Dicas para a combinação das cores em casa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dicas para a combinação das cores em casa"

Transcrição

1 O uso de selador antes da pintura fecha os poros da parede e impede que grande quantidade de tinta seja desperdiçada. Tintas com brilho destacam as imperfeições das superfícies. Para paredes com saliências e rugosidades é indicado o uso de tintas foscas. Quando você estiver em ambiente interno (dentro da loja) e for escolher tintas para ambientes externos, escolha sempre um tom acima (mais fechado) daquele que deseja. A luz do sol que incide sobre superfícies externas é total e por isso abre as tonalidades. Para pintar paredes de alvenaria (reboco, tijolo à vista, concreto), principalmente as externas, utilize tinta acrílica, que é mais durável e resistente à chuva, sol e intempéries. Para colocar objetos em evidencia: se você deseja destacar um objeto específico, pinte a parede de fundo com uma cor que faça contraste com ele. Para objetos a serem escondidos: pinte a cor da parede ao fundo num tom que se assemelhe ao do objeto a ser escondido. Para rebaixar o teto: basta pintar o teto em tons mais escuros do que os da parede. Para elevar o teto: aplique no teto cores mais claras do que as usadas nas paredes. Para alargar corredores: as extremidades dos corredores e o teto devem ser pintados com cor mais escura do que as das paredes. Para alongar paredes: aplique tom mais claro na parte de cima da parede e pinte a parte de baixo com tom mais escuro. Para encurtar paredes: aplique tom mais escuro na parte de cima da parede e pinte a parte de baixo com tom mais claro. Para alongar ambientes quadrados: pinte uma cor mais escura duas paredes, uma de frente para a outra. Para encurtar ambientes: em um ambiente retangular, aplique uma cor mais escura nas paredes menores. Dicas para a combinação das cores em casa 1. As cores: branco, bege e amarelo, são ideais para que locais com pouca luz natural fiquem mais claros. 2. As cortinas muito coloridas, ou com cores muito fortes tendem a tingir todo o cômodo com a incidência do sol através da janela. 3. Ao pintar uma das paredes numa sala quadrada, quebra-se a simetria. 4. A cor laranja age sobre o sistema digestivo, despertando o apetite, portanto é ideal para as salas onde são feitas as refeições. 1

2 5. Cuidado com a cor branca, apesar de produzir sensações de limpeza, frescor e claridade, pode tornar o ambiente monótono e hostil, levando à dispersão. 6. Móveis, quadros ou objetos colocados à frente de uma parede colorida ganham destaque e luminosidade. 7. Quando se coloca um móvel claro de fronte a uma parede escura, este parece maior, ao contrário, um móvel escuro numa parede clara, parecerá menor. 8. Paredes externas, atingidas por raios solares, aquecerão ainda mais se forem pintadas com tons quentes, pois absorvem muito calor, entretanto, tons muito claros, podem ofuscá-las. 9. Quando o teto é pintado com branco, a iluminação deixa as cores que rodeiam o ambiente homogêneas, o que não acontece com tons escuros, que ainda dão a impressão de um pédireito mais baixo. 10. Para se dividir os ambientes, as cores podem ser aliadas. No caso de salas que servem de estar e de jantar, por exemplo, uma das paredes pintada em um tom forte ajuda a delimitar a área de refeições, se a intenção for afastá-las, use cores frias, se for aproximá-las, utilize cores quentes. Corrigindo problemas Alvenaria Falta de nivelamento. A falta de nivelamento pode acontecer quando a superfície não está preparada de modo correto, diluição indevida do produto (fora da especificação recomendada) ou rolo de lã com cerdas muito altas. Para corrigir este problema deve-se lixar a superfície e aplicar Massa Acrílica (para exterior) ou Massa Corrida PVA (para interior), em seguida aplicar o acabamento com rolo de lã de perfil baixo. Descascamento O descascamento pode acontecer quando a pintura for aplicada sobre superfície calcinada sem preparação adequada, sobre superfícies empoeiradas ou com infiltração de umidade. Para evitar o problema de descascamento é necessário eliminar partes soltas ou mal aderidas escovando e raspando a superfície. Aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz). Após a secagem, fazer aplicação de acabamento. Desagregamento O desagregamento caracteriza-se pelo descascamento da pintura junto com o reboco e grãos de areia quando a pintura for feita diretamente sobre um reboco novo sem tempo de cura. Para corrigir este problema deve-se raspar as partes soltas, corrigir as imperfeições profundas com reboco, aguardar 28 dias para a cura da superfície e aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes Dacar na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz). Após a secagem, fazer aplicação de acabamento. 2

3 Eflorescência A Eflorescência é caracterizada pelo surgimento de manchas esbranquiçadas na superfície pintada. Este problema aparece quando a tinta é aplicada sobre reboco úmido (não curado totalmente). A Eflorescência também pode ocorrer em superfícies de concreto, cimento amianto e tijolos. Para evitar este problema deve-se aguardar 28 dias para a secagem total da superfície e eliminar possíveis infiltrações e aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes Dacar na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz). Após a secagem, fazer aplicação de acabamento. Saponificação Caracteriza-se pelo aparecimento de manchas na superfície pintada ou retardamento da secagem de tintas a base de resinas alquídicas (Esmalte Sintético ou Tinta a Óleo), apresentando superfície pegajosa. Este problema ocorre devido à alcalinidade da cal e do cimento que compõem o reboco da parede. Esta alcalinidade, na presença de umidade, reage com a acidez característica de alguns tipos de resina. Para evitar este problema deve-se aguardar 28 dias para a secagem total da superfície e eliminar possíveis infiltrações, aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz). Após a secagem, fazer aplicação de acabamento. Manchas causadas por pingos de chuva O aparecimento de machas ocorre quando se trata de pingos isolados, em paredes com pinturas novas. Estes pingos isolados, ao molharem a pintura afloram alguns materiais solúveis da tinta, provocando assim as mancha do filme da tinta. Para eliminá-las, basta lavar a superfície com água, sem esfregar. Bolhas O aparecimento de bolhas em parede externa geralmente são causadas pelo uso de Massa Corrida PVA indicado para superfícies internas. Para resolver este caso a Massa Corrida PVA deve ser retirada, aplicando-se uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz) e corrigir as imperfeições com Massa Acrílica, repintar a superfície. Este problema pode ocorrer em paredes internas, quando após o lixamento da Massa Corrida, a poeira não foi devidamente limpa e a tinta não foi diluída dentro das especificações técnicas. Para corrigir este problema deve-se raspar a superfície danificada e aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz) e corrigir as imperfeições com Massa Corrida PVA, repintar a superfície. Há casos de formação de bolhas em paredes quando se aplica uma camada de tinta nova sobre uma tinta de qualidade inferior. A umidade da tinta nova pode se infiltrar na antiga e causar a dilatação. Para corrigir este problema deve-se raspar a superfície danificada e aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz) e corrigir as imperfeições com Massa Corrida PVA (pinturas internas) e Massa Acrílica (pinturas externas), repintar a 3

4 superfície. Aparecimento de mofo Certos fungos e vegetais se proliferam em climas quentes, úmidos e sem ventilação, formando assim uma camada escura na superfície (decomposição da tinta). Para corrigir este problema, a parede deve ser lavada com água sanitária na proporção de 8:3 (8 partes de água para 3 partes de água sanitária), após a limpeza, enxaguar a superfície, esperar a secagem da superfície e aplicar o acabamento. Baixa cobertura A falta de cobertura ocorre devido à diluição excessiva, deixando a tinta com baixa viscosidade e reduzindo a espessura da película da tinta. Tempo de secagem e número de demãos insuficiente. Tipo de rolo com pelo alto, prejudica o nivelamento e transferência da tinta, causando irregularidades na superfície e influencia no acabamento final da tinta. Número de demãos insuficientes: tecnicamente recomendamos 3 demãos de tinta para uma melhor cobertura e resistência a lavabilidade e durabilidade. Para evitar este problema deve-se sempre respeitar as informações contidas na embalagem. Aplicar sempre o número de demãos necessárias para um fechamento por completo do filme da tinta. Utilizar Rolo com pelo baixo. Crateras O aparecimento de crateras ocorre quando na diluição se utiliza solventes não apropriados, ou por contaminação da tinta, do material de pintura ou da superfície por lubrificante, graxas, poeiras ou água. Para resolver este problema deve-se remover toda a tinta contamina e aplicar novamente a tinta de acabamento. Gesso Amarelamento O Amarelamento da tinta é formado devido à migração da resina da placa de gesso. Recomenda-se aplicar uma demão de Fundo Preparador de Paredes na proporção de 2:1 (2 partes de Fundo Preparador de Paredes com 1 parte de Águaraz). Caso já tenha sido aplicada à tinta de acabamento e houver manchas, aplicar 1 demão de Fundo Óleo Branco Fosco para selar a migração de manchas. Preparação da superfície Superfície de alvenaria Em alvenaria (paredes em geral) aplica-se látex, acrílico, resina, tinta para piso ou textura. Em paredes novas, o importante é verificar se ela se apresenta seca, firme, coesa, sem poeira, gordura, graxa, sabão ou mofo; Em paredes antigas: - as partes soltas, devem ser eliminadas, raspando, lixando ou escovando a superfície; Gordura deve ser eliminada com água e detergente, em seguida enxaguar e aguardar a secagem; O mofo se elimina lavando a superfície com uma solução de cloro diluído com água ou água sanitária, não esqueça de enxaguar e aguardar a secagem completa; 4

5 No caso de reboco muito fraco (velho) ou parede pintada com cal é necessário aplicar Fundo Preparador de Paredes (diluído com aguarrás na proporção 1:1) antes de aplicar a tinta. Superfícies de baixa aderência (como azulejo, cerâmica, cimento queimado) aplicar fundo fosfatizante. Superfícies com pinturas brilhantes, retirar o brilho usando lixa com grana 360 ou 400. Imperfeições da parede são corrigidas com Massa Corrida (internamente) ou Massa Acrílica (interna ou externamente). Dúvidas mais frequentes (FAQ) 1) A tinta pode ser aplicada pura, sem diluição? Não, a diluição é necessária para qualquer tipo de tinta, pois é o diluição que permitirá o alastramento e a aderência da tinta na superfície. 2) É obrigatório o uso de fundos e seladores sobre a massa? É recomendado, mas não obrigatório. O fundo e o selador em função de uniformizar a absorção e economizar o acabamento. 3) A massa acrílica ou a PVA, ou a tinta acrílica ou PVA, podem ser aplicadas em madeira? Não, produtos a base de água não devem ser aplicados em madeira, pois com o contato com a água destes produtos, as fibras da madeira se dilatam, ocasionando trincamentos e descascamentos. 4) O thinner pode ser utilizado para diluição de esmalte, tinta a óleo ou vernizes? Não, o uso do thinner como solvente para estas tintas pode causar problemas como: esbranquiçamento, enrugamento e descascamento da película de tinta. 5) Quais os acabamentos existentes em tintas esmaltes, acrílicas e PVA? Existe hoje no mercado os seguintes acabamentos: - fosco: acabamento totalmente sem brilho (ajuda a esconder imperfeições da parede); - acetinado: acabamento aveludado entre o fosco e o brilhante ; - semi-brilho: acabamento brilhante (realça as imperfeições da parede, mas por outro lado, tem uma capacidade maior de limpeza). Pintura em gesso (Áreas molháveis e não molháveis). O gesso, assim como a argamassa de cimento e areia deve passar por um período de cura antes de receber a pintura de acabamento. Este período de cura é de, no mínimo, 30 dias após sua aplicação. Muito embora seja bastante comum, nos dias atuais, a aplicação de placas prémoldadas de gesso (especialmente em forros), não devemos esquecer que suas junções são feitas no momento da aplicação, o que nos leva à obrigatoriedade do aguardo da cura. Também é importante lembrar que as placas de gesso, são produzidas em moldes, possuem resíduos do desmoldante utilizado. Este desmoldante deve ser isolado, através da aplicação de um fundo adequado, para que não cause problemas como amarelamento da tinta aplicada. O mesmo produto de fundo aplicado será responsável pela coesão da camada superficial do gesso que é, naturalmente, um material pulverulento que não oferece boa condição de ancoragem para a pintura. Preparação da superfície. A superfície deve ser lixada (grana 150 a 240) e estar limpa, sem poeira, gordura, sabão ou mofo. Se a superfície apresentar mofo, deve ser feita a eliminação, lavando-se a superfície com uma solução de hipoclorito de sódio (Água sanitária/cloro) e água, misturados na proporção de 1:1. A solução deve ser aplicada com 5

6 brocha, agindo por 15 minutos e enxaguando-se com água limpa em seguida para eliminar resíduos de cloro. Fundo. Neste caso, o objetivo da camada de fundo é promover maior coesão a superfície, para que os demais produtos tenham base firme para boa ancoragem. Para tanto, deve ser feita a seguinte aplicação: - Fundo preparador de paredes, diluído com 100% de aguarrás. Nos casos de alta absorção, deve ser utilizada a proporção de 2:1 (fundo: diluente). Aplicar com rolo de lã, aguardando intervalo mínimo de 4 horas para secagem. Nivelamento. O nivelamento será executado com Massa Corrida para interiores no caso de áreas não molháveis (quartos, salas, tetos internos, etc.). Nas áreas molháveis deverá ser feito com Massa Corrida Acrílica (Exteriores). Os produtos devem ser aplicados em camadas finas e sucessivas, não ultrapassando espessura final superior a 3mm.Lixar (grana 150 a 240) e remover o pó entre demãos e antes da pintura, preferencialmente com pano umedecido com água. Acabamentos Possíveis. Látex Acríllco Semi-Brilho / Acetinado / Fosco: Aplicar de 2 a 3 demãos, com diiuição de 30% a 40% de água na primeira e de 10% a 20% nas demais. Látex PVA (1ª Linha):Aplicar de 2 a 3 demãos, com diiuição de 40% a 50% na primeira e 20% com água limpa nas seguintes. Látex PVA (2ª Linha): Aplicar de 2 a 3 demãos, diluídas com 30% a 40% de água na primeira demão e de 10% a 20% nas demais. Pintura sobre alvenaria em bom estado. (Áreas molháveis ou não molháveis) Quando a pintura inicial é executada de acordo com as especificações das embalagens e com os sistemas propostos pelo fabricante, a possibilidade de uma repintura problemática é muito reduzida, o que a torna simplificada e de baixo custo. A manutenção adequada de uma pintura, especialmente a externa, também é um fator contribuinte para a sua maior durabilidade e repintura facilitada. Portanto, bastam os cuidados básicos de preparação de superfície e aplicação da tinta para que a repintura se torne simples e barata. Preparação da superfície. Nos casos de acabamentos que apresentam brilho, o lixamento deve ser executado de forma a eliminar completamente este brilho, o que irá gerar a melhor ancoragem da nova tinta. A superfície deve ser lixada (grana 150 a 240) e estar limpa, sem poeira gordura, sabão ou mofo. Se a superfície apresentar mofo, deve ser feita a eliminação, lavando-se a superfície com uma solução de hipoclorito de sódio(água Sanitária/Cloro) e água misturados na proporção de 1:1. A solução deve ser aplicada com brocha, agindo por 15 minutos e enxaguando-se com água limpa em seguida para eliminar resíduos de cloro. Acabamentos Possíveis. Neste caso, por estarmos tratando de superficie de bom estado, não se fazem necessárias as etapas de fundo e nivelamento de superfície. Latex Acrílico Semi-Brilho / Acetinado / Fosco: Aplicar de 2 a 3 demaos, com diluiçao de 30% a 40% de água na primeira e de 10% a 20% nas demais. Latex PVA (1º Linha): Aplicar de 2 a 3 demãos, com diliuição de 40% a 50% na primeira e 20% com água limpa nas seguintes. Látex PVA (2º Linha): Aplicar de 2 a 3 demãos, diluídas com 30% a 40% de água na primeira demão e de 10% a 20% nas demais. Se o acabamento for rústico, deve-se optar pela utilização de um produto para texturar, lembrando que nesta situação a superfície deve apresentar-se muilto bem selada, para não causar danos ao acabamento da aplicação como segue: 6

7 Textura Acrilica: Uma demão numa diluição de até 10% de água. Aguardar intervalo mínimo de 4 horas para secagem. Este produto deve receber pintura Acrílica ou PVA como acabamento. Textura Acrílica - Acabamento hidro-repelente: repelente: Uma demão, também diluida até o limite de 10% com água. O tempo de secagem é de no minimo 4 horas. Este produto é um acabamento, não sendo necessário pintá-lo depois de aplicado. Estes produtos devem ser aplicados com rolo especial para texturar. Dica 1 - Cálculo de consumo de tinta: Rendimento médio por litro: Tinta acrílica fosca e semi-brilho: 8 a 12 m2 por litro. Tinta acrílica econômica: 4 a 8 m2 por litro. Tinta acrílica fosca e semi-brilho: 5 m2 por litro. Compreende as seguintes etapas: 1- Determine a metragem quadrada da superfície a ser pintada: A área de uma parede é obtida multiplicando-se a altura (h) pelo comprimento (x), conforme a figura abaixo.some o resultado de todas paredes A área do teto é obtida multiplicando-se o comprimento (x) pela largura (y), conforme a figura abaixo. 2- Desconte a área das portas e janelas. 3- Verifique o rendimento do produto. O rendimento é padronizado em m2 por demão. 5.- Calcule quantos baldes ou galões serão usados, conforme a seguinte regra: Volume = (A x N):R A = área calculada R = rendimento por litro do produto N = número de demãos. Ex: Volume = (210 m2 x 2 demaos)/ 14 m2 por litro Volume = 420 : 14 Volume = 30 Volume = 1 balde de 18 litros e 4 galões. Use a tabela abaixo com as medidas padrões: 1 lata de 18 litros = 5 galões de 3,6 litros 1 galão = 3,6 litros OBS: Em geral considere 2 demãos para tinta acrílica. 7

8 Dica 2 As cores nos ambientes A diversidade das cores colabora para tornar o mundo mais belo e nossas vidas mais interessantes. Para ajudar você na escolha das suas cores, podemos aprender um pouco com a Psicodinâmica das Cores. É preciso ter em mente que a escolha das cores para os ambientes da casa é muito importante e requer um estudo detalhado de cada ambiente: Hall: o hall de entrada á primeira impressão que as pessoas têm dos donos da casa, logo, a cor escolhida deve retratar a personalidade dos moradores. Mesmo sendo apenas uma área de passagem, ela deve ser pintada em tons que convidem o visitante a entrar na casa. O amarelo indica normalmente pessoas com idéias e vasto campo de interesse. O verde indica que os donos da casa se preocupam com a família, as crianças e os animais, tendem a acumular posses e não jogar coisas fora. Um hall cor de rosa indica calor e afeto. O azul indica um lugar com pessoas de opinião firme, geralmente pessoas solitárias ou distantes, porém amáveis e atenciosas. Um hall vermelho indica um morador que quer ser notado. Por ser muito ativo, deve canalizar suas energias para algo construtivo. O creme, que é a cor mais comum em hall de entrada, é uma cor que indica segurança, mas por ser neutra irradia pouca energia. Sala de estar: as recomendações expostas para o hall de entrada também podem ser usadas aqui. A sala de estar é onde recebemos nossas visitas e onde elas permanecem a maior parte do tempo, deve ser um local acolhedor e as cores devem refletir a personalidade dos moradores da casa também. É praticamente um prolongamento do hall, portanto deve ser pintada nas mesmas cores, variando-se apenas os tons. A sala de estar é o local ideal para longas e descontraídas conversas. Um amarelo ou laranja aquecem qualquer história. É preciso dar igual importância às cores dos estofados. Jamais coloque móveis azuis. Desta forma, as pessoas não permanecem muito tempo sentadas. Sala de jantar: Se o objetivo for aproximar as pessoas, escolha cores quentes como o laranja, pois ainda estimulam a sociabilidade (e o apetite também). Sob a influência da cor amarela tendemos a comer mais depressa e falarmos muito, o que pode vir a dificultar a digestão. Tons azuis estimularão assuntos mais sérios e as pessoas ficarão mais contidas. Quarto: é o cômodo no qual passamos boa parte de nosso tempo. A cor escolhida deve ser relaxante, pois enquanto dormimos captamos mais facilmente as energias ao nosso redor. Cores frias como o azul ou verde acalmam as emoções e ajudam a relaxar. Evite tons quentes como os amarelos, pois super-estimulam a mente. O vermelho nunca. As cores quentes podem ser usadas em detalhes. Quarto das crianças: é importante que o ambiente onde as crianças ficam a maior parte do tempo seja SIMPLES. Não cometer excessos é imprescindível, pois cores e desenhos multicoloridos superenergizam as crianças. Tons de rosa e pêssego são boas para luminárias, o azul e o verde não são recomendados. O teto pode ser pintado de azul-claro pois ajuda a criança a ter um sono mais repousante. Cozinha: como a cozinha é o local onde é preparada a comida, trata-se de um dos lugares mais importantes da casa. As cores afetarão diretamente quem prepara os alimentos consequentemente os próprios alimentos. As cores quentes, como o laranja, o pêssego e o damasco afloram nossa criatividade, além de estimularem o interesse em preparar a comida e servi-la; em geral estimulam um interesse maior pela casa. 8

9 Cores frias, como o azul, não são recomendadas, pois a reação comum a elas é a retração e o ocultamento de sentimentos. Banheiro: As cores rosa e pêssego criam um ambiente onde liberamos as tensões e relaxamos, portanto, ideais para o banheiro. O azul também ajuda a acalmar, mas pode vir a deprimir pessoas muito sensíveis. Plantas dentro do banheiro é também boa opção para trazer energia (escolha plantas que se dão bem em ambientes úmidos). Vale lembrar que as cores do banheiro, em caso de suítes, devem acompanhar as do quarto. Gabinete ou sala de estudos: Creme ou verde, o ideal é usar cores que estimulem o raciocínio e prendam a atenção. No piso, cores mais densas como o marrom, propiciam a sensação de estabilidade. Sala íntima: Os móveis devem ser muito confortáveis e apoiar a cabeça das pessoas. Tons neutros nas paredes - como o ocre - são os mais indicados para não desviar a atenção da tela ou deixar irrequietos os interlocutores. Um verde-água quebra um pouco a neutralidade do ambiente, tornando-o mais aconchegante. Corredores, escadarias áreas internas: Aqui buscam equilíbrio entre as cores quentes e as frias. Esses ambientes devem ser claros. Um dos truques importantes está na cor das portas: portas que dêem para ambientes da família devem ser integradas à parede. Portas para ambientes de livre acesso devem se destacar da parede. 9

Problemas Comuns. Eflorescência

Problemas Comuns. Eflorescência Problemas Comuns Como em qualquer outra área na construção civil, geralmente ocorrem problemas, seja na preparação da superfície ou no acabamento. Os problemas mais freqüentes são: Eflorescência São manchas

Leia mais

Dicas Qualyvinil PROCESSOS DE PINTURA

Dicas Qualyvinil PROCESSOS DE PINTURA Processos de pintura Existem diferentes processos de pintura, mas o segredo para o sucesso e durabilidade do acabamento final, depende invariavelmente da habilidade do profissional e da preparação da superfície.

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Acrílico Standard mais rendimento Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É uma tinta acrílica de alto rendimento apresenta um excelente acabamento em superfícies externas e internas de alvenaria, reboco,

Leia mais

COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL!

COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL! COMO REALIZAR UMA EXCELENTE PINTURA PREDIAL! Na execução de uma PINTURA, devemos levar em consideração os vários fatores que envolvem as etapas deste processo e suas particularidades. Por exemplo, temos

Leia mais

AMETISTA PROCEDIMENTOS PRELIMINARES QUE ANTECEDE AS TEXTURAS

AMETISTA PROCEDIMENTOS PRELIMINARES QUE ANTECEDE AS TEXTURAS Manual AMETISTA PROCEDIMENTOS PRELIMINARES QUE ANTECEDE AS TEXTURAS l-avaliçao das superfiçies Verificar se as areas estao secas, isentas de umidade oleo ou graxas,buracos etc... ll-preparaçao de superficies

Leia mais

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó Dê asas à sua imaginação nas diversas aplicações do Pó Xadrez. Aplicações Xadrez Pigmento em Pó O PÓ XADREZ é um pigmento concentrado que proporciona efeitos decorativos em diversas aplicações. Mais econômico,

Leia mais

GUIA PRÁTICO. www.yalen.com.br DE PINTURA PROCEDIMENTOS TÉCNICOS SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

GUIA PRÁTICO. www.yalen.com.br DE PINTURA PROCEDIMENTOS TÉCNICOS SOLUÇÃO DE PROBLEMAS www.yalen.com.br GUIA PRÁTICO PROCEDIMENTOS TÉCNICOS SOLUÇÃO DE PROBLEMAS UMA SELEÇÃO DE INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS, PARA QUALQUER PROFISSIONAL DA PINTURA. Caro Amigo (a), Este guia foi desenvolvido para

Leia mais

CORES Além das cores de catálogo pode-se obter outros tons misturando as cores entre sí.

CORES Além das cores de catálogo pode-se obter outros tons misturando as cores entre sí. TINTA ACRÍLICA PREMIUM MACTRA é uma tinta acrílica fosca com excelente desempenho. Sua FÓRMULA EVOLUTION oferece ótima cobertura, secagem rápida, fácil aplicação e baixo odor, proporcionando uma pintura

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE PINTURA

PROCEDIMENTOS DE PINTURA 1 PROCEDIMENTOS DE PINTURA 2 PROCEDIMENTOS DE PINTURA 01.00 SISTEMA DE PINTURA PARA ACABAMENTO FINAL EM LATEX PVA 01.01 - PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE 1. GESSO (PLACA/PASTA) - Aplicar fundo preparador de parede

Leia mais

O fundo preparador ou selador veda e nivela a superfície; se necessário, pode-se corrigir imperfeições com a massa corrida.

O fundo preparador ou selador veda e nivela a superfície; se necessário, pode-se corrigir imperfeições com a massa corrida. Página 1 de 5 TINTAS E VERNIZES LATEX ACRÍLICO E PVA Criadas para proteger e embelezar as paredes de alvenaria, estruturas metálicas e madeiras, as tintas são aperfeiçoadas para garantir maior desempenho

Leia mais

Como pintar azulejos e revestimentos cerâmicos para renovar sua cozinha ou banheiro

Como pintar azulejos e revestimentos cerâmicos para renovar sua cozinha ou banheiro Dar fim às estampas antigas, disfarçar manchas do tempo ou até eliminar a aparência da cerâmica. Tudo isso é viável, desde que se use a tinta certa Há duas técnicas para que o jeitão antigo do seu azulejo

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DE APLICAÇÃO

MANUAL PRÁTICO DE APLICAÇÃO MANUAL PRÁTICO DE APLICAÇÃO Esperamos que este Manual Prático de Aplicação possa oferecer a você que é usuário das tintas da KING S PAINT, informações importantes para realizar uma pintura de melhor qualidade

Leia mais

PINTURAS EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

PINTURAS EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II PINTURAS EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II PINTURA EQUIPAMENTOS USUAIS PARA APLICAÇÃO DA PINTURA Ferramentas para PREPARO

Leia mais

TINTAS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho

TINTAS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho TINTAS Conceito Composição química variada, na maioria das vezes orgânica, que apresenta consistência líquida ou pastosa, que aplicada sobre uma superfície, forma um revestimento sólido e contínuo, com

Leia mais

Composição Básica Emulsão Latex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivo, antibacteria e água.

Composição Básica Emulsão Latex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivo, antibacteria e água. Boletim Técnico Produto Casacor Acrílico Fosco Branco Descrição Casa limpa, mais saúde e família protegida. Tudo isso em uma tinta: CASA COR Acrílico Super Premium da Tintas Renner. A sua fórmula especial

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO - LINHA GRAFF

BOLETIM TÉCNICO - LINHA GRAFF A Linha de produtos da Textura & Cia foi desenvolvida para economizar, eliminando etapas do tipo massa fina, massa corrida / acrílica e pintura. Além de tornar prático e econômico o acabamento; os produtos

Leia mais

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS E DICAS PARA UMA PINTURA EFICIENTE DE PISO Sempre que desejamos fazer uma pintura de piso, Industrial ou não, devemos ter em mente quais são os objetivos

Leia mais

APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5

APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5 APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5 1.0 - DESCRIÇÃO Esta literatura tem por finalidade servir de guia de aplicação do Elastron sobre Estruturas de Concreto e a Preparação do Substrato. O Sistema consistirá

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA PINTURA

PROCEDIMENTOS PARA PINTURA PROCEDIMENTOS PARA PINTURA Prof. Marco Pádua Geralmente não é dada a devida importância a qualidade dos serviços de pintura. Sendo a última etapa da construção, as vezes, motivados pela economia procuram-se

Leia mais

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil AULA 15 - PINTURA A pintura é um serviço de obra tão importante como qualquer outro, e é um grave erro não lhe dar uma atenção condizente, ela deve ser projetada e executada segundo técnica adequada, não

Leia mais

Boletim Técnico. Cores Azul. Textura Lisa e brilhante.

Boletim Técnico. Cores Azul. Textura Lisa e brilhante. Página 1 de 5 Boletim Técnico Produto Esmalte PU Piscinas Descrição Esmalte PU Piscinas é um esmalte poliuretano bicomponente impermeável ideal para pintura de piscinas de concreto e fibra, deixando-as

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo. WEGPOXI ANA 301 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta epoxi poliamina bicomponente, de alto teor de sólidos, com pigmentação especial, de secagem rápida. Revestimento aplicável em uma única demão em alta espessura

Leia mais

AMETISTA REVESTIMENTOS

AMETISTA REVESTIMENTOS AMETISTA REVESTIMENTOS Ficha técnica MASSA CORRIDA É composta de emulsão acrílica, carga minerais inertes e aditivos solúveis em água, desenvolvida para a execução de quaisquer correções em ambientes internos.

Leia mais

Manual de Instalação Project - PVC

Manual de Instalação Project - PVC Manual de Instalação Project - PVC Este manual tem como objetivo o auxiliar na maneira correta de armazenamento, instalação e manutenção para que possa garantir a qualidade máxima da aplicação e prolongar

Leia mais

MACTRACOL. Adesivo para chapiscos, argamassas e gesso. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO

MACTRACOL. Adesivo para chapiscos, argamassas e gesso. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO MACTRACOL é um adesivo especial à base de resina sintética compatível com cimento, cal, gesso e isopor (EPS). MACTRACOL proporciona às argamassas alto poder de

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE Para que a vida útil do seu produto seja maior, recomendamos que estas informações sejam transmitidas às pessoas que executam a limpeza da sua casa. DE OLHO NA

Leia mais

Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480

Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480 www.abrafati.com.br Av Dr. Cardoso de Mello, 1340 - cjto. 131 - Vila Olímpia Cep: 04548-004 - São Paulo - SP Fone/Fax: 11 3054-1480 Rua Júlio Diniz, 56 - cjto 41 - Vila Olímpia Cep: 04547-090 - São Paulo

Leia mais

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS . PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DICAS PARA UMA PINTURA EFICIENTE DE PISO Sempre que desejamos fazer uma pintura de piso, Industrial ou não, devemos ter em mente quais são os objetivos

Leia mais

PINTURA DE KITS Caros modelistas!

PINTURA DE KITS Caros modelistas! PINTURA DE KITS Caros modelistas! Buscamos sempre em nossos trabalhos a representação da realidade em miniatura, e independente de estarmos utilizando materiais de laser cut, plástico, resina ou metal,

Leia mais

CONSERVANDO TELHADOS

CONSERVANDO TELHADOS A ESCOLHA DA COR Você sabia que o processo industrial empregado na elaboração de tintas ou revestimentos, etc... Somente se encerra com a cura total do produto após sua aplicação! Na maioria dos casos,

Leia mais

Dicas de conservação e limpeza

Dicas de conservação e limpeza Dicas de conservação e limpeza No uso diário de seus armários, alguns cuidados devem ser tomados a fim de prolongar a vida útil do produto. Água Tome cuidado particular em torno da pia, do forno e dos

Leia mais

NOVO VEDAPREN PAREDE

NOVO VEDAPREN PAREDE Produto VEDAPREN PAREDE é uma pintura impermeável e elástica que protege as paredes contra fissuras e batidas de chuva, além de ter alta durabilidade. Características Densidade: 1,23 g/cm³ Aparência: Branco(a),

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. Generalidades

MEMORIAL DESCRITIVO 1. Generalidades MEMORIAL DESCRITIVO Memorial descritivo de serviço de pintura geral do prédio da Câmara Municipal de Fortaleza de Minas MG. Compõem este memorial as especificações técnicas acerca dos serviços a serem

Leia mais

Manual Técnico de Pintura

Manual Técnico de Pintura Manual Técnico de Pintura Prezado Cliente Hidracor, Pensando na melhor forma de atendê-lo e tirar suas dúvidas, a Tintas Hidracor desenvolveu este Manual Técnico de Pintura. Prático e de rápida consulta,

Leia mais

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1 Revisão: 1 Cuidados iniciais: Atenção às bocas de saída de ar condicionado instaladas no teto, pois são grandes dispersores de ar. Assim como as luminárias, as grelhas de ar condicionado devem ser rebaixadas

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES

IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES Prof. Marco Pádua Quando a construção se inicia, as fundações começam a ser executadas, os alicerces tomam forma e delimitam os cômodos,

Leia mais

FABRICANTES PRINCIPAIS: PLACO LAFARGE KNAUF

FABRICANTES PRINCIPAIS: PLACO LAFARGE KNAUF GESSO FABRICANTES PRINCIPAIS: PLACO LAFARGE KNAUF Paredes de gesso Paredes de blocos de gesso: Construção semelhante a de alvenaria convencional, utilizando-se gesso e massa de gesso em vez de tijolos

Leia mais

VtintaI = / / (Litros) VtintaF = / / (Litros)

VtintaI = / / (Litros) VtintaF = / / (Litros) ANEXO A TINTAS PLANILHA N o 2.18. Observador: Alternativas para redução dos desperdícios de materiais nos canteiros de obra MEDIÇÃO DE ESTOQUE (VtintaI E VtintaF): TINTA LÁ TEX ACRÍLICA OU LÁ TEX PVA A.

Leia mais

ARREPIAMENTO. II CORREÇÃO Remover as áreas afetadas e repintar. acabamento extremamente sensíveis.

ARREPIAMENTO. II CORREÇÃO Remover as áreas afetadas e repintar. acabamento extremamente sensíveis. ARREPIAMENTO O solvente do produto recém aplicado ataca o acabamento anterior causando, enrugamento, arrepiamento ou franzimento do filme de tinta, devido a: Repintura de esmalte ou poliuretano não totalmente

Leia mais

G U I A T É C N I C O

G U I A T É C N I C O Os produtos da Brogliato passam por um processo de controle de qualidade em seu processo produtivo, assim qualquer dano e irregularidade são corrigidos imediatamente na empresa para que os revestimentos

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

Impermeável Protector Resistente impermeabilizações objectivo - problema - solução objectivo 1 Prevenir a infiltração de água para os pavimentos e paredes das cozinhas, casas de banho, balneários e outros

Leia mais

Manual Técnico de Pintura

Manual Técnico de Pintura Manual Técnico de Pintura Manual Técnico Hidracor 1 Prezado Cliente Hidracor, Pensando na melhor forma em atendê-lo, tirar suas dúvidas, a Tintas Hidracor desenvolveu este Manual Técnico de Pintura.Prático

Leia mais

Internacional SOLUTIONS

Internacional SOLUTIONS Internacional SOLUTIONS SILICONE NEUTRO Silicone neutro Impermeabilizante de uso profissional. Inodoro e com fungicida. ADERE EM: Madeira, concreto, tijolo, vidro, PVC, plástico, alumínio, etc. APLICAÇÃO:

Leia mais

DICAS ANTES DA COMPRA

DICAS ANTES DA COMPRA DICAS ANTES DA COMPRA Madeira: É um material natural e variações são consideradas normais, nuances e veios existentes nos pisos são próprios da madeira; imperfeições naturais, nós e variações nas tonalidades

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil

MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil ÍNDICE DO MEMORIAL DESCRITIVO 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROJETO 2. CONSTRUÇÃO 3. INSTALAÇÕES 4. COBERTURA 5. DISPOSIÇÕES FINAIS 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE

Leia mais

SISTEMAS DE PISO EPOXI

SISTEMAS DE PISO EPOXI SISTEMAS DE PISO EPOXI PRODUTO DESCRIÇÃO VEC-601 TUBOFLOOR TEE-556 AUTONIVELANTE Selador epóxi de dois componentes de baixa viscosidade. Revestimento epóxi com adição de sílica para regularização de pisos.

Leia mais

CIMENTADO QUEIMADO COM PO DE MARMORE

CIMENTADO QUEIMADO COM PO DE MARMORE CIMENTADO QUEIMADO COM PO DE MARMORE INGREDIENTES: 1)Cimento estrutural ( Branco ou Comum) 2)Pó de mármore 3)Junta de dilatação 4)Oxido de ferro 5)Adesivo para cimento (Bianco) 1)O cimento utilizado para

Leia mais

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS 5 10 15 20 25 30 Pesquisa

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS ORIENTAÇÕES TÉCNICAS Assunto: REVITALIZAÇÃO DE PISOS ESPORTIVOS DE BASE ASFÁLTICA Data: 25/10/2012 Referência: OT REVITALIZAÇÃO DE PISO ESPORTIVO ASFÁLTICO Nº pág.: 07 OBJETIVO Demonstrar a utilização

Leia mais

TÉCNICAS DE PINTURA EFEITO TITÂNIO ESCOVADO. A sensação de poder e resistência do titânio em suas paredes e móveis. Curso de Pintura 2010 MATERIAL:

TÉCNICAS DE PINTURA EFEITO TITÂNIO ESCOVADO. A sensação de poder e resistência do titânio em suas paredes e móveis. Curso de Pintura 2010 MATERIAL: Clue de Relacionamento Iquine TÉCNICAS DE PINTURA 03 EFEITO TITÂNIO ESCOVADO A sensação de poder e resistência do titânio em suas paredes e móveis. 1. Após preparação correta da superfície, aplique uma

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Pintura e reparos na Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Carlos José Botelho 1.0 Objeto Trata-se de obra de pintura e correção de reparos no edifício da escola, tombado pelo Patrimônio.

Leia mais

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE Esta norma aplica-se atodas as edificações de uso público e/ou mobiliário urbano, tanto em condições temporárias como em condições permanentes. É sempre necessário consultar o REGULAMENTO DO CÓDIGO NACIONAL

Leia mais

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis.

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. MACTRASET resiste às pressões

Leia mais

4- CONSIDERAÇÕES GERAIS

4- CONSIDERAÇÕES GERAIS Prefeitura do Município de São Miguel Arcanjo 1 Secretaria Municipal de Obras e Serviços Praça Antonio Ferreira Leme, 53 Centro CEP 18230-000 SÃO MIGUEL ARCANJO-SP - Fone. 15 3279.8000 e-mail: obras@saomiguelarcanjo.sp.gov.br

Leia mais

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos.

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Descrição BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. BIANCO confere maior elasticidade e, assim, maior resistência

Leia mais

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT É uma tinta isolante térmica, composta de polímeros acrílicos elastoméricos, microesferas de cerâmicas, e aditivos especiais

Leia mais

2101 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO INTERNO Argamassa para Revestimento Interno de alvenaria

2101 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO INTERNO Argamassa para Revestimento Interno de alvenaria FICHA TÉCNICA DE PRODUTO 1. Descrição: A argamassa 2101 MATRIX Revestimento Interno, é uma argamassa indicada para o revestimento de paredes em áreas internas, possui tempo de manuseio de até 2 horas,

Leia mais

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade.

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Descrição VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente ao concreto, à alvenaria e à argamassa. VEDATOP não é tinta de acabamento,

Leia mais

A segurança de se sentir bem.

A segurança de se sentir bem. Catálogo de Cores Wetroom A segurança de se sentir bem. Crédito Equipotel 2010 - Arquiteta Jorgina Nello Eclipse Aquasafe (cor 036), Aquarelle Wall HFS (cor 025) Recomendado para os segmentos: SAÚDE Hotelaria

Leia mais

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas.

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas. Ecopiso Ecopiso empresa com sede em Curitiba, produzindo pisos maciços pré acabados, com o que existe de melhor e mais moderno em padrões de cores e acabamentos de verniz. Oferecemos também uma linha completa

Leia mais

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA INDICE 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA 7. PROTEÇÃO 8. DECK 9. COTTO 10. EKKO 11. REVESTIMENTOS 12. ENTREGA E SAC 1. CAPA PARABÉNS! Você adquiriu um produto

Leia mais

Patologia das Pinturas

Patologia das Pinturas Patologia das Pinturas Finalidades Acabamento com efeito estético Proteção dos elementos construtivos Durabilidade da edificação 27/6/2007 Patologia das Pinturas 2 Constituintes básicos Resina, veículo

Leia mais

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade.

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. Data da última revisão: 03/2011 DEFINIÇÃO MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. MANTA POLIMÉRICA é fácil

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

Aqui são relacionados os tipos comumente encontrados na construção civil classificado de acordo com os veículos utilizados em sua formulação.

Aqui são relacionados os tipos comumente encontrados na construção civil classificado de acordo com os veículos utilizados em sua formulação. 09 - TINTAS E VIDROS APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE: Escolher o tipo de tinta ideal para a sua edificação; Especificar corretamente o preparo das bases para a aplicação das tintas;

Leia mais

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção revisão julho/2015 1 Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Revisão: Julho/2015 Este manual tem

Leia mais

Florença Revestimentos Cimentícios Recomendações Técnicas

Florença Revestimentos Cimentícios Recomendações Técnicas Florença Revestimentos Cimentícios Recomendações Técnicas Produto/variações Devido ao processo de fabricação e aplicação de gel envelhecedor, os revestimentos cimentícios, podem apresentar pequenas variações

Leia mais

Manual Técnico. Produto. Transporte. Recebimento. Pág. 3. Armazenamento. Assentamento. Rejuntamento. Pág. 4. Limpeza Pós-obra. Pág. 5.

Manual Técnico. Produto. Transporte. Recebimento. Pág. 3. Armazenamento. Assentamento. Rejuntamento. Pág. 4. Limpeza Pós-obra. Pág. 5. Manual Técnico Produto Transporte Recebimento Pág. 3 Armazenamento Assentamento Rejuntamento Limpeza Pós-obra Proteção Manutenção Dúvidas Frequentes Pág. 4 Pág. 5 Pág. 8 Pág. 9 PRODUTO O processo de fabricação

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET

MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET Introdução Agradecemos a escolha de produtos INDUSPARQUET para sua residência ou ambiente comercial. Com 36 anos de experiência com o trato de pisos de madeira maciça

Leia mais

PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA

PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA 4:1 é um composto epóxi bi-componente com carga metálica, característica de massa na cor preta, pode ser aplicado com espátula, cura a frio, substituindo de maneira muito

Leia mais

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos Instruções de Instalação Pisos Vinílicos LinhadePisosLaminadosemPVC 2,3mmeClick Recomendações e Responsabilidades Os serviços de colocação devem ser repassados a profissionais instaladores de pisos com

Leia mais

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos LIMPA PORCELANATO CARACTERÍSTICA DO PRODUTO: É um limpador alcalino especialmente formulado para limpeza leve e pesada em pisos tratados com acabamentos acrílicos, pisos não tratados como porcelanato.

Leia mais

ÍNDICE. Tinta Acrílica 04 06. Tinta Látex Acrílica. Tinta Acrílica Cortex 10 12. Resina Protetora Pedra e Telha. Texturas 16 18.

ÍNDICE. Tinta Acrílica 04 06. Tinta Látex Acrílica. Tinta Acrílica Cortex 10 12. Resina Protetora Pedra e Telha. Texturas 16 18. Tinta Acrílica 04 06 Tinta Látex Acrílica Tinta Acrílica Cortex 10 12 Resina Protetora Pedra e Telha Texturas 16 18 Gel de Efeitos Tinta Piso 22 24 Tinta Gesso Esmalte Base Água 26 30 Esmalte Sintético

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

TINTAS E VERNIZES MCC1001 AULA 7

TINTAS E VERNIZES MCC1001 AULA 7 TINTAS E VERNIZES MCC1001 AULA 7 Disciplina: Materiais de Construção I Professora: Dr. a Carmeane Effting 1 o semestre 2014 Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Engenharia Civil DEFINIÇÃO: TINTAS

Leia mais

NHE-375E BOLETIM TÉCNICO. Condutivo Epóxi

NHE-375E BOLETIM TÉCNICO. Condutivo Epóxi BOLETIM TÉCNICO Revestimento Condutivo Epóxi Bicomponente Cinza Piso com Revestimento Condutivo Epóxi Cinza Claro Resina epóxi + catalisador O Revestimento Condutivo foi desenvolvido para ter uma ótima

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS CONSERVANDO SEU MÓVEL WORK SOLUTION Seguindo as recomendações abaixo você manterá a funcionalidade e beleza do seu produto Work Solution por muito mais tempo. Por favor

Leia mais

B O L E T I M T É C N I C O T

B O L E T I M T É C N I C O T STARPOXI CVS 301 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Verniz epóxi poliamina bicomponente. Verniz selante para oferecer aderência em superfícies de concreto, cimento amianto, alvenaria e madeira, assim como diminuir

Leia mais

Hotelaria SAÚDE NOVA COLEÇÃO 2013. A segurança de se sentir bem. Recomendado para os segmentos:

Hotelaria SAÚDE NOVA COLEÇÃO 2013. A segurança de se sentir bem. Recomendado para os segmentos: A segurança de se sentir bem. NOVA COLEÇÃO 2013 Crédito Equipotel 2010 - Arquiteta Jorgina Nello Optima Multisafe (cor 3240861), Aquarelle Wall HFS (cor 3942023) Recomendado para os segmentos: SAÚDE Hotelaria

Leia mais

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto MANUAL TÉCNICO Kit Porta Pronto Carga e Descarga Os produtos são carregados na empresa e preparados de modo a assegurar sua proteção. Durante o transporte até o cliente é imprescindível que sejam mantidas

Leia mais

ECOTELHADO BRANCO. Revestimento Reflexivo

ECOTELHADO BRANCO. Revestimento Reflexivo ECOTELHADO BRANCO Revestimento Reflexivo 2 Especificações Quando se trata de problemas com elevadas temperaturas devido a incidência solar e falta de estrutura para telhado verde, a refletância é a melhor

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO O presente Memorial Técnico de Reforma e Ampliação tem por finalidade descrever os materiais, procedimentos/métodos a serem empregados nas retiradas e na reforma, indicar

Leia mais

Knauf Safeboard Sistemas de proteção radiológica 0% chumbo. 100% segurança.

Knauf Safeboard Sistemas de proteção radiológica 0% chumbo. 100% segurança. Knauf Safeboard Sistemas de proteção radiológica 0% chumbo. 100% segurança. Estabilidade, resistência a Raio X, facilidade de controle e manutenção, peso reduzido e características inovadoras. Descrição

Leia mais

MICROCIM EP. Micro Cimento Decorativo Revisão: Agosto / 2013. DESCRIÇÃO. Sistema MICROCIM EP: Performance: CARACTERÍSTICAS / VANTAGENS

MICROCIM EP. Micro Cimento Decorativo Revisão: Agosto / 2013. DESCRIÇÃO. Sistema MICROCIM EP: Performance: CARACTERÍSTICAS / VANTAGENS Micro Cimento Decorativo Revisão: Agosto / 2013. DESCRIÇÃO O é um sistema de revestimento decorativo de alta performance, de base cimentícia, com apelo estético rústico, agradável ao toque e ao olhar,

Leia mais

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa;

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa; VIAPLUS 7000-FIBRAS 1. Descrição Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos

MANUAL TÉCNICO. Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos MANUAL TÉCNICO Instalação, Manutenção e Conservação de Basaltos e Granitos Com o propósito de criar uma série de ações que objetivam a instalação, preservação e manutenção do basalto e granito, a Basalto

Leia mais

Guia Técnico de Pintura

Guia Técnico de Pintura Guia Técnico de Pintura X - Pavimentos Interiores X.1 PAVIMENTOS DE MADEIRA Em termos habitacionais, os pavimentos de madeira (parquet, soalho, tacos) dominam nas áreas habitacionais em Portugal. A sensação

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 159

Norma Técnica SABESP NTS 159 Norma Técnica SABESP NTS 159 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido pintados e em contato direto com esgoto Especificação São Paulo Rev. 1 - Outubro - 2001 NTS

Leia mais

PINTURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

PINTURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II PINTURAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II PINTURA s.f. Ato ou efeito de pintar. Camada de recobrimento de uma superfície, com funções

Leia mais

EMBALAGENS: Componente A Wegpoxi ADA 314 Balde (19 L) Componente B Wegpoxi 3015 componente B 10003158 (1 L)

EMBALAGENS: Componente A Wegpoxi ADA 314 Balde (19 L) Componente B Wegpoxi 3015 componente B 10003158 (1 L) WEGPOXI ADA 314 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Revestimento epoxi poliamida bicomponente, com função antiderrapante. Alta dureza, resistente a água, óleos, sais. Proporciona uma película de alta textura e consequentemente

Leia mais

Passo a passo: Impermeabilização em drywall

Passo a passo: Impermeabilização em drywall Passo a passo: Impermeabilização em drywall Banheiros de casa em steel frame são fechados com chapas de gesso específicas para esse fim. Veja como impermeabilizar corretamente esses ambientes Casas em

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

Cerâmicas e porcelanatos

Cerâmicas e porcelanatos Aprenda a limpar cerâmica, porcelanato, laminado, vidro, madeira... De forma geral, pano umedecido e detergente neutro, aplicados depois de varrer a superfície, bastam à limpeza do chão. No caso de alérgicos,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais

Coleção 2009 Tiragem: 2.000 Abril/2009 605 - Cabreúva Projeto: Rosenbaum Design RECOMENDAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO O CONTRAPISO DEVE ESTAR: - Seco e isento de qualquer umidade: perfeitamente curado, impermeabilizado

Leia mais

MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO

MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO MANUAL DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO 1. O que é limpeza É o ato de remover todo tipo de sujidade, visível ou não, de uma superfície, sem alterar as características originais do local a ser limpo. 1.1 Limpeza

Leia mais