SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES"

Transcrição

1 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...11 SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES CAPÍTULO I - BREVE RECONSTRUÇÃO HISTÓRICA DA JUSTIÇA FEDERAL NO BRASIL A Justiça Federal republicana A extinção por Getúlio Vargas e o renascimento na década de A regionalização promovida pela Constituição de A interiorização e a criação dos juizados especiais federais A ampliação dos tribunais e a criação de novas cortes A identidade visual da Justiça Federal...24 CAPÍTULO II - A ESTRUTURA ATUAL DA JUSTIÇA FEDERAL Conselho da Justiça Federal Tribunais Regionais Federais Composição Competência Administração do tribunal Corregedoria Estrutura jurisdicional Atuação de juízes da 1ª instância nos tribunais Escolas da magistratura A 1ª instância da Justiça Federal Seções e subseções judiciárias Varas federais Organização e administração A secretaria e seu diretor O papel do juiz substituto e sua relação com o titular...41 Anexo: Resolução CJF n. 79/2009 (Direção do Foro)...42 CAPÍTULO III - INGRESSO NA CARREIRA DE JUIZ FEDERAL As normas dos concursos para a magistratura federal...49 manual_juiz_federal.indd 5 19/03/ :30:08

2 2. A preparação do estudante para o concurso Passo-a-passo da preparação para o concurso de Juiz Federal A estruturação do concurso A inscrição preliminar A prova objetiva seletiva Etapas do concurso para Juiz Federal: A segunda etapa: provas discursivas A segunda etapa: notas A inscrição definitiva A prática jurídica: quadro sinóptico das atividades computadas Exames de sanidade física e mental e psicotécnico Investigação da vida pregressa A prova oral Prova oral: dicas Os títulos...70 Anexo: Resolução CJF n. 67/ CAPÍTULO IV - JUIZ FEDERAL: VITALICIAMENTO, PROMOÇÃO E REMOÇÃO O vitaliciamento Vitaliciamento: quadro legislativo no âmbito dos TRF s Promoção Fique atento! Quadro sinóptico: critérios para promoção Acesso ao tribunal Remoção Regras gerais Remoção entre regiões Remoção ou permuta entre regiões para manutenção de unidade familiar Remoção e período de trânsito CAPÍTULO V - SISTEMA REMUNERATÓRIO DA MAGISTRATURA FEDERAL O subsídio e a gratificação de cumulação Remuneração dos períodos de férias Verbas indenizatórias e ajudas de custo Introdução Auxílio-alimentação Auxílio-saúde Auxílio pré-escolar Diárias e custeio de deslocamento temporário Ajuda de custo para mudança de localidade manual_juiz_federal.indd 6 19/03/ :30:08

3 3.7. Indenização de férias não gozadas Auxílio-moradia Fique atento às peculiaridades do sistema remuneratório CAPÍTULO VI - FÉRIAS, LICENÇAS, AFASTAMENTOS E COMPENSAÇÕES Férias As férias e a prioridade na escolha Acumulação, alteração e interrupção de períodos de férias O juiz federal recém-empossado e seu direito às férias Licenças Licença para tratar de assuntos particulares Licença para representação de classe Licença gestante, adotante e paternidade Licença para tratamento de saúde Licença por motivo de doença em pessoa da família Afastamento para aperfeiçoamento profissional Afastamento para casamento ou por falecimento de parente Quadro sinóptico: licenças e afastamentos Compensação de trabalho no plantão e no recesso forense CAPÍTULO VII - REGIME DISCIPLINAR DOS MAGISTRADOS As prováveis mudanças no regime disciplinar As penas administrativas aplicáveis aos juízes Apuração de infrações disciplinares e aplicação da pena Introdução Investigação preliminar Roteiro simplificado da investigação preliminar Sindicância Processo disciplinar administrativo Roteiro simplificado do processo administrativo disciplinar CAPÍTULO VIII - QUESTÕES DE CONCURSOS PARTE II ADMINISTRAÇÃO, ROTINAS CARTORÁRIAS E RELACIONAMENTO PROFISSIONAL CAPÍTULO I - AGENDA DE ATIVIDADES DA JUSTIÇA FEDERAL Introdução Agenda dos juízes federais Agenda dos diretores de secretaria manual_juiz_federal.indd 7 19/03/ :30:08

4 CAPÍTULO II - A SECRETARIA DO JUÍZO Introdução A distribuição do acervo e do trabalho no espaço físico da secretaria Setores Subsetores Distribuição de armários/escaninhos: secretarias e gabinetes Organograma: alocações dos autos por matéria Identificação dos escaninhos nos setores estabelecidos Gerenciamento e armazenamento de documentos oficiais Organograma: guarda virtual de documentos oficiais Livros e pastas obrigatórios A execução dos atos meramente ordinatórios CAPÍTULO III - ROTINAS CARTORÁRIAS Objetivos deste capítulo Juntada e desentranhamento de petições e documentos Registro dos eventos do processo: termos e certidões Registro eletrônico das fases do processo Apensamento e desapensamento (separação) de processos Depósito judicial civil e criminal Ações cíveis Depósito de dinheiro Depósito de coisas Ações criminais Restituição de bens apreendidos Destinação de bens cuja perda for decretada Fique atento: notas sobre a destinação de bens custodiados Arquivamento e desarquivamento de processos Passo-a-passo do desarquivamento CAPÍTULO IV - SISTEMAS ELETRÔNICOS Introdução Sistema BACEN JUD Apresentação do sistema Considerações sobre o BACEN JUD Pesquisa de endereços Sistemática de utilização do BACEN JUD Passo a Passo: bloqueio de valores Passo a passo: pesquisa de endereços CCS Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional Apresentação do sistema manual_juiz_federal.indd 8 19/03/ :30:08

5 3.2. Utilização do CCS CCS: Principais passos Sistema INFOJUD Informações ao Judiciário INFOJUD: principais tarefas Sistema RENAJUD: informações veiculares Principais medidas para inserir restrição veicular no sistema Renajud Rede INFOSEG: informações de segurança pública INFOSEG: funcionalidades principais: SIEL Sistema de Informações Eleitorais Siel: passo a passo Sistemas CNJ Introdução SNBA Sistema Nacional de bens apreendidos O SNBA em minúcias: passo a passo Condenações por improbidade administrativa Controle de interceptações telefônicas CAPÍTULO V - AUXILIARES DO JUÍZO Introdução Oficial de justiça Perito Contadoria Judicial Questões gerais Manual de Orientação de Procedimentos para os Cálculos na Justiça Federal Depositário e administrador de bens Intérprete Auxiliares do Juízo: notas sobre suas atribuições CAPÍTULO VI - RELACIONAMENTO DO JUIZ COM PARTES E PROFISSIONAIS Advogados Ministério Público Defensoria Pública da União Autoridades policiais Autoridades judiciárias Atendimento às partes Relacionamento com os meios de comunicação CAPÍTULO VII - CONTROLE E FISCALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Fiscalização e controle interno da vara Disposições gerais As inspeções manual_juiz_federal.indd 9 19/03/ :30:09

6 Fluxograma básico: inspeções Fiscalização e controle da seção e da subseção Questões gerais Código de Conduta da Justiça Federal para os servidores Procedimentos administrativos em caso de greve ou paralisação O trabalho de fiscalização da corregedoria-geral Introdução As correições ordinárias As correições extraordinárias As corregedorias e a fiscalização disciplinar Sistema de Controle Interno da Justiça Federal CAPÍTULO VIII - QUESTÕES DE CONCURSO PARTE III A ATIVIDADE JURISDICIONAL DO MAGISTRADO CAPÍTULO I - OS DESPACHOS E A CONDUÇÃO DO PROCESSO CAPÍTULO II - AS DECISÕES Introdução Decisão de pedido liminar ou antecipação de tutela Pedido de reconsideração da decisão sobre liminar CAPÍTULO III - PRODUÇÃO DE PROVAS E CONCILIAÇÃO Introdução A realização da audiência As perícias e os quesitos do juiz Inspeção judicial A conciliação CAPÍTULO IV - A SENTENÇA Introdução A redação da sentença Proferir sentença em audiência? CAPÍTULO V - QUESTÕES DE CONCURSOS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS manual_juiz_federal.indd 10 19/03/ :30:09

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO Coordenador da Coleção SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento 144/11: o Novo Exame de Ordem...13

Leia mais

SISTEMAS Á DISPOSIÇÃO DA PRIMEIRA INSTÂNCIA

SISTEMAS Á DISPOSIÇÃO DA PRIMEIRA INSTÂNCIA 0 SISTEMAS Á DISPOSIÇÃO DA PRIMEIRA INSTÂNCIA 1. APOLO Descrição: Sistema de acompanhamento processual. Usuários: Juízes, servidores, advogados e partes de processos distribuídos nas Comarcas. Objetivo:

Leia mais

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006.

PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. CORREGEDORIA-GERAL PORTARIA COGER N. 36 DE 18 DE ABRIL DE 2006. Fixa regras de associação e atribuição de processos a Juízes Federais Titular e Substituto e dá outras providências. A EXCELENTÍSSIMA SENHORA

Leia mais

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011. LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.) Dispõe sobre o plano de cargos e carreira e remuneração dos servidores

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 5ª Região PRESIDÊNCIA DO TRF 5ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 5ª Região PRESIDÊNCIA DO TRF 5ª REGIÃO Nº do documento: 00504/2014 Tipo do documento: ATO Descrição: REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DAS ATRIB. DAS UNID. DA CORREGEDORIA-REGIONAL, CONST. DO MANUAL DE ATRIB. TRF Autor: 35259 - MARIA APARECIDA FERREIRA

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇAÕ DE MAGISTRADOS (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Escola Judicial

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 23ª VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUÍZA FEDERAL TITULAR DRA. MARIA AMELIA ALMEIDA SENOS DE CARVALHO JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DRA. LUCIANA DA CUNHA VILLAR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N.

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. 49/2008 A Doutora Luciana de Souza Sanchez, Juíza Federal Titular,

Leia mais

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo na Wander Garcia Coordenador da coleção Como Passar OAB 3 a Edição 2012 2 a FASE PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL Wander Garcia e Teresa Melo SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS Partindo de levantamentos realizados no questionário da

Leia mais

Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013

Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Código: MAP-COGER-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Serviços Auxiliares Aprovado por: Corregedoria Geral da Justiça 1 OBJETIVO Estabelecer os critérios e procedimentos

Leia mais

- Setores da Corregedoria -

- Setores da Corregedoria - - Setores da Corregedoria - Calendário Logísitica Correições Assessoria Processo Administrativo Apoio Interno Núcleo de Apoio Corregedor Cadastro de Documentos Ouvidoria Promoções Controle do Trâmite Processual

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO ATO Nº 20/2005 (Revogado pelo Ato nº 56/2012) Dispõe sobre a concessão da gratificação natalina aos servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME...

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME... SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME...16 2.1. MATERIAIS/PROCEDIMENTOS PERMITIDOS E PROIBIDOS...16 2.2.

Leia mais

ATO Nº 56/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 56/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 56/2012 Dispõe sobre a concessão da gratificação natalina aos magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e

o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais, e RESOLUÇÃO N.o 83, de 10 de junho de 2009. Dispõe sobre a aquisição, locação e uso de veículos no âmbito do Poder Judiciário brasileiro e dá outras providências. o PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTiÇA,

Leia mais

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES Agrupadores JUIZ E SEUS ASSISTENTES»Processos com pedido liminar ou de antecipação de tutela não apreciado GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE DIRETOR E SEUS ASSISTENTES»Processos com Petições Avulsas»Processos

Leia mais

Art. 2º. Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação. JUSTIFICATIVA

Art. 2º. Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação. JUSTIFICATIVA PROJETO DE LEI DO SENADO Nº (COMPLEMENTAR) Altera o art. 66 da Lei Complementar nº 35, de 14 de março de 1979, que dispõe sobre a Lei Orgânica da Magistratura Nacional O Congresso Nacional decreta: Art.

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições,

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições, EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições, informa que em virtude da publicação da Emenda Constitucional

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça II Encontro Nacional do PJe (Brasília, 5 de agosto de 2015) O novo CPC: o papel do Conselho Nacional de Justiça nas disposições sobre o processo eletrônico Luciano Athayde

Leia mais

Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02. *Cristiane Pederzolli Rentzsch*

Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02. *Cristiane Pederzolli Rentzsch* Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02 *Cristiane Pederzolli Rentzsch* I - Introdução II - A Meta 02 III - Experiência da 17ª Vara da SJDF IV - Conclusão V - Agradecimentos I. Introdução O Conselho

Leia mais

II FONACRIM ENUNCIADOS

II FONACRIM ENUNCIADOS II FONACRIM ENUNCIADOS 1. Nos crimes tributários, o parâmetro objetivo para aplicação da insignificância penal excluídas as condutas fraudulentas é o valor do credito tributário (principal e acessório)

Leia mais

Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011

Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011 Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011 Dispõe sobre o Plano Nacional de Capacitação Judicial de magistrados e servidores do Poder Judiciário (Publicada no DJ-e nº

Leia mais

INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO

INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO I PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE MAGISTRADOS FÓRUM BRIC Exchange Program for Judges BRIC Forum Marivaldo Dantas de Araújo Juiz de Direito

Leia mais

Resoluções ResoluçÃo CoNJuNTA PResI/CoGeR/CoJeF 20 De 18/10/2012 CAPÍTulo I Do PRoCeDIMeNTo De IMPlANTAçÃo Do AJG/CJF

Resoluções ResoluçÃo CoNJuNTA PResI/CoGeR/CoJeF 20 De 18/10/2012 CAPÍTulo I Do PRoCeDIMeNTo De IMPlANTAçÃo Do AJG/CJF RESOLUÇÃO CONJUNTA PRESI/COGER/COJEF 20 DE 18/10/2012 Resoluções Regulamenta os procedimentos para a implantação do novo Sistema Eletrônico de Assistência Judiciária Gratuita da Justiça Federal (AJG/ CJF),

Leia mais

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2.

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2. SUMÁRIO 1. DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO 1.1 Fontes do Direito do Trabalho 1.1.1 Classificação 1.1.2 Hierarquia entre as fontes justrabalhistas 1.2 Princípios do direito do trabalho 1.2.1 Princípio

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3a REGIÃO. Gabinete da Presidência ORDEM DE SERVIÇO GP N. 2, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2015. outras providências.

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3a REGIÃO. Gabinete da Presidência ORDEM DE SERVIÇO GP N. 2, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2015. outras providências. ORDEM DE SERVIÇO GP N. 2, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2015. Regulamenta a prestação de serviços durante o período de recesso previsto na Lei n. 5.010/66 e dá outras providências. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL

Leia mais

Parágrafo único. Aplica-se aos titulares dos órgãos referidos no caput deste artigo o disposto no art. 2º, 2º, desta Lei Complementar.

Parágrafo único. Aplica-se aos titulares dos órgãos referidos no caput deste artigo o disposto no art. 2º, 2º, desta Lei Complementar. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 518, DE 26 DE JUNHO DE 2014. Dispõe sobre a organização e o funcionamento da Assessoria Jurídica Estadual, estrutura a Carreira e o Grupo Ocupacional dos titulares

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM TABELA DE TEMPORALIDADE E DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM 700 ATIVIDADES JUDICIÁIS DE 1ª INSTÂNCIA 710 VARAS DO TRABALHO 710.1 - Alvará de Seguro Desemprego Original - Requerente Até retirada Via - Pasta 2 anos

Leia mais

PROCESSAR PEDIDOS DE MOVIMENTAÇÃO 1 OBJETIVO

PROCESSAR PEDIDOS DE MOVIMENTAÇÃO 1 OBJETIVO Proposto por: Equipe do Departamento de Apoio aos Núcleos Regionais PROCESSAR PEDIDOS DE MOVIMENTAÇÃO Analisado por: Diretor de Departamento de Apoio aos Núcleos Regionais (DENUR) Aprovado por: Juiz Auxiliar

Leia mais

PROVIMENTO Nº 20, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013. O CORREGEDOR GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PROVIMENTO Nº 20, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013. O CORREGEDOR GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PROVIMENTO Nº 20, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013. Institui a emissão de Certidões Judiciais Cíveis e Criminais, inclusive por meio eletrônico, no âmbito da 1ª Instância do Poder Judiciário do Estado de Alagoas

Leia mais

Sistema Nacional de Bens Apreendidos. Manual do Usuário Versão 1.0

Sistema Nacional de Bens Apreendidos. Manual do Usuário Versão 1.0 Sistema Nacional de Bens Apreendidos Manual do Usuário Versão 1.0 Brasília, 2009 ÍNDICE I. SOBRE O SISTEMA NACIONAL DE BENS APREENDIDOS... 3 1.1- SNBA Versão 1.0... 3 1.2- Habilitação e Perfis de Acesso...

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida,

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO N.º DE DE 2015 Regula o procedimento a ser adotado nas medidas assecuratórias em matéria processual-penal e as providências a serem adotadas quando decretada a perda de bens móveis ou imóveis

Leia mais

Provimento COGE nº 64, de 28 de abril 2005 SUMÁRIO

Provimento COGE nº 64, de 28 de abril 2005 SUMÁRIO Provimento COGE nº 64, de 28 de abril 2005 Texto atualizado com os Provimentos COGE nºs 65, 66, 67, 68, 72, 73, 76, 78, 82, 83, 85, 87, 88, 89, 92, 93, 94, 95 e 96, em 11.05.2009, conforme publicações

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE

COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DOCUMENTAL JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA SÃO PAULO MANUAL DE DESCARTE DOCUMENTOS ADMINISTRATIVOS/JUDICIAIS PRODUZIDOS PELAS VARAS FEDERAIS E UNIDADES DE APOIO

Leia mais

Relacionar recomendações para a gestão da prestação jurisdicional em Vara Empresarial.

Relacionar recomendações para a gestão da prestação jurisdicional em Vara Empresarial. Proposto por: GERIR A ENTREGA DA PRESTAÇÃO JURISDICIONAL Equipe da Vara Empresarial Analisado por: RAS da Vara Empresarial Aprovado por: Juiz de Direito da Vara Empresarial 1 OBJETIVO Relacionar recomendações

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DA 2ª REGIÃO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DA 2ª REGIÃO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO CONSOLIDAÇÃO DE NORMAS DA CORREGEDORIA-REGIONAL DA (PROVIMENTO 011, de 04 de abril de 2011) Atualizada até o Provimento 00010/2015 Sumário TÍTULO I... 9 DA ORGANIZAÇÃO DA CORREGEDORIA-REGIONAL... 9 CAPÍTULO

Leia mais

Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013

Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerencia de Cadastro e Remuneração Aprovado por: Diretoria de Gestão de Pessoas 1 OBJETIVO Estabelece critérios e procedimentos

Leia mais

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Prazer! Sou Marília Barcelos, ingressei no último concurso na carreira de técnico judiciário

Leia mais

III Códigos relativos às audiências de conciliação (correspondentes ao código 970 do CNJ):

III Códigos relativos às audiências de conciliação (correspondentes ao código 970 do CNJ): PORTARIA CONJUNTA PRESI/COGER/COJEF/SISTCON 86 DE 07/05/2013 Dispõe sobre o lançamento das movimentações processuais referentes aos processos que tramitam no Sistema de da Justiça Federal da 1ª Região

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002 PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002 EDITAL DE CADASTRAMENTO DE ADVOGADOS VOLUNTÁRIOS, ADVOGADOS DATIVOS, TRADUTORES, PERITOS, INTÉRPRETES E CURADORES (PRAZO DE : a partir da data da publicação

Leia mais

RESOLUÇÃO PRESI 24 DE 05 DE DEZEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO PRESI 24 DE 05 DE DEZEMBRO DE 2014 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO RESOLUÇÃO PRESI 24 DE 05 DE DEZEMBRO DE 2014 Regulamenta as indenizações a magistrados e servidores da Justiça Federal da 1ª Região em mudança de domicílio por interesse

Leia mais

MINUTA DE MACROPROCESSOS FINALÍSTICOS

MINUTA DE MACROPROCESSOS FINALÍSTICOS FL. 114 166 MINUTA DE MACROPROCESSOS FINALÍSTICOS MACROPROCESSO PROCESSO SUBPROCESSO Atermação- 1º grau Distribuição 1º e 2º graus Triagem Inicial 1º e 2º graus Providências Preliminares Redistribuição

Leia mais

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001.

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre a instituição dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais no âmbito da Justiça Federal. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

Inspeção Cartorária. Objetivos da inspeção judicial

Inspeção Cartorária. Objetivos da inspeção judicial Inspeção Cartorária A inspeção cartorária é um instrumento de fiscalização e controle da administração da justiça e da atividade dos órgãos e dos serviços judiciários e administrativos. O seu propósito

Leia mais

PRAZOS DE GUARDA AC AI. 1 ano Eliminação. 3 + Interessado 1 Unidade. 1 ano após regularização. 1 Processo Prazo de processo

PRAZOS DE GUARDA AC AI. 1 ano Eliminação. 3 + Interessado 1 Unidade. 1 ano após regularização. 1 Processo Prazo de processo 100 ADMINISTRAÇÃO JUDICIÁRIA 101 Normatização de procedimentos judiciais PRAZOS DE GUARDA DESTINAÇÃO Cf. interesse Guarda Permanente VER TAMBÉM: classificação 010 110 ADMINISTRAÇÃO DE GABINETES / EXPEDIENTES

Leia mais

CORREGEDORIA-REGIONAL JUSTIÇA FEDERAL NA 2ª REGIÃO PROVIMENTO Nº 62, DE 11 DE SETEMBRO DE 2009

CORREGEDORIA-REGIONAL JUSTIÇA FEDERAL NA 2ª REGIÃO PROVIMENTO Nº 62, DE 11 DE SETEMBRO DE 2009 CORREGEDORIA-REGIONAL JUSTIÇA FEDERAL NA 2ª REGIÃO PROVIMENTO Nº 62, DE 11 DE SETEMBRO DE 2009 Regulamenta a designação e a fruição de férias pelos Magistrados da 2ª Região da Justiça Federal, revogando

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA N.08 /2014 O PLENO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS)

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO TÍTULO I DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

Leia mais

= PIB Dados D PJ PIB G 1

= PIB Dados D PJ PIB G 1 ANO-BASE 2003 1. INSUMOS, DOTAÇÕES E GRAUS DE UTILIZAÇÃO DESPESAS 1.1. DESPESA DA JUSTIÇA FEDERAL SOBRE O PIB G 1 DPJ PIB Dados D PJ PIB G 1 1ª Região 735.982.911 418.705.626.864 0,176% 2ª Região 433.545.338

Leia mais

OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA. PJ-28 a PJ-50. Provimento: Concurso Público

OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA. PJ-28 a PJ-50. Provimento: Concurso Público OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA PJ-28 a PJ-50 Provimento: Concurso Público ATRIBUIÇÕES ATUAIS PREVISTAS NA RESOLUÇÃO 367/2001 NOVAS ATRIBUIÇÕES PROPOSTAS PLEO TJMG * QUALIFICAÇÃO EXIGIDA

Leia mais

Cartilha Ponto Biométrico

Cartilha Ponto Biométrico Cartilha Ponto Biométrico Secretaria Municipal de Administração, Orçamento e Informação 2 CONTROLE E APURAÇÃO DA FREQUÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS Prezado

Leia mais

JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO

JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO Nº CNJ : 0001267-24.2014.4.02.0000 RELATORA : DESEMBARGADORA FEDERAL CORREGEDORA DRA. SALETE MARIA POLITA MACCALÓZ REQUERENTE : CORREGEDORA-REGIONAL DA JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO REQUERIDO : SETORES

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 248/2009

RESOLUÇÃO Nº 248/2009 RESOLUÇÃO Nº 248/2009 PROCESSO Nº 07588/2009-000-07-00-0 TIPO: Processo Administrativo PARTE 1: PROPOSIÇÃO DO PRESIDENTE DO TRT 7ª REGIÃO PARTE 2: TRIBUNAL PLENO Vistos, relatados e discutidos os presentes

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Dispõe sobre normas para realização do estágio de prática jurídica, componente curricular obrigatório dos Cursos de Direito. Do Núcleo de Prática Jurídica Art.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR Este questionário objetiva diagnosticar a realidade dos tribunais em relação às aprovadas no II Encontro Nacional do Judiciário, bem como subsidiar medidas concretas a serem

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA INÍCIO análise inicial Verificar a existência de demonstrativo de débito e contrato

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO OFÍCIO CIRCULAR Nº T2-OCI-2010/00037 Rio de Janeiro, 25 de março de 2010. Senhor(a) Juiz(a), No 3º Encontro Nacional do Poder Judiciário, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça e ocorrido no último

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. Vigência Regulamento Dispõe sobre a instituição dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais no

Leia mais

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE 1 REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Núcleo de Prática Jurídica é órgão destinado a coordenar, executar

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2013 Visitas Orientadas 72 Horas Obrigatórias Visitas Justiça

Leia mais

0003/09-TJAP. LEI Nº. 1.377, DE 07 DE OUTUBRO DE

0003/09-TJAP. LEI Nº. 1.377, DE 07 DE OUTUBRO DE Referente ao Projeto de Lei nº 0003/09-TJAP. LEI Nº. 1.377, DE 07 DE OUTUBRO DE 2009. Publicada no Diário Oficial do Estado nº 4597, de 07/10/2009. Autor: Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Altera

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM PROVIMENTO N. 6/2013/CM Revoga o Provimento n. 017/2011/CM e estabelece critérios para a remoção e movimentação interna dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso. O EGRÉGIO CONSELHO DA

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 A FACULDADE 7 DE SETEMBRO, através do NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA,

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL...

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL... Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 CAPÍTULO 1 DIREITO ELEITORAL... 21 1.1. Conceito...21 1.1.1. Competência legislativa em

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Dispõe sobre a implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo eletrônico no Poder Judiciário do Estado de Goiás. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, por seu Órgão Especial, no exercício

Leia mais

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 Dispõe sobre o registro e controle da freqüência dos servidores do Poder Judiciário. PUBLICADO NO DIÁRIO DO PODER JUDICIÁRIO NO DIA 24 DE AGOSTO DE 2009. A PRESIDENTE DO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO Publicada no Boletim de Serviço de 30/03/2009 Publicada no e-dj1 de 30/03/2009 PODER JUDICIÁRIO 10.100.02 RESOLUÇÃO/PRESI 600-007 DE 13 DE MARÇO DE 2009 (*) Dispõe sobre o realinhamento administrativo

Leia mais

DIREITOS DA CRIANÇA, DO ADOLESCENTE E DO IDOSO. doutrina e legislação. Del Rey. Belo Horizonte, 2006

DIREITOS DA CRIANÇA, DO ADOLESCENTE E DO IDOSO. doutrina e legislação. Del Rey. Belo Horizonte, 2006 CARLOS CABRAL CABRERA Membro do Ministério Público do Estado de São Paulo. Professor de Direito Constitucional da Faculdade de Direito da Universidade Paulista UNIP. ROBERTO MENDES DE FREITAS JUNIOR Membro

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL Este questionário objetiva diagnosticar a realidade dos tribunais em relação às aprovadas no II Encontro Nacional do Judiciário, bem como subsidiar medidas concretas a serem adotadas

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013.

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. Dispõe sobre o curso oficial para ingresso, o curso de formação

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 DJe de 29/09/2011 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 Esclarece quanto ao procedimento de ajuizamento da ação de adoção, diretamente pelos requerentes

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE Institui o auxílio-alimentação para os s da Magistratura do Estado do Acre, no efetivo exercício. O, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a deliberação na 16ª Sessão Extraordinária do Pleno

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 27/2012 O PLENO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Caderno Administrativo DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Nº1850/2015 Data da disponibilização: Segunda-feira, 09 de Novembro de 2015. Desembargadora

Leia mais

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências.

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências. Código: MAP-ASMIL-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Assessoria Militar Aprovado por: Presidência 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Gabinete do Ministro. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Gabinete do Ministro. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004. Institui o programa de transparência do Ministério da Justiça e estabelece medidas internas para aperfeiçoar os instrumentos preventivos de controle da atividade

Leia mais

Poder Judiciário Brasileiro

Poder Judiciário Brasileiro Poder Judiciário Brasileiro TSE TST STF STJ CNJ STM TU TRE S TRT S TR TRF S TJ S TR TME JUÍZES JUNTA JUÍZES JEF JUÍZES JÚRI JUÍZES JÚRI JEC CJM CJM Poder Judiciário Brasileiro TSE TST STF STJ CNJ STM TU

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Virtualização do processo judicial André Luiz Junqueira 1. INTRODUÇÃO A Associação dos Juizes Federais do Brasil (AJUFE) encaminhou um projeto de lei sobre a informatização do processo

Leia mais

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 Polícia Civil do Estado do Sergipe PC-SE Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS GERAIS LINGUA PORTUGUESA 1 Compreensão de textos. 2 Denotação e conotação...

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos.

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos. Proposto por: Equipe de Vara Cível Analisado por: Chefe de Serventia Judicial Aprovado por: Juiz de Direito 1 OBJETIVO Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos. 2 CAMPO DE APLICAÇÃO

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL 1 ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL No tocante à composição e gestão da Enfam (art. 105, parágrafo único, I): Funcionarão junto ao Superior

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº Dispõe sobre a criação do Conselho de Ética Pública e estabelece medidas de transparência e controle de atos de agentes políticos, dirigentes, empregados e servidores públicos.

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE:

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE: RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO O CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DE RONDÔNIA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, no uso de suas atribuições estatutárias, com base no que dispõe o art. 10, 1º da Lei

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014.

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. Regulamenta os procedimentos a serem adotados no âmbito da Justiça do Trabalho da 4ª Região em virtude da implantação do PJe- JT, revoga o Provimento

Leia mais

ITINERÁRIO FORMATIVO DE DIRETORES DE SECRETARIA DE VT s. Coordenador: Desembargador Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto

ITINERÁRIO FORMATIVO DE DIRETORES DE SECRETARIA DE VT s. Coordenador: Desembargador Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto ITINERÁRIO FORMATIVO DE DIRETORES DE SECRETARIA DE VT s Coordenador: Desembargador Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto 1. PROCESSO DE TRABALHO 1.1. Esfera Administrativa Planejamento Análise da realidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 8.490, de

Leia mais

ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO

ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO Semestralmente o Fórum Nacional da Mediação e Conciliação se reúne e promove discussões objetivando levantar boas práticas que possam aprimorar o

Leia mais

ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Público alvo Magistrados, servidores, advogados e membros do Ministério Público Responsabilidade Magistrados e servidores Escola

Leia mais

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977.

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977. 1. IDENTIFICAÇÃO 1.01 - Nome: Paulo Roberto de Oliveira Lima 1.02 Filiação: Edvaldo Santos Lima Maria Aparecida de Oliveira Lima 1.03 Nacionalidade: Brasileira 1.04 Naturalidade: Alagoana 1.05 Nascimento:

Leia mais