Seleção de cultivares Bourbon visando à produção de cafés especiais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seleção de cultivares Bourbon visando à produção de cafés especiais"

Transcrição

1 Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Seleção de cultivares Bourbon visando à produção de cafés especiais Antonio Alfredo de Figueiredo Rodrigues (1), Gladyston Rodrigues Carvalho (2), Alex Mendonça de Carvalho (3), André Dominghetti Ferreira (3) (1) Bolsista PIBIC FAPEMIG/EPAMIG, (2) Pesquisador/Bolsista BIP FAPEMIG/EPAMIG - Lavras, (3) Doutorandos Fitotecnia UFLA - Lavras, INTRODUÇÃO Atualmente, a qualidade na cafeicultura é um dos mais importantes instrumentos que as empresas rurais e organizações dispõem para ingressar no mercado que desponta. Os cafeicultores estão cada vez mais conscientes de que suas propriedades cafeeiras devem ser consideradas como empresas, abrangendo dinamismo, desenvolvimento, desafios e expansão, procurando redução de custos e perdas, adequação e implantação de tecnologias que reflitam em qualidade no produto final. Para que se possa realizar um programa de qualidade na cafeicultura, é de fundamental importância o conhecimento das características tecnológicas das propriedades envolvidas, os procedimentos adotados pelos produtores, bem como a qualidade do café produzido e os meios adequados e seguros de avaliação dessa qualidade. Este projeto tem por objetivo avaliar o potencial produtivo e a qualidade da bebida de diferentes cultivares de Bourbon no estado de Minas Gerais, visando à produção de cafés especiais. MATERIAL E MÉTODO Foram avaliadas 20 cultivares de café, sendo 17 pertencentes ao grupo da cultivar Bourbon, conhecida pelo potencial para produção de cafés especiais, e três, amplamente cultivadas nas diferentes regiões do Estado, utilizadas como padrão dentro dos ensaios. As cultivares foram estabelecidas em campo, nas duas principais regiões cafeeiras do Estado (Sul de Minas e

2 EPAMIG. Resumos expandidos 2 Alto Paranaíba). Os experimentos foram instalados em dezembro de 2005, no espaçamento de 3,5 x 0,6 m, e utilizou-se delineamento em blocos casualizados (DBC), com três repetições. As parcelas foram constituídas por dez plantas, para a coleta de dados foram consideradas as oito plantas centrais. Foi avaliada a produção de grãos no primeiro biênio produtivo, em quilograma de café cereja por parcela, sendo realizada entre os meses de maio a julho de cada ano. Posteriormente, foi realizada a conversão para sacas de 60 kg de café beneficiado/hectare, por meio do rendimento de uma amostra de 3 kg de café cereja coletada por ocasião da colheita. O vigor vegetativo foi avaliado em escalas de notas arbitrárias de 1 a 10, em que 1 = planta depauperada e 10 = planta com vigor vegetativo máximo. RESULTADOS E DISCUSSÃO Na Tabela 1, estão as médias de produtividade das cultivares em cada local, sendo que não foi detectada diferença no experimento implantado em Campos Altos e Lavras, havendo nos demais locais diferenças entre as cultivares. Detectou-se grande variabilidade produtiva entre as cultivares estudadas, assim como entre os locais de implantação dos experimentos, ficando evidente a interação genótipo x ambiente. Tal fato pode ser observado nas produções obtidas pela cultivar Bourbon Vermelho (Fazenda São João Batista/Campos Altos), que apresentou variação de 91,82 sacas/hectare entre os locais estudados, com melhor adaptação em Santo Antônio do Amparo. No entanto, deve-se destacar que os dados apresentados são referentes ao primeiro biênio de produção. Portanto, o potencial produtivo ainda não atingiu o máximo da sua capacidade, devendo continuar a condução dos ensaios para a realização de mais colheitas que possibilitem a correta indicação das cultivares nas regiões estudadas. No ensaio instalado em Patrocínio, verificou-se a formação de dois grupos distintos, sendo que o das Fazendas Boa Vista, Toriba e Samambaia; LCJ 10 ; Bourbon Limoeiro da Fazenda Monte Alegre e a testemunha Catuaí Vermelho IAC 144 apresentaram-se superiores às demais, com produção que variou entre 48,58 e 2

3 Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte 3 65,42 sc/ha. No entanto, deve ser ressaltado que todos os materiais apresentaram produtividade acima da média nacional, principalmente para as duas primeiras colheitas. No experimento implantado em Santo Antônio do Amparo, houve uma variação de 176,6% em relação à produção das cultivares, sendo a menor de 39,74 sc/ha relativa à cultivar da Fazenda Paixão e a maior de 109,95 sc/ha relativa à cultivar da Fazenda Betânia. Como em Patrocínio, no experimento conduzido em Santo Antônio do Amparo, as médias de produtividade obtidas foram muito superiores à média nacional, mostrando viabilidade de implantação de lavouras com essas cultivares, desde que realizados todos os tratos culturais corretamente. Com base nos resultados apresentados na Tabela 2, para a variável vigor vegetativo, pode-se deduzir que as variações foram em função do ambiente, visto que, entre as cultivares, algumas têm maior adaptabilidade específica para determinados ambientes. Nota-se diferença significativa entre as cultivares estudadas em todos os locais, à exceção de Lavras. Fica evidente a superioridade das cultivares Mundo Novo IAC 502/9 e Catuaí Vermelho IAC 144, na capacidade de adaptação aos diversos ambientes, uma vez que foram as únicas cultivares a apresentar as maiores notas em todos os locais de cultivo. No grupo das cultivares Bourbon, a Bourbon Limoeiro foi a única que se destacou em Campos Altos. Em Patrocínio, a que se destacou foi Bourbon Amarelo do Procafé, da Fazenda Bom Jardim e da Fazenda Boa Vista. Em Santo Antônio do Amparo, houve a formação de dois grupos distintos: um superior, com notas que variaram de 7,33 a 8,0, no qual estão inseridas as cultivares da EPAMIG, do Procafé, da Fazenda Bom Jardim, da Fazenda Boa Vista, da Fazenda Castro e da Fazenda Paixão; Bourbon Amarelo LCJ 10 ; Bourbon Vermelho, da Fazenda São João Batista e o Bourbon Limoeiro e Bourbon Trigo, da Fazenda Monte Alegre; e um inferior, com notas que variaram de 6,33 a 7,0.

4 EPAMIG. Resumos expandidos 4 CONCLUSÃO A produtividade das cultivares estudadas foi intensamente influenciada pelo local de cultivo, evidenciando a interação genótipo x ambiente. Houve grande variação na produtividade entre as cultivares dentro de cada local avaliado. As cultivares Bourbon estudadas apresentam grande potencial produtivo. Para vigor vegetativo, houve superioridade das cultivares Mundo Novo e Catuaí Amarelo sobre as demais cultivares na região do Alto Paranaíba. AGRADECIMENTO À Fapemig. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA REZENDE, R.M. et al. Maturação de frutos e produtividade de cafeeiros Coffea arábica L. var. Bourbon em duas regiões de Minas Gerais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS, 34., 2008, Caxambu. Anais... Rio de Janeiro: MAPA: PROCAFÉ, p et al. Produtividade e uniformidade de maturação de cultivares de Bourbon primeiro biênio nos municípios de Três Pontas e Santo Antônio do Amparo Minas Gerais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS, 35., 2009, Araxá. Anais... Varginha, MG: Fundação PROCAFÉ, p RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T.G.; ALVAREZ V., V.H. Recomendação para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5 a aproximação. Viçosa, MG: Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais, p. 4

5 Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte 5 Tabela 1 - Produção (sacas/hectare) de 20 cultivares de cafeeiro, em Campos Altos, Patrocínio, Santo Antônio do Amparo e Lavras - Minas Gerais Local Cultivar Origem Campos Altos Patrocínio Santo Antônio do Amparo Lavras EPAMIG Sul de Minas - Fazenda Experimental do Fazenda Bom Jardim/Santo Antônio do Amparo Fazenda Betania/Santo Antônio do Amparo 24,69 a 37,80 b 86,93 b 35,36 a 15,95 a 52,72 b 100,56 a 30,74 a 17,75 a 45,49 b 65,97 c 29,58 a 19,29 a 40,56 b 109,95 a 23,92 a Fazenda Boa Vista/Campos Altos 15,56 a 48,58 a 94,14 a 36,01 a IAC 23,54 a 44,60 b 52,08 c 31,12 a Fazenda Toriba/São Sebastião do Paraíso 20,45 a 49,17 a 85,39 b 29,45 a LCJ 10 IAC 28,04 a 58,96 a 89,51 b 34,72 a Fazenda Castro/Carmo de Minas 24,18 a 38,92 b 56,33 c 32,02 a Fazenda Nogueira/Carmo de Minas 31,76 a 32,01 b 75,36 b 29,45 a Fazenda Paixão/Carmo de Minas 22,89 a 39,87 b 39,74 d 29,45 a Bourbon Vermelho Bourbon Vermelho Fazenda Samambaia/Santo Antônio do Amparo Fazenda Experimental do Fazenda São João Batista/Campos Altos 26,10 a 50,98 a 41,02 d 33,57a 19,42 a 42,09 b 91,95 b 35,24 a 14,79 a 37,79 b 106,61 a 41,67a Bourbon Italiano Fazenda Monte Alegre/Alfenas 22,25a 42,89 b 79,60 b 27,39 a Bourbon Trigo Fazenda Monte Alegre/Alfenas 30,74a 30,92 b 89,25 b 30,22 a Bourbon Limoeiro Fazenda Monte Alegre/Alfenas 32,92a 61,63 a 76,00 b 40,38 a MN IAC 502/9 EPAMIG Sul de Minas - Catuaí Vermelho IAC144 EPAMIG Sul de Minas - Icatu Amarelo IAC 3282 EPAMIG Sul de Minas - 26,36 a 29,57 b 77,42 b 41,15 a 28,94 a 65,42 a 39,87 d 35,88 a 16,98 a 40,20 b 83,46 b 28,16 a NOTA: Médias seguidas de mesma letra não diferem entre si, pelo teste Scott-Knott, a 5% de probabilidade. FEMA Fazenda Experimental de Machado; IAC Instituto Agronômico de Campinas.

6 EPAMIG. Resumos expandidos 6 TABELA 2 - Vigor vegetativo das 20 cultivares de cafeeiro avaliadas nos municípios de Lavras, Campos Altos, Santo Antônio do Amparo e Patrocínio, safra 2007/ Minas Gerais Local Cultivar Origem Campos Altos Patrocínio Santo Antônio do Amparo Lavras EPAMIG Sul de Minas - 7,00 b 5,00 b 7,67 a 6,00 a Fazenda Experimental do 6,67 c 6,33 a 7,67 a 7,33 a Fazenda Bom Jardim/Santo Antônio 6,67 c 6,67 a 7,33 a 7,00 a do Amparo Fazenda Betania/Santo Antônio do 6,67 c 5,00 b 7,00 b 7,33 a Amparo Fazenda Boa Vista/Campos Altos 6,00 c 7,33 a 7,33 a 7,00a IAC 6,33 c 5,33 b 6,67 b 7,00 a Fazenda Toriba/São Sebastião do 7,00 b 5,33 b 6,67 b 6,67 a Paraíso - IAC 6,67 c 5,33 b 8,00 a 7,00 a LCJ 10 Fazenda Castro/Carmo de Minas 6,33 c 5,00 b 8,00 a 6,67 a Fazenda Nogueira/Carmo de Minas 7,00 b 5,67 b 6,00 b 6,67 a Fazenda Paixão/Carmo de Minas 6,33 c 5,67 b 7,67 a 7,33 a Fazenda Samambaia/Santo Antônio 6,33 c 5,33 b 6,33 b 6,67 a do Amparo Bourbon Vermelho Fazenda Experimental do 6,00 c 5,67 b 6,33 b 7,67 a Bourbon Vermelho Fazenda São João Batista/Campos 5,33 c 5,33 b 7,67 a 7,33 a Altos Bourbon Italiano Fazenda Monte Alegre/Alfenas 5,67 c 5,67 b 7,67 a 7,33 a Bourbon Trigo Fazenda Monte Alegre/Alfenas 5,67 c 4,67 b 7,67 a 6,67 a Bourbon Limoeiro Fazenda Monte Alegre/Alfenas 8,33 a 5,00 b 6,67 b 7,67 a MN IAC 502/9 EPAMIG Sul de Minas - 8,00 a 7,67 a 8,00 a 8,00 a Catuaí Vermelho EPAMIG Sul de Minas - 8,00 a 7,33 a 7,33 a 8,00 a IAC144 Icatu Amarelo IAC 3282 EPAMIG Sul de Minas - 6,00 c 5,33 b 7,33 a 7,00 a NOTA: Médias seguidas de mesma letra não diferem entre si, pelo teste Scott-Knott, a 5% de probabilidade. FEMA - Fazenda Experimental de Machado; IAC - Instituto Agronômico de Campinas. 6

Produtividade e qualidade de diferentes genótipos de Bourbon cultivados em Minas Gerais visando à produção de cafés especiais

Produtividade e qualidade de diferentes genótipos de Bourbon cultivados em Minas Gerais visando à produção de cafés especiais Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Produtividade e qualidade de diferentes genótipos de Bourbon cultivados em Minas Gerais visando à produção de cafés especiais Priscilla

Leia mais

Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo

Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo Guilherme Conceição Gonçalves

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DO CAFÉ DE DIFERENTES CULTIVARES DE BOURBON VISANDO À PRODUÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS

CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DO CAFÉ DE DIFERENTES CULTIVARES DE BOURBON VISANDO À PRODUÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DO CAFÉ DE DIFERENTES CULTIVARES DE BOURBON VISANDO À PRODUÇÃO DE CAFÉS ESPECIAIS André Dominghetti Ferreira 2 ; Gladyston Rodrigues Carvalho 3 ; Juliana Costa Rezende 3 ; Alex

Leia mais

SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ BOURBON PARA OS MUNICÍPIOS DE SANTO ANTÔNIO DO AMPARO E CAMPOS ALTOS 1

SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ BOURBON PARA OS MUNICÍPIOS DE SANTO ANTÔNIO DO AMPARO E CAMPOS ALTOS 1 SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ BOURBON PARA OS MUNICÍPIOS DE SANTO ANTÔNIO DO AMPARO E CAMPOS ALTOS 1 João Paulo Felicori Carvalho 2 ; Tamara Machado da Silva 3 ; Carolina Aparecida da Silva Alves 4 ; Alessandro

Leia mais

Características biométricas de cafeeiro intercalado com diferentes sistemas de produção de abacaxizeiro para agricultura familiar do Projeto Jaíba

Características biométricas de cafeeiro intercalado com diferentes sistemas de produção de abacaxizeiro para agricultura familiar do Projeto Jaíba Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Características biométricas de cafeeiro intercalado com diferentes sistemas de produção de abacaxizeiro para agricultura familiar

Leia mais

PRODUTIVIDADE DE 2ª SAFRA DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM SOB IRRIGAÇÃO EM MUZAMBINHO

PRODUTIVIDADE DE 2ª SAFRA DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM SOB IRRIGAÇÃO EM MUZAMBINHO PRODUTIVIDADE DE 2ª SAFRA DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM SOB IRRIGAÇÃO EM MUZAMBINHO Lucas P. S. dos SANTOS 1 ; Frederico A. dos SANTOS 2 ; Tadeu S. PEREIRA 3 ; Vinícius C. MANOEL 4 ;

Leia mais

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patrocínio, MG

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patrocínio, MG Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patrocínio, MG José Ricardo Silva (1), Leonardo de Oliveira Fernandes

Leia mais

DE CULTIVARES DE CAFÉ CATUAÍ COM MUNDO NOVO 1

DE CULTIVARES DE CAFÉ CATUAÍ COM MUNDO NOVO 1 AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DE PROGÊNIES CARVALHO, G. R. RESULTANTES et al. DO CRUZAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ CATUAÍ COM MUNDO NOVO 1 844 Evaluation and selection of progenies from cross of Catuaí with Mundo

Leia mais

Produtividade de Genótipos de Feijão do Grupo Comercial Preto, Cultivados na Safra da Seca de 2015, no Norte de Minas Gerais.

Produtividade de Genótipos de Feijão do Grupo Comercial Preto, Cultivados na Safra da Seca de 2015, no Norte de Minas Gerais. Produtividade de Genótipos de Feijão do Grupo Comercial Preto, Cultivados na Safra da Seca de 2015, no Norte de Minas Gerais. P. V. SANTOS JUNIOR 1 ; A. J. CARVALHO3; P. S. C. BATISTA 2 ; M. L. LACERDA

Leia mais

Qualidade de sementes de café produzidas na Fazenda Experimental de Três Pontas da EPAMIG Sul de Minas

Qualidade de sementes de café produzidas na Fazenda Experimental de Três Pontas da EPAMIG Sul de Minas Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013. Belo Horizonte Qualidade de sementes de café produzidas na Fazenda Experimental de Três Pontas da EPAMIG Sul de Minas Júlia Vaz Tostes Miluzzi

Leia mais

DESENVOLVIMENTO INICIAL DE CAFEEIROS Coffea arabica L. VAR. BOURBON EM DUAS REGIÕES: SANTO ANTÔNIO DO AMPARO - MG E LAVRAS MG

DESENVOLVIMENTO INICIAL DE CAFEEIROS Coffea arabica L. VAR. BOURBON EM DUAS REGIÕES: SANTO ANTÔNIO DO AMPARO - MG E LAVRAS MG DESENVOLVIMENTO INICIAL DE CAFEEIROS Coffea arabica L. VAR. BOURBON EM DUAS REGIÕES: SANTO ANTÔNIO DO AMPARO - MG E LAVRAS MG Patrik. A. LAGE 1, E-mail: tikavelar@yahoo.com.br; Guilherme Henrique SILVA

Leia mais

Manejo de cafeeiro em áreas infestadas pelos nematoides-das-galhas com uso de cultivar resistente

Manejo de cafeeiro em áreas infestadas pelos nematoides-das-galhas com uso de cultivar resistente Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013, Belo Horizonte 1 Manejo de cafeeiro em áreas infestadas pelos nematoides-das-galhas com uso de cultivar resistente Beatriz de Pauli (1), Sônia

Leia mais

DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTE A FERRUGEM SOB USO DE IRRIGAÇÃO EM MUZAMBINHO-MG

DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTE A FERRUGEM SOB USO DE IRRIGAÇÃO EM MUZAMBINHO-MG 6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 04 e 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTE A FERRUGEM SOB

Leia mais

SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFEEIRO BOURBON EM DIFERENTES LOCALIDADES PRODUCTION OF CULTIVARS OF THE RUST RESISTANT COFFEE IN MINAS GERAIS

SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFEEIRO BOURBON EM DIFERENTES LOCALIDADES PRODUCTION OF CULTIVARS OF THE RUST RESISTANT COFFEE IN MINAS GERAIS SELEÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFEEIRO BOURBON EM DIFERENTES LOCALIDADES Alex Mendonça de Carvalho 2 ;André Dominghetti Ferrreira 3 ; Gladyston Rodrigues Carvalho 3 ; Dante Diniz Melo 5 ; Cristiano de Andrade

Leia mais

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Felixlândia, MG

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Felixlândia, MG Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Felixlândia, MG José Ricardo Silva (1), Leonardo de Oliveira Fernandes

Leia mais

DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO A PARTIR DE DIFERENTES ALTURAS DE DECOTE

DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO A PARTIR DE DIFERENTES ALTURAS DE DECOTE 6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO A PARTIR DE DIFERENTES ALTURAS DE DECOTE

Leia mais

EVALUATION OF PROGENIES RESULTING PROGÊNIES OF CROSSINGS OF CATUAI WITH HYBRID OF TIMOR, IN THE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, SOUTH OF MINAS GERAIS

EVALUATION OF PROGENIES RESULTING PROGÊNIES OF CROSSINGS OF CATUAI WITH HYBRID OF TIMOR, IN THE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, SOUTH OF MINAS GERAIS COMPORTAMENTO DE PROGÊNIES RESULTANTES DE CRUZAMENTOS DE CATUAÍ AMARELO COM HÍBRIDO DE TIMOR, NA REGIÃO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, SUL DE MINAS GERAIS 1 PEREIRA, A.A. 2 ; MOURA, W.M. 2 ; BARTHOLO, G.F.

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO RECEPADO, SUBMETIDO A DIFERENTES CULTIVOS INTERCALARES. RESUMO

AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO RECEPADO, SUBMETIDO A DIFERENTES CULTIVOS INTERCALARES. RESUMO AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DO CAFEEIRO RECEPADO, SUBMETIDO A DIFERENTES CULTIVOS INTERCALARES. Roberta G. BATISTA¹; José M. A. MENDONÇA²; Antônio G. NÍCOLI³; Marcela C. S. OLIVEIRA 4 ; Ana

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO AGRONÔMICA DE CULTIVARES DE SOJA PARA O SUL DE MINAS GERAIS NO MUNICÍPIO DE INCONFIDENTES-MG 1

CARACTERIZAÇÃO AGRONÔMICA DE CULTIVARES DE SOJA PARA O SUL DE MINAS GERAIS NO MUNICÍPIO DE INCONFIDENTES-MG 1 CARACTERIZAÇÃO AGRONÔMICA DE CULTIVARES DE SOJA PARA O SUL DE MINAS GERAIS NO MUNICÍPIO DE INCONFIDENTES-MG 1 Elaine C. BATISTA 2 ; José Luiz A. R. PEREIRA 3 ; Laís T. SOUZA 2 ; William M. BRANDÃO 2 ;

Leia mais

37º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS

37º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS 37º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS Fertilizante de liberação lenta e controlada (Polyblen ) em cafeeiros Coffea arabica em produção. Duas safras (2011/2012 e 2012/2013) no Sul de Minas Gerais.

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DIFERENTES POPULAÇÕES DE CAFÉ EM PATROCÍNIO, ALTO PARANAÍBA, MINAS GERAIS 1

AVALIAÇÃO DE DIFERENTES POPULAÇÕES DE CAFÉ EM PATROCÍNIO, ALTO PARANAÍBA, MINAS GERAIS 1 AVALIAÇÃO DE DIFERENTES POPULAÇÕES DE CAFÉ EM PATROCÍNIO, ALTO PARANAÍBA, MINAS GERAIS 1 MOURA, W.M. 2 ; PEREIRA, A.A. 2 ; BARTHOLO, G.F. 2 ; KOCHEM, M.G. 3 E REIS, L.M. 4 1 Apoio financeiro: Consórcio

Leia mais

mão-de-obra durante a realização de seus tratos culturais, com ênfase para

mão-de-obra durante a realização de seus tratos culturais, com ênfase para Caxambu/MG 24/10/2012 A cultura do café é de extrema importância para a economia nacional apresentando maior destaque em algumas regiões, como no Sul de Minas Gerais. Trata-se de uma atividade que requer

Leia mais

39 Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras Poços de Caldas/MG 30/10/2013. Marcelo Frota Pinto MSc. Eng. Agrônomo Pesquisa & Desenvolvimento

39 Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras Poços de Caldas/MG 30/10/2013. Marcelo Frota Pinto MSc. Eng. Agrônomo Pesquisa & Desenvolvimento 39 Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras Poços de Caldas/MG 30/10/2013 Marcelo Frota Pinto MSc. Eng. Agrônomo Pesquisa & Desenvolvimento Colheita Erosão Imobilização N N 1. Parcelamento da dose

Leia mais

Suprimento de boro e zinco a cafeeiros por meio da inserção de comprimidos na base do tronco

Suprimento de boro e zinco a cafeeiros por meio da inserção de comprimidos na base do tronco Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Suprimento de boro e zinco a cafeeiros por meio da inserção de comprimidos na base do tronco Roberto Jitsuo de França Sakano (1),

Leia mais

Características Fitotécnicas do Feijoeiro cv. Pérola Intercalado com Cafeeiro cv. Catuaí Amarelo em Formação

Características Fitotécnicas do Feijoeiro cv. Pérola Intercalado com Cafeeiro cv. Catuaí Amarelo em Formação 4ª Jornada Científica e Tecnológica e 1º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 16, 17 e 18 de outubro de 2012, Muzambinho MG Características Fitotécnicas do Feijoeiro cv. Pérola Intercalado com Cafeeiro

Leia mais

Espaçamento alternado e controle de crescimento do feijoeiro com aplicação do fungicida propiconazol

Espaçamento alternado e controle de crescimento do feijoeiro com aplicação do fungicida propiconazol Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Espaçamento alternado e controle de crescimento do feijoeiro com aplicação do fungicida propiconazol Júnio Oliveira Ferreira (1),

Leia mais

Cultivo de coffea canephora conduzido com arqueamento de Plantas jovens em Condição de sequeiro e irrigado

Cultivo de coffea canephora conduzido com arqueamento de Plantas jovens em Condição de sequeiro e irrigado Cultivo de coffea canephora conduzido com arqueamento de Plantas jovens em Condição de sequeiro e irrigado VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil Salvador, BA - 26/11/2013 Aymbiré Francisco Almeida

Leia mais

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ ARÁBICA RESISTENTES À FERRUGEM NO CERRADO DO PLANALTO CENTRAL 1

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ ARÁBICA RESISTENTES À FERRUGEM NO CERRADO DO PLANALTO CENTRAL 1 AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE CAFÉ ARÁBICA RESISTENTES À FERRUGEM NO CERRADO DO PLANALTO CENTRAL 1 Adriano Delly Veiga 2 ; Antônio Fernando Guerra 3 ; Omar Cruz Rocha 2 ; Gabriel Ferreira Bartholo 4 ; Gustavo

Leia mais

COMPORTAMENTO DE NOVAS CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA COMPARADAS AO CATUAÍ IAC 144 PALAVRAS-CHAVE: ARARA, MELHORAMENTO DE PLANTAS, SPEED STAT.

COMPORTAMENTO DE NOVAS CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA COMPARADAS AO CATUAÍ IAC 144 PALAVRAS-CHAVE: ARARA, MELHORAMENTO DE PLANTAS, SPEED STAT. COMPORTAMENTO DE NOVAS CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA COMPARADAS AO CATUAÍ IAC 144 Antônio Sérgio de Souza 1, André Mundstock Xavier de Carvalho 2, Roberto Santinato 3, José Braz Matiello 4 Apresentado no

Leia mais

PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CATUAÍ EM MINAS GERAIS PRODUTICTIVITY OF GRAINS OF CULTIVARS OF CATUAI IN MINAS GERAIS

PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CATUAÍ EM MINAS GERAIS PRODUTICTIVITY OF GRAINS OF CULTIVARS OF CATUAI IN MINAS GERAIS PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CATUAÍ EM MINAS GERAIS Cynthia Reis Barbosa 2, Gladyston Rodrigues Carvalho 3, Renato Fonseca de Paiva 2, Ramiro Machado Rezende 2 ; Tiago Ferreira Figueiredo 2 ; Vinícius

Leia mais

CARACTERÍSTICAS AGRONOMICAS DE PROGÊNIES F 4 DE CAFEEIROS RESULTANTES DO CRUZAMENTO DE MUNDO NOVO E CATUAÍ APÓS O ESQUELETAMENTO

CARACTERÍSTICAS AGRONOMICAS DE PROGÊNIES F 4 DE CAFEEIROS RESULTANTES DO CRUZAMENTO DE MUNDO NOVO E CATUAÍ APÓS O ESQUELETAMENTO CARACTERÍSTICAS AGRONOMICAS DE PROGÊNIES F 4 DE CAFEEIROS RESULTANTES DO CRUZAMENTO DE MUNDO NOVO E CATUAÍ APÓS O ESQUELETAMENTO Gladyston Rodrigues Carvalho 2, Francisco Carlos Pedro 3, Rubens José Guimarães

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO FERTILIZANTE ORGANOMINERAL VALORIZA. VALORIZA/Fundação Procafé

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO FERTILIZANTE ORGANOMINERAL VALORIZA. VALORIZA/Fundação Procafé AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO FERTILIZANTE ORGANOMINERAL VALORIZA VALORIZA/Fundação Procafé Franca - SP / 2017 1 AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO FERTILIZANTE ORGANOMINERAL VALORIZA NO DESENVOLVIMENTO E DO CAFEEIRO

Leia mais

Leonardo Henrique Duarte de Paula 1 ; Rodrigo de Paula Crisóstomo 1 ; Fábio Pereira Dias 2

Leonardo Henrique Duarte de Paula 1 ; Rodrigo de Paula Crisóstomo 1 ; Fábio Pereira Dias 2 Avaliação de diferentes cultivares de milho (Zea mays) para a produção de minimilho na região Bambuí MG Leonardo Henrique Duarte de Paula 1 ; Rodrigo de Paula Crisóstomo 1 ; Fábio Pereira Dias 2 1 Estudante

Leia mais

VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR SOB IRRIGAÇÃO NO NORTE DE MINAS GERAIS

VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR SOB IRRIGAÇÃO NO NORTE DE MINAS GERAIS VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR SOB IRRIGAÇÃO NO NORTE DE MINAS GERAIS Geraldo Magela da Silva (1), Geraldo Antônio Resende Macêdo (2), Édio Luiz da Costa (3), Heloísa Mattana Saturnino (3), Fúlvio Rodriguez

Leia mais

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patos de Minas

Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patos de Minas Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Avaliação de cultivares de milho para produção de silagem em Patos de Minas José Humberto dos Santos Junior (1), Leonardo de Oliveira

Leia mais

Produção de milho (Zea mays) sob três arranjos estruturais do eucalipto (Eucalyptus spp.) no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Produção de milho (Zea mays) sob três arranjos estruturais do eucalipto (Eucalyptus spp.) no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Produção de milho (Zea mays) sob três arranjos estruturais do eucalipto (Eucalyptus spp.) no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Leia mais

AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA NA REGIÃO DE MONTANHAS DO ES. Cesar Abel Krohling, José Braz Matiello, Saulo Roque de Almeida

AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA NA REGIÃO DE MONTANHAS DO ES. Cesar Abel Krohling, José Braz Matiello, Saulo Roque de Almeida AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA NA REGIÃO DE MONTANHAS DO ES Cesar Abel Krohling, José Braz Matiello, Saulo Roque de Almeida 1.INTRODUÇÃO Cafés das Montanhas do ES: alt.: 550-1100 metros com relevo

Leia mais

Parâmetros meteorológicos em cafeeiros arborizados com aleias de leguminosas e a pleno sol, em São Sebastião do Paraíso, MG

Parâmetros meteorológicos em cafeeiros arborizados com aleias de leguminosas e a pleno sol, em São Sebastião do Paraíso, MG Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013, Belo Horizonte Parâmetros meteorológicos em cafeeiros arborizados com aleias de leguminosas e a pleno sol, em São Sebastião do Paraíso, MG Lívia

Leia mais

MANEJO DE HASTES EM CAFEEIROS RECEPADOS, SISTEMA SEMI ADENSADO (3,0 x 0,5m), NA MÉDIA MOGIANA DE SÃO PAULO Espírito Santo do Pinhal- SP

MANEJO DE HASTES EM CAFEEIROS RECEPADOS, SISTEMA SEMI ADENSADO (3,0 x 0,5m), NA MÉDIA MOGIANA DE SÃO PAULO Espírito Santo do Pinhal- SP MANEJO DE HASTES EM CAFEEIROS RECEPADOS, SISTEMA SEMI ADENSADO (3,0 x 0,5m), NA MÉDIA MOGIANA DE SÃO PAULO Espírito Santo do Pinhal- SP Vantuir. A. SILVA- Engº Agrº, Professor Unifeob e CPS-ETEC, Espírito

Leia mais

NUTRIÇÃO DA MAMONEIRA CONSORCIADA COM FEIJÃO COMUM EM FUNÇÃO DO PARCELAMENTO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA

NUTRIÇÃO DA MAMONEIRA CONSORCIADA COM FEIJÃO COMUM EM FUNÇÃO DO PARCELAMENTO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NUTRIÇÃO DA MAMONEIRA CONSORCIADA COM FEIJÃO COMUM EM FUNÇÃO DO PARCELAMENTO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA Rafael Batista Ferreira 1 (PG)*, Ananda Helena Nunes Cunha 2 (PQ), Itamar Rosa Teixeira 3 (PQ) 1* Eng.

Leia mais

Autores: JL Maciel, Discente do curso de Agronomia UFU Monte Carmelo; GA Assis, Professora da UFU - Monte Carmelo; B Valoto, Discente do curso de Agro

Autores: JL Maciel, Discente do curso de Agronomia UFU Monte Carmelo; GA Assis, Professora da UFU - Monte Carmelo; B Valoto, Discente do curso de Agro Autores: JL Maciel, Discente do curso de Agronomia UFU Monte Carmelo; GA Assis, Professora da UFU - Monte Carmelo; B Valoto, Discente do curso de Agronomia UFU Monte Carmelo; B Vanzella, Discente do curso

Leia mais

DESEMPENHO PRODUTIVO E ECONÔMICO DE HÍBRIDOS DE MILHO NO SUL DE MINAS GERAIS

DESEMPENHO PRODUTIVO E ECONÔMICO DE HÍBRIDOS DE MILHO NO SUL DE MINAS GERAIS DESEMPENHO PRODUTIVO E ECONÔMICO DE HÍBRIDOS DE MILHO NO SUL DE MINAS GERAIS William M. BRANDÃO¹; José L. de A. R. PEREIRA²; Tamires T. de SOUZA¹; Laís T. de SOUZA¹; Jéssica A. BONAMICHI¹; Elaine C. BATISTA¹;

Leia mais

IX Semana de Ciência e Tecnologia IFMG - campus Bambuí IX Jornada Científica

IX Semana de Ciência e Tecnologia IFMG - campus Bambuí IX Jornada Científica DESENVOLVIMENTO INCIAL DE PLANTAS DO CAFEEIRO UTILIZANDO DIFERENTES FERTILIZANTES NITROGENADOS Bárbara Caroline Leite (1) ; Fábio Pereira Dias (2) ; Luciano Eduardo Carvalho (3) ; Jakeline Aparecida Greiver

Leia mais

CEPEC/Fertilizantes Heringer S/A Martins Soares - MG

CEPEC/Fertilizantes Heringer S/A Martins Soares - MG EFEITO DE DIFERENTES COMPRIMENTOS DE CORTE DOS RAMOS LATERAIS E TIPO DE ESQUELETAMENTO EM CAFEEIROS ADENSADOS CEPEC/Fertilizantes Heringer S/A Martins Soares - MG Rosa, G. N. G. P. ; Cunha, V. V.; Leite

Leia mais

Índice de clorofila em variedades de cana-de-açúcar tardia, sob condições irrigadas e de sequeiro

Índice de clorofila em variedades de cana-de-açúcar tardia, sob condições irrigadas e de sequeiro Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Índice de clorofila em variedades de cana-de-açúcar tardia, sob condições irrigadas e de sequeiro Thiago Henrique Carvalho de Souza

Leia mais

ÉPOCA DE COLHEITA (DEFINIÇÃO DO MOMENTO DE INÍCIO DA COLHEITA) NO CERRADO MINEIRO. PALAVRAS-CHAVE: eficiência de colheita, café caído naturalmente.

ÉPOCA DE COLHEITA (DEFINIÇÃO DO MOMENTO DE INÍCIO DA COLHEITA) NO CERRADO MINEIRO. PALAVRAS-CHAVE: eficiência de colheita, café caído naturalmente. ÉPOCA DE COLHEITA (DEFINIÇÃO DO MOMENTO DE INÍCIO DA COLHEITA) NO CERRADO MINEIRO Aluísio Barbosa Taveira 1, Rouverson Pereira da Silva 2, Leonardo Campos de Assis 3, Felipe Santinato 4, Gabriela Yuri

Leia mais

RENDIMENTO E PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA EM BAIXA ALTITUDE

RENDIMENTO E PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA EM BAIXA ALTITUDE RENDIMENTO E PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE CAFÉ ARÁBICA EM BAIXA ALTITUDE Danilo da Silva Nascimento 1, Marcos Oliveira de Paula 2, Bruna Tomaz Sant'Ana 3, Lucas Rosa Pereira 4, Maria Christina Junger

Leia mais

EFEITO DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO NA FORÇA DE DESPRENDIMENTO EM CULTIVARES MUNDO NOVO E CATUAÍ AMARELO

EFEITO DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO NA FORÇA DE DESPRENDIMENTO EM CULTIVARES MUNDO NOVO E CATUAÍ AMARELO EFEITO DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO NA FORÇA DE DESPRENDIMENTO EM CULTIVARES MUNDO NOVO E CATUAÍ AMARELO Rodrigo E. B. A Dias - Mestrando Eng.Agrícola/UFLA; Murilo M de Barros - Doutorando Eng. Agrícola/UFLA;

Leia mais

Influência da dominância apical no crescimento vegetativo do cafeeiro após o esqueletamento

Influência da dominância apical no crescimento vegetativo do cafeeiro após o esqueletamento Influência da dominância apical no crescimento vegetativo do cafeeiro após o esqueletamento Matheus Eduardo da Silva 1 ; Anna Lygia de Rezende Maciel 2 1 Instituto Federal do Sul de Minas Campus Muzambinho,

Leia mais

Cultivares de Café Arábica Desenvolvidas pela Epamig/UFV/UFLA

Cultivares de Café Arábica Desenvolvidas pela Epamig/UFV/UFLA Cultivares de Café Arábica Desenvolvidas pela Epamig/UFV/UFLA 38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras Antonio Alves Pereira - Epamig/UREZM Antonio Carlos Baião de Oliveira - Embrapa Café Felipe

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS DE PRODUÇÃO DE HÍBRIDOS ORIUNDOS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATU E CATIMOR CONDUZIDOS COM IRRIGAÇÃO

AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS DE PRODUÇÃO DE HÍBRIDOS ORIUNDOS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATU E CATIMOR CONDUZIDOS COM IRRIGAÇÃO AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS DE PRODUÇÃO DE HÍBRIDOS ORIUNDOS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATU E CATIMOR CONDUZIDOS COM IRRIGAÇÃO Benjamim de Melo 1 e Hudson de Paula Carvalho 2 1 Professor, Dr., Universidade

Leia mais

CATUAÍ COM ICATU E HÍBRIDO DE TIMOR 1 SELECTION OF COFFEE PROGENIES DERIVED FROM CATUAÍ WITH ICATU AND HIBRIDO DE TIMOR

CATUAÍ COM ICATU E HÍBRIDO DE TIMOR 1 SELECTION OF COFFEE PROGENIES DERIVED FROM CATUAÍ WITH ICATU AND HIBRIDO DE TIMOR Seleção de progênies SELEÇÃO de cafeeiro derivadas DE PROGÊNIES de Catuaí... DE CAFEEIRO DERIVADAS DE CATUAÍ COM ICATU E HÍBRIDO DE TIMOR 1 215 Marcelo Frota Pinto 1, Gladyston Rodrigues Carvalho 2, César

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ADENSADOS NO MUNICIPIO DE SOORETAMA ES (Art. 385 do Anais do XXXVIII CBPC)

AVALIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ADENSADOS NO MUNICIPIO DE SOORETAMA ES (Art. 385 do Anais do XXXVIII CBPC) AVALIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ADENSADOS NO MUNICIPIO DE SOORETAMA ES (Art. 385 do Anais do XXXVIII CBPC) 38º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISAS CAFEEIRAS Caxambu

Leia mais

Origem. Características

Origem. Características Origem Em 1980, a equipe de melhoristas da EPAMIG/UFV realizou um cruzamento artificial entre um cafeeiro da cultivar Catuaí Amarelo IAC 86 e uma planta Híbrido de Timor (UFV 440-10), a qual foi descoberta

Leia mais

COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ COM RESISTÊNCIA À FERRUGEM-DO- CAFEEIRO NO SUL DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1

COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ COM RESISTÊNCIA À FERRUGEM-DO- CAFEEIRO NO SUL DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1 COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ COM RESISTÊNCIA À FERRUGEM-DO- CAFEEIRO NO SUL DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1 Carlos Henrique Siqueira Carvalho 2 ; José Braz Matiello 3, Saulo R Almeida 3, Roque A Ferreira

Leia mais

Resposta das bananeiras BRS Platina e PA 9401 à irrigação no segundo ciclo nas condições do Norte de Minas

Resposta das bananeiras BRS Platina e PA 9401 à irrigação no segundo ciclo nas condições do Norte de Minas Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013. Belo Horizonte Resposta das bananeiras BRS Platina e PA 9401 à irrigação no segundo ciclo nas condições do Norte de Minas Miquéias Gomes dos

Leia mais

Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente

Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2, Belo Horizonte 1 Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente Carlos Henrique

Leia mais

ÉPOCAS DE SEMEADURA DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA *

ÉPOCAS DE SEMEADURA DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA * ÉPOCAS DE SEMEADURA DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA * Michelle de Oliveira Lima 1, Julio C. Viglioni Penna 2, Julio P. Laca-Buendía 3, Joel Fallieri 4, Petrônio José

Leia mais

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS Paulo Rogério Nascimento Resende (1), Maria Eugênia Lisei de Sá (2), Roberto Kazuhiko Zito (3) (1) Bolsista

Leia mais

ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERABA, MG *

ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERABA, MG * ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE NO MUNICÍPIO DE UBERABA, MG * Julio Pedro Laca-Buendía 1, Joel Fallieri 2, Julio C. Viglioni Penna 3, Bruno B. de Oliveira 4, Petrônio J. da Silva

Leia mais

PRODUTIVIDADE DE VARIEDADES/LINHAGENS/SELEÇÕ ES DE CAFEEIROS EM REGIÃO DE ALTITUDE ELEVADA, EM SÃO GOTARDO-MG

PRODUTIVIDADE DE VARIEDADES/LINHAGENS/SELEÇÕ ES DE CAFEEIROS EM REGIÃO DE ALTITUDE ELEVADA, EM SÃO GOTARDO-MG PRODUTIVIDADE DE VARIEDADES/LINHAGENS/SELEÇÕ ES DE CAFEEIROS EM REGIÃO DE ALTITUDE ELEVADA, EM SÃO GOTARDO-MG Matiello, Almeida, Ferreira, Esposito, Corte, Silva e Pereira Justificativas A região cafeeira

Leia mais

FULLAND (FOSFITO DE COBRE): CONTROLE DE PHOMA E ANTRACNOSE DO CAFEEIRO.

FULLAND (FOSFITO DE COBRE): CONTROLE DE PHOMA E ANTRACNOSE DO CAFEEIRO. FULLAND (FOSFITO DE COBRE): CONTROLE DE PHOMA E ANTRACNOSE DO CAFEEIRO. 1. INTRODUÇÃO O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café e o Estado de Minas Gerais destaca- se como o maior produtor

Leia mais

38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras DOSES DE ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA NA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS NAS MATAS DE MINAS

38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras DOSES DE ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA NA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS NAS MATAS DE MINAS 38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras DOSES DE ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA NA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS NAS MATAS DE MINAS Gustavo N. G. P. Rosa, Eng. Agr. M. Sc. Fitotecnia Sup. Téc. CEPEC

Leia mais

V Semana de Ciência e Tecnologia IFMG - campus

V Semana de Ciência e Tecnologia IFMG - campus Seleção e difusão de variedades melhoradas de mandioca no Assentamento Margarida Alves em Bambuí - MG. Raul Magalhães FERRAZ 1 ; Luiz Fernando Ghetti PEREIRA ¹ ; Willian Sabino RODRIGUES ¹ ; Raiy Magalhães

Leia mais

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Iara Cristina Santos Curvelo (1), Elka Fabiana Aparecida Almeida

Leia mais

PRODUÇÃO INTEGRADA DE ROSAS NO SUL DE MINAS GERAIS EFEITO DE DIFERENTES MULCHING SOBRE AS CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DO SOLO - MICRONUTRIENTES.

PRODUÇÃO INTEGRADA DE ROSAS NO SUL DE MINAS GERAIS EFEITO DE DIFERENTES MULCHING SOBRE AS CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DO SOLO - MICRONUTRIENTES. 6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 4 de novembro de 2014 5 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG PRODUÇÃO INTEGRADA DE ROSAS NO SUL DE MINAS GERAIS EFEITO

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO 2015/16

BOLETIM TÉCNICO 2015/16 1 10 AVALIAÇÃO DE DOSES D CULTURA DO MILHO SE LUCAS DO RIO VERDE M Objetivo Avaliar o efeito do emprego diferentes doses de nitrogênio aplicado via cobertura nos caracteres agronômicos e na produtividade

Leia mais

CRESCIMENTO VEGETATIVO DE MUDAS DE CAFEEIROS PRODUZIDAS EM SAQUINHO E EM TUBETE

CRESCIMENTO VEGETATIVO DE MUDAS DE CAFEEIROS PRODUZIDAS EM SAQUINHO E EM TUBETE CRESCIMENTO VEGETATIVO DE MUDAS DE CAFEEIROS PRODUZIDAS EM SAQUINHO E EM TUBETE Hanna Eduarda Nunes Sugawara 1, Werik Pereira Dias 1, Gustavo Dantas Silva 1, Deyvid da Silva Gallet 1, Luiz Felipe Bordin

Leia mais

EM DOIS SISTEMAS DE PLANTIO

EM DOIS SISTEMAS DE PLANTIO 838 AVALIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE CARVALHO, G. DE R. et PROGÊNIES al. DE CAFEEIRO EM DOIS SISTEMAS DE PLANTIO Yield evaluation of coffee plant (Coffea arabica L.) progenies in two tillage systems Gladyston

Leia mais

TEORES FOLIARES DE FÓSFORO, COBRE E ZINCO EM CAFEEIROS FERTIRRIGADOS NA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO

TEORES FOLIARES DE FÓSFORO, COBRE E ZINCO EM CAFEEIROS FERTIRRIGADOS NA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO TEORES FOLIARES DE FÓSFORO, COBRE E ZINCO EM CAFEEIROS FERTIRRIGADOS NA REGIÃO DO CERRADO MINEIRO William Eduardo Dos Reis Martins 1, Matheus Alvim Alves de Rezende 2, Bárbara Vanzella 3, Thúlio Vinicius

Leia mais

ESTUDO DA VIABILIDADE DE DISPONIBILIZAÇÃO DE POTÁSSIO E FÓSFORO EM SOLOS DE CERRADO COM A UTILIZAÇÃO DO PENERGETIC 5 SAFRAS

ESTUDO DA VIABILIDADE DE DISPONIBILIZAÇÃO DE POTÁSSIO E FÓSFORO EM SOLOS DE CERRADO COM A UTILIZAÇÃO DO PENERGETIC 5 SAFRAS ESTUDO DA VIABILIDADE DE DISPONIBILIZAÇÃO DE POTÁSSIO E FÓSFORO EM SOLOS DE CERRADO COM A UTILIZAÇÃO DO PENERGETIC 5 SAFRAS ANDRÉ L.T. FERNANDES DR. ENGENHARIA DE ÁGUA E SOLO, PRÓ REITOR DE PESQUISA, PÓS

Leia mais

POTENCIAL PRODUTIVO INICIAL DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM EM TRÊS REGIÕES DE MINAS GERAIS¹

POTENCIAL PRODUTIVO INICIAL DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM EM TRÊS REGIÕES DE MINAS GERAIS¹ POTENCIAL PRODUTIVO INICIAL DE CULTIVARES DE CAFEEIRO RESISTENTES A FERRUGEM EM TRÊS REGIÕES DE MINAS GERAIS¹ Alex Mendonça de Carvalho²;André Dominghetti Ferreira 3 ;Vanessa Castro Figueiredo 5 ; Cesar

Leia mais

EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES AO LONGO DE NOVE COLHEITAS.

EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES AO LONGO DE NOVE COLHEITAS. EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES AO LONGO DE NOVE COLHEITAS. 1 Sérgio Parreiras PEREIRA 2, Gabriel Ferreira BARTHOLO 3, Paulo

Leia mais

Desempenho de cultivares de alface em cultivo de verão na região Campo das Vertentes de Minas Gerais

Desempenho de cultivares de alface em cultivo de verão na região Campo das Vertentes de Minas Gerais Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Desempenho de cultivares de alface em cultivo de verão na região Campo das Vertentes de Minas Gerais Suelen Francisca Ribeiro (1),

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES OBTIDAS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATÚ E CATUAÍ EVALUATION OF PROGENIES FROM THE CROSS BETWEEN ICATU AND CATUAÍ CULTIVARS

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES OBTIDAS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATÚ E CATUAÍ EVALUATION OF PROGENIES FROM THE CROSS BETWEEN ICATU AND CATUAÍ CULTIVARS AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES OBTIDAS DO CRUZAMENTO ENTRE ICATÚ E CATUAÍ Cristiano de Andrade Gomes 1, Gladyston Rodrigues Carvalho 2, César Elias Botelho 2, Marina de Paiva Resende Toledo 3, Antônio Alfredo

Leia mais

Efeito da adubação nitrogenada no cultivo de taro

Efeito da adubação nitrogenada no cultivo de taro Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013, Belo Horizonte Efeito da adubação nitrogenada no cultivo de taro Bianca Fialho Bonicontro (1), Sanzio Mollica Vidigal (2), Iza Paula de Carvalho

Leia mais

EFEITO DE ESPAÇAMENTO E DENSIDADE DE PLANTIO NO ESTABELECIMENTO DA CULTURA DO CAFÉ EM SOLO DE BAIXA FERTILIDADE NATURAL DA REGIÃO SERRANA FLUMINENSE

EFEITO DE ESPAÇAMENTO E DENSIDADE DE PLANTIO NO ESTABELECIMENTO DA CULTURA DO CAFÉ EM SOLO DE BAIXA FERTILIDADE NATURAL DA REGIÃO SERRANA FLUMINENSE EFEITO DE ESPAÇAMENTO E DENSIDADE DE PLANTIO NO ESTABELECIMENTO DA CULTURA DO CAFÉ EM SOLO DE BAIXA FERTILIDADE NATURAL DA REGIÃO SERRANA FLUMINENSE ANDRADE, W.E.B. 1 ; NASCIMENTO, D. 2 ; ALVES, S.M.C.

Leia mais

ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO CULTIVADO COM CAFEEIROS NO MANEJO ORGÂNICO E CONVENCIONAL

ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO CULTIVADO COM CAFEEIROS NO MANEJO ORGÂNICO E CONVENCIONAL ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO CULTIVADO COM CAFEEIROS NO MANEJO ORGÂNICO E CONVENCIONAL Deyvid da Silva Gallet 1, Ana Laura Campos Airão 1, Gustavo Moreira Ribeiro 1, Carolina Ramos Paiva 1, Bruno Amâncio

Leia mais

COMPORTAMENTO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE TRIGO NO MUNICÍPIO DE MUZAMBINHO MG

COMPORTAMENTO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE TRIGO NO MUNICÍPIO DE MUZAMBINHO MG COMPORTAMENTO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE TRIGO NO MUNICÍPIO DE MUZAMBINHO MG Gabriela M. TERRA 1 ; José S. de ARAÚJO 2 ; Otávio M. ARAÚJO 3 ; Leonardo R. F. da SILVA 4 RESUMO Objetivou-se avaliar 5 genótipos

Leia mais

ARQUITETURA E VALOR DE CULTIVO DE LINHAGENS DE FEIJÃO- CAUPI DE PORTE ERETO E SEMI-ERETO, NO NORTE DE MINAS GERAIS.

ARQUITETURA E VALOR DE CULTIVO DE LINHAGENS DE FEIJÃO- CAUPI DE PORTE ERETO E SEMI-ERETO, NO NORTE DE MINAS GERAIS. Área: Fitotecnia ARQUITETURA E VALOR DE CULTIVO DE LINHAGENS DE FEIJÃO- CAUPI DE PORTE ERETO E SEMI-ERETO, NO NORTE DE MINAS GERAIS. Marina Borges de Oliveira 1 ; Orlando Gonçalves de Brito 1 ; Vanet Batista

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO 2015/16

BOLETIM TÉCNICO 2015/16 1 09 AVALIAÇÃO DO POTENCIAL PRODUTIVO DE HIBRIDOS DE MILHO EM SEGUNDA SAFRA EM Objetivo Avaliar os atributos agronômicos e a produtividade de diferentes híbridos de milho cultivados em segunda safra em

Leia mais

TEORES DE NUTRIENTES FOLIARES EM LAVOURA CAFEEIRA DE ACORDO COM A POSIÇAO DE AMOSTRAGEM DE SOLO

TEORES DE NUTRIENTES FOLIARES EM LAVOURA CAFEEIRA DE ACORDO COM A POSIÇAO DE AMOSTRAGEM DE SOLO 6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 04 e 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG TEORES DE NUTRIENTES FOLIARES EM LAVOURA CAFEEIRA DE ACORDO COM A POSIÇAO

Leia mais

ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE PARA A REGIÃO DO PONTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO

ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE PARA A REGIÃO DO PONTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO ÉPOCAS DE PLANTIO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO DE CICLO PRECOCE PARA A REGIÃO DO PONTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Julio Pedro Laca-Buendía 1, Joel Fallieri 2, Paulo de Oliveira 3 Luiz Cardoso Neto 4 Petrônio José

Leia mais

VARIAÇÕES ANATÔMICAS FOLIARES DAS CULTIVARES DE CAFEEIRO DA EPAMIG EM FUNÇÃO DO AMBIENTE

VARIAÇÕES ANATÔMICAS FOLIARES DAS CULTIVARES DE CAFEEIRO DA EPAMIG EM FUNÇÃO DO AMBIENTE - UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTMENTO DE AGRICULTURA SETOR DE CAFEICULTURA VARIAÇÕES ANATÔMICAS FOLIARES DAS CULTIVARES DE CAFEEIRO DA EPAMIG EM FUNÇÃO DO AMBIENTE Tainah Freitas, Janaine Lopes

Leia mais

EFEITO DA IRRIGAÇÃO NA PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO (Coffea arabica L.) 1

EFEITO DA IRRIGAÇÃO NA PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO (Coffea arabica L.) 1 EFEITO DA IRRIGAÇÃO NA PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO (Coffea arabica L.) 1 GOMES, M.C.R. 2 ; BERNARDO, S. 3 e SOUSA, E.F. 4 1 Projeto financiado pelo CONSÓRCIO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DO CAFÉ;

Leia mais

Influência de doses de fósforo e de nitrogênio na produção de abobóra híbrida, tipo tetsukabuto, na região norte de Minas Gerais

Influência de doses de fósforo e de nitrogênio na produção de abobóra híbrida, tipo tetsukabuto, na região norte de Minas Gerais Influência de doses de fósforo e de nitrogênio na produção de abobóra híbrida, tipo tetsukabuto, na região norte de Minas Gerais Sanzio Mollica Vidigal¹; Dilermando Dourado Pacheco¹; Cláudio Egon Facion¹

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GERMOPLASMA DE BOURBON NO ESTADO DE SÃO PAULO ORIUNDAS DE DIFERENTES REGIÕES DO BRASIL 1

AVALIAÇÃO DO GERMOPLASMA DE BOURBON NO ESTADO DE SÃO PAULO ORIUNDAS DE DIFERENTES REGIÕES DO BRASIL 1 AVALIAÇÃO DO GERMOPLASMA DE BOURBON NO ESTADO DE SÃO PAULO ORIUNDAS DE DIFERENTES REGIÕES DO BRASIL 1 Julio César Mistro 2 ; Luiz Carlos Fazuoli 3 ; Gérson Silva Giomo 4 ; Masako Toma Braghini 5 ; Elaine

Leia mais

6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 04 e 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG

6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 04 e 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG 6ª Jornada Científica e Tecnológica e 3º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 04 e 05 de novembro de 2014, Pouso Alegre/MG CARACTERÍSTICAS FITOTÉCNICAS DE MUDAS DE CAFEEIRO ARÁBICA (Coffea arabica

Leia mais

Efeito da secagem na qualidade fisiológica de sementes de pinhão-manso

Efeito da secagem na qualidade fisiológica de sementes de pinhão-manso Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 8., 2011, Belo Horizonte Efeito da secagem na qualidade fisiológica de sementes de pinhão-manso Cézar Augusto Mafia Leal (1), Roberto Fontes Araujo (2),

Leia mais

COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ EM ÁREAS INFESTADAS COM Meloidogyne exigua

COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ EM ÁREAS INFESTADAS COM Meloidogyne exigua COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE CAFÉ EM ÁREAS INFESTADAS COM Meloidogyne exigua Gabriel Reis Lacerda 2 ; André Luíz A. Garcia 3 ; Carlos Henrique Siqueira de Carvalho 4, Lilian Padilha 4 1 Trabalho financiado

Leia mais

Palavras-chave: Oryza sativa, melhoramento de arroz, número ótimo de ambientes.

Palavras-chave: Oryza sativa, melhoramento de arroz, número ótimo de ambientes. NÚMERO ÓTIMO DE ANOS AGRÍCOLAS PARA AVALIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DE ARROZ IRRIGADO NO ESTADO DE MINAS GERAIS Antônio Carlos da Silva Júnior 1 ; Plínio César Soares 2 ; Iara Gonçalves dos Santos 3 ; Francyse

Leia mais

PRODUÇÃO DE MUDAS DE CAFEEIRO EM TUBETES UTILIZANDO SUBSTRATOS CONSTITUÍDOS POR CASCA DE ARROZ CARBONIZADA E CASCA DE CAFÉ COMPOSTADA

PRODUÇÃO DE MUDAS DE CAFEEIRO EM TUBETES UTILIZANDO SUBSTRATOS CONSTITUÍDOS POR CASCA DE ARROZ CARBONIZADA E CASCA DE CAFÉ COMPOSTADA PRODUÇÃO DE MUDAS DE CAFEEIRO EM TUBETES UTILIZANDO SUBSTRATOS CONSTITUÍDOS POR CASCA DE ARROZ CARBONIZADA E CASCA DE CAFÉ COMPOSTADA CARVALHO, MYCHELLE 1 ; VALLONE, HAROLDO SILVA 2 ; DIAS, FÁBIO PEREIRA

Leia mais

PRODUÇÃO INDIVIDUAL E PRODUTIVIDADE MÉDIA DE NOVE COLHEITAS DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES.

PRODUÇÃO INDIVIDUAL E PRODUTIVIDADE MÉDIA DE NOVE COLHEITAS DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES. PRODUÇÃO INDIVIDUAL E PRODUTIVIDADE MÉDIA DE NOVE COLHEITAS DE CAFEEIROS (Coffea arabica L.) CULTIVAR CATUAÍ SUBMETIDOS A ESPAÇAMENTOS CRESCENTES. 1 Sérgio Parreiras PEREIRA 2, Gabriel Ferreira BARTHOLO

Leia mais

Sistema de informação geográfica na integração do conhecimento científico e tecnológico da cafeicultura em Minas Gerais

Sistema de informação geográfica na integração do conhecimento científico e tecnológico da cafeicultura em Minas Gerais Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013, Belo Horizonte 1 Sistema de informação geográfica na integração do conhecimento científico e tecnológico da cafeicultura em Minas Gerais Liliany

Leia mais

COMPORTAMENTO DE PROGENIES DE CAFEEIROS COM RESISTENCIA À FERRUGEM, SELECIONADAS DE ENSAIOS EM VÁRIOS CAMPOS EXPERIMENTAIS DO PROCAFÉ

COMPORTAMENTO DE PROGENIES DE CAFEEIROS COM RESISTENCIA À FERRUGEM, SELECIONADAS DE ENSAIOS EM VÁRIOS CAMPOS EXPERIMENTAIS DO PROCAFÉ COMPORTAMENTO DE PROGENIES DE CAFEEIROS COM RESISTENCIA À FERRUGEM, SELECIONADAS DE ENSAIOS EM VÁRIOS CAMPOS EXPERIMENTAIS DO PROCAFÉ J.B. Matiello, S.R. Almeida Iran B. Ferreira, M. B. da Silva, Engs

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE DOSES DE AGROSILÍCIO COMO FERTILIZANTE NA CULTURA DO MILHO

UTILIZAÇÃO DE DOSES DE AGROSILÍCIO COMO FERTILIZANTE NA CULTURA DO MILHO UTILIZAÇÃO DE DOSES DE AGROSILÍCIO COMO FERTILIZANTE NA CULTURA DO MILHO Bruno Martins Pereira (1), Jeferson Antônio de Souza (2,3), José Mauro Valente Paes (2,3), Roberto Kazuhiko Zito (2), João Victor

Leia mais

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO Projeto Agrisus No: PA 1811/16 Nome do Evento: FERTBIO 2016: Rumo aos Novos Desafios Interessado: Laurindo Pimentel da Silva Instituição: Empresa de Pesquisa

Leia mais

MATURAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON SUBMETIDO Á DIFERENTES ÉPOCAS DE IRRIGAÇÃO 2º ANO AGRÍCOLA

MATURAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON SUBMETIDO Á DIFERENTES ÉPOCAS DE IRRIGAÇÃO 2º ANO AGRÍCOLA MATURAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO CONILON SUBMETIDO Á DIFERENTES ÉPOCAS DE IRRIGAÇÃO 2º ANO AGRÍCOLA J.M. Correa¹; G.H.S. Vieira ²; J.B.Loss³; R. Birchler 4 ; G. Peterle 4 RESUMO: A qualidade do café

Leia mais

l«x Seminário Nacional

l«x Seminário Nacional l«x Seminário Nacional Rio V~, goiá/v AVALIAÇÃO DE VARIEDADES E HÍBRIDOS ELITE DE MILHO EM DOURADOS, MATO GROSSO DO SUL Fábio Yomei Tanamati', Maximiliano Kawahata Pagliarini", Leandro Palombo', Paulo

Leia mais

Iniciação Científica (PIBIC) - IFMG 2 Professora Orientadora IFMG. 3 Estudante de Agronomia.

Iniciação Científica (PIBIC) - IFMG 2 Professora Orientadora IFMG. 3 Estudante de Agronomia. Crescimento de plantas de café em função de diferentes adubos nitrogenados aplicados na adubação de cobertura Paulo Otávio Resende Ramalho 1 ; Sheila Isabel do Carmo Pinto²; Luciano Eduardo de Carvalho

Leia mais