VESTIBULAR 2012 IFTO CAMPUS ARAGUATINS LÍNGUA PORTUGUESA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VESTIBULAR 2012 IFTO CAMPUS ARAGUATINS LÍNGUA PORTUGUESA"

Transcrição

1 VESTIBULAR 2012 IFTO CAMPUS ARAGUATINS LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto do escritor e biólogo moçambiquenho Mia Couto para responder as questões de número 01 a 04, lembrando que Moçambique é um país lusófono, ou seja, fala a língua portuguesa. Plastificar a cidade? Num país em que as pessoas morrem por doenças de fácil cura, a morte de uma palmeira é completamente irrelevante. Mesmo que, em vez de morte, tenha havido assassinato. E mesmo que, em vez de uma palmeira, tenham sido assassinadas dezenas de palmeiras. Maputo fez-se bonita para a cimeira da União Africana. Palmeiras foram adquiridas (e não foram nada baratas) para embelezar a mais nobre das avenidas da cidade. O cidadão comum sabia que esse dinheiro saía do seu bolso. Mas estava até feliz por colaborar no renovar do rosto da cidade. Da sua cidade. As palmeiras reais vieram e fizeram um vistaço. Os maputenses passeavam-se, com acrescida vaidade, pela larga avenida. Mas as palmeiras têm um enorme inconveniente: são seres vivos. E pedem rega. Apenas depois de terem sido plantadas é que se iniciaram obras estranhíssimas de abre-e-fecha buraco, põe-e-tira tubagem. As palmeiras, pacientes, ainda esperaram. Mas estavam condenadas à morte. Uma a uma, começaram a secar. Durante meses (e até hoje) ficaram os seus cadáveres de pé como monumentos à nossa incapacidade. Não houve sequer pudor de lhes dar destino. Elas sobraram ali, como provas de um criminoso desleixo. O cidadão que, antes fora iluminado por súbita vaidade, agora se interrogava: ali mesmo nas barbas da Presidência da República? A morte destas palmeiras interessa, sobretudo, como sintoma de um relaxamento que atingiu Moçambique. A folhagem seca dessas palmeiras é uma espécie de bandeira hasteada desse abandalhamento. Não se trata, afinal, de uma simples morte de umas tantas árvores. Não tarda a que Maputo receba um outro evento internacional. Compraremos outros adereços para a cidade. Uns para embelezar de raiz, outros para maquilhar as olheiras de Maputo. Dessa vez, porém, compremos palmeiras de plástico. Ou plastifiquemos estas, já falecidas, depois de lhe passarmos uma demão de tinta verde. Ou, se calhar, nem disso precisaremos: à velocidade com que espaços que deviam ser verdes estão sendo ocupados por placards e anúncios publicitários não necessitaremos de mais nada. Aliás, qualquer dia, Maputo nem precisa de vista para o mar. Esta cidade que sempre foi uma varanda virada para o Índico está prescindindo dessa beleza. Locais cuja beleza advinha da paisagem estão sistematicamente sendo ocupados por publicidade de tabaco, bebidas alcoólicas e bugigangas diversas. Um dia destes, nem necessitaremos de ter mais cidade. Trocamos a urbe por propaganda de mercadorias. Depois, queixamo-nos da globalização. Disponível em: (com adaptações). Acesso em 31/10/2011. QUESTÃO 01 A expressão maquilhar as olheiras de Maputo é uma metáfora crítica ao processo de mascaramento das mazelas da capital moçambiquenha promovida pelo poder público. Que outra passagem apresenta o mesmo efeito no texto. a) As palmeiras, pacientes, ainda esperaram (segundo parágrafo). b) Depois, queixamo-nos da globalização (sexto parágrafo). c) Ou plastifiquemos estas, já falecidas, depois de lhe passarmos uma demão de tinta verde (quarto parágrafo). d) A folhagem seca dessas palmeiras é uma espécie de bandeira hasteada (quarto parágrafo). e) Esta cidade que sempre foi uma varanda virada para o Índico está prescindindo dessa beleza (quinto parágrafo). QUESTÃO 02 2

2 De acordo com o texto o significado do vocábulo cimeira no primeiro parágrafo consiste em: a) Reunião de pessoas que representam as autoridades máximas de uma instituição, organismo ou país, isto é, conferência de cúpula. b) Ciúmes, uma vez que cimeira na língua portuguesa falada em Moçambique é uma variação do termo ciumeira do português falado no Brasil. c) Espécie de campeonato esportivo em que participam os países africanos. d) Derivação da palavra cima, significando que são aqueles que estão economicamente acima dos outros, ou seja, os empresários. e) Alegria e contentamento. d) informatividade e) intencionalidade QUESTÃO 04 O tema principal do texto Plastificar a cidade? é confirmado no terceiro parágrafo. Nesta perspectiva, o tema central também é percebido de forma predominante na figura: a) Analise a figura abaixo: QUESTÃO 03 Disponível em: Acesso em 27/10/2011. b) Disponível em: Acesso em 27/10/2011. Locais cuja beleza advinha da paisagem estão sistematicamente sendo ocupados por publicidade de tabaco, bebidas alcoólicas e bugigangas diversas. Disponível em: Acesso em 27/10/2011. c) O fragmento transcrito e a figura apresentam textualmente uma relação de fatores pragmáticos comumente chamada de: a) intertextualidade b) aceitabilidade c) cumplicidade 3 Disponível em: Acesso em 27/10/2011

3 d) ROSA, J. G. Esses Lopes. In:. Tutaméia. 9. ed. Rio de Janeiro: Ediouro Publicações, 2009, p. 81 e) Disponível em: Acesso em 27/10/2011 Disponível em: Acesso em 27/10/2011 QUESTÃO 05 Assinale a alternativa verdadeira de acordo com o texto: a) A palavra terminou é um verbo transitivo direto. b) A palavra menininha é predicativo do sujeito. c) A expressão um dia configura-se como adjunto adnominal. d) O termo o bom-bocado é objeto indireto da forma verbal quero. e) A palavra discordo é um verbo intransitivo. QUESTÃO 06 As palavras ruim, sensível e já, extraídas do fragmento do conto acima são, respectivamente: a) oxítona paroxítona monossílabo tônico b) paroxítona paroxítona oxítona c) oxítona paroxítona oxítona d) paroxítona proparoxítona monossílabo tônico e) oxítona proparoxítona monossílabo tônico Leia a passagem de um conto de Clarice Lispector para responder às questões de número 07 a 11. Leia abaixo o fragmento de um conto de Guimarães Rosa e responda às questões 05 e 06. Entanto que enfim, agora, desforrada. O povo ruim terminou. Meus filhos, Lopes, também, provi de dinheiro, para longe daqui viajarem gado. Deixo de porfias, com o amor que achei. Duvido, discordo de quem não goste. Amo, mesmo. Que podia ser mãe dele, menos me falem, sou de me constar em folhinhas e datas? Que em meu corpo ele não mexa fácil. Mas que, por bem de mim, me venham filhos, outros, modernos e acomodados. Quero o bom-bocado que não fiz, quero gente sensível. De que me adianta estar remediada e entendida, se não dou conta de questão das saudades? Eu, um dia, fui já muito menininha... Todo o mundo vive para ter alguma serventia. Lopes, não! desses me arrenego. 4 Começou a ficar escuro e ela teve medo. A chuva caía sem tréguas e as calçadas brilhavam úmidas à luz das lâmpadas. Passavam pessoas de guarda-chuva, impermeável, muito apressadas, os rostos cansados. Os automóveis deslizavam pelo asfalto molhado e uma ou outra buzina tocava maciamente. Quis sentar se num banco do jardim, porque na verdade não sentia a chuva e não se importava com o frio. Só mesmo um pouco de medo, porque ainda não resolvera o caminho a tomar. O banco seria um ponto de repouso. Mas os transeuntes olhavam na com estranheza e ela prosseguia a marcha. Estava cansada. Pensava sempre: "Mas que é que vai acontecer agora?" Se ficasse andando. Não era a solução. Voltar para casa? Não. Receava que alguma força a empurrasse para o ponto de partida. LISPECTOR, C. A fuga. In:. A bela e a fera. Rio de Janeiro: Sociedade Literária, 2010, p. 74

4 QUESTÃO 07 A terceira geração modernista ocorreu em um momento histórico em que havia muito espaço ideológico no mundo. No Brasil ocorreu um período democrático e desenvolvimentista. A literatura da geração de 45 refletiu este momento de menos exigência social e política dos autores e artistas. Sobre esta, podemos afirmar que: a) Nesta fase houve a oposição completa à segunda fase do modernismo. b) A maior preocupação desta fase gira em torno da questão social. c) Alguns tenderam mais ao estilo simbolista, outros caminharam na busca de uma linguagem rebuscada, subjetiva expressando nefelibatismo. d) A poesia trouxe ao cenário das discussões literárias a seguinte questão: a poesia social, política, religiosa e filosófica. e) Parte da prosa retoma e aprofunda a sondagem psicológica, o regionalismo que já vinha sendo desenvolvida pela geração de 30 tendo como características dos poetas, o traço formalizante. Alguns tenderam ao estilo culto e elevado, de feição neoparnasiana; outros caminharam na direção da busca de uma linguagem essencial, sintética, precisa, concreta e racional. QUESTÃO 08 O conto mostra o universo feminino, pontuado pelas relações amorosas, os encontros e os desencontros com o próprio eu. Neste trecho evidenciado acima, ocorreu um processo de tomada de consciência da personagem que a tornaria uma mulher mais determinada, porém, ainda temerosa e oscilante quanto à capacidade de mudança. Assinale o item abaixo que revela esta temática constantemente trabalhada pela autora. a) Começou a ficar escuro e ela teve medo. b) Mas os transeuntes olhavam-na com estranheza e ela prosseguia a marcha. c) Se ficasse andando. Não era a solução. d) Só mesmo um pouco de medo, porque ainda não resolvera o caminho a tomar. e) Quis sentar-se num banco do jardim, porque na verdade não sentia a chuva e não se importava com o frio. 5 QUESTÃO 09 Nos trechos Passavam pessoas de guardachuva, impermeável, muito apressadas, os rostos cansados e...uma ou outra buzina tocava maciamente" ocorrem a presença das respectivas figuras de linguagem: a) Zeugma, Prosopopéia. b) Elipse, Sinestesia. c) Elipse, Prosopopéia. d) Metonímia, Prosopopéia. e) Polissíndeto, Sinestesia. QUESTÃO 10 No trecho: A chuva caía sem tréguas e as calçadas brilhavam úmidas à luz das lâmpadas, a expressão sem trégua é denominada: a) Complemento nominal. b) Complemento verbo-nominal. c) Adjunto adverbial de modo. d) Adjunto adnominal. e) Ajunto adverbial de causa. QUESTÃO 11 Sobre Clarice Lispector não podemos afirmar: a) Pertenceu a terceira geração do modernismo brasileiro. b) Tem como aspecto inovador de sua obra o fluxo da consciência que quebra os limites espaçotemporais dentro da narrativa. c) Seus personagens vivem processos epifânicos. d) Tem em muitos de seus romances e contos personagens femininas como protagonistas. e) Participou da segunda geração modernista, e sua obra carrega aspectos inovadores para a época. Leia abaixo o fragmento de um conto para responder as questões de número 12 e 13. Ele era triste e alto. Jamais falava comigo que não desse a entender que seu maior defeito consistia na sua tendência para a destruição. E por isso, dizia, alisando os cabelos negros como quem alisa o pêlo macio e quente de um gatinho,

5 por isso é que sua vida se resumia num monte de cacos: uns brilhantes, outros baços, uns alegres, outros como um "pedaço de hora perdida", sem significação, uns vermelhos e completos, outros brancos, mas já espedaçados. LISPECTOR, C. História Interrompida. In:. A bela e a fera. Rio de Janeiro: Sociedade Literária, 2010, p. 13 QUESTÃO 12 Identifique a alternativa em que a função não corresponde ao termo em destaque. a) triste e alto são predicativos do sujeito. b) jamais é adjunto adverbial. c) o sujeito do verbo falava está implícito e aparece no período anterior. d) era é verbo de ligação e) uns brilhantes, outros baços, uns alegres, outros como um "pedaço de hora perdida", sem significação, uns vermelhos e completos, outros brancos, mas já espedaçados é predicado nominal para o sujeito monte de cacos. QUESTÃO 13 Dê a função sintática dos termos destacados em E por isso, dizia, alisando os cabelos negros como quem alisa o pelo macio e quente de um gatinho (...) a) objeto direto, objeto indireto b) adjunto adnominal, complemento nominal c) complemento nominal, adjunto adnominal d) adjunto adnominal, adjunto adnominal e) nenhum dos casos citados. Leia a passagem abaixo para responder as questões de número 14 e 15. Antes ele buscara, orfandante, por todo canto e parte. Lá nas campinas?... o que soubesse acaso. Tinha ninguém para lhe responder. De menino, passara por incertas famílias e mãos, o que era comum, como quando vêm esses pobres, migrantes: davam às vezes os filhos, vendiam filhas pequenas. ROSA, J. G. Lá, nas campinas. In:. Tutaméia. 9. ed. Rio de Janeiro: Ediouro Publicações, 2009, p QUESTÃO 14 Assinale a alternativa incorreta, quanto à classificação entre parênteses do termo em negrito. a) Os pobres representam a maioria dos brasileiros. (derivação imprópria) b) De menino, passara por incertas famílias. (derivação prefixal) c) Davam às vezes os filhos, vendiam filhas pequenas. (desinência nominal de gênero) d) Antes ele buscara, orfandade, por todo canto e parte. (desinência verbal de modo e tempo) e) De menino, passara por incertas famílias e mãos. (desinência nominal de gênero) QUESTÃO 15 Numere as colunas fazendo a correspondência semântica, de acordo ainda com o fragmento. 1) Buscara 2) Orfandade 3) Campinas 4) Incertos 5) Migrantes a) b) c) d) e) Considere a matriz M O determinante de M é: a) 100 ( ) recorrer a ( ) imprevisto ( ) adjetivo relativo a mudar periodicamente ( ) estado ou condição de órfão. ( ) campo extenso e sem árvores MATEMÁTICA QUESTÃO 16

6 b) 1000 c) 1 d) -1 e) 10 QUESTÃO 17 Uma fornecedora de material esportivo da marca A resolveu realizar uma pesquisa para saber a preferência de seus produtos em relação aos produtos da marca B. Foram entrevistadas 100 pessoas e os resultados apontaram o seguinte: 42 pessoas responderam dizendo que usam a marca A; 20 pessoas responderam que usam as marca A e B e 10 pessoas responderam que não usam nenhuma das duas marcas. A partir desses resultados podemos afirmar que o número de pessoas que usam somente a marca B é: QUESTÃO 20 Lança-se, simultaneamente, dois dados perfeitos (todas as seis faces tem probabilidades iguais). Qual é a probabilidade de sair soma igual a 5? a) 1/9 b) 2/3 c) 4/9 d) 5/3 e) 2/9 QUESTÃO 21 Admitindo que o símbolo do IFTO tenha nove quadrados de lado e um círculo, e que a área total dessa figura é, assinale a alternativa correspondente ao raio do círculo (considere a) 36 b) 48 c) 45 d) 46 e) 34 QUESTÃO 18 Aplicando-se um capital de R$ 300,00 a juros simples, a taxa de 3% ao mês, por um período de 24 meses, o montante acumulado nesse período corresponderá a: a) R$ 516,00 b) R$ 500,00 c) R$ 630,00 d) R$ 550,00 e) R$ 600,00 QUESTÃO 19 O valor de x para que os números estejam, nessa ordem, em progressão geométrica é: a) -1 b) 1 c) -10 d) 10 e) 2 7 QUESTÃO 22 De quantas maneiras uma família de 6 pessoas pode sentar-se em um banco que tem apenas 3 lugares? a) 130 b) 60 c) 90 d) 120 e) 150

7 QUESTÃO 23 Os professores de física, química e biologia entram num laboratório A, de em horas, de em horas e de em horas, respectivamente. Suponha que os três entram no referido laboratório no mesmo momento. Qual o tempo mínimo para que eles se encontrem novamente nesse laboratório? a) horas b) horas c) horas d) horas e) horas QUESTÃO 24 Considere a função f: R R definida por f(x)= x. Se f -1 é a função inversa de f, 2x + 4 então f -1 (1) - f -1 (2) é igual a: 4 a) 3 4 b) 3 d) e) QUESTÃO 26 Uma loja de calçados esta oferecendo uma vaga de emprego para vendedores. O salário corresponde a um valor fixo de R$ 600,00 mais um adicional de 6% nas vendas realizadas no mês. Logo, o salário y a ser pago pela loja é dado em função do valor x das vendas realizadas naquele mês. Marque a equação a seguir que expressa o rendimento mensal do vendedor. a) y = x b) y = x c) y = 0, x d) y = ,06x e) y = , 006x Analise a figura abaixo: QUESTÃO 27 c) d) e) QUESTÃO 25 O valor da divisão é: a) b) c) 8 Assinale a alternativa que determina o volume desse sólido. a) 456 b) 360 c) 576 d) 460 e) 376

8 QUESTÃO 28 A tabela a seguir mostra o salário dos funcionários de duas pizzarias, uma com 12 trabalhadores (pizzaria A), outra com 10 (pizzaria B). a) 3 e 1 b) 3 e c) 3 e A B SALÁRIO EM REAIS d) 2 e e) 3 e 2 QUESTÃO 30 A partir desses dados pode-se concluir que: a) Não é possível comparar a média de salários dos dois estabelecimentos, pois o número de funcionários de A e B são diferentes. b) A média dos salários da pizzaria A é maior que a média dos salários da pizzaria B. c) A média de salários das pizzarias A e B são iguais. d) A média de salários da pizzaria B é maior que a média de salários da pizzaria A. e) Acrescentando-se dois funcionários a pizzaria B com salários de R$ 600,00 cada um, ela passará a ter salário médio de R$ 730,00. QUESTÃO 29 Um professor de física do IFTO, campus Araguatins, ao analisar o deslocamento de uma partícula, certificou que sua velocidade v(t), em m/s, em função do tempo t, em s, é dada por uma equação do tipo V(t) =, cujo gráfico é: Qual das alternativas abaixo representa os possíveis valores das constantes e, respectivamente? 9 O valor de é igual a: a) b) c) d) e) FÍSICA QUESTÃO 31 O caso da menina Isabela, que possui uma massa de 30 kg, foi noticiado na mídia nacional e gerou repercussão e comoção pública em todo Brasil. Esta menina foi abandonada do sexto andar de um prédio, segundo as noticias proferidas pela imprensa. Considerando que ela cai livremente, num determinado instante, ela passa pelo ponto 1 da sua trajetória com velocidade V 1 = 10m/s. Após dois segundos ela passa pelo ponto 2. Usando como nível de referência o ponto 2, e supondo g = 10 m/s 2, assinale a alternativa correta. a) A energia mecânica é diferente nos dois níveis de referência. b) A energia potencial é igual nos dois níveis de referência. c) Energia mecânica 13,5 x10 4 J. d) A altura do ponto 1 é de 80 m. e) A energia cinética é igual nos dois níveis de referência. QUESTÃO 32 O efeito fotoelétrico é um fenômeno que teve a sua explicação satisfatória dada em 1905, por Albert Einstein, e em 1921 deu ao cientista alemão

9 o prêmio Nobel de Física. Então, o efeito fotoelétrico é: a) A emissão de elétrons por um material, geralmente metálico, quando exposto a uma radiação eletromagnética. b) Um fenômeno que estuda a relação dos diversos tipos de movimento apresentados pelas partículas subatômicas. c) A fotografia dos elétrons em movimento. d) O estudo feito da radiação da luz branca. e) A captura de uma partícula subatômica, (o elétron), para restabelecer o equilíbrio do núcleo de determinado elemento químico. QUESTÃO 33 Por que você não olha pra mim? Me diz o que é que eu tenho de mal. Por que você não olha pra mim? Por trás dessa lente tem um cara legal...". A música composta pela banda Os Paralamas do Sucesso em 1984 chamava a atenção para o preconceito que existia contra as pessoas que usavam óculos. Existem duas deficiências que provocam efeitos visuais antagônicos: a miopia, em que o portador não vê nitidamente objetos que se situam longe dele; e a hipermetropia, em que o portador não vê nitidamente objetos que se situam perto dele. Sobre esse assunto assinale a opção correta. a) As duas correções se fazem com lentes convergentes. b) A miopia se corrige com lente divergente, mas a hipermetropia, com lente convergente. c) A hipermetropia se corrige com lente divergente, mas a miopia, com lentes convergentes. d) A miopia pode ser corrigida com a lente divergente, mas a hipermetropia, com lente cilíndrica. e) As duas correções se fazem com lentes cilíndricas. QUESTÃO 34 menor do que um dos dois resistores associados, no entanto, qual das alternativas abaixo está correta? a) b) c) d) e) QUESTÃO 35 Microondas são ondas eletromagnéticas com frequência na faixa de 10 9 Hz a Hz. As moléculas de água, que são fortemente polares, tendem a se alinhar com o campo elétrico das ondas eletromagnéticas, quando essas ondas têm frequência de 2,45GHz. As moléculas de água que estão expostas a frequência de 2,45GHz passam a vibrar intensamente, originando assim um fenômeno conhecido como: a) campo elétrico. b) corrente elétrica. c) ressonância. d) difração de ondas. e) força magnética. QUÍMICA (Tabela Periódica na página 19) QUESTÃO 36 Em um circuito elétrico com dois resistores de intensidades 30Ω e 70Ω, são associados de forma que a resistência equivalente é 10 Os herbicidas são compostos que quando aplicados às plantas, reagem com seus constituintes morfológicos ou interferem nos seus sistemas bioquímicos, promovendo efeitos

10 morfológicos ou fisiológicos de graus variáveis, podendo levá-las à morte parcial ou total. Os herbicidas provocam a morte parcial quando matam a parte foliar, deixando as raízes e parte do caule vivos da planta. Quando as plantas morrem, é morte total. Os principais herbicidas inorgânicos são: Ácido sulfúrico, clorato de sódio, cloreto de sódio, nitrato de sódio e sulfato de amônio. CARRARO, G. Agrotóxico e meio ambiente: Uma proposta de ensino de ciências e química. UFRS, Qual das alternativas abaixo indica, respectivamente, as fórmulas moleculares dos herbicidas acima citados. a) H 2 SO 4, NaClO 2, NaCl, NaNO 3, (NH 4 ) 2 SO 4 b) H 2 SO 3, NaClO 3, NaCl, NaNO 3, (NH 4 )SO 4 c) H 2 SO 3, NaClO 2, NaCl, NaNO 2, (NH 3 ) 2 SO 4 d) H 2 SO 3, NaClO 2, NaCl, NaNO 2, (NH 3 ) 2 SO 4 e) H 2 SO 4, NaClO 3, NaCl, NaNO 3, (NH 4 ) 2 SO 4 V. A água tem geometria linear, pois é formado por duas ligações covalentes iguais entre oxigênio e hidrogênio. Está correto apenas o que se afirma em: a) II e IV b) I e II c) I e V d) IV e III e) III e V QUESTÃO 38 Ácido clorídrico de alta pureza pode ser obtido pela reação entre cloro e hidrogênio, seguida pela dissolução do cloreto de hidrogênio em água. Esses processos podem ser representados pelas equações abaixo: QUESTÃO 37 Pão é o produto obtido pela cocção, em condições técnicas adequadas, de massa preparada com farinha de trigo, fermento biológico, água e sal, podendo conter outras substâncias alimentícias aprovadas. O produto é designado por "pão", "pão comum" ou "pão de trigo" quando se tratar do produto comum ou "pão" seguido da substância o tipo que o caracterize. Ex.: "pão de leite", "pão de centeio", "pão francês". Disponível em: Acesso em 14/10/2011 Considere as seguintes assertivas: I. A fermentação de pães é feita com levedura que produz gás carbônico para que a massa cresça; II. A fermentação é uma transformação química responsável pela produção de inúmeros produtos que consumimos diariamente. Entre os mais conhecidos podem ser citados o pão, o iogurte, a cerveja, o vinho, o vinagre, o álcool e vários outros. III. O gás carbônico é um óxido básico, pois apresenta caráter covalente e é formado por ametais. IV. O sal de cozinha utilizado na produção do pão é o cloreto de sódio composto iônico formado por ligações covalentes. 11 Cl 2 (g) + H 2 (g) 2 HCl (g) HCl (g) + H 2 O HCl (aq) Considere a situação em que 2,0 mol de Cl 2 seja posto para reagir com 4,0 g de H 2 e o cloreto de hidrogênio obtido seja totalmente dissolvido em 2,0 L de água. Nessa situação, a alternativa incorreta é: a) A quantidade de HCl produzida é 20 g. b) A concentração da solução de ácido obtida é 4,0 mol/l c) A massa de cloro que reage é 142 g. d) A quantidade de HCl (g) produzida é 146 g. e) O reagente em excesso é H 2 (g). QUESTÃO 39 No ano de 2011 comemoram-se o Ano Internacional das Florestas e o Ano Internacional da Química. Embora não fosse proposital comemoração destas datas em um mesmo ano, as Florestas e a Química estão intimamente conectadas pelo ramo de estudos da química conhecido como Química dos Produtos Naturais. O estudo químico dos constituintes das plantas de nossas florestas, além de contribuir com o desenvolvimento de novos produtos, é de indispensável importância no desenvolvimento de estratégias para a conservação e preservação das mesmas. Este ramo da Química tem crescido muito nos últimos anos em função do despertar

11 para a importância da conservação da biodiversidade existente em nosso país. Neste campo de estudos, descobertas promissoras, desde fármacos até defensivos agrícolas, têm marcado os últimos anos. Neste campo, o conhecimento dos princípios elementares de química orgânica, em especial o reconhecimento das funções orgânicas e suas propriedades, é de grande importância. Uma das metodologias utilizadas no estudo dos compostos oriundos de plantas e animais é a separação dos constituintes de uma mistura, geralmente um extrato, por meio da cromatografia em camada delgada (CCD). Nesta técnica, aplicase uma pequena alíquota do extrato em estudo na base de uma placa de sílica. Em seguida, coloca-se esta placa em contato com um solvente orgânico, o qual irá promover a eluição ( transporte ) do extrato ao longo da placa de sílica. Em função da elevada polaridade da sílica, os compostos pertencentes a funções orgânicas mais polares presentes no extrato são pouco eluídos pelo solvente, ficando aderidos mais próximos à base da placa de sílica. Por outro lado, compostos constituídos por funções orgânicas que sejam de menor polaridade são mais eluídos pelo solvente, podendo ser encontrados mais próximos ao topo da placa de sílica. Obtem-se assim um conjunto de manchas (splots) ao longo da placa de sílica, as quais representam, da base para o topo, a ordem decrescente de polaridade dos constituintes presentes no extrato em estudo. É possível até mesmo identificar algumas classes de composto presentes num determinado extrato utilizando um parâmetro denominado Fator de Retenção (Rf), o qual é calculado dividindo-se a distância (em centímetro) percorrida por uma determinada substância (h) pela distância total percorrida pelo solvente (H). Considere o Esquema representativo de uma CCD apresentado abaixo: Assinale o item abaixo que estiver em acordo com as informações apresentadas nessa questão e com as principais características das funções orgânicas: a) O ácido butanóico apresentaria valor para Rf menor que o valor de Rf do etanoato de etila. b) Se D for um hidrocarboneto B poderá ser um álcool constituinte de um mesmo extrato. c) A seria uma substância com o menor fator de retenção dentre aquelas mostradas no Esquema. d) Embora aminas e alcoóis apresentem pares de elétrons livres, o etanol apresentaria um valor de Rf maior que o valor de Rf apresentado pelo dimetilamina. e) A poderia ser um anidrido enquanto que B poderia ser um hidrocarboneto constituintes de um mesmo extrato. QUESTÃO 40 Uma das áreas em ascensão envolve o estudo de compostos relacionados com os mecanismos de defesa vegetal. Um trabalho recentemente publicado na revista Science apontou que logo após a infecção por um determinado patógeno, o grupo de plantas conhecido como Arabidopsis produz, instantaneamente, elevados teores de um ácido alifático A nas folhas da planta. O aumento na concentração desta substância, por consequência, ocasiona o aumento na concentração foliar de outra substância, o composto bifuncional B. As estruturas destes compostos são apresentadas abaixo: Co mpost o A HO OH O O Co mpost o B O OH OH 12

12 Assinale o item abaixo que seja correspondente ao nome oficial, segundo as normas da IUPAC, dos compostos A e B, respectivamente: a) Ácido 2-dioctanóico e ácido 1-hidroxibenzóico b) Ácido nonan-1,9-dióico e ácido 2- hidroxibenzóico c) Ácido nonandióico e ácido 2-hidroxibenzóico d) Ácido 2-hidroxibenzóico e ácido nonan-1,9- dióico e) Ácido 1-hidroxibenzóico e Ácido 2-dioctanóico BIOLOGIA QUESTÃO 41 Analise a figura que representa uma mitocôndria: trabalham sozinhos interagem uns com os outros, o que resulta em uma nova leva de proteínas. Há uma complexidade biológica muito além da quantidade de genes que temos no corpo. Super Interessante, ed. 282, set. 2010, p. 54 Tendo em vista o tema apresentado acima, analise os itens seguintes: I. Um gene corresponde a uma região do DNA formada por vários nucleotídeos. II. O DNA é o constituinte fundamental dos cromossomos. III. Cada cromossomo é formado por duas moléculas circulares de DNA, associadas a proteínas. IV. Cada gene determina a produção de uma molécula específica de RNA, transcrevendo seu código para ela. V. O processo de síntese de uma cadeia polipeptídica consiste em unir aminoácidos de acordo com a sequência de códons do RNAm. Como essa sequência é determinada pelas bases do DNA (gene) que serviu de molde ao RNAm, a síntese de proteína representa a tradução da informação do gene. Figura adaptada de Amabis, J. M.; Martho, G. R. Biologia das Células. 2. Ed. São Paulo: Moderna, p As mitocôndrias são organelas numerosas nas células com metabolismo energético alto, são responsáveis pela produção de energia nas células. Indique quais os processos energéticos que se realizam nos locais I (matriz) e II (membrana interna da mitocôndria), respectivamente. a) Digestão celular e glicólise. b) Fotossíntese e ciclo de Krebs. c) Ciclo de Krebs e cadeia respiratória. d) Glicólise e ciclo de Krebs. e) Cadeia respiratória e ciclo de Krebs. QUESTÃO 42 Um gene pode estar ligado à produção de várias proteínas, não de apenas uma. E genes não 13 Assinale a opção que apresenta somente afirmativas corretas. a) I, II, III, IV e V b) I, III, IV e V c) II, III, IV e V d) I, II, IV e V e) I, IV e V QUESTÃO 43 Os fósseis são indícios da presença de organismos extintos que viveram em épocas remotas da Terra. Eles são estudados em comparação com organismos hoje existentes no planeta e usados como evidência para as teorias evolucionistas. No estudo comparado dos seres vivos, são encontradas estruturas semelhantes em diferentes espécies. Tais semelhanças podem ser por analogia ou homologia. Com base nestes dados, é incorreto afirmar que: a) As estruturas análogas são fruto do que se chama convergência evolutiva.

13 b) São homólogas, por exemplo, as asas dos insetos e das aves. c) As estruturas homólogas refletem parentesco evolutivo. d) O braço do ser humano e a pata dianteira do cavalo são estruturas homólogas. e) As estruturas análogas têm semelhanças que não são utilizadas nos estudos que visam estabelecer relações de parentesco evolutivo. QUESTÃO 44 Dentre as opções abaixo, assinale aquela que apresenta apenas doenças provocadas por protozoários. a) amebíase, doença de Chagas, leishmaniose ou calazar, malária. b) amebíase, tuberculose, doença de Chagas, raiva. c) febre amarela, hepatite, malária, giardíase. d) doença do sono, dengue, leishmaniose, tétano. e) n.d.a. QUESTÃO 45 Um problema que ano após ano ocorre em grande parte do território brasileiro são as queimadas. No dia 26/09/2011 o Jornal Nacional exibiu uma reportagem sobre o Parque Estadual Serra do Rola Moça, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde um incêndio atingiu a área e foi considerado o maior dos últimos oito anos, com cerca de 80% da vegetação queimada. Na Ilha do Bananal, estado do Tocantins, no ano de 2010, em torno de 10 mil km² foram destruídos, cerca de 45% do total da área. Em Roraima, no ano de 1998, as queimadas escaparam ao controle humano e acabaram por destruir uma enorme área, em torno de 40 mil km 2, ou cerca de 20% do estado. Com relação às queimadas marque a alternativa incorreta. a) As queimadas em florestas tropicais brasileiras estão ligadas à maneira como a ocupação humana vem ocorrendo. Na região amazônica, por exemplo, a ocupação acontece a partir de pulsos migratórios que visam o garimpo e/ou a abertura de fronteiras agrícolas. b) As queimadas podem causar danos irreversíveis à biodiversidade, além de danos a saúde 14 humana, como infecções do sistema respiratório superior, bronquite, asma, conjuntivite, nariz entupido, entre outras. c) O fogo na Amazônia brasileira é responsável pela emissão de grandes quantidades de gases de efeito estufa por vários processos distintos, mas não provoca alterações no ciclo do carbono, pois a Terra é considerada um sistema fechado com relação aos ciclos biogeoquímicos. d) As queimadas podem alterar os mecanismos de formação de nuvens e o albedo, consequentemente alterando os processos radiativos e os ciclos hidrológicos nas regiões tropicais. e) No cerrado as plantas possuem adaptações que lhes permitem resistir ao fogo, como, por exemplo, uma espessa camada externa de cortiça nos caules e caules subterrâneos especiais (xilopódios), a partir dos quais essas plantas podem brotar após cessar o fogo. HISTÓRIA QUESTÃO 46 BRASÍLIA - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou nesta quarta-feira que a decisão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) de condenar o Brasil pelo desaparecimento de 62 pessoas na Guerrilha do Araguaia é meramente política e que não produz efeitos jurídicos no Brasil. Jobim disse também que não há possibilidade de punição para os militares que praticaram tortura no país. Disponível em: Acesso em 12/10/2011 Segundo a Declaração Universal dos Direitos Humanos adotada desde 1948 Ninguém será submetido à tortura nem a penas ou tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes. Assim entre nações que assinaram essa Declaração, é correto afirmar que: a) A autodefesa nacional legitime a supressão dos Direitos Universais do Homem.

14 b) Sejam estabelecidos limites de tolerância, para além dos quais a violação aos direitos humanos seria permitida. c) A violação dos direitos humanos por uma nação autorize a mesma violação pela nação adversária. d) A Constituição de cada país deva se sobrepor aos Direitos Universais do Homem apenas enquanto houver conflito. e) A soberania dos Estados esteja em conformidade com os Direitos Universais do Homem, até mesmo em situações de conflito. QUESTÃO 47 FMI alerta para crise financeira mundial 'iminente' Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) orienta países a conter gastos, sob risco de desaceleração em espiral. Disponível em: Acesso em 13/10/2011 A primeira grande crise econômica mundial teve em sua origem o Crack da Bolsa de valores de New York ocorrido nos EUA, em 1929, sacudindo suas estruturas econômicas. Através do New Deal, no governo Roosevelt ( ) foram adotadas medidas com o objetivo de restaurar a economia americana, exceto: b) Pela introdução da máquina no processo, substituindo as formas artesanais de transformação das matérias-primas em bens de consumo, iniciada na Inglaterra por volta de 1750 e atingindo, posteriormente, outros países. c) Por um processo revolucionário que eclodiu simultaneamente em todos os países da Europa Ocidental na primeira metade do século XIX e que se baseou na substituição das antigas formas de produção de mercadorias pela máquina. d) Pela utilização a partir da segunda metade do século XVII, da mão de obra escrava, disponível em grande escala na Inglaterra nas atividades agrícolas, urbanas e industriais. e) Por uma significativa mudança econômica na Europa do século XVIII gerada pela utilização da máquina no processo de produção, o que resultou, num rápido e sensível aumento nos custos dos produtos. QUESTÃO 49 A imagem a seguir representa a obra de Eugène Delacroix, intitulada A Liberdade Guiando o Povo, onde uma mulher representando a Liberdade guia o povo levando a bandeira tricolor da Revolução Francesa em uma mão e brandindo um mosquete com baioneta na outra. a) A ampliação do sistema previdenciário. b) Aquisição pelo Estado dos excedentes agrícolas. c) Intensificação das obras públicas. d) Restrição à organização sindical. e) Regulamentação do salário mínimo. QUESTÃO 48 A primeira fase da Revolução Industrial caracterizou-se: a) Por um significativo avanço do sistema capitalista em decorrência da utilização da Ciência e da técnica no processo industrial inglês a partir da primeira metade do século XX, com profundas transformações nos setores social, político e cultural. Disponível em: Acesso em 13/10/2011. Para o historiador M. Florenzano a Revolução Francesa não deve ser considerada apenas como uma revolução burguesa. 15

15 A justificativa para tal afirmação é: a) Desde o início do processo revolucionário, a burguesia e o povo dividiram os lucros políticos, como demonstra a publicação da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. b) O poder executivo passou para as mãos do partido jacobino, entre 1793/94, provocando o avanço da Revolução na direção da conquista de benefícios para as massas populares. c) A revolução eliminou todos os vestígios do Antigo Regime, forma de governo que prejudicava, exclusivamente, as camadas mais pobres. d) A burguesia atraiu para o seu lado a maior parte da antiga nobreza feudal, que fazia oposição ao rei, desde a Revolução Aristocrática. e) A proposição não pode ser justificada pelas afirmativas acima. QUESTÃO 50 Fernando Henrique Cardoso governou o Brasil entre 1994 e A respeito desse período, é correto afirmar: a) Estabeleceu-se uma nova Constituição para o Brasil e uma nova política econômica denominada Plano Real. b) Teve início com o impeachment do Fernando Collor de Mello, afastado da Presidência sob acusações de corrupção. c) Estabeleceu-se um governo social-democrata com a aliança entre PSDB e a maioria dos partidos de esquerda do Brasil. d) Caracterizou-se pela reversão do processo de privatizações de empresas estatais que marcara os governos anteriores. e) Foi aprovada a Emenda Constitucional que permitiu a reeleição do Presidente da República Federativa do Brasil. GEOGRAFIA QUESTÃO 51 O mapa a seguir retrata a distribuição da população brasileira no território nacional. THÉRY, H. Uma densidade de contrastes. Conhecimento Prático Geografia. São Paulo: Escala educacional, 2010, p. 31. Com base na análise do mapa e em seus conhecimentos, pode se afirmar que: a) Na Região Centro-Oeste as densidades demográficas são muito elevadas, principalmente, no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. b) A população brasileira é desigualmente distribuída no território. Ainda existe um forte contraste entre as regiões costeiras e interioranas, que reflete os resquícios dos efeitos do processo de colonização e de povoamento do território. c) A distribuição da população brasileira revela uma igualdade leste-oeste, resultado do processo de ocupação e colonização a partir da costa. d) Os estados que possuem as maiores densidades demográficas são Tocantins, Mato Grosso e Goiás. e) Os dados revelam que a densidade demográfica da Região Sudeste se iguala à da Região Norte. QUESTÃO 52 A globalização é um processo de mudanças que não pode ser analisada apenas pelos seus aspectos geopolíticos e econômicos. Correríamos o risco de cair na cilada do tecnicismo, que apenas alinha dados e situa fenômenos específicos. No entanto, esse fenômeno atua fortemente sobre o homem alterando comportamentos e abalando personalidades... As conquistas tecnológicas produzidas na era da globalização em geral são apresentadas como benefícios para toda a 16

16 humanidade. Porém, cabe a pergunta: até que ponto a ciência, a tecnologia e a indústria atuais beneficiam toda a sociedade? O primeiro problema importante decorrente desse processo é o de como assegurar a manutenção de um exército de pessoas que perderam seus empregos em conseqüência da automação e da robotização da produção e dos serviços. SILVA, J. O. da. Adeus trabalho velho, bemvindos robôs. Conhecimento Prático Geografia. São Paulo: Escala educacional, 2010, p. 46. Diante do contexto, não caracteriza efeito da globalização: a) Terceirização contratação de outras empresas para realizar certos serviços com trabalhadores temporários ganhando salários baixos e sem garantias sindicais. b) Aumento do desemprego estrutural provocado por falta de oportunidade no mercado de trabalho devido à automação e robotização da produção e dos serviços. c) As empresas buscam alternativas para manter seus lucros reduzindo custos. d) O Estado passou a intervir cada vez menos na economia e a reduzir seus gastos com políticas sociais. e) Os processos de globalização econômica e financeira em curso afetaram muito mais os países desenvolvidos, que são excluídos dos benefícios gerados pela ciência e tecnologia. QUESTÃO 53 A laterização, processo de formação de solo, acontece normalmente nas áreas de clima: a) temperado b) subtropical c) tropical d) polar e) mediterrâneo QUESTÃO 54 O Tocantins é um dos cinco estados mais ricos em recursos hídricos do País graças aos rios Araguaia, Tocantins e seus afluentes, que se organizam hierarquicamente formando a Bacia Hidrográfica Tocantins-Araguaia. A Bacia Tocantins-Araguaia é considerada a terceira bacia em potencialidade hidrelétrica do Brasil, no entanto gera apenas 20% de sua capacidade. Recentemente foi construída a usina Luiz Carlos Barreto de Carvalho, popularmente conhecida como usina do Estreito no rio Tocantins nas divisas do estado do Maranhão com o estado do Tocantins. Mesmo sendo de grande importância para a produção energética do país essa obra causou grande repercussão, desde 2002, quando foi licitada, entre ambientalistas e governo, pois na fase de construção, as hidrelétricas causam diversos impactos sociais e ambientais. São impactos negativos resultantes da construção das hidrelétricas, exceto: a) Emissão de gases estufa. b) Extinção de espécies endêmicas. c) Inundação de sítios arqueológicos. d) Aumento das reservas indígenas e comunidades quilombolas. e) Alteração na dinâmica da erosão. QUESTÃO 55 A energia elétrica gerada pelas usinas nucleares baseia-se na fissão do átomo. Para isso, elas têm como matéria-prima o urânio ou o tório, dois minerais altamente radioativos. Assinale alternativa que indica um país asiático que recentemente sofreu um grave acidente nuclear. a) Rússia b) Estados Unidos c) China d) Japão e) Indonésia ESPANHOL Leia o texto abaixo e responda as questões de número 56 a 59 Cómo hacer una hoja de vida Hace um par de semanas un joven recién egresado pero con um año de experiencia fue a una entrevista de trabajo. Cuando le preguntaron cuánto quería ganar pidió X plata. Fue tan poquito 17

17 lo que pidió que el entrevistador se sorprendió. Al ver la cara de sorpresa el joven le dijo: Si le parece mucho, tranquilo, págueme menos. Nunca lo contrataron. Quiere saber en qué la embarró? A continuación, y permanentemente, usted encontrará situaciones como la anterior, vividas por jóvenes que están buscando trabajo, y consejos que le serán muy útiles a la hora de buscar empleo. Una vez enterado de la vacante el primer paso es mandar llevar la hoja de vida. Tenga en cuenta que sólo con ver la presentación de ésta, sus entrevistadores se llevarán la primera impresión de cómo es usted. Consejos prácticos para su hoja de vida: Este documento debe ser muy ágil y oportuno. Evite enviar hojas de vida minerva, a menos que se lo exijan. Tenga presente que la hoja de vida es su carta de presentación. Su contenido debe ser lo más sencillo y claro posible. No debe tomar más de dos hojas en papel fino. Perfecta ortografía y redacción: nunca mande las hojas sueltas o agarradas con un clip, siempre grapadas. Revise una y otra vez el contenido. Imagínese la impresión que se pueden llevar al encontrar un error de ortografía. Consúltele a las personas que pueden dar referencia suya si puede contar con ellas, pues, en el caso de que llamen a preguntar por usted, deben estar preparadas. Dentro de sus datos no ponga mentiras. Muchos corroboran que la información sea verídica. MARTIN, I. R. Síntesis: curso de lengua española. 2 ed. São Paulo: Ática, 2005, p. 26 QUESTÃO 56 Según el texto, que tipo de tratamiento se utiliza? El texto dice: QUESTÃO 57 a) Este año, los jóvenes han estudiado mucho. b) Los jóvenes nunca han escrito una hoja de vida. c) Cómo hacer una hora de vida. d) Lo jóven, una vez enterado de la vacante en un empleo, non deve llevar la hora de vida. e) N.D.A. QUESTÃO 58 Intenta traducir: Hace um par de semanas... a) duas semanas atrás b) dois dias atrás c) faz um par de semanas d) faz dois meses e) há uma semana QUESTÃO 59 Cuáles son las características de la hora de vida? a) Hacer preguntas. b) Debe tener muchas horas. c) Su contenido debe ser lo más claro posible. d) Una hora de vida ideal non debe ser ágil. e) Debe tener mentiras. QUESTÃO 60 El número escrito correctamente em español es: a) 65-sessenta y cinco b) 62-sesenta y dos c) 2002-dois mil y dois d) 29-viente y nueve e) 10-diez a) Es utilizado el tratamiento formal. b) Es usado el pronombre usted y, por eso, es informal. c) Es usado los tratamientos formal y informal. d) Todas están correctas e) N.D.A. 18

18 19

19 PROVA DE REDAÇÃO Use o espaço apropriado deste caderno para rascunho. O rascunho não será avaliado. Passe a limpo sua redação na folha definitiva, usando caneta de tinta azul ou preta. Lembre-se de obedecer aos seguintes critérios: Fidelidade ao tema escolhido, apresentando: coesão, coerência, argumentação, estética e extensão. Estrutura: título, introdução, desenvolvimento e conclusão. Criatividade e clareza na apresentação das idéias e do título. Obediência aos critérios gramaticais, como: pontuação, ortografia, concordância verbal e nominal, colocação pronominal, regência verbal e nominal e uso de termos adequados. Conforme Edital Nº 29/2011, a prova subjetiva (redação) vale 20 pontos. Terá nota 0,0 (zero) o candidato que: Apresentar a redação em forma de verso. Afastar-se totalmente do tema escolhido. Apresentar redação identificada com nome, símbolos, etc. Não respeitar a extensão da redação (mínimo de 15 e máximo de 25 linhas). Deixar de identificar a folha definitiva de redação com CPF, RG e nº de inscrição. Leia o quadrinho abaixo: Propostas de redação: Produza um texto dissertativo-argumentativo com um dos temas abaixo: 1. É preciso estudar para garantir crescimento profissional? Revista Nova Escola, outubro de 2011, p A interação da Educação Superior com o mercado de trabalho. Rascunho da prova de redação 20

20

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise

Amazônia Brasileira e Brasil em Crise Amazônia Brasileira e Brasil em Crise 1. (UERJ-2009) Folha de São Paulo, 01/06/2008. Adaptado de Zero Hora, 16/06/2008. Diferentes critérios e objetivos podem orientar a divisão do espaço geográfico em

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

2º Ensino Médio. Professor(a): André Matéria:Geografia Valor: 8,0 Data: 21/10/2014 Prova: P- 31 Bimestre: 4

2º Ensino Médio. Professor(a): André Matéria:Geografia Valor: 8,0 Data: 21/10/2014 Prova: P- 31 Bimestre: 4 Professor(a): André Matéria:Geografia Valor: 8,0 Data: 21/10/2014 Prova: P- 31 Bimestre: 4 01-(Valor 3,0) "UMA REGIÃO QUENTE" "O Oriente Médio é uma região à qual a imprensa sempre se refere como uma área

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Admissão de alunos 2016

Admissão de alunos 2016 Tradição em Excelência Admissão de alunos 2016 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 8⁰ ANO ENSINO FUNDAMENTAL II CIÊNCIAS 1. ORIGEM DA TERRA 1.1. Origem da vida no Planeta Terra (principais teorias). 1.2. Fósseis,

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

SIMULADO ABERTO ENEM 2015

SIMULADO ABERTO ENEM 2015 SIMULADO ABERTO ENEM 2015 1) A figura mostra a bela imagem de um gato ampliada pela água de um aquário esférico. Trata-se de uma imagem virtual direita e maior. A cerca do fenômeno óptico em questão, é

Leia mais

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta.

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 5/8/2009 Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. O clima na Terra não é sempre igual e a temperatura aumenta

Leia mais

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades.

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades. ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende que as avaliações do processo

Leia mais

Eletricidade. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica.

Eletricidade. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica. Eletricidade e automação A UU L AL A O operário desperta com o toque do rádiorelógio. Levanta, acende a luz. Toma um banho quente. Prepara seu lanche com auxílio da torradeira elétrica. Um problema Sai

Leia mais

EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1

EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1 EDITAL Nº 34/2014 PROCESSO SELETIVO AGENDADO DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2015 1 1- DO OBJETO O presente Edital trata do EXAME DE SELEÇÃO AGENDADO de candidatos aos cursos da Faculdade

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2009 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2009 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSSIIVA 2ªª Fase 05//01//2009 Tiipo de Prrova B05 Nome do Candidato: Nº de Inscrição Curso: 1. Este caderno

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos)

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos) Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: português desafio nota: Texto para a questão 1. (Disponível em: )

Leia mais

EXEMPLOS DE QUESTÕES DA PROVA DE NIVELAMENTO DE PORTUGUÊS PRODUÇÃO DE TEXTO

EXEMPLOS DE QUESTÕES DA PROVA DE NIVELAMENTO DE PORTUGUÊS PRODUÇÃO DE TEXTO EXEMPLOS DE QUESTÕES DA PROVA DE NIVELAMENTO DE PORTUGUÊS PRODUÇÃO DE TEXTO QUESTÕES QUE ENVOLVEM CONHECIMENTO RELATIVO À NORMA CULTA DA LÍNGUA (CONCORDÂNCIA VERBAL, REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL, PONTUAÇÃO,

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes 2014 Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes Enem, fantasias e verdades. 3 Eu sou Rommel Fernandes, Diretor de Ensino do Bernoulli, e vou expor um tema interessantíssimo, que envolve o Enem. O exame

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

Termos Técnicos Ácidos Classe de substâncias que têm ph igual ou maior que 1 e menor que 7. Exemplo: sumo do limão. Átomos Todos os materiais são formados por pequenas partículas. Estas partículas chamam-se

Leia mais

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de A U A UL LA Observar a paisagem Nesta aula, vamos verificar como a noção de paisagem está presente na Geografia. Veremos que a observação da paisagem é o ponto de partida para a compreensão do espaço geográfico,

Leia mais

Prova bimestral. Língua portuguesa. A água. 4 o Bimestre 3 o ano. 1. Leia um trecho do texto A água, de Millôr Fernandes.

Prova bimestral. Língua portuguesa. A água. 4 o Bimestre 3 o ano. 1. Leia um trecho do texto A água, de Millôr Fernandes. Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Prova bimestral 4 o Bimestre 3 o ano Língua portuguesa Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia um trecho do texto A água,

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA A A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO Transformando conhecimentos em valores www.geracaococ.com.br Unidade Portugal Série: 6 o ano (5 a série) Período: MANHÃ Data: 27/10/2010 PROVA GRUPO GRUPO X 3 o BIMESTRE PROVA

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO Física - QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETA- MENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) 3341-1244 www.colegiosantateresinha.com.br

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) 3341-1244 www.colegiosantateresinha.com.br PLANEJAMENTO DE AÇÕES DA 2 ª ETAPA 2015 PERÍODO DA ETAPA: 01/09/2015 á 04/12/2015 TURMA: 9º Ano EF II DISCIPLINA: CIÊNCIAS / QUÍMICA 1- S QUE SERÃO TRABALHADOS DURANTE A ETAPA : Interações elétricas e

Leia mais

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente?

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? O Meio Ambiente ::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? Seu João: Não sei não! Mas quero que você me diga direitinho pra eu aprender e ensinar todo mundo lá no povoado onde eu moro. : Seu João,

Leia mais

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem:

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem: 1 EDITAL Nº024/2014 Dispõe sobre processo de SELEÇÃO INTERNA de docentes para lecionarem no ano letivo de 2014, nas Escolas Técnicas Agrícolas mantidas pela Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE.

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Instruções gerais: Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO É claro que o Brasil não brotou do chão como uma planta. O Solo que o Brasil hoje ocupa já existia, o que não existia era o seu território, a porção do espaço sob domínio,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233 Apostila 2 Capítulo 7 Página 233 A evolução da capacidade energética do ser humano A vantagem energética Nosso antepassados criaram um método para as caçadas, que lhes dava certa vantagem energética sobre

Leia mais

Aula de Véspera - Inv-2009 Professor Leonardo

Aula de Véspera - Inv-2009 Professor Leonardo 01. Dois astronautas, A e B, encontram-se livres na parte externa de uma estação espacial, sendo desprezíveis as forças de atração gravitacional sobre eles. Os astronautas com seus trajes espaciais têm

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2012 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências

PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências PROVA TEMÁTICA/2014 Conhecimento e Expressão nas Artes e nas Ciências 5 ANO / ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS. (LÍNGUA PORTUGUESA E REDAÇÃO) Competência

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos.

No modo de produção escravista os trabalhadores recebiam salários muito baixos. Atividade extra Fascículo 2 Sociologia Unidade 3 Questão 1 Leia com atenção o texto de Paul Lovejoy sobre escravidão: Enquanto propriedade, os escravos eram bens móveis: o que significa dizer que eles

Leia mais

Assinale a alternativa correta. a) De acordo com o texto, algumas civilizações e cidades desapareceram: ( ) pelo excesso de água.

Assinale a alternativa correta. a) De acordo com o texto, algumas civilizações e cidades desapareceram: ( ) pelo excesso de água. Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Prova bimestral 4 o Bimestre 4 o ano Língua portuguesa Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia um trecho do texto jornalístico,

Leia mais

Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto

Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto Professora da Disciplina: Maria Inez Data: /09/14 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Ano: 6º Ensino Fundamental Período: Matutino O processo de recuperação começa

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA REVISÃO QUÍMICA Profº JURANDIR QUÍMICA DADOS 01. (ENEM 2004) Em setembro de 1998, cerca de 10.000 toneladas de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) foram derramadas pelo navio Bahamas no litoral do Rio Grande

Leia mais

Planejamento Anual. Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015. Professor(s): Júlio

Planejamento Anual. Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015. Professor(s): Júlio Planejamento Anual Componente Curricular: GEOGRAFIA Ano: 2º Ano Letivo: 2015 Professor(s): Júlio APRESENTAÇÃO: Percebemos ser de fundamental importância que o aluno da 2 Ano do Ensino Fundamental possua

Leia mais

ENEM 2004 19) Alternativa A:

ENEM 2004 19) Alternativa A: ENEM 2004 19) A conversa entre Mafalda e seus amigos a) revela a real dificuldade de entendimento entre posições que pareciam convergir. b) desvaloriza a diversidade social e cultural e a capacidade de

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta

Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta XXII Encontro Sergipano de Física Efeito estufa: como acontece, por que acontece e como influencia o clima do nosso planeta Prof. Dr. Milan Lalic Departamento de Física Universidade Federal de Sergipe

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 CIÊNCIAS DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 5º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências da Natureza Disciplina:

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas.

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 3º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais Arte -Resumo Arte feminino plural Função pragmática ou utilitária Função naturalista As linguagens artísticas

Leia mais

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo INTRODUÇÃO: Desde a pré-história o homem vem se utilizando de diversas fortes e formas de energia, para suprir suas necessidades energéticas, por isso,

Leia mais

A Qualidade da Água nas Cidades de Campina Grande e Taperoá. *gicelia.moreira2009@gmail.com

A Qualidade da Água nas Cidades de Campina Grande e Taperoá. *gicelia.moreira2009@gmail.com A Qualidade da Água nas Cidades de e Gicélia Moreira (ID) 1,AntonioJoão S. Filho(ID) 1 Nataline C. S. Barbosa (ID) 1 Antonio N. de Souza (PG) Departamento de Química CCT-UEPB *gicelia.moreira2009@gmail.com

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 2015 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 2015 Podemos sempre mais do que imaginamos. Me. Agathe Verhelle Caros Pais e Alunos, A Recuperação de Estudos oportuniza a participação em aulas e atividades sobre temas já estudados,

Leia mais

Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio

Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio Sociologia: 1º ano Estrutura social; Comunidades e Sistema Social. 2º ano Escola de Frankfurt; Indústria capitalista. 3º ano Mercado Globalizado;

Leia mais

CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA

CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA Disciplina - Geografia 2 a Série Ensino Médio CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA Professor: Gelson Alves Pereira 1- INTRODUÇÃO Nos últimos 250 anos, houve um grande consumo de energia e combustíveis. Acredita-se

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final Disciplina: Química Ano: 2012 Professor (a): Elisa Landim Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS VESTIBULAR DE INVERNO 013 GABARITOS E COMENTÁRIOS (TARDE 07/07/013) CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PROVAS DE: BIOLOGIA, GEOGRAFIA E HISTÓRIA (OBJETIVAS) FÍSICA, MATEMÁTICA E

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS?

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? Ensino Fundamental II e Ensino Médio O sistema capitalista move a nossa sociedade, sendo um modelo econômico atual que pressupõe uma

Leia mais

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa Setor 3210 ÓPTICA GEOMÉTRICA Prof. Calil A Óptica estuda a energia denominada luz. 1- Quando nos preocupamos em estudar os defeitos da visão e como curá-los, estamos estudando a Óptica Fisiológica. Estudar

Leia mais

GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO - 7º ANO RECUPERAÇÃO FINAL 2015 1. Objetivas:

GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO - 7º ANO RECUPERAÇÃO FINAL 2015 1. Objetivas: GEOGRAFIA Objetivas: 01 No último século, o Brasil deixou de ser um país essencialmente rural e se tornou um país urbano-industrial. Nesse processo, foram muitas as mudanças em seu espaço geográfico, especialmente

Leia mais

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE -2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE DISCURSIVA OBJETIVA QUÍMICA FÍSICA QUÍMICA FÍSICA Matéria e energia Propriedades da matéria Mudanças de estado físico

Leia mais

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise A crise econômica afeta o setor sucroenergético principalmente, dificultando e encarecendo o crédito

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO Física - QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETA- MENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno.

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno. 1. ASPECTOS GERAIS Comércio é um conceito que possui como significado prático, trocas, venda e compra de determinado produto. No início do desenvolvimento econômico, o comércio era efetuado através da

Leia mais

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina GEOGRAFIA Curso Professor ENSINO MÉDIO FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 1ª SÉRIE Número: 1 - Conteúdo: Domínios morfoclimáticos - estudar as interrelações

Leia mais

CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA. Professor: Gelson Alves Pereira 2ª Série Ensino Médio

CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA. Professor: Gelson Alves Pereira 2ª Série Ensino Médio CAPÍTULO 28 A QUESTÃO ENERGÉTICA Professor: Gelson Alves Pereira 2ª Série Ensino Médio 1- Introdução Nos últimos 250 anos, houve um grande consumo de energia e combustíveis. Acredita-se que, até 2030,

Leia mais

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade Sugestões de atividades As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade 9 CIÊNCIAS 1 Ciências Naturais 1. Por que a Física é considerada uma ciência básica? 2. O que a Biologia estuda? 3. O que

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 1º ANO BIOLOGIA Origem da vida Citologia Teoria da geração espontânea e biogênese. Teoria de Oparin e Haldane. Panspermia. Criacionismo. Os primeiros seres vivos. Água. Sais

Leia mais

Com base nos conhecimentos sobre usinas hidrelétricas e na análise do mapa, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) para as afirmativas a seguir.

Com base nos conhecimentos sobre usinas hidrelétricas e na análise do mapa, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) para as afirmativas a seguir. Relatório do vestibular UEL Questões da Primeira Fase: Trata-se de um vestibular de elevada qualidade, com questões diversificadas nos temas trabalhados, incluindo assuntos de atualidades e com relevância

Leia mais

6. Considerações finais

6. Considerações finais 84 6. Considerações finais Nesta dissertação, encontram-se registros de mudanças sociais que influenciaram as vidas de homens e mulheres a partir da chegada das novas tecnologias. Partiu-se da Revolução

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / /2011 ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE: 6ª série/7 ano TURMA: TURNO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: Equipe de Geografia Roteiro e lista de Recuperação

Leia mais

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha

ORIENTE MÉDIO. Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II. Jerusalém Muro das Lamentações e Cúpula da Rocha Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Aula II ORIENTE MÉDIO -Região marcada por vários conflitos étnicos, políticos e religiosos. -Costuma-se considerar 18 países como pertencentes ao Oriente

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. Respiração e Fermentação 1. (Fuvest) O fungo 'Saccharomyces cerevisiae' (fermento de padaria) é um anaeróbico facultativo. Quando cresce na ausência de oxigênio, consome muito mais glicose do que quando

Leia mais

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO ANEXO 1 S PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO S PRÉVIOS DO 5º ANO PARA CANDIDATOS A BOLSA NO 6 ANO PORTUGUÊS Leitura e interpretação textual Artigo Substantivo (comum,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE PORTUGUÊS Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 28/05/2011 Nota: Professora: Paula Valor da Prova: 30 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais