CONCURSO PÚBLICO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA DO CIDADÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCURSO PÚBLICO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA DO CIDADÃO"

Transcrição

1 Universidade do Estado de Santa Catarina CONCURSO PÚBLICO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA DO CIDADÃO Nível Médio INSTRUÇÕES GERAIS Você recebeu o Caderno de Prova e o Cartão-Resposta. Resolva todas as questões, revise suas respostas e preencha o Cartão-Resposta, seguindo as instruções. Confira os dados de sua inscrição no Cartão-Resposta. Constatando erro, contate o fiscal para fazer a correção. Você só poderá entregar sua prova após 60 (sessenta) minutos do início. Os três últimos candidatos somente poderão retirar-se da sala simultaneamente. Ao se retirar da sala não leve consigo nenhum material da prova.

2 Português Instinto Assassino Um estudo recente chegou a uma conclusão polêmica: somos (quase) todos assassinos em potencial ou você nunca quis matar alguém? Você já teve vontade matar alguém? Imaginou em detalhes como ia fazer isso? Chegou a pesar os prós e contras e, obviamente, percebeu que não faz sentido (além de contrariar seus princípios morais, o risco de ser pego e o custo seriam muito grandes)? Bem, se você respondeu sim a essas perguntas, saiba que não está sozinho. Segundo o maior estudo realizado sobre fantasias homicidas, 91% dos homens e 84% das mulheres admitiram já ter pensado (em minúcias) como se livrar de outra pessoa. Sim, você leu bem. A esmagadora maioria dos 5 mil entrevistados (entre os quais 375 assassinos) confessaram esse fato, o que levou o coordenador da pesquisa, David Buss, chefe do Departamento de Psicologia Evolutiva da Universidade do Texas, a concluir que a capacidade de tirar a vida é uma característica comum a todos os seres humanos, resultado da seleção natural. Além das conversas ao vivo, a equipe ainda fez uma inédita análise de relatórios do FBI, a política federal americana, e transformou os resultados no livro The Murderer Nextt Doorf ( O Assassino mora ao Lado ), que foi lançado nos EUA. As conclusões são estarrecedoras e surpreendentes. Afinal ninguém (exceto alguns psicopatas) admite que o homicídio seja uma prática socialmente aceita. Ao contrário, é um crime abominável. Para Buss, porém, a predisposição para cometê-lo em determinadas circunstâncias está nos nossos genes. A capacidade de matar ajudou nossos ancestrais a sobreviver e a se reproduzir melhor. (Super Interessante, ed. 222, jan. 2006, p.79.) 01. Assinale a alternativa incorreta. a) O percentual alto da pesquisa reflete que, na história da evolução do homem, o assassinato tem sido uma solução para lidar com os diversos problemas que o afligem. b) O professor que elaborou o livro teve sua tese baseada em pesquisas também com uma parcela de criminosos. c) O alto percentual da pesquisa retratado no livro é uma forma de banir os crimes da sociedade. d) O texto é o resultado de uma pesquisa que mostra conclusões aterrorizantes que, ao mesmo tempo, causam surpresas. e) O texto mostra que ninguém admite, com exclusão dos psicopatas, que o homicídio seja uma prática aceita na sociedade.

3 02. Em relação ao período A esmagadora maioria dos 5 mil entrevistados (entre os quais 375 assassinos) confessaram esse fato..., assinale alternativa correta. a) O verbo confessar, por ser um verbo intransitivo, tanto pode ficar no plural quanto no singular, sem que se altere o significado da oração. b) Os parênteses, no período acima, são uma forma de enfatizar o sujeito, o que é comum nos casos de concordância ideológica. c) O verbo está flexionado no plural, porque o sujeito mais próximo é 375 assassinos. d) O verbo confessar exige um complemento para integrar seu sentido; esse complemento sintaticamente é denominado objeto direto. e) Seguindo a linguagem padrão culta, a concordância faz com que o verbo permaneça no singular. 03. Assinale a alternativa que registra a palavra com sufixo formador de advérbio. a) pensamento b) obviamente c) sociedade d) capacidade e) características 04. Associe a 2ª coluna de acordo com a 1ª coluna. (1) porquê ( ) houver seriedade no trabalho, as pesquisas não avançam. (2) se não ( ) Ela não sabia fazer outra coisa criticar. (3) por que ( ) Não se tem idéia ele tomou decisão tão drástica. (4) por quê ( ) Não é fácil encontrar o de toda a sua frustração. (5) senão ( ) Diante da reportagem Instinto Assassino nos questionamos:? Assinale a alternativa que apresenta a correta associação de cima para baixo. a) b) c) d) e)

4 Matemática 05. Considere os gráficos cartesianos (a), (b), (c) e (d) abaixo, os conjuntos A={1,2,3} e B={1,3,4,5} de números reais e a relação definida por R={(x,y) A B: y=2x 1}. Assinale a alternativa correta. a) Somente o gráfico cartesiano (b) representa a relação R. b) Somente o gráfico cartesiano (c) representa a relação R. c) Somente os gráficos cartesianos (a), (b) e (c) representam a relação R. d) Somente o gráfico cartesiano (a) representa a relação R. e) Somente o gráfico cartesiano (d) representa a relação R. 06. Um capital inicial de R$100,00 é aplicado em uma instituição financeira com taxa de juros simples de 20% ao mês, ou seja, o valor do capital é alterado a cada mês, com um aumento de 20% em relação ao capital inicial. A seqüência de valores do capital, a cada mês, forma uma: a) PG de razão 2. b) PG de razão 20. c) PA de razão 2. d) PG de razão 0,2. e) PA de razão Em um grupo de 100 pessoas, 70 têm sangue com RH positivo e 45 têm sangue tipo O. Escolhendo-se ao acaso uma pessoa desse grupo, a probabilidade de o sangue dessa pessoa ser de tipo diferente de O é: a) 55%. b) 45%. c) 70%. d) 30%. e) 50%.

5 08. Uma criança está brincando de fazer quadrados com palitos de fósforos, no sentido da seta, como mostra o desenho a seguir: Quantos palitos são necessários para que a criança faça 100 quadrados no mesmo sentido? a) 299 palitos b) 300 palitos c) 301 palitos d) 400 palitos e) 399 palitos

6 Santa Catarina 09. A bacia hidrográfica de Santa Catarina é constituída por duas vertentes: a do Atlântico e a do Interior. Um dos rios que compreende a vertente do Atlântico é: a) o rio Itajaí, no Sul do Estado. b) o rio Canoas, no Norte do Estado. c) o rio Tubarão, no Sul do Estado. d) o rio Canoinhas, na Grande Florianópolis. e) o rio do Peixe, no Norte do Estado. 10. O setor de informática em Santa Catarina vem crescendo nas últimas décadas, de modo significativo. O complexo industrial da informática localiza-se principalmente em: a) Criciúma. b) Chapecó. c) Joinville. d) Florianópolis. e) Itajaí. 11. No século XIX, Santa Catarina recebeu um grande contingente migratório, o que contribuiu para uma formação cultural bastante diversificada. Sobre esse processo migratório, é correto afirmar que: a) o principal grupo colonizador foi formado por alemães, que não fundaram nenhuma importante cidade em Santa Catarina. b) os alemães e italianos fundaram e colonizaram Lages. c) a colonização ítalo-portuguesa só conseguiu prosperar na região de Desterro, atual Florianópolis. d) a imigração alemã dirigiu-se principalmente ao interior de Santa Catarina. e) o Oeste catarinense foi preferencialmente alvo dos colonos espanhóis vindos de Corrientes e Missiones.

7 12. A história republicana brasileira, durante o período da República Velha, presenciou o episódio no Sul do país, envolvendo os Estados do Paraná e Santa Catarina, conhecido como Guerra do Contestado. A respeito desse sangrento conflito, é incorreto afirmar: a) Mesmo depois da morte do monge João Maria de Jesus, muita gente simples da região acreditava na ressurreição dele, o que provavelmente fez surgirem novos monges entre os posseiros. b) A alta taxa de impostos cobrada pelo governo republicano, aplicada sobretudo nos produtos agrícolas catarinenses, fez surgir a revolta. c) A região do Contestado dedicava-se, basicamente, às atividades extrativas da pecuária extensiva e da erva-mate. d) A região contestada era povoada, principalmente, por posseiros sem oportunidade de ascensão social ou econômica. e) Junto à população marginalizada da área contestada, destaca-se a atuação dos elementos psicorreligiosos denominados monges.

8 Informática 13. No Microsoft Word 2000, o recurso mais indicado para se criar uma lista de itens em um texto é: a) Inserir Marcadores e Numeração b) Inserir Tabela c) Formatar Marcadores e Numeração d) Inserir Lista de Itens e) Ferramentas Opções 14. No Microsoft Windows XP: I um arquivo é composto somente por nomes com até 8 caracteres e uma extensão com 3 caracteres. II um computador pode ter dois arquivos com o mesmo nome, na mesma pasta. III um arquivo pode ser salvo com nome composto por espaços, acentuação, com ou sem extensão. IV um arquivo, quando é salvo, torna-se automaticamente protegido contra vírus, pelo sistema operacional Windows XP. De acordo com as afirmativas, assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmações III e IV são verdadeiras. b) Somente as afirmações I e IV são verdadeiras. c) Somente a afirmação III é verdadeira. d) Somente as afirmações I, III e IV são verdadeiras. e) Somente a afirmação IV é verdadeira. 15. Em relação à internet, é incorreto afirmar que: a) podemos utilizar software para troca de mensagens instantâneas e arquivos. b) um site de FTP permite a visualização de páginas da internet. c) uma URL corresponde a um endereço na internet. d) o serviço de correio eletrônico não garante a entrega de mensagens. e) é possível usar um navegador para ler s.

9 16. Analise as afirmações abaixo. I Um CD-R, um disquete e um DVD-ROM são formas de memória secundária, e permitem a recuperação de dados em outros equipamentos. II A memória RAM de um computador preserva os dados, mesmo com o computador desligado. III Um disco rígido de 1024 Mb é capaz de armazenar mais informação que um disco rígido de 1 Gb. IV Tanto o modem como a placa de rede do computador podem ser utilizados pelo computador para se conectarem à internet. V A função de um scanner é capturar imagens ou textos e enviá-las ao computador. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmações I, IV e V são verdadeiras. b) Somente a afirmação II é verdadeira. c) Somente as afirmações I, III e V são verdadeiras. d) Somente as afirmações I, II e III são verdadeiras. e) Somente as afirmações IV e V são verdadeiras.

10 Estatuto do Servidor Público 17. Pode-se afirmar que, de acordo com o Estatuto do Servidor Público do Estado de Santa Catarina (Lei Estadual nº 6.745/1985): a) o funcionário responde civil e administrativamente pelo exercício regular de suas atribuições, sendo as cominações dependentes entre si. b) o funcionário responde civil, penal e administrativamente pelo exercício irregular de suas atribuições, sendo as cominações dependentes entre si. c) os funcionários não devem observar rigorosamente o seu horário de trabalho, previamente estabelecido. d) o funcionário é responsável por todos os prejuízos que, nessa condição, causar ao patrimônio do Estado, por dolo ou culpa, não necessitando de prévia apuração. e) o registro de freqüência é diário e mecânico ou, nos casos indicados em regulamento, por outra forma que vier a ser adotada. 18. Assinale a alternativa correta. a) A nomeação somente é feita em caráter provisório. b) A nomeação é feita em caráter provisório, quando decorrente de concurso público. c) A nomeação é feita em caráter definitivo, quando decorrente de cargo em comissão. d) A posse é o ato pelo qual o nomeado para um cargo público manifesta, pessoal e expressamente, a sua vontade de aceitar a nomeação e iniciar o exercício das respectivas funções. e) A posse é o ato pelo qual o nomeado para um cargo público não manifesta pessoal e expressamente a sua vontade, por ser conseqüência automática da nomeação. 19. O Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Santa Catarina (Lei Estadual nº 6.745/1985) dispõe, em seu artigo 5º, sobre a admissão ao serviço público estadual, estando previsto que ela: a) necessita de aprovação posterior em concurso público. b) sempre dependerá de aprovação prévia em concurso público, independentemente do cargo. c) sempre independe de aprovação em concurso público, para qualquer cargo. d) somente necessita de aprovação prévia em concurso público para os cargos em comissão. e) sempre dependerá de aprovação prévia em concurso público, exceto para o provimento de cargos em comissão.

11 20. De acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do Estado de Santa Catarina (Lei Estadual nº 6.745/1985): a) as gratificações fazem parte do vencimento, sendo de caráter definitivo. b) vencimento é a retribuição mensal paga ao funcionário pelo exercício do cargo, correspondente à remuneração e vantagens pecuniárias. c) as vantagens pecuniárias sempre terão caráter definitivo. d) remuneração é a retribuição mensal paga ao funcionário pelo exercício do cargo, correspondente ao vencimento e vantagens pecuniárias. e) as vantagens pecuniárias sempre terão caráter provisório.

12 Específica Agente Prisional Feminino e Masculino 21. De acordo com a Lei nº 7.210/1984, que instituiu a Lei de Execução Penal, é correto afirmar: a) A assistência material ao preso e ao internado consistirá apenas no fornecimento de alimentação. b) A execução penal não tem por objetivo efetivar as disposições de sentença ou decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica integração social do condenado e do internado. c) Os condenados não são classificados segundo os seus antecedentes e personalidade, para orientar a individualização da execução penal. d) A execução penal tem por objetivo efetivar as disposições de sentença ou decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica integração social do condenado e do internado. e) A assistência ao preso e ao internado não é dever do Estado, objetivando prevenir o crime e orientar o retorno à convivência em sociedade. 22. A Lei de Execução Penal, em seu artigo 39, prevê os seguintes deveres do condenado: I comportamento disciplinado e cumprimento fiel da sentença, obediência ao servidor e respeito a qualquer pessoa com quem deva relacionar-se. II urbanidade e respeito no trato com os demais condenados, conduta oposta aos movimentos individuais ou coletivos de fuga ou de subversão à ordem ou à disciplina. III execução do trabalho, das tarefas e das ordens recebidas, submissão à sanção disciplinar imposta. IV indenização à vítima ou aos seus sucessores e indenização ao Estado, quando possível, das despesas realizadas com a sua manutenção, mediante desconto proporcional da remuneração do trabalho. V higiene pessoal e asseio da cela ou alojamento, bem como conservação dos objetos de uso pessoal. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas III e V são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

13 23. De acordo com a Lei de Execução Penal, é correto afirmar: a) A penitenciária destina-se apenas ao condenado à pena de detenção em regime aberto. b) A colônia agrícola, industrial ou similar destina-se ao cumprimento da pena apenas em regime fechado. c) A penitenciária destina-se ao condenado à pena de reclusão em regime fechado. d) A casa do albergado destina-se ao cumprimento de pena privativa de liberdade, em regime fechado e semi-aberto, e da pena de limitação de fim de semana. e) A cadeia pública não se destina ao recolhimento de presos provisórios. 24. A Lei de Execução Penal, quando dispõe sobre a assistência ao preso e ao internado, prevê: a) a assistência social não visa colaborar com o preso e internado em seu retorno à liberdade. b) a assistência à saúde do preso e à do internado de caráter preventivo e curativo; compreende atendimento médico, farmacêutico e odontológico. c) a assistência à saúde do preso e à do internado de caráter preventivo e curativo; compreende apenas atendimento médico. d) a assistência à saúde do preso e à do internado de caráter preventivo e curativo; compreende apenas atendimento farmacêutico e odontológico. e) a assistência jurídica é destinada aos presos e aos internados com recursos financeiros para constituir advogado. 25. O trabalho do condenado, como dever social e condição de dignidade humana, terá finalidade educativa e produtiva. Com relação a isso, pode-se afirmar: a) O trabalho do preso está obrigatoriamente sujeito ao regime do servidor estatutário. b) O trabalho do preso não está sujeito ao regime da Consolidação das Leis do Trabalho. c) O trabalho do preso necessariamente está sujeito ao regime da Consolidação das Leis do Trabalho. d) As tarefas executadas como prestação de serviço à comunidade serão remuneradas. e) O trabalho do preso será remunerado, não podendo a remuneração ser inferior a 1/2 do salário mínimo. 26. Com relação ao concurso de crime e contravenção, pode-se afirmar: a) É controvertida a questão, principalmente quanto à absorção da contravenção pelo crime, entendendo-se mais salutar primeiramente a execução da pena mais grave. b) A contravenção absorve o crime. c) Executa-se primeiramente a pena mais leve. d) Executa-se primeiramente a contravenção. e) A contravenção é mais grave que o crime.

14 27. Com relação aos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral, pode-se conceituar o peculato como: a) o retardo ou oferta para praticar ato de ofício somente visando ao interesse alheio. b) a apropriação do funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desvio, em proveito próprio ou alheio. c) a solicitação do funcionário público, de vantagem pessoal. d) a oferta ou promessa de vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar ato de ofício. e) o retardo de ato de ofício, ou a prática contra disposição legal para satisfazer interesse pessoal. 28. Com relação aos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral, pode-se conceituar condescência criminosa: a) a oferta ou promessa de vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar ato de ofício. b) o patrocínio, direta ou indiretamente, de interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário. c) quando o funcionário, por indulgência, responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente. d) o retardo ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal. e) entrar no exercício de função pública antes de satisfeitas as exigências legais, ou continuar a exercê-la, sem autorização, depois de saber oficialmente que foi exonerado, removido, substituído ou suspenso. 29. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende: a) a União e os Estados, todos autônomos, nos termos da Constituição. b) a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos da Constituição. c) a União, os Estados e os Municípios, todos soberanos e independentes, nos termos da Constituição. d) a União, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos da Constituição. e) a União, os Estados e os Municípios, todos autônomos, nos termos da Constituição.

15 30. De acordo com o previsto na Constituição Federal, quanto à organização políticoadministrativa da República Federativa do Brasil, pode-se afirmar: a) Os Municípios e os Estados integram os Territórios Federais. b) Os Territórios Federais integram necessariamente os Estados. c) Jamais poderá haver criação ou transformação de um Território Federal em Estado ou reintegração ao Estado de origem; isso será regulado em lei complementar. d) Os Territórios Federais integram os Municípios. e) Os Territórios Federais integram a União e a sua criação, transformação em Estado ou reintegração ao Estado de origem serão reguladas em lei complementar. 31. Com a organização política-administrativa da República Federativa do Brasil, está assegurada: I a união indissolúvel dos Estados e Municípios. II a vedação de distinções entre brasileiros. III a vedação de criar preferências entre um Estado federado e outro(s). IV Brasília como a Capital Federal. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa IV é verdadeira. b) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. c) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. d) Todas as afirmativas são verdadeiras. e) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. 32. São poderes da União, independentes e autônomos entre si: a) apenas o Legislativo e o Judiciário. b) apenas o Legislativo e o Executivo. c) o Legislativo e o Judiciário, sendo dependentes deles o Executivo. d) apenas o Legislativo, o qual controla o Executivo. e) o Legislativo, o Judiciário e o Executivo. 33. Sistemas de governo são técnicas que regem as relações entre o Poder Legislativo e o Poder Executivo no exercício de suas funções governamentais, tendo o Brasil adotado o sistema: a) autônomo. b) parlamentarista. c) presidencialista. d) republicano. e) federativo.

16 34. Assinale a alternativa correta. a) O uso do poder é lícito e o abuso do poder é ilícito. b) O uso e o abuso do poder são ilícitos. c) O abuso do poder é ilícito, mas não nulo. d) O uso e o abuso do poder sempre são passíveis de nulidade. e) O uso do poder é ilícito e o abuso de poder pode ser lícito. 35. Assinale a alternativa que contenha a proposição correta. a) O governo estadual é constituído apenas pelo Poder Executivo, exercido pelo Governador, e pelo Poder Legislativo, exercido pela Câmara Municipal. b) O governo municipal é constituído pelo Poder Executivo, exercido pelo Prefeito, pelo Poder Legislativo, exercido pela Câmara Municipal, e pelo Poder Judiciário, exercido pelos Desembargadores. c) O governo municipal é constituído apenas pelo Poder Executivo, exercido pelo Prefeito, e pelo Poder Judiciário, exercido pelos Desembargadores. d) O governo municipal é constituído apenas pelo Poder Executivo, exercido pelo Prefeito, e pelo Poder Legislativo, exercido pela Assembléia Legislativa. e) O governo municipal é constituído apenas pelo Poder Executivo, exercido pelo Prefeito, e pelo Poder Legislativo, exercido pela Câmara Municipal. 36. De acordo com a Constituição Federal, constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I construir uma sociedade livre, justa e solidária. II garantir o desenvolvimento nacional. III erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais. IV promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

17 37. A República Federativa do Brasil rege-se, nas suas relações internacionais, pelos seguintes princípios: a) dependência nacional, independência dos povos. b) desigualdade entre os Estados, defesa da paz, solução pacífica dos conflitos. c) repúdio ao terrorismo e ao racismo, não cooperação entre os povos para o progresso da humanidade. d) não concessão de asilo político, não-intervenção. e) independência nacional, prevalência dos direitos humanos, autodeterminação dos povos. 38. Nos direitos e garantias fundamentais do cidadão está previsto: a) A pena passará da pessoa do condenado, nunca podendo a obrigação de reparar o dano e a decretação do perdimento de bens ser, nos termos da lei, estendidas aos sucessores e contra eles executadas, independentemente do limite do valor do patrimônio transferido. b) São admissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos. c) Poderá haver pena de caráter perpétuo e de trabalhos forçados. d) Ninguém será considerado culpado, até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. e) Constitui crime afiançável e prescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático. 39. Com relação aos direitos e garantias fundamentais dos cidadãos, segundo a Constituição Federal, é correto afirmar: a) Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. b) Nem todos são iguais perante a lei, com distinções, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes fora do País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. c) Em casos excepcionais são permitidos a tortura, o tratamento desumano ou degradante. d) São violáveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação. e) São violáveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, não estando assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.

18 40. É correto afirmar que, de acordo com a Constituição Federal, em seu artigo 5º, entre outros direitos: a) Às presidiárias não serão asseguradas condições para que possam permanecer com seus filhos durante o período de amamentação. b) É reconhecida a instituição do júri, como a organização que lhe der a lei, assegurada a sua competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida. c) Há crime sem lei anterior que o defina, e pena sem prévia cominação legal. d) A lei penal jamais retroage. e) Não está assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral. 41. De acordo com a Constituição Federal, a lei regulará a individualização da pena e adotará, entre outras: a) apenas multa, prestação social alternativa e suspensão ou interdição de direitos. b) apenas privação ou restrição da liberdade, perda de bem e multa. c) apenas perda de bem, multa e prestação social alternativa. d) privação ou restrição da liberdade, perda de bem, multa, prestação social alternativa e suspensão ou interdição de direitos. e) apenas privação ou restrição da liberdade, prestação social alternativa e suspensão ou interdição de direitos. 42. Considera-se agente público: a) pessoas físicas previamente aprovadas em concurso público e investidas em cargo público. b) as pessoas jurídicas que prestam serviços ao Estado. c) toda pessoa física que presta serviços ao Estado e às pessoas jurídicas da Administração Direta e Indireta, ou seja, a quem estiver no exercício de função estatal. d) somente os servidores públicos. e) somente os agentes políticos. 43. Pode-se afirmar que: a) o Brasil adotou como forma de Governo a República. b) o Brasil adotou como forma de Governo o Presidencialismo. c) jamais um brasileiro perderá a nacionalidade brasileira. d) existem cargos públicos que são privativos de brasileiros naturalizados. e) o Brasil adotou a forma de Governo Democrática e Nacionalista.

19 44. Devem ser obedecidos pela Administração Pública Direta e Indireta de quaisquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios: a) apenas o princípio da legalidade. b) os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. c) apenas os princípios de legalidade, impessoalidade e eficiência. d) apenas os princípios da impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. e) apenas os princípios de legalidade, moralidade e publicidade. 45. É correto afirmar: a) Servidores públicos, em sentido amplo, são pessoas jurídicas que exercem atividades para o Estado, com vínculo empregatício. b) Servidor público não é considerado agente público. c) Somente os brasileiros natos poderão ser servidores públicos. d) Servidores públicos, em sentido amplo, são as pessoas naturais que exercem atividade para o Estado, no interesse público, com vínculo empregatício e mediante remuneração advinda dos cofres públicos. e) Servidores públicos, em sentido estrito, são pessoas jurídicas que exercem atividades para o Estado. 46. Com relação à responsabilidade civil da Administração Pública, é correto afirmar: a) As pessoas de direito público não responderão pelos danos causados por seus agentes, pois somente as pessoas naturais são responsáveis civilmente. b) A responsabilidade do Estado somente será caracterizada quando subjetiva, ou seja, quando o agente público agir com culpa. c) A responsabilidade do funcionário público é objetiva, independentemente de sua vontade de agir. d) A responsabilidade do Estado é objetiva, não estando assegurado o direito de regresso contra os agentes responsáveis, nos casos de dolo ou culpa. e) Está caracterizada na doutrina e no direito brasileiro a responsabilidade objetiva do Estado e a subjetiva do funcionário público. 47. Com relação à classificação dos atos administrativos, é correto afirmar: a) Os atos vinculados não exigem previsão legal para eles próprios. b) Quanto ao seu regramento, os atos podem ser vinculados ou discricionários. c) Considera-se ato vinculado aquele em que a Administração tem liberdade de escolher o seu conteúdo. d) Considera-se ato discricionário aquele para o qual a lei estabelece os requisitos e as condições de sua realização. e) Os atos discricionários confundem-se com atos arbitrários.

20 48. São modalidades da Administração Indireta: a) as autarquias, as fundações criadas pelo Poder Público, as sociedades de economia mista e as empresas públicas. b) somente as autarquias e as fundações de natureza privada, as sociedades de economia mista. c) somente as autarquias públicas e as fundações privadas. d) somente as sociedades de economia mista e as empresas públicas. e) somente as autarquias, as empresas públicas e as fundações privadas. 49. Quanto aos atos administrativos, pode-se afirmar: I Aprovação é o ato unilateral e vinculado pelo qual a Administração Pública reconhece a legalidade de um ato jurídico. II Homologação é o ato unilateral e discricionário pelo qual se exerce o controle posterior. III Parecer é o ato unilateral pelo qual a autoridade competente atesta a legitimidade formal de outro ato jurídico. IV Visto é o ato vinculado que reconhece a legalidade de ato jurídico. Assinale a alternativa correta. a) Todas as afirmativas são falsas. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. e) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras. 50. Com relação à invalidação de um ato administrativo, é correto afirmar: a) A revogação é um ato ilegítimo e ineficaz, mas conveniente ao interesse público. b) Revogação é a declaração de invalidação de um ato administrativo ilegítimo ou ilegal, feita pela própria Administração ou pelo Poder Judiciário. c) A anulação fundamenta-se no poder discricionário de que dispõe a Administração. d) Revogação é a supressão de um ato administrativo legítimo e eficaz, mas inconveniente ao interesse público. e) Reconhecida a prática de ato contrário ao Direito, cabe a anulação o quanto antes, visando restabelecer a legalidade administrativa.

Questões Dissertativas (máximo 15 linhas)

Questões Dissertativas (máximo 15 linhas) Questões Dissertativas (máximo 15 linhas) 1) O que é tributo? Considerando a classificação doutrinária que, ao seguir estritamente as disposições do Código Tributário Nacional, divide os tributos em "impostos",

Leia mais

Direito Constitucional 3º semestre Professora Ilza Facundes. Organização do Estado Federação na Constituição de 1988

Direito Constitucional 3º semestre Professora Ilza Facundes. Organização do Estado Federação na Constituição de 1988 Direito Constitucional 3º semestre Professora Ilza Facundes Organização do Estado Federação na Constituição de 1988 a) CARACTERÍSTICAS I. Órgãos representativos: Câmara dos Deputados Representa o Povo

Leia mais

Lição 5. Crimes contra a administração pública

Lição 5. Crimes contra a administração pública Lição 5. Crimes contra a administração pública 5.1. CRIMES PRATICADOS POR FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS PECULATO Artigo 312 - Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,

Leia mais

PRINCÍPIO DA IGUALDADE DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA. Estrangeiro Não residente. Princípio da Legalidade.

PRINCÍPIO DA IGUALDADE DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA. Estrangeiro Não residente. Princípio da Legalidade. DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA IGUALDADE Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do

Leia mais

TRABALHO CARTILHA DO REEDUCANDO

TRABALHO CARTILHA DO REEDUCANDO TRABALHO VOLTA AO CRIME CARTILHA DO REEDUCANDO CARTILHA DO REEDUCANDO ÍNDICE Introdução...5 Deveres...6 Direitos...7 Disciplina...10 Sanções...11 Formulário para Habeas Corpus...12 Petição Simplificada...13

Leia mais

GUIA DE ESTUDOS INSS NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO FÁBIO RAMOS BARBOSA

GUIA DE ESTUDOS INSS NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO FÁBIO RAMOS BARBOSA DIREITO ADMINISTRATIVO Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. Organização

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Aspectos penais em tópicos sintéticos: QUEM É O FUNCIONÁRIO PÚBLICO OU EQUIPARADO?

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Aspectos penais em tópicos sintéticos: QUEM É O FUNCIONÁRIO PÚBLICO OU EQUIPARADO? Do que trata? * Crimes contra a administração pública, cometidos por funcionário público. QUEM É O FUNCIONÁRIO PÚBLICO OU EQUIPARADO? Considera-se funcionário público, para os efeitos penais (Conforme

Leia mais

RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR

RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR A punição administrativa ou disciplinar não depende de processo civil ou criminal a que se sujeite também o servidor pela mesma falta, nem obriga

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE

ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE AULA 04 INTRODUÇÃO AO EXERCÍCIO PROFISSIONAL DOCENTE: ROSEMARI VIEIRA BRAGANÇA ARQUITETO E URBANISTA RESPONSABILIDADES E OBRIGAÇÕES ÉTICA RESPONSABILIDADE TÉCNICA RESPONSABILIDADE

Leia mais

AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais

AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais Um projeto de vida começa com um sonho, grande ou pequeno, não importa! Na vida temos que ter a capacidade de sonhar, sonhar sempre, sonhar para viver! Meu nome

Leia mais

SELEÇÃO DE ESTÁGIO - DIREITO

SELEÇÃO DE ESTÁGIO - DIREITO SELEÇÃO DE ESTÁGIO - DIREITO - Verifique se este caderno contém 20 questões objetivas e 2 temas de redação. Caso contrário, reclame ao fiscal da sala outro caderno. - A resposta deve ser marcada com caneta

Leia mais

Monster. Concursos ABUSO DE AUTORIDADE

Monster. Concursos ABUSO DE AUTORIDADE Monster Concursos ABUSO DE AUTORIDADE AULÃO PM-MG 06/03/2015 ABUSO DE AUTORIDADE LEI Nº 4.898, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1965. #AULÃO #AQUIÉMONSTER Olá Monster Guerreiro, seja bem-vindo ao nosso Aulão, como

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

www.concursovirual.com.br

www.concursovirual.com.br DIREITO ADMINISTRATIVO TEMA: CONHECIMENTOS GERAIS CORREIOS/2015 CONHECIMENTOS GERAIS ESTADO UNITÁRIO - PODER CENTRAL (França) ESTADO COMPOSTO ESTADO UNITÁRIO (Formação histórica) ESTADO REGIONAL MENOS

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Emendas Constitucionais Emendas Constitucionais de Revisão Ato das Disposições

Leia mais

Monitoramento de e-mail corporativo

Monitoramento de e-mail corporativo Monitoramento de e-mail corporativo Mario Luiz Bernardinelli 1 (mariolb@gmail.com) 12 de Junho de 2009 Resumo A evolução tecnológica tem afetado as relações pessoais desde o advento da Internet. Existem

Leia mais

Simulado de Direito Administrativo Professor Estevam Freitas

Simulado de Direito Administrativo Professor Estevam Freitas Simulado de Direito Administrativo Professor Estevam Freitas 01. ( FUNIVESA/SEPLAG/AFC 2009) Assinale a alternativa correta acerca da organização administrativa brasileira. ( A ) Toda a sociedade em que

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SANGÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SANGÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015 O Prefeito Municipal de Sangão, Sr. Castilho Silvano Vieira, no uso de suas atribuições conferidas pela Lei Orgânica do município, torna público a realização do processo

Leia mais

www. Lifeworld.com.br

www. Lifeworld.com.br 1 Artigos da Constituição Mundial A Constituição Mundial é composta de 61º Artigos, sendo do 1º ao 30º Artigo dos Direitos Humanos de 1948, e do 31º ao 61º Artigos estabelecidos em 2015. Dos 30 Artigos

Leia mais

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU A palavra mnemônica provém do termo grego menmóne, que significa recordação. Pode se aplicar a qualquer técnica de memorização. Mesmo assim, é mais utilizada para designar técnicas baseadas em palavras,

Leia mais

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 Polícia Civil do Estado do Sergipe PC-SE Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS GERAIS LINGUA PORTUGUESA 1 Compreensão de textos. 2 Denotação e conotação...

Leia mais

do Idoso Portaria 104/2011

do Idoso Portaria 104/2011 DEVER DE NOTIFICAR- do Idoso Portaria 104/2011 Lei 6.259/75l Lei 10.778/03, ECA, Estatuto n Médicos n Enfermeiros n Odontólogos n Biólogos n Biomédicos n Farmacêuticos n Responsáveis por organizações e

Leia mais

2. (CESPE/MMA/2009) O modelo de federalismo brasileiro é do tipo segregador.

2. (CESPE/MMA/2009) O modelo de federalismo brasileiro é do tipo segregador. 1. (CESPE/SEJUS-ES/2009) A CF adota o presidencialismo como forma de Estado, já que reconhece a junção das funções de chefe de Estado e chefe de governo na figura do presidente da República. 2. (CESPE/MMA/2009)

Leia mais

FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL

FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL 78 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Flávio Alencar Coordenação

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Direito tributário

Maratona Fiscal ISS Direito tributário Maratona Fiscal ISS Direito tributário 1. São tributos de competência municipal: (A) imposto sobre a transmissão causa mortis de bens imóveis, imposto sobre a prestação de serviço de comunicação e imposto

Leia mais

Noções de Direito Civil Personalidade, Capacidade, Pessoa Natural e Pessoa Jurídica Profª: Tatiane Bittencourt

Noções de Direito Civil Personalidade, Capacidade, Pessoa Natural e Pessoa Jurídica Profª: Tatiane Bittencourt PESSOA NATURAL 1. Conceito: é o ser humano, considerado como sujeito de direitos e deveres. Tais direitos e deveres podem ser adquiridos após o início da PERSONALIDADE, ou seja, após o nascimento com vida

Leia mais

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 CAPÍTULO VII DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SEÇÃO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

O Congresso Nacional, invocando a proteção de Deus, decreta e promulga a seguinte

O Congresso Nacional, invocando a proteção de Deus, decreta e promulga a seguinte 1967/69 Constituição da República Federativa do Brasil (de 24 de janeiro de 1967) O Congresso Nacional, invocando a proteção de Deus, decreta e promulga a seguinte CONSTITUIÇÃO DO BRASIL TÍTULO I Da Organização

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO) Este Contrato disciplina os termos e condições mediante as quais o Liceu Braz Cubas com sede em

Leia mais

"FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados

FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados "FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013 Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados CORRUPÇÃO, O MALDOSÉCULO http://www.transparency.org/ http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/12/ranking-do-indice-de-percepcao-da-corrupcao-no-mundo.html

Leia mais

LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991 Dispõe sobre a Política Nacional de Arquivos Públicos e Privados e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e

Leia mais

Questões Extras Direito Tributário Profº Ricardo Alexandre www.lfg.com.br/ www.cursoparaconcursos.com.br

Questões Extras Direito Tributário Profº Ricardo Alexandre www.lfg.com.br/ www.cursoparaconcursos.com.br TRIBUTO - CONCEITO 1. (ESAF/GEFAZ-MG/2005) Na atividade de cobrança do tributo a autoridade administrativa pode, em determinadas circunstâncias, deixar de aplicar a lei. 2. (ESAF/GEFAZ-MG/2005) Segundo

Leia mais

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1. CONHECIMENTOS GERAIS 1.1. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia

Leia mais

Projeto de Lei do Senado nº., de 2007. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

Projeto de Lei do Senado nº., de 2007. O CONGRESSO NACIONAL decreta: 1 Projeto de Lei do Senado nº., de 2007 Dispõe sobre a obrigatoriedade de patrocínio, pela União, de traslado de corpo de brasileiro de família hipossuficiente falecido no exterior. O CONGRESSO NACIONAL

Leia mais

Doutrina - Omissão de Notificação da Doença

Doutrina - Omissão de Notificação da Doença Doutrina - Omissão de Notificação da Doença Omissão de Notificação da Doença DIREITO PENAL - Omissão de Notificação de Doença CP. Art. 269. Deixar o médico de denunciar à autoridade pública doença cuja

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL 2º OFÍCIO DE CIDADANIA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL 2º OFÍCIO DE CIDADANIA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL 2º OFÍCIO DE CIDADANIA A Sua Excelência o Senhor Embaixador Gonçalo de Barros Carvalho e Mello Mourão Diretor Geral do Instituto

Leia mais

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda.

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda. Código de Ética SPL Consultoria e Informática Ltda. Introdução Segundo o dicionário Aurélio ética é o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana suscetível de qualificação do ponto

Leia mais

LEI Nº 599/2011. Artigo 1 - As consignação Pública direta e indireta do Município de Novo São Joaquim são disciplinadas por esta Lei.

LEI Nº 599/2011. Artigo 1 - As consignação Pública direta e indireta do Município de Novo São Joaquim são disciplinadas por esta Lei. LEI Nº 599/2011 DISPÕE SOBRE AS CONSIGNAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEONARDO FARIAS ZAMPA, Prefeito Municipal de Novo São Joaquim MT faz saber

Leia mais

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br 1 A INTERNET NÃO É UM MUNDO SEM LEIS!!! 11/7/2014 2 INVASÃO FÍSICA OU ELETRÔNICA? X X 11/7/2014 3 Lei 12.737/12 CRIME DE INVASÃO Violação de domicílio Pena - detenção,

Leia mais

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BRASÍLIA CURITIBA PORTO ALEGRE RECIFE BELO HORIZONTE LONDRES LISBOA XANGAI BEIJING MIAMI BUENOS AIRES O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA DURVAL

Leia mais

O PAPEL DO MINISTÉRIO PÚBLICO P NA DEFESA DO MEIO AMBIENTE

O PAPEL DO MINISTÉRIO PÚBLICO P NA DEFESA DO MEIO AMBIENTE O PAPEL DO MINISTÉRIO PÚBLICO P NA DEFESA DO MEIO AMBIENTE DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS RELATIVAS ÀS FUNÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO Art. 129. São funções institucionais do Ministério Público: I- promover,

Leia mais

Exercícios da lei 9.455/97 - lei de tortura. Prof. Wilson Torres

Exercícios da lei 9.455/97 - lei de tortura. Prof. Wilson Torres Exercícios da lei 9.455/97 - lei de tortura. Prof. Wilson Torres 01- A prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes, o terrorismo e os crimes definidos como hediondos podem ser imputados, com

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA PROJETO DE LEI Nº Disciplina a admissão de pessoal por prazo determinado no âmbito do Magistério Público Estadual, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, sob regime administrativo

Leia mais

Questões Fundamentadas Da Lei Maria da Penha Lei 11.340/2006

Questões Fundamentadas Da Lei Maria da Penha Lei 11.340/2006 1 Para adquirir a apostila digital de 150 Questões Comentadas Da Lei Maria da Penha - Lei 11.340/2006 acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br ATENÇÃO: ENTREGA SOMENTE VIA E-MAIL ESSA APOSTILA SERÁ

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

36) Levando-se em conta as regras da Lei 8.112/90, analise os itens abaixo, a respeito dos direitos e vantagens do servidor público federal:

36) Levando-se em conta as regras da Lei 8.112/90, analise os itens abaixo, a respeito dos direitos e vantagens do servidor público federal: Hoje, continuaremos com os comentários ao simulado da 2ª Feira do Concurso. 36) Levando-se em conta as regras da Lei 8.112/90, analise os itens abaixo, a respeito dos direitos e vantagens do servidor público

Leia mais

Assim, devem ser informados ao COAF qualquer transação pelas pessoas jurídicas já mencionadas e outros, nas seguintes condições:

Assim, devem ser informados ao COAF qualquer transação pelas pessoas jurídicas já mencionadas e outros, nas seguintes condições: PARECER JURÍDICO DIMOB/COAF A Receita Federal através da Instrução Normativa SRF nº 576, de 1º de setembro de 2005, instituiu a Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob) de obrigação

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA PORTARIA N 1370/2004 PGJ.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA PORTARIA N 1370/2004 PGJ. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA PORTARIA N 1370/2004 PGJ. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES. 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas.

ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES. 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas. ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas. 2.4 Promessas Verbais. 3 Diante do Plano de Marketing 4 - Conselhos

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Data: 23/03/2010 Estudo dirigido Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA

Leia mais

ACORDO BÁSICO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA Assinado no Rio de Janeiro, a 29 de dezembro de 1964.

ACORDO BÁSICO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA Assinado no Rio de Janeiro, a 29 de dezembro de 1964. ACORDO BÁSICO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA Assinado no Rio de Janeiro, a 29 de dezembro de 1964. Aprovado pelo Decreto Legislativo nº 11, de 1966. Entrada em vigor (art. 6º, 1º) a 2 de maio de 1966. Promulgado

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001

LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001 LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 29 DE MAIO DE 2001 Dispõe sobre a relação entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, suas autarquias, fundações, sociedades de economia mista e outras entidades

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. Regulamento Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências.

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

Poderes Administrativos. Professora: Paloma Braga

Poderes Administrativos. Professora: Paloma Braga Poderes Administrativos Professora: Paloma Braga Poderes Administrativos - Conceito São os meios ou instrumentos através dos quais a Administração Pública exerce a atividade administrativa na gestão dos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 8.490, de

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE USO DE BEM PERMANENTE EM AMBIENTE EXTERNO A UFRB

AUTORIZAÇÃO DE USO DE BEM PERMANENTE EM AMBIENTE EXTERNO A UFRB AUTORIZAÇÃO DE USO DE BEM PERMANENTE EM AMBIENTE EXTERNO A UFRB 1 BASE LEGAL LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 (Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das Autarquias

Leia mais

1904 (XVIII). Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial

1904 (XVIII). Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial Décima Oitava Sessão Agenda item 43 Resoluções aprovadas pela Assembléia Geral 1904 (XVIII). Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial A Assembléia Geral,

Leia mais

A CRÍTICA AO ATO DE SUPERIOR E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO

A CRÍTICA AO ATO DE SUPERIOR E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MILITAR DIREITO PENAL MILITAR PARTE ESPECIAL MARCELO VITUZZO PERCIANI A CRÍTICA AO ATO DE SUPERIOR E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO Marcelo Vituzzo Perciani

Leia mais

PROVA DE LEGISLAÇÃO Apenas as alternativas II e III são garantias contratuais admitidas para contratos com a Administração Pública.

PROVA DE LEGISLAÇÃO Apenas as alternativas II e III são garantias contratuais admitidas para contratos com a Administração Pública. PROVA DE LEGISLAÇÃO 1 São admitidas como garantias contratuais para as contratações de obras, serviços e compras efetuados pela Administração Pública: I Hipoteca de imóveis. II Seguro-garantia. III Fiança

Leia mais

Organizado pelo Prof. Murilo Aquino

Organizado pelo Prof. Murilo Aquino Organizado pelo Prof. Murilo Aquino PORTUGUÊS 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal

Leia mais

DECRETO Nº. 11391/2013

DECRETO Nº. 11391/2013 Publicado em 08 de maio de 2013 DECRETO Nº. 11391/2013 REGULAMENTA O PROGRAMA MUNICIPAL NITERÓI MAIS SEGURA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO MUNICIPAL DE NITERÓI, com fundamento no art. 142, inciso

Leia mais

Trago, aqui, alguns exemplos de Acrônimos e Acrósticos para você!

Trago, aqui, alguns exemplos de Acrônimos e Acrósticos para você! Olá tudo bem? Trago, aqui, alguns exemplos de Acrônimos e Acrósticos para você! Cabe lembrar que os ACRÔNIMOS são palavras que você irá criar a partir da(s) primeira(s) letra(s) do texto que é necessário

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2014 Dispõe sobre a instituição do Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Efetivos do Município de Imperatriz, e dá outras providências. SEBASTIÃO TORRES MADEIRA, PREFEITO

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL Direito Societário É subárea do direito empresarial que disciplina a forma de exercício coletivo de atividade econômica empresária; Importante observação sobre as questões da primeira fase da OAB: 25%

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS BR/1998/PI/H/4 REV. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 Brasília 1998 Representação

Leia mais

Edital Verticalizado Concurso INSS 2016

Edital Verticalizado Concurso INSS 2016 Edital Verticalizado Concurso INSS 2016 Edital INSS 2016 O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico, atualizado, com todas as disciplinas. Assista às aulas e fique totalmente

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO. Empregado Preso

CONTRATO DE TRABALHO. Empregado Preso CONTRATO DE TRABALHO Empregado Preso Muitas dúvidas surgem quando o empregador toma conhecimento que seu empregado encontra-se preso. As dúvidas mais comuns são no sentido de como ficará o contrato de

Leia mais

Diretriz 5: A função das entidades de grau superior é de coordenar os interesses das suas filiadas.

Diretriz 5: A função das entidades de grau superior é de coordenar os interesses das suas filiadas. DIRETRIZES NORMATIVAS ELABORADAS PELO GRUPO DE TRABALHO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SOBRE ORGANIZAÇÃO SINDICAL, NEGOCIAÇÃO COLETIVA, APLICAÇÃO DO DIREITO DE GREVE, CUSTEIO E LIBERAÇÃO DE DIRIGENTE

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO TERMOS E CONDIÇÕES DE USO Bem-vindo ao website do O Não-Monstro/The Not-Monster. Este Site, o livro virtual O Não-Monstro/The Not-Monster e todo seu conteúdo (o Site ) são controlados e operados por CAROLINE

Leia mais

Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Responsabilidade Civil dos Administradores das Sociedades Administrador Administrador é a pessoa a quem se comete a direção ou gerência de qualquer negócio ou serviço, seja de caráter público ou privado,

Leia mais

Teoria das nulidades dos atos de advocacia. Dispõe o Estatuto da Advocacia (Lei Federal n.º 8.906/94):

Teoria das nulidades dos atos de advocacia. Dispõe o Estatuto da Advocacia (Lei Federal n.º 8.906/94): Thiago d Ávila Membro da Advocacia-Geral da União. Procurador Federal. Procurador do INCRA em Natal/RN. Ex-Procurador do INSS. Ex-Procurador do Órgão de Arrecadação da Procuradoria-Geral Federal. Dedica-se

Leia mais

PODERES ADMINISTRATIVOS

PODERES ADMINISTRATIVOS PODERES ADMINISTRATIVOS Os Poderes Administrativos são inerentes à Administração Pública e possuem caráter instrumental, ou seja, são instrumentos de trabalho essenciais para que a Administração possa

Leia mais

Cartilha Plano A. Índice

Cartilha Plano A. Índice Cartilha Plano A Cartilha Plano A Índice Apresentação A Previnorte Histórico Patrimônio Plano de Benefícios e Plano de Custeio Salário Real de Contribuição Jóia Requisitos exigidos para filiação à PREVINORTE

Leia mais

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 128/2012

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 128/2012 PROJETO DE LEI Nº 128/2012 Altera a Lei nº 14.485, de 19 de julho de 2007, com a finalidade de incluir no Calendário Oficial de Eventos da Cidade de São Paulo o Dia Municipal de Combate a Homofobia, a

Leia mais

Contrato. 22/01/2015 Registro.br Contrato. $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $

Contrato. 22/01/2015 Registro.br Contrato. $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $ Contrato $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $ CONTRATO PARA REGISTRO DE NOME DE DOMÍNIO SOB O ".BR" O NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E COORDENAÇÃO DO PONTO BR NIC.br, inscrito no

Leia mais

Resolução nº 194 RESOLUÇÃO Nº 194-ANTAQ, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2004.

Resolução nº 194 RESOLUÇÃO Nº 194-ANTAQ, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2004. RESOLUÇÃO Nº 194-ANTAQ, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2004. APROVA A NORMA PARA A HOMOLOGAÇÃO DE ACORDO OPERACIONAL ENTRE EMPRESAS BRASILEIRAS E ESTRANGEIRAS DE NAVEGAÇÃO PARA TROCA DE ESPAÇOS NO TRANSPORTE MARÍTIMO

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Direito administrativo

Maratona Fiscal ISS Direito administrativo Maratona Fiscal ISS Direito administrativo 1. É adequada a invocação do poder de polícia para justificar que um agente administrativo (A) prenda em flagrante um criminoso. (B) aplique uma sanção disciplinar

Leia mais

Sumário. Nota introdutória, xv

Sumário. Nota introdutória, xv Nota introdutória, xv 1 Princípios constitucionais da administração pública, 1 1.1 Conteúdo do capítulo, 1 1.2 Princípios e regras, 2 1.3 Princípi~ constitucionais, 4 IA Princípios expressos, 7 104.1 Legalidade

Leia mais

LEI Nº 382/2010 DE 05 DE JULHO DE 2010

LEI Nº 382/2010 DE 05 DE JULHO DE 2010 LEI Nº 382/2010 DE 05 DE JULHO DE 2010 Disposição sobre a consignação em folha de pagamento O MUNICÍPIO DE BOA ESPERANÇA faz saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA decreta e eu sanciono a seguinte

Leia mais

Associação dos Assistentes Jurídicos do Estado do Rio de Janeiro AASSIJUR Fundada em 13 de maio de 1963 RIO DE JANEIRO - ASSISTENTES JURÍDICOS

Associação dos Assistentes Jurídicos do Estado do Rio de Janeiro AASSIJUR Fundada em 13 de maio de 1963 RIO DE JANEIRO - ASSISTENTES JURÍDICOS RIO DE JANEIRO - ASSISTENTES JURÍDICOS Para incluir no site da ABRAP A Associação dos Assistentes Jurídicos do Estado do Rio de Janeiro -, com sede própria localizada na Travessa do Ouvidor n 8, 3 andar,

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL O QUE MUDA COM O NOVO MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL LEI N. 13.019/2014 REALIZAÇÃO INSTITUTO ATUAÇÃO ELABORAÇÃO Porf. Dr. FERNANDO BORGES MÂNICA DISTRIBUIÇÃO INSTITUTO GRPCom O QUE

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011 Regulamenta o exercício das profissões de transcritor e de revisor de textos em braille. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Na produção de textos no sistema

Leia mais

A seguir está disposto o REGULAMENTO para a participação no Concurso Cultural Meu Trabalho Transforma, a partir de agora denominado CONCURSO.

A seguir está disposto o REGULAMENTO para a participação no Concurso Cultural Meu Trabalho Transforma, a partir de agora denominado CONCURSO. Regulamento Concurso Meu Trabalho Transforma A seguir está disposto o REGULAMENTO para a participação no Concurso Cultural Meu Trabalho Transforma, a partir de agora denominado CONCURSO. Disposições Iniciais

Leia mais

PORTARIA RIOPREVIDÊNCIA Nº. 148 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2009.

PORTARIA RIOPREVIDÊNCIA Nº. 148 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2009. PORTARIA RIOPREVIDÊNCIA Nº. 148 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2009. ALTERA O MODELO DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO - CTC, DISCIPLINA PROCEDIMENTOS QUANTO À SUA EXPEDIÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PRESIDENTE

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PIAUÍ Agente de Transformação Social Promotoria de Justiça de Gilbués

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PIAUÍ Agente de Transformação Social Promotoria de Justiça de Gilbués TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Aos 06 de Maio de 2014, nos termos do art. 5º, 6º, da Lei nº 7.347/85, de um lado o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ, por meio da, representada pelo

Leia mais

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos.

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. META 4 LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. EXERCÍCIO 1. (FGV - 2008 - Senado Federal - Policial Legislativo

Leia mais

1 Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães ESTADO DA BAHIA

1 Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães ESTADO DA BAHIA A 1 CNPJ 04.214.41910001-05 DECRETO N 3.091, DE 05 DE JANEIRO DE 2014. "Dispõe sobre a estrutura organizacional da Procuradoria Geral do Município ". O PREFEITO MUNICIPAL DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES,, no

Leia mais

Proposta de Razão Recursal

Proposta de Razão Recursal Concurso: Banca examinadora: Proposta de Razão Recursal Oficial Escrevente FAURGS Questões recorríveis: 46, 47, 48, 49 e 52 Professor: Davi André Costa Silva Objeto de recurso Questão Motivo 46 Objeto

Leia mais

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório Regulamento Estágio Curricular Obrigatório CST em Fabricação Mecânica CST em Gestão de Recursos Humanos CST em Mecatrônica Industrial 1 CAPÍTULO I DA JUSTIFICATIVA E FINALIDADES Art. 1º - O programa de

Leia mais

www.concursovirtual.com.br

www.concursovirtual.com.br ESTUDO DE CASO Instruções Gerais: Conforme Edital publicado, Capítulo IX, item 5, será atribuída nota ZERO à Prova Estudo de Caso nos seguintes casos: a. for assinada fora do local apropriado; b. apresentar

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

DECRETO Nº 1.973, DE 1º DE AGOSTO DE 1996. (Publicado no D.O.U. de 02.08.1996)

DECRETO Nº 1.973, DE 1º DE AGOSTO DE 1996. (Publicado no D.O.U. de 02.08.1996) DECRETO Nº 1.973, DE 1º DE AGOSTO DE 1996. (Publicado no D.O.U. de 02.08.1996) Promulga a Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher, concluída em Belém do Pará,

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "DESAFIO de Análise Forense

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL DESAFIO de Análise Forense REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "DESAFIO de Análise Forense DESCRIÇÃO O Concurso Cultural, denominado DESAFIO de Análise Forense será realizado no dia 05 de fevereiro de 2015, durante o evento Campus

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a criação do Funpresp (Fundo de Previdência Complementar dos Servidores Públicos)

Perguntas e respostas sobre a criação do Funpresp (Fundo de Previdência Complementar dos Servidores Públicos) O que muda Perguntas e respostas sobre a criação do Funpresp (Fundo de Previdência Complementar dos Servidores Públicos) 1. Por que é necessário criar a Fundação de Previdência Complementar do Servidor

Leia mais

RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO. Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015

RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO. Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015 RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015 1 RESPONSABILIDADES TRIPARTITES RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA RESPONSABILIDADE CIVIL

Leia mais

Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948

Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 PARTE A Módulo I Acordos/Convenções Internacionais 1. Declaração Universal dos Direitos Humanos Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL De um lado, M&T Logística e Tecnologia Ltda, sediada na cidade de Belo Horizonte/MG na, denominada CONTRATADA e de outro lado, pessoa física ou jurídica, neste denominada

Leia mais

Brigada 1 Combate Voluntário a Incêndios Florestais CNPJ 05 840 482 0001/01

Brigada 1 Combate Voluntário a Incêndios Florestais CNPJ 05 840 482 0001/01 REGIMENTO INTERNO O presente Regimento Interno, dirigido aos associados da ONG Brigada 1, inscrita no CNPJ 05.840.482/0001-01 e previsto no Art. 4º do Capítulo II do Estatuto da Instituição, visa estabelecer

Leia mais

REQUISITOS PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL

REQUISITOS PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL 1. Capacidade para o exercício da empresa Atualmente, existe a possibilidade de a atividade empresarial ser desenvolvida pelo empresário individual, pessoa física, o qual deverá contar com capacidade para

Leia mais