Vestibular Cidadão 2015 Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Gramática

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vestibular Cidadão 2015 Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Gramática"

Transcrição

1 Vestibular Cidadão 2015 Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias - Gramática ORAÇÕES REDUZIDAS São as orações subordinadas que se apresentam sem conjunção ou sem pronome relativo e com o verbo em uma das formas nominais: Infinitivo (pessoal ou impessoal): AMAR Gerúndio: AMANDO Particípio: AMADO Quando a oração se apresenta da forma que vimos em sala, nos estudos da sintaxe do período composto, dizemos que ela é uma oração desenvolvida. Se tirarmos a conjunção inicial e colocarmos o verbo em forma nominal, transformaremos a oração desenvolvida em oração reduzida. Observe: O professor aceitou que se marcasse nova data para a prova. O professor aceitou marcar nova data para a prova. No primeiro exemplo, a oração destacada é classificada como oração DESENVOLIVIDA subordinada substantiva objetiva direta, nela existe conjunção (QUE, integrante) e o verbo está flexionado. Já no segundo exemplo, temos uma oração REDUZIDA de infinitivo, visto que o verbo MARCAR não está flexionado, mas está no infinitivo. CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES REDUZIDAS 1. Reduzidas de infinitivo: são em geral substantivas ou adverbiais e raramente adjetivas. Substantivas Subjetivas: É necessário gostar de frutas e verduras. (que se goste de frutas e verduras.) Objetivas diretas: O técnico assegurou serem seguras as máquinas. (que eram seguras as máquinas.) Objetivas indiretas: Gosto de ficar sozinho. (que eu fique sozinho.) Predicativas: O melhor seria fazerem a viagem. (que fizessem a viagem.) Completivas nominais: Eu estou disposto a arriscar tudo. (que eu arrisque tudo). Apositivas: Ele nos fez um convite: comparecermos ao seu casamento. (que comparecêssemos ao seu casamento) Causal: Eu lamento por ter chegado atrasado. (porque cheguei atrasado.) Final: Fiz um empréstimo para comprar um carro. (para que compre um carro.) Temporal: Não podem ir embora sem cumprimentar o casal. (que cumprimentem o casal) Concessiva: Apesar de estar triste, ela continua sorridente. (apesar de que esteja triste) Condicional: Se cumprirem a promessa, eu cumpro a minha. (caso cumpram). Consecutiva: Ela se distraiu tanto, a ponto de esquecer a discussão. (que esqueceu a discussão). Adjetivas: Restritiva: Ela foi a única a apreciar o show. (que apreciou o show.) Explicativa: Aquele, a cantar no palco, é meu amigo. (que canta no palco.) 2. Reduzidas de gerúndio: são em geral adverbiais e raramente adjetivas. Causal: Não cumprindo a promessa, sentiu remorsos. (porque não cumpriu a promessa.) Temporal: Faltando alguns minutos para o final da prova, eu terminei. (quando faltavam alguns minutos para o final da prova.) Concessiva: Mesmo estando doente, assisti aos jogos. (mesmo que estivesse doente.) Condicional: Mentindo assim, você ficará em uma situação difícil. (caso você minta assim.) Adjetivas: Restritiva: Gosto de crianças correndo pela casa. (que corram pela casa.) Explicativa: Encontrei Maria, saindo de férias. (que saía de férias.) 3. Reduzidas de particípio: são geralmente adjetivas ou adverbiais. Adjetivas Restritiva: Temos apenas um carro comprado com muito sacrifício. (que compramos com muito sacrifício.) Explicativa: Fiquei surpresa com a casa, pintada de branco. (que pintaram de branco.) Causal: Ferido na perna, ele não pode mais jogar. (porque se feriu na perna.) Temporal: Concluído o jogo, o time foi descansar. (quando concluíram o jogo.) Concessiva: Vencido o campeonato, permanecerão treinando. (mesmo que vençam o campeonato.) Condicional: Excluídas as doações, como funcionaremos? (caso excluam as doações.) EXERCÍCIOS SOBRE ANÁLISE SINTÁTICA 1) Classifique os verbos quanto à predicação. a) Falta vontade política aos dirigentes. VTI b) Não importa a opinião alheia. c) Chegaram os alunos ao colégio. d) Estavam todos na sala de aula. e) Ele se refere a bons alunos. f) Eles vivem mal nas grandes cidades. g) Um bom professor vive atarefado demais. h) Simpatizo com pessoas criativas. i) Surgiu um problema sério entre eles. j) Do meu lugar, não vejo bem. k) Ele só vê o defeito alheio. l) O rio está perto. m) O rio está seco. 2) Classifique o sujeito: a) Falei com meu pai. b) Havia muitos assuntos na pauta. c) Devia haver muitos suspeitos. d) Fazia muitos anos de espera. e) Não pode existir gente tão incapaz. f) Vende-se um piano e um terreno. g) Não se concorda com a sua proposta. h) Nem sempre se simpatiza com novas ideias. i) Zombou-se do aluno novato. j) Devia fazer dois meses do início do curso. k) Maria, traga-me as frutas. l) Faltaram alguns alunos. 3) Leia os versos iniciais do poema Carta, de Carlos Drummond de Andrade. Faz tempo, sim, que não te escrevo, Ficaram velhas todas as notícias. Eu mesmo envelheci.

2 a) Por que a forma ficaram está flexionada na 3ª pessoa do plural? b) O sujeito de escrevo e envelheci, embora seja o mesmo, não tem exatamente a mesma classificação. Justifique essa afirmação. 4) Classifique as orações destacadas: a) Não só canta, mas também compõe. b) Vá a pé, ou arranje uma carona. c) Vá a pé, porque estou sem carro. d) A seleção jogou bem, mas não ganhou a partida. e) Não só estivemos lá, como participamos da comemoração. f) Você deve vir, porque ele precisa de ajuda. g) Os livros não só instruem, mas também divertem. h) Reclamaram, e não foram atendidos. 5) Classifique as orações subordinadas substantivas: a) A verdade é que temos pouco tempo. b) Tive a sensação de que o mundo ia acabar. c) Convém que todos participem. d) Ficou provado que ele é inocente. e) Lembrei-me de que isso já ocorrera. f) Não importa que ele pense assim. g) João parece que é inocente. h) Comenta-se que ele é culpado. i) Ele sabe que é culpado. j) Estou convencido de que ele é culpado. k) Receio que isso aconteça. l) Tenho receio de que isso aconteça. 6) Classifique as orações subordinadas adverbiais: a) Fez o bolo como a receita ensina. b) Já que você não vai, eu não vou. c) Ela se comportou como uma criança mimada. d) Mal você saiu, ela chegou. e) Fazia tanto frio, que não saímos do hotel. f) Conquanto fizesse calor, levei agasalho. g) Como anoitecesse, recolhi-me pouco depois. h) Embora fosse criança, fazia pergunta de adulto. i) Logo que chegamos, recebemos a notícia. j) Conseguiu tudo sem que se esforçasse. 7) (TJ-SP/Vunesp) O termo oração, entendido como uma construção com sujeito e predicado que formam um período simples, se aplica, adequadamente, apenas a: a) Amanhã, tempo instável, sujeito a chuvas esparsas no litoral. b) O vigia abandonou a guarita, assim que cumpriu seu período. c) O passeio foi adiado para julho, por não ser época de chuvas. d) Muito riso, pouco siso provérbio apropriado à falta de juízo. e) Os concorrentes à vaga de carteiro submeteram-se a exames. 8) (TJ-SC) Leia com atenção o texto, extraído de Superinteressante, n. 181 (out. 2002, pag. 45): Assinale a opção correta. Em relação à primeira frase A neurociência vê o sonho como um mecanismo autorregulador do nosso cérebro. podemos afirmar que: a) sonho exerce a função de objeto indireto b) o verbo ver é intransitivo c) temos um predicado verbal d) a frase está na voz passiva 9) (Fumarc) Todos os verbos destacados abaixo possuem a mesma predicação, exceto: a) Isso não mais interessa a mim. b) Nunca perdoei aos assassinos de nossos inimigos. c) Os fatos obedeciam ao nosso comando. d) Ele perturbava a nós com suas perguntas. 10) (Ufam) Assinale o item em que o substantivo destacado não exerce a função de sujeito: a) Não se pode derrubar esta palmeira. b) Havia um mistério no ar. c) Sua salvação foram os desvelos da mulher. d) Será que não existia outra solução? e) Na discussão, o parlamentar houve-se com forte equilíbrio. 11) (FGV-SP) Observe a seguinte frase: Das alternativas abaixo, assinale aquela em que a palavra destacada exerça a mesma função sintática de PEDANTE, dessa frase. a) As estações tinham passado rápido, sem que tivesse sido possível vê-las direito. b) Fui julgado culpado, embora não houvesse provas decisivas a respeito do crime. c) Ele era difícil de convencer, mas concordou quando a quantia foi oferecida. d) Caminhou depressa por entre os coqueiros. e) Ele passeou demasiado ontem; hoje, doem-lhe as pernas. Vai ser obrigado a deitar-se mais cedo. 12) (PUC-SP) O verbo ser, na oração: Eram cinco horas da manhã... é: a) pessoal e concorda com o sujeito indeterminado. b) impessoal e concorda com o objeto direto. c) impessoal e concorda com o sujeito indeterminado. d) impessoal e concorda com a expressão numérica. e) pessoal e concorda com a expressão numérica. 13) (PUC-SP) Indique a alternativa correta no que se refere ao sujeito da oração Da chaminé da usina subiam para o céu nuvens de fumaça. a) simples, tendo por núcleo chaminé. b) simples, tendo por núcleo nuvens c) composto, tendo por núcleo nuvens de fumaça. d) simples, tendo por núcleo fumaça. e) simples, tendo por núcleo usina. 14) (PUC-SP) Nas orações: O pavão é um arco-íris de plumas. e De água e luz ele faz seu esplendor., temos, respectivamente: a) dois predicados nominais, cujos predicativos dos sujeitos são arco-íris e esplendor. b) um predicado nominal, cujo predicativo do sujeito é arco-íris, e um predicado verbo-nominal, cujo predicativo do objeto é esplendor. c) um predicado nominal, cujo predicativo do sujeito é arco-íris, e um predicado verbal, cujo objeto direto é esplendor. d) dois predicados verbais, cujos objetos diretos são arco-íris e esplendor. e) um predicado nominal, cujo verbo é de ligação, e um predicado verbal, cujo verbo é intransitivo. 15) (PUC-SP) No período: As águias e os astros amam esta região azul, vivem nesta região azul, palpitam nesta região azul., temos: a) um predicado verbal e dois verbo-nominais, havendo, nos dois últimos, o complemento predicativo do objeto.

3 b) três predicados verbais, sendo que, no primeiro, o complemento é o objeto direto, e, nos dois últimos, o objeto indireto. c) três predicados verbo-nominais, havendo, no último, o complemento predicativo do objeto. d) três predicados verbais, havendo, em apenas um deles, o complemento objeto direto. e) três predicados verbais formados por verbos intransitivos. 16) (Fatea-SP) Sonham com bife a cavalo, batata frita. E a sobremesa é goiabada-cascão com muito queijo.. Os substantivos sobremesa e goiabada-cascão, respectivamente, têm a função de núcleo: a) do predicativo e do sujeito. b) do objeto direito e do sujeito. c) do sujeito e do objeto indireto. d) do vocativo e do predicativo. e) n.d.a. 17) (UFPR) I. Durante o Carnaval, fico agitadíssimo. (predicado verbal) II. Durante o Carnaval, fico em casa. (predicado nominal) III. Durante o Carnaval, fico vendo o movimento das ruas. (predicado nominal) Assinale a certa: a) I e II b) II e III c) I e III d) Todas as alternativas estão certas e) Todas as alternativas estão erradas 18) (UniFMU-SP) Assinale a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal. a) Os viajantes chegaram cedo ao destino. b) Demitiram o secretário da instituição. c) Nomearam as novas ruas da cidade. d) Compareceram todos atrasados à reunião. e) Estava irritado com as brincadeiras. 19) (Vunesp-SP) Amanhã faz um mês que a senhora está longe de casa.. Da oração destacada, na frase transcrita, é correto dizer: a) Trata-se de uma oração em que o sujeito está elíptico, e o verbo é de ligação. b) A oração tem por sujeito a palavra amanhã, e o verbo é transitivo direto. c) A oração tem por sujeito um mês, e o verbo é intransitivo. d) Trata-se uma oração sem sujeito, e o verbo é transitivo direto. e) A oração tem sujeito indeterminado, e o verbo é de ligação. 20) (FOC-SP) Duas das orações abaixo têm sujeito indeterminado. Assinaleas. I. Projetavam-se avenidas largas. II. Há alguém esperando você. III. No meio das exclamações, ouviu-se um risinho de mofa. IV. Falava-se muito sobre a possibilidade de escalar a montanha. V. Até isso chegaram a dizer. a) I e II b) III e IV c) IV e V d) I e V 21) (Fesp-SP) Em Retira-te, criatura ávida de vingança, o sujeito é: a) te b) inexistente c) oculto determinado d) criatura e) n.d.a. 22) (UFSC-SP) A oração Vasculhou os bolsos o loiro sueco, extraída de Gabriela, Cravo e Canela, obra de Jorge Amado, com a substituição do complemento verbal por um pronome oblíquo, equivale a: a) Vasculhou-o os bolsos b) Vasculhou-se o loiro sueco c) Vasculhou-lhe os bolsos d) Vasculhou-lhes o loiro sueco e) Vasculhou-os o loiro sueco 23) (Fuvest) Transpondo-se corretamente para a voz ativa a oração para serem instruídos por um astrônomo (...), obtém-se: a) para que sejam instruídos por um astrônomo (...) b) para um astrônomo os instruírem (...) c) para que um astrônomo lhes instruíssem (...) d) para um astrônomo instruí-los e) para que fossem instruídos por um astrônomo (...) 24) (Ufam) Assinale a alternativa em que o SE é um pronome apassivador: a) A recepcionista se riu discretamente do meu embaraço. b) Aspira-se ardentemente a uma melhor distribuição de renda no Brasil. c) Tacapes e Tangapemas entrechocaram-se no ar. (Gonçalves Dias) d) Há coisas que melhor se dizem em silêncio. e) Ele se arrogou o direito de indeferir minha proposta de inscrição. 25) (UPM-SP) Considerando o contexto, a frase Foram observados jovens de nove cidades é uma construção equivalente a: a) Observaram-se jovens de nove cidades. b) Tendo sido observados jovens de nove cidades. c) Observavam-se jovens de nove cidades. d) Observava-se jovens de nove cidades. e) Haviam sido observados jovens de nove cidades. 26) (FGV) Observe a frase Os ferroviários viam seus problemas organizacionais como diferentes de todas as demais classes. Nela, para que a mensagem estivesse totalmente explícita, faltaria acrescentar uma palavra. Trata-se de: a) no b) dos c) pelos d) ao e) do 27) (UFPI) Marque a opção que analisa corretamente a função sintática de uma pedra. a) aposto b) sujeito c) objeto direto d) objeto indireto e) predicativo do sujeito 28) (Unimar) Classifique sintaticamente os termos integrantes destacados. Mulher que a dois ama, a ambos engana. a) objeto direto preposicionado e objeto direto preposicionado b) objeto indireto e objeto direto c) objeto indireto pleonástico e complemento nominal d) objeto direto e objeto direto preposicionado e) objeto direto preposicionado e objeto indireto

4 29) (UFV) Na frase Ela atribui-se uma culpa que não tem, o pronome SE é classificado como: a) pronome apassivador b) índice de indeterminação do sujeito c) objeto direto d) objeto indireto e) partícula expletiva ou de realce 30) (PUC-SP) No trecho:... e no fim declarou-me que eu tinha medo de que você me esquecesse, as palavras destacadas têm, respectivamente, funções sintáticas de: a) objeto indireto, objeto direto, objeto direto b) objeto direto, objeto direto, objeto direto c) objeto direto, predicativo do sujeito, objeto direto d) objeto indireto, objeto indireto, objeto indireto e) objeto direto, adjunto adverbial, objeto direto 31) (Unimep) I. Demos a ele todas as oportunidades. II. Fizemos o trabalho como você orientou. III. Acharam os livros muito interessantes. Substituindo as palavras destacadas por um pronome oblíquo, temos: a) Demos-lhe; Fizemo-lo; Acharam-los b) Demos-lhe; Fizemos-lo; Acharam-os c) Demos-lhe; Fizemo-lo; Acharam-nos d) Demo-lhe; Fizemos-o; Acharam-nos e) Demo-lhe; Fizemo-lhe; Acharam-nos 32) (Fefasp) Em que alternativa há objeto direto preposicionado? a) Passou aos filhos a herança recebida do pai. b) Amou a seu pai com a mais plena grandeza da alma. c) Naquele tempo era muito fácil viajar para os infernos. d) Em dias ensolarados, gosto de ver nuvens flutuar nos céus de agosto. 33) (Fuvest) A transformação passiva da frase A religião te inspirou esse anúncio. apresentará o seguinte resultado: a) Tu te inspiraste na religião para esse anúncio. b) Esse anúncio inspirou-se na tua religião. c) Tu foste inspirado pela religião nesse anúncio. d) Esse anúncio te foi inspirado pela religião. e) Tua religião foi inspirada nesse anúncio. 34) (PUC-SP) Indique a alternativa em que a partícula SE não tem valor de pronome apassivador. a) Ouviam-se gargalhadas e pragas... b) Destacavam-se risos... c) Trocavam-se de janela para janela as primeiras palavras, os bons-dias... d) Já não se destacavam vozes dispersas... e) Pigarreava-se grosso por toda a parte... 35) (Unimep) Eu tenho plantado o meu futuro.. Passando-se a oração para a voz passiva, o verbo ficará assim: a) tem sido plantado b) tem estado sendo plantado c) está sendo plantado d) foi sendo plantado e) esteve sendo plantado 36) (Unimep) O leitor estava sendo convencido aos poucos pelo candidato.. Passando-se a oração para a voz ativa, o verbo ficará assim: a) convencera b) estava convencendo c) tinha estado convencido d) tinha convencido e) estivera convencendo 37) (UPM) Assinale a alternativa em que há agente da passiva. a) Nós seremos julgados pelos nossos atos. b) Olha esta terra toda que se habita dessa gente sem lei, quase infinita. c) Agradeço-lhe pelo livro. d) Ouvi a notícia pelo rádio e) Por mim, você pode ficar. 38) (PUC-SP) Em A língua já é em si uma interpretação do mundo..., ficando-se sob o seu domínio, a partícula SE destacada refere-se: a) à palavra interpretação e portanto é sujeito. b) à palavra língua e portanto é objeto reflexivo. c) a um ser indeterminado e portanto é índice de indeterminação do sujeito. d) à palavra interpretação e portanto é objeto direto reflexivo. e) a um ser indeterminado e portanto não tem função sintática. 39) (Famerp) Em que alternativa as frases não se equivalem? a) Comprar-se-iam jornais. Jornais serão comprados. b) Devem-se consultar os superiores. Os superiores devem ser consultados. c) Alugam-se casas. Casas são alugadas. d) Façam-se novas provas. Novas provas sejam feitas. e) Ouvir-se-ão vozes. Vozes serão ouvidas. 40) Classifique as frases a seguir em coordenadas ou subordinadas: A- coordenadas B- subordinadas Ela dormiu como se fosse um anjo. Carlos comeu seu lanche, bebeu o suco e ainda comeu uma laranja. A garota comeu tanto que acabou indo parar no hospital. Os sanduíches que foram feitos pela manhã estavam muito bons. Mário trabalha muito, mas ganha pouco. 41) As ideias no diálogo a seguir mantêm relações entre si, as quais se encontram explicitadas por meio de nexos coesivos. Em relação a isso, assinale V (verdadeiras) ou F (falsas) para as afirmativas apresentadas: Interlocutor 1 (homem): -- O petróleo é nosso, a Copa do Mundo é nossa e agora a olimpíada é nossa!!! Interlocutor 2 (mulher): -- E trata de arrumar logo um emprego, pois este filho é teu!!! ( ) A fala do interlocutor 1 (homem) compõe-se de ideias coordenadas entre si por meio da relação semântica de adição. ( ) A fala do interlocutor 2 (mulher) dá continuidade à ideia de adição iniciada pelo interlocutor 1, uma vez que também se inicia com e. ( ) Na fala do interlocutor 2 (mulher), o nexo pois introduz argumento explicativo em relação à ideia anteriormente apresentada. 42) (Faap-1997) BAILADO RUSSO Guilherme de Almeida A mão firme e ligeira puxou com força a fieira: e o pião fez uma elipse tonta no ar e fincou a ponta no chão. É o pião com sete listas de cores imprevistas. Porém, nas suas voltas doudas,

5 não mostra as cores todas que tem: - fica todo cinzento, no ardente movimento... E até parece estar parado, teso, paralisado, de pé. Mas gira. Até que, aos poucos, em torvelins tão loucos assim, já tonto, bamboleia, e bambo, cambaleia... Enfim, tomba. E, como uma cobra, corre mole e desdobra então, em hipérboles lentas, sete cores violentas no chão. "O pião parece estar parado mas gira". Começando o período pela segunda oração, sem prejuízo do sentido, escreveríamos: a) O pião gira, porque parece estar parado. b) O pião gira, quando parece estar parado. c) O pião gira, embora pareça estar parado. d) O pião gira, desde que pareça estar parado. e) O pião gira, para que pareça estar parado. 43) Classifique as orações coordenadas entre sindéticas (e sua respectiva classificação) e assindéticas. Eles são portadores de deficiência e funcionários eficazes. Aparentemente, todo mundo está sempre disposto a ajudar uma Pessoa Portadora de Deficiência Física, porém a realidade é muito dura. Para os cientistas, os deficientes físicos podem realizar inúmeras tarefas, logo a qualidade de vida deles precisa ser melhorada. Muitas pessoas fazem brincadeiras sobre algum tipo de preconceito, em geral, de mau gosto, portanto isso precisa acabar. É bom ajudar os deficientes porque assim crescemos anteriormente. Ou as pessoas respeitam os portadores de deficiência ou acabarão sendo presas. As empresas cada vez mais estão contratando deficientes, mas ainda não estão cumprindo o que estabelece a lei. 44) A oração contida no quarto verso do texto abaixo classifica-se sintaticamente como: Amanheceu a aurora aquele dia Que 14 de março se contava, Mais tarde do que nunca, porque viam Que o ar de uma negra sombra se turvava, Aves nos ninhos ainda dormiam, Abelhas nos cortiços já roncavam, Porque ver não queriam minhas mágoas Aves, Abelhas, Aurora, Ares, Águas. CASCUDO, Luís da Câmara. Literatura Oral do Brasil, p ) Nos trechos... não é possível QUE a notícia da morte me deixasse alguma tranquilidade, alívio, e um ou dois minutos de prazer e Digo-vos QUE as lágrimas eram verdadeiras, a palavra que está introduzindo, respectivamente, orações: a) subordinada substantiva subjetiva, subordinada substantiva objetiva indireta b) subordinada substantiva objetiva direta, subordinada substantiva objetiva direta c) subordinada substantiva subjetiva, subordinada substantiva subjetiva d) subordinada substantiva completiva nominal, subordinada adjetiva explicativa e) subordinada adjetiva explicativa, subordinada substantiva predicativa 46) No período Não me parece BONITO QUE NOSSO BENTINHO ANDE METIDO NOS CANTOS COM A FILHA DA TARTARUGA..., a oração em destaque é: a) subordinada substantiva objetiva indireta b) subordinada substantiva objetiva direta c) subordinada substantiva subjetiva d) subordinada substantiva completiva nominal e) subordinada substantiva predicativa 47) Assinale a alternativa que contém a oração que não exerce a mesma função sintática que as demais. a) É conveniente que você estude mais. b) Sua mãe quer que você vá ao mercado. c) Fazer a prova é tranquilo é importante. d) Bastava que você lhe telefonasse ontem. e) Seria necessário a inflação parar de subir. 48) Assinale a alternativa em que está corretamente indicada a ideia expressa pela expressão sublinhada: a) Estudando bastante, conseguirias melhor resultado. (causa) b) Apesar de dispor de pouco tempo, fez bom trabalho. (condição) c) Como estava muito apressado, esqueceu alguns objetos. (conformidade) d) Sabendo tudo, não obteve excelente resultado. (concessão) e) Embora sabendo a verdade, não foi chamado para depor. (consequência) 49) Na frase: COMO ANOITECESSE, recolhi-me pouco depois e deiteime., a oração destacada expressa ideia de: a) explicação b) finalidade c) causa d) tempo e) conformidade 50) Observando as orações subordinadas: I. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. II. Sabemos que o calor dilata os corpos. III. Não sou quem você pensa. Elas são, respectivamente: a) adjetiva restritiva, substantiva objetiva direta, substantiva completiva nominal b) adjetiva explicativa, substantiva objetiva direta, substantiva predicativa c) adjetiva explicativa, substantiva subjetiva, substantiva subjetiva d) adjetiva restritiva, substantiva completiva nominal, substantiva objetiva direta a) oração subordinada substantiva objetiva direta b) oração subordinada adverbial temporal c) oração subordinada adjetiva explicativa d) oração principal e) oração coordenada sindética aditiva

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas.

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas. LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL 9º ANO - PORTUGUÊS Caro aluno, seguem abaixo os assuntos para a prova de exame. É só um lembrete, pois os mesmos estão nas apostilas do primeiro bimestre, segundo e terceiro

Leia mais

Estudo das classes de palavras Conjunções. A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das

Estudo das classes de palavras Conjunções. A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das Um pouco de teoria... Observe: Estudo das classes de palavras Conjunções A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das I- João saiu, Maria chegou. II- João saiu, quando

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte II Período

Leia mais

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br AMOSTRA DA OBRA www.editoraferreira.com.br O sumário aqui apresentado é reprodução fiel do livro 2ª edição. Eliane Vieira Análise Sintática Português é simples 2ª edição Nota sobre a autora Sumário III

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn.

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn. Professor Jailton Adjunto adnominal é o termo da oração que sempre se refere a um substantivo que funciona como núcleo de um termo, a fim de determiná-lo, indeterminá-lo ou caracterizá-lo. adj. adn. adj.

Leia mais

Valor Semântico de Conectivos. Coordenadas e Adverbiais

Valor Semântico de Conectivos. Coordenadas e Adverbiais Valor Semântico de Conectivos Coordenadas e Adverbiais As conjunções coordenativas, que encabeçam orações coordenadas, independentes, são de cinco tipos: 1. Aditivas: e, nem, não só...mas também, não só...como

Leia mais

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque.

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. Ex. Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. I) Proporcional: funciona como adjunto adverbial

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais Período composto Orações subordinadas adverbiais Orações subordinadas Orações que mantém relação de dependência sintática e semântica entre a oração subordinada e a oração principal. Ex.: Eu tenho dúvida

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Predicação Verbal e Complementos Verbais 1. Definição de Predicado. 2. Tipos de verbo no predicado: a) verbos transitivos; b) verbo intransitivo;

Leia mais

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Distinguir a relação que se estabelece

Leia mais

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos Pessoais Do caso reto Oblíquo Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos Os pronomes is indicam diretamente as s do discurso. Quem fala ou escreve, assume os pronomes eu ou nós, emprega

Leia mais

TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO

TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO TRIBUNAIS CURSO DE EXERCÍCIOS TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO 01- ( T. JUST. RJ ) O Viva Rio pediu dois minutos de silêncio ao meio-dia da próxima sexta-feira. Que item a seguir indica corretamente

Leia mais

TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2

TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2 TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ALUNO(A): PROFESSOR(A): OSG: Caro(a) aluno(a), Você está recebendo o TD DE RECUPERAÇÃO 2015, que deve ser feito em casa. O TD vale de zero a

Leia mais

MATÉRIA: Língua Portuguesa. PROFESSOR: Karla Gomes. SÉRIE: 3º ano. TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa

MATÉRIA: Língua Portuguesa. PROFESSOR: Karla Gomes. SÉRIE: 3º ano. TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa MATÉRIA: Língua Portuguesa PROFESSOR: Karla Gomes SÉRIE: 3º ano TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa QUESTÃO 01- (ITA SP) Leia com atenção a seguinte frase de um texto publicitário: Esta é a escola

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2010.2

Vestibular Comentado - UVA/2010.2 LÍNGUA PORTUGUESA Comentários: Profs. Evaristo, Crerlânio, Vicente Júnior Texto 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Flor voltara a embalar-se

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Colégio I.L. Peretz Sistema Anglo de Ensino ORAÇÃO SUBORDINADA E ORAÇÃO PRINCIPAL No período: Todos desejavam sua recuperação. verbo complemento do verbo (objeto direto) observamos que: * o verbo, por

Leia mais

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos:

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos: Concordância Na aula de hoje, estudaremos os principais tipos e ocorrências de itens relacionados à concordância verbal cobrados nos vestibulares do país. Nesse sentido, é válido lembrar que serão observadas

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta.

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. LÍNGUA PORTUGUESA SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES E DO PERÍODO COMPOSTO PROF. AGNALDO MARTINO 1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. a) Sedosos eram seus cabelos. b)

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

Professora: Lícia Souza

Professora: Lícia Souza Professora: Lícia Souza Morfossintaxe: a seleção e a combinação de palavras Observe que, para combinar as palavras loucamente, louco e loucura com outras palavras nas frases de modo que fiquem de acordo

Leia mais

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II.

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II. Unidade II Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20 Revisão e avaliação da unidade II. 2 Ervas O caule das ervas (plantas herbáceas) é geralmente verde, ao contrário das árvores e arbustos.

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS As orações subordinadas substantivas são as palavras

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Funções do "que" e do "se"

Funções do que e do se Funções do "que" e do "se" Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA BISPO

PORTUGUÊS CIDA BISPO TIPO 1 PORTUGUÊS CIDA BISPO 7º UNIDADE IV Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul

Leia mais

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica:

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica: Revisão sobre: - Orações complexas: coordenação e subordinação. - Análise morfológica e análise sintáctica. - Conjugação verbal: pronominal, reflexa, recíproca, perifrástica. - Relação entre palavras.

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Certos verbos ou nomes presentes numa oração não possuem sentido completo em si mesmos. Sua significação só se completa

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema.

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema. 8 Gramática -Revisão 8º ano DATA: /09/15: Unidade Centro Aluno (a) Professora: MARIA DO CARMO Leia este poema de Ferreira Gullar. O Açúcar O branco açúcar que adoçará meu café Nesta manhã de Ipanema Não

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

A Virada: contenido. Lecciones 1-100 de A Virada. A Gente. acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar. Adverbios & Adjetivos

A Virada: contenido. Lecciones 1-100 de A Virada. A Gente. acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar. Adverbios & Adjetivos A Virada: contenido Lecciones 1-100 de A Virada A Gente ACABAR de Adverbios & Adjetivos A gente vai acabou de acontecer, acabei de comprar, acabei de chegar fácil (adjective) facilmente (adverb) Adverbios

Leia mais

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER Vejamos os exemplos de concordância do verbo ser: 1. A cama eram (ou era) umas palhas. Isto são cavalos do ofício. A pátria não é ninguém: são todos. (Rui Barbosa).

Leia mais

Profª.: Elysângela Neves

Profª.: Elysângela Neves Profª.: Elysângela Neves Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

PROFESSORA: Patrícia. ALUNO (a): Lista de Língua Portuguesa

PROFESSORA: Patrícia. ALUNO (a): Lista de Língua Portuguesa GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO (a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de Língua Portuguesa Leia com atenção texto abaixo: Disponível: www.chargesonline.com.br.

Leia mais

GRAMÁTICA COMPLEMENTOS VERBAIS. DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/

GRAMÁTICA COMPLEMENTOS VERBAIS. DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/ GRAMÁTICA Profª. Gina Maciel COMPLEMENTOS VERBAIS DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/ 1. (UFMS 2010) Faça uma análise sintática da

Leia mais

Orações reduzidas. Bom Estudo!

Orações reduzidas. Bom Estudo! Orações reduzidas Bom Estudo! Orações reduzidas São orações construídas com as formas nominais do verbo infinitivo (terminação em -r), gerúndio (terminação em -ndo) e particípio (terminação em -ado/ -ido),

Leia mais

Manoel Neves. exercícios de teoria gramatical Período composto

Manoel Neves. exercícios de teoria gramatical Período composto Manoel Neves exercícios de teoria gramatical Período composto QUESTÃO 01 (CTSP) Assinale a alterna1va onde há oração subordinada comple1va nominal reduzida: a) O caráter universal da lei oferece proteção

Leia mais

Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2014 Disciplina: Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

As palavras: QUE, SE e COMO.

As palavras: QUE, SE e COMO. As palavras: QUE, SE e COMO. Enfocaremos, nesse capítulo, algumas particularidades das referidas palavras. Professor Robson Moraes I A palavra QUE 1. Substantivo aparece precedida por artigo e exerce funções

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 2 E. M. CEAG 2 BIMESTRE

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 2 E. M. CEAG 2 BIMESTRE Orientações: Só serão aceitas as atividades feitas por completo e de acordo com o que foi pedido nos enunciados. Todos os exercícios deverão ser resolvidos no caderno. A perda desta lista implicará em

Leia mais

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br As orações subordinadas adverbiais recebem essa denominação porque expressam uma circunstância da oração a que se subordinam. Essa circunstância é a função

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Leia a letra da música "Fico Assim Sem Você", de Claudinho e Buchecha:

Leia a letra da música Fico Assim Sem Você, de Claudinho e Buchecha: Leia a letra da música "Fico Assim Sem Você", de Claudinho e Buchecha: Avião sem asa, Fogueira sem brasa, Sou eu assim, sem você Futebol sem bola, Piu-piu sem Frajola, Sou eu assim, sem você... Porque

Leia mais

O objeto direto preposicionado pode ocorrer quando: Estiver representando nomes próprios. Ex.: Sempre quis viajar a Fernando de Noronha.

O objeto direto preposicionado pode ocorrer quando: Estiver representando nomes próprios. Ex.: Sempre quis viajar a Fernando de Noronha. Em alguns casos, o objeto direto pode ser introduzido por preposição: é o chamado objeto direto preposicionado. Nesses casos, o verbo é sempre transitivo direto, e seu complemento é, obviamente, um objeto

Leia mais

Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período

Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período Nome: Ano: 7 ano Disciplina: P.T. Textos Nº: Data: Professor: Valdeci Lopes Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período 1. Leia a tirinha abaixo: Reescreva a frase nominal do quadrinho,

Leia mais

Período Simples. Período Composto

Período Simples. Período Composto Período Simples e Período Composto Os períodos são formados através das orações. Orações são frases que apresentam verbo ou locução verbal. Maria saiu cedo de casa. verbo José ficou fazendo sua tarefa

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira.

Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira. Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira. A Oração Subordinada Adverbial é aquela que, no período composto, equivale a um advérbio. As orações adverbiais sempre exercem, em relação à oração

Leia mais

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br 1 CURSO DE PORTUGUÊS ON-LINE AULA 8 ANÁLISE SINTÁTICA OS TERMOS DA ORAÇÃO Oração - conjunto de palavras, com sentido e com a presença obrigatória de um verbo. O sol brilha no horizonte. 1- Termos essenciais:

Leia mais

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Eu queria testar a metodologia criativa com alunos que eu não conhecesse. Teria de

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo Letras Prof a. Dr a. Leda Szabo Aspectos das Conexões Sintáticas Objetivo Diferenciar o objeto de estudo da análise de base sintática do objeto de estudo da análise do discurso. Compreender a diferença

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas.

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. Pág. 41 1 e 2 1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. c) Delimite as orações. Foi o presente

Leia mais

I Tessalonicensses 4:13~18; a descrição do encontro

I Tessalonicensses 4:13~18; a descrição do encontro Arrebatamento (continuação) #70 Vamos agora, ver em detalhes a descrição do encontro de Jesus com a Igreja e a transformação dos nossos corpos para corpos gloriosos, iguais ao de Jesus. I Tessalonicensses

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL

Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL CONCORDÂNCIA VERBAL Regra geral O verbo e seu sujeito deverão concordar em número e pessoa: Eu Tu Ele Os alunos sujeito cheguei. chegaste. chegou. chegaram. verbo

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches 1 Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches Conteúdo: - Predicação Verbal; - Modo e Tempo Verbal; - Vozes Verbais. Trabalho para Recuperação 01. Leia a tira. a) Na oração Queria mandar um alô para o

Leia mais

1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de acordo com a norma gramatical. Em seguida circule os adjuntos adnominais.

1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de acordo com a norma gramatical. Em seguida circule os adjuntos adnominais. EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE PORTUGUÊS SERIE: 7 ANO TURMA: 3 BIMESTR DATA / /2010 PROFESSORA: CLAUDIA ALUNO (A): NOTA: Nº: Leia a tira com atenção. 1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de

Leia mais

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 1. A alternativa que melhor completa a frase abaixo é: Até agora, você queria conhecer os das coisas existentes. Daqui para a frente, acrescente outra pergunta:

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA Nome: Nº 8º Data / / Professor: Nota: A INTRODUÇÃO Agora, você terá a oportunidade de recuperar os conteúdos do ano por meio de um roteiro de estudo. Leia

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

208. Assinale a única frase correta quanto ao uso dos pronomes pessoais: 209. Assinale o exemplo que contém mau emprego de pronome pessoal:

208. Assinale a única frase correta quanto ao uso dos pronomes pessoais: 209. Assinale o exemplo que contém mau emprego de pronome pessoal: 207. Complete com eu ou mim : CLASSES DE PALAVRAS PRONOME: - eles chegaram antes de. - há algum trabalho para fazer? - há algum trabalho para? - ele pediu para elaborar alguns exercícios; - para, viajar

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 10 por

Leia mais

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS PORTUGUÊS PARA CONCURSOS Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética Fonema Letra Sílaba Número de sílabas Tonicidade Posição da sílaba tônica Dígrafos Encontros consonantais Encontros vocálicos Capítulo 2

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 8 PORTUGUÊS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou às Unidades 1 e 2 do Livro do Aluno. Avaliação - Língua Portuguesa NOME: TURMA: escola:

Leia mais

Português 5º ano Ens. Fund. I. 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta.

Português 5º ano Ens. Fund. I. 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta. Português 5º ano Ens. Fund. I 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta. a) A paisagem mostra uma zona urbana. b) A paisagem representa uma zona rural. c) Essa tela não representa um texto.

Leia mais

As orações subordinadas adverbiais funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal, são introduzidas por conjunções ou locuções conjuntivas

As orações subordinadas adverbiais funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal, são introduzidas por conjunções ou locuções conjuntivas As orações subordinadas adverbiais funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal, são introduzidas por conjunções ou locuções conjuntivas que indicam circunstâncias de : causa, consequência, condição,

Leia mais

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES Recorda! Verbos são palavras que refer acções ou processos praticados ou desenvolvidos por alguém. Os verbos distribu-se por vários

Leia mais

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal.

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal. -...eu nem te conto! - Conta, vai, conta! - Está bem! Mas você promete não contar para mais ninguém? - Prometo. Juro que não conto! Se eu contar quero morrer sequinha na mesma hora... - Não precisa exagerar!

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 08 19 25 A questão 08 do código 07, que corresponde à questão 19 do código 08 e à questão 25 do código 09 Assinale a alternativa incorreta em relação à regência nominal. a) São poucos os cargos

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas Eercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas ) (ITA-004) Considere todos os números z = + i que têm módulo e estão na elipse + 4 = 4. Então, o produto deles é igual a 9 49 8 4 ) (VUNESP-00) A figura

Leia mais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais. Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha

Período composto. Orações subordinadas adverbiais. Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha Período composto Orações subordinadas adverbiais Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha Oração subordinada adverbial É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. Observe:

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade Orações subordinadas adverbiais 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade CAUSAL: causa, motivo. ** porque, visto que, já que Ex.: Viajaram ontem porque tinham tempo. COMPARATIVA: ideia de comparação. ** como,

Leia mais