MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA"

Transcrição

1 906-() Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Portaria n.º 7-A/00 de de Março O Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, prevê, no seu artigo 6.º, que a fixação do número máximo de estagiários a seleccionar anualmente para o Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública Central (PEPAC) seja feita através de portaria dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da Administração Pública, mediante proposta dos restantes membros do Governo. E, nesse âmbito, e nos termos daquela disposição legal, este mesmo diploma regulamentar fixa igualmente, mediante proposta dos respectivos membros do Governo, o número de estagiários por cada entidade promotora, de acordo com as áreas de formação académica, no respeito pela determinação de cada ministro. Sendo desde logo este o objecto desta portaria e constando a restante regulamentação do PEPAC daquela prevista no artigo 0.º do Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, no que designadamente respeita a aspectos relativos às suas condições de acesso e ao seus termos de execução, a presente portaria tem ainda como objecto a calendarização de certas fases procedimentais. Nomeadamente, são fixados os prazos dentro dos quais podem ser apresentadas as candidaturas, em que se efectua a avaliação curricular dos candidatos de forma informatizada e centralizada no sítio do PEPAC e a subsequente selecção. Fica também definida a data de início dos estágios. Assim: Manda o Governo, pelo Ministro de Estado e das Finanças, ao abrigo do disposto no artigo 6.º do Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, o seguinte: Artigo.º de estagiários O número de estagiários admitidos à frequência da edição do PEPAC com início no ano de 00 é O número de estagiários destinado às entidades promotoras de acordo com as áreas de educação e formação (CNAEF) consta do anexo à presente portaria. Artigo.º Prazo de apresentação de candidaturas O prazo para apresentação de candidaturas decorre de 9 de Março a 9 de Abril de 00. Artigo 3.º Prazos relativos à ordenação e selecção dos candidatos Até ao dia 9 de Abril de 00, os candidatos admitidos são, para efeitos do n.º do artigo 9.º do Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, listados alfabeticamente no sítio do PEPAC e agrupados pelas áreas de educação e formação e pelos distritos em que o candidato se disponibilizou para realizar o estágio. Até ao dia de Abril de 00, os candidatos são ordenados no sítio do PEPAC, através da aplicação da fórmula de avaliação curricular referida no n.º do artigo 9.º do Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, obtendo -se listas com a ordenação decrescente das suas classificações, por cada entidade promotora, dentro de cada área de educação e formação, e por cada distrito, quando aplicável. 3 Até ao dia 6 de Maio de 00, no respeito pela ordenação referida no número anterior, os candidatos são seleccionados, em face das vagas disponíveis, por cada entidade promotora, por cada área de educação e formação, e por cada distrito. Artigo 4.º Início dos estágios Os estágios do PEPAC de 00 iniciam -se no dia de Julho de 00. Os estágios promovidos por estabelecimentos de ensino iniciam -se em de Setembro de 00. Artigo 5.º Entrada em vigor A presente portaria entra em vigor no dia seguinte ao da sua publicação. O Ministro de Estado e das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, em 9 de Março de 00. MADRP.... Autoridade de Gestão do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente Economia. 380 Direito Tecnologia de Protecção do Ambiente. Autoridade de Gestão do PROMAR Economia. Autoridade Florestal Nacional História e Arqueologia. 34 Economia Electrónica e Automação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção de Serviços Veterinários da Região do Algarve 640 Ciências Veterinárias. Direcção de Serviços Veterinários da Região Centro... 6 Produção Agrícola e Animal. 640 Ciências Veterinárias. Direcção de Serviços Veterinários da Região de Lisboa e Ciências Veterinárias. de Vale do Tejo. Direcção de Serviços Veterinários da Região do Alentejo 640 Ciências Veterinárias. Direcção de Serviços Veterinários da Região Norte Ciências Veterinárias.

2 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (3) Direcção Regional das Florestas de Lisboa e Vale do Tejo 34 Economia. 53 Electrónica e Automação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional das Florestas do Alentejo Economia. 53 Electrónica e Automação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional das Florestas do Algarve Economia. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional das Florestas do Centro Economia. 53 Electrónica e Automação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional das Florestas do Norte Economia. 53 Electrónica e Automação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo. 3 4 Design. 34 Economia. 34 Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. 4 Biologia e Bioquímica. 54 Indústrias Alimentares. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo 3 34 Economia. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve 34 Economia. 53 Electrónica e Automação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção -Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural 34 Economia Tecnologia de Protecção do Ambiente. Direcção -Geral das Pescas e Aquicultura Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 4 Biologia e Bioquímica. Direcção -Geral de Veterinária Design. 46 Estatística Ciências Veterinárias. 77 Ciências Farmacêuticas. Gabinete de Planeamento e Políticas Gestão e Administração. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Inspecção -Geral da Agricultura e Pescas Electrónica e Automação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto da Vinha e do Vinho, I. P Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. 345 Gestão e Administração. 443 Ciências da Terra. 53 Electrónica e Automação. Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I. P. 3 Sociologia e Outros Estudos Economia. 34 Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade Direito Ciências da Terra. 46 Estatística. 53 Electrónica e Automação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I. P História e Arqueologia. 34 Marketing e Publicidade. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto Nacional de Recursos Biológicos, I. P Laboratório de Investigação Agrária Economia. 44 Química Tecnologia de Protecção do Ambiente. Laboratório de Investigação das Pescas e do Mar Economia. 4 Biologia e Bioquímica. 44 Química.

3 906-(4) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 Laboratório de Investigação Veterinária Economia. 4 Biologia e Bioquímica. 640 Ciências Veterinárias. 75 Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica Ciências Farmacêuticas. Secretaria -Geral do da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas. 33 Ciência Política e Cidadania. 344 Contabilidade e Fiscalidade. MAI Autoridade Nacional de Protecção Civil Economia Ciências Informáticas Arquitectura e Urbanismo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente Protecção de Pessoas e Bens. Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 34 Marketing e Publicidade. 46 Matemática. Direcção -Geral da Administração Interna Sociologia e Outros Estudos Ciência Política e Cidadania. 3 Jornalismo e Reportagem. 46 Estatística. 58 Arquitectura e Urbanismo. Direcção -Geral de Infra -Estruturas e Equipamentos... 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Estrutura de Missão para a Gestão dos Fundos Comunitários 34 Economia. Governo Civil Aveiro Governo Civil Braga Economia. 76 Trabalho Social e Orientação. Governo Civil Bragança Arquitectura e Urbanismo. Governo Civil Castelo Branco Economia. 76 Trabalho Social e Orientação. Governo Civil Coimbra Economia. Governo Civil Évora Economia. Governo Civil Faro Governo Civil Guarda Governo Civil Leiria Economia. Governo Civil Lisboa Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Governo Civil Portalegre Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Governo Civil Santarém Arquitectura e Urbanismo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Governo Civil Setúbal Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. Governo Civil Viana do Castelo Governo Civil Vila Real Economia. Governo Civil Viseu Guarda Nacional Republicana Ciências da Educação. 3 3 Língua e Literatura Materna. 5 3 Psicologia. 4 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 6 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 344 Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração Direito. 4 Biologia e Bioquímica. 46 Matemática. 46 Estatística Ciências Informáticas.

4 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (5) 5 Metalurgia e Metalomecânica. 53 Electrónica e Automação. 58 Arquitectura e Urbanismo. 76 Trabalho Social e Orientação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Polícia de Segurança Pública Língua e Literatura Materna. 4 3 Psicologia Economia. 3 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade Finanças, Banca e Seguros Gestão e Administração Direito Ciências Informáticas. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 58 Arquitectura e Urbanismo. 76 Terapia e Reabilitação. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Secretaria -Geral do da Administração Interna 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Língua e Literatura Materna. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia Direito Ciências Informáticas. Serviços Sociais da Guarda Nacional Republicana Trabalho Social e Orientação. Serviços Sociais da Polícia de Segurança Pública Trabalho Social e Orientação. Unidade de Tecnologias de Informação de Segurança Finanças, Banca e Seguros Ciências Informáticas. MAOT Administração de Região Hidrográfica do Alentejo, I. P. 34 Economia Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração de Região Hidrográfica do Algarve, I. P. 3 Jornalismo e Reportagem. 44 Química. 443 Ciências da Terra. 58 Arquitectura e Urbanismo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração de Região Hidrográfica do Centro, I. P. 34 Economia. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração de Região Hidrográfica do Norte, I. P Jornalismo e Reportagem. 44 Química Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração de Região Hidrográfica do Tejo, I. P Jornalismo e Reportagem. 44 Química Construção Civil e Engenharia Civil Tecnologia de Protecção do Ambiente. Agência Portuguesa do Ambiente Jornalismo e Reportagem. 345 Gestão e Administração. 44 Física. 44 Química Tecnologia de Protecção do Ambiente. Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo. Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve. 44 Química. 443 Ciências da Terra Arquitectura e Urbanismo Tecnologia de Protecção do Ambiente. 345 Gestão e Administração. 58 Arquitectura e Urbanismo Tecnologia de Protecção do Ambiente Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Economia. 380 Direito.

5 906-(6) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. Departamento de Prospectiva e Planeamento e Relações Internacionais. Direcção -Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano. 58 Arquitectura e Urbanismo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. 34 Economia. 443 Ciências da Terra. 58 Arquitectura e Urbanismo Tecnologia de Protecção do Ambiente. 34 Economia. 345 Gestão e Administração Ciências da Terra. 58 Arquitectura e Urbanismo Tecnologia de Protecção do Ambiente. 443 Ciências da Terra. 443 Ciências da Terra. 58 Arquitectura e Urbanismo. Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, I. P. 34 Economia. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. 345 Gestão e Administração. 380 Direito Tecnologia de Protecção do Ambiente. Inspecção -Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território. 345 Gestão e Administração. 380 Direito. 443 Ciências da Terra. Instituto da Água, I. P Economia. 44 Química. 443 Ciências da Terra. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, I. P. 345 Gestão e Administração. 380 Direito. 58 Arquitectura e Urbanismo Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I. P Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 345 Gestão e Administração. 58 Construção Civil e Engenharia Civil Trabalho Social e Orientação. Instituto Geográfico Português Ciências da Terra. Secretaria -Geral do do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional. 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 86 Segurança e Higiene no trabalho. MC Arquivo Distrital da Guarda Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Aveiro Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Beja Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Bragança Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Castelo Branco Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Évora Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Faro Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Leiria Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Lisboa História e Arqueologia. Arquivo Distrital de Portalegre Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Santarém Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Setúbal Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Viana do Castelo Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital de Vila Real Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD).

6 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (7) Arquivo Distrital de Viseu Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Arquivo Distrital do Porto Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Biblioteca Nacional de Portugal Sociologia e Outros Estudos. 34 Marketing e Publicidade. Biblioteca Pública de Évora História e Arqueologia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Centro Português de Fotografia Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Direcção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Marketing e Publicidade. 58 Arquitectura e Urbanismo. Direcção Regional de Cultura do Alentejo História e Arqueologia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. 8 Turismo e Lazer. Direcção Regional de Cultura do Algarve História e Arqueologia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. Direcção Regional de Cultura do Centro Belas -Artes. 4 Design. 5 5 História e Arqueologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Arquitectura e Urbanismo. Direcção Regional de Cultura do Norte História e Arqueologia. 34 Economia. 53 Electrónica e Automação. 58 Arquitectura e Urbanismo. Direcção -Geral das Artes Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. Direcção -Geral de Arquivos Marketing e Publicidade. Direcção -Geral do Livro e das Bibliotecas História e Arqueologia. 33 Ciência Política e Cidadania. 58 Arquitectura e Urbanismo. Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. Inspecção -Geral das Actividades Culturais Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I. P. 7 3 Língua e Literatura Materna. 5 História e Arqueologia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Marketing e Publicidade. 4 Biologia e Bioquímica. 8 Hotelaria e Restauração. 3 8 Turismo e Lazer. Instituto do Cinema e do Audiovisual, I. P Gestão e Administração. Instituto dos Museus e da Conservação, I. P Design. 5 História e Arqueologia. Museu da Música História e Arqueologia. Museu da Terra de Miranda História e Arqueologia. Museu de Cerâmica História e Arqueologia. Museu de D. Diogo de Sousa História e Arqueologia. Museu de Évora História e Arqueologia. Museu de Lamego História e Arqueologia. Museu do Abade de Baçal História e Arqueologia. Museu dos Biscainhos História e Arqueologia. Museu Francisco Tavares Proença Júnior História e Arqueologia. Secretaria -Geral do da Cultura Áudio -Visuais e Produção dos Media.

7 906-(8) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 5 Metalurgia e Metalomecânica. 53 Electrónica e Automação. 58 Arquitectura e Urbanismo. MCTES..... Escola Náutica Infante D. Henrique Sociologia e Outros Estudos. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Áudio -Visuais e Produção dos Media. Escola Superior de Enfermagem de Lisboa Escola Superior de Enfermagem do Porto Língua e Literatura Materna. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Sociologia e Outros Estudos. 34 Marketing e Publicidade. Instituto Politécnico da Guarda Economia. 3 Jornalismo e Reportagem Ciências Informáticas. Instituto Politécnico de Beja Áudio -Visuais e Produção dos Media. 33 Ciência Política e Cidadania. 3 Jornalismo e Reportagem. 34 Marketing e Publicidade. Instituto Politécnico de Castelo Branco Design. Instituto Politécnico de Coimbra Áudio -Visuais e Produção dos Media. 3 3 Jornalismo e Reportagem Gestão e Administração. 347 Enquadramento na Organização/Empresa. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 75 Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto Politécnico de Leiria Psicologia. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 4 Biologia e Bioquímica. 76 Trabalho Social e Orientação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto Politécnico de Lisboa Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração. Instituto Politécnico de Portalegre Áudio -visuais e Produção dos Media. 4 4 Design. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 3 Jornalismo e Reportagem. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. 44 Química Ciências Informáticas. 53 Electrónica e Automação. 76 Trabalho Social e Orientação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto Politécnico de Santarém Economia. 344 Contabilidade e Fiscalidade. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. 53 Electrónica e automação. Instituto Politécnico de Setúbal Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. 345 Gestão e Administração.

8 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (9) Instituto Politécnico de Tomar Belas -Artes. 4 3 Áudio -Visuais e Produção dos Media. 4 Design. 3 Jornalismo e Reportagem. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Economia Ciências Informáticas. 76 Terapia e Reabilitação. 83 Desporto. Instituto Politécnico do Porto Ciências da Educação. 3 Áudio -Visuais e Produção dos Media. 3 Jornalismo e Reportagem. 3 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade. 344 Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração Secretariado e Trabalho Administrativo. 347 Enquadramento na Organização/Empresa Ciências Informáticas. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa 4 Ciências da Educação. 3 Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo Ciências Informáticas Arquitectura e Urbanismo. Instituto Tecnológico e Nuclear, I. P Biologia e Bioquímica. 44 Química. 53 Electrónica e Automação. Universidade da Beira Interior História e Arqueologia. 33 Ciência Política e Cidadania. Universidade de Aveiro Psicologia. 3 Jornalismo e Reportagem. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo Ciências Informáticas. Universidade de Coimbra Língua e Literatura Materna. 3 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade. 345 Gestão e Administração Direito. 46 Estatística Ciências Informáticas. 58 Arquitectura e Urbanismo. Universidade de Lisboa Áudio -Visuais e Produção dos Media. 3 3 Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 4 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo.

9 906-(0) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de Direito. 4 4 Biologia e Bioquímica. 44 Química Ciências Informáticas. 76 Trabalho Social e Orientação. Universidade do Algarve Ciência Política e Cidadania. Universidade do Minho Economia. 3 Jornalismo e Reportagem Gestão e Administração. Universidade do Porto Jornalismo e Reportagem. Universidade Técnica de Lisboa Áudio -Visuais e Produção dos Media. 3 Psicologia. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 4 3 Jornalismo e Reportagem. 34 Marketing e Publicidade Gestão e Administração Secretariado e Trabalho Administrativo. 5 Metalurgia e Metalomecânica Arquitectura e Urbanismo. MDN Direcção -Geral de Armamento e Infra -Estruturas de Defesa Direcção -Geral de Pessoal e Recrutamento Militar Ciências da Educação. Direcção -Geral de Política de Defesa Nacional Ciência Política e Cidadania. Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental Direito. 4 Biologia e Bioquímica Ciências da Terra Ciências Informáticas. Estrutura de Missão para os Assuntos do Mar Ciência Política e Cidadania. 3 Jornalismo e Reportagem. 4 4 Biologia e bioquímica. 48 Ciências informáticas. Inspecção -Geral da Defesa Nacional Instituto de Acção Social das Forças Armadas Psicologia Enfermagem. 75 Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica Terapia e Reabilitação Trabalho Social e Orientação. Instituto de Estudos Superiores Militares Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 53 Electrónica e Automação. Secretaria -Geral do da Defesa Nacional Áudio -Visuais e Produção dos Media. 4 Design. 34 Economia. 3 3 Jornalismo e Reportagem. 34 Marketing e Publicidade. 345 Gestão e Administração Ciências Informáticas. 5 Metalurgia e Metalomecânica. ME Agência Nacional para a Gestão do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida. 5 3 Sociologia e Outros Estudos. 345 Gestão e Administração. Agência Nacional para a Qualificação, I. P Ciências da Educação. 3 Sociologia e Outros Estudos. 3 Jornalismo e Reportagem. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. Direcção Regional de Educação do Algarve Ciências da Educação Contabilidade e Fiscalidade. 345 Gestão e Administração Direito.

10 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de () MEID Arquitectura e Urbanismo Terapia e Reabilitação. 76 Trabalho Social e Orientação. Direcção Regional de Educação do Centro Áudio -Visuais e Produção dos Media Psicologia. 9 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Contabilidade e Fiscalidade Direito. 46 Matemática Arquitectura e Urbanismo Terapia e Reabilitação. Direcção Regional de Educação do Norte Ciências da Educação. 3 Língua e Literatura Materna. 4 3 Psicologia. 3 Jornalismo e Reportagem. 6 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Contabilidade e Fiscalidade Direito Ciências Informáticas Arquitectura e Urbanismo. 76 Terapia e Reabilitação Serviços de Apoio a Crianças e Jovens. Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo 9 4 Ciências da Educação Psicologia. 3 3 Sociologia e Outros Estudos Contabilidade e Fiscalidade Direito Ciências Informáticas. 76 Terapia e Reabilitação Serviços de Apoio a Crianças e Jovens. Direcção Regional de Educação do Alentejo Língua e Literatura Materna. 9 3 Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 344 Contabilidade e Fiscalidade. 345 Gestão e Administração Ciências Informáticas. 58 Arquitectura e Urbanismo Terapia e Reabilitação Serviços de Apoio a Crianças e Jovens. 76 Trabalho Social e Orientação. Direcção -Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular 4 4 Ciências da Educação Gestão e Administração. 46 Estatística. 83 Desporto. Direcção -Geral dos Recursos Humanos da Educação... Gabinete Coordenador de Segurança Escolar Sociologia e Outros Estudos. Gabinete Coordenador do Sistema de Informação do 4 48 Ciências Informáticas. da Educação. Gabinete de Avaliação Educacional Sociologia e Outros Estudos. 46 Estatística. Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Gabinete de Gestão Financeira Gestão e Administração. Inspecção -Geral da Educação Ciências Informáticas. Secretaria -Geral do da Educação Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Gestão e Administração. Comissão de Aplicação de Coimas em Matéria Económica 34 Economia. e de Publicidade Direito. Direcção Regional da Economia de Lisboa e Vale do Tejo 34 Economia. 347 Enquadramento na Organização/Empresa.

11 906-() Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 Direcção Regional da Economia do Algarve Metalurgia e Metalomecânica. 53 Electrónica e Automação. Direcção Regional da Economia do Norte Economia. Direcção -Geral das Actividades Económicas Ciência Política e Cidadania Economia. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. Direcção -Geral de Energia e Geologia Ciência Política e Cidadania Economia Construção Civil e Engenharia Civil. Direcção -Geral do Consumidor Economia. Gabinete de Estratégia e Estudos Economia. Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à 33 Ciência Política e Cidadania. Inovação, I. P. Instituto do Turismo de Portugal, I. P Economia Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração Direito Construção Civil e Engenharia Civil Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 58 Arquitectura e Urbanismo. Instituto Português da Qualidade, I. P Enquadramento na Organização/Empresa. Observatório QREN Economia. Secretaria -Geral do da Economia e da Inovação Direito. MFAP Direcção -Geral da Administração e do Emprego Público 3 Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. 345 Gestão e Administração Direito. Direcção -Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo Economia. 34 Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração Direito. 44 Química. Direcção -Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros. 345 Gestão e Administração. 380 Direito. 46 Matemática Ciências Informáticas. Direcção -Geral de Protecção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 344 Contabilidade e Fiscalidade Gestão e Administração Direito. Direcção -Geral do Orçamento Economia. Direcção -Geral do Tesouro e Finanças Finanças, Banca e Seguros. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. Direcção -Geral dos Impostos Psicologia. 345 Gestão e Administração Matemática Ciências Informáticas. 7 5 Metalurgia e Metalomecânica Electrónica e Automação Arquitectura e Urbanismo Construção Civil e Engenharia Civil. Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais. 33 Ciência Política e Cidadania Economia.

12 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (3) Inspecção -Geral de Finanças Finanças, Banca e Seguros Contabilidade e Fiscalidade Direito. Instituto de Informática Matemática. Instituto Nacional de Administração, I. P Ciências da Educação. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Gestão e Administração Ciências Informáticas. Secretaria -Geral do das Finanças e da Administração Pública. 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Serviços Sociais da Administração Pública Psicologia. 3 3 Sociologia e Outros Estudos. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 54 Indústrias Alimentares. 8 Hotelaria e Restauração. 3 8 Turismo e Lazer. MJ Direcção -Geral da Administração da Justiça Psicologia. 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 34 Marketing e Publicidade Gestão e Administração Direito. 46 Estatística. 5 Electricidade e Energia. 58 Arquitectura e Urbanismo. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Direcção -Geral da Política de Justiça Ciência Política e Cidadania. Direcção -Geral de Reinserção Social Língua e Literatura Materna. 6 3 Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Contabilidade e Fiscalidade. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo. 347 Enquadramento na Organização/Empresa Direito. 46 Estatística. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Instituto de Gestão Financeira e de Infra -Estruturas da Justiça, I. P. 34 Economia. 344 Contabilidade e Fiscalidade. 345 Gestão e Administração. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 58 Arquitectura e Urbanismo. 58 Construção Civil e Engenharia Civil. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto dos Registos e do Notariado, I. P Direito. 58 Arquitectura e Urbanismo. Instituto Nacional de Medicina Legal, I. P Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). 75 Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica. 77 Ciências Farmacêuticas. MNE Direcção -Geral de Política Externa Economia Marketing e Publicidade.

13 906-(4) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 MOPTC Secretariado e Trabalho Administrativo. Direcção -Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas Ciência Política e Cidadania. 380 Direito Ciências Informáticas Trabalho Social e Orientação. Direcção -Geral dos Assuntos Técnicos e Económicos Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. Instituto Camões, I. P Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, I. P Economia. Secretaria -Geral do dos Negócios Estrangeiros 5 História e Arqueologia Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 4 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Gestão e Administração Direito. Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidente Ferroviários. Gabinete de Planeamento Estratégico e Relações Internacionais. 33 Ciência Política e Cidadania. 345 Gestão e Administração. 46 Estatística. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Gabinete do Metro Sul do Tejo Economia. 5 Metalurgia e Metalomecânica. ICP Autoridade Nacional de Comunicações Ciência Política e Cidadania Economia Electrónica e Automação. Inspecção -Geral das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Gestão e Administração. Instituto da Construção e do Imobiliário, I. P Economia Ciências Informáticas Construção Civil e Engenharia Civil. Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I. P. 3 Psicologia Economia Gestão e Administração Direito. 443 Ciências da Terra Ciências Informáticas. 9 5 Metalurgia e Metalomecânica Construção Civil e Engenharia Civil Tecnologia de Protecção do Ambiente. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Instituto das Infra -Estruturas Rodoviárias, I. P Economia. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Instituto Nacional de Aviação Civil, I. P Economia. 5 Metalurgia e metalomecânica. Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos, I. P Economia Direito. 443 Ciências da Terra. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Laboratório Nacional de Engenharia Civil, I. P Design. 347 Enquadramento na Organização/Empresa. 44 Química. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 53 Electrónica e Automação Construção Civil e Engenharia Civil.

14 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (5) Programa Operacional Temático Valorização do Território 3 34 Economia Gestão e Administração. Secretaria -Geral do das Obras Públicas, Transportes e Comunicações. 58 Arquitectura e Urbanismo. MS Administração Central do Sistema de Saúde, I. P Biologia e Bioquímica. 46 Estatística Ciências Informáticas. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 5 Electricidade e Energia. 53 Electrónica e Automação. 58 Arquitectura e Urbanismo. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração Regional de Saúde do Alentejo, I. P Psicologia Economia Gestão e Administração. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 5 Electricidade e Energia. 58 Arquitectura e Urbanismo Terapia e Reabilitação Trabalho Social e Orientação. Administração Regional de Saúde do Algarve, I. P Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia Gestão e Administração Ciências Informáticas. 58 Arquitectura e Urbanismo. 74 Ciências Dentárias Terapia e Reabilitação Trabalho Social e Orientação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração Regional de Saúde do Centro, I. P Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos Economia Ciências Informáticas. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 74 Ciências Dentárias Terapia e Reabilitação. 76 Trabalho Social e Orientação Serviços de Saúde Pública. 34 Economia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD). Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I. P Psicologia. 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia Gestão e Administração. 4 Biologia e Bioquímica. 46 Estatística. 3 5 Metalurgia e Metalomecânica. 3 5 Electricidade e Energia Arquitectura e Urbanismo Construção Civil e Engenharia Civil Ciências Dentárias Terapia e Reabilitação Trabalho Social e Orientação Tecnologia de Protecção do Ambiente. Administração Regional de Saúde do Norte, I. P Psicologia Economia Gestão e Administração Ciências Informáticas. 58 Construção Civil e Engenharia Civil Ciências Dentárias Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica Terapia e Reabilitação. 76 Trabalho Social e Orientação.

15 906-(6) Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação 4 Biologia e Bioquímica. 46 Estatística. Direcção -Geral da Saúde Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 345 Gestão e Administração. 3 4 Biologia e Bioquímica. 44 Física. 46 Matemática. 46 Estatística. 74 Ciências Dentárias. INFARMED Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I. P. 34 Economia. 345 Gestão e Administração. 347 Enquadramento na Organização/Empresa. 4 Biologia e Bioquímica Ciências Farmacêuticas. Instituto Nacional de Emergência Médica, I. P Economia. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo Ciências Informáticas. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I. P Gestão e Administração. 4 Biologia e Bioquímica. 46 Estatística Terapia e Reabilitação. Instituto Português do Sangue, I. P Sociologia e Outros Estudos. 4 Biologia e Bioquímica. 48 Ciências informáticas. MTSS Autoridade para as Condições do Trabalho Psicologia. 3 3 Jornalismo e Reportagem. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Gestão e Administração. Casa Pia de Lisboa, I. P Metalurgia e Metalomecânica Terapia e Reabilitação Trabalho Social e Orientação. 85 Tecnologia de Protecção do Ambiente. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Direcção -Geral do Emprego e das Relações de Trabalho 3 Sociologia e Outros Estudos. 34 Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 346 Secretariado e Trabalho Administrativo Direito. Gabinete de Estratégia e Planeamento Design. 3 3 Sociologia e Outros Estudos Economia. 46 Matemática. 53 Electrónica e Automação. Instituto da Segurança Social, I. P Ciências da Educação. 8 Línguas e Literaturas Estrangeiras. 3 3 Psicologia. 8 3 Sociologia e Outros Estudos Ciência Política e Cidadania Economia Marketing e Publicidade Contabilidade e Fiscalidade Enquadramento na Organização/Empresa Direito. 46 Estatística. 5 Metalurgia e Metalomecânica. 5 Electricidade e Energia. 58 Construção Civil e Engenharia Civil.

16 Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de (7) Trabalho Social e Orientação. 86 Segurança e Higiene no Trabalho. Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu, I. P..... Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I. P. 3 Áudio -Visuais e Produção dos Media Economia. 345 Gestão e Administração Direito Construção Civil e Engenharia Civil. Instituto de Informática, I. P Economia. 34 Marketing e Publicidade Gestão e Administração. 347 Enquadramento na Organização/Empresa Matemática. 46 Estatística Ciências Informáticas Electrónica e Automação. Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P Sociologia e Outros Estudos Economia Gestão e Administração Ciências Informáticas. 0 5 Metalurgia e Metalomecânica Construção Civil e Engenharia Civil. Instituto Nacional para a Reabilitação, I. P Jornalismo e Reportagem. 76 Trabalho Social e Orientação. Secretaria -Geral do do Trabalho e da Solidariedade Social Economia. 345 Gestão e Administração. PCM Agência para a Modernização Administrativa, I. P Economia. 345 Gestão e Administração Ciências Informáticas. Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I. P. 3 Sociologia e Outros Estudos. 33 Ciência Política e Cidadania. 34 Economia. 34 Marketing e Publicidade. Centro de Gestão da Rede Informática do Governo.... Centro Jurídico Língua e Literatura Materna Direito. Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género... 3 Psicologia. 3 Biblioteconomia, Arquivo e Documentação (BAD) Direito. Direcção -Geral das Autarquias Locais Gestão e Administração. Gabinete para os Meios de Comunicação Social Economia. 8 Turismo e Lazer. Inspecção -Geral da Administração Local Instituto do Desporto de Portugal, I. P Desporto. Instituto Nacional de Estatística, I. P Economia. 345 Gestão e Administração. 46 Estatística Ciências Informáticas. Instituto Português da Juventude, I. P Economia. 3 Jornalismo e Reportagem. 345 Gestão e administração. Secretaria -Geral da Presidência de Conselho de Ministros 5 História e Arqueologia. 34 Economia. 34 Marketing e Publicidade. 5 Electricidade e Energia.

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente MADRP Entida Promotora Autorida Gestão do Programa Desenvolvimento Rural do Continente Autorida Gestão do PROMAR Autorida Florestal Nacional Direcção-Geral Veterinária Direcção Regional das Florestas Lisboa

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 4696 Diário da República, 1.ª série N.º 151 7 de agosto de 2013 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 252/2013 de 7 de agosto A 2.ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 Declaração de Retificação n.º 4/2013 Nos termos das disposições conjugadas da alínea r) do n.º 2 do artigo 2.º e do artigo 11.º do Decreto

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2010 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Colocados CONCURSO NACIONAL DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Etapa 1: colocação dos candidatos às vagas

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2011 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS (Decreto-Lei 204/2006, de 27 de Outubro) Fundo para as Relações Internacionais, I.P. (FRI, IP) Instituto Camões, I.P. (IC, IP) Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1

Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1 Número de Alunos Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1 Susana Justo, Diretora Geral da Qmetrics 1. Formação em ensino superior, graduada e pós graduada. Em Portugal continua

Leia mais

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015 RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO NOTA 1. Encontra se concluída a colocação na primeira fase do 39.º concurso nacional de acesso, tendo sido admitidos,

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE da Nome da Nome Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 10 134,0 5 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Instituição Grau (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) 3122 9670 Instituto Politécnico de Portalegre - Escola Superior de Tecnologia e GestãoAdministração de Publicidade e Marketing L1 27 18 111,3 9 3102

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2011

Leia mais

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7264 - Corte e Tecnologia de Carnes 541 - Indústrias es Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7109 -

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO DE 2013 RESULTADOS DA 2.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO DE 2013 RESULTADOS DA 2.ª FASE 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 10 1 1 10 127,3 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios)

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro 2006 a 2010 DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira Outubro de 2011 Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro ÍNDICE: 1. Enquadramento e apreciação dos resultados.. pág. 2 2. Estatísticas dos candidatos,

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 215-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Instit. Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Ministério da Educação e Ciência - Direcção Geral do Ensino Superior

Leia mais

Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 21

Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 21 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 8 1 0 9 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios) PL 14

Leia mais

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas ESCOLA CURSO GRAU ESPECIALIDADE NORMAS REGISTO OBS. ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E G ÁGUEDA Engenharia Electromecânica B Mecânica a) do n.º 2 Universidade de Aveiro Engenharia Electrotécnica B ESP a)

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Código Instit. Código Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Colocados Nota do últ. colocado (cont. geral) (1) (2)

Leia mais

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013 Nome da instituição Nome do Grau na 1.ª fase de pelo 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) Prep. Mestrado Integrado 15 15 155,8 0110 8085 Universidade

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços de

Leia mais

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 0203 0203 0204 0204 0204 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 Universidade do Algarve - Faculdade

Leia mais

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME de Formação CIME e Sub- de Formação CIME Sub- 09. Desenvolvimento Pessoal 090. Desenvolvimento Pessoal 14.Formação de Professores/Formadores e Ciências da Educação 141.Formação de Professores e Formadores

Leia mais

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI AÇORES Ciências da Engenharia Civil L1 20 1 Património Cultural L1 20 6 Ciências Agrárias L1 10 10 Informática - Redes e Multimédia L1 25 8 Engenharia e Gestão do Ambiente L1 20 0 ALGARVE Engenharia Civil

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014

Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014 Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014 Nota último colocado 1ª Fase 2014 (cont. geral) Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 15 15 134,0 8086

Leia mais

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais)

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais) (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 15 0 155,8 0 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Código Código Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau Coloca 0110 8031 Universidade dos Açor - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açor - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e

Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e Florestas 05 10 1910 Presidência da República Encargos Gerais

Leia mais

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE NOTA 1. No ano letivo de 2014-2015 foram admitidos no ensino superior público 41 464 estudantes através do concurso nacional de acesso 1. 2. Esses estudantes distribuíram-se da seguinte forma: QUADRO I

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2013 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios)

8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 158,8 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 130,0 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 158,8 9022 Ciências

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 3.ª Fase

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 3.ª Fase Vagas.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 0 Medicina Veterinária (Preparatórios) 00 0 Ciências Agrárias 00 0 Engenharia e Gestão do Ambiente

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Vagas Iniciais

Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Vagas Iniciais Nome do Estabelecimento Nome do Grau 0110 1131 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios) P 12 0 6 0 126,5 6 0110 1603 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 2.ª Fase

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 2.ª Fase Vagas.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 0 Medicina Veterinária (Preparatórios) 00 0 Ciências Agrárias

Leia mais

Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar. Universitário 7510 Academia Militar Guerra de Informação

Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar. Universitário 7510 Academia Militar Guerra de Informação Distrito Subsistema Tipo de ensino Cód. Estab. Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Lisboa Público Militar e Policial Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar Lisboa Público Militar

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações 0130 0130 0130 0130 0130 0130 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina Universidade dos Açores - Ponta Delgada Universidade dos Açores -

Leia mais

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR ENSINO SUPERIOR PARTICULAR 210 4010 8136 Escola Superior Artística do Porto L - 1º ciclo Animação e Produção Cultural 1.º 6 Sem 180 20 210 4010 9257 Escola Superior Artística do Porto MI Arquitectura 1.º

Leia mais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações Congénere 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Leia mais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências e Tecnologia 0110 Universidade dos Açores - Angra

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Estab. Curso Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade Vagas 2009

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto LISTA E CODIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE ACTIVIDADES Actividades relacionadas com o património cultural 101/801 Artes plásticas e visuais 102/802 Cinema, audiovisual e multimédia 103/803 Bibliotecas 104/804 Arquivos

Leia mais

0202 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

0202 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 155,5 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 128,8 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 154,8 9022 Ciências

Leia mais

Todas as vagas das universidades e politécnicos

Todas as vagas das universidades e politécnicos 28 ENSINO SUPERIOR Todas as vagas das universidades e politécnicos Listas. Este ano há lugar para 53 410 novos alunos, através do concurso nacional. Veja a lista com todas as vagas por estabelecimento

Leia mais

SAÍDAS PROFISSIONAIS

SAÍDAS PROFISSIONAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 6 CURSO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS ÁREA DAS CIÊNCIAS ÁREA DA ANIMAÇÃO ÁREA DA SAÚDE AREA DO

Leia mais

EDITAL CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2015 3.ª FASE

EDITAL CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2015 3.ª FASE EDITAL CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO.ª FASE. Nos termos do n.º do artigo.º do regulamento do concurso nacional de acesso e ingresso no ensino superior público para a matrícula

Leia mais

ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS GRUPO 1 CURSOS REGISTADOS E ANALISADOS PELA ANET, CONSIDERADOS HABILITANTES PARA A REALIZAÇÃO DE TODOS OS ACTOS DA ESPECIALIDADE CURSOS REGISTADOS -GRUPO

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2013 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 11 1.ª FASE DEZEMBRO DE 2011 ÍNDICE Nota Introdutória... 3 Conceitos... 4 Grandes Números... 5 Candidatos, Vagas, Colocados e Matriculados... 6 OFERTA FORMATIVA... 7 Vagas por

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2014 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

Estabelecimento Sobras da 1.ª Fase

Estabelecimento Sobras da 1.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 90 Ciências Agrárias 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 994 Energias Renováveis 00 9 Engenharia e Gestão do Ambiente 00 9 Guias da Natureza Universidade

Leia mais

Acesso ao Ensino Superior 2013/2014

Acesso ao Ensino Superior 2013/2014 Page 1 of 15 CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE - CONTINGENTE GERAL Código da Código do Vagas Nota de candidatura Vagas instituição curso Nome do curso Grau iniciais

Leia mais

RELATÓRIO ÚNICO DA ACTIVIDADE SOCIAL DA EMPRESA TODAS AS PERGUNTAS E RESPOSTAS

RELATÓRIO ÚNICO DA ACTIVIDADE SOCIAL DA EMPRESA TODAS AS PERGUNTAS E RESPOSTAS RELATÓRIO ÚNICO DA ACTIVIDADE SOCIAL DA EMRESA TODAS AS ERGUNTAS E RESOSTAS ATUALIZAÇÃO I : Relatório Anual da Formação Contínua O, Relatório Anual da Formação Contínua, é de apresentação obrigatória a

Leia mais

Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica)

Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica) Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica) Ano letivo 2012/2013 Nota informativa: esta listagem está ordenada por nome do curso da outra Intituição de

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

EDITAL VAGAS PARA A 2.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 2015

EDITAL VAGAS PARA A 2.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 2015 EDITAL VAGAS PARA A.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 0. Nos termos do artigo.º do Regulamento do Concurso Nacional de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Público para a Matrícula e Inscrição no Ano

Leia mais

Estabelecimento Sobras da 3.ª Fase. Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 0110 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 16 3 10 9

Estabelecimento Sobras da 3.ª Fase. Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 0110 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 16 3 10 9 Sobras da.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências Agrárias 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 Energias Renováveis 00 0 Engenharia e Gestão do Ambiente 0 00 Guias da Natureza

Leia mais

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA*

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* * CETs referenciados pelo Conselho Técnico-Científico da ESTGV para acesso

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Nome da Instituição Nome do Grau Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 25 Fase (cont. geral) 0110 8031 Universidade dos Açores

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2011-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objecto de concurso nacional

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2011-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objecto de concurso nacional ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Designação da Localidade Fase (cont. geral) 110 Ensino Superior Público Universitário 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3 2009 MAPA DE PESSOAL DA ANPC (Artigo 5º da Lei nº 2-A/2008, 27 Fevereiro) SEDE - Carnaxi Competências/Actividas Área formação académica e/ou - Presinte () - - Director Nacional () - 3 - Comandante Operacional

Leia mais

Cursos Técnicos Superiores Profissionais PARECER TÉCNICO

Cursos Técnicos Superiores Profissionais PARECER TÉCNICO Cursos Técnicos Superiores Profissionais PARECER TÉCNICO Junho de 2014 Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, IP ÍNDICE GERAL Nota introdutória 3 Pág. 1. Identificação dos elementos

Leia mais

04 - MATEMÁTICA E CIÊNCIAS DA NATUREZA

04 - MATEMÁTICA E CIÊNCIAS DA NATUREZA 04 - MATEMÁTICA E CIÊNCIAS DA NATUREZA Curso / Habilitação Grau Condições especiais Engenharia Agronómica ramo: Hortofruticultura Da Universidade do Algarve Engenharia Civil Da Universidade Fernando Pessoa

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 2 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1 Instituição Lugares no CN Academia Militar Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto Centro de Investigação Marinha e Ambiental, Laboratório Associado da Universidade

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL FORUM PARA A SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO Economia Digital: Como fazer de Portugal um caso de sucesso COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL Base de dados de Portugal Contemporâneo Maria João Valente Rosa Lisboa,

Leia mais

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA no Ensino Superior CET Cursos de Especialização Tecnológica no Ensino Superior Setembro 2011 DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção de Serviços de Suporte à

Leia mais

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 pre que necessário, para a realização de entrevista e ou avaliação funcional das suas capacidades. 4 A comissão pode, face à prova documental

Leia mais

IV CURSOS DO ENSINO PROFISSIONAL Nível III

IV CURSOS DO ENSINO PROFISSIONAL Nível III Apresentação O Ensino Profissional é uma modalidade especial de educação que visa, essencialmente, o desenvolvimento da formação profissional qualificante dos jovens. Dado o facto de dedicarem grande parte

Leia mais

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3 Cursos previstos no art. 55.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-ei n.º20/2006, de 31 de Janeiro 1 Cursos de licenciatura, diplomas

Leia mais

REGIMES de Ingresso para os cursos da ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE ELVAS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE

REGIMES de Ingresso para os cursos da ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE ELVAS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE REGIMES de Ingresso para os cursos da ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE ELVAS DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE 1) REGIME GERAL DE ACESSO Licenciaturas Enfermagem Veterinária Engenharia Agronómica Engenharia

Leia mais

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS MINISTÉRIO DAS FINANÇAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS MINISTÉRIO DAS FINANÇAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA 1992-(4) Diário da República, 2.ª série N.º 14 24 de julho de 2015 PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local Despacho n.º 8126-B/2015 Considerando

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2009 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2009 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2014 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização

Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização Cursos Científico-Humanísticos Natureza e Organização O que são? Os cursos cientifico-humanísticos constituem uma oferta educativa vocacionada para o prosseguimento de estudos de nível superior (universitário

Leia mais

Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso

Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso ENSINO UNIVERSITÁRIO Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 Ciências da Nutrição (Preparatórios) PL 15 5 122,5 10 Medicina Veterinária (Preparatórios)

Leia mais

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar:

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar: s previstos no art. 56.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-Lei n.º35/2003, de 27 de Fevereiro, na redacção dada pelo Decreto-Lei

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

MAPA XVII RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS E DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO (EM EURO)

MAPA XVII RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS E DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO (EM EURO) RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS E DOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO Página 1/8 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 20 981 20 981 20 981 20 981 ENTIDADE REGULADORA PARA

Leia mais

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15)

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15) Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 201 (atualizada em 201-0-15) Guarda 0 21 - Audiovisuais e Produção dos Media Técnico/a de Desenho Gráfico Guarda 2-Set-1 Médio Tejo 2 21 - Audiovisuais

Leia mais

REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS

REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS Nível de prioridade das necessidades formativas dos Cursos de Educação e Formação de Adultos face à dinâmica de emprego,

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Ensino Superior Particular e Cooperativo - Universidades

Ensino Superior Particular e Cooperativo - Universidades Ensino Superior Particular e Cooperativo - Universidades Universidade Atlântica Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões Universidade Fernando Pessoa Universidade Independente Universidade Internacional

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Ensino Básico 2º e 3º Ciclo e Cursos Secundários Científico-Tecnológicos Resultados Escolares Ano Letivo 211/212 1. Introdução Cada jovem, rapaz ou rapariga, que escolhe

Leia mais

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde 2012-2013 Natureza dos Cursos Cientifico-humanísticos Cursos vocacionados

Leia mais

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012 GABINETE DE APOIO E RELAÇÕES EXTERNAS As constantes do artigo 10.º do Regulamento Orgânico dos Serviços Municipais e Anexo V, aprovado em reunião ordinária da Câmara Municipal de 28 de Fevereiro de 2011.

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA

ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA ESCOLA SECUNDÁRIA 3 E.B. DR. JORGE CORREIA - TAVIRA Ensino Regular OFERTA EDUCATIVA 2010/2011 CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Vocacionados para o prosseguimento estudos a nível superior. Têm a duração 3

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2008 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

A presente alteração corresponde à correção da alteração orçamental que foi comunicada no segundo trimestre - orgânica 02.9.50.49.00 - IGESPAR.

A presente alteração corresponde à correção da alteração orçamental que foi comunicada no segundo trimestre - orgânica 02.9.50.49.00 - IGESPAR. 1ª DELEGAÇÃO DE CONTABILIDADE Alterações orçamentais autorizadas, no trimestre a seguir indicado, ao abrigo do artigo 51.º da Lei n.º 91/21, de 20 de Agosto, alterada pela Lei n.º 52/2011, de 13 de Outubro,

Leia mais