BANCO DO BRASIL. Profº. AGENOR PAULINO TRINDADE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BANCO DO BRASIL. Profº. AGENOR PAULINO TRINDADE"

Transcrição

1 BANCO DO BRASIL Profº. AGENOR PAULINO TRINDADE

2 PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE

3 LAVAGEM DE DINHEIRO 1. CONCEITO: Lavar recursos, em resumo, é fazer com que produtos de crime pareçam ter sido adquiridos legalmente.

4 LAVAGEM DE DINHEIRO - FASES: 1. COLOCAÇÃO 2. OCULTAÇÃO 3. INTEGRAÇÃO

5 LAVAGEM DE DINHEIRO

6 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO LEI DE 1998: abordagem legal Define crime de lavagem de dinheiro, estabelece condenação, torna obrigatória, pelas IF, a identificação dos clientes, a manutenção de registros e comunicação de operações financeiras, além da implementação de controles.

7 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO LEI DE 1998: TIPIFICAÇÃO LEGAL Art. 1º Ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal.

8 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Também incorre em crime de Lavagem de dinheiro quem converte ativos adquire ou recebe, troca, negocia, movimenta ou transfere recursos oriundos das atividades ilegais

9 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Técnicas mais usadas: Empresa de fachada; Empresa fictícia; Contrabando de moeda; Cumplicidade de agente interno da IF; Fatura Falsa; Movimentações de pequenos valores; Paraísos Fiscais

10 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Processo Criminal: Justiça Comum: Procedimento comum ordinário

11 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Processo Criminal: Justiça Federal: quando praticados contra o sistema financeiro e a ordem econômicofinanceira, ou em detrimento de bens, serviços ou interesses da União, ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas ;

12 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Processo Criminal: Justiça Federal: quando praticados contra o sistema financeiro e a ordem econômicofinanceira, ou em detrimento de bens, serviços ou interesses da União, ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas ;

13 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Medidas assecuratórias Art. 4o (...) havendo indícios suficientes de infração penal, poderá decretar medidas assecuratórias de bens, direitos ou valores do investigado ou acusado, ou existentes em nome de interpostas pessoas, que sejam instrumento, produto ou proveito dos crimes previstos nesta Lei ou das infrações penais antecedentes.

14 PREVENÇÃO DA LAVAGEM DE DINHEIRO 1. Introdução; Entidades envolvidas; 2. Regulamentação; Legislação Federal; normas do Bacen; 3. Avaliação dos Sistemas de Controles relacionados a PLD. Objetivos; aspectos avaliados; metodologia; transações PCAF.

15 Entidades envolvidas: DPF ABIN MRE CGU MPS MJ DPF Departamento de Polícia Federal ABIN Agência Brasileira de Inteligência MRE Ministério das Relações Exteriores CGU Controladoria Geral da União MPS Ministério da Previdência Social MJ Ministério da Justiça MINISTÉRIO DA FAZENDA COAF O COAF foi BACEN criado pela Lei nº 9.613, de , CVM no âmbito do Ministério da Fazenda SRF, com a finalidade PGFN de disciplinar, aplicar penas SUSEP administrativas, receber, examinar e identificar ocorrências suspeitas de atividade ilícitas relacionada à lavagem de dinheiro. BACEN Banco Central do Brasil COAF Conselho de Controle de Atividades Financeiras CVM Comissão de Valores Mobiliários SRF Secretaria da Receita Federal PGFN Procuradoria Geral da Fazenda Nacional SUSEP Superintendência de Seguros Privados

16 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO LEI DE 1998: É a ocultação ou dissimulação da natureza, origem localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes de crimes. -Empresa de fachada; -Empresa Fictícia; -Contrabando;

17 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Sansões aos Infratores: - Criminosos: 03 a 10 anos de reclusão, com benefício da delação (redução de 1 a 2 terços); - Administradores: inabilitação temporária para o cargo; - Instituições Financeiras (COAF) : Advertência, Multa 1% da operação ou 200% do lucro obtido ou cassação do funcionamento;

18 CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO Identificação de clientes e manutenção de registros: - Cadastro atualizado; - Movimentações acima de R$ ,00; - Requisições da COAF Conselho de Controle das Atividades Financeiras órgão do MF; - Saques a Descoberto; - Depósitos variados em curto espaço de tempo; - Operações de câmbio

19 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES Comunicações de operações suspeitas ACIMA de R$ ,00: - Moeda nacional ou estrangeira; - Título e Valores Mobiliários; - Qualquer ativo passível de ser convertido;

20 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES Comunicações de operações suspeitas ACIMA de R$ ,00: - Mesmo mês; - Por uma mesma pessoa ou conglomerado; - Em conjunto

21 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES Quaisquer operações ACIMA de R$ ,00: - Depósito em espécie; - Saques em espécie; - OBS obrigatoriedade da manutenção dos registros das operações.

22 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES PESSOA POLITICAMENTE EXPOSTA: Desempenho, nos últimos 5 anos: de - Cargo, emprego ou funções públicas relevantes; - No Brasil ou no Exterior; - Parentes próximos ou familiares

23 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES Enquadramento: Emprego ou função pública relevante; Políticos de alto nível; Altos servidores dos Poeres Públicos; Magistrados ou militares de alto nível;

24 COMUNICAÇÕES AO BACEN RES Enquadramento: Dirigentes de empresas públicas; Dirigentes de partidos políticos; OBS: Familiares = parentes de 1º grau OBS: Maior controle no PLD

CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES

CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - ATUALIZAÇÕES - Evasão de divisas e lavagem de capitais as alterações da Lei 12.683/12 - Investigação de crimes financeiros - Cooperação jurídica internacional

Leia mais

Atuação do Banco Central na Prevenção e no Combate à Lavagem de Dinheiro. Ricardo Liáo Abril de 2008

Atuação do Banco Central na Prevenção e no Combate à Lavagem de Dinheiro. Ricardo Liáo Abril de 2008 Atuação do Banco Central na Prevenção e no Combate à Lavagem de Dinheiro Ricardo Liáo Abril de 2008 DPF ABIN MRE CGU MPS MJ MINISTÉRIO DA FAZENDA COAF BACEN CVM SRF PGFN SUSEP DPF Departamento de Polícia

Leia mais

NOVAS TIPOLOGIAS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP

NOVAS TIPOLOGIAS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP NOVAS TIPOLOGIAS II Congresso de Combate e Prevenção a Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento ao Terrorismo Setembro de 2012 DANOS Cobrir riscos relativos aos

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.613, DE 3 DE MARÇO DE 1998. Dispõe sobre os crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores; a prevenção da utilização

Leia mais

MANUAL DE COMBATE AO CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO

MANUAL DE COMBATE AO CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO ÍNDICE 1 - Prevenção contra a lavagem de dinheiro ou ocultação de bens e valores...2 1.1 Fontes de recursos de origem suspeita...2 2 - Identificação dos associados e manutenção de registros...3 3 - Conseqüências

Leia mais

Lei de Prevenção e Combate a Lavagem de Dinheiro

Lei de Prevenção e Combate a Lavagem de Dinheiro Lei de Prevenção e Combate a Lavagem de Dinheiro Lei nº 9.613/1998 A Lei nº 9.613/1998, dispõe sobre os crimes de lavagem de dinheiro Estabelece ainda, procedimentos para a prevenção da utilização do sistema

Leia mais

Lei nº 9.613, de 03 de Março de 1998

Lei nº 9.613, de 03 de Março de 1998 Lei nº 9.613, de 03 de Março de 1998 Dispõe sobre os crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores; a prevenção da utilização do sistema financeiro para os ilícitos previstos nesta lei;

Leia mais

Case study. A bailarina do Mensalão: notas sobre criminal compliance. Davi Tangerino. 2014 Trench, Rossi e Watanabe Advogados

Case study. A bailarina do Mensalão: notas sobre criminal compliance. Davi Tangerino. 2014 Trench, Rossi e Watanabe Advogados Case study A bailarina do Mensalão: notas sobre criminal compliance. Davi Tangerino 2014 Trench, Rossi e Watanabe Advogados Quebra de dever de compliance no Mensalão 1. Lavagem in a nutshell origem da

Leia mais

Transações imobiliárias e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF

Transações imobiliárias e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF Transações imobiliárias e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF Migalhas, 16 de novembro de 2006 Nos termos da Resolução 14/06 do COAF (a Resolução 14 ), que produzirá efeitos a partir

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO (Anti-Money Laundering AML)

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO (Anti-Money Laundering AML) POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE (Anti-Money Laundering AML) 2 1. PREÂMBULO No esteio da adesão do Brasil à Convenção de Viena e, por conseguinte, da aprovação da legislação que criminaliza a lavagem

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 13 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.613, DE 3 DE MARÇO DE 1998. Vide Decreto nº 2.799, de 1998 Texto compilado Dispõe sobre os crimes de "lavagem"

Leia mais

Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade

Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade Âmbito de Discussão Medidas discutidas com: Casa Civil Ministério da Justiça Controladoria-Geral da União Advocacia-Geral da União Ministério do Planejamento,

Leia mais

DOU N 250, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2014 SEÇÃO I, PÁG 23. SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA

DOU N 250, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2014 SEÇÃO I, PÁG 23. SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA DOU N 250, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2014 SEÇÃO I, PÁG 23. SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA INSTRUÇÃO Nº 18, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2014 Estabelece orientações e procedimentos

Leia mais

A atuação do Banco Central do Brasil na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo DECIC/GABIN JUNHO/2007

A atuação do Banco Central do Brasil na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo DECIC/GABIN JUNHO/2007 A atuação do Banco Central do Brasil na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo DECIC/GABIN JUNHO/2007 ÁREA DE FISCALIZAÇÃO DO BANCO CENTRAL DO BRASIL DESUP: Supervisão

Leia mais

PREVENÇÃO Á LAVAGEM DE DINHEIRO

PREVENÇÃO Á LAVAGEM DE DINHEIRO PREVENÇÃO Á LAVAGEM DE DINHEIRO PROF. DR. MANUEL ENRIQUEZ GARCIA (PROF. MANOLO) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Prevenção à Lavagem de Dinheiro INTRODUÇÃO Aspectos Históricos DÉCADA DE 1980 Observou-se o Crescimento

Leia mais

Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo nos bancos brasileiros

Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo nos bancos brasileiros Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo nos bancos brasileiros Principais obrigações impostas aos bancos Identificar e manter atualizados os dados cadastrais dos clientes

Leia mais

Investigação Patrimonial

Investigação Patrimonial Investigação Patrimonial 1º Curso de Formação Continuada em Estratégias de Investigação Patrimonial em Execução Trabalhista ENAMAT 02.09.2015 Objetivo: Apresentar aspectos práticos sobre as técnicas de

Leia mais

Data da última atualização. Prevenção à Lavagem de Dinheiro 04/02/2015

Data da última atualização. Prevenção à Lavagem de Dinheiro 04/02/2015 Política Prevenção à Lavagem de Dinheiro 04/02/2015 Data da última atualização 1. Objetivo: O Conselho de Administração e a Diretoria Executiva do Banco Indusval S/A e Guide Investimentos S/A Corretora

Leia mais

MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2

MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2 MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2 16ª P R O P O S T A L E G I S L A T I V A ANTEPROJETO DE LEI Altera a Lei 9.096/95 para prevê a responsabilização dos partidos

Leia mais

Agências de Fomento e o Sistema Nacional de Prevenção e Combate à LD/FT. Departamento

Agências de Fomento e o Sistema Nacional de Prevenção e Combate à LD/FT. Departamento Agências de Fomento e o Sistema Nacional de Prevenção e Combate à LD/FT Departamento Gerson Romantini Salvador, 07 de Outubro de 2011 Agenda 1. Conceitos essenciais 2. Lei brasileira de combate à LD/FT

Leia mais

C AF ATUAÇÃO DO COAF NA PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

C AF ATUAÇÃO DO COAF NA PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO ATUAÇÃO DO COAF NA PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO Set/2011 1 A UIF BRASILEIRA LEI 9.613/98 Prevenção à utilização indevida dos setores econômicos legítimos contra

Leia mais

SUPERVISÃO COOPERATIVA Prevenção da Lavagem de Dinheiro

SUPERVISÃO COOPERATIVA Prevenção da Lavagem de Dinheiro SUPERVISÃO COOPERATIVA Prevenção da Lavagem de Dinheiro 1 Agenda 1. Regulamentação Legislação Federal; normas do Bacen 2. Avaliação dos Sistemas de Controles Internos relacionados a PLD (Art. 1º - Inciso

Leia mais

Aula 05. Prof. Dr. Iran Siqueira Lima Prof. Dr. Renê Coppe Pimentel. Combate e Prevenção ao Crime de Lavagem de Dinheiro

Aula 05. Prof. Dr. Iran Siqueira Lima Prof. Dr. Renê Coppe Pimentel. Combate e Prevenção ao Crime de Lavagem de Dinheiro Aula 05 Combate e Prevenção ao Crime de Lavagem de Dinheiro Prof. Dr. Iran Siqueira Lima Prof. Dr. Renê Coppe Pimentel Introdução 1. Métodos de Lavagem de Dinheiro 2. Operações características de Lavagem

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução CFC n.º 1.445/13

Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução CFC n.º 1.445/13 Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução CFC n.º 1.445/13 O Conselho Federal de Contabilidade é uma autarquia especial de caráter corporativo, criado pelo Decreto-Lei n.º 9295/46, que tem por

Leia mais

SISCOAF CRECI PR. Profissionalismo e responsabilidade social a serviço da sociedade. CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS 6ª REGIÃO PARANÁ

SISCOAF CRECI PR. Profissionalismo e responsabilidade social a serviço da sociedade. CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS 6ª REGIÃO PARANÁ SISCOAF CRECI PR CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO PARANÁ- 6ª REGIÃO / PR Profissionalismo e responsabilidade social a serviço da sociedade. CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS 6ª REGIÃO

Leia mais

Apresentação. O que é lavagem de dinheiro?

Apresentação. O que é lavagem de dinheiro? Apresentação O que é lavagem de dinheiro? Os crimes de lavagem de dinheiro ameaçam os governos de todo o mundo e financiam as mais diversas atividades criminosas, como o tráfico de drogas e armas, contrabando

Leia mais

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! MANUAL DE PLD / FT

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! MANUAL DE PLD / FT 1 INTRODUÇÃO O Brasil com os compromissos assumidos na Convenção de Viena em 1998 aprovou com base na respectiva Exposição de Motivos, a Lei de Lavagem de Dinheiro ou Lei nº 9.613/98, que tipifica crimes

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001.

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre o sigilo das operações de instituições financeiras e dá outras providências. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

Painel: A Lavagem de Dinheiro e o Crime Tributário. Roberto Leonel de Oliveira Lima Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil

Painel: A Lavagem de Dinheiro e o Crime Tributário. Roberto Leonel de Oliveira Lima Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Painel: A Lavagem de Dinheiro e o Crime Tributário Roberto Leonel de Oliveira Lima Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil 08/08/2014 Sumário Aspectos legais, normas e procedimentos da RFB relacionados

Leia mais

Apresentação... 03. O que é lavagem de dinheiro.. 04. Etapas da lavagem de dinheiro.. 04. Regulamentação 06. Penalidades 07

Apresentação... 03. O que é lavagem de dinheiro.. 04. Etapas da lavagem de dinheiro.. 04. Regulamentação 06. Penalidades 07 1 de 16 ÍNDICE Apresentação... 03 O que é lavagem de dinheiro.. 04 Etapas da lavagem de dinheiro.. 04 Regulamentação 06 Penalidades 07 Operações suspeitas dos crimes de lavagem de dinheiro. 07 Outras operações

Leia mais

NOVAS REGRAS DE COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO NO BRASIL

NOVAS REGRAS DE COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO NO BRASIL NOVAS REGRAS DE COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO NO BRASIL Adriana Maria Gödel Stuber A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou recentemente a Instrução CVM nº 463, de 8 de janeiro de 2008, que altera

Leia mais

Documento Público Revisão Nº 05 2014. Manual de Prevenção e Combate a Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo

Documento Público Revisão Nº 05 2014. Manual de Prevenção e Combate a Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo MANUAL DE PREVENÇÃO E COMBATE A LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO (PLD/FT) Controle de Revisões REV. ITEM DESCRIÇÃO DATA 1 Publicação 10.10.2013 2 Depósitos Inclusão dos Fluxogramas 02.12.2013

Leia mais

AS CORRETORAS DE CÂMBIO NO SFN

AS CORRETORAS DE CÂMBIO NO SFN AS CORRETORAS DE CÂMBIO NO SFN Gilson Marcos Balliana São Paulo, 10.8.2011 SFN - CONCEITO CONJUNTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS QUE VISAM TRANSFERIR RECURSOS DOS AGENTES ECONÔMICOS

Leia mais

Painel: Os ilícitos fiscais como antecedentes à lavagem de dinheiro

Painel: Os ilícitos fiscais como antecedentes à lavagem de dinheiro Painel: Os ilícitos fiscais como antecedentes à lavagem de dinheiro Gerson D Agord Schaan Coordenador-Geral de Pesquisa e Investigação Secretaria da Receita Federal do Brasil 27/05/2015 Sumário Aspectos

Leia mais

Manual de Normas e Procedimentos Administração e Finanças

Manual de Normas e Procedimentos Administração e Finanças Manual de Normas e Procedimentos Administração e Finanças POLÍTICA INSTITUCIONAL DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Referência: Versão: Revisada Data: 04/08/2014 Agosto-2014 Sumário 1 - Introdução... 4

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.461. 1º As políticas de que trata o caput devem: VI - receber ampla divulgação interna.

CIRCULAR Nº 3.461. 1º As políticas de que trata o caput devem: VI - receber ampla divulgação interna. CIRCULAR Nº 3.461 Consolida as regras sobre os procedimentos a serem adotados na prevenção e combate às atividades relacionadas com os crimes previstos na Lei nº 9.613, de 3 de março de 1998. A Diretoria

Leia mais

RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO. Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015

RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO. Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015 RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA, CIVIL E PENAL NA SUPERVISÃO DOS FUNDOS DE PENSÃO Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2015 1 RESPONSABILIDADES TRIPARTITES RESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA RESPONSABILIDADE CIVIL

Leia mais

NORMATIVO SARB 011/2013 PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

NORMATIVO SARB 011/2013 PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO NORMATIVO SARB 011/2013 PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO O Sistema de Autorregulação Bancária da Federação Brasileira de Bancos FEBRABAN institui o NORMATIVO DE

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO Julho de 2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. DEFINIÇÕES... 3 2. CONCEITO... 4 3. REGULAMENTAÇÃO... 5 4. OBJETIVOS DO PROGRAMA DE PLDFT...

Leia mais

Cartilha de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo

Cartilha de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo Cartilha de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo O grupo Caixa Seguradora reúne empresas de Seguros, Previdência, Consórcios, Capitalização e Saúde. Índice 1. Introdução... 03

Leia mais

VIII REMJA Reunião de Ministros da Justiça ou outros Ministros e Procuradores-Gerais das Américas

VIII REMJA Reunião de Ministros da Justiça ou outros Ministros e Procuradores-Gerais das Américas VIII REMJA Reunião de Ministros da Justiça ou outros Ministros e Procuradores-Gerais das Américas Ministério da Justiça do Brasil Medidas concretas para o fortalecimento da cooperação jurídica e judicial

Leia mais

Treinamento de Prevenção a Fraudes BTG Pactual Resseguradora e BTG Pactual Vida e Previdência

Treinamento de Prevenção a Fraudes BTG Pactual Resseguradora e BTG Pactual Vida e Previdência Janeiro 2015 Error! Reference source not found. Treinamento de Prevenção a Fraudes Introdução Esse treinamento visa à orientação dos funcionários da Resseguradora S.A. e Vida e Previdência S.A. e das pessoas

Leia mais

Programa de Treinamento Interno Fraude e Lavagem de Dinheiro. Versão 02 - Dezembro/2012

Programa de Treinamento Interno Fraude e Lavagem de Dinheiro. Versão 02 - Dezembro/2012 Programa de Treinamento Interno Fraude e Lavagem de Dinheiro Versão 02 - Dezembro/2012 [Objetivo Este material se destina ao treinamento de funcionários e pessoas jurídicas que mantenham relacionamento

Leia mais

Prevenção à Lavagem de Dinheiro

Prevenção à Lavagem de Dinheiro Prevenção à Lavagem de Dinheiro Rodrigo Soares Lopes Agosto/2011 Agenda Fases do Processo de Lavagem Testes Realizados Resultados Pontos de Atenção Cases Fases do Processo de Lavagem As 3 fases são independentes

Leia mais

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro OBB/BBL Fomento Mercantil São Paulo, 11 de Março de 2013 Agenda 1 Introdução; 2 Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF); 3 Resolução 21 COAF Principais

Leia mais

LEI Nº 9.613, DE 3 DE MARÇO DE 1998

LEI Nº 9.613, DE 3 DE MARÇO DE 1998 LEI Nº 9.613, DE 3 DE MARÇO DE 1998 O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI DE LAVAGEM DE DINHEIRO Dispõe sobre os crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores; a prevenção da utilização do sistema

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 8 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.683, DE 9 DE JULHO DE 2012. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono

Leia mais

BRUNO AUGUSTO VIGO MILANEZ FELIPE FOLTRAN CAMPANHOLI COMPLIANCE CRIMINAL

BRUNO AUGUSTO VIGO MILANEZ FELIPE FOLTRAN CAMPANHOLI COMPLIANCE CRIMINAL BRUNO AUGUSTO VIGO MILANEZ FELIPE FOLTRAN CAMPANHOLI COMPLIANCE CRIMINAL TÉCNICAS CORPORATIVAS DE PREVENÇÃO DA RESPONSABILIDADE PENAL Compliance Criminal técnicas corporativas de prevenção da responsabilidade

Leia mais

Direito Desportivo Temas Atuais. Operações Financeiras Esportivas - BACEN

Direito Desportivo Temas Atuais. Operações Financeiras Esportivas - BACEN Direito Desportivo Temas Atuais Operações Financeiras Esportivas - BACEN 1 Piraci Oliveira: Piraci Oliveira: Advogado, Contabilista. Mestrando em Direito Constitucional; Diretor da Sociedade Esportiva

Leia mais

Prevenção à Lavagem de Dinheiro. Paula Lima Vanessa Anselmo Setembro/2011

Prevenção à Lavagem de Dinheiro. Paula Lima Vanessa Anselmo Setembro/2011 Prevenção à Lavagem de Dinheiro Paula Lima Vanessa Anselmo Setembro/2011 Agenda A BSM Procedimentos de Análise Cases Comunicações à CVM Pontos de Atenção Arcabouço normativo da autorregulação Instrução

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230 Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos Estabelece os conceitos e as diretrizes do Itaú Unibanco

Leia mais

Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção

Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção Dezembro de 2015 Agenda I Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo II Cadastro III Lei Anticorrupção 2 Agenda

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 393, DE 2008

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 393, DE 2008 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 393, DE 2008 Redação final do Substitutivo ao Projeto de Lei do Senado nº 209, de 2003. A Comissão Diretora apresenta a redação final do Substitutivo ao Projeto de Lei do Senado

Leia mais

PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO. Direitos autorias reservados a MAP Auditores Independentes

PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO. Direitos autorias reservados a MAP Auditores Independentes PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO 2014 1 ORIGEM DO TERMO LAVAGEM DE DINHEIRO O termo lavagem de dinheiro é uma referência histórica ao gângster americano Al Capone. Em 1928,

Leia mais

Res. CFC 1.445/13 - Res. - Resolução CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC nº 1.445 de 26.07.2013

Res. CFC 1.445/13 - Res. - Resolução CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC nº 1.445 de 26.07.2013 Res. CFC 1.445/13 - Res. - Resolução CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC nº 1.445 de 26.07.2013 D.O.U.: 30.07.2013 (Estabelece normas gerais de prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA UNIDADE DE INTELIGÊNCIA FINANCEIRA DO BRASIL

MINISTÉRIO DA FAZENDA UNIDADE DE INTELIGÊNCIA FINANCEIRA DO BRASIL MINISTÉRIO DA FAZENDA UNIDADE DE INTELIGÊNCIA FINANCEIRA DO BRASIL Maio de 2013 1 Criação do COAF Art. 14 da Lei nº 9.613/98 Lei nº 9.613/98 Tipificação do crime de lavagem de dinheiro Instituição de controles

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL E TRIBUTOS

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL E TRIBUTOS VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL E TRIBUTOS Orientador Empresarial Crimes contra a Ordem Tributária Representações pela RFB - Procedimentos a

Leia mais

Crime de Lavagem de Dinheiro

Crime de Lavagem de Dinheiro Marcelo Batlouni Mendroni Crime de Lavagem de Dinheiro 3ª Edição SÃO PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2015 2006 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2006; 2. ed. 2013; 3. ed. 2015 Composição: CriFer Capa: Zenário A.

Leia mais

POLÍTICA GERAL PARA PREVENÇÃO A LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA GERAL PARA PREVENÇÃO A LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA GERAL PARA PREVENÇÃO A LAVAGEM DE DINHEIRO Sumário Introdução... 2 Quem comete crime de lavagem de dinheiro?... 2 Situações que podem configurar crime de Lavagem de Dinheiro... 2 Relacionadas

Leia mais

COAF- CONS. DE CONTROLE DE ATIVIDADE FINANCEIRA

COAF- CONS. DE CONTROLE DE ATIVIDADE FINANCEIRA COAF- CONS. DE CONTROLE DE ATIVIDADE FINANCEIRA Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução CFC n.º 1.445/13 O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) é uma autarquia de natureza corporativa,

Leia mais

C AF ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO. 1. Unidade de Inteligência Financeira. 2. Mecanismos Internacionais de Interesse do Tema PLD/FT

C AF ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO. 1. Unidade de Inteligência Financeira. 2. Mecanismos Internacionais de Interesse do Tema PLD/FT ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Unidade de Inteligência Financeira 2. Mecanismos Internacionais de Interesse do Tema PLD/FT 3. Conselho de Controle de Atividades Financeiras COAF 4. Comunicações dos Setores

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.445/13 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelos profissionais e Organizações Contábeis, quando no exercício de suas

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.445/13 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelos profissionais e Organizações Contábeis, quando no exercício de suas RESOLUÇÃO CFC N.º 1.445/13 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelos profissionais e Organizações Contábeis, quando no exercício de suas funções, para cumprimento das obrigações previstas

Leia mais

Sistema Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. Teresina, 5 de agosto de 2014.

Sistema Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. Teresina, 5 de agosto de 2014. Sistema Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro Teresina, 5 de agosto de 2014. Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro - ENCCLA em 2003, o MJ instituiu a ENC(C)LA

Leia mais

Previdência no Brasil. Regime de Previdência Complementar. Regimes Próprios dos Servidores Públicos. Regime Geral de Previdência Social

Previdência no Brasil. Regime de Previdência Complementar. Regimes Próprios dos Servidores Públicos. Regime Geral de Previdência Social As Entidades Fechadas de participantes desta pesquisa, conhecidas como Fundos de Pensão, fazem parte do Sistema de. Os Fundos de Pensão desenvolveram-se e modernizaram-se ao longo dos últimos anos graças

Leia mais

PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO 2 Prevenção à Lavagem de Dinheiro INTRODUÇÃO QUAL É O PROPÓSITO DA CARTILHA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO? COMO A VOLKSWAGEN DO BRASIL BUSCA PREVENIR À LAVAGEM DE DINHEIRO

Leia mais

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados Breve panorama sobre a nova Lei Anticorrupção Giovani Agostini Saavedra Contexto da

Leia mais

CIRCULAR Nº 3461. 1º As políticas de que trata o caput devem:

CIRCULAR Nº 3461. 1º As políticas de que trata o caput devem: CIRCULAR Nº 3461 Consolida as regras sobre os procedimentos a serem adotados na prevenção e combate às atividades relacionadas com os crimes previstos na Lei nº 9.613, de 3 de março de 1998. A Diretoria

Leia mais

LAVAGEM DE DINHEIRO: LEGISLAÇÃO BRASILEIRA

LAVAGEM DE DINHEIRO: LEGISLAÇÃO BRASILEIRA LAVAGEM DE DINHEIRO: LEGISLAÇÃO BRASILEIRA Capa: Edna Heringer Mendonça - SERPRO Revisão de Texto: COAF e FEBRABAN. Brasil. [Lavagem de dinheiro] Lavagem de dinheiro: legislação brasileira / [organizado

Leia mais

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO CONHECIMENTOS BANCÁRIOS 1. O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é constituído por todas as instituições financeiras públicas ou privadas existentes no país e seu órgão normativo

Leia mais

O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF

O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF Curso de Cooperação Jurídica Internacional para membros e servidores da Procuradoria da República no Paraná 31

Leia mais

1. CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL. Lei nº 7.492/86. 1. Nacional (Lei nº 4.595/64):...

1. CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL. Lei nº 7.492/86. 1. Nacional (Lei nº 4.595/64):... 1 DIREITO PENAL DIREITO PENAL PONTO 1: CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 1. CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Instituição Financeira Lei nº 7.492/86 1. Nacional (Lei nº 4.595/64):...

Leia mais

GAFIC/FELABAN/ASBA/ABANSA Unificación de Criterios sobre Administración de Riesgos de LD/FT San Salvador set/2011 1

GAFIC/FELABAN/ASBA/ABANSA Unificación de Criterios sobre Administración de Riesgos de LD/FT San Salvador set/2011 1 GAFIC/FELABAN/ASBA/ABANSA Unificación de Criterios sobre Administración de Riesgos de LD/FT San Salvador set/2011 1 LEGISLAÇÃO LEI Nº 9.613/1998 Regime Administrativo CAPÍTULO VI - Da Identificação dos

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR ÂNGELA SARTORI

COMÉRCIO EXTERIOR ÂNGELA SARTORI COMÉRCIO EXTERIOR ÂNGELA SARTORI COMÉRCIO EXTERIOR MODALIDADES DE IMPORTAÇÃO E A INTERPOSIÇÃO FRAUDULENTA DE TERCEIROS NA IMORTAÇÃO MODALIDADES DE IMPORTAÇÃO: DIFERENÇAS: CONTA PRÓPRIA: COMPRA E VENDA

Leia mais

Informe. Legislativo MUNICIPAL

Informe. Legislativo MUNICIPAL Informe Legislativo MUNICIPAL Julho/2014 - ÍNDICE - 1. Comércio de Bens, Serviços e Turismo - Assuntos de interesse geral 01 2. Direito do Consumidor 05 Esta publicação reúne somente as íntegras das proposições

Leia mais

O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos. Abril/2016

O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos. Abril/2016 O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos Abril/2016 Panorama Nacional Lei n.º 12.846 de 1 de agosto de 2013 ( Lei Anticorrupção ) Decorrência, em grande medida, de compromissos

Leia mais

II FONACRIM ENUNCIADOS

II FONACRIM ENUNCIADOS II FONACRIM ENUNCIADOS 1. Nos crimes tributários, o parâmetro objetivo para aplicação da insignificância penal excluídas as condutas fraudulentas é o valor do credito tributário (principal e acessório)

Leia mais

Art. 5º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Resolução Nº 35, de 14 de abril de 2014. Disciplina a forma de recolhimento dos recursos destinados ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos do Estado do Ceará. A VICE-PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL GESTOR

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO FEV/2015 VERSÃO 1.0

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO FEV/2015 VERSÃO 1.0 POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO VERSÃO 2 / 6 1. INTRODUÇÃO A Política de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro ( Política ) visa promover a adequação das atividades operacionais da DBTRANS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Conselho Federal de Corretores de Imóveis Conselho Regional de Corretores de Imóveis

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Conselho Federal de Corretores de Imóveis Conselho Regional de Corretores de Imóveis SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Conselho Federal de Corretores de Imóveis Conselho Regional de Corretores de Imóveis 2 GUIA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO PARA O SETOR IMOBILIÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 4 2 O SETOR

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA 1. APRESENTAÇÃO 1.1 OBJETIVO O objetivo deste Código de Conduta Ética é definir padrões visando : a) Prevenção de conflitos de interesses, envolvendo acesso às informações privilegiadas,

Leia mais

COMPLIANCE, LEI ANTICORRUPÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO, CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUÁRIA ADEILDO OLIVEIRA SÓCIO DA AUDICONT

COMPLIANCE, LEI ANTICORRUPÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO, CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUÁRIA ADEILDO OLIVEIRA SÓCIO DA AUDICONT COMPLIANCE, LEI ANTICORRUPÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO, CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUÁRIA ADEILDO OLIVEIRA SÓCIO DA AUDICONT DECLARAÇÃO DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE AS INFORMAÇÕES ADIANTE APRESENTDAS FORAM

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: LEI N o 7.492, DE 16 DE JUNHO DE 1986. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1º Considera-se instituição financeira, para efeito desta

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS.

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º de agosto de 2013 (publicada em 02/08/2013) LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA LEI ANTICORRUPÇÃO

Leia mais

ADVOGADOS. Afro Lourenço Renata Andrade Elisberg Bessa Rebeca Lourenço Mendes Jr.

ADVOGADOS. Afro Lourenço Renata Andrade Elisberg Bessa Rebeca Lourenço Mendes Jr. ADVOGADOS Afro Lourenço Renata Andrade Elisberg Bessa Rebeca Lourenço Mendes Jr. ADVOGADOS Djalma Brochado Jamylle Dionizio CRIMES TRIBUTÁRIOS: MEIOS DE PREVENÇÃO E DEFESA UNIDADE I CARGA TRIBUTÁRIA E

Leia mais

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.016-F DE 2015. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.016-F DE 2015. O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.016-F DE 2015 Regulamenta o disposto no inciso XLIII do art. 5º da Constituição Federal, disciplinando o terrorismo, tratando de disposições investigatórias e processuais

Leia mais

COAF Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.

COAF Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. COAF Prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. COAF O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) foi instituído pela Lei 9.613 e atua na prevenção e combate

Leia mais

Luiz Eduardo de Almeida

Luiz Eduardo de Almeida Luiz Eduardo de Almeida Apresentação elaborada para o curso de atualização do Instituo Brasileiro de Direito Tributário IBDT Maio de 2011 Atividade da Administração Pública: ato administrativo Em regra

Leia mais

a) nome completo, sexo, data de nascimento, naturalidade, nacionalidade, estado civil, filiação e nome do cônjuge ou companheiro;

a) nome completo, sexo, data de nascimento, naturalidade, nacionalidade, estado civil, filiação e nome do cônjuge ou companheiro; Instrução CVM 301/99. DA IDENTIFICAÇÃO E CADASTRO DE CLIENTES Art. 3º Para os fins do disposto no art. 10, inciso I, da Lei nº 9.613/98, as pessoas mencionadas no art. 2º (DENTRE OUTRAS, CORRETORAS DE

Leia mais

Treinamento de Prevenção a Lavagem de Dinheiro

Treinamento de Prevenção a Lavagem de Dinheiro Treinamento de Prevenção a Lavagem de Dinheiro 1. Introdução Esse treinamento visa orientar os colaboradores, parceiros, fornecedores, terceiros e pessoas com as quais mantém relacionamento comercial com

Leia mais

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade BANCO DO BRASIL Profº Agenor paulino Trindade PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE MERCADO DE CAPITAIS DIRETITOS E PROVENTOS DAS AÇÕES: - Direito de Retirada Reembolso de Capital;

Leia mais

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS. Prof. Rodrigo O. Barbati

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS. Prof. Rodrigo O. Barbati CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Rodrigo O. Barbati AULA 01 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema normativo Sistema Financeiro Nacional O Sistema Financeiro Nacional (SFN) pode ser entendido

Leia mais

Os Princípios de Prevenção aos Crimes de Lavagem de Dinheiro para Bancos Correspondentes

Os Princípios de Prevenção aos Crimes de Lavagem de Dinheiro para Bancos Correspondentes Os Princípios de Prevenção aos Crimes de Lavagem de Dinheiro para Bancos Correspondentes 1 Introdução O Grupo de Instituições Financeiras Wolfsberg 1 ¹ considera que estes princípios constituem uma orientação

Leia mais

"FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados

FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados "FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013 Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados CORRUPÇÃO, O MALDOSÉCULO http://www.transparency.org/ http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/12/ranking-do-indice-de-percepcao-da-corrupcao-no-mundo.html

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 4 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 Perfis de acesso... 4 1.3

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 1 SUMÁRIO 2 Orientações gerais... 3 2.1 Perfis de acesso... 4 2.2 Para acessar todas as funcionalidades

Leia mais

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade III Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros Lembrando da aula anterior Conceitos e Funções da Moeda Política Monetária Política Fiscal Política Cambial

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N o 380, de 29 de dezembro de 2008. Dispõe sobre os controles internos específicos para a prevenção e combate dos crimes de lavagem

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS (TRC) SINISTROS e FRAUDES

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS (TRC) SINISTROS e FRAUDES TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS (TRC) SINISTROS e FRAUDES 1.Considerações Básicas Quais os Riscos que afetam o TRC??? Riscos presentes no TRC Acidentes de Trânsito Transporte de Cargas em Geral Transporte

Leia mais

Marco regulatório de 2009

Marco regulatório de 2009 Marco regulatório de 2009 Circular 3.461/09 Cadastro de Clientes Atualização Cadastral Know Your Customer KYC Pessoas Politicamente Expostas PEPs Cadastro de Clientes Cumprir a regulamentação em vigor

Leia mais

LEI 12.846 DECRETO 8.420

LEI 12.846 DECRETO 8.420 LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º. de agosto de 2013 DECRETO 8.420 de 18 de março de 2015 Maria Luisa Pestana Guimarães Assessora Jurídica da CBIC PONTOS RELEVANTES 1. Aplicável nas três esferas do Poder:

Leia mais