2011 IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA PORTO HOJE PLANO ESTRATÉGICO

NOVEMBRO 2011 IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA PORTO HOJE PLANO ESTRATÉGICO NOVEMBRO 2011 IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA PORTO HOJE PLANO ESTRATÉGICO 1 LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA MUNDIAL Rotterdam (5) (1) (4) Porto do Itaqui (3) (2) Itaqui China (Shangai) (1) Via Canal Panamá ~ 12.000

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora

Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora Institucional Tokio Marine Seguradora Tokio Marine no Mundo Grupo Tokio Marine é o um dos líderes entre os grupos seguradores globais. Fundada em1879 Ativos:US$98bilhões

Leia mais

Top de Marketing 2005

Top de Marketing 2005 Top de Marketing 2005 :: Introdução :: Responsabilidade Social e Ambiental :: Imagem :: Investimentos Introdução Cadeia da Petrobras - Resumo Cliente (ex.: Posto) Organograma Missão e Visão MISSÃO Atuar

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

Os sistemas de despoeiramento, presentes em todas as usinas do Grupo Gerdau, captam e filtram gases e partículas sólidas gerados na produção

Os sistemas de despoeiramento, presentes em todas as usinas do Grupo Gerdau, captam e filtram gases e partículas sólidas gerados na produção Os sistemas de despoeiramento, presentes em todas as usinas do Grupo Gerdau, captam e filtram gases e partículas sólidas gerados na produção siderúrgica. Ontário Canadá GESTÃO AMBIENTAL Sistema de gestão

Leia mais

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Estudo faz balanço de serviços urbanos básicos, como a gestão dos resíduos sólidos. (Foto: Reprodução) Apesar do crescimento econômico,

Leia mais

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015 O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil Mario Lima Maio 2015 1 A Matriz Energética no Brasil A base da matriz energética brasileira foi formada por recursos

Leia mais

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios Português Resumo Executivo Esta é a segunda edição revista e ampliada da publicação: O Setor Elétrico Brasileiro e

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR PRINCIPAIS ROTAS DO TRÁFICO DE SERES HUMANOS

MATERIAL COMPLEMENTAR PRINCIPAIS ROTAS DO TRÁFICO DE SERES HUMANOS MATERIAL COMPLEMENTAR PRINCIPAIS ROTAS DO TRÁFICO DE SERES HUMANOS 1. PRINCIPAIS ROTAS DO TRÁFICO DE PESSOAS 2. CLASSIFICAÇÃO DOS PAÍSES SEGUNDO AS ROTAS DE TRÁFICO 3. PAÍSES COM MAIOR NÚMERO DE ROTAS

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Gerente de Relações Institucionais Marcio Mendonça Cruz Revitalização Revitalização da da indústria indústria

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Polo Produtivo 2 de Julho

Polo Produtivo 2 de Julho Polo Produtivo 2 de Julho Cadeia de Óleo & Gás offshore, onshore e Indústria Naval Recôncavo - Bahia Apoio: OBJETIVO Implantação de um complexo Industrial para atender a crescente demanda da Indústria

Leia mais

. Reação e Antecipação. Espírito de Equipa e Estabilidade. Consistência e Coerência das Prestações oferecidas

. Reação e Antecipação. Espírito de Equipa e Estabilidade. Consistência e Coerência das Prestações oferecidas 2 Apresentação JOÃO MATA, Angola - Corretores e Consultores de Seguros, é um novo projeto profissional que se afirma na atividade seguradora Angolana, associando a experiência e especialização da sua casa

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO

mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado,

Leia mais

A Indústria do Cimento e a Infraestrutura no Brasil. Comissão de Serviços de Infraestrutura SENADO FEDERAL

A Indústria do Cimento e a Infraestrutura no Brasil. Comissão de Serviços de Infraestrutura SENADO FEDERAL A Indústria do Cimento e a Infraestrutura no Brasil Comissão de Serviços de Infraestrutura José Otavio Carvalho Vice Presidente Executivo Cimento: Características do produto - Base do concreto - o material

Leia mais

Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA

Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA Secretaria de Educação Superior (SESu) Diretoria de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Pernambuco Na indústria, mais demanda por trabalho Texto publicado em 28 de Dezembro

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

PROJETOS AMBIENTAIS PETROBRAS. Agenda ambiental positiva da indústria com a comunidade XII Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2010

PROJETOS AMBIENTAIS PETROBRAS. Agenda ambiental positiva da indústria com a comunidade XII Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2010 PROJETOS AMBIENTAIS PETROBRAS Agenda ambiental positiva da indústria com a comunidade XII Semana Fiesp-Ciesp de Meio Ambiente 2010 PETROBRAS EM GRANDES NÚMEROS 2008 112 Receita Operacional Líquida: R$

Leia mais

Investimentos RIO 2012.2014. Sumário executivo. Sumário executivo

Investimentos RIO 2012.2014. Sumário executivo. Sumário executivo Investimentos Decisão RIO 2012.2014 Sumário executivo Sumário executivo Rio de Janeiro: Localização privilegiada, logística estratégica O Rio de Janeiro avançou extraordinariamente na última década com

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil

El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años. Ulysses Nunes, Mangels - Brasil El desarrollo del galvanizado general em Brasil em los últimos 5 años Ulysses Nunes, Mangels - Brasil Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Mercado Galvanização Desenvolvimento

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

A Responsabilidade Social no Setor Elétrico

A Responsabilidade Social no Setor Elétrico Fórum de Responsabilidade Socioambiental do Setor Elétrico Organização: ANEEL A Responsabilidade Social no Setor Elétrico Claudio J. D. Sales Presidente Instituto Acende Brasil Instituto Israel Pinheiro,

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Brasil Oportunidades de Investimento Batimat 2011 Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA 2 Caixa, patrimônio dos brasileiros. Caixa 100% pública! O processo de abertura do capital da Caixa Econômica Federal não interessa aos trabalhadores e à população

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito?

Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito? SESSÃO TEMÁTICA Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito? Brasília, 17 de novembro de 2009 Perspectivas de Investimentos O Brasil está diante de uma oportunidade inédita para aumentar de

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Cimento. Concessões de Energia. Concessões de Transportes. Engenharia e Construção. Vestuário e Calçados. Cimento

Cimento. Concessões de Energia. Concessões de Transportes. Engenharia e Construção. Vestuário e Calçados. Cimento 37 Relatório Anual 2011 - Camargo Corrêa S.A. Áreas de Negócios Alisson Silva, Fábrica da InterCement em Ijaci (MG) 38 Relatório Anual 2011 - Camargo Corrêa S.A. Áreas de Negócios Os negócios de cimento

Leia mais