Catálogo de Anfiteatros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Catálogo de Anfiteatros"

Transcrição

1 Catálogo de Anfiteatros Catálogo de Anfiteatros UBI 1

2 Índice Pólo I Anfiteatro I (Cinubiteca) 4 Anfiteatro Anfiteatro Prof. Doutor Pinto Peixoto 8 Anfiteatro das Sessões Solenes 10 Auditório da Biblioteca 12 Anfiteatro Centro de Informática 14 Anfiteatro Anfiteatro Anfiteatros A, B, C, D das Engenharias 20 Pólo II Anfiteatro dos Serviços Administrativos 22 Pólo III Grande Auditório da FCS 24 Anfiteatro Amarelo 26 Anfiteatro Azul 28 Anfiteatro Verde 30 Pólo IV Anfiteatro Anfiteatro Pe. Videira Pires 35 Anfiteatro Salas, Átrios, Serviços Específicos 38 Catálogo de Anfiteatros UBI 2

3 Pólo I Catálogo de Anfiteatros UBI 3

4 Anfiteatro I (Cinubiteca) Localização: Pólo I (Parada) Área Anfiteatro: 165 m 2 Área Hall: 46,8 m 2 Nº Lugares: 180 Medidas Mesa: 3,6m (comp.) X 0,78m (alt.) X 0,95m (prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo Preço diário (9h-18h30): 350 Catálogo de Anfiteatros UBI 4

5 Anfiteatro I (Cinubiteca) Catálogo de Anfiteatros UBI 5

6 Anfiteatro 2.12 Localização: Pólo I Nº Lugares: 114 Medidas Mesa: 4,2m (comp.) X 0,78m (alt.) X 1,2m (prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo, circuito TV Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 6

7 Anfiteatro 2.12 Catálogo de Anfiteatros UBI 7

8 Anfiteatro Prof. Doutor Pinto Peixoto Localização: Pólo I Nº Lugares: 300 Medidas Mesa: 4,2m(comp.) X 1,2m(alt.) X 0,78m(prof.) Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 250 Catálogo de Anfiteatros UBI 8

9 Anfiteatro Prof. Doutor Pinto Peixoto Catálogo de Anfiteatros UBI 9

10 Anfiteatro das Sessões Solenes Localização: Pólo I Área: 314 m 2 Nº Lugares: 300 Medidas Mesa: 4,2m(comp.) X 0,75m(alt.) X 0,80m(prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo Preço diário (9h-18h30): 400 Catálogo de Anfiteatros UBI 10

11 Anfiteatro das Sessões Solenes Catálogo de Anfiteatros UBI 11

12 Auditório da Biblioteca Localização: Pólo I, Biblioteca Central Área: 87,7 m 2 Nº Lugares: 52 Medidas Mesa: 3,6m(comp.) X 0,73m(alt.) X 0,80m(prof.) Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 130 Catálogo de Anfiteatros UBI 12

13 Auditório da Biblioteca Catálogo de Anfiteatros UBI 13

14 Anfiteatro do Centro de Informática Localização: Pólo I Nº Lugares: 116 Medidas Mesa: 1,6m(comp.) X 0,75m(alt.) X 0,70m(prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo, circuito TV Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 14

15 Anfiteatro do Centro de Informática Catálogo de Anfiteatros UBI 15

16 Anfiteatro 6.1 Localização: Pólo I, 6ª Fase Nº Lugares: 210 Medidas Mesa: 4,6m(comp.) X 0,80m(alt.) X 1,30m(prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo, tradução simultânea Preço diário (9h-18h30): 400 Catálogo de Anfiteatros UBI 16

17 Anfiteatro 6.1 Catálogo de Anfiteatros UBI 17

18 Anfiteatro 8.1 Localização: Pólo I, Edifício das Engenharias Área: 193,6 m 2 Nº Lugares: 158 Medidas Mesa: 3,6m(comp.) X 0,81m(alt.) X 0,71m(prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo Preço diário (9h-18h30): 350 Catálogo de Anfiteatros UBI 18

19 Anfiteatro 8.1 Catálogo de Anfiteatros UBI 19

20 Anfiteatros A, B, C, D das Engenharias Localização: Pólo I, Edifício das Engenharias Nº Lugares: A - 90 B - 75 C - 75 D - 90 Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 110 Catálogo de Anfiteatros UBI 20

21 Pólo II Catálogo de Anfiteatros UBI 21

22 Anfiteatro dos Serviços Administrativos Localização: Pólo II, Edifício dos Serviços Administrativos Engenharias Nº Lugares: 60 Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 130 Catálogo de Anfiteatros UBI 22

23 Pólo III Catálogo de Anfiteatros UBI 23

24 Grande Auditório da FCS Localização: Pólo III, Faculdade de Ciências da Saúde Nº Lugares: 480 Medidas Mesa: 3,78m(comp.) X 0,67m(alt.) Medidas Ambão: 1,25m(comp.) X 1,04m(alt.) Equipamento: Som, tradução simultânea, projector multimédia Preço diário (9h-18h30): 450 Catálogo de Anfiteatros UBI 24

25 Grande Auditório da FCS Catálogo de Anfiteatros UBI 25

26 Anfiteatro Amarelo Localização: Pólo III, Faculdade de Ciências da Saúde Nº Lugares: 113 Equipamento: Projector multimédia fixo, leitor DVD/VHS c/ som Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 26

27 Anfiteatro Amarelo Catálogo de Anfiteatros UBI 27

28 Anfiteatro Azul Localização: Pólo III, Faculdade de Ciências da Saúde Nº Lugares: 79 Equipamento: Projector multimédia fixo, leitor DVD/VHS c/ som Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 28

29 Anfiteatro Azul Catálogo de Anfiteatros UBI 29

30 Anfiteatro Verde Localização: Pólo III, Faculdade de Ciências da Saúde Nº Lugares: 115 Equipamento: Projector multimédia fixo, leitor DVD/VHS c/ som Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 30

31 Anfiteatro Verde Catálogo de Anfiteatros UBI 31

32 Pólo IV Catálogo de Anfiteatros UBI 32

33 Anfiteatro 7.20 Localização: Pólo IV Nº Lugares: 118 Medidas Mesa: 3,3m(comp.) X 0,77m(alt.) X 0,70m(prof.) Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 33

34 Anfiteatro 7.20 Catálogo de Anfiteatros UBI 34

35 Anfiteatro Pe. Videira Pires Localização: Pólo IV Área: 207 m 2 Nº Lugares: 152 Medidas Mesa: 3,3m(comp.) X 0,77m(alt.) X 0,70m(prof.) Equipamento: Som, retroprojector, projector de diaporamas e vídeo Preço diário (9h-18h30): 350 Catálogo de Anfiteatros UBI 35

36 Anfiteatro Pe. Videira Pires Catálogo de Anfiteatros UBI 36

37 Anfiteatro 7.22 Localização: Pólo IV Nº Lugares: 118 Medidas Mesa: 3,3m(comp.) X 0,77m(alt.) X 0,70m(prof.) Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30): 200 Catálogo de Anfiteatros UBI 37

38 Salas de Aula Equipamento: Retroprojector, projector de diaporamas, TV e vídeo Preço diário (9h-18h30) Até 50 lugares: 65 Mais de 50 lugares: 110 Átrios Preço diário (9h-18h30) Para secretariado: gratuito Para expositores: 35 a 150 / m 2 Serviços Específicos Gravação Audio: gratuito Projecção Data-Vídeo: consultar tabela do CREA Capatação de Imagem: consultar tabela do CREA Notas: 1. Ao valor do preço diário acresce o IVA à taxa legal em vigor. 2. O equipamento audio-visual será sempre operado por um técnico do CREA. 3. A utilização das mesmas instalações em dias consecutivos será susceptível de uma bonificação de 10% no 2º dia, 20% no 3º dia e 30% nos dias subsequentes. Catálogo de Anfiteatros UBI 38

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS INSTALAÇÕES PARA ALUGUER DA UNIVERSIDADE DOS AÇORES

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS INSTALAÇÕES PARA ALUGUER DA UNIVERSIDADE DOS AÇORES 1 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS INSTALAÇÕES PARA ALUGUER DA Preâmbulo A Universidade dos Açores, adiante designada por UAc, dispõe de um conjunto moderno e funcional de instalações e equipamentos próprios

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST REGULAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO CENTRO DE CONGRESSOS DO IST 2010 Nota prévia O Centro de Congressos do IST, funcionando sob a tutela directa do Conselho de Gestão, destina-se a satisfazer as necessidades

Leia mais

Centro Empresarial AIMinho

Centro Empresarial AIMinho Domiciliação de empresas Eventos e negócios Espaços para ações de formação Centro Empresarial AIMinho Um espaço polivalente para o seu negócio O Centro Empresarial AIMinho é um espaço de excelência localizado

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO 1 ÂMBITO DO CONCURSO 1.1 O concurso é público e destina-se à ocupação dos gabinetes dos Ninhos de Empresas do Porto e de Lisboa. 1.2 Podem candidatar-se

Leia mais

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Serviços de Imagem, Comunicação e Cooperação Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 11 de Maio de 2005 Capitulo I - Disposições Gerais

Leia mais

Nota prévia. Serviço de apoio às aulas. Artigo 1

Nota prévia. Serviço de apoio às aulas. Artigo 1 Gabinete de Organização Pedagógica Regulamento para a Prestação de Serviços de Apoio Audiovisual pelo Gabinete de Organização Pedagógica (GOP) Nota prévia O serviço de Apoio Audiovisual do GOP destina-se,

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa

Universidade Católica Portuguesa Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Serviços disponíveis aos Docentes 2012/2013 Índice Direcção de Sistemas de Informação Pré requisitos e modo de acesso aos sistemas Pré

Leia mais

.Missão. É ainda nossa missão fomentar as relações entre as instituições de ensino da Região, as várias empresas incubadas, e os parceiros associados.

.Missão. É ainda nossa missão fomentar as relações entre as instituições de ensino da Região, as várias empresas incubadas, e os parceiros associados. A Edirede pretende constituir-se como um interface Ensino / Empresas, assentando na complementaridade entre estes dois pólos para promover o desenvolvimento, o crescimento e a inovação do tecido empresarial

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS ISEP

CENTRO DE CONGRESSOS ISEP CENTRO DE CONGRESSOS ISEP ÍNDICE 02 > CENTRO DE CONGRESSOS ISEP 03 > ESPAÇOS & SERVIÇOS 04 > Auditório Magno 05 > Auditório E 06 > Sala de Atos 07 > Sala de Reuniões 08 > Sala de Refeições Receção 09

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO Inserido no Parque de Congressos e Conferências Restauração Ciência e Tecnologia Foruns, Feiras e Exposições Agências bancárias - MB A 20 minutos de Lisboa

Leia mais

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Reitoria da NOVA www.unl.pt ÍNDICE I PRINCÍPIOS GERAIS 2 II - CAPACIDADE 2 III MATERIAL DE APOIO 2 IV - ÁTRIO 4 V - CATERING 4 VI EXPOSIÇÕES

Leia mais

CONNECT VISION. Connect-se às nossas soluções

CONNECT VISION. Connect-se às nossas soluções CONNECT VISION Connect-se às nossas soluções A nossa empresa A CONNECT VISION é uma empresa jovem e moderna vocacionada para as áreas de comunicações profissionais, audiovisuais, importação e exportação

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO E DE ALUGUER DE ESPAÇOS CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS I.I. ENQUADRAMENTO

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO E DE ALUGUER DE ESPAÇOS CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS I.I. ENQUADRAMENTO REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO E DE ALUGUER DE ESPAÇOS CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS I.I. ENQUADRAMENTO 1. O Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE (CHLC) dispõe de diversos espaços, nomeadamente auditórios,

Leia mais

FACULDADE DE BELAS ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE BELAS ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA INFOGRAFIA SALA 4.29B Contactos- TEL: 21 325 21 26 E-mail: infografia@fba.ul.pt IMPRESSÕES / PRINTING P & B Impressão CD /DVD (texto) CD não incluído 0,05 Impressão CD /DVD (full) CD não incluído 0,10

Leia mais

Utilização de material audiovisual. Projecção no anfiteatro... R.S

Utilização de material audiovisual. Projecção no anfiteatro... R.S 1. Projecção no anfiteatro... 1 1. Projecção no anfiteatro... o comando 2 1. Projecção no anfiteatro... Amplificador Leitor de vídeo 3 1. Projecção no anfiteatro... o amplificador Ligue o amplificador

Leia mais

indíce CFIUTE - Centro de Formação Interação UBI Tecido Empresarial Portfólio de Espaços Caracterização do CFIUTE 3 Mensagem da Direção do CFIUTE 4

indíce CFIUTE - Centro de Formação Interação UBI Tecido Empresarial Portfólio de Espaços Caracterização do CFIUTE 3 Mensagem da Direção do CFIUTE 4 2 indíce Caracterização do CFIUTE 3 Mensagem da Direção do CFIUTE 4 Coordenação do CFIUTE 5 Instalações Piso 0 6 Piso -1 7 Piso -2 8 Ficha de Pedido de Informações 9 3 caracterização do cfiute A Universidade

Leia mais

O palco para os grandes eventos de sucesso...um espaço para cada momento

O palco para os grandes eventos de sucesso...um espaço para cada momento O palco para os grandes eventos de sucesso......um espaço para cada momento O Estádio José Alvalade é um complexo único com capacidade para receber os mais diversos eventos corporate e particulares. A

Leia mais

1.2. Todo o utilizador pode contribuir para o desenvolvimento dos serviços prestados pela Biblioteca com sugestões ou com a sua participação.

1.2. Todo o utilizador pode contribuir para o desenvolvimento dos serviços prestados pela Biblioteca com sugestões ou com a sua participação. ANO LETIVO 2012-2013 GESTÃO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA E DO AUDITÓRIO 1. Regras Gerais 1.1. Todo o utilizador deve contribuir para que exista na Biblioteca um ambiente adequado ao estudo, ao trabalho individual

Leia mais

Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO HISTORIAL Data da fundação: 7 de Agosto de 1937. Breve Historial: O Museu Marítimo de Ílhavo surgiu como um museu de vocação etnográfica e

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa

Universidade Católica Portuguesa Universidade Católica Portuguesa Direção de Sistemas de Informação Serviços disponíveis aos Alunos 2014/2015 Índice Direção de Sistemas de Informação Pré requisitos e modo de acesso aos sistemas Pré requisitos

Leia mais

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório I PRINCÍPIOS GERAIS 1 - O Auditório é um espaço destinado à realização de eventos e cerimónias do Centro Ciência Viva da Floresta e de entidades externas ao Centro, em regime de aluguer, sempre que solicitados

Leia mais

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P.

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. Artigo 1º (Objeto) Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. O presente regulamento estabelece as condições de utilização do auditório, salas de reunião e espaços

Leia mais

Espaço para logotipos de patrocinador/ colaborador, se houver.

Espaço para logotipos de patrocinador/ colaborador, se houver. SUGESTÃO 1 Camiseta preta (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 2 Camiseta azul (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 3 Camiseta branca (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 4 Camiseta amarela (Fatec ou Etec) SUGESTÃO 5 Camiseta verde (Fatec

Leia mais

Avanços importantes na Educação com o advento da Banda Larga

Avanços importantes na Educação com o advento da Banda Larga Avanços importantes na Educação com o advento da Banda Larga Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica da Camara dos Deputados Carlos Bielschowsky Secretário de Educação a Distância - MEC Em 16

Leia mais

anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt

anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt Porquê anunciar na TecnoHospital? A TecnoHospital é uma revista técnica de engenharia, arquitetura

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Aprovado pelo Presidente do ISEL a NOTA INTRODUTÓRIA Criado a 19 de Setembro de 2006 e tendo iniciado as suas funções a

Leia mais

Jonessy Rangel Rodrigues - Engenheiro mecânico CREA 1981100776 RJ

Jonessy Rangel Rodrigues - Engenheiro mecânico CREA 1981100776 RJ Jonessy Rangel Rodrigues, Engenheiro mecânico, portador da carteira do CREA- RJ 1981100776, vem por intermédio desta apresentar o Laudo de Autovistoria. LAUDO DE VISTORIA PARTE MECANICA Imóvel sito à:

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

TABELA DE PREÇOS CULTURA, DESPORTO E RECREIO

TABELA DE PREÇOS CULTURA, DESPORTO E RECREIO TABELA DE PREÇOS CULTURA, DESPORTO E RECREIO A - Biblioteca Municipal Valor IVA 1. Cartão de leitor Grátis 2. 2ª Via do cartão de Leitor 3,70 d) 3. Impressão / Fotocópias 3.1 A preto e branco - A4 0,10

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa

Universidade Católica Portuguesa Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Serviços disponíveis aos Docentes 2014/2015 Índice Direcção de Sistemas de Informação Pré requisitos e modo de acesso aos sistemas Pré

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala 0 Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala Regulamento das Bibliotecas Escolares Centro de Recursos Educativos

Leia mais

Id: 47975 (61 years)

Id: 47975 (61 years) Ver foto Id: 47975 (61 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino País: Other Country, Região:, Cidade: Lisboa Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Tipo de trabalho: A tempo inteiro Disponível a

Leia mais

ISEL. Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

ISEL. Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa A Marca Marvila O como parceiro activo na visibilidade e na economia de Marvila José Carlos Quadrado O que é o? É das mais antigas Escolas públicas de Engenharia

Leia mais

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO Operação de Software Aplicativo Científica Engenharia da Produção Engenharia de Engenharia de Produção Matemática Aplicada às Matemática Aplicada e Científica Matemática com Tecnologia em - Ênfase em Gestão

Leia mais

INFRA ESTRUTURA FÍSICA

INFRA ESTRUTURA FÍSICA INFRA ESTRUTURA FÍSICA 1 Campus Curitiba O Campus de Curitiba, sediado no Bairro Prado Velho, fica em um terreno com 342.117 m2 e 143.735 m 2 de área construída e abriga cinco centros universitários nas

Leia mais

VINEXPO Bordeus 2015. Informação geral. Condições de participação. Custos de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo

VINEXPO Bordeus 2015. Informação geral. Condições de participação. Custos de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: ViniPortugal Enviado: segunda-feira, 27 de Outubro de 2014 10:39 Para: marketing@vinhosdoalentejo.pt Assunto: ViniPortugal - Comunicação

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA SANTIAGO DO CACÉM MEDIATECA REGULAMENTO

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA SANTIAGO DO CACÉM MEDIATECA REGULAMENTO ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA SANTIAGO DO CACÉM MEDIATECA REGULAMENTO I - SETORES CONSTITUINTES A Direção de Instalações designada genericamente por Mediateca compreende cinco setores/áreas de intervenção:

Leia mais

S. R. REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA. Plano de Actividades. Ano Económico 2010

S. R. REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA. Plano de Actividades. Ano Económico 2010 Plano de Actividades Ano Económico 2010 I - Nota Introdutória Ao Conselho de Administração da Assembleia Legislativa, incumbe, entre outras atribuições, exercer a gestão orçamental e financeira da Assembleia,

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa

Universidade Católica Portuguesa Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Serviços disponíveis aos Alunos 2012/2013 Índice Direcção de Sistemas de Informação Pré requisitos e modo de acesso aos sistemas Pré

Leia mais

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna

Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna Cursos de Graduação EAD - UNINASSAU Perguntas e Respostas - Comunicação Interna INFORMAÇÕES GERAIS 1. Sobre os Cursos EAD da UNINASSAU Celebramos mais um momento de conquistas, a UNINASSAU a partir deste

Leia mais

Benefícios Colaboradores. Alterações na oferta comercial dos colaboradores do Grupo PT

Benefícios Colaboradores. Alterações na oferta comercial dos colaboradores do Grupo PT Alterações na oferta comercial dos colaboradores do Grupo PT A partir do dia 01 de Setembro Todos os colaboradores no activo e reformados do Grupo PT vão ter condições exclusivas na adesão aos serviços

Leia mais

ANEXO II Memorial Descritivo do XXVII CBP. CEPP Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria. CEIP Centro de Estudos do Instituto de Psiquiatria

ANEXO II Memorial Descritivo do XXVII CBP. CEPP Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria. CEIP Centro de Estudos do Instituto de Psiquiatria I. DADOS GERAIS: NOME DA EMPRESA TELEFONE FAX E-MAIL ENDEREÇO NOME DO TITULAR DA EMPRESA / CIDADE / UF TEL. CELULAR GERENTE/ COORDENADOR RESPONSÁVEL PELO EVENTO TELEFONE CELULAR II - XXVII CONGRESSO BRASILEIRO

Leia mais

Artigo 1.º (Âmbito) Artigo 2.º (Empresas e Pró-Empresas) Artigo 3.º (Serviços Base) Artigo 4.º (Serviços Extra)

Artigo 1.º (Âmbito) Artigo 2.º (Empresas e Pró-Empresas) Artigo 3.º (Serviços Base) Artigo 4.º (Serviços Extra) REGULAMENTO O conceito de CENTRO DE EMPRESAS consiste na disponibilização de espaços destinados a empresas e pró-empresas, visando a promoção, desenvolvimento e consolidação das mesmas, com a finalidade

Leia mais

Design de Interacção - IxD

Design de Interacção - IxD Design de Interacção - IxD Formadores: Bruno Nobre e Cláudia Pernencar PORQUÊ FAZER ESTA FORMAÇÃO? Só uma parceria próxima entre o Design, a Tecnologia e o Utilizador permite obter soluções adequadas,

Leia mais

Fitness / Hip Hop Challenge Tour. Caderno de Organização

Fitness / Hip Hop Challenge Tour. Caderno de Organização Fitness / Hip Hop Challenge Tour Caderno de Organização 2009 / 2010 Evento: Fitness / Hip Hop Challenge Tour Data: (a definir) Local: (a definir) N.º estimado de participantes: 200 (média) Escalões participantes:

Leia mais

Preço unitário (2 intérpretes) (R$) PREÇO TOTAL 233.100,00. Preço unitário (1 intérprete) (R$)

Preço unitário (2 intérpretes) (R$) PREÇO TOTAL 233.100,00. Preço unitário (1 intérprete) (R$) GRUPO ÚNICO - Serviços de tradução/versão - simultânea diárias de até 06 horas (2 intérpretes) Preço total 1 2 3 4 5 6 7 INGLÊS ALEMÃO FRANCÊS ITALIANO RUSSO 32 3.000,00 96.000,00 18 3.000,00 54.000,00

Leia mais

LEVANTAMENTO PREDIAL DO CAMPUS SGC NOME DO SETOR LOCALIZAÇÃO DESCRIÇÃO DO AMBIENTE IMAGEM. climatizado. forro em PVC, esquadria em madeira, ambiente

LEVANTAMENTO PREDIAL DO CAMPUS SGC NOME DO SETOR LOCALIZAÇÃO DESCRIÇÃO DO AMBIENTE IMAGEM. climatizado. forro em PVC, esquadria em madeira, ambiente INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO CIENCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CAMPUS DE SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇAO E PLANEJAMENTO Br 307, km 03, estrada do aeroporto, Cachoeirinha, São Gabriel

Leia mais

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Regulamento do Ninho de Empresas

Regulamento do Ninho de Empresas Regulamento do Ninho de Empresas Aprovado em Assembleia Geral, a 30 de Março de 2012. Artigo 1.º (Âmbito) O presente regulamento define as condições para a utilização do serviço de ninho de empresas da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL nº 02/2013 ANEXO I - QUADRO DE FUNÇÕES

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL nº 02/2013 ANEXO I - QUADRO DE FUNÇÕES PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL nº 02/2013 ANEXO I - QUADRO DE FUNÇÕES Funções, Número de Vagas/Localidade, Secretaria de Atuação, Requisitos, Remuneração e Carga Horária Semanal Funções Número

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5629/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5629/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5629/2015 1. Controle e Automação Industrial (Instrumentação) Engenharia de Computação Engenharia de Produção Mecânica Engenharia de Sistemas - Modalidade

Leia mais

Ancorensis Cooperativa de Ensino

Ancorensis Cooperativa de Ensino Ancorensis Cooperativa de Ensino SUMÁRIO CAPÍTULO I GERAL Art.º 1º Definição... 3 Art.º 2º Objectivos... 3 Art.º 3º Espaço Físico... 4 Art.º 4º Horário... 5 Art.º 5º Equipa... 5 Art.º 6º Coordenador...

Leia mais

C a m p u s d e Ilh a S o lt e ir a ANEXO I

C a m p u s d e Ilh a S o lt e ir a ANEXO I ANEXO I Doação do Centro de Treinamento da CESP Ilha Solteira para o Departamento de Engenharia Elétrica Faculdade de Engenharia Campus de Ilha Solteira UNESP O Centro de Treinamento desempenhou atividades

Leia mais

Agrupamento de Escolas Sto. Onofre Escola Básica de Sto. Onofre - Caldas da Rainha Complemento ao plano de formação vocacional e pré profissional

Agrupamento de Escolas Sto. Onofre Escola Básica de Sto. Onofre - Caldas da Rainha Complemento ao plano de formação vocacional e pré profissional Agrupamento de Escolas Sto. Onofre Escola Básica de Sto. Onofre - Caldas da Rainha Complemento ao plano de formação vocacional e pré profissional PROJECTO (III) Ano Lectivo 2008/2009 (compostagem, horta,

Leia mais

Lista de Funcionalidades

Lista de Funcionalidades O que é o? É uma plataforma on-line que permite a gerir campanhas de angariação de fãs no facebook recorrendo à utilização de passatempos e sondagens. Com esta plataforma poderá criar os passatempos e/ou

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 2013 Design e Sofisticação com Personalidade Esquemas de Ligação Interruptor Simples - 16A/250V~ Interruptor Simples: 2 Bornes para conexão elétrica. Permite comandar uma ou mais lâmpadas

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00 DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO Redação Tele jornalística 01 80,00 Gráfica 01 20,00 Estúdio Pedagógico de Áudio Visual 01 140,00 Laboratório de Rádio: Estúdio de Radio 01 24,00

Leia mais

Para a melhor compreensão do OpenBiblio, veja os exemplos que a seguir: O cadastramento dos livros

Para a melhor compreensão do OpenBiblio, veja os exemplos que a seguir: O cadastramento dos livros Na aula 7, conhecemos um pouco sobre softwares para automação de bibliotecas e, sobre o sistema OpenBiblio. Antes de utilizarmos o sistema na prática, para nossas atividades rotineiras na biblioteca, é

Leia mais

ALPIAGRA 2010 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA REGULAMENTO GERAL

ALPIAGRA 2010 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA REGULAMENTO GERAL ALPIAGRA 2010 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA REGULAMENTO GERAL A Alpiagra Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça é uma organização da Câmara Municipal de Alpiarça. Artigo 1º (Condições de admissão

Leia mais

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo SOCIEDADE CIVIL ATENEU BRASIL Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo ARNALDO NISTEIER I - RELATÓRIO O Diretor-Presidente da

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS I HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO O horário de funcionamento da biblioteca deve ser tendencialmente

Leia mais

FATEC ITU. Programa Live@edu da Microsoft Premiação da FATEC ITU

FATEC ITU. Programa Live@edu da Microsoft Premiação da FATEC ITU FATEC ITU Fatec Itu Notícias O Jornal de Todos Nós Viagem didática Neste 2º semestre, os alunos da Fatec Itu foram levados, pelo professor Eduardo Tadeu Gonçalves, a visitar o Espaço Cultural Catavento

Leia mais

Sony lança PCS-HG90, o novo modelo de videoconferência no mercado

Sony lança PCS-HG90, o novo modelo de videoconferência no mercado Sony lança PCS-HG90, o novo modelo de videoconferência no mercado Objectivo A Sony possui um leque muito variado de equipamentos de videoconferência que abrange praticamente todas as necessidades do Mercado.

Leia mais

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO:

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: 1) Este regulamento SÓ se aplica aos contratos celebrados na unidade Paulista, por alunos matriculados nos cursos preparatórios para concursos públicos semestrais

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

NEAD/CÂMPUS: : POLO:

NEAD/CÂMPUS: : POLO: ANEXO DA RESOLUÇÃO AD REFERENDUM Nº 015 CONSUPER/2013 ANEXO I INSTRUMENTO DE ANÁLISE E AVALIAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE POLO EAD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense PRÓ- REITORIA

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO. Condomínio Santa Tecla. Bagé RS. 21 de Maio de 2015

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO. Condomínio Santa Tecla. Bagé RS. 21 de Maio de 2015 Engenharia, Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO Condomínio Santa Tecla Bagé RS 21 de Maio de 2015 Sumário 1. OBJETIVO. 3 2. NORMAS APLICÁVEIS.

Leia mais

I Jornada Pierre Bourdieu e o Ensino de Ciências

I Jornada Pierre Bourdieu e o Ensino de Ciências 1 a CIRCULAR I Jornada Pierre Bourdieu e o Ensino de Ciências 28 de julho de 2015 Instituto de Física Universidade de São Paulo I JORNADA PIERRE BOURDIEU E O ENSINO DE CIÊNCIAS A I Jornada Pierre Bourdieu

Leia mais

Visitas Guiadas ao Complexo Mineiro de S. Domingos

Visitas Guiadas ao Complexo Mineiro de S. Domingos Visitas Guiadas ao Complexo Mineiro de S. Domingos Definição de condições e preços A Fundação Serrão Martins (FSM) proporciona visitas guiadas ao complexo mineiro, sujeitas a marcação prévia e à disponibilidade

Leia mais

REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2011

REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2011 REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2011 No âmbito do Programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas (RNBP) realiza-se, desde 1993, um inquérito anual por questionário às bibliotecas

Leia mais

EVENTOS/CURSOS- 2º SEMESTRE - 2015. AGOSTO DATA HORA LOCAL EVENTO CURSO/SETOR CAMPUS 27 e 28 Manhã, tarde e noite Auditório da UnC

EVENTOS/CURSOS- 2º SEMESTRE - 2015. AGOSTO DATA HORA LOCAL EVENTO CURSO/SETOR CAMPUS 27 e 28 Manhã, tarde e noite Auditório da UnC EVENTOS/CURSOS- 2º SEMESTRE - 2015 AGOSTO 27 e 28 Manhã, tarde e noite Auditório da UnC Saúde, Educação e Inclusão de Pessoas com Deficiência Psicologia, Fisioterapia Ed. Física 17 13h30min às 17h00 Capacitação

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

Descrição do Programa de Apoio à Certificação. Oracle Database SQL Certified Expert

Descrição do Programa de Apoio à Certificação. Oracle Database SQL Certified Expert Descrição do Programa de Apoio à Certificação Oracle Database SQL Certified Expert Rui Oliveira - Departamento de Engenharia Informática - Escola Superior de Tecnologia e Gestão/Instituto Politécnico de

Leia mais

Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. URI:http://hdl.handle.net/10316.

Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. URI:http://hdl.handle.net/10316. Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra Autor(es): Publicado por: URL persistente: Távora, Fernando CEDOUA URI:http://hdl.handle.net/10316.2/6161

Leia mais

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS.

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Soluções de Telecomunicações para Empresas LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Permanência mínima para todos os serviços de 24 meses. IVA não incluido. Válido até Outubro de 2012 ZON Office ZON

Leia mais

REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2013

REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2013 REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS RELATÓRIO ESTATÍSTICO 2013 O presente relatório estatístico decorre do inquérito que, desde 1993, é feito anualmente às bibliotecas que integram a Rede Nacional de

Leia mais

Laboratório de sistemas de Língua Falada

Laboratório de sistemas de Língua Falada Laboratório de sistemas de Língua Falada 1 Sobre o L 2 F Historial Trabalho no Proc. Comp. do Português falado desde o início dos anos 90 Criação: 2001 Objectivo Juntar diversos grupos na área do processamento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EDIFÍCIO SOLIDÁRIO

REGULAMENTO GERAL DO EDIFÍCIO SOLIDÁRIO REGULAMENTO GERAL DO EDIFÍCIO SOLIDÁRIO Considerando que: a) As competências e atribuições do Conselho Distrital de Lisboa, nomeadamente as que têm como desígnio proteger a dignidade e o prestígio da profissão

Leia mais

Associados da Associação Empresarial da Região do Oeste (AIRO)

Associados da Associação Empresarial da Região do Oeste (AIRO) Associados da Associação Empresarial da Região do Oeste (AIRO) As ofertas anunciadas estão sujeitas às alterações de mercado e limitadas ao stock existente, pelo que deverá sempre obter mais informação

Leia mais

Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP

Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP Como Se Ligar à Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo a Passo PARA O SISTEMA OPERATIVO Windows XP APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. OS PCS DA ESCOLA SERÃO CONFIGURADOS

Leia mais

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL 6º Ano 05 cadernos de 96 folhas (Matemática, Língua Portuguesa, História, Geografia e Ciências) 02 cadernos de 60 folhas (Filosofia e Inglês) MATERIAIS ESPECÍFICOS PARA AULA DE ARTES 01 pasta catálogo

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - AUDIOVISUAIS E PRODUÇÃO DOS

Leia mais

Envie um email para feedback@tts-group.co.uk para obter suporte técnico.

Envie um email para feedback@tts-group.co.uk para obter suporte técnico. Garantia & Support Este produto é fornecido com uma garantia de um ano para problemas encontrados durante o uso normal. O mau uso dos Mini Mobile Phones ou a abertura da unidade invalidará esta garantia.

Leia mais

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos Licença Especial Ciclomotores 14 15 anos Licença Especial 50c.c. Destinase a jovens com 14 ou 15 anos já feitos, com aptidão física e mental, com frequência mínima do 7º ano de escolaridade e autorização

Leia mais

Prova Escrita de Aplicações Informáticas B

Prova Escrita de Aplicações Informáticas B EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Aplicações Informáticas B 12.º Ano de Escolaridade Prova 703/1.ª Fase 10 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Escola Paulista de Direito. Transformando Conhecimento em Valores

Escola Paulista de Direito. Transformando Conhecimento em Valores Escola Paulista de Direito Transformando Conhecimento em Valores Índice Apresentação EPD... 3 Campus... 4 Biblioteca... 5 Laboratório informática... 6 Adaptação para portadores de necessidades especiais...

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Engenharia Licenciatura Engenharia Electrónica e Informática Unidade Curricular Física Geral I Semestre: 1 Nº ECTS: 6,0 Regente Carlos Alberto Rego de Oliveira

Leia mais

III Semana de Integração 2015.1 Sistemas de Informação

III Semana de Integração 2015.1 Sistemas de Informação III Semana de Integração 2015.1 Sistemas de Informação Programação 16 de março, segunda-feira Integração Geral 09:00h Recepção dos calouros 10:00h - Aula Inaugural com a Magnífica Reitora Prof.ª Dr.ª Ana

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

SECTOR CASA E DECORAÇÃO. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa

SECTOR CASA E DECORAÇÃO. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa SECTOR CASA E DECORAÇÃO AEP - Associação Empresarial de Portugal Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa FEIRA EXPORT HOME ANGOLA LUANDA 23 A 26 DE JUNHO 2011 A Feira

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE RESOLUÇÃO N o 016/2009-CONSAD, de 18 de junho de 2009. Fixa normas para uso de equipamentos e dependências físicas da UFRN por terceiros,

Leia mais

O Quadro Interativo na Escola Inclusiva Um ensino com qualidade para todos.

O Quadro Interativo na Escola Inclusiva Um ensino com qualidade para todos. TODOS no Mundo Digit@l O Quadro Interativo na Escola Inclusiva Um ensino com qualidade para todos. Quadro Interativo multimédia Todos nós temos consciência do quanto é difícil, hoje em dia, cativar a atenção

Leia mais

Manual de Instruções. Touchlight Smart

Manual de Instruções. Touchlight Smart Manual de Instruções Touchlight Smart Touchlight Smart é uma central de automação sem fio para controlar a casa pelo celular. Compatível com uma grande variedade de equipamentos, você pode controlar áudio,

Leia mais

Escola EB 2,3 El-Rei D. Manuel I Alcochete REGULAMENTO DOS UTILIZADORES DA BE/CRE CAPÍTULO I PRINCÍPIOS NORMATIVOS

Escola EB 2,3 El-Rei D. Manuel I Alcochete REGULAMENTO DOS UTILIZADORES DA BE/CRE CAPÍTULO I PRINCÍPIOS NORMATIVOS REGULAMENTO DOS UTILIZADORES DA BE/CRE CAPÍTULO I PRINCÍPIOS NORMATIVOS A Biblioteca Escolar /Centro de Recursos Educativos (BE/CRE), empenhada no desenvolvimento da literacia dos alunos, na sensibilização

Leia mais

Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA

Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA Galinha sultana porphyrio porphyrio HISTORIAL Data da Fundação: 1991 Breve Historial: O Centro de Educação Ambiental de Marim foi criado

Leia mais

Modelo de Rede Optimus no Âmbito do Serviço Telefónico Fixo

Modelo de Rede Optimus no Âmbito do Serviço Telefónico Fixo Modelo de Rede Optimus no Âmbito do Serviço Telefónico Fixo Tarifário e Princípios Aplicáveis à Entrega de Tráfego Versão 1-2013-10-01 ÍNDICE A. ENQUADRAMENTO... 3 B. DEFINIÇÕES... 3 C. PRINCÍPIOS GERAIS...

Leia mais

II Simpósio Brasileiro de Comunicação Científica

II Simpósio Brasileiro de Comunicação Científica II Simpósio Brasileiro de Comunicação Científica Florianópolis UFSC 5/6 abril 2008 A construção de Portais de publicações periódicas científicas pelas universidades brasileiras: repercussões para a comunicação

Leia mais