Saúde Mental: a estrutura no modelo substitutivo ao hospitalocêntrico. O Processo Eleitoral no CRP-08. Editoria Por dentro: Psicólogos na Política

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Saúde Mental: a estrutura no modelo substitutivo ao hospitalocêntrico. O Processo Eleitoral no CRP-08. Editoria Por dentro: Psicólogos na Política"

Transcrição

1 ISSN Ano 12 Edição nº 71 Set/Out/2010 Publicação Bimestral Conselho Regional de Psicologia do Paraná dreamstime Saúde Mental: a estrutura no modelo substitutivo ao hospitalocêntrico O Processo Eleitoral no CRP08 Dia do Psicólogo Eventos que marcaram a data Editoria Por dentro: Psicólogos na Política

2

3 sumário expedientecontato Diretoria Presidente: Celso Durat Junior Vicepresidente: Rosemary Parras Menegatti Secretária: Mariana Patitucci Bacellar Tesoureira: Marilda Andreazza dos Anjos 4 contatoeditorial 5 coforienta 6 acontecenoparaná 10 contatoplenária 12 matériacontato 13 eleiçõescrp08 17 pordentro 22 matériacapa psicólogodasilva matériacontato 31 comunicadoeagenda 32 sindicatodos psicólogosdoparaná contatoagenda 34 inscrição Conselheiros Adriana Tié Maejima, Anaides Pimentel S. Orth, Beatriz Dorigo, Celso Durat Junior, Denise Matoso, Dionice Uehara Cardoso, Eugenio Pereira Paula Junior, João Baptista Fortes de Oliveira, Maria Elizabeth Haro, Maria Sezineide Cavalcante de Mélo, Márcia Regina Walter, Mariana Patitucci Bacellar, Marilda Andreazza dos Anjos, Marina Pires Machado, Rosangela Lopes de Camargo Cardoso, Rosângela Maria Martins e Rosemary Parras Menegatti. Subsedes Londrina Avenida Paraná, andar sala 81 e 82 Ed. Itaipu CEP Fone: (43) / (43) Conselheira: Denise Matoso Coordenador: José Antonio Baltazar Maringá Avenida Mauá, 2109 sala 08 CEP Fone: (44) / (44) Conselheira: Rosemary Parras Menegatti Cascavel Rua Paraná, 3033 salas 53/54 CEP Fone: (45) / (45) Coordenador: Harumi Tateiva Representações Setoriais Campos Gerais Representante efetivo: Marcos Aurélio Laidane Fone: (42) Representante suplente: Lúcia Wolf Campo Mourão Representante efetiva: Cons. Maria Sezineide Cavalcante de Mélo Fone: (44) Representante suplente: Patrícia Roehrig Domingues dos Santos Guarapuava Representante efetiva: Egleide Montarroyos de Mélo Fone: (42) Representante suplente: Tânia Mansano Foz do Iguaçu Representante efetiva: Mara Julci K. Baran Fone: (45) Representante suplente: Serena Nogueira e Silva Bragança Sudoeste Representante efetiva: Maria Cecília M. L. Fantin Fone: (46) Representante suplente: Geni Célia Ribeiro Norte Pioneiro Representante efetivo: Lucas Renato Ribeiro Chagas Fone: (43) Representantes suplentes: Ana Amélia de Lima e Valéria Aranha Meneghel. Litoral Representante efetiva: Kamilla Scremim Figueiredo Fone: (41) Representante suplente: Silmara de Souza Lima Paranavaí Representante efetiva: Carla Christiane Amaral Barros Alécio Fone: (44) Umuarama Representante efetiva: Cons. Adriana Tié Maejima Fone: (44) Representante suplente: Orlete Maria Pompeu de Lima União da Vitória Representante efetiva: Marly Perrelli Fone: (42) Representantes suplentes: Alexsandra Esteves e Marínea Maria Fediuk Produção Contato: informativo bimestral do Conselho Regional de Psicologia 8 Região. (ISSN ) Avenida São José, 699 CEP Cristo Rei Curitiba Paraná Fone: (41) Fax: (41) Site: / Tiragem: exemplares. Impressão: Maxigráfica e Editora Ltda. Jornalista Responsável: Licemar Vieira Melo (9635/SRTERS) Colaboração: Viviane Martins Comissão de Comunicação Social do CRP08: Maria Elizabeth Nickel Haro e Mariana Patitucci Bacellar. Projeto Gráfico: RDO Brasil (41) Designer Responsável: Leandro Roth Diagramação: Eduardo Rozende. Ilustração (Psicólogo da Silva): Ademir Paixão Preço da assinatura anual (6 edições): R$ 20,00 Os artigos são de responsabilidade de seus autores, não expressando, necessariamente, a opinião do CRP08.

4 contatoeditorial agosto, em Curitiba; além de informações sobre o processo eleitoral no CRP08. A segunda matéria da série de reportagens Saúde Mental, que se refere à estrutura no modelo substitutivo ao hospitalocêntrico, é o tema da matéria de capa desta edição. Ela contempla uma abordagem sobre a rede de atenção à saúde mental e privilegia a análise de um dos equipamentos dessa rede, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do Paraná. A edição 71 da Contato também traz um breve relato sobre o XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte, que aconteceram em Psicólogos na política é o tema da editoria Por Dentro e nela há informações sobre cinco psicólogos do Paraná que estão concorrendo a deputado federal e deputado estadual nas eleições de 3 de outubro. A programação e informações gerais sobre o III Encontro de Psicologia e Políticas Públicas, que acontece nos dias 17 e 18 de setembro de 2010 também são divulgadas. A Campanha do Psicólogo 2010 é contemplada na revista. Um marcador de livros, produzido para divulgar a campanha deste ano, acompanha esta edição. 3 Boa leitura!

5 Consultório de Psicologia: orientações quanto às instalações físicas coforienta Comissão de Orientação e Fiscalização Tendo em vista os questionamentos dos profissionais sobre a necessidade de adequação do espaço físico para o trabalho do psicólogo em consultório, a Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP08 vem esclarecer alguns pontos pertinentes às normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária, bem como ao que se encontra em nosso Código de Ética Profissional, a saber: Art. 1º São deveres fundamentais dos psicólogos: c) Prestar serviços psicológicos de qualidade, em condições de trabalho dignas e apropriadas à natureza desses serviços, utilizando princípios, conhecimentos e técnicas reconhecidamente fundamentados na ciência psicológica, na ética e na legislação profissional; O profissional deverá também preocuparse com a inviolabilidade do local e com a privacidade do seu cliente, respeitando o Art. 9 do referido Código, que esclarece: É dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade das pessoas, grupos ou organizações, a que tenha acesso no exercício profissional. Em atenção a este Artigo ressaltase o cuidado com o isolamento acústico, sendo que este se refere à capacidade de certos materiais formarem uma barreira, impedindo que a onda sonora (ou ruído) passe de um espaço físico a outro. Os profissionais que estão credenciados no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) poderão se responsabilizar tecnicamente para oferecer um serviço de qualidade para esse tipo de infraestrutura, sugerindo os materiais mais indicados para esse fim. Em relação às condições exigidas pela vigilância sanitária, é importante considerar que o espaço físico deverá apresentar boas condições de manutenção e limpeza, bem como possuir boa ventilação e luminosidade adequada. Já nos consultórios onde é utilizada a acupuntura, além de serem observadas as orientações já descritas, a Vigilância Sanitária estabelece ainda outras exigências, tais como: 4Pia para lavagem das mãos e saboneteira líquida; 4Papel toalha e lixeira; 4Superfícies de fácil desinfecção e piso lavável; 4Uso obrigatório de agulhas descartáveis; 4Descarte de agulhas em recipiente específico para esta finalidade e com destinação regularizada junto a empresa licenciada; 4Uso de luvas de proteção pelo profissional acupunturista; 4Comprovação de capacitação nesta especialidade, reconhecida junto ao Conselho de Classe pertinente. Ainda segundo a Vigilância Sanitária, a partir da publicação da Resolução n 12/2009SMS, a Licença Sanitária para atividade de Psicologia, passou a ter validade de 3 anos, passível de renovação. Ressalta que a categoria deverá sempre consultar a Vigilância Sanitária de seu município, antes de iniciar seus trabalhos em consultório, pois há vários procedimentos a serem observados. Em Curitiba, o telefone para contato é

6 acontecenoparaná A Campanha do Dia Psicólogo 2010 no Paraná Material de divulgação para o dia dia do piscólogo A Psicologia sempre defendeu a LIBERDADE de ESCOLHAS, como fundamento para as pessoas enfrentarem os desafios da vida, relacionarem se bem consigo e com os outros e para a conquista da CIDADANIA. Essa Conquista é um processo que se dá pela ação COLETIVA, na discussão, na troca de IDEIAS, no respeito à diversidade e na construção de novas propostas. Na Campanha do Psicólogo 2010 o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP08) sugeriu essas reflexões, para conscientizar que, é fazendo a DIFERENÇA, que construiremos uma sociedade melhor. 6 contato Material produzido: Para a Campanha do Psicólogo 2010 foram produzidos flyers, cartazes, banners, outdoors, marcadores de livros e hotsite. A arte da campanha pode ser conferida, através de outdoor, nas cidades de: União da Vitória, São Mateus do Sul, Cascavel, Toledo, Assis Chateaubriand, Londrina, Pato Branco, Francisco Beltrão, Guarapuava, Campo Mourão, Paranavaí, Foz do Iguaçu, Umuarama e Ponta Grossa. No hotsite, publicado na página inicial do site do CRP08, foram disponibilizadas informações sobre a Campanha do Psicólogo 2010 tema, a programação da sede, subsedes e representações setoriais do CRP08 e artigos que os colaboradores das comissões de Clínica e Tanatologia da sede produziram. Esses artigos serão publicados nas próximas edições. Os flyers foram distribuídos, através de panfletagens, que aconteceram no dia 27, em várias cidades do Paraná. E os marcadores de livros estão sendo distribuídos entre a categoria, através desta edição da Revista Contato.

7 Mesaredonda em Curitiba (25/08). 2 Cerca de 90 pessoas assistiram a palestra O mito do envelhecimento, dia 23, em União da Vitória. 3 Outdoor, em Toledo. 4 Psicólogos, reunidos na subsede de Londrina, promoveram discussões durante a semana de 23 a 27/08. 5 Psicólogos de Foz do Iguaçu. Programação Fotos: Arquivo Na semana de 23 a 28 de agosto as representações setoriais, subsedes e a sede do CRP08 realizaram diversas atividades para divulgar a Campanha do Psicólogo Souza (CRP08/05168); Maria Sezineide Cavalcante de Mélo (CRP08/03183); Denise Matoso (CRP08/02416) e Andrea Simone Schaack Berger (CRP08/09933). Psicologia e Cidadania foi o tema discutido em Curitiba e Guarapuava. No dia 25 de agosto houve mesaredonda na sede do CRP, com os psicólogos Dionísio Banaszewski (CRP08/04735), Raphael Di Lascio (CRP08/00967) e Deisy Joppert (CRP08/01803). A Mesa foi coordenada pela Conselheira Secretária do CRP08 Mariana P. Bacellar (CR 08/10021). E a Representação Setorial de Guarapuava promoveu uma palestra, em parceria com a Faculdade Campo Real, que foi ministrada pelo psicólogo Valdir Sloboda (CRP 08/12888), no dia 27 de agosto. Em Londrina, a semana foi de programação intensa. A subsede realizou miniworkshop, mesasredondas, palestras e exibição de filme. Psicoterapia, participação e controle social e a intervenção do psicólogo na promoção da qualidade de vida foram alguns assuntos discutidos na subsede. Participaram como palestrantes: Eliane Subtil Marçal (CRP 08/05774); Kelly Christiane Favoreto Gongora Shimohiro (CRP08/07303); Alessandra Jesus Politi (CRP08/12295); José Carlos Da Silva Camargo (CRP08/12173); Misma Félix de Em Cascavel, houve atividades em parceria com as universidades da região. A Representação Setorial dos Campos Gerais apoiou as atividades realizadas pela Faculdade Sant Ana. Em União da Vitória foram realizadas palestras com os temas O mito do envelhecimento e Trajetória e Fortalecimento da Psicologia: um resgate histórico. Participaram, como palestrantes, os psicólogos: Maris Stela da Luz Stelmachuk (CRP08/0874), Marly T Perrelli (CRP08/04561), Solange Farah Wachholv (CRP08/13102), Mara A. Novacki Fernandes Luiz (CRP08/13098), Fernanda Silva da Costa (CRP08/13106), Dionísio Banaszewski (CRP08/04735), Rubens Weber (CRP08/4009), Rogéria Sinimbu Aguiar (CRP 08/05128), Rosana Ehke Vistuba (CRP08/07589) e Marínea Maria Fediuk (CRP08/06907). As outras representações setoriais e subsede do CRP 08 também realizaram eventos para a Campanha do Psicólogo 2010, que foram divulgados no site do Conselho. contato 7

8 XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte Participantes da mesa na solenidade de abertura. Psicologia do Esporte: qualidade de vida, ética e desenvolvimento de talentos. Este foi o tema do XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte que aconteceram de 18 a 21 de agosto, na PUCPR em Curitiba. O Conselho Regional de Psicologia do Paraná, em parceria com a Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SOBRAPE), Sociedade de Psicologia do Esporte do Paraná (SOPEPAR) e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), foram os organizadores. Os eventos contaram com seis minicursos, três conferências e 10 mesas redondas, além da apresentação de trabalhos (exposição oral e pôster) e lançamento de livros da área. Entre os temas que foram discutidos estavam: a intervenção psicológica em atletas olímpicos, dinâmica de grupo no futebol, qualidade de vida, o esporte paraolímpico no Brasil e o treinamento de crianças no esporte. O evento contou com cerca de 280 participantes. 8 contato Solenidade de abertura A solenidade de abertura dos Congressos aconteceu na noite do dia 18. Integraram a mesa: o Próreitor de Desenvolvimento da PUCPR, professor Eduardo Damião da Silva, a Conselheira Secretária do Conselho Regional de Psicologia do Paraná, Psicóloga Mariana Patitucci Bacellar (CRP08/10021), a Presidenta do XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte, Psicóloga Márcia Regina Walter (CRP08/02054) e o Presidente de Honra da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SO BRAPE) Psic. Dr. Benno Becker Junior (CRP07/02049). Psicóloga Márcia agradeceu à Diretora do Departamento de Psicologia da PUCPR, Profª Regina Celina Cruz, que incentivou a realização do evento prestando o apoio necessário a sua realização e o Professor Rodrigo Reis Diretor do Departamento de Educação Física da PUCPR. A psicóloga Mariana Patitucci Bacellar destacou a importância dos Congressos para aprimorar as discussões na área da Psicologia do Esporte. O Presidente de Honra da SO BRAPE, Dr. Benno Becker Junior, defendeu a necessidade de registrar os debates que acontecem, pois é esse registro que permite perceber a evolução dos debates da Psicologia do Esporte. Ele também citou a carência de cursos de especialização na área de Psicologia do Esporte, no Brasil. O Próreitor de Desenvolvimento da PUCPR, Eduardo Damião da Silva parabenizou a comissão organizadora e enfatizou a relevância das discussões propostas, na programação, nessa fase de preparação do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de Encerrando a solenidade de abertura a Presidenta do Congresso Brasileiro e Internacional de Psicologia do Esporte, Psicóloga Márcia Regina Walter, defendeu que é preciso garantir o espaço da Psicologia no esporte e na sociedade. Ela também destacou que durante os eventos o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP) do Conselho Federal de Psicologia vai realizar uma pesquisa, para avaliar a realidade dos psicólogos do esporte. Solicitou o apoio dos psicólogos do esporte, para garantir através das informações o planejamento futuro de políticas públicas para a área. Conferência de abertura Dr. Dietmar Samulski, durante a Conferência: O futuro da Psicologia do Esporte: visões e desafios.

9 O Dr. em Ciências do Esporte e Presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SOBRAPE), Dietmar Samulski, de Minas Gerais, fez a conferência de abertura. Ele falou sobre o futuro da Psicologia do Esporte: visões e desafios. Dr. Becker Jr. afirmou que, conforme pesquisas, entre 50 e 66% das crianças tem um impulso fortíssimo para encerrar as suas carreiras esportivas, principalmente porque a prática do esporte não causa mais diversão a ela. Em alguns esportes, a carga de trabalho, e os abusos no treinamento, são muito fortes e as crianças podem apresentar ansiedade, depressão e baixo autoestima, enfatizou o conferencista que fez referência a inserção, em competições de triathlon, nos Estados Unidos, de crianças, a partir dos três anos de idade. Os estudos científicos comprovam que há limites humanos para atividade física, enfatizou Becker Jr. O esporte têm que ser agradável, para a criança, não precisa ser tão rígido assim, concluiu. Avaliação Na conferência Dr. Samulski enfatizou que a Psicologia do Esporte e do Exercício representa uma das disciplinas da Ciência do Esporte e se constitui em Psicologia Aplicada. Recreação, lazer, prevenção, promoção da saúde e esporte de rendimento foram algumas áreas de intervenção da Psicologia do Esporte destacadas pelo conferencista. Também divulgou os temas de suas pesquisas recentes e publicações na área, entre esses: o planejamento de carreira esportiva, overtraining (excesso de treinamento), instrumentos para avaliar estresse e recuperação de atletas e perfil de liderança de treinadores no futebol brasileiro. Para o Dr. Samulski a tolerância, a ética no trabalho (relacionada ao respeito a diversidade profissional), a criatividade (novas ideias e propostas), coragem, persistência e solidariedade devem ser os princípios norteadores dos profissionais da Psicologia do Esporte. Treinamento de crianças Análise crítica sobre o treinamento de crianças no esporte, esse foi o tema de uma conferência realizada pelo Presidente de Honra da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SOBRAPE) e da Sociedade Sulamericana de Psicologia do Esporte (SOSU PE), Psic. Dr. Benno Becker Junior, do Rio Grande do Sul. Dr. Benno Becker Jr durante a conferência. O conferencista relacionou esse fato a uma atitude e conduta conhecida, cientificamente como Burnout, e fez referência ao pensamento de Gold (1993), que relaciona essa atitude ao estresse extremo causado pela prática desportiva. Também afirmou que, conforme mostram estudos, as crianças têm a necessidade de realizar atividade física, mas, em média, quando chegam aos 13 anos de idade, abandonam o exercício. A Presidenta do XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte, Psicóloga Márcia Walter avaliou que o evento foi marcado por muita alegria e o entusiasmo dos convidados contagiaram a todos. Conferências e mini cursos foram bastante elogiados pelo conteúdo, experiência e enfoque abordados pelos palestrantes. A sintonia entre integrantes de mesas trouxe dados importantes quanto a vivência e conhecimento da Psicologia do Esporte aos ouvintes. Segundo a avaliação realizada pelos participantes do evento, 90% dos participantes considerou o evento entre excelente e bom, o que confirma a percepção da organização sobre a grande aceitação dos presentes aos temas e palestrantes escolhidos. O XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte contou com cerca de 280 participantes. contato 9

10 contatoplenária Deliberações das Plenárias de Junho e Julho Junho No dia 25 de junho de 2010 aconteceu uma reunião plenária, em Curitiba. Entre outros assuntos discutiuse sobre: Posse da Nova Diretoria Foi informado que a posse da gestão, 2010/2013, do CRP08 será no dia 25 de setembro de 2010 às 20h. GT Métodos de Trabalho em Neuropsicologia Foi divulgada a formação do Grupo de Trabalho Métodos de Trabalho em Neuropsicologia, o qual será coordenado pela psicóloga Maria Joana Mader Joaquim (CRP08/01899) e foram nomeados colaboradores: Tatiana I.J. Sá Riechi (CRP08/04418); Raphael C. Borguezan (CRP08/15003); Clotilde Ap. S. Giublin (CRP08/05171); Denise R. Jamus (CRP08/11462) e Rosicler E.S. Andrade (CRP08/04982). Seminário Nacional (online) sobre atuação do psicólogo no SUAS Foi mencionada a importância do Seminário (Online) Nacional sobre a atuação do Psicólogo no Sistema Único da Assistência Social (SUAS), promovido pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) e Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), realizado nos últimos dias 21, 22 e 23 de junho. Psic. Célia Mazza de Souza (CRP08/02052) informou que a filmagem estará disponível para download no site do CFP, nos próximos dias. O grupo (de aproximadamente 30 pessoas) que assistiu ao Seminário no Auditório Nélio Pereira da Silva solicitou novo momento de encontro para ampliar o debate. Assim que o material estiver disponível, o novo debate será organizado. Combate à Violência contra o Idoso Foi destacado que 15 de junho é o dia de Combate à Violência Contra o Idoso. O coordenador da Comissão de Gerontologia, Benedito Guilherme Falcão Farias (CRP 08/04130), ressaltou que o desafio para a Psicologia é trabalhar o relacionamento intergeracional e o desenvolvimento da cidadania do idoso. Seminário sobre Saúde Pública A coordenadora da Comissão de Tanatologia, Psic. Thereza Cristina de Arruda Salomé D Espíndula (CRP 08/04776), participou do Seminário A Saúde Pública tem que ser do povo, que aconteceu no dia 24/06, no plenarinho da Assembleia Legislativa do PR. A psicóloga fez um relato sobre as discussões que aconteceram no evento, referentes à privatização da saúde pública. Também participaram desse Seminário os psicólogos André Luiz Vendel (CRP08/014073) e Bruno Jardini Mäder.(CRP08/13323), da Comissão de Saúde do CRP 08. O evento foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos Estaduais dos Serviços de Saúde e Previdência do Paraná (Sindisaúde PR). Quartasfeiras online Em junho foi inaugurada a modalidade de 10 contato transmissão online das Quartasfeiras no CRP. A transmissão acontece através do site do CRP08 (www.crppr.org.br). Avaliação Psicológica para Porte de Arma de Fogo A Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) do CRP08 informou que a Resolução CFP Nº 010/2009, altera a Resolução CFP nº 018/2008 e dá outras providências, no que se refere à avaliação psicológica para porte de arma de fogo. No dia 26 de junho foi realizada, na sede do CRP08, uma reunião plenária. Entre os assuntos discutidos estavam: Congresso Nacional da Psicologia (CNP) Os psicólogos, participantes como delegados do CRP08 no VII Congresso Nacional da Psicologia evento de definições políticas para o Sistema Conselhos de Psicologia (CRPs e CFP), para os próximos três anos realizado no início de junho, em Brasília, avaliaram que a forma de sistematização das teses deve ser repensada. Como ponto positivo foi apontado à experiência de vivenciar o processo de organização política da profissão. Protocolo em Foz do Iguaçu está sendo organizado um protocolo para a área da Saúde Mental, definindo as atividades que são prerrogativas do Psicólogo. Representação Setorial do Litoral Foi apresentada a nova Representante Setorial do Litoral: Psic. Kamilla Scremim Figueiredo (CRP 08/10032). A Psic. Silmara Souza Lima mantémse como suplente. Novos Representantes no Setorial do Sudoeste Foi solicitada a realização de reunião para consulta e indicação de novos representantes setoriais para a região do Sudoeste. A categoria será consultada para a indicação de novos representantes setoriais, com a antecedência prevista em regimento. Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS) Foi informado que a Psic. Maria Cecília M. L. Fantin (CRP08/00480) representa a região do Sudoeste, via CRP, no CEAS. A suplente é a Psic. Geni Célia Ribeiro (CRP08/09281). Pela região de Foz do Iguaçu, a Psic. Mara Julci K. Baran (CRP08/02832) está representando o CRP. A posse dos novos conselheiros do CEAS aconteceu no último dia 1º de junho. Julho Na reunião plenária do dia 09 de julho, na sede do CRP08, foram discutidos, entre outros assuntos, os seguintes: Atuação do Psicólogo como Perito e Assistente Técnico no Fotos: Arquivo

11 Poder Judiciário Foi informado que foram publicadas no Diário Oficial da União resoluções do CFP, entre elas a 008/2010 Sobre Atuação do Psicólogo como Perito e Assistente Técnico no Poder Judiciário. Políticas Públicas Psic. Fernanda Rossetto (CRP08/12857) apresentou ao plenário informações sobre sua participação na 4ª Conferência Nacional das Cidades, de 19 a 23 de junho de 2010, em Brasília. Propostas da 4ª Conferência Nacional das Cidades Entre as propostas apresentadas na 4ª Conferência Nacional das Cidades, conforme informou a Psicóloga Fernanda Rossetto (CRP08/12857), reiterase que os Conselhos das Cidades devem ser deliberativos e existirem em todas as unidades da Federação. Há necessidade de formulação do Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano integrando políticas, Conselhos e Conferências. Com relação aos Planos Diretores propõese a obrigatoriedade para todos os municípios, independentemente do tamanho da população. Demonstrase a importância de que programas e projetos sejam políticas de Estado, e não de Governos, para permitir a sua continuidade em mudanças de governo. Resolução do CNJ nº 111/2010 Psic. Cleia Cunha (CRP 08/00477) trouxe, para conhecimento do Plenário, cópia da Resolução do CNJ nº 111, de 6 de abril de 2010, que institui o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário CEAjud e dá outras providências. Propõem capacitação dos técnicos e reiteram a necessidade do trabalho interdisciplinar na Justiça. Comunidades Terapêuticas Psic. Guilherme Bertassoni da Silva (CRP08/10536) trouxe ao plenário a questão do crack e a proposta de comunidades terapêuticas como parte de uma rede social, mas que não compõem a rede de saúde. Há um protocolo para funcionamento das comunidades terapêuticas, que prevê equipe mínima. No dia 24 de julho aconteceu a 562ª reunião plenária do CRP08, em Maringá. Entre outros assuntos foram discutidos os seguintes: Ofícios enviados pelo CFP Foi informado que o CRP08 recebeu alguns ofícios enviados pelo Conselho Federal de Psicologia, entre esses: o que se refere às regras estabelecidas pela Agência Nacional de Saúde, para a cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde para Psicoterapia; o que sugere a realização de debates, referentes à Resolução CFP nº010/2010 sobre escuta de crianças e adolescentes; e o que se refere à Resolução para credenciamento de sites no Sistema Conselhos de Psicologia. Novos links no site O plenário foi informado sobre a inclusão de três novos links no site do CRP08: deliberações da Plenária; clipping online e Psicólogos na mídia. Manifesto pela acessibilidade Psic. Célia Mazza de Souza (CRP 08/02052) informa que está participando de um grupo, composto por re Diretoria do CRP08 em Maringá. presentantes de entidades da Sociedade Civil, que está organizando um documento em prol da acessibilidade em Curitiba, a partir da adequação do espaço público. Lançamento de Caderno sobre Medidas Socioeducativas O Conselho Federal de Psicologia, por meio do CREPOP Nacional, lançou o caderno de Referências técnicas para atuação de Psicólogos no âmbito das medidas socioeducativas em unidades de internação. O material será enviado às instituições com unidades de internação de adolescentes e também poderá ser acessado pela web, no site do CFP (www. pol.org.br), para download de arquivo em PDF. Novas comissões da Subsede de Londrina Foi informado que na subsede de Londrina estão sendo organizadas as Comissões de Políticas Públicas e da Pessoa com Deficiência. Núcleos Formadores Foi informado que estão acontecendo na sede do CRP08, em Curitiba, reuniões com os núcleos formadores, visando aproximação entre as entidades e cadastro dessas no CRP, facilitando o acesso às informações para divulgação dos cursos promovidos pelas entidades cadastradas. Novas comissões da Subsede de Cascavel Na subsede de Cascavel estão sendo criadas as comissões de Políticas Públicas e de Estudantes. Unificação das comissões de Dependência Química e de Saúde Foi proposta a unificação das Comissões de Dependência Química e Saúde, que funcionam na sede do CRP08. Não houve manifestação contrária. Enfrentamento do crack Os psicólogos Fernanda Rosseto (CRP 08/12857), André Luiz Vendel (CRP08/14073) e Bruno Jardini Mader (CRP08/13323) fizeram uma apresentação sobre enfrentamento ao fenômeno do crack através de comunidades terapêuticas. Na apresentação foi enfatizado que a aceitação da pessoa, encaminhada por meio de mandado judicial, pressupõe a aceitação das normas e do programa terapêutico dos serviços, por parte do residente. Defendido, conforme normativa, que a equipe mínima para atendimento de 30 residentes deve ser composta por: 01 (um) Profissional da área de saúde ou serviço social, com formação superior, responsável pelo Programa Terapêutico; 01 (um) Coordenador Administrativo e 03 (três) Agentes Comunitários capacitados em dependência química. O serviço deve garantir a presença de, pelo menos, um membro da equipe técnica no estabelecimento no período noturno. Recomendase a inclusão de Curso de Primeiros Socorros no curso de capacitação. Foi sugerido o levantamento do número de comunidades terapêuticas no Estado.3 Plenária de 2407 em Maringá. contato 11

12 matériacontato Grandes perdas para a Psicologia do PR DURVAL LOMBA Morreu no final de julho (27), em Curitiba, vítima de infarto, o psicólogo Durval Lomba (CRP08/00004), com 86 anos. Lomba, que atuava como psicólogo clínico, fez parte da primeira turma de Psicologia do Paraná, que se formou em 1973, na antiga Universidade Católica, hoje PUCPR, e integrou o grupo que lutou pela criação do Conselho Regional de Psicologia do Paraná. Durval Lomba foi Conselheiro do CRP08, entre , no primeiro plenário (gestão) do Conselho. O psicólogo também atuou como professor na Universidade Federal do PR, na PUCPR e na UTP. O psicólogo Nélio Pereira da Silva (CRP 08/00016), que teve a oportunidade de conviver com Durval Lomba (na década de 70 eles organizaram os primeiros grupos de terapeutas no Paraná), destacou: Durval Lomba foi uma referência, no Paraná, como professor e terapeuta. Ele mostrava uma dedicação admirável, a impressão que dava era que a idade não conseguia fazêlo diminuir o ritmo. Conversei com exalunos dele e todos guardam boas recordações do Lomba. No ano passado, em entrevista a jornalista do CRP08, publicada na edição 64 da Revista Contato (julho/agosto de 2009)comemorativa aos 30 anos do Conselho Regional de Psicologia do Paraná Lomba deixou um conselho aos colegas de profissão: atualizemse, estudem, aprendam a desenvolver nas pessoas o desejo, e conheçam outras áreas: Filosofia, Sociologia, e por que não...poesia? TELMA FONTOURA Morreu aos 53 anos, vítima de estrangulamento, a psicóloga Telma Fontoura (CRP08/00748). Ela saiu para caminhar, na praia de Shangrilá, em Pontal do Paraná, no final da tarde do dia 11/07 e não mais retornou. O corpo da psicóloga foi encontrado no dia seguinte. O crime está sendo investigado pela polícia. Telma Fontoura se formou em Psicologia na PUCPR, em Curitiba, em Há 27 anos ela atuava como docente na Instituição. A partida de nossa amiga Telma Fontoura foi muito precoce. Interrompeu projetos e a incansável energia que ela sempre dedicava ao nosso Curso e à PUCPR, instituição onde fez a sua graduação em Psicologia e atuou por 27 anos, participando da formação de muitos psicólogos. Disciplinada, ética e muito comprometida com os valores da profissão e da instituição, teve uma vida profissional na qual pode compartilhar conosco de muitas conquistas, dificuldades e superações. Foi companheira para todas as horas e para nós foi uma grande perda. Encerrouse um semestre e uma vida! Tivemos que voltar e freqüentar os lugares onde costumeiramente vivíamos a nossa rotina! Não é uma tarefa fácil e estamos todos juntos, reunindo força e afeto para disfarçar a tristeza que ficou. Um pouquinho da Telma ficou em todos nós e temos muitas lembranças, as quais confortam nossos corações. Ficou o exemplo de luta que ela sempre nos deu e hoje tentamos transformar em aprendizagem para continuar a nossa caminhada, comentou a Diretora do curso de Psicologia da PUCPR, Regina Celina Cruz (CRP08/01383). 12 contato

13 ELEIÇÕES DO CRP08 Aconteceram no dia 27 de agosto as eleições para a gestão do CRP08 e do CFP. Ao todo psicólogos do Paraná votaram nessa eleição. Houve mesas eleitorais na sede, Curitiba, e nas subsedes de Cascavel, Londrina e Maringá. Ao todo, entre votos nas mesas eleitorais e votos por correspondência, a eleição registrou um número de votantes. Fazem parte da chapa os seguintes psicólogos: Conselheiros efetivos: João Baptista Fortes de Oliveira (CRP08/00173), Rosangela Lopes de Camargo Cardoso (CRP08/01520), Sérgio Luiz Braghini (CRP08/15660), Márcia Regina Walter (CRP08/02054), Anaides Pimentel S. Orth (CRP08/01175), Maria Sezineide Cavalcante de Mélo (CRP08/03183), José Antonio Baltazar (CRP08/03359), Suzana Maria Borges (CRP08/01855), Amarilis de Fátima Wosniack Falat (CRP08/06610), Karin Odette Bruckheimer (CRP08/03984), Bruno Jardini Mäder (CRP08/13323), Carolina de Souza Walger (CRP08/11381), Guilherme Bertassoni da Silva (CRP08/10536). Conselheiros suplentes: Márcia Regina da Silva Santos (CRP08/03336), Vera Regina Miranda (CRP08/01386), Ludiana Cardozo Rodrigues (CRP08/14941), Benedito Guilherme Falcão Farias (CRP 08/04130), Fernanda Rossetto (CRP 08/12857), Carlos Nicolau Piffero Steibel (CRP08/04726), Nelson Fernandes Júnior (CRP08/07298), Paula Matoski Butture (CRP08/12879), Liliane Casagrande Sabbag (CRP08/01407), Maria Sara de Lima Dias (CRP08/04400), Harumi Tateiva (CRP08/02512), Célia Regina Cortellete (CRP08/00457), Andreia Simone Schaack Berger (CRP08/09933). eleiçõescrp08 ação social. 4 Comissões mais atuantes na produção do conhecimento e no diálogo com acadêmicos e profissionais. 4 Proximidade com as instituições de ensino superior (canal aberto de contato entre CRP e instituições). 4 Aumento da solicitação da participação do psicólogo na mídia (TV, rádio, jornal, entre outros). 4 Ampliação da comunicação e da orientação do CRP. 4 Continuidade da valorização e incentivo da participação do interior por meios das Representações Setoriais e Subsedes. E, como consequência, maior reconhecimento pela sociedade da Psicologia enquanto profissão. CFP No CRP08 a chapa 22 Fortalecer a Profissão, encabeçada pela psicóloga Maria da Graça Corrêa Jacques (CRP07/00023), do Rio Grande do Sul, conseguiu votos, contra 758 votos da chapa 21 Cuidar do Futuro da Profissão, encabeçada pelo Psicólogo Humberto Verona (CRP04/03331), de Minas Gerais. Até o fechamento desta edição não havia sido divulgado o resultado, em nível nacional, das eleições para o CFP. Justificativa de voto A apuração dos votos no CRP08 aconteceu na noite de 27/08, logo após encerrada a votação. Para o Conselho Regional de Psicologia do Paraná havia apenas uma chapa concorrendo na eleição, a Ação Paranaense, encabeçada pelo Psicólogo João Baptista Fortes de Oliveira CRP08/00173, que foi eleita com votos, dos votos válidos. AÇÕES A Ação Paranaense vai assumir a gestão , comprometendose em preservar ações que já vêm sendo conquistadas no CRP08: 4 Fazer frente ao Projeto de Lei conhecido como PL do Ato Médico. 4 Psicólogo presente nos núcleos de atenção à família e em políticas de Como o voto para o Conselho Regional de Psicologia e o CFP são obrigatórios, o psicólogo, que não votou nessa eleição, deve enviar a justificativa de voto pelo correio ou entregála pessoalmente na Secretaria do CRP08. O modelo de justificativa está disponível no site do CRP08, área destaques, no banner Processo Eleitoral no CRP08. contato 13

14 políticaspúblicas Políticas Públicas para o Enfrentamento da Exclusão e da Violência. Este é o tema do III Encontro de Psicologia e Políticas Públicas e Seminário Regional de Políticas Públicas que acontecem nos dias 17 e 18 de setembro, na PUCPR, em Curitiba. Os eventos, destinados aos psicólogos, profissionais de áreas correlatas e estudantes, serão promovidos pelo CRP 08, com apoio da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. O objetivo é de proporcionar a troca de informações teórico metodológicas, e de experiências práticas, entre profissionais que atuam na área das políticas públicas, para o enfrentamento da exclusão e da violência. Nessa matéria você encontra informações gerais sobre a programação e as inscrições. Programação: Na programação estão previstas cinco oficinas, duas Conferências e duas mesas redondas, que vão possibilitar a discussão sobre a realidade do trabalho do psicólogo nos seguintes eixos das políticas públicas: saúde mental, segurança pública, cultura da paz, violência de gênero, pessoas em situação de vulnerabilidade e inclusão social. As oficinas, que acontecem no dia 17 de setembro, das 14 às 18 h, vão abordar os seguintes temas: violência e juventude, drogas e redução de danos, trabalho com o agressor, população em situação de rua e acessibilidade. Segurança e Cultura da Paz e Segurança e Saúde Mental são os temas das duas conferências. Já os temas das mesas redondas são: Violência e Saúde Mental e Violência e Gênero. Acompanhe a programação a seguir: 17/09 das 14h às 18h OFICINAS: Oficina 1: Violência e Juventude. Coordenadores: 4José Luis Ventura Leal Professor de Educação Física 4Rudinei Nicola Educador Coordenadores de Projetos do IDDEHA Oficina 2: Drogas e Redução de Danos. Coordenadoras: 4 Sandra Regina Fergütz Batista (CRP08/02667), Membro da Associação Internacional e da Associação Latinoamericana de Redução de Danos causados por Drogas. Diretora da ONG Humanar. 4Vera Da Ros (CRP06/35841). Psicóloga, Mestre pela PUC/SP, psicoterapeuta de jovens e adultos. Especialista nas áreas de adolescentes, drogas e Aids; membro do grupo de Educação e Prevenção de Drogas da ABRAMD coordenadora de projetos junto ao PROAD/UNI FESP; assessora técnica da área de redução de danos, drogas e Aids por 5 anos, junto a ONU e ao Ministério da Saúde. Diretora do NúcleoSP da Ong Psicotropicus Oficina 3: Trabalho com o Agressor. Coordenador: 4Eduardo Gomes Worms (CRP05/29191), terapeuta de família e casal, especialista em stress póstraumático e coordenador do grupo reflexivo de gênero de homens do Instituto Noos/RJ Oficina 4: População em Situação de Rua. Coordenadoras: 4Cleia Oliveira Cunha (CRP08/00477), especialista em Psicologia Social e Jurídica e Coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do CRP08 4Sandra Mancino Assistente Social CRESS10ª Região/701, membro da equipe técnica da Coordenadoria de Apoio Operacional às Promotorias de Garantias Constitucionais. 14 contato

15 Oficina 5: Acessibilidade. Coordenadores: 4Irajá de Brito Vaz Secretário da Secretaria Especial de Direitos da Pessoa com Deficiência de Curitiba (SEDPcD) 4Denise Maria Amaral de Oliveira Moraes (CRP08/03416), Psicóloga membro da equipe da SEDPcD 4Ricardo Tempel Mesquita arquiteto, militante na defesa da cidadania e acessibilidade das pessoas com deficiência, coordenador e ministrante de cursos e palestras sobre o tema. Consultor de Acessibilidade junto ao Ministério Público Estadual, Assessoria Especial das Pessoas com Deficiência da Prefeitura Municipal de Curitiba e entidades representativas das Pessoas com Deficiência. Inspetor Chefe do CREA (segundo mandato) 17/09 às 19h30 ABERTURA OFICIAL 4Celso Durat Junior (CRP08/04537), Conselheiro Presidente do CRP08 4Maria Sezineide Cavalcante de Mélo (CRP08/03183), Conselheira Responsável do CREPOP 4Bruno Jardini Mäder (CRP08/13323), Coordenador do Núcleo de Articulação em Políticas Públicas e Coordenador do III Encontro de Psicologia e Políticas Públicas e Seminário de Políticas Públicas. 4Regina Celina Cruz (CRP08/01383), Diretora do Curso de Psicologia PUCPR 20h às 22h Conferência 1: Segurança e Cultura da Paz 4Pedrinho Guareschi PHD em Ciências Sociais. Professor convidado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Conferencista Internacional. 18/09 das 9h às 11h Mesaredonda 1: Violência e Saúde Mental 4Fernanda Otoni de Barros Brisset e Pedrinho Guareschi 18/09 das 13h30 às 15h30 Conferência 2: Segurança e Saúde Mental 4Fernanda Otoni de Barros Brisset (CRP04/09608), doutora em Ciências Humanas: Sociologia e Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. Coordenadora do Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário com Sofrimento Psíquico (PAIPJ) Tribunal de Justiça de Minas Gerais. 18/09 das 16h às 18h Mesaredonda 2: Violência e Gênero 4Márcio Marins Coordenador da ONG Dom da Terra Curitiba (PR) 4Evalnete Rodrigues (CRP08/09578). Especialista em Formulação e Gestão de Políticas Públicas pela UFPR. Psicóloga do Centro de Referência da Mulher. 4Eduardo Worms (CRP05/29191), terapeuta de família e casal, especialista em stress póstraumático e coordenador do grupo reflexivo de gênero de homens do Instituto Noos RJ. Inscrições: As inscrições para o III Encontro de Psicologia e Políticas Públicas e o Seminário Regional de Políticas Públicas são feitas exclusivamente pelo site do CRP08 (www.crppr.org.br). A taxa é de R$ 70,00 (setenta reais) para psicólogos, estudantes e outros profissionais. Os psicólogos que atuam em políticas públicas ou representam o CRP08 em Conselhos de Controle Social tem 50% de desconto na taxa de inscrição. São 230 vagas disponíveis. Garanta a sua! Organização: O Encontro e o Seminário Regional são partes de um projeto construído pelos colaboradores do Núcleo de Articulação em Políticas Públicas do CRP08, coordenado pelo Psic. Bruno Jardini Mäder CRP08/ Fazem parte da Comissão Organizadora: Integram a equipe de apoio técnico: 4André Luiz Vendel CRP08/ Bruno Jardini Mader CRP08/ Carmen Regina Ribeiro Socióloga 4Célia Mazza de Souza CRP08/ Claudia Cobalcchini CRP08/ Dione Maria Menz CRP08/ Guilherme Bertassoni da Silva CRP08/ Maria Sezineide Cavalcante de Mélo CRP08/ Elaine Bernert (CRP08/14475) Gerente Técnica do CRP08 4Maurício Cardoso Gerente Administrativo Financeiro do CRP08 4Angelo Horst Auxiliar Administrativo 4Vitor Lemes de Resende Auxiliar Administrativo 4Joseli Wasik Assistente Administrativo 4Marilene Antoniacomi dos Santos Assistente Administrativo 4Licemar Vieira Melo Jornalista do CRP08 (9635 SRT/RS) 4Viviane Martins estagiária de Jornalismo contato 15

16

17 pordentro Psicólogos na política As eleições de 03 de outubro e o compromisso com a Psicologia A participação no cenário político brasileiro sempre foi uma reivindicação de várias categorias profissionais. No CRP 08, a clareza desta necessidade tem ficado cada vez mais evidente quando se discutem as demandas dos psicólogos, e tem sido alvo de discussões desde gestões anteriores, perpassando pela atual e pelo grupo que assumirá a gestão a partir de setembro. A urgência de um maior envolvimento nas propostas e decisões que envolvam nossa atuação, defesa de demandas específicas e de outras em que nos solidarizamos com profissões afins passa por uma representação sistemática e ampla no âmbito das decisões governamentais. Nas eleições de 03 outubro alguns psicólogos do Paraná estão buscando garantir esse espaço de representação política, concorrendo a vagas na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa do PR. A partir de uma solicitação feita através da Psiconews, informativo eletrônico do CRP08, a Revista Contato recebeu informações referentes a área de atuação e proposta política de cinco candidatos, sendo dois deles a Deputado Federal e três a Deputado Estadual. Os psicólogos do Paraná estão se candidatando, comprometendose em defender, por exemplo: a adequação do Projeto de Lei do Ato Médico e a fixação de piso salarial e carga horária para a categoria (Dionísio Banaszewski); implantação do atendimento de Psicologia Escolar desde a Educação Básica (Maria Tereza Cunha), melhores condições de trabalho do psicólogo (Alfredo Welker Sobrinho); trabalhar pela ampliação da participação dos profissionais de Psicologia em políticas públicas (Luiz Tadeu Seidel Bernardina); defender políticas públicas que garantam a implantação e/ou implementação dos serviços da psicologia nas áreas de saúde e educação (Mônica Caetano da Silva). Como as eleições representam uma oportunidade para a categoria demarcar seu espaço no cenário político, na expectativa de futuros avanços sociais, a Revista Contato publica os dados profissionais dos cinco psicólogos candidatos, seus lemas de campanha, propostas, partido político e número dos candidatos. Essa é a forma que a Revista pretende colaborar para o debate político e democrático. Primeiro serão apresentadas as propostas dos candidatos a Deputado Federal: Dionísio Banaszewski (CRP 08/04735) e Maria Tereza Cunha (CRP08/05727). Ele candidato pelo PPS e ela candidata pelo PDT. Na sequência virão os candidatos a Deputado Estadual: Alfredo Welker Sobrinho (CRP08/15239), do PV, Luiz Tadeu Seidel Bernardina (CRP08/04594), do PSB e Monica Caetano da Silva (CRP08/07734) do PPS. Para conhecer mais sobre as propostas dos candidatos, em setembro, todos serão entrevistados pela comunicação do CRP08. As entrevistas serão publicadas num informativo eletrônico especial, que será disparado, por , aos psicólogos do Paraná, e no site do Conselho (www.crppr.org.br). Confira! contato 17 17

18 Candidatos a Deputado Federal DIONÍSIO BANASZEWSKI (PPS/2347) Dionísio Banaszewski (CRP08/04735) Dados profissionais: Graduado em Psicologia na Faculdade Tuiuti do Paraná, em Curitiba, em Foi Presidente do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP 08) entre os anos , Conselheiro Tesoureiro do CRP08, entre os anos de , expresidente do Conselho Estadual Antidrogas. Atua como psicoterapeuta e professor universitário da Universidade do Contestado, em União da Vitória PR. Foi representante do CRP08 nas discussões referentes ao Projeto de Lei do Ato Médico em 2009 e Propostas: 4Combate ao uso de drogas. As políticas públicas nessa área estão muito aquém do desejável. Isso acarreta violência, acidentes no trânsito, destruição de famílias, problemas no trabalho e muitos outros. Precisamos melhorar as leis que orientam as políticas de saúde pública, mas precisamos também fiscalizar se elas estão sendo respeitadas e cumpridas pelo poder executivo. 4Ajudar na adequação da Lei do Ato Médico, para que ela atenda a real necessidade da Medicina, sem invadir e desrespeitar as outras profissões da saúde, já regulamentadas, como por exemplos, serviço social, biologia, biomedicina, enfermagem, bioquímica, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, educação física, psicologia, terapia ocupacional e radiologia. para a categoria dos psicólogos, pois isso depende de Lei Federal. 4Pretende ser portavoz dos psicólogos em todos os assuntos que dependam de adequação das leis para o bom atendimento à população brasileira, em todos os campos em que a categoria atua, do lazer às conquistas sociais, passando pela saúde e pela educação. 4Representar efetivamente o cidadão ético dentro do poder público, através da defesa dos interesses coletivos e da construção de um Brasil melhor. Lema de campanha: Competência a serviço das pessoas: educação, família, saúde e combate ao uso de drogas. 4Lutar pela inclusão do psicólogo, juntamente com os demais técnicos, na prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. Inserir na lei o direito à qualidade de vida. Uma vez aprovada, esta proposta resultará em abertura de mais de 50 mil vagas para psicólogos em todo o país, melhorando o atendimento a todos os trabalhadores. 4Buscar garantir o estabelecimento de jornada de trabalho e piso salarial 4Representar os psicólogos e demais profissionais da saúde, sem esquecer as famílias brasileiras, vítimas do abuso de drogas. Partido político/número do candidato: Partido Popular Socialista (PPS)/2347 Mais informações: facebook: psicólogodionisio 18 contato

19 pordentro Maria Tereza Cunha (PDT/1233) Maria Tereza Cunha (CRP08/05727) Dados profissionais: Graduada em Educação Física (UFPR 1975), Pedagogia (Universidade Tuiuti do ParanáUTP1977) e Psicologia (UTP1994). Especialista em Educação Especial (PUCPR1986), Educação Infantil (Universidade Estadual de Maringá UEM1987) e Ciência Política (FIES1996). Funcionária pública do Estado do Paraná e da Prefeitura Municipal de Curitiba, atuou como Professora nas áreas de Educação Física e Educação Especial. Pela Secretaria Municipal de Educação de Curitiba, exerceu cargo de Direção em Centros Municipais de Atendimento Especializado (CMAES instituição que atende alunos de escolas regulares, que apresentem necessidades especiais), visando o desenvolvimento de suas potencialidades e resgate de desempenho, que os habilite à uma inclusão de qualidade. Colaborou com a multiplicação destes centros. Na época, criou um dispositivo legal chamado Empréstimo Técnico nele, Fisioterapeutas, Psicólogos e Fonoaudiólogos eram inseridos, para atendimento dentro dos CMAES. Atuou na Supervisão/ Suporte Técnico de Educação Especial (CMEIS Centros Municipais de Educação Infantilcreche). Assim, patenteou a demanda funcional junto aos canais competentes de ordem política e funcionais administrativas para que fossem estabelecidas vagas oficiais em concurso público; para os profissionais atuarem na área da Educação Especial. Atuou na Supervisão e Suporte Técnico de Educação Especial, junto aos CMEIS conveniados, com o foco na prevenção quanto ao período de escolaridade, além de encaminhamentos específicos em referência às demandas. Como Psicóloga, atende em consultório, principalmente, jovens e mulheres. Lema de campanha: Sem saúde, educação e trabalho, uma pessoa não pode ser considerada cidadã! Propostas: 4Educação Incrementação das grades curriculares da Educação Básica e Ensino Médio, minimizando a problemática de evasão escolar, sustentando assim a sua conclusão. Implantação do atendimento de Psicologia Escolar desde a Educação Básica. 4Saúde Zelo total ao parto durante todo o seu processo. Que vai de 12h a 15h antecedentes ao momento em que o parto ocorre, até quando a criança recebe alta. Pois a grande maioria de algumas deficiências e/ou seqüelas, advém de cuidados não tomados, dentro deste período. 4Profissionalização do Jovem Criação de Cursos Técnicos Profissionalizantes, que atendam a culturas e vocações comerciais de cada localidade, com estágio/oficina e bolsa auxílio (transporte+alimentação) custeados, através de convênios com cooperativas e empresas. Partido político/número do candidato: Partido Democrático Trabalhista PDT/1233. Mais informações: com/ 19

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RELATO DE EXPERIÊNCIAS ENCONTRO DE CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS FORMAÇÃO EM PSICOLOGIA E POLITICAS PÚBLICAS: UMA APROXIMAÇÃO DO CRPRS COM O MEIO ACADÊMICO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA CENTRO DE REFERÊNCIAS TÉCNICAS EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONVERSANDO SOBRE A PSICOLOGIA E O SUAS

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA CENTRO DE REFERÊNCIAS TÉCNICAS EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONVERSANDO SOBRE A PSICOLOGIA E O SUAS A sistematização que segue refere-se aos pontos trabalhados pelo grupo, no sentido de ativar a reflexão de questões que seriam tratadas no Encontro Estadual dos Trabalhadores do SUAS, realizado dia 16

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013.

LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013. LEI N. 1397/2013, de 03 de dezembro de 2013. REESTRUTURA O SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO, O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE FAZENDA VILANOVA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. PEDRO ANTONIO DORNELLES, PREFEITO

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS Art. 1. A Política de Assistência Estudantil da Pós-Graduação da UFGD é um arcabouço de princípios e diretrizes

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXECUÇÃO DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS

I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXECUÇÃO DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXECUÇÃO DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS CARTA DE CURITIBA Os participantes do I CONGRESSO BRASILEIRO DE EXECUÇÃO DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS, realizado em Curitiba PR, de

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão. Quadriênio 2016-2019. Candidata

PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão. Quadriênio 2016-2019. Candidata PLANO DE TRABALHO DIREÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão Quadriênio 2016-2019 Candidata Franciele Ani Caovilla Follador Slogan: CCS em ação! 1 INTRODUÇÃO Em 1991,

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO: Renovação do Reconhecimento do Curso

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade

Mostra de Projetos 2011. Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade Mostra de Projetos 2011 Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade Mostra Local de: Piraquara Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo:

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo: Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade Entrevista cedida à FGR em Revista por Gustavo de Faria Dias Corrêa, Secretário de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais. FGR: A Secretaria

Leia mais

COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO. Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira

COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO. Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira Sumário Psicologia no Brasil: percurso histórico Psicologia no Brasil nos últimos vinte anos Referências legais e organização

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA CENTRO DE REFERÊNCIAS TÉCNICAS EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONVERSANDO SOBRE A PSICOLOGIA E O SUAS

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA CENTRO DE REFERÊNCIAS TÉCNICAS EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONVERSANDO SOBRE A PSICOLOGIA E O SUAS 1. Categorias profissionais que já compõem o SUAS RS: - Psicólogo - Assistente Social - Advogado - Educador Social - Nutricionista - Pedagogo - Enfermeiro - Estagiários - Supervisores e Coordenação - Técnico

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA Caxias-MA 2015 EDITAL DE DIVULGAÇÃO III MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Fortalecer e integrar redes para a promoção da saúde e educação 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na

Leia mais

Gestão Democrática da Educação

Gestão Democrática da Educação Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Departamento de Articulação e Desenvolvimento dos Sistemas de Ensino Coordenação Geral de Articulação e Fortalecimento Institucional dos Sistemas de

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 325/2013 Data: 04 de Novembro de 2013 SÚMULA: Dispõe sobre o Plano Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, que tem por finalidade fortalecer e estruturar o COMAD como órgão legítimo para coordenar,

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE Caxias-MA 2014 EDITAL DE DIVULGAÇÃO II MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Compartilhando Experiências 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na Escola PSE é uma política intersetorial

Leia mais

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004)

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004) 1 Segurança Alimentar e Nutricional Segurança alimentar é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo III: Conselhos dos Direitos no

Leia mais

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Escola Técnica de Saúde Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 Proposta de trabalho apresentada como pré-requisito para inscrição no processo

Leia mais

AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL

AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL RESUMO AMORIM 1, Tâmara Ramalho de Sousa SIMÕES 2, Poliana

Leia mais

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus.

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. 1. Resumo Descritivo Data: 31 de outubro de 2013. Local: Assembleia Legislativa

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES - 2012 a 2021 Instituição: ENSINO DE GRADUAÇÃO Programas/Projetos/Ações Ano Natureza Valores Fonte de Recursos Beneficiado Manutenção

Leia mais

PROGRAMA DO PÓS-GRADUAÇÃO EM SEXOLOGIA CLÍNICA

PROGRAMA DO PÓS-GRADUAÇÃO EM SEXOLOGIA CLÍNICA PROGRAMA DO PÓS-GRADUAÇÃO EM SEXOLOGIA CLÍNICA 1. Nome do curso e Área(s) do Conhecimento - Pós-Graduação/Especialização em Sexologia Clínica - Área do conhecimento: Medicina - Forma de oferta: presencial

Leia mais

Encontro das Instituições: Potencializando Parcerias

Encontro das Instituições: Potencializando Parcerias ÁREA TEMÁTICA: DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA Encontro das Instituições: Potencializando Parcerias Gisele Alves de Sá Quimelli Rosiane Henneberg Roseni Marconato Pinto Thalita Arnaud de Souza Camila Silva

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA EM ENFERMAGEM

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA EM ENFERMAGEM REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA EM ENFERMAGEM CAPÍTULO I Natureza, Finalidade, Sede e Foro Art. 1º - A Comissão Nacional de Residência em Enfermagem - CONARENF, criada pela Portaria

Leia mais

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Programa de Fortalecimento e Barro Alto -

Leia mais

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012 Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer SALVADOR/BA ABRIL de 2012 MARCOS HISTÓRICOS 1998: Adesão do Brasil aos princípios diretivos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982

REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982 REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982 Artigo 1º. - A FUNDAÇÃO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM AGRONOMIA, MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - FUNEP, além das disposições constantes de seu Estatuto

Leia mais

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012

MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 MAPEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO CATÁLOGO DE EXTENSÃO DA FURG 2009-2012 Simone Machado Firme FURG 1 Karine Vargas Oliveira FURG 2 Michele Fernanda Silveira

Leia mais

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE 1 MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE Olinda PE Agosto / 2014 2 Introdução As atividades complementares representam um conjunto de atividades extracurriculares que

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA FARIAS, Maria Lígia Malta ¹ SOUSA, Valéria Nicolau de ² TANNUSS, Rebecka Wanderley ³ Núcleo De Cidadania e Direitos Humanos/ PROEXT RESUMO O Projeto de Extensão

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de 2008 Apoio Matricial em Saúde Mental: a Iniciativa de

Leia mais

NOTA TÉCNICA No 1/2011

NOTA TÉCNICA No 1/2011 Agência Nacional de Vigilância Sanitária NOTA TÉCNICA No 1/2011 Esclarecimentos e orientações sobre o funcionamento de instituições que prestem serviços de atenção a pessoas com transtornos decorrentes

Leia mais

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília Nome do Evento: Fórum Mundial de Direitos Humanos Tema central: Diálogo e Respeito às Diferenças Objetivo: Promover um

Leia mais

Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência?

Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência? Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência? Dados preliminares do sistema de informações de mortalidade do Ministério da Saúde de

Leia mais

Art. 1- Da definição do selo educacional:

Art. 1- Da definição do selo educacional: Instrução Normativa ABRAFIT I.N.A. 01/2014 Art. 1 Da definição do selo educacional: Esta Instrução Normativa tem como objetivo determinar eventos, ações e projetos educacionais e científicos que solicitem

Leia mais

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente

Leia mais

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL MEDIDAS CONCRETAS PARA O ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ÂMBITO DOMÉSTICO/FAMILIAR A presente Matriz insere-se no

Leia mais

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO LEI N o 5.641, DE 23 DE JUNHO DE 2014. RECONHECE A PESSOA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA COMO PORTADORA DE DEFICIÊNCIA PARA OS FINS DE FRUIÇÃO DOS DIREITOS ASSEGURADOS PELA LEI ORGÂNICA E PELAS DEMAIS

Leia mais

Segundo seu Regulamento, aprovado em 17/08/83, a Clínica Psicológica do Departamento da UFPE tem como objetivos:

Segundo seu Regulamento, aprovado em 17/08/83, a Clínica Psicológica do Departamento da UFPE tem como objetivos: Clínica Psicológica da UFPE Plano Institucional de Estágio Supervisionado Apresentação A Clínica Psicológica é uma entidade pública, ligada ao Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Pernambuco,

Leia mais

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Consulta Pública Você no Parlamento Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Termo de 18/04/2011 e Aditamento de 06/06/2011 Consulta pública com a população de São

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO São Paulo 2014 ESCOLA PAULISTA DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades

Leia mais

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual 20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual Paulista da CONSOCIAL Prioridades Texto Diretriz Eixo Pontos 1 2 Regulamentação e padronização de normas técnicas para a elaboração dos Planos de Governo apresentados

Leia mais

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos RELATÓRIO OFICINA FNEPAS ESTADUAL MINAS GERAIS INTEGRALIDADE E QUALIDADE NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS EM SAÚDE: Integrando Formação, Serviços, Gestores e Usuários Local: COBEM Uberlândia Data: 22 de outubro

Leia mais

PROCESSO N.º 1053/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11

PROCESSO N.º 1053/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO SENAC EM IRATI MUNICÍPIO: IRATI ASSUNTO: Pedido de

Leia mais

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA Autores: FIGUEIREDO 1, Maria do Amparo Caetano de LIMA 2, Luana Rodrigues de LIMA 3, Thalita Silva Centro de Educação/

Leia mais

ISSN 1808-2645. Ano 11 - Edição nº 64 - Jul/Ago/2009 - Publicação Bimestral - Conselho Regional de Psicologia do Paraná

ISSN 1808-2645. Ano 11 - Edição nº 64 - Jul/Ago/2009 - Publicação Bimestral - Conselho Regional de Psicologia do Paraná ISSN 1808-2645 Ano 11 - Edição nº 64 - Jul/Ago/2009 - Publicação Bimestral - Conselho Regional de Psicologia do Paraná sumário 4 contatoeditorial 5 coforienta 6 acontecenoparaná 8 acontecenobrasil 10 contatoplenária

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Relatório de Comunicação e Engajamento COE Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Declaração de Apoio Continuo do Presidente 21/08/2015 Para as partes interessadas: Tenho o prazer de confirmar

Leia mais

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO

O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO O PROGRAMA ASSISTÊNCIA SÓCIO-JURÍDICA E OS DIREITOS DO IDOSO Maria Salete da Silva Josiane dos Santos O Programa Assistência Sócio-Jurídica, extensão do Departamento de Serviço Social, funciona no Núcleo

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL Proposta I Fomentar a criação de grêmios estudantis, fóruns de juventude, diretórios centrais de estudantes,

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV SILVA, D. Pollyane¹ MORO, M. Silvana ² SOUSA, G. Cristiane³ Resumo Este trabalho tem o intuito de descrever a Prática Profissional

Leia mais

CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR

CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR CREA-JÚNIOR UM FUTURO PROMISSOR LOMBARDO, Antonio lombardo@net.em.com.br, lombardo@crea-mg.com.br Universidade de Itaúna, Departamento de Engenharia Mecânica Campus Verde Universidade de Itaúna 35.680-033

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1- O QUE É UMA LIGA ACADÊMICA? As Ligas Acadêmicas são entidades sem fins lucrativos. As Ligas Acadêmicas

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS

LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS LEVANTAMENTO DOS CRESS SOBRE QUADRO DE ASSISTENTES SOCIAIS NOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DOS ESTADOS Informações enviadas pelos CRESS: 1ª. PA; 2ª. MA; 5ª. BA; 6ª.-MG; 7ª. RJ; 10ª. RS; 11ª. PR; 12ª-SC; 13ª.

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 METAS AÇÕES PRAZOS Expansão do número de vagas do curso de Engenharia de Produção. SITUAÇÃO MARÇO DE 2015 AVALIAÇÃO PROCEDIDA EM 12.03.2015 CPA E DIRETORIA

Leia mais

Edital nº 001/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

Edital nº 001/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras drogas

Leia mais

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br Psicologia Intensiva uma especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br PSICOLOGIA INTENSIVA O intensivismo é uma especialidade que apresenta um caráter interdisciplinar voltado

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

2. Princípios fundamentais. 3. Objetivos

2. Princípios fundamentais. 3. Objetivos CARTA DE PRINCÍPIOS DO FÓRUM NACIONAL DOS TRABALHADORES DO SISTEMA ÚNICO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL FTSUAS. Princípios norteadores de funcionamento do Fórum 1. Natureza O Fórum Nacional dos Trabalhadores do

Leia mais

Grupo A (Temas discutidos) - Como atrair a Comunidade para as propostas do Conselho da Comunidade?

Grupo A (Temas discutidos) - Como atrair a Comunidade para as propostas do Conselho da Comunidade? CONCLUSÕES DO I ENCONTRO DE CONSELHOS DA COMUNIDADE DA REGIÃO SUL DO BRASIL E DO III SEMINÁRIO DO PROJETO TRABALHO PARA A VIDA DA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA DO RS, REALIZADO EM PORTO ALEGRE, EM 18 DE

Leia mais

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA Salvador, Bahia Brasil, 19 e 20 de novembro de 2009 Mobilização Mundial Conferências

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

CEFAPAM - Centro de Extensão da Faculdade de Pará de Minas. Regulamento

CEFAPAM - Centro de Extensão da Faculdade de Pará de Minas. Regulamento CONFRARIA NOSSA SENHORA DA PIEDADE DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA PIEDADE Faculdade de Pará de Minas - FAPAM Reconhecida pelo Decreto 79090, de 04/01/77 Rua Ricardo Marinho, 110 - São Geraldo - Pará de Minas/MG

Leia mais

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania Edital nº 05 / 2015 ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania O Programa Polos de Cidadania da Faculdade de Direito da UFMG faz saber que até 16 de junho de 2015 receberá inscrições

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão em Saúde Mental. PERFIL PROFISSIONAL: Entender

Leia mais

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE Sérgio Dal-Ri Moreira Pontifícia Universidade Católica do Paraná Palavras-chave: Educação Física, Educação, Escola,

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO: I FORUM DA GRADUAÇÃO da UENF: Educação Contemporânea Desafios e Perspectivas

TÍTULO DO PROJETO: I FORUM DA GRADUAÇÃO da UENF: Educação Contemporânea Desafios e Perspectivas TÍTULO DO PROJETO: I FORUM DA GRADUAÇÃO da UENF: Educação Contemporânea Desafios e Perspectivas I-Introdução A Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro UENF é uma Instituição Estadual de

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES Com a crescente produção de conhecimento e ampliação das possibilidades de atuação profissional, o curso proporciona atividades extra curriculares

Leia mais

CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO

CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS DE SANTA CATARINA PARTICIPAÇÃO, ATUAÇÃO, QUALIFICAÇÃO CONGRESSO ESTADUAL DE ARQUITETOS E URBANISTAS NOS OUÇAM! Regimentalmente o Conselho de Arquitetura e

Leia mais

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO Presidente Carmen Maria Teixeira Moreira Serra Secretário

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Por uma política de saúde do trabalhador do SUS na Secretaria Municipal de Divinópolis/MG Marília Fraga Cerqueira

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL,

FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL, Especialização: Direito Penal Ênfase: Segurança Pública PÓS-GRADUAÇÃO 2012 A FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL, Instituição de Ensino Superior, aprovada pelo Decreto Estadual n. 73.815,

Leia mais

Cartilha para Conselhos. Municipais de Educação

Cartilha para Conselhos. Municipais de Educação Cartilha para Conselhos Municipais de Educação Sistemas de ensino são o conjunto de campos de competências e atribuições voltadas para o desenvolvimento da educação escolar que se materializam em instituições,

Leia mais

TÍTULO: A INSERÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF): VISÃO DOS PROFISSIONAIS

TÍTULO: A INSERÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF): VISÃO DOS PROFISSIONAIS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A INSERÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF):

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais

REGULAMENTO SEMANA UEMG

REGULAMENTO SEMANA UEMG REGULAMENTO SEMANA UEMG Belo Horizonte, abril de 2015 0 SUMÁRIO CAPÍTULO I DA SEDE, DATA E DA INSTITUIÇÃO PROMOTORA... 2 CAPÍTULO II DA ABRANGÊNCIA DA SEMANA UEMG... 2 CAPÍTULO III DOS OBJETIVOS... 2 CAPÍTULO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DE ANÁLISE E DISCUSSÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CARAPEBUS/RJ

REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DE ANÁLISE E DISCUSSÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CARAPEBUS/RJ REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DE ANÁLISE E DISCUSSÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CARAPEBUS/RJ CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO E CARÁTER DA CONFERÊNCIA Art. 1º A PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS, através

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE - SEE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL CONSELHO SUPERIOR - CONSU

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE - SEE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL CONSELHO SUPERIOR - CONSU RELATÓRIO DAS DELIBERAÇÕES ACERCA DO III FORUNIVER DECISÕES DO CONSELHO SUPERIOR ACERCA DAS PROPOSTAS ORIUNDAS DO III FÓRUM UNIVERSITÁRIO, REALIZADO ENTRE 13 E 15 DE SETEMBRO DE 2011. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Roda de Conversa 30/06/2015

Roda de Conversa 30/06/2015 Aconteceu em Uberaba, na Associação de Bairro São Benedito, no dia 30/06/2015 a décima nona edição da Roda de Conversa. O Evento teve a participação de aproximadamente 50 profissionais de diversos órgãos

Leia mais

Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010

Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010 Saúde da População em Situação de Rua, com foco em Saúde Mental Consultório de Rua Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010 Saúde

Leia mais

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER Área Temática: Saúde Adriane de Castro Martinez Martins 1 (Coordenadora) Claudecir Delfino Verli 2 Aline Maria de Almeida Lara 3 Modalidade: Comunicação

Leia mais