CARTILHA DE REDES SOCIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTILHA DE REDES SOCIAIS"

Transcrição

1 CARTILHA DE REDES SOCIAIS

2 COLEÇÃO

3 CARTILHA DE REDES SOCIAIS

4 INTRODUÇÃO O advento das chamadas Redes Sociais se, de um lado representa a conectividade teorizada por McLuhan (1) na Aldeia Global, de outro, significa um novo desafio para nações, sociedade e empresas, especialmente para o setor financeiro. Afinal, nada mais é segredo. Nas redes sociais, tudo se sabe. Como conter informações estratégicas, manter sigilo, preservar a segurança de dados em um mundo que conjuga a todo instante o verbo compartilhar? De que adianta bloquear o acesso de colaboradores à internet, quando se sabe que 80% desses acessos são realizados fora do ambiente corporativo? Como impedir o vazamento de dados, se hoje os smartphones são capazes de fotografar telas e planilhas, filmar reuniões, gravar áudios e transmití-los instantaneamente? Não existe mais a separação entre real e virtual. Tudo faz parte da vida real. Não existem ainda respostas que permitam lidar a contento com esse admirável mundo novo e em constante evolução. Os meios acadêmicos apenas começaram a estudar as infinitas implicações sociais, empresariais e até mesmo as eventuais ameaças de Estado dessa interconectividade plena. O Wikileaks é, talvez, o melhor exemplo dessa nova e, aparentemente, estranha realidade. Há também questões relativas às ferramentas de monitoramento de conteúdo publicado nas redes sociais e às ações reativas quando da divulgação de dados sigilosos ou informações e comentários que possam representar danos à imagem ou às operações das instituições financeiras e demais empresas. 1 Filósofo e educador canadense nascido em 1911, autor de textos e livros sobre meios de comunicação.

5 É importante lembrar que todos aqueles que, de alguma forma se relacionam direta ou indiretamente com uma empresa ou organização, podem ser impactados pelas redes sociais. Assim, o engajamento e o treinamento dos colaboradores são pontos fundamentais para se mitigar os riscos inerentes à segurança das informações, bem como, o aprimoramento no acompanhamento cotidiano do ciberespaço. Nesse contexto, é indispensável que tomemos consciência dos riscos aos quais estamos expostos. Se não há como evitá-los totalmente, pelo menos um processo educacional de conscientização poderá mitigar possíveis danos. Este tem sido o cerne das discussões que se travam, nos últimos meses, no âmbito das reuniões sobre o tema na FEBRABAN e que será detalhado a seguir. Acreditamos que o investimento em conscientização e treinamento, tais como desenvolvimento de programas de e-learning e elaboração de cartilhas sobre o tema, são absolutamente necessários para auxiliar as áreas de compliance, gestão de riscos, segurança da informação, marketing, jurídico, comunicação, recursos humanos, entre outras, nos esforços para promover as boas práticas, divulgar produtos e serviços e preservar as organizações, garantindo seu sucesso e bom desempenho. É com este objetivo que a FEBRABAN publica este documento. São Paulo, maio de 2013.

6 6 CARTILHA DE REDES SOCIAIS AGRADECIMENTOS AOS QUE PARTICIPARAM DA ELABORAÇÃO DESTA CARTILHA: Colaboradores de diversos Bancos Comissão de Compliance da FEBRABAN Comissões setoriais da FEBRABAN Colaboradores da FEBRABAN: Eli da Silva Sérgio Luiz Martins Giannella Silvia Fernanda Mazzola

7 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 7 CONCEITOS Mídias Sociais são plataformas projetadas para permitir a interação social a partir do compartilhamento de conteúdo e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Redes sociais são estruturas sociais compostas por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilham valores e objetivos comuns. Uma das características fundamentais das redes sociais é a sua abertura, que possibilita relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre os participantes. Um dos princípios das redes sociais, por ser uma ligação social, é a conexão fundamental entre as pessoas, que se dá por meio da identidade. Redes sociais públicas: são ambientes, páginas ou sistemas da internet que permitem a troca de informações, a interação social e a comunicação entre as pessoas e organizações. Redes sociais privadas: são todos os canais internos de comunicação de uma empresa, que possibilitam a colaboração e a troca de informações entre pessoas autorizadas por essa empresa. SÃO EXEMPLOS DE MÍDIAS SOCIAIS: Comunicação: blogs (Blogger e WordPress), microblogs (Twitter e Pownce), redes sociais (Orkut, Facebook, LinkedIn e MySpace); Colaboração: wikis (Wikipédia); Multimídia: compartilhamento de fotos (Flickr, Zooomr, Fotolog e Picasa) e compartilhamento de vídeo (Videolog, YouTube e Vimeo); Entretenimento: mundos virtuais (Second Life).

8 8 CARTILHA DE REDES SOCIAIS

9 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 9 CÓDIGO DE CONDUTA Independentemente do tipo de pessoas que formam uma rede social ou do tema que as une, um ponto em comum entre elas é o compartilhamento de informações, conhecimentos, interesses e esforços em busca de objetivos comuns. A intensificação da formação das redes sociais, nesse sentido, reflete um processo de fortalecimento da sociedade civil, em um contexto de maior participação democrática e mobilização social. As redes sociais são uma extensão das relações e das atividades da vida pessoal e profissional e refletem comportamentos do cotidiano. Dessa forma, também nas redes, cada um abordará temas relacionados à sua profissão e carreira, o que proporciona a interação com pessoas do seu meio profissional. O mau uso das redes sociais pode expor negativamente e comprometer os relacionamentos e até mesmo uma carreira profissional. Por outro lado, usando-as adequadamente você se aprimora, interage com pessoas e usufrui melhor de tudo o que esse universo tem a lhe oferecer. Por isso, é importante produzir conteúdos que possam expressar os valores que também estão presentes na postura profissional do dia a dia de trabalho. Os posicionamentos apresentados a seguir visam orientar o comportamento das pessoas no uso das Mídias Sociais e devem ser aplicados na conduta pessoal e profissional dos participantes destas mídias, buscando o alinhamento entre comportamentos e atitudes e uma interação responsável. 1. Separe os assuntos pessoais dos profissionais Não faça parte de comentários especulativos e/ou sobre posicionamentos de sua empresa.

10 10 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 2. Respeite as regras de confidencialidade Não comente assuntos confidenciais e/ou aqueles que você tenha tomado conhecimento devido à natureza do seu trabalho, mesmo que já tenham se tornado público. É dever do funcionário garantir a confidencialidade e integridade dos dados pertencentes à sua empresa ou àquelas com as quais se relaciona. Qualquer informação postada em redes sociais, é de total responsabilidade do funcionário, ficando a empresa isenta de responder civil ou criminalmente pelos danos causados, salvo quando a postagem for autorizada formalmente pela empresa. 3. Respeite os valores da empresa Conheça e vivencie a missão, a visão, os valores, o estatuto, o código de ética e as normas de conduta de sua empresa. O seu comportamento nas redes sociais deverá refletir todos eles. 4. Horário de acesso às Mídias Sociais O acesso às redes sociais (Orkut, Facebook, LinkedIn, Twitter, MSN, e outras) nas empresas, desde que autorizado, deve seguir o bom senso, ou seja, respeitando o horário de expediente e utilizando as redes apenas nos horários definidos para esse acesso. 5. Cumprimento do código de conduta Este código de conduta para uso das redes sociais não substitui o código de conduta de sua empresa que é soberano em seu conteúdo e, cujas regras deverão ser seguidas conforme orientação da área de recursos humanos e de seu contrato de trabalho. Ele objetiva somar informações e apoiá-lo no correto uso das Mídias Sociais.

11 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 11 Qualquer informação postada em redes sociais, é de total responsabilidade do funcionário, ficando a empresa isenta de responder civil ou criminalmente pelos danos causados, salvo quando a postagem for autorizada formalmente pela empresa.

12 12 CARTILHA DE REDES SOCIAIS DICAS DE POSTURA E RISCOS DAS REDES SOCIAIS A seguir, seguem algumas orientações que poderão nortear o uso que você faz das redes sociais não somente no mundo corporativo, como também na vida pessoal. 1. Conectando-se Para que você possa utilizar as Mídias Sociais, é necessário que escolha um ou mais sites disponíveis. Nesses sites, poderá compartilhar informações, fotos, mensagens, links, interagir com amigos e familiares e ter acesso a outras facilidades de comunicação. As Redes Sociais, em geral, se diferenciam por apresentar recursos, finalidades e temas diferenciados. Você pode criar um perfil no Twitter, produzir seus posts e seguir usuários relevantes para o seu trabalho e sua vida como um todo. No Facebook, poderá se relacionar com seus colegas e acompanhar as novidades em tecnologia e aplicativos para as redes. Por meio do LinkedIn você poderá trocar experiências com pessoas da sua área de atuação e aprimorar sua carreira. 2. Produção de conteúdos Quando estiver em um ou mais sites das redes sociais, você terá a liberdade de produzir os seus conteúdos livremente e interagir com os outros usuários, mantendo-os informados sobre as suas atividades. Evite publicar comentários ou posicionamentos sobre sua empresa ou outros que possam interferir em sua vida profissional. Informações confidenciais são protegidas por lei e sua divulgação sem autorização formal dos proprietários, pode trazer problemas legais sérios a quem viola estas regras. 3. Objetividade Evite escrever demais em um único post. Os textos para internet devem ser curtos e objetivos. A quantidade de informações a que o leitor tem acesso é imensa e os estímulos também. Escolha títulos atraentes e inicie o texto de forma a mantê-lo interessante.

13 CARTILHA DE REDES SOCIAIS Indicação de fontes e referências Tudo que você publicar sobre algo que leu em outro site deve ser referenciado; não deixe de citar o link onde encontrou aquela informação. Indique ainda outros sites, vídeos ou podcasts (arquivos de áudio) no qual o leitor poderá encontrar dados complementares ao que você está falando. Dessa forma, você cria textos dinâmicos e promove a circulação das ideias. Certifique-se de que suas postagens não ferem nenhum direito autoral ou propriedade intelectual de pessoas e/ou empresas. As informações de projetos e programas desenvolvidos na empresa em que você trabalha pertencem apenas a ela. 5. Verificação das informações Revise os textos eliminando erros de ortografia e gramática. Não deixe de utilizar dicionários e corretores ortográficos eletrônicos. Mantenha a credibilidade de suas informações buscando e referenciando fontes confiáveis. Notícias mal apuradas e boatos podem causar prejuízos sérios, inclusive à sua imagem profissional. 6. Prudência Pense bem e analise o conteúdo que pretende publicar. Lembre-se da perpetuidade dos conteúdos disponibilizados em Mídias Sociais. Cuidado com as informações que você publica e lembre-se: o que publicar será lido. Algumas pessoas publicam opiniões controvertidas sobre outras ou entram em discussões desnecessárias nas redes sociais e se expõem demais. Assuntos delicados e polêmicos devem ser tratados em particular. Existe uma máxima sobre as redes sociais que diz se não pode ser dito em público, não pode ser publicado. 7. Agregar valor Quando for publicar algo nas redes sociais, certifique-se da relevância do tema e procure apresentar fatos novos ou dicas interessantes.

14 14 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 8. Socialização O nome é rede social, portanto, é fundamental que você socialize e se relacione. Dessa forma, se tem um blog, responda aos comentários dos leitores; se tem Twitter, interaja com seus seguidores. Siga também usuários relevantes, leia, comente e participe de blogs e redes de seu interesse. 9. Exposição Tome cuidado para não dar mais informações do que o necessário na internet. Você está em um ambiente público e falar demais pode ser um risco. Evite fazer comentários sobre sua vida profissional, compra de bens, datas de viagens, promoções profissionais, endereços e, até mesmo, o nome da empresa onde trabalha. Compartilhar é parte da essência do ser humano, mas expor demais seus dados pode ser perigoso. Fique atento. Evite a publicação de fotos de qualquer autoria que comprometam ou potencialmente prejudiquem sua imagem ou de sua empresa e, verifique se a mesma situação ocorre em imagens postadas por amigos. BOAS PRÁTICAS NO USO DA INTERNET Como vimos até aqui, o uso das redes sociais e da internet, em geral, traz facilidades para as tarefas do dia a dia, aproxima pessoas e torna as informações mais acessíveis a todos. Mas, é necessário termos atenção em relação à forma e à conduta que adotamos nesses acessos, seguindo algumas regras básicas que podem minimizar os riscos aos quais nos expomos, tanto na vida pessoal como na profissional, quando acessamos as Mídias Sociais. Convém sempre lembrar que, mesmo atos praticados como simples brincadeiras, podem tornar-se sérias questões legais. Algumas dicas importantes: Ao falar sobre seu trabalho, atente para que não sejam divulgadas informações de uso interno ou confidencial e rotinas de trabalho, em função do risco de quebra de sigilo profissional.

15 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 15 Escreva sempre em primeira pessoa quando fizer comentários sobre sua empresa em redes sociais. Atente para nunca associar conteúdo pessoal ou de opinião particular com a marca da empresa para a qual trabalha. Tenha cuidado ao identificar-se como funcionário/colaborador de uma instituição. Seja honesto. Identifique-se com seu verdadeiro nome e função na empresa onde trabalha. Não exponha problemas profissionais em conversas abertas. Cuidado com comentários implícitos ou explicitamente ofensivos e possíveis vínculos com sua empresa. Faça sempre comentários respeitosos e significativos. Não faça comentários ofensivos ou agressivos sobre empresas concorrentes, parceiros de negócios ou colegas de trabalho. Não publique fotos ou informações de clientes, exceto se expressamente autorizadas. Não compartilhe piadas internas nem divulgue fotos de seu ambiente de trabalho ou de colegas, sem permissão. Fotos e mensagens podem ser apagadas, mas isso não significa que elas desaparecerão da rede. Não se pronuncie em comentários negativos postados sobre o seu trabalho ou empresas concorrentes. Comunique o fato ao seu gestor. Nunca utilize marcas de empresas em sites, sem autorização do titular. Não publique ou divulgue informações confidenciais de sua empresa para terceiros, em grupos de trabalho, happy hours ou chats. Ao expor sua opinião na rede, seja educado e sutil, principalmente quando não concordar com a opinião de outra pessoa. Manifeste-se com respeito quando tratar de temas polêmicos. Cuidado com comentários discriminatórios sobre etnia, religião, nacionalidade, entre outros. Evite fofocas. Verifique a veracidade das informações antes de disseminá-las e não use a internet para fazer desabafos, sejam eles pessoais ou profissionais. Evite divulgar o que está fazendo, tanto na sua vida pessoal como na sua vida profissional (seu cotidiano ou o da sua família, horários particulares, onde estará, endereço residencial, número de telefones, etc.) Substitua-os por conhecimentos e links interessantes.

16 16 CARTILHA DE REDES SOCIAIS Evite declarar vínculos de parentesco (pai, mãe, filhos, avós, tios etc.) das pessoas que fazem parte da sua rede/grupo/comunidade, pois a exposição destas informações pode facilitar a captura de informações (engenharia social). Não responda a todas as críticas e provocações. Coordene o que escreve para atrair diversos pontos de vista. Personalize as opções de privacidade das ferramentas utilizadas e limite quem pode ver suas informações pessoais. Evite falar sobre o cotidiano de sua família, horários particulares, rotinas, endereço residencial ou número de telefone. Admita seus erros, quando os cometer. Utilize sempre softwares oficiais e sistemas de proteção (antivírus, anti-spyware, firewall, etc.). Desconsidere s de remetentes suspeitos e apague-os antes de ler. Use senhas que só você tenha conhecimento e troque-as periodicamente. Utilize uma senha diferente para cada site e evite utilizar nomes próprios, datas importantes, etc.. Dica: utilize frases ou suas iniciais no lugar de palavras (Ex.: Gostei dos parques do Rio de Janeiro = GpRJ). Não anote senhas em papéis, blocos de rascunhos ou arquivos. Guarde-as mentalmente. Não utilize a mesma senha para Mídias Sociais e recursos corporativos. Evite cadastrar informações sobre o seu perfil pessoal em redes sociais; não exponha seu currículo completo. Atente também para os chamados códigos maliciosos ou Malware que são programas desenvolvidos para executar ações criminosas ou danosas em computadores (ex. Vírus, Worm, Spyware, Cavalo de Tróia, etc.). Não fazer download de softwares sem autorização e utilizar somente provedores conhecidos.

17 CARTILHA DE REDES SOCIAIS 17 Respeite a propriedade intelectual de terceiros. Não copie conteúdos sem autorização, mesmo que publicados na internet. Cite a fonte e não publique um texto de um autor como se fosse seu, evitando o plágio ou a infração à lei de Direito Autoral. Textos de obras literárias, artísticas ou científicas, conferências, programas de computador, bases de dados e outras obras que, por sua seleção, organização ou disposição de seu conteúdo, constituam uma criação intelectual, são protegidos pelas leis vigentes, não podendo, em regra, ser publicados, distribuídos e/ ou reproduzidos sem a autorização prévia do titular ou representante legal. Verifique se o site visitado utiliza o protocolo HTTP (S) e se possui certificado de segurança. Jamais divulgue informações, textos, documentos, comentários e/ ou opiniões que não atendam a critérios de veracidade ou que sejam infundados. Assuma tudo que publicar e não se passe por outra pessoa. A utilização de perfis falsos é crime. Esteja ciente que existem mecanismos para recuperação de dados registrados em sua estação de trabalho, assim o computador pode facilmente se tornar a testemunha mais forte quanto às ações efetuadas a partir dele. Verifique o que está sendo apresentado nas redes pelos seus amigos, pois eles podem divulgar fotos suas não adequadas ou até comentários que, na visão de sua empresa, podem prejudicar sua imagem e, consequentemente, sua carreira profissional. Executivos e membros da alta gerência da empresa devem ter atenção redobrada em relação ao que publicam na rede, mesmo em perfil pessoal. A repercussão de suas declarações pode ser negativa e, inevitavelmente, poderá ser alvo de especulações e críticas diante da mídia, na própria empresa ou até mesmo influenciar o mercado.

18

19 SUGESTÕES E CRÍTICAS:

20 Av. Brig. Faria Lima, º andar São Paulo SP CEP Pinheiros Tel typecomm.com.br

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta

MÍDIAS SOCIAIS. Manual de Conduta MÍDIAS SOCIAIS Manual de Conduta Apresentação O Sistema Ocemg, atento às mudanças de mercado e preocupado em estar sempre próximo de seus públicos de interesse, assume o desafio de se posicionar também

Leia mais

OLÁ! USINA SANTA TEREZINHA

OLÁ! USINA SANTA TEREZINHA OLÁ! É bem provável que você já tenha acessado, ou até mesmo, ouvido falar sobre o Facebook, Youtube, Twitter e Linkedin. As redes sociais já fazem parte de nossas vidas, direta ou indiretamente, e todos

Leia mais

Segurança na internet

Segurança na internet Segurança na internet Perigos da internet Cyberbullying Uso da internet para praticar ofensas e humilhações a alguém de forma constante Discriminação Quando há publicação de mensagem ou imagem preconceituosas

Leia mais

Manual de conduta nas mídias sociais. colégio magnum cidade nova

Manual de conduta nas mídias sociais. colégio magnum cidade nova Manual de conduta nas mídias sociais colégio magnum cidade nova Manual de conduta nas mídias sociais Práticas de comportamento dos educadores do Colégio Magnum nas mídias sociais A Magnum 2 Introdução

Leia mais

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br

Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker. 1 Aker Security Solutions www.aker.com.br Guia de Conduta do Colaborador e Prestador de Serviço Aker 1 Importante Este guia faz parte da política interna da Aker Security Solutions e sua utilização é restrita a colaboradores e prestadores de serviço

Leia mais

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET O IMPACTO SOCIAL DA Miguel Gomes da Costa Junior Rede de milhões de computadores de todo o mundo interligados por linhas telefônicas, fibra ótica e satélites. Poderosa fonte de informação e comunicação

Leia mais

Segurança em Redes Sociais.

Segurança em Redes Sociais. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Redes Sociais Agenda Redes sociais Características principais Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Redes sociais (1/2) Redes de relacionamento

Leia mais

POLÍTICA DE MÍDIAS SOCIAIS PARA CLIENTE GLOBAL. Sua Responsabilidade Pessoal

POLÍTICA DE MÍDIAS SOCIAIS PARA CLIENTE GLOBAL. Sua Responsabilidade Pessoal POLÍTICA DE MÍDIAS SOCIAIS PARA CLIENTE GLOBAL Sua Responsabilidade Pessoal InnerWorkings (IW) e os nossos clientes reconhecem que a tecnologia oferece oportunidades únicas para construir o nosso negócio,

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Atualmente, o acesso às redes sociais já faz parte do cotidiano de grande parte dos usuários da Internet e, muito provavelmente, do seu. Você pode usar as redes sociais para se

Leia mais

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós!

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós! Prezado Colaborador, O conteúdo desta cartilha tem como objetivo compartilhar alguns conceitos relacionados ao tema Segurança da Informação. Além de dicas de como tratar os recursos e as informações corporativas

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ O acesso às redes sociais já está incorporado ao cotidiano de grande parte dos usuários da Internet e, muito provavelmente, do seu. As redes sociais possuem características que

Leia mais

Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores

Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores Guia Grupo Amil de Comunicação Digital para Corretores Índice O Objetivo O Corretor para o Grupo Amil As Marcas do Grupo Amil A Identificação Selos de Identificação Inserção em Canais Digitais - Perfis

Leia mais

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais.

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. O objetivo desta política é estabelecer as diretrizes de participação nos canais digitais do Grupo hospital casa nas redes sociais

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

Ética e Legislação em Comunicação

Ética e Legislação em Comunicação Ética e Legislação em Comunicação Ambientes Digitais Blog Site/Sitio Portal Acervo Virtual Plataformas de aprendizagem virtual / Educação à distância Exercício coletivo: Exemplos e análise de ambientes

Leia mais

Monitoramento de e-mail corporativo

Monitoramento de e-mail corporativo Monitoramento de e-mail corporativo Mario Luiz Bernardinelli 1 (mariolb@gmail.com) 12 de Junho de 2009 Resumo A evolução tecnológica tem afetado as relações pessoais desde o advento da Internet. Existem

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Índice 1 Introdução... 3 2 Política de cadastro e senhas... 5 3 Política de Utilização da Internet... 7 4 Política de Utilização de

Leia mais

Guia de Segurança em Redes Sociais

Guia de Segurança em Redes Sociais Guia de Segurança em Redes Sociais INTRODUÇÃO As redes sociais são parte do cotidiano de navegação dos usuários. A maioria dos internautas utiliza ao menos uma rede social e muitos deles participam ativamente

Leia mais

SOLO NETWORK. Guia de Segurança em Redes Sociais

SOLO NETWORK. Guia de Segurança em Redes Sociais (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41) 4062-6971 (48) 4062-6971 (51) 4062-6971 (61) 4062-6971 (71) 4062-7479 Guia de Segurança em Redes Sociais (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41)

Leia mais

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do

@ A expansão da web, que. @ Presença cada vez maior do Mídias Sociais Inteligência coletiva Em 1996, a web (1.0) era predominantemente um ambiente de leitura. Só uma pequena fração do conteúdo era criada pelo usuário; Dez anos depois, duas grandes mudanças:

Leia mais

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras?

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? Conscientização sobre a Segurança da Informação Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? PROFISSIONAIS DE O que é Segurança da Informação? A Segurança da Informação está relacionada

Leia mais

Segurança em Redes Sociais.

Segurança em Redes Sociais. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Redes Sociais Agenda Redes sociais Características principais Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Redes sociais (1/2) Redes de relacionamento

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Ref.: Política de uso de Internet e correio eletrônico

Ref.: Política de uso de Internet e correio eletrônico Ref.: Política de uso de Internet e correio eletrônico Introdução A PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL-CHILE, através de seu setor de Tecnologia da Informação, tem como objetivo o provimento de um serviço de qualidade,

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS AS MÍDIAS SOCIAIS SÃO HOJE AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO SOCIAL E DE COMPARTILHAMENTO DE IDEIAS E INFORMAÇÕES. O Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD), sabendo

Leia mais

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes REDES SOCIAIS Profº Thiago Arantes Todos os direitos reservados - IAB 2014 - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade Este documento tem por objetivo definir a Política de Privacidade da Bricon Security & IT Solutions, para regular a obtenção, o uso e a revelação das informações pessoais dos usuários

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA

CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA CARTILHA DE BOAS PRÁTICAS EM SEGURANÇA CIBERNÉTICA GRUPO DE TRABALHO DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA A FIESP esclarece que as informações apresentadas na presente Cartilha são apenas sugestões para auxiliar as

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DATA: 25/01/2016 VERSÃO 2.0 VERSÃO 2 25/01/2016 ÁLVARO BARBOSA SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO... 3 II. PAPÉIS E RESPONSABILIDADES... 4 II.1 - COMITÊ EXECUTIVO... 4 II.2 - CONTROLES

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

Segurança em Redes Sociais. Miriam von Zuben miriam@cert.br

Segurança em Redes Sociais. Miriam von Zuben miriam@cert.br Segurança em Redes Sociais Miriam von Zuben miriam@cert.br Tratamento de Incidentes Articulação Apoio à recuperação Estatísticas Treinamento e Conscientização Cursos Palestras Documentação Reuniões Análise

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL 1. Disposições Preliminares Este Código de Ética tem como principal objetivo informar aos colaboradores, prestadores de serviço, clientes e fornecedores da Petronect quais são os princípios éticos que

Leia mais

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Novembro/2013 Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Segurança da Informação BYOD/Consumerização Redes Sociais Perguntas Não vendo cofres, vendo

Leia mais

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso.

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso. O website e domínio www.busquecursos.co, bem como seus subdomínios, funcionalidades, conteúdo e demais aplicações e serviços (incluindo aplicações mobile) estão sujeitos aos termos e condições deste termo

Leia mais

Prevenção. Como reduzir o volume de spam

Prevenção. Como reduzir o volume de spam Prevenção Como reduzir o volume de spam A resposta simples é navegar consciente na rede. Este conselho é o mesmo que recebemos para zelar pela nossa segurança no trânsito ou ao entrar e sair de nossas

Leia mais

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO Objetivos do treinamento Conhecer o potencial que as Redes Sociais tem no mundo e a aplicabilidade no seu Negócio Amway. Aprender como criar e administrar uma conta no FACEBOOK.

Leia mais

Manual de mídias sociais

Manual de mídias sociais Manual de mídias sociais Julho/2014 Introdução A NovAmérica busca caminhar junto com as mudanças no mundo, sejam tecnológicas, comportamentais, sociais ou culturais. Assim, realiza ações que permitem aos

Leia mais

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente. Noções básicas sobre segurança e computação segura Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger

Leia mais

REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento

REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento Daniela Partzsch Köpp 1 Adair Mendes De Paula 2 Juliano Regiani Olbrzymek 3 Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Graduação Tecnológica em Gestão de

Leia mais

CARTILHA DE SEGURANÇA

CARTILHA DE SEGURANÇA ESTADO DE SERGIPE TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO CARTILHA DE SEGURANÇA COORDENADORIA DE INFORMÁTICA Sumário O que é informação... 3 Cuidado com a Engenharia Social... 3 Dicas de Senhas... 4 Recomendações

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA GADE SOLUTION Tatiana Lúcia Santana GADE SOLUTION 1. Conceituação: A informação é um dos principais patrimônios do mundo dos negócios. Um fluxo de informação de qualidade é capaz

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 1 Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 2 O que é o Movimento? O Movimento é uma ação de Responsabilidade Social Digital que tem a missão de educar, capacitar e conscientizar os alunos,

Leia mais

Redes Sociais Conflitos e Controvérsias. Ivan da Cunha ivancunha@apoioestrategico.com.br

Redes Sociais Conflitos e Controvérsias. Ivan da Cunha ivancunha@apoioestrategico.com.br Redes Sociais Conflitos e Controvérsias Ivan da Cunha ivancunha@apoioestrategico.com.br Objetivos Uma Sociedade em Mudança ë Veja alguns dados sobre a tecnologia dos dias atuais: ë300 anos de jornal podem

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva Comissão de Direito eletrônico E Crimes de Alta Tecnologia Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo Dra. CRISTINA SLEIMAN Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva SP,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING

MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING Frederico Sotero* Este breve manual destina-se aos participantes das redes sociais desenvolvidas pela MANTRUX na plataforma Ning. Trata-se essencialmente de um

Leia mais

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Segurança e Privacidade em Redes Sociais Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Tratamento de Incidentes Articulação Apoio à recuperação Estatísticas Treinamento e Conscientização Cursos Palestras Documentação

Leia mais

mais diversos propósitos. Esses fenômenos sociais se tornarão ainda mais contextualizados.

mais diversos propósitos. Esses fenômenos sociais se tornarão ainda mais contextualizados. das Mídias Sociais na Tron Informática 1 Este manual contém as diretrizes oficiais para as mídias sociais no grupo Tron Informática e se aplica, sem exceção, a todos os colaboradores da empresa que criam,

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! É sempre bom poder contar com o SICREDI do seu lado. Melhor ainda quando o SICREDI está onde você mais precisa:

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Atualizado em 15/05/14 Pág.: 1/6 Introdução O Cartão BNDES é um meio de pagamento baseado no conceito de cartão de crédito e que visa financiar

Leia mais

Segurança em Informática

Segurança em Informática Especialização em Gestão das Tecnologias na Educação Básica Disciplina: Informática Aplicada a Educação Prof. Walteno Martins Parreira Júnior Segurança em Informática Inicialmente, responda o questionário

Leia mais

Privacidade.

Privacidade. <Nome> <Instituição> <e-mail> Privacidade Agenda Privacidade Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Privacidade (1/3) Sua privacidade pode ser exposta na Internet: independentemente da sua

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

Redes sociais x mídias sociais

Redes sociais x mídias sociais INTRODUÇÃO Esse workshop tem como objetivo de organizar o uso das redes sociais no Santuário Nacional e Rede Aparecida, de forma a facilitar o trabalho de monitoramento e de produção de conteúdo para as

Leia mais

Privacidade e Segurança

Privacidade e Segurança UM GUIA PARA SOBREVIVENTES DE ABUSO Privacidade e Segurança no Facebook índice Í D I C E S Introdução 1 A primeira linha de defesa: gerencie quem vê seu conteúdo 2 Recupere o controle: analise as suas

Leia mais

Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente.

Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente. Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente. Introdução. Jornal é o meio de comunicação de maior credibilidade. Por isso,

Leia mais

Fit+ Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 16 de Setembro de 2015.

Fit+ Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 16 de Setembro de 2015. Fit+ Termo e Condições de Uso v.1 Publicação dia 16 de Setembro de 2015. Qualquer pessoa que se utilize dos serviços denominados Fit+ (registrada sob CNPJ 23.128.926/0001-62 e localizada à Rua Cassilândia,387,

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

Termos e Política de Privacidade

Termos e Política de Privacidade Termos e Política de Privacidade Sua privacidade é fundamental para nós. Por isso, queremos explicar-lhe os detalhes de política e práticas adotadas para proteger sua privacidade para que se sinta confortável

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Manual de SQUI Uso da Internet

Manual de SQUI Uso da Internet PE Manual de SQUI Uso da Internet Conteúdo Introdução...3 Finalidade... 3 Internet...4 Regras e Normas... 4 Monitoramento.....9 Causas à Desrespeito das Regras...10 Declaração de Acordo...11 Copyright

Leia mais

http://cartilha.cert.br/ Publicação

http://cartilha.cert.br/ Publicação http://cartilha.cert.br/ Publicação O uso de tablets, smartphones e celulares está cada vez mais comum e inserido em nosso cotidiano Caso tenha um dispositivo móvel (tablet, smartphone, celular, etc.)

Leia mais

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Segurança em Computadores GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Agenda Computadores Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Computadores (1/4) Computador pessoal grande quantidade de dados armazenados

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET :: Índice O mundo ficou pequeno... 03 O que a Internet representa... 05 Vários caminhos levam a um só lugar: a informação... 06 Reputação positiva na Internet...

Leia mais

USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO

USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO USO RESPONSÁVEL DA INTERNET ELABORADO PELOS ALUNOS DO 6º ANO 2 Fique atento! Não acredite em tudo o que lê A internet é segura? Você não deve

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan www.bradesco.com.br Índice Versão 01-2007 Introdução 2 Ameaças à Segurança da Informação 12 Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa 3 E-Mail 14 Procuradores e Níveis de Acesso 6 Como Identificar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO Todo cuidado é pouco quando se esta nas redes sociais. A sensação que a

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO SITE ATLETASPELOBRASIL.ORG.BR

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO SITE ATLETASPELOBRASIL.ORG.BR POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO SITE ATLETASPELOBRASIL.ORG.BR 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES 1.1. Nossa política de privacidade, às vezes, poderá ser modificada para atender eventuais necessidades. Verifique esta

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! Agora você encontra o SICREDI em casa, no trabalho ou onde você estiver. É o SICREDI Total Internet, cooperando

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA NAS MÍDIAS SOCIAIS A Fibria respeita e apoia a liberdade de expressão. As redes sociais ganham cada vez mais espaço na comunicação entre as pessoas.

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação Atenção especial na proteção dos ativos de informação seus e da sua empresa. Autor: André Luis Regazzini, CSO, CISA, CISM, CGEIT Sócio IPLC 1 Segurança da Informação é: O que é

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

Manual do Moodle. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1

Manual do Moodle. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 Manual do Moodle para alunos (Versão 1.0) 29/Junho/2009 Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 O que é?... 3 Acesso... 4 Atualizando suas informações... 4 Enviando Mensagens... 5 Acessando os seus cursos...

Leia mais

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador Política de TI A Política de segurança da informação da OPERARIO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO aplica-se a todos os colaboradores e prestadores de serviços, incluindo trabalhos executados externamente ou por

Leia mais

Contrato de Serviços Abreuhost

Contrato de Serviços Abreuhost Contrato de Serviços Abreuhost Atualizado em 11 de junho de 2014 Obrigado por escolher o Abreuhost Este é um Contrato entre você e a Abreuhost (ou com base em seu local de residência, uma de suas afiliadas)

Leia mais

Política de Segurança da Informação

Política de Segurança da Informação Política de Segurança da Informação Código: PSI_1.0 Versão: 1.0 Data de Publicação: 28/05/2014 Controle de Versão Versão Data Responsável Motivo da Versão 1.0 28/05/2014 Heitor Gouveia Criação da Política

Leia mais

Para informações sobre as condições de uso das redes sociais da Abbott, por favor acesse os Termos de Uso para mídiais sociais.

Para informações sobre as condições de uso das redes sociais da Abbott, por favor acesse os Termos de Uso para mídiais sociais. TERMOS DE USO Estes Termos de Uso regulam o acesso a páginas de Internet controladas pela Abbott Laboratories, suas subsidiárias e afiliadas (doravante denominadas, em conjunto, Abbott ), e para as quais

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Caro Assinante, O presente escrito estabelece e explica a Política de Privacidade da SOCIAL COMICS ENTRETENIMENTO LTDA, adiante também mencionada por SOCIAL COMICS e/ou PLATAFORMA.

Leia mais

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br

Segurança e Privacidade em Redes Sociais. Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Segurança e Privacidade em Redes Sociais Lucimara Desiderá lucimara@cert.br Tratamento de Incidentes Articulação Apoio à recuperação Estatísticas Treinamento e Conscientização Cursos Palestras Documentação

Leia mais

86 Manual de Referência AMWAY 13. Política de Mídias Sociais

86 Manual de Referência AMWAY 13. Política de Mídias Sociais 86 Manual de Referência AMWAY 13. Política de Mídias Sociais Mídia Social descreve as ferramentas on-line que as pessoas utilizam para compartilhar conteúdos, perfis, opiniões, insights, experiências,

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações

TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações T TI - Política de Segurança da Informação FSB Comunicações Versão 1.2 24/08/2015 1 1. Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a FSB Comunicações, devendo ser adequadamente utilizada

Leia mais